Вы находитесь на странице: 1из 5

06/05/2017

INTRODUÇÃO
DESASTRES AMBIENTAIS • Aumento da degradação do ambiente

• Impacto ambiental pela ação humana e de origem


natural
IMPACTOS NA SAÚDE PÚBLICA
• Destaque na história: Bomba de Hiroshima e Nagasaki e
o rompimento da barragem de Mariana

CLASSIFICAÇÃO DE DESASTRES
CONCEITO NATURAIS
• Os Desastres Ambientais são acidentes de danos CLIMATOLÓGICOS GEOFÍSICOS
incalculáveis e de difícil restituição, podem ser
resultados de eventos adversos que causam grandes • Estiagens • Deslizamentos de terra
• Ondas de frio intenso • Soterramentos por dunas
impactos na sociedade, sendo distinguidos em função
• Nevadas e avalanches • Terremotos, abalos sísmicos
da origem: naturais, antropogênicos e mistos. • Incêndios florestais • Atividades vulcânicas
• Granizos, geadas • Maremotos e tsunamis

CLASSIFICAÇÃO DE DESASTRES
NATURAIS
BIOLÓGICOS HIDROLÓGICOS

• Epidemias • Enchentes DESASTRES


• Pragas/infestações de animais
• Ataques de animais
• Inundações
• Alagamentos
ANTROPOGÊNICOS

1
06/05/2017

As principais ações associadas são: Consequências:


• Danos na água, solo, ar e na biodiversidade
• Avanço desenfreado da ciência, tecnologia
e economia • Problemas de contaminação, poluição

• Uso e consumo irresponsáveis dos recursos • Extinção de espécies

naturais • Ambientes radioativos

• Produção crescente de resíduos • Destruição da camada de ozônio

• Aumento de veículos automobilísticos • Mudanças climáticas

Resultam da intensificação de fenômenos


naturais devido a atividades humanas.

Exemplos:

• Chuva Ácida

DESASTRES MISTOS • Efeito Estufa

• Inversões térmicas

OS PRINCIPAIS DESASTRES MUNDIAIS

• Explosão de Chernobyl, 1986

• Vazamento de Petróleo no Alaska, 1989

OS PRINCIPAIS DESASTRES • Furacão Katrina, 2005

MUNDIAIS • Terremoto no Haiti, 2010

2
06/05/2017

BOMBAS DE
HIROSHIMA
E NAGAZAKI
• Data: Agosto de 1945


Causa: Ação antrópica
Descrição: A cidade de Hiroshima
CONTEXTUALIZAÇÃO NO
BRASIL
foi atingida pelo ‘’Little boy’’, nome
dado a bomba, enquanto
Nagasaki foi atingida três dias
depois pela bomba ‘’Fat man’’.
• Efeitos rápidos da radiação :
diarreia, vômitos, queda de pelos,
hemorragia, inflamação de
garganta e boca e febre. As
mortes começaram a ocorrer após
uma semana do desastre.
• Efeitos tardios: modificação do
DNA, como o câncer e outras
doenças.

LOCALIZAÇÃO DESTAQUES
• Vazamento de óleo na Baía de Guanabara, 2000
O Brasil não está localizado em áreas de risco
• Vazamento de óleo em Araucária, 2000
sísmico, porém sofre de outros desastres • Inundações em Santa Catarina, 2008
• Inundações em Pernambuco e a Alagoas, 2010
ambientais: alagamentos e inundações,
• Ciclone de Catarina, 2004
estiagem e seca, granizo e vendaval, ciclone, • Seca de 2011 a 2013

entre outros.

MAPAS DE OCORRÊNCIAS DOS POLÍTICAS PÚBLICAS


DESASTRES
• Não alcança igualmente toda a
população
• Importância da criação de políticas
públicas
• Estratégia da OPS/OMS (Organização
1- Geofísico/ Geológico 2- Meteorológicos 3- Climatológicos 4- Hidrológicos
Pan-americana da Saúde)

3
06/05/2017

OS PRINCIPAIS DESASTRES NACIONAIS

• Incêndio na Vila Socó, 1984

• Incêndio em Ultracargo, 2015

OS PRINCIPAIS DESASTRES • Césio 137, 1987

NACIONAIS • Vazamento de Óleo na Baía de


Guanabara e em Araucária, 2000

• Chuvas na região serrana do Rio, 2011

ROMPIMENTO
DA
BARRAGEM
EM MARIANA
• Data: 5 de novembro de 2015
• Causa: Ação antrópica
• Descrição: O evento deu origem a mais de
70 milhões de metros cúbicos de lama após

IMPACTOS NA SAÚDE PÚBLICA


o rompimento da barragem de Fundão,
atingindo o Distrito de Bento Rodrigues,
Paracatu e mais outros 30 municípios litoral
capixaba
• Efeitos ambientais: Destruição total de um
ecossistema, 11 toneladas de peixes
mortos, a mata ciliar foi arrancada pela
força dos rejeitos e ali se depositou todo o
material carregado, destruiu vilarejos, área
de reprodução de espécies marinha foi
afetada, entre outros
• Efeitos sociais e na saúde: a falta de água
e alimento pode causar problemas de
desidratação e desnutrição, o lama tóxica
se espalhou para outros lugares na costa
brasileira afetando a fauna e flora
aquática, que eram meio de vida para
pescadores, surtos de febre amarela,
dengue.

IMPACTOS NA SAÚDE PÚBLICA:

• Redução dos padrões de bem estar social


• Mortes, traumas e lesões
• Danificação da estrutura de atendimento básico IMPORTÂNCIA DO
• Comprometimento de equipamentos e estoques de
remédios ENFERMEIRO
• Proliferação de doenças
• Danos psicossociais E da equipe multiprofissional

4
06/05/2017

CONCLUSÃO
• Atuação em diferentes áreas • Processo de transformação do ambiente, fenômenos naturais

• Atendimento aos familiares e evolução do planeta

• Planejamento do suporte sobre as vítimas • Investimento na previsão de desastres

• Políticas públicas
• Prestação de serviços em situações de urgência e
emergência • Influência e inter-relação entre homem e ambiente

• Trabalho voluntário • Educação

Sua escolha, nosso futuro. Seja


consciente! REFERÊNCIAS
• EMICO, OKUNO. As bombas atômicas podem dizimar a humanidade - Hiroshima e Nagasaki, há 70 anos. Estud. av ., São Paulo , v . 29, n. 84, p. 209-
218, ago. 2015 . Disponív el em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142015000200209&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 28
abr. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142015000200014.

• PASSOS, Flora Lopes; COELHO, Polyana; DIAS, Adelaide. (Des)territórios da mineração: planejamento territorial a partir do rompimento em Mariana,
MG. Cad. Metrop., São Paulo , v . 19, n. 38, p. 269-297, abr. 2017 . Disponív el em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-
99962017000100269&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 29 abr. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/2236-9996.2017-3811.

• PORTO, Marcelo Firpo de Souza. The tragedy of mining and dev elopment in Brazil: public health challenges. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro , v .
32, n. 2, e00211015, 2016 . Disponív el em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016000200302&lng=pt&nrm=iso>.
acessos em 29 abr. 2017. Epub 11-Mar-2016. http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00211015.

• FREITAS, Carlos Machado de et al. Desastres naturais e saúde: uma análise da situação do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v . 19, n. 9, p.3645-
3656, set. 2014. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014199.00732014. Disponív el em:
<http://www.scielo.br/pdf/csc/v 19n9/1413-8123-csc-19-09-3645.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2017.

• LONDE, Luciana de Resende et al. Water-related disasters in Brazil: perspectiv es and recommendations. Ambient. soc. [online]. 2014, v ol.17, n.4,
pp.133-152. ISSN 1809-4422. http://dx.doi.org/10.1590/1809-4422ASOC1082V1742014. Disponív el em:
<http://www.scielo.br/pdf/asoc/v 17n4/a08v 17n4.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2017.

• FENNER, Andre. Mudança Climática e Saúde: Um Perfil do Brasi. Brasilia: OPAS, 2009. (Série Saúde Ambiental 3). Organização Pan-Americana da
Saúde. Disponív el em: <http://bv sms.saude.gov .br/bvs/publicacoes/mudanca_climatica_saude.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2017.

REFERÊNCIAS
• FREITAS, Carlos Machado de; Miranda, Elaine Silva; OSORIO-DE-CASTRO, Claudia Garcia Serpa. A redução dos riscos de desastres
naturais como desafio para a saúde coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, [s.I.], v. 19, n. 9, p.3628-3628, set. 2014. FapUNIFESP (SciELO).
http://dc.doi.org/10.1590/1413-81232014198.08262014.
• GUIMARÃES, Cid. Administração sanitária das emergências nas catástrofes naturais. Revista de Saúde Pública, [s.I.], v. 18, n. 6, p.516-58,
dez. 1984. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0034-89101984000600011.
• TEIXEIRA, Virgínia Mascarenhas Nascimento; MARQUES, Rita de Cássia. Enfermeiros e saúde pública em Belo Horizonte: combatendo
doenças e educando para a saúde (1897-1933). Educ. rev., Curitiba , n. 54, p. 37-54, Dec. 2014
• SULAIMAN, SAMIA NASCIMENTO; ALEDO, ANTONIO. Desastres naturais: convivência com o risco. Estud. av., São Paulo , v. 30, n. 88, p.
11-23, Dec. 2016 .
• MINERVINO, Aline Costa; DUARTE, Elisabeth Carmen. Danos materiais causados à Saúde Pública e à sociedade decorrentes de
inundações e enxurradas no Brasil, 2010-2014: dados originados dos sistemas de informação global e nacional. Ciênc. saúde
coletiva, Rio de Janeiro , v. 21, n. 3, p. 685-694, Mar. 2016 . TEIXEIRA, Virgínia Mascarenhas Nascimento; MARQUES, Rita de Cássia.
Enfermeiros e saúde pública em Belo Horizonte: combatendo doenças e educando para a saúde (1897-1933). Educ. rev., Curitiba , n.
54, p. 37-54, Dec. 2014
• LUNA, EJA., and SILVA JR., JB. Doenças transmissíveis, endemias, epidemias e pandemias. In FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. A saúde no
Brasil em 2030 - prospecção estratégica do sistema de saúde brasileiro: população e perfil sanitário [online]. Rio de Janeiro:
Fiocruz/Ipea/Ministério da Saúde/Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, 2013. Vol. 2. pp. 123-176.