Вы находитесь на странице: 1из 5

As 8 marcas de qualidade que uma

igreja precisa

Foi feita uma pesquisa em mais de 1.000 igrejas, em 32 países, em 5 continentes, obtendo
4,2 milhões de respostas. O objetivo dessa pesquisa foi descobrir as marcas de qualidade
que uma igreja precisa ter.

Depois da pesquisa, após colher todos os dados, processá-los, chegou-se a conclusão que
uma igreja que almeja crescer, uma igreja que deseja aparecer na sua comunidade, uma
igreja que deseja edificar os membros do Corpo de Cristo, uma igreja que deseja adorar a
Deus com excelência, uma igreja que deseja ganhar muitas almas para Cristo precisa ter 8
marcas de qualidade!
Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

1) Primeira marca: Liderança capacitada.


Vamos ler Romanos 12.6-8…

“Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem
o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva;
se é ensinar, ensine, se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que
contribua generosamente, se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é
mostrar misericórdia, que o faça com alegria”.

Paulo escrevendo aos Romanos disse que se alguém exerce liderança na Igreja de Jesus é
necessário que essa pessoa exerça a liderança com zelo.

Algumas traduções bíblicas usam a expressão: “o que preside” ao invés da expressão “se
é exercer liderança”. É uma variante textual!

Norman Champlin no seu Comentário Bíblico Versículo por Versículo do Livro de


Romanos diz: “Essa palavra fala sobre as funções administrativas na igreja local,
envolvendo aqueles que são responsáveis pelo funcionamento ordeiro da igreja local”.
Todos os irmãos que possuem um cargo na igreja diretamente são responsáveis pelo
funcionamento ordeiro da igreja local.

Todos os que fazem parte da diretoria estatutária da igreja, os diáconos, os professores de


classe, os músicos, os diretores de departamentos… Todos os irmãos que possuem um
cargo na igreja diretamente são responsáveis pelo funcionamento ordeiro da igreja local.

Um líder da igreja zeloso ele buscará capacitação para servir a Deus melhor!

Uma igreja cresce naturalmente quando tem uma liderança capacitada!

Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

2) Segunda marca: Ministérios orientados


pelos dons.
Vamos ler 1 Pedro 4.10…

“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os outros, administrando


fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas”.

Todos os crentes receberam dons espirituais. E os crentes precisam exercer, praticar,


aplicar, usar os dons espirituais.
A teologia do dom é a seguinte: “Não é você que escolhe o dom. O dom é que
escolhe você”.

Uma igreja só pode ter um cargo funcionando se tiver gente com dom espiritual para
trabalhar naquele cargo.
Uma igreja cresce naturalmente quando tem seus ministérios orientados pelos dons!
Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

3) Terceira marca: Espiritualidade


contagiante.
Vamos ler Atos 2.46…

“Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em


suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de
coração”.
Norman Champlin no seu Comentário Bíblico Versículo por Versículo do Livro de Atos
diz: “Os crentes comiam juntos, em grande alegria, porquanto suas vidas haviam
assumido um novo propósito e destino. Faziam isso com Jesus como Senhor,
enriquecendo as suas vidas. Note-se como Cristo se tornou o centro de toda a vida dos
crentes; e sem dúvida isso é o segredo de sua intensa devoção”.
Espiritualidade contagiante é todo o povo de Deus adorando junto!
Espiritualidade contagiante é todo povo de Deus evangelizando junto!
Espiritualidade contagiante é todo o povo de Deus dizimando e ofertando junto!
Espiritualidade contagiante é todo o povo de Deus trabalhando junto!
Espiritualidade contagiante é todo o povo de Deus convivendo junto!

Uma igreja cresce naturalmente quando a espiritualidade é contagiante!


Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

4) Quarta marca: Estruturas funcionais.


A igreja precisa ser funcional, a igreja precisa ser prática, a igreja precisa ser
dinâmica.
A igreja precisa ter uma aparelhagem de som que funcione.
A igreja precisa ter um boletim que funcione.
A igreja precisa ter ministérios que funcionem.
A igreja precisa ter classes de EBD que funcionem.

A estruturas da igreja precisam funcionar!


Uma igreja cresce naturalmente quando as estruturas são funcionais!

► No domingo passado compartilhamos com os irmãos a 1ª parte dessa mensagem.


Aprendemos 4 marcas de qualidade que uma igreja precisa ter:

1) Primeira marca: Liderança capacitada.


2) Segunda marca: Ministérios orientados pelos dons.
3) Terceira marca: Espiritualidade contagiante.
4) Quarta marca: Estruturas funcionais.

5) Quinta marca: Culto inspirador.


Vamos ler Romanos 12.1…

“Portanto, irmãos, rogo-vos pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em


sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês”.
Algumas traduções bíblicas usam a expressão: “culto espiritual” ao invés da expressão
“culto racional”. É uma variante textual!

O culto deve ser gostoso! No culto as pessoas devem ter uma experiência agradável e
inspiradora.
A igreja deve ter um culto inspirado pelo Espírito Santo de Deus!
Todos os cultos da igreja (Domingo e durante a semana) devem ser cultos gostosos,
cultos agradáveis, cultos inspirados pelo Espírito Santo de Deus.

Alguém disse: “Ao sairmos de um culto devemos sentir saudade, devemos sentir um
sabor de quero mais… O culto poderia ter demorado mais um pouquinho estava tão
bom”.
Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

6) Sexta marca: Cultos nos lares.


Vamos ler Romanos 16.5…

“Saúdem também a igreja que se reúne na casa deles”.

O Apóstolo Paulo saudou a Igreja de Jesus Cristo, a Igreja do Novo Testamento que
estava reunida no lar de um casal Priscila (Esposa) e Áquila (Marido). A igreja se reunia
no lar de Priscila e Áquila para celebrar cultos a Deus.

Os cultos nos lares devem multiplicar constantemente!


“Os cultos nos lares fazem parte da essência da Igreja de Jesus Cristo!”.
Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…

7) Sétima marca: Evangelização.


Vamos ler 1 Coríntios 9.16…

“Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta


a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho”.

Norman Champlin no seu Comentário Bíblico Versículo por Versículo da Primeira Carta
de Paulo aos Coríntios diz: “Deus desaprova a atitude de quem não prega o evangelho”.

A evangelização deve ser uma missão na vida de todos os crentes! Cada crente deve ser
um evangelista!
Uma igreja com 8 marcas de qualidade cresce naturalmente…
8) Oitava marca: Relacionamentos marcados
pelo amor fraternal.
Vamos ler João 13.35…

“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos
outros”.
Só é discípulo de Jesus quem ama o próximo!

“Nas igrejas evangélicas seria salutar haver uma classe de EBD chamada “Amorologia”.
Os alunos aprenderiam que o discípulo de Jesus obrigatoriamente precisa abraçar o
próximo, perdoar os erros do próximo, ajudar o próximo, orar pelo próximo, aconselhar o
próximo… Objetivando mostrar que ninguém pode se considerar um seguidor de Cristo
se não tiver amor para repartir!”.

“O amor de verdade dá à igreja um brilho produzido por Deus!”.


Se Deus é amor e somos imagem e semelhança dele, então também devemos ser
amorosos.

Devemos buscar para a nossa igreja relacionamentos marcados pelo amor fraternal!