You are on page 1of 9

Garça-caranguejeira

A garça-caranguejeira é uma ave da ordem Pelecaniformes. Pertence à família das


garças, sendo um dos menores membros deste grupo. Também chamada de papa-
ratos (Portugal).

Nome Científico
Seu nome científico significa: do (latim) ardeola, ardiola = garça pequena; do
(grego) rallus = referente ao gênero Rallus; Linneaeus 1758 e oides = semelhante. -
 (pequena garça semelhante a saracura).
Características
É uma garça de tamanho pequeno, mede entre 42 e 47 centímetros de comprimento
e pesa entre 230 e 370 gramas. Sua envergadura mede entre 80 e 92 centímetros.
(Martínez-Vilalta, Motis e Kirwan, 2016 em HBW).
Esta garça pode ser de bastante difícil detecção, pois confunde-se com o
emaranhado da vegetação palustre e ripícola que lhe costuma servir de fundo.
Quando adulto, a sua coloração é um misto de castanho-café e laranja no dorso e
nos flancos, branco no abdômen. Apresenta bela crista nucal com penas alongadas
e com estrias pretas que pendem pela nuca.
Olhos amarelos e bico acinzentado que na época reprodutiva adquire coloração azul
turquesa.
Os juvenis são menos coloridos, possuindo barras na cabeça e no pescoço, e dorso
acastanhado mais escuro que os adultos. Quando em voo, saltam à vista as asas
totalmente brancas, formando um claro contraste com a coloração do dorso e da
cabeça.

garça-caranguejeira adulto
garça-caranguejeira jovem

Subespécies
Possui duas subespécies reconhecidas:.
● Ardeola ralloides ralloides (Scopoli, 1769) – ocorre na região central e no
sudoeste do continente europeu, do Marrocos, noroeste da África, até a região
do mar de Aral e no Irã; no inverno atinge o mar Mediterrâneo e na região do
Oriente Médio, entretanto sua região de migração invernal principal é a região
tropical sub-saariana no continente africano;

● Ardeola ralloides paludivaga (Clancey, 1968) – ocorre no continente africano


ao sul do deserto do Saara, e também na ilha de Madagascar.

(Clements checklist, 2014).


Fotos das subespécies de (Ardeola ralloides)
(Ssp. ralloides) (Ssp. paludivaga)
Ardeola ralloides ralloides

Ardeola ralloides paludivaga


Alimentação
Hábitos alimentares…
garça-caranguejeira se alimentando

Reprodução
Hábitos reprodutivos…

Hábitos
Encontra-se sobretudo junto a zonas úmidas com vegetação palustre, e valas,
arrozais e campos alagados. Assim como em praias entre as pedras.
Distribuição Geográfica
Ocorre no sul da Europa e Oriente Médio, migrando para a África durante o inverno.

  Ocorrências registradas no WikiAves

Referências
● Wikipedia, a enciclopédia livre - http://pt.wikipedia.org/wiki/Gar%C3%A7a-
caranguejeira. Acesso em 18/09/13.

● Aves de Portugal - http://www.avesdeportugal.info/ardral.html. Acesso em


18/09/13.

● Dicionário Informal - http://www.dicionarioinformal.com.br/gar%C3%A7a-


caranguejeira/. Acesso em 18/09/13.

Consulta bibliográfica sobre subespécies:


● del Hoyo, J.; et al., (2014). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx
Edicions, Barcelona.

● Martínez-Vilalta, A., Motis, A. & Kirwan, G.M. (2016). Squacco Heron (Ardeola
ralloides). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E.
(eds.). Handbook of the Birds of the World Alive.

Galeria de Fotos
Listar todas as fotos