You are on page 1of 21

Histologia

Animal
É o estudo dos tecidos biológicos, sua
formação, estrutura e função.
Histologia - Introdução

Origem 4 tipos Básicos


Embrionária • Epitelial
• Ectoderma • Conjuntivo
• Mesoderma • Nervoso
• Endoderma • Muscular
Os 4 tipos básicos são também chamados de tecidos fundamentais.
Tecido é um conjunto de células que apresentam a mesma função
geral e a mesma origem embrionária.
Tecidos Fundamentais
Macroscopic
amente
Bichat, por
volta de
1800,
conseguiu
identificar 21
diferentes
tipos de
tecidos. Mas
com o
advento do
microscópio
foi possível
identificar
muitos
outros
tecidos
(aproximada
mente 41).
Classificação Geral dos Tecidos
Revestimento Simples, pseudo-estratificado ou estratificado

Epitelial Glandular Simples e composto

Propriamente Dito Frouxo, denso, elástico, adiposo...

Conjuntivos Sustentação Ósseo, cartilaginoso, cimento e dentina

Transporte Sangue e linfa

Estriado Esquelético
Muscular Estriado Cardíaco
Liso
Propriamente Dito
Nervoso
Neuróglia
Classificação Geral dos Tecidos
Tecido Epitelial Epitélio
• Apresenta Células Justapostas com pouca substância
intercelular (garante o bom desempenho na função de
revestimento)
• Avascularizado, recebendo nutrientes através por difusão, a
partir do tecido conjuntivo subjacente.
• Membrana das células muito ricas em especializações de
complexos unitivos (desmossomos).
• Pode ser agrupado em duas
variedades, REVESTIMENTO
e GLÂNDULAR.
Tecido Epitelial - Funções
• Proteção e revestimento interno e externo, além de
órgãos cavitários (tubo digestório, vias aéreas,
urinárias, vasos sanguíneos (endotélio) e outros)
• Secreção de substâncias (as glândulas - hormônios)
• Absorção (microvilosidades intestinais;)
• Filtração e reabsorção de nutrientes (túbulos
renais)
• Trocas gasosas e nutritivas (capilares e membrana
dos alvéolos) Ectoderme: epitélios de revestimento

• Percepção Sensorial (sentidos)


externos (epiderme, boca, fossas nasais, ânus).
Endoderme: epitélio de revestimento do tubo
digestivo, da árvore respiratória, do fígado e

• Pode ter sua origem dos 3 folhetos


do pâncreas.
Mesoderme: endotélio (vasos sangüíneos e
linfáticos) e mesotélio (revestimento de
serosas).
Tecido Epitelial - Histogênese

ECTODERMA MESODERMA ENDODERMA

EPIDERME ENDOTÉLIOS EPITÉLIO-


GASTRO-
EPITÉLIO DA MESOTÉLIOS INTESTINAL
CÓRNEA
REVESTIMENTO EPITÉLIO
RINS BEXIGA

EPITÉLIO:
TRAQUÉIA,
BRÔNQUIOS,
PULMÃO
Tecido Epitelial Simples ou Estratificado

Quanto ao nº de camadas

Simples Pavimentoso
Estratificado

Simples Cúbico

Estratificado
Simples Prismático
Tecido Epitelial Simples ou Estratificado

Quanto ao Número de Camadas de Células


• Epitélio Simples - é aquele que possui apenas uma camada
de células. Pode ser Pavimentoso Células achatadas
lembrando azulejos ex. : Endotélio ( é um tipo de epitélio
simples que reveste internamente os vasos sanguíneos);
Cúbico formado por células cúbicas (superfície dos ovários
e túbulos coletores nos rins) Prismático Células cilíndricas
ou colunares (estômago, intestinos, as vezes com
vilosidades ou cílios)
• Epitélio Estratificado - é aquele que possui várias
camadas de células, especializado em proteção.
• Epitélio Pseudo – Estratificado - é constituído por apenas
uma camada de células, porém de tamanhos diferentes,
dando a ideia de várias camadas. Ex.: Traqueia, fossas
nasais, brônquios..
Tecido Epitelial Simples ou Estratificado

Quanto a forma das células


• Pavimentos ou escamosos- células achatadas como
ladrilhos ou escamas;

• Cúbicos – célula em forma de cubo;

• Prismáticos ou colunares – células alongadas em


forma de colunas;

• * Células do interior da Bexiga, ter formato cúbico


quando esta encontra-se vazia e escamoso quando esta
encontra-se cheia, por isso é chamado de tecido
transicional.
Tecido Epitelial Simples Pavimentoso

Função: Filtração, fácil difusão de moléculas, osmose e secreção


Localização: Interior de vasos sanguíneos e linfáticos (endotélio)
Tecido Epitelial Simples Cúbico

Função: secreção, por exemplo de muco, localização retina,


revestimento interno túbulos renais, ductos de muitas glândulas...
Tecido Epitelial Prismático ou Colunar

Função: A secreção (muco) e absorção (moléculas dos alimentos) localização:


Trato gastro intestinal, Trompas de Falópio (cílios ou invés de microvilosidades)
Tecido Epitelial Pseudo-Estratificado

Formado por células prismáticas, onde a posição


diferenciada do núcleo dá a falsa sensação de
estratificação.
Encontra-se forrando o interior das fossas nasais,
traqueia e brônquios, com presença de cílios e células
secretoras de muco (células caliciformes – forma de
cálice).
Tecido Epitelial Pseudo-Estratificado

Localização: maioria das vias respiratórias superiores, forro de grandes dutos de


muitas glândulas, epidídimo (testículos) e parte da uretra masculina
Função: Secreção e movimento de muco por ação ciliar
Tecido Epitelial De Revestimento Estratificado

Forma as membranas mais espessas com várias


camadas de células, sendo bem adaptado às funções
de proteção.
Classificado de acordo com a forma das células da
camada mais superficial (pavimentoso, cúbico,
prismático ou de transição).
Em superfícies secas, como a epiderme, é revestido
por uma cada de queratina. Quando em superfícies
úmidas (boca, faringe, esôfago, vagina...) Epitélio
estratificado pavimentoso não queratinizado.
Tecido Epitelial Estratificado Pavimentoso

Função: proteção mecânica através da criação de barreira de espessura


(= parte do inata do sistema imunológico)
Tecido Epitelial Estratificado Cúbico

Função: Proteção e secreção limitada.


Tecido Epitelial Estratificado Prismático

Parte do revestimento da uretra, forro de ductos excretores das


glândulas do esôfago, parte da conjuntiva do olho
Tecido Epitelial Transição

Suas células superficiais variam de forma conforme a condição do órgão


Localização: Revestimento da bexiga urinária, porções do ureter e uretra
Função: Permite alongamento do órgão e evita ruptura da tecido