Вы находитесь на странице: 1из 37

Anna Tantra

Alimentação Sagrada
“Das coisas materiais o alimento é o principal.
É o remédio para todas as doenças.
E todas as coisas provém do alimento”
(Tai Hriya Upanishad)

A alimentação saudável é essencialmente vegetariana e naturalista. Isso ocorre porque, para o


tântrico, o corpo é um espaço sagrado, um templo divino, uma espécie de “casa” emprestada pelo
Eterno para a moradia do Espírito. Assim, o bom ou o mau uso dessa “casa” contribui para a nossa
evolução ou involução.
A nossa finalidade não é “ensinar’ qual a melhor maneira de se alimentar. Mesmo porque não
julgamos correto “impor’ este ou aquele método de comportamento para ninguém. No entanto,
faremos algumas sugestões que, com certeza, poderão ajudar você a ter mais saúde e a prosseguir
com sucesso no seu caminho evolutivo.
Vários povos saudáveis do Oriente, que abraçam a vida meditativa e se embrenham pelas
montanhas a fim de meditarem, optam por uma alimentação frugívora, ou seja, pela exclusiva
ingestão de frutas. Essa escolha se dá porque eles obedecem irrestritamente ao preceito de “não
matar”. Assim, como nós não matamos as frutas ao ingerí-las (elas se tornam parte viva de nós e até
podemos plantar suas sementes para que elas se reproduzam) estamos sendo totalmente
antiagressivos ao agir assim. Desse modo, com os frugivorismo, os povos primitivos adotavam um
comportamento alimentar modelo, do qual devemos esforçar-nos ao máximo para nos aproximar.
No mundo em que vivemos, somos constantes vítimas da ansiedade, do desgaste emocional, da
poluição em todos os níveis e do consumo excessivo de bebidas alcoólicas, comidas enlatadas e
outras drogas, como o cigarro e o café. Todos estes, terríveis para nossos chakras (centros
energéticos do corpo). Além disso, ingerimos medicamentos alopáticos e usamos certos produtos
químicos em nossa higiene pessoal que podem até ter efeitos corrosivos. Doenças e mortes
prematuras são, muitas vezes, resultados desse estilo de vida degenerado e dessa alimentação
catastrófica que o homem moderno transformou em uma coisa “normal”.
Ao tornar-se vegetariano, o homem adquire um hábito muito mais saudável e correto de
alimentação. Além disso, caso tenha filhos, estará transmitindo uma noção de saúde muito mais
sólida: crianças cujos pais são naturalistas possuem muito mais vigor físico e mental do que os
descendentes de pais carnívoros, drogados e alcoólatras.
Tudo que usamos como alimento passa a fazer parte do nosso organismo - dos ossos, do sangue,
dos tecidos, da essência mais sutil de nosso metabolismo bioquímico. A alimentação tem ação direta
sobre o nosso humor, temperamento e impulsos. É por esse motivo que devemos nos preocupar com
os alimentos que ingerimos diariamente: eles determinam a qualidade de nossa vida como um todo e
da nossa saúde em particular, pois o sangue tem origem na comida.
Os alimentos proporcionam a carga energética necessária ao funcionamento do organismo. Essa
energia é extraída sob a forma de proteínas, vitaminas, açúcares, gorduras e sais minerais.
Isso não significa, porém, que seja necessário comermos doces para aproveitar os açúcares, ou
carnes por causa das proteínas. Nos vegetais e mais especificamente nas frutas, podemos encontrar
tudo aquilo de que precisamos para permanecer vivos, saudáveis e em plena atividade física e
mental. E são tantos os benefícios proporcionados por uma alimentação vegetariana e mais natural
que seria impossível enumerá-los nessa apostila. Nas páginas seguintes, porém, estudaremos alguns
desses efeitos e assim será possível compreendê-los melhor. Pense e pratique: sinta os efeitos de uma
vida mais saudável !
Alimentação:
O Suporte da Vida
“O homem é o que ele pensa ser”
Buda
Para o Hinduísmo e Budismo, nós somos aquilo que comemos e nosso corpo é o templo que
Deus nos deu. Por isso, esse corpo deve ser muito bem cuidado e estar sempre equilibrado. E para
que a hora da refeição, se transforme num verdadeiro ritual condizente com a vida de um autêntico
praticante do Tantra, podemos seguir algumas sugestões simples, de efeitos tão sutis e eficazes que
não tardarão a ser percebidos:

1. Ouça uma música suave enquanto estiver se alimentando. Isso potencializará ainda mais o
valor nutritivo dos alimentos e favorecerá o processo digestivo.

2. Mantenha flores vivas no ambiente onde estiver se alimentando. A presença de flores sempre
produz efeitos benéficos no organismo.

3. Prefira fazer suas refeições num local iluminado pela luz solar. Seu corpo o agradecerá.

4. Água fresca e de preferência mineral em quantidade que ultrapasse 2 litros diários é o ideal
para revigorar, tonificar e nectarizar o corpo. A água é o néctar dos Deuses e assim se você mora
numa cidade grande vale a pena gastar (dinheiro) em água pura. A água da chuva é purificante e os
banhos de chuva altamente benéficos. Evite água durante as refeições à noite, antes de dormir ou
água excessivamente fria. Para problemas energéticos um bom banho resolve e quanto a digestão,
nada como um copo de água morna.

5. Tenha o costume de sempre que se alimentar de alimentos vivos como frutas ou alimentos
crus; coloque-os debaixo da língua onde existe um chakra chamado Jiva-chakra. Apesar desse
chakra não ser conhecido em livros populares é indiscutivelmente um dos mais importantes.

A medicina alopática conhece esse chakra, com outro nome é claro, quando orienta os pacientes
cardíacos a colocarem remédios debaixo da língua; os homeopatas também orientam seus pacientes
a terem o mesmo procedimento. Comenta-se que os viciados em drogas como heroína também a
colocam debaixo da língua e tudo isso porque nessa região sub-lingual há uma absorção “mágica”
do que quer que seja. Nós usamos a energia viva das frutas passando-as no Jiva-chakra e quanto
mais você assim o fizer, mais o ativará, até o ponto de a energia vital de uma laranja, por exemplo,
ajuda-lo num resfriado. Outra dica que a ancestralidade nos ensina é evitar jogar sementes de frutas
no lixo e sim colocá-las na terra, pois assim você não estará contribuindo para que a vida termine
em você. Mesmo que ao se alimentar você esteja num apartamento ou local onde não existe muita
terra, coloque uma semente, ao menos, num vaso com terra. Isso será uma solução, por exemplo, no
caso de saborear um delicioso mamão e não saber o que fazer com tantas sementes.
Agora que você sabe tudo isso sua responsabilidade aumenta perante a Ecologia. Lembre-se que
lá em cima (e talvez, também lá em baixo) há olhos que vêem, ouvidos que ouvem e um livro onde
tudo é registrado.
Em todas as culturas e tradições espiritualistas e religiosas sérias, tanto do Ocidente como do
Oriente, está presente o conceito de respeito ao alimento. São comuns, entre quase todos os povos,
as oferendas de iguarias aos Deuses e aos antepassados. No Pai - Nosso cristão, a expressão “o pão
nosso de cada dia” mostra bem essa relação entre a necessidade de alimentar o corpo e o espírito. O
alimento é uma dádiva, o maná que a terra nos dá.
Existe um provérbio judaico que diz: “Aquele que come sem dar graças, come um alimento
roubado”. No Sufismo, há outra célebre frase: “Se a pessoa come com raiva, o alimento vira
veneno”. No Tantra, também existem frases que nos lembram a necessidade de assumir uma atitude
de respeito, perante os alimentos que iremos ingerir:
“A pessoa que pratica o Tantra sem moderar a
dieta é vítima de várias doenças. O tântrico deve
comer arroz, cevada, feijão, castanha, frutas
e outras coisas saudáveis. Comidas puras, doces
e refrescantes devem ser ingeridas em quantidade
correspondente à metade do estômago. Isto é
chamado de moderação em dieta.”
(Gheranda Upanishad)

Linhas Alimentares
Temos ainda uma outra classificação que é das linhas alimentares. São oito no total:

1a. Linha - CARNIVORISMO


Consumo exclusivo de carnes. Esse modelo alimentar pode se subdividir numa outra classe, o
“carnicerimento”, praticado por abutres e hienas, por exemplo.

2a. Linha - ONIVORISMO


Nesse caso, o indivíduo se alimenta de componentes de todos os grupos: carnes, vegetais, ovos.
Esse grupo inclui também os antropófagos. Tanto nesse grupo como no acima pode-se alimentar
com comida de cachorro, bichos mortos, cadáveres e animais putrefatos.

3a. Linha - MACROBIÓTICA


Compreende todos os tipos de vegetais (sobretudo cereais) e carne branca, como peixes e aves.
Mas é necessário um cuidado especial com a alimentação macrobiótica, pois existem inúmeras
controvérsias acerca de sua validade e eficácia. Além do que o Tantra é de linha oposta nos hábitos
alimentares por utilizar muitas frutas. Pratique e avalie quais são os efeitos dela sobre você.

Obs: Existe ainda outra classe de alimentação muito próxima da macrobiótica, que é o
pexetariano ou seja aquele que come peixe e frango. Essa opção é cavalarmente preferível que o
comer “carne vermelha, mas o hindu tradicional diz que quem diz que é vegetariano e se alimenta
de frango e peixe é na verdade hipocritariano.”

4a. Linha - OVO-LACTO-VEGETARIANISMO


Elimina todas as carnes, mas aceita o consumo de outros derivados animais como o leite (e
derivados), os ovos, vegetais, produtos industrializados, açúcar branco, farinhas brancas, etc. É a
modalidade mais “light” do vegetarianismo.

5a. Linha - LACTO-VEGETARIANISMO


Tem os mesmos princípios do grupo anterior, mas não inclui ovos.

6a. Linha - VEGETARIANISMO


Só se alimenta de vegetais, que podem ser cereais, verduras, legumes, frutas e, em alguns casos,
até flores. Não existe o consumo de carne, leite ou ovo de espécie alguma. (Quem se utilizar desse
sistema alimentar, ou dos dois próximos, deve desconsiderar as classificações de Tamas, Rajas,
Satvas, Vata, Pitta e Kapha).
7a. Linha - NATURISMO
Consumo exclusivo de alimentos crus e sem tempero, ou seja, em sua forma natural. Nenhum
produto de origem animal é consumido, nem mesmo ovos, leite e seus derivados.

8a. Linha - FRUGIVORISMO


É a linha ideal para o praticante de Tantra (embora conforme já afirmamos anteriormente, não
tenhamos a menor pretensão de impor um modelo a ser seguido), pois só se consome frutas, ou seja,
alimentos vivos dotados de uma energia mais sutil e que podem, pelo plantio da semente,
permanecer em seu ciclo reprodutivo, ou seja se baseiam no princípio de que as frutas são uma
dádiva da natureza e constituem o mais perfeito tipo de alimento para o homem. O livro “Medicina
Nutricional”, de Mário Sanches, fornece excelentes explicações acerca dessa corrente alimentar.

Além dessas “Linhas” ou “Escolas”, existem muitas outras. Entre elas estão:

CRUDIVORISMO - Consomem alimentos absolutamente crus, pois acreditam que o


verdadeiro alimento é aquele que se apresenta conforme a natureza oferece.

CEREALISMO- É o indivíduo que só come cereais integrais pequenos.

Os Sabores
Para os chineses, sabor é aquilo que guarda um movimento dentro de uma forma. O sabor é uma
espécie de código do alimento. Assim, saborear ganha sentido de explorar, conhecer e saber o sabor,
entregar-se completamente à fruição do paladar.
Efeitos mais comuns dos sabores:

PICANTES (metal)
Ativam a circulação de energia e fazem suar.

DOCES (terra)
Acalmam sensações agudas de desconforto e neutralizam os efeitos tóxicos de carnes e peixes.

ÁCIDOS (madeira)
Podem obstruir os movimentos e assim conter diarréias e suores excessivos; aqui se inclui o
sabor adstringente - por exemplo da goiaba.

SALGADOS ( água)
Amaciam a rigidez de músculos e glândulas.

AMARGOS (fogo)
Reduzem o calor do corpo, drenam fluidos corporais e provocam eliminações intestinais.

Equilíbrio Alimentar
Uma pessoa equilibrada em relação às suas forças Yin e Yang apresenta:
Harmonia de formas Bom humor
Músculos saudáveis, bem irrigados Faz planos de futuro
Pele hidratada Dorme bem e acorda
Faces coradas bem disposto
Olhos vivos Tem bom apetite
Respiração tranqüila Tem urina clara
Tem evacuações diárias
Está em harmonia
Teste
Você é mais Yin ou mais Yang?
Marque com um X ao lado de cada característica que identificar em você, some as colunas e
veja a sua predominância energética atual.

Qualidades Yang Qualidades Yin

Temperatura corporal quente Temperatura corporal fria


Sensação de calor Sensação de frio
Face avermelhada Face pálida ou amarelada
Gordura andróide (loc. no tronco) Gordura ginecóide(Lic. glúteos-coxas)
Abdome estufado Abdome caído
Paladar aguçado Olfato aguçado
Voz alta e forte Voz baixa
Músculos fortes Músculos fracos
Ossatura Larga Ossatura estreita
Respiração ofegante, ruidosa Respiração suave, lenta
Sexualidade ativa Diminuição da libido
Come muito de uma vez só Belisca pouco, o dia todo.
Atração por salgados Atração por doce
Dorme pouco Dorme muito
Expansivo/extrovertido Contido/Introvertido
Atitudes ativas Atitudes passivas
Gosta de competição física Gosta de meditar, alongar
Imediatista, lógico Pode aguardar até amanhã
Alterna simpatia e raiva Contido nas expressões
Tendência à irritação Tendências à compressão
Contestador Engole muitos sapos
Língua com saburra amarela Língua com saburra branca
Pulso amplo, forte Pulso profundo, fraco.

TOTAL: TOTAL:

Os Alimentos do Yin
Lista A
Carboidratos leves (5% a 10%), Natureza fresca ou fria
Sabores: Ácido, amargo e doce.
Podem ser comidos à vontade, uma vez que tem baixo valor calórico. O individuo YIN que quer
emagrecer deve prepará-los refogados ou semicozidos, misturados à erva e condimentos de sabores
fortes (salsa, cebolinha, cebola, alho, gengibre). O cozimento com esses temperos modificam a
natureza fresca destas verduras, deixando-as mornas.

Lista B.
Carboidratos pesados (+ de 18%), Naturezas Neutras.
Sabores: Ácido, Amargo e Doce
Escolher um só alimento desta lista e combinar com até três outros da lista A. Os alimentos
desta lista combinam bem com frutas e verduras.

Lista C
Proteínas Animais, Natureza frescas e mornas.
Sabores: Ácido, Salgado e Doce.
As proteínas animais, aqui indicadas, podem ser comidas à vontade, exceto os ovos (até quatro
por semana), acompanhados pelos alimentos da lista A que também são à vontade. Podem ser feitos
em forma de churrasco, assados, grelhados ou cozidos com todos os temperos de sabor forte. Evitar a
parte da gordura da carne e pele das aves e peixes.

Frutas - Naturezas Frescas, Neutras e Mornas.Sabor Ácido, Amargo e Doce


Evitar frutas frias (Melão e Melancia). Devem ser indicadas podem ser comidas nos intervalos
ou após uma refeição sem carne.
Lista A Lista B Lista C Frutas
Aipo Chicória Aipim Camarão Cereja
Algas Marinhas Pimentão Arroz Carne de Boi Damasco
Aspargos Cebola Batata Peixe Figo
Brócolis Alho Ervilha Frango Maçã
Couve Taioba Cará Peru Nectarina
Couve-Flor Aipo Inhame Carneiro Pêssego
Espinafre Abóbora Milho Ovos Cozidos Mamão
Quiabo Cenoura Lentilha Omeletes
Vagem Chuchu Feijão
Repolho Nabo

Os Alimentos do Yang
Lista A
carboidratos leves (5% a 10%), Natureza fresca ou fria
Sabores: Ácido, Amargo e Doce
Podem ser comidos à vontade, uma vez que tem baixo valor calórico. O individuo Yang deve
preparar os produtos com limão, vinagre, molho de soja, algumas gotas de azeite, folhas de hortelã e
pouco sal.

Lista B.
carboidratos pesados (+ de 18%), Naturezas Neutras.
Sabores: Ácido, Amargo e Doce
Escolher um só alimento desta lista e combinar com até três outros da lista A. Os alimentos desta
lista combinam bem com frutas e verduras.

Lista C
Proteínas Animais, Natureza frescas e mornas.
Sabores: Ácido, Salgado e Doce.
As proteínas animais, aqui indicadas, podem ser comidas à vontade, exceto os ovos (até quatro por
semana), acompanhados pelos alimentos da lista A que também são à vontade. Evitar a parte da
gordura da carne e pele das aves e peixes.

Frutas - Naturezas Frescas, Neutras e Mornas.Sabores Ácidos, Amargos e Doces


Devem estar presentes no café da manhã.
Nos intervalos, caso tenha fome, tome um suco ou coma uma das frutas abaixo.
Lista A Lista B Lista C Frutas
Abobrinha Escarola Aipim Pato Abacaxi
Alfafa Espinafre Arroz Peixe Magro Melancia
Agrião Jiló Batata Coelho Melão
Alface Maxixe Ervilha Frango Maçã
Algas Marinhas Palmito Cará Porco Laranja
Berinjela Repolho Inhame Siri Manga
Brócolis Tomate Milho Ovos Moles Mamão
Brotos Abóbora Soja Ostras, Mariscos Morango
Chicória Cenoura
Couve Beterraba
As Estações
Estações Reduzir Normal Reforçar Reforçar Normal
Primavera ácido amargo doce picante salgado
Verão amargo doce picante salgado ácido
Final do doce picante salgado ácido amargo
Verão
Outono picante salgado ácido amargo doce
Inverno salgado ácido amargo doce picante

A Alquimia da Culinária
Como já vimos, os alimentos “repassam” para o nosso organismo sua característica Yin ou Yang.
Já que o alimento ideal é o mais balanceado em termos de cargas energéticas, muitas vezes é preciso
modificar a característica de um alimento, tornando, por exemplo, um produto muito Yin em menos
Yin (ou mais Yang).
Segundo a técnica macrobiótica, para “yanguizar” um alimento deve-se aplicar durante seu
preparo agentes Yang, como fogo, o sal, a pressão e o tempo (conservas). Para “yinizar”um
alimento, lança-se mão de fatores como a hidratação, a adocicação, o congelamento e a acidificação.

OBS: Os produtos de origem animal são classificados dentro de um grande grupo Yang e os
produtos de origem vegetal dentro de um vasto grupo Yin.

Yin/ Yang

Cereais Arroz
Integrais Integral
Leguminosas Lentilha,
ervilha seca
Legumes Nabo
redondo
Frutas e maçã,
frutos melancia,
secos azeitona
Tabela de Classificação Geral Yin / Yang dos alimentos
YIN

Cereais Integrais Aveia, Milho


Leguminosas Grão-de-bico, feijão mulatinho,
vagem, feijão-preto, feijão branco,
ervilha-torta
Legumes Abóbora comum, abobrinha,
aspargo, pimenta, alcachofra,
pepino, tomate, pimentão,
berinjela
Verduras Dente-de-leão, Agrião, Alho-poró,
Rúcula, Salsa, Chicória, escarola,
couve, aipo, couve chinesa, couve-
flor, espinafre
Tubérculos Batata-doce, Batata-Inglesa
Raízes Mandioquinha, Aipim
Frutas e frutos secos
Castanha-do-Pará, Castanha de
cajú, cereja, morango,avelã,
amêndoa, noz, Lima-da-Pérsia,
Pêssego, amendoim, Pêra, figo,
Tâmara, jaca, manga, coco,
Grapefruit, Banana-ouro, banana-
prata, laranja-ácida, laranja doce,
banana-nanica, banana-da-terra,
abacaxi
Lacticínios Requeijão, coalhada, leite-de-vaca,
Iogurte, manteiga sem sal, queijo
fresco, creme de leite, creme
chantilly
Animais de Carne vermelha
Coelho, pato,egalinha, porco
aves
Frutos do mar e de Mexilhão,
água doce polvo, lula, ostras
Bebidas Água de fonte, cerveja, vinho,
café, refrigerantes, sucos
artificiais
Diversos vinagre, mel de abelha, melado,
açúcar branco.
Yang

Cereais Integrais Trigo mourisco (sarraceno),


trigo comum, centeio, cevada
Leguminosas Gergelim, feijão Azuki,
Linhaça
Legumes Alho, abóbora japonesa
(hokaido), Nabo comprido,
cebola, abóbora moranga,
cenoura, rabanete
Tubérculos Gengibre, Inhame
Raízes Bardana, lótus
Frutas e frutos Pinhão, Damasco
secos
Lacticínios Queijos de Cabra, Curado,
Camembert , Roquefort,
Gorgonzola, Gouda, leite de
cabra
Animais de Carne Carne de vaca, de búfalo,
vermelha e aves vísceras de vaca, ovos, vísceras
de aves, rã
Frutos do mar e Ovas de Esturjão (caviar),
de água doce bacalhau salgado, Iriko (peixe
japonês), arenque, atum,
lagosta, camarão, carpa, truta,
salmão, sardinha, enguia
Bebidas Chà Mú
Diversos Sal marinho

Vantagens de se tornar Vegetariano, Naturista ou Frugivorista:


1) Saúde perfeita, graças à não ingestão de alimentos que se decompõem no organismo (carnes);
2) Normalização das funções gastrointestinais;
3) Normalização das funções do órgão reprodutivo;
4) Diminuição significativa do risco de vir a ter filhos com problemas de saúde física e mental;
5) Melhor funcionamento das funções mentais: seu organismo despende menos energia em
processos de digestão, favorecendo assim outras atividades;
6) Recuperação do sistema nervoso e emocional;
7) Economia financeira: alimentos vegetais, em geral, rendem mais e custam menos que as carnes e
alimentos industrializados;
8) Colaboração com a própria sociedade: se o vegetarianismo fosse aderido pelo mundo, as áreas
que hoje servem à criação de gado seriam empregadas para a agricultura, produzindo mais
alimentos, a um custo menor, e portanto atendendo a uma parcela maior da população. Você já
pensou no quanto que isso contribuiria para a minoração dos problemas sociais? Não esqueçamos
que milhões de pessoas morrem hoje por total falta de alimento.
9) Respeito à vida animal: não é justo que um ser vivo seja assassinado pelo homem apenas para
satisfazer seus caprichos gastronômicos;
10) Adoção de uma postura ecológica: as áreas verdes seriam ampliadas e o desmatamento, que hoje
se dá para atender à necessidade dos criadores de gado, seria cada vez menos praticado.
11) A respeito do aspecto energético é realmente preferível ser vegetariano, devido ao equilíbrio
dos chakras que é gerado por essa alimentação.
Dicas:
- Não cozinhe demais os alimentos. Quando puder, ingira-os crus: isso evitará inúmeras
disfunções digestivas;
- Alimentos de origem animal não fazem bem a ninguém. Em excesso, mesmo o leite, os ovos e
derivados, ocasionam problemas devido ao acúmulo de bactérias no organismo;
- As carnes, além de apodrecerem no nosso estômago e nos intestinos (e aqui você imagina
quantas doenças elas podem gerar), também causam problemas emocionais, como agressividade e
falta de autocontrole;
- Açúcares (principalmente o refinado), café, cacau, bebidas alcoólicas, fumo e drogas em geral
são difíceis de serem eliminados; acumulam-se no organismo, fermentam e causam inúmeros
distúrbios. Portanto, o melhor é evitá-los;
- Coma apenas quando sentir fome: seu paladar se tomará mais apurado e, além disso, a gula não
é uma qualidade apreciada, chegando a ser apontada como pecado dentro de algumas tradições;
- Alimentos muito quentes ou muito gelados além de não serem bem digeridos, causam
problemas nos dentes;
- Seu organismo produz apenas um tipo de enzima por vez. Assim, quando você come e bebe ao
mesmo tempo, sua digestão pode ser comprometida. Evite líquidos nas refeições;
- Tenha uma atitude mental positiva ao preparar os alimentos.
- O mel é um excelente alimento. No entanto, é muito quente e de origem animal, pelo menos em
sua fabricação. Consuma-o sem exageros e prefira o Mel de Jataí, que é considerado como o mais
adequado ao homem;
- Ao sentar-se para comer, saboreie os alimentos de maneira prazerosa, sem pressa. Isso tornará
sua refeição mais agradável e os nutrientes serão melhor aproveitados pelo organismo;
- Panelas de ferro, ágata ou pedra não soltam resíduos. Prefira-as em lugar das de alumínio;
- Adote o hábito de agradecer o alimento e a natureza com um puja (oferenda de energia): una as
mãos como numa prece e pronuncie o mantra (som) OM. Esse gesto de humildade e fé trará uma
energia muito boa para a sua mesa e para toda a sua vida. O hábito de agradecer a comida é
antiquíssimo e representa uma verdadeira alquimia sobre o alimento.
- Não mude bruscamente sua alimentação e não se preocupe com o peso. O que importa é sentir-
se bem, a adequação do peso vem com o tempo.
- Mastigar sempre prolongadamente os alimentos.
- Não ingerir líquidos durante as refeições.
- Evitar deitar-se após as refeições.
- Consumir sucos e frutas logo após o seu preparo.
- Durante as refeições, procurar manter o silêncio e a concentração.
- Comer apenas quando estiver com fome
- Alimentar-se apenas de produtos agradáveis
- Não fazer refeições pesadas à noite
- Evitar alimentos preparados há muito tempo
- Evitar ingerir alimentos entre as refeições

Os Principais Alimentos Macrobióticos


Com a difusão da macrobiótica pelo Ocidente, muitos alimentos usados pelos povos antigos
foram reintegrados à nossa cultura. Conheça os mais importantes, muitos deles provenientes da
culinária tradicional japonesa.

Abóbora-moranga
Menor que a abóbora comum, a moranga tem sua energia mais concentrada. Deve ser comida
com casca, assim como a maioria dos legumes da alimentação orgânica.
Açúcar mascavo
É o açúcar natural, que não passa pelo processo industrial de refinamento. Marrom claro ou
escuro tem o aspecto de rapadura moída. Juntamente com o melado, é a melhor opção para
substituir o açúcar branco, tratado quimicamente.

Algas marinhas
Por assimilar da água do mar grande quantidade de minerais (como iodo, cloreto de sódio, cobre,
ferro e zinco), as algas marinhas possuem várias propriedades alimentícias e medicinais. São
indicadas principalmente para a obesidade provocada pela retenção de líquidos, no tratamento da
anemia e na recuperação de pacientes portadores de leucemia. Podem ser ingeridas cruas, cozidas
ou fritas, adicionadas a pães, bolos, tortas, cereais cozidos, em forma de pasta ou no chá tradicional.

Ameixa salgada (Umeboshi)


Uma conserva muito usada no Japão, de onde é importada. As ameixas são acondicionadas num
barril de madeira, com sal marinho natural, por 3 anos ou mais.

Arroz integral
Base da alimentação macrobiótica, este cereal promove a renovação do organismo e fornece
diversos tipos de proteínas e vitaminas, entre outros elementos. Existem vários tipos nas casas de
produtos naturais, mas o que se aconselha é o de grão mais arredondado, com característica mais
Yang que os outros, portanto dotado de maior quantidade de energia.

Aveia
A aveia usada na alimentação integral é semelhante à que se encontra nos supermercados, mas
nela os adubos químicos e inseticidas não estão presentes.

Ban-chá
Usado como digestivo após as refeições, este chá suaviza as partes irritadas do aparelho digestivo
e proporciona leveza para os organismos inflamados. Deve ser tomado sem açúcar ou outro aditivo,
como todos os chás macrobióticos. A quantidade ideal no preparo é 1 colher de sopa da erva
levemente torrada para 1 litro de água. Meio copo após as refeições é o suficiente.

Bardana
Esta raiz é muito utilizada pelos macrobióticos como alimento e como remédio. Não é preciso
descascá-la para cozinhar. Seu chá, feito com 300 gramas de folha para 1 litro de água, é bastante
indicado no tratamento das cólicas hepáticas, enfermidades cardíacas, furúnculos, bronquite,
cálculo renal, cálculo biliar e afecções da bexiga, além de funcionar como antídoto para o
envenenamento por mercúrio metálico e combater os efeitos de agentes poluentes, como o dióxido
de enxofre e o monóxido de carbono. O cataplasma da raiz é útil nas contusões, no reumatismo,
artrite, herpes e queda dos cabelos.

Cevada
Com cevada natural preparam-se muitos pratos saborosos, que são ensinados em qualquer livro
de receitas macrobióticas. A cevada torrada, por sua vez, é um ótimo substituto para o café comum.

Chá de arroz integral


É preparado com arroz integral torrado e folhas torradas de ban-chá.
Útil para recuperar as forças perdidas nos exercícios físicos e mentais, é nutritivo e combate a
stafa. Para 1 litro de água, usa-se 3 colheres de sopa do chá. Deve-se tomar meio copo após as
refeições principais.

Dentie
Trata-se de um dentifrício natural feito à base de berinjela torrada e sal marinho.

Fécula de Araruta
Extraída da araruta pura, serve para dar consistência a pudins, gelatinas, mingaus e cremes.
Misturada com shoyu (molho de soja), é um grande remédio contra gripe e infeções da garganta.
Feijão Azuki
Estes grãos pequenos e vermelhos, têm um grau de fermentação bem inferior ao dos outros
feijões. É rico em energia, e devido às suas qualidades diuréticas é muito indicado para os
diabéticos. O modo de preparar é igual ao de qualquer feijão. Com os grãos torrados, prepara-se um
chá excelente, próprio para a maioria das doenças metabólicas, além do diabetes. Esse chá é
depurativo do sangue, elimina o excesso de ácido úrico e tonifica os rins. Também funciona como
calmante. Para fazer o chá bastam 2 colheres de sopa de grãos crus, que devem ser torrados numa
panela. Acrescentar 1 litro de água e ferver, até que a água adquira uma cor escura. Tomar meio
copo após as refeições principais.

Feijão de Soja
Constitui um dos alimentos mais ricos em proteínas. Meio quilo de grãos equivale a 1 quilo de
carne, 30 ovos ou 6 litros de leite. Sua proteína é a única que combina 10 aminoácidos essenciais,
portanto é capaz de estimular o crescimento e a energia no mesmo nível que a proteína animal. A
soja também é rica em cálcio, ferro e lecitina. O óleo de soja é de fácil digestão, contendo vitaminas
A, B, B2, C, D, E e R. No entanto, por ser um alimento extremamente Yin, a soja deve ser
consumida com moderação. Essa restrição não cabe aos subprodutos, como o leite, o queijo, o óleo
e o shoyu, pois nesses casos as toxinas são eliminadas durante o preparo.

Gengibre
O óleo extraído do rizoma constitui um ótimo remédio para problemas respiratórios, como
catarro, rouquidão, asma e bronquite, devendo ser esfregado no peito. O gengibre pode ser usado
também como chá. Corta-se um tubérculo pequeno em fatias e coloca-se para ferver durante 10
minutos em meio litro de água. A quantidade a ser tomada varia de acordo com o gosto ou a
necessidade individual. Tem um valor excepcional na atonia estomacal, cólicas, infecções,
inflamações, acne, furúnculos e vômitos.

Gersal
Um condimento feito de sementes de gergelim torradas e moídas com sal marinho. Combate a
acidez do estômago e a acidose metabólica, além de desacidificar o sangue. Muito usado à mesa
para temperar o arroz integral.

Ginseng
Esta raiz medicinal nativa da Manchúria (China) e da Coréia, que nasce uma vez a cada 7 anos,
é um poderoso estimulante, aumentando a resistência física e a capacidade mental. Constitui
também uma ótima proteção contra a poluição, o raio X e as radiações atômicas, sendo considerado
um rejuvenescedor de todo o sistema orgânico, particularmente das glândulas.

Leite de Cereais
Esse leite é uma mistura de sete cereais bem moídos, facilmente solúvel em água. Pode ser
usado por adultos e crianças, puro ou no preparo de outros alimentos.

Missô
Molho feito à base de soja amassada, que se mistura a cereais como o trigo, o arroz e cevada,
fermentada junto com sal marinho. Como todos os alimentos orgânicos, o missô também é anti-
tóxico. Costuma-se utilizá-lo para temperar sopas, cereais e carnes, substituindo o vinagre e a massa
de tomate.

Molho de Soja (shoyu)


Feito à base de soja salgada e fermentada por 6 meses, muito usado como condimento alimentar.
Contém vários tipos de aminoácidos e vitaminas.

Nabo Branco Comprido


É um dos remédios mais usados para combater deficiências visuais como a miopia, o
astigmatismo, etc. A macrobiótica recomenda comer 100 gramas diárias do nabo ralado, cru. Com
as folhas dele pode-se preparar um banho de assento, muito indicado no combate às infecções
genitais, principalmente femininas. É especialmente útil na recuperação pós-parto.
Óleo de Gergelim
Trata-se de um excelente remédio no combate da gripe e do resfriado, bastando tomar 1 colher de
sopa pela manhã, em jejum, e outra antes de dormir. Esse óleo também é usado no preparo de um
colírio para as inflamações e as irritações da vista.

Sal Marinho
É o sal natural, que não passa pelos processos industriais. Pode ser encontrado sob a forma de
cristais grossos ou finos.

Tahine
Preparado com sementes de gergelim moídas e prensadas é um ótimo substituto para a manteiga
comum. Excelente fonte de proteínas vegetais e um remédio eficaz para a anemia.

Trigo Integral
Com ele são feitos pães, bolos, tortas, biscoitos e macarrão. Possui grande qualidade terapêutica,
pois fortifica a flora intestinal e auxilia no funcionamento dos intestinos.

Trigo Mourisco (ou Sarraceno)


É um grão pequeno, esbranquiçado, macio ao mastigar, com o qual podem ser preparados todos
os pratos que usam outros tipos de trigo ou farinha de trigo. Dentre todos os cereais, conforme
aponta a tabela de classificação Yin/ Yang dos alimentos, é o mais Yang.

Alimentos que curam


Além de fornecer energia e nutrientes para o organismo, vários alimentos têm Propriedades
Terapêuticas valiosas e devem ser incluídos nas dietas.

Abacate - Facilita a digestão e o seu consumo constante e prolongado combate o reumatismo e o


ácido úrico. A monodieta do abacate por 2 a 3 dias é útil no combate aos cálculos da vesícula biliar
e às úlceras gastroduodenais. É também eficiente nos tratamentos de caspa, queda de cabelo,
reumatismos, artrites e gota. Exerce influência benéfica nos casos de diarréia, dispepsia e doenças
estomacais e renais. Facilita a digestão, é vermífugo e combate o catarro. Combate processos
infecciosos como afecções da pele, do estômago, do fígado, da garganta, dos rins e da uretra, e em
problemas como estomatite, bronquite e amenorréia. Alivia, ainda, dores de cabeça, gases
intestinais, nevralgias e diabetes. O simbolismo verde nos dá energia da vida.

Abacaxi - Tem ação depurativa e diurética. Usado fora das refeições diminui o excesso de acidez
no estômago. A monodieta semanal de abacaxi é de grande utilidade no combate a qualquer tipo de
pedra nos rins, contra o catarro nos brônquios e contra a obesidade (quando existe muita retenção de
líquidos). Entre suas inúmeras aplicações terapêuticas, o abacaxi se destaca pela sua eficiência no
combate ao artritismo, à arteriosclerose, à icterícia, ao reumatismo e às enfermidades das vias
urinárias, sobretudo na eliminação dos cálculos renais e vesiculares. Também é utilizado contra
prisão de ventre, afecções, brônquios, inflamação dos tubos digestivos e elimina afecções do fígado,
da próstata e da garganta. Seu uso é aconselhável, ainda, em casos de cólicas menstruais e
melancolia. É um excelente anti-séptico e depurativo do sangue. Uma das melhores frutas para
prática de monodietas.

Abóbora - Atua controlando o nível de glicose no diabetes, colesterol e a gordura no sangue.


Ajuda na evacuação e as sementes são eficazes contra a solitária. Aplicada sobre a pele, a abóbora
tem ação emoliente e é útil no tratamento de queimaduras.
Acelga - Crua é útil contra a anemia e combate a asma, o diabetes, a diarréia e o acúmulo de bile
na vesícula biliar. Cozida, serve para a cistite aguda. Em cataplasma quente sobre a pele é
analgésica, anti-inflamatória nos casos de contusões, abscessos e queimaduras agudas (neste caso,
aplicar já fria).

Agrião - Cru tem efeito tônico nos brônquios e pulmões, além de ser útil contra faringite e
processos infecciosos da boca e garganta. Cozido tem ação estomacal tônica e depurativa. O sumo
do agrião é útil contra a anemia, o escorbuto, a tuberculose, a pneumonia e as bronquites em geral,
inclusive a dos fumantes; também é indicado para a febre persistente e a icterícia.

Alcachofra - Estimulante do fígado e dos rins, é depurativa do sangue e combate o reumatismo,


o ácido úrico e a arteriosclerose.

Alface - Tem efeito diurético, calmante e depurativo. Abre o apetite e estimula as funções
digestivas e excretoras.

Alho- Comido como alimento, tem ação depurativa, diurética e digestiva. É um antibiótico
natural (alicina), vermífugo e anti-coagulante. Previne as tromboses, purifica as mucosas e evita a
formação de catarro. Também tem efeito contra o excesso de ácido úrico, o reumatismo, a pressão
alta e a arteriosclerose. Esses efeitos são obtidos com consumo de dois a três dentes de alho
diariamente.

Ameixa Fresca - Comida em abundância, é útil no resfriado, nas afecções dos brônquios e na
asma. É utilizada em tratamentos de reumatismo, artrite, gota, arteriosclerose, nefrite, ácido úrico,
afecções das vias respiratórias, inflamações das vias urinárias e hemorróidas. Também previne
contra acne, raquitismo, tuberculose, distrofia, hipertensão arterial e tumores. Atua como depurativo
do sangue e vermífugo.

Amendoim - Tem ação tônica e afrodisíaca.

Amêndoa- Eficientemente nos tratamentos de anemias, afecções respiratórias, bronquites,


pneumonias, tosses, artrite, cálculos renais, hemorróidas, nefrite, reumatismo, arteriosclerose,
nevralgia, febres gástrica e intestinal e afecções das vias urinárias. É um ótimo diurético e
depurativo do sangue, além de tônico cerebral.

Amora - Ação diurética, laxativa e expectorante. Também é emoliente e adstringente, anti-


séptica, depurativa do sangue, digestiva, vermífuga, diurética e calmante. Ativa o apetite e alivia
tosses, espasmos, problemas de pele, queimaduras, inchaços, afecções das vias urinárias, dores de
ouvido, úlceras e frieiras. Atua eficientemente nos casos de azia, anemia, diarréia, diabete, colite,
asma, hemorróidas, reumatismo, pneumonia e gastrite. É purgante e tônico cerebral.

Arroz integral - Um dos mais importantes alimentos da medicina natural. Tem ação depurativa
dada a presença de albuminas desintoxicantes. Seu uso constante na alimentação torna o organismo
mais purificado e saudável. É útil para as carências vitamínicas do complexo B, dada a sua grande
quantidade de vitamina B1, B2, B6. O caldo do arroz integral cru é útil contra a diarréia.

Aveia- É um alimento tônico devido à presença de manganês e tem ação medicinal contra o
reumatismo, a gota e problemas inflamatórios das vias urinárias.

Azeitona - A azeitona preta tem efeito laxante, e a verde é adstringente, com tendência a prender
os intestinos. Ambas têm leve efeito contra a mucosidade excessiva dos pulmões e brônquios. O
azeite de oliva é laxativo e útil em queimaduras. É eficiente no tratamento de insuficiências
hepáticas, raquitismo, cólicas renais e biliares, angina, colite, dispepsia, alcoolismo, amnésia,
diarréia, asma, gota, tuberculose, reumatismo, asma, dermatose, queimaduras, congestão cerebral,
acne, estomatite, hipertensão arterial, feridas e otite. Combate a febre e é tônica e vermífuga.
Banana - Útil para regular os intestinos nos casos de diarréia. A banana é recomendada para o
tratamento de gota, nefrite, enfermidades renais, hidropisia, obesidade, prisão de ventre crônica,
enfermidades dos sistema nervoso, insônia, enxaqueca, icterícia, anemia, asma, lepra, hemorróidas,
nevralgia, colite, azia e pneumonia. Também alivia afecções do fígado, do estômago e dos
intestinos. Ótima para monodieta. Dentro do tantra, representa o órgão sexual masculino e
conseqüentemente nos dá características do homem, como capacidade de luta, raciocínio lógico,
força física, etc. É a fruta mais indicada para mulheres.

Batata - O cataplasma de batata crua ralada é bom para as picadas de insetos e irritações
cutâneas.

Berinjela - O suco fresco é útil como diurético e desobstruente das vias biliares.

Beterraba - O sumo cru é antianêmico e fortificante. Por ser muito rica em magnésio, é útil em
casos de infecções crônicas. Contém uma substância chamada betaína, que possui ação eficaz
contra tumores. Tem boa aplicação no câncer (sumo puro de beterraba crua quatro a cinco vezes ao
dia).

Brócolis - Indicados contra infecções localizadas; laxativos, emolientes, tônicos e ajudam a


combater a anemia.

Caju - Devido a sua ação adstringente, combate as diarréias crônicas e agudas. É tonificante e
tem ação eficaz no diabetes e em todos os tipos de catarro. É tido também como afrodisíaco.

Caqui - Combate a anemia, falta de vitaminas A e B, obesidade, diabetes e gota. A polpa tem
efeito laxante. É recomendado contra afecções do fígado, do estômago, dos intestinos e das vias
respiratórias. Combate azia, cãibras, anemia e tuberculose. Atua como adstringente. No tantra, é
visto como sagrado, pois simboliza o líquido vaginal da mulher.

Castanha - Alimento energético e nutritivo, a castanha é eficiente no tratamento de problemas


do fígado, anemias, amnésia, gota, coqueluche e afecções das vias respiratórias. É adstringente e seu
uso é recomendável aos lactentes.

Castanha-do-Pará - Deve ser consumida regularmente por pessoas acometidas pela anemia ou
que sofram de amnésia, apoplexia e tuberculose.

Cebola - É considerada um poderoso remédio, cuja ação depurativa permite ao organismo


manter-se forte e saudável. Seu uso constante de preferência crua, na salada combate a anemia,
tosse, doenças catarrais das vias respiratórias problemas do estômago, fígado e rins, além de possuir
ação vermífuga e anti-séptica. Tem a fama de conferir longevidade e força física.

Cereja- Seu uso é aconselhável nos casos de afecções originadas pelo excesso de ácido úrico. É
alcalinizante, remineralizante e depurativa. Combate reumatismo, gota, afecções do fígado e das
vias urinárias, tosse, artrite, anemia, diarréia e arteriosclerose. Tem efeitos calmantes e diuréticos.

Cenoura - Crua é útil no combate a problemas dos olhos, pele, cabelos, ossos, fígado e bexiga.

Coco - A polpa do coco verde ou seco tem ação vermífuga e anti-diarréica. A água do coco verde
é reguladora dos intestinos, vermífuga e é usada para tratar e prevenir a desidratação. É
mineralizante, depurativo do sangue e calmante. Mostra-se eficiente nos casos de artrite,
asma, diarréia, hemorróidas, amnésia, úlcera e afecções das vias respiratórias. Devido a cor branca
do interior, o coco nos transmite paz e serenidade.
Confrei - Tem excelentes efeitos medicinais como chá e como alimento. Em muitos países
orientais é usado habitualmente como salada. Combate a asma, a alergia, icterícia, prisão de ventre,
a úlcera gástrica e duodenal, o excesso de ácido do estômago, a anemia, várias doenças de pele,
desnutrição. A melhor forma de uso é como salada crua.

Couve - O consumo combate a anemia, o escorbuto e o bócio (papeira) devido a seu elevado teor
de ferro, vitamina C e Iodo. Combate as úlceras gástricas e duodenais por sua ação cicatrizante de
contato e, também, as úlceras externas (neste caso aplicando o sumo ou as folhas batidas). Tem
efeito sobre o mau funcionamento da vesícula biliar, cálculos renais e hemorróidas. De preferência
deve-se usar o sumo, ou comê-la crua em salada. O mesmo sumo aplicado nos cabelos, diariamente,
em fricções vigorosas, é útil no combate à queda do cabelo e seborréia.

Damasco - Fortalece os dentes, as unhas e os cabelos. Também é útil na anemia por falta de ferro
e na cirrose do fígado. Atua nos casos de anemia, raquitismo, tosse, resfriados, afecções das vias
respiratórias, reumatismo e distrofia.

Dente-de-Leão - Tem ação semelhante ao Confrei. No Brasil, apenas em algumas regiões e em


certos grupos indígenas é usado como alimento. No entanto, goza de boa fama quanto ao seu uso
medicinal como chá. Tem ação principalmente tônica e é útil no combate à anemia e às fraquezas
em geral.

Ervilha - Bom auxiliar no tratamento do diabetes e nos problemas digestivos ligados ao


pâncreas.

Espinafre - Tem efeito regulador sobre o aparelho digestivo e evita prisão de ventre. Ajuda a
combater a obesidade e é muito útil contra anemia.

Figo- Cozido com leite é um bom remédio para úlceras gástricas, inflamações da boca e da
laringe, tosse e bronquite. É um bom laxante, e comido cru, em jejum, tem ação vermífuga.
Eficiente nos casos de debilidade física e nervosa, problemas de fígado e má digestão. Aplica-se,
ainda, nos casos de cálculos renais e vesiculares. Auxilia no combate a inflamações da uretra,
bronquites, escarlatina, tifo, metrorragia e estomatite. Previne cáries, ajuda a cicatrizar feridas e é
diurético. No simbolismo tântrico representa um coração, sendo assim, atua a nível energético no
amor.

Framboesa- É revitalizante, depurativa, energética e atua eficientemente nos casos de anemia,


raquitismo, tuberculose, falta de memória, desânimo, depressão, asma, bronquite, gripes, resfriados,
gastrite e insônia. Produz efeitos afrodisíacos quando usada, principalmente pela mulher, devido à
sua cor vermelha que representa a energia.

Fruta do Conde- Tem alto teor nutritivo e ajuda no combate à desnutrição e à anemia. Apresenta
efeitos adstringentes, tônicos e purgantes. Ajuda a combater a caspa.

Goiaba- Como alimento, é indicada para tratar úlceras duodenais e as diarréias. Auxilia nos
tratamentos de incontinência urinária, hemorragia uterina, desnutrição, gastroenterite, inchaço nas
extremidades inferiores, cólera e tuberculose. Ajuda a ganhar peso e é um ótimo adstringente.
Devido a grande quantidade de sementes é considerada como um dos frutos com maior potencial de
vida.
Jaca- Combate a asma e atua como adstringente nos processos diarreicos.

Laranja- Sua ação é depurativa. Limpa o organismo e o desintoxica, favorecendo a digestão de


alimentos gordurosos. Muito usada na forma de suco, a laranja combate gengivite, reumatismo,
ácido úrico, gota, diabetes, obesidade, pressão alta, fraqueza orgânica e febre, além de ser
cicatrizante. Estimula o apetite, incentiva a secreção do suco gástrico e ajuda a eliminar a bílis. É
depurativa do sangue e ajuda a combater dores de cabeça, artritismo, asma, anemia, problemas de
origem nervosa, pneumonia, distrofia, piorréia e nevralgias. Auxilia no tratamento de doenças das
vias respiratórias. É diurética e purgante. Devido a sua cor forte(laranja), é usada no tantra como
estimulante físico.

Lentilha- É rica em cálcio e combate a anemia. Recomendada para as gestantes.

Limão- Tem efeito semelhante ao da laranja, porém marcadamente mais acentuado enquanto
depurativo. É um recurso em medicina natural. O uso de certa quantidade diária do sumo puro do
limão em jejum em quantidades crescentes (somando um limão diariamente, até chegar a dez, e
diminuindo depois um por dia) tem ação eficaz no tratamento de doenças graves, nas quais, por falta
de energia, o paciente não tem mais forças para sair do leito. É adstringente, anti-séptico, anti-
inflamatório, sudorífero, e anti-febril. Combate arteriosclerose, diabetes, pressão alta, obesidade,
reumatismo, asma, bronquite, amidalites, renites, febres e inflamações dos olhos. Atua como
antitérmico, anti-escorbútico, diurético, adstringente, vermífugo, tônico e anti-nevrálgico. É
recomendado nos tratamentos de alcoolismo, amidalite, artrite, câncer, acne, difteria, gota, gripe,
icterícia, nefrite, pneumonia, raquitismo, tuberculose, sífilis, tifo, bronquite, estomatite, apoplexia,
amenorréia, enxaqueca, escarlatina, hipertensão arterial, neurite, piorréia e sinusite. No tantra é
considerado o maior remédio dado pela mãe natureza.

Maçã - É um alimento tônico. Ajuda a digestão, combate a anemia e a formação de úlceras do


estômago. Combate a diarréia, principalmente infantil, devido à sua ação adstringente. O sumo da
maçã tem ação anti-febril. É eficiente nos tratamentos de constipação, reumatismo, gota,
anemia, afecções bronquiais, insuficiência hepática, alcoolismo, artrite, asma, diarréia, difteria,
hemorróidas, icterícia, pneumonia, sífilis, tuberculose, arteriosclerose, conjuntivite, coqueluche e
resfriado. Atua nos casos de infeções intestinais e tem efeitos anti-sépticos e adstringentes. A maçã
tem em seu simbolismo, relação com o conhecimento superior em várias tradições, principalmente,
no tantra e cristianismo.

Melancia - Trata-se de um grande diurético quando usado como alimento ou na forma de chá,
feito com a polpa. É útil nos casos de doenças da próstata, gonorréia e sífilis e faz bem para o fígado
e intestinos. Por ser indigesta, deve-se evitar engolir a sobra final da mastigação da polpa. O sumo
coado tem ação mais eficaz. Atua como diurético e ajuda a eliminar o ácido úrico. Seu uso é
recomendado aos reumáticos e nos casos de problemas nas vias urinárias. É útil nos tratamentos de
acidez estomacal, obesidade, hipertensão arterial, bronquites crônicas, afecções das vias
respiratórias,
da boca e da garganta, gonorréia, gota, artrite, alcoolismo e febres intermitentes. Seu simbolismo é o
da gestação, da gravidez da mulher.
Melão - É diurético e ajuda a eliminar o excesso de líquidos orgânicos. Como monodieta de 1 dia
por semana ajuda a regular os hormônios e, portanto, serve como tratamento para desequilíbrios
menstruais, tendência ao aborto e diversos problemas ligados aos distúrbios hormonais.
Possui também ação depurativa e estimulante e é empregado no combate a problemas do fígado,
rins e na eliminação de cálculos renais. Entre outras propriedades terapêuticas, auxilia nos
tratamentos de gota, reumatismo, artritismo, obesidade, prisão de ventre, afecções renais e biliares,
hemorróidas, cistite, colite, tifo, icterícia, nefrite, amenorréia e gastrite. Tem efeitos diuréticos,
mineralizantes, laxantes e calmantes. Assim como o pêssego, o melão representa no tantra o busto
da mulher. Nesse caso, cheio de néctar da vida, o leite materno.

Milho - Tem ação tônica e fortificante.

Mamão - É um poderoso regulador das funções intestinais. A presença da papaína garante a boa
digestão das proteínas e das gorduras. O uso constante combate a arteriosclerose. A monodieta
mensal de 3 dias é útil para tratar e evitar a formação de pedras na vesícula. Deve-se, no entanto,
evitar o mamão papaia, e usar o mamão amarelo ou o mamão Bahia, vermelho e grande. As
sementes de mamão têm ação vermífuga se forem comidas na quantidade de 1 colher (de sopa) por
dia, sem mastigar. Ajuda nos processos digestivos e auxilia nos tratamentos de asma, diabetes,
câncer, difteria, gases, reumatismo, bronquite, tuberculose, gastrite, afecções do fígado, dos
intestinos e das vias respiratórias, amenorréia e úlceras. Auxilia na cicatrização de feridas e atua
como diurético e vermífugo. Representa, no tantra, o coração sexual feminino e a doçura da mulher.
É a melhor fruta para o homem, pois lhe confere a doçura da mulher.

Mandioca - A farinha tem efeito sobre a diarréia e o cataplasma quente aplicado sobre abscessos
ajuda a dissolvê-los. É contra-indicada na prisão de ventre, gases e nos casos de bócio.

Manga - Tem ação diurética e é estimulante da produção de leite. Também é útil contra
bronquites, tosses e catarros. A amêndoa do caroço tem ação vermífuga. Combate o esgotamento
físico e mental, tem efeitos afrodisíacos (sobretudo nos homens) e é eficiente contra problemas
dermatológicos em geral, como enfermidades das unhas, queda de cabelos e afecções cutâneas. É
contra-indicado em casos de má digestão. Seu simbolismo é do mundo energético, devido a cor
amarela do sol.

Maracujá- Auxilia nos tratamentos de insônia, tensão nervosa, palpitações cardíacas e espasmos
gástricos. É eficiente contra problemas de menstruação e menopausa, bem como nos casos de
hemorróidas, dermatite e diarréia. É adstringente, diurético, sudorífico e vermífugo. Abrindo um
maracujá, vemos o sistema nervoso central do homem. Assim, essa mágica fruta no tantra, é
altamente calmante.

Morango - É um bom mineralizante, empregado em casos de convalescenças, doenças


degenerativas, reumatismo, cálculos renais, bronquite, pressão alta, anemia, ácido úrico e colesterol.
É também diurético e vermífugo. Revigorante, revitalizante e digestivo. Atua eficientemente em
casos de artritismo, reumatismo, gota, colite, pedras vesiculares e renais, má digestão, problemas
intestinais e afecções cutâneas. Aumenta a disposição física e a memória.

Nabo Comprido - Muito usado pelos povos orientais, é considerado um alimento que mantém a
saúde e o vigor do corpo, conferindo longevidade. Sua ação medicinal é basicamente diurética,
tônica e mineralizante. É útil no tratamento da obesidade, problemas dos olhos, colesterol,
reumatismo, pressão alta, pressão baixa e anemia. O chá e o banho de assento, feito com as folhas,
são excelentes para os problemas genitais, como corrimentos vaginais, cólicas menstruais,
menstruação irregular, fibromas uterinos, cistos de ovários inflamações na vagina, útero, trompas,
ovários, prostatismos, tumores da próstata, hemorróidas, pólipos, fístulas e a maioria das doenças do
períneo.

Nozes - É um alimento tônico e fortificante, útil no reumatismo e no excesso de ácido úrico.


Pepino - É diurético e tonificante do fígado e dos rins. Fortalece os cabelos, unhas e pele, e
combate a inflamação dos olhos. É um bom estimulante do apetite quando usado antes das refeições.

Pêra - É indicada como alimento para pessoas convalescentes. Possui ação depurativa e
diurética moderada. Atua sobre a pressão arterial e tem efeitos diuréticos. É utilizada nos
tratamentos de inflamação da bexiga, má digestão, prisão de ventre, inapetência, febres intestinais e
litíase urinária. Por sua semelhança com o útero, a pêra para os tântricos é, fruta que gera vida e
fertilidade.

Pêssego - É um bom purificante dos rins e da bexiga. É também estimulante, laxativo e diurético.
Auxilia nos tratamentos de gota, reumatismo, artritismo, obesidade, estresse, colite, tifo e
hipertensão arterial. Desaconselhável para quem sofre de problemas do fígado ou do estômago.
Simboliza os seios da mulher jovem e dá longevidade, suavidade e harmonia a quem dele se
alimenta.

Quiabo - Por ser rico em ferro, é indicado para gestantes. Seu uso é recomendado nas
inflamações intestinais e problemas dos rins e bexiga.

Rabanete - É diurético e ajuda a normalizar as funções dos rins e a digestão, além de purificar o
sangue e eliminar o catarro das vias respiratórias.

Repolho - Empregado nas doenças neurológicas e nevralgias. Muito útil contra as náuseas da
gravidez e a distrofia muscular. O sumo fresco aplicado nos cabelos é bom para eliminar a
seborréia.

Romã - É uma fruta com efeitos adstringentes. Age também como diurético e depurativo, e é
indicada nos casos de diarréia.

Salsa - Devido à grande quantidade de magnésio, é muito eficaz para todos os casos e infecções
e inflamações causadas por bactérias, vírus ou fungos. Também tem ação diurética, depurativa e
tônica. Ajuda a tratar problemas do fígado, disfunções uterinas e impotência. O sumo fresco tem
ação cicatrizante e é famoso seu emprego nas hemorragias nasais.
Tomate - Depurativo e alcalinizador do sangue, o tomate tem efeitos hepáticos, mineralizantes e
tônicos. Auxilia nos processos de eliminação e ajuda a dissolver cálculos renais. Combate anemias e
desnutrição. Devido ao seu vermelho sangue é a fruta indicada para purificação do mesmo.

Uva - A uva comum tem fama de ser diurética e purificante do sangue, ajudando a eliminar o
excesso de toxinas, ácido úrico, colesterol, etc. É um bom alcalinizante do sangue, ajudando a
restabelecer o equilíbrio do PH sangüíneo. Também é útil no combate à acidez estomacal. Tem
efeitos calmantes e ajuda a despertar o apetite.
Atua sobre o aparelho respiratório e tem ação depurativa, diurética, tônica, anti-escorbútica e
reconstituinte. É eficiente nos casos de anemia e beneficia o aparelho digestivo, favorecendo a
mudança da flora intestinal e auxiliando nos casos de perturbações gastro-intestinais. Combate a
dispepsia, a flatulência, a atonia intestinal e as fermentações; eficiente nos casos de artrite,
câncer, hemorróidas, reumatismo, tuberculose, bronquite e cirrose hepática. Fruta mágica para o
homem e mulher no simbolismo do tantra. Representa o sêmen dos Deuses que gera
paranormalidade e desperta a consciência divina e sexual.

Vagem - É um alimento tonificante, usado nas convalescenças e nos estados de fraqueza.

Obs:
1) Quando nos alimentamos de frutas, devemos evitar ao máximo cortá-las com faca, ou colocá-
las em liqüidificador, pois perderiam sua energia de vida.
2) Sempre que mastigá-las, passe por debaixo da língua (região sublingual), onde conforme já
descrito no capítulo de Anna Tantra, existe um centro de energia que absorve todo o poder sutil da
fruta. Experimente e.....Bom Apetite.
Digestão – Resumo de Anatomia
O aparelho digestivo é praticamente um tubo de aproximadamente 8 metros de comprimento. É
composto de:

- Boca e dentes
- Faringe
- Esôfago
- Estômago
- Intestino delgado
- Intestino grosso
- Glândulas salivares
- Pâncreas
- Fígado

BOCA - Começa externamente com o lábio superior e inferior. Os lábios


continuam por dentro da boca, pelas bochechas, que depois dobram-se para
formar as gengivas que cobrem as raízes dos dentes. O teto da boca é coberto
pelos ossos palatinos (palato duro e palato mole). O assoalho da boca é forrado
por uma mucosa na qual prende-se a língua.
A língua é um órgão musculoso no qual ficam as papilas gustativas responsáveis pela sensação
dos quatro tipos de paladar: doce, salgado, amargo e ácido (azedo): o doce é mais sensível na ponta
da língua; o salgado e o ácido, nas bordas ; o amargo, na base da língua. Os dentes são em número
de 20 na primeira dentição (dentes de leite), sendo 10 na arcada superior e 10 na inferior em cada
metade de uma arcada ficam 2 incisivos, 1 canino e 2 molares. Aos 12 anos, mais ou menos, toda a
primeira dentição já está substituída pela segunda dentição ou definitiva, que tem 32 dentes, sendo
16 dentes em cada arcada e portanto 8 dentes em cada meia arcada.
O terceiro molar ou dente do siso (juízo) é o último a surgir e pode mesmo aparecer até na idade
adulta.

GLÂNDULAS SALIVARES-- São de três tipos: Estão logo abaixo da mandíbula, na base da
língua e um pouco à frente dos ouvidos (as parótidas) e são as produtoras de saliva.

DEGLUTIÇÃO E PERISTALTISMO - após engolirmos o alimento mastigado(deglutição)


ele vai para o esôfago, um tubo que funciona praticamente como um condutor até o estômago.
Entretanto, o simples contato de alimento com o esôfago, provoca o aparecimento dos
movimentos que vão prosseguir por todo o aparelho digestivo. Ele faz com que todo o sistema
funcione em forma de ondulações fazendo com que os alimentos sejam carregados aos poucos e de
forma sucessiva.

FARINGE- Tem mais ou menos 15cm e liga a boca ao esôfago. É passagem comum, tanto do ar
inspirado como do alimento deglutido.

ESÔFAGO-- É um tubo membranoso e muscular de aproximadamente 25cm de comprimento


que liga a faringe ao estômago. Ele percorre verticalmente o tórax entre os dois pulmões, atravessa o
diafragma (uma membrana muscular resistente que separa o tórax do abdômen) e logo em seguida
se comunica com o estômago.
ESTÔMAGO: tem a forma de uma bolsa com duas curvaturas: a grande e a pequena curvatura.
Uma abertura superior de comunicação com o esôfago, chamada cárdia, e uma inferior de
continuação com o duodeno, chamada piloro. Sua capacidade total é de 1.000 a 1.500 cc.
as células do estômago produzem o suco gástrico que é formado pelo ácido clorídrico e por três
fermentos ou enzimas: a pepsina, a quimiosina e a lipase. O ácido clorídrico, acidifica o bolo
alimentar e atua como anti-séptico, matando muitas bactérias deglutidas. A pepsina começa fazer a
digestão (demolição) das proteínas. A quimiosina atua na coagulação do leite. A lipase faz a
digestão parcial de algumas gorduras como a da gema do ovo.
Quando todo o bolo alimentar está misturado ao ácido clorídrico uma massa agora chamada
quimo, começa a sofrer o grande processo mecânico do estômago, que se agita bastante, permitindo
uma mistura cada vez mais perfeita dos alimentos com o suco gástrico. Pouco à pouco, o piloro
(uma válvula que separa o estômago do duodeno) vai se abrindo permitindo a passagem dos
alimentos. Hidratos de carbono (açúcares) sofrem digestão mais curta e são os primeiros a sair do
estômago; em seguida pouco menos de duas horas, saem as proteínas; por último saem as gorduras
(um ovo frito, por exemplo, fica mais que 3 horas dentro do estômago).

DUODENO - aqui, continua a digestão que foi iniciada no estômago. O suco intestinal atua,
principalmente sobre os açúcares e sobre a proteína.

FÍGADO - produz a bile que chega ao duodeno pelo canal colédoco e cuja função é atuar na
digestão das gorduras.

PÂNCREAS- produz o suco pancreático que chega ao duodeno pelo canal de Wirsung. Este
suco é formado pela tripsina, amila pancreática e lipase pancreática. Ele termina a digestão das
proteínas e das gorduras, atuando ainda na digestão dos açucares.

INTESTINOS (delgado e grosso) - Os intestinos têm um comprimento total que varia de 6 a 8


metros. O delgado é a primeira porção; tem a forma da letra C e tem 12 cm. No duodeno
desembocam 2 canais: o colédoco (que vem do fígado e vesícula biliar) e o canal de Wirsung (que
vem do pâncreas).
O jejuno e o fleo, moderadamente designados como uma só peça tubular, o jejuno-fleo. Chama-
se assim, porque jejuno significa vazio e ele está quase sempre vazio; e fleo que em grego significa
dar voltas e ele realmente faz muitas voltas sobre si mesmo.
Intestino delgado - o suco intestinal, que ainda existe no jejuno e íleo também participa, em
pequena parte, na digestão de alimentos que passaram pelo duodeno e não estavam totalmente
digeridos.
O intestino grosso começa na região da fossa ilíaca direita (logo acima da virilha direita) com
uma pequena parte chamada caco onde fica uma pequena bolsa chamada “apêndice cocal” ou
simplesmente apêndice. Daí, ele sobe na direção do fígado com o nome de cólon ascendente; depois
vira-se para a esquerda e atravessa horizontalmente o abdômen com o nome de cólon transverso;
depois vira-se para baixo e desce verticalmente com o nome de cólon descendente. Na fossa ilíaca
esquerda, faz um pequeno trajeto em forma da letra S com o nome de sigmóide, depois retifica-se
com o nome de reto até terminar no ânus.

ABSORÇÃO - quando os alimentos estão totalmente digeridos, isto é, reduzidos em minúsculas


partículas, eles atravessam a mucosa da parede do intestino delgado e penetram diretamente no
sangue e por ele (sangue) são levados a todas as partes do organismo; admite-se, que depois de
quatro horas os açúcares já estão absorvidos; as gorduras necessitam de até cinco horas e as
proteínas de seis horas.

FEZES - todo o material que não foi absorvido continua pelo caminho intestinal (intestino
grosso); a água vai sendo absorvida pelo jejuno-íleo e parte do intestino grosso e o material não
aproveitado vai se desidratando pouco a pouco. Nesse trajeto, recebe um pigmento, a estercobilina,
que foi produzido pelo fígado e vai dar cor às fezes.
Dicionário de Recursos Terapêuticos
Um método prático de consulta

Uma das deficiências mais comuns dos livros de Naturopatia é que eles não são práticos.
Normalmente perdem-se na descrição desta ou daquela alternativa de cura, de uma forma genérica,
como se os recursos de que a Naturopatia se serve se constituíssem na panacéia universal. O que,
obviamente, não ocorre.
Mesmo sabendo-se que as frutas, por exemplo, nos oferecem inúmeras alternativas terapêuticas, é
preciso que tenhamos consciência que suas funções de cura limitam-se a algumas afecções; no
mundo inteiro, não há uma só fruta que aplicada, sozinha, provoque a destruição de todos males que
afetam o homem.
Vai daí a necessidade de um método prático de consulta que facilite ao leigo a seleção rápida
das frutas que deverá acrescentar à sua dieta, sob conselho médico. Com esse objetivo acrescentei
aqui um dicionário de recursos terapêuticos atendidos pelo consumo habitual de frutas. Esse
dicionário, evidentemente, não tem a pretensão de dizer a última palavra a respeito do assunto.
As afecções foram selecionadas dentre as mais comuns e limitam-se ao razoável para os
padrões de uma obra introdutória. Aos leitores que desejarem um aprofundamento no assunto,
recomendo as obras citadas na bibliografia.
Meu objetivo, nesta obra, é fornecer ao leitor uma alternativa alimentar cujos efeitos
terapêuticos possam contribuir para o restabelecimento da saúde em seu organismo, reconduzindo-o
à sua vitalidade normal.
Não aprovo autodiagnose e acredito firmemente que o quadro clínico e qualquer afecção
deverá ser tratada apenas por um médico competente, de maneira nenhuma por própria iniciativa.
Isto posto, querendo iniciar algum tratamento, ou mesmo alterar sua dieta, faça-o sob uma
direta supervisão de seu médico.

Afecções em Ordem Alfabética


ABCESSO – abacate e azeitona com consumo regular.
ACNE - abacate, azeitona, caju, coco, jaca, maçã e melancia.
AFONIA - azeitonas.
AFTA - amora e melancia.
AMIGDALITE - amora.
APETITE, falta de - amêndoas, coco, laranja, melão, pêra e uva.
ARTERIOSCLEROSE - abacaxi, ameixa, cereja, maçã e uva.
ARTRITE - amora, ameixa, cereja, coco, limão, maçã, melancia e uva.
ATONIA INTESTINAL - melancia, melão e uva.
AZIA – amêndoa, banana, caqui, goiaba e limão
BRONQUITE - abacate, abacaxi, amora, amêndoa, maçã, mamão, melancia e uva.
CABEÇA, Dor de - abacate, banana e laranja.
CÁLCULO BILIAR - abacaxi, amêndoa, limão, maçã e melão.
CÁLCULO RENAL- abacaxi, amêndoa, cereja, limão, maçã e pêra.
CALMANTES - amora, amêndoa, cereja, coco, laranja, melão e uva.
CÂNCER - mamão e uva.
CATARRO - abacate, cereja e figo.
CISTITE - cereja, maçã, melão.
CÓLICAS ABDOMINAIS - azeitona. (tanto hepáticas quanto nefríticas).
COLITE- amêndoa, azeitona, banana, fruta-do-conde, maçã e melão.
CONJUNTIVITE- maçã.
DIABETES - amora, amêndoa, maçã e mamão.
DIARRÉIA - abacate, amora, amêndoa, azeitona, banana, cereja, figo, goiaba, jaca, limão, maçã,
maracujá e uva.
DISPEPSIA- abacate, abacaxi, amora, amêndoa, caqui, figo, goiaba, laranja, limão, mamão,
melancia e uva.
DIURÉTICOS - abacate, abacaxi, amora, ameixa, amêndoa, azeitona, cereja, coco, figo, laranja,
limão, mamão, maracujá, melancia, pêra e uva.
ENJÔO - limão.
ESTIMULANTE - uva.
EXPECTORANTE - figo e jaca.
FEBRE- amora, azeitona, carambola, coco, laranja, limão, maçã, melancia, melão e uva.
FÍGADO- abacate, amora, banana, caqui, castanha, cereja, figo, limão, maçã, mamão, melão e
uva.
FLATULÊNCIA (gases) - abacate, mamão, melancia e uva.
FRAQUEZA- ameixa, amêndoa, azeitona, castanha-do-pará, fruta-do-conde e uva.
FRIEIRA - amêndoa.
GARGANTA, irritação e afecções mais comuns - abacate, abacaxi, amora, damasco, figo,
maçã e melancia.
GASTRITE - amêndoa, mamão e melão.
GENGIVITE - amora e azeitona.
GOTA - abacate, amora, ameixa, azeitona, banana, castanha, cereja, limão, maçã, maracujá,
melancia, melão e uva.
GRIPE - laranja e limão.
HEPATITE - melão.
HIPERTENSÃO - azeitona, limão, melancia e pêra.
INSÔNIA - banana, maçã e maracujá.
LARINGITE - mamão.
LAXANTES - abacate, abacaxi, amora, ameixa, amêndoa, azeitona, banana, caqui, damasco,
figo, fruta-do-conde, laranja, limão, mamão, melancia, melão, pêra e uva.
LOMBRIGAS - abacate, abacaxi, amora, amêndoa, azeitona, cereja, coco, figo, mamão e
maracujá.
MEMÓRIA, falta de - abacaxi.
NEFRITE - abacaxi, ameixa, banana, cereja, limão, melão, pêra e uva.
OBESIDADE - banana, maçã, melancia e melão.
OTITE - azeitona.
PNEUMONIA - amêndoa, banana, laranja e maçã.
RAQUITISMO - azeitona, damasco e laranja.
RESFRIADOS - damasco, laranja e maçã.
REUMATISMO - abacate, abacaxi, amora, ameixa, amêndoa, azeitona, caju, cereja, damasco,
limão, maçã, mamão, melancia e uva.
RINS - abacate, banana, castanha, figo, maçã, melancia e uva.
ROUQUIDÃO- amora, maçã e mamão.
TOSSE - abacate, amora, amêndoa, cereja, coco, damasco, figo, jaca, maçã e mamão.
TRANSPIRAÇÃO - figo e maracujá.
TUBERCULOSE- azeitona, banana, caqui, castanha-do-pará, goiaba, maçã, mamão e uva.
TUMOR - amora.
UREMIA - melancia.
URETRITE - melão.
VÔMITOS, para provocar - fruta-do-conde. Para combater- jenipapo e marmelo.
Época Certa de Comprar
Visto que a época de colheita das diversas frutas se dá em meses diferentes e que, na época
em que a oferta excede á procura, os preços tendem a diminuir, incluo nesta obra uma tabela que
facilitará ao leitor descobrir qual a época certa de comprar frutas no Brasil.
É fácil verificar que nem todos os frutos e as frutas de que trataremos a seguir estão incluídos
nesta relação; isso ocorre devido à dificuldade de obtenção destes dados.

Monodieta
a Cura pelo Alimento Único
Comer um só tipo de alimento durante um certo tempo provoca transformações bioquímicas no
organismo, modificando o metabolismo, corrigindo distúrbios e promovendo a cura.
Antes de apontar alguns tipos de monodieta e suas indicações, é importante esclarecer que
qualquer alimento dotado de poder medicinal age beneficamente em nosso organismo, mesmo
quando ingerido juntamente com outros numa refeição normal. Em geral, as monodietas são
indicadas apenas porque reforçam e concentram a ação dos alimentos terapêuticos.

Dieta do Arroz Integral


Indicada para a desintoxicação esta dieta promove a renovação sangüínea, a recuperação do
equilíbrio metabólico e a restauração das funções orgânicas prejudicadas pela alimentação
industrializada.
Pode ser aplicada no tratamento do câncer, do diabetes, da obesidade, do reumatismo, das gripes
freqüentes e da sinusite. Para aqueles que praticam jejuns prolongados, é útil como fase
preparatória.
O período ideal para esta dieta é de 10 dias seguidos, e o arroz integral deve ser simplesmente
cozido na água, sem sal ou tempero de qualquer espécie. Pela manhã, recomenda-se um mingau de
farinha de arroz integral tostada, que pode ser encontrada nas lojas especializadas em produtos
naturais.
Antes de iniciar a dieta é importante diminuir gradualmente o consumo de açúcar branco, de
carne animal, condimentos fortes, frituras e laticínios. Depois, durante uns 10 dias, a alimentação
deve ser amena, composta de arroz integral, cereais integrais, legumes, raízes, tubérculos, verduras
cozidas e algumas frutas suaves.
Normalmente essa dieta provoca algumas reações, como dor de cabeça, fraqueza indisposição,
irritabilidade, fezes com odor forte (devido ao processo de limpeza do organismo) e uma eventual
prisão de ventre no princípio. Tais sintomas serão mais intensos quanto mais o organismo estiver
comprometido e intoxicado, mas tendem a desaparecer em poucos dias, proporcionando incrível
sensação de bem-estar, leveza, equilíbrio e tranqüilidade emocional.

Dieta do Jiló
Com a duração de 1 dia apenas, esta dieta pode ser repetida quando necessário. Os jilós devem
ser cozidos, de preferência no vapor e comidos com a casca.
Útil contra a vesícula preguiçosa, a hepatite aguda ou crônica, a cirrose hepática, vermes
intestinais, úlceras gástricas, falta de tônus digestivo, distúrbios enzimáticos da digestão, maus
efeitos do alcoolismo na mucosa dos órgãos digestivos, tumores intestinais, cálculos biliares.
Também apresenta ótimos resultados no combate às inflamações da bexiga, do estômago, do
esôfago e, principalmente, das amígdalas.
Dieta do Inhame
O inhame é um tubérculo com propriedades depurativas, desintoxicantes e reguladoras. Seu uso
terapêutico deve se estender por no máximo 7 dias, dependendo das condições do doente.
O tubérculo deve ser cozido com a casca e, depois de descascá-los, recomenda-se amassá-lo com
um garfo e acrescentar temperos naturais leves, como salsinha, cebolinha, sal marinho ou missô
(pasta de soja fermentada) e um pouco de azeite de oliva. Essa dieta é utilizada no tratamento de
infecções agudas ou crônicas de qualquer tipo, em especial as amidalites, os abscessos,
as
pneumonias, as inflamações dentárias, osteomielites, tuberculose óssea, reumatismo agudo, crises de
gota, otites purulentas, inflamações das unhas, sinusites, deficiências imunológicas em doenças
articulares ou urinárias, infecções renais, doenças inflamatórias dos intestinos.
Como o inhame possui propriedades que combatem a formação de células malignas, a dieta
também é indicada para os casos de tumores (benignos ou malignos).

Dieta do Abacaxi
Esta dieta é de apenas 1 dia, mas deve ser repetida com intervalos regulares, em geral de 1
semana, até que seus objetivos sejam atingidos. A quantidade ingerida em cada refeição fica a
critério do doente.
É indicada tanto para fase aguda da litíase renal (cálculos), como para prevenir a recorrência dos
cálculos. Tem grande eficácia no tratamento da obesidade resistente, da pressão alta, na prevenção
das crises de gota e no reumatismo crônico. Sua ação diurética é muito boa, servindo também como
recurso auxiliar no tratamento das infecções urinárias em geral, nos casos de blenorragia crônica e
uretrites inespecíficas.

Dieta do Melão
Como a do abacaxi, esta dieta deve ser feita por 1 dia, a intervalos semanais. A quantidade de
melão é livre, e a fruta deve estar bem madura e suculenta.
Indicada para os distúrbios da menopausa ou do climatério, principalmente nos calores
insuportáveis, e para os vários tipos de desequilíbrios hormonais femininos.
É um tratamento que deixa a pele sedosa e combate as rugas. Os antigos costumavam dizer que
esta era uma das dietas do rejuvenescimento.

Dieta do Mamão
Uma dieta de 3 dias consecutivos para a qual o tipo ideal de mamão é o amarelo caipira e, na sua
falta, o vermelho “Bahia” grande. Não se recomenda o mamão papaia, devido ao excesso de
agrotóxicos e aos hormônios vegetais que ele contém, prejudiciais à saúde. Recomenda-se também
ingerir a cada dia, 1 ou 2 colheres de sopa de sementes de mamão, sem mastigá-las.
É um tratamento muito eficaz no combate de prisão de ventre aguda ou crônica, nas gastrites, na
digestão lenta, má digestão, falta de apetite, vermes intestinais, colites, excesso de colesterol e
triglicídeos, cálculos na vesícula e hepatites agudas.

Dieta da Uva
Nesta dieta bastante radical, que constitui um famoso tratamento contra o câncer, a uva rosada comum
é o único alimento durante 15 dias.
Pequena Dieta para um
Viver Saudável
“O prazer de comer é pequeno, comparando-se com o
desprazer de sentir-se gordo ou doente.”

I - Regras gerais

1- Coma devagar em pequenas porções (se possível ouça música clássica enquanto se
alimenta).
2 - Mastigue e ensalive bem os alimentos. Tenha paciência.
3 - Utilizar 3 ou 4 tipos de alimentos por refeição (quanto maior o número de alimentos é mais
difícil a digestão).
4 - Não beber ½ hora antes, durante e ½ hora após a refeição. Após esse período, tome 1 xícara
de Ban-chá bem fraco.
5 - Termine a refeição com um pouco de fome. Ajuda a disciplinar a gulodice, fortalecendo a
vontade e diminuindo o tamanho do estômago. Seja frugal.

II - Alimentos a evitar

Carne bovina, suína e caprina (carnes chamadas vermelhas). As carnes brancas (aves e peixe)
podem ser usadas com moderação.
Álcool, café e refrigerantes (se usado, que seja com muita moderação).
Conservados em geral:
Açúcar refinado e derivados (açúcar mascavo e cristal também não são recomendados).
Farinhas refinadas e derivados.
Arroz branco e feijão em demasia. Quando for utilizá-los não os misture.
Margarina, manteiga, requeijão, leite e derivados (prefira frutas).
Adoçantes artificiais.
Sal comum (refinado).
Produtos industrializados e artificiais de qualquer espécie.
Frituras e alimentos oleosos.
Ovos (utilizar de preferência o caipira).

III - Alimentos aconselháveis

Sal marinho - (em pequena quantidade)


Mel
Vinagre de maçã e arroz
Óleos: girassol, milho e soja (os naturais)
Aveia, centeio
Pão integral
Germe de trigo
Levedo de cerveja - pó (se for vegetariano(a) usar em maior quantidade)
Queijo branco, coalhada, iogurte (tudo em pouca quantidade)
Leguminosas: feijão , grão de bico , lentilha ervilha
Arroz integral - utilizar todos os dias como alimento principal juntamente com legumes e um
pouco de molho shoyo (soja)
Soja: Consumir principalmente na forma de:
Missô (pasta de soja) - em sopas ou patês
Tofu (queijo de soja)
Em menor proporção, na forma de: carne de soja, bife de soja, leite de soja. Mais de 60% da
alimentação deve ser a base de: Frutas, legumes e verduras cruas, de preferência utilizar: couve,
salsa, agrião, aipo, cenoura, beterraba, chicória, limão, maçã, uvas, abacaxi.

IV - Chás

Borragen, taraxaco, chicória (raiz), angélica, aipo, aparinas, (amor de hortelã), hortelã.

V - Em caso de fome compulsiva

Comer algumas sementes de girassol, funcho ou beber muita água.

VI - Temperos

Hortelã, louro, tomilho, cominho, salvia, alecrim, estragão, manjericão, alfavaca, erva doce,
cravo e canela.
Evitar: pimentas, mostarda e vinagre.

Pitágoras, grande filósofo grego, no século VI a.c. disse:

“A carne é o alimento de certos animais, todavia nem todos, pois os cavalos, os bois e os
elefantes, se alimentam de ervas.
Só os que tem índole bravia e feroz, os tigres, os leões etc. ... se alimentam de sangue .
Que horror é meter entranhas nas entranhas, engordar um corpo com outro, viver na morte dos
seres vivos.
“VONTADE é fundamental. NÃO permita que os desejos de seu CORPO superem os desejos de
sua MENTE”

Procure colocar em sua alimentação e no dia a dia. Nas casas de produtos naturais lhe informarão
sobre o uso dos produtos:

Avelã
Azeite natural de soja
Ban - chá
Café de cevada
Centeio integral
Chá de arroz integral (para estafa)
Chá de artemisia (desintoxicante)
Chá de gengibre (cólicas e inflamações)
Feijão azuki e de soja
Leite de cereais
Missô ( tempero orgânico )
Sal marinho
Trigo integral

( Nos rótulos dos produtos vem descrito a utilização )


Jejum
(Terapia Universal)
“Se você come coisas mortas e secas
adivinhe com o que você ficará parecido"

“Decida ser saudável


Quem está sintonizado com a energia Vital (da vida)
prefere alimentos saudáveis”

Os Jejuns e as Monodietas
Para despoluir o organismo, nada melhor do que ficar um período sem comer, tomando apenas
água limpa e fresca. Se sentir necessidade de ingerir alimentos não se preocupe: opte pelos vegetais
crus e pelas frutas. Essa dieta favorecerá não apenas seu corpo físico como também a mente e o
espírito.
Conforme já tivemos a oportunidade de observar anteriormente, nosso organismo produz apenas
um tipo de enzima por vez.

Portanto dizem que uma digestão perfeita é aquela em que é preciso processar apenas um tipo de
alimento. Tendo esse ponto em vista, podemos concluir que nada é melhor do que uma monodieta,
ou seja, o consumo de apenas um tipo de alimento por refeição.
Agora, é óbvio que não adianta nada fazer uma monodieta à base de queijos, ovos ou carnes.
Para a monodieta, aplicam-se também as regras do Naturismo, e de preferência, do Frugivorismo.
Frutas indicadas: maçã, banana, mamão, uvas ou abacaxi.

As regras básicas para um bom jejum são as seguintes:


- Comece com jejuns curtos, com duração máxima de três dias;
- Beba, durante os dias de jejum, somente água pura, ou se preferir com limão;
- Repouse, respire ao ar livre, tome um pouco de Sol e evite situações estressantes (trabalho
excessivo, crises amorosas ou em família, etc.);
- Se desejar estender o jejum por um período superior a 25 dias, consulte um especialista;
- Quando quiser interromper o jejum, comece a mudança aos poucos. Um alimento pesado logo
de imediato poderá causar danos a sua saúde.
- No dia em que for jejuar, execute suas tarefas rotineiras normalmente. Apenas evite exageros.
- Se tiver problemas e desequilíbrio de saúde procure um médico de preferência naturalista ou
homeopata a fim de obter maior orientação.

Sugestões:
1) Coma somente proteína ou amido na refeição.
2) Vários legumes podem ser combinados em uma salada de verduras cruas ou levemente
cozidas no vapor.
3) As frutas devem ser ingeridas separadamente em uma refeição só de frutas.
4) Tomates e abacates podem ser combinados com verduras.
5) Peixes e carnes estão incluídos à titulo de classificação, mas não são recomendados a menos
que sua origem seja natural, sem poluição. Recomenda - se seu consumo em pequena
quantidade.
As Frutas e seu Poder Regenerativo
“Quando mais eficiente o seu corpo,
melhor você se sentirá e
melhor usará seus talentos para produzir
resultados positivos em si e no mundo”

As frutas não apenas favorecem a saúde em sua totalidade como também produzem efeitos
específicos para cada órgão. Assim, relacionamos abaixo as frutas e as áreas específicas de sua
atuação:

Atua sobre o coração: MAMÃO, PÊSSEGO, FIGO DA ÍNDIA, CEREJA, DAMASCO, ABRICÓ
Atua sobre o estômago: MELÃO, MANGA, MAMÃO, BANANA
Atua sobre os rins: MORANGO, MANGA, AMEIXA, FIGO, AMORA, FRAMBOESA
Atua sobre os olhos: UVA, JABUTICABA, CEREJA, SAPOTI
Atua sobre os pulmões: CÍTRICOS EM GERAL, GOIABA, ABACAXI
Atua sobre o cérebro: NOZES, FRUTA-PÃO, MAÇÃ
Atua sobre os intestinos: GOIABA, LARANJA, FIGO, PÊSSEGO, BANANA
Atua sobre o sistema nervoso: MARACUJÁ
Atua sobre a circulação sangüínea e a pressão arterial: AZEITONAS, AMÊNDOAS DOCES
Atua sobre o fígado: MELÃO, TOMATE, CAQUI, PÊSSEGO
Atua sobre a bexiga: PÊRA, CEREJA, ABACATE, CÔCO (APENAS A ÁGUA)

CLASSIFICATRIX

Alimento Elemento Movimento Sabor Natureza Meridiano


CEREAIS
Amasake Terrra/Metal Doce Morna P
Arroz Branco Terra Sobe Doce Neutra BP/E
Arroz Integral Terra/Metal Sobe Doce/Picante Neutra IG/E
Arroz Moti Terra Doce Morna P
Arroz,Farelo Terra/Metal Sobe Picante/Doce Neutra IG/E
Aveia Metal Neutro Salgado Fresca IG/R/S
Centeio Fogo Sobe Amargo Neutra
Cevada Terra/Água Desce Doce/Salgado Fresca B/E
Cevada Terra Desce Doce Fresca P/IG/E/BP/R
Perolada
Glútem (Seitan) Terra Desce Doce Fresca
Milho Terra Doce Neutra IG/E
Painço Terra/Água Desce Doce/Salgado Fresca E/BP/R
Sorgo Terra Doce Morna P/BP/IG/E
Trigo Terra Desce Doce Fresca IG/E/BP
Trigo/Sarraceno Terra Desce Doce Fresca IG/E/BP
Trigo/Farelo Terra Desce Doce Fresca IG
Trigo, Germe Metal Sobe Picante Fria C/ID

LEGUMINOSAS
Amendoim Terra Sobe Doce Neutra P/BP
Amendoim/Óleo Terra Sobe Doce Neutra
Ervilha Terra Sobe Doce/Ácido Neutra BP/E
Feijão, Azuki Madeira/Terra Neutro Doce/Ácido Neutra C/ID
Feijão Branco Terra Doce Neutra BP/R
Feijãozinho Terra Desce Doce Fresca C/E
Verde
Soja Amarela Terra Desce Doce Fresca IG/BP
Soja, Óleo Terra/Metal Sobe/Fora Picante/Doce Quente
Tofu (queijo de Terra Desce Doce Fresca P/IG/E
Soja)

RAIZES, TUBÉRCULOS E BULBOS


Alcaçuz Sobe Doce Neutra P/BP/E
Batata-Doce Terra Sobe Doce Morna BP/R
Batata – Inglesa Terra Sobe Doce Neutra
Beterraba Terra Doce Neutra
Cará Terra Sobe Doce Neutra P/R/BP
Cenoura Terra Sobe Doce/Picante Neutra P/BP
Ginseng Sobe Doce/Amargo Morna P/BP
Inhame Terra/Metal Sobe Picante/Doce Neutra IG/E
Nabo Fogo/Terra/Metal Sobe Picante/Doce/ Neutra R/BP/P
Amargo
Rabanete Terra/Metal Sobe/Desce Picante/Doce Fresca P/E

FRUTOS
Abóbora D’agua Fogo/Terra Sobe Doce Neutra
Abóbora Terra Neutro Doce Fresca E/BP
Redonda
Abobrinha Terra Sobe Doce Morna
Aspargo Fogo/Terra Desce/Sobe Doce/Amargo Fria P/R
Berinjela Terra Desce Doce Fresca IG/BP/E
Chuchu Doce Fresca
Pepino Terra Desce Doce Fresca IG/E/BP
Pimentões Sobe/Fora Picante Quente B/C
Quiabo Desce Doce/Amargo Fria P
Tomate Madeira/Terra Desce Doce/Ácido Fria

FOLHAS
Acelga Doce/Ácido/ Fresca
Amargo
Agrião Terra/Metal Sobe/Desce Picante/Doce Fresca P/E
Aipo Fogo/Terra Desce Doce/Amargo Fresca F/E
Alcachofra Madeira/Fogo Doce/Amargo Fresca
Alface Fogo/Terra Desce Doce/Amargo Fresca IG/E
Alface Romana Fogo Amargo Fria IG/E
Alfafa Fogo Doce/Amargo Neutra
Alho-poró Madeira/Metal Sobe/Desce/ Ácido/Picante Morna P/F
Fora
Azedinha Sobe Ácido Fria
Beldroega Sobe Ácido Fria IG/F/BP
Chicória Doce/Amargo Fresca VB/R
Couve Doce/Amargo/ Neutra
Ácido
Couve-Flor Doce Neutra
Couve-rabano Fogo/Terra/Metal Sobe Picante/Doce/
Amargo
Espinafre Terra Desce Doce Fresca IG/ID
Inhame folha Sobe Picante Fresca
Lúpulo Dentro Amargo Fresca
Mostarda Folha Metal Sobe Picante Morna P
Rabanete folha Neutro Picante/Amar Neutra B/E
Repolho Terra Sobe Doce Neutra IG/E
Ruibarbo Amargo Fria Todos
Tabaco Folha Metal Fora Picante Morna

ALGAS
Agar-agar Terra/Água Viscoso Doce Morna P/F
Nori Terra Desce/Dentro Salgado Fria
Algas em geral Água Dentro Salgado Fria
ANIMAIS
Anchova Terra Doce Morna
Arenque Terra Sobe Doce Neutra P/BP
Atum Terra Sobe Doce Neutra E
Boi Terra Sobe Doce Neutra BP/E/IG
Boi, Fígado Terra Sobe Doce Neutra F
Boi, Rim Sobe Morna R
Cação viola Terra/Água Sobe/Desce Doce/Salgado Neutra BP
Camarão Terra Doce Morna
Caranguejo,Siri Água Dentro Salgado Fria E
Carneiro Terra Doce Neutra R/BP
Carneiro fígado Desce Doce/Amargo Fresca F
Carneiro rim Terra Doce Morna R
Carpa Terra Sobe Doce Neutra R/BP
Enguia Água Sobe Doce Morna F/R/BP
Escargot Salgado Fria
Esturjão Terra Sobe Doce Neutra P/CS
Galinha, Frango Terra Doce Morna BP/E
Galinha, fígado Terra Doce Morna F/R
Galinha, moela Terra / água Doce Neutra E/BP
Ganso Terra Doce Neutra P/BP
Leite de ovelha Terra Sobe Doce Morna P/E/C
Leite de vaca Terra Sobe Doce Neutra P/C/E
Manteiga Terra Doce Morna
Marisco de mar Água Dentro Salgado Fria E
Marisco de rio Terra/água Dentro Doce/salgado Fria
Ostra Terra/água Sobe/desce Doce/salgado Neutra
Ouriço do mar Salgado Fresca
Ovo de galinha Terra Sobe Doce Neutra
Ovo de pata Neutro Doce Fresca
Ovo clara Desce Doce Fria
Ovo gema’ Sobe Doce Neutra R/C
Pato Terra Sobe Doce Neutra P/R
Peixe de carne Terra Sobe Doce Neutra P/E/F
branca
Polvo Terra Desce Doce/salgado Fria
Pombo Salgado Neutra F/R
Porco Terra/água Sabe/desce Doce/salgado Neutra R/BP/E
Porco fígado Sobe Doce/amargo Morna F
Porco rim Água Desce Salgado Neutra E/BP/R
Queijo de vaca Madeira/terra Sobe/desce Doce/ácido Neutra
ou cabra
Rã Salgado Fresca P/R
Sardinha Terra/metal Sobre/desce Doce/salgado Neutra E/BP
Tartaruga Doce Neutra F
Fruta Madeira Ácido Quente
NOZES, CASTANHAS E SEMENTES
Amêndoa Terra Doce Neutra P
Gergelim preto Terra Sobe Doce Neutra F/R
Gergelim óleo Terra Desce Doce Fresca E
Girassol Sobe Doce Morna
semente
Lótus semente Terra Sobe Doce/acre Neutra BP/C/R
Pinhão Terra Doce Morna P/IG/F
Nós Terra Doce Morna P/R
Pistache Picante Morna

CONDIMENTOS
Açafrão, estame Madeira/terra Sobe/desce Doce/ácido Neutra F/C
Falso açafrão Metal Sobe Picante Morna C/F
Açúcar branco Terra Sobe Doce Neutra B/P
Açúcar Terra Doce Morna F/BP
Mascavo E
Alcaparra Metal Sobe Picante/amargo Morna
Alecrim Metal Sobe/fora Picante Morna
Alho Metal Sobe Picante Morna P/BP/E
Aneto Metal Sobe Picante Morna R/BP
Canela, casca Fora Picante/doce Quente B/R/BP
Cebola Terra Sobe Picante/doce Morna P/E/IG
Cebolinha verde Fogo/Metal Sobe Picante/Amargo Morna P/IG/C
Coentro Metal Sobe Picante Morna P/BP
Cominho Metal Sobe Picante Morna R/E
Endro (Dill) Metal Sobe Picante Morna B/R/P
Erva-doce, Sobe Picante Morna B/R/P
Semente
Gengibre fresco Metal Sobe Picante Morna P/E/B/P
Gengibre Metal Sobe Picante Quente P/E/B/P
Hortelã Metal Sobe Picante Fresca
Limão Madeira Sobe Ácido Fresca
Louro Metal Sobe Picante Morna
Maltose Terra Doce Morna P/BP/E
Manjericão Metal Sobe Picante Morna E/BP
Mel Terra Sobe Doce Neutra P/IG/BP
Noz-moscada Metal Sobe Picante Morna IG/BP
Orégano Metal Sobe Picante Fresca
Pimenta Branca Fogo/Metal Sobe Picante/Amargo
Pimenta Caiena Metal Sobe Picante Quente BP/C
Pimenta do Metal Sobe/Fora Picante Quente IG/E
Reino
Pimenta Fora Picante Quente B/E
Vermelha
Sal Água Dentro/Desce Salgado Fria IG/E/ID/R
Salsa Madeira Doce Morna F/E/R
Vinagre Madeira/Fogo Desce Ácido/Amargo Morna E/F

FRUTAS
Abacaxi Terra Neutro Doce/Ácido Fresca
Ameixa Madeira/Terra Sobe/Desce Doce/Ácido Neutra R/F
Amora Terra Desce Doce Fria R/F
Azeitona Madeira/Terra Sobe/Desce Doce/Ácido/Acre Neutra P/E
Banana Terra Desce Doce Fria IG/ID
Caqui Terra Desce Doce/Acre Fria P/IG/C
Carambola Madeira/Terra Sobe Doce/Ácido Fria
Castanha Terra Doce Morna BP/R
Portuguesa
Cereja Doce Morna
Coco, leite Terra Doce Morna
Coco, polpa Terra Sobe Doce Neutra
Damasco seco Madeira/Metal/ Doce/Ácido/ Morna
Água Salgado
Figo Terra Sobe Doce Neutra IG/BP/P
Framboesa Madeira/Terra Desce/Sobe Doce Neutra
Goiaba Sobe Doce Morna
Goiaba folha Sobe Doce Neutra
Laranja Doce/Ácido Fresca P
Limão Madeira Sobe Ácido Fresca
Mamão Papaia Fogo/Terra Sobe Doce/Amargo/ Neutra
Picante
Manga Madeira/Terra Desce Doce/Ácido Fria
Maça Terra Desce Doce Fresca
Maçã ácida Terra Desce Doce/Ácido Neutra P/F/C
Melancia Terra Desce Doce Fria B/C/E
Melão Desce Doce Fresca C/E
Morango Madeira/Terra Desce Doce/Ácido Morna
Pêssego Terra Desce Doce/Ácido Morna
Pêra Madeira Desce Doce Fresca P/E
Tâmara Sobe Doce Morna BP/E
Tangerina Madeira/Terra Sobe/Desce Doce/Ácido Neutra P/BP/R
Toronja Desce Doce/Ácido Fria
Uva Madeira/Terra Sobe/Desce Doce/Ácido Neutra P/BP/R
DIVERSOS
Broto de bambu Terra Desce Doce Fria
Caldo de cana Terra Sobe Doce Fria F/E
Café Fogo/Terra Sobe Doce/Amargo Morna C/BP
Camomila chá Doce/Amargo Fresca
Chá Verde, Banchá Desce Amargo/Doce Fresca C/P/E
Cogumelo Comum Terra Desce Doce Fresca P/IG/E/BP
Cogumelo Shitake Terra Sobe Doce Neutra F
Geléia Real Metal Sobe Doce
MilhoCabelinho Sobe Doce Neutra VB/F
Raiz de lótus Terra Desce Doce Fria E/BP/C
Vinho Metal/Madeira Sobe Picante/Doce/ Morna P/F/E
Amargo
O que provoca o colesterol?
Todos os alimentos que contém gorduras mais espessas.

Hoje em dia, mais de 32% dos adolescentes estão com o colesterol alto.

Os alimentos que ajudam a varrer o colesterol:

Alimentos ricos em fibras:

Folhas, leguminosas, cereais integrais e frutas em geral.


Cereais Integrais – 03 porções de fruta diminui 7% o colesterol.
Chá verde – diminui o colesterol

Alimentos que exercem função protetora:

Soja – Aumenta os receptores do fígado, para captar mais colesterol.


Usar como suco, carne de soja e queijo de soja.
Vinho Tinto – 30 ml por dia.
Nozes e castanhas em geral - Agem como antioxidante.

Gorduras e Colesterol
Proteínas: ovos, carnes e aves (em 100g).
ALIMENTO CALORIAS GORDURA(g) COLESTEROL(mg)
Carne de boi (magra) 245,0 13,7 123,0
Carne de boi (gorda) 441,1 38,8 289,0
Frango/peito (s/pele) ------ 3,9 79,0
Frango/peito (c/pele) ------ 8,2 296,0
Fígado de boi 229,4 10,5 320,0
Ovo inteiro 160,0 12,0 463,0
Ovo (gema) 382,3 35,2 1157,5
Porco (lombo) 267,8 5,5 98,7
Peru (c. branca) 176,4 1,0 55,0
Presunto cozido 232,1 6,0 57,0
Presunto de peru 103,30 0,5 29,5
Peito de peru defumado 93,1 0,6 20,0
Salsicha de peru 130,0 -- 25,3
Hambúrguer de peru 86,6 -- 16,9
Almôndega de peru 107,0 -- 12,0
Salame 321,4 25,0 60,0
Salsicha 303,5 26,7 50,0
Frutas oleaginosas (em 100 grs) - comer com moderação
ALIMENTO CALORIAS GORDURA (g) COLESTEROL (mg)
Abacate 171,2 17,1 --
Amêndoas 600,0 53,9 --
Amendoim 589,2 50,0 --
Azeitona 97,0 1,1 --
Castanha de caju 582,1 47,1 --
Castanha do Pará 660,7 67,8 --
Côco 344,4 31,1 --

Carboidratos: pães, biscoitos e doces (em 100g)


ALIMENTO CALORIAS GORDURA (g) COLESTEROL (mg)
Pão integral 238,2 2,0 --
Pão doce 273,6 3,6 31,0
Pão hambúrguer 300,8 3,2 4,6
Pão de forma 300,8 3,2 4,6
Croissant 450,8 27,5 --
Chocolate ao leite 517,8 32,1 --
Doce de leite 602,6 10,6 46,6
Sorvete cremoso 201,4 10,5 44,7

Proteínas: peixes, mariscos e crustáceos (em 100g)


ALIMENTO CALORIAS GORDURA (g) COLESTEROL (mg)
Atum 200,0 8,2 42,0
Bacalhau 107,1 0,7 57,0
Camarão (cru) 117,6 1,1 125,0
Lagosta 98,0 0,3 134,0
Linguado 117,8 0,1 68,0
Mexilhão 150,0 2,1 68,0
Ostra 66,6 2,1 200,0
Pescada 114,3 1,1 96,0
Sardinha (em óleo) 205,8 10,5 142,8
Salmão 153,6 7,5 43,0
Truta 153,6 4,3 75,0
ORAÇÃO

Eu sou uma pessoa saudável

Eu sou responsável pelo meu corpo ter saúde: é natural

Eu tenho o peso que eu sempre imaginei

Meu corpo sabe como manter o peso

Eu detesto alimentos gordurosos

Eu detesto alimentos artificiais

Eu adoro frutas e vegetais

Minha saúde é permanente

Meu corpo sabe o que é necessário

Meu corpo é meu amigo