Вы находитесь на странице: 1из 11

PAISAGENS, FOTOGRAFIAS E IMAGENS: POSSIBILIDADES

METODOLÓGICAS PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE GEOGRAFIA

ALISSON CLAUBER MENDES DE ALENCAR


Mestrando do PPGG – Universidade Federal da Paraíba – UFPB, bolsista Capes,
Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Geográfica – GEPEG.
alissonclauber@gmail.com

Campina Grande – PB
Novembro / 2016
Partindo deste pressuposto, este
 A fotografia como uma
estudo propõe a interação entre:
linguagem;
 Para autores como Vigotski
(1998) e Bakhtin (2012) a Ferramentas
linguagem é uma construção tecnológicas
social que se desenvolve ao
longo da vida;
 A internet e os diferentes
recursos digitais para o
processo de ensino- Registros
Imagens
aprendizagem de Geografia fotográficos

para a Educação Básica.


Objetivos:

 Analisar a influência do uso das imagens, dos registros fotográficos e


das paisagens no processo de ensino-aprendizagem de conteúdos e
conceitos geográficos no âmbito escolar;
 Propor metodologias para a utilização da fotografia, como instrumento
facilitador na leitura da paisagem geográfica;
 Apresentar uma experiência pedagógica a partir da utilização da
plataforma virtual / site Flickr , nas aulas de Geografia.
 Análises e discussões
CARACTERIZAÇÃO DA IMAGEM FOTOGRÁFICA ENQUANTO
REPRESENTAÇÃO ESPACIAL
REPRESENTAÇÃO

PERCEPÇÃO PRÁTICAS ESCOLARES

PERCEBER/
RELAÇÃO RELAÇÕES
TOPOLÓGICAS

Fonte: Oliveira (2002), Piaget & Inhelder (1993) e Moraes. Elaborado por: Alencar,
Almeida & Pinheiro (2015).

A imagem é composta de discursos, possibilita, também, múltiplas


interpretações, pois cada leitor / observador lhes atribui
concepções únicas.
 Segundo Joly (1996, p. 19) “[...] a imagem [é
considerada um registro que] assemelha-se ou confunde-
se com o que representa.”

 [...] a fotografia é um registro visual [produzido por


instrumento técnico / tecnológico] de um determinado
espaço geográfico num momento histórico, compilado
mediante o ponto de vista de um observador.

 Santos (2009, p. 103) a define [paisagem] enquanto “[...]


um conjunto de formas, que num dado momento, exprime
as heranças que representam as sucessivas relações
localizadas entre homem e natureza”.
SISTEMATIZAÇÃO DO CONCEITO DE PAISAGEM

PAISAGEM
Movimento
Aparência espacial

Conteúdo
espacial
Forma Conteúdo

Dinâmica
social
Expressões de Contradições
Captada pelos tempos diferentes
sentidos

Aspectos Aspectos
objetivos subjetivos

Funcionalidade Forma Conteúdo Essência

Fonte: Cavalcanti (2008). Adaptado por: Alencar, Almeida & Pinheiro (2015).
 E.E.E.F.M.Jornalista José Leal Ramos, localizada no
Município de São João do Cariri – PB.

 Discentes do 2º ano “B” do Ensino Médio;

 Analisar
e discutir nas aulas de Geografia, o tema
“Problemas Socioambientais: do global ao local”.
Procedimentos metodológicos

1 2 3
•Problemas 4 5 6
socioambientais • A turma foi
analisados: poluição subdividida em • A partir da •Foram •Registros
sonora, grupos onde, via interação docente requisitadas para fotográficos para
•Destarte, foi aberta
assoreamento de sorteio, cada grupo – discente, a fundamentação comprovar a
uma conta para a
rios, resíduos ficou responsável por buscou-se das análises, veracidade dos
sólidos, fazer um projeto leituras prévias de problemas no turma no site
desmatamento,
apresentar Flickr (para as
sobre determinado autores como município.
recursos hídricos tema . análises, críticas postagens dos
Lima (2007) e
(escassez de água) e e sugestões para Lisboa et al registro
falta de esgotamento tentar minimizar fotográficos e dos
sanitário (global e (2009).
os referidos comentários).
local). problemas na
escala local.

Site: https://www.flickr.com/Educambiental
SITE DOS DISCENTES DO 2º ANO “B”

Fonte: Alencar (2015).

A referida ferramenta metodológica foi de grande relevância para o desenvolvimento


da emancipação dos discentes, já que os mesmos participaram como protagonistas no
processo educativo.
COMENTÁRIOS DOS DISCENTES SOBRE O PROBLEMA DA FALTA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO NO MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO CARIRI - PB

Fonte: Alencar (2015).

O processo de construção do conhecimento, hoje, é coletivo em sua essência. Estamos na


época dos compartilhamentos de informações, e estas quando compreendidas e
reinterpretadas transformam-se em conhecimento, porém, para que tal ação se concretize, o
professor deve assumir a condição de mediador deste processo.
Imagens e registros fotográficos, enquanto recursos metodológicos,
dinamizam a interação docente-discente e, por conseguinte, o ensino-
aprendizagem de conteúdos da Geografia.

Utilização de imagens como instrumentos de pesquisa (para os discentes)


e recurso pedagógico (para docentes), nas aulas de Geografia.

Com a inserção de recursos tecnológicos no ambiente escolar e no


cotidiano dos discentes, percebeu-se a necessidade de estabelecer
conexões entre as imagens e fotografias com as plataformas de interações
virtuais.

SiteFlickr, recurso metodológico que propiciou a construção coletiva de


conhecimentos geográficos.