Вы находитесь на странице: 1из 356

Manual do Proprietário

Hyundai HB20
Operação
Manutenção
Especificações

As imagens dos veículos e os itens mencionados neste Manual são meramente


ilustrativos. Todas as informações contidas neste Manual do Proprietário são as
atuais no momento da impressão. A Hyundai se reserva o direito de efetuar mu-
danças a qualquer momento em seus manuais e produtos.
Este manual se aplica a todos os modelos da família HB20 e incluem desenhos,
informações, descrições e explicações de equipamentos padrão e opcionais que
não necessariamente correspondem especificamente ao seu veículo.
CUIDADO: MODIFICAÇÕES NO SEU HYUNDAI
Seu Hyundai não deve ser modificado de forma alguma. Tais modificações podem afetar o desempenho, a segu-
rança e a durabilidade de seu Hyundai, além disso, pode violar as condições estabelecidas no manual de garantia
de seu veículo. Certas modificações também podem violar regulamentações estabelecidas pelo Departamento de
Transporte e outras agências governamentais em seu país.
Nota: Não instale qualquer tipo de equipamento elétrico que não seja genuíno nos chicotes elétricos do veículo,
como do alarme, dos vidros elétricos, das travas elétricas, da ignição e/ou do combustível, do sistema de
áudio (exemplo modulo de potência e rádio), sistema de ar condicionado, iluminação auxiliar, dentre outros.
Assim o veículo pode sofrer danos como avaria elétrica, falha de comunicação entre os componentes
eletrônicos, sua imobilização ou até mesmo incêndio devido à sobrecarga do sistema. ESTAS SITUAÇÕES
NÃO SÃO COBERTAS PELA GARANTIA.

PARA VEÍCULOS EQUIPADOS COM TRANSMISSÃO MANUAL


Nos veículos equipados com transmissão manual foi adotado o sistema de segurança que previne o movimento
do veículo durante a partida caso a transmissão esteja com uma marcha engatada.
A partida somente será possível acionando-se o pedal da embreagem até o final do curso.

INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE COMUNICAÇÃO POR RÁDIO FREQUÊNCIA


Seu veículo está equipado com injeção eletrônica de combustível e outros componentes eletrônicos. Assim, a ins-
talação de um rádio comunicador PY/PX ou sistema de telefonia móvel automotivo, pode afetar o funcionamento
dos sistemas eletrônicos do veículo. Por esta razão, recomendamos seguir cuidadosamente as instruções do
fabricante do rádio, ou consultar sua concessionária Hyundai Motor Brasil (HMB), quanto a medidas de precaução
ou instruções especiais, para a instalação desses dispositivos.

F2
ALERTA DE SEGURANÇA E DANOS AO VEÍCULO
Este manual inclui informações com títulos ATENÇÃO, CUIDADO e NOTA.
Esses títulos indicam o seguinte:

ATENÇÃO
Isto indica que uma condição pode resultar em perigo, ferimentos graves ou morte ao condutor ou a
outras pessoas, caso a mensagem não seja observada. Siga sempre a recomendação fornecida na
mensagem de atenção.

CUIDADO
Isto indica que uma condição pode resultar em danos ao seu veículo ou equipamento, caso a mensa-
gem não seja observada. Siga a recomendação fornecida na mensagem de cuidado.

QQNOTA
Uma mensagem de NOTA indica que informações interessantes ou úteis estão sendo apresentadas.

F3
RESPONSABILIDADE PELA MANUTENÇÃO
Os requisitos de manutenção de seu novo Hyundai são encontrados na Seção 7. Como proprietário, é de sua responsa-
bilidade que todas as operações de manutenção, especificadas pelo fabricante, sejam realizadas dentro dos intervalos
apropriados. Quando o veículo for utilizado sob condições severas, poderá haver a necessidade de serviços mais fre-
quentes. Os requisitos de manutenção para condições de operação mais severas também são encontrados na Seção 7.

MODIFICAÇÕES NO SEU HYUNDAI


A modificação dos componentes cancela automaticamente a Garantia do Fabricante.

Modificar os componentes cancelará automaticamente a sua Garantia Hyundai.

O seu Hyundai não deve ser modificado, seja como for. As modificações poderão afetar, negativamente, a segurança, du-
rabilidade e desempenho do seu Hyundai. Os componentes que forem modificados ou instalados no seu veículo, podem
causar danos eventuais, e deixam de estar cobertos pela garantia dada pela Hyundai Motor Brasil (HMB).

O seu veículo Hyundai está equipado de maneira a atender os requisitos de emissões de poluentes vigentes no país
(Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores PROCONVE e Resoluções 18/86 e 10/89 do CONA-
MA). Para garantia do atendimento aos requisitos acima, siga rigorosamente as instruções de utilização e manutenção
descritas neste manual.

F4
RESPEITO AO MEIO AMBIENTE Os níveis hoje emitidos atendem, com margem, as mais severas nor-
mas antipoluição internacionais atualmente vigentes, assim como as
Proteção ambiental e preservação dos recursos naturais é uma preo-
normas nacionais do CONAMA Resolução n° 18/86 PROCONVE Pro-
cupação da Hyundai. A Hyundai tem trabalhado ativamente, há muitos
grama de Controle de Poluição do Ar para Veículos Automotores, e Re-
anos, pela proteção ambiental de várias formas, tais como, o desenvol-
solução n° 43/94 do DNC.
vimento de motores mais eficientes no controle de emissões de gases
poluentes, utilizando componentes como catalisadores, sistema antie- Modelo Índice de CO emitido Avanço
vaporação de combustível, cuidado com emissões veiculares (gases e 1.0 M/T < 0,05% 6 ± 10 apms
ruídos) e principalmente no aumento de utilização de materiais reciclá- 1.0 M/T Turbo < 0,05% 6 ± 10 apms
1.6 M/T / A/T < 0,05% 6 ± 10 apms
veis. Esta é uma contribuição da Hyundai para a preservação dos recur-
sos naturais. Com o intuito de minimizar os efeitos nocivos à camada de
Ozônio e à poluição atmosférica, a Hyundai se empenha continuamen- EMISSÕES DE RUÍDOS
te para não somente melhorar seus veículos, como também respeitar a Os veículos Hyundai estão em conformidade com a legislação de controle
natureza para uma melhor condição de vida. de poluição sonora vigente, conforme Resolução n° 01/93 do CONAMA.
O proprietário deve seguir as informações do manual para possibili-
Modelo Ruído Marcha Lenta
tar o descarte correto dos resíduos gerados durante a manutenção 1.0 M/T 80,7 dBA @ 4.650 rpm 820 ± 100 rpm
do veículo. 1.0 M/T Turbo 79,6 dBA @ 4.500 rpm 950 ± 100 rpm
Hatch
1.6 M/T 83,6 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
1.6 A/T 82,3 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
1.6 M/T 83,6 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
Rspec
1.6 A/T 82,3 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
1.6 M/T 85,4 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
Cross
1.6 A/T 83,2 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
1.0 M/T 80,1 dBA @ 4.650 rpm 820 ± 100 rpm
1.0 M/T Turbo 79,3 dBA @ 4.500 rpm 950 ± 100 rpm
Sedan
1.6 M/T 83,5 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm
1.6 A/T 81,8 dBA @ 4.500 rpm 660 ± 100 rpm

ATENÇÃO
Cabe ao proprietário o correto cumprimento do plano de manu-
tenção, bem como respeitar as recomendações do Manual do
Proprietário e da Legislação de Trânsito local, garantindo assim,
o ideal funcionamento dos dispositivos contidos no veículo.

F5
PREFÁCIO
Obrigado por escolher a Hyundai. Temos o prazer de recebê-lo no crescente grupo de pessoas que dirigem um Hyundai.
A avançada engenharia e a fabricação de alta qualidade de cada Hyundai que construímos é algo de que nos orgulha-
mos.

Seu Manual do Proprietário apresentará os recursos e a operação de seu novo Hyundai. Sugerimos que você o leia cui-
dadosamente, pois as informações apresentadas podem contribuir em muito para sua satisfação com seu novo veículo.

O fabricante também recomenda que os serviços e a manutenção em seu veículo sejam executados por uma concessio-
nária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB), a fim de manter todas as condições de garantia do veículo.

HYUNDAI MOTOR BRASIL


Nota: Pelo fato do futuro proprietário também precisar das informações contidas neste manual, caso venda este veículo
Hyundai, por favor, deixe o manual no veículo para o uso do novo proprietário. Obrigado.

CUIDADO
Danos severos ao motor e à transmissão podem resultar com o uso de combustíveis e lubrificantes de baixa
qualidade e que não atendam às especificações da Hyundai. Sempre use combustíveis e lubrificantes de alta
qualidade que atendam às especificações listadas na página 8-6, na seção de Especificações do Veículo.

Copyright 2018 Hyundai Motor Brasil. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser repro-
duzida, armazenada em qualquer sistema recuperável ou transmitida de qualquer forma ou por quaisquer meios sem o
consentimento escrito prévio da Hyundai Motor Brasil.

F6
Introdução 1

Índice ilustrado 2

Características de segurança do seu veículo 3

Características do seu veículo 4

Conduzindo o seu veículo 5

Em caso de emergência 6

Manutenção 7

Especificações e informações ao proprietário 8

Índice alfabético I

F7
Introdução

Como utilizar este manual............................................................. 1-2


1
Recomendações de combustível.................................................... 1-2
Instruções de manuseio do veículo............................................... 1-4
Rodagem inicial do seu Hyundai.................................................. 1-4
Introdução

COMO UTILIZAR ESTE RECOMENDAÇÕES DE


MANUAL Você encontrará várias mensagens de ATEN- COMBUSTÍVEL
ÇÃO, CUIDADO e NOTA neste manual.
Queremos ajudá-lo a alcançar o maior prazer
Essas mensagens de ATENÇÃO foram pre-
possível na condução de seu veículo. Seu CUIDADO
paradas para aumentar sua segurança pes-
Manual do Proprietário pode auxiliá-lo de vá-
soal. Você deve ler cuidadosamente e seguir • NUNCA USE COMBUSTÍVEL COM
rias maneiras. Recomendamos que você leia
TODOS os procedimentos e recomendações CHUMBO. O uso de combustível
o manual completamente. A fim de minimizar
fornecidos nessas mensagens. com chumbo é prejudicial ao
os riscos de morte ou ferimentos, você de-
ve ler as seções de ATENÇÃO e CUIDADO conversor catalítico e danificará o
sensor de oxigênio do sistema de
mostradas neste manual. ATENÇÃO controle do motor, além de afetar o
As ilustrações complementam os textos neste Uma mensagem de ATENÇÃO indica
manual a fim de facilitar a compreensão das controle de emissões.
uma situação na qual podem resultar • Nunca adicione quaisquer agentes
características do veículo. Ao ler seu manual, perigo, ferimentos graves ou morte,
você aprenderá sobre os recursos, informa- de limpeza para sistema de com-
caso ela seja ignorada. bustível, diferentes do especificado,
ções importantes de segurança e dicas de
condução sob várias condições. ao reservatório de combustível (pa-
O formato geral do manual está apresentado ra maiores detalhes, consulte uma
no Índice Principal. Um bom lugar para come-
CUIDADO concessionária autorizada Hyundai
çar é o Índice Alfabético; ele apresenta uma Uma mensagem de CUIDADO indica Motor Brasil (HMB)).
lista alfabética de todas as informações conti- uma situação na qual podem resultar • Combustíveis em contato com a pin-
das neste manual. danos ao veículo, caso ela seja igno- tura do veículo podem causar danos
Seções: Este manual possui oito seções e um rada. permanentes na pintura. Por isso
índice alfabético. Cada seção começa com remova imediatamente todo o com-
um breve índice, de forma que você possa bustível que entrar em contato com
identificar rapidamente se aquela seção pos-
QQNOTA a pintura.
sui a informação que deseja. Uma mensagem de NOTA indica que informa- • Abasteça somente com combustí-
ções interessantes ou úteis estão sendo apresen- vel de alta qualidade, desta forma
tadas. garante-se um bom desempenho,
economia de combustível e durabi-
lidade do motor.

12
Introdução

Veículos flex
ATENÇÃO • Veículos com motor flex foram desenvolvi- • Nos casos de reabastecimento em que
Ao abastecer, não “complete” o reser- dos para usar uma mistura de gasolina e for alterar o tipo de combustível, de eta-
vatório depois da parada automática etanol em qualquer proporção. nol para gasolina ou gasolina para etanol,
da bomba de abastecimento. Verifique • Se seu veículo for equipado com o siste- recomenda-se que o veículo seja condu-
sempre se a tampa do reservatório de ma flex, você poderá usar etanol e gaso- zido por pelo menos 5 quilômetros para
combustível está bem fechada, para lina (aprovados por lei) vendidos nos pos- que o sistema de controle do motor possa
evitar derramamento de combustível, tos de serviço brasileiros que possuam identificar o novo combustível. Caso não
no caso de um acidente. um sistema para indicação da qualidade seja realizado a orientação recomendada
Combustíveis são altamente inflamá- do combustível. poderá haver dificuldade na partida do
veis e podem causar explosões e in- • Complete o nível do reservatório de parti- motor.
cêndio. As causas podem gerar quei- da a frio (se equipado apenas para motor
maduras, lesões ou morte. 1.0) no compartimento do motor, somente
com gasolina.
CUIDADO
Durante o abastecimento do veículo
não fume nem use o telefone celular. • Inspecione semanalmente e mantenha Nunca utilize etanol ou gasolina que
A geração de qualquer faísca poderá o reservatório de partida a frio sempre não sejam aprovados pela lei.
causar incêndio e queimaduras. abastecido. O reparo ou a substituição de compo-
Desligue sempre o motor do veículo • Em casos que o veículo deixar de funcio- nentes gastos ou danificados, devido
antes de reabastecer. nar por falta de combustível no tanque, o ao uso de combustíveis não aprovados,
reabastecimento deve seguir utilizando-se não serão cobertos pela garantia do fa-
o mesmo tipo de combustível que estava bricante.
sendo utilizado, para assegurar um corre-
to funcionamento do veículo. Caso seja
utilizado um combustível diferente poderá ATENÇÃO
haver dificuldade na partida do motor bem
Álcool combustível (Etanol) para veícu-
como possíveis falhas no funcionamento.
los flex não é comestível, ao contrário
de vinho ou cerveja que são destilados
de produtos naturais.

13
Introdução

INSTRUÇÕES DE RODAGEM INICIAL


MANUSEIO DO VEÍCULO DO SEU HYUNDAI
Da mesma forma como acontece com outros Não é necessário nenhum procedimento es-
veículos deste tipo, a condução inadequada pecial a ser realizado. Seguindo algumas pre-
deste veículo pode resultar na perda de con- cauções simples para os primeiros 1.000 km,
trole, acidente ou capotamento. pode-se melhorar o desempenho, a economia
Evite curvas muito fechadas ou manobras de combustível e a vida útil do seu veículo.
bruscas. • Não force o motor.
Certifique-se de ler as orientações em “Re- • Ao dirigir, mantenha a rotação do motor
duzindo o risco de capotamento”, na seção 5 entre 2.000 e 4.000 rpm.
deste manual. • Não mantenha velocidades constantes
por longos períodos, tanto baixas como
altas.
• Evite freadas bruscas, exceto em situa-
ções de emergência, para permitir que os
freios funcionem corretamente.

14
Índice ilustrado

Vista geral do exterior (Hatch 5 portas)...................................... 2-2


Vista geral do exterior (Cross)...................................................... 2-4
Vista geral do exterior (Rspec)...................................................... 2-6
Vista geral do exterior (Sedan 4 portas)...................................... 2-8 2
Vista geral do interior.................................................................. 2-10
Vista geral do painel de instrumentos.........................................2-11
Compartimento do motor............................................................ 2-12
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO EXTERIOR (HATCH 5 PORTAS)


n Vista dianteira modelo Hatch (5 portas)

(1) Palhetas do limpador de para-brisa


(2) Espelhos retrovisores externos
(3) Maçaneta externa das portas
(4) Farol
(5) Farol dianteiro de neblina (se equipado)
1 2 (6) Capô
3
(7) Pneus e rodas *
6

OHB018001BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

22
Índice ilustrado

n Vista traseira modelo Hatch (5 portas)

(1) Antena
(2) Vidro traseiro com aquecedor
1
(3) Tampa de abastecimento de
6 combustível
(4) Lanterna combinada traseira
2
(5) Palheta do limpador do vidro traseiro
5
(6) Luz de freio central

4
3

OHB018002BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

23
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO EXTERIOR (CROSS)


n Vista dianteira modelo Cross

(1) Palhetas do limpador de para-brisa


(2) Espelhos retrovisores externos
(3) Maçaneta externa das portas
(4) Farol
(5) Farol dianteiro de neblina (se equipado)
1 2
(6) Capô
3
(7) Pneus e rodas *

OHB016005BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

24
Índice ilustrado

n Vista traseira modelo Cross

(1) Antena
(2) Vidro traseiro com aquecedor
1
(3) Tampa de abastecimento de
6
combustível
2 (4) Lanterna combinada traseira
5 (5) Palheta do limpador do vidro traseiro
(6) Luz de freio central
4
3

OHB016006BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

25
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO EXTERIOR (Rspec)


n Vista dianteira modelo Rspec

(1) Palhetas do limpador de para-brisa


(2) Espelhos retrovisores externos
(3) Maçaneta externa das portas
(4) Farol
(5) Farol dianteiro de neblina (se equipado)
1 2 (6) Capô
3 (7) Pneus e rodas *

OHB018009BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

26
Índice ilustrado

n Vista traseira modelo Rspec

(1) Antena
(2) Vidro traseiro com aquecedor
(3) Tampa de abastecimento de
1 combustível
6
(4) Lanterna combinada traseira
2
(5) Palheta do limpador do vidro traseiro
5 (6) Luz de freio central

4
3

OHB018010BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

27
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO EXTERIOR (SEDAN 4 PORTAS)


n Vista dianteira modelo Sedan (4 portas)

(1) Palhetas do limpador de para-brisa


(2) Espelhos retrovisores externos
(3) Maçaneta externa das portas
(4) Farol
(5) Farol dianteiro de neblina (se equipado)
1 2
(6) Capô
3 (7) Pneus e rodas *
6
4

OHB018007BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

28
Índice ilustrado

n Vista traseira modelo Sedan (4 portas)

(1) Antena
(2) Vidro traseiro com aquecedor
(3) Tampa de abastecimento de
1 combustível
(4) Lanterna combinada traseira
2
(5) Luz de freio central
5

3 4

OHB018008BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

29
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO INTERIOR


(1) Maçaneta interna da porta
(2) Controle dos espelhos retrovisores
externos
(3) Botão de travamento do vidro elétrico
7 (4) Interruptor de travamento central das
portas
(5) Conjunto de interruptores do vidro
elétrico
(6) Alavanca de abertura da tampa de
11
abastecimento de combustível
(7) Volante
13 2 8 (8) Alavanca de controle da inclinação do
1 volante da direção
9
(9) Painel de fusíveis interno
(10) Alavanca de liberação do capô do
10
motor
12 (11) Buzina
4 3
(12) Banco
5
(13) Comando do rebatimento dos
espelhos (se equipado)

OHB016003BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

2 10
Índice ilustrado

VISTA GERAL DO PAINEL DE INSTRUMENTOS

(1) Tomada de força


(2) Alavanca de seleção de marcha
(3) Alavanca do freio de estacionamento
(4) Entradas AUX, USB e iPod®
(5) Suporte para copos
(6) Controles do sistema de climatização
6

4 1
2

OHB016004BR

* O desenho e dimensões podem diferir da ilustração conforme a versão do veículo. Imagens meramente ilustrativas.

2 11
Índice ilustrado

COMPARTIMENTO DO MOTOR
n Veículos com motor flex KAPPA 1.0 MPI
(1) Reservatório do líquido de
11 6 arrefecimento (sob a travessa dianteira
10
superior)
9
12 7 (2) Reservatório do líquido lavador do
8 para-brisa
4
(3) Tampa do radiador
3
5 (4) Tampa de abastecimento de óleo do
2 motor
1 (5) Vareta de nível de óleo
(6) Reservatório de fluido do freio /
embreagem
(7) Filtro de ar
(8) Caixa de fusíveis
OHB076014BR (9) Terminal positivo da bateria
(10) Terminal negativo da bateria
n Veículos com motor flex KAPPA 1.0 Turbo (11) Reservatório de gasolina para partida
a frio
11 6 (12) Reservatório do fluido da direção
hidráulica *
12 9
10 * : se equipado
4 8

5
7
3
2
1

OHB076020BR

2 12
Índice ilustrado

n Veículos com motor flex GAMMA 1.6 MPI (1) Reservatório do líquido de
arrefecimento (sob a travessa dianteira
6 superior)
9
(2) Reservatório do líquido lavador do
12 7 10 para-brisa
4
8 (3) Tampa do radiador
5 (4) Tampa de abastecimento de óleo do
3 motor
11
(5) Vareta de nível de óleo
2
(6) Reservatório de fluido do freio /
1
embreagem
(7) Filtro de ar
(8) Caixa de fusíveis
(9) Terminal positivo da bateria
(10) Terminal negativo da bateria
OHB076012BR
(11) Vareta do fluido da transmissão
automática *
(12) Reservatório do fluido da direção
hidráulica *
* : se equipado

2 13
Índice ilustrado

2 14
Características de segurança do seu veículo

Bancos............................................................................................. 3-2
• Banco do motorista............................................................................. 3-2
• Banco dianteiro do passageiro........................................................... 3-2
• Bancos traseiros.................................................................................. 3-2
• Ajuste do banco dianteiro.................................................................. 3-4
• Ajuste do banco traseiro.................................................................... 3-8
Cintos de segurança..................................................................... 3-12
• Pré-tensor do cinto de segurança (se equipado)............................ 3-17 3
• Recomendações dos cintos de segurança........................................ 3-20
• Cuidados com os cintos.................................................................... 3-22
Sistema de proteção para crianças............................................. 3-23
• Utilização do sistema de proteção para crianças........................... 3-25
Sistema suplementar de proteção SRS airbag (se equipado)... 3-31
• Funcionamento do sistema do airbag............................................. 3-32
• Luz de advertência do airbag.......................................................... 3-34
• Componentes do SRS Airbag e suas funções................................. 3-35
• Airbag do motorista e do passageiro dianteiro.............................. 3-37
• Airbag lateral (se equipado)............................................................ 3-40
• Manutenção do SRS Airbag............................................................ 3-47
• Recomendações de segurança adicionais........................................ 3-48
• Instalação de equipamentos ou modificação do veículo
equipado com airbag........................................................................ 3-49
• Etiqueta de advertência do airbag (se equipado).......................... 3-49
Características de segurança do seu veículo

BANCOS
Banco do motorista
(1) Alavanca de ajuste da posição do banco
(2) Alavanca de inclinação do encosto
(3) Regulador de altura do assento do banco
(4) Apoio de cabeça
(5) Descansa-braço *

Banco dianteiro do passageiro


(6) Alavanca de ajuste da posição do banco
(7) Alavanca de inclinação do encosto
(8) Apoio de cabeça

Bancos traseiros
(9) Apoio de cabeça
(10) Rebatimento do encosto

* : se equipado

32
Características de segurança do seu veículo

ATENÇÃO ATENÇÃO ATENÇÃO


Objetos soltos Responsabilidade do Não utilize uma almofada no assento
motorista pelos passageiros que reduza o atrito entre o assento e
Objetos soltos na área dos pés do
dianteiros o passageiro. Em caso de acidente ou
motorista podem interferir no aciona-
freada brusca, o quadril do passageiro
mento dos pedais, podendo causar Viajar em veículo com o encosto do
poderá escorregar por baixo da parte
um acidente. Não deixe nenhum objeto banco reclinado pode levar a ferimentos
subabdominal do cinto de segurança.
solto embaixo dos bancos dianteiros. graves ou fatais em caso de acidente.
Ferimentos internos graves ou fatais
Se o banco dianteiro estiver reclinado
poderão ocorrer, pois o cinto de segu-
durante um acidente, o quadril do ocu-
rança não poderá funcionar normal-
pante poderá deslizar por baixo da parte
ATENÇÃO subabdominal do cinto de segurança,
mente.
Encosto do banco aplicando grande força sobre o abdô-
Ao rebater o encosto do banco para a men desprotegido, podendo causar
posição vertical, segure o encosto e ferimentos internos graves ou fatais. O
retorne-o lentamente, certificando-se motorista deverá assegurar que o pas-
que não haja ocupantes próximos ao sageiro dianteiro mantenha o encosto
banco. Caso o encosto seja retorna- do banco na posição vertical sempre
do sem controle, o mesmo poderá se que o veículo estiver em movimento.
mover rapidamente à frente e causar
ferimento acidental em quem estiver
acionando a alavanca de ajuste do en-
costo do banco.

33
Características de segurança do seu veículo

Ajuste do banco dianteiro


ATENÇÃO ATENÇÃO Para frente e para trás
Banco do motorista Depois de ajustar o banco, verifique
• Nunca tente ajustar o banco enquanto sempre se o mesmo está firmemente
o veículo estiver em movimento. Isto travado no lugar, tentando movimentá-
poderá resultar na perda de controle e -lo para frente ou para trás sem utilizar
acidente, causando morte, ferimentos a alavanca de liberação. Movimentos
graves ou danos materiais. bruscos ou inesperados do banco do
motorista podem fazer com que o con-
• Não permita que nada interfira na po- dutor perca o controle do veículo, o que
sição normal do encosto do banco. A pode resultar em um acidente.
colocação de objetos contra o encos-
to do banco ou que de outra maneira
interfiram no travamento correto do ATENÇÃO
encosto do banco poderá resultar em
ferimentos graves ou fatais no caso de • Não ajuste o banco enquanto estiver uti-
uma freada brusca ou de uma colisão. lizando o cinto de segurança. Movimen-
tar o banco para frente pode exercer Para movimentar o banco longitudinalmente:
• Sempre dirija e viaje com o encosto uma forte pressão sobre o abdômen. 1. Puxe para cima a alavanca de ajuste do
do banco na posição vertical e com • Tenha o máximo cuidado de forma a banco (ou a manopla, se equipado), sob
a parte subabdominal do cinto aper- não permitir que suas mãos e objetos a borda dianteira do assento do banco, e
tada sobre o quadril. Essa é a melhor sejam pegos pelo mecanismo enquan- segure-a.
posição para protegê-lo em caso de to o banco estiver sendo movido.
acidente. 2. Deslize o banco para a posição desejada.
• Não coloque um acendedor de cigar- 3. Libere a barra (ou a manopla, se equipa-
• A fim de evitar ferimentos desneces- ros no assoalho ou no banco. Quando
sários e talvez graves, causados pelo do) e certifique-se que o banco esteja tra-
ajustar o banco, o gás pode sair pelo vado no lugar.
airbag, procure sentar-se sempre o isqueiro e causar um incêndio.
mais afastado possível do volante, Ajuste o banco antes de dirigir e certifique-se
• Tenha cuidado quando pegar objetos
mantendo o controle confortável do que o mesmo esteja travado tentando movi-
pequenos presos embaixo dos bancos
veículo. Recomendamos que o tórax mentá-lo para frente e para trás sem utilizar a
ou entre o banco e o console central.
fique a pelo menos 25 cm de distância alavanca de ajuste. Caso o banco se movimen-
Você pode cortar as mãos ou se ferir
do volante. te, ele não estará adequadamente travado.
nas bordas do mecanismo do banco.

34
Características de segurança do seu veículo

Inclinação do encosto Altura do assento Descansa-braço


(para o banco do motorista) (para o banco do motorista)
(se equipado)

Para reclinar o encosto:


1. Sentado no banco, incline-se ligeiramente Para alterar a altura da almofada do assento
para frente e levante o encosto do banco do banco, gire o botão que está localizado na Para usar o descansa-braço, abaixe-o para a
utilizando a alavanca de inclinação do en- lateral da almofada do assento para frente ou posição mais baixa.
costo, localizada na lateral do assento na para trás.
parte traseira. • Para abaixar a almofada do assento do
2. Mantendo a alavanca acionada, incline-se banco, gire o botão para frente algumas
para trás com cuidado e ajuste o encosto vezes.
do banco para a posição desejada. • Para levantar a almofada do assento do
3. Libere a alavanca e certifique-se que banco, gire o botão para trás algumas ve-
o encosto esteja travado na posição (a zes.
alavanca deverá retornar à sua posição
original para que o encosto fique travado).

35
Características de segurança do seu veículo

Apoio de cabeça
ATENÇÃO
• Para maior eficiência no caso de um
acidente, o apoio de cabeça deve
ser ajustado de maneira que o cen-
tro do apoio esteja na mesma altura
dos seus olhos. Além disso, ajuste o
apoio de cabeça o mais próximo pos-
sível de sua cabeça. Por este motivo,
a utilização de uma almofada para
afastar o tronco do encosto do banco
não é recomendada.
• Não utilize o veículo com os apoios
de cabeça removidos. Ferimentos Ajuste da altura do apoio de cabeça
graves podem ocorrer aos ocupantes Para levantar o apoio de cabeça, puxe-o para
Os bancos do motorista e do passageiro dian-
em caso de acidentes. Os apoios de cima para a posição desejada (1). Para abai-
teiro estão equipados com apoio de cabeça
cabeça, quando corretamente ajusta- xá-lo, pressione e segure o botão de liberação
para segurança e conforto dos ocupantes.
dos, fornecem proteção contra feri- (2) no suporte do apoio de cabeça e abaixe-o
O apoio de cabeça não proporciona somente mentos no pescoço. para a posição desejada (3).
conforto para motorista e para o passageiro • Não ajuste a posição do apoio de ca-
dianteiro, mas também ajuda a proteger a ca- beça do banco do motorista com o
beça e o pescoço no caso de uma colisão. veículo em movimento.

36
Características de segurança do seu veículo

OHB036001BR OHB036002BR

Remoção/Instalação Para instalar o apoio de cabeça:


CUIDADO Para remover o apoio de cabeça: 1. Coloque as hastes do apoio de cabeça (2)
Se você inclinar o encosto para a frente 1. Incline o encosto (2) com a alavanca de nos orifícios enquanto pressiona o botão
com o apoio de cabeça e a almofada do inclinação (1). de liberação (1).
assento levantada, o apoio de cabeça 2. Levante o apoio de cabeça totalmente. 2. Incline o encosto (4) com a alavanca de
pode entrar em contato com o para-sol 3. Pressione o botão de liberação do apoio inclinação (3).
e outras partes do veículo. de cabeça (3) enquanto puxa o apoio de 3. Ajuste o apoio de cabeça na altura apro-
cabeça para cima (4). priada.

ATENÇÃO ATENÇÃO
NÃO permita que ninguém trafegue no Sempre certifique-se que o apoio de
veículo com o apoio de cabeça remo- cabeça está travado na posição depois
vido. de instalá-lo e ajustá-lo corretamente.

37
Características de segurança do seu veículo

Porta-objetos do encosto do Ajuste do banco traseiro


banco (se equipado) Apoio de cabeça ATENÇÃO
• Para maior eficiência no caso de um
acidente, o apoio de cabeça deve ser
ajustado de maneira que o centro do
apoio esteja na mesma altura dos
seus olhos. Além disso, ajuste o apoio
de cabeça o mais próximo possível
de sua cabeça. Por este motivo, a uti-
lização de uma almofada para afastar
o tronco do encosto do banco não é
recomendada.
• Não utilize o veículo com os apoios de
OHBBSA2009 cabeça removidos. Ferimentos graves
O porta-objetos do encosto do banco localiza- O banco traseiro está equipado com apoios podem ocorrer aos ocupantes em ca-
-se atrás do encosto do banco do motorista e de cabeça para segurança e conforto dos so de acidentes. Os apoios de cabeça,
atrás do banco do passageiro dianteiro. ocupantes. quando corretamente ajustados, for-
O apoio de cabeça não proporciona somente necem proteção contra ferimentos no
conforto para os passageiros, mas também pescoço.
ATENÇÃO ajuda a proteger a cabeça e o pescoço no ca- • Quando não há ocupante nos ban-
Banco do motorista so de uma colisão. cos traseiros, ajuste a altura do
Não coloque objetos pesados ou cor- apoio de cabeça na posição mais
tantes nos porta-objetos dos encostos. baixa. O apoio de cabeça do banco
Em caso de acidente, eles podem se traseiro pode reduzir a visibilidade
soltar do porta-objetos e ferir os ocu- da área atrás do veículo.
pantes do veículo.

38
Características de segurança do seu veículo

Rebatendo o banco traseiro


Os encostos dos bancos traseiros podem ser
rebatidos para facilitar o transporte de objetos
compridos ou para aumentar a capacidade de
bagagem do veículo.

ATENÇÃO
O objetivo de rebater os encostos dos
bancos traseiros é permitir o transporte
de objetos mais compridos, os quais
OHBBSA2010
não poderiam ser acomodados de outra
maneira.
Ajuste da altura do apoio de cabeça Remoção Nunca permita que passageiros sen-
Para levantar o apoio de cabeça, puxe-o para Para remover o apoio de cabeça, levante-o o tem sobre os encostos dos bancos
cima para a posição desejada (1). Para abai- máximo possível e pressione o botão de libe- enquanto eles estiverem rebatidos e o
xá-lo, pressione e segure o botão de liberação ração (1) enquanto estiver puxando o apoio veículo estiver em movimento. Essas
para cima (2). posições não são adequadas para esse
(2) no suporte do apoio de cabeça e abaixe-o
Para reinstalar o apoio de cabeça, coloque as fim, uma vez que o veículo não possui
para a posição desejada (3). cintos de segurança nesses locais. Isso
hastes (3) nos seus orifícios de fixação, en-
quanto o botão de liberação (1) é pressiona- pode resultar em ferimentos graves ou
do. Ajuste-o para a altura apropriada. morte, no caso de uma freada brusca
ou de um acidente. Os objetos trans-
portados sobre os encostos rebatidos
ATENÇÃO não deverão ultrapassar a altura dos
Certifique-se que o apoio de cabeça bancos dianteiros. Isso pode permitir
fique travado na posição depois de que a carga deslize para frente e cause
ferimentos ou danos durante freadas
ajustá-lo, para que ele proteja os ocu-
bruscas.
pantes adequadamente.

39
Características de segurança do seu veículo

Para retornar o encosto do banco Como rebater o encosto do banco 2. Abaixe totalmente os apoios de cabeça
traseiro: traseiro traseiros.
• Para levantar o encosto, levante e empur- 3. Introduza a lingueta metálica do cinto tra-
Modelo Hatch/Cross
re-o com até ouvir um clique ao travar. seiro no suporte para evitar que a cinta
• Ao retornar o encosto do banco para a seja danificada.
sua posição vertical, reposicione os cintos Modelo Hatch/Cross
de segurança traseiros de modo que eles
possam ser utilizado pelos passageiros
dos bancos traseiros.

ATENÇÃO
Não rebater o encosto do banco trasei-
ro caso os bancos dianteiros não este- OTA030013
jam devidamente ajustados nos eixos. Modelo Sedan
Em caso de transporte cargas com o
OHBBSA2012
encosto traseiro rebatido, elas poderão
se mover durante freadas bruscas ou Modelo Sedan
colisão, podendo causar ferimentos.

OHBBSA2029

1. Coloque o encosto do banco dianteiro na


posição vertical e, se necessário, deslize OHBBSA2030
o banco dianteiro para frente.

3 10
Características de segurança do seu veículo

4. Puxe os pinos de liberação do encosto do


banco traseiro e, em seguida, rebata o en- ATENÇÃO CUIDADO
costo para a frente.
Ao rebater o encosto do banco traseiro Cintos de segurança traseiros
5. Para utilizar o banco traseiro, levante o para a posição vertical, depois de ser
encosto do banco e empurre-o com fir- Ao retornar os encostos dos bancos
rebatido:
meza para trás, até que ele fique trava- traseiros para a posição vertical, lem-
Tome cuidado para não danificar a cinta bre-se de retornar os cintos diagonais
do no lugar. Certifique-se que o encosto
ou o fecho do cinto de segurança. Não traseiros para suas posições corretas.
esteja travado no lugar e ao rebater o
permita que a cinta ou o fecho do cinto
encosto do banco para a sua posição ver-
de segurança fiquem presos no banco
tical, certifique-se sempre que esteja bem
traseiro. Certifique-se que o encosto do
travado na posição, empurrando-o pela
parte superior do encosto.
banco esteja completamente travado ATENÇÃO
na posição vertical, empurrando-o pela
parte superior. Caso contrário, na hipó- Carga
tese de um acidente ou de uma freada A carga deverá estar sempre fixada,
brusca, o banco poderá rebater e permi- para evitar que, em caso de colisão,
tir que a carga entre no compartimento seja arremessada no interior do veícu-
de passageiros, o que poderá resultar lo e cause ferimentos aos ocupantes.
em ferimentos graves ou morte. Deve-se ter cuidado especial ao colo-
car objetos nos bancos traseiros, uma
vez que, no caso de uma colisão fron-
CUIDADO tal, esses podem atingir os ocupantes
dos bancos dianteiros.
Danos aos fechos dos cintos de
segurança traseiros
Quando o assento do banco traseiro
for rebatido ou ao se colocar malas ou
6. Retorne o cinto de segurança traseiro pa-
grandes volumes no banco traseiro, os
ra a posição adequada.
fechos do cinto de segurança devem
ser inseridos entre o encosto e o as-
sento do banco. Desta forma evita-se
danos ao fecho do cinto de segurança.

3 11
Características de segurança do seu veículo

CINTOS DE SEGURANÇA
Sistema de proteção por cintos
ATENÇÃO de segurança
Carregamento da carga
• Evite usar o cinto de segurança
Sempre que carregar ou descarregar o ATENÇÃO quando este estiver torcido. O cinto
veículo, certifique-se que o motor este- • Para que o sistema proporcione a de segurança, quando torcido, não
ja desligado, a transmissão automática máxima proteção, os cintos de segu- cumpre sua função corretamente.
esteja na posição “P” (Estacionado) e rança devem ser usados sempre que Em caso de uma colisão, ele pode até
que o freio de estacionamento este- o veículo estiver em movimento. ferir o ocupante. Certifique-se que a
ja acionado. Deixar de seguir esses • Os cintos de segurança são mais cinta esteja reta e não torcida.
procedimentos pode permitir que o eficientes quando os encostos dos • Cuidado para não danificar a cinta ou
veículo se movimente, caso a alavanca bancos estão na posição vertical. outras peças do conjunto do cinto.
de mudanças seja movida inadvertida-
• Crianças menores de 12 anos de Caso as peças de fixação ou a cin-
mente para outra posição.
idade devem ser sempre protegidas ta estejam danificadas, elas deverão
adequadamente no banco traseiro. ser substituídas.
Nunca permita que crianças viajem • Nunca utilize o cinto de segurança
no banco do passageiro dianteiro. sobre objetos frágeis. Se houver
Caso uma criança com idade acima uma parada súbita ou um impacto,
dos 12 anos ocupe o banco diantei- o cinto de segurança pode danificar
ro, ela deverá estar devidamente pro- o objeto.
tegida com o cinto de segurança, e
o banco deverá estar afastado para
trás o máximo possível. ATENÇÃO
• Nunca use o cinto diagonal por baixo Os cintos de segurança são projetados
do braço ou por trás das costas. Um para suportar a estrutura óssea do cor-
cinto posicionado inadequadamente po e devem ser usados sobre a região
pode causar ferimentos graves, caso baixa do quadril, o tórax e ombros, con-
ocorra uma colisão. O cinto diagonal forme a necessidade.
deverá ser posicionado acima do Deve-se evitar o uso da parte abdominal
ombro e passando pela clavícula. do cinto sobre a área do abdômen.

3 12
Características de segurança do seu veículo

Advertência do cinto de
Os cintos de segurança devem ser ajus- ATENÇÃO segurança (se equipado)
tados da maneira mais firme possível,
e com conforto, a fim de proporcionar • Nenhuma modificação ou adição
a proteção para a qual eles foram pro- deverá ser feita pelo usuário que
jetados. impeça o mecanismo de ajuste do
O cinto folgado reduz em grande parte cinto de segurança remover a folga
a proteção oferecida ao ocupante. ou que impeça o ajuste do conjunto
Deve-se tomar cuidado para evitar a do cinto de segurança para remover
contaminação da cinta com produtos a folga.
para polimento, óleos, produtos quí- • Ao afivelar o cinto de segurança, to-
micos e especialmente com solução me cuidado para não travar o cinto
de bateria. A limpeza pode ser efetua- em um fecho de outro assento. Isso
da com segurança utilizando-se sabão é muito perigoso e você pode não ser
neutro e água. protegido corretamente pelo cinto de
O conjunto do cinto deverá ser subs- segurança.
tituído caso a cinta fique contaminada • Não desafivele e afivele o cinto de Como um lembrete para o motorista, a luz de
ou danificada. É necessário substituir segurança ao dirigir o veículo. Isso advertência do cinto de segurança pisca ou
o conjunto todo depois do mesmo ter pode causar a perda de controle, um acende e o alarme sonoro soa da seguinte
sido usado em um impacto severo, acidente causando morte, ferimen- maneira:
mesmo que o dano ao conjunto não tos graves ou danos. • A luz de advertência do cinto de seguran-
seja evidente. • Ao afivelar o cinto de segurança, ça acende por aproximadamente 6 segundos
Os cintos não devem ser usados com certifique-se que ele não esteja pas- sempre que o interruptor de ignição é girado
as cintas torcidas. Cada conjunto de sando sobre objetos cortantes ou para a posição “ON”, independentemente do
cinto de segurança deve ser usado que possam quebrar facilmente. afivelamento do cinto de segurança.
apenas por um ocupante. É perigoso • Certifique-se que não haja nada den-
passar o cinto de segurança sobre uma • A luz de advertência do cinto de segurança
tro do fecho. Neste caso o cinto de acende se o cinto de segurança não estiver
criança que esteja sendo transportada segurança não poderá ser afivelado
no colo de um passageiro. afivelado depois que o interruptor de ignição
corretamente. é girado para a posição “ON”.
• Se o cinto de segurança permanecer desa-
fivelado e o veículo for conduzido com veloci-
dade maior que 9 km/h, a luz de advertência

3 13
Características de segurança do seu veículo

do cinto de segurança começará a piscar até O cinto de segurança se ajusta automatica-


que o veículo seja conduzido com velocidade mente ao comprimento adequado somente
menor que 6 km/h. depois que a parte subabdominal do cinto é
• Se o cinto de segurança permanecer desa- ajustada manualmente de modo a ficar con-
fivelado e o veículo for conduzido com veloci- fortavelmente colocada sobre o quadril. Ca-
dade maior que 20 km/h, o alarme sonoro so- so o ocupante se incline lentamente para a
ará por aproximadamente 100 segundos e a frente, o cinto estenderá e permitirá seus
luz do cinto de segurança continuará a piscar. movimentos. Entretanto, caso haja uma fre-
ada brusca ou um impacto, o cinto travará na
posição. Ele também travará caso o ocupante
Cinto de segurança
tente se inclinar para frente de modo muito
subabdominal / diagonal rápido.
QQNOTA
Caso não consiga puxar normalmente o cinto de Ajuste da altura:
segurança para fora do retrator, puxe-o firme- A altura da fixação do cinto diagonal pode ser
mente e libere-o. Em seguida, você poderá pu- ajustada em uma das 3 posições existentes
xar o cinto para fora suavemente. para máximo conforto e segurança.
Caso a altura do ajuste do cinto fique muito
próxima do pescoço, não se obterá o máximo
de proteção. Esse ajuste deverá ser realizado
de modo a fazer com que o cinto transversal
passe pelo meio do ombro, e nunca próximo
ao pescoço.
Para ajustar a altura da fixação do cinto, le-
Colocação do cinto de segurança: vante ou abaixe a articulação, conforme a
Para colocar o cinto de segurança, puxe o cin- necessidade.
to do sistema retrator e introduza a lingueta
metálica (1) no fecho (2). Quando a lingueta
ficar presa no fecho, um clique será ouvido.

3 14
Características de segurança do seu veículo

Para levantar, puxe a articulação para cima


(1). Para abaixar, empurre a articulação para
baixo (3), enquanto pressiona o botão de se-
gurança (2).
Para travar a articulação, solte o botão de se-
gurança. Para certificar-se que a articulação
esteja bem travada, tente movimentá-la.

ATENÇÃO
• Verifique se a fixação do cinto dia-
gonal está travada na posição e na
altura apropriada. Nunca posicione o
cinto diagonal sobre o pescoço ou o
rosto. Um cinto de segurança posi- Soltando o cinto de segurança:
cionado incorretamente pode causar ATENÇÃO Para soltar o cinto de segurança, pressione o
ferimentos graves no caso de um botão de liberação (1) do fecho. Ao ser libera-
acidente. O cinto subabdominal deve ser posicio-
nado o mais baixo possível, envolvendo do, o cinto deve retrair automaticamente de
• A falha na substituição dos cintos de volta para o retrator.
segurança após um acidente poderá o quadril e não a cintura. Caso o cinto
subabdominal seja posicionado muito Caso isso não aconteça, verifique se o cinto
deixá-lo com um cinto danificado que
para cima, aumenta a possibilidade da não está torcido e tente novamente.
não fornecerá a proteção necessária
no caso de outra colisão, levando a pessoa sofrer ferimentos graves no
ferimentos pessoais e morte. Subs- caso de uma colisão. Nunca coloque os
titua o cinto de segurança assim que dois braços por baixo ou por cima do
possível após um acidente. cinto. Em vez disso, coloque um braço
por cima e o outro por baixo do cinto,
conforme mostrado na ilustração.
Nunca use o cinto de segurança por
baixo do braço próximo da porta.

3 15
Características de segurança do seu veículo

Cinto de segurança subabdominal

Ao utilizar o cinto de segurança traseiro cen-


Colocação do cinto de segurança: tral, use o fecho identificado com a marca
Para colocar o cinto subabdominal de 2 pon- “CENTER”.
tos, introduza a lingueta metálica (1) no fecho
(2). Quando a lingueta ficar presa no fecho,
um clique será ouvido. Verifique se o cinto es-
tá devidamente fixado e se a cinta não está O cinto subabdominal de 2 pontos deve ser
torcida. ajustado manualmente até que fique no com-
primento correto para que ele se encaixe ao
redor de seu corpo. Coloque o cinto e puxe a
ponta solta para apertar. O cinto subabdomi-
nal deve ser posicionado o mais baixo pos-
sível, envolvendo o quadril e não a cintura.
Se o cinto estiver muito alto, a possibilidade
de ferimentos poderá ser maior em caso de
acidente.

3 16
Características de segurança do seu veículo

Pré-tensor do cinto de
segurança (se equipado) ATENÇÃO
Para sua segurança, certifique-se que o
cinto não esteja solto ou torcido e sen-
te-se sempre corretamente no banco.

Quando o veículo para bruscamente, ou se o


ocupante tenta deslocar-se para a frente ra-
pidamente, o retrator do cinto de segurança
bloqueia o movimento do cinto. Entretanto,
em certas colisões frontais o pré-tensor se
ativa e tensiona o cinto de segurança para
proporcionar melhor contato com o corpo do
Soltando o cinto de segurança: ocupante.
Quando quiser soltar o cinto de segurança,
pressione o botão (1) do fecho.
Seu veículo está equipado com pré-tensor dos
cintos de segurança nos bancos do motorista
e do passageiro dianteiro. A finalidade do pré-
ATENÇÃO tensor é garantir que os cintos de segurança
O mecanismo de travamento do cinto se ajustem ao corpo dos ocupantes em certas
de segurança central é diferente dos colisões frontais. O pré-tensor do cinto de se-
cintos de segurança dos bancos tra- gurança pode ser ativado em acidentes onde
seiros laterais. Ao colocar o cinto de a colisão frontal é suficientemente grave.
segurança traseiro lateral ou o cinto
central, certifique-se que eles estejam
inseridos nos fechos corretos para
obter a máxima proteção do sistema
de cintos de segurança e assegurar o
funcionamento adequado.

3 17
Características de segurança do seu veículo

QQNOTA
ATENÇÃO • Quando os pré-tensores dos cintos de segu-
Para obter a máxima eficiência do pré- rança são ativados, ouve-se um ruído de ex-
tensor do cinto de segurança: plosão, e um pó fino, semelhante a fumaça,
1. O cinto de segurança deve ser uti- será visível no compartimento de passagei-
lizado corretamente e ajustado na ros. Essas condições são consideradas nor-
posição adequada. Leia e siga todas mais e não representam qualquer perigo.
as informações e recomendações • Embora inofensivo, este pó fino pode cau-
importantes sobre a segurança dos sar irritações na pele e não deve ser inalado
ocupantes do veículo que são for- durante longos períodos. Lave as mãos e o
necidas neste manual, incluindo os rosto cuidadosamente após um acidente em
cintos de segurança e os airbags. que os pré-tensores tenham sido ativados.
2. Certifique-se que o motorista e os • Em virtude do sensor que ativa o SRS AIR-
O sistema de pré-tensionamento do cinto de passageiros estejam sempre utili- BAG ser conectado ao pré-tensor do cinto
segurança é composto basicamente pelos zando os cintos de segurança cor- de segurança, a luz de advertência do airbag
componentes a seguir, cuja localização é retamente. “ ”, no painel de instrumentos, acenderá
mostrada na ilustração: por aproximadamente 6 segundos, após o
1. Luz de advertência do SRS Airbag interruptor de ignição ter sido girado para a
2. Conjunto do pré-tensor do cinto de segu- posição “ON”, e em seguida, deverá apagar.
rança
3. Módulo de controle do SRS

3 18
Características de segurança do seu veículo

CUIDADO Não tente efetuar qualquer tipo de


ATENÇÃO manutenção ou reparos no sistema
Caso haja alguma falha no circuito do • Os pré-tensores foram projetados de pré-tensores dos cintos de segu-
pré-tensor do cinto de segurança, a para funcionar somente uma vez. rança.
luz de advertência acenderá, mesmo Após serem ativados, os pré-tenso- • O manuseio incorreto dos conjun-
que não haja falha no sistema princi- res dos cintos de segurança devem tos dos pré-tensores dos cintos de
pal SRS AIRBAG. Caso a luz de adver- ser substituídos. Todos os cintos de segurança, a inobservância da reco-
tência do airbag não acenda ou fique segurança, de qualquer tipo e que mendação de não dar batidas neste
continuamente acesa quando a chave tenham sido utilizados durante uma sistema, a realização de inspeções,
de ignição estiver na posição “ON”, ou colisão, também devem ser substi- modificações ou reparos de forma
continue acesa depois de ficar piscan- tuídos. incorreta podem provocar a ativação
do por 6 segundos, ou continue acesa • O mecanismo do conjunto do pré- inadvertida do sistema, aumentando
enquanto o veículo estiver em movi- tensor do cinto de segurança aque- o risco de ferimentos graves.
mento, recomendamos que o sistema ce quando ativado. Não encoste nos • Utilize sempre o cinto de segurança
seja inspecionado por uma concessio- conjuntos dos pré-tensores sem quando dirigir ou viajar no veículo.
nária autorizada Hyundai Motor Brasil aguardar alguns minutos, após estes • Caso o veículo ou o pré-tensor do
(HMB). terem sido ativados. cinto de segurança precisem ser des-
• Não tente inspecionar ou substituir o cartados, recomendamos entrar em
pré-tensor dos cintos de segurança. contato com uma concessionária au-
Recomendamos que o sistema seja torizada Hyundai Motor Brasil (HMB).
inspecionado por uma concessioná-
ria autorizada Hyundai Motor Brasil
(HMB). CUIDADO
• Não dê batidas no conjunto do pré-
tensor do cinto de segurança. Reparos na parte dianteira da carroce-
ria do veículo pode danificar o sistema
do pré-tensor do cinto de segurança.
Portanto, recomendamos que o siste-
ma seja reparado por uma concessio-
nária autorizada Hyundai Motor Brasil
(HMB).

3 19
Características de segurança do seu veículo

Recomendações Bebês ou crianças pequenas QQNOTA


dos cintos de segurança A utilização de sistemas de proteção apro- Crianças pequenas estão mais protegidas quan-
priados para crianças é obrigatória por lei. Os do acomodadas adequadamente no banco tra-
assentos para crianças e/ou bebês devem ser seiro por um sistema de proteção para crianças
ATENÇÃO adequadamente colocados e instalados no que atenda às Normas de Segurança de seu país.
O Código Brasileiro de Trânsito pres- banco traseiro. Para maiores informações so- Antes de adquirir um sistema de proteção pa-
creve que todos os ocupantes de um bre a utilização desses sistemas de proteção, ra crianças, certifique-se que o mesmo tenha
veículo de passeio devem sempre uti- consulte “Sistema de proteção para crianças”, uma etiqueta que certifique que o equipamento
lizar cintos de segurança. Cintos de nesta seção. atende às normas de segurança do seu país. O
segurança e sistemas de proteção para sistema de proteção deverá ser apropriado para
crianças reduzem o risco de ferimentos o tamanho e para o peso da criança. Confirme
graves ou fatais a todos os ocupantes ATENÇÃO se o sistema de segurança possui a etiqueta que
no caso de uma freada brusca ou uma Todos os ocupantes do veículo preci- apresenta essa informação. Consulte “Sistema
colisão. Sem o cinto de segurança, os sam ser protegidos adequadamente o de proteção para crianças”, nesta seção.
ocupantes podem ser arremessados tempo todo, inclusive bebês e crianças.
para muito perto do disparo do airbag, Nunca segure uma criança nos braços
podem bater na estrutura interior ou ou no colo quando o veículo estiver
podem ser arremessados para fora do em movimento. As forças violentas
veículo. A utilização correta do cinto de criadas durante uma colisão arrancam
segurança reduz muito esses perigos. a criança dos braços da pessoa que a
Siga sempre as recomendações sobre segura e ela é arremessada no interior
cintos de segurança e airbags contidas do veículo. Utilize sempre o sistema de
neste manual. proteção apropriado para o tamanho e
o peso da criança.

3 20
Características de segurança do seu veículo

Crianças maiores Caso uma parte do cinto diagonal encoste le- Mulheres grávidas
Recomenda-se que crianças menores de 12 vemente sobre o rosto ou sobre o pescoço da Recomenda-se o uso do cinto de segurança
anos ocupem o banco traseiro e utilizem os criança, procure colocar a criança mais pró- para mulheres grávidas com o objetivo de di-
cintos de segurança disponíveis. A parte suba- xima do centro do veículo. Caso o cinto dia- minuir a possibilidade de ferimentos em caso
bdominal do cinto deverá ser fixada de forma gonal ainda encoste no rosto ou no pescoço, de acidente. O cinto subabdominal deverá ser
confortável sobre o quadril e o mais baixo pos- a criança precisa ser acomodada novamente colocado o mais baixo e confortável possível
sível. Verifique o ajuste do cinto periodicamen- no sistema de proteção para crianças. ao redor do quadril e não ao redor do abdô-
te, pois o movimento de contorção da criança men. Para casos específicos procure orienta-
pode tirar o cinto da posição. Crianças maio- ATENÇÃO ção médica.
res de 12 anos que viajem no banco dianteiro,
como os demais passageiros, deverão utilizar Cinto diagonal
sempre o cinto de segurança. Em nenhuma em crianças pequenas ATENÇÃO
circunstância deve-se permitir que uma crian- • Nunca permita que o cinto diagonal Mulheres grávidas
ça fique em pé ou se ajoelhe no banco. As entre em contato com o rosto ou Mulheres grávidas nunca devem colo-
crianças merecem a maior atenção no que com o pescoço da criança enquanto car a cinta subabdominal do cinto de
diz respeito à segurança, a fim de se evitar o veículo estiver em movimento. segurança sobre a área do abdômen,
ferimentos na eventualidade de um acidente. • Caso os cintos de segurança não onde o bebê está localizado, ou aci-
NUNCA permita que uma criança menor de sejam usados com crianças ou ajus- ma do abdômen, onde a cinta poderia
12 anos viaje no banco dianteiro do veículo. tados adequadamente a elas, haverá esmagar o bebê durante um impacto.
NUNCA coloque um sistema de proteção para risco de morte ou ferimentos graves.
crianças virado para trás no banco dianteiro do
veículo.

3 21
Características de segurança do seu veículo

Pessoas feridas Cuidados com os cintos


O cinto de segurança deve ser usado durante ATENÇÃO O mecanismo dos cintos de segurança nunca
o transporte de pessoas feridas. Quando ne- Sentar-se na posição reclinada ou dei- deve ser desmontado ou modificado. Além
cessário, consulte um médico. tada quando seu veículo estiver em disso, deve-se ter muito cuidado para não
movimento pode ser perigoso. Mesmo permitir que os cintos se danifiquem ao fica-
que você esteja usando o cinto de se- rem presos entre as dobradiças dos bancos,
Apenas uma pessoa por cinto gurança, ele não será eficiente na posi- nas portas, etc.
ção reclinada. Embora o cinto diagonal
Nunca se deve utilizar o mesmo cinto de se-
(do ombro) esteja sobre o seu corpo,
gurança para duas pessoas, ainda que uma
ele não exercerá pressão suficiente, e ATENÇÃO
seja criança, pois isso aumenta a gravidade Ao retornar o encosto do banco trasei-
você poderá, em caso de acidente, des-
dos ferimentos em caso de acidente. ro e depois retorná-lo para sua posição
lizar por baixo dele, podendo machu-
car seriamente o pescoço ou provocar original, cuidado para não danificar os
outros ferimentos sérios. O motorista componentes do cinto de segurança
Nunca deitar no banco e os passageiros devem sentar-se cor- (cinta, lingueta metálica e fecho). Pro-
Para se reduzir a probabilidade de ferimentos, retamente em seus assentos, com o cure também certificar-se que ambas
no caso de um acidente, e obter o máximo de encosto na posição vertical e com os estejam acessíveis e que não ficaram
eficiência do sistema de proteção, todos os cintos ajustados apropriadamente. presas no banco traseiro. O cinto de
ocupantes do veículo deverão sentar-se cor- segurança com a cinta ou o fecho da-
nificados poderão falhar durante uma
retamente quando o veículo estiver em movi-
colisão ou freada brusca, resultando
mento. O cinto não poderá oferecer a prote-
em ferimentos graves.
ção adequada, se a pessoa estiver deitada no
banco traseiro ou estiver no banco dianteiro
com o encosto reclinado.

3 22
Características de segurança do seu veículo

SISTEMA DE PROTEÇÃO
Inspeção periódica PARA CRIANÇAS
Recomenda-se que todos os cintos de segu- Todas as crianças transportadas no veículo ATENÇÃO
rança sejam inspecionados periodicamente devem sentar-se no banco traseiro e utilizar • O sistema de proteção para crianças
quanto a desgastes ou danos de qualquer sempre sistemas de proteção adequados pa- deve ser sempre instalado no banco
espécie. Qualquer peça do sistema que es- ra minimizar os riscos de ferimentos em ca- traseiro. Nunca instale o sistema de
teja danificada deverá ser substituída imedia- so de acidente, desaceleração ou manobra proteção para crianças no banco
tamente por uma concessionária autorizada brusca. De acordo com as estatísticas sobre dianteiro, pois, em caso de acidente
Hyundai Motor Brasil (HMB). acidentes, as crianças, quando protegidas por que provoque a abertura do airbag, a
dispositivos de proteção adequados, ficam criança pode sofrer ferimentos gra-
mais seguras no banco traseiro do que no ves ou fatais. Portanto, utilize sem-
Mantenha os cintos dianteiro. Crianças maiores deverão usar os pre sistemas de proteção para crian-
limpos e secos cintos de segurança que equipam o veículo. ças instalando-os no banco traseiro
A utilização de sistemas de proteção apro- do seu veículo.
Os cintos de segurança devem ser mantidos
priados para crianças é obrigatória por lei. Um • Uma vez que o cinto de segurança
sempre limpos e secos. Para limpá-los, utilize
desses sistemas é a cadeira de segurança (especialmente a lingueta metálica)
apenas água morna e sabão neutro. Nunca
(assento infantil), que deve ser utilizada sem- ou o dispositivo de proteção para
utilize água sanitária, detergentes fortes ou
pre que crianças com o tamanho adequado crianças podem ficar excessivamen-
produtos abrasivos, pois esses produtos po-
viajem no veículo. te quentes quando o veículo fica
dem danificar e enfraquecer o material dos
Uma criança pode ferir-se gravemente em muito tempo sob o sol forte, verifi-
cintos.
um acidente se não estiver utilizando corre- que se estão quentes antes de aco-
tamente um sistema de proteção adequado. modar uma criança, a fim de evitar
Existem equipamentos apropriados para be- queimaduras.
Substituição dos cintos bês e crianças pequenas. • Quando o sistema de proteção para
O conjunto completo do cinto de segurança Antes de adquirir qualquer dispositivo de pro- crianças não estiver sendo utilizado,
que estiver em uso no momento de um aci- teção para crianças, assegure-se que o mes- coloque-o no compartimento de ba-
dente deverá ser substituído, mesmo que não mo possa ser corretamente instalado utilizan- gagem ou fixe-o com o cinto de se-
apresente danos aparentes. Recomendamos do-se os bancos e cintos de segurança de seu gurança para evitar que seja lançado
entrar em contato com uma concessionária veículo e que seja adequado à sua criança. Ao para a frente no caso de uma freada
autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB). instalar o sistema de proteção para crianças, brusca ou de um acidente.
siga as instruções fornecidas pelo fabricante.

3 23
Características de segurança do seu veículo

cinto pode exercer uma pressão muito


• Crianças grandes demais para uti- ATENÇÃO forte sobre a criança, causando-lhe fe-
lizarem estes sistemas de proteção
devem sentar-se no banco traseiro Para reduzir a probabilidade de ferimen- rimentos internos graves.
e utilizar os cintos de segurança do tos graves ou fatais: • Nunca deixe crianças desacompanha-
veículo. Nunca permita que crianças • Crianças de todas as idades ficam das dentro de um veículo, mesmo que
viajem no banco dianteiro mais seguras quando estão acomo- seja por um curto período de tempo. O
dadas no banco traseiro. Em caso de interior do veículo pode aquecer-se ra-
colisão frontal a criança que viaja no pidamente e causar ferimentos graves
banco dianteiro pode ser atingida pela à criança. Mesmo crianças pequenas
bolsa do airbag, que ao inflar, resulta podem, inadvertidamente, fazer com
em ferimentos graves ou fatais. que o veículo se mova, prender-se
• Siga sempre as instruções do fabricante nos vidros, ou trancar a si mesmas ou
do dispositivo de proteção para crian- outras no interior do veículo.
ças para uso e instalação do mesmo. • Nunca permita que duas crianças, ou
• Certifique-se sempre que a cadeira duas outras pessoas utilizem o mes-
de segurança (assento infantil) esteja mo cinto de segurança.
fixada corretamente no veículo e que • As crianças geralmente se contorcem
a criança esteja bem protegida na ca- e se posicionam inadequadamente.
deira. Nunca permita que uma criança viaje
• Nunca segure uma criança nos braços com o cinto diagonal colocado por
ou no colo quando o veículo estiver baixo do braço ou por trás das costas.
em movimento. As forças violentas Posicione as crianças corretamente e
criadas durante uma colisão arrancam fixe-as no banco traseiro.
a criança dos braços da pessoa que a • Nunca permita que uma criança fique
segura e ela é arremessada no interior em pé ou de joelhos no banco ou no
do veículo. assoalho do veículo em movimento.
• Nunca passe o cinto de segurança Durante uma colisão ou freada brus-
sobre uma criança e o passageiro ao ca, a criança pode ser arremessada
mesmo tempo. Durante uma colisão, o

3 24
Características de segurança do seu veículo

Utilização do sistema de Para crianças pequenas e bebês, recomenda-


violentamente no interior do veículo, se a utilização de “berço portátil”, “bebê con-
proteção para crianças
resultando em ferimentos graves. forto” ou cadeiras de proteção para crianças.
• Nunca use um “berço portátil”, “bebê Esses sistemas de proteção para crianças
conforto” ou um assento de seguran- devem ter o tamanho apropriado para a crian-
ça para crianças que fique “engancha- ça e devem ser instalados de acordo com as
do” no encosto do banco, pois pode instruções do fabricante.
não oferecer segurança adequada em Por motivos de segurança, é recomendável
caso de um acidente. que o sistema de proteção para crianças seja
• Os cintos de segurança podem ficar instalado no banco traseiro, uma vez que isso
muito quentes, especialmente quan- representa uma contribuição importante para
do o veículo ficar estacionado sob o a segurança da criança.
sol. Antes de acomodar a criança no
veículo, verifique a temperatura dos
fechos dos cintos. ATENÇÃO
• Depois de um acidente, recomenda- Não instale sistema de proteção para
mos que o sistema seja verificado por crianças no banco dianteiro. Caso ocor-
uma concessionária autorizada Hyun- ra um acidente e o airbag venha a se
dai Motor Brasil (HMB). abrir, a criança poderá sofrer ferimen-
• Se não houver espaço suficiente para tos graves ou fatais. Portanto, utilize
colocar o sistema de proteção para sistemas de proteção para crianças so-
crianças devido ao banco do moto- mente no banco traseiro de seu veículo.
rista, instale o sistema de proteção no
lado direito do assento traseiro.
• Recomendamos a utilização de um
sistema de proteção aprovado e que
atenda as normas do seu país. Seguir
todas instruções e orientações do fa-
bricante.

3 25
Características de segurança do seu veículo

Instalação de sistema de
ATENÇÃO proteção para crianças pelo cinto
Instalação do sistema de subabdominal / diagonal
proteção
• Em uma colisão, a criança poderá ficar
gravemente ferida ou morrer caso o
sistema de proteção para crianças não
esteja adequadamente fixado ao veí-
culo e a criança não esteja adequada-
mente protegida no sistema de prote-
ção para crianças. Antes de instalar o
sistema de proteção para crianças, leia
atentamente as instruções fornecidas 2. Afivele o cinto subabdominal/diagonal. Ao
pelo fabricante do equipamento. fazer isso, um clique característico será
• Se o cinto de segurança não funcionar ouvido.
conforme descrito nesta seção, reco-
Posicione o botão de liberação de modo a fa-
mendamos que o sistema seja verifica- Para instalar o sistema de proteção para cilitar o acesso em caso de emergência.
do por uma concessionária autorizada crianças na parte lateral ou central do banco
Hyundai Motor Brasil (HMB). traseiro, faça o seguinte:
• Deixar de observar as instruções con- 1. Coloque o sistema de proteção para
tidas neste manual, com relação ao crianças no banco e passe o cinto suba-
sistema de proteção para crianças e as bdominal/diagonal pelo sistema de pro-
instruções fornecidas com o mesmo, teção para crianças de acordo com as
pode aumentar a probabilidade e/ ou a instruções do fabricante do equipamento.
gravidade dos ferimentos, no caso de Certifique-se que a cinta não esteja tor-
um acidente. cida.
• Se o apoio de cabeça impedir a insta-
lação correta do sistema de proteção
para crianças, a posição do apoio de
cabeça deve ser ajustada ou o apoio
deve ser totalmente removido.

3 26
Características de segurança do seu veículo

Fixação de sistema de proteção


para crianças com cinta de
fixação superior
Modelo Hatch/Cross/Rspec

3. Afivele o cinto de segurança ajustando- 1. Passe a cinta do sistema de proteção pa-


-o para que não apresente folga. Após a OHBBSA2028 ra crianças por cima do encosto do ban-
instalação do sistema de proteção para Modelo Sedan co. Para veículos com apoio de cabeça
crianças, tente movimentá-lo em todas as ajustável, passe a cinta de fixação por
direções para certificar-se que o equipa- baixo do apoio de cabeça e entre as has-
mento esteja firmemente instalado. tes do apoio ou por cima da parte superior
Caso precise apertar o cinto, puxe a cinta na do encosto do banco.
direção do retrator. Ao desafivelar o cinto e 2. Prenda a cinta de fixação no suporte
permitir que ele se retraia, o retrator se re- apropriado do sistema de proteção para
verterá automaticamente para condição de crianças e aperte a cinta para fixá-lo.
utilização normal, com travamento de emer-
gência, para o passageiro.
OHBBSA2032
Os suportes dos ganchos do sistema de pro-
teção para crianças estão localizados na tam-
pa traseira ou no assoalho atrás dos bancos
traseiros.

3 27
Características de segurança do seu veículo

Fixação do sistema de proteção


ATENÇÃO ATENÇÃO para crianças com sistema
Caso o sistema de proteção para crian- Verificação do sistema de “ISOFIX” e sistema de fixação
ças não fique fixado corretamente no proteção para crianças com cinta superior (se equipado)
veículo e a criança não seja acomo- Verifique se o sistema de proteção pa-
dada adequadamente no sistema de ra crianças está fixado puxando-o e
proteção, a criança pode ferir-se gra- empurrando-o em diferentes direções.
vemente ou morrer no caso de uma O sistema de proteção para crianças
colisão. Para instalação e utilização do ajustado incorretamente pode balan-
sistema de proteção para crianças, si- çar, torcer, tombar ou se soltar, cau-
ga sempre as instruções de instalação sando a morte ou ferimentos graves
e utilização do fabricante. na criança.

ATENÇÃO ATENÇÃO
Cinta de fixação Fixação do sistema de prote-
Nunca instale mais de um sistema de ção para crianças
proteção para crianças em uma única As fixações do sistema de proteção
cinta ou em um único ponto de fixação O ISOFIX é um método padronizado de fixa-
para crianças são projetadas para su- ção de cadeirinhas para crianças no veículo,
inferior. O aumento de carga causado portar apenas as cargas impostas por
por assentos múltiplos pode fazer com que elimina a necessidade da utilização do
sistemas ajustados corretamente. As cinto de segurança padrão. Ele permite uma
que as cintas ou os pontos de fixação fixações nunca devem ser utilizadas
se rompam, causando ferimentos gra- localização muito mais segura e adequada
como cintos de segurança para adultos com o benefício adicional de uma instalação
ves ou fatais. ou para fixação de outros objetos ou mais fácil e mais rápida.
equipamentos ao veículo.
A cinta de fixação pode não funcionar
adequadamente se for fixada em qual-
quer outro lugar que não seja a fixação
correta.

3 28
Características de segurança do seu veículo

A instalação e a utilização de cadeirinhas pa- Fixação do sistema de proteção para


ra crianças devem estar de acordo com o ma- crianças
nual de instalação que acompanha o assento 1. Para engatar o sistema de proteção pa-
ISOFIX. ra crianças à barra ISOFIX, introduza a
trava do sistema de proteção na barra
ISOFIX. Certifique-se de ouvir um clique
ATENÇÃO característico.
• Ao utilizar o sistema “ISOFIX” do ve-
ículo para instalação do sistema de
proteção para crianças no banco tra-
CUIDADO
seiro, todos os cintos de segurança Não permita que o cinto de segurança
traseiros deverão estar firmemente traseiro seja arranhado ou fique preso
afivelados (lingueta metálica com o pela trava do assento ISOFIX e a barra
Na parte interior de cada lado dos encostos respectivo fecho). Todos os cintos ISOFIX durante a instalação.
dos bancos traseiros encontram-se etiquetas deverão estar retraídos e sem fol-
ISOFIX. Essas etiquetas indicam a posição gas para não permitir que os cintos
das fixações interiores para os sistemas de 2. Para engatar o sistema de proteção pa-
fiquem soltos e permanecerão atrás ra crianças à barra ISOFIX, introduza a
proteção para crianças existentes. da cadeirinha. Linguetas metálicas trava do sistema de proteção na barra
Ambas as posições laterais dos bancos tra- soltas podem permitir que a crian- ISOFIX. Certifique-se de ouvir um clique
seiros estão equipadas com um par de fi- ça alcance os cintos não retraídos, característico.
xações ISOFIX, assim como os pontos de o que pode resultar em estrangula-
fixação superior, atrás do encosto traseiro. mento e ferimentos graves ou morte
As fixações ISOFIX estão localizadas entre o da criança acomodada no sistema
assento e o encosto, marcados com o ícone de proteção para crianças.
ISOFIX.
• Não coloque nada ao redor dos pon-
Para instalação, os conectores CRS ISOFIX tos de fixação ISOFIX. Certifique-se
devem ser engatados nos pontos de fixação também que os cintos de segurança
ISOFIX do veículo (ouça um clique, verifique não fiquem presos nos pontos de fi-
indicadores visuais potenciais no CRS e veri- xação ISOFIX.
fique novamente puxando-o).

3 29
Características de segurança do seu veículo

ATENÇÃO
• Não instale sistema de proteção
para crianças na parte central do
banco traseiro utilizando as barras
ISOFIX do veículo. As barras ISOFIX
são fornecidas apenas para o banco
traseiro nas posições à direita e à
esquerda.
• No caso de uma colisão, as fixações
ISOFIX do sistema de proteção po-
dem não ser suficientemente fortes
para fixá-lo na parte central do ban-
co traseiro, podendo quebrar e pro-
vocar ferimentos graves ou fatais.
• Não coloque mais de um sistema de
proteção para crianças em um ponto
de fixação inferior. O aumento inde-
vido de carga pode fazer com que os
pontos de fixação ou a cinta de fixa-
ção se quebrem, causando ferimen-
tos graves ou fatais.
• Fixe o sistema de proteção para
crianças ISOFIX, ou compatível, ape-
nas nos locais apropriados e indica-
dos na ilustração.
• Siga sempre as instruções de insta-
lação e de utilização fornecidas pelo
fabricante do sistema de proteção
para crianças.

3 30
Características de segurança do seu veículo

SISTEMA SUPLEMENTAR DE PROTEÇÃO SRS AIRBAG (SE EQUIPADO)


(1) Airbag do motorista
(2) Airbag do passageiro dianteiro *
(3) Airbag lateral dianteiro *
* : se equipado

ATENÇÃO
Mesmo em veículos equipados com air-
bags, o motorista e os passageiros deve-
rão utilizar sempre o cinto de segurança,
a fim de minimizar o risco e a gravidade
dos ferimentos no caso de uma colisão
ou de um capotamento.
• O sistema suplementar de proteção
SRS airbag e os pré-tensionadores
possuem explosivos químicos. Se o
veículo for descartado sem remover o
sistema SRS e os pré-tensionadores,
ele poderá ocasionar um incêndio.
Antes de descartar um veículo nós
recomendamos que você entre em
contato com uma concessionária au-
torizada Hyundai Motor Brasil (HMB).
• Mantenha as peças e o chicote do sis-
tema SRS longe da água ou de qual-
quer líquido. Se os componentes do
sistema SRS forem expostos a água
ou algum líquido, poderá ocorrer um
incêndio ou danos sérios.

3 31
Características de segurança do seu veículo

Funcionamento • Os airbags dianteiros podem ser ativados É muito mais provável que simplesmente
do sistema do airbag devido impactos frontais contra uma guia se vejam os airbags desinflados e pendu-
ou contra um objeto de grande tamanho rados para fora de seus compartimentos
• Os airbags são ativados (capazes de in- e peso, quedas bruscas ou passagens após a colisão.
flar, se necessário) apenas quando o inter- por valetas profundas. Nestas situações • A fim de ajudar a proporcionar proteção
ruptor de ignição é girado para a posição o aumento da velocidade do veículo está em uma colisão grave, os airbags devem
“ON” ou “START”. diretamente ligada ao fator de ativação ou se inflar rapidamente. A velocidade do
• Os airbags inflam instantaneamente no não do sistema airbag. enchimento do airbag é consequência do
caso de uma colisão frontal ou lateral gra- • Os airbags dianteiros foram projetados período de tempo extremamente curto em
ve (se equipados com airbag lateral ou de para serem acionados principalmente em que a colisão ocorre e a necessidade de
cortina) a fim de ajudar a proteger os ocu- fortes impactos frontais. Apesar do siste- se colocar o airbag entre o ocupante e as
pantes de ferimentos tísicos graves. ma eletrônico não ter sido projetado para estruturas do veículo, antes que o ocupan-
• Não há uma única velocidade na qual os acionar os airbags dianteiros em casos de te se choque com essas estruturas. Essa
airbags se inflam. impactos frontais em baixa velocidade, velocidade de enchimento reduz o risco
• Geralmente, os airbags são projetados colisões laterais, capotamento e colisões de ferimentos graves ou ameaçadores da
para inflar de acordo com a severidade da traseiras, as várias desacelerações envol- vida em uma colisão grave, sendo assim
colisão e sua direção. Esses dois fatores vidas num acidente, os airbags poderão parte necessária do projeto do airbag. En-
determinam se os sensores enviarão um ser ativados. tretanto, o enchimento do airbag também
sinal eletrônico para o disparo/enchimento • Referencialmente, o sistema é projetado pode causar ferimentos que normalmente
do airbag. para detectar principalmente as desacele- podem incluir escoriações faciais, con-
• O disparo do airbag depende de vários fa- rações direcionadas ao sensor central do tusões e fraturas, e às vezes ferimentos
tores, que incluem velocidade do veículo, airbag e que abrange uma área que está mais severos, pois a velocidade de enchi-
ângulos de impacto, densidade e rigidez limitada a um ângulo interior a 30 graus mento também faz com que os airbags se
dos veículos ou dos objetos com os quais em relação a linha longitudinal do veículo. expandam com muita força.
o veículo colide. Entretanto, os fatores não • Os airbags dianteiros se inflam e esva- • Ainda há circunstâncias sob as quais o
estão limitados aos acima mencionados. ziam instantaneamente. contato com o airbag do volante pode cau-
É praticamente impossível ver os airbags sar ferimentos fatais, especialmente se o
inflarem durante um acidente. ocupante estiver posicionado excessiva-
mente próximo a ele.

3 32
Características de segurança do seu veículo

Ruído e fumaça
ATENÇÃO Quando os airbags se inflam, produzem um ATENÇÃO
• Para evitar ferimentos pessoais gra- forte ruído e deixam fumaça e pó no ar dentro Quando os airbags disparam, as partes
ves ou morte, causados pelo disparo do veículo, o que é resultado normal da ig- relacionadas a eles que se localizam no
dos airbags em uma colisão, o mo- nição do elemento inflador do airbag. Depois volante, no painel de instrumentos e em
torista deve sentar-se o mais afasta- que o airbag se infla, pode-se sentir dificul- ambos os lados dos trilhos de teto, acima
do possível do volante (pelo menos dade respiratória devido ao contato do tórax das portas dianteiras e traseiras, ficam
25 cm). O passageiro dianteiro deve com o airbag e com o cinto de segurança, muito quentes. Para evitar ferimentos,
sempre afastar seu banco o máximo além do contato com a fumaça e o pó. Abra não toque nos componentes internos
possível e sentar-se recostado. as janelas e/ou as portas do veículo, assim das áreas de alojamento dos airbags
• Os airbags se inflam instantanea- que possível, para reduzir o desconforto e imediatamente após o disparo de um
mente no caso de uma colisão. Em evitar a exposição prolongada à fumaça e airbag.
consequência disso, os passageiros ao pó.
podem sofrer ferimentos devido à for- Embora a fumaça e o pó não sejam tóxicos,
ça de expansão do airbag, caso não podem causar irritação na pele (olhos, nariz e
estejam posicionados corretamente. garganta, etc). Caso isso ocorra, deve-se la-
var e enxaguar a área atingida com água fria
• O enchimento do airbag pode causar
imediatamente e consultar um médico, caso
ferimentos que normalmente incluem
os sintomas persistam.
escoriações faciais ou corporais, feri-
mentos causadas por óculos quebra-
dos ou queimaduras causadas pelos
gases que inflam o airbag.

3 33
Características de segurança do seu veículo

Não instale sistema de proteção geiro dianteiro. Caso o airbag dispare, atingi- Luz de advertência do airbag
para crianças no banco do rá o sistema de proteção para crianças, cau-
passageiro dianteiro sando ferimentos graves ou fatais à criança.
Também não coloque sistemas de proteção
para crianças virado para frente no banco do

passageiro dianteiro. Caso o airbag dispare,
causará ferimentos graves ou fatais à criança.

ATENÇÃO
• Perigo extremo! Não utilize equipa-
mentos de proteção para crianças
com a parte dianteira virada para trás
montados em assentos que possuam A finalidade da luz de advertência do airbag
airbag em sua frente! no painel de instrumentos é alertar o motoris-
ta sobre um possível problema com o sistema
• Nunca instale equipamentos de pro- do airbag (SRS).
teção para crianças no banco do pas-
sageiro dianteiro. Caso ocorra um Ao girar o interruptor de ignição para a posi-
 ção “ON”, a luz de advertência deve acender
acidente, a criança poderá sofrer feri-
mentos graves em virtude do disparo por aproximadamente 6 segundos e depois
do airbag. apagar.
• Ao acomodar crianças nas posições Faça uma verificação no sistema e caso ocor-
laterais dos bancos traseiros do veí- ra situações descritas abaixo, procurar uma
culo equipado com airbags laterais e/ concessionária autorizada HMB:
ou de cortina, certifique-se de instalar • A luz não acender brevemente ao girar o
o sistema de proteção para crianças interruptor de ignição para a posição “ON”.
o mais distante possível da porta, • A luz permanecer acesa depois de aproxi-
fixando-o corretamente na posição. madamente 6 segundos.
O enchimento dos airbags laterais e/ • A luz acender com o veículo em movi-
ou de cortina poderá causar ferimentos mento.
Nunca coloque sistemas de proteção para graves ou morte à crianças ou bebês. • A luz piscar quando o interruptor de igni-
crianças virado para trás no banco do passa- ção estiver na posição “ON”.

3 34
Características de segurança do seu veículo

Componentes do SRS Airbag e O SRSCM monitora continuamente todos os


suas funções componentes do sistema, enquanto o inter-
ruptor de ignição está na posição “ON”, para
determinar se um impacto é suficientemente
severo para acionar os airbags ou os pré-ten-
sores do cinto de segurança.
A luz de advertência do airbag “ ”, exis-
tente no painel de instrumentos, acenderá
durante aproximadamente 6 segundos após
o interruptor de ignição ter sido girado para
a posição “ON”. Após esse período, a luz de
advertência do airbag “ ” deverá apagar.

Os airbags estão localizados na parte central


do volante e no painel frontal acima do
OHB036007BR ATENÇÃO porta-luvas. Quando o SRSCM detecta um
Caso ocorra uma das condições a seguir, impacto suficientemente severo na dianteira
O SRS é composto dos seguintes componen- isso indica funcionamento incorreto do
tes: do veículo, ele aciona automaticamente os
sistema de proteção SRS Airbag. Reco- airbags.
1. Módulo do airbag do motorista mendamos que o sistema seja inspecio-
2. Módulo do airbag do passageiro dianteiro * nado por uma concessionária autorizada
3. Módulo do airbag lateral * Hyundai Motor Brasil (HMB).
4. Conjuntos do pré-tensor do cinto de se- • A luz não acende brevemente ao girar
gurança* o interruptor de ignição para a posi-
5. Luz de advertência do airbag ção “ON”.
6. Módulo de controle do SRS (SRSCM) • A luz permanece acesa depois de
7. Sensores de impacto frontal aproximadamente 6 segundos.
8. Sensores de impacto do air bag lateral* • A luz acende com o veículo em mo-
*: se equipado vimento.
• A luz pisca quando o interruptor de
ignição estiver na posição “ON”.

3 35
Características de segurança do seu veículo

Com a ativação dos airbags as bolsas são Um airbag totalmente inflado, em conjunto
instantaneamente infladas pela expansão dos com os cintos de segurança corretamente uti-
gases gerados pelos acionadores. A força de lizados, limita a movimentação do motorista e
expansão das bolsas rompem a cobertura do do passageiro dianteiro, reduzindo assim os ATENÇÃO
volante e do painel acima do porta luvas para riscos de ferimentos na cabeça e no tronco. • Não instale ou coloque acessórios
a posição de total abertura. O airbag, após ter sido totalmente inflado, es- (suporte para copos, suporte para fi-
vazia-se imediatamente, para permitir a mobi- tas cassete, adesivos, etc.) no painel
lidade do motorista e do passageiro dianteiro. frontal do lado do passageiro, acima
do porta-luvas, em veículos equipa-
dos com airbag do passageiro. Tais
objetos podem ser arremessados con-
tra os ocupantes do veículo, causando
ferimentos graves ou fatais, no caso
do airbag inflar.

3 36
Características de segurança do seu veículo

Airbag do motorista e do
• Ao instalar recipientes contendo pu- • O SRS somente pode funcionar quan-
rificadores líquidos de ambiente no do a chave de ignição estiver na posi- passageiro dianteiro
interior do veículo, evite colocá-los ção “ON”. Se a luz de advertência do
perto do painel de instrumentos ou na SRS Airbag não acender, se ficar per-
superfície do acabamento do painel manentemente acesa após acender
frontal. Eles podem ser arremessados e apagar intermitentemente durante
contra os ocupantes do veículo, cau- 6 segundos quando a chave de igni-
sando ferimentos graves ou fatais, no ção for girada para a posição “ON” ou
caso do airbag inflar. quando o motor entrar em funciona-
mento, ou acender com o veículo em
movimento, isso significa que o SRS
Airbag não está funcionando correta-
mente. Se isso ocorrer, recomenda-
mos que o sistema seja inspecionado
ATENÇÃO por uma concessionária autorizada
• Quando o airbag é ativado, pode ha- Hyundai Motor Brasil (HMB). Seu veículo está equipado com um Sistema
ver um ruído de explosão e a libera- • Antes de substituir qualquer fusível ou Suplementar de Proteção (Supplemental
ção de uma poeira fina no veículo. desconectar a bateria, gire a chave de Restraint System) e cinto subabdominal/dia-
Essas condições são normais e não ignição para a posição “LOCK” ou re- gonal tanto para o motorista quanto para o
representam qualquer perigo. No en- tire-a do interruptor. Nunca remova ou passageiro dianteiro.
tanto, a poeira fina liberada durante o substitua fusíveis relacionados com A indicação da existência do sistema é dada
enchimento dos airbags pode causar o airbag com a chave de ignição na pelas letras “SRS Airbag” ou “Airbag” grava-
irritações na pele. Lave sempre todas posição “ON”. A inobservância dessa das em relevo na almofada de cobertura do
as áreas expostas da pela cuidadosa- recomendação fará com que a luz de volante e na cobertura do painel do passagei-
mente, com água fria e sabonete após advertência de funcionamento do SRS ro dianteiro, acima do porta-luvas.
um acidente no qual os airbags foram Airbag “ ” acenda. O SRS Airbag é constituído por airbags ins-
acionados. talados sob a almofada na parte central do
volante e no painel do passageiro dianteiro,
acima do porta-luvas.

3 37
Características de segurança do seu veículo

• Ocupantes posicionados incorre-


ATENÇÃO tamente no banco dianteiro podem
Utilize os cintos de segurança e o siste- sofrer ferimentos causados pelos
ma de proteção para crianças em todas airbags dianteiros e laterais.
as ocasiões! As bolsas do airbag inflam
• Afaste o banco o máximo possível
com força considerável em um piscar
dos airbags mantendo o controle do
de olhos. Os cintos de segurança aju-
veículo ao mesmo tempo.
dam a manter os ocupantes na posição
correta para obtenção do máximo be- • O motorista e os passageiros não
nefício do airbag. Mesmo que o veículo devem se sentar ou se inclinar mui-
seja equipado com airbag, os ocupantes to próximos aos airbags desneces-
que estiverem posicionados incorre- sariamente. Motorista e passageiros
tamente ou que não estiverem usando posicionados incorretamente podem
A finalidade do SRS Airbag é oferecer ao mo- o cinto de segurança poderão sofrer sofrer ferimentos graves com o en-
torista e/ou ao passageiro dianteiro uma pro- ferimentos graves com o enchimento do chimento dos airbags.
teção adicional, além da proporcionada pelo airbag. Siga sempre as recomendações • Nunca se incline contra a porta ou o
cinto de segurança, no caso de um impacto relativas a cintos de segurança, airbags console central. Sente-se sempre em
frontal suficientemente severo. e segurança dos ocupantes contidas posição ereta.
neste manual. • Nenhum objeto (tal como capa para
Para reduzir a probabilidade de ferimen- painel, suporte para celular, porta-
tos graves ou fatais e obter a máxima -copo, desodorizante ou adesivos)
segurança do sistema de proteção: deve ser colocado sobre ou perto
• Nunca coloque a criança em um dis- dos módulos do airbag do volante
positivo de proteção para crianças de direção, painel de instrumentos,
instalado no banco dianteiro. para-brisa e painel do passageiro
• Coloque as crianças sempre no ban- dianteiro acima do porta-luvas. Es-
co traseiro. É o local mais seguro para ses objetos podem causar ferimen-
crianças de qualquer idade viajarem. tos se o veículo sofrer um impacto
severo o suficiente para acionar os
airbags.

3 38
Características de segurança do seu veículo

• Não altere a instalação do SRS ou • Os airbags dianteiros não foram pro- • Para máxima proteção e segurança
desligue a fiação ou outro compo- jetados para disparar em colisões em todos os tipos de acidentes, to-
nente do sistema do SRS. Isso pode com impacto lateral, impacto traseiro dos os ocupantes, incluindo o moto-
resultar em ferimentos em virtude de ou capotamentos. Além disso, os air- rista, deverão utilizar sempre o cinto
disparo acidental dos airbags ou tor- bags não disparam em colisões fron- de segurança em seus respectivos
nar o SRS inoperante. tais em que a velocidade do veículo assentos, havendo ou não o SRS
• Caso a luz de advertência do SRS seja inferior ao limite de disparo. Airbag, minimizando assim o risco
Airbag permaneça acesa enquanto o • Não instale sistema de proteção pa- de ferimentos graves ou morte no
veículo estiver em movimento, reco- ra crianças no banco dianteiro. Caso caso de um acidente. Não sente ou
mendamos que o sistema seja inspe- ocorra um acidente e o airbag venha incline-se desnecessariamente perto
cionado por uma concessionária au- a se abrir, a criança poderá sofrer fe- do airbag enquanto o veículo estiver
torizada Hyundai Motor Brasil (HMB). rimentos graves ou fatais. em movimento.
• Os airbags poderão ser usados so- • Crianças menores de 12 anos devem • Sentar-se incorretamente ou fora de
mente uma vez recomendamos que ficar acomodadas sempre no banco posição pode resultar em ferimen-
o sistema seja substituído por uma traseiro, utilizando o cinto de segu- tos graves ou fatais no caso de uma
concessionária autorizada Hyundai rança. Nunca permita que crianças colisão. Todos os ocupantes devem
Motor Brasil (HMB). sejam conduzidas no banco do pas- sentar-se eretos, com o encosto na
• O SRS é projetado para disparar ape- sageiro dianteiro. Se uma criança posição vertical, centrados na almo-
nas quando o impacto for de mode- acima de 12 anos precisar ser con- fada do assento dos bancos, com os
rado a forte e quando o ângulo de duzida no banco dianteiro, ela deverá cintos de segurança afivelados, as
impacto for inferior a 30° em relação estar utilizando o cinto de segurança pernas confortavelmente estendidas
ao eixo longitudinal do veículo. Além adequadamente e o banco deverá ser e os pés no assoalho até que o ve-
disso, o airbag dispara somente uma posicionado o máximo possível para ículo seja estacionado e a chave de
vez. Portanto, o cinto de segurança trás. ignição removida.
deverá ser usado o tempo todo.

3 39
Características de segurança do seu veículo

Airbag lateral (se equipado) Os airbags laterais são projetados para dis-
• O sistema SRS AIRBAG dispara rapi- parar apenas durante certas colisões laterais,
damente para dar proteção em caso dependendo da gravidade da colisão, ângulo,
de uma colisão. Caso um ocupante velocidade e ponto de impacto. Os airbags
esteja fora de posição, por não estar laterais não são projetados para disparar em
usando o cinto de segurança, será todas as situações de impacto.
atingido violentamente pelo airbag,
podendo sofrer ferimentos graves ou
fatais.
ATENÇÃO
Não permita que os passageiros incli-
nem a cabeça ou o corpo nas portas,
coloquem os braços na porta, esti-
quem o braço para fora da janela, ou
coloquem objetos entre a porta e o
passageiro que esta sentado em ban-
cos equipados com airbag lateral e/ou
airbag de cortina.

O veículo é equipado com um airbag lateral


em cada banco dianteiro. O objetivo do air-
bag é fornecer ao condutor do veículo e/ou
passageiro dianteiro uma proteção adicional
a oferecida pelo cinto de segurança.

3 40
Características de segurança do seu veículo

Por que meu airbag não disparou em uma


• Não coloque nenhum objeto sobre colisão? (Condições de enchimento e não
ATENÇÃO o airbag ou entre o airbag e o ocu- enchimento do airbag).
• O airbag lateral é suplementar ao pante. Também não fixe nenhum
sistema do cinto de segurança e Existem muitos tipos de acidentes nos
objeto ao redor da área onde o air- quais não se espera que o airbag venha a
não substitui o cinto. Portanto o bag infla como portas, vidros late-
cinto de segurança deve ser utili- fornecer proteção adicional.
rais das portas, coluna dianteira e
zado sempre que o veículo estiver traseira. Nesses estão incluídos impactos traseiros,
em movimento. O airbag dispara segundas ou terceiras colisões em aci-
• Não coloque nenhum objeto
apenas em certas condições de dentes de impactos múltiplos, bem como
(guarda-chuva, sacola etc.) entre
impacto, grave o suficiente para impactos a baixa velocidade.
a etiqueta do airbag lateral e a al-
causar danos significantes ao ocu- mofada do banco. Isto pode causar
pantes do veículo. ferimentos se o veículo sofrer um
• Para a melhor proteção do siste- impacto severo o suficiente para
ma de airbag lateral e para evitar acionar os airbags.
ferimentos devido ao disparo do • Para evitar disparo acidental do
airbag lateral, ambos os ocupan- airbag lateral que pode resultar em
tes dos assentos dianteiros devem ferimentos, evite impactos no sen-
sentar em posição ereta e com o sor de impacto lateral quando o in-
cinto de segurança fixado correta- terruptor de ignição estiver ligado.
mente. As mãos do motorista de- • Se o banco ou o revestimento do
vem ficar posicionadas no volante banco estiverem danificados, re-
de direção nas posições 9 e 3 ho- comendamos que o sistema seja
ras. Os braços e mãos do passagei- reparado por uma concessionária
ro devem ficar no seu próprio colo. autorizada Hyundai Motor Brasil
• Não utilize capas de banco. (HMB).
• Utilizar capas de banco pode re-
duzir ou evitar a efetividade do
sistema.
• Não instale nenhum acessório ao
lado ou perto do airbag lateral.

3 41
Características de segurança do seu veículo

Sensores de colisão do airbag


(1) Módulo de controle do SRS
(2) Sensor de impacto frontal
(3) Sensor de impacto lateral (se equipado)

OHB0180001BR/OHBBSA2026/OHB038004BR/OHB036011BR

3 42
Características de segurança do seu veículo

Condições de enchimento
• Podem surgir problemas caso os
ATENÇÃO ângulos de instalação dos sensores
do airbag
• Não permita que os locais onde os sejam alterados devido a deforma-
airbags ou os sensores estão ins- ções no para-choque, na carroceria
talados sofram impactos, nem bata ou nas colunas B e C, onde estão
nesses locais. instalados os sensores de impacto
• Isso pode causar disparo inesperado lateral. Recomendamos que o siste-
do airbag, o que poderia resultar em ma seja reparado por uma conces-
ferimentos pessoais graves ou mor- sionária autorizada Hyundai Motor
te. Caso o local da instalação ou o Brasil (HMB).
ângulo dos sensores seja alterado de • Seu veículo foi projetado para ab-
alguma maneira, os airbags poderão sorver impacto e disparar os airbags
disparar quando não deveriam, ou em determinados tipos de colisões.
não disparar quando deveriam, cau- A instalação de protetores de para-
sando ferimentos graves ou morte. -choques ou a substituição de para- Airbags dianteiros
• Portanto, não tente executar manu- -choques por peças não genuínas
tenção nos sensores do airbag ou Os airbags dianteiros são projetados para in-
pode prejudicar o desempenho do
em torno deles. Recomendamos que flar em uma colisão frontal, dependendo da
airbag.
o sistema seja reparado por uma intensidade, da velocidade ou do ângulo de
concessionária autorizada Hyundai impacto da colisão frontal.
Motor Brasil (HMB).

3 43
Características de segurança do seu veículo

Embora os airbags dianteiros (airbag do pas- Condições de não acionamento


sageiro dianteiro e do motorista) foram proje- do airbag
tados para disparar em colisões frontais, eles
também podem disparar em outros tipos de
colisões se os sensores de impacto diantei-
ros detectarem uma quantidade suficiente de
impacto.
Os airbags laterais foram projetados para dis-
parar em colisões laterais, mas eles podem
disparar em outras colisões se o sensor de
impacto lateral detectar uma quantidade su-
ficiente de impacto.
Se o chassi do veículo sofrer um impacto de-
vido a solavancos ou objetos em uma pista
ruim os airbags podem disparar. Dirija cuida-
dosamente em pistas ruins ou em superfícies
não concebidas para tráfego de veículos para • Em determinadas colisões a baixa veloci-
prevenir o disparo acidental do airbag. dade, os airbags podem não disparar. Os
airbags são projetados para não disparar
em tais casos, pois talvez não forneçam
proteção além da proporcionada pelos
cintos de segurança em tais colisões.

Airbags laterais (se equipado)


Os airbags laterais são projetados para dispa-
rar quando um impacto é detectado pelo sen-
sor de impacto lateral dependendo da força,
velocidade ou ângulo do impacto resultantes
do impacto de uma colisão lateral.

3 44
Características de segurança do seu veículo

• Os airbags dianteiros não são projetados • Os airbags dianteiros podem não inflar • Em uma colisão oblíqua, a força do im-
para inflar em colisões traseiras, pois os em colisões laterais, pois os ocupantes pacto pode projetar os ocupantes em uma
ocupantes são movidos para trás pela são movidos na direção da colisão. Assim, direção em que os airbags não poderiam
força do impacto. Nesse caso, os airbags nas colisões laterais, os airbags dianteiros proporcionar qualquer benefício adicional
inflados não poderiam proporcionar bene- não poderiam proporcionar proteção adi- e, assim, os sensores podem não dispa-
fícios adicionais. cional ao ocupante. rar os airbags.

3 45
Características de segurança do seu veículo

• Pouco antes do impacto, os motoristas • Os airbags não inflam na maioria dos aci- • Os airbags podem não inflar caso o veí-
geralmente freiam com força. Essa frena- dentes com capotamento, mesmo em ve- culo colida com objetos tais como postes
gem abaixa a parte dianteira do veículo, ículos equipados com airbags laterais. No ou árvores, em que o ponto de impacto
fazendo com que ele “entre” embaixo de entanto, o airbag lateral pode inflar se o está concentrado a uma única área e a
um veículo com maior altura em relação veículo capotar devido à uma colisão late- força total do impacto não é transmitida
ao solo. Os airbags podem não inflar ral, se o veículo for equipado com airbags aos sensores.
quando o veículo “entra” embaixo do ou- laterais.
tro, porque as desacelerações que são
detectadas pelos sensores podem ser
significativamente reduzidas por colisões
de desse tipo.

3 46
Características de segurança do seu veículo

Manutenção do SRS Airbag


ATENÇÃO • Se qualquer um dos airbags inflar,
O SRS não necessita de qualquer tipo de
recomendamos que o sistema seja
manutenção, não existindo portanto compo- • A modificação de componentes ou do substituído por uma concessioná-
nentes que você próprio possa substituir. Se circuito do SRS, inclusive a colocação ria autorizada Hyundai Motor Brasil
a luz de advertência do airbag não acender de quaisquer tipos de decalques ade- (HMB).
ou permanecer continuamente acesa, reco- sivos na cobertura do volante ou do
mendamos que o sistema seja inspecionado • Não modifique ou desative o circuito
painel, ou modificações na estrutura
por uma concessionária autorizada Hyundai do SRS ou outros componentes do
da carroceria, poderá afetar negativa-
Motor Brasil (HMB). sistema SRS. Caso isso ocorra, há
mente o desempenho do SRS e causar
possibilidade de ferimentos graves
ferimentos.
resultantes do disparo acidental do
• Para limpar as coberturas de acaba- airbag ou do não funcionamento do
mento do airbag no volante e no pai- sistema.
nel, utilize um pano macio e seco ou
• Se algum componente do sistema do
umedecido com água limpa. Solven-
airbag tiver que ser descartado, ou
tes ou detergentes poderão afetar o
se o veículo tiver que ser sucateado,
acabamento do airbag e prejudicar o
determinadas normas de segurança
disparo adequado do sistema.
devem ser observadas. Sua conces-
• Nenhum objeto deve ser colocado so- sionária autorizada Hyundai conhece
bre os módulos do airbag no volante, essas normas e poderá fornecer-lhe
no painel de instrumentos e no painel as informações necessárias. A inob-
acima do porta-luvas, ou próximo de- servância dessas normas irá aumen-
les. Esses objetos poderão ser arre- tar os riscos de ferimentos.
messados causando ferimentos, se o
• Se o veículo passou por um alaga-
veículo sofrer uma colisão que cause
mento e está com o carpete molhado
a abertura dos airbags.
ou com água no assoalho, não tente
dar a partida do motor. Recomenda-
mos entrar em contato com uma con-
cessionária autorizada Hyundai Motor
Brasil (HMB).

3 47
Características de segurança do seu veículo

Recomendações de segurança • Não use acessórios sobre os cintos • Não modifique os bancos dianteiros.
de segurança. Dispositivos que afirmam Qualquer modificação nos bancos dian-
adicionais teiros pode interferir no funcionamento
melhorar o conforto do ocupante ou repo-
• Nunca permita que os passageiros via- sicionar o cinto de segurança podem re- dos componentes do sistema do airbag.
jem no compartimento de bagagem ou duzir a proteção proporcionada pelo cinto • Não instale ou fixe objetos embaixo
sobre o encosto do banco rebatido. To- de segurança e aumentar a probabilidade dos bancos dianteiros. A colocação de
dos os ocupantes deverão sentar-se ere- de ferimentos graves em um acidente. objetos sob os bancos dianteiros pode in-
tos, totalmente recostados, utilizando os • Os passageiros não devem colocar ob- terferir no funcionamento dos componen-
cintos de segurança e com os pés sobre jetos rígidos ou cortantes entre si e os tes sensores e nos chicotes de fiação do
o assoalho. airbags. Portar objetos rígidos ou cortan- sistema do airbag.
• Os passageiros não devem sair ou tes no colo ou na boca pode resultar em • Nunca carregue bebês ou crianças no
mudar de banco enquanto o veículo ferimentos caso o airbag seja acionado. colo. O bebê ou a criança podem se ferir
estiver em movimento. O passageiro • Mantenha os ocupantes afastados gravemente ou morrer no caso de uma
que não estiver utilizando cinto de segu- das coberturas dos airbags. Todos os colisão. Bebês e crianças devem estar
rança durante uma colisão ou uma freada ocupantes deverão sentar-se eretos, to- adequadamente protegidos nos disposi-
de emergência, poderá ser arremessa- talmente recostados utilizando os cintos tivos de segurança ou com os cintos de
do contra as partes internas do veículo, de segurança e com os pés sobre o as- segurança no banco traseiro.
contra outros ocupantes ou para fora do soalho. Caso os ocupantes fiquem muito
veículo. próximos das coberturas dos airbags, po-
• Cada cinto de segurança foi projetado derão sofrer ferimentos caso os airbags
para proteger apenas um ocupante. inflem.
Caso mais de um ocupante utilize o mes- • Não fixe ou coloque objetos sobre as
mo cinto de segurança, eles poderão so- coberturas dos airbags ou perto delas.
frer ferimentos pessoais graves ou morrer Qualquer objeto fixado aos acabamentos
em uma colisão. dos airbags dianteiros ou colocado sobre
eles, pode interferir no funcionamento
correto dos airbags.

3 48
Características de segurança do seu veículo

Instalação de equipamentos Etiqueta de advertência do


ATENÇÃO ou modificação do veículo airbag (se equipado)
• Sentar-se incorretamente ou fora equipado com airbag
de posição pode fazer com que os
ocupantes se aproximem demais Caso o veículo seja modificado pela troca de
do disparo dos airbags, atinjam as estrutura, sistema de para-choques, acaba-
estruturas do interior do veículo ou mento dianteiro, painéis laterais metálicos ou
sejam arremessados para fora do vão livre, isso poderá afetar o funcionamento
veículo, resultando em ferimentos do sistema de airbag.
graves ou morte.
• Os ocupantes devem sentar-se
sempre na posição ereta com o
encosto na posição vertical, no
centro da almofada do assento,
com os cintos de segurança afi-
velados, com as pernas conforta- Encontram-se fixadas no interior do veículo
velmente estendidas e com os pés várias etiquetas de advertência que visam
no assoalho. alertar o motorista e os passageiros de poten-
ciais riscos do sistema de airbag.
Visto que essas etiquetas abordam os riscos
relativos à crianças, gostaríamos que os adul-
tos também ficassem cientes dos riscos a que
estão expostos, os quais foram descritos nas
páginas anteriores.

3 49
Características de segurança do seu veículo

3 50
Características do seu veículo

Chaves............................................................................................. 4-5 Vidros (se equipado).................................................................... 4-22


• Número das chaves............................................................................. 4-5 • Vidros elétricos (se equipado).......................................................... 4-23
• Funções da chave................................................................................ 4-5 • Vidros manuais (se equipado)......................................................... 4-26
• Sistema imobilizador (se equipado).................................................. 4-6 Capô do motor.............................................................................. 4-27
Sistema de entrada por controle remoto (se equipado) ............. 4-8 • Abertura do capô do motor............................................................. 4-27
• Funcionamento do sistema de entrada por controle remoto.......... 4-8 • Fechamento do capô do motor........................................................ 4-28
• Precauções com o transmissor........................................................... 4-9 Tampa do tanque de combustível............................................... 4-28
• Substituição da bateria.................................................................... 4-10 • Abertura da tampa do tanque de combustível.............................. 4-28
Sistema de alarme antifurto (se equipado).................................4-11 • Reservatório de gasolina do compartimento do motor
• Estágio ativado.................................................................................. 4-11 (apenas para motor 1.0) .................................................................. 4-29


Estágio do alarme antifurto............................................................. 4-13
Estágio desativado............................................................................ 4-14
• Fechamento da tampa do tanque de combustível.......................... 4-29 4
Volante de direção........................................................................ 4-31
• Autodiagnóstico (se equipado)........................................................ 4-14 • Direção assistida hidráulica (se equipado)..................................... 4-31
Fechaduras das portas................................................................. 4-14 • Regulagem de altura e profundidade do volante (se equipado)... 4-32
• Travamento das portas pelo lado de fora do veículo..................... 4-14 • Buzina................................................................................................ 4-32
• Travamento das portas pelo lado de dentro do veículo................. 4-15 Espelhos retrovisores................................................................... 4-33
• Função de travamento/destravamento das portas (se equipado)..... 4-17 • Espelho retrovisor interno............................................................... 4-33
• Trava de proteção para crianças na porta traseira....................... 4-18 • Espelho retrovisor externo............................................................... 4-33
Porta-malas (Sedan)..................................................................... 4-18 Painel de instrumentos................................................................ 4-36
• Abertura do porta-malas................................................................. 4-18 • Indicadores........................................................................................ 4-37
• Fechamento da tampa do porta-malas........................................... 4-19 • Computador de bordo...................................................................... 4-40
Tampa do porta-malas................................................................. 4-19 • Descrição........................................................................................... 4-40
• Abertura da tampa do porta-malas................................................ 4-19 Luzes de advertência e indicadoras............................................ 4-45
• Fechamento da tampa do porta-malas........................................... 4-20 • Luzes de advertência........................................................................ 4-45
• Liberação da tampa do porta-malas em caso de emergência • Luzes indicadoras............................................................................. 4-51
(se equipado)..................................................................................... 4-21
Sistema traseiro de assistência de estacionamento Desembaçador.............................................................................. 4-66
(se equipado)................................................................................. 4-52 • Desembaçador do vidro traseiro (se equipado)............................. 4-66
• Operação do sistema traseiro de assistência de estacionamento.. 4-53 Sistema de controle de climatização manual
• Condições não operacionais do sistema traseiro de assistência de (ar condicionado)......................................................................... 4-67
estacionamento.................................................................................. 4-54 • Aquecimento e ar condicionado (resfriamento)............................. 4-68
• Precauções do sistema traseiro de assistência de estacionamento.4-54 • Operação do sistema......................................................................... 4-73
• Autodiagnóstico................................................................................ 4-55 • Filtro de ar do sistema de climatização (se equipado)................... 4-75
Luzes de advertência (pisca alerta)............................................ 4-55 • Verificação da quantidade de gás refrigerante do sistema
Iluminação.................................................................................... 4-56 climatizador (ar condicionado) e de lubrificante........................... 4-75
• Função de economizador de bateria (se equipado)....................... 4-56 Sistema do controle de climatização automática (se equipado).....4-76
4 • Controle de iluminação.................................................................... 4-57 • Condicionamento de ar e aquecimento automático...................... 4-77
• Indicadores de direção e sinal de mudança de faixa..................... 4-59 • Condicionamento de ar e aquecimento manual............................. 4-78
• Farol dianteiro de neblina (se equipado)........................................ 4-60 • Utilização do sistema........................................................................ 4-82
Limpadores e lavadores do para-brisa....................................... 4-60 • Filtro de ar do sistema de climatização (se equipado)................... 4-84
• Limpador/lavador do para-brisa.................................................... 4-60 • Verificação da quantidade de gás refrigerante do sistema
• Limpador/lavador do vidro traseiro (se equipado)....................... 4-61 climatizador (ar condicionado) e lubrificação do compressor...... 4-84
• Limpadores do para-brisa............................................................... 4-61 Desembaçamento e descongelamento do para-brisa
• Lavadores do para-brisa.................................................................. 4-62 (se equipado)................................................................................. 4-85
• Interruptor do limpador e lavador do vidro traseiro • Sistema do controle de climatização manual................................. 4-85
(se equipado)..................................................................................... 4-63 • Sistema de controle de climatização automática........................... 4-86
Iluminação interna....................................................................... 4-63 Porta-objetos................................................................................ 4-88
• Função de desligamento automático (se equipado)....................... 4-63 • Porta-objetos dianteiro (se equipado)............................................. 4-88
• Luz de leitura.................................................................................... 4-63 • Porta-luvas........................................................................................ 4-89
• Luz interna........................................................................................ 4-64 • Porta-óculos (se equipado)............................................................... 4-89
• Luz do espelho de cortesia (se equipado)....................................... 4-65
• Luz do compartimento de bagagem (se equipado)........................ 4-65
• Luz do porta-luvas (se equipado).................................................... 4-65
Características do seu veículo

Características internas............................................................... 4-89


• Cinzeiro (se equipado)...................................................................... 4-89
• Suporte para copos........................................................................... 4-90
• Para-sol.............................................................................................. 4-91
• Tomada de força............................................................................... 4-91
• Gancho para roupas (se equipado)................................................. 4-93
• Fixação para tapete(s) (se equipado).............................................. 4-93
• Tampa do compartimento de bagagem (se equipado)................... 4-94
• Entradas AUX, USB e iPod® (se equipado).................................... 4-95
Características externas.............................................................. 4-96
• Bagageiro de teto (se equipado)....................................................... 4-96
Sistema de áudio........................................................................... 4-97
4
• Antena................................................................................................ 4-97
• Controle de áudio no volante de direção (se equipado)................ 4-98
• Bluetooth® Wireless Technology "Handsfree" (mãos livres)........ 4-99
• Como funciona o áudio do veículo.................................................. 4-99
Equipamento de áudio .............................................................. 4-102
Características do seu veículo

44
Características do seu veículo

CHAVES
Número das chaves Funções da chave Tipo B
Para estender a chave, pressione o botão de

liberação e a chave será estendida automati-
camente.
Para recolher a chave, articule-a manualmen-
te enquanto pressiona o botão de liberação.

CUIDADO
Não articule a chave sem pressionar o
botão de liberação. Isto pode danificar
a chave.

O número de codificação da chave é estam-


Tipo B
pado ou impresso em uma plaqueta anexa-
da ao jogo de chaves. No caso de perda das
chaves, recomendamos entrar em contato
com uma concessionária autorizada Hyundai
Motor Brasil (HMB).
Remova a plaqueta com o código da chave
e guarde-a em um local seguro. Além disso,
anote o número de codificação da chave e
mantenha-o em um lugar seguro e de fácil
acesso, mas não no veículo.
OHB046037BR

Utilizada para dar partida no motor, travar e


destravar as portas.

45
Características do seu veículo

Sistema imobilizador
ATENÇÃO (se equipado)
Chave de ignição Seu veículo está equipado com um sistema
Deixar crianças sozinhas no interior do eletrônico de imobilização do motor, com a
veículo com a chave de ignição é peri- finalidade de reduzir o risco de uso não auto-
goso, mesmo que a chave não esteja no rizado do veículo.
interruptor de ignição. As crianças imi- O sistema imobilizador é composto de um
tam os adultos e podem colocar a chave pequeno transponder na chave de ignição e
no interruptor de ignição. A chave de dispositivos eletrônicos no interior do veículo.
ignição permite que as crianças operem Com o sistema imobilizador, sempre que a
os vidros elétricos ou outros controles, chave de ignição é introduzida no interruptor
ou até façam o veículo se mover, o que de ignição e é girada para a posição “ON”, é
poderia resultar em ferimentos sérios ou possível verificar e determinar se a chave de QQNOTA
até mesmo morte. Nunca deixe as chaves ignição é válida ou não. Este equipamento opera em caráter secundá-
no veículo quando crianças sozinhas Caso se determine que a chave é válida, o rio, isto é, não tem direito à proteção contra
estiverem dentro dele. motor funcionará. interferência prejudicial, mesmo de estações do
Caso se determine que a chave é inválida, o mesmo tipo, e não pode causar interferência à
motor não funcionará. sistemas operando em caráter primário.
ATENÇÃO
Recomendamos utilizar somente peças
de reposição genuínas Hyundai. Caso uti-
lize uma chave não original, o interruptor
de ignição poderá não voltar para a posi-
ção “ON” depois da posição “START”. Se
isso acontecer, o motor de partida con-
tinuará funcionando, causando danos e
um possível risco de incêndio, devido à
corrente excessiva na fiação.

46
Características do seu veículo

Para ativar o sistema QQNOTA


imobilizador: Ao dar a partida no motor, não use a chave em CUIDADO
Gire a chave de ignição para a posição “OFF”. contato com outras chaves imobilizadoras. Des- O transponder da chave de ignição é
O sistema imobilizador é ativado automatica- ta maneira, o motor poderá não dar a partida uma peça importante do sistema imo-
mente. Sem uma chave de ignição válida pa- ou poderá morrer logo após a partida. Mante- bilizador. Ele foi projetado para pro-
ra o seu veículo, o motor não funcionará. nha as chaves separadas para evitar falhas no porcionar anos de funcionamento sem
funcionamento. problemas. Entretanto, deve-se evitar
exposição à umidade, eletricidade es-
Para desativar o sistema tática e manuseio descuidado, pois po-
imobilizador: CUIDADO dem ocorrer falhas no funcionamento
Não coloque acessórios de metal próxi- do sistema imobilizador.
Insira a chave de ignição no cilindro da chave
e gire-a para a posição “ON”. mos ao interruptor de ignição.
A partida do motor poderá falhar, pois
os acessórios de metal podem inter- CUIDADO
romper a transmissão normal do sinal
ATENÇÃO do transmissor.
Não substitua, altere ou ajuste o siste-
ma imobilizador, pois isso pode fazer
Para prevenir a ação de ladrões em
com que ocorram falhas no funciona-
seu veículo, não deixe a chave reserva
QQNOTA mento. Recomendamos que a manu-
em lugar nenhum dentro do veículo.
tenção do sistema seja executada por
Sua senha imobilizadora é uma senha Caso precise de chaves adicionais ou perca su- uma concessionária autorizada Hyun-
pessoal e única, e deve ser mantida as chaves, recomendamos consultar uma con- dai Motor Brasil (HMB).
confidencial. Não deixe esse número cessionária autorizada Hyundai Motor Brasil
anotado em lugar nenhum dentro do Falhas no funcionamento causadas por
(HMB).
veículo. alterações, ajustes ou modificações
inadequadas no sistema imobilizador
não estão cobertas pela garantia do
fabricante do veículo.

47
Características do seu veículo

SISTEMA DE ENTRADA POR Travamento (1) QQNOTA


CONTROLE REMOTO Todas as portas serão travadas se o botão de Após portas travadas, se o botão de travamento
travamento for pressionado enquanto as por- for pressionado novamente por 4 segundos, as lu-
(SE EQUIPADO) tas estiverem fechadas. zes de advertência piscarão e a buzina soará uma
Funcionamento do sistema de As luzes de advertência piscarão uma vez vez para confirmar que as portas estão travadas.
entrada por controle remoto para indicar que todas as portas estão
travadas. Entretanto, se qualquer porta ou Destravamento (2)
o porta-malas permanecerem abertos, as
Tipo A Todas as portas serão destravadas se o botão
luzes de advertência não serão acionadas.
de destravamento for pressionado.
Caso todas as portas e o porta-malas sejam
fechados após o botão de travamento ser As luzes de advertência piscarão duas vezes
pressionado, as luzes de advertência piscarão para indicar que todas as portas estão des-
uma vez. travadas.
-- Se o veículo estiver equipado com o sis- Após pressionar este botão, as portas serão
tema de abertura/fechamento remoto dos travadas automaticamente, a menos que
vidros, quando o botão de travamento for qualquer porta seja aberta em até 30 segun-
pressionado, todos os vidros serão fecha- dos.
dos. -- Se o veículo estiver equipado com o sis-
OHBBCO2001/H
tema de abertura/fechamento remoto dos
QQNOTA vidros, quando o botão de destravamento
Tipo B Caso o vidro reabra ao solicitar o fechamento for pressionado por 2 segundos, a abertu-
utilizando o controle remoto, a luz de advertên- ra de todos os vidros será iniciada.
cia irá piscar 3 vezes e a buzina irá tocar 3 vezes h A abertura completa dos vidros será
ao mesmo tempo para informar que o vidro está realizada quando o botão de trava-
reabrindo. mento for pressionado de 2 a 5 se-
QQNOTA gundos.
Se a luz de advertência piscar e a buzina soar 3
vezes quando a porta for fechada pelo transmis-
sor, há uma falha no sistema antifurto (se equi-
OHG040006 pado). É recomendado entrar em contato com
uma concessionária autorizada Hyundai Motor
Brasil (HMB).

48
Características do seu veículo

Destravamento do porta-malas (3) Precauções com o transmissor


(apenas modelo Sedan) CUIDADO
QQNOTA
Para destravar: Mantenha o transmissor longe de qual-
• O transmissor não funcionará se alguma das quer líquido ou chamas. Se o transmis-
1. Pressione o botão de destravamento do
seguintes condições ocorrer: sor ficar úmido por dentro (devido a
porta-malas (3) no transmissor por mais
- A chave estiver no interruptor de ignição. líquidos ou umidade), ou se for aqueci-
de um segundo.
- A distância limite de operação for excedida do, o circuito interno pode falhar.
2. As luzes de advertência piscam duas ve-
(aproximadamente 10 metros).
zes.
- A bateria do transmissor estiver fraca.
Quando for fechado, o porta-malas trava au- - Outros veículos ou objetos estiverem blo-
tomaticamente. queando o sinal. CUIDADO
QQNOTA - A temperatura estiver extremamente baixa. Alterações ou modificações não ex-
• Após destravar o porta-malas, ele será tra- - O transmissor estiver próximo a uma rá- pressamente aprovadas pela parte res-
vado automaticamente quando fechado. dio transmissora, tal como, uma estação de ponsável pela conformidade podem
• A palavra "HOLD" (manter pressionado) rádio ou um aeroporto, o que poderá inter- anular a autoridade do usuário para
está escrita no botão para informar que o ferir na operação normal do transmissor. operar o equipamento. Se o sistema de
botão deve ser mantido pressionado por • Quando o transmissor não funcionar corre- entrada por controle remoto sem chave
mais de um segundo. tamente, trave e destrave a porta com a cha- estiver inoperante devido à alterações
ve de ignição. Se tiver algum problema com ou modificações não expressamente
Pânico (4)
o transmissor, recomendamos entrar em aprovadas pela parte responsável pela
A buzina soa e as luzes de advertência pis- contato com uma concessionária autorizada conformidade, ele não será coberto
cam por cerca de 27 segundos caso este bo- Hyundai Motor Brasil (HMB). pela garantia do fabricante do veículo.
tão seja pressionado por mais de 1 segundo. • Caso o transmissor esteja próximo do seu
Para desligar a buzina e as luzes, pressione telefone celular ou smart phone, o sinal do
o botão de travamento ou destravamento no transmissor pode ser bloqueado pela opera-
transmissor. ção normal do seu telefone celular ou smart
CUIDADO
QQNOTA phone. Isto é especialmente importante quan- Mantenha a chave longe de equipamen-
do o telefone estiver ativo, tal como, fazendo tos eletromagnéticos.
A palavra “HOLD” está escrita no botão para
chamadas, recebendo chamadas, mensagens
informá-lo que você deve pressionar e segurar o
de texto, e/ou enviando/recebendo e-mails.
botão. Evite colocar o transmissor e o seu telefone
celular ou smart phone na mesma calça ou
bolso da jaqueta, e mantenha uma distância
adequada entre os dois dispositivos.
49
Características do seu veículo

Substituição da bateria Tipo A


CUIDADO
• O sistema de entrada por controle
remoto sem chave foi projetado para
proporcionar anos de funcionamen-
to sem problemas. Entretanto, ele
pode apresentar falhas no funcio-
namento do aparelho devido à ex-
posição da umidade ou eletricidade
estática. Caso não tenha certeza
de como utilizar o transmissor ou
substituir a bateria, recomendamos
entrar em contato com uma conces- OHB046116BR
sionária autorizada Hyundai Motor Tipo B
Brasil (HMB).
O transmissor utiliza uma bateria de lítio de 3
volts que normalmente irá durar vários anos. • A utilização de bateria em desacordo
com as especificações pode causar
Quando a substituição for necessária, utilize o
falhas no funcionamento do trans-
procedimento a seguir.
missor. Certifique-se de utilizar ba-
3. Insira uma ferramenta fina na fenda e teria correta.
delicadamente abra a tampa central do • A fim de evitar danos ao transmis-
transmissor. sor, evite que o mesmo sofra que-
4. Substitua a bateria por uma nova das, que seja molhado, ou que fique
(CR2032). Ao substituir a bateria, certi- exposto ao calor ou ao sol.
fique-se que a posição da bateria esteja Uma bateria descartada de maneira ina-
correta. dequada pode ser prejudicial ao meio
OHB046117BR
5. Instale a bateria na ordem inversa da re- ambiente e à saúde humana. QQNOTA
moção. Descarte a bateria de acordo com a Este equipamento opera em caráter secundário,
Para substituição do transmissor, recomenda- legislação local pertinente. isto é, não tem direito à proteção contra interfe-
mos entrar em contato com uma concessio- rência prejudicial, mesmo de estações do mesmo
nária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB), tipo, e não pode causar interferência a sistemas
para a reprogramação do mesmo. operando em caráter primário.
4 10
Características do seu veículo

SISTEMA DE ALARME
ANTIFURTO (SE EQUIPADO) Estágio Ativado
Estacione o veículo e desligue o motor. Ative o
sistema seguindo os procedimentos a seguir.
1. Desligue o motor e remova a chave de
ignição do interruptor de ignição.
2. Certifique-se que todas as portas, o capô
do motor e a tampa do porta-malas este-
jam firmemente fechadas.
3. Trave as portas pressionando o botão de
ATENÇÃO travamento no transmissor.
Depois da execução dos procedimentos aci-
SISTEMA DE SEGURANÇA ma, as luzes de advertência piscarão uma
vez para indicar que o sistema está ativado.
Este sistema foi concebido para fornecer
Caso uma das portas, a tampa do porta-ma-
proteção contra a entrada não autorizada no
Veículos equipados com alarme antifurto te- las ou o capô do motor permaneçam abertos,
veículo, movimento no interior do veículo (se
rão uma etiqueta, anexada aos vidros dian- as luzes de advertência não funcionarão e o
equipado), e inclinação para um dos lados (se
teiros do veículo, com as seguintes palavras: alarme antifurto não será ativado. Depois dis-
equipado). Ele possui três estágios de opera-
1. ATENÇÃO so, caso todas as portas, a tampa do porta-
ção: o primeiro é o estágio “Ativado”, o segun-
2. SISTEMA DE SEGURANÇA -malas e o capô do motor sejam fechados, as
do é o estágio “Alarme antifurto” e o terceiro
luzes de advertência piscarão uma vez.
é o estágio “Desativado”. Quando ativado, o
sistema emite um sinal sonoro acompanhado
do piscar das luzes de advertência.

4 11
Características do seu veículo

Não ative o sistema até que todos os ocu- Sensor de intrusão/inclinação Caso o sistema esteja ativado quando o sen-
pantes tenham saído do veículo. Se o sis- Ligado/Desligado (se equipado) sor estiver na condição “OFF”, o sensor de in-
tema for ativado enquanto os passageiros trusão/inclinação não irá funcionar. Entretan-
permanecerem no veículo, o alarme pode to, o alarme será ativado, quando o sistema
ser acionado quando estes saírem de den- encontrar o sensor de intrusão/inclinação na
tro do veículo. Caso uma das portas (ou a condição desligado do estágio “Alarme anti-
tampa do porta-malas) ou o capô do motor furto”. Consulte a página a seguir.
sejam abertos dentro de 30 segundos de-
pois do sistema ter sido ativado, o sistema Desative o sensor de intrusão/inclinação, se
será desativado a fim de prevenir um acio- houver qualquer chance do veículo inclinar
namento desnecessário do alarme. por influências externas.
Por exemplo:
• Quando o veículo for transportado por
trem, barco ou trailer.
• Quando o veículo for estacionado em
O sensor de intrusão/inclinação detecta mo- uma torre de estacionamento.
vimento no interior do veículo e inclinação do Caso contrário, isso pode fazer com que a bu-
veículo após o travamento. zina soe inadvertidamente.
• Para cancelar a operação do sensor, de
intrusão pressione o botão “ON/OFF” (li-
ga/desliga) quando o sistema estiver no
estágio “Desativado”, e o interruptor de
ignição estiver na posição “OFF”. A luz do
botão acenderá para indicar que o sensor
está desativado.
• Caso o botão seja pressionado novamen-
te ou o interruptor de ignição seja coloca-
do na posição “ON”, o sensor será ativado
novamente.

4 12
Características do seu veículo

QQNOTA Estágio do alarme antifurto Com sensor de intrusão/


• Certifique-se que todos os vidros estejam O alarme será ativado caso uma das situa- inclinação na condição ligado
fechados enquanto o sensor estiver funcio- ções a seguir ocorra enquanto o veículo esti- (se equipado)
nando. Caso contrário, o sensor detecta mo- ver com o sistema ativado. • Alguém ou alguma coisa se movimenta
vimento inadvertido no interior do veículo dentro do veículo.
(por exemplo, vento soprando ou a entrada Sem sensor de intrusão/inclinação • A inclinação do veículo é alterada para
de uma borboleta) e isso faz com que a bu- (ou sensor de intrusão/inclinação um certo grau.
zina soe. na condição desligado) • A porta dianteira ou traseira for aberta
• No caso de caixas estarem empilhadas no (se equipado) sem a utilização do transmissor
veículo, o sensor pode não detectar o movi- • A tampa do porta-malas for aberta sem a
mento atrás das caixas. As caixas também • A porta dianteira ou traseira for aberta
sem a utilização do transmissor. utilização do transmissor.
podem cair e fazer com que a buzina seja • O capô do motor for aberto.
acionada. • A tampa do porta-malas for aberta sem a
utilização do transmissor. A buzina soará e as luzes de advertência
• Caso o sensor esteja manchado com mate- piscarão continuamente por 27 segundos, a
rial estranho, o sensor pode não funcionar • O capô do motor for aberto.
menos que o sistema seja desativado. Para
normalmente. A buzina soará e as luzes de advertência
desativar o sistema, destrave as portas com
piscarão continuamente por 27 segundos, a
o transmissor.
menos que o sistema seja desativado. Para
desativar o sistema, destrave as portas com
o transmissor.

4 13
Características do seu veículo

FECHADURAS DAS PORTAS


Estágio Desativado Travamento das portas pelo
O sistema será desativado quando o botão de CUIDADO lado de fora do veículo
destravamento das portas for pressionado. Não substitua, altere ou ajuste o siste-
Depois que as portas estiverem destravadas, ma imobilizador, pois isso pode fazer
as luzes de advertência piscarão duas vezes com que ocorram falhas no funciona-
para indicar que o sistema está desativado. mento do sistema. Recomendamos que
Depois de pressionar o botão de a manutenção do sistema seja executa-
destravamento, se uma das portas (ou a da por uma concessionária autorizada
tampa do porta-malas) não for aberta em até Hyundai Motor Brasil (HMB).
30 segundos, o sistema será reativado. Falhas no funcionamento causadas por
-- Se o veículo estiver equipado com o sis- alterações, ajustes ou modificações
tema de abertura/fechamento remoto dos inadequadas no sistema de alarme an-
vidros, os vidros também serão fechados. tifurto não estão cobertas pela garantia
do fabricante do veículo.

QQNOTA Autodiagnóstico (se equipado) • Gire a chave na direção da dianteira do


veículo para destravar e, na direção da
• Caso o sistema não seja desativado com o Se a luz de advertência piscar uma vez, quan- traseira do veículo, para travar.
transmissor, abra a porta com a chave e do as portas forem travadas utilizando-se o
• Caso trave ou destrave a porta do moto-
insira a chave no interruptor de ignição, gi- transmissor, isso significa que o sensor de
rista com a chave, todas as portas do ve-
re o interruptor de ignição para a posição intrusão/inclinação está funcionando normal-
ículo serão travadas ou destravadas au-
“ON” e aguarde 30 segundos. Em seguida, mente.
tomaticamente (se equipado com sistema
o sistema será desativado. Se a luz de advertência piscar e a buzina de travamento central das portas).
• Caso perca suas chaves, recomendamos soar 3 vezes, quando as portas forem trava-
• As portas também podem ser travadas e
consultar uma concessionária autorizada das utilizando-se o transmissor, isso significa
destravadas com o transmissor, (se equi-
Hyundai Motor Brasil (HMB). que o sensor de intrusão/inclinação não está
pado).
funcionando normalmente. Recomendamos
entrar em contato com uma concessionária • Uma vez que as portas estão destrava-
autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB). das, elas podem ser abertas puxando-se
a maçaneta da porta.

4 14
Características do seu veículo

• Ao fechar uma porta, empurre-a com a Travamento das portas pelo


mão. Certifique-se que as portas estejam lado de dentro do veículo
bem fechadas.
Travamento
QQNOTA
• Sob clima frio e úmido, os mecanismos das
portas e das travas podem não funcionar
adequadamente devido à possibilidade de
congelamento.
• Caso a porta seja travada ou destravada
muitas vezes de maneira rápida e sucessiva,
com a chave do veículo ou com o interrup-
tor da travamento, o sistema pode deixar de
funcionar temporariamente, a fim de prote- • Para travar uma porta sem utilizar a cha-
ger o circuito e evitar danos aos componen- ve, pressione o botão interno de trava-
tes do sistema. mento da porta (1) ou pressione o inter-
ruptor de travamento central das portas
(2) e feche a porta (3). • Para travar uma porta, pressione o botão
• Caso a porta seja travada através do bo- de travamento da porta (1) para baixo.
tão de travamento da porta do motoris- • As portas dianteiras não podem ser tra-
ta (1), todas as portas do veículo serão vadas se a chave de ignição estiver no
travadas automaticamente (se equipado interruptor de ignição e qualquer porta
com sistema de travamento central das dianteira estiver aberta (se equipado).
portas).

QQNOTA
• Ao deixar o veículo, retire a chave de igni-
ção, acione o freio de estacionamento, feche
todos os vidros e trave todas as portas.

4 15
Características do seu veículo

Destravamento Com o interruptor de travamento


Porta dianteira ATENÇÃO central das portas
Caso a maçaneta interna da porta (2) seja pu- Funcionamento incorreto do
xada quando a porta estiver travada, a porta travamento das portas
será destravada e aberta. Caso a trava elétrica das portas não
funcione enquanto estiver no veículo,
Porta traseira tente um ou mais dos procedimentos
Caso a maçaneta interna da porta (2) seja pu- a seguir para sair:
xada quando a porta estiver travada, a porta • Acione o recurso de destravamento
será destravada. da porta repetidamente (tanto o elétri-
Caso a maçaneta interna da porta seja puxa- co como o manual) enquanto puxa si-
da mais uma vez, a porta será aberta. multaneamente a maçaneta da porta.
• Acione as outras travas das portas e
as maçanetas, dianteiras e traseiras.
Abaixe um vidro dianteiro e utilize a
Acione pressionando o interruptor de trava-
chave para destravar a porta pelo la-
mento central das portas.
do de fora.
• Ao pressionar a parte dianteira (1) do in-
• Caso o sintoma persista procurar
terruptor, todas as portas serão travadas.
uma concessionária autorizada Hyun-
• Ao pressionar a parte traseira (2) do inter-
dai Motor Brasil (HMB).
ruptor, todas as portas serão destravadas.
• Caso a chave esteja no interruptor de
ignição e qualquer porta dianteira esti-
ver aberta, as portas não serão travadas
quando a parte dianteira (1) do interruptor
de travamento central das portas for pres-
sionada.

4 16
Características do seu veículo

QQNOTA Função de travamento/


Caso as portas sejam travada com o transmis- ATENÇÃO destravamento das portas
sor, as portas não poderão ser destravadas com Veículos destravados
o interruptor de travamento/destravamento Deixar o veículo destravado pode ser Sistema de destravamento das
central das portas. um convite ao furto ou a possíveis portas sensível a impacto
prejuízos a você e a outras pessoas, Todas as portas serão destravadas automati-
por parte de alguém que se esconde no camente quando um impacto provocar o dis-
ATENÇÃO veículo enquanto você está ausente. paro dos airbags.
Portas Retire sempre a chave da ignição, acio-
ne o freio de estacionamento, feche Sistema de travamento das
• As portas devem estar sempre bem todos os vidros e trave todas as portas
fechadas e travadas enquanto o veí- portas sensível à velocidade (se
ao deixar o veículo sem supervisão. equipado)
culo estiver em movimento, a fim de
evitar a abertura acidental da porta. Todas as portas serão travadas automatica-
Portas travadas irão desencorajar mente quando a velocidade do veículo exce-
potenciais intrusos quando o veículo ATENÇÃO der 15km/h.
parar ou diminuir a velocidade. Crianças sem supervisão
• Ao abrir a porta, verifique se veículos, O interior de um veículo exposto ao sol
motocicletas, bicicletas ou pedestres pode alcançar uma temperatura muito
estão se aproximando do veículo em elevada, o que pode causar morte ou fe-
direção à porta. A abertura da porta no rimentos graves à crianças ou animais
momento em que alguma coisa está sem supervisão que não consigam sair
se aproximando pode causar danos do veículo. Além disso, as crianças po-
materiais ou ferimentos pessoais. dem acionar os sistemas do veículo, o
que pode lhes causar ferimentos, ou
elas podem sofrer outro mal por serem
vítimas de outra pessoa que poderia
assumir o controle do veículo. Nunca
deixe crianças ou animais desacompa-
nhados no interior do veículo.

4 17
Características do seu veículo

PORTA-MALAS (SEDAN)
Trava de proteção para 3. Feche a porta traseira. Abertura do porta-malas
crianças na porta traseira Para abrir uma porta traseira, puxe a maçane-
Com a alavanca de liberação da
ta externa da porta (1).
tampa do porta-malas
Mesmo que as portas possam estar
destravadas, a porta traseira não será aberta
puxando-se a maçaneta interna da porta (2)
até que a trava de segurança para crianças
seja destravada.

ATENÇÃO
Travas das portas traseiras
Caso uma criança abra a porta traseira
acidentalmente, enquanto o veículo
estiver em movimento, ela poderá cair
A trava de segurança para crianças tem a para fora do veículo e sofrer ferimen- OHBBCO3213

finalidade de impedir que crianças abram tos graves ou fatais. Para evitar que Para abrir o porta-malas de dentro do veícu-
acidentalmente as portas traseiras pelo lado crianças abram as portas traseiras lo, puxe a alavanca de liberação da tampa do
de dentro do veículo. As travas de segurança pelo lado de dentro, as travas de se- porta-malas.
das portas traseiras devem ser utilizadas gurança devem ser utilizadas sempre Quando for fechado, o porta-malas trava au-
sempre que houver crianças no veículo. que houver crianças no veículo. tomaticamente.
1. Abra a porta traseira. QQNOTA
2. Insira uma chave (ou chave de fenda) no Sob clima frio e úmido, os mecanismos das
orifício e gire-a para a posição de trava- portas e das travas podem não funcionar ade-
mento ( ). Quando a trava de seguran- quadamente devido à possibilidade de congela-
ça para crianças estiver na posição de mento.
travamento, a porta traseira não abrirá
mesmo que a maçaneta interna da porta
seja puxada dentro do veículo.

4 18
Características do seu veículo

TAMPA DO PORTA-MALAS
Fechamento da tampa do Abertura da tampa do porta-
ATENÇÃO porta-malas malas
A tampa do porta-malas abre movi- Modelo Hatch
mentando-se para cima. Certifique-se Para fechar a tampa do porta-malas, abaixe-a
que não haja objetos ou pessoas pró- e pressione-a com firmeza até travá-la. Certi-
ximos da traseira do veículo ao abrir fique-se que ela esteja corretamente travada
a tampa do porta-malas. tentando puxá-la para cima.

ATENÇÃO
CUIDADO A tampa do porta-malas deve estar
Certifique-se de ter fechado a tampa do completamente fechada quando o
porta-malas antes de sair com o veícu- veículo conduzido. Se estiver aberta,
lo. Possíveis danos podem ocorrer aos gases de escape nocivos podem entrar OHB046001BR
pistões de elevação e aos componen- no veículo e causar mal estar ou morte. Modelo Cross
tes de fixação da tampa do porta-malas,
caso ela não seja fechada antes de se
sair com o veículo. ATENÇÃO
Ninguém deve ter permissão para
ocupar o porta-malas do veículo em
momento algum. O porta-malas é um
local perigoso em caso de acidente.

OHB046120BR
• A tampa do porta-malas será travada ou
destravada quando todas as portas forem
travadas ou destravadas com a chave,
com o transmissor ou com o interruptor
de travamento central das portas.

4 19
Características do seu veículo

Modelo Rspec Fechamento da tampa do


ATENÇÃO porta-malas
A tampa do porta-malas abre movi-
mentando-se para cima. Certifique-se Para fechar a tampa do porta-malas, abaixe-a
que o local tenha altura suficiente e e pressione-a com firmeza. Certifique-se que
não haja objetos ou pessoas próximos ela esteja corretamente travada.
da traseira do veículo ao abrir a tampa
do porta-malas. ATENÇÃO
Certifique-se que suas mãos, pés e
outras partes do seu corpo estejam a
OHB046200BR
CUIDADO uma distância segura antes de fechar
Certifique-se de ter fechado a tampa do a tampa do porta-malas.
• Caso esteja destravada, a tampa do porta- porta-malas antes de sair com o veícu-
malas pode ser aberta pressionando-se a lo. Possíveis danos podem ocorrer aos
maçaneta e puxando-a para cima. pistões de elevação e aos componen- CUIDADO
tes de fixação da tampa do porta-malas,
QQNOTA Certifique-se que não haja nada pró-
caso ela não seja fechada antes de se
ximo à trava da tampa do porta-malas
Sob clima frio e úmido, os mecanismos das sair com o veículo.
enquanto estiver fechando a tampa.
portas e das travas podem não funcionar ade- Isto pode danificar a trava da tampa do
quadamente devido à possibilidade de congela- porta-malas.
mento.

ATENÇÃO
Ninguém deve ter permissão para
ocupar o porta-malas do veículo em
momento algum. O porta-malas é um
local perigoso em caso de acidente.

4 20
Características do seu veículo

Liberação da tampa do
ATENÇÃO porta-malas em caso de ATENÇÃO
Gases de escapamento emergência (se equipado) • Em caso emergência, procure ter
Se o veículo for conduzido com a tam- pleno conhecimento da localização
pa do porta-malas aberta, gases de da alavanca de liberação da tampa
escapamento entrarão no seu interior, do porta-malas e de como abri-la,
o que poderá causar intoxicação ou caso fique preso acidentalmente no
morte aos ocupantes do veículo. compartimento de bagagem.
Se precisar conduzir o veículo com a • Ninguém deve ter permissão para
tampa do porta-malas aberta, mante- ocupar o compartimento de baga-
nha todos os vidros e os difusores de gem do veículo em momento algum.
ar abertos, para permitir a entrada de O compartimento de bagagem é um
ar externo no veículo. local perigoso em caso de acidente.
• Utilize a alavanca de liberação da
tampa do porta-malas apenas em
caso de emergência. Tenha extremo
ATENÇÃO cuidado, especialmente quando o
Compartimento de bagagem Seu veículo é equipado com uma alavanca de veículo estiver em movimento.
traseiro liberação da tampa do porta-malas para caso
de emergência, que está localizada na parte
Os ocupantes nunca devem viajar no inferior da tampa do porta-malas.
compartimento de bagagem, onde não
Quando alguém ficar, inadvertidamente, pre-
há dispositivos de proteção disponí-
so no compartimento de bagagem, a tampa
veis. Para evitar ferimentos, em caso
do porta-malas poderá ser aberta pressionan-
acidente ou freada brusca, os ocupan-
do-se a alavanca de liberação e empurrando-
tes devem estar sempre protegidos
-se a tampa do porta-malas.
adequadamente.

4 21
Características do seu veículo

VIDROS (SE EQUIPADO)


(1) Interruptor do vidro elétrico da porta do
motorista
(2) Interruptor do vidro elétrico da porta do
passageiro dianteiro
(3) Interruptor do vidro elétrico da porta
traseira do lado esquerdo *
(4) Interruptor do vidro elétrico da porta
traseira do lado direito *
(5) Abertura e fechamento do vidro
(6) Abertura automática ou abertura e
fechamento automáticos do vidro *
(7) Interruptor de bloqueio dos vidros
elétricos *
* : se equipado

QQNOTA
Sob clima frio e úmido, os vidros elétricos po-
dem não funcionar adequadamente devido à
possibilidade de congelamento.

4 22
Características do seu veículo

Vidros elétricos (se equipado) QQNOTA Abertura e fechamento do vidro


• Para o acionamento dos vidros elétricos, Ao conduzir o veículo com os vidros traseiros
o interruptor de ignição deve estar na po- abaixados ou com o teto solar (se equipado)
sição “ON”. aberto (ou parcialmente aberto), seu veículo po-
Cada porta tem um interruptor que con- de apresentar um ruído de pulsação. Esse ruído
trola o acionamento do vidro. O motorista é uma ocorrência normal e pode ser reduzido ou
tem um interruptor que bloqueia o aciona- eliminado tomando-se as providências a seguir.
mento dos vidros dos passageiros trasei- Caso o ruído ocorra com um ou ambos os vidros
ros ou dianteiro (se equipado). traseiros abaixados, abaixe parcialmente os dois
• Os vidros elétricos podem ser acionados vidros dianteiros. Caso o ruído ocorra com o te-
durante aproximadamente 30 segundos to solar aberto, reduza ligeiramente o tamanho
depois da retirada da chave de ignição ou da abertura do teto solar.
depois dela ter sido girada para a posição
“ACC” ou “LOCK”. Entretanto, caso as
portas dianteiras sejam abertas, os vidros A porta do motorista tem um interruptor prin-
elétricos não poderão ser acionados em cipal que controla todos os vidros do veículo.
um período de 30 segundos depois da re-
Para abrir ou fechar um vidro, pressione ou
tirada da chave de ignição (se equipado:
puxe a parte dianteira do interruptor corres-
sistema de entrada por controle remoto
pondente para a primeira posição de parada
ou chave inteligente).
(5).

4 23
Características do seu veículo

Abertura automática do vidro Abertura e fechamento 1. Gire a chave de ignição para a posição
(se equipado) automático dos vidros “ON”.
(se equipado) 2. Feche o vidro do motorista e continue pu-
xando o interruptor do motorista para ci-
ma durante pelo menos 1 segundo depois
do vidro estar completamente fechado.

Pressionando o interruptor do vidro elétrico


momentaneamente até a segunda posição Pressionando-se ou puxando-se o interrup-
de parada (6), o vidro do motorista abre com- tor do vidro elétrico momentaneamente até
pletamente mesmo que o interruptor seja li- a segunda posição de parada (6), o vidro
berado. Para parar o vidro em uma posição será completamente abaixado ou levantado
desejada durante o seu acionamento, puxe o mesmo que o interruptor seja liberado. Para
interruptor momentaneamente para cima pa- parar o vidro em uma posição desejada du-
ra a direção oposta ao movimento do vidro. rante o seu acionamento, puxe ou pressione
o interruptor e libere-o na direção oposta do
movimento.
Caso o vidro elétrico não funcione correta-
mente, o sistema do vidro elétrico automático
poderá ser reprogramado da seguinte manei-
ra:

4 24
Características do seu veículo

E, caso o interruptor do vidro elétrico seja pu- Interruptor de bloqueio dos vidros
xado continuamente nos próximos 5 segun- elétricos (se equipado)
dos depois do vidro ter sido recuado pelo re-
curso automático, a reversão automática não
irá funcionar.

QQNOTA
A reversão automática do vidro ocorrerá so-
mente quando se utilizar o recurso de fecha-
mento automático puxando-se totalmente o
interruptor para cima. A reversão automática
não funcionará caso o vidro seja levantado utili-
zando-se a posição intermediária do interruptor
Reversão automática (somente para do vidro elétrico.
versão de levantamento automático
dos vidros)
Caso o movimento ascendente do vidro seja ATENÇÃO O motorista pode desabilitar os interruptores
bloqueado por um objeto ou parte do corpo de Antes de levantar o vidro, verifique dos vidros elétricos das portas dos passagei-
uma pessoa, o vidro irá detectar a resistência se há obstruções, a fim de evitar feri- ros pressionando o interruptor de bloqueio
e o movimento será interrompido. O vidro se- mentos ou danos ao veículo. Caso um dos vidros localizado na porta do motorista,
rá abaixado em aproximadamente 30 cm para objeto com espessura inferior a 4 mm para a posição “LOCK” (pressionado).
permitir que o objeto seja retirado. fique preso entre o vidro e a canaleta Quando o interruptor de bloqueio dos vidros
Caso o vidro detecte a resistência enquanto superior, pode não ocorrer a reversão elétricos está pressionado:
o interruptor estiver sendo puxado continua- automática, não havendo mudança na -- O controle principal do motorista pode
mente, o vidro terá o movimento ascendente direção do movimento do vidro. acionar todos vidros elétricos.
interrompido e irá recuar em aproximadamen- -- O controle do passageiro dianteiro pode
te 2,5 cm. acionar o vidro elétrico do passageiro
dianteiro.
-- O controle do passageiro traseiro não po-
de acionar o vidro elétrico do passageiro
traseiro.

4 25
Características do seu veículo

Vidros manuais (se equipado)


CUIDADO • Verifique sempre que braços, mãos,
cabeça e outros obstáculos estejam
• Para evitar possíveis danos ao siste- seguros, fora do caminho, antes de
ma dos vidros elétricos, não abra ou fechar os vidros.
feche dois ou mais vidros ao mesmo • Não permita que crianças brinquem
tempo, o que também assegura a com os vidros elétricos. Mantenha
longevidade do fusível. o interruptor de bloqueio dos vidros
• Nunca tente acionar o interruptor elétricos na posição “LOCK” (pres-
principal da porta do motorista e o sionado). A operação inadvertida dos
interruptor do vidro individual em vidros, por parte de crianças, pode re-
posições opostas ao mesmo tempo. sultar em ferimentos graves.
Se isso for feito, o vidro será travado • Enquanto estiver dirigindo, não co-
e não poderá ser aberto ou fechado. loque o rosto ou os braços para fora
dos vidros.
Para abrir ou fechar o vidro, gire a manivela
• Qualquer instalação de dispositivos no sentido horário ou anti-horário.
ATENÇÃO de levantamento automático de vi-
dros comandados pelo travamento
Vidros das portas ou alarme anti-furto, pode-
• NUNCA deixe a chave de ignição no rá causar ferimentos graves ou morte.
ATENÇÃO
veículo. Ao abrir ou fechar os vidros, certifique-
• NUNCA deixe crianças desacompa- -se que braços, mãos e corpo dos pas-
nhadas no veículo. Mesmo crianças sageiros estejam em segurança, fora
pequenas podem inadvertidamente do alcance do vidro.
fazer com que o veículo se movimen-
te, prender-se nos vidros, ou ferir a si
mesmas ou aos outros no interior do
veículo.

4 26
Características do seu veículo

CAPÔ DO MOTOR
Abertura do capô do motor

OHB048002BR

2. Vá para a frente do veículo, levante ligei- 3. Puxe a vareta de suporte do capô e posi-
ramente o capô, puxe a trava secundária cione a vareta no orifício de fixação.
1. Puxe a alavanca de liberação para des- (1) na parte interna do centro do capô e 4. Mantenha o capô aberto com a vareta de
travar o capô. O capô deverá abrir dando levante o capô (2). suporte.
um pequeno salto.

ATENÇÃO ATENÇÃO
Abra o capô após desligar o motor, Peças quentes
com o veículo sobre uma superfície Segure a vareta de suporte pela área
plana, coloque a alavanca de mudan- revestida com borracha. A borracha
ças na posição “P” (Estacionamento), ajuda a proteger contra queimaduras,
para veículos com transmissão auto- por contato com as partes metálicas
mática, e na posição “1” (1ª marcha) quando o motor estiver quente.
ou “R” (Ré), para veículos com trans-
missão manual, e acione o freio de
estacionamento.

4 27
Características do seu veículo

TAMPA DO TANQUE DE
Fechamento do capô do motor COMBUSTÍVEL
1. Antes de fechar o capô do motor, verifique ATENÇÃO
Abertura da tampa do tanque
o seguinte: • Certifique-se sempre que o capô do
• Todas as tampas de bocais de enchi- motor esteja devidamente fechado de combustível
mento no compartimento do motor de- e travado antes de movimentar o
vem estar corretamente instaladas. veículo. Se não estiver fechado e
• Luvas, panos ou qualquer outro mate- travado, ele poderá abrir com o veí-
rial combustível devem ser retirados do culo em movimento, tirando-lhe toda
compartimento do motor. a visibilidade e aumentando o risco
2. Retorne a vareta de suporte ao seu gram- de um acidente.
po para evitar sua trepidação. • A vareta de suporte deverá ser
3. Abaixe o capô até uma distância de apro- inserida completamente no orifício
ximadamente 30 cm da posição fechada de fixação sempre que houver
e deixe-o cair. Certifique-se que ele esteja inspeção do compartimento do
travado. motor. Isso evitará que o capô caia
e venha causar ferimentos.
ATENÇÃO • Não movimente o veículo com o ca-
pô levantado, pois o mesmo obstrui A tampa do bocal de abastecimento de com-
Capô do motor completamente a visão e pode cair bustível deve ser aberta pelo interior do veícu-
• Antes de fechar o capô do motor, ou ser danificado. lo puxando-se o abridor da tampa localizado
certifique-se que todas as obstruções na área do assoalho dianteiro ao lado do ban-
tenham sido removidas. O fechamen- co do motorista.
to do capô com a presença de alguma
obstrução pode resultar em danos QQNOTA
materiais ou ferimentos pessoais gra- Se a tampa do tanque de combustível não puder
ves. ser aberta por estar bloqueada pelo gelo, em-
• Não deixe luvas, panos ou outro ma- purre-a ou dê leves batidas para tentar quebrar
terial combustível no compartimento o gelo. Não force a tampa. Se necessário, utilize
do motor, pois isso pode causar um um spray anticongelante aprovado (não utilize
incêndio induzido pelo calor. anticongelante para líquido de arrefecimento

4 28
Características do seu veículo

do motor) para liberar o mecanismo ou mova Reservatório de gasolina Fechamento da tampa do


o veículo até um local mais quente e espere que
do compartimento do motor tanque de combustível
o gelo derreta.
(apenas para motor 1.0) 1. Para instalar a tampa do tanque, gire-a no
sentido horário até ouvir um clique. Isso
indica que a tampa está bem apertada.
2. Feche a tampa do bocal de abastecimen-
to de combustível e pressione-a levemen-
te para certificar-se que ela esteja corre-
tamente fechada.

ATENÇÃO
Reabastecimento
• Caso haja borrifamento de combus-
tível sob pressão, isso pode molhar
suas roupas e sua pele, sujeitando-
-o ao risco de incêndio e queimadu-
1. Desligue o motor. Se o seu veículo for flex, verifique se o reser- ras. Remova a tampa do tanque de
2. Para abrir a tampa do bocal de abasteci- vatório do sistema de partida a frio está abas- combustível lenta e cuidadosamen-
mento de combustível, puxe para cima o tecido com gasolina aditivada quando a tem- te. Caso ouça um som de ventilação
abridor da tampa. peratura externa for baixa (abaixo de 20ºC). do combustível, espere até que essa
3. Puxe a tampa do bocal de abastecimento A capacidade do reservatório de gasolina de condição cesse antes de retirar a tam-
(1) totalmente para fora. partida a frio, localizado no compartimento do pa completamente.
motor, é de 0,8 litro. • Ao reabastecer, não “complete” o tan-
4. Para remover a tampa (2), gire-a no sen-
Abasteça o reservatório de partida a frio com que depois da parada automática do
tido anti-horário.
gasolina aditivada até atingir a linha MAX. bico de abastecimento.
5. Reabasteça conforme necessário.
Não complete o nível da gasolina acima da • Sempre verifique se a tampa do tan-
linha MAX. Se a gasolina transbordar, limpe que de combustível está bem fecha-
o reservatório e a região afetada com uma da, para evitar derramamento de com-
toalha. bustível, no caso de um acidente.

4 29
Características do seu veículo

do sobre as superfícies com tecidos celulares pode provocar um incêndio


ATENÇÃO (poliéster, cetim, náilon, etc.). Descar- em contato com vapores de combus-
Reabastecimento perigoso ga de eletricidade estática pode pro- tível.
Os combustíveis são altamente infla- vocar a ignição de vapores de com- • Ao reabastecer, desligue sempre o
máveis e explosivos. Ao reabastecer bustível, resultando em uma queima motor. Faíscas provocadas por equi-
seu veículo, observe atentamente as rápida. Se você precisar entrar nova- pamentos elétricos do motor podem
seguintes orientações. Deixar de ob- mente no veículo elimine a possibili- provocar um incêndio em contato
servar estas orientações poderá re- dade de uma descarga de eletricidade com vapores de combustível. Após
sultar em ferimentos graves, queima- estática, tocando as mãos em outras reabastecer, certifique-se que a tampa
duras severas ou morte por incêndio partes metálicas, a uma distância se- do bocal de enchimento de combus-
ou explosão. gura do bocal de enchimento, do bico tível esteja totalmente fechada, antes
• Leia e siga todas as advertências fixa- da bomba ou outra fonte de gasolina. da partida no motor.
das nos postos de gasolina. Antes de • Quando estiver usando um recipiente • NÃO USE fósforos ou isqueiro e
reabastecer, observe a localização do portátil de combustível, certifique-se NÃO FUME ou deixe cigarros ace-
“Sistema de emergência de corte da de colocá-lo no chão ao reabastecê-lo. sos dentro do veículo em um posto
gasolina”, se disponível, no posto de Descarga de eletricidade estática do de gasolina, especialmente durante
gasolina. recipiente em contato com vapores o reabastecimento. Os combustíveis
• Antes de tocar no bocal de enchimen- de combustível pode provocar são altamente inflamáveis e podem
to, você deve eliminar a possibilidade um incêndio. Enquanto estiver provocar um incêndio.
de uma descarga de eletricidade está- reabastecendo, mantenha contato • Caso ocorra um incêndio durante o
tica, tocando as mãos em outras par- com o recipiente. reabastecimento, deixe as imedia-
tes metálicas, a uma distância segura • Utilize apenas recipientes portáteis de ções do veículo e imediatamente con-
do bocal de enchimento, do bico da plástico, projetados para transportar tate o gerente do posto de gasolina e
bomba ou outra fonte de gasolina. e armazenar gasolina. o corpo de bombeiros local. Siga to-
• Não entre em um veículo cujo abas- • Não utilize telefones celulares quando das as instruções de segurança que
tecimento já tenha sido iniciado pois estiver reabastecendo em um posto eles fornecerem.
você poderá gerar eletricidade estáti- de gasolina. A corrente elétrica e/ou
ca, tocando, atritando ou escorregan- interferência eletrônica dos telefones

4 30
Características do seu veículo

VOLANTE DE DIREÇÃO
Direção assistida hidráulica QQNOTA
CUIDADO
(se equipado) • Se a correia de acionamento da direção as-
• Certifique-se de reabastecer seu sistida quebrar, ou se a bomba da direção
veículo de acordo com “Recomen- A direção assistida utiliza energia do motor
para auxiliá-lo no esterçamento do veículo. assistida falhar, o esforço de esterçamento
dações de combustível”, sugeridas será muito maior.
na seção 1. Caso o motor esteja desligado ou o sistema
da direção deixe de funcionar, o veículo ainda • Se o veículo ficar estacionado fora por
• Caso haja necessidade de substitui- longos períodos em clima frio (abaixo de
pode ser esterçado, mas exigirá um aumento
ção da tampa do tanque de combus- -10°C), a direção assistida pode requerer
de esforço para o esterçamento.
tível, utilize apenas peça genuína maior esforço quando o motor for ligado pe-
Hyundai. A utilização de uma tampa Caso observe qualquer alteração no esforço
exigido para executar o esterçamento durante la primeira vez. Isto é causado pelo aumen-
fora das especificações pode resul- to de viscosidade do fluido devido ao clima
tar em falha grave do sistema de o funcionamento normal do veículo, recomen-
damos que o sistema seja verificado por uma frio e não indica falha no funcionamento.
combustível ou do sistema de con- Quando isso ocorrer, aumente a rotação do
trole de emissões. Para informações concessionária autorizada Hyundai Motor
Brasil (HMB). motor pressionando o pedal de aceleração
mais detalhadas, recomendamos até que as rotações atinjam 1.500 rpm, e de-
entrar em contato com uma conces- pois, deixe o motor funcionando em marcha
sionária autorizada Hyundai Motor
Brasil (HMB).
CUIDADO lenta por dois ou três minutos para aquecer
Nunca segure o volante de direção o fluido.
• Não derrame combustível nas su-
perfícies externas do veículo. Qual- contra um dos batentes (giro extremo
quer tipo de combustível derramado à direita ou à esquerda) por mais de 5
sobre as superfícies pintadas pode segundos com o motor em funciona-
danificá-las. mento. Segurar o volante de direção
• Depois do reabastecimento, certi- por mais de 5 segundos, em qualquer
fique-se que a tampa do tanque de dessas posições, pode causar danos à
combustível esteja bem fechada, a bomba da direção assistida.
fim de evitar derramamento de com-
bustível, caso ocorra um acidente.

4 31
Características do seu veículo

Regulagem de altura e Buzina


profundidade do volante (se
equipado)
A regulagem de altura e profundidade do vo-
lante de direção permite ajustar a posição do
volante de direção antes de dirigir o veículo.
Pode-se também elevá-lo para dar mais es-
paço às pernas ao entrar ou sair do veículo.
O volante de direção deve ser posicionado de
modo a ficar confortável para a condução, en-
quanto permite visualizar as luzes e os mar-
cadores do painel de instrumentos.
Para alterar o ângulo de inclinação do volante
de direção, puxe a alavanca de liberação da Para acionar a buzina, pressione o símbolo
trava (1) para baixo, ajuste o volante na altura correspondente no volante de direção. Verifi-
ATENÇÃO (2) e profundidade desejadas (se equipado) que a buzina regularmente, a fim de certificar-
• Nunca ajuste a posição do volante (3) e, em seguida, puxe a alavanca de libera- -se que ela funcione adequadamente.
de direção enquanto estiver dirigin- ção da trava para cima para travar o volante
do. Isso pode causar perda de con- de direção. Certifique-se de ajustar o volante QQNOTA
trole da direção e causar ferimentos de direção na posição desejada antes de di- Para acionar a buzina, pressione a área indi-
pessoais graves ou acidentes. rigir. cada pelo símbolo correspondente no volante
• Depois do ajuste, empurre o volante de direção (conforme a ilustração). A buzina
de direção para cima e para baixo funcionará apenas quando essa área for pres-
para certificar-se que ele esteja tra- sionada.
vado na posição.
CUIDADO
Para acionar a buzina, não bata com os
punhos nem pressione-a com objetos
pontiagudos.

4 32
Características do seu veículo

ESPELHOS RETROVISORES
Espelho retrovisor interno Espelho retrovisor interno Espelho retrovisor externo
Ajuste o espelho retrovisor para o centro da noite/dia (se equipado) Antes de dirigir, ajuste a inclinação dos espe-
vista do vidro traseiro. Faça esse ajuste antes lhos.
de começar a dirigir. Seu veículo está equipado com espelhos re-
trovisores externos do lado esquerdo e do la-
do direito. Os espelhos podem ser ajustados
ATENÇÃO remotamente por meio de um interruptor e po-
Visibilidade traseira dem ser rebatidos para trás para evitar danos
Não coloque objetos no banco traseiro, durante a lavagem em um lavador automático
ou no compartimento de bagagem, que ou ao passar por uma rua estreita.
interfiram na vista do vidro traseiro.

ATENÇÃO
ATENÇÃO Espelhos retrovisores
Não modifique o espelho interno e não • O espelho retrovisor externo direito é
Faça este ajuste antes de começar a dirigir e
instale um espelho maior. Isto pode re- convexo. Em alguns países, o espe-
enquanto a lingueta dia/noite estiver na posi-
sultar em ferimentos durante um acidente lho retrovisor externo esquerdo tam-
ção “dia” (lingueta para frente).
ou disparo do airbag. bém é convexo. Os objetos vistos no
Para reduzir o ofuscamento dos faróis dos ve-
espelho estão mais próximos do que
ículos que trafegam atrás de você durante a
aparentam estar.
noite, puxe a lingueta para trás.
• Utilize o espelho retrovisor interno ou
Lembre-se que, com o espelho na posição
a observação direta para determinar a
noite, há redução da visibilidade traseira.
distância real dos veículos que vêm
atrás, ao mudar de faixa.

4 33
Características do seu veículo

Regulador do retrovisor
CUIDADO
Não tente raspar o gelo acumulado na
superfície do retrovisor, pois isso pode
danificar a superfície do espelho. Se o
gelo restringir o movimento do espe-
lho, não force o espelho para ajustá-lo.
Para remover o gelo, utilize um spray
anticongelante aprovado, uma esponja
ou um pano macio com água quente.

CUIDADO
Caso o retrovisor esteja bloqueado por Tipo elétrico (se equipado)
gelo, não force a alavanca para ajus- O interruptor do regulador do espelho elétrico
tar a posição do espelho. Utilize um
Tipo manual
permite o ajuste da posição dos espelhos re-
spray anticongelante aprovado (não Para sua comodidade, os espelhos retroviso-
trovisores externos do lado esquerdo e do la-
utilize anticongelante para líquido de res externos estão equipados com um regu-
do direito. Para ajustar a posição de cada um
arrefecimento do motor) para liberar o lador. Eles são acionados pela alavanca de
dos espelhos, mova a alavanca (1) para “R”
mecanismo, ou mova o veículo até um controle localizada no canto inferior dianteiro
ou “L” para selecionar o espelho do lado di-
local mais quente e espere até que o da janela.
reito ou do lado esquerdo. Em seguida, pres-
gelo derreta. Antes de dirigir o veículo, certifique-se sem- sione o ponto correspondente (s) do controle
pre que os espelhos estejam posicionados de de ajuste do espelho para posicioná-lo para
modo que possa ver atrás de você, à direita e cima, para baixo ou para os lados.
ATENÇÃO à esquerda, bem como diretamente atrás do
Depois do ajuste, coloque o interruptor na
Não faça ajustes ou rebata os espelhos seu veículo. Ao utilizar o espelho, tenha sem-
posição neutra para evitar ajuste inadvertido.
retrovisores externos enquanto o veículo pre cuidado ao calcular a distância dos veí-
culos trafegam ao seu lado ou atrás de você. O interruptor de ignição deverá estar na posi-
estiver em movimento. Esse procedimen- ção “ACC” ou “ON” para que o regulador do
to pode resultar na perda de controle do espelho elétrico seja acionado.
veículo, acidente com morte, ferimentos
graves ou danos irreversíveis.

4 34
Características do seu veículo

Rebatimento dos espelhos


CUIDADO retrovisores externos
• Os espelhos param de se movimen-
tar ao atingirem a inclinação má-
xima, mas o motor continuará em
funcionamento enquanto o interrup-
tor estiver sendo pressionado. Não
pressione o interruptor por mais
tempo que o necessário para não
danificar o motor.
• Não tente ajustar o espelho retro-
visor manualmente, pois isso pode
danificar os componentes.
Tipo elétrico (se equipado)
Para cima: O espelho retrovisor é dobrado.
Para baixo: O espelho retrovisor é
Tipo manual (se equipado) desdobrado.
Para rebater os espelhos retrovisores exter- Centralizar (AUTO): O espelho retrovisor é
nos para dentro, empurre-os na direção da dobrado ou desdobrado automaticamente da
traseira do veículo. seguinte forma:
• O espelho será dobrado ou desdobrado
quando a porta for fechada ou aberta pelo
transmissor (se equipado).
QQNOTA
O espelho retrovisor funciona mesmo se o in-
terruptor de ignição estiver na posição OFF.
Porém, para evitar descarregar a bateria, não
ajuste os espelhos desnecessariamente quando o
motor estiver desligado.
QQNOTA
Não dobre o espelho retrovisor elétrico manu-
almente, pois poderá danificar o motor elétrico.

4 35
Características do seu veículo

PAINEL DE INSTRUMENTOS
Tipo A (1) Tacômetro
(2) Velocímetro
(3) Indicador de temperatura do líquido de
arrefecimento do motor
(4) Indicador de combustível
(5) Computador de bordo
(6) Luzes de advertência e indicadoras
(7) Luzes indicadoras de direção

Tipo B

OHB046100BR/ OHB046101BR
h O painel de instrumentos do veículo pode ser diferente da ilustração.
Para maiores detalhes, consulte “indicadores” nas página seguintes.

4 36
Características do seu veículo

Indicadores Tacômetro O tacômetro é utilizado para selecionar os


pontos corretos de mudança de marcha e pa-
Velocímetro Tipo A
ra evitar que o motor trabalhe em uma rotação
Tipo A muito alta.

CUIDADO
O motor não deve ser acelerado até ro-
tações muito altas, que correspondam
à região vermelha do mostrador. Isso
pode causar sérios danos ao motor.
OHB046103BR
Tipo B
OHB046102BR
Tipo B

OHB046105BR

OHB046104BR
O tacômetro indica o número aproximado de
O velocímetro indica a velocidade do veículo rotações do motor por minuto (rpm).
e está calibrado em quilômetros por hora
(km/h).

4 37
Características do seu veículo

Indicador de temperatura do Indicador de nível de combustível


líquido de arrefecimento do motor CUIDADO
Tipo A
Tipo A
Se o ponteiro do indicador se mover
para além da faixa normal, na direção
da posição “H”, isso indica que está
ocorrendo superaquecimento, o que
pode danificar o motor.
Não continue dirigindo com o motor
superaquecido. Caso seu veículo apre-
sente superaquecimento, consulte “Se
o motor superaquecer” no capítulo 6.
OHB046107BR
Tipo B
OHB046106BR
Tipo B ATENÇÃO
Nunca retire a tampa do radiador en-
quanto o motor estiver quente. O líquido
de arrefecimento está sob pressão e pode
jorrar causando queimaduras. Antes de
adicionar líquido de arrefecimento no re-
servatório, espere até que o motor esfrie.

OHBBDI2008
OHBBDI2007
Este indicador exibe a quantidade aproxima-
Este indicador exibe a temperatura do da de combustível presente no tanque.
líquido de arrefecimento do motor quando o
interruptor de ignição estiver na posição “ON”.

4 38
Características do seu veículo

QQNOTA Hodômetro
• A capacidade do tanque de combustível é in- ATENÇÃO Tipo A Tipo B
formada no capítulo 8. Indicador de nível de
• O indicador de nível de combustível é su- combustível
plementado pela luz de advertência de nível A falta de combustível pode expor os
baixo de combustível, localizada no painel de ocupantes do veículo ao perigo. Quando
instrumentos, que acende quando o tanque a luz de advertência acender ou quando
está quase vazio.
o ponteiro do indicador se aproximar do
• Em terrenos inclinados ou em curvas, o
nível “E” (vazio), deve-se reabastecer o
ponteiro do indicador de nível de combustível
veículo o mais rápido possível.
pode flutuar ou a luz de advertência de nível
baixo de combustível pode acender mais
cedo que o normal, devido ao movimento do
combustível dentro do tanque. CUIDADO OHBBDI2009/OHB046005BR
Evite dirigir com um nível extremamente
baixo de combustível. A falta de com- O hodômetro indica a distância total percor-
bustível pode causar falhas no motor e rida pelo veículo e deve ser utilizado para
danificar o conversor catalítico. determinar quando a manutenção periódica
deve ser realizada.
• Faixa do hodômetro: 0 a 999999 km.

4 39
Características do seu veículo

COMPUTADOR DE BORDO
Descrição Modos de percurso
O computador de bordo é um sistema de in- Tipo A Tipo B
formações para o motorista, controlado por
um microcomputador que exibe, no mostra-
dor, as informações relacionadas à condução. • Hodômetro parcial [A]
• Tempo condução [A]
• Velocidade média veículo [A] B
QQNOTA
Algumas informações sobre condução armaze-
• Hodômetro parcial [B]
nadas no computador de bordo (por exemplo,
velocidade média do veículo) são zeradas se a • Tempo condução [B]
bateria for desconectada. • Velocidade média veículo [B]

• Autonomia
• Consumo médio combustível

• Autonomia
• Consumo instantâneo
combustível

Velocímetro digital

Modo manutenção

4 40
Características do seu veículo

• O hodômetro parcial indica a distância QQNOTA


total percorrida desde a última vez que o
• Se o veículo não estiver sobre solo nivelado
hodômetro parcial foi zerado.
ou se a energia da bateria tiver sido inter-
Faixa de distância: 0,0 a 9999,9 km.
rompida, a função de autonomia pode não
• Para zerar o hodômetro parcial, pressione funcionar corretamente.
o botão “TRIP” no lado direito do painel
• A autonomia pode diferir da distância real
de instrumentos, por mais de 1 segundo,
possível de ser percorrida porque é uma es-
quando o hodômetro parcial for exibido.
timativa da distância ainda possível de ser
Autonomia percorrida.
Tipo A Tipo B • O computador de bordo pode não registrar
combustível adicional, caso menos de 5 li-
tros de combustível sejam adicionados no
tanque de combustível.
Para alterar o modo de percurso, pressione o
• O consumo médio de combustível e a au-
botão “TRIP”.
tonomia podem variar significativamente
Hodômetro parcial com base nas condições e hábitos de condu-
Tipo A Tipo B ção e nas condições do veículo.

OHBBDI2015/OHB046010BR

• A autonomia indica a distância estimada


que pode ser percorrida com o combus-
tível restante.
Faixa de autonomia: 50 a 900 km.
• Se a autonomia for inferior a 50 km, o
computador de bordo irá exibir os dígitos
OHBBDI2012/OHB046007BR
“----”.

4 41
Características do seu veículo

Consumo médio de combustível Reinicialização manual Consumo instantâneo de


Tipo A Tipo B Para apagar manualmente o consumo médio combustível
de combustível, pressione o botão “TRIP” no Tipo A Tipo B
lado direito do painel de instrumentos, por
mais de 1 segundo, quando o consumo médio
de combustível for exibido.

Reinicialização automática
O consumo médio de combustível será zera-
do (---) quando a velocidade do veículo exce-
der 1,5 km/h, após o abastecimento de mais
de 5 litros.
OHBBDI2016/OHB046011BR
OHBBDI2017/OHB046012BR
• O consumo médio de combustível é cal- QQNOTA
culado pela distância total percorrida e O consumo médio de combustível não é exibido • Este modo exibe o consumo instantâneo
tempo de condução desde a última vez para um cálculo mais preciso, se o veículo não for de combustível durante os últimos 2 se-
que o consumo médio de combustível foi dirigido por mais de 10 segundos ou 50 metros, gundos, quando a velocidade do veículo
zerado. desde que o interruptor de ignição esteja ligado. for superior a 10 km/h.
Faixa de consumo de combustível: 0,0 a Faixa de consumo de combustível: 0 a
99,9 km/L. 99,9 km/L.
• O consumo médio de combustível pode
ser zerado tanto manualmente como au-
tomaticamente.

4 42
Características do seu veículo

Velocidade média do veículo QQNOTA Tempo de condução


Tipo A Tipo B • A velocidade média do veículo não será exi- Tipo A Tipo B
bida se a distância percorrida for inferior a
50 metros ou o tempo de condução for in-
ferior a 10 segundos, após o interruptor de
ignição ter sido colocado na posição “ON”.
• Mesmo que o veículo não esteja em movi-
mento, a velocidade média do veículo con-
tinua sendo registrada enquanto o motor
estiver em funcionamento.

OHBBDI2013/OHB046124BR OHBBDI2014/OHB046009BR

• A velocidade média do veículo é calcula- • O tempo de condução indica o tempo total


da pela distância total percorrida e tempo percorrido desde a última vez que o tem-
de condução desde a última vez que a ve- po de condução foi zerado.
locidade média do veículo foi zerada. Faixa de tempo (hora:minuto): 00:00 a
Faixa de velocidade: 0 a 220 km/h. 99:59.
• Para zerar a velocidade média do veículo, • Para zerar o tempo de condução, pressio-
pressione o botão “TRIP” no lado direito ne o botão “TRIP” no lado direito do painel
do painel de instrumentos, por mais de 1 de instrumentos, por mais de 1 segundo,
segundo, quando a velocidade média do quando o tempo de condução for exibido.
veículo for exibida.
QQNOTA
Mesmo que o veículo não esteja em movimento,
o tempo de condução continua sendo registrado
enquanto o motor estiver em funcionamento.

4 43
Características do seu veículo

Velocímetro digital (Somente Modo de manutenção Se a quilometragem ou o tempo remanescen-


modelo Rspec) Tipo A te for 1.500 km ou 30 dias, o modo de ma-
nutenção é exibido por alguns segundos toda
Tipo A vez que o interruptor de ignição é girado.

Solicitação de manutenção
Para reiniciar o intervalo de manutenção de
acordo com a quilometragem e os dias indica-
dos anteriormente:
Para ativar o modo de reinicialização pressio-
ne o botão “TRIP” por mais de 5 segundos,
OHB046108BR e então pressione o botão “TRIP” novamente
Tipo B por mais de 1 segundo.
OHB046121
QQNOTA
A velocidade do veículo é exibida no LCD no Caso uma das seguintes situações ocorra, a qui-
modo de velocidade digital. lometragem e os dias podem ser indicados in-
- Faixa de velocidade: 0 ~255 km/h corretamente:
• O cabo da bateria for desconectado.
• O fusível do circuito do interruptor de igni-
ção for removido ou estiver queimado.
OHB046109BR
• A bateria estiver descarregada.

Intervalo de manutenção
Calcula e exibe quando será necessário a
próxima manutenção programada (quilome-
tragem ou dias).

4 44
Características do seu veículo

LUZES DE ADVERTÊNCIA E
INDICADORAS Luz de advertência do Luz de advertência do
Luzes de advertência sistema suplementar de cinto de segurança
proteção (SRS AIRBAG)
QQNOTA
Esta luz de advertência acende: Esta luz de advertência informa o motorista
Certifique-se que todas as luzes de advertência que o cinto de segurança não está afivelado.
estejam apagadas após a partida do motor. Se • Uma vez que o interruptor de ignição ou o
botão de partida/parada do motor esteja Para maiores detalhes, consulte “Cintos de
alguma luz ainda estiver acesa, isso indica uma segurança” no capítulo 3.
situação que exige atenção. na posição “ON”.
A luz acende durante aproximadamente 6
segundos e depois apaga.
• Quando houver funcionamento incorreto
com o SRS.
Neste caso, recomendamos levar seu
veículo a uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB), para inspe-
ção.

4 45
Características do seu veículo

Luz de advertência do Se o nível do fluido de freio no reser- Sistema de freio duplo-diagonal


freio de estacionamento e vatório estiver baixo: Seu veículo está equipado com um sistema
1. Dirija cuidadosamente até o lugar seguro de freio duplo-diagonal. Isso significa que ain-
do fluido de freio
mais próximo e pare o veículo. da é possível frear o veículo em duas rodas
2. Com o motor desligado, verifique o nível mesmo que um dos sistemas falhe.
Esta luz de advertência acende: do fluido de freio imediatamente e adicio- Com apenas um dos sistemas funcionando,
• Uma vez que o interruptor de ignição ou o ne fluido conforme a necessidade (para há necessidade de maior pressão sobre o pe-
botão de partida/parada do motor esteja maiores detalhes, consulte “Fluido de dal e maior curso do mesmo para que o veí-
na posição “ON”. freio” no capítulo 7). Em seguida, verifique culo pare.
-- A luz permanece acesa durante aproxi- se há vazamentos de fluido de freio em Além disso, a distância de frenagem será
madamente 3 segundos. todos os componentes do freio. Se algum maior com apenas parte do sistema de freios
-- A luz permanece acesa se freio de esta- vazamento no sistema de freio ainda for funcionando.
cionamento estiver acionado. encontrado, a luz de advertência perma- Caso os freios falhem durante a condução, re-
• Quando o freio de estacionamento estiver necerá acesa ou os freios não funcionarão duza a marcha para obter freio motor adicional
acionado. corretamente, não dirija o veículo. Neste e parar o veículo o mais rapidamente possível
• Quando o nível do fluido de freio no reser- caso, recomendamos levar seu veículo na medida em que for seguro fazê-lo.
vatório estiver baixo. rebocado a uma concessionária autori-
-- Se a luz de advertência acender com o zada Hyundai Motor Brasil (HMB) para
freio de estacionamento liberado, isso inspeção.
indica que o nível do fluido de freio no
reservatório está baixo.

4 46
Características do seu veículo

Luz de advertência do Luz de advertência


ATENÇÃO sistema de freios anti- do sistema
Luz de advertência do freio bloqueio (ABS) eletrônico de
de estacionamento e do (se equipado) distribuição da
fluido de freio força do freio (EBD)
Conduzir o veículo com a luz de adver- Esta luz de advertência acende: (se equipado)
tência acesa é perigoso. Se a luz de ad- • Uma vez que o interruptor de ignição ou o Estas duas luzes de advertência acendem
vertência do freio de estacionamento e botão de partida/parada do motor estejam ao mesmo tempo durante a condução:
do fluido de freio acender com o freio de na posição “ON”. • Quando o ABS e o sistema regular de
estacionamento liberado, isso indica que -- A luz permanece acesa durante freios pode não funcionar normalmente.
o nível do fluido de freio no reservatório aproximadamente 3 segundos e depois Neste caso, recomendamos levar seu
está baixo. apaga. veículo a uma concessionária autorizada
Neste caso, recomendamos levar seu • Quando houver funcionamento incorreto Hyundai Motor Brasil (HMB) para inspe-
veículo a uma concessionária autorizada com o ABS (O sistema de freios normal ção.
Hyundai Motor Brasil (HMB) para ins- ainda continuará funcionando sem a as-
peção. sistência do sistema ABS).
• Neste caso, recomendamos levar seu
veículo a uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB) para inspe-
ção.

4 47
Características do seu veículo

QQNOTA Luz indicadora


ATENÇÃO Quando a luz de advertência do ABS estiver de falha do motor
Luz de advertência do sistema acesa ou quando ambas as luzes de advertência (MIL)
eletrônico de distribuição da do ABS e do freio de estacionamento e do fluido
força do freio (EBD) de freio estiverem acesas, o velocímetro, hodô-
Esta luz de advertência acende:
Quando as luzes de advertência do ABS metro ou o hodômetro parcial podem não fun-
cionar. Neste caso também, a luz de advertência • Uma vez que o interruptor de ignição ou o
e do freio de estacionamento e do fluido botão de partida/parada do motor estejam
de freio estiverem acesas, o sistema de da direção assistida eletronicamente (EPS) pode
acender e o esforço no volante da direção pode na posição “ON”.
freios do veículo não estará funcionando -- A luz permanece acesa até o motor en-
normalmente e pode-se experimentar aumentar ou diminuir.
Neste caso, recomendamos levar seu veículo a trar em funcionamento.
uma situação inesperada e perigosa du-
uma concessionária autorizada Hyundai Motor • Quando houver funcionamento incorreto
rante uma freada brusca. Nesse caso,
Brasil (HMB) para inspeção o mais rápido pos- com o sistema de controle de emissões
evite dirigir em alta velocidade e frear
sível. Neste caso, recomendamos levar seu
bruscamente. Recomendamos levar seu
veículo a uma concessionária autorizada
veículo a uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB) para inspe-
Hyundai Motor Brasil (HMB) para inspe-
ção.
ção o mais rápido possível.
CUIDADO
Luz indicadora de falha do
motor (MIL)
A condução com a luz indicadora de
falha do motor (MIL) acesa pode cau-
sar danos aos sistemas de controle de
emissões, o que pode afetar a dirigibili-
dade e/ou a economia de combustível.

4 48
Características do seu veículo

Luz de advertência do Luz de advertência da


CUIDADO sistema de carga da temperatura do líquido de
Motor a gasolina bateria arrefecimento do motor
Caso a luz indicadora de falha do mo- (se equipado)
tor (MIL) acenda, é possível que haja Esta luz de advertência acende: Esta luz de advertência acende:
dano potencial ao conversor catalítico, • Uma vez que o interruptor de ignição ou o • Quando a temperatura do líquido de arre-
o que pode resultar em perda de potên- botão de partida/parada do motor estejam fecimento do motor for superior a 120ºC
cia do motor. na posição “ON”. (248ºF). Isto significa que o motor está su-
Neste caso, recomendamos levar seu -- A luz permanece acesa até o motor en- peraquecido e pode ser danificado.
veículo a uma concessionária autori- trar em funcionamento. Caso seu veículo apresente superaqueci-
zada Hyundai Motor Brasil (HMB) para mento, consulte “Se o motor superaque-
• Quando houver funcionamento incorreto
inspeção o mais rápido possível. cer” no capítulo 6.
com o alternador ou o sistema de carga
elétrica.

Se houver funcionamento incorreto


com o alternador ou o sistema de CUIDADO
carga elétrica:
Superaquecimento do motor
1. Dirija cuidadosamente até o lugar seguro
mais próximo e pare o veículo. Não continue dirigindo com o motor
superaquecido. Caso contrário, o mo-
2. Desligue o motor e verifique se a correia
tor pode ser danificado.
do alternador está solta ou quebrada. Ca-
so a correia esteja ajustada corretamente,
é provável que haja um problema no sis-
tema de carga elétrica.
Neste caso, recomendamos levar seu
veículo a uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB) para inspe-
ção o mais rápido possível.

4 49
Características do seu veículo

Luz de advertência da Luz de advertência


pressão do óleo do CUIDADO de nível baixo de
motor Luz de advertência da pressão combustível
Esta luz de advertência acende: do óleo do motor Esta luz de advertência acende:
• Uma vez que o interruptor de ignição ou o • Caso o motor não seja desligado ime- Quando o tanque de combustível estiver qua-
botão de partida/parada do motor estejam diatamente após o acendimento da luz se vazio.
na posição “ON”. de advertência da pressão do óleo do
-- A luz permanece acesa até o motor en- motor, podem ocorrer sérios danos. Caso o tanque de combustível esteja
trar em funcionamento. • Caso a luz de advertência continue quase vazio:
• Quando a pressão do óleo do motor esti- acesa enquanto o motor estiver em Reabasteça o mais rápido possível.
ver baixa. funcionamento, isso indica que po-
dem ocorrer sérios danos ao motor ou
funcionamento incorreto. Neste caso:
Se a pressão do óleo do motor estiver
baixa: 1. Pare o veículo assim que possível,
respeitando as normas de segu-
1. Dirija cuidadosamente até o lugar seguro
rança. CUIDADO
mais próximo e pare o veículo. Nível baixo de combustível
2. Desligue o motor e verifique o nível
2. Desligue o motor e verifique o nível do do óleo. Caso o nível do óleo esteja Dirigir o veículo com a luz de advertên-
óleo do motor (para maiores detalhes, baixo, adicione óleo até o nível ade- cia de nível de combustível acesa ou
consulte “Óleo do motor” no capítulo 7). quado. com o mostrador de nível do combus-
Caso o nível esteja baixo, adicione óleo
3. Dê partida no motor novamente. tível abaixo da marca “E” pode causar
conforme a necessidade.
Caso a luz de advertência conti- falhas no motor e danificar o conver-
Caso a luz de advertência permaneça
nue acesa após o motor entrar em sor catalítico (se equipado).
acesa depois de adicionar o óleo ou caso
funcionamento, desligue o motor
não haja óleo disponível, recomendamos
imediatamente. Neste caso, reco-
levar seu veículo a uma concessionária
mendamos levar seu veículo a uma
autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB)
concessionária autorizada Hyundai
para inspeção o mais rápido possível.
Motor Brasil (HMB) para inspeção.

4 50
Características do seu veículo

Luz de advertência Luzes indicadoras Luz indicadora


de porta aberta de direção
(se equipado) Luz indicadora do
imobilizador
Esta luz de advertência acende: Esta luz indicadora pisca:
(se equipado)
Quando uma porta não estiver completamen- • Quando acionar as luzes indicadoras de
te fechada. Esta luz indicadora acende: direção.
• Quando o veículo detectar corretamente Caso ocorra alguma das condições a
o imobilizador da chave enquanto o inter- seguir, pode haver um funcionamento
Luz de advertência da ruptor de ignição estiver na posição “ON”. incorreto com o sistema dos indicadores
tampa do porta-malas -- Nesse momento, pode-se dar partida de direção. Neste caso, recomendamos
aberta no motor. levar o veículo a uma concessionária au-
Esta luz de advertência acende: -- A luz indicadora apaga após a partida torizada Hyundai Motor Brasil (HMB) para
do motor. inspeção.
Quando a tampa do porta-malas não estiver
completamente fechada. -- A luz indicadora não pisca, mas acende.
Esta luz indicadora pisca: -- A luz indicadora pisca mais rapidamente.
• Quando houver funcionamento incorreto -- A luz indicadora não acende todas as
Luz de advertência vezes.
com o sistema imobilizador.
do sistema EPS Neste caso, recomendamos levar o veícu-
(Direção assistida lo a uma concessionária autorizada Hyun-
eletronicamente) (se dai Motor Brasil (HMB) para inspeção.
equipado)
Esta luz de advertência acende após o inter-
ruptor de ignição ser girado para a posição
"ON", e então se apaga.
Esta luz também acende quando há uma falha
no EPS. Se acender durante a condução do
veículo, é recomendado que o sistema seja
verificado em uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB).

4 51
Características do seu veículo

SISTEMA TRASEIRO DE
Luz indicadora Indicador de aquecimento ASSISTÊNCIA DE
de farol alto do combustível
(apenas motor 1.6)
ESTACIONAMENTO
Esta luz indicadora acende: (SE EQUIPADO)
A luz indicadora acende quando o interruptor
• Quando os faróis altos estiverem acesos e de ignição é colocado na posição “ON”. A par- Modelo Hatch
na posição de farol alto. tida pode ser dada no motor depois que a luz
• Quando o lampejador dos faróis estiver indicadora de pré aquecimento se apagar. O
acionado. tempo de acendimento varia de acordo com a
temperatura da água, temperatura do ar e da
condição da bateria.
Luz indicadora
de farol aceso QQNOTA
Se o motor não der partida dentro de 10 segun-
Esta luz indicadora acende: dos após a conclusão do pré aquecimento, gire a
Sensores OHB046003BR
• Quando as lanternas traseiras e os faróis chave de ignição para a posição “LOCK/OFF” e
estiverem acesos. aguarde 10 segundos. Então gire para a posição Modelo Cross
“ON” para pré aquecer novamente.

Luz indicadora dos


faróis dianteiros de CUIDADO
neblina (se equipado) Se a luz indicadora de pré aquecimen-
to continuar acesa depois do aqueci-
Esta luz indicadora acende:
mento do motor ou enquanto dirige, é
• Quando os faróis dianteiros de neblina es- recomendado que uma concessionária Sensores
tiverem acesos. autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB)
OHB046122BR

verifique o sistema o mais rápido pos-


sível.

4 52
Características do seu veículo

Modelo Rspec O alcance de detecção dos sensores traseiros e Operação do sistema


os objetos detectáveis são limitados. Sempre que traseiro de assistência de
movimentar o veículo para trás, preste o máximo
de atenção ao que estiver atrás do veículo, como estacionamento
se conduzisse um veículo sem o sistema traseiro Condições de operação
de assistência de estacionamento.
• Este sistema será ativado quando o veí-
ATENÇÃO culo estiver se movendo para trás com o
Sensores interruptor de ignição na posição “ON”.
O sistema traseiro de assistência de • A distância de detecção, enquanto o sis-
OHB046123BR
estacionamento é apenas uma função tema traseiro de assistência de estacio-
Modelo Sedan suplementar. A operação do sistema namento estiver em operação, é de apro-
traseiro de assistência de estaciona- ximadamente 120 cm.
mento pode ser afetada por diversos
• Quando mais de dois objetos forem de-
fatores (inclusive condições ambien-
tectados ao mesmo tempo, o mais próxi-
tais). É responsabilidade do motorista
mo será reconhecido em primeiro lugar.
verificar sempre a área atrás do veícu-
lo, antes e durante a movimentação.
Tipos de sons de advertência
Sensores
CUIDADO • Quando um objeto está de 120 cm a 60
OHB046118BR
cm do para-choque traseiro:
Caso instale gancho de reboque e trai- O alarme soa intermitentemente.
O sistema traseiro de assistência de estaciona- ler, o alarme de advertência pode emitir
mento auxilia o motorista durante o movimento • Quando um objeto está de 60 cm a 31 cm
um sinal sonoro por meio dos senso- do para-choque traseiro:
do veículo para trás, emitindo um sinal sonoro, res traseiros. Caso deseje controlar
caso qualquer objeto seja detectado dentro de O alarme soa mais frequentemente.
o alcance de detecção dos sensores,
uma distância de 120 cm atrás do veículo. Este • Quando um objeto está dentro de 30 cm
recomendamos entrar em contato com
sistema é um sistema complementar e não se do para-choque traseiro:
uma concessionária autorizada Hyun-
O alarme soa continuamente.
destina a dispensar ou substituir o cuidado e a dai Motor Brasil (HMB). No entanto,
atenção exigidos do motorista. qualquer problema relacionado com a
alteração do alcance de detecção será
de sua responsabilidade.

4 53
Características do seu veículo

Condições não operacionais O alcance de detecção pode Precauções do sistema


do sistema traseiro de diminuir quando: traseiro de assistência de
assistência de estacionamento 1. O sensor estiver manchado por material estacionamento
estranho, como neve ou água (o alcance
• A advertência do sistema traseiro de as-
O sistema traseiro de assistência de detecção voltará ao normal após a re-
sistência de estacionamento pode não
de estacionamento pode não moção da mancha).
soar sequencialmente dependendo da
funcionar corretamente quando: 2. A temperatura do ar externo estiver extre- velocidade e das formas dos objetos de-
1. Houver umidade congelada no sensor (o mamente alta ou baixa. tectados.
funcionamento voltará ao normal quando • O sistema traseiro de assistência de es-
a umidade for eliminada). tacionamento pode apresentar falhas se
2. O sensor estiver coberto de material es- Os objetos a seguir podem não a altura do para-choque do veículo ou a
tranho, como neve ou água, ou a tampa ser reconhecidos pelo sensor: instalação do sensor foram modificadas
do sensor estiver bloqueada (o funciona- 1. Objetos de pouca espessura, tais como ou danificadas. Qualquer equipamento ou
mento voltará ao normal quando o mate- cordas, correntes ou pequenas estacas. acessório não instalado pela fábrica pode
rial for removido ou quando o sensor for 2. Objetos que tendem a absorver a interferir no desempenho do sensor.
desbloqueado). frequência do sensor, como roupas, • O sensor pode não reconhecer objetos a
3. O veículo for conduzido sobre superfícies materiais esponjosos ou neve. distâncias inferiores a 30 cm do sensor
irregulares (estradas não pavimentadas, 3. Objetos não detectáveis menores que 1 ou pode detectar uma distância incorreta.
pedregulhos, saliências ou desníveis). m de altura e mais estreitos que 14 cm Tenha cuidado.
4. Objetos estiverem gerando ruídos exces- de diâmetro. • Quando o sensor estiver congelado ou
sivos (buzinas de veículos, motores de manchado com neve, sujeira ou água, o
motocicletas ou freio a ar de caminhões) sensor pode ficar inoperante até que as
na área de alcance do sensor. manchas sejam removidas utilizando um
5. Ocorrerem chuvas fortes ou grandes bor- pano macio.
rifamentos de água. • Não pressione, risque ou bata no sensor.
6. Transmissores sem fio ou telefones celu- Podem ocorrer danos no sensor.
lares se encontrarem na área de alcance
do sensor.
7. O sensor estiver coberto com neve.
8. Reboque de veículos.

4 54
Características do seu veículo

QQNOTA Autodiagnóstico LUZES DE ADVERTÊNCIA


Este sistema pode detectar objetos apenas dentro Se não ouvir um sinal sonoro de advertência (PISCA ALERTA)
do alcance e da localização dos sensores. Ele não ou se o alarme soar intermitentemente, quan-
pode detectar objetos em outras áreas, fora da do a alavanca de mudanças for colocada na 
instalação dos sensores. Além disso, objetos pe- posição “R” (Ré), isso pode indicar uma falha
quenos ou de pouca espessura, tais como, estacas no sistema traseiro de assistência de estacio-
ou objetos localizados entre os sensores podem namento. Caso isso ocorra, recomendamos
não ser detectados pelos sensores. que o sistema seja verificado por uma con-
Ao movimentar o veículo para trás, faça sempre cessionária autorizada Hyundai Motor Brasil
uma verificação visual da área atrás do veículo. (HMB).
Certifique-se de informar quaisquer outros
usuários do veículo quanto às capacidades e
limitações do sistema. ATENÇÃO
A garantia de veículo novo não cobre
qualquer acidente ou dano ao veículo
ATENÇÃO ou aos seus ocupantes, decorrentes
Preste a máxima atenção ao conduzir o de falha no sistema de assistência de 
veículo próximo a objetos na estrada, estacionamento. Dirija sempre com
particularmente pedestres e especial- segurança e cuidado.
mente crianças. Tenha em mente que al-
guns objetos podem não ser detectados
pelos sensores devido à sua distância,
ao seu tamanho ou ao material de que
são constituídos, os quais podem limi-
tar a eficácia do sensor. Faça sempre
uma inspeção visual para certificar-se
que o veículo esteja livre de todas as
obstruções antes de movimentá-lo em
qualquer direção.

4 55
Características do seu veículo

ILUMINAÇÃO
O sistema de luzes de advertência (pisca aler-
Função de economizador de
ta) deve ser utilizado sempre que for necessá- CUIDADO
rio parar o veículo em locais perigosos. Quan- bateria (se equipado)
Se o motorista sair do veículo através
do precisar fazer uma parada de emergência, • A finalidade deste recurso é evitar que de outras portas (que não a do mo-
faça-o o mais distante possível da estrada. a bateria seja descarregada. O sistema torista), a função de economizador
Para acionar as luzes de advertência, pres- apaga automaticamente as luzes de es- de bateria não funciona. Portanto, is-
sione o interruptor com o símbolo de um triân- tacionamento quando o motorista retira to descarrega a bateria. Neste caso,
gulo. As luzes começarão a piscar intermiten- a chave do interruptor de ignição (chave certifique-se de desligar a luz antes de
temente, mesmo que a chave não esteja no inteligente: desliga o motor) e abre a porta sair do veículo.
interruptor de ignição. do lado do motorista.
Para desligar as luzes de advertência, pres- • Com este recurso, as luzes de estaciona-
sione o interruptor uma segunda vez. mento serão apagadas automaticamente,
caso o motorista estacione o veículo em
um acostamento à noite.
Se necessário, para manter as luzes ace-
sas depois da chave de ignição ter sido
removida (chave inteligente: desliga o mo-
tor), execute os procedimentos a seguir:
1. Abra a porta do lado do motorista.
2. Apague as luzes de estacionamento e
acenda-as novamente utilizando o in-
terruptor de iluminação da coluna de
direção.

4 56
Características do seu veículo

Controle de iluminação Luz de posicionamento ( ) Faróis ( )

O interruptor de iluminação possui uma posi- Quando o interruptor de iluminação está na Quando o interruptor de iluminação está na
ção para Faróis e uma posição para Estacio- posição de luz de posicionamento, as lanter- posição dos faróis, os faróis, as lanternas tra-
namento. nas traseiras, a luz de placa de licença e as seiras, as luzes de posição, a luz da placa de
Para acionar as luzes gire o botão, na extre- luzes do painel de instrumentos estão acesas licença e as luzes do painel de instrumentos
midade da alavanca de controle, para uma e o indicador das lanternas traseiras acende. estão acesas.
das seguintes posições:
(1) Posição “OFF” (Desligado) QQNOTA QQNOTA
(2) Posição da luz de posicionamento
Para acender as luzes no painel de instrumentos, Para acender os faróis, o interruptor de ignição
(3) Posição dos faróis o interruptor de ignição deve estar na posição deve estar na posição “ON”.
(4) Posição de iluminação automática “ON”.
(se equipado)

4 57
Características do seu veículo

Posição “AUTO” (se equipado) Funcionamento do farol alto


CUIDADO
• Nunca obstrua o sensor (1) localizado
no painel de instrumentos. Isto irá ga-
rantir um melhor sistema de controle
de iluminação automática.
• Não utilize limpa-vidros para limpar o
sensor. O produto pode deixar uma
película que poderia interferir no fun-
cionamento do sensor.
• Se seu veículo estiver equipado com
vidro fumê ou outros tipos de película
no para-brisa, o sistema de ilumina-
ção automática pode não funcionar
Quando o interruptor de iluminação estiver adequadamente. Para acender o farol alto, empurre a alavanca
na posição “AUTO”, as lanternas traseiras e afastando-a de você. Para voltar ao farol bai-
os faróis acenderão ou apagarão automatica- xo, puxe-a de volta.
mente dependendo da quantidade de ilumina- A luz indicadora de farol alto acende quando
ção externa do veículo. os faróis altos estão acesos.
Para evitar que a bateria descarregue, não dei-
xe as luzes acesas por muito tempo, enquanto
o motor não estiver em funcionamento.

ATENÇÃO
Não utilize farol alto quando houver
outros veículos. Utilizar farol alto pode
obstruir a visão dos outros motoristas.

4 58
Características do seu veículo

Lampejador dos faróis Indicadores de direção e sinal Para sinalizar uma mudança de faixa, mova a
de mudança de faixa alavanca ligeiramente e mantenha-a na posi-
ção (B). A alavanca retornará à posição “OFF”
quando liberada.
Caso uma luz indicadora permaneça acesa e
não pisque ou pisque de modo anormal, uma
das lâmpadas dos indicadores de direção
pode estar queimada e precisará de substi-
tuição.

QQNOTA
Caso um indicador pisque de modo anormal
rápida ou lentamente, pode haver uma lâmpa-
da queimada ou uma conexão elétrica ruim no
Para utilizar o lampejador dos faróis, puxe a circuito.
alavanca em sua direção. Ao ser liberada, ela Para que os indicadores de direção funcionem,
voltará à posição normal (farol baixo). O inter- o interruptor de ignição deve estar ligado. Para
ruptor dos faróis não precisa estar ligado para acionar os indicadores de direção, movimente
utilizar este recurso. a alavanca para cima ou para baixo (A). Lu-
zes indicadoras em forma de setas verdes, no
painel de instrumentos, indicam qual sinal de
mudança de direção está em funcionamento.
Após a conclusão da curva, elas apagarão
automaticamente. Caso uma luz indicadora
continue piscando depois de uma mudança de
direção, retorne a alavanca manualmente para
a posição “OFF”.

4 59
Características do seu veículo

LIMPADORES E LAVADORES
Farol dianteiro de neblina DO PARA-BRISA
(se equipado) CUIDADO
Quando em funcionamento, os faróis Limpador/lavador
de neblina consomem grande quan- do para-brisa
tidade de energia. Utilize os faróis de
neblina apenas quando a visibilidade 
for deficiente sempre com o motor em
funcionamento ou poderá ocorrer a
descarga desnecessária da bateria e do
alternador.

QQNOTA
Acender o farol dianteiro de neblina sempre com
o motor em funcionamento.
Os faróis de neblina são usados para ampliar
a visibilidade e prevenir acidentes quando a vi-
sibilidade é prejudicada por neblina, chuva ou 
neve. Os faróis de neblina acenderão quando
o interruptor (1) for ligado após a luz de esta-
cionamento ser ligada.
Para desligar os faróis de neblina, desligue o
interruptor.

4 60
Características do seu veículo

A: Controle de velocidade do limpador Limpador/lavador Limpadores do para-brisa


• 2 – Limpador em velocidade alta do vidro traseiro (se equipado) Os limpadores serão acionados da seguinte
• 1 – Limpador em velocidade baixa maneira, quando interruptor de ignição estiver
• --- – Limpador temporizado na posição "ON".
• O – Desligado • 2 – Limpadores em velocidade alta.
• – Ciclo único • 1 – Limpadores em velocidade normal.
• --- – Limpadores na posição temporizado
B: Ajusta o tempo do limpador tempori- funcionam intermitentemente nos mes-
zado mos intervalos de limpeza. Utilize este
modo sob chuva leve ou garoa. Para
C: Lavador com breve ciclo do limpador ajustar o intervalo de acionamento, gire o
(dianteiro) botão de controle do temporizador.
• O – Limpadores não estão em funciona-
mento.
• Para um único ciclo de acionamento,
mova a alavanca para baixo e libere-a
D: Controle do limpador/lavador do vidro na posição "OFF". Os limpadores funcio-
traseiro (se equipado) narão continuamente se a alavanca for
• – Lavador com breve ciclo do lim- empurrada para cima e mantida nessa
pador posição.
• – Limpador contínuo
• O – Desligado QQNOTA
Caso haja acúmulo de neve ou gelo sobre
o para-brisa, deixe-o descongelar durante
aproximadamente 10 minutos, ou até que o gelo
e/ou a neve sejam removidos, antes de utilizar
os limpadores de para-brisa, a fim de garantir o
funcionamento correto dos mesmos.
• Se você não remover a neve ou gelo antes de
usar o limpador e o lavador, você poderá da-
nificar o sistema do limpador e do lavador.
4 61
Características do seu veículo

Lavadores do para-brisa Utilize esta função quando o para-brisa esti-


ver sujo. ATENÇÃO
 O esguicho e o acionamento dos limpadores Não utilize o lavador sob temperatu-
continuará até que a alavanca seja liberada. ras congelantes sem um prévio aque-
Caso o lavador não funcione, verifique o nível cimento do para-brisa, por meio dos
de líquido no reservatório. Caso o nível não desembaçadores, pois o líquido do
seja suficiente, será necessário adicionar no lavador pode congelar em contato
reservatório um líquido de lavador de para-brisa com o para-brisa e prejudicar a sua
apropriado que não seja abrasivo. visibilidade.
O bocal de enchimento do reservatório está
localizado na parte dianteira do compartimen-
to do motor no lado do passageiro.
CUIDADO
• Para evitar possíveis danos aos lim-
CUIDADO padores ou ao para-brisa, não acio-

• Para evitar possíveis danos à bom- ne os limpadores quando o para-
ba do lavador, não acione o lavador -brisa estiver seco.
quando o reservatório estiver vazio. • Para evitar danos às palhetas dos
• O líquido do lavador contém álcool limpadores, não utilize gasolina,
e o cheiro do álcool pode entrar no querosene ou qualquer outro tipo
veículo quando esse líquido é es- de solvente sobre elas ou próximo
pirrado. Quando usar o líquido do a elas.
lavador, coloque a entrada de ar em • Para evitar danos aos braços dos
“Fresh” (Fresco) ou abra os vidros. limpadores e outros componentes,
não tente movimentar os limpadores
manualmente.
• Para prevenir danos ao sistema dos
limpadores e lavadores, utilize o lí-
Na posição "OFF" (O), puxe suavemente a
quido do lavador com anticongelan-
alavanca em sua direção para esguichar o
te no inverno ou em climas frios.
líquido do lavador no para-brisa e acionar os
limpadores por 1 a 3 ciclos.

4 62
Características do seu veículo

Interruptor do limpador e ILUMINAÇÃO INTERNA Luz de leitura


lavador do vidro traseiro 
(se equipado) CUIDADO
Não utilize as luzes internas durante
períodos prolongados com o motor
desligado.
Isso pode causar descarga da bateria.

ATENÇÃO
Não utilize as luzes internas durante a 
condução no escuro. Acidentes podem
acontecer porque as luzes internas
podem obscurecer a visão.

O interruptor do limpador e lavador do vidro


traseiro está localizado na extremidade da
Função de desligamento
alavanca do limpador e do lavador. Para acio- automático (se equipado)
nar o limpador e o lavador traseiros, gire o in- As luzes interiores desligarão automatica-
terruptor para a posição desejada. mente 20 minutos após o interruptor de igni- 
• – Esguichar o líquido do lavador e ção ser desligado.
limpeza
• – Funcionamento normal do limpador
• O – Limpadores não estão em funcio-
namento

4 63
Características do seu veículo

Pressione as lentes (1) ou o interruptor (2) para Luz interna • ON: As luzes internas serão acesas.
acender ou apagar a luz de leitura. Esta luz pro- • OFF: As luzes internas serão apagadas.
duz um facho conveniente para leitura à noite 
ou serve como iluminação individual para o mo-
torista e para o passageiro dianteiro. CUIDADO
• DOOR: Na posição "DOOR", as luzes
Não deixe os interruptores ligados por
de leitura e as luzes internas acendem
um período prolongado, quando o veí-
quando uma porta é aberta, independen-
culo não estiver em movimento.
temente da posição do interruptor de ig-
nição.
• ON: As luzes de leitura e as luzes internas
permanecem acesas o tempo todo.
• OFF: As luzes permanecem apagadas
mesmo se uma porta estiver aberta.
hQ  uando a luz é acesa pressionando-se 
as lentes (1), a luz não apaga mesmo
que o interruptor (2) esteja na posição
"OFF".

• DOOR: Na posição "DOOR", as luzes


internas acendem quando uma porta é
aberta, independentemente da posição
do interruptor de ignição.

4 64
Características do seu veículo

Luz do espelho de cortesia Luz do compartimento de Luz do porta-luvas


(se equipado) bagagem (se equipado) (se equipado)

Puxe o para-sol para baixo e você poderá A luz do compartimento de bagagem acende A luz do porta-luvas acende quando o porta-
acender ou apagar a luz do espelho de corte- quando a tampa do porta-malas é aberta. -luvas é aberto.
sia, pressionando o botão.
• – Para acender a luz
• O – Para apagar a luz. CUIDADO
A luz do compartimento de bagagem
acende quando a tampa do porta-malas
CUIDADO é aberta. Para evitar perda desneces-
Para evitar perda desnecessária de sária de carga do sistema da bateria,
carga do sistema da bateria, apague a feche a tampa do porta-malas firme-
luz pressionando o botão "0", após a mente, após a utilização do comparti-
utilização da luz. mento de bagagem.

4 65
Características do seu veículo

DESEMBAÇADOR
Desembaçador do vidro O desembaçador do vidro traseiro desliga-se
CUIDADO traseiro (se equipado) automaticamente, depois de aproximada-
Para evitar danos aos elementos tér- mente 20 minutos, ou quando o interruptor de
micos (filamentos) colados na super- ignição é desligado. Para desligar o desem-
fície interna do vidro, nunca utilize baçador, pressione o botão novamente.
instrumentos cortantes ou materiais
de limpeza abrasivos ao limpar a parte
interior do vidro traseiro.

QQNOTA
Caso deseje desembaçar ou descongelar o
para-brisa, consulte "Desembaçamento e
descongelamento do para-brisa", nesta seção.

Enquanto o motor está em funcionamento, o


desembaçador aquece o vidro para remover
geada, neblina e finas camadas de gelo que
se formam sobre ele.
Para ativar o desembaçador do vidro traseiro,
pressione o botão indicado na figura acima,
localizado no painel central de instrumentos.
A luz indicadora do botão do desembaçador
do vidro traseiro acende quando o desemba-
çador estiver ligado.
Caso haja acúmulo de neve no vidro traseiro,
limpe-o com uma escova antes de ativar o de-
sembaçador traseiro.

4 66
Características do seu veículo

SISTEMA DE CONTROLE DE CLIMATIZAÇÃO MANUAL (AR CONDICIONADO)

(1) Seletor de controle de velocidade do


ventilador
(2) Seletor de controle de temperatura *
(3) Seletor de modo
(4) Seletor de controle de recirculação de ar
(5) Botão do ar condicionado *
(6) Botão do desembaçador do vidro
traseiro
*: Se equipado

4 67
Características do seu veículo

CUIDADO
Utilizar a ventilação quando o interrup-
tor de ignição está na posição ON pode
descarregar a bateria. Utilize a ventila-
ção apenas com o motor funcionando.

Aquecimento e ar
condicionado (resfriamento)
1. Ligue o motor.
2. Ajuste o seletor de modo (3) para a posi-
ção desejada.
Para maior eficácia do aquecimento e do
resfriamento:
-- Aquecimento:
-- Resfriamento:
3. Ajuste o seletor de controle de tempera-
tura (2) para a posição desejada (se equi-
pado).
4. Ajuste o seletor de controle de recircula-
ção para a posição de ar externo.
5. Ajuste o seletor de controle de velocidade
do ventilador para a posição desejada.
6. Caso deseje ar condicionado, ligue o sis-
tema do ar condicionado através do botão
(5) (se equipado).

4 68
Características do seu veículo

Seleção de modo Rosto Assoalho e desembaçamento


(B, D) (A, C, D)

O fluxo de ar é direcionado para o tórax e pa- A maior parte do fluxo de ar é direcionada pa-
ra o rosto. Além disso, cada difusor pode ser ra o assoalho e para o para-brisa, com uma
controlado para direcionar o ar por ele forne- pequena quantidade de ar direcionada para
cido. os desembaçadores dos vidros laterais.

Rosto e assoalho Desembaçamento


(B, D, C) (A, D)

O fluxo de ar é direcionado para o rosto e para A maior parte do fluxo de ar é direcionada pa-
o assoalho. ra o para-brisa, com uma pequena quantidade
de ar direcionada para os desembaçadores
O seletor de modo controla a direção do fluxo
Assoalho dos vidros laterais.
de ar através do sistema de ventilação.
O ar pode ser direcionado para o assoalho, pa- (C, A, D)
ra os difusores do painel ou para o para-brisa.
Cinco símbolos são utilizados para representar A maior parte do fluxo de ar é direcionada pa-
as posições rosto, rosto e assoalho, assoalho, ra o assoalho, com uma pequena quantidade
assoalho e desembaçamento e desemba- de ar direcionada para o para-brisa e para os
çamento. Para uma melhor compreensão de desembaçadores dos vidros laterais.
cada modo, utilize a figura da página anterior
como referência.

4 69
Características do seu veículo

Controle de temperatura Controle de recirculação de ar


(se equipado)

Difusores do painel de instrumentos


É possível ajustar a direção da saída de ar
O controle de recirculação de ar é utilizado pa-
desses difusores utilizando-se a alavanca de O seletor de controle de temperatura permite ra selecionar a posição de ar externo (fresco)
controle do difusor, conforme mostrado na regular a temperatura de ar que sai do siste- ou a posição de recirculação do ar interno. Pa-
ilustração. ma de ventilação. Para alterar a temperatura ra alterar a posição do controle de entrada de
• Os difusores de ar podem ser ajustados do ar no compartimento de passageiros, gire ar, pressione o botão de controle.
movimentando-se a alavanca de controle o seletor no sentido horário para aquecimento
do difusor para a direção da seta mostra- do ar, ou anti-horário para reduzir o aqueci-
da na figura acima. mento até a temperatura ambiente.
Para resfriamento, é necessário acionar o sis-
tema do ar condicionado.

4 70
Características do seu veículo

ATENÇÃO
• O uso contínuo do sistema de con-
trole de climatização na posição de
recirculação pode permitir o aumento
de umidade no interior do veículo, o
que pode provocar o embaçamento
dos vidros e prejudicar a visibilidade.
• Não durma em um veículo com o ar
condicionado ou com o sistema de
aquecimento ligado. Isso pode cau-
sar danos à saúde ou morte, devido
à queda do nível de oxigênio e/ou da
Posição de recirculação do ar Posição de ar externo temperatura corporal.
Com a posição de recirculação do ar sele- Com a posição de ar externo selecionada, o • O uso contínuo do sistema de contro-
cionada, o ar interno do compartimento de ar externo entra no veículo e pode ser aque- le de climatização na posição de recir-
passageiros é retirado através do sistema de cido ou resfriado, de acordo com a função culação pode provocar a diminuição
aquecimento e pode ser aquecido ou resfria- selecionada. da umidade no interior do veículo. En-
do, de acordo com a função selecionada. quanto estiver dirigindo, deixe o con-
trole de entrada de ar na posição de ar
QQNOTA externo (fresco) o máximo de tempo
O uso prolongado do sistema de aquecimento possível.
na posição de recirculação (sem ar condiciona-
do selecionado) pode provocar o embaçamento
do para-brisa e dos vidros laterais e o ar do
compartimento de passageiros pode ficar satu-
rado. Além disso, o uso prolongado do ar condi-
cionado na posição de recirculação tornará o ar
excessivamente seco, causando desconforto aos
ocupantes.

4 71
Características do seu veículo

Controle de velocidade do Para desligar os ventiladores Ar condicionado (se equipado)


ventilador

Para ligar o sistema de ar condicionado, pres-


Para que o ventilador funcione, o interruptor Para desligar os ventiladores, gire o seletor sione o botão "A/C" (a luz indicadora acende-
de ignição deve estar na posição "ON". de controle de velocidade do ventilador para rá). Para desligar o sistema de ar condiciona-
O seletor de controle de velocidade do ven- a posição "0". do, pressione novamente o botão.
tilador permite o controle da velocidade do
fluxo de ar do sistema de ventilação. Para al-
terar a velocidade do ventilador, gire o seletor
no sentido horário para aumentar a velocida-
de ou no sentido anti-horário para diminuir a
velocidade.
O ajuste do seletor de controle de velocida-
de do ventilador para a posição "0" desliga o
ventilador.

4 72
Características do seu veículo

Operação do sistema Sugestões de operação Ar condicionado (se equipado)


• Para evitar que poeira ou fumaça pene- Os sistemas de ar condicionado Hyundai são
Ventilação trem no veículo através do sistema de abastecidos com gás refrigerante ecológico,
Ajuste o controle de distribuição do fluxo de ar ventilação, ajuste temporariamente o con- que não prejudica a camada de ozônio.
para a posição . trole de entrada de ar na posição de recir- 1. Dê a partida no motor. Pressione o botão
1. Ajuste o controle de entrada de ar para a culação de ar. Certifique-se de colocar o do ar condicionado.
posição ar externo. controle novamente na posição ar externo 2. Ajuste o controle de distribuição do fluxo
2. Ajuste o controle de temperatura para a quando o desconforto tiver passado, para de ar para a posição .
posição desejada, (se equipado). manter o ar fresco dentro do veículo. Is-
3. Ajuste o controle de entrada de ar para
so ajudará a manter o motorista alerta e
3. Ajuste o controle de velocidade do venti- a posição ar externo (fresco) ou recircu-
o ambiente confortável para todos os ocu-
lador para a velocidade desejada. lação de ar.
pantes.
4. Ajuste o controle de velocidade do venti-
• O ar para o sistema de aquecimento/ven-
Aquecimento lador e o controle de temperatura para a
tilação é obtido através de grades locali-
manter o máximo conforto.
1. Ajuste o controle de distribuição do fluxo zadas na frente do para-brisa. Deve-se
de ar para a posição . tomar cuidado para que essas grades não • Caso deseje resfriamento máximo, ajuste
fiquem obstruídas por folhas, neve, gelo, o controle de temperatura para a posição
2. Ajuste o controle de entrada de ar para a
ou outros materiais. o máximo possível para a esquerda e, em
posição ar externo.
• Para evitar o embaçamento no interior do seguida, ajuste o controle de velocidade
3. Ajuste o controle de temperatura para a do ventilador para a velocidade mais alta.
posição desejada (se equipado). para-brisa, ajuste o controle de entrada de
4. Ajuste o controle de velocidade do venti- ar para a posição ar externo e a velocida-
lador para a velocidade desejada. de do ventilador para a posição desejada,
ligue o sistema do ar condicionado e ajus-
5. Caso deseje aquecimento e desumidifica-
te o controle de temperatura para a posi-
ção, ligue o sistema de ar condicionado.
ção desejada.
• Caso o para-brisa fique embaçado, ajuste o
controle de distribuição do fluxo de ar para a
posição ou .

4 73
Características do seu veículo

QQNOTA Sugestões de operação do sistema de • Ao utilizar o sistema de ar condicionado,


• Quando utilizar o sistema de ar condiciona- ar condicionado pode-se notar um gotejamento (ou até
do, monitore o indicador de temperatura • Caso o veículo tenha ficado estacionado mesmo uma poça) de água no chão sob
do líquido de arrefecimento do motor aten- sob a luz direta do sol em dias quentes, o veículo, no lado do passageiro. Essa é
tamente, durante a condução do veículo em abra os vidros por alguns minutos para uma característica normal do funciona-
aclives acentuados ou em tráfego intenso, com deixar que o ar quente saia. mento do sistema.
temperatura externa elevada. A operação do • Para ajudar a reduzir a umidade do in- • O acionamento do ar condicionado na
sistema de ar condicionado pode provocar terior dos vidros, em dias chuvosos ou posição de recirculação de ar proporciona
superaquecimento do motor. Continue utili- úmidos, diminua a umidade do interior do resfriamento máximo. Entretanto, a utili-
zando o ventilador, mas desligue o sistema de veículo acionando o sistema de ar condi- zação contínua desse modo pode saturar
ar condicionado caso o indicador de tempe- cionado. o ar no interior do veículo.
ratura indique superaquecimento do motor. • Durante o funcionamento do sistema de • Durante a operação de resfriamento, po-
• Ao abrir os vidros com tempo úmido, o ar ar condicionado, pode-se ocasionalmen- de-se ocasionalmente notar um fluxo de
condicionado pode criar gotículas de água te notar uma ligeira alteração na rotação névoa para o interior do veículo, devido
no interior do veículo. Uma vez que o excesso do motor assim que o compressor do ar ao resfriamento rápido e à entrada de ar
dessas gotículas pode causar danos aos equi- condicionado liga ou desliga. Essa é uma úmido. Essa é uma característica normal
pamentos elétricos, o ar condicionado deve característica normal do funcionamento do funcionamento do sistema.
ser utilizado somente com os vidros fechados. do sistema. • Se acionar excessivamente o ar condicio-
• Para assegurar o máximo desempenho nado, a diferença entre a temperatura do
do sistema de ar condicionado, utilize-o ar externo e a temperatura do para-brisa
durante alguns minutos todos os meses. pode causar embaçamento no lado exter-
no do para-brisa, causando perda de visi-
bilidade. Nesse caso, ajuste a seleção de
modo para a posição e o controle de
velocidade do ventilador para a velocida-
de mais baixa.

4 74
Características do seu veículo

Filtro de ar do sistema de QQNOTA Verificação da quantidade de


climatização (se equipado) • O filtro de ar deve ser substituído de acordo gás refrigerante do sistema
com o plano de manutenção preventiva. climatizador (ar condicionado)
Se o veículo for conduzido sob condições se-
veras, tais como, vias não pavimentadas ou e de lubrificante
empoeiradas, o filtro de ar do sistema de cli- Baixa quantidade de gás refrigerante no siste-
matização deve ser inspecionado e substituído ma de ar condicionado reduz o seu desempe-
mais frequentemente. nho. O excesso de gás também causa impac-
• Se a vazão de ar diminuir subitamente, é ne- to negativo no sistema de ar condicionado.
cessário efetuar uma verificação do sistema Portanto, caso suspeite de funcionamento
em uma concessionária autorizada Hyundai anormal, leve o veículo a uma concessionária
Motor Brasil (HMB). autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB) para
uma inspeção no sistema.

QQNOTA
O filtro de ar do sistema de climatização, ins- Ao executar a manutenção no sistema de ar
talado atrás do porta-luvas, retém a entrada condicionado é importante que sejam utilizados
de poeira e pequenas partículas no interior do o tipo e a quantidade corretos do óleo e do gás
veículo através do sistema de aquecimento e refrigerante. Caso contrário, poderão ocorrer
ar condicionado, provenientes do ambiente danos ao compressor e funcionamento irregular
externo. Caso a poeira ou outros poluentes se do sistema.
acumulem no filtro durante um determinado
período de tempo, o fluxo de ar dos difusores
poderá diminuir, resultando em acúmulo de ATENÇÃO
umidade no lado interno do para-brisa, mes- Recomendamos que a manutenção
mo quando a posição de entrada de ar externo do sistema seja executada por uma
(fresco) estiver selecionada. Caso isso ocorra, concessionária autorizada Hyundai
leve o veículo a uma concessionária autoriza- Motor Brasil (HMB). A manutenção
da Hyundai Motor Brasil (HMB) para substitui- inadequada pode causar ferimentos
ção do filtro de ar do sistema de climatização. graves à pessoa que a executar.

4 75
Características do seu veículo

SISTEMA DO CONTROLE DE CLIMATIZAÇÃO AUTOMÁTICA (SE EQUIPADO)

1. Botão do controle de temperatura


2. Botão AUTO (controle automático)
3. Botão da seleção de modo
4. Botão do controle da velocidade do
ventilador
5. Botão do ar condicionado
6. Botão OFF
7. Botão do desembaçador do para-brisa
8. Botão do desembaçador do vidro traseiro
9. Botão do controle da entrada de ar

CUIDADO
Utilizar a ventilação quando o interrup-
tor de ignição está na posição ON pode
descarregar a bateria. Utilize a ventila-
OHB046013BR
ção quando o motor estiver ligado.

4 76
Características do seu veículo

Condicionamento de ar e QQNOTA
aquecimento automático •  ara desligar o funcionamento automático,
P
selecione qualquer botão ou interruptor a
seguir:
- Botão de seleção de modo
- Botão do ar condicionado
- Botão do desembaçador do para-brisa
(Pressione o botão mais uma vez para
desligar a função do desembaçador. O sinal
“AUTO” irá acender no painel de informa-
ção mais uma vez)
- Botão de controle da entrada de ar
- Interruptor de controle da velocidade do
2. Gire o botão de controle da temperatura ventilador.
para a posição desejada. A função selecionada será controlada ma-
nualmente enquanto as outras funções fun-
1. Pressione o botão AUTO. cionarão automaticamente.
Os modos, velocidade do ventilador, controle • Para sua conveniência e para melhorar a
da entrada de ar e condicionamento de ar se- efetividade do controle da climatização, uti-
rão controlados automaticamente pelo ajuste lize o botão AUTO e ajuste a temperatura
de temperatura. para 23ºC (73ºF)

4 77
Características do seu veículo

Condicionamento de ar e Botão de seleção


aquecimento manual
O sistema de aquecimento e condicionamen-
to de ar podem ser controlados manualmente
apertando os botões exceto o botão AUTO.
Neste caso, o sistema funciona sequencial-
mente de acordo com a ordem dos botões
selecionados.
Ao pressionar qualquer botão exceto o botão
AUTO ao utilizar a função automática, as fun-
ções não selecionadas serão controladas au-
tomaticamente.
1. Ligue o motor.
QQNOTA 2. Ajuste o modo para a posição desejada.
Nunca coloque nada sob o sensor localizado no Para melhorar o efeito do condicionamen- O botão de seleção do modo controla a dire-
painel de instrumentos para garantir um con- to do ar e do aquecimento: ção do fluxo do ar através do sistema de ven-
trole melhor do sistema de aquecimento e con- - Aquecimento  tilação.
dicionamento de ar. - Condicionamento de ar A porta de saída do fluxo de ar é alterada do
3. Ajuste o controle de temperatura para a seguinte modo:
posição desejada. • Pressione
4. Ajuste o controle da entrada de ar para a
posição de ar externo (fresco).
5. Ajuste o controle da velocidade do ventila-
dor para a velocidade desejada. • Pressione
6. Se for desejado condicionamento de ar,
ligue o sistema do ar condicionado.
Pressione o botão AUTO a fim de alterar o sis-
tema para o controle totalmente automático.

4 78
Características do seu veículo

Assoalho & Desembaçador


(A, C, D)

A maior parte do fluxo de ar é direcionado


para o assoalho e para o para-brisa e uma
pequena quantidade e direcionada para os
desembaçadores da janela lateral.

Nível do assoalho
(C, A, D)

A maior parte do fluxo de ar é direcionado pa-


ra o assoalho e uma pequena quantidade e
direcionada para os desembaçadores da ja- Nível do desembaçador (A, D) Difusores do painel de instrumentos
nela lateral. A maior parte do fluxo de ar é direcionada ao É possível ajustar a direção da saída de ar
para-brisa e uma pequena quantidade é dire- desses difusores utilizando-se a alavanca de
Dois níveis cionada para os desembaçadores das janelas controle do difusor, conforme mostrado na
(B, D, C) laterais. ilustração.
• Os difusores de ar podem ser ajustados
O fluxo é direcionado para o rosto e para o movimentando-se a alavanca de controle
assoalho. do difusor para a direção da seta mostra-
da na figura acima.
Nível do rosto
(B, D)

O fluxo é direcionado para o corpo e para o


rosto. Adicionalmente, cada saída pode ser
controlada para direcionar o fluxo de ar.

4 79
Características do seu veículo

Controle de temperatura Conversão da unidade de temperatura Posição de recirculação do ar


Você pode mudar o modo da temperatura en- Com a posição de recircula-
tre graus Celsius ou Fahrenheit da seguinte ção de ar selecionada, o ar é
maneira: retirado do compartimento de
Enquanto pressiona o botão OFF, pressione passageiros através do siste-
o botão AUTO durante 4 segundos ou mais. ma de aquecimento e aque-
A exibição ira mudar de Celsius para Fahre- cido ou resfriado de acordo
nheit, ou de Fahrenheit para Celsius. com a função selecionada.
Se a bateria descarregar ou for desconecta-
da, o modo de exibição da temperatura irá Posição de ar externo (fresco)
voltar para Celsius. Com a posição do ar exter-
no (fresco) selecionado, o
Controle da entrada de ar ar externo entra no veículo
e é aquecido ou resfriado de
O botão do controle de temperatura permite acordo com a função selecio-
que você controle a temperatura do ar que flui nada.
do sistema de ventilação. Para alterar a tem-
peratura no compartimento do passageiro,
gire o botão para a direita para ar quente ou QQNOTA
para esquerda para ar frio.
O funcionamento prolongado do aquecedor na
posição de recirculação de ar (sem selecionar o
ar condicionado) pode embaçar o para-brisa e
as janelas laterais e o ar do compartimento do
passageiro deverá ser renovado.
Além disso o uso prolongado do ar condiciona-
Este controle é utilizado para selecionar a po- do com a posição de recirculação de ar selecio-
sição de ar externo (fresco) ou a posição de nada resultará em um ar excessivamente seco
recirculação de ar. no compartimento dos passageiros.
Para alterar a posição do controle da entrada
de ar, pressione o botão de controle.

4 80
Características do seu veículo

Controle de velocidade do Ar condicionado


ADVERTÊNCIA ventilador
• O uso continuo do sistema de con-
trole da climatização na posição
de recirculação de ar aumentará a
umidade interna do veículo poden-
do embaçar os vidros e dificultar a
visibilidade.
• Não durma no veículo com o ar
condicionado ou o sistema de
aquecimento ligado. Isto pode cau-
sar sérios danos ou morte devido
a queda do nível de oxigênio e/ou
temperatura corporal.
• O uso continuo do sistema de Pressione o botão A/C para ligar o sistema do
controle da climatização na O interruptor de ignição deve estar na posi- ar condicionado (a luz indicadora irá acender).
posição recirculação de ar pode ção ON para o ventilador funcionar. O botão Pressione o botão novamente para desligar o
causar sonolência e perda do de controle da velocidade do ventilador per- sistema do ar condicionado.
controle do veículo. Ajuste o mite controlar a velocidade do fluxo de ar do
controle da entrada de ar para sistema de ventilação. Gire o botão para a
a posição de ar externo (fresco) direita para aumentar ou para esquerda para
sempre que possível enquanto diminuir a velocidade. Pressione o botão OFF
estiver dirigindo. para desligar o ventilador.

4 81
Características do seu veículo

Modo OFF Utilização do sistema Dicas de Utilização


Ventilação • Para evitar que entre poeira ou fumaça no
veículo através do sistema de ventilação,
1. Ajuste o modo para a posição ( ).
ajuste o controle do ar de entrada para a
2. Ajuste o controle da entrada de ar para a posição de recirculação. Certifique-se de
posição de ar externa (fresco). retornar o controle para a posição de ar
3. Ajuste o controle de temperatura para a fresco. Isto ajudará a manter o motorista
posição desejada. alerta e confortável.
4. Ajuste o controle de velocidade do ventila- • O ar para o sistema de aquecimento/res-
dor para a velocidade desejada. friamento vem através das grades na fren-
te do para-brisa. Cuide para que folhas,
Aquecimento neve, gelo ou outras coisas não obstruam
1. Ajuste o modo para a posição ( ). a grade.
• Para prevenir que o para-brisa embace,
2. Ajuste o controle do ar de entrada para a
Pressione o botão OFF para desligar o siste- ajuste o controle de entrada de ar para
posição de ar externo (fresco).
ma de controle de climatização. Porém você a posição de ar fresco e a velocidade do
3. Ajuste o controle de temperatura para a ventilador para a posição desejada, ligue
pode continuar utilizando o modo e os botões posição desejada.
de entrada de ar enquanto o interruptor de ig- o sistema do ar condicionado, e ajuste o
4. Ajuste o controle de velocidade do ventila- controle de temperatura para a tempera-
nição estiver na posição ON. dor para a velocidade desejada. tura desejada.
5. Se desejar desumidificar o aquecimento,
ligue o sistema do ar condicionado (se
equipado).
• Se o para-brisa embaçar, ajuste o modo
para ( ) ou aperte o botão do desem-
baçador dianteiro ( ).

4 82
Características do seu veículo

Ar condicionado (se equipado) Dicas de utilização do sistema do ar • O acionamento do ar condicionado na


Os Sistemas de Ar Condicionado HYUNDAI condicionado posição de recirculação de ar proporciona
são abastecidos com gás refrigerante ecoló- • Caso o veículo tenha ficado estacionado resfriamento máximo. Entretanto, a utili-
gico R-164a. sob a luz direta do sol em dias quentes, zação contínua desse modo pode saturar
1. Ligue o motor. Aperte o botão do ar con- abra os vidros por alguns minutos para o ar no interior do veículo.
dicionado. deixar que o ar quente saia. • Durante a operação de resfriamento, po-
• Para ajudar a reduzir a umidade do interior de-se ocasionalmente notar um fluxo de
2. Ajuste o modo para a posição ( ).
dos vidros, em dias chuvosos ou úmidos, névoa para o interior do veículo, devido
3. Ajuste o controle de entrada de ar para a ao resfriamento rápido e à entrada de ar
diminua a umidade do interior do veículo
posição de ar externo ou recirculação. úmido. Essa é uma característica normal
acionando o sistema de ar condicionado.
4. Ajuste o controle de velocidade do ven- do funcionamento do sistema.
• Durante o funcionamento do sistema de
tilador e o controle de temperatura para
ar condicionado, pode-se ocasionalmen-
manter o máximo de conforto.
te notar uma ligeira alteração na rotação
QQNOTA do motor assim que o compressor do ar
• Ao utilizar o sistema do ar condicionado, condicionado liga ou desliga. Essa é uma
monitore o medidor de temperatura aten- característica normal do funcionamento
tamente enquanto dirige em subidas ou do sistema.
em trafego intenso quando a temperatura • Utilize o sistema do ar condicionado todo
externa for alta. O funcionamento do siste- mês por alguns minutos para garantir o
ma do ar condicionado pode causar supe- desempenho do sistema.
raquecimento no motor. Se a temperatura • Ao utilizar o sistema de ar condicionado,
do indicador mostrar superaquecimento do pode-se notar um gotejamento (ou até
motor desligue o sistema do ar condiciona- mesmo uma poça) de água no chão sob
do mas o ventilador pode continuar ligado. o veículo, no lado do passageiro. Essa é
• Ao abrir a janela em um clima úmido o ar uma característica normal do funciona-
condicionado pode criar gotas de água den- mento do sistema.
tro do veículo. O excesso de água dentro do
veículo pode causar danos nos equipamen-
tos elétricos. O ar condicionado deve ser uti-
lizado apenas com as janelas fechadas.

4 83
Características do seu veículo

Filtro de ar do sistema de QQNOTA Verificação da quantidade de


climatização (se equipado) • O filtro de ar deve ser substituído de acordo gás refrigerante do sistema
com o plano de manutenção preventiva. climatizador (ar condicionado)
Se o veículo for conduzido sob condições
severas, tais como, vias não pavimentadas
e lubrificação do compressor
ou empoeiradas, o filtro de ar do sistema de Quando a quantidade de gás refrigerante no
climatização deve ser inspecionado e substi- sistema de ar condicionado esta baixa o seu
tuído mais frequentemente. desempenho é reduzido. O excesso de gás
• Se a vazão de ar diminuir subitamente, é ne- também causa impacto negativo no sistema
cessário efetuar uma verificação do sistema de ar condicionado.
em uma concessionária autorizada Hyundai Portanto, caso suspeite de funcionamento
Motor Brasil (HMB). anormal, leve o veículo a uma concessionária
autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB) para
uma inspeção no sistema.
QQNOTA
O filtro de ar do sistema de climatização, ins- Ao executar a manutenção no sistema de ar
talado atrás do porta-luvas, retém a entrada condicionado é importante que sejam utilizados
de poeira e pequenas partículas no interior do o tipo e a quantidade correta de óleo e de gás
veículo através do sistema de aquecimento e refrigerante. Caso contrário, poderão ocorrer
ar condicionado, provenientes do ambiente danos ao compressor e funcionamento irregular
externo. Caso a poeira ou outros poluentes se do sistema.
acumulem no filtro durante um determinado
período de tempo, o fluxo de ar dos difusores ATENÇÃO
poderá diminuir, resultando em acúmulo de
umidade no lado interno do para-brisa, mes- A manutenção inadequada pode cau-
mo quando a posição de entrada de ar ex- sar ferimentos graves à pessoa que
terno (fresco) estiver selecionada. Caso isso a executar. Para informações mais
ocorra, leve o veículo a uma concessionária detalhadas, recomendamos que entre
autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB) para em contato com uma concessionária
substituição do filtro de ar do sistema de cli- autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB).
matização.
4 84
Características do seu veículo

DESEMBAÇAMENTO
E DESCONGELAMENTO DO • Para descongelamento máximo, ajuste o Sistema do controle de
controle de temperatura totalmente para a climatização manual
PARA-BRISA (SE EQUIPADO) direita/posição de aquecimento (se equi-
pado) e o controle de velocidade do venti- Para desembaçar o lado interno
lador na velocidade mais alta. do para-brisa
ATENÇÃO
• Caso deseje ar morno direcionado para
Aquecimento do para-brisa o assoalho (se equipado), durante o des-
Não utilize a posição ( ) ou ( ) congelamento ou o desembaçamento,
durante a operação de resfriamento, ajuste o modo para a posição assoalho
quando o clima estiver extremamente desembaçamento.
úmido. A diferença entre a temperatura • Antes de dirigir o veículo, limpe toda a ne-
do ar externo e a temperatura do para- ve e o gelo do para-brisa, do vidro trasei-
-brisa pode causar embaçamento no ro, dos espelhos retrovisores externos e
lado externo do para-brisa, causando de todos os vidros laterais.
perda de visibilidade. Nesse caso, ajus- • Limpe toda a neve e o gelo do capô do
te a seleção de modo para a posição motor e da grade da entrada de ar, para
( ) e o controle de velocidade do melhorar a eficiência do aquecimento e
ventilador para a velocidade mais baixa. do desembaçamento e reduzir a probabili-
dade de embaçamento no lado interno do
para-brisa. 1. Ajuste a velocidade do ventilador para a
posição desejada.
2. Selecione a temperatura desejada.
3. Selecione a posição ( ) ou ( ).
4. Ligue o ar condicionado (se equipado).
5. Selecione o modo de ar externo (fresco).

4 85
Características do seu veículo

Para descongelar o lado externo Sistema de controle de Se o ar condicionado e a posição de ar exter-


do para-brisa climatização automática no (fresco) não forem selecionadas automati-
camente, ajustes os botões correspondentes
Para desembaçar o lado interno manualmente. Se a posição ( ) for sele-
do para-brisa cionada, a velocidade do ventilador será ajus-
tada para a mais rápida.

1. Ajuste a velocidade do ventilador para a OHB046022BR


posição mais rápida.
2. Ajuste a temperatura para a posição de 1. Ajuste a velocidade do ventilador para a
máximo aquecimento. posição desejada.
3. Selecione a posição ( ). 2. Selecione a temperatura desejada.
4. Ligue o ar condicionado (se equipado). 3. Pressione o botão do desembaçador
5. Selecione o modo de ar externo (fresco). ( ).
4. O ar condicionado será ligado de acordo
com a temperatura externa e a posição de
entrada de ar externo (fresco) será sele-
cionada automaticamente.

4 86
Características do seu veículo

Para descongelar o lado externo Lógica de desembaçamento Sistema de controle de


do para-brisa Para reduzir a possibilidade de embaçar o la- climatização manual
do interno do para-brisa, a entrada de ar ou
o ar condicionado são controlados automati-
camente de para certas condições como as
posições ( ) ou ( ). Para cancelar ou
retornar a lógica de desembaçamento, faça o
seguinte.

1. Ajuste a velocidade do ventilador para a 1. Gire o interruptor de ignição para a posi-


posição mais rápida. ção ON.
2. Ajuste a temperatura para a posição de 2. Gire o botão da seleção de modo para a
máximo aquecimento. posição ( ).
3. Pressione o botão ( ). 3. Pressione o botão do controle de entrada
4. O ar condicionado será ligado de acordo de ar pelo menos 5 vezes em 3 segundos.
com a temperatura externa e a posição de A luz indicadora do botão de controle da entra-
entrada de ar externo (fresco) será sele- da de ar irá piscar 3 vezes com um intervalo
cionada automaticamente. de 0,5 segundos. Isto indica que a lógica de
5. Se a posição ( ) for selecionada, a ve- desembaçamento foi cancelada ou retornou
locidade do ventilador será ajustada para para a condição programada.
a mais rápida. Se a bateria estiver descarregada ou desco-
nectada, a condição da lógica de desembaça-
mento é reiniciada.

4 87
Características do seu veículo

PORTA-OBJETOS
Sistema de controle de Estes compartimentos podem ser utilizados Porta-objetos dianteiro
climatização automática para armazenagem de pequenos itens neces- (se equipado)
sários para o motorista ou passageiros.

CUIDADO
• Para evitar a possibilidade de fur-
tos, não deixe objetos de valor nos
porta-objetos.
• Mantenha a tampa do porta-objetos
sempre fechada, durante a condu-
ção. Não tente armazenar muitos ob-
jetos no porta-objetos para permitir
que a tampa do porta-objetos possa
ser fechada com segurança.

1. Gire o interruptor de ignição para a posi- Para abrir o porta-objetos dianteiro, deslize a
ção ON. ATENÇÃO tampa para a frente.
2. Pressione o botão ( ). Materiais inflamáveis
3. Enquanto mantém o botão do ar condi-
cionado (A/C) pressionado, pressione o Não guarde isqueiros ou aerosóis no
botão de controle da entrada de ar pelo veículo. Estes itens podem incendiar
menos 5 vezes em 3 segundos. e/ou explodir se o veículo permanecer
exposto a altas temperaturas durante
A luz indicadora do A/C irá piscar 3 vezes com períodos longos.
um intervalo de 0,5 segundos. Isto indica que
a lógica de desembaçamento foi cancelada
ou retornou para a condição programada.
Se a bateria estiver descarregada ou desco-
nectada, a condição da lógica de desembaça-
mento é reiniciada.

4 88
Características do seu veículo

CARACTERÍSTICAS
Porta-luvas Porta-óculos (se equipado) INTERNAS
Cinzeiro (se equipado)

Para abrir o porta-luvas, puxe a alavanca e Para abrir o porta-óculos, pressione a tampa
ele abrirá automaticamente. Feche o porta- e o porta-óculos abrirá lentamente. Coloque OHBBCO2035
luvas após o uso. os óculos na porta do compartimento com as Para usar o cinzeiro, abra a sua tampa.
lentes viradas para baixo. Para fechá-lo, em- Para limpar ou esvaziar o cinzeiro, puxe-o
purre a tampa.
ATENÇÃO para fora.
Para reduzir o risco de ferimentos em ATENÇÃO
um acidente ou freada brusca, man-
• Não coloque objetos que não se-
ATENÇÃO
tenha a tampa do porta-luvas sempre Uso do cinzeiro
fechada durante a condução. jam óculos dentro do porta-óculos.
Tais objetos podem ser arremessa- • Não use o cinzeiro como um reci-
dos, em caso de uma freada brusca piente para armazenar lixo.
ou acidente, causando ferimentos • Colocar bitucas de cigarro ou fós-
CUIDADO aos ocupantes do veículo. foros no cinzeiro com outros ma-
Não guarde alimentos no porta-luvas • Não abra a tampa do porta-óculos teriais inflamáveis pode causar um
por muito tempo. com o veículo em movimento. Isto incêndio.
pode prejudicar a visibilidade pelo
espelho retrovisor.

4 89
Características do seu veículo

Suporte para copos


ATENÇÃO
Mantenha latas e garrafas com bebidas
ATENÇÃO gaseificadas fora do alcance da luz
Líquidos quentes solar direta e não coloque-as em um
• Não coloque copos destampados veículo quente. Isso pode provocar
contendo líquidos quentes no uma explosão.
suporte para copos, enquanto o
veículo estiver em movimento. Se
o líquido quente for derramado, CUIDADO
causará queimaduras nos
ocupantes do veículo. Uma Não coloque copos destampados no
queimadura pode fazer com que suporte para copos, enquanto o veícu-
o motorista perca o controle do lo estiver em movimento. Se o líquido Copos ou pequenas latas de bebidas podem
veículo. for derramado, o sistema elétrico pode ser colocadas no suporte para copos.
apresentar funcionamento incorreto.
• Para reduzir o risco de ferimentos
pessoais, no caso de uma freada
brusca ou de uma colisão, não co-
loque copos, garrafas, latas, etc, CUIDADO
destampados no suporte para co- Quando o veículo é parado repentina-
pos, enquanto o veículo estiver em mente, caso o copo ou a lata no supor-
movimento. te para copos não estejam tampados,
o líquido pode ser derramado. Se o
líquido for derramado, o sistema elétri-
co pode apresentar problemas. Reco-
mendamos que o copo ou a lata sejam
tampados.

4 90
Características do seu veículo

Para-sol Para utilizar o para-sol, puxe-o para baixo. Tomada de força


Para utilizar o para-sol contra o vidro lateral,
Tipo A
puxe-o para baixo, solte-o do suporte (1) e
vire-o para o lado (2).

ATENÇÃO
Para sua segurança, não bloqueie a
sua visão ao utilizar o para-sol.

Tipo B
A tomada de força foi projetada para forne-
cer energia elétrica para telefones celulares
ou outros equipamentos projetados para fun-
cionar com o sistema elétrico do veículo. Os
equipamentos deverão consumir menos que
15 ampéres com o motor em funcionamento.

OHB046127

Utiliza-se o para-sol para proteção contra a


luz direta através do para-brisa e dos vidros
laterais.

4 91
Características do seu veículo

CUIDADO • Alguns equipamentos eletrônicos


ATENÇÃO
podem causar interferência quando
• Utilize a tomada de força apenas com Não coloque o dedo ou elementos es-
conectados na tomada de força do
o motor em funcionamento e remova tranhos (alfinetes, etc.) na tomada de
veículo. Estes equipamentos podem
o plugue após a utilização de equipa- força e não toque-a com a mão molha-
causar excesso de ruídos no sistema
mentos elétricos. Utilizar a tomada de da. Isto poderá provocar uma descarga
de áudio e funcionamento incorreto
força por períodos de tempo prolon- elétrica ou um incêndio.
em outros sistemas eletrônicos ou
gados com o motor desligado pode
equipamentos disponíveis no seu
descarregar a bateria.
veículo.
• Utilize apenas equipamentos elétri-
• Certifique-se que os equipamentos
cos de 12V que tenham capacidade
elétricos estejam conectados de for-
elétrica inferior a 15A. Caso contrá-
ma segura. Caso contrário, podem
rio, isso poderia provocar um supe-
provocar funcionamento incorreto
raquecimento na tomada de força ou
nos sistemas elétricos.
fiação elétrica do veículo e o sistema
elétrico poderia funcionar incorreta- • Se utilizar um equipamento elétrico
mente. com bateria, a corrente elétrica pode
passar do equipamento elétrico para
• Ao utilizar a tomada de força, ajuste o
o veículo, e pode provocar funciona-
ar condicionado ou o aquecedor para
mento incorreto nos sistemas elé-
o nível operacional mais baixo.
tricos. Utilize apenas equipamentos
• Feche a tampa da tomada de força elétricos que não permitam a corrente
quando não estiver sendo utilizada. inversa.

4 92
Características do seu veículo

Gancho para roupas Fixação para tapete(s)


(se equipado) ATENÇÃO (se equipado)
Não pendure outros objetos como ca-
bides ou objetos duros, exceto roupas.  

Também não coloque objetos pesados,


pontiagudos ou que possam quebrar
nos bolsos das roupas. No caso de
acidente, ou quando o airbag inflar,
eles podem causar danos ao veículo
ou ferimentos nos ocupantes.

Para utilizar o gancho, puxe a parte superior Ao utilizar um tapete no carpete do assoalho
do gancho para baixo. dianteiro, certifique-se que ele esteja preso ao
pino(s) de fixação para tapete do seu veículo.
Isso impede que o tapete deslize para frente.
CUIDADO
Não pendure roupas pesadas, uma vez
que elas podem danificar o gancho.

4 93
Características do seu veículo

Tampa do compartimento de
ATENÇÃO bagagem (se equipado) CUIDADO
Observe os itens a seguir antes de ins- • Ao retornar a tampa à sua posição
talar qualquer tapete sobre o assoalho original, segure a tampa e abaixe-a.
do seu veículo. • Não utilize o veículo com a tampa
• Certifique-se de que seus tapetes solta ou fora de posição. Isso pode
estejam firmemente fixados aos danificar a tampa.
pontos de ancoragem no assoalho, • A tampa do compartimento de ba-
antes de dirigir seu veículo. gagem pode ser levantada quando
• Não utilize nenhum tapete que não a tampa do porta-malas for aberta.
possa ser firmemente fixado aos Certifique-se que qualquer bagagem
pontos de ancoragem do assoalho sobre a tampa seja acomodada para
do veículo. um lugar seguro.
• Não coloque um tapete sobre o • Uma vez que a tampa do comparti-
outro (ex: tapete de borracha sobre mento de bagagem pode ser dani-
o tapete de carpete). Apenas um ficada ou deformada, não aplique
Utilize a tampa para ocultar objetos armaze-
tapete deve ser instalado em cada força excessiva na tampa ou não
nados no compartimento de bagagem.
posição do veículo. coloque objetos pesadas sobre ela.
A tampa do compartimento de bagagem será
Importante – Seu veículo foi fabricado levantada quando a tampa do porta-malas for
com pontos de ancoragem do tapete aberta.
do motorista, especialmente projeta- Se quiser retornar a tampa à posição original,
dos para fixar o tapete no lugar. Para solte a cinta (1) do suporte. Para remover
evitar qualquer interferência com a completamente a tampa do compartimento de
operação dos pedais, a Hyundai reco- bagagem, levante a tampa a um ângulo de 50
menda instalar apenas o tapete proje- graus e puxe-a totalmente para fora (2). Para
tado para uso no seu veículo. a instalação da tampa, reverta o processo de
remoção.

4 94
Características do seu veículo

Entradas AUX, USB e iPod® QQNOTA


ATENÇÃO (se equipado) Ao utilizar um dispositivo de áudio portátil
• Não coloque objetos sobre a tampa conectado à tomada de força, pode haver ruído
do compartimento de bagagem. Tais durante a reprodução. Se isso acontecer, utilize
objetos podem ser arremessados no a fonte alimentadora do dispositivo de áudio
interior do veículo e podem provocar portátil.
ferimentos nos ocupantes durante
um acidente ou uma frenagem. iPod® é marca registrada da Apple Inc.
• Nunca permita que os passageiros
viajem no compartimento de baga-
gem. Esta área é destinada apenas QQNOTA
para bagagem. • Recomendamos que utilize um cabo de co-
• Mantenha o equilíbrio do veículo e nexão Hyundai para iPod, que pode ser ad-
localize o peso o máximo à frente quirido através uma concessionária autori-
possível. zada Hyundai Motor Brasil (HMB). Cabos
Caso o seu veículo possua entradas AUX de conexão de outros fornecedores podem
e USB, pode-se utilizar a porta AUX para co- não ser compatíveis com o áudio.
nectar dispositivos de áudio, ou a porta USB • Ao utilizar um cabo de conexão Hyundai
para conectar um dispositivo USB. Um iPod® para iPod, tanto o terminal AUX quanto o
pode ser conectado com um cabo de conexão terminal USB devem ser conectados.
Hyundai para iPod.

4 95
Características do seu veículo

CARACTERÍSTICAS
EXTERNAS • O centro de gravidade do veículo será
CUIDADO
Bagageiro de teto • Quando transportar carga no baga-
mais alto quando a carga estiver aco-
modada no bagageiro de teto. Evite
(se equipado) geiro de teto, tome o cuidado neces- partidas e freadas bruscas, curvas
Se o veículo possui um bagageiro de teto, sário para certificar-se de que a car- fechadas, manobras rápidas ou altas
pode-se transportar carga sobre o teto do ve- ga não danifique o teto do veículo. velocidades que podem resultar na
ículo • Quando transportar objetos grandes perda de controle do veículo ou ca-
no bagageiro de teto, certifique-se potamento, causando um acidente.
de não exceder o comprimento e a
QQNOTA largura do teto do veículo.
• Ao transportar objetos sobre o baga-
• As barras transversais (se equipado) devem geiro de teto, dirija sempre a veloci-
• Quando transportar carga no baga- dades moderadas e tome cuidado
ser colocadas na posição adequada de carre- geiro de teto, não acione o teto solar
gamento antes da colocação dos itens para o ao fazer curvas. Ventos laterais cau-
(se equipado). sados pela ultrapassagem de outros
bagageiro de teto.
• Se o veículo estiver equipado com teto solar, veículos ou causas naturais, podem
certifique-se de posicionar a carga sobre o provocar aumento de pressão da
bagageiro de teto de modo a não interferir
ATENÇÃO carga que está sendo transportada
com a operação do teto solar. • A especificação seguinte corres- sobre o bagageiro de teto. Isto acon-
ponde ao peso máximo que pode tece principalmente ao transportar
• Quando o bagageiro de teto não estiver sendo
ser carregado sobre o bagageiro de objetos longos e planos, tais como,
utilizado para o transporte de carga, as bar-
teto. Distribua a carga o mais unifor- pranchas de madeira ou colchões.
ras transversais podem precisar ser reposi-
memente possível sobre as barras Isto pode provocar a queda desses
cionadas se ruído de vento for detectado.
transversais (se equipado) e o ba- objetos do bagageiro, causando da-
gageiro de teto e fixe-a firmemente. nos ao seu veículo ou àqueles que
estejam ao seu redor.
75 kg • Para evitar danos ou perda da baga-
Bagageiro
Uniformemente gem, com o veículo em movimento,
de teto
distribuídos
faça uma inspeção frequente antes e
• Transportar carga ou bagagem além durante a condução, para certificar-
do limite de peso especificado do ba- -se que os objetos sobre o bagageiro
gageiro pode danificar seu veículo. de teto estejam firmemente fixados.

4 96
Características do seu veículo

SISTEMA DE ÁUDIO
QQNOTA Antena
• Instalar uma lâmpada de farol HID não ori- Antena de teto (se equipado) Antena barbatana de tubarão
ginal poderá provocar funcionamento incor-
reto dos equipamentos de áudio e eletrônicos
(se equipado)
de seu veículo.
• Evite que produtos químicos como perfu-
mes, cosméticos, protetor solar, creme de
limpeza para as mãos e aromatizadores en-
trem em contato com as peças do interior
do veículo, pois isso pode causar danos ou
descoloração.

Seu veículo utiliza uma antena de teto para OHB046030BR


receber sinais de transmissão AM e FM. Esta
Seu veículo utiliza uma antena barbatana de
antena é do tipo removível. Para remover a
tubarção para receber sinais de transmissão
antena, gire-a no sentido anti-horário. Para
AM e FM.
instalar a antena, gire-a no sentido horário.

4 97
Características do seu veículo

Controle de áudio no volante TECLA VOZ (2)


CUIDADO de direção (se equipado) • Pressione para ativar a função de Voz Siri
• Antes de entrar em lugares com o ou Google quando seu dispositivo móvel
teto baixo ou em um lava rápido au- está conectado à unidade
tomático, remova a antena girando-a
no sentido anti-horário. Caso contrá-
Tecla “MODE” (3)
rio, a antena pode ser danificada. Pressione o botão “MODE” para selecionar o
• Ao reinstalar a antena, é importante modo rádio, CD (compact disc), AUX (auxiliar)
que ela seja totalmente apertada e (se equipados).
ajustada na posição vertical, a fim de
SEEK/PRESET ( / ) (4)
garantir uma recepção apropriada.
Se o botão “SEEK/PRESET” for pressionado
• Entretanto, ela pode ser removida ao
por 0,8 segundo ou mais, ele funcionará em
estacionar o veículo ou acomodar cada modo como segue:
carga no bagageiro do teto.
• Ao colocar carga no bagageiro de teto, OHBBMM2200 Modo RADIO
não coloque-a muito próximo da antena O controle do sistema de áudio no volante de Funciona como o botão de seleção "AUTO
para garantir a recepção adequada. direção foi projetado visando uma condução SEEK". Continua a busca até que o botão se-
segura. ja liberado.
Modo CDP, USB, iPod®
Funciona como o botão "FF/REW".
CUIDADO Se o botão SEEK/PRESET for pressionado
Não acione as teclas de controle remoto por menos de 0,8 segundo, ele funcionará em
do sistema de áudio simultaneamente. cada modo como segue:
Modo RADIO
Tecla “VOL” ( + / - ) (1) Funciona como os botões de seleção "PRE-
• Pressione o botão (+) para aumentar o SET STATION".
volume. Modo CDP, USB, iPod®
• Pressione o botão (-) para diminuir o vo- Funciona como o botão "TRACK UP/DOWN".
lume. As informações detalhadas dos botões de
controle do áudio estão contidas nas páginas
seguintes desta seção.
4 98
Características do seu veículo

Bluetooth® Wireless Tipo B Como funciona o áudio do


Technology "handsfree" veículo
(mãos livres) Recepção FM
INOSFERA

¿ ¿ ¿

OHB046128

É possível usar o telefone sem conexão


por cabo através do Bluetooth® Wireless
Technology. JBM001
Tipo A (1) Botão Chamar/Atender Os sinais de rádio AM e FM são emitidos por
(2) Botão Encerrar Chamada torres transmissoras localizadas em sua cidade.
(3) Microfone Eles são captados pela antena de rádio do
seu veículo e são decodificados pelo rádio e
enviado aos alto-falantes do veículo.
As informações detalhadas sobre o uso do
Quando o sinal recebido tem alta intensidade,
Bluetooth® Wireless Technology handsfree
o sistema de áudio de seu veículo assegura-
(mãos livres) estão contidas nas páginas se-
-lhe uma reprodução de alta qualidade. Entre-
guintes desta seção.
tanto, em certos casos, o sinal recebido não é
OHB046036BR suficientemente forte e claro.
Isso pode ser devido à fatores como distância
da fonte emissora, interferência de sinais mais
fortes provenientes de outras estações ou a
proximidade com edifícios muito altos, pontes
ou outros obstáculos de maiores dimensões.

4 99
Características do seu veículo

Recepção AM Transmissão FM
INOSFERA Montanhas

¿ ¿¿

Edifícios Área sem


obstruções

¿ ¿¿ ¿ ¿¿

Pontes metálicas

JBM002 JBM004 JBM003

O alcance dos sinais em AM é maior do que o As transmissões em FM são realizadas em • “Fading” (Diminuição de sinal) - À medida
alcance dos sinais em FM, pois as transmissões frequências muito altas e suas ondas não são que seu veículo se afasta da fonte emissora,
em AM são efetuadas em ondas mais longas, refletidas na atmosfera, não acompanhando o sinal vai enfraquecendo e o som começa a
de frequência mais baixa e de grande potência. portanto a curvatura da Terra. Sendo assim, desaparecer. Quando isto acontecer, sugeri-
Estas ondas tem a capacidade de acompanhar percebe-se por quê as transmissões em FM mos que sintonize outra estação, com sinal
a curvatura da terra, sendo repetidas na atmos- começam a apresentar dificuldade de recepção mais forte.
fera, podendo assim contornar obstáculos e as- mesmo a pequenas distâncias da fonte emisso- • Oscilação/estática - Os sinais fracos de FM
segurar uma recepção com maior alcance. ra. Além disso, os sinais de FM são mais facil- ou grandes obstáculos entre a fonte emisso-
mente afetados por edifícios, montanhas ou ou- ra e seu rádio podem afetar o sinal, dando
tros obstáculos. Isso pode proporcionar certas origem à recepção de sinais com oscilação
condições de reprodução que podem levar você ou estática. Uma redução da intensidade dos
a acreditar que existe um problema com o rádio. agudos pode diminuir esse efeito até que o
Alguns fenômenos decorrentes de dificuldades obstáculo seja ultrapassado.
na recepção são relacionados a seguir:

4 100
Características do seu veículo

Utilização de um telefone ou rádio


Estação 1
Estação 1 transmissor ATENÇÃO
A utilização de um telefone no interior do veí- Não utilize telefone celular enquanto
culo pode provocar interferências no sistema estiver dirigindo. Para utilizar o telefone
de áudio. Isto não significa que existe qual- celular, pare o veículo em lugar seguro.
quer problema com o equipamento de áudio.
Neste caso, utilize o telefone o mais afastado
possível do equipamento de áudio.

CUIDADO
JBM005 Quando utilizar sistemas de comunica-
ção, tais como, telefones celulares ou
• Sobreposição de estações - À medida que equipamentos de rádio comunicador
o sinal de FM vai enfraquecendo, outro sinal com antena externa. Telefones celu-
mais forte, próximo desta frequência, começa lares ou equipamentos de rádio que
a ser recebido. Isto deve-se ao fato de que utilizam antenas no interior do veículo,
seu rádio foi concebido para “fixar” o sinal podem interferir com o sistema elétri-
mais forte. Se isso acontecer, sintonize outra co e afetar adversamente o seu funcio-
estação com um sinal mais forte. namento.
• Recepção múltipla - Sinais de rádio recebidos
de diversas origens podem causar distorções
e sons agudos. A causa deste problema é a
recepção de sinais simultâneos diretos e re-
fletidos da mesma estação ou de sinais de
duas estações diferentes mas com frequên-
cias muito próximas.
• Se isto acontecer, sintonize uma estação de
frequência diferente até que esta situação
deixe de existir.

4 101
Características do seu veículo

Equipamento de áudio

4 102
Características do seu veículo

Características do áudio (3) PHONE


• Opera a tela de telefone.
• Quando o telefone não está conectado, a
tela de telefone é exibida.
(4) Botão POWER/VOL
• Botão Power: Liga ou desliga a alimenta-
ção.
• Botão Volume: Ajusta o volume.
(5) SEEK TRACK
• Modo rádio: Busca automaticamente por
frequências de rádio.
• Modo USB, iPod®
Pressionar brevemente o botão: (6) DISP
Move para a música (arquivo) an- • Toda vez que o botão é pressionado breve-
(1) RADIO terior ou posterior. mente, a tela é desligada fl ligada fl des-
• Altera os modos FM/AM. Pressionar e segurar o botão: ligada.
• Toda vez que o botão é pressionado, Retrocede ou avança rapidamente • O funcionamento do áudio é mantido e ape-
o modo é alterado na seguinte ordem: a música atual. nas a tela é desligada.
FM1 fl FM2 fl AM. • Com a tela desligada, pressione qualquer
(2) MEDIA botão para ligar a tela novamente.
• Altera entre USB (iPod®), AUX, modo de (7) SETUP/CLOCK
Áudio BT. • Pressionar brevemente o botão: Alterna en-
• Toda vez que o botão é pressionado, o tre os modos de configuração do Sistema,
modo é alterado na seguinte ordem: USB Telefone, Relógio, Som e Tela.
(iPod®), AUX, Áudio BT. • Pressionar e segurar o botão: Altera para a
tela de configuração de hora.

4 103
Características do seu veículo

(8) AST/SCAN • Modo USB, iPod®: Busca músicas (arqui-


• Modo Rádio vos) quando o botão é girado para esquer- ATENÇÃO
Pressionar brevemente o botão: da/direita.
• Não se concentre na tela enquanto
Após varrer todas as frequências Quando a música desejada é exibida, pres-
dirige. Concentrar-se na tela por
de rádio, memoriza as estações sione o botão para tocar a música.
períodos prolongados pode cau-
com melhor recepção através • Altera o foco em todos os menus de sele- sar acidentes.
dos botões de programação. Se ção.
• Não desmonte ou modifique o sis-
nenhuma frequência for recebida, tema de áudio. Isso pode causar
(11) [1] a [6] (Programação)
então a estação mais recente será um acidente, incêndio ou choque
tocada. • Modo rádio: Salva frequências (canais) ou
recebe frequências salvas (canais). elétrico.
Pressionar e segurar o botão: Exe- • Usar o telefone enquanto dirige
cuta cada estação por 5 segundos. pode causar distração e aumen-
• Modo USB tar a probabilidade de acidentes.
Pressionar o botão: Executa cada Use o telefone após estacionar o
música (arquivo) por 10 segundos. veículo.
Pressione o botão novamente para • Modo USB, iPod®: • Tome cuidado para não espirrar
continuar ouvindo a música atual [RPT] : Repetição água ou colocar objetos estranhos
(file). [RDM] : Execução aleatória dentro do dispositivo. Isso poderia
Nas telas do Rádio, Configuração e Menu, o gerar fumaça, um incêndio ou fa-
(9) FOLDER
número da lista é selecionado. lha no produto.
• Modo USB: Busca de diretórios.
• Evite deixar a tela totalmente em
(10) Botão TUNE branco sem nenhum som ser ou-
• Modo rádio: Altera a frequência quando o vido. Estes sinais podem indicar
botão é girado para a esquerda/direita. uma falha no produto. Continuar o
uso nessas condições pode cau-
sar acidentes (incêndio ou choque
elétrico) ou falhas no produto.

4 104
Características do seu veículo

• Não toque na antena durante uma CUIDADO • Não submeta o dispositivo a im-
tempestade com raios. Isso pode pactos. Também, pressionar o
causar choque elétrico induzido • Usar o dispositivo enquanto diri- monitor diretamente pode danifi-
pelos raios. ge pode causar acidente devido car a tela de LCD ou a tela sensí-
a falta de atenção no ambiente vel ao toque.
• Não pare ou estacione em áreas ao redor. Pare o veículo antes de
proibidas para operar o produto. • Quando limpar o dispositivo, cer-
usar o dispositivo. tifique-se de desligar a ignição
Isso pode causar acidentes. • Ajuste o volume em um nível que
• Use o sistema com a ignição do e usar um pano seco e macio.
permita ao motorista ouvir sons Nunca use materiais abrasivos,
veículo ligada. O uso prolongado externos. Dirigir sem ouvir os
com a ignição desligada pode des- panos umedecidos com produtos
sons externos pode causar um químicos ou solventes (álcool,
carregar a bateria. acidente. gasolina, thinner, etc.). Esses ma-
• Preste atenção ao nível do volu- teriais podem danificar ou causar
me ao ligar o dispositivo. Uma descoloração no painel.
saída de som extremamente alta • Não coloque bebidas próximo ao
ATENÇÃO pode danificar a audição (ajuste sistema de áudio. Espirrar qual-
o volume em um nível adequado quer líquido pode causar uma
Dirigir distraído pode resultar na antes de desligar o dispositivo).
perda de controle do veículo e cau- falha do sistema.
• Se deseja mudar a posição de • Em caso de falha no produto, en-
sar um acidente, resultando em feri- instalação do dispositivo, soli-
mentos graves ou morte. A respon- tre em contato com local de com-
cite isso no local de compra ou pra ou manutenção.
sabilidade primária do motorista é de manutenção. É necessário
a segurança e a condução correta • Usar o sistema de áudio em um
conhecimento técnico para des- ambiente com ondas eletromag-
do veículo. O uso de dispositivos montar e instalar o dispositivo.
manuais, outros equipamentos ou néticas pode causar interferência.
• Ligue a ignição do veículo antes
sistemas do veículo podem tirar a de usar o dispositivo. Não use o
atenção do motorista. Isso não é sistema de áudio por um longo
permitido por lei e nunca deve ser período com a ignição desligada.
feito durante a condução do veícu- Isso pode descarregar a bateria.
lo.

4 105
Características do seu veículo

] NOTA - Uso de dispositivo positivo USB externo não for 512 BYTES • Usar acessórios USB como carregadores
ou 2048 BYTES, o dispositivo não será e aquecedores pode diminuir o desempe-
USB reconhecido. nho ou causar falha.
• Quando usar um dispositivo USB exter- • Use apenas dispositivos USB com forma- • Usar dispositivos, como um cubo USB
no, certifique-se que o dispositivo não tação FAT 12/16/32. comprado separadamente, pode não ser
está conectado quando a partida é dada • Dispositivos USB sem autentificação reconhecido pelo sistema de áudio do
no veículo. Conecte o dispositivo após a USB I/F talvez não sejam reconhecidos. veículo. Neste caso, conecte o dispositivo
partida. • Certifique-se que o terminal de conexão diretamente no terminal de multimídia
• Se for dada a partida no motor quando o USB não entre em contato com o corpo do veículo.
dispositivo USB está conectado, isso pode ou outros objetos. • Se o dispositivo USB está dividido em
danificá-lo (dispositivos USB são muito • A conexão ou desconexão repetida do diretórios lógicos, apenas arquivos de
sensíveis à choques elétricos). dispositivo USB em um curto período de música do diretório prioritário são reco-
• Se o motor for ligado ou desligado com o tempo pode danificar o dispositivo. nhecidos pelo áudio do veículo.
dispositivo USB conectado, o dispositivo • Um som é ouvido durante a conexão ou • Dispositivos como MP3 Player/telefone/
talvez não funcione. desconexão do dispositivo USB. câmera digital podem ser irreconhecíveis
• O sistema talvez não reproduza arquivos • Desconectar o dispositivo USB externo pelo padrão USB I/F.
MP3 ou WMA não autenticados. durante a execução no modo USB pode • O carregamento via USB pode não ser
1) O dispositivo reproduz apenas arquivos danificar ou causar uma falha no dispo- possível para alguns telefones.
MP3 com a taxa de compressão entre sitivo. Portanto, desconecte o dispositivo • Dispositivos USB HDD ou USB estão
8Kbps à 320Kbps. USB quando o áudio está desligado ou suscetíveis a falhas de conexão devido a
2) O dispositivo só reproduz arquivos em outro modo (por exemplo Modo Rá- vibrações do veículo.
WMA com a taxa de compressão entre dio). • Alguns dispositivos USB não padroniza-
8Kbps a 320Kbps. • Dependendo do tipo e capacidade do dos (METAL COVER TYPE USB) po-
• Cuidado com a eletricidade estática dispositivo USB externo ou do tipo dos dem não ser reconhecidos.
quando conectar ou desconectar o dispo- arquivos armazenados no dispositivo, • Alguns leitores de dispositivos USB com
sitivo USB externo. haverá uma variação no tempo de reco- memória flash (como CF, SD, micro SD,
• Um MP3 PLAYER criptografado não nhecimento do dispositivo. etc.) ou dispositivos externos HDD po-
será reconhecido. • Não use o dispositivo USB para outros dem ser irreconhecíveis.
• Dependendo da condição do dispositivo propósitos além de reproduzir arquivos • Arquivos de música protegidos pela
USB externo, ele pode não ser reconhe- de música. DRM (DIGITAL RIGHTS MANAGE-
cido. • Não é possível reproduzir vídeos através MENT - Gestão de Direitos Digitais) não
• Se a configuração de bytes/setor do dis- do USB. são reconhecidos.

4 106
Características do seu veículo

• Os dados na memória USB podem ser • Alguns dispositivos iPod®, como o iPho- • Quando ajustar os efeitos de som do
perdidos durante o uso do áudio. Sempre ne®, podem ser conectados através da iPod® e do sistema de áudio, os efeitos
faça uma cópia de segurança de dados interface Bluetooth®. Wireless Techno- de som dos dois dispositivos serão sobre-
importantes do dispositivo de armazena- logy. O dispositivo deve ter compatibili- postos e podem reduzir ou distorcer a
mento pessoal. dade de áudio com Bluetooth® Wireless qualidade do som.
• Evite usar adaptadores USB Technology (como para fones de ouvido • Desative (desligue) a função do equaliza-
ou acessórios que podem da- estéreo). O dispositivo pode reproduzir, dor do iPod® quando ajustar o volume
nificar o terminal USB. Use mas não será controlado pelo sistema de do sistema de áudio e desligue o equali-
apenas o tipo certo de conec- áudio. zador do sistema de áudio quando usar o
tor. • Para usar as características do iPod® equalizador do iPod®.
dentro do sistema de áudio, use o cabo • Quando não usar o iPod® com o áudio
] NOTA- Uso do dispositivo fornecido durante a compra do disposi- do veículo, desconecte o cabo do iPod®.
iPod® tivo iPod®. Caso contrário, o iPod® pode permane-
• Alguns modelos de iPod® podem não • O funcionamento incorreto pode ocorrer cer no modo de acessórios e não funcio-
suportar o protocolo de comunicação e dependendo das características de seu nar corretamente.
os arquivos podem não ser reproduzidos dispositivo iPod®/iPhone®. • Diferentemente do cabo 1M compra-
corretamente. Modelos de iPod® supor- • Se o seu iPhone® está conectado ao do com o iPod®/iPhone®, o cabo longo
tados: Bluetooth® Wireless Technology e ao pode não ser reconhecido.
-- iPhone® 3GS/4 USB, o som pode não ser reproduzido
-- iPod® touch 1ª à 4ª geração corretamente. No seu iPhone®, selecione
-- iPod® nano 1ª à 6ª geração “Dock connector” ou Bluetooth® Wire-
less Technology para alterar a saída de
-- iPod® classic som (fonte).
• A ordem de busca ou reprodução das • Quando conectar o iPod® com o cabo de
músicas no iPod® pode ser diferente da alimentação do próprio iPod®, insira o
ordem de busca do sistema de áudio. conector na conexão multimídia comple-
• Se o iPod® desligar devido a falha inter- tamente. Caso contrário, a comunicação
na, reinicie o iPod®. entre o iPod® e o sistema de áudio pode
(Reinicialização: Consulte o manual do ser interrompida.
iPod®)
• Um iPod® pode não funcionar correta-
mente com carga baixa da bateria.

4 107
Características do seu veículo

] NOTA - Uso do Bluetooth® • Os recursos do Bluetooth® Wireless Te- • O pareamento e a conexão do Bluetoo-
chnology aceitos no veículo são descris- th® Wireless Technology habilitados no
Wireless Technology no tos a seguir. Alguns recursos podem não telefone só funcionam quando a opção
Telefone ser aceitos dependendo do seu dispositi- Bluetooth®Wireless Technology dentro
• Bluetooth® Wireless Technology “Han- vo Bluetooth® Wireless Technology. do telefone estiver ligada (os métodos de
dsfree” (mãos livres) se refere a um dis- -- Chamadas “Handsfree” (mãos livres) habilitar o Bluetooth® Wireless Tech-
positivo que permite ao usuário fazer com Bluetooth® Wireless Technology nology podem ser diferentes dependen-
chamadas de telefone com o Bluetooth® -- Operação do menu durante a chamada do do tipo de telefone).
Wireless Technology através do sistema (alternar entre chamada privada, cha- • Não use o telefone ou realize configura-
de áudio. mada em espera e volume de saída) ções no Bluetooth® Wireless Technolo-
• O Bluetooth® Wireless Technology per- -- Baixar histórico de chamadas gy (por exemplo, parear um telefone)
mite que dispositivos sejam conectados -- Baixar agenda telefônica enquanto dirige.
à curta distância, incluindo dispositivos -- Baixar automaticamente agenda tele- • Mesmo que o telefone aceite o Blue-
“Handsfree” (mãos livres), fones de ou- fônica/histórico de chamadas tooth® Wireless Technology, o telefone
vido estéreo, controles remotos, etc. Para -- Conexão automática do dispositivo não será encontrado durante a busca se
mais informações, visite o site www. Bluetooth® Wireless Technology o dispositivo não estiver visível ou se o
Bluetooth.com. -- Áudio Bluetooth® Wireless Techno- Bluetooth® Wireless Technology estiver
Antes de usar as características de áudio logy. desligado. Desabilite o modo invisível
Bluetooth® Wireless Technology: ou ligue o Bluetooth® Wireless Techno-
• Antes de usar os recuros do Bluetooth® logy antes de realizar a busca/conexão
• A marca mundial e logos Bluetooth® são Wireless Technology para o sistema de
marcas registradas de propriedade de com o sistema de áudio do veículo.
áudio, consulte o manual do usuário do
Bluetooth® SIG, Inc. e o uso dessas mar- seu telefone sobre as operações Bluetoo- • Não será possível usar o recurso “Han-
cas pela Hyundai foi licenciado. Outras th® Wireless Technology no telefone. dsfree” (mãos livres) quando o telefone
marcas e nomes comerciais são de seus (no veículo) estiver fora da área de co-
respectivos proprietários. É necessário • O telefone deve ser pareado com o sis- bertura (por exemplo em túneis, áreas
um telefone com o Bluetooth® ativado tema de áudio para usar os recursos do montanhosas, etc.).
para usar o Bluetooth® Wireless Tech- Bluetooth® Wireless Technology.
• Se o sinal do telefone for fraco ou o som
nology. no interior do veículo estiver muito alto,
será difícil ouvir a voz durante as liga-
ções.

4 108
Características do seu veículo

• Não coloque o telefone perto ou dentro 2) Desligue o Bluetooth® Wireless Techno- • Apenas um dispositivo Bluetooth® Wi-
de objetos metálicos, caso contrário a logy do sistema de áudio do veículo. reless Technology por vez pode ser co-
comunicação com o sistema Bluetooth® -- Para desligar o Bluetooth® Wireless nectado.
Wireless Technology ou com o serviço de Technology do sistema de áudio do • Em alguns celulares, ligar a ignição du-
telefonia podem ser afetados. veículo, vá para [SETUP] > [Phone] rante uma chamada “Handsfree” (mãos
• Usar o sistema de áudio em ambientes e [turn off] Bluetooth® Wireless Te- livres) com o Bluetooth® Wireless Tech-
com ondas eletromagnéticas pode cau- chnology. nology pode cortar a chamada (refaça a
sar interferência. • A conexão do Bluetooth® Wireless Te- chamada após ligar a ignição).
• Alguns celulares ou outros dispositivos chnology pode ser intermitente em al- • Se o celular não está pareado ou conec-
podem causar interferências ou falhas guns telefones. Siga essas etapas antes tado, não é possível entrar no modo Te-
no sistema de áudio. Neste caso, colocar de tentar novamente: lefone. Assim que o telefone estiver pa-
o dispositivo em um lugar diferente pode 1) Desligue e ligue a função Bluetooth® reado ou conectado, a tela de instruções
resolver este problema. Wireless Technology no celular e tente será exibida.
• Quando um telefone é conectado através novamente.
do Bluetooth® Wireless Technology, ele 2) Desligue e ligue o celular e tente nova-
pode descarregar mais rápido do que o mente.
normal devido ao uso dos recursos Blue- 3) Remova a bateria do celular, reinicie e
tooth® Wireless Technology. tente novamente.
• O Bluetooth® Wireless Technology do 4) Reinicie o sistema de áudio e tente no-
telefone se conectará automaticamente vamente.
quando estiver próximo ao veículo. Se 5) Apague todos os dispositivos pareados e
não desejar a conexão automática do tente novamente.
Bluetooth® Wireless Technology do tele- • É possível parear até 5 dispositivos
fone, tente o seguinte: Bluetooth® Wireless Technology no sis-
1) Desligue o Bluetooth® Wireless Techno- tema do veículo.
logy do seu telefone. • Os nomes dos contatos do telefone de-
vem ser salvos em Inglês ou podem não
ser exibidos corretamente.
• O volume e a qualidade da chamada
“Handsfree” (mãos livres) podem dife-
rir dependendo do telefone.

4 109
Características do seu veículo

Modo Rádio SCAN


CUIDADO Com o botão do Modo Rádio Pressione o botão [AST/SCAN]
• O Bluetooth®Wireless Technology • Pressionar brevemente o botão: Após var-
“Handsfree” (mãos livres) é um rer todas as frequências, salva estações
recurso que permite ao motorista com boa recepção nos botões de progra-
dirigir com segurança. Conectar mação. Se nenhuma frequência for recebi-
o sistema de áudio do veículo da, então a frequência mais recente será
com o Bluetooth® Wireless Tech- tocada.
nology de um telefone permite ao • Pressionar e segurar o botão: A frequência
usuário fazer e receber chamadas das estações vai aumentado, sendo repro-
e verificar a agenda do celular de SEEK
duzido 5 segundos de cada estação. Após
forma conveniente. Antes de usar Pressione o botão [SEEK TRACK]
varrer todas as frequências, o sistema re-
o Bluetooth® Wireless Technology, • Pressionar brevemente o botão: Altera a torna e reproduz a estação atual.
leia cuidadosamente o conteúdo frequência.
deste manual. • Pressionar e segurar o botão: Busca auto- Seleção de busca manual
• O uso em excesso ou operações maticamente a próxima frequência. Gire o botão TUNE para a esquerda/direita
durante a condução pode causar para ajustar a frequência.
distração e acidentes. Programação SEEK
• Não use o dispositivo excessiva- Pressione um dos botões de [1] à [6]
mente enquanto dirige. • Pressionar brevemente o botão: Toca a fre-
• Verificar a tela prolongadamente quência salva no botão correspondente.
é perigoso e pode causar aciden- • Pressionar e segurar o botão: Pressionar e
tes. segurar um dos botões de [1] à [6] salvará
• Quando dirigir, observe a tela a estação tocada no momento no botão se-
apenas por breves períodos. lecionado e um som de “BEEP” será ouvido.

4 110
Características do seu veículo

Modo Mídia Execução aleatória Troca de Música/Arquivo


Com o botão do Modo Mídia Enquanto uma música (arquivo) está tocando Enquanto uma música (arquivo) está sendo
Pressione o botão [MEDIA] para alterar o mo-  Botão [RDM] tocada  botão [SEEK TRACK ] ∨
do entre USB (iPod®) fl AUX fl BT Audio. Modo USB: FLD.RDM na tela • Pressionar brevemente o botão: Toca a mú-
O diretório/nome do arquivo é exibido na tela. • Execução aleatória de diretório (Pressio- sica atual desde o começo.
nar brevemente o botão): Reproduz todos ∨
Se o botão [SEEK TRACK ] for pressiona-
nn Modo USB do novamente dentro de 1 segundo, a música
os arquivos dentro da pasta atual de forma
aleatória. anterior é tocada.
Modo USB: ALL RDM na tela • Pressionar e segurar o botão: retroceder ra-
• Execução aleatória (pressionar duas ve- pidamente a música.
zes): Reproduz todos os arquivos aleatoria- Enquanto uma música (arquivo) está sendo
mente. tocada  botão [SEEK TRACK ] ∧
Modo iPod®: RDM na tela • Pressionar brevemente o botão: Toca a pró-
• Execução aleatória (Pressionar brevemente xima música.
As músicas são tocadas automaticamente
o botão): Reproduz todos os arquivos alea- • Pressionar e segurar o botão: Avança rapi-
quando um dispositivo USB é conectado.
toriamente. damente a música.
Repetição Pressione o botão [RDM] novamente para de-
Enquanto uma música (arquivo) está tocando sabilitar a execução aleatória.
 botão [RPT]
Modo USB, iPod® : RPT na tela
• Para repetir uma música (pressionar breve-
mente o botão): Repete a música atual.
Modo USB: FLD.RPT na tela
• Para repetir o diretório (pressionar duas
vezes): repete todos os arquivos dentro do
diretório atual.
Pressione o botão [RPT] novamente para de-
sabilitar a repetição.

4 111
Características do seu veículo

Varredura MENU: USB Folder Repeat (Repetição de diretório): Botão


• Pressionar brevemente o botão [3]
[AST/SCAN]: Reproduz todas as músicas a Repete as músicas dentro do diretório atual.
partir da próxima música por 10 segundos Pressione F.RPT novamente para desabilitar
cada. o recurso.
• Pressione o botão [AST/SCAN] novamente
para desligar. All Random (Execução aleatória geral): Botão
• A função “SCAN” (varredura) não é aceita [4]
no modo iPod®. Executa aleatoriamente todas as músicas
Pressione o botão [MENU] do modo USB dentro do USB.
Busca de diretórios (apenas modo USB) para selecionar “Repeat” (Repetição), “Folder Pressione A.RDM novamente para desabilitar
Quando um arquivo está tocando  Botão Random” (Execução aleatória de diretório), o recurso.
[FOLDER ] ∧ “Folder Repeat” (Repetição de diretório), “All
Information (Informação): Botão [5]
• Busca o próximo diretório. Random” (Execução aleatória geral), “Infor-
Quando um arquivo está tocando  Botão mation” (Informação) e “Copy” (Cópia). Exibe a informação da música atual.
[FOLDER ] ∨ Repeat (Repetição): Botão [1]
Pressione o botão [MENU] para fechar a tela
de informação.
• Busca o diretório principal. Se um diretório Repete a música atual.
for selecionado com o botão TUNE, o pri- Pressione RPT novamente para desabilitar o
meiro arquivo dentro do diretório seleciona- recurso.
do será tocado.
Folder Random (Execução aleatória de diretó-
Busca de músicas (Arquivos) rio): Botão [2]
• Girar o botão TUNE: Busca por músicas Executa aleatoriamente músicas do diretório
(arquivos). atual.
• Pressionar o botão TUNE: Toca a música Pressione F.RDM novamente para desabilitar
(arquivo) selecionada. o recurso.

4 112
Características do seu veículo

MENU: iPod® Information (Informação): Botão [3] MENU: AUX


Exibe a informação da música atual.
Pressione o botão [MENU] para fechar a tela
de informação.
Search (Busca): Botão [4]
Exibe a lista de categoria do iPod®.
Durante a busca de categoria do iPod®, pres-
sionar o botão [MENU] seleciona a categoria
No modo iPod® pressione o botão [MENU] principal. O modo AUX é usado para reproduzir mídias
para selecionar “Repeat” (Repetição), “Ran- externas conectadas ao terminal AUX.
dom” (Execução aleatória), “Information” (In- O modo AUX será iniciado automaticamente
formação) e “Search” (Busca). quando um dispositivo externo for conectado
ao terminal AUX.
Repeat (Repetição): Botão [1]
Se um dispositivo externo for conectado, é
Repete a música atual.
possível pressionar o botão [MEDIA] para al-
Pressione RPT novamente para desabilitar o terar o modo AUX.
recurso.
O modo AUX não pode ser iniciado a menos
Random (Execução aleatória): Botão [2] que um dispositivo externo esteja conectado
Executa aleatoriamente todas as músicas da ao terminal AUX.
categoria atual.
Pressione RDM novamente para desabilitar o
recurso. ] NOTA - Uso do modo AUX
Insira completamente o cabo AUX no ter-
minal AUX para usar.

4 113
Características do seu veículo

MENU: Áudio com Bluetooth® Modo Telefone


Wireless Technology ATENÇÃO Ligações com os controles no volante
Dirigir distraído pode resultar na de direção
Se BT Audio for selecionado, o áudio
Bluetooth® Wireless Technology será perda de controle do veículo e cau-
iniciado. sar um acidente, resultando em feri-
mentos graves ou morte. A respon-
O áudio pode não iniciar automaticamente em
sabilidade primária do motorista é
alguns telefones.
a segurança e a condução correta
do veículo. O uso de dispositivos
manuais, outros equipamentos ou
sistemas do veículo podem tirar a
atenção do motorista. Isso não é
permitido por lei e nunca deve ser
feito durante a condução do veícu-
lo.
Tocar/Pausar: Pressione o botão TUNE para h As características atuais do veículo podem
tocar e pausar a música atual. divergir da ilustração.
As funções música anterior/música posterior/ (1) Aumenta ou diminui o volume dos alto-
tocar/pausar podem não ser suportadas em -falantes.
alguns telefones. (2) Deixa mudo o microfone durante a liga-
ção.Pressionar e segurar o botão: Altera
para a tela de configuração de hora.

4 114
Características do seu veículo

(3) Efetua e transfere chamadas. MENU: Telefone Contacts (Contatos): Botão [3]
• Verifica o histórico de chamadas e faz liga- Os contatos são exibidos e podem ser utiliza-
ções dos para selecionar um número e efetuar uma
Pressione brevemente o botão chamada.
[Call] nos controles do volante de Se mais de um número for salvo para um con-
direção. tato, uma tela com número do telefone celular,
A lista do histórico de chamadas número do telefone residencial e número do
será exibida na tela. telefone comercial será exibida. Selecione o
Pressione o botão [Call] novamen- número desejado para efetuar a ligação.
Pressione o botão [PHONE] para exibir quatro Se não houver contatos, será exibida uma tela
te para iniciar a chamada do nú- menus (Favorites, Call History, Contacts, Pho-
mero selecionado. perguntando se gostaria de baixar os contatos
ne Setup). do telefone (o recurso de baixar conteúdo po-
• Rediscagem para o último número discado
Pressione e segure o botão [Call] de não ser aceito em alguns telefones).
nos controles do volante de dire- Favorite (Favoritos): Botão [1] Setup (Configuração): Botão [4]
ção Mais de 20 contatos utilizados frequentemente A tela de configuração do Bluetooth® Wireless
Uma chamada é iniciada para últi- podem ser salvos para facilitar o acesso. Technology para o telefone é exibida. Para
mo número discado. mais informações, consulte “Configurações do
History (Histórico): Botão [2]
(4) Pressione o botão para alterar a fonte do Telefone”.
áudio. O histórico de chamadas é exibido e pode ser
utilizado para selecionar um número e fazer
FM fl AM fl USB(iPod®) fl AUX fl BT
uma ligação.
Audio.
Se não houver histórico de chamadas, será
(5) Finaliza a chamada ou cancela as fun-
exibida uma tela perguntando se gostaria de
ções.
baixar o histórico de chamadas do telefone
(o recurso de baixar conteúdo pode não ser
aceito em alguns telefones).

4 115
Características do seu veículo

Modo de Configuração Com o botão Display Rolagem do texto


[Text Scroll]  Selecione [On/Off].
• [On]: Mantém a rolagem
• [Off]: Uma rolagem por vez

Pressione o botão [SETUP/CLOCK] para exi-


bir a tela de configuração.
Podem ser selecionadas e controladas op-
Exibição de mídia
ções relacionadas a Tela, Som, Relógio, Tele-
fone e Sistema. Ao reproduzir um arquivo MP3, selecione a
exibição da informação desejada entre “Dire-
Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Sele- tório/Arquivo” ou “Álbum/Artista/Música”.
cione [Display]
Modo de exibição
[Mode Pop up]  Altere o modo de seleção
para [On]
• Enquanto ligado, pressione o botão [RA-
DIO] ou [MEDIA] para mostrar a alteração
do modo de exibição da tela.

4 116
Características do seu veículo

Com o botão Sound

Posição
Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Sele- Este menu permite ajustar o Balanço e a Dis-
cione [Sound]. tribuição.
Selecione [Position].
• Return (Retornar): Pressionar o botão
TUNE enquanto ajusta os valores retorna
ao menu principal.
Tom • Fader, Balance (Distribuição, Balanço):
Este menu permite ajustar os tons Graves, Ajusta a distribuição e o balanço do som.
Médios e Agudos. • Default (Padrão): Restaura a configuração
Selecione [Tone]. padrão.
Return (Retornar): Quando pressionar o botão
TUNE enquanto ajusta os valores retorna ao
menu principal.
• Bass, Middle, Treble (Grave, Médio, Agu-
do): Seleciona o tom do áudio.
• Default (Padrão): Restaura a configuração
padrão.

4 117
Características do seu veículo

Com o botão Clock Formato da hora


Esta função é utilizada para ajustar o formato
da hora (12/24) do sistema de áudio.
Selecione [Time Format]  Selecione
12hr/24hr.

Configurações do Relógio
Exibição do Relógio com o Motor Desligado
Este menu é utilizado para ajustar as horas.
Selecione [Clock Disp. (Pwr Off)  Selecione
Selecione [Clock Settings].
[On / Off].
Ajuste o número em destaque para definir a
• [On]; Exibe a hora e a data na tela
hora e pressione o botão TUNE para definir
os minutos. • [Off]: Desabilita o recurso

Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Sele-


cione [Clock].

Configurações do Calendário
Este menu é utilizado para ajustar a data.
Selecione [Calendar Settings].
Ajuste o número em destaque e pressione o
botão TUNE para mover para o próximo ajus-
te.

4 118
Características do seu veículo

Com o botão Phone Pareamento do Telefone


Selecione [Pair Phone].

CUIDADO
Para parear o telefone com
Bluetooth® Wireless Technology,
é necessário primeiro conectar e Dispositivo com suporte SSP:
autenticar. Por este motivo, não é ➁ Após alguns segundos, a tela exibe a
possível parear o telefone enquanto senha de 6 dígitos.
dirige o veículo. Estacione o veículo Verifique a senha no seu dispositivo Blue-
antes de parear. tooth® Wireless Technology e confirme.
O nome do dispositivo e a senha serão exi-
➀ Procure por nomes de dispositivos bidos na tela durante 3 minutos. Se o parea-
exibidos no seu telefone e conecte. mento não for finalizado dentro de 3 minutos,
Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Sele- h SSP: Pareamento Seguro Simples. o telefone irá cancelar o processo de parea-
cione [Phone]. mento automaticamente.
➂ “Pairing completion” (Pareamento
concluído) é exibido.
Em alguns telefones, após o pareamento o te-
lefone é conectado automaticamente.
É possível parear até cinco telefones com o
Bluetooth® Wireless Technology.
Dispositivo sem suporte SSP:
➁ Após alguns segundos, a tela irá
exibir onde a senha deve ser inserida.
Insira a senha “0000” para parear o seu dispo-
sitivo Bluetooth® Wireless Technology com o
sistema de áudio do carro.

4 119
Características do seu veículo

Lista de telefones • Conectar um telefone • Desconectar um telefone


O nome dos 5 telefones pareados irão ser exi- Selecione [Phone List]  Selecione o telefone Selecione [Phone List]  Selecione o telefone
bidos.  Selecione [Connect Phone].  Selecione [Disconect Phone].
É exibido o símbolo [] na frente do telefone ➀ Selecione um telefone que não esteja ➀ Selecione o telefone conectado.
que está conectado. conectado. ➁ Desconecte o telefone selecionado.
Selecione o nome desejado para configurar o ➁ Conecte o telefone selecionado. ➂ “Disconnection completion” (Desconexão
telefone selecionado. ➂ “Connection completion” (Conexão concluída) é exibido.
concluída) será exibido.
Se um telefone já estiver conectado, desco-
necte o telefone atual e selecione um novo
telefone para conectar.

4 120
Características do seu veículo

• Deletar Baixar contatos Volume de saída


Selecione [Phone List] >> Selecione o telefone Este recurso é usado para baixar contatos e Este recurso é usado para ajustar o volume da
>> Selecione [Delete]. históricos de chamadas para o sistema de áu- sua voz que será ouvida pela outra pessoa du-
➀ Selecione o telefone desejado. dio. rante uma chamda com o Bluetooth® Wireless
➁ Delete o telefone desejado. Selecione [Contacts Download]. Technology “Handsfree” (mãos livres).
➂ “Deletion completion” (Exclusão Selecione [Outgoing Volume]  Ajuste o vo-
concluída) é exibido. CUIDADO lume.
Quando tentar deletar um telefone conectado, • O recurso para baixar contatos Durante uma ligação, o volume pode ser alte-
o telefone será desconectado antes da exclu- pode não ser aceito em alguns rado com o botão [SEEK TRACK].
são. telefones.
• Quando baixar novos contatos,
CUIDADO Desligar o sistema Bluetooth
delete todos os contatos salvos
• Quando deletar um telefone, os anteriormente antes de começar Este recurso é usado quando não se deseja
contatos também serão deleta- a baixar. usar o sistema Bluetooth® Wireless Techno-
dos. logy.
• Para comunicação estável com o Selecione [Bluetooth System Off]
Bluetooth® Wireless Technology, Se o telefone já está conectado, ele é desco-
delete o telefone do sistema de nectado e o sistema Bluetooth® Wireless Te-
áudio e também delete o sistema chnology desligado.
de áudio do telefone.

4 121
Características do seu veículo

Utilização do Bluetooth® Wireless Technology Com o botão do sistema


Para usar o Bluetooth® Wireless Technology
quando o sistema está desligado, siga essas
etapas:
• Ligue o Bluetooth® Wireless Technology
através do botão [PHONE]
Pressione o botão [PHONE]  Tela de instru-
ções. Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Sele-
Entra na tela onde as funções do Bluetooth® cione [System].
Wireless Technology podem ser usadas e
mostra as instruções.
• Ligue o Bluetooth® Wireless Technology
através do botão [SETUP/CLOCK]
Pressione o botão [SETUP/CLOCK]  Se-
lecione [Phone].
➀ Uma tela pedindo permissão para
ligar o Bluetooth® Wireless Technology
é exibida. Idioma
➁ Na tela, selecione [YES] para ligar o Este menu é usado para configurar a tela.
Bluetooth® Wireless Technology e Selecione [Language].
mostrar as instruções. O sistema será reiniciado após a troca de idio-
Se o sistema Bluetooth® Wireless Technology ma.
é ligado, o sistema tentará se conectar auto- • Idiomas abrangidos pela região:
maticamente com o telefone Bluetooth® Wire- Inglês, Português.
less Technology conectado recentemente.

4 122
Características do seu veículo

Declaração de Conformidade

ANATEL para o Brasil

4 123
Características do seu veículo

4 124
Conduzindo o seu veículo

Antes de utilizar seu veículo.......................................................... 5-4 Condução no inverno................................................................... 5-28


• Antes de entrar no seu veículo........................................................... 5-4 • Condução com gelo ou neve............................................................. 5-29
• Inspeções necessárias......................................................................... 5-4 • Utilize anticongelante de alta qualidade......................................... 5-31
• Recomendações antes de dar a partida no motor............................ 5-4 • Verifique as baterias e os cabos....................................................... 5-31
Posições da chave........................................................................... 5-5 • Óleo do motor................................................................................... 5-31
• Posição do interruptor de ignição (se equipado)............................. 5-5 • Velas e sistema de ignição................................................................ 5-31
• Partida no motor................................................................................. 5-6 • Fechaduras........................................................................................ 5-31
• Anticongelante para o lavador do para-brisa................................ 5-31
Transmissão manual (se equipado).............................................. 5-8 • Não deixe o freio de estacionamento congelar............................... 5-31
• Funcionamento da transmissão manual........................................... 5-8 • Não deixe que gelo ou neve se acumulem sob o veículo................ 5-32
• Sugestões de condução..................................................................... 5-10 • Equipamentos de emergência.......................................................... 5-32
Transmissão automática (se equipado)...................................... 5-12 • Não coloque objetos estranhos no compartimento do motor....... 5-32
• Operação da transmissão automática............................................. 5-12 Reboque........................................................................................ 5-32
• Sugestões de condução..................................................................... 5-15 • Engates.............................................................................................. 5-33
Sistema de freios........................................................................... 5-16 • Correntes de segurança.................................................................... 5-34 5
• Freios assistidos a vácuo.................................................................. 5-16 • Freios de reboque.............................................................................. 5-34
• Freio de estacionamento................................................................... 5-18 • Dirigindo com um reboque.............................................................. 5-34
• Sistema de freios anti-bloqueio (ABS) (se equipado).................... 5-19 • Manutenção quando efetuar reboque............................................. 5-37
• Práticas para uma boa frenagem.................................................... 5-21 • Se decidir efetuar um reboque........................................................ 5-38
Condução econômica................................................................... 5-22 Peso do veículo.............................................................................. 5-40
• Peso em ordem de marcha básico................................................... 5-40
Condições especiais de condução................................................ 5-24
• Peso em ordem de marcha do veículo............................................. 5-40
• Condições perigosas de condução................................................... 5-24
• Peso de carga..................................................................................... 5-40
• Desatolando o veículo....................................................................... 5-25
• Peso bruto permitido por eixo......................................................... 5-40
• Aderência nas curvas....................................................................... 5-25
• Peso bruto máximo permitido por eixo.......................................... 5-40
• Condução noturna............................................................................ 5-26
• Peso bruto do veículo....................................................................... 5-40
• Condução sob chuva......................................................................... 5-26
• Peso bruto total do veículo............................................................... 5-40
• Condução em áreas inundadas........................................................ 5-27
• Condução fora de estrada................................................................ 5-27
• Condução em auto-estrada.............................................................. 5-27
Conduzindo o seu veículo

52
Conduzindo o seu veículo

ATENÇÃO
Os gases de escape podem ser perigosos!
Os gases de escape podem ser extremamente perigosos. Caso sinta o cheiro de gases de escape dentro do veículo, abra os
vidros imediatamente.
• Não inale os gases de escape.
Os gases de escape do motor contêm monóxido de carbono, gás incolor e inodoro que pode causar inconsciência e morte por asfixia.
Certifique-se que o sistema de escape não apresente vazamentos.
O sistema de escape deve ser verificado sempre que o veículo for levantado para uma troca de óleo ou qualquer outra finalidade. Se
perceber alteração no ruído de escape ou se algum objeto bater sob o veículo, recomendamos que o sistema seja verificado por conces-
sionária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB).
• Não deixe o motor funcionando em área fechada.
Deixar o motor funcionar dentro de uma garagem, mesmo com a porta da garagem aberta, é uma prática perigosa. Nunca deixe o motor
funcionar dentro de uma área fechada por mais tempo do que levaria para dar partida no motor e conduzir o veículo para fora do local.
• Evite deixar o motor funcionando em marcha lenta por períodos prolongados com pessoas no interior do veículo.
Se isso for necessário, faça-o apenas em uma área aberta, com o controle de entrada de ar na posição de ar externo, e coloque o con-
trole de velocidade do ventilador na velocidade mais alta para forçar a entrada do ar externo para o interior do veículo.

Se for necessário conduzir o veículo com a tampa do porta-malas aberto para acomodar algum objeto, proceda da seguinte maneira:
1. Feche todos os vidros.
2. Abra os difusores laterais.
3. Ajuste o controle de entrada de ar na posição de ar externo, o controle de fluxo de ar na posição “Assoalho” ou “Rosto” e o
controle de velocidade do ventilador na velocidade mais alta.

Para que o sistema de ventilação funcione corretamente, certifique-se que as entradas de ar localizadas na frente do para-brisa,
estejam desobstruídas (sem folhas ou outros objetos).

53
Conduzindo o seu veículo

ANTES DE UTILIZAR SEU Inspeções necessárias Recomendações antes de dar


VEÍCULO Os níveis dos fluidos, tais como, óleo do mo- a partida no motor
tor, líquido de arrefecimento do motor, fluido • Feche e trave todas as portas.
Antes de entrar no seu veículo do freio e líquido do lavador do para-brisa • Banco posicionado de forma que todos os
• Certifique-se que todos os vidros, devem ser verificados periodicamente, com controles sejam facilmente alcançados.
espelho(s) retrovisor(es) externo(s) e lu- intervalos exatos dependendo do fluido. Para Espelhos retrovisores internos e externos
zes externas estejam limpos. maiores detalhes, consulte a seção 7, “Manu- ajustados.
• Verifique a condição dos pneus. tenção”. • Certifique-se que todas as luzes estejam
• Verifique se há algum sinal de vazamento funcionando.
na parte inferior do veículo. • Verifique todos os indicadores (nível de
• Certifique-se que não haja obstáculos na ATENÇÃO combustível e temperatura).
parte traseira, caso deseje engatar a mar- • Verifique o funcionamento das luzes de
cha a ré. Conduzir com distração pode resultar advertência quando o interruptor de igni-
na perda de controle do veículo, o que ção estiver na posição “ON”.
pode provocar um acidente, ferimen-
• Libere o freio de estacionamento e certifi-
tos graves e morte. A responsabilidade
que-se que a luz de advertência do freio
primária do motorista está na operação
apague.
segura e legal de um veículo, e a utili-
Para um funcionamento seguro, certifique-se
zação de dispositivos portáteis, outros
de estar familiarizado com seu veículo e equi-
equipamentos ou sistemas do veículo
pamentos.
que desviem os olhos do motorista, sua
atenção e o foco da operação segura do
veículo, ou que não sejam permitidos ATENÇÃO
por lei, nunca deve ocorrer durante a Todos os passageiros devem usar
condução do veículo. o cinto de segurança sempre que
o veículo estiver em movimento.
Consulte “Cintos de segurança”, na
seção 3, para mais informações sobre
o uso apropriado deles.

54
Conduzindo o seu veículo

POSIÇÕES DA CHAVE
ATENÇÃO ATENÇÃO
Posição do interruptor de
Verifique sempre se não há pessoas, • Quando pretender estacionar ou parar
especialmente crianças, nas áreas ao o veículo com o motor ligado, tenha ignição (se equipado)
redor de seu veículo antes de colocá-lo cuidado para não pressionar o pedal “LOCK” (Travado)
em “D” (Condução normal) ou “R” (Ré). do acelerador por um longo período de
tempo. Isso pode superaquecer o motor
ou o sistema de escape e provocar um
incêndio.
ATENÇÃO • Quando frear subitamente ou girar o
Não dirigir sob influência de ál- volante de direção rapidamente, objetos
cool ou drogas soltos podem cair no assoalho e inter-
Beber e dirigir é perigoso. Dirigir alcoo- ferir com o funcionamento dos pedais,
lizado é a causa número um de mortes podendo causar um acidente. Mantenha
no trânsito todos os anos. Até mesmo todos os objetos armazenados no veícu-
uma pequena quantidade de álcool lo com segurança.
afetará seus reflexos, percepções e • Se não estiver concentrado na condu-
julgamento. Dirigir sob a influência de ção do veículo, isso pode causar um
drogas é tão perigoso quanto, ou mais acidente. Tenha cuidado ao operar algo
que possa desviar sua atenção da con- O volante é travado para proteção contra
perigoso do que dirigir alcoolizado. roubo. A chave de ignição somente pode ser
dução, tal como, o áudio ou o telefone
Você estará mais propenso a sofrer removida na posição “LOCK”. Ao girar o in-
celular. É responsabilidade do motorista
um acidente grave se beber ou usar terruptor de ignição para a posição “LOCK”,
dirigir sempre com segurança.
drogas e dirigir. pressione a chave para dentro, na posição
Se beber ou usar drogas, não dirija. “ACC”, e gire a chave para a posição “LOCK”.
Não ande no veículo com um motorista
que acabou de beber ou usar drogas.
Escolha um motorista que não bebeu
ou chame um táxi.

55
Conduzindo o seu veículo

“ACC” (Acessórios) Partida no motor


O volante de direção está destravado e os ATENÇÃO
acessórios elétricos podem ser ligados. Chave de ignição ATENÇÃO
QQNOTA • Nunca gire o interruptor de ignição para Utilize sempre calçados apropriados
Se tiver alguma dificuldade ao girar o interrup- a posição “LOCK” ou “ACC” enquanto ao conduzir seu veículo. Calçados
tor de ignição para a posição “ACC”, gire a cha- o veículo estiver em movimento. Isso re- inadequados (salto alto, botas, etc.)
ve enquanto estiver girando o volante de direção sultaria na perda do controle direcional podem atrapalhar a utilização do pedal
para a direita e para a esquerda para liberar a e da função de frenagem, o que poderia do freio, do acelerador e da embreagem
trava da posição “Lock”. causar um acidente. (se equipado).
• Nunca tente alcançar o interruptor de ig- • Não ligue o veículo com o pedal do
nição ou qualquer outro controle através acelerador pressionado. 
“ON” (Sistema Ligado)
do volante de direção, enquanto o veícu- O veículo pode andar e causar um
As luzes de advertência podem ser verifica- lo estiver em movimento. A presença de acidente. 
das antes da partida no motor. Esta é a po- sua mão ou braço nessa área pode cau- O veículo pode se mover repentina-
sição normal de funcionamento após dar a sar a perda de controle do veículo, um mente se o pedal do freio for liberado
partida no motor. acidente e ferimentos graves ou morte. com a rotação alta.
Não deixe o interruptor de ignição na posição • Não coloque objetos móveis perto do • Espere até a rotação do motor estar
“ON”, se o motor não estiver funcionando, pa- banco do motorista, pois eles podem se estabilizada. 
ra evitar a descarga da bateria. deslocar durante a condução, interferir O veículo pode se mover repentina-
com o motorista e causar um acidente. mente se o pedal do freio for liberado
“START” (Partida) quando a rotação está alta.
Gire a chave de ignição para a posição
“START” para dar a partida no motor. O motor
de partida será acionado e continuará girando
até que a chave seja liberada; em seguida,
retorne a chave para a posição “ON”. A luz de
advertência do freio pode ser verificada nesta
posição.

56
Conduzindo o seu veículo

1. Certifique-se que o freio de estaciona- Sistema auxiliar de partida a frio


mento esteja acionado. CUIDADO (Veículos flex, motor 1.0)
2. Transmissão manual – Pressione total- Se o motor morrer enquanto estiver
Se você der partida no motor equipado com
mente o pedal da embreagem e coloque em movimento, não tente colocar a sistema flex, quando a temperatura externa
a alavanca de mudanças na posição Neu- alavanca seletora na posição “P” (Es- estiver baixa (abaixo de 20°C), o sistema de
tro. Mantenha o pedal da embreagem e tacionado). Se as condições do tráfego auxílio para partida a frio funcionará automa-
o pedal do freio pressionados, enquanto e da estrada permitirem, você poderá ticamente, dependendo da condição de utili-
estiver girando o interruptor de ignição colocar a alavanca seletora na posi- zação.
para a posição “START”. ção “N” (Neutro) enquanto o veículo
Transmissão automática – Coloque a Para partida de um veículo flex quando o mo-
ainda estiver em movimento e girar o
alavanca seletora na posição “P” (Esta- tor estiver frio e a temperatura externa estiver
interruptor de ignição para a posição
cionado). Pressione totalmente o pedal baixa (abaixo de 20°C), deverá haver gasoli-
“START” para tentar uma nova partida na no reservatório.
do freio. no motor.
Também é possível dar partida no motor Para abastecer o reservatório de gasolina,
com a alavanca seletora na posição “N” consulte as páginas 2-12 e 4-29.
(Neutro).
3. Coloque o interruptor de ignição na posi-
CUIDADO
ção “START” e mantenha-o nesta posição • Não dê partida durante mais de 10
até a partida do motor (máximo de 10 se- segundos. Se o motor morrer ou fa-
gundos) e, em seguida, libere a chave. lhar, espere de 5 a 10 segundos an-
tes de dar uma nova partida. Uma
4. Não espere o motor aquecer enquanto o partida inadequada pode danificar
veículo permanece parado. Comece diri- o motor.
gindo em rotação moderada (evite acele- • Não gire o interruptor de ignição
rar e desacelerar repentinamente). para a posição START com o motor
A partida do motor deve ser realizada sem funcionando. Isto pode danificar o
pressionar o pedal do acelerador. motor de partida.

57
Conduzindo o seu veículo

TRANSMISSÃO MANUAL
(SE EQUIPADO) Funcionamento da transmis-
 são manual CUIDADO
A transmissão manual possui 5 ou 6 marchas • Ao reduzir da 5a marcha para a 4a
á frente. marcha, tome cuidado para não
O esquema de mudanças está inscrito no deslocar muito a alavanca para o
topo da manopla da alavanca de mudanças. lado esquerdo e, inadvertidamen-
A transmissão é totalmente sincronizada em te, engatar a 2a marcha em vez da
todas as marchas a frente, a fim de que as 4a. Tal redução brusca pode pro-
mudanças tanto para urna marcha mais alta vocar um excesso de rotação no
como para urna marcha mais baixa sejam efe- motor, fazendo com que o ponteiro
tuadas facilmente. do tacômetro atinja a região ver-
Durante a mudança de marchas, pressione melha. Esse excesso de rotação
totalmente o pedal da embreagem e, em se- pode danificar seriamente o motor.
guida, libere-o lentamente. Caso o seu veícu- • Não reduza mais que 2 marchas de
lo esteja equipado com interruptor de trava de uma vez ou com o motor em alta ro-
ignição, o motor não entrará em funcionamen- tação (5.000 rpm ou mais). Reduzir
to ao dar a partida no motor sem pressionar o desta maneira pode danificar o mo-
pedal da embreagem (se equipado). tor, a embreagem e a transmissão.
A alavanca de mudanças deve voltar á posi-
ção Neutro antes da mudança para a posição • Em dias muito frios, a mudança de mar-
“R” (Ré). Pressione o botão (tipo B) localizado chas pode tornar-se difícil enquanto o
logo abaixo da manopla da alavanca de mu- lubrificante da transmissão não estiver
danças, enquanto se faz a movimentação da aquecido. Isso é normal e não prejudica
alavanca de mudanças para a posição “R” a transmissão.
(Ré). Certifique-se que o veículo esteja com-
pletamente parado antes de mudar para a po-
A alavanca de mudanças pode ser movi- sição “R” (Ré).
mentada sem pressionar o botão (1).
Nunca deixe o motor funcionar com o ponteiro
O botão (1) deve ser pressionado en- do tacômetro (rpm) na região vermelha.
quanto se faz a movimentação da alavanca
de mudanças.

58
Conduzindo o seu veículo

• Caso o veículo esteja completamente pa- Utilização da embreagem


rado e ainda seja difícil engatar a 1a mar- ATENÇÃO A embreagem deve ser totalmente pressiona-
cha ou “R” (Ré), coloque a alavanca de da antes de realizar as mudanças de marcha
• Antes de sair do banco do motorista,
mudanças na posição Neutro e libere o e depois, liberada lentamente. Durante a con-
acione sempre o freio de estaciona-
pedal da embreagem. Pressione o pedal dução do veículo, o pedal da embreagem de-
mento totalmente e desligue o motor.
da embreagem até o fundo e, em seguida, ve estar sempre totalmente liberado. Enquan-
movimente a alavanca de mudanças para • C aso seu veículo tenha transmissão
manual não equipada com interruptor to estiver dirigindo, não descanse o pé sobre
a 1a marcha ou “R” (Ré). o pedal da embreagem, pois isso pode causar
de trava de ignição, ele poderá se mo-
vimentar e causar um acidente grave desgaste prematuro do sistema. Não acione
parcialmente a embreagem para segurar o
CUIDADO ao dar a partida no motor sem pres-
veículo em um aclive. Isso pode causar des-
sionar o pedal da embreagem, com o
• P ara evitar desgaste prematuro gaste desnecessário. Para segurar o veículo
freio de estacionamento liberado e a
e danos à embreagem, não dirija em um aclive, utilize o freio de serviço ou o
alavanca de mudanças fora da posi-
descansando o pé sobre o pedal freio de estacionamento. Não acione o pedal
ção Neutro.
da embreagem. Além disso, não da embreagem rápida e repetidamente
utilize a embreagem para manter • N ão utilize o freio motor (mudar de
o veículo parado em uma ladeira uma marcha alta para uma baixa) ra-
enquanto espera o sinal abrir, etc. pidamente ou em estradas escorrega- CUIDADO
• Não descanse a mão sobre alavan- dias. O veículo pode escorregar cau-
sando um acidente. Ao acionar o pedal da embreagem,
ca de mudanças enquanto estiver pressione-o totalmente. Caso não
dirigindo, pois isso pode causar pressione totalmente o pedal da em-
desgaste prematuro dos garfos de breagem, a embreagem sofrerá des-
engate. gaste prematuro ou poderá ocorrer
• Para prevenir possíveis danos no ruído.
sistema da embreagem, não arran-
que com a segunda marcha enga-
tada, exceto em pistas escorrega-
dias.

59
Conduzindo o seu veículo

Redução de marchas • Reduza a velocidade ao trafegar sob efei-


Quando precisar reduzir a marcha em tráfego to de ventos laterais. Isso lhe dará maior ATENÇÃO
pesado ou ao subir aclives, reduza a marcha controle sobre o veículo.
• Utilize sempre o cinto de seguran-
antes do motor começar a exigir a mudan- • Certifique-se que o veículo esteja com- ça! No momento de uma colisão, a
ça de marcha. A redução de marchas reduz pletamente parado antes de engatar a “R” pessoa que não estiver utilizando
a chance do motor morrer e fornece melhor (Ré). A transmissão poderá ser danifica- o cinto de segurança tem maior
aceleração quando precisar novamente au- da caso esta precaução não seja segui- probabilidade de sofrer ferimentos
mentar a velocidade. Quando o veículo es- da. Para engatar a “R” (Ré) (no caso do graves ou morrer do que aquela
tiver trafegando em declives acentuados, a tipo A), pressione a embreagem, mova a que o estiver utilizando.
redução de marchas mantém uma velocidade alavanca de mudanças para ponto morto,
• Evite curvas em alta velocidade.
segura e prolonga a vida útil dos freios. espere 3 segundos e engate a “R” (Ré).
• Não faça movimentos bruscos, co-
• Seja bastante cuidadoso ao dirigir em pis-
mo mudanças de faixa ou conver-
tas escorregadias. Tenha cuidado espe-
Sugestões de condução sões rápidas.
cial ao frear, acelerar ou fazer mudanças
• O risco de capotamento é maior
• Nunca desengrene o veículo em uma de marchas. Em pistas escorregadias,
quando se perde o controle do
descida. Isso pode ser extremamente uma mudança repentina de velocidade
veículo em alta velocidade.
perigoso. Mantenha sempre uma marcha poderá causar a perda de tração das ro-
engrenada com o veículo em movimento. das e a consequente perda de controle do • A perda do controle do veículo é
veículo. comum quando duas ou mais ro-
• Não sobrecarregue os freios para evitar
das perdem contato com a pista e
superaquecimento, perda de eficiência
o motorista vira demais o volante
e danos. Ao conduzir o veículo em um
para tentar retornar.
declive acentuado, diminua a velocidade
e selecione uma marcha mais reduzida. • No caso do veículo sair da pista,
Quando fizer isso, o freio motor ajudará não vire o volante abruptamente
manter ou diminuir a velocidade do veí- para tentar voltar. Neste caso, é
culo. aconselhável primeiro diminuir a
velocidade antes de manobrar pa-
• Reduza a velocidade antes de selecionar
ra retornar.
uma marcha mais reduzida. Isso evitará
um excesso de rotação, o que poderá • Jamais exceda os limites de velo-
causar danos no motor. cidade.

5 10
Conduzindo o seu veículo

Sugerimos que, para a melhoria da eficiência energética, os veículos equipados com motores
1.0L e 1.6L e transmissão manual, podem seguir as informações de velocidades de trocas de
marchas mencionadas na tabela abaixo.
Obs.: Os valores de velocidade abaixo se tratam de mera referência, a velocidade recomenda-
da de troca de marcha pode variar de acordo com as condições de condução, quantidade de
carga, condições do pavimento, relevo, entre outras.
Condições normais de condução podem consideradas aquelas onde, por exemplo, temos carga
leve no veículo, boas condições de pavimento e relevo plano e toda condição diferente pode ser
considerada condição severa (veja as condições de troca de marchas indicada nas tabelas abaixo).
Transmissão manual de 5 velocidades - Motores 1.0L
TROCAS DE MARCHAS CONDIÇÃO
DE
1ª para 2ª 2ª para 3ª 3ª para 4ª 4ª para 5ª CONDUÇÃO

VELOCIDADE NA 20 30 40 50 Normal
CIDADE (km/h) 21 40 65 72 Severa
VELOCIDADE NA
25 40 65 72 -
ESTRADA (km/h)
Transmissão manual 6 velocidades - Motores 1.6L e 1.0L Turbo
TROCAS DE MARCHAS CONDIÇÃO
DE
1ª para 2ª 2ª para 3ª 3ª para 4ª 4ª para 5ª 5ª para 6ª CONDUÇÃO

VELOCIDADE NA 20 30 40 50 57 Normal
CIDADE (km/h) 21 40 65 72 76 Severa
VELOCIDADE NA
20 40 55 63 73,5 -
ESTRADA (km/h)

5 11
Conduzindo o seu veículo

TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA
(SE EQUIPADO)
Operação da transmissão
automática
A transmissão automática possui 6 velocida-
des para frente e uma para trás.
As velocidades individuais são selecionadas
automaticamente, dependendo da posição da
alavanca de mudança.

QQNOTA
Caso a bateria tenha sido desconectada, as pri-
meiras mudanças em um veículo novo poderão
ser levemente ásperas. Esta é uma condição
normal e a sequência de mudanças se ajustará
após alguns ciclos pelo TCM (Módulo de con-
trole da transmissão) ou PCM (Módulo de con-
trole do trem de força).

Pressione o pedal do freio e o botão de destravamento da alavanca seletora ao mudar


de marcha.
(Se o veículo não for equipado com o sistema de travamento de mudança, não é neces-
sário pressionar o pedal do freio. Porém, é recomendado pressionar o pedal do freio para
evitar movimentos inesperados do veículo).
Pressione o botão de destravamento da alavanca seletora ao mudar de marcha.
A alavanca seletora pode ser movida livremente.

5 12
Conduzindo o seu veículo

Para um funcionamento suave, pressione o Posições da transmissão


pedal do freio ao mudar da posição "N" (neu- CUIDADO automática
tro) para uma marcha a frente "D" ou a ré "R". A luz indicadora no painel de instrumentos
• Para evitar danos à sua transmis-
são automática, não acelere o mo- mostra a posição da alavanca seletora quan-
tor na posição “R” (Ré) ou em qual- do o interruptor de ignição estiver na posição
ATENÇÃO quer marcha a frente com o veículo “ON”.
freado.
Transmissão automática • Quando estiver parado em um acli- “P” (Estacionado)
• Verifique sempre se não há pes- ve, não segure o veículo com a po- Antes de colocar a alavanca seletora na
soas, especialmente crianças, nas tência do motor. Use o freio de es- posição “P” (Estacionado), imobilize com-
áreas ao redor de seu veículo an- tacionamento ou o freio de serviço. pletamente o veículo. Esta posição trava a
tes de colocá-lo em “D” (Condução • Não mude de “N” (Neutro) ou “P” transmissão automática e evita que as rodas
normal) ou “R” (Ré). (Estacionado) para “D” (Condução dianteiras girem.
• Antes de sair do banco do normal) ou “R” (Ré) quando o mo-
motorista, certifique-se sempre tor estiver acima da marcha lenta.
que a alavanca seletora esteja ATENÇÃO
na posição “P” (Estacionado) • Mudar para “P” (Estacionado) en-
e, em seguida, acione o freio de quanto o veículo estiver em movi-
estacionamento e desligue o mento pode travar as rodas, levan-
motor. Movimentos inesperados do à perda do controle do veículo.
e repentinos do veículo podem • Não utilize a posição “P” (Estacio-
acontecer se essas precauções nado) no lugar do freio de esta-
não forem seguidas na ordem cionamento. Certifique-se sempre
indicada. que a alavanca seletora esteja na
• Não utilize o freio motor (mudar de posição “P” (Estacionado) e acio-
uma marcha alta para uma baixa) ne totalmente o freio de estaciona-
rapidamente ou em estradas es- mento.
corregadias. O veículo pode escor- • Nunca deixe crianças desacompa-
regar causando um acidente. nhadas no interior do veículo.

5 13
Conduzindo o seu veículo

“N” (Neutro) Sistema de travamento da


CUIDADO As rodas e a transmissão automática não alavanca seletora (se equipado)
A transmissão automática pode ser da- estão travadas. O veículo se movimentará li- Para sua segurança, a transmissão auto-
nificada se for colocada posição “P” vremente mesmo nos declives mais suaves, a mática possui um sistema de travamento da
(Estacionado) enquanto o veículo esti- não ser que utilize o freio de estacionamento alavanca seletora que impede a mudança da
ver em movimento. ou o freio de serviço. posição “P” (Estacionado) ou “N” (Neutro) pa-
ra a posição “R” (Ré), a menos que o pedal do
freio seja pressionado. Para mudar a trans-
ATENÇÃO missão da posição “P” (Estacionado) ou “N”
“R” (Ré)
Não conduza com a alavanca seletora (Neutro) para a posição “R” (Ré):
Utilize esta posição para fazer o seu veículo na posição N (Neutro). O freio motor 1. Pressione o pedal do freio e mantenha-o
se movimentar para trás. não irá funcionar e poderá causar um pressionado.
acidente. 2. Dê partida no motor ou gire o interruptor
de ignição para a posição “ON”.
“D” (Condução normal) 3. Mova a alavanca seletora.
CUIDADO
Esta é posição normal de condução para fren- Caso o pedal do freio seja pressionado e libe-
Antes de mudar para a posição “R” (Ré) rado repetidamente, com a alavanca seletora
ou sair dela, imobilize completamente te. A transmissão mudará automaticamente e
em sequência as 6 marchas, fornecendo a na posição “P” (Estacionado), um ruído de
o veículo. A transmissão automática trepidação será ouvido próximo da alavanca
pode ser danificada se for colocada melhor economia de combustível e a melhor
potência. seletora. Essa é uma condição normal.
posição “R” (Ré) enquanto o veículo es-
tiver em movimento para frente, exceto Para mais potência, quando estiver ultrapas-
conforme explicado em “Balançando o sando outro veículo ou subindo aclives, pres- ATENÇÃO
veículo”, nesta seção. sione totalmente o acelerador. Isto fará com Pressione totalmente o pedal do freio
que a transmissão reduza uma marcha auto- antes e durante a mudança da posição
maticamente. “P” (Estacionado) para outra posição,
QQNOTA a fim de evitar que o veículo se movi-
mente inadvertidamente, o que pode
Pare o veículo completamente antes de colocar a
causar ferimentos em pessoas dentro
alavanca seletora da posição “N” (Neutro) para
ou ao redor do veículo.
posição “D” (Condução normal).

5 14
Conduzindo o seu veículo

Sugestões de condução • Utilize sempre o freio de estacionamento.


• Nunca mude a alavanca seletora da posi- Nunca utilize apenas a posição "P" (Esta- ATENÇÃO
ção "P" (Estacionado) ou "N" (Neutro) pa- cionado) da transmissão automática para • Utilize sempre o cinto de segurança!
ra qualquer outra posição pressionando manter o veículo imobilizado. No momento de uma colisão, a pes-
simultaneamente o pedal do acelerador. • Tenha mais cuidado ao conduzir o veí- soa que não estiver utilizando o cinto
• Nunca mude a alavanca seletora para a culo sobre pistas escorregadias. Tenha de segurança tem maior probabilidade
posição "P" (Estacionado) quando o veí- cuidado especial ao frear, acelerar ou de sofrer ferimentos graves ou morrer
culo estiver em movimento. fazer mudanças de marchas. Em pistas do que aquela que o estiver utilizando.
escorregadias, uma mudança súbita de
• Certifique-se que o veículo esteja com- • Evite curvas em alta velocidade.
velocidade poderá causar a perda de tra-
pletamente imobilizado, antes de colocar • Não faça movimentos de direção brus-
ção das rodas motrizes e a consequente
a alavanca seletora na posição "R" (Ré) cos, como mudanças de faixa ou con-
perda de controle do veículo.
ou "D" (Condução normal). versões rápidas.
• Para obter um desempenho ideal e
• Nunca desengrene o veículo em uma • O risco de capotamento é maior quan-
econômico do veículo, pressione e libere
descida. Isso pode ser extremamente do se perde o controle do veículo em
suavemente o pedal do acelerador.
perigoso. Mantenha sempre uma marcha alta velocidade.
engrenada com o veículo em movimento.
• A perda do controle do veículo é co-
• Não sobrecarregue os freios para evitar
mum quando duas ou mais rodas per-
superaquecimento e danos. Ao conduzir
dem o contato com a pista e o moto-
o veículo em um declive acentuado, dimi-
rista vira demais o volante para tentar
nua a velocidade e selecione uma mar-
retornar.
cha mais reduzida. Utilize sempre o freio
motor. • No caso do veículo sair da pista, não
• Reduza a velocidade antes de selecionar vire o volante abruptamente para ten-
uma marcha mais reduzida, para evitar tar voltar. Neste caso, é aconselhável
que ela não seja engatada. primeiro diminuir a velocidade antes
de manobrar para retornar.
• Jamais exceda os limites de velocida-
de.

5 15
Conduzindo o seu veículo

SISTEMA DE FREIOS
ATENÇÃO Freios assistidos a vácuo
Se o seu veículo ficar preso na neve, Seu veículo possui freios assistidos a vácuo ATENÇÃO
lama, areia etc., tente liberá-lo movi- que se ajustam automaticamente com a utili- Freios
mentando-o para frente e para trás. Não zação normal. • Não dirija descansando o pé sobre o
execute esta operação se houver pes- No caso dos freios perderem a força, se o mo- pedal do freio. Isso poderá provocar
soas ou objetos próximos ao veículo. tor parar ou alguma outra razão, você ainda o superaquecimento dos freios, des-
Durante essa operação, o veículo pode pode frear o seu veículo aplicando uma força gaste excessivo das lonas e pastilhas
se movimentar repentinamente para maior no pedal do freio. Entretanto, a distân- e aumentar as distâncias de frenagem.
frente ou para trás, o que pode causar cia de frenagem será maior.
ferimentos às pessoas próximas ou • Ao trafegar por declives longos ou
Quando o motor não estiver em funcionamen- acentuados, mude para uma marcha
danos aos objetos. to, a reserva do freio é parcialmente gasta a mais reduzida e evite a utilização con-
cada vez que o pedal do freio for pressionado. tínua dos freios. Isso poderá fazer
Partindo em um aclive (subida) Não bombeie o pedal do freio quando a assis- com que o freio superaqueça, poden-
acentuado tência a vácuo tiver sido interrompida. do resultar em uma perda temporária
Para partir em um aclive acentuado mante- Bombeie o pedal do freio somente quando for do desempenho de frenagem.
nha o freio de estacionamento acionado pres- necessário para manter o controle da condu- • Freios molhados podem prejudicar a
sione o pedal do freio e coloque a alavanca ção em superfícies escorregadias. capacidade de frenagem ou fazer com
seletora em "D" (Condução normal). Selecio- que o veículo puxe para um dos lados
ne a marcha apropriada dependendo do peso quando os freios forem acionados.
da carga e da inclinação do aclive e libere o Acionar os freios levemente indicará
freio de serviço. Pressione o acelerador gra- se eles foram afetados nesse senti-
dualmente enquanto libera o freio de estacio- do. Teste sempre seus freios dessa
namento. forma, após dirigir sobre superfícies
com muita água. Para secar os freios,
pressione levemente e várias vezes o
pedal do freio, mantendo o veículo em
velocidade segura, até que o sistema
volte ao normal.

5 16
Conduzindo o seu veículo

Indicador de desgaste das pasti-


• Confirme sempre a posição do pedal lhas dos freios a disco ATENÇÃO
do freio e do acelerador, antes de di-
rigir. Caso não verifique a posição do Quando as pastilhas dos freios estiverem gas- Desgaste no freio
pedal do freio e do acelerador, antes tas e precisarem ser substituídas, um ruído
metálico, vindo dos freios dianteiros ou trasei- O aviso sonoro de desgaste no freio
de dirigir, você pode pressionar o pe- significa que seu veículo precisa de
dal do acelerador em vez do pedal do ros, será ouvido. Esse aviso pode aparecer
e desaparecer, ou ocorrer sempre que você manutenção. Caso ignore esse aviso
freio. Isso pode causar um acidente sonoro, poderá eventualmente perder
grave. pressionar o pedal do freio.
a capacidade de frenagem, o que po-
Lembre-se que dirigir sob algumas condições
derá causar um acidente grave.
ou climas pode ocasionar um ruído no freio
Em caso de falha dos freios assim que acionar pela primeira vez (ou le-
Se os freios de serviço falharem enquanto o vemente) os freios. Isso é uma condição nor- Freios traseiros a tambor
veículo estiver em movimento, você pode fa- mal e não indica nenhum problema com seus (se equipado)
zer uma parada de emergência com o freio freios.
de estacionamento. Entretanto, a distância de Os freios traseiros não possuem indicadores
frenagem será muito maior do que o normal. de desgaste, faça portanto, uma inspeção
CUIDADO nas lonas de freio quando escutar um ruído
• Para evitar reparos caros de freio, de atrito. Faça também uma inspeção cada
não continue a dirigir com pasti- vez que fizer um rodízio de pneus ou quando
ATENÇÃO lhas de freio gastas. as pastilhas dos freios dianteiros forem subs-
Freio de estacionamento • Substitua sempre as pastilhas ou tituídas.
Aplicar o freio de estacionamento, en- lonas de freio dos conjuntos dian-
quanto o veículo estiver em movimento teiros ou traseiros sempre que o
a velocidades normais, pode causar desgaste do material de tração for
uma perda súbita de controle do veí- alto.
culo. Se você precisar usar o freio de
estacionamento para parar o veículo,
tenha muito cuidado ao aplicá-lo.

5 17
Conduzindo o seu veículo

Freio de estacionamento Liberação do freio de estaciona-


Acionamento do freio de estacio- CUIDADO mento
namento • Dirigir com o freio de estaciona-
mento acionado causará desgaste
excessivo das pastilhas de freio e
do disco de freio.
• Não acione o freio de estaciona-
mento enquanto o veículo estiver
em movimento, exceto em uma
situação de emergência. Isso po-
de danificar o sistema do veículo
e colocar em risco a segurança na
condução.

Para acionar o freio de estacionamento, acio- Para liberar o freio de estacionamento, pri-
ne primeiro o freio de serviço e, em seguida, meiro acione o freio de serviço e puxe ligeira-
puxe a alavanca do freio de estacionamento o mente a alavanca do freio de estacionamento
máximo possível. para cima. Em seguida, pressione o botão de
liberação (1) e abaixe a alavanca do freio de
estacionamento (2) enquanto continua pres-
sionando o botão.
Se o freio de estacionamento não for liberado,
ou não for totalmente liberado, procure uma
concessionária autorizada Hyundai Motor
Brasil (HMB) para verificação do sistema.

5 18
Conduzindo o seu veículo

Sistema de freios anti-bloqueio


ATENÇÃO (ABS) (se equipado)
• Para evitar o movimento involuntário
ao parar e sair do veículo, não utilize
a alavanca seletora no lugar do freio ATENÇÃO
de estacionamento. Acione o freio
de estacionamento e certifique-se O ABS (ou ESC) não evitará acidentes
que a alavanca seletora esteja em devido a manobras de condução im-
“P”(Estacionado) para veículos equi- próprias ou perigosas. Mesmo que o
pados com transmissão automática. controle do veículo tenha melhorado
durante freadas de emergência, mante-
• Nunca permita que alguém não fa- nha sempre uma distância segura entre
miliarizado com o veículo toque no o seu veículo e os outros à sua frente.
freio de estacionamento. Se o freio de Verifique a luz de advertência do freio girando o Quando as condições da estrada não
estacionamento for liberado aciden- interruptor de ignição para a posição “ON” (não forem satisfatórias, a velocidade deve-
talmente, podem ocorrer ferimentos dê partida no motor). Esta luz acenderá quando rá ser sempre reduzida. A distância de
graves. o freio de estacionamento for acionado com o in- frenagem para veículos equipados com
• Todos os veículos devem ter sempre terruptor de ignição na posição “START” ou “ON”. sistema de frenagem anti-travamento
o freio de estacionamento totalmente Antes de dirigir, certifique-se que o freio de esta- (ou Sistema de Controle de Estabili-
acionado ao estacionar, para evitar cionamento esteja totalmente liberado e a luz de dade Eletrônico) pode ser maior do
um movimento acidental do veículo, advertência do freio esteja apagada. Se a luz de que nos veículos não equipados em
que possa ferir os ocupantes ou pe- advertência do freio permanecer estradas com as seguintes condições.
destres. acesa, depois do freio de estacionamento ser • Condução em piso irregular, are-
liberado, enquanto o motor estiver em funciona- noso ou coberto de neve.
mento, pode haver um funcionamento incorreto no • Condução com correntes para ne-
sistema de freio. É necessário atenção imediata. ve ou gelo instaladas nos pneus.
Se possível, pare de dirigir o veículo imediatamen-
te. Se isso não for possível, tenha o máximo cuida-
do enquanto conduz o veículo e apenas continue
a dirigi-lo até poder encontrar um local seguro.
Procure imediatamente uma concessionária auto-
rizada Hyundai Motor Brasil (HMB).

5 19
Conduzindo o seu veículo

QQNOTA
• Condução em estradas onde o
pavimento esteja escorregadio ou Quando o veículo começa a se movimentar após
existam desníveis. As característi- a partida do motor, pode-se ouvir um clique
cas de segurança do ABS (ou ESC) no compartimento do motor. Essa condição é
equipado no veículo não devem normal e indica que o sistema de freios anti-
ser testadas em alta velocidade ou -bloqueio está funcionando adequadamente.
em curvas. Esses testes estariam
apenas colocando em risco a sua • Mesmo com o sistema de freios anti-blo-
segurança e a de terceiros. queio, seu veículo ainda precisa de uma
distância de frenagem suficiente. Mante-
nha sempre uma distância segura do veí- CUIDADO
O sistema de freios anti-bloqueio (ABS) mo- culo que estiver à sua frente. • Caso a luz de advertência do sis-
nitora continuamente a rotação das rodas. Se • Desacelere sempre ao fazer curvas. O tema de freios ABS esteja acesa e
elas estiverem na iminência do travamento, o sistema de freios anti-bloqueio não pode assim permaneça, você pode estar
sistema ABS modula repetidamente a pres- prevenir acidentes ocasionados por ex- com problemas no ABS. Neste ca-
são hidráulica do freio para as rodas. cesso de velocidade. so, os freios regulares continuarão
Ao utilizar os freios sob condições que pos- • Em superfícies escorregadias ou irre- funcionando normalmente.
sam travar as rodas, um ruído “tik-tik” nos gulares, o funcionamento do sistema de • A luz de advertência do sistema
freios poderá ser ouvido ou uma pulsação freios anti-bloqueio pode resultar em uma de freios ABS ficará acesa duran-
no pedal do freio poderá ser sentida. Isso é distância de frenagem maior do que os te aproximadamente 3 segundos,
normal e significa que seu sistema ABS está veículos equipados com um sistema de após o interruptor de ignição ser
ativo. freios convencionais. colocado na posição “ON”. Du-
Para obter a máxima eficiência do sistema rante esse tempo, o ABS fará um
ABS em situações de emergência, não tente autodiagnóstico e a luz apagará se
modular a pressão do freio e não tente bom- estiver tudo normal. Caso ela con-
bear os freios. Pressione o pedal do freio o tinue acesa, talvez exista algum
máximo possível ou o máximo que a situação problema com o ABS. Contate uma
permitir e deixe que o ABS controle a força a concessionária autorizada Hyundai
ser distribuída aos freios. Motor Brasil (HMB) o mais rápido
possível.

5 20
Conduzindo o seu veículo

Práticas para uma boa frena- • Antes de partir com o veículo, verifique
CUIDADO gem se o freio de estacionamento está libera-
• Quando dirigir em uma estrada do e se a respectiva luz indicadora está
com pouco atrito, como uma es- apagada.
trada coberta de gelo, e utilizar • Ao atravessar áreas alagadas ou lavar o
repetidamente seus freios, o ABS ATENÇÃO veículo, os freios poderão ficar molhados,
ficará continuamente ativo e a luz reduzindo a capacidade de frenagem ou
• Sempre que sair do veículo ou es-
de advertência do ABS acenderá. fazendo o veículo puxar para um dos la-
tacioná-lo, acione sempre o freio de
Estacione seu veículo em um local dos.
estacionamento o máximo possível
seguro e desligue o motor. e coloque a transmissão do veículo • Para secar os freios, pressione várias ve-
• Dê uma nova partida no motor. Se a totalmente na posição “P” (Estaciona- zes de leve o pedal do freio, até que o
luz de advertência do ABS apagar, do). Se o freio de estacionamento não sistema volte ao normal, tomando cuida-
então o sistema ABS está normal. estiver totalmente acionado, o veículo do para manter o veículo controlado. Se
Caso contrário, talvez exista algum pode se movimentar inadvertidamen- a eficiência do freio não voltar ao normal,
problema com o ABS. Contate uma te e causar ferimentos no motorista ou estacione o veículo assim que for possí-
concessionária autorizada Hyundai em outras pessoas. vel fazê-lo em segurança, e procure uma
Motor Brasil (HMB) o mais rápido concessionária autorizada Hyundai Motor
• Ao serem estacionados, todos os Brasil (HMB).
possível. veículos devem sempre ter o freio de
• Não trafegue por declives com o veículo
estacionamento totalmente acionado,
QQNOTA a fim de evitar movimento involuntário
desengrenado. Isso pode ser muito peri-
goso. Mantenha o veículo sempre engre-
Quando for necessário uma partida com bate- dos mesmos, o que poderá ferir
nado, utilizando os freios para reduzir a
ria auxiliar, por causa de uma bateria descarre- ocupantes ou pedestres.
velocidade antes de engrenar uma mar-
gada, o motor pode não funcionar suavemente
cha mais reduzida, fazendo com que o
e a luz de advertência do ABS pode acender ao
freio motor possa contribuir para manter
mesmo tempo. Isso ocorre por causa da baixa
uma velocidade segura.
tensão da bateria. Mas não significa que seu
ABS está com defeito.
• Não acione os freios de modo intermitente
(bombear o pedal de freio)!
• Recarregue a bateria antes de dirigir o
veículo.

5 21
Conduzindo o seu veículo

CONDUÇÃO ECONÔMICA
• Não conduza o veículo com o pé apoiado • Sob certas condições, o freio de estacio- A economia de combustível do seu veículo
sobre o pedal do freio. Isso pode ser muito namento pode congelar na posição acio- depende, principalmente, de seu estilo de
perigoso, provocando o superaquecimen- nado. Isso pode ocorrer com frequência condução, por onde e quando dirige.
to dos freios, reduzindo sua eficiência, no quando houver acúmulo de neve ou ge- Cada um desses fatores afeta a relação quilô-
caso de uma emergência, e causando lo ao redor dos freios traseiros ou se os metros por litro de combustível. Para que seu
desgaste prematuro dos componentes. freios estiverem molhados. Se julgar que veículo funcione da maneira mais econômica
• Se furar um pneu com o veículo em mo- isso pode acontecer, utilize o freio de es- possível, utilize as seguintes sugestões de
vimento, freie levemente para reduzir a tacionamento apenas temporariamente, condução para ajudá-lo a economizar dinhei-
velocidade, mantendo o veículo em linha ou seja, até colocar a alavanca seletora ro tanto no combustível quanto na manuten-
reta o máximo possível até que a veloci- na posição "P" (transmissão automática) ção:
dade seja suficientemente baixa para po- e calçar as rodas traseiras para que o • Dirija com cautela. Evite acelerações ou
der sair da estrada e parar o veículo em veículo não se movimente. Em seguida, frenagens bruscas, procurando sempre
um local seguro. libere o freio de estacionamento. manter uma velocidade constante. Quan-
• Se o veículo for equipado com transmis- • Ao parar em uma subida, procure não do parado em semáforos, não acelere
são automática, não deixe-o andar ao se- "segurar" o veículo com o pedal do acele- desnecessariamente o veículo. Adapte-
lecionar uma marcha. Mantenha o pé no rador. Isto pode superaquecer a transmis- -se à velocidade do tráfego para não pre-
pedal do freio evitando o deslocamento são. Procure utilizar sempre o pedal do cisar frear ou acelerar sem necessidade.
do veículo. freio ou o freio de estacionamento. Procure evitar locais com trânsito con-
• É necessário tomar certos cuidados ao gestionado. Mantenha-se sempre a uma
estacionar em uma rampa. Acione firme- distância segura dos veículos à sua frente
mente o freio de estacionamento e colo- para evitar frenagens repentinas, o que
que a alavanca seletora na posição “P” contribui para diminuir a durabilidade do
(transmissão automática). Se o veículo sistema de freios.
estiver voltado para baixo, vire as rodas • Quanto maior a velocidade do veículo,
para a guia, impedindo que o veículo se maior será o consumo de combustível.
desloque. Se o mesmo estiver com a fren- Evite dirigir em aceleração máxima. Con-
te para cima, vire as rodas dianteiras para duzir o veículo em velocidade moderada
o lado contrário. Se não houver uma guia, e constante em uma estrada é uma das
coloque calços nas rodas. formas mais eficientes de economizar
combustível.

5 22
Conduzindo o seu veículo

• Não conduza o veículo com o pé apoia- • Mantenha seu veículo sempre em boas • Lembre-se de que o motor de seu veícu-
do sobre o pedal do freio ou da embrea- condições de manutenção. Isso ajuda a lo não necessita de longos períodos de
gem. Isso pode aumentar o consumo de economizar combustível e a diminuir os aquecimento. Após a partida do motor,
combustível e também o desgaste dos custos de eventuais reparos. Efetue a deixe-o funcionando durante uns 10 ou 20
componentes. Além disso, dirigir com o manutenção de acordo com os intervalos segundos antes de engatar uma marcha.
pé apoiado no pedal do freio pode cau- recomendados na seção 7. Veículos uti- Entretanto, em locais de clima mais frio,
sar superaquecimento do freio, reduzindo lizados sob condições mais severas, ne- é recomendável aquecer o motor por um
sua eficiência e podendo causar conse- cessitam de manutenção mais frequente período um pouco maior.
quências mais graves. (para maiores detalhes, consulte a seção 7). • Não sobrecarregue o motor utilizando
• Tenha cuidado com os pneus. Mantenha • Mantenha seu veículo sempre limpo. É marchas reduzidas a não ser em baixa
os pneus calibrados de acordo com a importante evitar que resíduos (barro, pi- velocidade. Para conduzir em velocida-
pressão recomendada. Pneus com baixa che, etc.) fiquem depositados sob a parte de moderada, utilize marchas mais altas,
pressão aumentam a resistência ao rola- inferior do veículo, pois podem contribuir pois isto faz com que o motor trabalhe em
mento e o consumo de combustível. Além para a corrosão das partes metálicas, rotações menores e dentro dos limites re-
disso, a baixa pressão aumenta o des- além de representarem um peso extra, comendados.
gaste dos pneus e afeta negativamente o acarretando maior consumo de combus- • O sistema de ar condicionado é acionado
controle sobre o veículo e a estabilidade. tível. por parte da potência do motor. Utilize-o
Verifique a pressão e o estado geral dos • Não carregue peso desnecessário. Isso de forma moderada para auxiliar na eco-
pneus pelo menos uma vez por mês. contribui para o aumento no consumo de nomia de combustível.
• Certifique-se que as rodas estejam ali- combustível. • Vidros abertos em alta velocidade podem
nhadas corretamente. O desalinhamen- • Não deixe o motor funcionando em mar- reduzir a economia de combustível.
to ocorre quando as rodas são frequen- cha lenta além do tempo necessário. • A economia de combustível é menor com
temente batidas nas guias ou quando o Quando parado (sem ser no trânsito), ventos laterais e contrários. Para ajudar
veículo é conduzido em alta velocidade desligue o motor e volte a ligá-lo somente a compensar um pouco dessa perda, di-
sobre superfícies irregulares. O desali- quando for movimentar o veículo. minua a velocidade ao dirigir sob essas
nhamento provoca o desgaste mais rá- condições.
pido dos pneus e também pode resultar
em outros problemas, bem como maior
consumo de combustível.

5 23
Conduzindo o seu veículo

CONDIÇÕES ESPECIAIS DE
Manter o veículo em boas condições de fun- CONDUÇÃO
cionamento é importante tanto para a econo-
Condições perigosas de con-
ATENÇÃO
mia quanto para a segurança. Por isso, peça
a uma concessionária autorizada Hyundai dução ABS
Motor Brasil (HMB) realizar as inspeções e Não bombeie o pedal do freio em veí-
manutenções programadas. culos equipados com ABS.

• Se atolar na neve, lama ou areia, utilize a


ATENÇÃO 2a marcha. Acelere lentamente para evi-
Motor desligado durante o mo- tar que as rodas girem sem sair do lugar.
vimento do veículo • Utilize areia, correntes nos pneus ou outro
Nunca desligue o motor para descer material não escorregadio sob as rodas
declives ou quando o veículo estiver para fornecer tração às rodas quando es-
em movimento. A direção hidráulica tiver atolado no gelo, neve ou lama.
e os freios assistidos a vácuo não
funcionarão corretamente se o motor
não estiver em funcionamento. Em
vez disso, mantenha o motor ligado
ATENÇÃO
Ao encontrar condições perigosas como ala-
e reduza para uma marcha apropriada gamento, neve, gelo, lama, areia, ou perigos Redução de marcha
para obter o efeito do freio motor. Além similares, siga estas sugestões: Reduzir uma marcha em veículos com
disso, desligar a ignição enquanto transmissão automática, durante a
• Dirija com cuidado e mantenha uma dis-
estiver dirigindo pode acionar a trava condução em superfícies escorrega-
tância maior do veículo à sua frente para
do volante de direção (se equipado), dias, pode causar um acidente. Uma
frear com segurança.
resultando na perda do controle mudança repentina na velocidade das
do veículo, o que poderia causar • Evite movimentos bruscos ao frear ou di-
rigir. rodas pode fazer com que os pneus
ferimentos graves ou morte. derrapem. Tenha cuidado ao reduzir a
• Ao frear com freios não equipados com
ABS, acione e solte continuamente o pe- marcha em superfícies escorregadias.
dal do freio (movimento de bombeamen-
to) com movimento suave para cima e
para baixo até que o veículo pare.

5 24
Conduzindo o seu veículo

Desatolando o veículo Aderência nas curvas


Se for necessário balançar o veículo para ATENÇÃO
desatolá-lo da neve, areia ou lama, primeira- Patinar as rodas
mente gire o volante de direção para a direita
e para a esquerda para limpar a área ao redor Evite fazer com que as rodas patinem a
das rodas dianteiras. Em seguida, desloque uma velocidade superior a 56 km/h. Pa-
para trás e para frente entre a 1a marcha e tinar as rodas em velocidades elevadas
a ré em veículos equipados com transmis- quando o veículo estiver parado pode
são manual, ou posição “R” (Ré) e qualquer causar superaquecimento e resultar
marcha a frente em veículos equipados com em danos aos pneus podendo ferir as
transmissão automática. Não acelere o motor pessoas ao redor do veículo.
e faça as rodas patinarem o mínimo possível.
Se ainda estiver atolado depois de algumas
tentativas, chame um veículo de reboque para ATENÇÃO
evitar o superaquecimento do motor e possí- Se seu veículo atolar na neve, lama,
veis danos à transmissão. areia, etc., tente movimentá-lo para Evite frear ou mudar de marchas nas cur-
frente e para trás sucessivamente, sem vas, especialmente com piso escorregadio
deixar as rodas patinarem, para desa- ou molhado. O ideal é entrar na curva a uma
CUIDADO tolá-lo. Não realize este procedimen- velocidade adequada em que seja possível
to se houver pessoas ou objetos nas terminá-la. Seguindo esta recomendação, vo-
Tentar desatolar por períodos prolon- proximidades do veículo. Durante este cê estará contribuindo para o aumento de sua
gados pode causar o superaquecimen- procedimento, o veículo pode liberar- segurança e da vida útil dos pneus.
to do motor, danos ou falhas à trans- -se repentinamente, movendo-se para
missão e danos aos pneus. frente ou para trás ou para os lados, e
causar ferimentos graves ou danos às
pessoas ou objetos ao redor.

5 25
Conduzindo o seu veículo

Condução noturna • Ajuste o espelho retrovidor interno para Condução sob chuva
reduzir o ofuscamento dos faróis provoca-
do por outros veículos.
• Mantenha seus faróis limpos e alinhados
corretamente em veículos não equipados
com alinhamento automático de faróis.
Os faróis sujos ou não alinhados tornarão
muito mais difícil a visão noturna.
• Evite olhar diretamente para os faróis de
veículos que trafegam na direção opos-
ta. A visão pode ser prejudicada e levará
alguns segundos para que seus olhos se
readaptem à escuridão.

Como a condução noturna oferece mais peri- Chuva e estradas molhadas podem resultar
gos do que a condução diurna, seguem algu- em uma condução perigosa, especialmente
mas dicas importantes para lembrar: se não estiver preparado para a superfície es-
• Diminua a velocidade e mantenha corregadia. Seguem algumas sugestões para
uma distância maior entre você e os considerar ao dirigir na chuva:
outros veículos, pois pode ser mais • Uma chuva forte fará com que a visão fi-
difícil de enxergá-los durante a noite, que mais difícil e aumentará a distância
especialmente em áreas sem iluminação. necessária para parar o veículo, portanto
diminua a velocidade.
• Mantenha o limpador do para-brisa em
boas condições. Substitua as palhetas do
limpador do para-brisa sempre que apre-
sentarem sinais de desgaste ou deixarem
áreas sem limpar no para-brisa.

5 26
Conduzindo o seu veículo

• Se o pneus não estiverem em boas con- Condução fora de estrada Condução em auto-estrada
dições, frear rapidamente em uma pista Tome cuidado ao conduzir o veículo fora de Pneus
molhada poderá causar derrapagem e, estrada, pois poderão ocorrer danos causa-
possivelmente, um acidente. Certifique-se dos por pedras ou raízes de árvores. Tente
de que os pneus estejam em bom estado. familiarizar-se com as condições fora de es-
• Acenda os faróis para fazer com que os trada onde você vai conduzir o veículo antes
outros motoristas possam vê-lo facilmen- de iniciar a condução.
te.
• Dirigir muito rápido através de poças po-
derá afetar seus freios. Se precisar atra-
vessar poças, tente dirigir mais devagar.
• Se achar que seus freios estão molhados,
utilize-os lentamente enquanto estiver di-
rigindo até que o freio volte a funcionar
normalmente.

Condução em áreas inundadas Ajuste a pressão de enchimento do pneu de


Evite dirigir em áreas inundadas a menos que acordo com a especificação. Pneus com pres-
tenha certeza de que o nível da água não são abaixo do especificado sofrerão supera-
esteja mais alto do que o fundo do centro de quecimento e possíveis falhas.
roda. Evite utilizar pneus gastos ou com problemas,
Dirija lentamente em qualquer área com água. pois isso pode resultar em aderência reduzida
Deixe uma distância de frenagem adequada, ou falha do pneu.
pois o desempenho do freio pode ser afetado. QQNOTA
Após dirigir através da água, seque os freios
Nunca exceda a pressão máxima de enchimen-
utilizando-os suavemente e várias vezes en-
to dos pneus. Faça a calibragem da pressão dos
quanto o veículo se move lentamente, o calor
pneus conforme recomendações sempre com os
gerado irá promover o retorno da eficiência de
pneus frios.
frenagem.

5 27
Conduzindo o seu veículo

CONDUÇÃO NO INVERNO
Combustível, líquido de
ATENÇÃO arrefecimento e óleo do motor
• Pneus com pressão abaixo ou acima Dirigir em alta velocidade consome mais com-
do especificado podem causar uma bustível do que dirigir na cidade. Não esqueça
condução ruim, perda de controle de verificar o líquido de arrefecimento e o óleo
do veículo e falhas repentinas, oca- do motor.
sionando acidentes, ferimentos e até
mesmo morte. Verifique sempre a
Correia de acionamento
pressão dos pneus antes de dirigir.
Consulte “Pneus e rodas”, na seção A correia de acionamento frouxa ou danifica-
8. da pode causar o superaquecimento do mo-
• Dirigir com pneus sem ou com pouca tor, uma vez que o funcionamento da bomba
banda de rodagem é perigoso. Pneus d’água pode não operar corretamente.
desgastados ou carecas podem cau- Quanto mais severas as condições climáticas
sar a perda de controle do veículo, do inverno, maiores serão os desgastes e ou-
colisões, ferimentos e até mesmo tros problemas. Para minimizar os problemas
morte. Pneus desgastados devem da condução no inverno, você deve seguir as
ser substituídos o mais rápido pos- seguintes sugestões:
sível e nunca devem ser utilizados
para a condução. Verifique sempre a
banda de rodagem dos pneus antes
de dirigir. Consulte “Pneus e rodas”
na seção 7, para maiores informa-
ções e especificações da banda de
rodagem.

5 28
Conduzindo o seu veículo

Condução com gelo ou neve Pneus para neve Correntes para pneus
Para dirigir sobre a neve profunda, é neces- Se colocar pneus para neve em seu veícu-
sário a utilização de pneus especiais ou a lo, certifique-se que sejam pneus radiais das
instalação de correntes nos pneus. Os pneus mesmas dimensões e capacidade de carga
especiais para trafegar na neve devem ter as dos pneus originais. Coloque pneus para ne-
mesmas dimensões e capacidade de carga ve em todas as quarto rodas para balancear
dos originais, para que não afetem adversa- a dirigibilidade do veículo em todas as condi-
mente a segurança e a manutenção de seu ções climáticas. Tenha em mente que a tra-
veículo. Além disso, velocidade, aceleração, ção fornecida por pneus para neve em estra-
frenagens ou manobras bruscas são práticas das secas pode não ser tão alta quanto a dos
muito perigosas que devem ser evitadas prin- pneus originais. Dirija com cuidado, mesmo
cipalmente em curvas, onde o risco de derra- quando as estradas estiverem limpas. Verifi-
pagem é maior. que junto ao revendedor de pneus as reco-
Para frear, utilize o freio motor (selecionando mendações de velocidade máxima. OHB058003BR
uma marcha reduzida) para poupar ao máxi- Uma vez que as paredes laterais dos pneus
mo o sistema de freio e auxiliar no controle radiais são mais finas, elas podem ser danifi-
da velocidade do veículo. Podem ocorrer der- ATENÇÃO cadas pela montagem de alguns tipos de cor-
rapagens se frenagens bruscas forem aplica- Dimensões de pneus para neve rentes para neve. Portanto, recomendamos a
das em pistas com neve ou gelo. Mantenha utilização de pneus para neve em lugar de cor-
suficiente distância do veículo à sua frente Os pneus para neve devem ser equiva-
lentes em dimensões e tipo aos pneus rentes para neve. Não monte correntes para
e reduza a velocidade suavemente. Obser- pneus em veículos equipados com rodas de
ve que instalar correntes nos pneus poderá padrão do veículo. Caso contrário, a
segurança e o controle de seu veículo alumínio; as correntes para neve podem da-
proporcionar maior tração nas rodas e exigir nificar as rodas. Se precisar utilizar correntes
mais força na direção, porém não evitará as podem ser afetados adversamente.
para neve, utilize do tipo de arame com uma
derrapagens. espessura menor que 12 mm. Danos causa-
Não instale pneus com pregos sem antes ve-
rificar as regulamentações locais, estaduais e dos ao seu veículo pela utilização de correntes
QQNOTA para neve inadequadas não são coberto pela
municipais quanto a possíveis restrições con-
A utilização de correntes não é permitida em tra sua utilização. garantia do fabricante de seu veículo.
todos os países. Antes de utilizá-las, consulte a Instale correntes para pneus somente nas ro-
legislação local pertinente. das onde há tração.

5 29
Conduzindo o seu veículo

Insta1ação de corrente
CUIDADO Ao instalar correntes siga as instruções do ATENÇÃO
• Certifique-se de que as correntes fabricante e monte-as o mais apertadas
possível. Dirija lentamente com as correntes Correntes para pneus
para neve sejam das dimensões e
do tipo corretos para seus pneus. instaladas. Se ouvir as correntes em contato • A utilização de correntes pode afe-
A utilização incorreta de correntes com a carroceria ou chassi, pare e aperte-as. tar adversamente a dirigibilidade
para neve pode danificar a carroce- Se elas ainda estiverem em contato, reduza a do veículo.
ria e a suspensão do veículo, e os velocidade até que pare. Remova as corrente • Não exceda 30 km/h ou o limite de
danos podem não ser cobertos pela o quanto antes possível, quando estiver diri- velocidade recomendado pelo fa-
garantia do fabricante do veículo. gindo em estradas limpas. bricante das correntes, o que for
Além disso, os ganchos de conexão menor. Dirija com cuidado e evite
das correntes para neve podem ser solavancos, buracos, curvas fe-
danificados pelo contato com com- chadas e outros perigos na es-
ATENÇÃO trada, que podem fazer o veículo
ponentes do veículo, fazendo com
que as correntes se soltem do pneu. Montagem de correntes pular.
Certifique-se de que as correntes Ao montar correntes para neve, • Evite curvas fechadas ou frena-
sejam SAE classe “S” certificadas. estacione o veículo sobre um piso gem com as rodas travadas.
• Verifique sempre a instalação das nivelado longe do tráfego. Ligue as
correntes quanto a sua montagem luzes de advertência (pisca alerta) e
correta, após dirigir por aproxima- posicione o triângulo de emergência CUIDADO
damente 0,5 a 1 km, para garantir atrás do veículo, se disponível.
uma condição segura. Reaperte ou • Correntes de dimensões erradas ou
Coloque sempre o veículo em “P”
remonte as correntes se elas estive- instaladas inadequadamente, po-
(Estacionado), acione o freio de
rem frouxas. dem danificar as linhas de freio do
estacionamento e desligue o motor,
veículo, a suspensão, a carroceira e
• Se seu veículo for equipado com antes de instalar correntes para neve.
as rodas.
pneus 195/60 R16 não use corrente
para neve. A corrente poderá danifi- • Pare o veículo e reaperte as corren-
car a carroceria do seu veículo. Nes- tes sempre que ouvi-las batendo no
te caso recomendamos a utilização veículo.
de pneus 195/60 R16 para neve.

5 30
Conduzindo o seu veículo

Utilize anticongelante de alta Óleo do motor Anticongelante para o lavador


qualidade A baixas temperaturas, o óleo do motor pode do para-brisa
ficar muito viscoso, tornando a partida mais Para evitar que o líquido no sistema do lim-
Seu veículo é fornecido com um anticonge-
difícil e prejudicando a lubrificação do motor. pador do para-brisa congele, adicione uma
lante de alta qualidade a base de etilenoglicol
Nestas condições, utilize, durante o inverno, solução anticongelante ao líquido do lavador
diluído no líquido do sistema de arrefecimento
um óleo com menor viscosidade. Para maio- do para-brisa. Não utilize anticongelante para
do motor. Esse produto é o único recomenda-
res informações, consulte a seção 8. Caso líquido de arrefecimento do motor ou outros
do para utilização, pois evita a corrosão dos
não saiba que tipo de óleo utilizar, recomen- tipos de anticongelantes, pois podem danifi-
componentes do sistema de arrefecimento,
damos consultar uma concessionária autori- car a pintura.
lubrifica a bomba de água e evita o congela-
zada Hyundai Motor Brasil (HMB).
mento do líquido. Verifique sempre o nível do
líquido de arrefecimento do motor, de acordo Não deixe o freio de estaciona-
com as instruções constantes na seção 7. An- Velas e sistema de ignição mento congelar
tes do início de cada inverno, verifique a qua-
Inspecione as velas, conforme descrito na se- Sob certas condições, o freio de estaciona-
lidade do anticongelante e faça os devidos
ção 7, e substitua-as, caso necessário. Verifi- mento pode ficar congelado na posição de
acréscimos na proporção adequada.
que também todos os cabos e componentes acionamento e não funcionar. Isso ocorre com
do sistema de ignição, para certificar-se de frequência quando houver acúmulo de neve
Verifique as baterias e os ca- que não estejam danificados ou gastos e para ou gelo na região dos tambores traseiros ou
prevenir qualquer dano. quando os freios estiverem molhados. Caso
bos
haja risco do freio de estacionamento conge-
A capacidade de carga da bateria será redu- lar, utilize-o somente até colocar a alavanca
zida quando a temperatura for muito baixa. Fechaduras seletora na posição “P” (transmissão automá-
Inspecione visualmente a bateria e os cabos Para proteger as fechaduras contra a corro- tica), ou 1a marcha ou ré (transmissão manu-
conforme descrito na seção 7. Recomenda- são causada pelo gelo, lubrifique-as com gli- al), e calçar as rodas para travá-las, quando o
mos que o nível de carga da bateria seja ve- cerina ou anticongelante aprovado. Se uma motor for desligado. Somente então, libere o
rificado por uma concessionária autorizada fechadura tiver gelo no seu interior, tente re- freio de estacionamento.
Hyundai Motor Brasil (HMB). movê-lo inserindo a chave ligeiramente aque-
cida. Manipule a chave quente com cuidado
para evitar queimaduras nas mãos.

5 31
Conduzindo o seu veículo

Não deixe que gelo ou neve se REBOQUE


acumulem sob o veículo Se estiver considerando efetuar um reboque ATENÇÃO
Sob certas condições, neve ou gelo podem com seu veículo, primeiro verifique as exigên- Limites de peso
se acumular sob os para-lamas e interferir no cias legais junto à autoridade de trânsito de
Antes de efetuar o reboque, certifique-
sistema de direção do veículo. Portanto, veri- seu país.
-se de que o peso total do reboque, o
fique periodicamente se existe alguma obstru- Uma vez que as leis variam, as exigências
peso bruto combinado, o peso bruto
ção no movimento das rodas dianteiras e dos para reboque de carretas ou outros tipos de
do veículo, o peso bruto por eixo e a
componentes do sistema de direção. veículos podem ser diferentes. Consulte uma
carga sobre o reboque estejam todos
concessionária autorizada Hyundai Motor
dentro dos limites.
Brasil (HMB) quanto a maiores detalhes antes
Equipamentos de emergência de efetuar o reboque.
Dependendo da severidade do clima, deve-
-se levar sempre equipamento de emergência QQNOTA
adequado. Alguns equipamentos imprescindí- • Tecnicamente, a carga máxima permitida
veis são: correntes, cabos para reboque, lan- ATENÇÃO no eixo traseiro pode ser excedida, mas não
terna, luzes de emergência, pá, luvas, roupa mais do que 15%. Por questões de seguran-
Reboque
extra, quebra-gelo, martelo, cobertor, etc. ça recomendamos não ultrapassar a carga
Se não utilizar o equipamento corre- máxima permitida de reboque.
to e/ou dirigir de forma inadequada, • Quando um veículo categoria M1 estiver
Não coloque objetos estranhos pode-se perder o controle ao rebo- rebocando um trailer, a carga adicional
no compartimento do motor car uma estrutura. Por exemplo, se o imposta ao dispositivo de engate pode fazer
reboque for muito pesado, os freios com que a capacidade máxima de carga
Colocar tais materiais no compartimento do mo- podem não funcionar bem ou sequer
tor pode atrapalhar o arrefecimento do motor, dos pneus seja excedida. Essa carga não
funcionar. Você e seus passageiros deve ser ultrapassada em mais de 15%.
causando falha ou combustão. podem ser seriamente ou fatalmente Neste caso, limite a velocidade máxima do
O fabricante não se responsabiliza por danos feridos. Efetue reboques somente se veículo a 100 km/h e aumente a pressão de
causados por tais materiais. tiver seguido todas as etapas apresen- enchimento dos pneus em pelo menos 0,2
tadas nesta seção. bar (3 psi).

5 32
Conduzindo o seu veículo

Os componentes para puxar uma carga, tais Engates


CUIDADO como, o motor, a transmissão, os conjuntos É importante ter o equipamento correto de
Rebocar qualquer elemento inadequa- de roda e os pneus são forçados a trabalhar engate. Ventos laterais, caminhões grandes e
damente pode danificar seu veículo e mais forte pela carga do peso adicionado. O estradas ruins são algumas das razões pelas
resultar em reparos caros não cobertos motor é exigido a funcionar em rotações re- quais é necessário ter o engate correto. Aqui
por sua garantia. Para rebocar um trai- lativamente maiores e sob cargas maiores. estão algumas regras a serem seguidas:
ler corretamente, siga as recomenda- Este fardo adicional gera calor adicional. O
• Você precisará fazer alguma furação na
ções desta seção. reboque também acrescenta considerável
carroceria de seu veículo ao instalar um
resistência aerodinâmica, aumentando o es-
engate de reboque? Se precisar, certifi-
Seu veículo tem capacidade de reboque. Pa- forço de reboque.
que-se de vedar os furos posteriormente,
ra identificar qual a capacidade para seu veí- quando remover o engate.
culo, leia a informação em "Peso do reboque" • Se não fizer a vedação, o monóxido de
que aparece posteriormente nesta seção. carbono do escape pode entrar no veícu-
lo, bem como sujeira e água.
Lembre-se que rebocar é diferente de apenas • Os para-choques de seu veículo não se
conduzir seu veículo. Rebocar significa mu- destinam a engates. Não acople engates
danças na dirigibilidade, durabilidade e eco- alugados ou de outros tipos ao para-cho-
nomia de combustível. O reboque seguro e que. Utilize somente engates de estrutura
bem sucedido requer equipamento correto e montada, que não seja fixados ao para-
seu uso adequado. -choque.
• O acessório para engate de reboque está
Esta seção contém muitas dicas importantes disponível em uma concessionária autori-
para reboque e regras de segurança. Muitas zada Hyundai Motor Brasil (HMB).
delas são importantes para sua segurança e QQNOTA
de seus passageiros. Leia esta seção com Localização para engate de reboque
atenção, antes de efetuar um reboque. Os furos para montagem dos engates estão lo-
calizados em ambos os lados na parte inferior
da carroceira, atrás dos pneus traseiros.
Quando um engate de reboque estiver instala-
do, remova a tampa da roda traseira.

5 33
Conduzindo o seu veículo

Correntes de segurança Freios de reboque Dirigindo com um reboque


Deve-se colocar sempre correntes de segu- Caso o seu reboque esteja equipado com um Fazer um reboque requer uma certa experi-
rança entre seu veículo e o reboque. Passe sistema de freios, certifique-se que ele esteja ência. Antes de sair para a estrada, você deve
as correntes cruzando-as sob a gancho de re- de acordo com as regulamentações de seu conhecer seu reboque. Familiarizar-se com
boque, de forma que ela não caia na estrada, país, e que ele esteja adequadamente insta- a sensação de direção e de frenagem com o
caso se separe do engate. lado e funcionando corretamente. peso adicional do reboque. E, tenha sempre
Instruções sobre correntes de segurança po- Caso o peso do seu reboque exceda o pe- em mente que o veículo que dirige está agora
dem ser fornecidas pelo fabricante do engate so máximo permitido sem freios no reboque, muito mais longo, e nem de perto tão sensível
ou pelo fabricante do reboque. Siga as reco- então, o reboque precisará ter também freios como o seu veículo é por si só.
mendações do fabricante para fixação das próprios. Certifique-se de ler e seguir as ins- Antes de começar, verifique o engate de re-
correntes de segurança. Deixe sempre folga truções para os freios do reboque, para que boque e plataforma, correntes de segurança,
suficiente para que você possa fazer uma você consiga instalar, ajustar e efetuar a ma- conector(es) elétrico(s), luzes, pneus e ajuste
curva com seu reboque. E nunca deixe as nutenção adequadamente. do espelho. Se uma carreta tem freios elétri-
correntes de segurança arrastarem no solo. • Não toque ou modifique o sistema de cos, inicie o movimento de seu veículo e re-
freios de seu veículo. boque e em seguida, acione o controlador de
freio do reboque com a mão para ter certeza
de os freios estão funcionando. Isso permite
ATENÇÃO que você verifique sua conexão elétrica ao
mesmo tempo.
Freios do reboque Durante sua viagem, faça uma verificação
Não utilize um reboque com freios pró- ocasionalmente, para ter certeza de que a
prios, a menos que esteja absoluta- carga está segura, e que as luzes e os freios
mente certo de ter ajustado o sistema do reboque ainda estão funcionando.
de freios adequadamente. Isto não é
uma tarefa para amadores. Utilize uma
oficina experiente e competente para
este serviço.

5 34
Conduzindo o seu veículo

Distância de condução Fazendo curvas Não conecte um sistema de iluminação do re-


Fique pelo menos duas vezes mais longe Quando estiver fazendo uma curva com o boque diretamente ao sistema de iluminação
atrás do veículo da frente, do que se estives- reboque, faça curvas mais amplas do que o do seu veículo. Utilize apenas um chicote pa-
se dirigindo o veículo sem reboque. Isto pode normal. Faça isso para que o seu reboque ra reboque aprovado.
ajudá-lo a evitar situações que exigem frena- não bata em guias, sinais de trânsito, árvores Uma concessionária autorizada Hyundai Mo-
gens fortes e curvas súbitas. ou outros objetos. Evite manobras bruscas ou tor Brasil (HMB), pode ajudá-lo a instalar o
súbitas. Sinalize com bastante antecedência. chicote.

Ultrapassagem Indicadores de direção durante


Será necessário uma distância maior de ultra- um reboque
ATENÇÃO
passagem à frente quando estiver rebocando A não utilização de um chicote apro-
Ao rebocar, o seu veículo precisa ter um sinal
algo. E, por causa do comprimento aumenta- vado para reboque pode resultar em
indicador de direção diferente e fiação extra.
do do veículo, será necessário ir muito mais danos ao sistema elétrico do veículo
As setas verdes no painel de instrumentos
longe além do veículo ultrapassado, antes e/ou ferimentos pessoais.
irão piscar sempre que sinalizar que vai virar
que possa retornar para sua faixa. ou mudar de faixa. Devidamente conectadas,
as luzes do reboque também piscarão para Condução em ladeiras
Marcha a ré alertar os outros motoristas que você está Diminua a velocidade e reduza a marcha an-
Segure a parte inferior do volante com uma prestes a mudar de direção, de faixa ou parar. tes de começar a descer um declive longo ou
mão. Então, para mover o reboque para a Ao rebocar, as setas verdes no painel de ins- acentuado. Caso não reduza a marcha, você
esquerda, basta mover sua mão para a es- trumentos irão piscar para curvas, mesmo se pode ter que usar tanto os freios, que eles
querda. Para mover o reboque para a direita, as lâmpadas do reboque estejam queimadas. poderiam aquecer e não funcionar de forma
mova sua mão para a direita. Sempre deva- Assim, você pode achar que os motoristas eficiente.
gar e, se possível, tenha alguém para guiá-lo. atrás de você estão vendo seus sinais, quan- Em um longo aclive, reduza a marcha e dimi-
do, na verdade, não estão. É importante ve- nua a velocidade para cerca de 70 km/h para
rificar, ocasionalmente, para ter certeza de reduzir a possibilidade de superaquecimento
que as lâmpadas do reboque ainda estão do motor e da transmissão.
funcionando. Deve-se verificar também as Se o reboque pesar mais do que o peso máxi-
luzes cada vez que desconectar e reconectar mo do reboque sem freios e seu veículo tiver
os chicotes. transmissão automática, dirija em “D” (Condu-
ção normal) ao rebocar.

5 35
Conduzindo o seu veículo

Conduzir o veículo em “D” (Condução normal) Estacionamento em subidas 3. Acione o freio de estacionamento e desli-
ao rebocar irá minimizar a geração de calor e Geralmente, se tiver um reboque engatado ao gue o veículo.
prolongar a vida útil da transmissão. veículo, não estacione seu veículo em uma 4. Coloque calços sob as rodas do reboque
subida. As pessoas podem ser gravemente do lado de descida das rodas.
ou fatalmente feridas, e ambos seu veículo e 5. Dê partida no veículo, acione os freios,
CUIDADO o reboque podem ser danificados se desce- coloque a alavanca de mudanças em
• Quando estiver efetuando um rebo- rem inesperadamente a ladeira. neutro, libere o freio de estacionamento
que em ladeiras íngremes (acima de e lentamente libere os freios até que os
6%) preste muita atenção ao indica- calços do reboque absorvam a carga.
dor de temperatura do líquido de ar- 6. Acione novamente o freio, acione o freio
refecimento do motor para garantir ATENÇÃO de estacionamento e coloque a alavanca
que o motor não superaqueça. Se Estacionamento em subidas de mudanças em “R” (Ré) para transmis-
o ponteiro do indicador de tempe- Estacionar seu veículo em uma subida são manual ou em “P” (Estacionado) para
ratura do líquido de arrefecimen- com um reboque engatado pode cau- transmissão automática.
to mover-se em direção a “130/H sar ferimentos graves ou morte, caso 7. Desligue o veículo e libere o freio do veí-
(HOT)”, encoste e pare assim que o freio do reboque solte. culo, mas deixe o freio de estacionamento
for seguro fazê-lo, e deixe o motor acionado.
em marcha lenta até que arrefeça.
No entanto, se você alguma vez precisar es-
Você pode continuar assim que o
tacionar o seu reboque em uma subida, aqui
motor tiver arrefecido o suficiente.
está como fazê-lo: ATENÇÃO
• Você deve decidir a velocidade de
1. Posicione o veículo para a vaga de es-
condução em função do peso do re- Freio de estacionamento
tacionamento. Gire o volante na direção
boque e do grau do aclive, para re- Pode ser perigoso sair de seu veículo
com a guia do lado esquerdo do veículo,
duzir a possibilidade de superaque- caso o freio de estacionamento não
gire o volante para a esquerda; com a
cimento do motor e da transmissão. esteja bem acionado.
guia do lado direito do veículo, gire para
a direita. Caso tenha deixado o motor ligado,
2. Se o veículo tiver transmissão manual, o veículo pode se mover de repente.
coloque-o em ponto morto. Se tiver trans- Você ou outras pessoas podem ser
missão automática, coloque-o em “P” (Es- feridos grave ou fatalmente.
tacionado).

5 36
Conduzindo o seu veículo

Quando você estiver pronto para sair Manutenção quando efetuar


depois de estacionar em uma subida reboque CUIDADO
1. Com a transmissão manual em Neutro ou • Devido ao aumento de carga duran-
a transmissão automática em "P" (Esta- Seu veículo precisará de manutenção com
mais frequência quando efetuar reboques te a utilização do reboque, o supe-
cionado), acione os freios e mantenha o raquecimento pode ocorrer em dias
pedal do freio pressionado enquanto: regularmente. Os itens importantes que re-
querem atenção especial incluem o óleo do quentes ou durante a condução
• Der partida no motor, motor, fluido da transmissão automática, lu- em uma subida. Se o indicador de
• Engatar a marcha, e brificante do eixo e líquido do sistema de ar- temperatura do líquido de arrefeci-
• Liberar o freio de estacionamento. refecimento. A condição do freio é outro item mento indicar superaquecimento,
2. Remova lentamente o pé do pedal de importante para verificação frequente. Cada desligue o ar condicionado e pare
freio. item é abordado neste manual, e o índice irá o veículo em uma área segura para
3. Dirija devagar até que o reboque esteja ajudá-lo a encontrá-los rapidamente. Se esti- arrefecer o motor.
livre dos calços. ver rebocando, é uma boa idéia rever estas • Quando estiver rebocando, verifi-
4. Pare e peça a alguém para pegar e guar- seções antes de começar sua viagem. que o fluido da transmissão com
dar os calços. Não se esqueça de também efetuar a manu- mais frequência.
tenção no reboque e no engate. Siga o plano
de manutenção que acompanha o reboque e
verifique-o periodicamente. Preferêncialmen-
te, realize a verificação no início de cada dia
de condução. Mais importante, todas as por-
cas e parafusos do engate devem ser aper-
tados.

5 37
Conduzindo o seu veículo

Se decidir efetuar um reboque


Motor Flex
Aqui estão alguns pontos importantes, se de-
cidir efetuar um reboque: Motor
1.0L 1.6L
• Não efetue qualquer reboque com seu
veículo durante os primeiros 2.000 km, a
fim de permitir o amaciamento adequado Item TM TM TA
do motor. A inobservância desta recomen-
dação pode resultar em sérios danos ao Sem sistema de freio
motor ou à transmissão. Peso máximo de reboque
400 kg (882 Ibs.)
• Durante um reboque, certifique-se de (para aclives de até 8%)
Com sistema de freio
consultar uma concessionária autorizada
Hyundai Motor Brasil (HMB), para maio-
Máxima carga vertical permissível no gancho de engate 25 kg (55 Ibs.)
res informações sobre os requisitos adi-
cionais, tais como, um kit de reboque, etc.
• Conduza o veículo sempre em velocidade Modelo Sedan: 1050 mm (41,3 pol.)
Distância recomendada do centro das rodas
moderada (menos de 100 km/h). Modelo Hatch: 730 mm (28,7 pol.)
traseiras ao ponto de engate
• Em um aclive longo, não exceda 70 km/h Modelo Cross: 770 mm (30,3 pol.)
ou o limite de velocidade determiando pa-
ra o reboque, o que for menor. TM: Transmissão manual
• A tabela a seguir contém considerações TA: Transmissão automática
importantes relacionadas com peso:

5 38
Conduzindo o seu veículo

Peso do reboque Peso do gancho de reboque Se não estiverem, você talvez possa corrigi-
los simplesmente redistribuindo alguns itens
dentro do reboque.

ATENÇÃO
Reboque
• Nunca coloque um reboque com
mais peso na parte traseira do que
na dianteira. A dianteira deve ser
carregada com aproximadamente
60% da carga total do reboque; a
parte traseira deve ser carregada
com aproximadamente 40% da
carga total de reboque.
• Nunca exceda os limites de peso
Qual é o peso máximo de segurança de um A carga no gancho de qualquer reboque é um
máximo do reboque ou do equipa-
reboque? Ele nunca deve pesar mais do que peso importante a ser medido porque afeta o
mento de reboque. O carregamen-
o peso máximo de reboque com freios. Mas peso bruto total do veículo. Este peso inclui
to inadequado pode resultar em
mesmo isso pode ser muito pesado. o peso bruto do veículo, qualquer carga que
danos ao veículo e/ou acidentes
Depende de como você planeja utilizar o seu possa estar carregando nele e as pessoas
pessoais. Verifique os pesos e o
reboque. Por exemplo, velocidade, altitude, que estiverem no veículo. E, se estiver puxan-
carregamento em uma balança co-
inclinação da estrada, temperatura exterior e do um reboque, você deve adicionar a carga
mercial ou em postos de patrulha-
quantas vezes o seu veículo é utilizado para do gancho ao peso bruto do veículo, porque
mento rodoviário equipados com
rebocar são todos itens importantes. O peso seu veículo também vai estar carregando
balanças.
ideal de reboque também pode depender de aquele peso.
• Um reboque carregado incorreta-
qualquer equipamento especial que você te- O gancho de reboque deve pesar no máxi-
mente pode causar perda de con-
nha em seu veículo. mo 10% do peso total de reboque carregado,
trole do veículo.
dentro dos limites de carga máxima permitida
de gancho de reboque. Depois de ter carre-
gado o seu reboque, pese-o e, em seguida,
o gancho, separadamente, para ver se os pe-
sos estão adequados.
5 39
Conduzindo o seu veículo

PESO DO VEÍCULO
Esta seção irá guiá-lo no carregamento cor- Peso de carga Peso bruto total do veículo
reto do veículo e/ou reboque, para manter o Este número indica todo o peso adicionado É o peso máximo permitido do veículo total-
peso de seu veículo carregado dentro da ca- ao peso básico do veículo, incluindo a carga mente carregado (incluindo todos os opcio-
pacidade projetada, com ou sem reboque. O e os equipamentos opcionais. nais, equipamentos, passageiros e carga).
carregamento correto do veículo irá fornecer O peso bruto total do veículo é mostrado na
um desempenho ótimo. Antes de carregá-lo, etiqueta de certificação localizada na soleira
conheça os seguintes termos para determinar Peso bruto permitido por eixo da porta do motorista (ou do passageiro dian-
os limites de peso do veículo, com ou sem re- É o peso total distribuído em cada eixo (dian- teiro).
boque, a partir das especificações do veículo teiro e traseiro) incluindo o peso do veículo
e da etiqueta de certificação: equipado e toda a carga útil.

Peso em ordem de marcha Peso bruto máximo permitido


básico por eixo
Este é o peso do veículo incluindo o tanque É o peso máximo permitido que pode ser
cheio de combustível e todos os equipamen- carregado por um único eixo (dianteiro ou
tos padrão. Não inclui passageiros, carga ou traseiro). Esses números são mostrados na
equipamentos opcionais. etiqueta de certificação.
A carga total em cada eixo nunca deve ex-
Peso em ordem de marcha do ceder seu peso bruto máximo permitido por
eixo.
veículo
Este é o peso do veículo novo quando é reti-
rado da concessionária com todos os equipa- Peso bruto do veículo
mentos opcionais. É o peso do veículo em ordem de marcha
mais o peso de carga real, mais os passagei-
ros.

5 40
Em caso de emergência

Atenção na estrada......................................................................... 6-2


• Luzes de advertência.......................................................................... 6-2
Em caso de emergência durante a condução............................... 6-2
• Se o motor morrer em um cruzamento ou travessia....................... 6-2
• Se um pneu furar durante a condução do veículo........................... 6-3
• Se o motor morrer durante a condução............................................ 6-3
Se o motor não ligar....................................................................... 6-3
• Se o motor de partida não girar, ou girar lentamente..................... 6-3
• Se o motor girar normalmente, mas não der partida...................... 6-4
Partida de emergência................................................................... 6-4
• Partida com bateria auxiliar.............................................................. 6-4
• Partida empurrando o veículo........................................................... 6-6
Se o motor superaquecer............................................................... 6-6
Se um pneu furar........................................................................... 6-7
• Macaco e ferramentas........................................................................ 6-7
• Remoção e armazenamento do estepe (Modelo Hatch 5 portas)... 6-8
• Remoção e armazenamento do estepe (Modelo Sedan 4 portas)... 6-9 6
• Substituição de um pneu.................................................................... 6-9
Reboque do veículo...................................................................... 6-14
• Serviço de reboque........................................................................... 6-14
• Equipamento de emergência........................................................... 6-15
• Extintor de incêndio (se equipado)................................................. 6-15
• Triângulo refletivo de segurança..................................................... 6-15
Em caso de emergência

ATENÇÃO NA ESTRADA EM CASO DE EMERGÊNCIA


Luzes de advertência As luzes intermitentes de advertência (pisca DURANTE A CONDUÇÃO
alerta) servem como um aviso para os outros
 motoristas tomarem cuidado ao se aproximar Se o motor morrer em um
do seu veículo. cruzamento ou travessia
As luzes de advertência devem ser usadas • Se o motor morrer em um cruzamento ou
sempre em situações de emergência, ou travessia, coloque a alavanca de mudan-
quando o veículo estiver parado no acosta- ças na posição N (Neutro) e empurre o
mento de uma estrada. Pressione o interrup- veículo para um local seguro.
tor com o símbolo de um triângulo estando
• Se seu veículo for equipado com uma
a chave de ignição em qualquer posição. O
transmissão manual que não tenha a tra-
interruptor está localizado no painel de inter-
va no interruptor de ignição, ele poderá
ruptores do console central. Todas as luzes
ser movido para frente engrenando a se-
indicadoras de direção irão piscar simultane-
gunda ou terceira marcha e acionando o
amente.
motor de partida sem pressionar o pedal
 • As luzes de advertência funcionam com o da embreagem.
veículo em movimento ou não.
• As luzes indicadoras de direção não fun-
cionam quando as luzes intermitentes de
advertência estiverem acionadas.
• As luzes de advertência devem estar
sempre acionadas enquanto o veículo es-
tiver sendo rebocado.

62
Em caso de emergência

SE O MOTOR NÃO LIGAR


Se um pneu furar durante a Se o motor morrer durante a Se o motor de partida não
condução do veículo condução girar, ou girar lentamente
Se um pneu furar enquanto estiver dirigindo: 1. Reduza a velocidade gradualmente, man- 1. Se o veículo possuir transmissão auto-
1. Tire o pé do acelerador e deixe o veículo tendo uma linha reta. Pare o veículo as- mática, certifique-se de que a alavanca
diminuir a velocidade dirigindo em linha sim que possível, em um local seguro. seletora esteja na posição “N” (Neutro) ou
reta. Não acione o freio imediatamente, 2. Ligue as luzes de advertência. “P” (Estacionado) e que o freio de estacio-
nem tente sair da pista, pois isso pode 3. Tente ligar o motor novamente. Se o mo- namento esteja acionado.
acarretar na perda de controle do veícu- tor não funcionar, contate uma conces- 2. Verifique se as conexões dos cabos da
lo. Quando a velocidade tiver diminuído sionária autorizada Hyundai Motor Brasil bateria estão limpas e apertadas.
o suficiente, freie com cuidado e saia da (HMB). 3. Acenda a luz interna. Se a luz diminuir a
pista. Distancie-se o máximo possível e
intensidade ou apagar, quando tentar dar
estacione sobre um piso firme e nivelado.
a partida no motor, isso significa que a ba-
Se estiver em uma rodovia, estacione o
teria está descarregada.
veículo no acostamento, não pare entre
as pistas. 4. Verifique se os cabos de conexão do mo-
tor de partida estão firmemente ligados.
2. Quando o veículo estiver parado, ligue as
luzes de advertência (pisca alerta), acione 5. Não empurre o veículo para colocar o mo-
o freio de estacionamento, coloque a ala- tor em funcionamento. Veja as instruções
vanca seletora na posição “P” (transmis- sobre como utilizar uma bateria auxiliar
são automática) ou neutro (transmissão para dar a partida no motor.
manual).
3. Peça a todos os passageiros para que ATENÇÃO
saiam do veículo. Certifique-se de que Se o motor não der partida, não empur-
todos saiam do veículo pelo lado mais re o veículo para tentar ligá-lo.
distante do tráfego. Isso pode resultar em colisão ou causar
4. Substitua o pneu de acordo com as ins- outro tipo de dano. Além disso, empur-
truções apresentadas mais adiante, nesta rar ou puxar para dar a partida pode
seção. fazer com que o conversor catalítico
fique sobrecarregado e produza um
risco de incêndio.

63
Em caso de emergência

PARTIDA DE EMERGÊNCIA
Se o motor girar normalmente, Partida com bateria auxiliar
mas não der partida Partida com bateria auxiliar pode ser perigosa
1. Verifique o nível do combustível no tan- se feita incorretamente. Portanto, para evitar
que. ferimentos ou danos ao seu veículo ou a bate-
2. Com a chave de ignição na posição “LO- ria, siga os procedimentos a seguir.
CK/OFF”, verifique todas as conexões Se não estiver seguro de como seguir estas
entre a ignição, a bobina e as velas de instruções, procure ajuda qualificada ou um
ignição. Ligue novamente qualquer uma serviço de reboque.
que possa estar desligada ou solta.
3. Verifique a condição das linhas de com-
bustível no compartimento do motor. CUIDADO
4. Se o motor ainda assim não funcionar, Utilize somente baterias de 12V nesta
contate uma concessionária autorizada Conecte os cabos na ordem numérica e des- operação. O motor de partida de 12V,
Hyundai Motor Brasil (HMB). conecte na ordem inversa. o sistema de ignição e outras partes
elétricas podem ser danificados pela
utilização de uma fonte alimentadora
de 24V (duas baterias de 12V ligadas
em série ou um gerador de 24V).

ATENÇÃO
Bateria
Nunca tente verificar o nível do eletró-
lito da bateria, pois isso pode causar
a ruptura ou a explosão da bateria,
provocando ferimentos graves.

64
Em caso de emergência

Procedimento para partida


ATENÇÃO com bateria auxiliar CUIDADO
1. Certifique-se que a bateria auxiliar seja Não conecte o cabo auxiliar do terminal
Bateria
de 12V e que o terminal negativo esteja negativo da bateria auxiliar ao terminal
• Mantenha chamas e faíscas afasta- aterrado. negativo da bateria descarregada. Isso
das da bateria. A bateria produz gás pode causar o superaquecimento da
2. Se a bateria auxiliar estiver instalada em
hidrogênio que pode explodir se ex- bateria descarregada e fazer com que
outro veículo, não deixe os veículos entra-
posto à chamas ou faíscas. Se estas ela se rompa, liberando o ácido da ba-
rem em contato.
instruções não forem rigorosamente teria.
seguidas, ferimentos pessoais graves 3. Desligue todos os equipamentos e aces-
ou danos ao veículo poderão ocorrer. sórios elétricos desnecessários.
Se você não estiver certo de como se- 4. Faça a conexão dos cabos na ordem exa- 5. Acione o motor do veículo que possui a
guir este procedimento, procure por ta conforme indicado na figura anterior. bateria auxiliar e deixe-o funcionando a
assistência qualificada. Baterias de Primeiro conecte uma extremidade do 2.000 rpm. Em seguida acione o motor do
automóveis contêm ácido sulfúrico. O cabo auxiliar ao terminal positivo (+) da veículo com a bateria descarregada.
ácido é venenoso e altamente corrosi- bateria descarregada (1) e então conecte Se a causa da descarga da bateria não for
vo. Ao realizar uma partida com bateria a outra extremidade ao terminal positivo aparente, leve seu veículo a uma concessio-
auxiliar, use óculos de segurança e (+) da bateria auxiliar (2). nária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB)
tome cuidado para não deixar o ácido Conecte uma extremidade do outro cabo para verificação.
entrar em contato com sua pele, roupa auxiliar ao terminal negativo (-) da bateria
ou o veículo. auxiliar (3) e a outra extremidade do cabo
• Não tente ligar uma bateria auxiliar ao terminal negativo do conector de parti-
ao veículo se a bateria descarregada da auxiliar (4). Não conecte o cabo próxi-
estiver congelada ou se o nível do ele- mo a nenhuma peça móvel do motor.
-trólito estiver baixo. Isso pode causar Não permita que os cabos auxiliares en-
a ruptura ou a explosão da bateria. trem em contato com nada exceto com
• Não permita que os cabos (+) e (-) se os terminais corretos da bateria ou com o
toquem. Isto pode causar faíscas. aterramento correto. Não se incline sobre
• A bateria pode trincar ou explodir se a bateria ao fazer as conexões.
estiver descarregada ou congelada e
for conectada à uma bateria auxiliar.

65
Em caso de emergência

SE O MOTOR
Partida empurrando o veículo SUPERAQUECER do sistema ou embaixo do veículo (se o
O seu veículo equipado com transmissão ma- Se o indicador de temperatura do líquido de ar condicionado esteve em uso, é normal
arrefecimento do motor indicar superaqueci- que um pouco de água escorra pelo dre-
nual não deve ser empurrado pois este pro-
mento e você sentir uma perda de potência no do ar condicionado, assim que este é
cedimento irá danificar o sistema de controle
do motor, ou ouvir leves batidas, poderá estar desligado).
de emissões. Veículos equipados com trans-
missão automática não podem ser acionados ocorrendo superaquecimento do motor. Se is-
sendo empurrados. Siga as instruções desta so acontecer, faça o seguinte:
ATENÇÃO
seção para partida com bateria auxiliar. 1. Saia da pista e assim que possível esta-
cione o veículo em local seguro. Para evitar ferimentos, enquanto o
2. Coloque a alavanca seletora de mudan- motor estiver funcionando, mantenha
os cabelos, mãos e roupas afastados
ATENÇÃO ças na posição “P” (transmissão automá-
de partes móveis como ventilador do
tica) ou Neutro (transmissão manual) e
Bateria radiador e correias de acionamento.
acione o freio de estacionamento. Se o
Nunca reboque um veículo para acio- ar condicionado estiver ligado, desligue-o.
ná-lo. O arranque repentino do veículo 3. Se notar sinais de vazamento do líqui- 5. Se a correia de acionamento da bom-
para a frente pode causar uma colisão do de arrefecimento sob o veículo, ou ba d’água estiver quebrada, ou se notar
com o veículo reboque. se notar a saída de vapor do interior do vazamento do líquido de arrefecimento,
compartimento do motor, desligue o mo- desligue o motor imediatamente e procu-
tor. Não abra o capô do motor enquanto re a concessionária autorizada Hyundai
o vazamento de líquido ou vapor não ces- Motor Brasil (HMB) mais próximo para
sar. Caso não haja sinais de vazamento efetuar os reparos necessários.
de vapor ou de líquido de arrefecimento,
deixe o motor funcionando em marcha
lenta e verifique se o ventilador do radia- ATENÇÃO
dor está funcionando. Se o ventilador não Não abra a tampa do radiador enquan-
estiver funcionando, desligue o motor. to o motor estiver quente. Isso pode
4. Verifique se a correia de acionamento da permitir que o vapor liberado ocasione
bomba d’água está na posição correta. Se sérias queimaduras.
estiver, verifique se está tensionada. Se a
correia de acionamento estiver em bom
estado, verifique se há vazamentos pelo
radiador, pelas mangueiras e tubulações
66
Em caso de emergência

6. Se não for possível detectar a causa do SE UM PNEU FURAR Instruções para levantar o veículo
superaquecimento, espere até que a tem- O macaco é fornecido somente para troca de
peratura volte ao normal. Em seguida, ca- Macaco e ferramentas
emergência de pneus. Para evitar que o ma-
so tenha havido perda de líquido de arre- caco faça barulho enquanto o veículo estiver
fecimento, abra cuidadosamente a tampa em movimento, guarde-o corretamente.
do reservatório de expansão do sistema Siga as instruções para levantar o veículo, re-
de arrefecimento e adicione líquido de 1 2
duzindo assim a possibilidade de ferimentos.
arrefecimento até a marca intermediária.
7. Tenha cuidado na realização desses pro-
cedimentos e esteja atento a qualquer
sinal posterior de superaquecimento. Se
ATENÇÃO
ocorrer novamente, leve o veículo a uma Substituição dos pneus
concessionária autorizada Hyundai Motor • Nunca faça reparos no veículo em pon-
Brasil (HMB) para realizar os reparos. tos trafegáveis de uma rua ou estrada.
• Posicione sempre o veículo completa-
OHB066011BR
mente para fora da estrada e no acos-
CUIDADO O macaco e a chave de roda estão no com- tamento, antes de trocar um pneu. O
• A perda de líquido significa que há partimento de bagagens. macaco deve ser usado sobre um piso
um vazamento no sistema de arre- 1. Chave de roda firme e nivelado. Se não puder encon-
fecimento e recomendamos que se- trar um piso firme e nivelado fora da
2. Macaco estrada, chame um serviço de reboque
ja verificado por uma concessioná-
ria autorizada Hyundai Motor Brasil de veículos para assistência.
(HMB). • Certifique-se de utilizar as posições
• Se o motor sobreaquecer devido corretas para apoio do macaco, na
dianteira e na traseira do veículo.
ao nível baixo do líquido de arrefe-
Nunca utilize os para-choques ou
cimento, colocar líquido de arrefe-
qualquer outra parte do veículo co-
cimento repentinamente pode trin-
mo ponto de apoio para o macaco.
car o motor. Para prevenir danos, • O veículo pode facilmente cair do macaco,
adicione o líquido de arrefecimento causando ferimentos graves ou morte.
lentamente e em pequenas quanti-
dades.

67
Em caso de emergência

• Ninguém deve colocar qualquer parte


Remoção e armazenamento do
do corpo embaixo do veículo enquanto estepe (Modelo Hatch 5 portas)
este estiver apoiado sobre o macaco.
• Não ligue o motor enquanto o veículo
estiver apoiado sobre o macaco.
• Não deixe que ninguém permaneça no
interior do veículo enquanto ele estiver
apoiado sobre o macaco. Certifique-se
que todas as crianças presentes estejam
em local seguro afastadas da estrada e do
veículo que será levantado com o macaco. OHB066008BR

2. Retire a bandeja do triângulo refletivo de


segurança.

1. Puxe a bandeja do triângulo refletivo de


segurança.

68
Em caso de emergência

Remoção e armazenamento do Substituição de um pneu


estepe (Modelo Sedan 4 portas)

3. Gire o parafuso de fixação do pneu no


sentido anti-horário e remova o pneu. OHB066013BR
4. Solte a cinta e retire o macaco e a chave 1. Estacione em uma superfície nivelada e
de roda. Gire a porca borboleta do pneu para baixo no acione o freio de estacionamento.
Guarde o pneu, o macaco e a chave de roda sentido anti-horário. 2. Coloque a alavanca de mudanças na po-
na ordem inversa da remoção. Guarde o pneu na ordem inversa da remoção. sição “R” (Marcha a ré) com transmissão
Para evitar que o estepe faça barulho com o manual ou na posição “P” (Estacionado)
Para evitar que o estepe e as ferramentas
veículo em movimento, guarde-o adequada- com transmissão automática.
façam barulho enquanto o veículo estiver em
movimento, guarde-o corretamente. mente. 3. Ligue as luzes de advertência (pisca aler-
ta).

69
Em caso de emergência

ATENÇÃO
Substituição de um pneu
Para evitar que o veículo se movimente
ao substituir um pneu, sempre acione
totalmente o freio de estacionamento,
e calce a roda diagonalmente oposta à
que será substituída.
Recomendamos que as rodas do ve-
ículo sejam calçadas e que ninguém
OHB068010BR permaneça no seu interior enquanto
estiver apoiado sobre o macaco.
6. Afrouxe as porcas da roda com a chave
4. Remova o triângulo de segurança, o es-
de roda girando-as no sentido anti-horá-
tepe, o macaco e a chave de roda do ve-
rio, uma de cada vez, mas não remova
ículo.
nenhuma porca antes de suspender o
5. Calce a roda diagonalmente oposta à que veículo do solo.
será substituída, para evitar que o veículo
se mova quando for levantado pelo ma-
caco.

6 10
Em caso de emergência

ATENÇÃO
Posição do macaco

OHB068001BR

8. Encaixe a chave de roda no macaco e


gire-a no sentido horário, levantando o
veículo até que o pneu desencoste do so-
Para reduzir a possibilidade de feri- lo. Essa medida é de aproximadamente
mentos, certifique-se de usar somente 30 mm. Antes de remover as porcas da
o macaco original fornecido com seu roda, certifique-se de que o veículo esteja
veículo e as posições corretas para estável e que não haja a possibilidade de
apoio do macaco. O ponto de levan- se movimentar ou escorregar.
tamento no veículo e ponto de apoio
OHB068002BR do macaco no solo devem ficar em
uma linha vertical em relação ao solo.
7. Posicione o macaco no ponto de apoio Nunca use outras partes do veículo
mais próximo do pneu que irá substituir. como ponto de apoio para o macaco.
Posicione o macaco nos locais indicados
sob a carroceria. Os pontos de apoio do
macaco são placas soldadas à carroce-
ria com duas linguetas e uma marca do
ponto de levantamento para posicionar o
macaco.
6 11
Em caso de emergência

9. Solte completamente as porcas da roda 10. Para reinstalar a roda, segure-a e coloque
e remova-as com seus dedos. Deslize a as porcas nos prisioneiros, apertando-as
roda para fora dos prisioneiros do cubo manualmente tanto quanto for possível
e deite-a no solo para que não saia ro- até prendê-las. As porcas devem ser ins-
lando. Para colocar a roda no cubo, pe- taladas com a parte cônica voltada para
gue o estepe, alinhe os orifícios com os o lado da roda. Balance a roda para cer-
prisioneiros do cubo e deslize a roda na tificar-se que ela esteja completamente
direção deles. Se isso for difícil, incline assentada. Em seguida aperte as porcas
ligeiramente a roda e alinhe o orifício su- com as mãos novamente tanto quanto for
perior da roda com o prisioneiro superior. possível. Usando a chave de roda aperte
Em seguida, balance um pouco a roda todas as porcas, na sequência indicada
para frente e para trás até que ela deslize na figura, segurando a roda com uma
OHB068006B
sobre os outros prisioneiros. das mãos, para proporcionar um encaixe
mais preciso antes de abaixar o veículo. 12. Posicione a chave de roda conforme
11. Abaixe o veículo até o solo, girando a
ATENÇÃO chave de roda, instalada no macaco, no
mostrado na figura e aperte as porcas.
Certifique-se de que a chave esteja per-
As rodas podem ter bordas cortantes. sentido anti-horário. feitamente encaixada na porca. Ao aper-
Para evitar ferimentos, manuseie-as
tar as porcas da roda, não aplique força
com cuidado.
excessiva utilizando os pés ou um tubo
Antes de instalar a roda, certifique-se prolongador adaptado à chave de roda.
de que não haja nada na superfície do
13. Aperte as porcas alternadamente na se-
cubo ou da roda (como sujeira, lama
quência numérica mostrada na figura até
ou cascalho) que interfira na correta
que todas estejam bem apertadas. Verifi-
instalação da roda sobre o cubo. Se
que novamente o aperto de cada porca.
houver algo, remova.
Depois de trocar os pneus, recomenda-
Se não houver assentamento perfeito mos que o sistema seja verificado por
da roda no cubo, as porcas poderão se uma concessionária autorizada Hyundai
soltar, ocasionando a soltura da roda. Motor Brasil (HMB).
A soltura da roda pode resultar na per- Torque de aperto das porcas de roda:
da de controle do veículo. Isso pode Rodas de liga de alumínio ou aço: 
causar ferimentos graves ou morte. 9 - 11 kgf.m (65 - 79 lbf.pé)

6 12
Em caso de emergência

14. Caso possua um calibrador de pneus, re- Importante - uso de estepe com-
tire a tampa da válvula e verifique a pres- Observe que a maioria das porcas de
pacto (se equipado)
são. Se esta for inferior à recomendada, roda não tem roscas métricas. Tenha
muita atenção ao verificar o tipo de ros- Se o veículo estiver equipado com um estepe
conduza o veículo em baixa velocidade
ca antes de instalar porcas ou rodas de compacto, este pneu ocupa menos espaço do
até o posto de serviços mais próximo e
reposição. Caso tenha alguma dúvida, que um pneu normal. Este pneu é menor do
calibre o pneu. Se a pressão for superior
à recomendada, ajuste-a até a correta. consulte uma concessionária autoriza- que um pneu normal e foi projetado apenas
da Hyundai Motor Brasil (HMB). para uso temporário.
15. Recoloque a tampa sempre após verificar
ou ajustar a pressão dos pneus. Se a tam-
pa não for colocada, pode haver vazamen-
ATENÇÃO CUIDADO
to de ar do pneu. Se perder a tampa, adqui- • Dirija com cuidado quando o estepe
ra outra e coloque-a o mais rápido possível. Prisioneiros do cubo compacto estiver em uso. O estepe
16. Após a substituição de um pneu, verifi- Se os prisioneiros estiverem danifica- normal deve ser substituído pelo
que se a roda removida foi corretamente pneu e roda convencionais corretos
dos, eles podem perder a capacidade
posicionada no alojamento apropriado. assim que possível.
de fixar a roda. Isso pode causar a per-
Guarde o macaco e as ferramentas no
da da roda e uma colisão, provocando • Não é recomendado conduzir o ve-
compartimento apropriado.
ferimentos graves. ículo com mais de um estepe com-
pacto em uso.
CUIDADO Para evitar que o macaco, a chave de roda e
Seu veículo possui roscas métricas nos o estepe façam barulho enquanto o veículo
prisioneiros do cubo e nas porcas da ro- estiver em movimento, guarde-os correta- ATENÇÃO
da. Ao substituir os pneus, certifique-se de mente.
O estepe compacto deve ser utilizado
que as mesmas porcas que foram retira- apenas em caso de emergência. Não
das sejam reinstaladas ou, se substituídas, ATENÇÃO conduza o veículo com o estepe com-
que sejam usadas porcas com mesma pacto em uso com velocidade superior
rosca métrica e mesma configuração de Pressão incorreta do estepe
a 80 km/h. O pneu original deve ser
chanfro. A instalação de uma porca com Verifique a pressão dos pneus o mais
reparado ou substituído o mais rápido
rosca não métrica em um prisioneiro métri- rápido possível, após a instalação do
possível para evitar acidentes devido
co ou vice-versa não fixará a roda ao cubo estepe. Ajuste-o com a pressão espe-
ao uso do estepe.
corretamente e danificará o prisioneiro de cificada, se necessário.
modo que ele deverá ser substituído. Consulte “Pneus e rodas” na seção 8.

6 13
Em caso de emergência

QQNOTA REBOQUE DO VEÍCULO É aceitável que o reboque seja feito com as


Verifique a pressão após instalar o estepe. Ajus- rodas traseiras sobre o solo (sem base com
Serviço de reboque rodízios) e as rodas dianteiras suspensas.
te-o com a pressão especificada, se necessário.
Caso uma das rodas ou algum componente
da suspensão tenha sofrido algum dano, ou
Quando usar um estepe compacto, tome as
se o veículo for rebocado com as rodas dian-
seguintes precauções:
teiras sobre o solo, deve-se utilizar uma base
• Nunca ultrapasse a velocidade de 80 km/h. com rodízios sob as rodas dianteiras.
Uma velocidade muito alta pode danificar o
Quando o veículo for rebocado por um cami-
pneu.
nhão comercial de reboque e as bases com
• Certifique-se de dirigir com velocidade bai- rodízios não forem utilizadas, a dianteira do
xa suficiente para evitar todos os obstáculos. veículo deverá estar sempre suspensa, não
Qualquer obstáculo na pista, como buracos a traseira.
ou sujeira, podem danificar gravemente o es-
tepe compacto.
• O uso contínuo deste pneu pode causar fa-
lha no pneu, perda de controle do veículo e
possivelmente um acidente.
• Não use o veículo para reboque com o este-
pe compacto instalado.

Caso o veículo precise ser rebocado, reco-


mendamos que seja feito por profissionais
qualificados ou pela sua concessionária auto-
rizada Hyundai Motor Brasil (HMB). Procedi-
mentos de içamento e rebocamento corretos
são necessários para evitar danos no veículo.
Recomenda-se que o veículo seja rebocado
com as rodas suspensas sobre uma base
com rodízios ou sobre a carroceria de um ca-
minhão.

6 14
Em caso de emergência

EQUIPAMENTO DE
EMERGÊNCIA 3. Tome uma distância de aproximadamente
CUIDADO Existem alguns equipamentos no interior do 2,5 metros do fogo e pressione a alavan-
Não reboque o veículo pela traseira veículo para ajudá-lo em uma situação de ca para descarregar o extintor. Liberar a
com as rodas dianteiras sobre o solo. emergência. alavanca, interrompe a descarga do ex-
Isso pode danificar o veículo. tintor.
Não use um guincho ao rebocar o veí- 4. Movimente o bocal para frente e para trás
Extintor de incêndio na base do fogo. Após a extinção do fogo,
culo. Use uma base com rodízios ou a
carroceria de um caminhão. (se equipado) preste atenção e tome cuidado pois ele
pode voltar a acender.
Ao rebocar seu veículo em uma situação de
emergência sem uma base com rodízios: QQNOTA
1. Coloque a chave de ignição na posição A instalação do extintor de incêndio é opcional,
“ACC”. nos termos da Resolução n.° 556/2015 do Con-
2. Coloque a alavanca seletora da transmis- selho Nacional de Trânsito - Contran. Caso haja
são na posição “N” (Neutro). interesse na aquisição do extintor e/ou suporte
3. Libere o freio de estacionamento. do extintor, que deverão ser instalados abaixo
do banco do passageiro, recomendamos consul-
tar uma concessionária Hyundai Motor Brasil
(HMB)
CUIDADO
Não colocar a alavanca seletora na po-
sição “N” (Neutro) pode causar danos Se houver um início de incêndio e você sou- Triângulo refletivo de
internos à transmissão. ber como usar o extintor de incêndio, siga as segurança
recomendações cuidadosamente.
Coloque o triângulo refletivo na rua ou estrada
1. Puxe o pino, na parte superior do extintor, para advertir os outros motoristas em casos
que mantém a alavanca travada no caso de emergência, como por exemplo se ne-
de ser acidentalmente pressionada. cessitar estacionar o veículo devido a algum
2. Aponte o bocal na direção da base do problema.
fogo.

6 15
Em caso de emergência

6 16
Manutenção

Compartimento do motor.............................................................. 7-3 • Freio de estacionamento................................................................... 7-16


• Pastilhas, pinças e discos dos freios................................................. 7-16
Serviços de manutenção................................................................ 7-5
• Fixação das suspensões.................................................................... 7-16
• Responsabilidade do proprietário..................................................... 7-5
• Caixa de direção, articulações, tirantes e coifas do sistema de
• Precauções de manutenção para o proprietário.............................. 7-5
direção............................................................................................... 7-17
Manutenção a cargo do proprietário........................................... 7-6 • Juntas homocinéticas e coifas.......................................................... 7-17
• Plano de manutenção a cargo do proprietário................................. 7-6 • Gás refrigerante/compressor do ar condicionado
Plano de manutenção preventiva.................................................. 7-8 (se equipado)..................................................................................... 7-17
Plano de manutenção normal....................................................... 7-9 Óleo do motor............................................................................... 7-17
• Verificação do nível do óleo do motor............................................. 7-17
Manutenção sob condições severas de uso................................. 7-12
• Substituição do óleo do motor e do filtro de óleo........................... 7-18
Itens de manutenção preventiva................................................. 7-14
Líquido de arrefecimento do motor........................................... 7-18
• Óleo do motor e filtro....................................................................... 7-14
• Verificação do nível do líquido de arrefecimento........................... 7-19
• Correias de acionamento................................................................. 7-14
• Substituição do líquido de arrefecimento....................................... 7-20
• Filtro de combustível........................................................................ 7-14
• Tubulações de combustível e suas conexões................................... 7-14 Fluido do freio/embreagem (se equipado)................................. 7-21
• Tubo de respiro e tampa do tanque de combustível...................... 7-14 • Verificação do nível do fluido do freio/embreagem....................... 7-21
• Mangueiras de ventilação do cárter e de vácuo (se equipado)..... 7-15 Fluido da direção assistida hidraulicamente (se equipado)..... 7-22
• Filtro de ar......................................................................................... 7-15 • Verificação do nível do fluido de direção assistida
• Velas de ignição................................................................................. 7-15 hidraulicamente................................................................................ 7-22
• Folga de válvulas.............................................................................. 7-15 • Verificação da mangueira de direção assistida.............................. 7-22


Sistema de arrefecimento do motor................................................ 7-15
Líquido de arrefecimento do motor................................................ 7-15
Líquido do lavador do para-brisa.............................................. 7-23 7
• Verificação do nível do líquido do lavador do para-brisa............. 7-23
• Óleo da transmissão manual (se equipado).................................... 7-15
• Fluido da transmissão automática (se equipado).......................... 7-16 Freio de estacionamento.............................................................. 7-23
• Mangueiras e linhas dos freios........................................................ 7-16 • Verificação do freio de estacionamento........................................... 7-23
• Fluido do freio................................................................................... 7-16 Filtro de ar.................................................................................... 7-24
• Bomba, correia e mangueiras da direção assistida........................ 7-16 • Substituição do filtro de ar............................................................... 7-24
Filtro de ar do controle de climatização..................................... 7-25 Lâmpadas..................................................................................... 7-55
• Verificação do filtro.......................................................................... 7-25 • Substituição da lâmpada do farol, da luz de posicionamento
• Substituição do filtro........................................................................ 7-25 dianteira, da luz indicadora de direção dianteira e do farol
Palhetas do limpador................................................................... 7-26 dianteiro de neblina.......................................................................... 7-56
• Inspeção das palhetas....................................................................... 7-26 • Substituição da lâmpada da luz indicadora de direção lateral
• Substituição das palhetas................................................................. 7-26 (se equipado)..................................................................................... 7-59
• Substituição da lâmpada das luzes combinadas traseiras............ 7-60
Bateria........................................................................................... 7-29 • Substituição da lâmpada da luz de freio superior......................... 7-62
• Para melhor manutenção da bateria.............................................. 7-29 • Substituição da lâmpada da luz da placa de licença..................... 7-63
• Etiqueta da capacidade da bateria.................................................. 7-31 • Substituição da lâmpada das luzes internas................................... 7-63
• Recarga da bateria........................................................................... 7-31
• Reinicialização dos itens.................................................................. 7-32 Cuidados com a aparência.......................................................... 7-64
• Cuidados com o exterior.................................................................. 7-64
Pneus e rodas................................................................................ 7-32 • Mantenha seu veículo limpo............................................................ 7-67
• Cuidados com os pneus.................................................................... 7-32 • Mantenha sua garagem seca............................................................ 7-67
• Pressão recomendada dos pneus frios............................................ 7-32 • Mantenha a pintura e os revestimentos internos em boas
• Verificação da pressão de calibragem do pneu.............................. 7-34 condições............................................................................................ 7-67
• Rodízio dos pneus............................................................................. 7-35 • Não se descuide das partes internas................................................ 7-68
• Balanceamento de rodas e pneus..................................................... 7-36 • Cuidados com o interior................................................................... 7-68
• Substituição dos pneus..................................................................... 7-36
• Substituição das rodas...................................................................... 7-37 Sistema de controle de emissões (se equipado).......................... 7-69
• Capacidade de tração dos pneus..................................................... 7-37 • 1. Sistema de controle de emissões do cárter.................................. 7-69
• 2. S istema de controle de emissões evaporativas........................... 7-69
7 •

Manutenção dos pneus..................................................................... 7-37
Informações na lateral do pneu....................................................... 7-38 • 3. Sistema de controle de emissões do escapamento...................... 7-70
• Pneu com perfil baixo....................................................................... 7-41
Fusíveis.......................................................................................... 7-42
• Substituição dos fusíveis do painel de instrumentos..................... 7-43
• Substituição dos fusíveis do compartimento do motor................. 7-45
• Descrição dos fusíveis e relés do painel........................................... 7-46
Manutenção

COMPARTIMENTO DO MOTOR
n Veículos com motor flex KAPPA 1.0 MPI
(1) Reservatório do líquido de
11 6 arrefecimento (sob a travessa dianteira
10
superior)
9
12 7 (2) Reservatório do líquido lavador do
8 para-brisa
4
(3) Tampa do radiador
3
5 (4) Tampa de abastecimento de óleo do
2 motor
1 (5) Vareta de nível de óleo
(6) Reservatório de fluido do freio /
embreagem
(7) Filtro de ar
(8) Caixa de fusíveis
OHB076014BR (9) Terminal positivo da bateria
(10) Terminal negativo da bateria
n Veículos com motor flex KAPPA 1.0 Turbo (11) Reservatório de gasolina para partida
a frio
11 6 (12) Reservatório do fluido da direção
hidráulica *
12 9
10 * : se equipado
4 8

5
7
3
2
1

OHB076020BR

73
Manutenção

COMPARTIMENTO DO MOTOR
n Veículos com motor flex GAMMA 1.6 MPI
(1) Reservatório do líquido de
6 arrefecimento (sob a travessa dianteira
9 superior)
12 7 10
4 (2) Reservatório do líquido lavador do
8
para-brisa
5
(3) Tampa do radiador
3
11 (4) Tampa de abastecimento de óleo do
2 motor
1
(5) Vareta de nível de óleo
(6) Reservatório de fluido do freio /
embreagem
(7) Filtro de ar
(8) Caixa de fusíveis
OHB076012BR (9) Terminal positivo da bateria
(10) Terminal negativo da bateria
(11) Vareta do fluido da transmissão
automática *
(12) Reservatório do fluido da direção
hidráulica *
* : se equipado

74
Manutenção

SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO
Tenha o máximo cuidado para evitar danos ao Você necessita dessas informações para es-
seu veículo ou ferimentos pessoais quando tar de acordo com as exigências de serviços e ATENÇÃO
realizar qualquer procedimento de manuten- manutenção da garantia de seu veículo. Manutenção
ção ou inspeção. Informações detalhadas sobre a garantia
podem ser encontradas no seu Manual de • Efetuar serviços de manutenção em
Manutenção inadequada, incompleta ou insu-
Garantia. um veículo pode ser perigoso. Você
ficiente pode resultar em problemas operacio-
pode se ferir gravemente ao efetuar
nais com o veículo, o que pode causar danos, Não estão cobertos os serviços e ajustes
alguns procedimentos de manuten-
acidentes ou ferimentos pessoais. necessários resultantes de uma manuten-
ção. Caso não tenha conhecimento
Uma concessionária autorizada Hyundai ção inadequada ou da falta de manutenção
ou experiência suficientes, ou não
Motor Brasil (HMB) atende aos altos pa- necessária.
disponha de ferramentas e equipa-
drões de qualidade de serviço e recebe mentos apropriados para realizar o
suporte técnico da HYUNDAI, para fornecer Precauções de manutenção serviço, recomendamos que o veículo
alto nível de satisfação com os serviços e para o proprietário seja verificado por uma concessioná-
atender as legislações ambientais, preve- ria autorizada Hyundai Motor Brasil
nindo a poluição ambiental. Serviços inadequados ou incompletos podem
resultar em problemas. (HMB).
• Para evitar risco de acidentes, ao efe-
Responsabilidade do Esta seção fornece instruções apenas para
tuar serviços no compartimento do
proprietário os itens de manutenção que são fáceis de
executar. motor, mantenha o motor desligado.
Ao executar serviços no comparti-
QQNOTA mento do motor não utilize jóias ou
O serviço de manutenção e a guarda dos regis-
QQNOTA roupas soltas. Tais objetos podem en-
tros são de responsabilidade do proprietário. A manutenção inadequada durante o período roscar em peças móveis, resultando
de garantia pode afetar a cobertura da garan- em ferimentos.
Recomendamos que a manutenção de seu tia. Para maiores detalhes, leia o Manual de Ga- • Desta forma, caso seja necessário
veículo seja feita por uma concessionária au- rantia fornecido com o veículo. Se estiver inse- efetuar algum trabalho com o motor
torizada Hyundai Motor Brasil (HMB). guro sobre qualquer procedimento de reparo ou funcionando, certifique-se de não
Você deve guardar os documentos que com- manutenção, recomendamos que o veículo seja usar jóias (especialmente, anéis, pul-
provam que a manutenção apropriada foi verificado por uma concessionária autorizada seiras, relógios ou correntes), bem
executada em seu veículo de acordo com o Hyundai Motor Brasil (HMB). como gravatas, cachecóis ou simila-
plano de manutenção preventiva mostrado res, antes de aproximar-se do motor
nas páginas seguintes.

75
Manutenção

MANUTENÇÃO A CARGO DO
PROPRIETÁRIO
ou de ventiladores. • Antes de tocar na bateria, nos ca-
• Depois de efetuar os serviços de ma- bos de ignição e no chicote elétrico, As verificações e inspeções do veículo que
nutenção, certifique-se de fechar a o terminal negativo da bateria deve devem ser executadas na frequência indica-
tampa da bateria e da caixa de fusí- ser desconectado. Você pode levar da, com a finalidade de assegurar um funcio-
veis. Pode ocorrer funcionamento in- um choque. namento seguro e confiável do seu veículo,
correto, se os componentes elétricos • Cuidado para não danificar o acaba- estão listadas a seguir.
forem expostos à umidade. mento interno ao removê-lo utilizan- Se tiver alguma dúvida, recomendamos con-
do uma chave de fenda. sultar uma concessionária autorizada Hyun-
• Cuidado ao substituir ou limpar lâm- dai Motor Brasil (HMB).
padas para evitar queimaduras ou Estas verificações de manutenção a cargo
CUIDADO choque elétrico. do proprietário geralmente não são cobertas
• Não coloque objetos pesados ou pela garantia e você, provavelmente, terá
aplique força excessiva na parte de que pagar pelo serviço, peças e lubrificantes
cima da capa do motor (se equipa- utilizados.
do) ou em peças relacionadas ao re-
abastecimento. Plano de manutenção a cargo
• Ao inspecionar o sistema de com- do proprietário
bustível (dispositivos de injeção de
combustível e linhas de combustí- Quando o veículo estiver parado:
vel), recomendamos que o veículo • Verifique o nível do óleo do motor.
seja verificado por uma concessio- • Verifique o nível do líquido de arrefeci-
nária autorizada Hyundai Motor Bra- mento do motor no reservatório.
sil (HMB). • Verifique o nível do líquido do lavador do
• Não conduza por um longo período para-brisa.
sem a capa do motor (se equipado). • Verifique se os pneus estão calibrados
• Ao verificar o compartimento do corretamente.
motor, não fique próximo a chamas.
Combustível, líquido do lavador, etc.
São líquidos inflamáveis que podem
causar um incêndio.

76
Manutenção

• Verifique o funcionamento da transmissão • Verifique o funcionamento do lavador e do


ATENÇÃO manual, incluindo a operação da embre- limpador do para-brisa. Limpe as palhetas
agem. com um pano limpo umedecido no líquido
Tenha cuidado ao verificar o nível do lí-
• Verifique o funcionamento da transmissão do lavador.
quido de arrefecimento do motor quando
o motor estiver quente. Líquido de arre- automática e do mecanismo de estacio- • Verifique o alinhamento dos faróis.
fecimento e vapor quentes podem jorrar, namento (posição “P”). • Verifique o silencioso, a tubulação de
sob pressão, causando queimaduras ou • Verifique o freio de estacionamento. escapamento, suportes e braçadeiras.
ferimentos graves. • Verifique a existência de vazamentos de • Verifique o desgaste e o funcionamento
fluido sob seu veículo (é normal haver go- dos cintos de segurança.
Quando estiver dirigindo seu tejamento do sistema de ar condicionado • Verifique o desgaste dos pneus e as por-
durante ou após o uso). cas de rodas soltas.
veículo:
• Observe qualquer mudança no som do
escapamento ou cheiro de gases de es- Pelo menos uma vez por mês: Pelo menos uma vez por ano:
capamento no interior do veículo. • Verifique o nível do líquido de arrefeci- • Limpe os drenos da carroceria e das por-
• Verifique a existência de vibrações no mento do motor no reservatório. tas do veículo.
volante de direção. Observe qualquer • Verifique o funcionamento de todas as lu- • Lubrifique as dobradiças das portas e do
aumento no esforço ou folga no volante, zes externas, incluindo as luzes de freio, capô do motor.
ou se ocorrem mudanças na posição do indicadores de direção e luzes de adver- • Lubrifique as travas e trincos das portas e
volante quando em linha reta. tência. capô do motor.
• Observe se seu veículo faz curvas com su- • Verifique a pressão dos pneus, incluindo • Lubrifique as tiras isolantes de borracha
avidade, ou “puxa” para um dos lados quan- o estepe. das portas.
do está em uma estrada regular e nivelada. • Verifique o sistema de ar condicionado.
• Quando estiver parando, ouça e verifique Pelo menos duas vezes por ano: • Inspecione e lubrifique as articulações e
se há sons incomuns, se “puxa” para um controles da transmissão automática.
dos lados, se o curso do pedal do freio • Verifique a existência de vazamentos ou
danos nas mangueiras do radiador, aque- • Limpe a bateria e os terminais.
aumenta ou se o pedal do freio está duro
cedor e ar condicionado. • Verifique o nível do fluido do freio (e da
de pressionar.
embreagem).
• Se ocorrer alguma derrapagem ou mudan-
ças no funcionamento da transmissão, veri-
fique o nível do fluido da transmissão.

77
Manutenção

PLANO DE MANUTENÇÃO Caso o seu veículo esteja funcionando sob


uma das condições anteriores, você deve ins-
PREVENTIVA pecionar, substituir ou completar os reserva-
Se o veículo não estiver sob nenhuma das tórios com mais frequência do que o prescrito
condições a seguir, siga o plano de manu- no plano de manutenção normal. Após os
tenção normal. Se alguma destas condições períodos ou distâncias mostradas na tabela
ocorrer, siga a manutenção sob condições continue seguindo as manutenções progra-
severas de uso. madas.
• Percursos repetitivos e de curta distância.
• Condução em áreas com muita poeira ou
areia.
• Uso prolongado dos freios.
• Condução em áreas onde há sal ou ou-
tros materiais corrosivos.
• Condução em estradas acidentadas ou
lamacentas.
• Condução em áreas montanhosas.
• Períodos prolongados de funcionamento
em ponto morto ou em baixa velocidade.
• Condução por períodos prolongados em
baixa temperatura e/ou climas extrema-
mente úmidos.
• Mais de 50% de uso em tráfego intenso
em cidades com temperaturas acima dos
32°C.

78
Manutenção

PLANO DE MANUTENÇÃO NORMAL


kmx1.000 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100
Itens de Manutenção
(Meses) (12) (24) (36) (48) (60) (72) (84) (96) (108) (120)
1 Correias de acionamento *1 Substitua a cada 30.000 km ou 36 meses

Óleo e filtro de óleo 1.0 Turbo FLEX S S S S S S S S S S


2
do motor *2 1.0/1.6 MPI FLEX S S S S S S S S S S
3 Filtro de ar do motor I I I S I I I S I I
1.0 Turbo FLEX Substitua a cada 70.000 km
4 Velas de ignição *3
1.0/1.6 MPI FLEX Substitua a cada 160.000 km
5 Filtro de combustível *4
S S S S S S S S S S
6 Bomba de combustível *4 I I I
7 Folga das válvulas *5 Inspecione a cada 90.000 km ou 72 meses
Tampa do bocal de abastecimento e mangueiras de
8 I
vapor
Filtro de ar do reservatório de combustível
9 I S I
(se equipado)
Mangueiras de vácuo (do sistema EGR e válvula de
10 I I I I I I I I I I
aceleração)
11 Linhas de combustível, mangueiras e conexões I
12 Sistema de arrefecimento I I I I I I I I I I
Substitua da primeira vez com 100.000 km ou 60 meses, depois substitua a cada
13 Líquido de arrefecimento *6
40.000 km ou 24 meses
14 Estado da bateria I I I I I I I I I I
15 Sistema elétrico em geral I I I
16 Linhas de freio, mangueiras e conexões I I I I I I I I I I

79
Manutenção

kmx1.000 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100
Itens de Manutenção
(Meses) (12) (24) (36) (48) (60) (72) (84) (96) (108) (120)
17 Pedal de freio, pedal da embreagem (se equipado) I I I
18 Freio de estacionamento I I I
19 Fluido do freio/embreagem (se equipado) I I I I I I I I I I
20 Discos e pastilhas de freio I I I I I I I I I I
Fluido da direção hidráulica e mangueiras
21 I I I I I I I I I I
(se equipado)
22 Caixa de direção, articulações e coifas I I I I I I I I I I
23 Eixos propulsores e coifas I I I
24 Pneus (pressão e desgaste) I I I I I I I I I I
25 Juntas esféricas da suspensão dianteira I I I I I I I I I I
26 Parafusos e porcas do chassi e carroceria I I I I I I I I I I
27 Refrigerante do ar condicionado (se equipado) I I I I I I I I I I
28 Compressor do ar condicionado (se equipado) I I I I I I I I I I
29 Filtro do controle de climatização (se equipado) S S S S S
30 Óleo da transmissão manual (se equipado) *7 Inspecione a cada 60.000 km ou 48 meses
31 Fluido da transmissão automática (se equipado) Sem inspeção, livre de manutenção
32 Sistema de escape I I I

7 10
Manutenção

I : Inspecione e se necessário, ajuste, corrija, limpe ou substitua.


s : Substitua.
*1 : Inspecione a correia de acionamento. Inspecione polia tensora, polia guia e alternador, se necessário corrija ou substitua.
*2 : Verifique o nível do óleo do motor e vazamentos a cada 500 km ou antes de iniciar uma viagem longa.
*3 : Para sua conveniência, podem ser substituídas antes do intervalo normal ao realizar manutenção de outros itens.
*4 : O intervalo de manutenção depende da qualidade do combustível. Se você notar algum problema, como por exemplo, restrição do com-
bustível, perda de potência, dificuldade de partida ou ruído nos componentes do sistema de alimentação de combustível, dirija-se a uma
concessionária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB) para verificação ou substituição do filtro ou bomba de combustível.
*5 : Inspecione se houver ruído excessivo ou vibração do motor e ajuste se necessário. Esta operação deve ser realizada por uma concessio-
nária autorizada Hyundai Motor Brasil (HMB).
*6 : Para sua conveniência, pode ser substituído antes do intervalo normal ao realizar manutenção de outros itens.
*7 : O óleo da transmissão manual e o óleo do diferencial devem ser substituídos sempre que o veículo passar por áreas inundadas.

CUIDADO
Recomendamos efetuar a manutenção em concessionárias autorizadas HMB, para que os resíduos gerados na manutenção dos
veículos sejam descartados corretamente.

7 11
Manutenção

MANUTENÇÃO SOB CONDIÇÕES SEVERAS DE USO


Os seguintes pontos deverão ser verificados com maior frequência, caso o veículo seja normalmente utilizado sob condições severas de condu-
ção. Utilize o quadro abaixo para realizar intervalos de manutenção apropriados.

Operação de
Itens de manutenção Intervalo de manutenção Condição de condução
manutenção

Óleo e filtro de óleo 1.0 Turbo FLEX S A cada 5.000 km ou 6 meses


A, B, C, D, E, F, G, H, I, J
do motor 1.0/1.6 MPI FLEX S A cada 5.000 km ou 6 meses
Filtro de ar do motor S Substituir mais frequentemente, dependendo da condição C, E
Velas de ignição S Substituir mais frequentemente, dependendo da condição A, B, H, I, J
Caixa de direção, articulações e coifas I Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C, D, E, F, G
Juntas esféricas da suspensão dianteira I Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C, D, E, F, G
Discos e pastilhas de freio I Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C, D, E, G, H
Freio de estacionamento I Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C, D, G, H
Eixos propulsores e coifas I Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C, D, E, F, G, H, I
Filtro do controle de climatização (se equipado) S Inspecionar mais frequentemente, dependendo da condição C,