Вы находитесь на странице: 1из 260

L200 TRITON

Introdução

Obrigado por escolher um produto MITSUBISHI como seu novo veículo.


Este Manual do Proprietário tem a finalidade de ajudá-lo a compreender e a usufruir de todas as vantagens que este veículo
pode lhe oferecer.
As informações foram preparadas de forma que você se familiarize com a maneira adequada de operação e mantenha o seu
veículo em ótimas condições de dirigibilidade.
A HPE Automotores do Brasil Ltda. reserva o direito de fazer mudanças no design e especificações e/ou fazer adições para melhorar
o seu produto, sem a obrigação de instalá-las nos produtos fabricados anteriormente.
É também importante que o motorista conheça muito bem todas as leis e regulamentações referentes a veículos.
Este manual foi escrito de acordo com as leis e regulamentações vigentes por ocasião da impressão. Portanto, algumas leis e regu-
lamentações podem ter sofrido emendas após esta data.
Por favor, em caso de venda, deixe este Manual no veículo. O próximo proprietário irá gostar muito de ter acesso às informações
constantes neste manual.

www.mitsubishimotors.com.br
sac@hpeautos.com.br
Utilize somente Peças Genuínas MITSUBISHI Utilize sempre uma Concessionária MITSUBISHI
MOTORS: MOTORS:

l Peças com qualidade e tecnologia MITSUBISHI l Equipamentos e diagnósticos avançados.


MOTORS. l Mecânicos treinados (Senai/ASE)

l Manutenção de desempenho, qualidade e l Serviços personalizados.


segurança originais.
l Comprometimento com a Satisfação do Cliente.
l Preços competitivos.

l Originalidade do veículo.
DEFINIÇÕES E CONCEITOS:

Para efeito deste Manual, as palavras e símbolos indicados abaixo


terão as seguintes definições e conceitos.
Lembramos que a não observância das instruções que acompa-
nham as palavras/símbolos abaixo pode resultar em ferimentos
pessoais ou em danos ao veículo.

(I) ADVERTÊNCIA alerta sobre a grande possibilidade


de ferimento pessoal GRAVE e até FATAL, se as ins-
truções não forem seguidas.

(II) ATENÇÃO significa perigo ou procedimento inseguro,


o qual pode causar pequenos ferimentos pessoais ou
danos ao veículo.

(III) OBSERVAÇÃO:
Utilizada para fornecer informações úteis.

(IV) REFERÊNCIA NUMÉRICA (quando houver uma nota).


Exemplo: (1)
Especificam uma condição ou situação do referido veículo
ou equipamento descrito no rodapé da respectiva página.

(V) ASTERISCO ( * ):
Equipamentos marcados com “ * ” inexistem em determinados
modelos de veículo e/ou podem ser encontrados apenas
como opcionais ou acessórios à venda nas Concessionárias
MITSUBISHI MOTORS. CONSULTE O CATÁLOGO DE
VENDA DO VEÍCULO.
Índice dos capítulos
Informações gerais.......................................págs. 1-1 a 1-28 Para uma condução confortável..................págs. 6-1 a 6-28
Vista Geral – Instrumentos e Controles Técnicas para uma direção segura Ventilação Espelho de cortesia*
Interior Tapetes de assoalho Ar-condicionado manual* Antena*
Exterior Quando deixar o país com o veículo Ar-condicionado automático* Cinzeiro*
Instalação de acessórios Direção e álcool Dicas importantes para o funcionamento do Acendedor de cigarros
Modificações / Alterações nos sistemas elétrico Etiquetas de identificação do veículo ar‑condicionado Soquete para acessórios*
e de combustível Plaqueta de identificação do veículo Sistema de áudio com DVD e GPS* Luzes internas
Transporte de carga Etiquetas destrutíveis (VIS) Tomada USB e entrada AUX* Porta-objetos*
Bedliner* Gravação nos vidros Interruptores de controle remoto no volante Porta-copo*
Tomada do reboque* Emissões de direção* Porta-garrafa*
Engate de reboque* Nível de ruído Para-sóis Gancho de conveniência
Engate* Combustível recomendado
Condução com o reboque – cuidados e dicas Abastecimento de combustível
Reboque de trailers Reservatório de gasolina para partida a frio
Rack de teto* (veículos Flex)
Peças Genuínas Cuidados com o veículo.................................págs. 7-1 a 7-8
Instruções de segurança para o manuseio de
óleo do motor Cuidados com o veículo Limpeza externa do veículo
Limpeza interna do veículo
Abertura e fechamento do veículo..............págs. 2-1 a 2-14
Chaves Segurança para crianças nas portas traseiras
Sistema de abertura e fechamento sem a Controle do vidro elétrico*
chave* Vidros com comando manual* Situações de emergência.............................págs. 8-1 a 8-26
Portas Tampa traseira
Travamento central das portas* Se o veículo deixar de funcionar Triângulo de segurança
Condução do veículo em condições adversas Ferramentas, macaco e manivela do macaco
Snorkel* Para levantar o veículo com o macaco
Bancos, cintos de segurança e airbag........págs. 3-1 a 3-24 Prancha de desencalhe*
Partida de emergência
Roda sobressalente
Calotas
Bancos Segurança para mulheres grávidas Motor superaquecido Troca de pneu
Ajuste do banco Sistema limitador de força e pré-tensionador do Sangria do sistema de combustível (somente Reboque
Banco dianteiro cinto de segurança* veículos a Diesel) Funcionamento em condições adversas
Banco traseiro Segurança para crianças Remoção da água do filtro de combustível (so-
Capas protetoras dos bancos em Neoprene®* Inspeção dos cintos de segurança mente veículos a Diesel com injeção direta)
Apoio para cabeça Sistema de segurança suplementar (SRS)
Cintos de segurança – airbag*
Manutenção...................................................págs. 9-1 a 9-44
Instrumentos.................................................págs. 4-1 a 4-20 Cuidados na revisão Curso livre do pedal da embreagem*
Catalisador Curso livre do pedal do freio
Instrumentos DRL – Luzes de rodagem diurna* Capô Curso da alavanca do freio de estacionamento
Luzes de advertência e indicadoras (veículos Alavanca dos indicadores de direção Óleo do motor Palhetas do limpador do para-brisa
a Diesel) Interruptor das luzes de advertência Líquido de arrefecimento Manutenção geral
Luzes de advertência e indicadoras (veículos Interruptor do farol de neblina dianteiro* Fluido da transmissão automática* No inverno e na neve
Flex) Interruptor do limpador e lavador Líquido do lavador Ligações dos fusíveis
Luzes de advertência Desembaçador do vidro traseiro Fluido de freio Fusíveis
Interruptor combinado dos faróis e lanternas Buzina Fluido da embreagem* Substituição de lâmpadas
Fluido da direção hidráulica Caixas laterais na caçamba*
Bateria Cinta de tração*
Partida e condução do veículo....................págs. 5-1 a 5-42 Pneus

Direção econômica Easy select 4WD Part Time*


Recomendações para amaciamento Operação correta da tração nas quatro rodas
Freio de estacionamento Inspeção e manutenção após uso do veículo Dados técnicos..........................................págs. 10-1 a 10-10
Estacionamento em condições severas
Ajuste da altura do volante* Cuidados com um veículo com tração nas Dimensões Sistema elétrico
Espelho retrovisor interno 4 rodas Desempenho Pneus e rodas
Espelhos retrovisores externos com controle Diferencial de deslizamento limitado* Pesos Outras especificações
elétrico* Freios Motor Capacidades
Ignição Sistema de assistência à frenagem* Transmissão e transferência
Trava de direção Sistema de freio antiblocante (ABS)*
Partida Direção hidráulica
Transmissão manual* Piloto automático*
Transmissão automática Sports Mode 4A/T, Sistema de sensor de ré*
5A/T* Sistema de câmera de ré* Índice alfabético.......................................... págs. 11-1 a 11-6
Informações gerais
Vista Geral – Instrumentos e Controles
Interior
Exterior
Instalação de acessórios
Modificações / Alterações nos sistemas elétrico e de combustível
Transporte de carga
Bedliner*
Tomada do reboque*
Engate de reboque*
Engate*
Condução com o reboque – cuidados e dicas
Reboque de trailers
Rack de teto*
Peças Genuínas
Instruções de segurança para o manuseio de óleo do motor
Técnicas para uma direção segura
Tapetes de assoalho
Quando deixar o país com o veículo
Direção e álcool
Etiquetas de identificação do veículo
Plaqueta de identificação do veículo
Etiquetas destrutíveis (VIS)
Gravação nos vidros
Emissões
Nível de ruído
Combustível recomendado
Abastecimento de combustível
Reservatório de gasolina para partida a frio (veículos Flex)
1-1
Vista Geral – Instrumentos e
Controles
1 – Interruptor combinado das luzes e
lampejador pág. 4-13 3
Alavanca dos indicadores de direção
pág. 4-15 2
4
Interruptor do farol de neblina dianteiro*
pág. 4-16 1 5
2 – Instrumentos pág. 4-2
3 – Interruptores de controle remoto do
áudio* pág. 6-15 6
4 – Interruptor do limpador e lavador do
para-brisa pág. 4-17
5 – Interruptores do piloto automático* 7
pág. 5-36
6 – Airbag – Sistema suplementar de
segurança (banco do motorista) pág.
3-19 8
Buzina pág. 4-20
13
7 – Ignição pág. 5-9
9
8 – Ajuste de altura do volante de direção*
pág. 5-6 11
9 – Alavanca de liberação da portinhola
de abastecimento do reservatório de 10
combustível pág. 1-25
10 – Alavanca de liberação do capô pág. 9-3 12

11 – Fusíveis pág. 9-22


12 – Interruptor dos espelhos retrovisores
externos com comando elétrico* pág.
5-7
13 – Interruptor do retrator do espelho
aa5013821a
retrovisor* pág. 5-8

1-2
Vista Geral – Instrumentos e
Controles
1 – Ar-condicionado manual* pág. 6-4
Ar-condicionado automático* pág. 6-8
3 2 – Interruptor do desembaçador do vidro
traseiro pág. 4-19
1 2 4 3 – Porta-objetos / Sistema de áudio com
DVD e GPS* pág. 6-14
4 – Ventilação pág. 6-2
5 5 – Airbag (banco do passageiro dianteiro)
pág. 3-19
14 6 – Porta-luvas pág. 6-22
7 – Acendedor de cigarros pág. 6-18
6 8 – Cinzeiro* pág. 6-18
9 – Porta-objetos
10 – Alavanca de transferência* pág. 5-21
11 – Alavanca de mudança de marcha
(transmissão manual) pág. 5-13
7 Alavanca seletora de marchas
9 (transmissão automática) pág. 5-15
8 12 – Alavanca do freio de estacionamento
10 pág. 5-4
13 – Porta-copo pág. 6-25
11 14 – Interruptor das luzes de advertência
13
pág. 4-15

12

aa5012635

1-3
Interior – Área dianteira
1 – Interruptor da trava do vidro elétrico*
pág. 2-9, 2-11
2 – Interruptor do vidro elétrico* pág. 2-8
3 – Porta-óculos* pág. 6-24
4 – Luz de leitura* pág. 6-21, 9-30, 9-39
1 3
5 – Espelho retrovisor interno pág. 5-7
6 – Luz interna (dianteira) pág. 6-20, 9-30, 4
9-39 6
7 – Para-sol pág. 6-17
2 5
Espelho de cortesia* pág. 6-17
Porta-cartão* pág. 6-17
12 7
8 – Porta-luvas pág. 6-22
9 – Banco dianteiro pág. 3-3
Bandeja debaixo do banco* pág. 6-24
10 – Porta-garrafa* pág. 6-26 8
11 – Soquete para acessórios* pág. 6-19
12 – Cinto de segurança pág. 3-8
Ancoragem ajustável do cinto de
segurança (bancos dianteiros) pág.
3-10
11 10 9

aa5004711a

1-4
Interior – Área traseira
1 – Porta-garrafa pág. 6-26
2 – Luz interna (traseira)* pág. 6-20, 9-30,
2 9-40
3 – Porta-copos* pág. 6-25
1
4 – Descansa-braço* (para o banco traseiro)
pág. 3-6
5 – Banco traseiro pág. 3-5
6 – Chave de rodas pág. 8-10
12
7 – Triângulo de segurança pág. 8-9
8 – Macaco pág. 8-9
9 – Caixa de acessórios do reboque* pág.
1-14
10 – Alavanca do macaco pág. 8-9
11 – Cintos de segurança (para o banco
11
traseiro) pág. 3-8
3 12 – Apoio para cabeça pág. 3-7

10
4

9 5
6
8
7

aa5004724

1-5
Exterior – Dianteira
1 – Limpador e lavadores do para-brisa
pág. 4-17
2 – Espelhos retrovisores externos pág.
5‑7
3 – Tampa do reservatório de combustível 1 2
pág. 1-26
4 – Abertura e fechamento pág. 2-1
Sistema de abertura e fechamento sem
a chave* pág. 2-2
5 – Luzes indicadoras de direção integradas
aos espelhos retrovisores externos* 3
pág. 9-34
6 – Indicadores de direção dianteiros pág. 11
4-15, 9-33
7 – Lanternas pág. 4-13, 9-32
4
8 – Faróis págs. 4-13, 9-30
9 – Farol de neblina dianteiro* pág. 4-16, 10
9-34
10 – DRL – Luzes de rodagem diurna* 9
pág. 4-14
11 – Compartimento do motor pág. 10-9
Capô do motor  pág. 9-3 8
5
7 6

aa5004753b

1-6
Exterior – Dianteira
(L200 Triton Savana)
1 – Limpador e lavadores do para-brisa
pág. 4-17 4
3
2 – Snorkel* pág. 8-3
2 5
3 – Rack de teto
4 – Prancha de desencalhe* pág. 8-4 1
5 – Espelhos retrovisores externos pág.
5‑7
6 – Tampa do reservatório de combustível
pág. 1-26 6
7 – Abertura e fechamento pág. 2-1
Sistema de abertura e fechamento sem
13
a chave* pág. 2-2
8 – Indicadores de direção laterais pág.
4-15, 9-33 7
9 – Indicadores de direção dianteiros pág.
4-15, 9-33
10 – Lanternas pág. 4-13, 9-32
12
11 – Faróis págs. 4-13, 9-30
12 – Farol de neblina dianteiro* pág. 4-16, 8
9-34 11
13 – Compartimento do motor pág. 10-9
Capô do motor  pág. 9-3 10 9

1-7
Exterior – Traseira
1 – Tampa traseira pág. 2-14
2 – Soquete para acessórios no
compartimento de carga* pág. 6-19
3 – Luz de freio na tampa traseira pág.
9-29, 9-37
2 3 4 5 4 – Rack de teto* pág. 1-18
1 5 – Indicadores de direção traseiros pág.
4-15, 9-29, 9-37
6 – Luz do freio e lanterna pág. 9-29, 9-37
7 – Luz da marcha à ré pág. 9-29, 9-37
13 8 – Pressão dos pneus pág. 9-13
6
Troca de pneu pág. 8-16
Rodízio de pneus pág. 9-15
9 – Refletor traseiro
10 – Sistema de sensor de ré* pág. 5-41
7
11 – Roda sobressalente pág. 8-14
10 12 – Luz da placa de licença pág. 4-13,
9-29, 9-38
10 8
11 13 – Sistema de câmera de ré* pág. 5-41
12 9

aa5004766

1-8
Exterior – Traseira
(L200 Triton Savana)
1 – Tampa traseira pág. 2-14
2 – Cintra de tração* pág. 9-42
3 – Caixas laterais* pág. 9-42
3 4 – Luz de freio na tampa traseira pág.
3 4 5 9-29, 9-37
5 – Indicadores de direção traseiros pág.
4-15, 9-29, 9-37
6 – Luz do freio e lanterna pág. 9-29, 9-37
2
7 – Luz da marcha à ré pág. 9-29, 9-37
8 – Pressão dos pneus pág. 9-13
6
1 Troca de pneu pág. 8-16
Rodízio de pneus pág. 9-15
13
9 – Refletor traseiro
7 10 – Sistema de sensor de ré* pág. 5-41
11 – Roda sobressalente pág. 8-14
10 12 – Luz da placa de licença pág. 4-13,
9-29, 9-38
10 8
11 13 – Sistema de câmera de ré* pág. 5-41
12 9

1-9
Instalação de acessórios Observação
Atenda à legislação local quanto ao uso de tele- Advertência
Antes de instalar qualquer acessório, consulte a fones celulares e radiocomunicadores enquanto
Telefones celulares ou radiocomunicadores
sua Concessionária MITSUBISHI MOTORS. dirige. Estacione sempre que for fazer ou receber
devem ser usados com uma antena externa,
uma ligação.
l A instalação de acessórios, peças opcionais sempre que possível. Equipamentos que
etc. somente deve ser feita dentro dos limites usam antena integrada dentro do veículo
prescritos nas leis de seu país e de acordo podem causar interferência com os sistemas
com as diretrizes e advertências constantes
ADVERTÊNCIA do veículo ao transmitir (por exemplo inter-
nos documentos que acom­panham este veí- A área da caçamba deste veículo não é ve- ferência no sistema de áudio). A operação
culo. dada para a utilização de tampa marítima ou segura do veículo não será afetada pelo uso
Somente devem ser instalados em seu veí- capota. Com isso, existe o risco dos gases de telefones celulares dentro do veículo.
culo acessórios aprovados pela ­MITSUBISHI provenientes do escape do veículo entrarem
MOTORS. no interior da caçamba, o que pode trazer
sérios ferimentos, morte por asfixia ou enve-
l Instalação inadequada de componentes elé-
nenamento por monóxido de carbono.
tricos pode causar incêndio. Portanto, veja a
seção “Modificações/Alterações nos sistemas l Uma tampa (se fixada) pode permitir o roubo
elétrico e de combustível”, na página 1-11. na área de carga e a entrada de água e poeira,
l Para usar um sistema de comunicação do tipo tanto com o veículo estacionado como ao
telefone celular ou rádio transmissor dentro dirigir, através da abertura do trilho, da tampa
do veículo é necessário a instalação correta traseira e da tampa. A água e poeira podem
de uma antena externa específica. Quando o danificar a carga transportada. Mercadorias
telefone celular ou o rádio transmissor é usado que possam ser danificadas por água e po-
dentro do veículo somente com uma antena eira devem ser protegidas antes de serem
interna, ele pode interferir com o sistema colocadas na área de carga.
elétrico do veículo e afetar negativamente o
funcionamento seguro do veículo.
l Pneus e rodas fora das especificações reco-
mendadas não devem ser utilizados.
Consulte o capítulo “Dados Técnicos” para
informações sobre rodas e tipos de pneus
recomendados.

1-10
Modificações / Alterações Transporte de carga A
nos sistemas elétrico e de
combustível Cuidados com o transporte de carga

A MITSUBISHI MOTORS fabrica veículos de alta


qualidade e segurança. Consequentemente, para
Atenção
manter a qualidade e a segurança, é muito im- l Ao transportar bagagem no compartimento
portante que a instalação de qualquer acessório de passageiros, não a coloque sobre o
ou qualquer modificação que envolva o sistema banco do passageiro ou banco traseiro.
elétrico ou de combustível seja feita dentro das Certifique-se que a carga ou bagagem não
diretrizes da MITSUBISHI MOTORS. possa se mover quando o veículo estiver
em movimento. Caso contrário, a carga ou
a bagagem podem obstruir a visão traseira Bedliner*
Atenção e, no momento de uma freada brusca, ser
lançadas para a frente, causando ferimento É disponível, para alguns modelos, uma co-
A respeito de qualquer tipo de instalação ou
ou acidente. bertura plástica de proteção da caçamba e da
modificação, consulte primeiro uma Conces-
Carregue cargas ou bagagens pesadas na tampa traseira.
sionária Mitsubishi MOTORS. l
parte dianteira do veículo. Se a carga na Essa cobertura é fixada na caçamba através
Se forem usados métodos de instalação inade-
traseira do veículo for muito pesada, pode de parafusos e tem como função proteger a
quados ou que interfiram com a parte elétrica
tornar a direção instável. caçamba de eventuais riscos e danos quando
do veículo, os dispositivos eletrônicos podem
do transporte de carga.
ser afetados negativamente, resultando em
incêndio ou outro acidente.
Observação
A – Soquete para acessórios no compartimento
de carga

1-11
Conector do reboque traseiro Pólos de Consumidores
Contato Elétricos no Reboque Extremidades das
5 longarinas, lado direto
1 1 Luz da marcha à ré
e lado esquerdo
3 2 Luz indicadora de direção Pontos de fixação do
esquerda dispositivo de engate
3 Luz indicadora de direção direita de reboque
Peso máximo permitido:
4 Terra
2.300 kg (veículos Diesel ou 3.5 Flex) /
5 Luz do freio 1.800 kg (veículos 2.4 Flex) (reboque com freio),
4
6 Lanterna 750 kg (reboque sem freio)
6
2
Engate de reboque
Advertência
A ligação incorreta ou deficiente de conduto- Montagem do dispositivo
res elétricos poderá provocar incêndios, bem
Os pontos de fixação estão localizados nas
como causar ferimentos ou acidentes.
extremidades das longarinas, lado direito e lado
esquerdo (veja ilustração).
Tomada do reboque*
Atenção Tenha em atenção as disposições legais em vigor
no país em que o veículo trafega (por exemplo,
Utilização Se existirem dispositivos de iluminação no necessidade de instalação de uma luz indicadora
A tomada de reboque com 6 pólos faz a ligação reboque cujo consumo excede o normal, independente).
elétrica entre o veículo e o reboque. poderão ocorrer danos no sistema elétrico do
veículo, bem como falhas de funcionamento
na iluminação do reboque.

Observação
Com o motor parado e acessórios ligados no
reboque, se existir uma ligação elétrica através
da tomada de reboque, a bateria do veículo irá
descarregar.

1-12
Base
Eixo-trava

Anel-trava

Travas da
corrente de
segurança

Tomada de força
Esfera do Haste
engate removível Orifícios para gancho do reboque

Engate* Características gerais Orifícios para o gancho do reboque*


A base, com travas para a corrente de segurança, O reboque DEVE ser provido de uma corrente
garante mais robustez ao engate. com um gancho na sua extremidade. Quando o
Atenção A haste é removível, o que permite a sua remoção reboque estiver em uso, o gancho da corrente
sempre que o engate não estiver em uso. Este deverá obrigatoriamente ser encaixado em um
O uso de engate exige atenção redobrada
procedimento garante maior segurança a você dos orifícios indicados.
do motorista.
e a outros (veículos, pedestres etc.).
Portanto, leia cuidadosamente as recomen-
dações a seguir, para utilizar corretamente A tomada de força está em conformidade com a
NBR9187 e NBR7332.
Atenção
e com segurança o engate no seu veículo.
Essas recomendações irão auxiliá-lo a obter A falta de uso da corrente de segurança poderá
o máximo das características do engate. ocasionar acidentes.

1-13
Instalação do reboque Condução com o reboque –
Para travar o reboque, proceda como descrito
a seguir:
cuidados e dicas
1. Encaixe a haste removível dentro da câmara Distribuição da carga
do reboque.
Os objetos mais pesados devem ser colocados
2. Após o encaixe, coloque o eixo-trava certifi- na parte dianteira central do reboque e os obje-
cando-se que as peças do reboque estejam tos menores e mais leves devem ser colocados
fixas. nas laterais.
3. Coloque a presilha, para travar o eixo-trava Verifique se objetos mais longos não impedem
no sistema do engate. o fechamento da tampa do reboque.
4. Instale e trave a tomada do sistema elétrico.
Quando o engate não estiver em uso, a haste
removível deve ser retirada e acondicionada na
caixa de acessórios, localizada atrás do encosto
Atenção
Centro
do banco traseiro, lado esquerdo. Quando estiver usando o engate, verifique
A caixa de acessórios é confeccionada para os seguintes itens:
evitar ruído e permite fácil acesso sempre que Antes de iniciar a viagem:
necessário. l engate corretamente instalado e travado,
l tomada do sistema elétrico conectada e
Montagem do engate Carga inferior
travada,
a 60 kgf
Instale a haste removível na base e trave-a com l luzes do reboque respondem aos coman-
o eixo-trava, da direita para a esquerda. Em se- dos do veículo.
guida, trave o eixo-trava com o anel-trava, para Após iniciar a viagem:
evitar que o eixo-trava se solte da base.
l redobre a atenção em freadas, cruzamen- Atenção
tos, ultrapassagens e manobras, Não coloque carga excessiva no gancho do
Advertência l lembre-se: seu veículo está mais comprido engate (carga máxima 60 kgf).
e mais pesado.
Após a instalação, certifique-se que o anel-
trava esteja seguramente preso.
Nunca utilize o reboque sem colocar o anel-
trava no eixo-trava.

1-14
Habitue-se com o reboque Curvas Pisos irregulares/acidentados
Se você não está acostumado a conduzir o veí- Freie sempre antes das curvas. Frear durante as Em condição de pisos irregulares e/ou acidenta-
culo com reboque, antes de iniciar a viagem, faça curvas poderá desequilibrar o veículo e resultar dos, conduza o veículo devagar e evite buracos,
alguns testes em local seguro. Procure conhecer em acidente. pedras e desníveis acentuados. Em lombadas,
e avaliar as reações do seu veículo em condição Em curvas fechadas, lembre-se que o seu veí- acelere somente após o reboque ter ultrapassado
de reboque. culo está mais longo e abra um pouco mais o o obstáculo.
traçado. Esses cuidados evitam esforços desnecessários
no engate e preservam a estrutura do veículo.
Ultrapassagens
Lembre-se que o motorista à sua frente não sabe Manobras
que o seu veículo está puxando um reboque. Ao manobrar o veículo com o reboque instalado,
Portando, ao fazer uma ultrapassagem, avance verifique se há espaço suficiente entre o veículo,
o máximo possível, para que o reboque fique o reboque e obstáculos, como colunas, portões
visível para o outro motorista e ao finalizar a de garagens, limitadores de vagas em estacio-
ultrapassagem deixe espaço suficiente para o namentos etc.
reboque.
Nunca faça conversões e/ou ultrapassagens
perigosas quando estiver com reboque instalado Atenção
em seu veículo. Ao dar marcha à ré, lembre-se que o reboque
Aceleração e frenagem tem reações inversas às do veículo.
A finalidade do reboque é aumentar a capacidade Cruzamentos Para trás, com a direção virada para a direita,
de carga do veículo. Portanto, sempre em condi- o reboque irá para a esquerda.
Somente avance um cruzamento se tiver certeza
ção de reboque, ambos estarão completamente
que existem espaço e tempo suficiente para o Para trás, com a direção virada para a esquer-
carregados.
seu veículo e reboque. Nunca force passagens, da, o reboque irá para a direita.
Nesta condição o veículo se torna mais lento, principalmente em locais com pouca visibilidade.
tanto nas acelerações como nas frenagens, Você está conduzindo um veículo longo e os
exigindo maior atenção nas ultrapassagens e outros motoristas podem não perceber.
no uso do freio.
Quando estiver utilizando o reboque, duplique
a distância que normalmente você mantém do
veículo que vai à sua frente, em condição sem
reboque.

1-15
Reboque de trailers Regulamentação legal
As autoridades exigem que um trailer ou reboque ATENÇÃO
Seu veículo tem capacidade para reboque de tenha luzes de freio, sinalizadores de direção e As exigências quanto ao freio do trailer e
trailers, desde que sejam seguidas algumas lanternas. Um kit elétrico pode ser instalado por do reboque são as exigências mínimas e a
recomendações, destinadas principalmente a uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS, MITSUBISHI MOTORS recomenda utilizar um
evitar sobrecarga do veículo e à escolha do atendendo aos regulamentos legais para equipar freio do trailer e do reboque com distribuição
equipamento apropriado. Se estas precauções seu veículo. Pode ser necessário instalar espe- de carga sempre que estiver rebocando,
forem seguidas e os hábitos de condução forem lhos retrovisores externos maiores, em ambos para melhorar a distância de parada e a
adequados, os efeitos de rebocar um trailer os lados do veículo, para proporcionar maior estabilidade.
podem ser minimizados. visibilidade traseira. Certifique-se que a barra
de reboque não atrapalhe a placa de licença Usar um sistema de distribuição de carga
A MITSUBISHI MOTORS lembra que danos aumenta o esforço sobre os pneus do trailer.
causados direta ou indiretamente pela condução quando o trailer for desconectado.
Não exceda a capacidade de carga dos pneus
fora dos limites recomendados não são cobertos do trailer.
pela garantia. Carga de reboque permitida e É importante limitar o peso do veículo re-
exigências bocado e, se isto não for seguido, a carga
máxima sobre os pneus do trailer pode
ATENÇÃO O peso máximo de reboque não deve exceder
aumentar. Esta distribuição está marcada na
2.300 kgf (equivalente a massa total do reboque
l A MITSUBISHI MOTORS recomenda o uso de 2.300 kg, para veículos Diesel ou 3.5 Flex) ou lateral do pneu.
de equipamentos de reboque genuínos. 1.800 kgf (equivalente a massa total do reboque
l As cargas especificadas se aplicam de 1.800 kg, para veículos 2.4 Flex) para reboque
somente aos equipamentos de reboque com freio, e 750 kgf (equivalente a massa total
genuínos. do reboque de 750 kg) para reboque sem freio.

Advertência
A máxima tração permitida na estrutura do
reboque é 600 kgf.

O peso máximo permitido do veículo rebocado


deve ser reduzido, para garantir que o “Peso
máximo admissível” nos eixos dianteiro e tra-
seiro não seja excedido. Consulte o capítulo
“Especificações”.

1-16
Exemplo Sugestões para reboque Subindo ladeiras
Ao trafegar em lugares com ladeiras, em veículos
Preparação do veículo com transmissão manual ou automática, subindo
Faça uma revisão antes de rebocar um trai- ou descendo ladeiras, selecione sempre uma
ler pesado, com especial cuidado quanto à marcha baixa para manter a rotação do motor
regulagem do motor, condição dos freios, direção de forma a evitar o uso excessivo dos freios ou
e pneus. muitas mudanças de marcha. Ao trafegar por
Ajuste a pressão dos pneus para um veículo ladeiras íngremes ou longas, evite bombear o
totalmente carregado (veja a etiqueta Pneus). pedal do freio. Aplique o freio com firmeza para
reduzir a velocidade e então remova o pé do
Inspecione os pneus, fiação e freios do trailer. pedal, para permitir o resfriamento dos freios
AF0001622
Inspecione o sistema de arrefecimento e garanta entre as freadas.
que a entrada do radiador esteja livre para per-
Preparo para o reboque mitir o fluxo máximo de ar através do radiador. Condução normal
Após atender às exigências legais sobre peso de Não instale nada na frente do radiador (bolsas Mantenha bastante distância entre os veículos
reboque permitido e freio, ajuste a posição da car- de água, luzes, telas contra insetos, peças não que estão à sua frente e atrás.
ga no trailer para atender aos regulamentos. genuínas MITSUBISHI MOTORS), pois elas
restringem o fluxo do ar. Se o trailer começar a balançar ou ficar difícil
Selecione a combinação apropriada que será de conduzir, diminua a velocidade e acione os
usada, em conjunto com as peças genuínas Verifique se os parafusos de fixação da barra freios do trailer (se ele tiver) e NÃO os freios do
MITSUBISHI MOTORS. de reboque estão apertados conforme a espe- veículo. Pare o veículo e o trailer em local seguro,
cificação. examine os pneus do trailer com cuidado quanto
Recomendamos usar duas correntes de segu-
rança. As correntes devem se cruzar sob a barra a danos. Se existir um pneu danificado, inspecio-
de reboque, de modo que a barra não toque o
Preparação do motorista ne antes de prosseguir viagem. Lembre-se que
solo se ela se soltar do veículo. As correntes não Se você nunca rebocou nada antes, conecte o a separação da banda do pneu em trailer com
devem impedir que o trailer gire livremente. trailer ao veículo e faça um teste de condução em pneus muito usados ou com excesso de carga
local familiar. Sinta a diferença em aceleração, é difícil de detectar, principalmente em trailers
Para informações sobre a escolha e o uso de
condução e frenagem, para não se surpreender onde o pneu é coberto pelo para-lama.
equipamento de reboque, consulte uma Con-
caso aconteça uma emergência, quando estiver
cessionária MITSUBISHI MOTORS.
longe de casa. Outros passageiros do veículo que
possam dirigir devem ter conhecimento desta
nova condição do veículo.

1-17
Uma causa do balanço do trailer é o balanceamento Superaquecimento
deficiente e até isso ser superado o balanço O superaquecimento normalmente ocorre como
continuará. Redistribua a carga e veja se o resultado de falha mecânica. Se seu veículo
problema persiste. superaquecer, pare e verifique se a bomba de
Se os pneus do veículo ou do trailer deslizarem água ou a correia do alternador está quebrada,
para a superfície não pavimentada da rodovia, se a admissão de ar do radiador está bloquea-
não tente voltar ao asfalto rapidamente. Aguar- da ou o nível do líquido de arrefecimento está
de um trecho onde o acostamento e a rodovia baixo. Se todos estes itens estiverem normais, o
estejam no mesmo nível e retorne à rodovia com superaquecimento pode ser causado por outros
o mínimo balanço possível. motivos e o veículo deve ser inspecionado por
Tente aumentar a distância entre seu veículo uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
ao ultrapassar outros veículos ou trailers, pois
assim a força de sucção entre os dois será
minimizada. Atenção Rack de teto*
Se o motor superaquecer, consulte a seção
Freios “Superaquecimento do motor”, no capítulo Se o seu veículo estiver equipado com rack de
Não pise com muita força no freio, fique alerta “Situações de emergência”, antes de qualquer teto, não exceda a capacidade máxima reco-
e antecipe os problemas para poder aplicar os ação corretiva. mendada de 50 kg.
freios suavemente e por igual. Se o veículo estiver em boas condições
Não faça manobras antes de garantir que a rodo- mecânicas e superaquecer devido ao trá-
via atrás e à frente do seu veículo esteja livre. fego pesado ou alta temperatura ambiente,
pode-se obter arrefecimento adicional pelos
seguintes métodos:
l Engate uma marcha inferior ao subir uma
ladeira e reduza a velocidade.
l Reduza a velocidade para cerca de 15 km/h
se estiver rebocando em alta velocidade.

1-18
Peças Genuínas Instruções de segurança para Técnicas para uma direção
o manuseio de óleo do motor segura
Não troque por peças não originais.
A MITSUBISHI MOTORS cada vez mais se esfor- Proteção total e direção segura não podem ser
ça para oferecer a você um veículo de altíssima
qualidade e confiabilidade. ADVERTÊNCIA totalmente asseguradas. Entretanto, recomen-
damos que você tenha atenção extra com os
Não quebre esse compromisso com a qualidade l O contato prolongado e repetido pode seguintes pontos:
e a confiabilidade usando peças substitutas. causar sérios problemas na pele, inclusive l Antes de dar a partida no veículo, tenha a
Use sempre Peças Genuínas MITSUBISHI dermatites e câncer. certeza que você e todos os passageiros
MOTORS, projetadas e fabricadas para l Evite o contato do óleo com a pele, sempre estejam usando corretamente o cinto de
manter o alto desempenho do seu veículo. que possível, e lave-se muito bem depois segurança.
Não usar Peças Genuínas MITSUBISHI de qualquer contato. l Nunca deixe o seu veículo sozinho com a
MOTORS pode invalidar qualquer recla- l Mantenha fora do alcance das crianças. chave na ignição e crianças dentro dele. As
mação futura em garantia. A MITSUBISHI crianças podem brincar com os controles e
MOTORS não se responsabiliza por qualquer isto pode levar a um acidente.
mau funcionamento em seu veículo ocasiona- Proteção ao meio ambiente
l Certifique-se que bebês e crianças pequenas
do pelo uso indevido de peças substitutas, ao É ilegal poluir cursos de água, nascentes e o
estejam adequadamente protegidos, de acor-
invés do uso adequado de Peças Genuínas solo. Use instalações para coleta e disposição
do com as leis e regulamentações e para a
MITSUBISHI MOTORS. de materiais, principalmente estabelecimentos
máxima proteção em caso de acidente.
As Peças Genuínas MITSUBISHI MOTORS são que tenham sistema de descarte para óleo e filtro
identificadas por estas marcas e estão disponíveis de óleo usados. Em caso de dúvida, contate as
nas Concessionárias MITSU­BISHI MOTORS. autoridades para obter informações.

1-19
l Desligue o motor, se você parar para um rápido Quando deixar o país com o
descanso. Se você dormir e o motor estiver
funcionando, o veículo pode mover-se ines- veículo
peradamente ou outro acidente pode ocorrer
se você, inconscientemente, movimentar a A MITSUBISHI MOTORS recomenda o seguinte.
alavanca de mudanças (alavanca seletora Cada país tem sua legislação veicular, padrões
nos veículos com transmissão automática) ou de combustível, condições de condução e pre-
pressionar o pedal do acelerador. Se você, ferências dos clientes.
inconscientemente, mantiver o pedal do ace- O mesmo veículo vendido em diferentes merca-
lerador pressio­nado, o motor, as mangueiras dos pode ter diferenças significativas
do sistema de exaustão etc. podem ficar Antes de deixar o país com seu veículo, obte-
anormalmente superaquecidos, resultando aa0054102 nha informações sobre a legislação, tipos de
em um incêndio acidental. Se o local tiver combustível e outras, para facilitar a sua viagem.
pouca ventilação, há também o risco de Tapetes de assoalho*
envenenamento pelos gases de exaustão.
l Não permita que as crianças fiquem no
Direção e álcool
compartimento de bagagens. Isto é espe- ADVERTÊNCIA Dirigir sob o efeito do álcool é uma das mais
cialmente perigoso quando o veí­culo está
Mantenha os tapetes de assoalho longe dos frequentes causas de acidente. A sua habilidade
em movimento.
de direção pode ficar seriamente prejudicada
Ao carregar o compartimento de bagagens, pedais, escolhendo os tapetes adequados
l se o nível de álcool no sangue estiver acima do
tenha o cuidado de não colocar bagagens ao seu veículo. máximo permitido por lei. Se você beber, não
acima da altura do segundo ou terceiro banco. Para evitar que os tapetes saiam da posição, dirija. Peça para um motorista que não bebeu
Isto é perigoso não somente por impedir a prenda-os firmemente usando os ganchos levar o seu carro, chame um taxi, um amigo ou
visão traseira, como também o objeto pode existentes no carpete do assoalho do banco use um transporte coletivo.
ser arremessado de encontro ao passageiro, do motorista. Da mesma forma, o uso de medicamentos com e
em caso de freada brusca. Se o tapete do veículo deslizar para baixo ou sem receita médica afeta sua atenção, percepção
sobre o pedal, o acionamento do pedal se torna e tempo de reação. Consulte seu médico antes
l Não transporte reservatórios de combustível
de dirigir enquanto estiver sob a influência de
ou latas de spray dentro do veículo. difícil e pode causar um acidente grave.
qualquer medicamento.

ADVERTÊNCIA
Dirigir após beber pode levá-lo a um acidente.
Sua percepção fica menos aguçada, seus
reflexos ficam lentos e seu julgamento fica
prejudicado quando você bebe.
1-20
3 – Número de série do motor
Veículos a Diesel
O número de série do motor está estampado
no bloco de cilindros, conforme indicado nas
ilustrações. 3

1
Veículos 2.4 Flex
2

b02b017a

Etiquetas de identificação do 4 – Etiqueta de pressão dos pneus


veículo
Mantenha um registro dos números do chassi e
de identificação do veículo, os quais ajudarão a
polícia se o seu veículo for roubado. Veículos 3.5 Flex
4
1 – Etiqueta de controle de emissões do
veículo
A etiqueta do controle de emissões está afixada
na parte interna do capô do motor.
2 – Plaqueta de códigos de informações do aa0057709
veículo
A plaqueta de códigos de informações do veí- A etiqueta de pressão dos pneus está localizada
culo está fixada no painel corta-fogo, dentro do b02b014a no pilar B, abaixo do trinco da porta, no lado
compartimento do motor. esquerdo.

1-21
1 2 Etiquetas destrutíveis (VIS)
HPE Automotores do Brasil Ltda. Estão localizadas conforme indicado nas ilus-
trações.
MODELO

MOTOR EXTERIOR

TRANSMISSÃO
EIXO
COR. INTERIOR
OPCIONAIS No
compartimento
5 4 5 3 6 do motor

5 – Número do chassi – VIN Plaqueta de identificação do


Fixada: no chassi, próximo à região inferior da
porta dianteira do passageiro.
veículo
Gravação: no para-brisa, nos vidros das portas Na coluna central da porta dianteira do passageiro
Esta placa está fixada conforme mostra a ilus-
e no vidro traseiro. (lado direito).
tração.
Etiquetas adesivas: na coluna da porta dianteira A placa mostra o código do modelo, tipo de motor,
do passageiro e no compartimento do motor. transmissão e código de cor da carroceria.

1 – Código do modelo
Na coluna
2 – Código do modelo motor central da porta
3 – Código do modelo transmissão e eixo dianteira, lateral
4 – Código do interior direita
5 – Código de opcional
6 – Código do acabamento exterior

1-22
Nos vidros laterais, direito e esquerdo
No para-brisa No vidro traseiro

Gravação nos vidros


Estão gravados conforme indicados nas figuras acima.

1-23
Emissões Sistema de diagnose de emissões – Atendi- Nível de ruído
mento à Resolução 354/04 do CONAMA.
Controle de Emissões – Atendimento à Re-
Este veículo possui tecnologia para identificação Atendimento à Resolução 272/00 do CONA-
solução 415/09 do CONAMA.
de mau funcionamento do sistema de controle MA.
Este veículo está equipado com dispositivos de emissões, possibilitando a antecipação de
antipoluição, atendendo às resoluções quanto Este veículo está em conformidade com a le-
medidas e a consequente prevenção no aumento
aos sistemas que controlam a recirculação dos gislação vigente de controle da poluição sonora
de emissões de poluentes atmosféricos.
gases do cárter e o pré-aquecimento da câmara para veículos automotores.
Se a luz indicadora do motor e sistema de diag-
de combustão na partida.
nose de emissões (âmbar) “ ” for indicada no Limite máximo de ruído (dB)
O atendimento às normas de manutenção pe- painel, contate imediatamente a Concessionária para fiscalização(1)
riódica, contidas no Livrete de Bordo, e o uso MITSUBISHI MOTORS mais próxima para um
de peças genuínas MITSUBISHI MOTORS são CONAMA 272/00
diagnóstico preciso.
imprescindíveis para o bom desempenho e o
correto funcionamento do seu veículo. L200 Triton 2.4 Flex 82,6
Ao fazer isto você também contribui para a Índice de fumaça em aceleração livre
melhoria do meio ambiente. L200 Triton 3.5 Flex 85,1
Veículos com motor Diesel turbinado
Recomendamos que todos os ajustes e regu-
L200 Triton Diesel (T/A) 88,2
lagens no seu veículo sejam feitos em uma Limite máximo de
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. opacidade para Altitude L200 Triton Diesel (T/M) 84,5
inspeção
Veículos com motor a Diesel
marcha lenta: 650 rpm ± 50 rpm 0,73 m -1 Até 350 m
rotação de potência máxima: 3.500 rpm T/A
rotação máxima livre: 4.750 ± 150 rpm Acima de
0,81 m -1
350 m
Veículos com motor Flex 2.4
índice de CO em marcha lenta: 0,2% 0,78 m -1 Até 350 m
marcha lenta: 750 rpm ± 100 rpm T/M
Acima de
rotação de potência máxima: 5.000 rpm 0,88 m -1
350 m
Veículos com motor Flex 3.5
índice de CO em marcha lenta: 0,5%
marcha lenta: 750 rpm ± 100 rpm
rotação de potência máxima: 5.000 rpm
(1)
Veículo parado

1-24
Combustível recomendado Veículos Diesel

Veículos Flex
Nos veículos equipados com motor Flex poderá Veículos a Diesel
ser utilizada qualquer mistura (em qualquer Combustível
proporção) de etanol e gasolina sem chumbo recomendado
(aprovados, conforme legislação em vigor) à Diesel S10
venda nos postos de combustível do país.
O sistema de injeção eletrônica de combustível,
através dos sinais recebidos de vários sensores, Observação aa0055473
adequará o funcionamento do motor ao combus- Em veículos a Diesel, o combustível de má
tível utilizado. qualidade pode causar depósitos na bomba Reabastecimento
Certifique-se da procedência do combustível, a injetora, resultando em fumaça escura e marcha
utilização de combustível fora da especificação lenta difícil.
1. Antes de abastecer o veículo, desligue o
poderá causar sérios danos ao motor. Se estes problemas ocorrerem, adicione aditi- motor.
vo ao Diesel quando reabastecer o veículo. O
aditivo remove os depósitos e o motor volta à
condição normal. Certifique-se de usar Aditivo ATENÇÃO
para Diesel Genuíno Mitsubishi Motors.
O uso de aditivos não adequados pode causar Combustível é explosivo e inflamável. Portan-
o mau funcionamento do motor. Para detalhes, to, quando estiver manuseando combustível,
contate a Concessionária Mitsubishi Motors mantenha qualquer objeto que produza faísca
mais próxima. ou fogo afastado do local. Não fume.

2. A tampa externa do bocal de enchimento de


CW420063

A etiqueta acima está afixada na parte interna combustível é aberta de dentro do veículo,
da tampa externa do bocal de abastecimento através da alavanca de liberação, localizada
de combustível. abaixo do painel de instrumentos.
3. O correto reabastecimento depende muito
do manuseio correto da pistola de abasteci-
mento da bomba de combustível. Não incline
a pistola. Insira a pistola totalmente no bocal
de reabastecimento, o mais distante possível
da entrada.
1-25
Abastecimento de
ATENÇÃO
combustível
Uma vez que o sistema de combustível pode
1 2 estar sob pressão, remova lentamente a
tampa do bocal interno de reabastecimento.
Isto libera qualquer pressão ou vácuo que Advertência
pode ter se formado dentro do reservatório
O combustível é altamente explosivo e
l
de combustível. Se ouvir um som de assobio,
pode causar queimaduras ou ferimentos
aguarde até que ele pare, antes de remover a
graves ao ser manuseado. Ao reabastecer
tampa. De outra maneira, o combustível pode
seu veículo, desligue sempre o motor e
ta0021358 respingar e causar ferimentos.
fique longe de chamas, fagulhas e material
fumegante. Manuseie combustível sempre
4. Quando a pistola parar automaticamente, em locais bem ventilados.
posicione a pistola mais para a metade da ATENÇÃO
entrada do bocal de reabastecimento. Depois Antes de remover a tampa do gargalo do
l
Existe uma etiqueta localizada na tampa de reservatório de combustível, certifique-se
da segunda parada automática, não continue
abastecimento especificando o tipo de com- de eliminar a eletricidade estática do corpo
a reabastecer.
bustível. Se a tampa de abastecimento de tocando em uma peça de metal do veículo
5. Para abrir, gire a tampa do bocal de abas- combustível precisar ser trocada, use a peça ou da bomba de combustível. Qualquer
tecimento no sentido anti-horário (1), e para original MITSUBISHI MOTORS especificada eletricidade estática do corpo pode criar
fechar, encaixe a tampa no bocal e gire-a no para seu veículo. uma fagulha que queima o vapor do com-
sentido horário até ouvir um “click”. bustível.
1 – Abrir Tenha cuidado para não inalar os vapores
2 – Fechar
Atenção l
do combustível. O combustível contém
Se for necessário substituir a tampa do bocal substâncias tóxicas.
OBSERVAÇÃO de enchimento use somente a peça especifi- Mantenha as portas e os vidros do veículo
l
Não reabasteça o reservatório completamente, cada para seu veículo. fechados enquanto reabastece. Se eles
até o topo do bocal de reabastecimento, deixe ficarem abertos, o vapor do combustível
algum espaço para o combustível expandir em pode entrar no compartimento de passa-
caso de mudança de temperatura. geiros.

Capacidade do reservatório
90 litros (veículos flex)
90 litros (veículos Diesel)
1-26
Para abastecer:
1. Desligue o motor e abra o capô.
2. Remova a tampa do reservatório, girando-a
no sentido anti-horário.
3. Abasteça o reservatório com gasolina aditi-
vada, até a marca de referência.
4. Recoloque a tampa, e feche o reservatório
girando a tampa no sentido horário.
5. Feche o capô.

OBSERVAÇÃO
Mantenha o reservatório de gasolina para
Reservatório de gasolina partida a frio sempre abastecido com gasolina
para partida a frio (veículos aditivada.

Flex)
Abastecimento
Verifique semanalmente o nível de gasolina
no reservatório de gasolina para partida a frio,
localizado no compartimento do motor, (veja
ilustração).

1-27
Abertura e fechamento do veículo
Chaves
Sistema de abertura e fechamento sem a chave*
Portas
Travamento central das portas*
Segurança para crianças nas portas traseiras
Controle do vidro elétrico*
Vidros com comando manual*
Tampa traseira

2-1
Chaves Tipo 3

São fornecidas duas chaves, que servem em 2


todas as portas.
Mantenha uma delas em lugar seguro, como
uma chave reserva.

Tipo 1
1 3

aa0057897 aa0044750

Sistema de abertura e
Advertência fechamento sem a chave*
Quando estiver carregando a chave em
um voo, não pressione os interruptores da Pressione o interruptor do controle remoto e todas
chave dentro do avião. Se um interruptor for as portas serão travadas ou destravadas.
aa0094423
pressionado no avião, a chave emite ondas
eletromagnéticas que podem afetar adversa- 1 – Trava
Tipo 2 mente a operação do avião. 2 – Destrava
Ao levar a chave em uma sacola, tenha cuidado 3 – Luz indicadora
para que os interruptores da chave não sejam
pressionados por engano.
Para travar
OBSERVAÇÃO Pressione o interruptor LOCK (1) e todas as
portas serão travadas. Quando elas estiverem
l O número da chave está gravado na etiqueta,
travadas com o interruptor da luz interna na
conforme indicado na ilustração.
posição [l], as luzes interna e indicadoras de
Anote este número, para que você possa direção piscam uma vez.
aa0034829 solicitar à sua Concessionária MITSUBISHI
MOTORS uma chave adicional, em caso de
perda da chave original.

2-2
Para destravar l O número de vezes que as luzes
Pressione o interruptor UNLOCK (2) e todas as indicadoras de direção piscam na função ATENÇÃO
portas serão destravadas. Quando elas forem confirmação pode ser mudado.
Não deixe o controle remoto em local
l
destravadas com o interruptor da luz interna l O sistema de entrada sem chave não funciona
exposto ao calor causado pela incidência
na posição [l], a luz interna acende cerca de nas seguintes condições:
direta da luz solar.
15 segundos e as luzes indicadoras de direção l A chave é deixada no cilindro da ignição.
piscam duas vezes. O controle remoto é um equipamento de
l
l A porta é aberta. precisão, portanto tenha cuidado com o
l O controle remoto funciona numa faixa de seguinte:
OBSERVAÇÃO cerca de 4 m do veículo. Entretanto, a faixa Evite bater o controle remoto em outros
l
l A luz indicadora (3) acende a cada vez que operacional do controle remoto pode mudar objetos ou deixá-lo cair.
um interruptor é pressionado. se o veículo estiver localizado perto de uma
Mantenha o controle remoto sempre
l
Se acionar o botão UNLOCK (2) e nenhuma emissora de rádio/TV ou subestação de
l seco.
porta for aberta dentro de aproximadamente força.
Não desmonte o controle remoto.
l
30 segundos, o travamento será acionado de l Se qualquer dos problemas seguintes ocor-
novo, automaticamente. rer, a bateria pode estar gasta. Substitua a
l É possível modificar as funções, como bateria em uma Concessionária MITSUBISHI
segue: MOTORS.
Para maiores informações, contate uma l O controle remoto é acionado na distância
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. correta do veículo, porém as portas não
são travadas/destravadas em resposta.
l O tempo para o travamento automático
após pressionar o botão UNLOCK (2) l A luz indicadora (3) está fraca ou não
pode ser mudado. acende.
l A função confirmação (as luzes indicadoras l Se seu interruptor do controle remoto for perdi-
de direção piscam) pode ser ajustada para do ou danificado, contate uma Concessionária
funcionar somente quando as portas forem MITSUBISHI MOTORS para substituição.
travadas ou somente quando as portas l Se você desejar acrescentar um contro-
forem destravadas. le remoto, contate uma Concessionária
l A função confirmação (indicação de MITSUBISHI MOTORS.
travamento e destravamento das portas Estão disponíveis no máximo 4 controles
com as luzes indicadoras de direção remotos para seu veículo.
piscando) pode ser desativada.

2-3
Este produto está homologado pela ANATEL, de Portas
acordo com os procedimentos regulamentados
pela Resolução 242/2000, e atende aos requisitos
técnicos aplicados. Atenção
l Certifique-se de fechar todas as portas:
Produto G8D-571M-A conduzir o veículo com as portas parcial- 1
2 3
mente fechadas é muito perigoso.
l Nunca deixe crianças desacompanhadas
no interior do veículo.
l Tenha cuidado para não travar as portas aa0051071
com a chave dentro do veículo.
Para travar ou destravar com a chave
OBSERVAÇÃO
1 – Para inserir ou remover a chave
Para evitar que a chave seja travada dentro do
veículo, nem o botão trava da porta do motorista 2 – Travar
nem a chave pode ser usado para travar a porta 3 – Destravar
do motorista quando ela estiver aberta.
“Este equipamento opera em caráter secundário,
isto é, não tem direito à proteção contra interfe-
rência prejudicial, mesmo de estações do mesmo
tipo, e não pode causar interferência a sistemas
operando em caráter primário.”

2-4
Travamento central das
portas*
1
Observação
l Cada uma das portas pode ser travada e
1 2
2 destravada independentemente do uso do
botão-trava interno.
l O funcionamento continuamente repetido en-
tre travar e destravar poderá ativar o circuito de
aa0051084 Ta0013580 proteção integrado ao sistema de travamento
central das portas e impedir o funcionamento
Para travar ou destravar pelo lado Para travar sem usar a chave do sistema.
interno Coloque o botão-trava (1) na posição travado e Se isto ocorrer, aguarde aproximadamente um
feche a porta (2). minuto antes de usar o botão trava interno ou
1 – Travar a chave.
2 – Destravar Todas as portas podem ser travadas e destra-
Observação
Puxe a maçaneta interna em sua direção para vadas, conforme descrito a seguir.
A porta do motorista não pode ser travada usando
abrir a porta. o botão-trava interno enquanto ela estiver aberta.

Observação
A porta do motorista pode ser aberta sem usar o Lembrete da chave na ignição*
botão-trava puxando a maçaneta interna da porta. Se a porta do motorista é aberta com a chave na
Se seu veículo for equipado com sistema de ignição, soa um alerta para lembrar o motorista
travamento central, todas as outras portas são para remover a chave da ignição.
destravadas ao mesmo tempo.

2-5
1 2
1
2

aa0051101 Ta0013580 aa0097730

Porta do motorista com a chave* Porta do motorista com o botão-trava Destravamento das portas usando
Gire a chave na porta do motorista em direção interno* a alavanca seletora (veículos com
à frente do veículo para travar as portas e para Coloque o botão-trava interno da porta do moto- sistema de entrada sem chave)
a traseira do veículo para destravar as portas. rista voltado para a frente do veículo para travar É possível destravar todas as portas com a
as portas. Coloque-o em direção à traseira do alavanca seletora colocando-a na posição “P”
1 – Travar
veículo para destravar as portas. (estacionamento) enquanto a ignição estiver na
2 – Destravar posição “ON” (ligada).
1 – Travar
2 – Destravar
Observação
O veículo sai da fábrica com um ajuste para as
portas não serem destravadas quando a alavanca
seletora é colocada na posição “P” (estaciona-
mento) com a ignição na posição “ON” (ligada).
Se desejar mudar o ajuste para que as portas
sejam destravadas, contate uma Concessionária
MITSUBISHI MOTORS.

2-6
Trava automática das portas*
Seu veículo é dotado de um sistema de ATENÇÃO
travamento das portas por velocidade. 2
Quando dirigir com uma criança no banco
As portas são travadas quando o veículo atin- 1 traseiro, coloque a alavanca do dispositivo de
ge 20 km/h e destravadas quando o veículo é TR
segurança para crianças na posição travado,
desligado. AV
AR
para evitar que a porta abra acidentalmente
Se um dos passageiros destravar a porta para e possa causar um acidente.
sair, assim que o veículo entrar em movimento
e atingir 20 km/h todas as portas destravam e
voltam a travar novamente, travando assim a
porta que foi aberta. aa0096209

Segurança para crianças


nas portas traseiras
1 – Travado
2 – Destravado

Este sistema evita que as portas se abram aci-


dentalmente, principalmente quando crianças
pequenas estão no banco traseiro.
Existe uma alavanca em cada porta. Se a ala-
vanca é colocada na posição travada, as portas
traseiras não podem ser abertas pelo lado interno,
somente pelo lado externo.
Para abrir a porta traseira enquanto a proteção
para criança estiver sendo usada, puxe a ma-
çaneta externa da porta.
Se a alavanca estiver na posição destravada,
o dispositivo de segurança para crianças não
funciona.

2-7
Controle do vidro elétrico* 5 Controle dos vidros elétricos - tipo 1
1
Controles na porta do motorista
2
Os vidros elétricos somente podem ser acionados 4 Os controles na porta do motorista podem ser
3
com a ignição na posição “ON” (ligada). usados para acionar os vidros de todas as portas.
O vidro pode ser aberto ou fechado acionando-se
o controle correspondente.
ADVERTÊNCIA Para abrir o vidro, pressione o controle para
baixo. Para fechá-lo, puxe o controle para cima.
l Antes de acionar o controle do vidro elé-
trico, verifique se não há possibilidade de Se o controle do vidro da porta do motorista é
pressionado totalmente para baixo, o vidro abre
prender nada (cabeça, mão, dedo etc.).
AA3003097
completamente.
l Nunca deixe o veículo sem retirar a chave Se você quiser parar o movimento do vidro, puxe
da ignição. o interruptor levemente.
Botões de controle dos vidros
Nunca deixe uma criança (ou outra pessoa
l
elétricos - tipo 1
que não tenha capacidade de operar com Controle do vidro do passageiro
segurança o controle do vidro) sozinha no Os vidros de cada uma das portas abrem ou
veículo. fecham quando o botão de controle correspon-
dente é acionado.

1 – Vidro da porta do motorista


2 – Vidro da porta do passageiro dianteiro
3 – Vidro da porta traseira esquerda
4 – Vidro da porta traseira direita
5 – Trava de segurança do vidro
TA0013636

observação
O controle do vidro do passageiro pode acionar
O acionamento repetido com o motor parado o vidro da porta correspondente.
irá descarregar a bateria. Acione os controles Para abrir o vidro, pressione o controle para
dos vidros somente com o motor funcionando. baixo. Para fechá-lo, puxe o controle para cima.

OBSERVAÇÃO
Os vidros das portas traseiras abrem somente
até a metade e não completamente.

2-8
Função temporizador*
advertência
1 Vidro da porta
Se o mecanismo for ativado quinze vezes
Quando a ignição é movida da posição “ON” ou mais sucessivamente sem fechar com-
(ligada) para “LOCK” (trava) ou “ACC” (acessório), pletamente, a subida expressa do vidro e o
2
a função temporizador funciona, permitindo que mecanismo de segurança serão temporaria-
os vidros das portas sejam abertos ou fechados mente cancelados.
durante 30 segundos.
Se uma mão ou cabeça ficar presa, resultará
Contudo, quando a porta do motorista ou a porta em ferimento grave.
do passageiro dianteiro é aberta, o vidro não
A subida expressa e mecanismo de segurança
Ta0013649 pode mais ser acionado.
serão ativados novamente após uma descida
expressa total do vidro.
Trava de segurança* Mecanismo de segurança*
Quando este botão é acionado, os controles dos (somente vidro de porta do motorista e
vidros das portas dos passageiros não podem ser passageiro dianteiro) Atenção
usados para abrir ou fechar os vidros das portas.
Se uma mão ou a cabeça ficar presa no fecha- O mecanismo de segurança é cancelado
Além disso, o interruptor do motorista não pode
mento do vidro, ele abaixará automaticamente. justamente antes do vidro ser totalmente
abrir ou fechar quaisquer vidros que não sejam
Apesar disso, tenha certeza de que ninguém fechado. Isto permite que o vidro feche com-
o vidro da porta do motorista.
coloque a cabeça ou a mão para fora do veículo pletamente. Portanto, tenha cuidado especial
Para destravar, pressione mais uma vez este para não ter mãos ou dedos presos durante
quandos os vidros estiverem sendo fechados.
botão. o fechamento dos vidros.
O vidro abaixado voltará a funcionar após alguns
1 – Travar segundos.
Observação
2 – Destravar
l O mecanismo de segurança pode ser acio-
nado se as condições de direção ou outras
ADVERTÊNCIA circunstâncias submeterem o vidro da porta
a um impacto físico similar aquele causado
Uma criança pode mexer nos controles e cor- quando uma cabeça ou mão é pega no fe-
rer o risco de sua mão ou cabeça ficar presa chamento do vidro.
no vidro. Quando dirigir com uma criança no
veículo, pressione a trava de segurança para l Se o mecanismo de segurança for ativado
cancelar o funcionamento dos controles dos cinco vezes sucessivamente, o vidro da porta
vidros dos passageiros. abrirá completamente.

2-9
Controle dos vidros elétricos - tipo 2 Controle na porta do passageiro
1
5 Controles na porta do motorista
2
4
3

Fecha
Fecha

Abre Abre

Botões de controle dos vidros


elétricos - tipo 2
Os vidros de cada uma das portas abrem ou Os controles na porta do motorista podem ser Para abrir o vidro pressione a parte inferior do
fecham quando o botão de controle correspon- usados para acionar os vidros de todas as portas. botão e para fechar o vidro pressione a parte
dente é acionado. O vidro pode ser aberto ou fechado acionando-se superior do botão (veja a ilustração).
o controle correspondente.
O controle do vidro é composto por dois modos
1 – Vidro da porta do motorista Para abrir o vidro pressione a parte inferior do de acionamento manual e automático. Para
2 – Vidro da porta do passageiro dianteiro botão e para fechar o vidro pressione a parte ativar a subida e descida expressa do vidro
superior do botão (veja a ilustração). pressione o controle com apenas um toque.
3 – Vidro da porta traseira esquerda
O controle do vidro é composto por dois modos Para ativar a subida e descida manual pres-
4 – Vidro da porta traseira direita de acionamento manual e automático. Para sione o controle do vidro até atingir a posição
5 – Trava de segurança do vidro ativar a subida e descida expressa do vidro desejada.
pressione o controle com apenas um toque.
Se você quiser parar o movimento do vidro
observação Para ativar a subida e descida manual pres- no modo automático, pressione o interruptor
O acionamento repetido com o motor parado sione o controle do vidro até atingir a posição novamente.
irá descarregar a bateria. Acione os controles desejada.
dos vidros somente com o motor funcionando. Se você quiser parar o movimento do vidro
no modo automático, pressione o interruptor
novamente.

2-10
Mecanismo de segurança*
Se uma mão ou a cabeça ficar presa no fecha- Atenção
mento do vidro, ele abaixará automaticamente. O mecanismo de segurança é cancelado
Apesar disso, tenha certeza de que ninguém justamente antes do vidro ser totalmente
coloque a cabeça ou a mão para fora do veículo fechado. Isto permite que o vidro feche com-
quandos os vidros estiverem sendo fechados. pletamente. Portanto, tenha cuidado especial
2 para não ter mãos ou dedos presos durante
1 O vidro abaixado voltará a funcionar após alguns
segundos. o fechamento dos vidros.

Observação
advertência l O mecanismo de segurança pode ser acio-
Se o mecanismo for ativado quinze vezes nado se as condições de direção ou outras
Trava de segurança*
ou mais sucessivamente sem fechar com- circunstâncias submeterem o vidro da porta
Quando este botão é acionado, os controles dos pletamente, a subida expressa do vidro e o a um impacto físico similar aquele causado
vidros das portas dos passageiros não podem mecanismo de segurança serão temporaria- quando uma cabeça ou mão é pega no fe-
ser usados para abrir ou fechar os vidros das mente cancelados. chamento do vidro.
portas. O interruptor do motorista pode abrir ou
Se uma mão ou cabeça ficar presa, resultará l Se o mecanismo de segurança for ativado
fechar qualquer um dos vidros.
em ferimento grave. cinco vezes sucessivamente, o vidro da porta
Empurre o botão para a esquerda para travar abrirá completamente.
A subida expressa e mecanismo de segurança
os vidros, empurre o botão para a direita para
serão ativados novamente após uma descida
destravar os vidros
expressa total do vidro.
1 – Travar
2 – Destravar

ADVERTÊNCIA
Uma criança pode mexer nos controles e cor-
rer o risco de sua mão ou cabeça ficar presa
no vidro. Quando dirigir com uma criança no
veículo, pressione a trava de segurança para
cancelar o funcionamento dos controles dos
vidros dos passageiros.

2-11
Controle dos vidros elétricos - tipo 3 Controle na porta do passageiro
1
Controles na porta do motorista dianteiro
2

Fecha Fecha

Abre Abre

AA3003097

Botões de controle dos vidros


elétricos - tipo 3
Os vidros de cada uma das portas dianteiras Os controles na porta do motorista podem ser usa- Para abrir o vidro pressione a parte inferior do
abrem ou fecham quando o botão de controle dos para acionar os vidros das portas dianteiras. botão e para fechar o vidro pressione a parte
correspondente é acionado. Para abrir o vidro pressione a parte inferior do superior do botão (veja a ilustração).
botão e para fechar o vidro pressione a parte O controle do vidro é composto por dois modos
1 – Vidro da porta do motorista superior do botão (veja a ilustração). de acionamento manual e automático. Para
2 – Vidro da porta do passageiro dianteiro O controle do vidro é composto por dois modos ativar a subida e descida expressa do vidro
de acionamento manual e automático. Para pressione o controle com apenas um toque.
observação ativar a subida e descida expressa do vidro Para ativar a subida e descida manual pres-
pressione o controle com apenas um toque. sione o controle do vidro até atingir a posição
O acionamento repetido com o motor parado irá
Para ativar a subida e descida manual pres- desejada.
descarregar a bateria. Acione os controles dos
vidros somente com o motor funcionando sione o controle do vidro até atingir a posição Se você quiser parar o movimento do vidro
desejada. no modo automático, pressione o interruptor
Se você quiser parar o movimento do vidro novamente.
no modo automático, pressione o interruptor
novamente. OBSERVAÇÃO
Os vidros das portas traseiras possuem o co-
mando manual e abrem somente até a metade.

2-12
Mecanismo de segurança*
(somente vidro de porta do motorista e Atenção
passageiro dianteiro) 2
O mecanismo de segurança é cancelado
Se uma mão ou a cabeça ficar presa no fecha- justamente antes do vidro ser totalmente
mento do vidro, ele abaixará automaticamente. fechado. Isto permite que o vidro feche com-
Apesar disso, tenha certeza de que ninguém pletamente. Portanto, tenha cuidado especial
para não ter mãos ou dedos presos durante 1
coloque a cabeça ou a mão para fora do veículo
quandos os vidros estiverem sendo fechados. o fechamento dos vidros.
O vidro abaixado voltará a funcionar após alguns
segundos. Observação aa0051130
l O mecanismo de segurança pode ser acio-
advertência nado se as condições de direção ou outras Vidros com comando
circunstâncias submeterem o vidro da porta
Se o mecanismo for ativado quinze vezes a um impacto físico similar aquele causado manual*
ou mais sucessivamente sem fechar com- quando uma cabeça ou mão é pega no fe-
pletamente, a subida expressa do vidro e o chamento do vidro. Para abrir, gire a alavanca no sentido horário
mecanismo de segurança serão temporaria- l Se o mecanismo de segurança for ativado (1). Para fechar, gire a alavanca no sentido
mente cancelados. cinco vezes sucessivamente, o vidro da porta anti-horário (2).
Se uma mão ou cabeça ficar presa, resultará abrirá completamente.
em ferimento grave.
A subida expressa e mecanismo de segurança
serão ativados novamente após uma descida
expressa total do vidro.

2-13
Atenção
Não permaneça atrás do tubo de escape
l
ao carregar e descarregar bagagens. O
calor do cano de escape pode causar
queimaduras.
Tenha cuidado para não prender os dedos
l
na tampa traseira.
Não coloque peso na tampa traseira.
l

aa0070924 aa0070937 Antes de dirigir, certifique-se que a tampa


l
traseira está seguramente fechada. Se ela
abrir durante a condução do veículo, os
Tampa traseira Para fechar
objetos armazenados na área de carga
Levante a tampa traseira e feche-a com força podem cair no pavimento.
suficiente para travar o conjunto seguramente
Para abrir na posição.
Levante a maçaneta e abaixe a tampa traseira.

2-14
Bancos e cintos de segurança
Bancos
Ajuste do banco
Banco dianteiro
Banco traseiro
Capas protetoras dos bancos em Neoprene®*
Apoio para cabeça
Cintos de segurança
Segurança para mulheres grávidas
Sistema limitador de força e pré-tensionador do cinto de
segurança*
Segurança para crianças
Inspeção dos cintos de segurança
Sistema de segurança suplementar (SRS) – airbag*

3-1
1 2

TA1001027

Bancos
1 – Bancos dianteiros 2 – Banco traseiro
l Para ajustar para a frente ou para trás – pág. 3-3 l Para dobrar o encosto para frente – pág. 3-5
l Para reclinar o encosto – pág. 3-4 l Descansa-braço* – pág. 3-6
l Para ajustar a altura do assento (banco do motorista)* – pág. 3-5

3-2
Ajuste do banco Tipo 1
ADVERTÊNCIA
Ajuste o banco do motorista de maneira que l Para minimizar o risco de ferimento pessoal
você fique confortável e que possa alcançar os numa eventual colisão ou freada repenti-
pedais, o volante de direção, os interruptores etc. na, os encostos dos bancos devem estar
enquanto mantém um campo de visão claro. sempre na posição mais vertical possível,
enquanto o veículo estiver em movimento.
A proteção oferecida pelos cintos de segu-
ADVERTÊNCIA rança pode ser reduzida significativamente
l Não tente ajustar o banco enquanto esti- quando o encosto do banco está reclinado.
ver dirigindo. Isto pode causar perda de Existe um grande risco do passageiro AA0051198a

controle do veículo e resultar em acidente. deslizar por baixo do cinto de segurança


e resultar em ferimentos graves.
Após os ajustes do banco, certifique-se Banco dianteiro
que o banco esteja travado na posição,
tentando movimentar o banco para a frente
e para trás sem usar os mecanismos de ATENÇÃO Para ajustar para a frente ou para trás
ajuste. Certifique-se que o ajuste do banco seja
Tipo manual
l

l Não é permitido viajar no compartimento de feito por um adulto ou com a supervisão


carga de um veículo. Além disso, a área de de um adulto para o funcionamento correto Puxe a alavanca de ajuste do banco e ajuste o
carga nunca deve ser usada como área de e seguro. banco para a frente ou para trás, até a posição
diversão para crianças. Numa colisão, as desejada e solte a alavanca de ajuste para travar
l Não coloque uma almofada ou algo seme-
pessoas ou crianças viajando nessa área o banco nessa posição.
lhante entre as suas costas e o encosto
podem se ferir gravemente ou até morrer. do banco enquanto dirige. A eficiência do
Não permita que crianças ou adultos fi- apoio para cabeça será reduzida em caso
quem em área do veículo que não esteja de um eventual acidente.
equipada com bancos ou cintos de segu- l Quando deslizar os bancos, tenha cuidado
rança. Certifique-se também que todos os para não prender a mão ou o pé.
ocupantes estão corretamente sentados
l Ao deslizar ou reclinar o banco para trás,
em seus lugares e usando o cinto de se-
tenha cuidado com os passageiros do
gurança e que as crianças estejam usando
banco braseiro.
sistema de segurança para crianças.

3-3
Tipo 2 Tipo 1 Tipo 2

AA0051198 aa0051215a aa0051215

Para reclinar o encosto do banco


ADVERTÊNCIA ATENÇÃO
Tipo manual
Para assegurar que o banco está travado O mecanismo de reclinar o encosto do banco
com segurança, tente movimentar o banco Para reclinar o encosto do banco, incline-se para é uma mola de pressão, que causa o retorno
para a frente e para trás sem usar a alavanca a frente levemente, puxe para cima a alavanca do encosto para a posição vertical quando
de ajuste. trava do encosto, em seguida incline-se para a alavanca trava é acionada. Quando usar a
trás até a posição desejada e solte a alavanca. alavanca, sente-se junto ao encosto do banco
O encosto do banco irá travar nesta posição. ou segure-o com a mão para controlar o seu
movimento de retorno.

3-4
Tipo 1 Tipo 2

aa0088734a aa0088734 TA0013056

Para ajustar a altura do assento do Banco traseiro


banco*

Tipo manual Dobrar o encosto para a frente


Ajuste a altura do assento do banco acionando Puxe a cinta no topo do encosto e dobre-o para
a alavanca. a frente.
Confirme que o encosto trava com segurança
1 – Levantar ao retornar à posição.
2 – Abaixar

3-5
Capas protetoras dos
bancos em Neoprene®*
Feitas de material impermeável com 2 mm de
espessura, elas protegem os bancos contra
umidade, areia e sujeira.
As capas são fáceis de colocar e retirar, atra-
vés de presilhas. São fáceis de lavar e secam
rápidamente.
TA0013072 A capa de Neoprene® é confeccionada com aber-
tura na parte superior do encosto para facilitar a
Descansa-braço* Bolso para cinto de segurança* sua instalação e remoção no banco.
Para usar o descansa-braço, dobre-o para baixo. Nas laterais dos bancos traseiros, existe um O fechamento dessa abertura é feita por meio
bolso para o armazenamento das fivelas dos de presilhas.
Para retornar à posição original, empurre-o para
trás (no encosto) até que ele fique alinhado com cintos de segurança.
o banco. Cuidados:
l Limpar com pano úmido ou lavar à mão.
Observação l Usar sabão neutro.
l Não fique em pé e nem sente sobre o l Secar à sombra.
descansa-braço, pois ele pode quebrar. l Não deixar em contato com bronzeadores e
l A superfície superior do descansa-braço protetores solares, que podem causar man-
possui dois porta-copos para os ocupantes chas nas capas.
do banco traseiro.
Consulte “Porta-copo”, na página 6-25.

3-6
Apoio para cabeça

Advertência
l Dirigir sem o apoio para cabeça pode cau-
sar aos ocupantes do veículo ferimentos
graves ou fatais no caso de um acidente.
Para reduzir o risco de ferimentos em um
acidente, certifique-se sempre que os A A A
apoios para cabeça estão instalados e TA0013085 TA0013098
adequadamente posicionados quando o
banco estiver ocupado. Ajuste da altura Remoção
l Nunca coloque uma almofada ou similar Ajuste a altura do apoio para cabeça de forma Levante o apoio para cabeça com o botão de
no encosto. Isto pode afetar adversamen- que o centro do apoio fique na altura dos olhos, ajuste de altura (A) pressionado para dentro.
te o desempenho do apoio para cabeça, para reduzir o risco de ferimento numa eventual
aumentando a distância entre a cabeça e colisão. Para pessoas muito altas, cujo apoio
o apoio. para cabeça não alcance o nível dos olhos, o Instalação
apoio para cabeça deve ser ajustado na posição Confirme que o apoio para cabeça está voltado
mais alta possível. para a direção correta e então insira-o no encosto
Para levantar o apoio para cabeça, movimente-o enquanto pressiona o botão de ajuste de altura
para cima. Para abaixar o apoio para cabeça, (A) na direção indicada pelas setas.
movimente-o para baixo, enquanto pressiona o
botão de ajuste (A) na direção da seta. Depois
do ajuste, empurre o apoio para baixo, para
certificar-se que está bem travado.

3-7
Cintos de segurança
Para sua proteção e dos demais passageiros
do veículo em um eventual acidente, é muito
importante que todos usem corretamente os
cintos de segurança quando o veículo estiver
A A em movimento.
Os cintos de segurança dianteiros têm um siste-
ma de pré-tensionador. Estes cintos são usados
do mesmo modo que o cinto de segurança
TA0013102 aa0056568 convencional.
Veja “Sistema limitador de força e pré-tensionador
do cinto de segurança”, página 3-11.
ATENÇÃO ATENÇÃO
Confirme se o botão de ajuste de altura (A) está Se seu veículo está equipado com apoios
corretamente ajustado, conforme mostrado
l
para cabeça traseiros, os apoios para ca-
Advertência
na ilustração e também levante os apoios para beça para os bancos dianteiro e traseiro l Os cintos de segurança foram projetados
cabeça, para garantir que eles não saem do diferem no formato e tamanho. para proteger a estrutura óssea do corpo
encosto do banco. Quando estiver instalando os apoios para
l e devem ser usados ao redor da frente do
cabeça, certifique-se de instalar os apoios peito e ombros. Deve-se evitar usar o cinto
para cabeça dianteiros e traseiros em seus ao redor da área abdominal.
respectivos bancos. l Os cintos de segurança devem ser ajusta-
dos bem firmes, mas com conforto, para
fornecer proteção. Um cinto folgado reduz
muito a proteção.
l Deve-se evitar a contaminação da cinta
com polidores, óleos e produtos químicos,
principalmente ácido de bateria. A limpeza
pode ser feita com segurança usando uma
mistura de água e sabão. Se a cinta ficar
esgarçada, contaminada ou danificada,
deve ser substituída.

3-8
Cinto de segurança de três pontos Observação
Advertência (com mecanismo de travamento de Quando o cinto não pode ser puxado, por estar
l É essencial substituir todo o conjunto após emergência)* travado, puxe o cinto uma vez com força e de-
Este tipo de cinto não necessita de ajuste no pois retorne-o. Depois disso, puxe novamente o
um impacto severo, mesmo que o dano ao
comprimento. Uma vez colocado, o cinto ajusta- cinto, lentamente.
conjunto não seja visível.
l O cinto não deve ser usado com dobras. -se aos movimentos do corpo. Contudo, em uma 2. Encaixe a lingueta na fivela, até ouvir o “clic”
freada brusca ou impacto forte, o cinto trava de travamento.
l Cada cinto só deve ser usado por um automaticamente para segurar o passageiro
ocupante, pois é perigoso usar o cinto em no banco.
criança transportada no colo. ADVERTÊNCIA
l Não se deve fazer modificações ou adições
OBSERVAÇÃO Nunca coloque o cinto de segurança sobre
que impossibilitem o ajuste do cinto para l

remover a folga. Você pode verificar se o cinto trava puxando-o o abdome. Durante um acidente, ele poderá
rapidamente para a frente. fazer pressão em seu abdome e aumentar
l Nunca segure uma criança nos braços ou o risco de ferimento.
no colo, com o veículo em movimento,
mesmo que você esteja usando o cinto de Para colocar l O cinto não deve estar torcido quando
segurança. Fazendo isso, a criança corre o estiver em uso.
risco de sofrer ferimento grave ou até fatal, 3. Puxe o cinto levemente para ajustá-lo na
em caso de colisão ou freada repentina. melhor posição.
l Sempre ajuste o cinto de segurança para
ficar em uma posição confortável. Para soltar

AF0001475

1. Segurando a lingueta, puxe o cinto de segu-


rança lentamente.
AF0001488
aa0011587
Segure a lingueta e pressione o botão na fivela.
3-9
Observação Ancoragem para baixo Ancoragem para cima
Uma vez que o cinto se retrai automaticamente,
mantenha a lingueta segura até o cinto se retrair A 90° 1
totalmente. Caso contrário, o veículo pode ser
danificado.

Luz de advertência do cinto de


segurança* 2

TA0013115 aa0042538

Ancoragem ajustável do cinto de Cintas dos cintos de segurança*


segurança (bancos dianteiros)* As cintas dos cintos de segurança podem ser
A altura da ancoragem do cinto de segurança ajustadas segurando a cinta e a fivela em ângulo
pode ser ajustada. reto e então puxando a cinta conforme mostrado
Mova a ancoragem do cinto de segurança para na ilustração, para envolver o ocupante sem
baixo com o botão-trava (A) pressionado. Para apertar e sem folga.
mover a ancoragem para cima, deslize-a sem
aa0051417
1 – Apertar
pressionar o botão-trava (A).
2 – Afrouxar
A luz de advertência do cinto de segurança
acende a cada vez que a ignição é colocada na Advertência Enquanto segura o fecho do cinto, insira a lingueta
posição “ON” (ligada), como um lembrete para na fivela até ouvir um “clic”.
usar o cinto de segurança. Ao ajustar a ancoragem do cinto de segurança,
coloque-a em posição suficientemente alta
de modo que a cinta faça contato total com
o ombro, porém sem tocar o pescoço.

3-10
Segurança para mulheres Sistema limitador de força e 1 – Sensores de impacto dianteiros
2 – Unidade de controle do airbag
grávidas pré-tensionador do cinto de
3 – Pré-tensionadores dos cintos de segu-
segurança* rança
ADVERTÊNCIA
O banco do motorista ou do passageiro dianteiro
Todos os passageiros devem usar o cinto de equipado com airbag tem um cinto de segurança ADVERTÊNCIA
segurança, inclusive as mulheres grávidas. com pré-tensionador.
As mulheres grávidas devem usar o cinto de Para obter o melhor resultado do pré-tensio-
segurança disponível no veículo. Ele reduz nador do cinto de segurança, ajuste o banco
a probabilidade de ferimentos em ambos Sistema de pré-tensionamento para a posição adequada e coloque o cinto
(mulher e feto). O cinto abdominal deve ficar de segurança adequadamente.
1
ao redor das coxas e tão apertado contra os
quadris quanto possível, porém não através
da cintura. Um médico deve ser consultado
ATENÇÃO
se existirem dúvidas. l Instalação de equipamentos de som ou
reparos próximos ao pré-tensionador do
cinto de segurança ou do console de piso
devem ser executados de acordo com as
orientações da MITSUBISHI MOTORS.
Este procedimento é necessário, pois o
reparo poderá afetar o sistema de pré-
3 2 aa0051303 tensionamento.
l Em caso de sucateamento do veículo,
O sistema de pré-tensionamento retrai instanta- consulte uma Concessionária MITSUBISHI
neamente seus respectivos cintos de segurança, MOTORS. Isto deve ser feito, porque a
maximizando, portanto, a eficiência dos cintos de ativação inesperada do sistema de pré-
segurança se ocorrer um impacto frontal severo -tensionamento do cinto de segurança
o suficiente para ferir o motorista ou o passageiro pode causar ferimentos.
dianteiro e a ignição estiver na posição “ON”
(ligada) ou “Start” (partida).
O pré-tensionador do cinto de segurança inclui
os seguintes componentes:

3-11
OBSERVAÇÃO Segurança para crianças
l O pré-tensionador do cinto de segurança será
ativado se o veículo sofrer um impacto frontal Se crianças estiverem viajando no veículo, é
severo, mesmo quando o cinto de segurança necessário utilizar um sistema de segurança
não estiver sendo usado. para elas, de acordo com sua idade. Isto é
l O sistema pré-tensionador do cinto de segu- exigência legal.
rança é designado para funcionar uma única Os dispositivos legais que regulam medidas de
vez. Após a ativação do pré-tensionador do segurança para crianças em bancos dianteiros
cinto de segurança, recomendamos a substi- diferem de um país para outro.
tuição em uma Concessionária MITSUBISHI
MOTORS. aa3002999
ADVERTÊNCIA
Luz de advertência do SRS l As estatísticas de acidentes indicam que as Cuidado ao instalar um sistema
Esta luz monitora os sistemas do airbag SRS crianças viajam mais seguras se estiverem de segurança para crianças em
e do pré-tensionador dos cintos de segurança. corretamente presas nos bancos traseiros veículos equipados com airbag para o
Veja a seção “Luz de advertência do SRS”, na
e não nos bancos dianteiros. passageiro dianteiro
página 3-22. Por isso, a MITSUBISHI MOTORS reco- A etiqueta mostrada aqui está fixada nos veí-
menda que as crianças viajem sempre no culos equipados com airbag para o passageiro
banco traseiro do veículo. dianteiro.
Sistema limitador de força
l Levar uma criança nos braços não é um
Em caso de colisão, cada sistema limitador de substituto adequado do sistema de segu-
força irá absorver eficientemente a carga aplicada rança. Se não for utilizado um sistema de ADVERTÊNCIA
ao cinto de segurança, de maneira a minimizar segurança correto, o resultado pode ser Extremamente arriscado!
o impacto ao passageiro. ferimento grave ou mesmo fatal para a
Não utilize um banco para crianças do tipo
criança.
voltado para a traseira do veículo em um
l Um sistema de segurança somente deve banco protegido por um airbag!
ser usado por uma única criança.

3-12
Quando transportar bebês e crianças pequenas
em seu veículo, siga as instruções a seguir:

Instruções:
l Para bebês, deve ser usado um transportador
de bebê. Para crianças pequenas, cujo cinto
de segurança fica em contato com a face ou
o pescoço quando sentadas, deve ser usada
uma cadeira para criança.
l O sistema de segurança para crianças deve
aa0057161 aa0017130 ser apropriado ao peso e à altura da criança
e se ajustar perfeitamente ao veículo: O
SISTEMA DE SEGURANÇA PARA CRIAN-
ADVERTÊNCIA ADVERTÊNCIA ÇAS DEVE SER INSTALADO NO BANCO
TRASEIRO.
BANCO PARA CRIANÇAS DO TIPO VOLTA- SISTEMA DE SEGURANÇA DO TIPO VOLTA- l Antes de comprar uma cadeira para criança
-DO PARA A TRASEIRA DO VEÍCULO NÃO DO PARA A FRENTE DO VEÍCULO somente ou transportador de bebê, primeiro tente
DEVE ser instalado no banco do passageiro deve ser utilizado no banco traseiro. instalá-lo no banco traseiro para assegurar
dianteiro, pois ele deixa a criança muito que se ajusta bem. Devido à localização das
perto do airbag do passageiro dianteiro. A fivelas dos cintos de segurança no assento
força com que o airbag infla pode matar ou
Bebês e crianças pequenas
do banco, pode ser difícil a instalação segura
causar ferimentos sérios na criança. Bancos de algum tipo de sistema de segurança para
para crianças voltados para a traseira do crianças.
veículo devem ser instalados somente no
banco traseiro. Se o sistema de segurança para crianças
pode ser puxado para frente facilmente,
mesmo depois do cinto de segurança ter sido
ajustado, escolha um outro tipo de sistema
de segurança para crianças.

AF0001521

3-13
3. Remova toda a folga do cinto de segurança
ADVERTÊNCIA usando a presilha de travamento.
4. Empurre e puxe o sistema de segurança para
l Quando instalar um sistema de seguran-
crianças em várias direções, para certificar-se
ça para crianças, siga as instruções do
que ele está seguro.
fabricante do sistema. Não respeitar esta
norma pode resultar em ferimentos sérios
e até fatais para a criança.
l Depois da instalação movimente o sistema
de segurança para crianças para a frente, A
para trás e para os lados, para certificar-
-se que está firmemente seguro. Se o aa3003084

sistema de segurança para crianças não


é bem fixado, ele pode causar ferimento Instalação do sistema de segurança
na criança ou em outros passageiros, em para crianças com o cinto de
caso de acidente ou parada repentina. segurança de três pontos (com
l Quando o sistema de segurança para mecanismo de travamento de
crianças não estiver em uso, mantenha-o emergência)* aa0026035
preso com o cinto de segurança ou remova-
Para segurança, recomendamos instalar o siste-
-o do veículo, para evitar ferimentos nos
ma de segurança para crianças usando o cinto
passageiros.
de segurança de três pontos com mecanismo Advertência
de travamento automático/emergência. Se o Para alguns tipos de sistema de segurança
Crianças maiores sistema vai ser instalado com outro tipo de cinto para crianças, a presilha de travamento (A)
de segurança, siga as orientações a seguir. deve ser usada para ajudar a evitar ferimentos
Crianças maiores que não usam mais o siste-
ma de segurança para crianças devem sentar pessoais durante uma colisão ou manobras
no banco traseiro e usar o cinto de segurança
Instalação repentinas.
combinado ombro e subabdominal. 1. Coloque o sistema de segurança para crianças Ela deve ser ajustada e usada de acordo com
no banco onde deseja instalar e remova o as instruções do fabricante do sistema de
O cinto de segurança deve ser acomodado e
apoio para cabeça do banco. segurança para crianças.
posicionado na parte inferior do abdômen, de
maneira que ele fique abaixo da parte superior Veja o item “Apoio para cabeça”, na página 3-7. A presilha de travamento deve ser removida
dos quadris. Caso contrário, o cinto poderá 2. Prenda o cinto de segurança para segurar quando o sistema de segurança para crianças
penetrar ou pressionar o abdômen da criança o sistema de segurança para crianças. é removido.
em caso de acidente e causar ferimento grave. Certifique-se de ouvir um “clic” ao inserir a
lingueta na fivela.
3-14
Inspeção dos cintos de Sistema de segurança
Advertência
segurança suplementar (SRS) – airbag*
l Não tente reparar ou trocar qualquer peça
l Revise os cintos de segurança para verificar do conjunto do cinto de segurança. Qual- Esta seção descreve importantes pontos sobre
possíveis cortes, desgaste, desfiados e peças quer reparo deve ser executado em uma o sistema de segurança suplementar (SRS) do
metálicas deformadas ou quebradas. Troque Concessionária ­MITSUBISHI MOTORS. motorista e do passageiro dianteiro.
os cintos que estiverem com defeito. Falha na execução de reparos no con-
Os airbags são projetados para suplementar a
junto do cinto de segurança pode reduzir
l Se o cinto estiver sujo, limpe-o com detergente proteção principal dos cintos de segurança ao
a eficiência do sistema e causar sérios
neutro e água morna. Depois de enxaguar motorista e passageiro dianteiro, oferecendo a
ferimentos, em caso de acidente.
com água, deixe secar à sombra. Nunca lave esses passageiros proteção contra ferimentos
com alvejante nem tinja, pois isto prejudica l Depois que o pré-tensionador é ativado, na cabeça e tórax, em determinados tipos de
as suas características básicas. não pode ser reutilizado. colisão frontal de moderada a severa.
Ele deve ser substituído junto com o re- Os airbags não substituem os cintos de se-
trator. gurança; para a proteção máxima em todos
Advertência os tipos de colisões e acidentes, os cintos de
l Depois de uma colisão, todos os con- segurança devem ser usados SEMPRE pelo
juntos de cintos de segurança, incluindo motorista e pelos demais passageiros do veículo.
os ­ acessórios de fixação, devem ser (Bebês, crianças pequenas em um sistema de
ins­pecionados por uma Concessionária segurança para crianças e crianças mais velhas
MITSUBISHI ­MOTORS. Recomenda-se que que usem o cinto de segurança devem viajar no
os conjuntos de cintos de segurança em banco traseiro.)
uso durante uma colisão sejam trocados,
a não ser que o acidente seja de pouca
importância, que os cintos não mostrem
danos e conti­nuem funcio­nando adequa­
damente.

3-15
ADVERTÊNCIA ADVERTÊNCIA
l É MUITO IMPORTANTE USAR SEMPRE O l É MUITO IMPORTANTE ESTAR SENTADO
CINTO DE SEGURANÇA, MESMO COM O CORRETAMENTE.
AIRBAG. O motorista ou o passageiro dianteiro
l Os cintos de segurança mantêm o mo- muito próximo do volante de direção
torista e o passageiro dianteiro posicio- ou do painel de instrumentos durante o
nados corretamente, o que reduz o risco acionamento do airbag pode sofrer feri-
de ferimentos em todas as colisões, mento sério ou até fatal.
reduzindo ainda o risco de ferimentos O airbag infla muito rápido e com muita
graves ou fatais quando o airbag infla. Aa0011646
força.
Durante uma freada brusca antes de Se o motorista e o passageiro dianteiro não
uma colisão, o motorista ou o passa-
geiro dianteiro sem cinto de segurança
estiverem sentados corretamente, o airbag
pode não oferecer a proteção necessária
Advertência
pode se mover para a frente, em contato e causar ferimentos no momento em que l Não sente na beirada do banco nem incline
direto com o airbag que pode inflar no infla. a cabeça ou o peito sobre o volante de
momento do impacto. direção ou o painel de instrumentos.
l Antes de dirigir, ajuste o banco do moto-
O estágio inicial em que o airbag infla rista o mais distante possível do volante Não coloque os pés ou as pernas sobre
é muito forçado, o que pode causar de direção enquanto continua mantendo ou junto ao painel de instrumentos.
ferimentos graves ou fatais se o airbag controle total do veículo.
atingir o ocupante neste estágio.
l Antes de colocar o veículo em movi-
l Os cintos de segurança reduzem o mento, ajuste os bancos do passageiro
risco de ferimentos em capotamentos, o mais atrás possível.
impactos laterais ou traseiros e colisões
frontais em baixa velocidade, pois os l Certifique-se que todos os ocupantes
airbags do motorista e do passageiro do veículo estejam usando os cintos de
dianteiro não foram projetados para segurança.
inflar nessas situações. l Usando os cintos de segurança, o mo-
l Os cintos de segurança reduzem o ris- torista e o passageiro dianteiro devem
co dos ocupantes serem atirados fora se sentar bem atrás e eretos, sem se
do veículo em uma colisão ou em um recostar na janela ou na porta.
capotamento.

3-16
Aa0011659
aa0117926 aa0117939

Use sistemas de segurança para crianças volta-


Advertência dos para a traseira no banco traseiro. Advertência
l Bebês e crianças pequenas não devem l UM SISTEMA DE SEGURANÇA PARA
ficar soltos, em pé junto ao painel de ins- Advertência CRIANÇA VOLTADO PARA A FRENTE não
trumentos ou seguros nos braços ou no deve ser utilizado no banco do passagei-
colo; eles podem se ferir seriamente em Em veículos com airbag para o passageiro ro dianteiro sempre que possível; se for
caso de acidente ou quando o airbag inflar. dianteiro, SISTEMAS DE SEGURANÇA PARA usado no banco do passageiro dianteiro,
Eles devem ser colocados em um sistema CRIANÇAS VOLTADOS PARA A TRASEIRA ajuste o banco totalmente para trás. A
de segurança adequado para crianças. Veja NÃO devem ser usados no banco do passa- falta deste cuidado pode causar a morte
a seção “Segurança para crianças”, neste geiro dianteiro. A força de um airbag sendo da criança ou ferimentos graves.
manual. ativado pode causar ferimentos graves ou
l Crianças maiores devem ficar sentadas,
até fatais na criança.
usando adequadamente o cinto de segu-
rança adequado e uma elevação do banco,
se necessário.

3-17
1 2 3
O acionamento do airbag produz um ruído re-
pentino e alto, liberando um pouco de fumaça e
pó, mas esta condição não é prejudicial e não
indica fogo no veículo. Pessoas com problemas
respiratórios podem sentir alguma irritação tem-
porária, devido à química usada para inflar. Abra
os vidros depois do acionamento do airbag, se
for seguro fazer isso.
Os airbags esvaziam muito rapidamente, assim
a visão é obstruída somente um pouco.
4 O tempo necessário para os sensores detectarem
aa0051332
um impacto até os airbags inflarem é mais rápido
Como funciona o sistema de do que um piscar de olhos.
segurança suplementar
aa3002999
O SRS inclui os seguintes componentes: ATENÇÃO
Atenção ao instalar sistema de 1 – Módulo do airbag (motorista)
Os airbags são inflados em velocidade extre-
segurança para crianças em veículos 2 – Módulo do airbag (passageiro) mamente rápida. Em determinadas situações,
equipados com airbag para o 3 – Sensores de impacto dianteiros o contato com o airbag inflando pode resultar
passageiro dianteiro 4 – Unidade de controle do airbag em leves cortes, contusões ou semelhante.
A etiqueta mostrada aqui está fixada nos veí-
Os airbags somente funcionarão com a ignição
culos equipados com airbag para o passageiro
ligada ou na posição “START” (partida).
dianteiro.
Quando a unidade de controle do airbag detectar
um impacto com força frontal suficiente, ela envia
ADVERTÊNCIA um sinal de ignição aos módulos do airbag, para
inflamar os materiais de inflar e gerar gás para
Perigo extremo! inflar os airbags.
Não instale um sistema de segurança para
crianças do tipo voltado para a traseira do
veículo sobre um banco protegido por um
airbag em frente a ele!

3-18
Sistema de airbag do motorista e Colisão frontal com uma parede sólida em velocidade Impacto frontal de moderado a severo dentro da área
passageiro dianteiro* aproximada de 25 km/h ou superior marcada entre as setas

AA1002966

Acionamento dos airbags dianteiros (por exemplo: em outro veículo estacionado, em


AA0011662 um poste ou em um “guard rail”).
Os airbags dianteiros ESTÃO Uma vez que nas colisões frontais os ocupantes
O airbag do motorista está localizado embaixo PROGRAMADOS PARA INFLAR são movidos facilmente para fora de suas posi-
da cobertura, no centro do volante de direção.
quando... ções, eles devem usar sempre o cinto de segu-
O airbag do passageiro dianteiro está localizado rança corretamente. O cinto de segurança ajuda
no painel de instrumentos, acima do porta-luvas. Os airbags estão programados para inflar quando
o veículo sofrer um impacto frontal de moderado a manter o passageiro a uma distância segura do
Os airbags do motorista e do passageiro dianteiro a severo. As condições típicas estão indicadas volante de direção e do painel de instrumentos,
são projetados para inflar ao mesmo tempo, na ilustração. durante o primeiro estágio de acionamento do
mesmo que o banco do passageiro não esteja airbag. No primeiro estágio o airbag é acionado
ocupado. Os airbags dianteiros serão acionados se a
com muita força e pode causar ferimentos sérios
severidade do impacto ficar acima do nível do
e até fatais. Além disso, o cinto de segurança do
limite pré-determinado, comparável a uma co-
seu veículo é o principal meio de proteção em
lisão frontal, a uma velocidade aproximada de
caso de colisão. O SRS (Sistema de Segurança
25 km/h, de encontro a uma parede sólida, que
não se move ou deforma. Se a severidade do Suplementar) – airbags é um meio auxiliar de
impacto ficar abaixo do nível pré-determinado, proteção. Portanto, para sua segurança e dos
o airbag não será acionado. Contudo, este nível demais passageiros, use sempre corretamente
de velocidade poderá ser consideravelmente o cinto de segurança.
maior se o veículo colidir com um objeto que
absorva o impacto deformando ou movendo-se

3-19
Os airbags dianteiros PODEm NÃO Os airbags dianteiros NÃO ESTão
Colisão com um poste, árvore ou outro objeto
SER ACIONADOs quando... PROJETADOs PARA SER ACIONADOs
estreito
Em determinados tipos de colisão frontal, a estru- quando...
tura da carroceria do veículo está projetada para Os airbags não são acionados em condições
absorver o impacto e desta forma ajudar a prote- nas quais eles não podem assegurar proteção
ger os passageiros de ferimentos (a parte frontal aos ocupantes.
da carroceria do veículo pode ficar extremamente
Tais condições são indicadas na ilustração.
deformada com a absorção do impacto). Nestas
condições, os airbags podem não ser acionados, Como o airbag não protege os ocupantes em
independentemente da deformação e danos na Veículo desliza para baixo da carroceria traseira todos os tipos de colisões frontais, use sempre
carroceria do veículo. de um caminhão corretamente o cinto de segurança.
Alguns exemplos típicos destas condições são
mostrados nas ilustrações a seguir.

Como o airbag não protege os ocupantes em


todos os tipos de colisões frontais, use sempre
corretamente o cinto de segurança. Impactos frontais oblíquos

aa2001070

3-20
Os airbags dianteiros PODEm SER
Colisões traseiras ACIONADOs quando... Colisão com uma elevação mediana/ilha ou guia

Os airbags podem ser acionados se o veículo


sofrer impacto de moderado a severo na parte
dianteira inferior (dano na parte inferior da
carroceria).
Alguns exemplos destas condições estão indi-
cados na ilustração.
Colisões laterais
Como os airbags podem ser acionados em
determinados tipos de impactos inesperados,
Veículo trafegando por rodovias com buracos profundos
conforme indicado na ilustração, os ocupantes
podem facilmente ser movidos de suas posições.
Por isso, é importante usar sempre corretamente
o cinto de segurança. O cinto de segurança ajuda
a manter os ocupantes a uma distância segura do
volante de direção e do painel de instrumentos,
Capotamentos
durante o primeiro estágio de acionamento do Veículo trafegando por terreno inclinado e acidentado
airbag. O primeiro estágio de acionamento do
airbag é tão forte que pode causar ferimentos
graves e até fatais nos ocupantes.

aa2001083 aa2001096

3-21
A luz de advertência do sistema de segurança
ADVERTÊNCIA suplementar está localizada no painel de ins-
trumentos. O sistema faz a autoverificação e a
Não coloque pacotes, animais de esti-
l luz indica se existe algum problema. Quando a
mação ou qualquer outro objeto entre o ignição é colocada na posição “ON” (ligada) ou
motorista ou entre o passageiro dianteiro e “START” (partida), a luz de advertência deve
o airbag. Isto pode afetar o funcionamento acender por alguns segundos e depois apagar.
do airbag ou causar ferimentos durante o Este procedimento indica que o sistema está
acionamento do airbag. pronto. Se um airbag ou pré-tensionador do cinto
Geralmente, depois que o airbag infla al-
l de segurança (se equipado) não estiver funcio-
guns componentes do sistema airbag se nando adequadamente, a luz de advertência
aa0051387 tornam muito quentes. Não toque neles, acenderá e permanecerá acesa.
você pode se queimar. A luz de advertência do SRS é compartilhada
O sistema airbag é projetado para funcionar pelo airbag do motorista, airbag do passageiro
ADVERTÊNCIA
l
apenas uma vez. Depois que o airbag é dianteiro e pelos pré-tensionadores dos cintos
l Não colo­que nada sobre nem cole algo no acionado, ele não voltará a funcionar. Ele de segurança.
painel de instrumentos, acima do porta- deve ser substituído imediatamente e todo
-luvas. O objeto poderá ser arremessado o sistema deve ser inspecionado em uma
de encontro ao passageiro, no momento Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
em que o airbag inflar.
l Não fixe acessórios nem os coloque em Luz de advertência do SRS
frente ao para-brisa. Eles podem restringir
o acionamento do airbag ou podem ser
arremessados de encontro ao passageiro,
machucando-o, no momento em que o
airbag inflar.

TA0013131

3-22
Manutenção do SRS OBSERVAÇÃO
ADVERTÊNCIA l Ao vender o seu veículo, é importante que o
novo proprietário seja informado que o veículo
Se ocorrer qualquer uma das condições a ADVERTÊNCIA está equipado com o sistema SRS e onde ele
seguir, o SRS não funcionará adequadamente
e você deve levar o veículo a uma Conces- l Qualquer serviço de manutenção nos pode encontrar as informações necessárias
sionária MITSUBISHI ­MOTORS, o mais breve componentes do sistema SRS ou próximo a neste Manual do Proprietário.
possível: eles deve ser executado somente por uma l Ao se desfazer do seu veículo (sucatea­mento),
l A luz de controle do SRS não acende Concessionária MITSUBISHI MOTORS. primeiro leve o veículo a uma Concessionária
quando é dada a partida no motor. Serviço inadequado nos componentes MITSUBISHI MOTORS, para que o sistema
do SRS ou na parte elétrica pode resultar seja descartado com segurança.
l A luz de controle do SRS não apaga após
alguns segundos. em acionamento inesperado do airbag ou
deixá-lo inoperante. Qualquer uma das
l A luz de controle do SRS acende com o situações pode resultar em ferimentos
veículo em movimento. graves.
l Os airbags e pré-tensionadores dos cintos l Não modifique o volante de direção ou
de segurança são projetados para ajudar qualquer outro componente do sistema
a reduzir o risco de ferimentos graves ou airbag. Por exemplo, substituição do
fatais em determinadas colisões. Se ocor- volante de direção ou modificações no
rer qualquer das condições anteriores, leve para-choque dianteiro ou na estrutura da
imediatamente seu veículo para inspeção carroceria podem afetar negativamente o
na Concessionária MITSUBISHI MOTORS. funcio­namento do SRS e provocar possí-
veis ferimentos.
l Se o veículo sofrer qualquer dano na parte
dianteira, o sistema SRS deve ser inspecio-
nado em uma Conces­sionária MITSUBISHI
MOTORS, para assegurar o seu funciona-
mento perfeito.

3-23
Instrumentos e controles
Instrumentos
Luzes de advertência e indicadoras (veículos a Diesel)
Luzes de advertência e indicadoras (veículos Flex)
Luzes de advertência
Interruptor combinado dos faróis e lanternas
DRL – Luzes de rodagem diurna*
Alavanca dos indicadores de direção
Interruptor das luzes de advertência
Interruptor do farol de neblina dianteiro*
Interruptor do limpador e lavador
Desembaçador do vidro traseiro*
Buzina

4-1
Tipo A 1 2 3 Tipo B

4 5 6 4 aa1007059 aa0096661

Instrumentos Velocímetro
O velocímetro indica a velocidade do veículo em
1 – Tacômetro quilômetros por hora (km/h).
2 – Velocímetro
3 – Indicador de combustível
4 – Hodômetro/Hodômetro parcial
5 – Botão zerador/Reostato
6 – Medidor de temperatura da água

4-2
Tipo 1 Tipo 2 Tipo 1

A B C A B C
aa0096687 aa0096690 aa0045887

Tacômetro Hodômetro/hodômetro parcial Hodômetro parcial


O tacômetro indica as rotações do motor (rpm). Ao ligar a ignição, as indicações do hodômetro, O hodômetro parcial indica a distância percorrida
O tacômetro pode ajudar a obter uma condução do hodômetro parcial e lembrete de serviço são pelo veículo durante um percurso em particular
mais econômica e também alertá-lo se o motor mostradas. ou período.
está em rotação excessiva. O hodômetro parcial tem dois displays: TRIP
A – Hodômetro A   e TRIP B  .
B – Hodômetro parcial
ATENÇÃO C – Botão zerador
O TRIP A pode ser usado para medir a distân-
cia percorrida desde o início de uma viagem. Ao
Durante a viagem, olhe o tacômetro para mesmo tempo o TRIP B pode ser usado para
certificar-se que o indicador de rotação do Hodômetro medir a distância percorrida a partir de uma
motor não entre na zona vermelha (área de O hodômetro indica a distância total percorrida determinada localização.
rotação excessiva do motor). pelo veículo. Quando o botão zerador (C) é pressionado por
menos de 1 segundo, o display do hodômetro
parcial alterna entre TRIP A e TRIP B .

4-3
Tipo 2 Observação
Em caso de falha de operação no motor dos
veículos a diesel, devido ao funcionamento sem
combustível, algumas vezes pode ser difícil dar
a partida no motor após o reabastecimento. Isto
acontece devido à entrada de ar no sistema de
combustível. Portanto, o ar deve ser sangrado
para fora do sistema. (Veja a seção “Sangria do
sistema de combustível”, na página 8-8).

A Marca da tampa do bocal de


aa0045890 aa0045904
combustível
Para zerar o hodômetro parcial Indicador de combustível A marca da tampa do bocal de combustível
(A) indica que o bocal de reabastecimento de
Para retornar o display a zero, pressione o botão Com a ignição ligada, o medidor indica o nível
combustível está localizado no lado direito do
zerador (C) por mais de 2 segundos. Somente o de combustível no reservatório.
veículo.
valor que estiver sendo mostrado será zerado.
Se estiver mostrando TRIP A , por exemplo, F – Full (cheio)
somente TRIP A será zerado. E – Empty (vazio)

OBSERVAÇÃO ATENÇÃO
l Os displays TRIP A e B medem uma dis-
tância máxima de 999,9 km. l Em veículos flex, não dirija com o nível de
combustível extremamente baixo, pois isto
l Ao desconectar o terminal da bateria por pode danificar o catalisador.
um longo período, a memória do hodômetro
parcial, TRIP A e B , é zerada e o display l Em veículos a Diesel, não dirija com um
retorna a zero “0”. nível de combustível muito baixo, pois isto
pode danificar o sistema de combustível.

4-4
A

1 2

aa0096717 aa0096720 aa0096733

Luz de advertência de nível baixo de Medidor da temperatura da água Botão do reostato* (controle de
combustível O medidor da temperatura da água indica a iluminação do painel de instrumentos)
A luz de advertência (A) acende quando o nível temperatura do líquido de arrefecimento do O reostato pode ser ajustado enquanto os faróis
de combustível no reservatório está baixo (apro- motor quando a ignição está na posição “ON” ou as lanternas estiverem acesos.
ximadamente 14 litros), com a ignição na posição (ligada).
Gire o botão para ajustar a iluminação (medidores,
“ON” (ligada). Reabasteça logo que for possível. display multifunção, painel de controle do sistema
ATENÇÃO de áudio, painel de controle do aquecedor etc.)
ao nível desejado.
Observação
Se o ponteiro do indicador entrar na zona H,
Em inclinações ou curvas, devido ao movi- 1 – Para reduzir a iluminação
enquanto o motor estiver funcionando, indica
mento do combustível no reservatório, a luz que o motor está superaquecido. Pare imedia-
de advertência de nível baixo pode não indicar 2 – Para aumentar a iluminação
tamente o veículo em um local seguro e faça
corretamente. os procedimentos necessários. (Veja a seção
“Motor superaquecido”, na página 8-7).
Enquanto estiver dirigindo, tenha sempre o
cuidado de manter o funcionamento do motor
em temperatura normal.

4-5
Veículos a Diesel

aa1003804a

Luzes de advertência e indicadoras (veículos a Diesel)


1 – Luzes indicadoras de direção/luzes de advertência – pág. 4-8 10 – Luz indicadora do filtro de combustível (veículos a Diesel) – pág.
2 – Luz indicadora do farol alto – pág. 4-8 4-9
3 – Luz indicadora do farol de neblina dianteiro* – pág. 4-8 11 – Luz de advertência da bateria – pág. 4-11
4 – Luz de advertência do cinto de segurança* – pág. 3-10 12 – Luz de advertência da temperatura do fluido da transmissão auto-
mática (T/A) – pág. 5-19
5 – Luz de advertência de nível baixo de combustível – pág. 4-5
13 – Indicador da posição da alavanca seletora (T/A) – pág. 5-16
6 ­– Luz indicadora de funcionamento 2WD/4WD – pág. 5-24
14 – Luz de advertência do freio – pág. 4-9
7 – Luz de advertência de inspeção do motor e sistema de diagnose
de emissões – pág. 4-10 15 – Luz de advertência do ABS – pág. 5-34
8 – Luz indicadora do pré-aquecimento do Diesel (veículos a Diesel) 16 – Luz de advertência de porta aberta – pág. 4-12
– pág. 4-8 17 – Luz de advertência do sistema de segurança suplementar (SRS)
9 – Luz de advertência da pressão do óleo – pág. 4-11 – pág. 3-22
18 – Luz indicadora “CRUISE” (Piloto Automático) – pág. 5-37

4-6
Veículos Flex

aa1003804b

Luzes de advertência e indicadoras (veículos Flex)


1 – Luzes indicadoras de direção/luzes de advertência – pág. 4-8 10 – Luz de advertência da bateria – pág. 4-11
2 – Luz indicadora do farol alto – pág. 4-8 11 – Luz de advertência da temperatura do fluido da transmissão auto-
3 – Luz indicadora do farol de neblina dianteiro* – pág. 4-8 mática (T/A) – pág. 5-19
4 – Luz de advertência do cinto de segurança* – pág. 3-10 12 – Indicador da posição da alavanca seletora (T/A) – pág. 5-16
5 – Luz de advertência de nível baixo de combustível – pág. 4-5 13 – Luz de advertência do freio – pág. 4-9
6 ­– Luz indicadora de funcionamento 2WD/4WD* – pág. 5-24 14 – Luz de advertência do ABS – pág. 5-34
7 – Luz de advertência de inspeção do motor e sistema de diagnose 15 – Luz de advertência de porta aberta – pág. 4-12
de emissões – pág. 4-10 16 – Luz de advertência do sistema de segurança suplementar (SRS)
8 – Luz de advertência de nível baixo do reservatório de gasolina de – pág. 3-22
partida a frio – pág. 4-12 17 – Luz indicadora “CRUISE” (Piloto Automático) – pág. 5-37
9 – Luz de advertência da pressão do óleo – pág. 4-11

4-7
Luzes indicadoras Luz indicadora do pré-aquecimento do Diesel
(veículos a Diesel)
Esta luz indicadora acende quando a ignição é colocada
Luzes indicadoras de direção / Luzes na posição “ON” (ligada). À medida que as velas de pré-
indicadoras de advertência -aquecimento vão aquecendo, a luz apaga e pode ser
Essas luzes indicadoras acendem e apagam quando os dada a partida no motor.
indicadores de direção estão em funcionamento.

OBSERVAÇÃO
ATENÇÃO
Se a luz piscar muito rapidamente, a causa pode ser falha Se a lâmpada indicadora de pré-aquecimento do
na conexão dos indicadores de direção ou uma lâmpada diesel piscar após dar a partida no motor, a rotação
queimada. do motor pode não aumentar acima da rotação da
marcha lenta pois o Diesel está congelado. Neste
Quando o interruptor da luz de advertência é pressionado, caso, mantenha o motor em marcha lenta cerca de
todas as luzes acendem e apagam continuamente. 10 minutos e então desligue o interruptor de ignição
e ligue-o imediatamente outra vez, para confirmar se
Luz indicadora do farol alto a lâmpada indicadora de pré-aquecimento do Diesel
está desligada.
Esta luz indicadora acende quando o farol alto está em
uso.
OBSERVAÇÃO
l Se o motor estiver frio, a luz indicadora de pré-
aquecimento do motor ficará acesa por muito mais
Luz indicadora do farol de neblina dianteiro* tempo.
Esta luz indicadora permanece acesa enquanto o farol de l Quando não for dada a partida no motor dentro de
neblina estiver ligado. aproximadamente 5 segundos após a luz indicadora
de pré-aquecimento ter apagado, retorne a ignição
para a posição “LOCK” (trava). Em seguida, retorne a
ignição para a posição “ON” (ligada) para pré-aquecer
o motor novamente.
l Quando o motor estiver aquecido, a luz indicadora
de pré-aquecimento do Diesel não acenderá, mesmo
colocando a ignição na posição “ON” (ligada).

4-8
Luz indicadora do filtro de combustível Luzes de advertência
(veículos a Diesel)
Esta luz indicadora acende quando a ignição é colocada Luz de advertência do freio (alerta de
na posição “ON” (ligada) e apaga após a partida do motor. advertência do freio)
Se esta luz acender com o motor funcionando, indica que
Esta luz acende quando a ignição é colocada na posição
tem água acumulada dentro do filtro de combustível; se
“ON” (ligada) e apaga após a partida do motor.
isto acontecer, remova a água do filtro de combustível.
Consulte “Remoção da água do filtro de combustível (so- Certifique-se sempre de que a luz apaga antes de dirigir.
mente veículos a Diesel com injeção direta)” na página 8-8. Com a ignição na posição “ON” (ligada) a luz de adver-
Quando a luz apagar, o veículo pode ser colocado em tência acende sob as seguintes condições:
movimento novamente. Se a luz não apagar ou acender l Quando a alavanca do freio de estacionamento está
de vez em quando, recomendamos levar o veículo a uma acionada.
Concessionária MITSUBISHI MOTORS para inspeção. l Quando o nível do fluido no reservatório cai para um
nível baixo.
l Quando a função de distribuição de força do freio não
estiver funcionando corretamente.

ATENÇÃO
l Nas situações listadas a seguir, o desempenho
do freio pode ficar comprometido ou o veículo
pode ficar instável se os freios forem acionados
repentinamente; consequentemente, evite dirigir
em altas velocidades ou aplicar os freios repenti-
namente. Além disso, o veículo deve ser parado
em um local seguro e inspecionado.
l A luz de advertência do freio não acende quan-
do o freio de estacionamento está acionado ou
não apaga quando o freio de estacionamento
é liberado.

4-9
l A luz de advertência do ABS e a luz de adver- Luz de advertência de inspeção do motor e
tência do freio acendem ao mesmo tempo. sistema de diagnose de emissões
Consulte “Luz de advertência do ABS” na página Esta luz é uma peça do sistema de diagnóstico que
5-34. monitora as emissões, sistema de controle do motor e
l A luz de advertência do freio permanece acesa sistema de controle da transmissão automática.
durante a condução do veículo. Se for detectado um problema em um destes sistemas,
l Quando o sistema de freio estiver com problema, esta luz acende.
estacione o veículo da seguinte maneira: Embora o veículo possa ser conduzido normalmente e não
l Pise no pedal do freio com mais força que o precise ser rebocado, recomendamos que o sistema seja
usual. verificado o mais breve possível em uma Concessionária
Mesmo se o pedal do freio descer até o final MITSUBISHI MOTORS.
de seu curso, mantenha-o firmemente pres- Esta luz também acenderá por alguns segundos quando a
sionado. ignição for colocada na posição “ON” (ligada) e só apaga
l Se o freio falhar, use o freio motor para reduzir quando o motor é colocado em funcionamento. Se a luz
a velocidade e acione levemente a alavanca do não se apagar após o motor entrar em funcionamento, leve
freio de estacionamento para parar o veículo. o veículo a uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS
para inspeção.
Pise no pedal do freio para acender as luzes do
freio e alertar os veículos que estão logo atrás.
Recomendamos inspecionar o veículo em uma ATENÇÃO
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
l A condução prolongada do veículo com esta luz
acesa poderá causar danos no sistema de controle
de emissões. Também poderá afetar negativamente
a dirigibilidade do veículo e a economia de com-
bustível.
l Se a luz não acender quando a ignição for levada
para a posição “ON” (ligada), recomendamos
inspecionar o veículo em uma Concessionária
MITSUBISHI MOTORS.

4-10
l Se a luz acender enquanto o motor estiver
funcionando, evite dirigir em velocidade alta e ATENÇÃO
recomendamos inspecionar o veículo em uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. Se a luz acender com o motor em funcionamento,
existe um problema no sistema de carga. Neste caso,
Durante a condução do veículo com a luz acesa,
estacione o veículo imediatamente em um local seguro
o veículo pode não acelerar quando o pedal do
e recomendamos que o veículo seja inspecionado em
acelerador for pressionado.
uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
Quando o veículo estiver parado com a luz acesa,
pressione o pedal do freio com mais força do que
o normal, pois a rotação da marcha lenta do motor Luz de advertência da pressão do óleo
é mais alta do que o normal e os veículos com Esta luz acende quando a ignição é colocada na posição
transmissão automática têm uma forte tendência “ON” (ligada) e apaga quando é dada a partida no motor.
de mover-se para a frente. Se esta luz acender enquanto o motor estiver em funcio-
namento, indica que a pressão do óleo está muito baixa.
OBSERVAÇÃO Se a luz de advertência acender enquanto o motor estiver
funcionando, desligue o motor e faça a inspeção em uma
O módulo do controle eletrônico do motor, que incorpora
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
o computador de bordo, tem vários dados de falha (espe-
cialmente sobre o sistema de emissões) armazenados.
Estes dados serão zerados se o cabo da bateria for des- ATENÇÃO
conectado, o que dificultará um rápido diagnóstico. Não
desconecte o cabo da bateria quando a luz de advertência l Se esta luz acender quando o nível do óleo não
de verificação do motor estiver acesa. estiver baixo, faça a inspeção do veículo em uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
Esta luz de advertência não indica a quantidade
Luz de advertência da bateria
l
de óleo existente no cárter. Esta verificação da
Esta luz acende quando a ignição é levada para a posição quantidade de óleo no cárter deve ser feita com
“ON” (ligada) e apaga após dar a partida no motor. a vareta medidora de nível de óleo, com o motor
desligado.
l Se você continuar dirigindo o veículo com o nível
do óleo do motor baixo ou com a luz de advertência
acesa, poderá ocorrer o travamento do motor.

4-11
OBSERVAÇÃO Luz de advertência de nível baixo do
A luz de advertência da pressão do óleo não deve ser reservatório de gasolina para partida a frio
tratada como um indicador de nível do óleo do motor. O (Veículos Flex)
nível do óleo deve ser verificado com a vareta medidora. Esta luz acende quando restam aproximadamente 100 ml
de gasolina. Esta indicação sofre alterações em função
Luz de advertência de porta aberta da posição transversal e longitudinal do veículo.
Esta luz acende quando uma porta está aberta ou não
está completamente fechada.
Se a velocidade do veículo atingir cerca de 8 km/h com
uma porta aberta ou parcialmente fechada, a luz de
advertência pisca aproximadamente 16 vezes e simul-
taneamente soa um alarme para avisar.

ATENÇÃO
Antes de colocar o veículo em movimento, verifique
se esta luz está apagada.

Observação
Os ajustes do alarme podem ser mudados por uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS para:
l Sem funcionamento do alarme (alarme desligado)
l Funcionamento contínuo do alarme

4-12
OBSERVAÇÃO OBSERVAÇÃO
l Não deixe os faróis e outras luzes ligados l O desligamento automático das luzes não
por um tempo muito prolongado com o motor funcionará quando o interruptor das luzes
parado, pois poderá descarregar a bateria. estiver na posição “ ”.
l Quando está chovendo ou quando o veículo l Quando a chave de ignição é colocada em
está sendo lavado, o interior das lentes das uma das posições “LOCK” (trava) ou “ACC”
luzes algumas vezes pode ficar embaçado. (Acessórios) ou é removida da ignição com
Isto é o mesmo fenômeno que acontece nos o interruptor das luzes na posição “ ”e
vidros em um dia úmido, e não indica um pro- o interruptor das luzes é retornado para a
blema de funcionamento. O embaçado será posição “OFF” (desligado) dentro de aproxi-
AA0058588 eliminado com o calor das luzes, quando estas madamente 3 minutos, a função desligamento
forem ligadas. Contudo, se acumular água automático não é ativada.
dentro das lâmpadas, recomendamos levar
Interruptor combinado dos o veículo a uma Concessionária MITSUBISHI Quando desejar manter as luzes
faróis e lanternas MOTORS para verificação. acesas*
l Coloque o interruptor de iluminação na posição
Função autodesligamento das luzes “OFF” (desligado) para desligar todas as luzes
Faróis (faróis, farol de neblina etc.)* enquanto a chave de ignição estiver na posi-
Gire o interruptor para ligar as luzes.
l Se a chave da ignição for colocada na posição ção “LOCK” (travado) ou “ACC” (acessórios),
“LOCK” ou “ACC” ou for removida do inter- ou remova-a da ignição.
Todas as luzes desligadas (exceto ruptor de ignição e as luzes permanecerem Ligue novamente as luzes com o interruptor
OFF l
luzes de rodagem diurna*) acesas por cerca de 3 minutos sem abrir a na posição “ ” ou “ ”, em seguida as
Lanternas, luz traseira, luz da placa porta do motorista, enquanto o interruptor da luzes permanecerão acesas.
de licença e luzes do painel de instru- luz estiver na posição “ ”, o desligamento
mentos ligadas é automático.
OBSERVAÇÃO
l Se a chave de ignição for colocada na posição
Faróis e outras luzes ligadas “LOCK” (Trava) ou “ACC” (Acessórios) ou É possível desativar a função de desligamento
removida do interruptor de ignição e a porta automático das luzes.
do motorista for aberta dentro de três minu- Para maiores informações, contate uma Con-
tos enquanto o interruptor da luz estiver na cessionária MITSUBISHI MOTORS.
posição “ ”, soa um alarme para avisar ao
motorista que as luzes não foram apagadas e
então essas luzes apagam automaticamente.

4-13
Alarme do monitor de iluminação Lampejo do farol
Se a porta do motorista estiver aberta quando O farol alto lampeja quando a alavanca é puxada
a chave de ignição estiver na posição “LOCK” levemente para a posição (2) e apaga quando a
(trava) ou “ACC” (acessório) ou for removida da alavanca é liberada.
ignição com as luzes acesas, soa um alarme Quando o farol alto é ligado, a luz indicadora de
para lembrar ao motorista que desligue as luzes. farol alto no painel de instrumentos acenderá.
Quando a função de desligamento automático
das luzes estiver funcionando, o alarme para
automaticamente. Quando esta função não atua, OBSERVAÇÃO
desligue o interruptor das luzes para interromper l O farol alto também pode lampejar quando o
o alarme. ta0058591
interruptor das luzes estiver desligado.
l Se as luzes forem desligadas com os faróis
Comutador (comutação entre farol posicionados em farol alto, os faróis retornam
DRL – Luzes de rodagem alto/baixo) automaticamente para a posição de farol baixo
quando o interruptor das luzes é em seguida
diurna* Quando o interruptor das luzes está na posição ligado na posição “ ”.
“ ”, o farol muda de alto para baixo (ou de
As luzes de rodagem diurna acendem quando a baixo para alto) cada vez que a alavanca é
ignição estiver na posição “ON” (ligada). puxada para a posição (1). Quando o farol alto
é ligado, a luz indicadora de farol alto no painel
Se o interruptor das luzes estiver na posição
de instrumentos também acende.
“ ” ou “ ”, as luzes de rodagem diurna
acendem como lanternas.

Observação
Se precisar reparar ou substituir as lâmpadas
das Luzes de rodagem diurna contate uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.

4-14
OBSERVAÇÃO
l Se as luzes piscarem rapidamente, de maneira
não usual, a lâmpada de uma das luzes dos
indicadores de direção pode estar queimada.
Recomendamos verificar o veículo em uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
l É possível acionar as seguintes funções. Para
maiores informações, contate uma Conces-
sionária MITSUBISHI MOTORS.
l Piscar das luzes indicadoras de direção no
AA0058605 painel de instrumentos quando a alavanca AA0050931a
é acionada com a ignição na posição “ACC”
Alavanca dos indicadores de (acessório). Interruptor das luzes de
As luzes indicadoras de direção e a luz
direção l
indicadora no painel de instrumentos
advertência
piscam três vezes quando você mover
As luzes dos indicadores de direção piscam levementa a alavanca para (2) e então Use as luzes de advertência quando o veículo es-
quando o interruptor é acionado (com a ignição liberá-la. tiver estacionado devido a qualquer emergência.
em “ON” (ligada)). Ao mesmo tempo, o indicador As luzes de advertência piscam sempre que são
pisca no painel. l O tempo necessário para acionar a ala-
vanca na função de piscar três vezes pode acionadas, independentemente da posição da
1 – Indicadores de direção ser ajustado. chave na ignição.
Quando fizer uma conversão normal, Pressione o interruptor para ligar as luzes de
use a posição (1). A alavanca retornará advertência; para desligar, pressione o interruptor
automaticamente quando a conversão for novamente.
completada. Quando este interruptor é acionado, todas as
Às vezes, a alavanca não retorna após a luzes de advertência piscam continuamente,
curva e isto ocorre quando o volante de juntamente com as luzes dos indicadores de
direção é levemente girado. direção no painel de instrumentos.
Neste caso, retorne a alavanca com a mão.
2 – Sinalizando a mudança de pista
Para a mudança de pista use a posição (2).
Ela retornará para a posição neutra quando
for liberada.
4-15
Observação OBSERVAÇÃO
l Se as luzes ficarem piscando por um longo Liga l O farol de neblina dianteiro é automaticamente
período, a bateria poderá descarregar, resul- desligado quando os faróis ou as lanternas
tando em partida difícil do motor ou nenhuma são desligados. Para ligar o farol de neblina
condição de partida. dianteiro, gire o botão na direção “liga” após
l Se as luzes piscarem rapidamente, de maneira ligar os faróis e as lanternas.
não usual, a lâmpada de uma das luzes dos As leis e regulamentos referentes aos faróis
Desliga
l
indicadores de direção pode estar queimada. de neblina podem variar. Conheça e obedeça
Recomendamos verificar o veículo em uma à legislação da região.
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. l Não use os faróis de neblina exceto em con-
aa0086899 dições de neblina, senão o brilho excessivo
das luzes pode cegar temporariamente os
Interruptor do farol de veículos que vêm em sua direção.

neblina dianteiro*
O farol de neblina dianteiro acende somente
quando o farol ou as lanternas são ligados. Gire
o botão na direção “liga” para ligar os faróis de
neblina dianteiros. A luz indicadora no painel de
instrumentos também acende. Gire o botão na
direção “desliga” para desligar os faróis de neblina
dianteiros. O botão retorna automaticamente à
posição original quando for liberado.

4-16
Limpador do para-brisa
MIST – Função limpeza A 1
Os limpadores funcionam apenas uma
vez.
OFF – Desligado
INT – Função intermitente sensível à veloci-
dade
O intervalo entre os movimentos dos
limpadores varia de acordo com a 2
velocidade do veículo
AA0058621 LO – Funcionamento lento AA0058634

HI – Funcionamento rápido
Interruptor do limpador e Ajuste dos intervalos intermitentes
lavador OBSERVAÇÃO Com a alavanca na posição “INT” (funcionamento
intermitente sensível à velocidade), a velocidade
A função de funcionamento sensível à veloci- do limpador pode ser ajustada girando o botão (A).
O limpador e lavador do para-brisa pode ser dade dos limpadores do para-brisa pode ser
colocado em funcionamento com a ignição ligada desativada. 1 – Rápido
ou na posição “ACC” (acessório). Para detalhes, consulte uma Concessionária 2 – Lento
Mova a alavanca para acionar os limpadores do MITSUBISHI MOTORS.
para-brisa ou esguichar o líquido lavador.

4-17
OBSERVAÇÃO
l É possível esguichar fluido do lavador sem
acionar os limpadores. Basta manter a alavan-
ca na posição puxada e colocar a ignição na
posição “ON” (ligada) ou “ACC” (acessório).
l É possível programar os limpadores para
nunca funcionar quando esguichar fluido do
lavador. Para detalhes, consulte uma Con-
cessionária MITSUBISHI MOTORS.

AA0058647 AA0058650

Função neblina Lavador do para-brisa


Leve a alavanca na direção da seta e solte-a. Os Ao pressionar a alavanca em sua direção o fluido
limpadores irão funcionar uma vez. lavador é esguichado sobre o para-brisa. Os
Use essa função quando estiver dirigindo em limpadores funcionam automaticamente, várias
condição de neblina ou garoa. vezes, enquanto o fluido lavador é esguichado
sobre o para-brisa.
Se a alavanca for mantida na posição para cima
(MIST), os limpadores continuarão funcionando
até a alavanca ser liberada. ATENÇÃO
Se o lavador é usado no inverno, o fluido lava-
dor esguichado sobre o vidro pode congelar
e resultar em visibilidade deficiente. Aqueça o
vidro com o descongelador ou desembaçador,
antes de usar o lavador.

4-18
Cuidados que devem ser observados
Tipo 1 Tipo 2
ao usar o limpador e lavador A
l Se o movimento dos limpadores for bloqueado
devido a gelo ou outros depósitos sobre o
vidro, o motor pode queimar, mesmo desli- A
gando o limpador. Se ocorrer qualquer tipo
de obstrução, pare o veículo em um lugar
seguro, desligue a ignição e limpe o vidro,
para permitir que eles funcio­nem suavemente.
l Não use os limpadores com o vidro seco.
A superfície do vidro pode ficar riscada e aa0089483 AA0051013
as palhetas dos limpadores podem sofrer
desgaste prematuro. Desembaçador do vidro OBSERVAÇÃO
Antes de usar os limpadores em tempera- O desembaçador remove neblina e não neve.
l
tura extremamente baixa, verifique se os traseiro* l
Antes de ligar o desembaçador do vidro tra-
limpadores não estão congelados ao vidro. seiro, remova a neve que possa existir sobre
O motor poderá queimar, se os limpadores O desembaçador do vidro traseiro funciona com o vidro.
forem usados nesta condição. a ignição ligada.
l Para evitar descarga desnecessária da ba-
l Evite usar o lavador continuamente, por mais Pressione o botão para ligar o desembaçador teria, não use o desembaçador com o motor
de 20 segundos. Não acione o lavador se o do vidro traseiro. Ele desligará automaticamente desligado. Assim que o vidro ficar limpo,
reservatório estiver vazio. após aproximadamente 20 minutos. Para desligá- desligue o desembaçador.
lo antes de passado esse tempo, pressione o
Caso contrário, o motor pode queimar. Ao limpar a parte interna do vidro traseiro,
botão novamente. l

l Regularmente verifique o nível do líquido no use um pano macio e limpe ao longo dos
A luz indicadora (A) permanecerá acesa enquanto filamentos de aquecimento, tomando cuidado
reservatório e reabasteça, se necessário.
o desembaçador traseiro estiver ligado. para não danificá-los.
Em temperatura extremamente baixa, reco-
mendamos adicionar ao líquido lavador um l Se um objeto é colocado próximo ao vidro
anticongelante. A falta desse cuidado pode traseiro, ele pode tocar nos filamentos, devido
resultar em falha no funcionamento do lavador à vibração do veí­culo e resultar em danos ou
e danos nos componentes congelados. rompimento dos filamentos.

4-19
Tipo 1 Tipo 2

aa0096759 aa0096762

Buzina
Pressione o volante de direção no símbolo
“ ”.

4-20
Partida e condução do veículo
Direção econômica
Recomendações para amaciamento
Freio de estacionamento
Estacionamento
Ajuste da altura do volante*
Espelho retrovisor interno
Espelhos retrovisores externos com controle elétrico*
Ignição
Trava de direção
Partida
Transmissão manual*
Transmissão automática Sports Mode 4A/T, 5A/T*
Easy select 4WD Part Time*
Operação correta da tração nas quatro rodas
Inspeção e manutenção após uso do veículo em condições severas
Cuidados com um veículo com tração nas 4 rodas
Diferencial de deslizamento limitado*
Freios
Sistema de assistência à frenagem*
Sistema de freio antiblocante (ABS)*
Direção hidráulica
Piloto automático*
Sistema de sensor de ré*
Sistema de câmera de ré*
5-1
Direção econômica Mudanças de marchas Pressão dos pneus
Faça as mudanças somente em rotações e Verifique a pressão dos pneus em intervalos
Para uma direção econômica, estas são algu- velocidades apropriadas. Use sempre a marcha regulares. Pressão baixa dos pneus aumenta a
mas recomendações técnicas que devem ser mais alta possível. resistência e o consumo de combustível. Além
colocadas em prática. Para dirigir com economia em rodovias normais disso, pressão baixa afeta desfavoravelmente o
O pré-requisito para um consumo baixo de com- e vias expressas, a alavanca de transferência desgaste dos pneus e a dirigibilidade.
bustível é um motor bem regulado. Para atingir deve estar em “2H”.
maior vida útil do veículo e um funcionamento Carga
mais econômico, revise o seu veículo em uma
Trânsito urbano Não dirija com objetos desnecessários na caçam-
Concessionária ­ MITSUBISHI MOTORS nos
Partidas e paradas frequentes aumentam ba. Principalmente no trânsito urbano, onde as
intervalos recomendados, conforme o Livrete de
consideravelmente o consumo de combustível. partidas e paradas são frequentes, o aumento
Bordo, que acompanha o seu veículo.
Sempre que possível, escolha caminhos com de peso afeta consideravelmente o consumo de
Consumo de combustível, emissão de gases combustível. Assim, evite transportar bagagem
tráfego mais livre. Ao dirigir em congestiona-
pelo sistema de exaustão e ruídos são altamente desnecessária na caçamba e sobre o teto. O
mentos evite o uso de uma marcha baixa em
influenciados pelo hábito individual de dirigir, aumento da resistência do ar faz o veículo con-
rotação alta do motor.
como também pelas condições particulares sumir mais combustível.
de funcionamento. Os pontos a seguir devem
ser observados para minimizar o desgaste dos Marcha lenta
freios, dos pneus e do motor, além de reduzir Partida com o motor frio
O veículo consome combustível mesmo durante
consideravelmente a poluição. a marcha lenta. Sempre que possível, evite Partida com o motor frio consome mais com-
estender a marcha lenta. bustível.
Partida Consumo desnecessário de combustível também
é causado ao manter um motor em marcha lenta.
Evite acelerações e partidas rápidas; este tipo Velocidade Assim que é dada a partida no motor, coloque o
de condução resultará em consumo alto de Velocidade alta consome mais combustível. veículo em movimento.
combustível. Evite dirigir em velocidade alta. Ao liberar
levemente o pedal do acelerador, pode-se
economizar combustível. Ar-condicionado*
O uso do ar-condicionado aumenta o consumo
de combustível.

5-2
Recomendações para Veículos com transmissão manual Veículos com transmissão automática
amaciamento km/h km/h

Limite de velocidade Limite de velocidade


Durante o período de amaciamento do veículo, Ponto Ponto
nos primeiros 1.000 km, recomendamos dirigir de mu- Modelos 4WD de mu- 4 A/T 5 A/T
o seu novo veículo conforme as recomendações Modelos
dança dança
a seguir, para auxiliar na vida útil e também na 2WD
2H, 4H 4L 2H, 4H 4L 2H, 4H 4L
economia e desempenho.
Não mantenha o motor em altas rotações. 1ª 1ª 30 15 25 10
l 25 km/h 20 km/h 10 km/h
marcha marcha km/h km/h km/h km/h
l Evite partidas, acelerações e frenagens rá-
pidas, bem como prolongado funcionamento 2ª 2ª 85 45 45 25
50 km/h 40 km/h 20 km/h
em velocidade alta. marcha marcha km/h km/h km/h km/h
l Mantenha a velocidade dentro dos limites 3ª 3ª 130 65 70 35
80 km/h 70 km/h 35 km/h
indicados a seguir. Lembre-se, o limite de marcha marcha km/h km/h km/h km/h
velocidade permitido por lei deve ser respei- 4ª 4ª 170 100 50
tado. 110 km/h 100 km/h 50 km/h –
marcha marcha km/h km/h km/h
l Não exceda o limite de carga permitido.
5ª 5ª 140
Evite rebocar um trailer. 130 km/h 125 km/h 65 km/h – — –
l marcha marcha km/h

5-3
Freio de estacionamento l Se a luz de advertência do freio de esta-
ATENÇÃO cionamento não se apagar quando o freio
de estacionamento estiver totalmente
O modo “4L” proporciona torque máximo em Para estacionar o veículo, primeiro pare-o com-
liberado, o sistema de freio pode estar com
baixa velocidade para subir colinas íngre- pletamente e acione totalmente o freio de esta-
problema. Contate uma Concessionária
mes e superfícies com lama, areia e outras cionamento. Coloque a alavanca de mudanças
MITSUBISHI MOTORS.
dificuldades. Para veículos com transmissão em 1ª (em subidas) ou ré (em descidas), para
veículos com transmissão manual, ou coloque a Consulte “Luz de advertência do freio” na
automática, não exceda a velocidade de
alavanca seletora em “P” (estacionamento) em página 4-9.
aproximadamente 70 km/h no modo “4L”.
Em veículos a gasolina com transmissão veículos com transmissão automática.
automática, em velocidades superiores a Observação
70 km/h, um dispositivo limitador de velocida-
de é ativado automaticamente, para proteger Atenção l Aplique força suficiente na alavanca do freio
de estacionamento para manter o veículo
a transmissão. l Antes de colocar o veículo em movimento, estacionado após retirar o pé do freio.
certifique-se que o freio de estacionamento l Se o freio de estacionamento não mantém
OBSERVAÇÃO esteja abaixado e a luz de advertência veículo estacionado após retirar o pé do freio,
apagada. consulte uma Concessionária MITSUBISHI
Em veículos com transmissão automática,
quando a alavanca seletora da transferência Se o veículo for colocado em movimento MOTORS.
está na posição “4L” a transmissão não engata com o freio de estacionamento acionado,
a sobremarcha. haverá superaquecimento do sistema,
resultando em ineficiência e possível falha
do freio.
l Quando você pretender aplicar o freio de
estacionamento, pressione bem o pedal do
freio para parar completamente o veículo
antes de acionar a alavanca do freio de
estacionamento.
Acionar o freio de estacionamento com
o veículo em movimento pode travar as
rodas traseiras e tornar o veículo instável.
Também pode causar mau funcionamento
do freio de estacionamento.

5-4
Para acionar Para liberar Estacionamento
1
2 Estacionamento em ladeira
1 Para impedir que o veículo desça pela rua, siga
os seguintes procedimentos:
3
Estacionamento do veículo em descida
Gire as rodas dianteiras de encontro ao meio-fio
e deixe o veículo avançar até encostar suave-
mente no meio-fio.

aa0096951
Acione o freio de estacionamento e coloque a
aa0096964
alavanca de mudanças em ré (veículos com
1 - Pise firmemente e mantenha pressionado o transmissão manual), ou coloque a alavanca
1 - Pise firmemente e mantenha pressionado o
pedal do freio, em seguida puxe a alavanca seletora em “P” (estacionamento) em veículos
pedal do freio e, em seguida, puxe ligeiramente
para cima, sem apertar o botão existente na com transmissão automática.
a alavanca para cima.
sua extremidade. Se necessário, coloque calços nas rodas.
2 - Aperte o botão na extremidade da ala­vanca.
3 - Empurre a alavanca para baixo. Estacionamento do veículo em subida
Gire as rodas dianteiras para fora do meio-fio e
deixe o veículo descer até encostar suavemente
no meio-fio.
Acione o freio de estacionamento e coloque a
alavanca de mudanças em 1ª (veículos com
transmissão manual), ou coloque a alavanca
seletora em “P” (estacionamento) em veículos
com transmissão automática.
Se necessário, coloque calços nas rodas.

5-5
Observação Onde estacionar o veículo
Caso seu veículo seja equipado com transmissão O para-choque dianteiro pode ser danificado se
automática, é importante aplicar o freio de esta- passar sobre guias de sarjeta ou blocos divisores 1
cionamento antes de mover a alavanca seletora de estacionamento. Tenha cuidado ao trafegar
para a posição “P” (estacionamento). em ladeiras íngremes onde seu para-choque
Se a alavanca seletora for movida para a po- pode bater no pavimento.
2
sição “P” (estacionamento) antes de acionar
o freio de estacionamento, pode ser difícil
desengatar a alavanca seletora da posição “P” Advertência
(estacionamento) na próxima vez que for dirigir Nunca estacione o veículo perto de objetos
o veículo, exigindo a aplicação de grande força inflamáveis, tais como capim seco ou folhas, aa0051967
na alavanca seletora para movê-la da posição pois o contato desses materiais com o esca-
“P” (estacionamento). pamento quente pode causar um incêndio. Ajuste da altura do volante*
Para ajustar a altura do volante de direção, libere
Estacionamento do veículo com o Ao deixar o veículo a alavanca-trava enquanto prende o volante de
motor em funcionamento direção com a mão e levante-o ou abaixe-o até
Retire sempre a chave da ignição e trave todas
Nunca deixe o motor funcionando quando você as portas (incluindo a porta traseira) ao deixar a altura desejada.
for dormir ou descansar. Também nunca deixe o veículo. Depois de ajustar, trave com firmeza a alavanca
o motor funcionando em lugares fechados ou
Tente sempre estacionar o veículo em uma área puxando-a para cima.
com má ventilação.
bem iluminada.
1 – Trava
2 – Libera
Advertência
Deixar o motor funcionando pode causar
ferimentos graves e/ou fatais, tanto pela
Advertência
movimentação acidental da alavanca seleto- l Após ajustar o volante na altura desejada,
ra como pelo acúmulo de gases tóxicos no verifique se a alavanca está travada.
compartimento de passageiros. l Não tente ajustar o volante de direção com
o veículo em movimento.
l Ao liberar a alavanca-trava, mova-a para
a posição liberada (2) e segure o volante
com a mão, para evitar que ele caia para
a posição inferior.
5-6
Espelhos retrovisores
externos com controle
elétrico*

Ajuste da posição do retrovisor


Os espelhos retrovisores externos podem ser
A 2 1 acionados quando a ignição estiver nas posições
“ON” (ligada) e “ACC” (acessório).
aa0035422 aa0011499

ADVERTÊNCIA
Espelho retrovisor interno Para reduzir o ofuscamento
l Não tente ajustar o espelho retrovisor com
A alavanca (A) na parte inferior do retrovisor
o veículo em movimento. Isto pode ser
Ajuste o espelho retrovisor interno apenas após pode ser usada para ajustar o espelho, de forma
perigoso.
efetuar os ajustes no banco, a fim de ter uma a reduzir o reflexo dos faróis dos veículos atrás
visão clara da traseira do veículo. de você durante a condução à noite. Ajuste sempre os espelhos retrovisores an-
tes de colocar o veículo em movimento.
1 – Normal l Seu veículo está equipado com retrovisores
Advertência 2 – Antirreflexo convexos. Leve isto em consideração. Um
objeto que você vê no retrovisor parecerá
Não tente ajustar o espelho retrovisor inter-
menor e mais distante do que realmente
no com o veículo em movimento. Pode ser
está, comparado com um retrovisor con-
perigoso.
vencional.
Ajuste sempre o espelho antes de começar
Não use este retrovisor para calcular a
a dirigir.
distância dos veículos que vêm atrás, ao
mudar de faixa de trânsito.
Ajuste o espelho retrovisor interno para maximizar
a visão através do vidro traseiro.

Para ajustar a posição vertical


É possível mover o espelho para cima e para
baixo, para ajustar a posição.

5-7
Para dobrar o retrovisor O interruptor do retrator do espelho retrovisor
pode ser acionado com o interruptor de ignição
na posição “ON” (ligada) ou “ACC” (acessórios).
A Pressione o interruptor para dobrar os retrovisores
para dentro e pressione-o novamente para
retorná-los à posição estendida.

B
OBSERVAÇÃO
l Também é possível dobrar e retornar os
A retrovisores com a mão.
l Quando houver congelamento e os retrovisores
aa0022402 não funcionarem, evite acionar repetidamente
B o interruptor do retrator, pois isto pode queimar
aa3005453 os circuitos do motor do retrovisor.
O retrovisor externo pode ser dobrado para o lado
do vidro, para evitar dano quando estacionar em
Coloque o botão (A) do mesmo lado do espelho áreas apertadas.
que será ajustado.
L – Ajuste do retrovisor esquerdo Interruptor do retrator do espelho
R – Ajuste do retrovisor direito retrovisor*

OBSERVAÇÃO
Após fazer os ajustes, recoloque o botão na
posição neutra.
1
Pressione o botão (B) para a esquerda, direita,
para cima ou para baixo, para ajustar o espelho 4 3
retrovisor.
2
1 – Para cima
2 – Para baixo
3 – Para a direita
4 – Para a esquerda

5-8
Para remover a chave
T/M T/A

aa0113218 aa0113205

aa0113191
Ignição Em veículos com transmissão automática, ao
remover a chave, coloque primeiro a alavanca
Para veículos com transmissão manual, ao
seletora na posição “P” (estacionamento) e en-
LOCK (trava) remover a chave, coloque-a na posição “ACC”
tão gire a chave para a posição “LOCK” (trava)
(acessório) e mantenha-a pressionada até que ela
Motor desligado e volante da direção travado. e remova-a.
volte para a posição “LOCK” (trava) e remova-a.
A chave somente pode ser inserida e removida
nesta posição.

ACC (acessório)
Motor desligado, porém rádio, acendedor de
cigarros etc. podem ser acionados.

ON (ligada)
Motor funcionando e todos os sistemas podem
ser acionados.

START (partida)
Motor de partida funcionando. Depois que é dada
a partida no motor, solte a chave e ela retornará
automaticamente para a posição “ON” (ligada).

5-9
Observação
ATENÇÃO Em veículos com transmissão automática,
l Não remova a chave da ignição com o quando a alavanca seletora estiver na posição
veículo em movimento. O volante de di- “P” (estacionamento), não acione o botão trava
reção trava e causa a perda de controle da alavanca seletora repetidamente, por mais de
do veículo. 30 segundos. Você pode não conseguir remover
a chave do interruptor de ignição, pois o circuito
l Se o motor desligar com o veículo em mo- de proteção está ativado. Se isto ocorrer, espere
vimento, o sistema de servofreio deixará alguns minutos antes de remover a chave.
de atuar e a efi­ciência de frenagem será
menor. Também o sistema de direção hi- Consulte “Funcionamento da alavanca seletora”
dráulica não funcionará e será necessário na página 5-15. Aa0052010
aplicar mais força para operar o volante
de direção. Trava de direção
l Não deixe a chave na ignição na posição
“ON” (ligada) por muito tempo com o motor Para travar
desligado; isso irá descarregar a bateria. Remova a chave na posição “LOCK” (trava). Gire
l Não gire novamente a chave para a posição o volante até travar.
“START” (partida) com o motor funcionan-
do; isso poderá causar danos no motor de Para destravar
partida. Coloque a chave na posição “ACC” (acessório)
girando o volante de direção levemente.

ATENÇÃO
Remova a chave da ignição ao deixar o veículo.

Observação
Se as rodas dianteiras estiverem viradas, às
vezes a trava antifurto pode tornar difícil girar
a chave da posição “LOCK” (trava) para “ACC”
(acessório). Gire com firmeza o volante da direção
para a esquerda ou direita junto com a chave.

5-10
Partida
ATENÇÃO T/M T/A

Cuidados na partida l Nunca tente dar a partida no motor em-


purrando ou puxando o veículo, princi-
l Não acione o motor de partida por um período
palmente se a transmissão for automática.
contínuo de mais de 10 segundos; isso poderá
A estrutura é diferente da transmissão
descarregar a bateria. Se não for possível dar
manual e não é possível dar a partida no
a partida no motor, gire a chave para a posição
motor desta maneira. Nunca tente isto,
“LOCK” (trava) e espere alguns segundos
pois a transmissão automática pode ser
antes de uma nova tentativa.
danificada.
Tentativas repetidas com o motor ou a partida aa0113221
l Não deixe o motor funcionar em alta rota-
ainda funcionando danificam o mecanismo de
ção nem conduza o veículo em velocidade
partida.
alta sem que o motor esteja aquecido. Partida do motor (veículos Flex)
l Se o motor não der a partida devido ao fato
l Solte a chave assim que o motor entrar Este veículo está equipado com um sistema
de a bateria estar fraca ou descarregada,
em funcionamento, para evitar danos ao de injeção de combustível controlado eletroni-
consulte a seção “Partida de emergência”
motor de partida. camente de modo automático. Ao dar a partida
para instruções da partida do motor.
l Se o veículo for equipado com turbo, não no motor, não pressione o pedal do acelerador.
l O motor já está aquecido se o indicador de
desligue o motor imediatamente após
temperatura do líquido de arrefecimento Partida em condição normal
dirigir em alta velocidade. Deixe o motor
começar a se mover e as rotações do motor
em marcha lenta por cerca de 60 segundos Os procedimentos de partida são os seguintes:
em marcha lenta diminuírem. O aquecimento
ou mais, para permitir que o turbo resfrie. 1. Insira a chave na ignição e coloque o cinto
prolongado do motor pode causar consumo
excessivo de combustível. de segurança.
Observação 2. Acione o freio de estacionamento.
Para proteger o motor, as rotações do motor não 3. Pise no pedal do freio e mantenha-o pressio-
ADVERTÊNCIA aumentam acima de 5.250 rpm, mesmo que o nado.
Nunca coloque o motor em funcionamento em pedal do acelerador esteja pressionado com o 4. Pressione totalmente o pedal da embreagem
um local fechado ou com pouca ventilação, veículo parado. (transmissão manual).
por um tempo maior que o necessário para 5. Coloque a alavanca de mudanças (trans-
tirar o veículo para fora deste local. Monóxido missão manual) na posição “N” (neutro) ou a
de carbono é inodoro e pode ser fatal. alavanca seletora (transmissão automática)
na posição “P” (estacionamento).

5-11
Observação 2. Enquanto pressionar o pedal do freio em veícu-
los equipados com transmissão automática ou T/M T/A
Em veículos com transmissão automática, o
motor pode não dar a partida se a alavanca o pedal da embreagem em veículos equipados
seletora estiver em outra posição que não seja com transmissão manual, pressione o pedal
“P” (estacionamento) ou “N” (neutro). do acelerador até a metade e mantenha-o
pressionado, dando então partida no motor.
Por segurança, dê partida no motor com a alavan- Solte o pedal do acelerador imediatamente
ca seletora na posição “P” (estacionamento), pois após a partida do motor.
nesta posição as rodas traseiras ficam travadas.
3. Se o motor ainda não der partida, ele pode
6. Depois de girar a chave para a posição “ON” estar afogado com muito combustível. En-
(ligada), verifique se as luzes indicadoras estão quanto pressionar o pedal do freio em veículos
aa0113221
funcionando adequadamente, antes de dar a equipados com transmissão automática ou o
partida no motor. pedal da embreagem em veículos equipados
com transmissão manual, pressione o pe- Partida do motor (veículos a Diesel)
7. Gire a chave para a posição “START” (partida)
dal do acelerador até o final e mantenha-o 1. Insira a chave na ignição e coloque o cinto
e solte a chave quando o motor der a partida.
pressionado, dando então partida no motor de segurança.
OBSERVAÇÃO por 5 ou 6 segundos. Retorne o interruptor 2. Acione o freio de estacionamento.
de ignição para a posição “LOCK” (trava) e
Depois da partida do motor pode ser ouvido um 3. Pise no pedal do freio e mantenha-o pressio-
libere o pedal do acelerador. Espere alguns
ruído de tique-taque, mas isto é normal. Este nado.
segundos e então dê partida novamente no
ruído desaparece pouco depois do funciona- motor por 5 a 6 segundos, enquanto pressione 4. Pressione totalmente o pedal da embreagem
mento do motor. o pedal do freio ou da embreagem, mas não (transmissão manual).
Se o ruído de tique-taque continuar depois do pressione o pedal do acelerador. Libere a 5. Coloque a alavanca de mudança na posição
motor estar aquecido, inspecione o seu veículo chave da ignição se o motor der a partida. “N” (neutro) e pressione o pedal da embre-
em uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS. Se o motor não der a partida, repita esse agem até o final (transmissão manual) ou
processo. Se o motor ainda não funcionar, coloque a alavanca seletora na posição P
Quando estiver difícil a partida do consulte uma Concessionária Autorizada (estacionamento) (transmissão automática).
motor MITSUBISHI MOTORS.
Após várias tentativas, pode ser que o motor Observação
ainda não dê a partida.
Em veículos com transmissão automática, o
1. Certifique-se que todos os dispositivos motor pode não dar a partida se a alavanca
elétricos, tais como luzes, ventilador do seletora estiver em outra posição que não seja
ar-condicionado e desembaçador traseiro “P” (estacionamento) ou “N” (neutro).
estejam desligados.

5-12
Por segurança, dê partida no motor com a alavan- 7. Pise no pedal do acelerador, conforme des-
ca seletora na posição “P” (estacionamento), pois crito a seguir, de acordo com a temperatura
nesta posição as rodas traseiras ficam travadas. ambiente e/ou condição do motor e então dê
a partida no motor.
6. Coloque a chave de ignição na posição “ON” l Quando a temperatura é moderada ou o
(ligada). motor está aquecido, dê partida no motor
A luz indicadora de pré-aquecimento do diesel sem pressionar o pedal do acelerador.
acende e logo apaga, indicando que o pré- l Quando a temperatura está baixa e o motor
-aquecimento está completado. está frio, dê partida no motor pressionando
o pedal do acelerador.
Observação aa0052036
l Se o motor está frio, a lâmpada indicadora Processo de aprendizado da
de pré-aquecimento do Diesel fica acesa por quantidade de injeção de combustível Transmissão manual*
mais tempo.
(veículos com motor diesel de injeção
l Se o motor não funciona 5 segundos após a direta) O padrão de mudança é mostrado no botão da
luz indicadora de pré-aquecimento do Diesel alavanca de mudança. Certifique-se de sempre
apagar, retorne a chave de ignição à posição Para manter as emissões do escape e o ruído
pressionar totalmente o pedal de embreagem
“LOCK” (trava). Gire, então, a chave para a do motor baixos, o motor às vezes executa um
antes de tentar acionar a alavanca de mudança.
posição “ON” (ligada) para pré-aquecer o processo de aprendizado para a quantidade de
motor novamente. injeção de combustível.

l Quando o motor está aquecido, a lâmpada O motor emite um ruído ligeiramente diferente ATENÇÃO
indicadora de pré-aquecimento não acende, do normal enquanto o processo de aprendizado
está sendo executado. A mudança no som do l Não mova a alavanca de mudança para a
mesmo se a chave de ignição estiver na ré enquanto o veículo estiver se movendo
posição “ON” (ligada). Dê partida no motor, motor não indica falha.
para a frente, pois isto pode danificar a
girando direto a chave de ignição para a transmissão.
posição “START” (partida).
l Não descanse o pé sobre o pedal da em-
breagem enquanto estiver dirigindo, pois
isto pode causar desgaste prematuro ou
dano.

5-13
Mudança de marchas
ATENÇÃO Tenha sempre o cuidado de mudar a marcha na velocidade do veículo que corresponda à rotação
l Se a embreagem é engatada repentina- do motor. A troca de marcha na velocidade correta prolonga a vida útil do motor.
mente enquanto o motor está em alta Evite engatar uma marcha baixa em velocidade alta, isto pode causar rotação excessiva do motor
rotação, será aplicada instantaneamente (o ponteiro do tacômetro entrará na zona vermelha) e danos no motor.
uma grande carga sobre a transmissão,
podendo causar a quebra de algum Velocidades permitidas
componente. Garanta que o pedal da
embreagem seja sempre pressionado de
maneira vagarosa, porém firme. Limite de velocidade
Veículos 4WD têm uma função especial
Ponto de mudança Modelos 4WD
para proteger a transmissão de dano. O
Modelos 2WD
motor é controlado, para evitar o aumento 2H, 4H 4L
excessivo de rotações em situações onde
o pedal do acelerador seja pressionado 1ª marcha 40 km/h 35 km/h 15 km/h
enquanto a alavanca de mudanças está
na 1ª marcha e o pedal da embreagem foi 2ª marcha 75 km/h 65 km/h 30 km/h
pressionado.
3ª marcha 120 km/h 105 km/h 55 km/h
OBSERVAÇÃO
4ª marcha 165 km/h 150 km/h 80 km/h
l Se o engate da 1ª marcha está difícil, pise
novamente no pedal da embreagem; depois
o engate será mais fácil. A 5ª marcha é uma sobremarcha e sua utilização reduz a rotação do motor abaixo da 4ª marcha.
l Para engatar a marcha à ré a partir da 5ª mar- Use a 5ª marcha sempre que a velocidade do veículo permitir, para maior economia de combustível.
cha, primeiro coloque a alavanca na posição
ponto morto e depois engate a marcha à ré.

5-14
Transmissão automática 1
Sports Mode 4A/T, 5A/T*
OBSERVAÇÃO
Durante o período de amaciamento ou logo
após a conexão do cabo da bateria, as trocas de
marchas podem ocorrer sem muita suavidade.
2
Isto não indica falha na transmissão.
As trocas de marchas ficam mais suaves após a
transmissão ter trocado de marcha várias vezes aa0096296 aa0113234
através do sistema de controle eletrônico.
Observação
Para mover a alavanca seletora, o
Funcionamento da alavanca seletora Para informação sobre o funcionamento do botão-trava deve ser pressionado
engate manual, veja “Modo esportivo (Sports enquanto o pedal do freio também é
A transmissão tem 4 marchas à frente (4A/T), Mode)”, na página 5-17. pressionado.
5 marchas à frente (5A/T), e uma marcha à ré.
As marchas individuais são selecionadas automa- Botão-trava deve ser pressionado para
ticamente, dependendo da posição da alavanca mover a alavanca.
seletora, da velocidade do veículo e da posição
do pedal do acelerador. Botão-trava não precisa ser pressio-
A alavanca seletora tem dois engates; o engate nado para mover a alavanca.
principal (1) e o engate manual (2). A

ADVERTÊNCIA
l Se o botão é pressionado sempre para
acionar a alavanca seletora, ela pode
aa0096300 engatar acidentalmente na posição “P”
(estacionamento) ou “R” (marcha à ré).
No engate principal, a alavanca seletora tem 4 Certifique-se de não pressio­nar o botão
posições e está equipada com o botão trava (A) quando estiver fazendo uma operação
para evitar a seleção por engano de uma marcha. indicada pela seta .

5-15
ADVERTÊNCIA
l Sempre pise no pedal do freio quando
movimentar a alavanca seletora para en- A
gatar uma marcha a partir da posição “P”
(estacionamento) ou “N” (neutro).
Quando o veículo começar a se movimen-
tar, não tire a alavanca seletora da posição
“P” (estacionamento) ou “N” (Neutro)
enquanto estiver acelerando. Isto é muito A
perigoso, porque o veículo poderá pular aa0113188 aa0096326

para frente ou para trás.


3. Pressione o pedal do freio com o pé direito. Indicador da posição da alavanca
Quando a alavanca seletora não 4. Coloque o interruptor de ignição na posição seletora
puder ser mudada da posição “P” “ACC” (acessório). Quando a ignição está ligada, a posição atual
(estacionamento) 5. Insira uma chave de fenda no orifício de da alavanca seletora é indicada pelo indicador
Quando a alavanca seletora não puder ser liberação da trava da mudança (A). Coloque (A) mostrado no painel de instrumentos [por
mudada da posição “P” (estacionamento) para a alavanca seletora na posição “N” (ponto exemplo, “P” (estacionamento), “R” (marcha à
outra posição enquanto o pedal do freio estiver morto) enquanto pressionar para baixo a ré), “N” (neutro), “D” (condução)].
pressionado e mantido assim, com o interruptor de chave de fenda.
ignição na posição “ON” (ligada), a bateria pode
estar descarregada ou o mecanismo de trava da
mudança pode estar com mau funcionamento.
Leve imediatamente o veículo para inspeção em
uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
Se você precisar mover o veículo, acione a
alavanca seletora como segue.
1. Certifique-se que o freio de estacionamento
esteja totalmente acionado.
2. Desligue o motor, se ele estiver funcionando.

5-16
Posições da alavanca seletora (Engate Modo Esportivo (Sports Mode)
principal) ADVERTÊNCIA Com o veículo parado ou em movimento, o modo
Nunca leve a alavanca seletora para a esportivo pode ser selecionado pressionando
“P” – ESTACIONAMENTO
l
posição “N” (neutro) com o veículo em levemente a alavanca seletora da posição “D”
Esta posição trava a transmissão para evitar que movimento. Poderá ocorrer um sério aci- (condução) para o engate manual (A). Para
o veículo se mova. Pode ser dada a partida no dente, pois você poderá acidentalmente retornar à posição “D” (condução), pressione
motor nesta posição. levar a alavanca seletora para a posição levemente a alavanca seletora de volta para o
“P” (estacionamento) ou “R” (marcha à engate principal (B).
“R” – Marcha à ré ré) e o freio motor não ficará disponível. No modo esportivo, o engate das marchas pode
Somente engate esta posição depois que o veí- l Em uma ladeira a partida do motor deve ser feito rapidamente, simplesmente movendo
culo estiver totalmente parado. ser na posição “P” (estacionamento), não a alavanca seletora para trás e para a frente.
na posição “N” (neutro), para evitar que o Ao contrário da transmissão manual, o modo
veículo se movimente. esportivo permite engatar as marchas com o
ATENÇÃO l Sempre mantenha o seu pé direito no
pedal do acelerador acionado.

Nunca engate a posição “P” (estacionamen- pedal do freio, quando o veículo estiver
to) ou “R” (marcha à ré) com o veículo em na posição “N” (neutro) ou quando esti-
movimento. Se a alavanca seletora é levada ver engatando ou saindo da posição “N”
para a posição “P” (estacionamento) ou “R” (neutro), para minimizar o risco de perda
(marcha à ré) com o veículo em movimento, de controle. Mudança para cima
a transmissão poderá ficar danificada.
A
“D” – Condução
“N” – NEUTRO Esta posição é para condução normal.
Nesta posição a transmissão está desengatada. B
A transmissão seleciona automaticamente uma
Ela corresponde à posição ponto morto em uma marcha de acordo com a rotação e aceleração.
transmissão manual, e deve ser usada quando o Mudança para baixo
aa0096339
veículo permanecer parado por um longo período
durante a sua condução, por exemplo em um Atenção + (UP) (Superior)
congestionamento.
Nunca mude para a posição “D” (condução) a Empurre a alavanca seletora para frente uma
partir da posição “R” (ré) enquanto o veículo vez para engatar uma marcha alta.
estiver se movimentando, para evitar dano à
– (DOWN) (Inferior)
transmissão.
Puxe a alavanca seletora para trás uma vez para
engatar uma marcha baixa.

5-17
executar uma mudança para marcha inferior
ATENÇÃO quando a alavanca seletora é movida para a
posição “– (Para baixo)” em certas velocida-
l No modo esportivo, o motorista deve des.
fazer as trocas para cima de acordo com
as condições da rodovia, tendo o cuidado l No modo esportivo, os engates para baixo são
de manter a rotação do motor abaixo da feitos automaticamente quando o veículo está
zona vermelha. em velocidade baixa. Quando o veículo parar,
a 1ª marcha é automaticamente selecionada.
l Através do movimento rápido da alavan-
Ao dirigir em rodovia escorregadia, empurre ou a ou
ca seletora para trás (MUDANÇA PARA l

BAIXO) duas vezes, é possível pular uma a alavanca seletora para a frente, para a
marcha, por exemplo: da 3ª para a 1ª, da 4ª posição “+ (Para cima)”. Isto faz a transmis- aa3008744
para a 2ª ou da 5ª para a 3ª. Como o freio são engatar a 2ª marcha, que é a melhor
motor repentino e/ou uma rápida acelera- para uma condução suave em uma rodovia Quando ocorre um mau
escorregadia. Empurre a alavanca seletora
ção podem ocasionar a perda de tração, as funcionamento na transmissão
mudanças para marchas inferiores devem para a posição “— (Para baixo)”, para voltar
para a 1ª marcha. automática
ser feitas cuidadosamente, de acordo com
a velocidade do veículo. Quando o indicador da posição da
Luz indicadora do Modo esportivo
alavanca seletora pisca
OBSERVAÇÃO Quando o indicador da posição da alavanca
l No modo esportivo, somente as 4 ou 5 mar- seletora pisca durante a condução do veículo,
chas à frente podem ser selecionadas. Para pode existir um mau funcionamento na trans-
engatar a marcha à ré ou estacionar o veículo, missão automática.
mova a alavanca seletora para a posição
“R” (ré) ou “P” (estacionamento), conforme
desejar.
l Para manter um bom desempenho ao dirigir,
a transmissão pode se recusar a executar
uma mudança para marcha superior quando A
a alavanca seletora é movida para a posição aa0096326
“+ (Para cima)” em determinadas velocidades.
Também para evitar excesso de rotações No modo esportivo, a posição selecionada no
no motor, a transmissão pode se recusar a momento é indicada por uma luz (A) no painel
de instrumentos.

5-18
A luz de advertência da temperatura do fluido Funcionamento da transmissão
Atenção da transmissão automática acende quando a automática
temperatura do fluido da transmissão automática
l Se a luz indicadora da posição da alavanca está anormalmente alta com a ignição na posição
seletora piscar durante a condução do
veículo, pode ser o funcionamento do
“ON” (ligada). ATENÇÃO
Normalmente a luz de advertência acende quan-
dispositivo de segurança devido a mau l Antes de selecionar uma marcha com o
do a ignição está na posição “ON” (ligada) e em
funcionamento na transmissão automáti- motor funcionando e o veículo parado,
seguida apaga após alguns segundos.
ca. Leve o veículo para inspeção em uma pise totalmente no pedal do freio, para
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. evitar que o veículo se movimente.
l A função de advertência do indicador da Atenção O veículo começa a se movimentar assim
posição da alavanca seletora não funciona que a marcha é engatada, principalmente
com a alavanca seletora na posição “P” Se a luz de advertência acender, reduza as se a rotação do motor está alta, em marcha
(estacionamento), “R” (marcha à ré) ou rotações do motor e pare o veículo em local lenta rápida ou com o ar-condicionado
“N” (neutro). seguro. ligado. O pedal do freio somente deve ser
Coloque então a alavanca seletora na posição liberado quando realmente desejar colocar
Quando a luz de advertência da “P” (estacionamento) e deixe o motor em mar- o veículo em movimento.
temperatura do fluido da transmissão cha lenta até que a lâmpada apague. Quando l Em qualquer situação, somente pise no
automática acende a lâmpada apagar, volte a dirigir normalmente. pedal do freio com o pé direito.
Se a luz de advertência não apagar, leve o veí- Usar o pé esquerdo pode causar um
culo para inspeção em uma Concessionária movimento retardado em caso de uma
MITSUBISHI MOTORS. emergência.
l Para evitar aceleração repentina, nunca
acelere o motor quando engatar a partir
da posição “P” (estacionamento) ou “N”
(neutro).
l Acionar o pedal do acelerador enquanto
o outro pé está descansando no pedal do
freio irá afetar a eficiência do freio e poderá
AA0045337
causar desgaste prematuro das pastilhas
do freio.

5-19
Aceleração para ultrapassagem Em espera
ATENÇÃO Para aceleração extra na posição “D” (condução) Para períodos curtos de espera, como em um
l Use a alavanca seletora na posição correta (quando ultrapassar um outro veículo) pressione semáforo, o veículo pode ser deixado engatado
de mudança, de acordo com as condições totalmente o pedal do acelerador, até o assoalho. e mantido parado com o freio de serviço.
do tráfego. A transmissão automática engatará uma marcha Para períodos longos de espera, com o motor
baixa automaticamente. funcionando, a alavanca seletora deve ser co-
Nunca desça uma elevação no sentido con-
trário com a alavanca seletora na posição locada na posição “N” (neutro).
“D” (condução ou modo esportivo) nem Observação
suba uma elevação no sentido contrário No modo esportivo, as reduções de marcha não
com a posição “R” (ré). são feitas quando o acelerador é pressionado
ATENÇÃO
O motor desliga e o aumento no esforço totalmente, até o assoalho. l Em uma subida, nunca mantenha o veí-
no pedal do freio ou o peso no volante de culo parado, enquanto engatado, com
direção pode causar um acidente. o acelerador. Sempre acione o freio de
l Não acelere o motor com o pedal do freio estacionamento e/ou o freio de serviço.
acionado e o veículo parado. l Aceleração desnecessária pode ocorrer
Isto pode danificar a transmissão automá- se a alavanca seletora não estiver nas
tica. posições “P” (estacionamento) ou “N”
(neutro).
Antes de movimentar o veículo após uma
parada, certifique-se que a alavanca sele-
tora esteja na posição “D” (condução).

5-20
Estacionamento Quando a transmissão automática não Veículos com transmissão manual
Para estacionar o veículo, primeiro pare-o troca de marchas
completamente, engate totalmente o freio de Se a transmissão automática não efetua trocas
estacionamento, e depois mova a alavanca A
de marchas ao dirigir ou o veículo não acelera
seletora para a posição “P” (estacionamento). o suficiente ao subir uma ladeira, a transmissão
Ao deixar o veículo, sempre desligue o motor e pode estar com algum problema. Recomendamos
retire a chave da ignição. levar o veículo para inspeção em uma Conces-
sionária MITSUBISHI MOTORS. Veículos com transmissão automática
OBSERVAÇÃO 1. Se o veículo tiver dificuldade para subir uma
Em uma ladeira, acione primeiro o freio de esta- ladeira, coloque a alavanca seletora em 2ª
cionamento, antes de mover a alavanca seletora marcha do modo esportivo. A
para a posição “P” (estacionamento). Se você Este método pode não funcionar, dependendo
mover a alavanca seletora para a posição “P” do mau funcionamento da transmissão.
(estacionamento) sem antes acio­nar o freio de
2. Quando o veículo estiver trafegando em pa-
estacionamento, poderá encontrar uma forte re- aa3008731
vimento plano, coloque a alavanca seletora
sistência, além do normal. Nesta situação, mova
na posição “D” (condução).
com força a alavanca seletora quando você quiser
colocar o veículo novamente em movimento. Easy select 4WD Part Time*
OBSERVAÇÃO
Quando o indicador da posição da alavanca se- A mudança para tração nas rodas traseiras
letora no painel de instrumentos piscar, significa ou tração nas quatro rodas pode ser feita
que existe condição anormal na transmissão. movimentando-se a alavanca da transferência
Veja “Quando o indicador da posição da alavanca (A). Engate a alavanca de transferência para
seletora pisca”, na página 5-18. adequar às condições do pavimento. Além disso,
a luz indicadora de funcionamento do 2WD/4WD
indica a condição de engate da alavanca de
transferência.
Veja a seção “Luz indicadora de funcionamento
2WD/4WD”, na página 5-24.

5-21
Posições da alavanca de transferência e luz indicadora de funcionamento Observação
2WD/4WD Em veículos com transmissão automática,
quando a alavanca de transferência estiver em
Luz indicadora de “4L” a transmissão não engata a sobremarcha.
Posições da alavanca de mudanças
funcionamento Condições de direção
da transferência
2WD/4WD
ATENÇÃO
l O modo “4L” proporciona torque máximo
Tração nas rodas Para condução em pista em baixa velocidade para subir colinas
2H
traseiras pavimentada seca íngremes, superfícies com lama, areia e
outras dificuldades. Não exceda a velocida-
de de aproximadamente 70 km/h no modo
“4L”. Com velocidades acima de 70 km/h,
um dispositivo de limitação de velocidade
irá automaticamente ativar para proteger
Para condução em terreno
4H Tração nas 4 rodas a transmissão.
acidentado, areia e neve.
l Não dirija o veículo nas posições “4H”
e “4L” em rodovias pavimentadas e au-
toestradas, pois isto pode resultar em
Para condução em subidas desgaste prematuro dos pneus, aumento
ou descidas íngremes de consumo de combustível e possíveis
Tração nas 4 rodas ou terreno acidentado ou ruídos. Isto também pode aumentar a tem-
4L
reduzida (low) com lama. (Especialmente peratura do óleo do diferencial, resultando
quando precisar de maior em possíveis danos nas peças do sistema
força de tração.) de transmissão. Além disso, o trem de
rodagem é exposto a carga excessiva,
: Acesa levando a um vazamento de óleo, dano
: Apagada aos componentes ou outras falhas sérias.
Em pisos pavimentados secos e autoes-
tradas, dirija o veículo somente em “2H”.

5-22
A alavanca da transferência deve ser posicionada de acordo com as seguintes condições de
4L funcionamento.
4H Para Procedimento
Para
mudar de Veículos com T/M Veículos com T/A
2H A alavanca de transferência pode
A alavanca de transferência pode
2H 4H ser acionada enquanto o veículo
ser acionada enquanto o veículo
está se movendo ou parado. Quando
está se movendo ou parado.
o veículo não está em movimento,
Quando o veículo não está em
coloque a alavanca em “N” (neutro)
movimento, coloque a alavanca
antes de acionar a alavanca de
TA0022661 em “N” (neutro) antes de acionar
transferência.
a alavanca de transferência.
Quando o veículo está em
Funcionamento da alavanca da 4H 2H Quando o veículo está em
movimento e somente quando for
transferência movimento e somente quando for
conduzido em linha reta, coloque a
conduzido em linha reta, libere
O padrão de mudança é mostrado na manopla alavanca seletora em “D” (condução)
o acelerador antes de acionar a
da alavanca da transferência. e libere o acelerador antes de
alavanca.
acionar a alavanca.
Pare o veículo, coloque a alavanca
4H 4L em “N” (neutro) e acione a alavanca
de transferência.
Pare o veículo, pressione o
pedal da embreagem até o Se o funcionamento for feito com a
final e acione a alavanca de alavanca da transferência colocada
transferência. em qualquer posição que não seja
4L 4H
“N” (neutro), pode-se ouvir um ruído
de engrenagens, com possível falha
de mudar para a marcha apropriada.

5-23
OBSERVAÇÃO “2H”    “4H”
l Os engates da alavanca entre “2H”  “4H”
somente devem ser feitos em velocidades Posição da
Luz indicadora de
abaixo de 100 km/h. alavanca de
funcionamento 2WD/4WD
transferência
l Durante a condução, nunca tente mudar de
“4H” para “4L”.
l Quando engatar de “2H” para “4H”, logo após
dirigir em temperatura extremamente baixa, a
caixa da transmissão pode fazer ruído. Neste 2H
caso, tente engatar a marcha com o veículo
parado. AA0045311
l Pode ocorrer o caso de a alavanca da trans-
ferência parecer pesada quando é movida Luz indicadora de funcionamento
de “4H” para “2H” com o volante de direção 2WD/4WD
girado.
Isto é normal e não indica problema. Com a ignição ligada, a luz indicadora 2WD/4WD Mudança
no painel indica a condição de engate. A luz de modo de
indicadora 2WD/4WD acende quando a alavan- condução em
Atenção ca de transferência é colocada nas seguintes andamento
posições:
Não acione a alavanca da transferência en-
quanto as rodas traseiras do veículo estiverem
derrapando em gelo ou neve.

4H

: Acesa
: Apagada

5-24
Observação “4H”    “4L” OBSERVAÇÃO
Quando a alavanca de transferência é mudada l A luz indicadora de funcionamento 2WD/4WD
entre 2H ↔ 4H, a luz indicadora de funcionamento Posição da apaga momentaneamente durante o processo
Luz indicadora de
2WD/4WD não acende ou permanece apagada alavanca de de mudança de “4H” para “4L” ou vice-versa,
funcionamento 2WD/4WD
enquanto a seleção está em andamento. Tenha transferência pois a alavanca da transferência passa pelo
os seguintes cuidados quando a luz estiver acesa ponto morto.
ou apagada. Certifique-se de acionar a alavanca da trans-
l Mantenha o volante da direção na posição ferência até que a luz indicadora de funcio-
reta enquanto muda os modos de seleção. namento 2WD/4WD acenda novamente.
Se você tentar dirigir para a frente com o 4H
l Após selecionar “4H”  “4L”, se a luz
volante de direção girando, as engrenagens indicadora de funcionamento 2WD/4WD con-
podem raspar e o modo desejado pode não tinuar apagada e a marcha desejada não está
ser selecionado. selecionada atualmente, retorne a alavanca
l Quando a alavanca é mudada entre “2H” ↔ da transferência à posição anterior. Coloque
“4H” com o veículo parado, a luz indicadora o volante de direção na posição totalmente à
de funcionamento 2WD/4WD não acende ou Mudança frente, dirija o veículo para a frente e libere o
permanece apagada enquanto a seleção está de modo de pedal do acelerador. Em seguida, pressione
em andamento. Dirija lenta e normalmente, condução em o pedal da embreagem (transmissão manual)
depois de confirmar que a luz está acesa. andamento ou coloque a alavanca seletora na posição “N”
l Não mova a alavanca seletora se a luz (neutro) (transmissão automática) e selecione
indicadora de funcionamento 2WD/4WD novamente a faixa.
estiver acesa.
l Se a luz indicadora de funcionamento
2WD/4WD não acender depois de fazer
uma seleção “2H” ↔ “4H” com o veículo em
movimento, mantenha o volante da direção 4L
reto e pressione lentamente o acelerador
várias vezes.

: Acesa
: Apagada

5-25
Operação correta da tração Condução em rodovias pavimentadas Observação
e autoestradas secas Recomendamos usar pneus para neve ou
nas quatro rodas l
correntes nos pneus.
Selecione “2H” para dirigir em pisos pavimen-
tados secos. Principalmente em autoestradas Mantenha uma distância segura entre os
Quando se usa tração nas quatro rodas, ambos l
secas, nunca selecione “4H” ou “4L”. veículos, evite freadas bruscas e use o freio-
os eixos do veículo ficam conectados, o que
melhora as características de tração. Apesar -motor (marchas baixas).
disso, ao se efetuar curvas fechadas ou mover o
veículo para a frente e para trás repetidamente,
ATENÇÃO
o sistema de tração é forçado, o que é sentido Selecionar o modo “4H” ou “4L” para dirigir
ATENÇÃO
como efeito de frenagem. Um veículo com tração em piso seco aumenta o consumo de com- Evite freadas bruscas, acelerações rápidas e
nas quatro rodas pode acelerar de forma mais bustível, além de ocasionar ruídos e desgaste curvas fechadas; tais operações podem fazer
rápida e suave. prematuro dos pneus. o carro rodar e/ou derrapar.
Entretanto, é importante levar em conta que a Isto também pode aumentar a temperatura do
distância de frenagem não é menor que aquela óleo do diferencial, resultando em possíveis Condução em rodovias arenosas ou
do veículo com tração em duas rodas. danos nas peças do sistema de transmissão.
com lama
Quando se usa a tração nas quatro rodas em Além disso, o trem de rodagem é exposto a
vias em condições difíceis (neve, lama, areia Coloque a alavanca de transferência em “4H” ou
carga excessiva, levando a um vazamento
etc.), é importante dirigir o veículo corretamente. “4L” e depois gradualmente pressione o pedal
de óleo, dano aos componentes ou outras
do acelerador, para uma saída suave.
falhas sérias.
Mantenha constante a pressão no pedal do ace-
Observação
lerador, o máximo possível, e conduza o veículo
l A postura ao dirigir deve ser mais reta e Condução do veículo em estrada com em baixa velocidade.
perto do volante da direção do que a normal; neve ou gelo
ajuste o banco para uma posição boa, que Coloque a alavanca de transferência em “4H”
facilite esterçar o volante e acionar os pedais. ou “4H”, de acordo com as condições do piso ATENÇÃO
Certifique-se de usar o cinto de segurança. e depois gradualmente pressione o acelerador, l Não force o veículo nem dirija agressi-
l Depois de dirigir em vias em mau estado, para uma saída suave. vamente em superfícies arenosas. Em
verifique cada parte do veículo e lave com- comparação com superfícies normais, o
pletamente com água. Consulte as seções motor e outros componentes do sistema
“Limpeza interna e externa do veículo” na de direção são exigidos demais ao dirigir
página 7-1 e “Inspeção e manutenção após neste tipo de superfície e isto pode causar
uso do veículo em condições severas” na acidentes.
página 5-29.

5-26
OBSERVAÇÃO Subidas acentuadas
ATENÇÃO Se houver areia ou lama no local: Coloque a alavanca de transferência em “4L”
l Se alguma das seguintes condições ocorrer l Evite freadas bruscas, acelerações rápidas para maximizar o torque do motor.
ao dirigir o veículo, pare-o imediatamente e curvas fechadas, pois nesta condição o
em um local seguro e siga os procedimen- veículo poderá ficar atolado.
tos nas páginas citadas abaixo: l Se o veículo começar a atolar na areia ou
ADVERTÊNCIA
l O marcador de temperatura está próxi- lama, ele frequentemente pode ser movido por l Dirija sempre em frente. Não tente cruzar
mo da zona de superaquecimento. um movimento de rotação. Mova a alavanca uma inclinação profunda.
seletora ritmadamente entre as posições Se você perder tração, libere o acelerador e
Veja a seção “Motor superaquecido” l
“D” (condução) e “R” (marcha à ré) (veículos esterce o volante para a esquerda e direita
na página 8-7.
com transmissão automática) ou entre 1ª e ré suavemente, esforçando-se para ganhar
l A luz de advertência da temperatura (veículos com transmissão manual), enquanto
do fluido da transmissão automática novamente tração.
aplica uma leve pressão no acelerador.
acende.
l Recomendamos dar a partida no veí­culo com
Veja a seção “Quando a luz de adver- OBSERVAÇÃO
o freio acionado parcialmente mas não com-
tência da temperatura do fluido da pletamente, puxando levemente a alavanca l Escolha uma subida tão suave quanto possí-
transmissão automática acende”, na do freio de estacionamento. vel, com poucas pedras ou outros obstáculos.
página 5-19. Antes de iniciar uma subida acentuada,
Depois que o veículo estiver liberado, não se l

esqueça de liberar o freio de estaciona­mento. caminhe pelo local para ter a certeza que
o veículo poderá vencer a elevação.
ADVERTÊNCIA l Se for necessário dirigir em condições de
muita lama, recomenda-se usar correntes nos
Ao tentar tirar seu veículo de um atoleiro, pneus. É difícil saber quando o veículo poderá Descidas acentuadas
certifique-se que a área ao redor esteja livre cair em um atoleiro mais profundo, portanto
de pessoas e objetos. O movimento do veículo Coloque a alavanca de transferência em “4L”,
dirija em baixa velocidade. Se possível, desça
pode causar um avanço ou retrocesso, resul- use o freio motor (mudança para baixo) e desça
do veículo e verifique as condições da estrada,
tando em ferimentos ou danos às pessoas ou vagarosamente.
antes de prosseguir.
aos objetos nas redondezas.
l A condução do veículo em clima marinho ou
em rodovias com produtos químicos pode ADVERTÊNCIA
causar ferrugem; lave-o bem, imediatamente
após trafegar nestas condições. Evite ziguezaguear em uma descida acentua-
da. Desça em linha reta, se possível.

5-27
OBSERVAÇÃO Travessia de um córrego
l Em uma descida acentuada, se os freios Veículos com tração nas quatro rodas não são ATENÇÃO
são aplicados repentinamente, devido a um necessariamente veículos à prova de água. Se Não tente atravessar um córrego onde a água
obstáculo, o veículo poderá ficar sem controle. o sistema elétrico ficar molhado, a condução do seja muito profunda.
Antes de iniciar a descida, caminhe pelo local veículo por uma distância mais longa será impos-
para conhecer os detalhes. sível. Por isso, evite a travessia de córregos, a Não mude de marchas enquanto cruza um
não ser que seja absolutamente necessário. Se córrego.
l Antes de iniciar a descida, selecione a marcha
adequada para aquela condição. Evite a troca a travessia de um córrego é inevitável, proceda Cruzar frequentemente córregos pode afetar
de marchas ou o acionamento da embreagem da seguinte forma: a vida útil do veículo. Se isso for necessário,
durante a descida. 1. Verifique as profundidades do córrego e consulte uma Concessionária MITSUBISHI
fatores geográficos antes de tentar cruzá-lo, MOTORS para preparar, inspecionar e con-
A MITSUBISHI MOTORS não é responsável
sertar o veículo.
l
por qualquer dano ou ferimento causado pelo bem como a força da corrente no local onde
motorista devido à condução imprópria ou for mais fácil de atravessar. Após cruzar um córrego, aplique os freios para
negligente do veículo. Todas as técnicas de 2. Coloque a alavanca de transferência em “4L”. se certificar que estão funcionando adequada-
condução do veículo descritas aqui dependem mente. Se os freios estiverem molhados e não
3. Conduza o veículo lentamente a uma velo- funcionarem adequadamente, seque-os dirigindo
do conhecimento e experiência do motorista cidade de 5 km/h, para evitar espalhar muita
e outros participantes e qualquer desvio das devagar enquanto pressiona levemente o pedal
água. do freio. Inspecione com cuidado todo o veículo.
instruções de condução recomendadas é por
sua própria conta e risco.

Curvas fechadas
Ao fazer uma curva fechada em “4H” ou “4L”
em baixa velocidade, pode acontecer uma leve
diferença na direção idêntica ao se fazer uma
curva com o freio acionado. Isto é chamado de
freio em curva fechada e resulta da diferença
de distância dos 4 pneus em relação à curva.
Este fenômeno é peculiar nos veículos com tração
nas quatro rodas. Se isto ocorrer, endireite o
volante de direção ou mude para tração traseira.

5-28
Inspeção e manutenção após l Engraxe o eixo propulsor. Cuidados com um veículo
Inspecione o interior do veículo. Se existir
uso do veículo em condições l
água, seque os carpetes etc.
com tração nas 4 rodas
severas l Inspecione os faróis. Se a luz do farol
estiver alagada, mande drenar em uma Pneus e rodas
Após dirigir em condições adversas, verifique o Concessio­nária MITSU­BISHI MOTORS. Uma vez que o torque da transmissão pode ser
veículo, seguindo os procedimentos abaixo de aplicado nas 4 rodas, o desempenho do veículo
inspeção e manutenção: em funcionamento no modo 4WD é bastante
l Verifique o veículo quanto a danos causados influenciado pelas condições dos pneus.
por pedras, cascalhos etc.
Tenha atenção especial com os pneus.
l Lave o veículo cuidadosamente com água.
l Instale pneus especificados em todas as ro-
Dirija o veículo lentamente enquanto pressio-
das. Veja a seção “Pneus e rodas”, na página
na o pedal do freio, para secar o freio. Se ainda
10-7.
assim o freio não funcionar adequadamente,
entre em contato com uma Concessio­nária l Certifique-se de instalar todos os pneus e
MITSU­BISHI MOTORS, para que os freios rodas de mesmo tamanho e tipo.
sejam inspecionados. Ao substituir qualquer um dos pneus ou rodas,
l Remova insetos, capim seco etc. do substitua os demais também.
radiador. l Deve ser feito o rodízio dos pneus quando o
l Após cruzar um córrego, certifique-se de desgaste entre os pneus dianteiros e traseiros
inspecionar os seguintes itens em uma Con- for notado.
cessionária MITSUBISHI MOTORS e tomar
as medidas necessárias. O desempenho do veículo será prejudicado, se
o desgaste entre os pneus for diferente. Veja
l Inspecione o interior do veículo. Se existir a seção “Rodízio dos pneus”, na página 9-15.
água, seque os carpetes etc.
l Verifique regularmente a pressão dos pneus.
l Inspecionar o óleo do motor, o fluido da
transmissão, o óleo da transferência e o
óleo do diferencial ou graxa quanto a nível
e coloração. Se o óleo ou a graxa estiver
leitoso, indica contaminação por água.
Substitua o óleo ou a graxa.

5-29
ATENÇÃO A Atenção
Use sempre pneus do mesmo tamanho, Certifique-se de colocar a alavanca seletora
mesmo tipo e mesma marca, sem diferenças da transferência na posição “2H” e trans-
de desgaste. O uso de pneus de tamanho, portar o veículo em uma plataforma (Tipo A,
tipo e marca diferentes ou mesmo o nível de C ou D), conforme ilustração. Nunca tente
desgaste diferente aumenta a temperatura do rebocar o veículo com a alavanca seletora
fluido do diferencial, resultando em possível B da transferência nas posições “4H” ou “4L”
dano ao sistema de tração. Além disso, o trem e com as rodas traseiras ou dianteiras no
de rodagem é exposto a carga excessiva, solo (Tipo A ou B), conforme a ilustração.
levando a um vazamento de óleo, dano aos Isto pode resultar em dano à transmissão ou
componentes ou outras falhas sérias. instabilidade no reboque.
Se você não puder colocar a alavanca sele-
tora da transferência na posição “2H” ou a
Reboque C transmissão estiver com mau funcionamento
Se for necessário rebocar, recomendamos utilizar ou danificada, transporte o veículo com todas
os serviços de uma Concessionária MITSUBISHI as rodas em uma plataforma (Tipo C ou D),
MOTORS ou um serviço de guincho. conforme a ilustração.
Nos casos a seguir, transporte o veículo usando
um guincho.
l O motor funciona, porém o veículo não se D
move ou produz um ruído anormal.
l A inspeção da parte inferior do veículo revela
vazamento de óleo ou outro fluido.
Somente quando você não puder usar o serviço
de guincho de uma Concessionária MITSUBISHI AA2001113
MOTORS ou um serviço de guincho, reboque
seu veículo cuidadosamente, de acordo com as
instruções de “Reboque” na página 8-20.

5-30
Para usar o macaco em um veículo Diferencial de deslizamento Freios
com tração nas 4 rodas
limitado*
Todas as peças do sistema de freios são
importantes para a sua segurança. O
ADVERTÊNCIA O diferencial de deslizamento limitado funciona
serviço de manutenção do veículo deve
somente no eixo traseiro. A seguir estão descritas
Não coloque o motor do veículo em funcio- ser realizado por uma Concessionária
as características do diferencial de deslizamento
namento quando estiver usando o macaco. MITSU­BISHI MOTORS a intervalos regulares,
limitado:
de acordo com o Livrete de Bordo.
O pneu que estiver no chão pode girar e o
veículo pode cair do macaco. Funciona da mesma forma que o diferencial
convencional, ou seja, a roda de um lado gira a
uma velocidade diferente da outra ao se fazer
ATENÇÃO
Acionamento da embreagem uma curva. A diferença entre o convencional e Evite hábitos de direção que levem a freadas
O engate rápido ou leve da embreagem feito o limitado é que o diferencial de deslizamento bruscas e nunca “descanse” o pé no pedal
enquanto o motor está funcionando em alta ve- limitado se ativa quando a roda de um lado perde do freio.
locidade danifica a embreagem e a transmissão tração, aplicando maior torque na roda traseira Isso causa superaquecimento e falha no
devido à grande força de tração. do outro lado para melhorar a tração. sistema de freio.
Acione o pedal lentamente e com força.
Observação
Sistema de freios
Se há diferença na tração nas rodas, mas ambas
estão patinando, o diferencial de deslizamento O freio se divide em dois circuitos de modo que,
limitado não será eficiente. quando ocorre uma avaria em um deles, o outro
permite parar o veículo. Se a assistência hidráuli-
ca for perdida, mesmo assim os freios continuam
Atenção funcionando. Nestas situações, mesmo que o
pedal do freio desça até o final do curso ou resista
l Nunca dê partida no veículo enquanto ao ser pressionado, continue pressionando o
uma das rodas estiver levantada pelo pedal do freio com mais força do que o normal;
macaco e a outra em contato com o solo, pare de dirigir assim que for possível e mande
pois isto pode causar o tombamento do reparar o sistema de freio
veículo.
l Ao tentar tirar o veículo da neve, lama
etc. e o motor funcionar continuamente
em alta rotação, o diferencial de desliza-
mento limitado poderá ser danificado.

5-31
Quando o freio está molhado Pastilhas e lonas do freio
Advertência Verifique o sistema de freio dirigindo em velo- l Evite freadas muito fortes.
l Não desligue o motor enquanto o veículo cidade baixa, logo após dar a partida no motor, Com pastilhas de freio novas, evite sempre
estiver se movimentando. principalmente quando os freios estão molhados, que possível a aplicação total repentina do
para ver se eles estão funcionando normalmente. freio nos primeiros 200 km.
Se você desligar o motor enquanto dirige,
a assistência hidráulica do sistema de Depois de dirigir sob chuva forte ou atravessar l O disco do freio está equipado com uma
freio deixa de funcionar e seus freios não uma grande poça de água ou depois de lavar função de advertência, a qual emite um som
funcionarão eficientemente. o veículo, um filete de água pode se formar no agudo quando o freio é acionado, para alertar
disco do freio e prejudicar o seu funcionamento quando as pastilhas do freio estão no limite
l Se perder o servofreio ou se o sistema normal. Se isto ocorrer, acione levemente repe-
hidráulico do freio deixar de funcionar de uso.
tidas vezes o pedal do freio com o veículo em
adequadamente, leve imediatamente seu baixa velocidade, para secar o freio. Se você ouvir este som, leve o veículo a uma
veículo a uma Concessionária MITSUBISHI Concessionária MITSUBISHI MOTORS para
MOTORS. a substituição das pastilhas do freio.
Quando dirigir em descidas
Luz de advertência Para obter um melhor resultado do freio-motor,
engate uma marcha baixa. Isto também evitará ADVERTÊNCIA
A luz de advertência acende para indicar uma que o sistema de freio fique superaquecido.
falha no sistema de freio. Veja a seção “Luz de Dirigir com pastilhas do freio gastas torna
advertência do freio”, na página 4-9. mais difícil parar o veículo, e pode causar
um acidente.
ADVERTÊNCIA
Não deixe qualquer objeto nem coloque um
tapete espesso no assoalho, junto do pedal
do freio. Fazendo isso, o movimento total
do pedal do freio é impedido, prejudicando
frenagens em uma emergência. Tenha a certe-
za que o pedal possa ser acionado livremente
em qualquer momento. Certifique-se que o
tapete permaneça preso no lugar.

5-32
Sistema de assistência à l O sistema de assistência à frenagem pode Sistema de freio
começar a funcionar quando o pedal do freio
frenagem* é pressionado totalmente, mesmo que não antiblocante (ABS)*
tenha sido pressionado repentinamente.
O sistema de assistência à frenagem é um l Quando o sistema de assistência à frenagem Diversos fatores podem afetar a frenagem.
dispositivo que ajuda o motorista que não pode estiver em uso durante a condução, você pode Durante uma frenagem repentina em rodovia
pressionar o pedal do freio com firmeza, como em sentir o pedal tentando resistir, o pedal se com neve, gelo, óleo, água etc., pode acontecer
situações de parada de emergência, fornecendo move em pequenos movimentos juntamente uma derrapagem. Nesta situação, o controle da
maior força de frenagem. com o ruído de funcionamento, ou a carroceria direção e a eficiência de frenagem são reduzidos
Se o pedal do freio for pressionado repentina- do veículo e o volante de direção vibram. Isto e a distância de frenagem é aumentada. O veí-
mente, os freios serão acionados com mais força ocorre quando o sistema de assistência à culo pode também rodar descontroladamente.
do que o habitual. frenagem estiver funcionando normalmente O ABS ajuda a evitar que as rodas travem durante
e não indica falha operacional. Continue a a frenagem e desta forma mantém a estabilidade
pressionar o pedal do freio. direcional, assegurando controle e proporcionan-
ATENÇÃO l Você pode ouvir um ruído de funcionamento do maior força de frenagem.
O sistema de assistência à frenagem não é quando o pedal do freio é pressionado total
um dispositivo projetado para exercer força ou repentinamente com o veículo parado. Isto Cuidados na direção
de frenagem superior à capacidade normal. não indica mau funcionamento e o sistema
l Em veículos com freios ABS, durante uma
de assistência à frenagem está funcionando
Certifique-se de manter sempre distância freada repentina (quando o ABS está atuando)
normalmente.
suficiente entre os veículos à sua frente sem a direção difere ligeiramente de quando os
confiar demais no sistema de assistência à freios não estão sendo aplicados.
frenagem. Esterce o veículo cuidadosamente nestas
condições.
OBSERVAÇÃO l Mantenha sempre a mesma distância do
l Uma vez que o sistema de assistência à veículo que vai à sua frente, como se o seu
frenagem esteja funcionando, ele mantém veículo não estivesse equipado com ABS.
grande força de frenagem mesmo que o pedal Comparado com veículos não equipados com
do freio seja levemente liberado. ABS, seu veículo pode exigir uma distância
Para parar esta operação, retire completa- maior para parar, nos seguintes casos:
mente o pé do pedal do freio. l Condução do veículo em rodovia com
cascalho ou coberta de neve.
l Condução do veículo com correntes nos
pneus.
5-33
l Condução do veículo em rodovias com
buracos ou com ondulações. ATENÇÃO
l Condução do veículo em rodovia irregular l Mesmo o ABS não pode evitar a ação na-
ou outro tipo de deficiência. tural das leis da física sobre o veículo. Ele
l O funcionamento do sistema de freios não pode evitar, por exemplo, acidentes
antiblocantes não é restrito a freadas re- decorrentes de excesso de velocidade
pentinas. O sistema também pode operar em curvas, falta de distância segura do
para evitar o travamento das rodas quando veículo que vai à frente ou aquaplanagem.
estiver conduzindo o veículo sobre túneis Deve ser responsabilidade do motorista
de manutenção, cobertos com placas de observar os cuidados de segurança, para
aço, ou em rodovias com degraus ou di- conduzir o veículo nestas condições na aa0045340
ferença de nível ou outro tipo de rodovia velocidade adequada e aplicando os freios
onde a aderência dos pneus é prejudicada. no momento certo.
Luz de advertência do ABS
l Tenha a certeza de usar pneus do mesmo
l Quando o sistema de freio antiblocante A luz de advertência do ABS acende quando a
ABS é ativado, você pode sentir o pedal do tipo e tamanho nas quatro rodas.
ignição é colocada na posição “ON” (ligada) e
freio pulsar e ouvir um ruído característico. Se um pneu diferente é utilizado, o sistema
apaga alguns segundos depois.
Ao mesmo tempo, pode-se sentir como se ABS pode não funcionar normalmente.
o pedal resistisse ao ser pressionado. l Nunca instale um diferencial de desliza-

Nesta condição, para deixar o sistema mento limitado que não seja uma Peça ATENÇÃO
de freio antiblocante ABS trabalhar Genuína MITSUBISHI MOTORS, pois o
para você, mantenha o pedal do freio ABS poderá não funcionar normalmente. Se a luz de advertência permanecer acesa ou
pressionado firmemente. Não bombeie Consulte uma Concessionária M ­ ITSUBISHI não acender quando der a partida no motor, in-
o pedal do freio, pois isto reduz o de- MOTORS. dica que o sistema ABS não está funcionando
sempenho do freio. e que somente o sistema de freio convencional
está disponível. (Nestas condições, o sistema
de freio hidráulico convencional ainda funcio-
na normalmente.) Contate a Concessionária
MITSUBISHI MOTORS mais próxima para
inspecionar o veículo.

5-34
Se a luz de advertência acender Se a luz de advertência do ABS e a luz
durante a condução de advertência do freio acenderem ao
mesmo tempo
Se somente a luz de advertência do l Se o ABS e a distribuição da força de frenagem
ABS acender não funcionarem em uma freada severa, o
l Evite freadas bruscas e dirigir em alta velo- veículo pode tornar-se instável.
cidade. Pare o veículo em local seguro. Evite freadas severas e dirigir em alta ve-
Dê novamente partida no motor e verifique locidade. Pare o veículo em local seguro e
A
se as luzes apagam após alguns minutos de contate uma Concessionária MITSUBISHI
condução. Se elas permanecerem apagadas MOTORS.
durante a condução, não existe nenhum TA3000662
problema.
Observação
Entretanto, se as luzes não apagam ou se l Após dirigir em rodovias com neve, remova
l Imediatamente após o veículo iniciar o mo- toda a neve e o gelo da área das rodas.
acendem novamente durante a condução,
vimento depois da partida do motor, um som
leve o veículo para inspeção em uma Con- Ao fazer isto, tenha cuidado para não danificar
esganiçado será ouvido, vindo do comparti-
cessionária MITSUBISHI MOTORS o mais os sensores de velocidade das rodas (A) e os
mento do motor. Se neste momento o pedal
rápido possível. cabos localizados em cada roda dos veículos
do freio for pressionado, será sentido o pedal
A luz de advertência do ABS pode acender equipados com ABS.
l do freio pulsando.
se a voltagem da bateria for insuficiente ao
Esta pulsação é devido ao funcionamento
dar a partida no motor. Neste caso, não indica
do autodiagnóstico do ABS e não indica mau
falha do ABS.
funcionamento.
Dê uma carga na bateria deixando o motor
em marcha lenta alguns minutos.
Se a bateria foi carregada, porém a luz de
advertência do ABS continuar acesa ou se
acender intermitentemente, leve o veículo
para inspeção em uma Concessionária
MITSUBISHI MOTORS.

5-35
Direção hidráulica Piloto automático*
O sistema da direção hidráulica funciona quando O piloto automático é um sistema de controle da
o motor estiver funcionando. Ele ajuda a reduzir o velocidade que mantém uma velocidade fixada.
esforço necessário para girar o volante de direção. Ele pode ser ativado a partir de 40 km/h.
O sistema da direção hidráulica tem capacidade
mecânica para esterçar, caso perca a assistência
hidráulica. Se a assistência hidráulica for perdida ATENÇÃO
por qualquer motivo, você ainda poderá esterçar Quando você não quiser dirigir com uma
A l
seu veículo, porém isso demandará mais esforço velocidade fixada, desligue o piloto auto-
TA3000675 para esterçar. Se isto acontecer, leve seu veí- mático por segurança.
culo para inspeção em uma Concessionária
l Não é recomendado o uso deste sistema em
l O ABS funciona após o veículo acelerar em MITSUBISHI MOTORS.
condições onde não é possível manter uma
velocidades superiores a cerca de 10 km/h
velocidade constante, tais como: tráfego
e deixa de funcionar quando o veículo desa-
celera a velocidades inferiores a 7 km/h. Advertência congestionado ou em estradas sinuosas,
com gelo, neve, molhadas, escorregadias
Não desligue o motor enquanto o veículo ou em descidas.
estiver em movimento. Desligar o motor l Em veículos com transmissão manual,
tornará extremamente difícil girar o volante não coloque a alavanca de mudanças na
de direção, resultando em possível acidente. posição “N” (neutro) enquanto dirigir na
velocidade ajustada sem pressionar o
pedal da embreagem. O motor vai atingir
Atenção altas rotações e pode danificar.
Não deixe as rodas totalmente esterçadas (à
esquerda ou à direita) por mais de 10 segun-
dos. Isto pode causar danos ao sistema da
direção hidráulica.

5-36
Observação OBSERVAçãO
l O piloto automático pode não conseguir Ao acionar os interruptores do piloto automá-
manter a velocidade fixada em subidas ou D tico, pressione corretamente cada interruptor
descidas. C do piloto automático. O piloto automático pode
l Sua velocidade pode diminuir em uma su- B ser desligado automaticamente se dois ou mais
bida íngreme. Você pode usar o pedal do dos seus interruptores forem pressionados ao
A mesmo tempo.
acelerador se desejar manter a velocidade
ajustada.
l Sua velocidade pode aumentar acima da Para ativar
velocidade ajustada em uma descida íngre-
me. Você deve usar o freio para controlar a aa0096386
velocidade e o resultado é a desativação da
velocidade de condução ajustada. Interruptores do piloto automático A
A – Interruptor “ON OFF”
Usado para ativar e desativar a função de piloto
automático.
B – Interruptor “COAST SET”
Usado para reduzir a velocidade ajustada e para
ajustar a velocidade constante.
C – Interruptor “ACC RES”
Usado para aumentar a velocidade ajustada e
para retornar à velocidade ajustada original.
aa3007008
D – Interruptor “CANCEL”
Usado para desativar a condução na velocidade 1. Com a ignição na posição “ON” (ligada),
ajustada. pressione o interruptor “ON OFF” (A) para
ativar a função do piloto automático. A luz
indicadora “CRUISE” acende no painel de
instrumentos.

5-37
OBSERVAçãO OBSERVAçãO Cada vez que você aciona o interruptor “ACC
l Se o piloto automático estiver ligado quando a Quando você liberar o interruptor “COAST SET”, RES”, seu veículo aumenta a velocidade em
ignição é colocada na posição “LOCK” (trava) a velocidade do veículo será fixada. aproximadamente 1,6 km/h.
ou “ACC” (acessório), o piloto automático será
ativado automaticamente na próxima vez Por meio do acelerador
que der a partida no motor. A luz indicadora Para aumentar a velocidade fixada
“CRUISE” também acende.
l Se a voltagem da bateria for insuficiente, os
dados da memória serão apagados.
Como resultado, a luz indicadora “CRUISE” C
pode não acender quando der a partida no B
motor.
Se isto acontecer, pressione mais uma vez o
interruptor “ON OFF” para ativar o sistema.

aa0096397
aa0096384

Enquanto estiver dirigindo na velocidade fixada,


Existem duas maneiras de aumentar a veloci- utilize o pedal do acelerador para alcançar a
B dade fixada. velocidade desejada e então pressione e libere o
interruptor “COAST SET” (B) momentaneamente
Interruptor “ACC RES” para estabelecer a nova velocidade de cruzeiro
Pressione o interruptor “ACC RES” (C) e desejada.
mantenha-o pressionado enquanto dirigir na
velocidade estabelecida e a velocidade aumenta
aa0096371 gradualmente.
Quando alcançar a velocidade desejada, solte
2. Acelere ou desacelere até a velocidade dese- o interruptor. A velocidade de cruzeiro está
jada e então pressione e libere o interruptor fixada.
“COAST SET” (B) quando a luz indicadora Para aumentar a velocidade em pequenos incre-
“CRUISE” estiver acesa. O veículo continua mentos, pressione o interruptor “ACC RES” por
então se movendo naquela velocidade. menos de 1 segundo e libere-o.

5-38
B
B

aa0096371 aa0096414 aa0078946

Para diminuir a velocidade fixada Por meio do pedal do freio Para acelerar ou desacelerar
Existem duas maneiras para diminuir a veloci- Enquanto estiver dirigindo na velocidade fixada, temporariamente
dade fixada. utilize o pedal do freio, que desengata o piloto
automático, e então pressione e libere o inter- Para acelerar temporariamente
Interruptor “CoASt Set” ruptor “COAST SET” (B) momentaneamente Pise no pedal do acelerador normalmente. Ao sol-
Pressione o interruptor “COAST SET” (B) e para estabelecer a nova velocidade de cruzeiro tar o pedal, o veículo volta à velocidade fixada.
mantenha-o pressionado enquanto dirigir na desejada.
velocidade estabelecida, a velocidade diminui
gradualmente.
Quando alcançar a velocidade desejada, solte
o interruptor. Sua nova velocidade de cruzeiro
está fixada.
Para reduzir a velocidade em pequenos incre-
mentos, pressione para baixo o interruptor “CO-
AST SET” por menos de 1 segundo e libere-o.
Cada vez que você aciona o interruptor, seu
veículo diminui a velocidade em aproximada-
mente 1,6 km/h.

5-39
ADVeRtÊnCIA
D
Em veículos com T/A, embora o controle de
A velocidade possa ser desativado movendo a
C alavanca para a posição “N” (neutro), nunca
faça isso quando estiver dirigindo.
Um acidente grave pode acontecer se o freio
motor não funcionar.

Também a velocidade de condução pode ser


aa0096427 aa0096430 desativada da seguinte maneira:
l Quando a rotação do motor aumenta e se
Para desacelerar temporariamente Para desativar o sistema aproxima da área vermelha do tacômetro (a
Pressione o pedal do freio para desacelerar. O sistema de controle de velocidade pode ser parte vermelha do mostrador do tacômetro).
Para retornar à velocidade original estabelecida, desativado nestes casos:
pressione o interruptor “ACC RES” (C). Pressione o interruptor “ON OFF” (A) (o piloto
Atenção
l
Consulte “Para voltar à velocidade fixada”, na automático será desligado).
página 5-41. l Pressione o interruptor “CANCEL” (D). Quando a velocidade constante é desativada
l Pressione o pedal do freio. automaticamente em qualquer situação que
não seja listada anteriormente, pode existir
O sistema de controle de velocidade se desativa um mau funcionamento no sistema do piloto
automaticamente nestes casos: automático.
l Quando, em uma subida ou em outra situação, Pressione o interruptor “ON OFF” para inter-
a velocidade do veículo reduzir para uma romper a função do piloto automático e leve o
velocidade aproximada de 15 km/h ou mais veículo para inspeção em uma Concessionária
inferior à velocidade ajustada. MITSUBISHI MOTORS.
l Quando você pressiona o pedal da embrea-
gem (veículos com T/M).
l Quando a velocidade do veículo reduzir para
40 km/h ou menos.

5-40
Sistema de sensor de ré*
Este sistema funciona quando está sendo dada ré C

C no veículo. Ele usa sensores laterais e traseiros


para detectar um obstáculo e soa um alarme para A
informar ao motorista a distância aproximada
do obstáculo.

Sistema de câmera de ré*


aa0096384 B
Este sistema auxilia o condutor a visualizar
manobras, captando imagens externas na parte
Para voltar à velocidade fixada traseira do veículo. As imagens são mostradas na Posições dos sensores laterais,
Se o piloto automático é desativado pela condição tela do DVD do sistema de áudio. Para maiores traseiros e câmera de ré
descrita em “Para desativar o sistema”, na página detalhes de segurança, leia atentamente as Existem dois sensores laterais (A) nos cantos do
5-40, pode-se retomar a velocidade estabelecida instruções abaixo, para evitar acidentes. para-choque traseiro do veículo e dois sensores
anteriormente pressionando o interruptor “ACC traseiros (B) no centro do para-choque.
RES” (C) enquanto dirige em velocidade apro-
A câmera de ré (C) está localizada na tampa
ximada de 40 km/h ou mais. Atenção traseira, próxima à luz da placa.
Sob qualquer das circunstâncias a seguir, entre- l O sistema de sensores e câmera de ré
tanto, usar o interruptor não permite que você indica a distância aproximada entre o
retome a velocidade previamente fixada. Nestas Áreas de detecção de obstáculos
veículo e o objeto localizado atrás do veí-
situações, repita o procedimento de fixação da culo. Ele é limitado em termos de área e As áreas de detecção dos sensores laterais e
velocidade: objetos detectáveis e pode não detectar traseiros são limitadas àquelas mostradas na
l O interruptor “ON OFF” está pressionado. adequadamente alguns objetos. Portanto, ilustração. Os sensores não conseguem detectar
não confie demais no sistema de sensores obstáculos baixos ou estreitos, ou obstáculos na
l A ignição está desligada.
e câmera de ré e manobre o veículo com parte inferior do centro do para-choque traseiro.
l A luz indicadora “CRUISE” está desligada. Portanto, certifique-se de verificar as redondezas
cuidado.
para manobrar o veículo de forma segura.
l Verifique pessoalmente as redondezas,
com segurança. Não manobre o veículo
contando somente com o sistema de
sensores e câmera de ré.

5-41
A B C

Áreas de detecção da câmera de ré Áreas de detecção do sistema de


As áreas de detecção são: horizontal 119°, vertical sensor de ré
99°, diagonal 135°. As áreas de detecção estão dentro de cerca de
40 cm (A), de 40 cm a 100 cm (B) e de 100 cm a
200 cm (C). Objetos dentro de cerca de 22 cm a
partir do para-choque podem não ser detectados.

Funcionamento
Para acionar o sistema, mova a alavanca seletora
para a posição “R” (marcha-à-ré) com a ignição
na posição “ON” (ligada).

5-42
Para uma condução confortável
Ventilação
Ar-condicionado manual*
Ar-condicionado automático*
Dicas importantes para o funcionamento do ar‑condicionado
Sistema de áudio com DVD e GPS*
Tomada USB e entrada AUX*
Interruptores de controle remoto no volante de direção*
Para-sóis
Espelho de cortesia*
Antena*
Cinzeiro*
Acendedor de cigarros
Soquete para acessórios*
Luzes internas
Porta-objetos*
Porta-copo*
Porta-garrafa*
Gancho de conveniência

6-1
Mudança da seleção de modo
2 1
C Para mudar a posição e a quantidade do fluxo
2
de ar dos ventiladores, gire o botão de seleção
de modo. (Consulte “Botão de seleção do modo”,
na página 6-10.)
Estes símbolos são usados nas próximas ilustra-
B ções, para demonstrar a quantidade de ar saindo
dos ventiladores.

: Pequena quantidade de ar saindo dos


aa0058735 aa0094843 ventiladores
: Média quantidade de ar saindo dos ven-
Ventilação Ventilação lateral tiladores
A ventilação pode ser aberta e fechada com o : Grande quantidade de ar saindo dos
1 – Ventilação central botão (B). ventiladores
2 – Ventilação lateral
( ) - Abre Posição para o rosto
Ajustes da direção e fluxo de ar ( ) - Fecha O ar flui somente para a parte superior do com-
Ventilação central partimento dos passageiros.
Ajuste a direção do fluxo de ar movendo o
Ajuste a direção do fluxo de ar movendo o botão (C).
botão (A).

OBSERVAÇÃO
O ar que sai pela ventilação pode parecer uma
neblina. Isto é devido à mistura repentina de ar
resfriado pelo ar-condicionado. Ele ficará limpo
após um curto período de tempo.

A
TA0057419

TA0013737

6-2
Posição para o rosto/pés Posição para os pés OBSERVAÇÃO
O ar flui para a parte superior do compartimento O ar flui principalmente para a área das Com o botão de seleção de modo entre as
dos passageiros e para a área das pernas. pernas. posições “ ”e“ ”, o ar flui principalmente
para a área das pernas. Com o botão de seleção
de modo entre as posições “ ”e“ ”, o ar
flui principalmente para o para-brisa e vidros
das portas.

Posição desembaçador
O ar flui principalmente para o para-brisa e vidros
das portas.

TA0058025 TA0058038

OBSERVAÇÃO Posição para os pés/desembaçador


Com o botão de seleção de modo entre as posi- O ar flui para a área das pernas, para-brisa e
ções “ ”e“ ”, o ar flui principalmente para vidros das portas.
a parte superior do compartimento dos passagei-
ros. Com o botão de seleção de modo entre as
posições “ ”e“ ”, o ar flui principalmente
para a área das pernas. aa0057451

aa0058041

6-3
1 2 3 4 5

6
aa0089542 aa0051589 aa0051592

Ar-condicionado manual* Botão de seleção da velocidade do Botão de controle da temperatura


ventilador Gire o botão de controle da temperatura no sen-
O ar-condicionado só pode ser usado quando o Selecione a velocidade do ventilador girando o tido horário para aquecer o ar. Gire-o no sentido
motor estiver ligado. botão de seleção da velocidade do ventilador no anti-horário para esfriar o ar.
sentido horário ou anti-horário.
Painel de controle A velocidade do ventilador aumenta gradativa- OBSERVAçãO
mente, à medida que o botão é girado para a Enquanto a temperatura do líquido de
1 – Botão de seleção do modo direita. arrefecimento do motor estiver baixa, a tempe-
2 – Interruptor do desembaçador do vidro tra- Quando o botão de seleção da velocidade do ratura do ar do aquecedor será fria/quente até
seiro pág. 4-19 ventilador é colocado na posição “OFF” (desli- que o motor aqueça, mesmo que você tenha
3 – Botão de seleção da velocidade do ventilador gado), todos os ventiladores desligarão. selecionado o ar quente no botão.
4 – Interruptor do ar-condicionado*
5 – Botão de controle da temperatura
6 – Alavanca da seleção de ar

6-4
ATENção
l Normalmente use a posição “ ” (ex-
terna) para manter o para-brisa e vidros
laterais limpos e para remover rapidamente
a neblina ou gelo do para-brisa.
Se desejar desempenho de alta refrigera-
ção ou se o ar externo estiver empoeirado
ou contaminado, use a posição “ ”
(recirculação). Mude periodicamente para
aa0051606 aa0055561 a posição “ ” (externa) para aumentar
a ventilação, de modo que os vidros não
Botão da seleção de modo Alavanca da seleção de ar fiquem embaçados.
Para mudar a posição e a quantidade do fluxo Para mudar a seleção de ar, pressione a alavanca l O uso da posição “ ” (recirculação) por
de ar dos ventiladores, gire o botão de seleção da seleção de ar. muito tempo pode embaçar os vidros.
de modo. (Consulte “Mudança da seleção de l “ ” Ar externo
modo”, na página 6-2.)
O ar externo é introduzido no compartimento
dos passageiros.
l “ ” Ar recirculado
O ar é recirculado dentro do compartimento
dos passageiros.

6-5
A B

aa0088183 aa0055587 aa0055590

Interruptor do ar-condicionado* Funcionamento do ar-condicionado Resfriando


Pressione o interruptor para ligar o ar-condi- 1. Coloque o botão de seleção de modo na
cionado. A luz indicadora do ar-condicionado Aquecimento posição “ ”.
(A) acende. Coloque o botão de seleção de modo na posição 2. Coloque a alavanca da seleção de ar na
Pressione novamente o interruptor e o compressor “ ” e a alavanca de seleção de ar na posição posição “ ” (externa).
do ar-condicionado desligará e a luz indicadora “ ”.
3. Pressione o interruptor do ar-condicionado
apagará. Gire o botão de controle de temperatura no (B).
sentido horário ou anti-horário até a temperatura
4. Mude a temperatura girando o botão de
desejada. Selecione a velocidade desejada do
ATENção ventilador.
controle de temperatura no sentido horário
ou anti-horário.
Ao usar o ar-condicionado, a rotação da mar- 5. Selecione a velocidade desejada do ventila-
cha lenta pode aumentar ligeiramente, pois Observação dor.
o compressor do ar-condicionado é ligado/ Para aquecimento máximo, coloque a velocidade
desligado automaticamente. Especialmente do ventilador na 3ª posição.
em veículos com transmissão automática,
enquanto o veículo estiver parado, pressione
totalmente o pedal do freio para evitar que ele
se movimente.

6-6
O ar quente flui para a área das pernas e o ar não Para desembaçamento normal
Atenção aquecido (dependendo do ajuste da temperatura)
flui para a parte superior do compartimento de B
Se o ar externo estiver empoeirado ou con- passageiros.
taminado ou desejar desempenho de alta
refrigeração, coloque a alavanca da seleção Desembaçamento do para-brisa e
de ar na posição “ ” (recirculação) e o
vidros das portas
botão de controle de temperatura totalmente
à esquerda. Para remover gelo ou neblina do para-brisa
e vidros das portas, use o botão de modo ou
Mude periodicamente para a posição “ ”
desembaçador (“ ” ou “ ”).
(externa) para aumentar a ventilação, de modo
que os vidros não fiquem embaçados.

Combinação de ar não aquecido e ar


Atenção aa3006173

aquecido Para sua segurança, certifique-se que você Use este modo para manter o para-brisa e os
tenha uma visão clara através dos vidros. vidros das portas livres de neblina e a área das
pernas aquecida (ao dirigir na chuva ou neve).
1. Ajuste a alavanca seletora de ar na posição
“ ” (externa).
2. Ajuste o botão de seleção de modo na posição
“ ”.
3. Ajuste a velocidade de ventilação desejada
girando o botão de seleção de velocidade do
ventilador.
4. Selecione a temperatura desejada girando o
aa0100735 botão de controle da temperatura.
5. Pressione o interruptor do ar-acondicionado
Coloque o botão de seleção de modo na posição (B).
na posição mostrada na ilustração e a alavanca
da seleção de ar na posição “ ” (externa).
O fluxo de ar será direcionado para a área das
pernas e a parte superior do compartimento de
passageiros. Selecione a velocidade desejada
do ventilador.
6-7
Para desembaçamento rápido Introdução de ar externo
1 2 3
B

4 5 6

aa0081836

aa0055620 aa0055633
Ar-condicionado automático*
1. Coloque a alavanca seletora de ar na posição Para introduzir ar no veículo durante períodos
“ ” (externa). de alta temperatura, coloque a alavanca seletora O ar-condicionado automático só pode ser usado
2. Coloque o botão da seleção de modo na de ar na posição “ ” (externa) e o botão de quando o motor estiver ligado.
posição “ ”. controle da temperatura nas posições mostra-
das na ilustração. Certifique-se que o botão
3. Coloque o ventilador na velocidade máxima. de controle da temperatura esteja totalmente Painel de controle
4. Coloque a temperatura na posição máxima. à esquerda. Selecione a velocidade desejada 1 – Botão de seleção do modo
5. Pressione o interruptor do ar-condicionado (B). do ventilador. 2 – Botão de seleção da velocidade do ven-
tilador
OBSERVAçãO OBSERVAçãO 3 – Botão de controle da temperatura
l Para desembaçar com eficiência, direcione o Gire o botão da seleção de modo no sentido 4 – Interruptor do desembaçador do vidro tra-
fluxo de ar dos ventiladores laterais para os horário e o ar flui para a área das pernas e o seiro – pág. 4-19
vidros das portas. para-brisa.
5 – Interruptor do ar-condicionado
l Não ajuste o botão de seleção de temperatura 6 – Interruptor da seleção de ar
na posição de frio máximo. O ar frio fluirá junto
dos vidros e os embaçará.

6-8
Sensor de temperatura interno

aa0097815 aa0081849 aa0056890

Sensor de temperatura interno* Botão de seleção da velocidade do Botão de controle da temperatura


ventilador Gire o botão de controle da temperatura no sen-
OBSERVAÇÃO Selecione a velocidade do ventilador girando o tido horário para aquecer o ar. Gire-o no sentido
botão de seleção da velocidade do ventilador no anti-horário para esfriar o ar.
Seu veículo é equipado com um sensor de
temperatura do ar interno, conforme ilustração sentido horário ou anti-horário. A velocidade do
acima. ventilador aumenta gradativamente, à medida OBSERVAÇÃO
que o botão é girado para a direita.
Nunca coloque nada sobre esse sensor, pois Enquanto a temperatura do líquido de
isso prejudica o seu funcionamento. Quando o botão de seleção da velocidade do arrefecimento do motor estiver baixa, a tempe-
ventilador é colocado na posição “OFF” (desli- ratura do ar do aquecedor será fria até que o motor
gado), todos os ventiladores desligarão. aqueça, mesmo que você tenha selecionado o
ar quente no botão.

6-9
l Ar externo {Luz indicadora (A) desligada}
O ar externo é introduzido no compartimento
dos passageiros.
l Ar recirculado {Luz indicadora (A) ligada}
O ar é recirculado dentro do compartimento
dos passageiros.

A
ATENÇÃO
aa0051723 l Normalmente use a posição externa para aa0081865
manter o para-brisa e vidros laterais limpos
e para remover rapidamente a neblina ou
Botão de seleção do modo Interruptor do ar-condicionado
gelo do para-brisa.
Para mudar a posição e a quantidade de ar que A luz indicadora do ar-condicionado (A) acen-
Se desejar desempenho de alta refrige-
flui dos ventiladores, gire o botão de seleção do de quando o interruptor é pressionado. Assim
ração ou se o ar externo estiver empo-
modo. (Veja “Mudança da seleção do modo”, o compressor do ar-condicionado começa a
eirado ou contaminado, use a posição
na página 6-2). funcionar. Pressione novamente o interruptor e
recirculação. Mude periodicamente
o compressor do ar-condicionado desligará, e
para a posição externa, para aumentar
Interruptor da seleção de ar assim a luz indicadora apaga.
a ventilação, de modo que os vidros não
fiquem embaçados.
l O uso da posição recirculação por muito ATENÇÃO
tempo pode embaçar os vidros.
Ao usar o ar-condicionado, a rotação da mar-
cha lenta pode aumentar ligeiramente, pois
o compressor do ar-condicionado é ligado/
desligado automaticamente. Especialmente
em veículos com transmissão automática,
A enquanto o veículo estiver parado, pressione
totalmente o pedal do freio para evitar que ele
aa0081852
se movimente.

Para mudar a seleção de ar, pressione o inter-


ruptor da seleção de ar.

6-10
A porta de saída (exceto “ ”), velocidade do Acionando o sistema no modo manual
ventilador e liga/desliga do ar-condicionado serão A velocidade e o modo do ventilador podem ser
controladas automaticamente. controlados manualmente, colocando o botão de
seleção da velocidade do ventilador e o botão de
OBSERVAÇÃO seleção do modo nas posições desejadas. Para
retornar ao funcionamento automático, coloque
l Escolha a temperatura em cerca de 25 em os botões na posição “AUTO”.
condições normais.
A l Quando a temperatura for colocada no mais
alto ou mais baixo no funcionamento AUTO, a Desembaçando o para-brisa e vidros
seleção de ar, a seleção do moto, velocidade das portas
aa0081878
do ventilador e o ar-condicionado mudarão
automaticamente, como segue.
Funcionamento do sistema no modo
Também acionado manualmente após uma
ATENÇÃO
automático
troca automática, será selecionado o funcio- Para sua segurança, certifique-se que você tem
Em condições normais, use o sistema no modo namento manual. uma visão clara através dos vidros.
AUTO e siga estes procedimentos:
l Aquecimento Rápido (Quando a tempe-
1. Coloque o botão de seleção da velocidade ratura é colocada na posição mais alta) Para remover gelo ou neblina do para-brisa e
do ventilador na posição “AUTO”. vidros das portas, use o botão de seleção de
O ar externo será introduzido, o fluxo de modo (“ ” ou “ ”).
2. Selecione a temperatura desejada no botão de ar seleciona a posição para os pés, o
controle da temperatura. A temperatura pode ventilador fica na velocidade máxima e o
ser mantida dentro de uma faixa de 20 a 30. ar-condicionado para.
A temperatura aumentará gradativamente à
l Resfriamento Rápido (Quando a tempe-
medida que girar o botão para a direita.
ratura é colocada na posição mais baixa)
3. Coloque o botão de seleção de modo na
O ar interno será recirculado, o fluxo de
posição “AUTO”.
ar seleciona a posição para o rosto, o
4. Pressione o interruptor do ar-condicionado ventilador fica na velocidade máxima e o
para acionar o ar-condicionado. Quando o ar-condicionado funciona.
ar-condicionado funciona, a luz indicadora
(A) no botão acende.

6-11
Dirigindo em locais de muita poeira
Ao dirigir em rodovias com muita poeira, ajuste
os controles da ventilação como segue:
1. Coloque o interruptor de seleção de ar na
posição externa (luz indicadora desligada).
2. Coloque o botão de seleção de modo na
posição desejada.
B A 3. Coloque o botão de controle da temperatura
na posição desejada.
aa0081881 aa0081894 4. Selecione a velocidade desejada do ventilador
(a velocidade máxima é a melhor).
Para desembaçamento normal Para desembaçamento rápido 5. Garanta que todos os vidros estão fechados
Use este modo para manter o para-brisa e os 1. Coloque o botão da seleção de modo na (para pressurizar a cabine).
vidros das portas livres de neblina e a área das posição “ ”. Se seu veículo estiver atrás de outro em rodovia
pernas aquecida (quando dirigir na chuva ou 2. Ajuste a velocidade da ventilação na posição com muita poeira e/ou o ar externo estiver sujo
neve). máxima. ou contaminado, coloque o botão na posição
1. Ajuste o botão seletor de ar (A) na posição recirculação. Durante períodos de condução
3. Coloque a temperatura na posição máxima. longa, ventile o interior do veículo movendo
ar externo.
ocasionalmente o botão da posição recirculação
2. Ajuste o botão seletor de modo na posição­ para a externa.
OBSERVAÇÃO
“   ”.
l Enquanto o botão da seleção de modo es-
3. Ajuste a velocidade de ventilação desejada
tiver na posição “ ”, o ar-condicionado
girando o botão de seleção de velocidade do
funcionará automaticamente e a posição ar
ventilador.
externo também será selecionada automati-
4. Selecione a temperatura desejada girando o camente.
botão de controle da temperatura.
l Para desembaçar com eficiência, direcione o
5. Pressione o interruptor do ar-acondicionado fluxo de ar dos ventiladores laterais para os
(B). vidros das portas.
l Não ajuste o botão de seleção de temperatura
na posição de frio máximo. O ar frio fluirá junto
dos vidros e os deixará embaçados.

6-12
Dicas importantes para Recomendações sobre lubrificante e Durante um longo período sem uso
refrigerante do ar-condicionado
o funcionamento do O ar-condicionado deve ser colocado em
funcionamento pelo menos cinco minutos a
Se você perceber que o ar-condicionado não
ar‑condicionado está resfriando adequadamente, a causa pode cada semana, mesmo no inverno. Isto evita a
ser vazamento de líquido refrigerante. Leve o deficiência de lubrificação das partes internas
l Estacione o veículo na sombra. veículo a uma Concessionária MITSUBISHI do compressor e mantém o ar-condicionado em
Estacionar sob sol quente deixará o interior MOTORS para inspeção. perfeitas condições de funcionamento. Se este
do veículo muito quente e será necessário procedimento não for seguido, o sistema poderá
O sistema de ar-condicionado do seu veículo
um tempo maior para resfriamento. exalar um odor anormal, mas isto não é falha.
deve ser recarregado com líquido refrigerante
Se for necessário estacionar sob sol quente, HFC-134a e o lubrificante ND-OIL 8 DENSO
abra os vidros nos primeiros minutos de fun- (Diesel/3.5 Flex) ou ZXL 100 PG (2.4 Flex).
cionamento do ar-condicionado, para ajudar Consulte o Livrete de Bordo.
a saída do ar quente. O uso de qualquer outro refrigerante ou lubrifican-
l Mantenha os vidros fechados quando o ar- te poderá causar sérios danos e resultar na ne-
condicionado estiver funcionando. A entrada cessidade de troca de todo o conjunto do sistema
de ar externo através dos vidros reduzirá a de ar-condicionado. A liberação de refrigerante
eficiência do ar-condicionado. no meio ambiente não é recomendada.
l Ar muito frio não é bom para a saúde. A O novo refrigerante HFC-134a utilizado em seu
temperatura interna deve ficar somente 5 a veículo não agride a camada de ozônio.
6 °C abaixo da temperatura externa. Recomendamos que o líquido refrigerante seja
l Quando o sistema estiver em funcionamento, recuperado e reciclado para uso futuro.
mantenha as aberturas de tomada de ar, locali-
zadas junto ao para-brisa, livres de obstruções
como folhas. Folhas coladas nas aberturas
de tomada de ar reduzem a quantidade de
ar que flui e impedem a drenagem da água
da chuva.

6-13
Sistema de áudio com DVD e Sistema Tipo 1
de Navegação Incorporada (GPS)*

Atenção
A instalação e utilização de equipamentos ge-
radores de imagens nos veículos automotores
são permitidas no Brasil, conforme disposto
em Resolução do CONTRAN. Todavia, tal Tomada USB/
legislação restringe a utilização de aparelho entrada AUX*
aa5010660C capaz de gerar imagens de entretenimento, aa5010660f
tais como DVDs, jogos etc., salvo se o equi-
Sistema de áudio com DVD e pamento for instalado em local visível apenas
para os passageiros ocupantes dos bancos
Tipo 2
GPS* traseiros OU, se instalados na parte diantei-
ra, possuam mecanismo automático que os
Veja o manual de operação e uso deste equi- tornem inoperantes ou os comutem para a
pamento que acompanha a literatura de bordo função de informação de auxílio à orientação
no porta luvas. do condutor (navegador), quando o veículo
estiver em movimento.
Mais informações sobre a utilização do sis-
tema de áudio com DVD e Navegação devem
ser obtidas diretamente com o fabricante, Tomada USB Entrada AUX*
identificado no manual específico do produto
e carta de advertência que acompanham a
literatura de bordo do veículo. Tomada USB e entrada AUX*
A tomada USB e a entrada AUX estão localizadas
no painel. Para utilizá-las, consulte o manual de
operações do DVD.

Observação
A entrada AUX não está disponível em todas
as versões.
6-14
OBSERVAçãO Para ligar
Não pressione dois ou mais interruptores do
controle remoto do volante de direção ao mes- Botão PWR ON-OFF (liga/desliga) – 3
mo tempo. Quando o sistema de áudio estiver desligado,
pressione este botão para ligar. Para desligar,
pressione este botão por 2 segundos ou mais.

Para ajustar o volume

Botão para aumentar o volume – 1


aG0014951
O volume aumenta quando este botão é pres-
sionado.
Interruptores de controle
remoto no volante de direção* Botão para diminuir o volume – 2
O volume diminui quando este botão é pres-
Os interruptores do controle remoto estão locali- sionado.
zados do lado esquerdo do volante de direção.
Estes interruptores podem ser usados quando Para ouvir o sistema de áudio
a ignição estiver ligada ou na posição “ACC” Selecione o modo desejado pressionando leve-
(acessório). mente o botão de mudança de modo (3).
1 – Botão para aumentar o volume O modo alterna entre o rádio e CD a cada vez
2 – Botão para diminuir o volume que o botão é pressionado.
3 – Botão PWR (liga/desliga)/Mudança de modo
4 – Botão Busca para cima/Faixa acima/Avanço
rápido
5 – Botão Busca para baixo/Faixa abaixo/Re-
trocesso rápido

6-15
Para ouvir o rádio Para ouvir um CD Para selecionar uma faixa desejada
Botão faixa acima – 4
Para selecionar o modo AM/FM Para avanço rápido/retrocesso rápido
do disco Pressione o botão repetidamente até o número
Botão mudança de modo – 3 da faixa desejada aparecer no display.
Para retroceder ou avançar rapidamente o
Selecione a frequência desejada pressionando
disco, pressione o botão avanço rápido (4) ou Botão faixa abaixo – 5
este botão.
retrocesso rápido (5). Pressione o botão repetidamente até o número
A ordem é: AM FM CD AM.
Botão avanço rápido – 4 da faixa desejada aparecer no display.
Sintonia automática do rádio Pode-se avançar rapidamente o disco pres-
sionando o botão avanço rápido. Enquanto se
Botão Busca para cima – 4/Botão Busca para
mantém pressionado o botão, o disco avança
baixo – 5
rapidamente.
Após pressionar estes botões, inicia a recepção
da emissora selecionada. Botão retrocesso rápido – 5
Pode-se retroceder rapidamente o disco pressio-
nando o botão retrocesso rápido. Enquanto se
mantém pressionado o botão, o disco retrocede
rapidamente.

OBSERVAÇÃO
No caso de um CD MP3, você pode avançar e
retroceder rapidamente na mesma pasta.

6-16
Para-sóis

Antena

2 1

aa0055529

Antena* aa0055499
Espelho de cortesia*
A antena para o rádio está embutida no para- 1 – Para eliminar luz frontal
-brisa. A antena está localizada do lado direito O espelho de cortesia está na parte de trás do
2 – Para eliminar luz lateral para-sol.
do para-brisa, próximo à borda lateral.
Porta-cartão*
Observação
Ao limpar o para-brisa, limpe o vidro com um
pano macio movendo-o no sentido da antena
para não danificá-la.

A
aa0055516

Cartões podem ser guardados no porta-cartão


(A), localizado na tampa do espelho de cor-
tesia.
6-17
A

TA0014457 TA0014460 TA0014473

Cinzeiro* Para remover o cinzeiro, puxe-o enquanto pres- Acendedor de cigarros


siona a lingueta (A).
O acendedor de cigarros pode ser usado com
ATENÇÃO a ignição na posição “ON” (ligada) ou “ACC”
l Apague completamente os fósforos e (acessório).
cigarros antes de colocá-los no cinzeiro.
1 – Pressione-o totalmente.
l Não coloque nos cinzeiros papéis e outras
coisas que possam queimar. Caso con- O acendedor de cigarros retornará automatica-
trário, cigarros ou outro material aceso mente para a sua posição original, com um “clic”,
podem incendiá-los, causando danos. quando estiver pronto para uso. Puxe-o para fora
l Feche sempre o cinzeiro. Se deixá-lo aber- para usar.
to, tocos de cigarro no cinzeiro podem se Depois de utilizá-lo, coloque o acendedor de
acender novamente. cigarros em sua posição original no soquete.
Para usar o cinzeiro, abra a tampa.
OBSERVAÇÃO
Não deixe o acendedor de cigarros fora do so-
quete, pois o soquete pode ficar obstruí­do com
material estranho e causar um curto-circuito.

6-18
ATENÇÃO
B
l Não toque a resistência ou o compartimento
do acendedor de cigarro. Segure-o somente
pelo botão para evitar queimaduras.
l Não permita que crianças acionem ou
brinquem com o acendedor de cigarros,
pois pode resultar em queimaduras.
A
l Alguma coisa está errada com o acendedor
se ele não retornar para a sua posição
aa0095202
original aproximadamente 30 segundos
após ser pressionado.
Deixar o acendedor por muito tempo pres- Soquete para acessórios*
sionado pode causar incêndio. Se ele não O soquete para acessórios pode ser utilizado
ATENÇÃO
retornar automaticamente, puxe-o para com a ignição na posição “ON” (ligada) ou “ACC” l Tenha cuidado ao utilizar equipamentos
fora e leve o veículo a uma Concessionária (acessório). elétricos com o motor desligado, pois a
­MITSUBISHI MOTORS para inspeção. bateria poderá descarregar.
Abra a tampa (A) para usar o soquete. Use-o
l Não deixe o acendedor de cigarros para conectar um equipamento elétrico. l Ao conectar um equipamento elétrico,
pressionado nem utilize o acendedor de tenha a certeza que o mesmo funciona em
cigarros de outro veículo, pois ele pode
12V e que a capacidade não exceda 120W.
superaquecer e causar um incêndio. No compartimento de passageiros*
Se o veículo estiver equipado com soquete
l Recomendamos que somente o acendedor Está localizado no console (A). para acessórios no compartimento de
de cigarros seja colocado no soquete. O carga, quando utilizar ambos os soque-
uso de outro tipo de acessório pode dani- tes ao mesmo tempo, certifique-se que o
ficar o soquete e resultar em má retenção
No compartimento de carga*
consumo de força total dos equipamentos
do acendedor. Está localizado na lateral esquerda do compar- elétricos não exceda a 120W em 12V.
Quando o soquete do acendedor de cigarros timento de carga (B).
l
l Quando não for mais necessário o uso
é utilizado como fonte de energia para um do soquete, feche-o, pois caso o soquete
equipamento elétrico, tenha a certeza que seja obstruído por objetos estranhos pode
este equipamento elétrico funcione em 12V causar um curto-circuito.
e tenha capacidade para 120W ou menos.
Além disso, o uso prolongado de um equi-
pamento elétrico sem o motor funcionando,
pode resultar em bateria descarregada.
6-19
2
Luzes internas 2 (l) - [Veículos com sistema de travamento
1 central das portas]
Dianteira A luz interna acende quando uma
porta é aberta. Quando todas as
3 21 portas são fechadas, a luz interna
acende, diminui gradualmente por 7
segundos e apaga.
Entretanto, a luz apaga imediata-
mente sem diminuir nos seguintes
casos:
5 4 3 TA0023219a l Todas as portas são fechadas e
a ignição é colocada na posição
TA0014503
Luzes internas “ON” (ligada).
l Todas as portas são travadas usan-
1 – Luz interna (dianteira) Traseira do o mecanismo da chave da porta
Luzes de leitura do motorista, o botão-trava da porta
do motorista ou o controle remoto
2 – Luz interna (traseira)
do sistema de entrada sem chave
3 – Luzes de cortesia nas portas (se equipado).
4 – Luz inferior do console central Observação
5 – Luzes de cortesia sob o painel (lado moto- l Quando a chave é removida da
rista/passageiro) ignição com as portas fechadas, a
3
2 luz interna diminui gradualmente e
1
Observação então apaga.
TA0014516
Se você deixar as luzes internas acesas sem o l O período de diminuição também
motor estar ligado, a bateria descarrega. Antes é ajustável.
1 (ON/ ) – A luz acende.
de deixar o veículo, certifique-se que todas as Para maiores informações, consulte
luzes internas estão desligadas. uma Concessionária MITSUBISHI
MOTORS.
3 (OFF/ ) - A luz apaga.

6-20
Luzes de leitura*
Tipo 1
Pressione o botão (A) para acender a luz.
Pressione-o novamente para desligar.

A A
aa0095228

Tipo 2
Luzes de cortesia sob o painel*
As luzes de cortesia, localizadas sob o painel no
TA0014529
lado do motorista e passageiro, acendem quando
uma das portas é aberta e apagam quando a
Luzes de cortesia nas portas* porta é fechada.
Cada luz de cortesia das portas acende quando
a respectiva porta é aberta e apaga quando a
porta é fechada.

aa0095231

Luz inferior do console central*


A luz inferior do console central acende quando
o interruptor das luzes está na posição “ ”
ou “ ”.
Consulte “Interruptor combinado dos faróis e
lanternas”, na página 4-13.
TA0014893

6-21
Porta-objetos* Tipo 1 Tipo 2

Atenção
Nunca deixe isqueiros, recipientes de bebidas
gasosas e óculos na cabine ao estacionar o
veículo em um local com muito sol. A cabine
se torna extremamente quente, portanto
A
isqueiros e outros itens inflamáveis podem
se incendiar e bebidas fechadas (inclusive
cervejas) podem se romper. O calor também aa0094045 AJA104814
pode deformar ou trincar as lentes plásticas de
óculos ou outras peças feitas de plástico. Porta-luvas Tipo 2 – Sem chave
Observação Tipo 1 – Com chave Para abrir, puxe a alavanca (A).
Não guarde objetos de valor nos compartimentos O porta-luvas pode ser travado e destravado
de armazenamento ao deixar o veículo. usando a chave.

2 1
1 – Travar
3 2 – Destravar
4
3 – Para abrir, puxe a alavanca.

OBSERVAçãO
Quando o interruptor da luz estiver na posição
“ ” ou “ ”, a luz do porta-luvas* acende.
Consulte “Interruptor combinado dos faróis e
lanternas”, na página 4-13.
ta0022746

1 – Porta-luvas
2 – Porta-objetos*
3 – Suporte para óculos*
4 – Console no assoalho*
6-22
A

A
aa0095244 aa0095273 aa0118617

Console no assoalho* Porta-objetos* Porta-lenço*


Tipo 1 Para abrir o porta-objetos, levante a alavanca O porta-lenços (A) está localizado atrás do porta-
de liberação esquerda (A) e levante a tampa. -objetos do console do assoalho.
Para abrir, levante a tampa.

1 2

aa0095257
A
aa0118620

Tipo 2 Porta-caneta*
Os porta-objetos estão localizados dentro do O porta-caneta (A) está localizado atrás da tampa
console do assoalho. do porta-objetos do console do assoalho.
O porta-objetos do console do assoalho também
pode ser usado como descansa-braço.
6-23
A

aa0082888c TA0014604 aa0053961

Porta-objetos* (disponível apenas em Suporte para óculos* Bandeja debaixo do banco (sob o
alguns modelos) Empurre a tampa para abrir. banco do passageiro dianteiro)*
Para abrir, puxe o botão (A). Feche a tampa empurrando-a até ouvir um Existe uma bandeja debaixo do banco do pas-
“clic”. sageiro dianteiro.

Para usar
Atenção Puxe a bandeja para fora.
Este suporte não deve ser usado para guardar
nada mais pesado do que óculos. Os objetos
Para guardar
podem cair e causar um acidente. Empurre a bandeja até que ela esteja totalmente
travada.
Observação
O suporte pode não acomodar todos os tamanhos
e formatos de óculos. É recomendável verificar
a compatibilidade antes de usar.

6-24
Porta-copo* Tipo 1

ATENÇÃO
l Não beba enquanto estiver dirigindo;
isto fará você se distrair e causar um
acidente.
l As bebidas podem respingar devido à
vibração ou outro movimento durante a
condução do veículo. Tenha cuidado para
aa0053974 aa0095286
não se queimar com uma bebida quente
se ela respingar.
Para remover Para o banco dianteiro*
Puxe a bandeja para fora enquanto a levanta. O porta-copo está localizado entre os bancos
dianteiros.

6-25
Tipo 2 Porta-garrafa*

ATENÇÃO
Enquanto estiver dirigindo procure não
l

A beber nada. Isto poderá tirar a sua atenção


do trânsito e levar a um acidente.
A bebida poderá ser derramada devido a
l
vibração e solavancos durante a condução
do veículo. Se o líquido estiver quente,
aa0095299 TA0014646
você poderá se queimar.

Observação No banco traseiro*


OBSERVAÇÃO
O adaptador (A) do porta-copo pode ser removido Para usar o porta-copos, abaixe o descansa-
para permitir a acomodação de copos maiores. braço. Feche muito bem a tampa da garrafa, antes
l

Remova o adaptador do porta-copo quando de colocá-la no porta-garrafa.


necessário. Algumas garrafas também podem ser muito
l
grandes ou de formato diferente para se
Tipo 3 encaixarem perfeitamente ao porta-garrafa.

aa0095303

6-26
TA0021114 TA0014923 aa0085993

Para o banco dianteiro Para o banco traseiro Gancho de conveniência


O porta-garrafa está localizado em ambos os O porta-garrafa está localizado em ambos os
lados. lados. Itens leves de bagagem podem ser pendurados
nestes ganhos.

Observação
Não pendure bagagens pesadas (mais de 4 kg)
no gancho, pois isto poderá danificá-lo.

6-27
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Limpeza interna do veículo
Limpeza externa do veículo

7-1
Cuidados com o veículo Limpeza interna do veículo
ATENÇÃO
Para manter o valor de revenda do seu veículo, Produtos para limpeza podem ser perigo- Depois da limpeza interna do veículo com água,
é necessário fazer as manutenções periódicas, sos. Alguns são venenosos. Outros podem produto de limpeza ou similar, enxugue e deixe
seguindo os procedimentos recomendados. explodir, se jogados em chama aberta ou se secar à sombra, em local ventilado.
Mantenha o veículo de acordo com as regula- caírem em alguma peça quente do veículo.
mentações de controle de poluição ambiental. Alguns são perigosos, se exalados em local
Sele­
cione cuidadosamente os materiais para fechado. Quando você utilizar qualquer tipo ATENÇÃO
lavagem, verificando se eles não são corrosivos. de produto de limpeza em seu veículo, leia Não use substâncias orgânicas (solventes,
Em caso de dúvida, contate uma Concessionária antes as recomendações de uso, constantes querosene, álcool, gasolina etc.) ou soluções
MITSUBISHI MOTORS para ajudá-lo a selecionar na embalagem. Quando estiver fazendo a alcalinas ou ácidas. Essas químicas podem
este tipo de produto. limpeza interna do veículo, mantenha os causar a descoloração, mancha ou rachadura
vidros e as portas abertos. Nunca use os da superfície.
produtos especificados abaixo, na limpeza
do seu veículo: Se você usar agentes polidores ou branque-
adores, certifique-se que seus ingredientes
l Gasolina não contenham as substâncias mencionadas
l Thinner acima.
l Benzina
l Solvente OBSERVAÇÃO
l Tetracloreto de carbono Sempre leia as instruções de uso, na embalagem
l Removedor do produto de limpeza.

l Acetona
l Solvente de tinta
l Aguarrás
l Solvente de laca
l Nafta
Alguns deles são perigosos e podem causar
danos no veículo.

7-2
Plástico, vinil, peças em tecido e Observação l Solventes orgânicos tais como benzina, álco-
algodão Se for difícil remover os fiapos do estofamento, ol ou gasolina, assim como solventes ácidos
passe uma escova adequada sobre a superfície ou alcalinos podem afetar a cor do couro.
1. Limpe suavemente com um pano macio em- Utilize somente detergentes neutros.
em uma só direção.
bebido em uma solução de água e sabão.
l Não utilize vaselina líquida.
2. Mergulhe o pano em água limpa e torça-o
Couro* l Bancos de couro podem mofar se não forem
bem. Usando este pano remova o excesso
limpos. Limpe qualquer mancha de óleo ime­
de detergente. 1. Limpe levemente as partes afetadas, utili- diatamente.
zando uma gaze ou pano macio levemente
umedecido em água. l O couro pode endurecer ou encolher se ficar
Observação exposto à ação da luz solar durante várias
Não use limpadores, condicionadores ou prote- 2. Em caso de sujeira profunda ou eliminação de horas. Ao estacionar o veículo, recomenda-se
tores contendo silicone ou cera. manchas, utilize sabão neutro. Não esfregue fazê-lo sempre à sombra.
com força excessiva ou deixe molhado. Para
Estes produtos podem causar reflexos que enxaguar, mergulhe o pano em água limpa, l Quando a temperatura interna do veículo
obscurecem a visão. torça-o bem e remova todo o sabão. aumentar nos dias quentes, produtos de
Se estes produtos entrarem nos interruptores vinil deixados nos bancos de couro podem
3. Para secar, utilize pano macio para absorver se deteriorar e colar nos bancos.
dos acessórios elétricos, isto pode causar falha a umidade e secar naturalmente em local
nestes acessórios. arejado e com sombra. Evite utilizar secadores
elétricos. Garantia
Estofamento O revestimento em couro é garantido contra:
1. Para manter o valor de revenda do seu veí- observação l Costuras soltas
culo, limpe o estofamento cuidadosamente l Se uma superfície de couro molhar acidental- l Alteração da cor, desde que não proveniente
e mantenha o interior do veículo sempre mente com água ou no caso de limpá-la com do uso e/ou desgaste natural.
limpo. água, seque-a imediatamente com um pano
Para limpar os bancos, use um aspirador de macio.
pó e uma escova. Se estiver manchado, vinil l Não utilize escovas de náilon ou outro tipo de
e tecido devem ser limpos com água e sabão fibras sintéticas, pois a superfície do couro
neutro. pode ser danificada.
2. Limpe o carpete com um aspirador de pó
e qualquer mancha com um limpador de
carpete. Óleo e graxa devem ser removidos
com um pouquinho de limpador rápido de
tecido e removedor de mancha.

7-3
marcas de tinta de caneta;
l
Limpeza externa do veículo
ATENÇÃO reparos de qualquer natureza executados
l
por pessoal não autorizado pela MITSUBISHI Se as substâncias descritas a seguir forem
O atrito do corpo ao entrar e sair do veículo
MOTORS; deixadas em contato com o veículo, poderão
(principalmente os bancos dianteiros) pode
causar desgaste nas bordas laterais do as- danos devido à colocação de carga excessiva
l causar corrosão, descoloração e manchas. Lave
sento e do encosto do banco. Este desgaste sobre o revestimento; o veículo assim que possível.
é natural e não é coberto pela garantia. corpo e/ou roupas úmidas/molhadas (chuva,
l l Água do mar, anticongelante usado em
A sujeira no revestimento em couro pode banho de mar/piscina ou outros) em contato rodovias.
mofar. Tenha muito cuidado com manchas com o revestimento de couro; l Fuligem e poeira, pó de ferro de indústrias,
de óleo e remova-as rapidamente. o uso de escovas de náilon ou outro tipo de
l substâncias químicas (ácido, soda cáustica,
O couro pode endurecer ou encolher se ficar fibras sintéticas, pois a superfície do couro piche etc.).
exposto à ação da luz solar durante várias pode ser danificada; l Dejetos de pássaros, insetos mortos, seiva
horas. Ao estacionar o veículo, recomenda-se o uso de solventes orgânicos tais como
l de árvore etc.
fazê-lo sempre à sombra. benzina, álcool ou gasolina, assim como
Quando a temperatura interna do veículo au- solventes ácidos ou alcalinos podem afetar
Lavagem
mentar no verão, produtos de vinil deixados a cor do couro.
sobre o banco de couro podem deteriorar e Poeira e lama contendo substâncias químicas
aderir ao banco. existentes na superfície da rodovia podem da-
nificar a camada de pintura e o chassi do seu
veículo, se deixadas em contato por muito tempo.
Cancelamento da garantia Encerar e lavar frequentemente é a melhor for-
O revestimento em couro não estará coberto ma de proteger o seu veículo quanto a danos.
pela garantia, nos seguintes casos: Também é uma proteção eficiente contra chuva,
l danos causados por roupas com aplicações neve, sal etc.
de metal ou objetos cortantes de qualquer Não lave o veículo sob a luz direta do sol. Esta-
tipo ou natureza; cione o veículo na sombra e pulverize com água,
l aplicação de qualquer tipo de produto para para remover a poeira. Em seguida, usando uma
limpeza ou conservação não recomendado grande quantidade de água e uma esponja ou
neste Manual do Proprietário; escova para lavar carro, lave o veículo, de cima
para baixo.
l rasgos e/ou arranhões causados por ani-
mais;

7-4
Se necessário, use um xampu suave para carro.
Em seguida, enxágue e seque com um pano ma- ATENÇÃO ATENÇÃO
cio. Após lavar o veículo, limpe cuidadosamente
as juntas e frestas das portas, capô etc., onde a l Ao lavar a parte inferior ou as rodas do l Antes de lavar o veículo em um lava-rápido
sujeira costuma ficar. veículo, use luvas de borracha. automático, consulte o proprietário/opera-
l Evite lavar o veículo em lava-rápido, as dor do equipamento. Siga estas instruções,
escovas podem riscar a pintura e causar a para não danificar o veículo:
ATENÇÃO perda de brilho. Riscos são especialmente l Recolha os retrovisores externos e a
visíveis em veículos de cor escura. antena.
Ao lavar a parte inferior do veículo ou as rodas,
tome cuidado para não machucar as mãos. l Nunca pulverize nem jogue água sobre
os componentes elétricos do motor, pois No inverno
Borrifos de água salgada no litoral isto pode afetar negativamente a partida Em superfícies salinas e outros produtos quí-
do motor. micos espalhados nas rodovias em algumas
A água do mar contém sal, que geralmente
Tenha cuidado também quando lavar em- regiões no inverno podem ter efeito negativo
acelera a corrosão de materiais ferrosos e
baixo do veículo; não jogue água dentro na carroceria do veículo. Nestas condições o
não ferrosos. A brisa marinha pode carregar
do compartimento do motor. veículo deve ser lavado com maior frequência
o sal por até 20 quilômetros da linha costeira,
e de acordo com as nossas recomendações.
embora o efeito seja mais sentido dentro de 2 l Alguns tipos de equipamentos para lava-
Antes do período de inverno, recomendamos que
quilômetros da praia. Respingos de sal podem gem com água quente aplicam alta pressão
seja aplicada uma camada protetora embaixo do
cobrir o pavimento e passar para seu veículo e calor sobre o veículo. Devido ao calor,
assoalho do veículo, em uma Concessionária
em forma de borrifos de sal após a chuva. Por eles podem distorcer e danificar as peças
­MITSUBISHI MOTORS.
isso é importante lavar todo o veículo, incluindo de resina e alagar o interior do veículo.
a parte inferior, sem esquecer o compartimento Depois de lavar o veículo, remova todos os resídu-
Portanto, observe o seguinte:
do motor e seus componentes. Veja as seções os de água das guarnições de borracha em volta
“Proteção do chassi e parte inferior da carroceria” l Mantenha uma boa distância, aproxima- das portas, para evitar que fiquem congeladas.
e “Compartimento do motor”, neste capítulo, para damente 50 cm ou mais, entre o veículo
recomendações. e o bico da mangueira.
OBSERVAÇÃO
Leve o seu veículo para a manutenção preventiva l Quando estiver lavando em volta do
vidro da porta, mantenha o bico da Para evitar que as guarnições de borracha das
em uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS portas, capô etc. congelem, elas devem ser
se você morar a até 20 quilômetros do mar. mangueira no mínimo a 50 cm e em
ângulo reto em relação à superfície do tratadas com silicone líquido.
vidro.

7-5
Cera Polimento Manutenção das peças plásticas
Encerar o veículo ajuda a evitar a aderência de O veículo somente deve ser polido se a pintura Use uma esponja ou flanela.
poeira e produtos químicos na pintura. Aplique estiver manchada ou começar a perder o brilho. Se a cera entrar em contato com as superfícies
uma solução de cera depois de lavar o veículo, Peças de acabamento pretas e para-choques de rústicas cinzas ou pretas do para-choque, frisos
ou pelo menos uma vez a cada três meses, para borracha não devem ser polidos. O polimento ou luzes, a superfície ficará branca. Neste caso,
ajudar o deslizamento da água. dessas peças resultará em manchas ou danos remova todo o resíduo da cera com água morna
Não encere o veículo sob a luz solar direta. Encere no acabamento. e um pano macio ou flanela.
somente depois que a superfície estiver fria.
Pintura danificada
ATENÇÃO
ATENÇÃO Se houver corrosão, pequenos riscos e arranhões
na pintura, estes devem ser retocados, assim que l Não use escovão ou outra ferramenta dura.
l Cera que contenha componentes altamen- possível, com tinta para retoque MITSUBISHI Elas podem danificar a superfície plástica
te abrasivos não deve ser utilizada. Este Motors. das peças.
tipo de cera remove ferrugem e mancha Verifique cuidadosamente as partes da carroceria l Não use cera que contenha mistura com-
eficientemente da pintura, porém é preju- voltadas para a rodovia ou pneus, quanto a danos posta (polidor) que possa danificar as
dicial ao brilho. na pintura causados por pedras ou similares. O superfícies plásticas das peças.
Além disso, é prejudicial às superfícies número do código da pintura do seu veículo pode l Não deixe calotas, peças plásticas e outras
do tipo grades, guarnições, molduras etc. ser encontrado na plaqueta de identificação, no em contato com gasolina, fluido de freio,
l Não use gasolina ou querosene para re- compartimento do motor. óleo do motor, graxa, solventes de tinta e
mover piche ou substância similar aderida ácido sulfúrico (eletrólito da bateria) que
à superfície pintada. podem manchar, trincar ou descolorir
l Não aplique cera nas áreas recobertas de calotas, peças plásticas e outras.
borracha preta, pois pode causar desco- Se tiverem contato com calotas, peças
loração irregular, marcas, manchas etc. plásticas e outras, limpe o local com um
Se acontecer o contato com cera, limpe pano macio, flanela ou similar e uma solu-
imediatamente com um pedaço de pano ção aquosa de detergente neutro, depois
macio e água morna. enxágue a peça atingida com água.

7-6
Peças cromadas OBSERVAÇÃO
Para evitar manchas e corrosão das peças ATENÇÃO Para limpar a parte interna do vidro traseiro, use
cromadas, lave com água, seque totalmente e um pano macio e limpe o vidro ao longo dos
l Não use uma escova ou outro objeto duro
aplique uma camada de proteção especial. Isto filamentos de aquecimento do desembaçador,
nas rodas. Isto pode riscá-las.
deve ser feito mais frequentemente no inverno. para não causar danos; resíduos de cera podem
l Não use produtos de limpeza que conte- aderir aos vidros e, desta forma, prejudicar a
nham substâncias abrasivas ou que sejam transparência e a visibilidade.
Rodas de liga leve ácidas ou alcalinas. Isto pode causar
1. Remova a sujeira usando uma esponja, descoloração ou manchas na proteção
enquanto esguicha água na roda. das rodas, ou descascar a proteção. Palhetas do limpador do para-brisa
2. Use detergente neutro em qualquer sujeira l Não aplique água quente, de lavador a Use um pano macio e um produto para limpeza
que não consiga remover facilmente com vapor ou similar diretamente sobre a roda de vidro para remover graxa, resíduos de inseto
água. de liga leve. etc. das palhetas do limpador. Substitua as
palhetas quando elas não estiverem limpando
Remova o detergente neutro após limpar a l O contato com água salgada ou descon-
adequadamente (veja a página 9-18).
roda. gelador de estrada pode causar corrosão.
Remova tais substâncias o mais rápido
3. Seque completamente a roda usando uma
possível.
flanela ou pano macio.

Vidros
Os vidros podem ser limpos normalmente apenas
com esponja e água.
Um produto específico para a limpeza de vidro
pode ser usado para remover óleo, graxa, resí-
duos de insetos etc. Depois de lavar os vidros,
seque-os com um pano seco, macio e limpo.
Nunca use nos vidros o mesmo pano que foi
usado para limpar a carroceria. Resíduos de
cera da pintura podem aderir ao vidro e reduzir
a transparência e visibilidade.

7-7
Proteção do chassi e parte inferior da Compartimento do motor
carroceria Limpe o compartimento do motor no início e no fim
A parte inferior do veículo já vem tratada de do inverno. Tenha cuidado especial com bordas,
fábrica contra ferrugem e corrosão. Algumas frestas e peças periféricas quanto a lama, produ-
áreas foram injetadas com anticorrosivo e cera. tos químicos e outros materiais corrosivos.
A eficiência destes recursos é reduzida por pe- Se na região em que o veículo é conduzido há
dras, produtos químicos colocados na rodovia superfícies salinas e/ou outros produtos químicos,
etc. Você deve levar o veículo a uma Concessio­ limpe o compartimento do motor pelo menos uma
nária MITSUBISHI MOTORS a cada 12 meses vez a cada três meses.
para inspeção da chapa de metal da carroceria. Nunca esguiche água nos componentes elétricos
Além disso, recomendamos que essa parte do no compartimento do motor, isto pode causar
veículo seja verificada regularmente (no outono danos.
e na primavera) e, se necessário, seja aplicado
Nunca deixe peças plásticas entrarem em con-
um tratamento adicional.
tato com ácido sulfúrico (eletrólito da bateria),
Como nem todos os produtos disponíveis co- pois isto pode causar rachaduras, manchas ou
mercialmente são indicados para o seu veículo, descoloração.
recomendamos que este serviço seja executado
Se elas tiverem contato, limpe com um pano
em uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
macio, flanela ou similar e uma solução aquosa
Quando lavar o veículo, especialmente no inver- com detergente neutro, e imediatamente enxágue
no, jogue água na parte inferior da carroceria, as peças afetadas com bastante água.
para remover lama e poeira que possam conter
sal, produtos químicos etc.

7-8
Situações de emergência
Se o veículo deixar de funcionar
Condução do veículo em condições adversas
Snorkel*
Prancha de desencalhe*
Partida de emergência
Motor superaquecido
Sangria do sistema de combustível (somente veículos a
Diesel)
Remoção da água do filtro de combustível (somente
veículos a Diesel com injeção direta)
Triângulo de segurança
Ferramentas, macaco e manivela do macaco
Para levantar o veículo com o macaco
Roda sobressalente
Calotas
Troca de pneu
Reboque
Funcionamento em condições adversas

8-1
Se o veículo deixar de Condução do veículo em Rodovias alagadas
funcionar condições adversas 1. Evite rodovias alagadas. A água pode entrar
nos discos do freio e resultar em redução da
capacidade de frenagem. Nestes casos, pise
Se o veículo deixar de funcionar no trânsito, Se o veículo atolar: na areia ou na
levemente no pedal do freio, para verificar se
leve-o para o meio-fio e use as luzes indicadoras lama está funcionando adequadamente. Se não,
de advertência. Se o veículo atolar na areia ou na lama, ele pise levemente no pedal do freio, várias vezes,
Consulte “Interruptor das luzes de advertência”, pode sair através de movimentos de vai e vem. com o veículo em movimento, para secar as
na página 4-15. Coloque a alavanca seletora ritmicamente entre pastilhas do freio.
1ª e a marcha à ré, aplicando leve pressão no
2. Quando dirigir em condições de chuva ou em
pedal do acelerador.
Se o motor parar/falhar rodovias com muitas poças de água, pode
Evite rotação alta do motor ou que as rodas pa- formar um filete de água entre os pneus e a
O controle do veículo é afetado se o motor parar. tinem. Prolongado esforço para tirar o veículo de rodovia.
Estacione o veículo em local seguro, procedendo um atoleiro pode resultar em superaquecimento
da seguinte forma: Isto reduz a aderência dos pneus sobre a
e falha da transmissão. Deixe o motor em mar-
rodovia, resultando em perda de estabilidade
l O servofreio deixa de funcionar e será ne- cha lenta por alguns minutos, para permitir que
e capacidade de frenagem.
cessário aplicar mais força no pedal. Pise no a transmissão esfrie entre as tentativas para
pedal do freio com mais força que o usual. desatolar o veículo. Para evitar esta situação, observe o se-
guinte:
l Uma vez que a bomba da direção hidráulica Se o veículo permanecer atolado, depois de várias
deixe de funcionar, será necessário maior tentativas, procure outra assistência. (a) Conduza o veículo em velocidade baixa.
esforço para girar o volante de direção. Gire (b) Não dirija com pneus gastos. Mante-
o volante com mais força que o usual. nha sempre os pneus com a pressão
ADVERTÊNCIA correta.
Antes de tentar tirar o veículo de um atoleiro,
verifique se a área próxima ao veículo está
livre de pessoas e objetos. O movimento de
vai-e-vem pode fazer com que o veículo vá
para a frente ou para trás inesperadamente,
causando ferimentos nas pessoas ou danos
nos objetos.

8-2
Snorkel*
Atenção ATENÇÃO
O seu veículo está equipado com um sistema de Verifique sempre a profundidade máxima l Nunca atravesse um córrego com água
admissão de ar, denominado snorkel. do local de travessia. Não se recomenda profunda.
Este sistema permite que o veículo atravesse atravessar locais com profundidade de água l Não faça mudança de marcha enquanto
áreas alagadas mais críticas, sem que o motor superior a 60 cm (80 cm para a Triton Sava- estiver atravessando o córrego.
aspire água. na). Quando for atravessar locais alagados,
rios ou riachos, entre sempre com cuidado Freqüentes travessias de córregos pode
Em dias chuvosos, a água é aspirada pela parte afetar negativamente a vida útil do veículo;
superior do snorkel é direcionada a um reserva- e devagar, evitando impactos com a água.
Não troque de marcha durante a travessia e consulte uma Concessionária MITSUBISHI
tório de drenagem, localizado na parte interna MOTORS sobre as manutenções necessá-
do pára-lama dianteiro direito. mantenha velocidade constante, com a mar-
cha mais reduzida possível, de preferência rias para preparar, inspecionar e reparar
Portanto, é normal após um período de chuva, em 1ª marcha. o veículo.
por algum tempo continuar escorrendo água pela
Depois de atravessar um córrego, inspecione os
parte inferior do pára-lama.
freios, para assegurar que estão funcionando
Se a água continuar escorrendo por um tem- Travessia de um córrego
adequadamente. Se os freios estiverem molha-
po muito prolongado após a chuva, vá a uma Veículos com tração nas 4 rodas não são neces- dos conduza o veículo lentamente enquanto pisa
Concessionária Mitsubishi Motors para sariamente à prova d’água. Se a parte elétrica no pedal do freio para secar o sistema de freio.
verificação do sistema. ficar molhada, será impossível colocar o veículo Inspecione cuidadosamente todo o veículo.
em funcionamento. Portanto, evite atravessar
Consulte o texto “Inspeção e Manutenção após
um córrego, a não ser que seja absolutamente
Observação condução do veículo em condições adversas”
necessário. Se a travessia do córrego é inevitável,
Em caso de utilização constante do veículo em na página 5-29.
proceda da seguinte forma:
terrenos com excesso de poeira dispersa no ar,
1. Verifique a profundidade do córrego e os
deverá ser efetuado um processo de limpeza
aspectos geográficos antes de tentar atra-
periódico no sistema de admissão de ar exter-
vessar e se a quantidade de água permite a
no e no reservatório, para previnir eventuais
travessia.
obstruções.
2. Coloque a alavanca de transferência em
“4L”.
3. Dirija suavemente, em velocidade aproximada
de 5 km/h, para evitar jogar muita água.

8-3
Prancha de desencalhe* Partida de emergência 2. Se os veículos se movimentarem, você
poderá se machucar. Acione firmemente o
freio de estacionamento dos dois veículos.
A prancha de desencalhe, feita de material Se não é possível dar partida no motor porque
Coloque a alavanca seletora da transmissão
composto, é um equipamento importante para a bateria está descarregada ou fraca, a bateria
automática na posição “P” (estacionamento)
o uso em trilhas mais pesadas (lama, areia fofa de um outro veículo pode ser usada com cabos
ou a transmissão manual em “N” (neutro).
e terrenos esburacados). auxiliares para dar partida no motor.
Desligue a ignição.
Ao perceber que sua L200 Triton Savana perdeu
a capacidade de tração e que os pneus estão
sem atrito com o solo, é hora de utilizar a prancha ADVERTÊNCIA ADVERTÊNCIA
que está fixada no rack de teto. Para dar partida no motor usando a bateria
Desligue a ignição em ambos os veículos,
Independente do terreno (lama, areia ou terra carregada de um outro veículo, proceda con-
antes de começar a fazer a ligação. Tenha
esburacada), a prancha fará com que os pneus forme instruções constantes neste manual.
cuidado para que os cabos ou suas roupas
do veículo passem a ter novamente atrito e Procedimentos incorretos podem resultar em
não sejam presos pela hélice da correia, isto
conseqüentemente adquiram tração para sair fogo, explosão ou danos no veículo.
pode resultar em ferimentos.
do atoleiro. Para isso, basta que a prancha seja
posicionada exatamente na área onde o pneu 1. Coloque os veículos próximos o suficiente
perdeu contato com o solo ou onde o pneu es- para que os cabos auxiliares possam ser OBSERVAÇÃO
tiver “girando em falso”. Acelere com cuidado e alcançados, porém sem que se toquem. Se Desligue todas as luzes, aquecimento e outros
devagar, evitando a derrapagem do pneu. os veículos estiverem em contato, isto poderá equipamentos elétricos. Isto evita faíscas e ajuda
causar uma conexão não desejada. Não a preservar as duas baterias.
será possível dar partida no motor e o mau
Atenção contato poderá danificar o sistema elétrico do
veículo.
Verifique sempre a “fixação” da prancha ao
solo e não permita que ninguém fique perto
dela ao acelerar o veículo, evitando assim ATENÇÃO
acidentes em caso de a prancha escapar e
também quando o veículo se movimentar. Verifique o outro veículo, ele deve ter uma
bateria de 12V.
Se a outra bateria não é de 12V, um curto-
circuito danificará os dois veículos.

8-4
4. Conecte a ponta do outro cabo no terminal
Modelos 2.4 Flex Modelos Diesel
negativo (–) da bateria carregada (B) e a outra
A ponta no bloco do motor do veículo com a
A bateria descarregada, no ponto mais distante
da bateria.

OBSERVAÇÃO
Remova a cobertura do terminal positivo (+) da
bateria descarregada antes de conectar o terminal
positivo (+) da bateria carregada.
B AA0067539FS B
Consulte “Bateria”, na página 9-10.

3. Conecte a ponta de um cabo no terminal


Modelos 3.5 Flex
positivo (+) da bateria descarregada (A) e a ADVERTÊNCIA
outra ponta no terminal positivo (+) da bateria
carregada (B). l Faça a conexão na sequência  
 .
l Verifique se a conexão foi feita na po-
sição indicada (mostrada na ilustração).
Se a conexão for feita diretamente no lado
A negativo da bateria, os gases inflamáveis
gerados pela bateria podem se incendiar
B
e explodir.
aa0059589
l Ao conectar os cabos auxiliares, não
conecte o cabo positivo (+) no terminal
negativo (–). Caso contrário, as faíscas
podem causar explosão da bateria.

8-5
ATENÇÃO ADVERTÊNCIA ATENÇÃO
l Falta de cuidado pode fazer com que o l Carregar a bateria com ela instalada no l Não tente dar a partida no motor empur-
cabo auxiliar fique preso na hélice ou em veículo pode causar fogo e explosão da rando ou puxando o veículo.
outras peças móveis do compartimento bateria ou resultar em danos no veículo. Isto pode danificar o veículo.
do motor. Se a bateria tem que ser carregada nestas
condições, desconecte o terminal negativo l Sempre use óculos de proteção, quando
l Use cabos adequados para o tamanho da estiver trabalhando próximo à bateria.
bateria. De outra forma, o cabo poderá (–) da bateria do veículo.
ficar danificado devido ao calor. l Mantenha faíscas, cigarros e chamas longe l Mantenha a bateria fora do alcance das
da bateria, pois a bateria pode causar uma crianças.
l Verifique os cabos da bateria quanto a
danos e corrosão antes de utilizá-los. explosão.
l Use ventilação adequada quando estiver OBSERVAÇÃO
5. Dê a partida no motor do veículo com a ba- carregando ou usando uma bateria em Em veículos com sistema de freio antiblocante
teria carregada, deixe o motor funcionar em local fechado. (ABS), se o veículo é colocado em movimento
marcha lenta por alguns minutos, depois dê l Remova todas as tampas, antes de carregar sem que a bateria esteja totalmente carregada,
a partida no motor do veículo com a bateria a bateria. a rotação pode ficar irregular do motor e a luz
descarregada. de advertência do ABS acenderá.
l Eletrólito é ácido sulfúrico corrosivo di­
luído. Veja a seção “Sistema de freio antiblocante
(ABS)”, na página 5-33.
ATENÇÃO Se o eletrólito (ácido da bateria) tiver
contato com suas mãos, olhos, roupas e
Mantenha o motor do veículo com a bateria
com a pintura do seu veículo, ele deve ser
carregada funcionando.
retirado totalmente com bastante água. Se
o eletrólito cair em seus olhos, lave ime-
6. Depois da partida do motor, desconecte os
diatamente com bastante água e procure
cabos na ordem inversa.
um médico rapidamente.

8-6
Motor superaquecido
Se o indicador da temperatura do motor perma-
necer por muito tempo na área de superaque- A
cimento, o motor pode estar superaquecido. Se
isto acontecer, proceda da seguinte forma:
1. Pare o veículo em local seguro.
2. Verifique se existe vapor saindo do compar-
timento do motor. C
B*
B
[Se não sair vapor do compartimento do aa0058461 aa0096515
motor]
Com o motor ainda funcionando, levante A – Tampa do radiador 4. Depois que a temperatura do líquido de
o capô para ventilar o compartimento do B – Hélice do radiador arrefecimento alcançar a temperatura normal,
motor. desligue o motor.
C – Reservatório de expansão

[Se sair vapor do compartimento do motor] 3. Confirme se a hélice do radiador está gi- A
Desligue o motor e quando o vapor parar de rando. Se a hélice não girar, pare o motor
sair, levante o capô para ventilar o comparti- imediatamente e contate uma Concessionária
mento do motor. MITSUBISHI MOTORS.

ADVERTÊNCIA Advertência
l Não abra o capô enquanto estiver saindo Tenha cuidado para que suas mãos ou
vapor do compartimento do motor. Isto roupas não fiquem presas na ventoinha de
pode fazer com que vapor e água quente arrefecimento. aa0056409
sejam expelidos, causando queimaduras.
Tenha muito cuidado ao abrir o capô. 5. Verifique o nível do líquido de arrefecimento
l Tenha cuidado com o vapor quente que no reservatório (A).
pode estar saindo pela tampa do reserva-
tório.
l Não tente retirar a tampa do radiador en-
quanto o motor estiver quente.
8-7
Advertência
Se não houver líquido, certifique-se que o
motor está frio antes de remover a tampa do
radiador, pois o vapor quente ou respingos
de água que estiverem saindo pela tampa A
podem causar queimaduras.
6. Adicione líquido de arrefecimento no radiador
e/ou no reservatório, se necessário (veja o A
capítulo “Manutenção”).
aa0105440 aam008023

ATENÇÃO Sangria do sistema de Remoção da água do filtro


Adicionar água rapidamente com o motor combustível (somente de combustível (somente
quente pode causar rachadura no cabeçote
e/ou bloco. Adicione água aos poucos, com veículos a Diesel) veículos a Diesel com
o motor funcionando. O sistema de combustível deve ser sangrado para injeção direta)
a remoção de ar, conforme descrito abaixo, se o
7. Examine as mangueiras do radiador quanto a combustível se esgotar durante a viagem. Se a luz indicadora do filtro de combustível acen-
vazamentos e a correia do alternador quanto der durante a condução do veículo, indica que há
a folga ou dano. Acione a bomba manual (A) no topo do filtro de
combustível até que ela fique rígida. acúmulo de água no filtro de combustível. Se isto
Se encontrar alguma irregularidade no sistema ocorrer, remova a água, conforme descrito abaixo.
de arrefecimento ou na correia do alterna- Tente então dar a partida no motor novamente.
dor, leve o veículo a uma Concessionária Se o motor não arrancar, repita o processo 1. Solte o bujão de drenagem (A), na parte
MITSUBISHI MOTORS para verificação e acima. inferior do filtro de combustível.
reparos.
ATENção
l Não fume e nem acenda nada próximo ao
veículo enquanto sangrar o sistema de
combustível.
l Limpe cuidadosamente qualquer resíduo
de combustível derramado que possa
causar incêndio.
8-8
Triângulo de segurança A
B
Está localizado atrás do banco traseiro, conforme
ilustração a seguir. Em caso de emergência, siga C
D
as instruções de posicionamento contidas no M

próprio triângulo de segurança.


IT
SU
BIS
HI

B E
Extintor de incêndio
De acordo com a Resolução do CONTRAN
ta0013418
nº 556/2015, a partir de 17 de setembro de 2015, o ta0013320
extintor de incêndio passa a ser de uso facultativo.
Caso o proprietário desejar, o extintor de incêndio
2. Acione lentamente a bomba manual (B), por
e o suporte podem ser adquiridos e instalados
Ferramentas, macaco e
6 ou 7 vezes, para forçar a água a sair pelo
bujão de drenagem (A). nas Concessionárias MITSUBISHI MOTORS. manivela do macaco
3. Quando a água não sair mais, aperte o bujão
de drenagem (A). Localização
4. Solte o bujão de ar e escoe o ar (veja “Sangria A localização das ferramentas, do macaco e da
do sistema de combustível” na página 8-8). manivela do macaco deve ser lembrada no caso
5. Certifique-se de que a luz de advertência de uma emergência.
acende quando a chave de ignição está em
“ON” (ligada) e se apaga quando o motor é A – Ferramenta (chave de roda)
acionado. Em caso de dúvida, consulte uma B – Manivela do macaco
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. C – Macaco
D – Triângulo de segurança
ATENÇÃO E – Caixa de acessórios do engate
l Não fume e nem acenda nada próximo ao
veículo enquanto sangrar o sistema de
combustível.
l Limpe cuidadosamente qualquer resíduo
de água derramada, pois o combustível
misturado com a água poderá inflamar e
causar incêndio.
8-9
1. Puxe para a frente o encosto do banco traseiro.
E
(Consulte “Dobrar o encosto para a frente”,
na página 3-5.)
1 2. Remova a chave de roda (A) do suporte (B)
e retire a chave de roda.

aa0058924 F ta0020915
C
D
Ferramentas 4. Remova a manivela do macaco (E) do suporte
(F) e retire a manivela.
1 – Chave de roda

Remover e armazenar a ferramenta, o


macaco e a manivela do macaco ta0020902

B 3. Remova a porca de fixação (C) e então retire


A
o macaco (D).

G H
Ta0020928

5. Reverta o procedimento de remoção ao ar-


mazenar a ferramenta, macaco e manivela
aa0057901 do macaco.

Observação
A ferramenta, o macaco e a manivela do macaco
estão localizados atrás do banco traseiro. Quando guardar a manivela do macaco, alinhe
a parte marcada em preto (H) da manivela do
macaco com o suporte (G).
8-10
Para levantar o veículo com 5. Para evitar que o veículo se mova quando
estiver levantado pelo macaco, coloque um
o macaco calço ou bloco (A) no pneu diagonalmente
oposto ao pneu (B) que será trocado.
1. Estacione o veículo em piso nivelado e firme.
2. Acione firmemente o freio de estacionamento.
3. Em veículos com transmissão manual, colo-
Atenção C
que o interruptor de ignição na posição “LOCK” Tenha a certeza de colocar um calço no pneu
(trava) e mova a alavanca de mudança para correto quando o macaco estiver levantando
a posição R (Ré). o veículo. Se o veículo se mover enquanto o
Em veículos com transmissão automática, macaco estiver levantado, o macaco poderá aa0046653
mova a alavanca seletora para a posição “P” sair da posição e causar um acidente.
(estacionamento) e coloque o interruptor de C – Ponto de apoio dianteiro para o macaco
ignição na posição “LOCK” (trava). OBSERVAÇÃO
4. Acione as luzes de advertência e coloque l O calço não é fornecido com o veículo. Re-
o triângulo de segurança a uma distância comendamos que você obtenha um e leve
de 30 m do veículo, e retire todos os pas- no veículo, para uso quando necessário.
sageiros do veículo.
l Se não estiver disponível um calço, use uma
pedra ou qualquer outro objeto que seja largo
o suficiente para segurar a roda na posição.
6. Deixe a roda sobressalente, o macaco e a
D
manivela do macaco prontos. D
7. Coloque o macaco embaixo de um dos pontos
de apoio indicados na ilustração. Use o ponto
aa0046608
de apoio mais perto do pneu a ser trocado.

D – Ponto de apoio traseiro para o macaco


B

A
aa0042466

8-11
Para levantar o veículo 3. Movimente a manivela do macaco para cima
ADVERTÊNCIA e para baixo para levantar o êmbolo até que
faça contato com os pontos de apoio do ma-
l Coloque o macaco apenas nas posições
caco no veículo. Certifique-se que o macaco
aqui especificadas. Se o macaco for co-
encaixe corretamente no ponto de apoio.
locado em uma posição errada, o veículo
pode ser danificado ou cair para fora do Movimente a manivela do macaco para cima
macaco e causar ferimentos pessoais. e para baixo para levantar o veículo.
l Evite usar o macaco em uma superfície F
inclinada ou mole. De outra forma, o ma- OBSERVAÇÃO
caco pode escorregar e causar ferimentos. Este macaco é do tipo de expansão de dois
Sempre use o macaco em uma superfície estágios.
plana e firme. Antes de colocar o macaco,
aa0043418
verifique se o piso não tem areia ou pe-
dregulho. Para abaixar o veículo
1. Usando a manivela do macaco, gire a válvula
de liberação (F) no sentido horário até ela
parar.
J

H G
I

aa0057480
aa0046608

1. Encaixe o entalhe (I), localizado na extremi-


Observação aa0043421
dade da manivela do macaco, à válvula (J)
Ao levantar a traseira do veículo, gire a ponta do macaco.
do macaco de modo que a porção sulcada (E) 2. Insira a manivela do macaco no suporte do
macaco e encaixe o entalhe (G), localizado 2. Usando a manivela do macaco, gire lentamen-
encaixe adequadamente no ponto designado.
na extremidade da manivela, na garra (H) do te a válvula de liberação no sentido anti-horário
suporte. para abaixar o êmbolo e remover o macaco.

8-12
3. Pressione o pistão até o final e gire a válvula
de liberação no sentido horário o máximo ADVERTÊNCIA
possível. K L
l Levante o veículo somente o suficiente
4. Guarde o macaco, a manivela do macaco e para o pneu se afastar um pouco do chão.
o calço. É perigoso levantar o veículo além do
necessário.
Advertência l Nunca fique embaixo do veículo quando
ele estiver levantado pelo macaco.
Abra lentamente a válvula de liberação. Se
l Evite balançar o veículo levantado ou
ela for aberta rapidamente, o veículo irá cair
deixá-lo sustentado pelo macaco além do
abruptamente e o macaco pode sair da posi- aa0043447
necessário. Ambos representam perigo.
ção, causando um sério acidente.
OBSERVAÇÃO l Use somente o macaco fornecido junto
com o veículo.
Às vezes, quando o veículo está levantado
Atenção
l
pelo macaco, o entalhe do ponto pode não l O macaco não deve ser usado para outro
aparecer. Se isto acontecer, mova o veículo propósito que não seja a troca de pneus.
l Se a válvula de liberação é solta girando-a
2 ou mais vezes no sentido anti-horário, para baixar. l Ninguém deve ficar dentro do veí­culo
poderá ocorrer vazamento de óleo e o l Quando está difícil remover o macaco com quando o macaco estiver sendo usado.
macaco não poderá ser usado. a mão, coloque a manivela (K) no suporte l Não dê partida quando o veículo estiver
l Feche a válvula de liberação lentamente (L), então puxe a manivela do macaco e levantado pelo macaco.
ao abaixar o veículo, pois a válvula pode remova-o. l Não gire a roda que estiver fora do chão.
ser danificada. Os pneus que estiverem no chão podem
girar e o veículo cair para fora do macaco.

8-13
Para remover
ATENÇÃO
l Ao remover a roda sobressalente, coloque
luvas. Removê-la com as mãos nuas pode B
ferir os dedos.
l Verifique a pressão do pneu da roda so-
bressalente com frequência, para que ela
possa ser usada prontamente em caso de
emergência.
A
Dirigir com pneu com pressão insuficiente
aa0043812
pode levar a um acidente. Se você não tem
A
alternativa, e é imprescindível dirigir com aa0043825
Roda sobressalente pneu com pressão insuficiente, mantenha
uma velocidade baixa e ajuste a pressão 1. Insira a manivela do macaco (A) no orifício
A roda sobressalente fica guardada sob o asso- do pneu assim que possível. (Veja a seção (B) abaixo da tampa traseira.
alho do compartimento de carga. “Pressão dos pneus”, na página 9-13).
A – Roda sobressalente Manter a pressão do pneu da roda sobres-
salente no nível mais alto garante que ela
C
possa ser usada em qualquer condição
(cidade/estrada, peso variado de carga
etc.).

aa0042932

2. Insira com firmeza o pino (C) da manivela


do macaco no suporte (D) da roda sobres-
salente.

8-14
Para instalar Observação
Confirme se o disco do suporte está preso fir-
memente no orifício do disco da roda quando a
A roda for levantada do solo.
F 3. Após levantar suficientemente a roda sobres-
salente, certifique-se que ela não esteja solta
(o torque de aperto deve ser cerca de 40 N.m)
e então retire a manivela do macaco, tomando
cuidado para não girar na direção inversa.
E
aa0043838

aa0043245
Atenção
3. Insira a chave de roda (E) através da extre- A roda sobressalente deve sempre ficar presa
midade do orifício da manivela do macaco seguramente na posição.
1. Instale o disco do suporte (A) no orifício do
(F) e então gire no sentido anti-horário para
disco da roda. Se o pneu furado for trocado, coloque o pneu
baixar completamente a roda sobressalente
vazio na posição de fixação da roda sobres-
no solo e liberar da corrente.
salente com a superfície externa voltada para
cima e use a chave de roda para prendê-lo
com firmeza.

aa0043841

aa0043232
2. Gire a chave de porca da roda (B) no sentido
horário para levantar a corrente.
4. Remova o disco do suporte (G) da roda so-
bressalente.

8-15
Troca de pneu
ATENÇÃO
Tentar remover a calota com as mãos poderá Antes de substituir um pneu, primeiramente pare
causar ferimento nos dedos. o veículo em um local seguro e plano.
1. Estacione o veículo em piso nivelado e firme.
Para instalar 2. Acione firmemente o freio de estacionamento.
Dê leves pancadas com a mão ao redor da borda 3. Em veículos com transmissão manual, colo-
frontal da calota, até encaixá-la firmemente. que o interruptor de ignição na posição “LOCK”
(trava) e mova a alavanca de mudança para
a posição R (Ré).
Em veículos com transmissão automática,
mova a alavanca seletora para a posição “P”
Calotas (estacionamento) e coloque o interruptor de
ignição na posição “LOCK” (trava).
Para remover 4. Acione as luzes de advertência e coloque o
Para remover a roda do veículo, não é necessário triângulo de segurança a uma distância de 30
remover a calota. m do veículo, e retire todos os passageiros
A calota pode ser removida da roda. Com a roda do veículo.
fora do veículo, empurre as garras, que se fixam
na borda do furo central da roda, pelo lado de trás.

Observação
A calota é feita de plástico, tenha cuidado ao
removê-la, para evitar deformações excessivas.

A
aa0042466

5. Para evitar que o veículo se mova quando


estiver levantado pelo macaco, coloque um

8-16
calço ou bloco (A) no pneu diagonalmente OBSERVAÇÃO
oposto ao pneu (B) que será trocado. Coloque a roda sobressalente embaixo do veícu-
E
lo, próximo do pneu furado. Isto ajuda a reduzir
o risco de perigo, caso o macaco escorregue
Atenção da posição.
Tenha a certeza de colocar um calço no pneu
correto quando o macaco estiver levantando
o veículo. Se o veículo se mover, enquanto o
macaco estiver levantado, o macaco poderá C D
sair da posição e causar um acidente.
aa0011819

OBSERVAÇÃO
10. Retire poeira, lama etc. da superfície do
l O calço não é fornecido com o veículo. Re-
cubo (C), pinos (D) ou nos furos de insta-
comendamos que você obtenha um e leve
lação (E) da roda e então coloque a roda
no veículo, para uso quando necessário.
sobressalente.
l Se não estiver disponível um calço, use uma aa0042583
pedra ou qualquer outro objeto que seja largo
o suficiente para segurar a roda na posição. 7. Afrouxe as porcas da roda com a chave de
roda. Não as remova ainda.
8. Selecione o ponto de apoio mais próximo ao
pneu que será trocado (veja a seção “Para
levantar o veículo com o macaco”, na página
8-11). Em seguida, posicione o macaco e
levante levemente o veículo, até que o pneu
se afaste um pouco do chão.
9. Remova as porcas com a chave de roda ou
com as mãos, depois retire a roda.

aa0042378 ATENÇÃO
6. Deixe a roda sobressalente, o macaco, a ma- Manuseie a roda com cuidado ao trocar um
nivela do macaco e a chave de roda prontos. pneu, para não riscar a superfície da roda.

8-17
Rodas normais e roda sobressalente Veículos com rodas de alumínio*
(rodas de aço)
F Rodas normais (rodas de alumínio)

aa0038436 aa0050449

aa0042596
11. Aperte as porcas da roda com os dedos
ADVERTÊNCIA (gire-as no sentido horário).
Com uma roda normal, aperte as porcas da
Instale a roda sobressalente com o bico da roda (porcas flangeadas) até que a seção
válvula (F) voltado para fora. Se você não Veículos com rodas de aço* flangeada encoste na roda e a roda não
puder ver o bico da válvula (F), a roda foi Aperte as porcas da roda (porcas cônicas) fique solta.
colocada voltada para dentro. até que a parte cônica da porca encoste nos
orifícios da roda e a roda não fique solta. Roda sobressalente (rodas de aço)
Rodar com o veículo com a roda sobressa-
lente instalada ao contrário pode danificar o Na roda sobressalente, aperte as porcas
veículo e causar um acidente. da mesma maneira.

aa0042600

Na roda sobressalente, aperte as porcas da


roda até que a parte cônica da porca encoste
no orifício da roda e a roda não fique solta.

8-18
Torque de aperto:
ATENÇÃO Roda de aço: 137 a 157 Nm
Nunca aplique óleo nos parafusos ou nas Roda de alumínio: 118 a 137 Nm
porcas, isto pode causar aperto excessivo. (Alcançado aplicando uma força na extre-
midade da chave de roda, fornecida com o
OBSERVAÇÃO veículo).
l As porcas com flange podem ser usadas Roda de aço: 510 a 580 N
temporariamente na roda de aço, porém Roda de alumínio: 440 a 500 N
retorne para a roda e pneu original o mais
rápido possível. ta0022007
l Se todas as quatro rodas forem substituídas ATENÇÃO
por rodas de aço, use porcas cônicas. Nunca use força extra com os pés na chave 14. Verifique a etiqueta de pressão dos pneus,
de roda nem use uma extensão. Isto poderá que está localizada na coluna B, abaixo do
causar aperto excessivo das porcas. trinco da porta no lado esquerdo.

13. Abaixe o macaco e remova-o, guardando-o


em seguida junto com a manivela do macaco,
a chave de roda, o pneu furado e o calço.
Repare o pneu sobressalente o mais rápido
possível.

aa0043258

12. Abaixe o veículo lentamente e depois aperte


as porcas em cruz em duas ou três etapas,
até que cada uma tenha sido apertada
firmemente.

8-19
Reboque
ATENÇÃO A

l A pressão do pneu deve ser verificada Se o seu veículo precisar ser rebocado
periodicamente e mantida na pressão
Se for necessário rebocar o veículo, recomen-
especificada enquanto o pneu está arma-
damos que seja feito por uma Concessionária
zenado.
MITSUBISHI MOTORS ou por uma empresa de
l Depois de trocar o pneu, dirija o veículo reboque especializada.
aproximadamente 1.000 km e reaperte
novamente os parafusos da roda. Nos seguintes casos, transporte o veículo utili-
B
l Se o volante da direção vibrar depois da zando um veículo guincho.
troca de um pneu, leve o veículo a uma l O motor funciona porém o veículo não se
Concessionária MITSUBISHI MOTORS move ou produz ruído anormal.
para balancear as rodas. l Uma inspeção na parte inferior do veículo
l Não use mais de um tipo de pneu ao mes- revela que existe vazamento de óleo ou outro
mo tempo ou pneus de tamanho fora do fluido.
especificado para o seu veículo. Isto pode C
causar desgaste prematuro e prejudicar a Somente quando não for possível o uso do serviço
dirigibilidade. de uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS
ou de uma empresa de reboque especializada,
reboque o veículo cuidadosamente, de acordo as
instruções da seção “Reboque de emergência”,
neste capítulo. D
As regulamentações referentes a reboque podem
diferir de país para país. Recomendamos que
você conheça as leis do país onde está dirigindo
o veículo.

aa2001100

8-20
Rebocando o veículo com um Reboque com as rodas traseiras fora
caminhão guincho ATENÇÃO do chão (Tipo C)
l Se for rebocar veículo com transmissão Coloque a alavanca de mudanças (transmissão
manual) ou a alavanca seletora (transmissão
ATENÇÃO automática com as rodas de tração sobre
o solo (Tipo B), conforme a ilustração, automática) em “N” (neutro). Coloque a ignição
l Este veículo não deve ser rebocado por certifique-se que a velocidade e a distância na posição “ACC” (acessório) e fixe o volante de
um caminhão reboque que utilize cabo de reboque abaixo nunca sejam excedidas, direção na posição com as rodas voltadas para
suspenso, como o equipamento ilustrado pois isto pode danificar a transmissão. a frente, com uma barra ou uma cinta. Nunca
(Tipo A). O uso de cabo suspenso pode coloque a ignição na posição “LOCK” (trava). Isto
Velocidade de reboque: 50 km/h é perigoso, uma vez que o volante de direção
danificar o para-choque e a dianteira do
veículo. Distância de reboque: 50 km pode travar.
l Certifique-se de colocar a alavanca de Além disso, obedeça a legislação e os
regulamentos locais.
transferência na posição “2H” e transporte Reboque de emergência
o veículo com as rodas de tração no rebo- Se o guincho não estiver disponível em uma
que (Tipos C, D e E), conforme a ilustração. Reboque com as rodas dianteiras fora
emergência, reboque seu veículo temporaria-
Nunca tente rebocar com a alavanca de do chão (Tipo B)
mente com um cabo ou corrente preso ao gancho
transferência na posição “4H” ou “4L” e Coloque a alavanca de mudanças (transmissão de reboque.
com as rodas dianteiras ou traseiras no manual) ou alavanca seletora (transmissão au-
solo (Tipo B ou Tipo C), conforme a ilus- Se o seu veículo vai ser guinchado ou guinchar
tomática) na posição “N” (neutro).
tração. Isto pode danificar a transmissão outro veículo, preste bastante atenção aos
Solte o freio de estacionamento. pontos a seguir.
do veículo ou o veículo pode se soltar
do reboque. Se não for possível colocar
a alavanca de transferência na posição ATENÇÃO
“2H” ou a transmissão estiver com mau
funcionamento ou danificada, transporte Nunca reboque um veículo com transmissão
o veículo com todas as rodas levantadas automática com as rodas dianteiras levan-
(Tipo D ou Tipo E), conforme a ilustração. tadas (e as rodas traseiras no chão) (Tipo
l Em veículos 2WD, se a transmissão estiver B) quando o nível do fluido da transmissão
com mau funcionamento ou danificada, automática estiver baixo. Isto pode causar
transporte o veículo com as rodas de danos sérios e de alto custo de reparação
tração sobre uma plataforma (Tipo C, D para a transmissão.
ou E), conforme a ilustração.

8-21
2. Mantenha o motor funcionando.
Se o motor estiver desligado, coloque a ignição
na posição “ACC” (acessório) ou “ON” (ligada)
para destravar o volante da direção.

ATENÇÃO
l Uma vez que o motor não está funcio­nando,
o servofreio e a direção hidráulica não
A funcionam também. Isto significa empre-
A B
aa0050960a gar mais força ao acionar o pedal do freio
e mais força para esterçar o volante de
Se o seu veículo vai ser rebocado por OBSERVAÇÃO direção. Portanto, a condução do veículo
outro veículo O uso de qualquer outra peça que não sejam
l
é mais difícil do que o usual.
1. O gancho de reboque dianteiro (A) e o engate os ganchos de reboque (A) apropriados pode l Não deixe a chave na posição “LOCK”
de reboque traseiro (B) estão localizados danificar a carroceria do veículo. (trava) nem remova a chave da ignição
conforme mostram as ilustrações. Prenda a Usar um cabo de aço ou corrente de metal
l
com o veículo em movimento. A direção
corda de reboque ao gancho de reboque. pode resultar em dano à carroceria do veí- será travada e poderá causar a perda de
culo. É melhor usar uma corda não metálica. controle do veículo.
Se você usar um cabo de aço ou corrente de 3. Coloque a alavanca de mudanças (transmis-
metal, enrole um pano em todos os pontos são manual) ou alavanca seletora (transmis-
onde houver contato com a carroceria do são automática) na posição “N” (neutro).
veículo. 4. Em veiculos 4WD, coloque a alavanca de
Tenha cuidado para que a corda de reboque
l transferência na posição “2H”.
seja mantida na posição mais horizontal 5. Ligue as luzes de advertência.
possível. A inclinação do cabo pode danificar
6. Durante o reboque, os veículos devem ser
a carroceria do veículo.
conduzidos em baixa velocidade e ambos
Certifique-se que a corda de reboque esteja
l
os motoristas devem ter contato visual.
no mesmo lado em ambos os veículos, para
que ela se mantenha o mais reta possível.
Nunca tente retirar o veículo de uma vala,
l
pois o cabo não pode ficar na posição hori-
zontal.

8-22
ADVERTÊNCIA
Para evitar a entrada de gás do veículo que
está rebocando, coloque o interruptor de
seleção do ar na posição recirculação.

ATENÇÃO
l Evite freadas bruscas, acelerações repen-
tinas e curvas fechadas; tais manobras
aa0055864
podem danificar os ganchos ou cordas
de reboque.
Se o seu veículo vai rebocar um outro OBSERVAÇÃO
Pessoas ao redor do veículo podem se
veículo O seu veículo somente deve rebocar um outro veí-
ferir.
O engate de reboque traseiro está localizado culo se o peso for menor que o do seu veículo.
l Quando estiver rebocando ou sendo re-
conforme indicado na ilustração.
bocado em uma ladeira, o freio pode ficar
superaquecido, reduzindo a sua eficiência.
Reboque o veículo em carro guincho de Observação
plataforma. O uso de qualquer outra peça que não seja o
l Se você rebocar um veículo com transmis- engate de reboque apropriado pode danificar a
são automática com as rodas de tração carroceria do veículo.
sobre o solo, lembre-se que a velocidade
e a distância especificadas a seguir nun-
ca devem ser excedidas, pois isso pode
danificar a transmissão.

Velocidade de reboque: 50 km/h


Distância para reboque: 50 km

Além disso, obedeça a legislação e os


regulamentos locais.

8-23
Funcionamento em Em veículos 2WD, recomendamos dar a partida Em rodovia coberta com gelo ou neve
no veículo com o freio de estacionamento acio-
condições adversas nado parcial mas não completamente, puxando
l Ao dirigir por uma estrada coberta de gelo ou
neve, recomendamos a instalação de pneus
levemente a alavanca do freio de estacionamento. para neve ou correntes nos pneus.
Se o seu veículo ficar atolado na areia, Depois que o veículo estiver liberado, não se Veja as seções “Pneus para neve” e “Correntes
barro ou neve esqueça de liberar o freio de estacionamento. para pneus” na página 9-16.
Se o veículo ficar atolado na neve, areia ou lama, l Evite alta velocidade, aceleração repen-
ele pode ser retirado com movimentos de vai e OBSERVAÇÃO
tina, aplicação brusca do freio e curvas
vem. Mova a alavanca seletora alternadamente Pressione o pedal do acelerador gradualmente fechadas.
entre as posições “L” (baixa) e “R” (marcha à ré) ao sair com o veículo.
l Nestas condições, pisar no pedal do freio em
(transmissão automática) ou entre a 1ª e a ré
rodovias pode fazer o pneu deslizar e patinar.
(transmissão manual), aplicando leve pressão Rodovia alagada Quando o atrito entre os pneus e a rodovia é
no pedal do acelerador.
l Evite rodovias alagadas. A água pode entrar reduzido, as rodas podem patinar e o veículo
Evite aceleração do motor ou que as rodas pati- nos discos dos freios, resultando em falha não poderá parar através da frenagem con-
nem. Esforço prolongado para liberar um veículo temporária dos freios. Neste caso, pise vencional. A frenagem será diferente, mesmo
atolado pode resultar em superaquecimento e levemente no pedal do freio, para confirmar que o veículo esteja equipado com sistema de
falha da transmissão. Permita que o motor fun- se está funcionando normalmente. Se não freio antiblocantes (ABS). Se o veículo estiver
cione em marcha lenta por alguns minutos, para estiver, pise várias vezes no pedal do freio, equipado com freio ABS, pise no pedal do freio
deixar a transmissão esfriar entre as tentativas levemente, com o veículo em baixa velocida- com força e mantenha-o pressionado. Se o
para desatolar. de, para secar as pastilhas do freio. veículo não está equipado com freio ABS,
Se o veículo continuar atolado após várias ten- l Quando estiver dirigindo na chuva ou por uma bombeie o pedal do freio, com golpes curtos
tativas, solicite outro tipo de ajuda. rodovia com muitas poças de água, uma fina e rápidos, cada vez aplicando e liberando
camada de água pode se formar entre os totalmente, para aumentar o efeito.
pneus e a rodovia. Mantenha distância segura entre o seu veículo
ADVERTÊNCIA
l

Isto reduz o contato das rodas com a rodovia e o que vai à frente e evite freadas repentinas.
Quando estiver tentando tirar o veículo de um e pode causar a perda de estabilidade e da l O acúmulo de gelo no sistema de freio pode
atoleiro, tenha a certeza que a área ao redor capacidade de frenagem. travar as rodas. Coloque o veículo em mo-
do veículo esteja livre de pessoas e objetos. Para enfrentar esta situação, observe o se- vimento vagarosamente após confirmar a
O movimento de vai e vem pode fazer com guinte: segurança ao redor do veículo.
que o veículo salte para a frente ou para trás,
(a) Dirija o veículo em velocidade baixa.
causando danos nas pessoas que estiverem
próximas ou nos objetos. (b) Não dirija com pneus gastos. Mantenha
sempre a pressão dos pneus dentro do
especificado.
8-24
ATENÇÃO
Não pressione rapidamente o pedal do ace-
lerador. Se as rodas saírem do pavimento
gelado, o veículo pode se movimentar repen-
tinamente e causar um acidente.

Em rodovias esburacadas ou mal


conservadas
Dirija o mais devagar possível quando trafegar
por rodovias esburacadas ou mal conservadas.

ATENÇÃO
O impacto nos pneus e/ou nas rodas ao dirigir
por rodovias esburacadas ou mal conserva-
das pode danificar o pneu e/ou a roda.

8-25
Manutenção
Cuidados na revisão
Catalisador
Capô
Óleo do motor
Líquido de arrefecimento
Fluido da transmissão automática*
Líquido do lavador
Fluido de freio
Fluido da embreagem*
Fluido da direção hidráulica
Bateria
Pneus
Curso livre do pedal da embreagem*
Curso livre do pedal do freio
Curso da alavanca do freio de estacionamento
Palhetas do limpador do para-brisa
Manutenção geral
No inverno e na neve
Ligações dos fusíveis
Fusíveis
Substituição de lâmpadas
Caixas laterais na caçamba*
Cinta de tração*
9-1
Cuidados na revisão Catalisador
ADVERTÊNCIA
Manutenção cuidadosa em intervalos regulares l Quando estiver verificando ou trabalhan- Em condições normais, não necessita de cui-
ajuda a preservar o valor e a boa aparência do do dentro do compartimento do motor, dados especiais, exceto o uso de gasolina sem
seu veículo por muito mais tempo. tenha certeza que o motor está desligado chumbo.
Alguns itens da manutenção podem ser feitos e frio. A limpeza do sistema de escape pelo catalisador
pelo proprietário. l Se for necessário trabalhar no comparti- é extremamente eficiente na redução de gases
Recomendamos que você efetue a manutenção mento do motor com o motor funcionando, nocivos. O catalisador está instalado no sistema
periódica em uma Concessionária MITSUBISHI tenha cuidado especial com roupas, cabelo de escape.
MOTORS. Em caso de mau funcionamento ou etc., para que não sejam presos pela hélice, Para assegurar o funcionamento adequado do
outro problema desconhecido, recomendamos correia ou outra peça móvel. catalisador, é muito importante manter o motor re-
que ele seja verificado e solucionado. Este ca- A ventoinha pode ligar automaticamente gulado e evitar possíveis danos ao catalisador.
pítulo contém informações e procedimentos para mesmo que o motor esteja desligado.
manutenções periódicas que você mesmo pode Coloque a chave de ignição na posição
fazer, se preferir. Siga as instruções e cuidados “LOCK” (trava) e remova a chave, para ATENÇÃO
para cada um dos vários procedimentos. garantir segurança enquanto estiver tra- Se o veículo não é mantido em boas condições
balhando no compartimento do motor. de funcionamento, o catalisador pode ser da-
l Não fume, provoque faíscas ou chamas nificado. Em um eventual mau funcionamento
abertas, quando estiver próximo a com- do motor, envolvendo particularmente falha
bustível ou bateria. Os vapores são infla- ou qualquer perda de desempenho, leve o
máveis. veículo a uma Concessionária MITSUBISHI
l Tenha muito cuidado quando estiver tra- MOTORS para inspeção o mais breve possí-
balhando próximo à bateria. Ela contém vel. Funcionamento prolongado do veículo
ácido sulfúrico corrosivo e venenoso. em condições severas de superaquecimento
pode resultar em danos no catalisador e no
l Não entre embaixo do veículo, se ele estiver veículo.
levantado pelo macaco. Utilize um macaco
automotivo padrão.
l Manuseio incorreto de componentes e
materiais usados no veículo pode compro-
meter a sua segurança pessoal. Consulte
uma Concessionária ­MITSUBISHI MOTORS
para as informações necessárias.

9-2
l Pare o veículo se você perceber que o desem- Capô
ADVERTÊNCIA penho é baixo ou que a rotação do motor é
insuficiente ou qualquer outro problema com
l Como em qualquer outro veículo, não es- o motor e com a ignição. Para abrir
tacione o veículo em áreas com materiais
Se for impossível parar o veículo imediata- Para destravar o capô, puxe a alavanca de
inflamáveis do tipo grama e folhas secas,
mente, reduza a velocidade e dirija somente liberação interna em sua direção.
que possam entrar em contato com as
um trecho curto. Solicite a inspeção do veí-
peças quentes do sistema de exaustão e
culo em uma Concessionária MITSUBISHI
resultar em fogo.
MOTORS o mais breve possível.
l Não deve ser aplicada tinta no catali-
Em raras situações envolvendo mau funcio-
sador.
l
namento do motor, um odor característico
O catalisador se aquece rapidamente e pode ser pode ser sentido e indica superaquecimento
danificado, se superaquecido. Os pontos a seguir severo e anormal do catalisador.
devem ser observados, para evitar que ocorra Se isto ocorrer, pare o veículo em local
queima de combustível dentro do catalisador. seguro, desligue o motor e espere que ele
l Não dirija com o nível de combustível extre- esfrie. Uma vez o motor estando frio, o reparo
mamente baixo. O funcionamento do motor deve ser feito imediatamente, incluindo uma
aa0050768
com pouco combustível pode causar danos regulagem de acordo com as especificações
ao catalisador. do fabricante.
Pressionando a trava de segurança, levante
l Não desligue a ignição com o motor ainda o capô.
em movimento.
l Não tente dar a partida no motor empurrando
o veículo. Se a bateria está fraca ou descar-
regada, use outra bateria para dar a partida
no motor.
l Não deixe o motor em marcha lenta durante
um período prolongado em condições difíceis
ou mau funcionamento.
l Não acelere o motor quando estiver desligan-
do a ignição. Isto evita que o catalisador seja
danificado pelo combustível não queimado.
ta0014949a

9-3
OBSERVAÇÃO
Somente abra o capô se os limpadores do para- ATENÇÃO
brisa estiverem na posição junto ao vidro do l Tenha cuidado com as mãos e dedos para
para-brisa. A falta deste cuidado pode resultar não prendê-los no fechamento do capô.
em danos na pintura ou na carroceria.
l Antes de colocar o veículo em movimen-
to, verifique se o capô está seguramente
fechado e travado. Se o capô estiver
parcialmente fechado poderá abrir repen-
tinamente com o veículo em movimento.
Isto pode ser extremamente perigoso.
ta0014965a

Para fechar
Solte a barra de sustentação e encaixe-a em
seu suporte.
Abaixe lentamente o capô até a altura de 20 cm
ta0014952a
do fechamento e solte-o desta altura.
Mantenha o capô aberto, colocando a barra de
sustentação no orifício. OBSERVAÇÃO
l Se o capô não fechar, solte-o de uma altura
levemente superior.
ATENÇÃO l Não pressione com força o capô com as mãos,
l Lembre-se que a barra de sustentação pode isto pode deformá-lo.
se soltar do capô, se este estiver aberto,
em caso de vento muito forte.
l Sempre coloque a barra de sustentação no
orifício especialmente designado para esta
finalidade. Colocar a barra de sustentação
em qualquer outro local pode fazer com
que a barra se solte do capô e cause um
acidente.

9-4
Modelos 2400 Modelos 3200 MÍN. MÁX. Modelos 3500 MÍN. MÁX.
MÍN. MÁX.

COMMON RAIL

ta0014994 ta0014978

Óleo do motor Esta verificação deve ser feita com o motor OBSERVAÇÃO
quente, mas não funcionando. Estacione o veí- l O óleo do motor deteriorará rapidamente
culo em local plano, desligue o motor e aguarde em condições severas de uso (por exemplo,
Para verificar e reabastecer óleo de alguns minutos, para permitir que o óleo em funcionamento constante em rodovias aci-
motor circulação retorne ao cárter e assegurar uma dentadas, regiões montanhosas, rodovias
O óleo utilizado tem um efeito significativo no verificação correta. com muitas descidas e subidas ou trajetos
desempenho do motor, vida útil e condição de Retire a vareta medidora e enxugue-a com um curtos). Consequentemente, o óleo deverá
partida. Use somente óleo de qualidade e vis- pano limpo. Coloque a vareta novamente e ser trocado antes do prazo.
cosidade recomendadas. retire-a. Verifique o nível do óleo, que deve estar l Quando ao manuseio do óleo usado, veja a
Todos os motores consomem uma certa quantida- dentro da marca indicada. página 1-19.
de de óleo durante o seu funcionamento normal. Se o nível do óleo estiver abaixo do limite especi-
Portanto, recomendamos verificar o nível de óleo ficado, remova a tampa, localizada na tampa de
regularmente ou antes de uma viagem longa. válvulas e adicione óleo, até que o nível alcance
a marca especificada.
Observação Use somente óleo para motor com a classifica-
ção API especificada na tabela de óleo neste
A cobertura do motor pode ou não estar presente,
Manual.
dependendo do modelo do veículo.
Após adicionar óleo, feche a tampa com firmeza.

9-5
Veículos Flex Veículos a Diesel Líquido de arrefecimento
O líquido de arrefecimento do motor contém um
agente anticorrosivo de etilenoglicol. O cabeçote
e o alojamento da bomba de água são de liga
de alumínio e a troca periódica do líquido de
arrefecimento do motor é necessária para pre-
venir a corrosão dessas peças.
Use somente líquido de arrefecimento genuíno
MITSUBISHI MOTORS.
O líquido de arrefecimento genuíno MITSUBISHI
aa0058676 ACA00610AB
MOTORS oferece excelente proteção contra a
corrosão e a formação de ferrugem em todas
Escolha do óleo do motor Escolha do óleo do motor as peças metálicas e de alumínio, evitando
(veículos Flex) (veículos a Diesel) entupimento do radiador, aquecedor, cabeçote,
l Selecione o óleo do motor com o número de l Selecione o óleo do motor com o número de bloco de cilindros etc.
viscosidade SAE, de acordo com a tempera- viscosidade SAE, de acordo com a tempera-
tura da região em que o veículo é utilizado. tura da região em que o veículo é utilizado.
Para verificar o nível do líquido
Óleos para motor SAE 0W-30, 5W-30 e 5W-40 Use óleo do motor conforme a classificação
O reservatório translúcido está localizado no
l
podem ser usados somente se atenderem às a seguir:
especificações ACEA A3/B3, A3/B4 ou A5/B5 compartimento do motor.
e API SJ (ou superior). Classificação ACEA:
O nível do líquido no reservatório deve estar entre
l

l Use óleo do motor conforme a classificação “Para serviço A1/B1, A3/B3, A3/B4 ou A5/ as marcas “LOW” e “FULL”, quando verificado
a seguir: B5” com o motor frio.
l Classificação ACEA: l Classificação API:
“Para serviço A1/B1, A3/B3, A3/B4 ou A5/B5” “Para serviço CD” ou superior
l Classificação API:

“Para serviço SJ” ou superior OBSERVAÇÃO


Uso de aditivos não é recomendado, uma vez
OBSERVAÇÃO
que eles podem reduzir a eficiência dos aditivos
O uso de aditivos não é recomendado, uma vez já incluídos no óleo do motor e resultar em falha
que eles podem reduzir a eficiência dos aditivos do conjunto mecânico.
já incluídos no óleo do motor e resultar em falha
do conjunto mecânico.

9-6
Durante o inverno
Se a temperatura cair abaixo do ponto de ATENÇÃO
congelamento, existe o perigo de o líquido de l Não use álcool, metanol anticongelante
arrefecimento no motor ou no radiador congelar nem qualquer líquido refrigerante mistura-
FULL e danificar seriamente o motor e/ou o radiador. do com álcool ou metanol anticongelante.
Adicione uma quantidade suficiente de anticon-
LOW

O uso de um anticongelante inapropriado


gelante ao líquido de arrefecimento para evitar pode causar corrosão dos componentes
que ele congele. de alumínio.
A mistura do líquido de arrefecimento do motor l Para uma eficiente proteção e desempenho
usada na fábrica fornece excelente proteção anticorrosivo e anticongelante, mantenha
ta0015005 contra congelamento para temperaturas até a concentração anticongelante dentro da
-30 °C. A concentração deve ser verificada faixa de 30 até 60%.
Para adicionar líquido antes de dar a partida em dias muito frios e a
concentração do líquido de arrefecimento ajus- Concentrações que excedem a 60% resul-
O sistema de arrefecimento é selado e nor- tarão em uma redução do anticongelante
tada conforme o necessário – consulte a tabela
malmente a perda de líquido é muito pequena. e do desempenho do refrigerante e afe-
“Anticongelante”.
Uma queda perceptível no nível do líquido pode tam negativamente o funcionamento do
indicar vazamento. Se isto acontecer, leve o motor.
Anticongelante
veículo a uma Concessionária MITSUBISHI Não complete com água somente. A água
MOTORS, o mais rápido possível, para inspeção O líquido de arrefecimento genuíno MITSUBISHI l

MOTORS é também um anticongelante. A con- reduz as qualidades antiferrugem e anti-


do sistema. congelantes do líquido refrigerante e tem
centração exigida de líquido de arrefecimento
Se o nível estiver abaixo da marca “LOW”, remova um ponto de fervura mais baixo. Ela pode
é diferente, dependendo da temperatura am-
a tampa e adicione líquido no reservatório. também danificar o sistema de refrigeração
biente.
Se o reservatório está completamente vazio, em caso de congelamento. Não use água
remova a tampa do radiador e adicio­ne líquido, de torneira ou ela causará formação de
Temperatura corrosão e ferrugem.
até atingir o gargalo do reservatório. -15 -20 -25 -30 -35 -50
ambiente mínima °C
Concentração de
30 35 40 45 50 60
advertência anticongelante %
Não abra a tampa do radiador com o motor
quente. O sistema de arrefecimento está sob
pressão e qualquer vazamento de líquido
quente pode causar queimadura.

9-7
Fluido da transmissão
automática*
A quantidade certa de fluido é essencial para
a vida útil e o funcionamento da transmissão
automática. Tanto fluido em excesso como fal-
tando pode causar problemas na transmissão. A
tampa do reservatório de fluido da transmissão
automática está equipada com uma vareta me-
didora. Siga estes procedimentos para verificar
o nível do fluido. aa0051185 ta0015021

Procedimento para verificação do


7. Remova a vareta medidora e verifique o nível Líquido do lavador
do fluido. O nível do fluido deve estar entre
nível do fluido as duas marcas da vareta medidora.
O reservatório do líquido do lavador do para-brisa
1. Verifique o nível do fluido após o veículo ter está localizado no compartimento do motor.
sido conduzido o suficiente para aquecer o
fluido da transmissão. ADVERTÊNCIA Verifique o nível do líquido do lavador em inter-
valos regulares e adicione líquido do lavador ao
2. Estacione o veículo em um local plano e ni- Não deixe cair fluido no coletor de escape reservatório, se necessário.
velado e aplique o freio de estacionamento. durante o reabastecimento ou inspeção, pois
3. Com o motor em marcha lenta e o pedal do pode ocorrer um incêndio.
freio totalmente pressionado, mova a alavanca Durante o inverno
seletora da transmissão através de todas as Fluido recomendado Para assegurar o funcionamento do lavador em
posições, de “P” (estacionamento) até “D” temperaturas muito baixas, use líquido lavador
Use somente fluido da transmissão recomendado
(condução), parando momentaneamente em contendo um agente anticongelante.
na tabela de óleo deste manual, para assegurar
cada uma das posições.
o ótimo desempenho da transmissão.
4. Mova a alavanca seletora para a posição “P”
(estacionamento).
5. Remova a vareta medidora e limpe-a com um
pano livre de fiapos.
6. Recoloque a vareta medidora o mais fundo
possível.

9-8
Fluido recomendado
Use fluido de freio em conformidade com DOT4.
O fluido de freio é higroscópico. A umidade no
fluido de freio afetará negativamente o sistema
de freios, reduzindo a sua eficiência.
Além disso, o reservatório do fluido de freio tem
uma tampa que evita a entrada de ar e esta
tampa não deve ser retirada.

AJA104856 ADVERTÊNCIA aa0051521

l Tenha cuidado ao manusear fluido de freio,


Fluido de freio ele é prejudicial aos olhos e pode causar Fluido da embreagem*
O nível do fluido de freio deve estar entre as danos na pintura do veículo.
marcas “MAX” e “MIX” no reservatório. l Use somente fluido de freio recomen­ Para verificar o nível de fluido
O nível do fluido de freio é monitorado por uma dado.
O fluido da embreagem no cilindro-mestre deve
bóia. Quando o nível do fluido desce abaixo da Aditivos de diferentes marcas podem ser verificado sempre que for efetuado algum
marca “MIN”, a luz de advertência do fluido de resultar em reação química quando mis- serviço no motor. Além disso, o sistema deve
freio acende. turados. Evite misturar diferentes marcas, ser verificado quanto a vazamentos.
O nível do fluido de freio abaixa levemente com se possível.
Certifique-se que o nível do fluido da embre-
o desgaste das pastilhas, mas isto não indica l Mantenha sempre a tampa do reservatório agem está entre as marcas “MAX” e “MIN” no
nenhuma anormalidade. bem fechada, para evitar que o fluido de reservatório.
Se o nível do fluido de freio abaixar acentu- freio deteriore.
Se o nível do fluido da embreagem abaixar
adamente em curto espaço de tempo, indica l Limpe a tampa de abastecimento antes acentuadamente em curto espaço de tempo,
vazamento no sistema de freios. de remover e feche a tampa com firmeza indica vazamento no sistema, que deve ser ins-
Se isto ocorrer, leve o veículo a uma Conces- após a manutenção. pecionado por uma Concessionária MITSUBISHI
sionária MITSUBISHI MOTORS para inspeção. MOTORS.

9-9
Fluido recomendado Bateria
Deve ser usado o fluido de freio recomendado
DOT4. O estado da bateria é muito importante para
A tampa do reservatório deve ser totalmente uma partida rápida do motor e funcio­namento
fechada, para evitar a contaminação por objetos perfeito do sistema elétrico do veículo. Inspeção
estranhos ou umidade. regular e cuidados especiais são importantes,
principalmente no inverno.
Não deixe que fluido à base de petró-
leo entre em contato, se misture ou
contamine de alguma maneira o fluido Cuidados com a bateria
de freio. Isto resultará em danos ao
retentor. aa0080611

AdvertênciA
Fluido da direção hidráulica
ADVERTÊNCIA l Observe as instruções de operação.

Tenha cuidado ao manusear o fluido de Para verificar o nível do fluido


freio. Ele é prejudicial aos olhos e também
Verifique o nível do fluido no reservatório enquan-
pode causar danos à camada de pintura do
to o motor estiver em marcha lenta. Ao manusear a bateria, observe cuidado-
veículo. Se cair fluido de freio, limpe o local
imediatamente. Certifique-se que o nível do fluido da direção samente os seguintes cuidados para sua
hidráulica esteja sempre entre as marcas segurança.
“MAX” e “MIN” no reservatório e reabasteça, l Não fume, não permita faíscas e nem
se necessário. chamas abertas

Fluido recomendado
Consulte a tabela de óleo na página anterior ao
índice alfabético. Mantenha faíscas, cigarros e chamas aber-
tas longe da bateria pois ela pode explodir.
Não provoque curto-circuito nos terminais
da bateria, pois isso pode criar faíscas.

9-10
Advertência Advertência
l Use óculos de proteção l Gás explosivo


Use sempre óculos de proteção ao traba- A bateria emite gás hidrogênio altamente
lhar perto da bateria. O eletrólito da bateria explosivo. Se você for carregar a bateria,
contém ácido sulfúrico e se ele atingir seus utilize um local bem ventilado.
olhos é muito perigoso. l Mantenha longe de crianças ta0015076
l Ácido da bateria
Verificação do nível do eletrólito da
bateria
Mantenha a bateria fora do alcance de O nível do eletrólito deve estar no limite especi-
O eletrólito da bateria contém ácido sul- crianças. ficado, estampado na parte de fora da bateria.
fúrico e você deve usar luvas e óculos de Complete com água destilada, se necessário.
proteção ao manusear a bateria. A parte interna da bateria está dividida em vá-
Se o eletrólito da bateria atingir seus olhos rios compartimentos; remova a tampa de cada
ou sua pele, lave imediatamente com água um deles e reabasteça até a marca superior.
limpa e procure auxílio médico. Não reabasteça além da marca superior, pois o
vazamento durante a condução do veículo pode
Se você engolir acidentalmente eletrólito causar danos.
da bateria, procure imediatamente assis-
Verifique o nível do eletrólito da bateria pelo me-
tência médica.
nos uma vez a cada quatro semanas, dependendo
Se o eletrólito da bateria espirrar sobre sua das condições de funcionamento.
roupa ou o veículo, lave imediatamente Se a bateria não é usada, ela poderá descarregar
com bastante água limpa. com o tempo. Verifique uma vez a cada quatro
semanas e carregue com corrente baixa, se
necessário.

9-11
Durante o inverno
A capacidade da bateria fica reduzida em tem- A
ATENÇÃO
peraturas baixas. Isto é o resultado inevitável Nunca desconecte a bateria com a igni-
l
das suas propriedades químicas e físicas. Uma ção ligada; isto poderá causar danos aos
bateria muito fria, principalmente se não está componentes elétricos do veículo.
totalmente carregada, liberará somente uma Nunca provoque curto-circuito na bateria,
l
fração da corrente normalmente disponível. pois isto causará danos e superaqueci-
Recomendamos que a bateria seja inspecionada mento na bateria.
em uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS Use sempre óculos de proteção quando
l
antes do início do inverno e, se necessário, seja estiver trabalhando próximo à bateria.
recarregada ou substituída. aa0057666 Para uma carga rápida, primeiro desco-
l
Isto não é somente para proporcionar uma partida necte os cabos da bateria.
rápida, mas a bateria que está sempre com carga Observação
Para evitar um curto-circuito, desconecte
l
total tem maior vida útil. Abra a tampa do terminal (A) antes de desconec- primeiro o terminal negativo (–).
tar ou conectar o terminal positivo (+) da bateria.
Mantenha a bateria fora do alcance das
l
Desconectar e conectar crianças.
Para desconectar o cabo da bateria, desligue o ADVERTÊNCIA Nunca deixe peças plásticas entrarem em
l
motor. Primeiro desligue o terminal negativo (–) contato com ácido sulfúrico (eletrólito da
l Mantenha faíscas, cigarros e chamas longe
e depois o terminal positivo (+). Quando conectar bateria), pois isto pode causar rachaduras,
da bateria, pois, do contrário, a bateria
a bateria, primeiro conecte o terminal positivo (+) manchas ou descoloração.
pode explodir.
e depois o terminal negativo (–).
l O eletrólito da bateria é extremamente Se elas tiverem contato, limpe com um
cáustico. Evite o contato com os olhos, pano macio, flanela ou similar e uma so-
pele, roupa ou com a pintura do veículo. lução aquosa com detergente neutro, e
Respingos de eletrólito devem ser remo- imediatamente enxágue as peças afetadas
vidos imediatamente, com bastante água. com bastante água.
Irritação da pele ou dos olhos devido
ao contato com o eletrólito necessita de
atendimento médico imediato.
l Areje bem o local quando estiver carregan-
do ou usando uma bateria em ambiente
fechado.

9-12
OBSERVAÇÃO Pneus
l Mantenha os terminais limpos. Depois de
conectar a bateria, aplique graxa de proteção
no terminal. Para limpar os terminais use água ADVERTÊNCIA
morna.
Dirigir com pneus gastos ou com pressão
l Verifique se a bateria está seguramente insta- incorreta pode resultar em acidente e feri-
lada e que não possa se movimentar durante mentos graves ou fatais.
a condução do veículo. Verifique também a
fixação de cada um dos terminais.
l Quando o veículo não é usado por um longo Pressão dos pneus
período, retire a bateria e guarde-a em um
lugar que ela não possa congelar. A bateria kgf/cm2 (psi)
somente deve ser guardada com carga total. Veículo com carga máxima
Tamanho do Veículo sem carga
ou com reboque
pneu
Dianteiros Traseiros Dianteiros Traseiros
225/75 R16 2,4 2,4 2,8 4,5
Scorpion ATR* (35) (35) (40) (65)
265/70 R16 1,8 1,9 1,8 3,1
Scorpion STR (26) (28) (26) (44)
265/70 R16 1,8 1,9 1,8 3,1
Scorpion ATR (26) (28) (26) (44)
Pirelli Scorpion
1,83 1,97 1,83 3,09
MTR
(26) (28) (26) (44)
255/70 R16

Verifique a pressão de todos os pneus enquanto eles estiverem frios: se for insuficiente ou exces-
siva, ajuste-a ao valor especificado.
Após ajustar a pressão de todos os pneus, verifique os pneus quanto a danos e vazamento de ar.
Certifique-se de colocar as tampas das válvulas dos pneus.

9-13
Se houver indicadores de desgaste nos pneus, Troca de pneus e rodas
eles aparecem em seis lugares, na banda de
1 rodagem, indicando que o pneu não se encontra
dentro do mínimo aceitável para uso. Quando Atenção
estes indicadores aparecerem, os pneus devem
ser substituídos por novos. l Evite usar pneus de diferentes tamanhos
daqueles recomendados e combinar tipos
Verifique se os parafusos das rodas estão com diferentes de pneus, pois isso pode com-
o aperto correto. Veja o capítulo “Situações de prometer a segurança ao dirigir.
emergência”, neste manual, para maiores infor-
2 mações referentes à troca de pneus. Veja a seção “Pneus e rodas”, na página
10-7.
aa0013060
l Mesmo que uma roda tenha o mesmo ta-
OBSERVAÇÃO
manho do tipo de roda especificado para
Estado das rodas e dos pneus A marca e a localização dos indicadores de o veículo, seu formato pode impedir que
1 – Localização do indicador de desgaste da desgaste diferem, dependendo do fabricante ela seja instalada corretamente. Consulte
banda de rodagem do pneu. uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS
2 – Indicador da banda de rodagem Quando for necessária uma substituição de pneu, antes de trocar as rodas do veículo.
substitua todos eles.
Verifique os pneus quanto a cortes, rasgos e
outros danos. Substitua os pneus se eles estive-
rem com cortes ou rasgos profundos. Verifique ATENÇÃO
também cada um dos pneus quanto à existência
Use sempre pneus do mesmo tamanho,
de pedaços de metal ou cascalho.
mesmo tipo e mesma marca, sem diferenças
O uso de pneus gastos pode ser perigoso, pois de desgaste. O uso de pneus de tamanho,
há um grande risco do veículo derrapar ou aqua- tipo e marca diferentes ou mesmo o nível de
planar. A profundidade de desgaste da banda de desgaste diferente aumenta a temperatura do
rodagem não deve ultrapassar 1,6 mm, que é o fluido do diferencial, resultando em possível
mínimo necessário. dano ao sistema de tração.

9-14
Rodízio dos pneus
Usando pneu sobressalente
O desgaste dos pneus varia conforme as condi-
ções do veículo, das estradas e hábitos individuais Dianteira
de dirigir. Para igualar o desgaste e ajudar a A
prolongar a vida útil do pneu, recomendamos
fazer o rodízio imediatamente após descobrir
um desgaste anormal ou sempre que for notada
Frente
diferença de desgaste entre os pneus dianteiros
e traseiros.
Ao fazer o rodízio dos pneus, verifique quanto a
desgaste desigual e danos. Desgaste anormal Não usando pneu sobressalente af0001781
geralmente é causado por pressão incorreta,
alinhamento inadequado, rodas não balanceadas
ou frenagem severa. Consulte uma Concessio- ATENÇÃO
nária MITSUBISHI MOTORS, para determinar Frente
a causa do desgaste irregular da banda de l Se os pneus tiverem setas (A) indicando a
rodagem do pneu. direção correta da rotação, troque os pneus
traseiros e dianteiros do lado esquerdo e os
pneus traseiros e dianteiros do lado direito
Pneus com setas indicando o sentido de rotação
do veículo separadamente. Mantenha cada
pneu no lado original do veículo. Quando
instalar os pneus, verifique se as setas
estão apontando para a direção em que
as rodas irão rodar, quando o veículo se
Frente movimentar para a frente. Qualquer pneu
cuja seta esteja apontando na direção
errada não será totalmente eficiente.
l Evite usar diferentes tipos de pneus e
rodas. Isto pode afetar a segurança na
aa2000679 condução do veículo.

Se a roda do pneu sobressalente for diferente


da roda padrão, não faça o rodízio dos pneus
usando o pneu sobressalente.

9-15
Pneus para neve Corrente para pneus
O uso de pneus para neve é recomendado para Recomendamos que tenha no veículo correntes ATENÇÃO
dirigir na neve ou gelo. Para manter a estabilidade para neve em regiões com neve. As correntes Treine a instalação da corrente antes de
l
na direção, instale pneus para neve de mesmo para neve devem ser instaladas nas rodas usá-la.
tamanho e marca em todas as rodas. dianteiras do veículo, quando necessário e
Escolha um local livre e reto da rodovia
l
Pneus para neve com mais de 50% de desgaste de acordo com as instruções do fabricante da
para instalar as correntes nos pneus.
não servem mais para uso em neve. corrente para neve.
Não instale as correntes antes de você
l
Pneus não especificados não devem ser Nos veículos 4WD, onde a força de tração é
precisar delas. Elas gastarão os pneus se
usados. distribuída preferencialmente para as rodas tra-
usadas em rodovias asfaltadas.
seiras, instale as correntes nas rodas traseiras.
Depois de dirigir por 100 a 300 metros,
l
Use apenas correntes para pneus projetadas
pare o veículo e reaperte as correntes.
ATENÇÃO para uso com os pneus montados no veículo: o
uso de correntes de tipo ou tamanho incorreto Tenha cuidado para não esterçar totalmen-
l
Respeite a velocidade máxima permitida com te o volante, e assim evitar o contato das
pode resultar em danos à carroceria do veículo.
pneus para neve e o limite de velocidade correntes com a carroceria do veículo.
permitido por lei.
ADVERTÊNCIA
OBSERVAÇÃO
NÃO USE macaco quando estiver com cor-
l As leis e regulamentações referentes a pneus rentes instaladas, o pneu pode derrapar na
para neve (velocidade, uso necessário, tipo superfície escorregadia e o veículo poderá
etc.) variam. Siga as leis e regulamentações cair para fora do macaco.
da região em que você está.
l No seu veículo, os parafusos das rodas são
flangeados, substitua-os por parafusos côni-
cos quando usar rodas de aço.

9-16
ATENÇÃO A A
l Dirija cuidadosamente e não exceda
30 km/h. Lembre-se, instalar correntes
para pneus não vai impedir que aconteçam
acidentes.
l Ao instalar as correntes tenha cuidado para
não danificar o aro da roda e a carroceria.
l Uma roda de alumínio pode ficar danificada
por uma corrente durante a condução. Ao
aa0013086 aa0013086
instalar correntes em roda de alumínio,
tenha cuidado para que nenhuma parte
da corrente entre em contato com o aro Curso livre do pedal da Curso livre do pedal do freio
da roda. embreagem*
l Quando instalar ou remover uma corren- Desligue o motor, acione o pedal do freio algumas
te, tenha cuidado com as mãos e outras vezes e depois pressione o pedal com as mãos,
Pressione o pedal da embreagem com as mãos,
partes do seu corpo para não se ferir com até encontrar resistência. O curso deve ficar no
até encontrar resistência.
as bordas pontiagudas da carroceria do valor especificado.
Esta distância deve estar dentro do valor es-
veículo.
pecificado. A – Curso livre: de 3 a 8 mm
l Instale as correntes somente nos pneus
traseiros e aperte-as o máximo possí- A – Curso livre: de 4 a 13 mm Se o curso do pedal do freio não estiver dentro do
vel, com as extremidades seguramente valor especificado, leve o veículo a uma Conces-
presas. Se o curso do pedal da embreagem não estiver sionária MITSUBISHI ­MOTORS para inspeção.
dentro do valor especificado, leve o veículo a
uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS
para inspeção.

9-17
A – Curso da alavanca do freio de estacio­ Palhetas do limpador do
namento:
A
  8 a 9 entalhes
para-brisa
(Ajuste o freio de estacionamento quando Ao levantar as palhetas do para-brisa, levante
estiver puxado com uma força de 200N) primeiro o braço da palheta do lado do motorista e
depois o braço da palheta do lado do passageiro.
Se o curso da alavanca do freio de estacio­
Ao retorná-las às posições originais, abaixe pri-
namento está fora do valor especificado, leve
meiro o braço da palheta do lado do passageiro
o veículo a uma Concessionária ­MITSUBISHI
e depois o braço da palheta do lado do motorista.
MOTORS para inspeção.
aa0048514 Se as palhetas congelarem no para-brisa ou no
vidro traseiro, não as coloque em funcionamento
Curso da alavanca do freio Advertência até a remoção completa do gelo, caso contrário,
o motor do limpador poderá queimar.
de estacionamento O uso contínuo do veículo com a alavanca do
freio de estacionamento desajustada pode
Puxe a alavanca do freio de estacionamento para resultar em movimentação do veículo quando Substituição da palheta do limpador
verificar o número de “clics” que ela alcança. Um estiver estacionado. do para-brisa
“clic” representa o movimento da alavanca em
um entalhe. A alavanca deve mover um número Lado do motorista
especificado de entalhes para a aplicação nor-
mal do freio. 1. Afaste o braço da palheta do limpador do
vidro do para-brisa.

9-18
C

B
C A
A B

af0001794 af0001808 af0001811

2. Puxe a palheta do limpador até o seu limitador 3. Encaixe os retentores (C) para a nova palheta 5. Empurre a palheta do limpador do para-brisa
(A) desencaixar do suporte (B). Em seguida, do limpador do para-brisa. até o gancho (B) se encaixar seguramente
puxe a palheta do limpador o máximo possível 4. Insira a palheta do limpador no braço, inician- com o limitador (A).
para removê-la. do com a extremidade oposta da palheta, a
partir do limitador. Verifique se o gancho (B)
OBSERVAÇÃO está ajustado corretamente nos encaixes na
palheta.
Não deixe o braço do limpador cair sobre o para-
-brisa; ele pode danificar o vidro.
OBSERVAÇÃO
Se os retentores não forem fornecidos com a
nova palheta do limpador, use os retentores da
palheta velha.

9-19
B
C A
A B C

af0001794 af0001811

Lado do passageiro 5. Empurre a palheta do limpador até que o


1. Afaste do para-brisa o braço do limpador. gancho (B) encaixe firmemente no limitador
aa3001758 (A).
2. Puxe a palheta do limpador até o seu limitador
(A) desencaixar do suporte (B). Em seguida,
puxe a palheta do limpador o máximo possível 3. Encaixe os retentores (C) na nova palheta do
para removê-la. limpador do para-brisa.
Veja a ilustração para garantir que os reten-
OBSERVAçãO tores estão corretamente alinhados enquanto
você os prende.
Não deixe o braço do limpador cair sobre o para-
brisa; ele pode danificar o vidro. 4. Insira a palheta do limpador no braço, inician-
do com a extremidade oposta da palheta, a
partir do limitador. Certifique-se que o gancho
(B) esteja corretamente preso nos sulcos da
palheta.

OBSERVAçãO
Se os retentores não forem fornecidos com a
nova palheta do limpador, use os retentores da
palheta velha.

9-20
Manutenção geral Se os fusíveis e as lâmpadas estiverem OK, leve No inverno e na neve
o veículo a uma Concessionária MITSUBISHI
MOTORS para inspeção do sistema.
Vazamentos de combustível, líquido Entradas de ar
de arrefecimento, óleo e gases do As entradas de ar dianteiras, junto ao para-brisa,
Funcionamento das luzes de
escape devem ser mantidas limpas, para não prejudicar
advertência, medidores e indicadores o funcionamento dos sistemas de aquecimento
Olhe embaixo do veículo para verificar se há vaza-
Coloque o motor do veículo em funcionamento e ventilação do veículo.
mentos de combustível, líquido de arrefecimento,
para verificar se todas as luzes de advertência,
óleo e gases do escape.
medidores e indicadores estão normais.
Vedação
Se for detectado algum problema, leve o veículo
ADVERTÊNCIA a uma Concessionária MITSUBISHI MOTORS Para evitar que as borrachas de vedação das
para inspeção do sistema. portas, capô etc. congelem, elas devem ser
Se você encontrar cheiro ou vestígios de tratadas com graxa à base de silicone.
vazamento de combustível, não coloque
o veículo em funcionamento; chame uma Lubrificação das dobradiças e
Concessionária MITSUBISHI MOTORS para fechaduras Equipamento adicional
inspeção do sistema. Verifique todas as dobradiças e fechaduras e No inverno, é útil levar no veículo uma pá ou
lubrifique-as, se necessário, limpando primeiro uma pequena espátula, assim você pode limpar
e então aplicando graxa multiuso. a neve acumulada nos vidros. Uma pequena
Funcionamento das luzes externas e escova e um rodo plástico para o para-brisa e
internas vidro traseiro também são úteis.
Acione a alavanca das luzes combinadas, para
confirmar que estão funcionando perfeitamente.
Se as luzes não acenderem, a causa do proble-
ma pode ser fusível queimado ou lâmpada com
problema. Primeiro verifique os fusíveis. Se não
estiverem queimados, verifique as lâmpadas.
Para informações referentes à inspeção e
substituição de fusíveis e lâmpadas, consulte
“Fusíveis”, na página 9-22 e “Substituição de
lâmpadas” na página 9-28.

9-21
Ligações dos fusíveis Fusíveis
1
As ligações dos fusíveis podem derreter, para
Localização da caixa de fusíveis
evitar um incêndio se uma corrente elevada tentar
fluir em certos sistemas elétricos. Para evitar danos no sistema elétrico do veículo,
devido a um curto-circuito ou sobrecarga, cada
No caso de um fusível queimado, vá a uma
circuito está protegido por um fusível.
Concessionária Mitsubishi MOTORS para
São duas caixas de fusíveis no compartimento 2
inspeção e substituição.
dos passageiros e no compartimento do motor.
Para conhecer as ligações dos fusíveis, consulte
“Tabela de localização dos relés e fusíveis no
Compartimento dos passageiros ta0013694
compartimento dos passageiros”, na página 9-23
e “Tabela de localização dos fusíveis no com-
partimento do motor”, nas páginas 9-24 e 9-26. Compartimento do motor
A caixa de fusíveis está localizada no com-
partimento do motor, conforme indicado na
ADVERTÊNCIA ilustração.
Os fusíveis não devem ser substituídos por
1 – Pressione o botão.
qualquer outro equipamento. Falha na ins-
talação dos fusíveis corretos pode resultar 2 – Remova a tampa
em incêndio no veículo, destruição total e
em ferimentos pessoais graves e até fatais. Capacidade dos fusíveis
aa0052371
A capacidade dos fusíveis e o nome dos compo-
nentes elétricos protegidos pelos fusíveis estão
A caixa de fusíveis no compartimento dos pas- especificados na parte interna da tampa da caixa
sageiros está localizada em frente ao banco do de fusíveis localizada no painel frontal, ao lado do
motorista, na posição indicada na ilustração. motorista, e dentro da tampa da caixa de fusíveis
localizada no compartimento do motor.

9-22
Localização dos fusíveis no compartimento dos OBSERVAÇÃO Veículos Diesel
passageiros A tampa da caixa de fusíveis contém fusíveis
de reserva. Use sempre um fusível de mesma Nº
Sím-
Sistema elétrico
Capa-
capacidade na substituição. bolo cidade
1 Lanterna (esquerda) 7,5 A

2 Acendedor de cigarro 15 A

D 3 Bobina de ignição 10 A

4 Motor de partida 7,5 A

5 Teto solar 20 A

6 Soquete para acessórios 15 A

7 Lanterna (direita) 7,5 A


Espelhos retrovisores
8 7,5 A
externos
Unidade de controle do
9 7,5 A
motor
10 Unidade de controle 7,5 A

aa4000338 11 Luz de neblina traseira 10 A


Travamento central das
Tabela de localização dos relés 12 portas / DRL – Luzes de 15 A
e fusíveis no compartimento dos rodagem diurna
passageiros 13 Luz interna 10 A
Indicação das luzes do reboque traseiro (tomada 14 – – –
do reboque).
A – 15 Medidor 7,5 A

B – Relé do ventilador 16 Relé 7,5 A


C – Relé do desembaçador do vidro traseiro
D – Soquete para acessórios no compartimento
de carga
9-23
Sím- Capa- l Alguns fusíveis não estão instalados em seu
Nº Sistema elétrico Localização dos fusíveis no compartimento do motor
bolo cidade veículo, dependendo do modelo e especifi-
cações.
17 Banco aquecido 20 A
l A tabela acima mostra os principais equi-
18 – Reboque 10 A pamentos com os seus correspondentes
fusíveis.
19 Retrovisor externo aquecido 7,5 A
A caixa de fusíveis não contém fusíveis de
20 Limpador do para-brisa 20 A reserva de 10 A e 15 A. Se um fusível dessa
capacidade queimar, substitua temporaria-
21 Luzes de ré 7,5 A
mente por outro de:
22 Desembaçador 30 A 10 A: Rádio
23 Aquecedor 30 A 15 A: Acendedor de cigarros
Substitua o fusível queimado o mais rápido
24 Banco elétrico* 40 A (4)
possível.
25 Rádio 10 A
Unidade de controle
26 15 A
eletrônica
27 – Fusível de reserva 7,5 A

28 – Fusível de reserva 20 A

29 – Fusível de reserva 30 A

Dianteira
aa4000253

Tabela de localização dos fusíveis no


compartimento do motor
(4)
Conector

9-24
Sím- Capa- l Alguns fusíveis não estão instalados, depen- Veículos Flex
Nº Sistema elétrico dendo do modelo do seu veículo ou especifi-
bolo cidade
cações. Sím- Capa-
1 – – – Nº Sistema elétrico
l A tabela indica os equipamentos principais e bolo cidade
2 Sistema dos vidros elétricos 40 A(5) os correspondentes fusíveis. 1 Lanterna (esquerda) 7,5 A
3 Ignição 40 A(5)
Identificação do fusível 2 Acendedor de cigarro 15 A
Compressor do
4 10 A 7,5 A Marrom 3 Bobina de ignição 10 A
ar‑condicionado
Motor da ventoinha do 10 A Vermelho 4 Motor de partida 7,5 A
5 20 A
condensador
15 A Azul 5 Teto solar 20 A
6 Farol alto (esquerdo) 10 A
20 A Amarelo Soquete para acessórios
7 Farol alto (direito) 10 A no compartimento de
30 A Verde passageiros
6 15 A
8 Farol baixo (esquerdo) 10 A 40 A Verde (ligação de fusível) Soquete para acessórios no
compartimento de carga
9 Farol baixo (direito) 10 A
7 Lanterna (direita) 7,5 A
10 Controle do motor 20 A Espelhos retrovisores
8 7,5 A
externos
11 Alternador 7,5 A
Unidade de controle do
12 Luzes do freio 15 A motor, válvula de corte de
9 combustível (Diesel), relés 7,5 A
13 Buzina 10 A de controle da bomba de
combustível (Flex)
14 Transmissão automática 20 A
10 Unidade de controle 7,5 A
15 Luzes de advertência 10 A
11 Bomba da partida a frio 10A
16 – – –

17 Faróis de neblina dianteiros 15 A Travamento central das


12 15 A
portas
18 – – – 13 Luz interna 10 A

(5)
Conector

9-25
Sím- Capa- l Alguns fusíveis não estão instalados em seu
Nº Sistema elétrico Localização dos fusíveis no compartimento do motor
bolo cidade veículo, dependendo do modelo e especifi-
cações.
14 Limpador do vidro traseiro 15 A
l A tabela acima mostra os principais equi-
15 Medidor 7,5 A pamentos com os seus correspondentes
fusíveis.
16 Relé 7,5 A
A caixa de fusíveis não contém fusíveis de
17 Banco aquecido 20 A reserva de 10 A e 15 A. Se um fusível dessa
capacidade queimar, substitua temporaria-
18 Opcional 10 A
mente por outro de:
19 Retrovisor externo aquecido 7,5 A 10 A: Rádio
20 Limpador do para-brisa 20 A 15 A: Acendedor de cigarros
Substitua o fusível queimado o mais rápido
21 Luzes de ré 7,5 A
possível.
22 Desembaçador 30 A

23 Aquecedor 30 A

24 Banco elétrico 40 A (6)

25 Rádio 10 A
Unidade de controle
26 15 A
eletrônica
27 – Fusível de reserva 7,5 A

28 – Fusível de reserva 20 A

29 – Fusível de reserva 30 A

Dianteira
aa4000253

Tabela de localização dos fusíveis no


compartimento do motor
(6)
Conector

9-26
Sím- Capa- Sím- Capa-
Nº Sistema elétrico Nº Sistema elétrico
bolo cidade bolo cidade
1 – – – 18 Amplificador de som 20 A
B
2 Sistema dos vidros elétricos 40 A(7) A
l Alguns fusíveis não estão instalados, depen-
3 Ignição 40 A(7) dendo do modelo do seu veículo ou especifi-
cações.
Compressor do
4 10 A A tabela indica os equipamentos principais e
ar‑condicionado l
os correspondentes fusíveis.
Motor da ventoinha do
5 20 A
condensador aa0052384
Identificação do fusível
6 Farol alto (esquerdo) 10 A
7,5 A Marrom Substituição de fusíveis
7 Farol alto (direito) 10 A
10 A Vermelho 1. Antes de substituir um fusível, desligue o com-
8 Farol baixo (esquerdo) 10 A ponente elétrico correspondente e coloque a
15 A Azul
ignição na posição “LOCK” (trava).
9 Farol baixo (direito) 10 A 20 A Amarelo 2. Puxe a tampa da caixa de fusíveis (A) para
10 Controle do motor 20 A 30 A Verde removê-la.

11 Alternador 7,5 A 40 A Verde (ligação de fusível) 3. Retire o extrator de fusíveis (B) da tampa (A).

12 Luzes do freio 15 A

13 Buzina 10 A

14 Transmissão automática 20 A

15 Luzes de advertência 10 A

16 Bomba da partida a frio 10A

17 Faróis de neblina dianteiros 15 A

(7)
Conector

9-27
Substituição de lâmpadas
Antes de substituir uma lâmpada, verifique se a
luz está apagada. Não toque na parte de vidro
da nova lâmpada com os dedos descobertos; o
óleo da pele deixado no vidro evapora quando a
lâmpada começa a esquentar e o vapor condensa
sobre o refletor, embaçando a superfície.
C D

aa0042945 aa0046682 ATENÇÃO


As lâmpadas ficam extremamente quentes
4. Usando a tabela de capacidade de carga dos 5. Insira um novo fusível, de mesma capacidade, logo após serem desligadas.
fusíveis, verifique o fusível correspondente ao encaixando-o adequadamente na mesma
Ao substituir uma lâmpada, espere até ela es-
problema. posição com o extrator.
friar antes de tocá-la ou você pode se queimar.
C – Fusível está OK
D – Fusível queimado ATENÇÃO Observação
l Se o fusível novo queimar em pouco tem- l Se você não se sentir seguro para trocar uma
OBSERVAÇÃO po, leve o veículo a uma Concessionária lâmpada, leve o veículo a uma Concessionária
MITSUBISHI MOTORS, para que o sistema MITSUBISHI MOTORS.
Se qualquer sistema não funcionar porém o fusí-
vel correspondente a esse sistema estiver normal, elétrico seja verificado e reparado. l Tenha cuidado para não riscar a carroceria do
pode estar ocorrendo uma falha no sistema ou l Nunca use um fusível com capacidade veículo ao remover uma lâmpada e a lente.
em outro local. Leve seu veículo para inspeção superior ao especificado ou qualquer l Quando estiver chovendo ou quando o veículo
em uma Concessionária Mitsubishi MOTORS. outro substituto, do tipo arame, chapa de tiver sido lavado, às vezes o interior da lente
metal etc., pois isto causará sobrecarga pode ficar nublado. Este é o mesmo fenômeno
no circuito elétrico e poderá resultar em que ocorre quando a lente embaça em um
incêndio. dia úmido e não significa algum problema de
funcionamento. Quando se acende a lâmpada,
o calor remove o embaçamento. Entretanto,
se entrar água na lente, verifique em uma
Concessionária Mitsubishi MOTORS.

9-28
Dianteira Tipo 1 Dianteira Tipo 2 Traseira
7

8
1 2 4
1 2 9
3
10

5
4
3 6
5 aa0052401 aa0118545

Capacidade das lâmpadas Exterior


A lâmpada somente deve ser substituída por uma 1 – Faróis, farol alto: 60 W (HB3)
nova de mesma capacidade e tipo. 2 – Faróis, farol baixo: 55 W (H11)
3 – Lanternas: 5 W (W5W)
Exterior 4 – Indicadores de direção dianteiros: 21 W 11
1 - Faróis, luz alta/baixa............. 60/55 W (H4) (PY21W)
aa4000439
2 - Lanternas................................. 5 W (W5W) 5 – Indicadores de direção laterais (nos espelhos
3 - Indicadores de direção, retrovisores externos)*
dianteiros.............................. 21 W (P21W) 6 – Farol de neblina dianteiro*: 55 W (H11) 7 - Luz de freio na tampa traseira
(brake-light)............................... 5 W (W5W)
4 - Indicadores de direção,
laterais..................................... 5 W (W5W) 8 - Indicadores de direção,
Observação
traseiros............................... 16 W (W16W)
5 - Faróis de neblina, dianteiros*...55 W (H11) O indicador de direção lateral (no retrovisor
9 - Luzes de freio e lanternas.............. 21/5 W
externo) usa LED ao invés de lâmpada.
Códigos em parênteses indicam tipo da lâmpada. (P21/5W)
Para consertar ou substituir, consulte uma
10 - Luzes da marcha à ré ......... 16 W (W16W)
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
11 - Luzes da placa de licença ....... 5 W (W5W)

Códigos em parênteses indicam tipo da lâmpada.

9-29
Faróis (Tipo 1)
1. Desencaixe o conector (A).

1 2 C

A
4

aa0058474 aa0042785

Interior 3. Desencaixe a mola (C) que prende a lâmpada


aa0042769
1 - Luzes das portas.............................. 3,4 W e depois remova a lâmpada.

2 - Luz interna dianteira e 4. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira


2. Remova o lacre (B). inversa os passos descritos para a substitui-
luzes de leitura.................................. 7,5 W
ção da lâmpada.
3 - Luz interna traseira.............................. 8 W
B
4 - Luz do porta-luvas............................ 1,4 W

aa0042772

9-30
Faróis (Tipo 2) Farol alto Farol baixo
1. Remova o conjunto da lâmpada e conector
(A) girando-o no sentido anti-horário.

Farol alto

C C

B B
aa0027612 aa0097453

A 2. Pressione a lingueta (B) no conector do chi-


ATENÇÃO cote e puxe o conector do chicote (C) para
aa0097437 remover.
l Segure a lâmpada de halogênio com cuida-
3. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
do. O gás dentro da lâmpada de halogênio
Farol baixo inversa os passos descritos para a substitui-
é pressurizado e deixá-la cair, bater ou
ção da lâmpada.
riscar pode causar a sua quebra.
l Nunca segure lâmpadas halógenas com
as mãos, luva suja etc.
O óleo de sua mão pode queimar a lâmpada
na próxima vez que os faróis forem ligados.
Se a superfície de vidro da lâmpada esti-
ver suja, ela pode ser limpa com álcool, A
removedor etc. Reinstale depois de secá-la
totalmente. aa0097440

9-31
Lanternas

aa0097466 aa0097479

aa0042886
Tipo 2
Atenção 1. Gire o soquete da lâmpada no sentido anti-
Tipo 1
Segure a lâmpada de halogênio com cuida- -horário para removê-lo. Remova a lâmpada
l
1. Gire o soquete da lâmpada no sentido anti- do soquete, puxando-a.
do. O gás dentro da lâmpada de halogênio -horário para removê-lo. Remova a lâmpada
é pressurizado e deixá-la cair, bater ou do soquete, puxando-a. 2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
riscar pode causar a quebra. inversa os passos descritos para a substitui-
2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira ção da lâmpada.
l Nunca segure lâmpadas halógenas com inversa os passos descritos para a substitui-
as mãos sem proteção, luva suja etc. ção da lâmpada.
A gordura natural da pele pode causar a
queima da lâmpada, na próxima vez em
que for ligada.
Se a superfície do vidro estiver suja, ela
deve ser limpa com álcool, solvente etc.
e antes de instalar seque-a totalmente.

9-32
Indicadores de direção dianteiros
Dianteira

aa0097482 aa0042756

aa0042899
Tipo 2 Indicadores de direção laterais (no
Tipo 1 1. Gire o soquete da lâmpada no sentido anti- para-lama)
-horário para removê-lo, e remova a lâmpada 1. Para remover um indicador de direção lateral,
1. Gire o soquete da lâmpada no sentido anti-
do soquete girando-a no sentido anti-horário, insira a ponta de uma chave de fenda na borda
-horário para removê-lo, e remova a lâmpada
ao mesmo tempo em que a pressiona. da lente próxima da dianteira da carroceria e
do soquete girando-a no sentido anti-horário,
2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira movimente levemente para remover a lente
ao mesmo tempo em que a pressiona.
inversa os passos descritos para a substitui- da carroceria.
2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
ção da lâmpada.
inversa os passos descritos para a substitui-
ção da lâmpada. OBSERVAÇÃO
Enrole um pedaço de pano na ponta da chave
de fenda para evitar que a lente ou a carroceria
fique arranhada.

9-33
Faróis de neblina dianteiros*
Dianteira

aa0070269 aa0043128

aa0092009
2. Remova o soquete e a lâmpada juntos, Observação
girando-os no sentido anti-horário e remova Ao substituir o conjunto da luz, empurre primeiro
a lâmpada puxando-a. a extremidade voltada para a traseira do veículo.
Tipo 1
3. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira 1. Insira a ponta de uma chave de fenda na
inversa os passos descritos para a substitui- borda da tampa e pressione suavemente para
ção da lâmpada. Indicadores de direção laterais (nos remover a tampa.
retrovisores externos)*
O indicador de direção lateral (no retrovisor A
externo) usa LED ao invés de lâmpada.
Para consertar ou substituir, consulte uma Con-
cessionária MITSUBISHI MOTORS.

aa0096603

2. Gire os parafusos (A) no sentido anti-horário


para removê-los. Então, remova o conjunto
da lâmpada.
9-34
C

B
aa0096616 aa0005407 aa0118558

3. Pressione a lingueta (B) no conector do chi- Tipo 2


cote e puxe o conector do chicote (C) para ATENÇÃO 1. Pressione para cima a lingueta (A) da presilha
remover. para destacar e então puxe a tampa em sua
l Segure a lâmpada de halogênio com cuida-
do. O gás dentro da lâmpada de halogênio direção para remover.
é pressurizado e deixá-la cair, bater ou
B
riscar pode causar a sua quebra.
l Nunca segure lâmpadas halógenas com
as mãos, luva suja etc.
O óleo de sua mão pode queimar a lâmpada
na próxima vez que os faróis forem ligados.
D
Se a superfície de vidro da lâmpada esti-
ver suja, ela pode ser limpa com álcool,
removedor etc. Reinstale depois de secá-la
aa0096629 totalmente.
aa0118561
4. Gire o conjunto do soquete e lâmpada (D) no
sentido anti-horário para remover. 2. Remova os 3 parafusos (B) e remova a lâm-
5. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira pada.
inversa os passos descritos.

9-35
F

C aa0118574 aa0118590 aa0005407

OBSERVAÇÃO 4. Gire a lâmpada (F) no sentido anti-horário


Ao afrouxar os parafusos, tenha cuidado para para remover. ATENÇÃO
não mover o parafuso de ajuste da posição do 5. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
l Segure a lâmpada de halogênio com cuida-
farol (C). inversa os passos descritos para a remoção.
do. O gás dentro da lâmpada de halogênio
é pressurizado e deixá-la cair, bater ou
riscar pode causar a sua quebra.
l Nunca segure lâmpadas halógenas com
as mãos, luva suja etc.
E O óleo de sua mão pode queimar a lâmpada
na próxima vez que os faróis forem ligados.
Se a superfície de vidro da lâmpada esti-
ver suja, ela pode ser limpa com álcool,
removedor etc. Reinstale depois de secá-la
D totalmente.
aa0118574

3. Pressione a lingueta (D) no conector do chi-


cote e puxe o conector do chicote (E) para
remover.

9-36
Luzes combinadas traseiras
F
C G

A
aa0042727 aa0043551

aa0055213
4. Remova cada soquete e conjunto das lâm- Observação
padas girando no sentido anti-horário. Ao montar o conjunto das lâmpadas, alinhe os
1. Abra a tampa traseira.
C – Luz indicadora de direção traseira pinos (F) e a presilha (G) com os orifícios (H)
(Consulte “Tampa traseira” na página 2-14.) da carroceria.
Remova a lâmpada puxando-a para fora.
2. Remova os parafusos (A) que prendem o
conjunto. D – Lanterna e luz de freio
Remova a lâmpada do soquete girando no
sentido anti-horário enquanto a pressiona.
E – Luz de ré
Remova a lâmpada puxando-a para fora.

5. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira


inversa os passos descritos para a remoção.

aa0043548

3. Mova o conjunto em direção à traseira do


veículo e remova as presilhas (B).

9-37
A

A
B
aa0055226 aa0043564 aa0042916

Luz do brake light* 3. Remova o conjunto do soquete e lâmpada Luzes da placa de licença
1. Abra a tampa traseira. juntos, girando no sentido anti-horário e então 1. Insira uma chave de fenda no conjunto das
remova a lâmpada puxando-a para fora. luzes e pressione suavemente para remover.
(Consulte “Tampa traseira” na página 2-14.)
4. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
2. Remova os 8 parafusos (A) da superfície in-
inversa os passos descritos para a remoção.
terna da tampa traseira e remova a cobertura Observação
da tampa traseira (B). Coloque uma flanela ao redor da ponta da
chave de fenda para evitar riscar a lente e a
carroceria.

9-38
aa0070272 aa0042671 aa0043593

2. Remova o conjunto do soquete e lâmpada, Luz interna dianteira e luzes de leitura Observação
girando no sentido anti-horário e então remova 1. Insira a ponta da chave de fenda no entalhe Ao instalar a lente, alinhe as duas linguetas da
a lâmpada puxando-a para fora. da lente e faça leve alavanca para remover lente com os orifícios da lateral do veículo.
a lente. Remova a lâmpada do suporte das
luzes.
2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
inversa os passos descritos para a remoção.

OBSERVAÇÃO
A
Enrole um pedaço de pano na ponta da chave
de fenda para evitar riscar a lente.

aa0043580

3. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira


inversa os passos descritos para a remoção.

Observação
Ao instalar a lâmpada, coloque primeiro o gancho
(A) do lado direito da luz na carroceria.
9-39
aa0042684 aa0043607 aa0042730

Luz interna traseira* Observação Luzes das portas*


1. Insira uma chave de fenda no entalhe da Ao instalar a lente, alinhe as duas linguetas da 1. Insira a ponta da chave de fenda na lateral
lente e pressione suavemente para remover. lente com os orifícios da lateral do veículo. da lente e faça leve alavanca para remover
Remova a lâmpada do seu suporte. a lente e, em seguida, remova a lâmpada do
suporte das luzes.
Observação
Enrole um pedaço de pano na ponta da chave OBSERVAÇÃO
de fenda para evitar riscar a lente. Enrole um pedaço de pano na ponta da chave
de fenda para evitar riscar a lente.
2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
inversa os passos descritos para a remoção. 2. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
inversa os passos descritos para a remoção.

9-40
Tipo 1 Tipo 2
A

aa0043610 aa0096502 aa0096850

Observação Luz inferior do console central* Tipo 2


Ao instalar a lente, alinhe as duas linguetas da 1. Insira uma chave de fenda revestida com um
lente com os orifícios da lateral do veículo. Tipo 1 pano na borda da guarnição (A) e faça leve
Substitua a luz inferior do console central na alavanca para remover a lente.
Concessionária MITSUBISHI MOTORS.
Luz do porta-luvas*
Substitua a lâmpada do porta-luvas em uma
Concessionária MITSUBISHI MOTORS. B

aa0096863

2. Gire o soquete (B) da lâmpada no sentido


anti-horário para remover.

9-41
aa0096876

3. Remova a lâmpada puxando-a para fora. Caixas laterais na caçamba* Cinta de tração*
4. Para instalar a lâmpada, proceda de maneira
inversa os passos descritos para a remoção. A caçamba está equipada com duas caixas, fabri- A cinta de tração está acondicionada em uma
cadas em material polietileno e com fechaduras, das caixas laterais da caçamba.
para acondicionar com segurança equipamentos, Esta cinta deve ser utilizada em caso de emer-
acessórios, bagagens etc. gência, quando for necessário auxiliar na tração
As caixas estão localizadas nas laterais da ca- do veículo.
çamba e são fixadas ao protetor da caçamba*
através de parafusos de fixação. Para remover
a caixa do protetor da caçamba use uma chave Atenção
sextavada para soltar os parafusos de fixação.
Para evitar acedentes com o veículo ou com as
Esta operação deve ser feita pelo interior da caixa.
pessoas, a cinta de tração deve ser utilizada
Para facilitar a limpeza, na base da caixa existe corretamente.
um tampão que pode ser removido para o es-
coamento de água e/ou eliminação de resíduos
e líquidos.

9-42
Veja a seguir a maneira correta de utilização da
cinta de tração de acordo com a carga:

Vertical: Chocker: Basket: 45º: 60º:


2000 kg 1600 kg 4000 kg 2800 kg 2000 kg

Observação
Em caso de danos na cinta de tração, não a utilize.
Substitua por outra nova em uma Concessionária
Mitsubishi Motors.

9-43
Dados técnicos
Dimensões
Desempenho
Pesos
Motor
Transmissão e transferência
Sistema elétrico
Pneus e rodas
Outras especificações
Capacidades

10-1
11

10

8 12

1 3 4 5
6

aa5003352

10-2
Dimensões

2.4 Flex 3.5 Flex 3.2 Diesel

Item T/M T/A T/A T/M

Outdoor HPE HPE Savana Outdoor HPE Savana Outdoor GLX GL

1 Bitola dianteira 1.520 mm


1.770
2 Largura total 1.800 mm 1.750 mm
mm
3 Distância do eixo dianteiro à frente 830 mm 795 mm 830 mm 795 mm 830 mm

4 Distância entre eixos 3.000 mm

5 Distância do eixo traseiro à traseira 1.285 mm 1.465 mm


5.115 5.165 5.345
6 Comprimento total 5.115 mm 5.165 mm 5.295 mm
mm mm mm
7 Vão livre do solo (sem carga) 215 mm 220 mm 210 mm
1.880 1.880 1.780
8 Altura total (sem carga) 1.780 mm 1.780 mm 1.760 mm
mm mm mm
9 Bitola traseira 1.515 mm
Comprimento interno do comparti-
10 1.325 mm 1.505 mm
mento de carga
Largura interna do compartimento
11 1.470 mm
de carga
Altura interna do compartimento de
12 405 mm 460 mm
carga

10-3
Desempenho

Veículos 2.4L Flex Veículos 3.2L Veículos 3.2L


Item Veículos 3.5L Flex
T/M Diesel T/A Diesel T/M
180 km/h (etanol) 180 km/h (etanol)
Velocidade máxima 173,5 km/h 182,7 km/h 181,3 km/h 173,5 km/h
(gasolina) (gasolina)
Raio mínimo de curva 5,7 m 5,9 m

Pesos

Veículos 2.4L Veículos 3.5L


Veículos 3.2L a Diesel
Flex Flex
Item
T/M caçamba
T/M T/A T/M T/A
longa
Peso em ordem de marcha 1.600 kg 1.950 kg 1.940 kg 1.940 kg 1.855 kg
Peso bruto máximo do veículo 2.550 kg 2.950 kg
Dianteiro 1.250 kg 1.260 kg
Peso máximo no eixo
Traseiro 1.800 kg 1.800 kg
Capacidade dos bancos 5 pessoas

10-4
Motor

Item 2.4L Flex 3.5L Flex Diesel


Quatro cilindros em linha, Quatro cilindros, em linha,
Seis cilindros em V, refrigerado a
refrigerado a água, quatro refrigerado a água, comando
Tipo do motor água, quatro tempos, comando
tempos, 16 válvulas, de válvulas no cabeçote, com
de válvulas no cabeçote
SOHC turbo e intercooler
Modelo do motor 4G64 6G74 4M41
Cilindrada 2.351 cc 3.497 cc 3.200 cc
Diâmetro do pistão 86,5 mm 93 mm 98,5 mm
Curso do pistão 100,0 mm 85,8 mm 105,0 mm
Taxa de compressão 9,0:1 9,0:1 17,0:1
142 cv / 5.000 rpm (etanol) 205 cv / 5.000 rpm (etanol)
Potência máxima 180 cv / 3.500 rpm
138 cv / 5.000 rpm (gasolina) 200 cv / 5.000 rpm (gasolina)
22,0 kgf.m / 4.000 rpm (etanol) 33,5 kgf.m / 3.500 rpm (etanol)
Torque máximo 38,0 kgf.m / 2.000 rpm
21,0 kgf.m / 4.000 rpm (gasolina) 31,5 kgf.m / 3.500 rpm (gasolina)
Admissão Automática Automática Automática/0,10 mm
Folga das válvulas
Escape Automática Automática Automática/0,15 mm

Sequência de Ignição 1-3-4-2 1-2-3-4-5-6 –

10-5
Transmissão e transferência

Veículos com transmissão automática Veículos com transmissão manual


Item
4 marchas 5 marchas Diesel 2.4 Flex
1ª 2,842 3,789 4,313 3,967
2ª 1,495 2,057 2,330 2,136
3ª 1,000 1,421 1,436 1,360
Relação da transmissão
4ª 0,731 1,000 1,000 1,000
5ª – 0,731 0,788 0,856
Marcha à ré 2,720 3,865 4,220 3,578
Alta 1,000 –
Transferência
Baixa 1,900 –

Sistema elétrico

Item Veículos a Diesel Veículos 2.4 Flex Veículos 3.5 Flex

Voltagem 12 V

Bateria 90Ah – 710A CCA 75Ah - 500A CCA

Capacidade do alternador 90 A 90 A 120 A

NGK – BKR6E11D IFR5E11D


Velas
BOSCH – FRDCX+ FR7KPP33U+

10-6
Pneus e rodas

265/70R16 112H (caçamba normal)


265/70R16 112T (Outdoor)
Pneu Tamanho
225/75R16 110/107S* (caçamba longa)
255/70 R16 (Savana)
16x7JJ (Al) (caçamba normal)
Tamanho
Roda 16x6J (Al) (caçamba longa)
Offset 46 mm

10-7
Outras especificações

Item Veículos a Diesel Veículos Flex


Injeção eletrônica direta Common-Rail,
Controle Injeção eletrônica multiponto sequencial
Sistema de combustível turbocompressor e intercooler
Bomba Mecânica de engrenagem Elétrica
Embreagem T/M Disco simples seco, mola diafragma, acionamento hidráulico
Sistema de direção Pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
Tipo independente, braços triangulares duplos, amortecedores hidráulicos,
Dianteira
Suspensão molas helicoidais e barra estabilizadora
Traseira Eixo rígido, molas semi-elípticas e amortecedores hidráulicos defasados
Tipo Hidráulico, sistema de duplo circuito diagonal, servoassistido
Freio de serviço Dianteiro Freios a disco ventilado 16”
Traseiro Tambor
Freio de estacionamento Atua mecanicamente sobre as rodas traseiras

10-8
Veículos 1 12 4 4 2 3 Veículos 1 12 4 4 5 2
Flex 2.4 l Flex 3.5 l
7

6
1 1 6 7
Veículos a Diesel (sem cobertura Veículos a Diesel (com cobertura
do motor) do motor)
1 4 4 5 2 3 1 4 4 5 2 3

1 6 7 1 6 7

Capacidades

N° Item Quantidade Lubrificantes recomendados


Veículos Flex (modelos 2.4) 7,5 litros
Super LONG LIFE
Líquido de arrefecimento
1 Veículos Flex (modelos 3.5) 8,8 litros Premium COOLANT
(inclui 0,65 litro no reservatório reserva)
mitsubishi
Veículos a Diesel 8,5 litros
2 Fluido de Freio O necessário Consulte a tabela na página
3 Fluido de Embreagem O necessário anterior ao índice alfabético.

10-9
N° Item Quantidade Lubrificantes recomendados
Cárter (modelos 2.4) 4,0 litros
Veículos Flex Cárter (modelos 3.5) 4,3 litros
Filtro 0,3 litro
4 Óleo do motor
Cárter 7,0 litros
Veículos a Diesel Filtro 1,0 litro
Resfriador 1,3 litro
5 Fluido da transmissão automática 9,7 litros
6 Fluido da direção hidráulica Aprox. 1 litro
7 Líquido lavador 4,8 litros
Consulte a tabela na página
Veículos Flex (modelos 2.4) 2,3 litros
8 Óleo de transmissão manual anterior ao índice alfabético.
Veículos a Diesel 3,4 litros
9 Óleo de transferência 2,5 litros
Dianteiro 1,2 litro
10 Óleo de diferencial Traseiro (Diesel/Flex modelos 3.5) 2,1 litros
Traseiro (Flex modelos 2.4) 1,5 litro
Flex (modelos 2.4) 120 a 140 ml
Lubrificante
Refrigerante do ar- Diesel/Flex (modelos 3.5) 120 a 135 ml
11
condicionado Flex (modelos 2.4) 535 - 575 g
Refrigerante
Diesel/Flex (modelos 3.5) 430 - 450 g
12 Reservatório de gasolina aditivada do sistema de partida a frio 450 ml Gasolina aditivada

Observação
Os pontos que exigem inspeção periódica ou reabastecimento, tais como óleo do motor, líquido de arrefecimento, fluido de freio, fluido da embreagem,
líquido do lavador são marcados em branco, para facilitar a identificação.

10-10
A MITSUBISHI recomenda o uso
exclusivo de lubrificantes LUBRAX

L200 Triton – Especificações de Fluidos e Lubrificantes


Item Quantidade Especificação Fluido/Lubrificante Recomendado Trocar* Conferir o Nível
Freios Conforme necessário Fluido DOT4 Lubrax fluido para freios especial A cada 40.000km ou 2 anos* Semanalmente
Embreagem (quando equipado) Conforme necessário Fluido DOT4 Lubrax fluido para freios especial A cada 40.000km ou 2 anos* Semanalmente
7,5 litros (incluso 0,65
Flex (modelo 2.4)
litro do reservatório)
8,8 litros (incluso 0,65 Super Long Life Premium Coolant
Arrefecimento Flex (modelo 3.5) Aditivo para radiador Mitsubishi A cada 40.000km ou 2 anos* Semanalmente
litro do reservatório) Mitsubishi
8,5 litros (incluso 0,65
Diesel
litro do reservatório)
Reservatório de partida a frio (Flex) 0,45 litro Gasolina aditivada ou melhor - - Mensalmente
Direção Hidráulica Aprox. 1 litro ATF SP II ou equivalente Lubrax ATF TDX – Semanalmente
Lavador do para-brisa 4,8 litros Água potável – – Semanalmente
Flex (modelo 2.4) 120 a 140 ml ZXL 100 PG
Lubrificante
Ar-Condi- Diesel/Flex (modelo 3.5) 120 a 135 ml ND-OIL 8 DENSO
– – –
cionado Flex (modelo 2.4) 535 - 575 g
Refrigerante HFC 134
Diesel/Flex (modelo 3.5) 430 - 450 g
Transmissão Automática 9,7 litros ATF SP3 ou equivalente Lubrax ATF SP3 - A cada 10.000 km
Flex (modelo 2.4) 2,3 litros Óleo de transmissão, API GL-4 SAE 75W-85
Transmissão Manual Lubrax TRM-4 SAE 75W/85 A cada 100.000km* A cada 20.000 km
Diesel 3,4 litros ou superior

Flex (modelo 2.4) 4,0 litros


cárter A cada 10.000km ou 6
Flex (modelo 3.5) 4,3 litros API - SG, SAE 10W30 ou superior
meses.*
filtro de óleo Flex (todos) 0,3 litro
Motor Lubrax ADVENTO 4X4 10W30 Semanalmente
cárter 7 litros
API - CF, SAE 10W30 , ACEA B1, B2, B3 ou B4,
filtro de óleo Diesel 1 litro A cada 5.000km ou 6 meses.*
ou superior
radiador de óleo 1,3 litro
Óleo de transmissão, API GL-4 SAE 75W-85
Transferência (4x4) 2,5 litros Lubrax TRM 4 SAE 75W/85 A cada 100.000km* A cada 20.000 km
ou superior
Óleo de transmissão, API GL-5 SAE 80W90
Diferencial Dianteiro (4x4) 1,2 litro Lubrax GL-5 80W90 A cada 80.000km ou 4 anos.* A cada 20.000 km
ou superior
Diesel/Flex (modelo 3.5) 3,2 litros Óleo para diferencial autoblocante, API GL-5 LS
Diferencial Traseiro Lubrax GL-5 LS SAE 90 A cada 80.000km ou 4 anos.* A cada 20.000 km
Flex (modelo 2.4) 1,5 litro SAE 90 ou superior

* Em caso de condições de uso severo, a periodicidade de troca deve ser mais frequente. Consulte a seção “Plano de Revisões” no Livrete de Bordo.
Índice alfabético

11-1
A Chaves......................................................... 2-2 E
Sistema de abertura sem a chave*......... 2-2
Acendedor de cigarros............................... 6-18 Easy select 4WD Part Time*...................... 5-21
Cinta de tração*.......................................... 9-42
Acessórios.................................................. 1-10 Embreagem
Cintos de segurança.................................... 3-8
Airbag – Sistema de segurança Curso livre do pedal da embreagem*... 9-17
suplementar (SRS)*................................ 3-15 Inspeção dos cintos de segurança....... 3-15
Fluido da embreagem*........................... 9-9
Amaciamento do motor................................ 5-3 Sistema limitador de força e pré-
Emissões.................................................... 1-24
tensionador do cinto de segurança*.... 3-11
Antena*....................................................... 6-17 Engate*....................................................... 1-13
Cinzeiro*..................................................... 6-18
Apoio para cabeça....................................... 3-7 Espelho de cortesia.................................... 6-17
Combustível
Ar-condicionado automático*....................... 6-8 Espelho retrovisor interno............................ 5-7
Abastecimento de combustível............. 1-26
Dicas importantes para o Espelhos retrovisores externos com
funcionamento do ar‑condicionado... 6-13 Combustível recomendado................... 1-25
controle elétrico*....................................... 5-7
Ar-condicionado manual*............................. 6-4 Reservatório de gasolina para partida
Estacionamento............................................ 5-5
a frio (veículos Flex – etanol e/ou
gasolina sem chumbo)...................... 1-27 Etiqueta de identificação do veículo........... 1-21
B Condução do veículo em condições Etiquetas destrutíveis (VIS)........................ 1-22
Bancos......................................................... 3-2 adversas................................................... 8-2 Extintor de incêndio...................................... 8-9
Ajuste do banco...................................... 3-3 Cuidados com o veículo............................... 7-2
Banco dianteiro....................................... 3-3 Cuidados com um veículo com tração F
Banco traseiro......................................... 3-5 nas 4 rodas............................................. 5-29 Faróis e lanternas....................................... 4-13
Capas protetoras dos bancos em Cuidados na revisão..................................... 9-2 Faróis.................................................... 9-30
Neoprene®*......................................... 3-6 Interruptor da luz de neblina traseira.... 4-17
Bateria........................................................ 9-10 D Interruptor do farol de neblina
Bedliner*..................................................... 1-11 Desembaçador do vidro traseiro*............... 4-19 dianteiro*........................................... 4-16
Buzina........................................................ 4-20 Desempenho.............................................. 10-4 Lanternas.............................................. 9-32
Diferencial de deslizamento limitado*........ 5-31 Nivelamento automático dos faróis....... 4-15
C Dimensões................................................. 10-3 Ferramentas............................................... 8-10
Caixas laterais na caçamba*...................... 9-42 Direção e álcool.......................................... 1-20
Calotas....................................................... 8-16 Direção econômica....................................... 5-2
Capacidades.............................................. 10-9 Direção hidráulica....................................... 5-36
Capô............................................................. 9-3 Fluido.................................................... 9-10
Catalisador................................................... 9-2 DRL – Luzes de rodagem diurna*.............. 4-14

11-2
Freios......................................................... 5-31 Ligações dos fusíveis................................. 9-22 P
Curso da alavanca do freio de Limpador e lavador do para-brisa.............. 4-17
Para-sóis.................................................... 6-17
estacionamento................................. 9-18 Líquido do lavador.................................. 9-8
Partida........................................................ 5-11
Curso livre do pedal do freio................. 9-17 Substituição da palheta do limpador
Partida de emergência............................ 8-4
Fluido de freio......................................... 9-9 do para-brisa..................................... 9-18
Peças Genuínas......................................... 1-18
Freio de estacionamento........................ 5-4 Limpeza externa do veículo......................... 7-4
Pesos......................................................... 10-4
Sistema de assistência à frenagem*.... 5-33 Limpeza interna do veículo.......................... 7-2
Piloto automático*...................................... 5-36
Sistema de freio antiblocante (ABS)*... 5-33 Líquido de arrefecimento.............................. 9-6
Plaqueta de identificação do veículo.......... 1-22
Funcionamento em condições adversas.... 8-24 Luzes de advertência..........................4-9, 4-15
Pneus......................................................... 9-13
Fusíveis...................................................... 9-22 Luzes indicadoras........................................ 4-8
Corrente para pneus............................. 9-16
Luzes internas............................................ 6-20
Pneus para neve................................... 9-16
G Luz de leitura........................................ 6-21
Pressão dos pneus............................... 9-13
Gancho de conveniência............................ 6-27 Rodízio dos pneus................................ 9-15
Gravação nos vidros.................................. 1-23 M Troca de pneu....................................... 8-16
Macaco......................................................... 8-9 Pneus e rodas............................................ 10-7
H Para levantar o veículo com o macaco... 8-11 Porta-copo*................................................ 6-25
Manutenção geral....................................... 9-21 Porta-garrafa*............................................. 6-26
Hodômetro.................................................... 4-3
Motor.......................................................... 10-5 Porta-luvas................................................. 6-22
Motor superaquecido.................................... 8-7 Porta-objetos*............................................. 6-22
I
Portas........................................................... 2-4
Ignição.......................................................... 5-9
N Segurança para crianças nas portas
Indicadores de direção............................... 4-15 traseiras.............................................. 2-7
Nível de ruído............................................. 1-24
Inspeção e manutenção após uso do Travamento central das portas*.............. 2-5
veículo em condições severas............... 5-29 No inverno e na neve................................. 9-21
Prancha de desencalhe*.............................. 8-4
Instrumentos................................................. 4-2
O
Q
L Óleo do motor............................................... 9-5
Instruções de segurança para o Quando deixar o país com o veículo.......... 1-20
Lâmpadas – Substituição........................... 9-28
manuseio de óleo do motor.............. 1-19
Lavador do farol......................................... 4-19
Outras especificações................................ 10-8

11-3
R S Transmissão automática
Fluido da transmissão automática*......... 9-8
Rack de teto*.............................................. 1-18 Sangria do sistema de combustível
(somente veículos a Diesel)..................... 8-8 Transmissão automática Sports Mode
Rádio AM/FM com sintonia eletrônica com
4A/T, 5A/T*............................................. 5-15
tocador de CD* Segurança para crianças........................... 3-12
Transmissão e transferência...................... 10-6
Interruptores de controle remoto no Segurança para mulheres grávidas........... 3-11
volante de direção*........................... 6-15 Transmissão manual*................................. 5-13
Se o veículo deixar de funcionar.................. 8-2
Reboque..................................................... 8-20 Transporte de carga................................... 1-11
Sistema de áudio
Condução com o reboque – Triângulo de segurança................................ 8-9
Sistema de áudio com DVD e GPS*..... 6-14
cuidados e dicas............................... 1-14 Sistema de câmera de ré*.......................... 5-41
Engate de reboque*.............................. 1-12 Sistema de sensor de ré............................ 5-41 V
Tomada do reboque*............................ 1-12 Sistema elétrico.......................................... 10-6 Velocímetro.................................................. 4-2
Reboque de trailers.................................... 1-16 Snorkel*........................................................ 8-3 Ventilação..................................................... 6-2
Remoção da água do filtro Soquete para acessórios............................ 6-19 Vidros
de combustível (somente
Vidros com comando manual*.............. 2-13
veículos a Diesel com injeção direta)....... 8-8
Roda sobressalente................................... 8-14
T Vidros elétricos*............................................ 2-8
Volante de direção
Tacômetro..................................................... 4-3
Ajuste da altura*..................................... 5-6
Tampa traseira............................................ 2-14
Trava de direção................................... 5-10
Técnicas para uma direção segura............ 1-19
Tomada USB e entrada AUX*.................... 6-14
Tração nas quatro rodas
Operação correta da tração nas
quatro rodas...................................... 5-26

11-4
HPE Automotores do Brasil Ltda.
Impresso no Brasil / Printed in Brazil
08/2016
CWPA0973

Não é permitida a impressão, reprodução ou tradução deste Manual, total ou parcialmente, sem a autorização por escrito da HPE
Automotores do Brasil Ltda. Todos os direitos reservados, nos termos da lei.
A HPE Automotores do Brasil Ltda., importadora e fabricante dos veículos Mitsubishi, reafirma seu
compromisso de respeito ao meio ambiente. Para preservar os recursos naturais, a HPE transforma os
resíduos industriais gerados em sua fábrica em matéria-prima reutilizável, o que permite a impressão total
deste manual em papel reciclado. O respeito ao meio ambiente em sua fábrica de Catalão, em Goiás, fez a
HPE Automotores do Brasil Ltda. receber o “1º Prêmio de Gestão Ambiental do Estado de Goiás”*.
* Prêmio atribuído no ano de 2004 à MMC Automotores do Brasil Ltda., antiga denominação da HPE Automotores do Brasil Ltda.

MANUAL DO PROPRIETÁRIO
SAC 0800 702 0404
sac@hpeautos.com.br

www.mitsubishimotors.com.br

Похожие интересы