Вы находитесь на странице: 1из 5

Cursos de Educação e

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Formação de Adultos –


GOVERNO REGIONAL EFA
SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO Portaria n.º 74/2011, de
ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PADRE MANUEL ÁLVARES 30 de junho
N.º do Código do Estabelecimento de Ensino 3107 / 201
2018-2019
EFA S T 2

Área de Competências-chave: Cidadania e Profissionalidade

Núcleo Gerador: 1

Trabalho autónomo

INTRODUCÃO: Neste trabalho irei falar sobre o que é a exploração laboral


, trabalho infantil , em que países é mais comum acontecer esta prática,
o que podemos fazer para a combater .

O que é exploração laboral – A exploração laboral é quando um indivíduo


aceita trabalhar para outro , no qual o empresário faz um acordo com o
trabalhador , e não cumpre com o que prometeu fazendo-o trabalhar
horas a mais , não dá descanso ao trabalhador ou não paga ao
trabalhador o merecido salário.

1
Existem vários países que praticam exploração laboral , em Portugal é
muito comum acontecer esta prática. Segundo o Diário de Notícias
"Portugal tem vindo a explorar muitas pessoas , os patrões recusam-se a
pagar as horas a mais e não fornecem aos trabalhadores condições de
saneamento básico . Esta prática só pode ser terminada após a chegada
das inspeções laborais".
“O relatório, da autoria da Agência Europeia para os Direitos Fundamentais
(FRA), resulta de entrevistas feitas a 237 trabalhadores migrantes adultos, entre
133 homens e 104 mulheres, que afirmaram terem sido vítimas de exploração
laboral entre 2013 e 2017, sendo que 175 eram oriundos de 40 países terceiros,
enquanto os restantes 62 vinham de países membros da União Europeia.”

Onde a exploração laboral acontece ?

A exploração laboral é muito comum acontecer nos países pobres, mas


também é muito comum acontecer nas empresas multinacionais que
criam uma estrutura organizacional onde os trabalhadores são
explorados, muitos não têm idade mínima legal para trabalhar. Estes
trabalhadores laboram em condições péssimas e salários miseráveis.

Muitos destes trabalhadores são de países pobres. Sítios como a China


onde crianças menores de idade trabalham forçadamente em fábricas
para ajudar a sustentar as suas famílias.

SEGUNDO ESTA FONTE https://pplware.sapo.pt/informacao/mas-


condicoes-de-trabalho-na-china-financiadas-pela-apple/

Empresas como a Apple usam fábricas localizadas na China para se


aproveitarem do baixo custo de mão de obra. Muitos destes
trabalhadores são menores de idade foram forçados a trabalhar durante
6 dias por semana, durante 12 horas sem ter direito a descanso e hora de
refeição ganhando apenas 318 dólares por mês que equivale a 10,5 horas
por dia .

A Apple tem vindo a lucrar muito com trabalho ilegal pois o IPHONE6 está
a ser vendido por 700 euros.
2
Como pudemos ver anteriormente outro dos problemas mais comuns é a
exploração infantil.

O que é a exploração infantil?

A exploração infantil é toda a forma de trabalho exercido por crianças,


adolescentes, que não têm a idade mínima legal de trabalhar. Esta prática
acontece mais nos países que não são desenvolvidos como África, Angola,
Nigéria, China, etc.

O trabalho infantil traz muitas consequências para a saúde das crianças


devido ao levantamento de cargas pesadas.

Outra das consequências é o analfabetismo, pois estas crianças são


muitas vezes retiradas da escola para trabalhar e não têm a oportunidade
de continuar os estudos.

3
O trabalho infantil também deixa marcas psicológicas, pois muitas destas
crianças sofrem violência física ou psicológica o que faz com que fiquem
mais vulneráveis a terem doenças mentais.

O facto de as famílias obrigarem os seus filhos a trabalhar, revela que não


percebem que assim vão continuar o ciclo da pobreza pois sem a
escolaridade estas criança muito dificilmente vao poder ter uma vida
melhor na idade adulta.

Como podemos combater a exploração laboral?

Podemos combater a exploração laboral denunciando às autoridades e


pedir que se faça uma fiscalização surpresa no local de trabalho.

Os consumidores podem escolher protestar contra as condições dos


trabalhadores e deixar de consumir os produtos fabricados.

Aumentar a segurança nas fronteiras para evitar a entrada e saída de


pessoas que estejam sujeitas a trabalhos forçados.

Conclusão:

Eu escolhi este trabalho porque achei que este tema é muito importante
e que infelizmente a exploração laboral não só está a ser praticado em
portugueses como também está a ser praticado em imigrantes que vêm
trabalhar para o nosso país.

Acredito que todos nós podemos fazer a diferença se perdermos o medo


e denunciarmos às autoridades.

4
Fontes de pesquisa:

https://conceitos.com/exploracao-laboral/

Diario de noticias https://www.dn.pt/pais/interior/agencia-europeia-


denuncia-varios-casos-de-exploracao-laboral-em-portugal-9803074.html

https://pplware.sapo.pt/informacao/mas-condicoes-de-trabalho-na-
china-financiadas-pela-apple/

https://www.chinadialogue.net/article/show/single/en/8826-Dying-for-
an-iPhone-the-lives-of-Chinese-workers

https://www.esquerda.net/artigo/exploração-laboral-é-primeira-causa-
do-tráfico-humano/26177

https://www.chegadetrabalhoinfantil.org.br/trabalho-
infantil/consequencias/

Data: 25 11 2018

Formanda:Sónia Silva