Вы находитесь на странице: 1из 1

Carta de Intenção

Ao Laboratório de Psicanálise da Universidade Federal do Ceará, eu, Rafael Soares Cavalcante, venho por meio dessa carta, declarar meu interesse em preencher a vaga na seleção para os Projetos de Extensão Laboratório de Psicanálise e Cine Freud, Cultura e Arte. Justifico meu interesse na vaga pelo desejo de aprofundar e sistematizar, por via das possibilidades oferecidas pelo laboratório no tripé de ensino-pesquisa- extensão, meus pessoais - e insuficientes - estudos da teoria psicanalítica feitos nos últimos semestres. Desde o início da graduação, a identificação com a Psicanálise se sobrepôs aos outros campos que tive contato, no entanto, me permiti conhecer e dedicar meu empenho acadêmico sobre outras áreas de estudo e outros teóricos ao longo de um ano e meio, mas meu interesse sempre retornava à teoria psicanalítica. Assim, procurei participar de palestras oferecidas após os filmes no Cine Freud, turnos da Jornada de Psicanálise oferecida pelo laboratório, estudo pessoal de textos psicanalíticos, pré- psicanalíticos, dicionários de psicanálise e textos de comentadores, aliando sempre as possibilidades da academia e da teoria com a análise pessoal, essa priorizada semanalmente nos últimos oito meses e ponto decisivo na intenção de me candidatar como bolsista. Quanto as possíveis contribuições que posso fazer ao laboratório, no que tange o eixo de ensino, declaro como relevante minha experiência como bolsista do Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis da UFC, durante todo o ano de 2018. Nessa, obtive contato prático e teórico - ao facilitar uma célula de estudos - com uma metodologia de estudo não-hierarquizada com foco na responsabilidade individual de cada um no desenvolvimento do grupo como um todo. Quanto ao eixo de extensão, grandiosamente representado pelo Cine Freud, deixo claro minha motivação e interesse em participar do planejamento semestral dos filmes, organização dos cronogramas, execução e divulgação dos encontros e palestras semanais. Por fim, deixo como sugestão de nova atividade a possiblidade do laboratório oferecer, no eixo de extensão, conferências e palestras ofertadas por psicanalistas que façam uma análise de obras literárias à luz da teoria psicanalítica. Sugestão essa que alia meus dois maiores (e pessoais) desejos de estudo e aprofundamento na graduação: Psicanálise e Literatura.

Rafael Soares Cavalcante.

Fortaleza,

de

de

ASSINATURA DO CANDIDATO