Вы находитесь на странице: 1из 1

Editora Brasil Seikyo Brasil Seikyo - Edição 1859 - 16/09/2006 - Pág.

B1 - Caderno da Comunidade

Brasil Seikyo - Caderno da Comunidade

Reuniões de palestra: tempo de quebrar paradigmas


(parte I)

Sempre ouvimos que é preciso “quebrar paradigmas” no trabalho, na vida pessoal e no dia-a-dia. Mas,
o que significa isso? Quebrar paradigmas é romper modelos, criar novas formas de atuação; é
contrariar o senso comum.
As reuniões de palestra são uma tradição na Soka Gakkai. A palavra em japonês, utilizada comumente
para designar o que chamamos de reunião de palestra, é zadankai. “Za” significa “sentado”, “dan” quer
dizer “conversa informal”, “diálogo”. “Kai” é “reunião” em si. Ou seja, uma reunião de palestra é uma
atividade em que todos se sentam para dialogar, conversar e interagir.
Portanto, uma reunião de palestra ideal é aquela em que todos se sentem à vontade num diálogo sobre
assuntos de interesse em comum. No caso de uma reunião budista: a felicidade dos participantes.
Todos os dirigentes e membros destacados para o enriquecimento do conteúdo da reunião devem ter
em mente esse objetivo, considerando a necessidade dos ouvintes, seus sentimentos, sofrimentos,
dificuldades e anseios.
A reunião de palestra é uma reunião de diálogo sobre o budismo. Ao convidarmos uma pessoa para
uma reunião de palestra, muitas vezes ela pode pensar que vai ouvir uma pessoa falando sozinha em
um púlpito.
Todos esses e outros assuntos têm sido discutidos com freqüência em diversas instâncias da BSGI. E
sempre se pode sugerir alterações nas reuniões visando à criação de novos modelos de atuação nas
comunidades, contribuindo para o seu enriquecimento e na melhoria da comunicação nas atividades.
Para um melhor aproveitamento do assunto, o tema foi dividido em duas partes, e o Caderno da
Comunidade entrevistou o vice-presidente adjunto da BSGI, Antônio Nakamura, sobre como conduzir
reuniões de palestra dinâmicas e proveitosas. (Leia a primeira parte da entrevista nesta edição.)
No destaque deste mês, o exemplo das reuniões promovidas na Comunidade Jaguariúna, RM
Campinas 1 (CMSP). E ainda: na seção Datas Comemorativas, leia sobre a fundação da BSGI.
Que tal começar a quebrar alguns paradigmas? Boa leitura!

Impresso por Clovis Cavalcanti de Albuquerque (12650-0) página 1