Вы находитесь на странице: 1из 3

A SOBERANIA DE DEUS E A RESPONSABILIDADE

HUMANA

Rev. João Ricardo Ferreira de França.

Há uma controvérsia antiga e bem persistente na história da


igreja. Que tem sido tratada como a Soberania de Deus e a
Responsabilidade humana. Na verdade esta forma de falar faz
parecer que há uma contradição nos termos “soberania de Deus”
versus a “responsabilidade humana”. Na verdade não existe
contradição alguma: Deus é soberano e o homem é responsável! E
assim acaba o debate.
Mas, geralmente quando se solicita um estudo com esta
temática se está pressupondo que “Soberania” é um termo que
significa “Tirania” e “responsabilidade” está se considerado como
sinônimo para “Livre-arbítrio”. É claro que quando se assume
este pressuposto deve-se entender que os termos originais
“soberania” e “responsabilidade” estão redefinidos, ainda que não
explicitamente, mas subjetivamente! O que considero um erro
crasso quando consideramos este assunto.
I – DEFININDO OS TERMOS:
O saudoso teólogo R.K; Mc Gregor Wright, autor do livro A
Soberania Banida, alerta-nos que muita confusão seria evitada no
campo da teologia se antes dos debates os interlocutores
definissem os termos do que será discutido e os conceitos de cada
expressão se evitariam muitos desgastes1. Comecemos com o
termo “soberania” o que queremos dizer por Soberania de Deus?
“Queremos afirmar a supremacia de Deus, a realeza de Deus, a
divindade de Deus.”2 Que Deus rege o trono do universo isso é
indiscutível, pois, assim nós declaramos que ele é Deus (Daniel
4.35), ele é o governador de todas as nações (Salmos 22.28).
“Quando falamos de soberania divina, estamos falando sobre a
autoridade de Deus e o sobre o poder de Deus”3
O segundo termo a ser considerado é Responsabilidade
Hunana. Há aqueles que assumem que o termo
“responsabilidade” de ser igualado ao termo “livre-arbítrio”,
porque argumentam que se o homem não é livre; “então ele não é
responsável” pelos seus atos. Sproul mais uma vez nos ajuda
nesta questão: “Se a liberdade humana e a soberania divina são
verdadeiras contradições, então, uma delas pelo menos tem de
sair. Se soberania exclui a liberdade e a liberdade exclui a
soberania, então, ou Deus não soberano ou o homem não é livre”4
Responsabilidade diz respeito a responder alguém superior a
si mesmo. Neste sentido, o diálogo “Soberania Divina” e
“responsabilidade humana” torna-se um ponto de não-tensão nos
dilemas teológicos.

1
WRIGHT, R.K Mc Gregor. A soberania Banida – Redenção para a cultura pós-moderna. Tradução:
Héber Carlos de Campos. São Paulo: Ed. Cultura Cristã, 1998, p.47.
2
PINK, Arthur W. Deus é Soberano. São Paulo: Ed. Fiel, 2011, p. 19
3
SPROUL, R.C. Eleitos de Deus. São Paulo: Ed. Cultura cristã, 1999, p. 15.
4
Ibid, p. 30
II – A Soberania Divina e a Responsabilidade Humana nas
Escrituras: