Вы находитесь на странице: 1из 34

Programas de Calçadas no Brasil

JOSÉ RENATO SOIBELMANN MELHEM


Arquiteto e Urbanista

São Paulo, 14 de março de 2019


Programas de calçada em São Paulo

São Paulo, 14 de março de 2019


Decreto 45.904 – Divisão da calçada em faixas

Objetivos do Programa Passeio Livre (2005)

Implementar a calçada como instrumento de urbanização


e resgate da sociabilidade urbana.

Estruturar o poder público na fiscalização, manutenção e


construção dos passeios.

 Conscientizar o meio profissional da importância de usar


novas técnicas de construção de calçadas de forma a
atender questões de ambientais e de acessibilidade.

A acessibilidade é um beneficio para todos os cidadãos.

São Paulo, 14 de março de 2019


Divisão da calçada em faixas

A calçada possui três funções principais:

1. Suporte para a infraestrutura e o


mobiliário urbano.
2. Circulação de pessoas.
3. Área de convivência democrática.

São Paulo, 14 de março de 2019


Divisão da calçada em faixas

Como é organizada a calçada

Faixa de Serviço Faixa Livre Faixa de Acesso


Largura mínima de 0,70 Largura mínima de 1,20 Sem largura mínima

São Paulo, 14 de março de 2019


Divisão da calçada em faixas

1ª Faixa de serviço
Área destinada a colocação de árvores,
rampas de acesso e mobiliário urbano
como poste de iluminação e sinalização
de trânsito entre outros.
2ª Faixa Livre
É destinada a circulação de pedestres, portanto deve atender
aos parâmetros do desenho universal.
3ª Faixa de acesso aos lotes
Área em frente ao lote onde pode estar vegetação, propaganda
móvel e mesas de bar, desde que não impeçam o acesso aos
imóveis.

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa das frentes de trabalho -“calceteiros”

 Recrutamento de pessoas albergadas e em


situação de exclusão social pela Secretaria da
Assistência e Desenvolvimento Social para
curso de Calceteiro.

 Convênio com a Secretária do Trabalho para


pagamento dos Calceteiros pelo programa das
Frentes de Trabalho e convênio com o SENAI e
ABCP para ministrar curso profissionalizante
para as equipes de Calceteiros.

São Paulo, 14 de março de 2019


Execução de obra piloto na rua Cardeal Arcoverde

Antes e depois da obra


No total foram treinados 450 pessoas,
sendo 16 na Rua Cardeal Arcoverde

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre / Calçada Nova – PEC Rotas Estratégicas

Conceito do Plano Emergencial de Calçadas


Elaboração de um planejamento
feito com cada Prefeitura
Regional onde são identificados e
geolocalizados os principais pólos
geradores de tráfego de pedestre.
A partir deles, são definidas as
melhores vias para intervenção
em cada distrito, considerando as
características urbanas da região
e o fluxo de pedestres da cidade.

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre / Calçada Nova – Rotas Estratégicas

 As rotas do PEC fazem a ligação da infraestrutura com os


sistemas de mobilidade:

1. Trem de superfície ou subterrâneo


2. Ônibus simples e articulados
3. Veiculo particular
4. Veiculo de carga
5. Bicicleta
 Recupera os centros dos bairros - alguns originalmente
eram cidades que foram sendo conurbadas à capital.
 Resgata o espaço público e incentiva o caminhar;

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre / Calçada Nova – Rotas Estratégicas

 Foram executadas, entre junho de 2005 e


dezembro de 2009, 500 km de calçadas
padronizadas prioritariamente em rotas estratégicas
e no entorno de próprios municipais;

 Totalizando 600 obras realizadas em todas a


Subprefeituras da cidade.

 Entre 2009 até 2016 foram executados


aproximadamente mais 500km

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre / Calçada Nova – Rotas Estratégicas

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre / Calçada Nova – Rotas Estratégicas

Rota estratégica em Pinheiros

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros

Rua dos Pinheiros

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros

Avenida Pedroso de Moraes

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros

Avenida Paulista

Antes e depois da reforma

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros

Avenida Paulista

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros - Ruas Comerciais

Rua Teodoro Sampaio

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros - Ruas Comerciais

Rua Oscar Freire

Antes e depois da reforma (que incluiu o aterramento da fiação aérea)

São Paulo, 14 de março de 2019


Obras na rota da Subprefeitura de Pinheiros - Ruas Comerciais

Rua Augusta - antes e depois da reforma

São Paulo, 14 de março de 2019


Passeio Livre - Calçadas ampliadas / Traffic Calming

Rua Avanhandava

São Paulo, 14 de março de 2019


Calçada Nova - Calçadas ampliadas

Rua Joel Carlos Borges

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Programa Calçada Segura de São José dos Campos

Treinamentos formando a
mão de obra
Prédios Públicos com
calçadas acessíveis

Grupo focado em áreas de


desenvolvimento da cidade e
implantação de calçadasPosto de
atendimento e venda de calçadas

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Jundiaí

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Ribeirão Preto

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Piracicaba

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Sorocaba

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP

Campinas

Revista de lojistas informa a revitalização de todo o centro com parceiros,


lançada em reunião da AGEMCAMP – Agência de prefeituras da região.

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros municípios de SP
Programa ‘Calçadas Para Todos’ de Santos

Princípios do ‘Calçada para Todos’: permanentes ou temporários;


Acessibilidade – Garantia de mobilidade para todos os usuários, Área de serviço - Será reservado 1/3 do passeio para instalação do
principalmente idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade mobiliário urbano, vegetação e a outras interferências existentes no
reduzida; passeio;
Segurança – Barreiras decorrentes de instalação de equipamentos de Normas técnicas – As calçadas deverão incorporar princípios da NBR
infraestrutura, vegetação, sinalização e tráfego de veículos serão 9050, norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT);
minimizadas; Multas – Executar obras ou serviços nos passeios, com risco à
Faixa livre – Área que ocupará 2/3 da calçada, destinada segurança, vão acarretar multas de R$ 500,00 a R$ 2 mil.
exclusivamente à livre circulação de pedestres, sem obstáculos

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros estados

Guia de calçadas da Bahia

Guia de calçadas do Ceará

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros estados

Guia de calçadas de Goiás

Guia de calçadas de Minas Gerais

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros estados

Rio de Janeiro

Japeri - Mangaratiba - Nilópolis - Nova Iguaçu - Paracambi - Seropédica

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros estados

Guia de calçadas de Porto Alegre - RS

Guia de calçadas de Blumenau - SC

São Paulo, 14 de março de 2019


Programa Passeio Livre em outros estados

Guia de calçadas de Florianópolis

São Paulo, 14 de março de 2019