Вы находитесь на странице: 1из 15

Questão 1

A epidemiologia adotou novo método sistemático para prevenir e controlar as doenças na população, já que
a doença ocorre a partir da interação entre agente e determinantes e se desenvolve no meio interno do
organismo. Nesse contexto, analise as afirmativas e assinale V para verdadeiro e F para falso:

( ) Período pré-patogênico: não há manifestação da doença, os agentes físicos e químicos, nutricionais e


genéticos e os determinantes econômicos, culturais e psicossociais interagem com o indivíduo, tornando-o
vulnerável.

( ) Período patogênico: o processo patológico está ativo e iniciam-se as primeiras modificações no estado
de normalidade, desencadeados pela ação de agentes patogênicos.

( ) Período pré-patogênico: neste período há manifestação da doença e não são adotadas as medidas de
atenção primária.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:


Escolha uma:
a. F - V - F.
b. V - V - F.
c. F - F - F.
d. V - F - F.
e. V - V - V.

Questão 2
O conjunto de ideias sobre a participação social surgiu no Brasil com:

Escolha uma:
a. Com o acirramento dos debates e movimentos sociais, que defendiam a redemocratização do país, bem
como a defesa da vida, melhores condições sociais, com adoção de uma postura crítica reflexiva tanto na
educação quanto na saúde, como na formação e prática da saúde.
b. A medicina social após a declaração de Alma-Ata.
c. O movimento de redemocratização da saúde para se opor à Saúde Pública.
d. A medicina preventista, para promover a saúde física e a eficiência através dos esforços da comunidade
organizada.
e. Com o movimento da Reforma Sanitária que precedeu a saúde pública.

Questão 3
O que significa o conceito ampliado de saúde?

Escolha uma:
a. Considera não apenas fatores biológicos, mas outros que podem estar influenciando a relação social,
econômica, interferindo na autonomia e nas condições de vida dos sujeitos.
b. Avalia o estado de saúde apenas por meio de instrumentos de qualidade de vida.
c. É adotado atualmente para se contrapor ao conceito de ausência de doença.
d. Para ser alcançado depende da instituição de programas do setor público.
e. Assume apenas a relação social como fator causal de doenças.

Questão 1

Qual é a diferenciação da Saúde Coletiva e da Saúde Pública?

Escolha uma:
a. Uma utiliza meios e recursos do governo e a outra não.
b. Meios e abordagens utilizadas nas práticas de saúde, bem como ao enfoque coletivo.
c. Meios e abordagens utilizadas nas práticas de saúde e a compreensão da saúde.
d. Enfoque utilizado no trabalho dos agentes de saúde e ao objeto de estudo.
e. Enquanto uma tem como objeto de estudo a saúde individual, a outra tem a Saúde Coletiva.

Questão 2
Do que a Saúde Pública faz uso?

Escolha uma:
a. Das disciplinas de ciências humanas, ciências sociais e administração científica.
b. Das disciplinas de epidemiologia, planejamento estratégico e administração científica.
c. Das disciplinas de epidemiologia, planejamento normativo e administração científica.
d. Das disciplinas de epidemiologia, planejamento normativo e ciências sociais.
e. Das disciplinas de epidemiologia, planejamento normativo e gestão social.

Questão 3
O que podemos afirmar com relação à Saúde Coletiva?

Escolha uma:
a. Ela critica o conceito ampliado de saúde.
b. É uma disciplina multiprofissional que usa o conceito ampliado de saúde.
c. Assim como a Saúde Pública, adota o conceito biologicista.
d. Ela adota conceito biologicista, ao contrário da saúde pública que adota o conceito ampliado de saúde.
e. É multiprofissional, interdisciplinar e adota o conceito ampliado de saúde.

Questão 1
Quais criticas apontadas aos Modelos Explicativos de Saúde-Doença?

Escolha uma:
a. A crítica ao modelo de Historia Natural da Doença e que este, apesar de considerar a multiplicidade de
causas, privilegia aspectos biológicos na determinação da doença e foca suas ações na prevenção,
desconsiderando a saúde enquanto direito e acesso a bens e serviços.

b. A crítica ao Modelo Biomédico era que apesar de ser multicausal, não adotava medidas de promoção e
prevenção de doenças.

c. A critica ao modelo da Historia Natural da Doença era devido a dicotomia entre normal e patológico.

d. A critica ao Modelo da Biomédico é que embora seja multicausal, ainda privilegia os fatores biológicos
na promoção da saúde.

e. As críticas ao modelo da História Natural da Doença estavam relacionadas a epidemia tradicional


adotada na saúde da população, pela presença ou ausência de fatores de risco, sendo explicada a partir
das correlações entre as observações da clínica médica e dos fenômenos dos epidemilógicos relativos à
organização social e política da sociedade.

Questão 2
Podemos afirmar que o diabetes é uma doença:

Escolha uma:
a. Crônica, associada a múltiplos fatores causais, e por isso é correto afirmar que o Modelo Biomédico é
insuficiente para explicar a doença.
b. Decorrente da falha na produção de insulina, devido a processo auto imune.
c. Causada pela obesidade.
d. Decorrente do estilo de vida moderno, caracterizado pelo sedentarismo e alimentação rica em gordura.
e. Metabólica decorrente da produção excessiva de glicose.
Questão 3
O que é o Modelo Biomédico?

Escolha uma:
a. O Modelo Biomédico não adota a concepção de saúde enquanto ausência de doenças e
multicausalidade.

b. O Modelo Biomédico utilizava a epidemiologia tradicional, que analisava a saúde da população pela
presença ou ausência de fator de risco.
c. O Modelo Biomédico conceitua a saúde como decorrente da inadaptação do organismo a um agente
etiopatogênico.
d. O Modelo Biomédico classifica as doenças apenas em não transmissíveis.
e. O Modelo Biomédico assume que a doença é entendida como resultante de um processo
desencadeado por agentes externos.

Questão 1

Dentre as características do Modelo Biomédico, temos:

Escolha uma:
a. O Modelo Biomédico adota a concepção de saúde enquanto ausência de doenças e multicausalidade.
b. O Modelo Biomédico utilizava a epidemiologia tradicional, que analisava a saúde da população pela
presença ou ausência de fator de risco.
c. O Modelo Biomédico classifica as doenças em transmissíveis e não transmissíveis.
d. O Modelo Biomédico conceitua a saúde como decorrente da inadaptação do organismo a um agente
etiopatogênico.
e. O Modelo Biomédico assume que a doença é entendida como resultante de um processo desencadeado
por agentes externos.

Questão 2
Ao analisar os modelos explicativos de Saúde-Doença, podemos afirmar:

Escolha uma:
a. Na fase pré-patogênese do Modelo História Natural da Doença, os indivíduos estão expostos aos agentes
e, portanto, não estão mais em normalidade, nessa fase são adotadas exclusivamente medidas de
prevenção e diagnóstico.
b. No Modelo Biomédico, a doença é entendida como um processo decorrente da ação de múltiplas causas.
c. No Modelo dos Determinantes Sociais da Saúde considera-se apenas os fatores sociais.
d. A História Natural da Doença é dividida em duas fases, que são: pré-patogênese e patogênese.
e. A História Natural da Doença é complexa e adota a saúde como resultante de aspectos sociais,
econômicos e físicos que interagem entre si podendo desencadear o adoecimento e este é compreendido
em uma sequência linear de eventos.

Questão 3
Podemos afirmar que o conceito de saúde adotado:

Escolha uma:
a. No Modelo explicativo dos Determinantes Sociais de Saúde é o de qualidade de vida, resultante de um
conjunto de fatores, como trabalho, habitação, alimentação, renda e acesso a serviços, que se associam.

b. No modelo da História Natural da Doença é o de ausência de doenças.


c. No Modelo explicativo dos Determinantes Sociais de Saúde a saúde é resultante dos aspectos sociais.
d. No modelo explicativo da História Natural da Doença e Modelo Biomédico é o bem estar, resultante do
equilíbrio físico e mental.
e. No modelo dos Determinantes Sociais de Saúde é o de ausência de doenças.
Questão 1

Podemos afirmar que na Academia de Saúde são desenvolvidas:

Escolha uma:
a. Atividades Físicas e Práticas Corporais em equipamentos ou ginástica livre, alongamentos, capoeira,
dança de salão, artes marciais, dentre outras atividades coordenadas por educadores físicos.
b. Atividades Físicas e Práticas Corporais em equipamentos ou ginástica livre, alongamentos, capoeira,
dança de salão, artes marciais, dentre outras atividades desenvolvidas exclusivamente pela equipe
multidisciplinar da Atenção Básica.
c. Ações destinadas ao incremento de Atividade Física e Práticas Corporais em espaços da Unidade Básica
de Saúde ou Clínicas de Saúde da Família.
d. Atividades Físicas e Práticas Corporais apenas nos espaços da Unidade Básica de Saúde ou Clínicas de
Saúde da Família.
e. Atividades Físicas e Práticas Corporais exclusivamente no conjunto de equipamentos da academia.

Questão 2
O Programa Academia de Saúde tem como objetivos:

Escolha uma:
a. Promover a alimentação saudável, por meio da segurança alimentar.
b. Promover práticas corporais e atividade física, alimentação saudável e modos saudáveis de vida.
c. Promover a integração e articulação de projetos no âmbito da cultura, esporte e lazer.
d. Promover a atividade física por meio de ações culturalmente inseridas e adaptadas aos territórios locais.
e. Promover práticas corporais e atividade física, por meio de ações culturalmente inseridas e adaptadas
aos territórios locais.

Questão 3
Quando surgiu a Promoção de Saúde como um processo de capacitação da comunidade para atuar na
melhoria da qualidade de vida e saúde?

Escolha uma:
a. Com a carta de Otawa em 1986.
b. Com o movimento de Promoção de Saúde em 1974.
c. Com o Informe de Lalonde, no Canadá.
d. Com a carta de Otawa em 2014.
e. Com a declaração de Alma-Ata em 1996.

Questão 1

Podemos afirmar que a Promoção de Saúde e a Prevenção de doenças:

Escolha uma:
a. Segundo o modelo da História Natural da Doença estão na atenção primária, que se distinguem apenas
devido ao fato de que na promoção de saúde a atenção é coletiva e na prevenção de doenças é individual.
b. Segundo o modelo da História Natural da Doença estão na atenção primária, e distinguem-se devido ao
fato de que na promoção de saúde as ações visam aumentar a saúde e são ações coletivas, e na
prevenção de doenças as ações são definidas para combater doença uma específica as ações são
individuais.
c. Segundo o modelo da História Natural da Doença estão na atenção primária, que se distinguem devido
ao fato de que na promoção de saúde as ações visam aumentar a saúde e o bem-estar e na prevenção de
doenças as ações são definidas para combater uma doença específica.
d. Segundo o modelo da História Natural da Doença estão na atenção primária, distinguem-se devido ao
fato de que na promoção de saúde as ações visam manter a saúde na prevenção de doenças e são
definidas para combater sequelas específicas das doenças e, portanto são ações individuais.
e. Segundo o modelo da História Natural da Doença estão na atenção primária, já a proteção específica
está no nível secundário.

Questão 2
A Promoção de Saúde surgiu devido a:

Escolha uma:
a. Custos crescentes da assistência médica com doenças transmissíveis para erradicar as doenças
infectocontagiosas.
b. Custos crescentes da assistência médica e para erradicar as doenças crônico-degenerativas.
c. Ao elevado custo da assistência nos países subdesenvolvidos.
d. Custos crescentes da assistência médica e para reduzir o impacto das doenças crônico-degenerativas.

e. Ao elevado custo da assistência médica com doenças degenerativas nos países subdesenvolvidos.

Questão 3
Em relação ao termo Promoção de saúde é correto afirmar que surgiu:

Escolha uma:
a. Em 1920, com o esforço da comunidade organizada para alcançar políticas que melhorassem as
condições de saúde e os programas educativos para a população.
b. Em 1974, com o Informe de Lalonde.
c. Em 1920, quando Sigerist definiu como tarefas essenciais da medicina a promoção da saúde, prevenção
de enfermidades e acidentes e a atenção curativa.
d. Em 1920, quando Winslow definiu como tarefa essencial da medicina.
e. Em 1965, com a Carta de Otawa, como um processo de capacitação da comunidade para atuar na
melhoria de sua qualidade de vida e saúde, incluindo uma maior participação no controle desse processo.

Questão 1
Qual é o objetivo da Educação em Saúde Dialógica?

Escolha uma:
a. Educar os profissionais de saúde por meio do conhecimento necessário para atuar na saúde coletiva.
b. Desenvolver a autonomia e a participação ativa dos sujeitos por meio de práticas educativas que
envolvam o diálogo, articulando os saberes técnicos e populares.
c. Transmitir o conhecimento necessário aos indivíduos e coletividade para adotarem hábitos saudáveis.
d. Informar os indivíduos e a população sobre os cuidados e hábitos saudáveis que devem ser adotados
para promover a saúde.
e. Transmitir o conhecimento necessário para população, possibilitando o desenvolvimento da autonomia.

Questão 2
A Educação em Saúde Dialógica utiliza como metodologia:

Escolha uma:
a. A oficina propõe um questionamento central, e por meio de técnicas de sensibilização e de reflexão
estimulam a pensar sobre situações cotidianas, com vivências práticas que possibilitam a articulação do
tema no seu cotidiano e com a troca de informações no grupo possibilitam desenvolvimento de
conhecimentos e estratégias de mudança.
b. Roda de conversa e oficina, que se caracterizam por adotarem a reflexão, a sensibilização e o agir, por
isto contemplam atividades e vivencias relacionadas a temas presentes no cotidiano dos sujeitos.
c. Oficina, que é um método que se caracteriza pela exposição de um tema e os participantes são
estimulados a apresentar suas opiniões à medida que os indivíduos expõem seus argumentos, escutam as
diferentes opiniões e vão construindo alternativas para mudanças.
d. Roda de conversa que, por meio da reflexão de uma questão central, sensibiliza os participantes por meio
de vivências práticas a adotar comportamentos que auxiliem na melhora da qualidade de vida.
e. Informes e palestras que transmitam cuidados e hábitos de saúde a serem adotados.

Questão 3
A Educação em Saúde preconizada pela Saúde Coletiva deve:

Escolha uma:
a. Utilizar práticas educativas que considerem os determinantes sociais e em que as informações
transmitidas sejam passadas considerando as características de saúde da população alvo.
b. Utilizar métodos e práticas educativas em campanhas que façam com que os indivíduos e a população
alvo recebam informes sobre cuidados com a saúde e com a comunidade.
c. Utilizar métodos e práticas educativas em que os indivíduos e a população alvo recebam as informações
quanto aos cuidados individuais e ao saneamento do ambiente, para evitar a propagação de doenças.
d. Utilizar métodos e práticas educativas que informem os comportamentos e cuidados que o indivíduo deve
adotar para prevenir doenças.
e. Utilizar métodos e práticas educativas que permitam o diálogo, que promovam a reflexão entre os
participantes sobre os determinantes sociais presentes em seu cotidiano que podem influir em sua vida,
favorecendo que os mesmos possam adotar cuidados com sua saúde, família e ambiente que permitam
viver com mais qualidade de vida.

Questão 1

A Educação Popular em Saúde tem como objetivo:

Escolha uma:
a. O desenvolvimento da autonomia, e da emancipação dos grupos populacionais por meio da participação
social, mobilização e política para a melhoria das condições de vida.
b. Transmitir conhecimentos relativos à saúde da população, considerando os determinantes sociais de
forma que ela adote as mudanças de hábitos e cuidados a saúde propostos.
c. O desenvolvimento de conhecimentos relacionados aos cuidados com a saúde e o ambiente.
d. Transmitir informações relacionadas à saúde da população de maneira que as mesmas se
responsabilizem por sua saúde.
e. Transmitir conhecimentos relativos à saúde e à política, de forma a possibilitar que os mesmos tornem-se
mais participativos na sociedade.

Questão 2
A Educação em Saúde Dialógica tem como objetivo:

Escolha uma:
a. Educar os profissionais de saúde por meio de conhecimentos necessários para atuar na saúde coletiva.
b. Desenvolver a autonomia e a participação ativa dos sujeitos por meio de práticas educativas que
envolvam o diálogo, articulando os saberes técnicos e da população.
c. Transmitir conhecimentos necessários para a população que possibilitem desenvolvimento da autonomia.
d. Informar os indivíduos e a população sobre os cuidados e hábitos saudáveis que devem ser adotados
para promover a saúde.
e. Transmitir conhecimentos aos indivíduos e coletividade necessários para adotarem hábitos saudáveis.

Questão 3
A Educação em Saúde é diferente da Educação na Saúde, pois:

Escolha uma:
a. A Educação em Saúde é utilizada para educar profissionais de saúde, enquanto a Educação na Saúde é
utilizada educação de sujeitos e populações.
b. A Educação em Saúde é utilizada para promover a saúde dos sujeitos e comunidades, enquanto a
Educação na Saúde faz referência ao estudo das práticas pedagógicas e diretrizes curriculares adotadas na
formação de profissionais de saúde.
c. A Educação em Saúde é realizada por práticas dialógicas e na Educação na Saúde é realizada por meio
das práticas pedagógicas tradicionais.
d. A Educação em Saúde é utilizada para profissionais em serviço, enquanto a Educação na Saúde é
utilizada na formação de profissionais na graduação.
e. A Educação em Saúde utiliza metodologia tradicional, já a Educação na Saúde usa a dialógica.

Questão 1
Ao realizar a Oficina de Alimentação Saudável na Unidade Básica de Saúde, foi identificada a dificuldade de
acesso às verduras e hortaliças, devido ao custo e dificuldade de compra de produtos frescos. O grupo se
organizou e, com auxílio de uma cooperativa e lideranças sociais locais, criaram uma horta comunitária num
terreno desocupado cedido pela igreja. Podemos afirmar que:

Escolha uma:
a. A prática educativa promoveu o autocuidado, integralidade e empoderamento social no grupo.
b. A prática educativa promoveu autocuidado, integralidade e intersetorialidade social no grupo.
c. A prática educativa promoveu autocuidado, intersetorialidade e empoderamento social.
d. A prática educativa promoveu a participação social, empoderamento e emancipação social no grupo.
e. A prática educativa promoveu a integralidade e a intersetorialidade no grupo.

Questão 2
O aumento na mortalidade e adoecimento por Doenças Crônicas Não Transmissíveis na sociedade
moderna, pode ser justificado:

Escolha uma:
a. Pelas práticas de saúde pública focadas no modelo biomédico, unicausal.
b. Pelo estilo de vida adotado pela população que predispõe a obesidade e sedentarismo, fortemente
influenciados pelos determinantes sociais e modos de viver da população.
c. Pelos comportamentos inadequados adotado pela população.
d. Pelas condições socioculturais que impedem adoção de hábitos de higiene.
e. Pelas práticas de saúde pública adotadas pelo Modelo História Natural da Doença que não consideram
os determinantes socais em suas ações em Saúde.

Questão 3
Como se caracterizam as práticas da Saúde Pública adotadas antes da Saúde Coletiva?

Escolha uma:
a. Vacina e práticas coletivas que promoviam a reflexão sobre os fatores relacionados ao viver com
qualidade.
b. Campanhas informativas, prescrições sobre cuidados para prevenir doenças.
c. Oficinas que transmitiam os cuidados e comportamentos a serem adotados pela população.
d. Palestras informativas que apresentavam os cuidados com o corpo e o meio ambiente de maneira a
promover melhores condições de vida.
e. Rodas de conversa, com temas relacionados ao viver da população oprimida.

Questão 4
Em relação às práticas de Promoção de Atividade Física preconizada pela Políticas Públicas:

Escolha uma:
a. A promoção da atividade física é realizada nas Unidades Básicas com grupo de pacientes hipertensos e
diabéticos.
b. A promoção da atividade física é realizada pelo Programa Academia de Saúde, que desenvolve
atividades físicas e práticas corporais, práticas educativas relacionadas a temas como atividade física,
alimentação saudável, violência e outros temas que podem promover melhores condições de vida; também
engloba ações nas escolas, organizações sociais e praças públicas.
c. A promoção da atividade física é realizada por atividades físicas e práticas corporais desenvolvidas em
espaços de lazer, como clubes esportivos.
d. A promoção da atividade física é realizada por campanhas informativas e de mídia televisiva.
e. A promoção da atividade física é feita pela divulgação e ampliação da atividade física por meio de
palestras e atividades em grupos nas unidades de saúde.

Questão 5
A equipe de saúde de uma Unidade Básica de Saúde está organizando uma atividade na escola, onde
desenvolverá a reflexão sobre a questão: dengue é uma questão de educação? Nesta situação é possível
afirmar que:

Escolha uma:
a. A prática educativa utilizará o modelo de Educação Continuada.
b. A ação de promoção de saúde no caso é intersetorial.
c. A prática educativa utilizará o modelo de Educação Permanente em Serviço.
d. A prática educativa utilizará o modelo de Educação em Saúde Tradicional.
e. A prática educativa utilizará o modelo de Educação na Saúde.

Questão 1
Com que frequência as Conferências de Saúde são realizadas e quem são seus participantes?

Escolha uma:
a. A cada quatro anos, com a participação de conselheiros municipais e estaduais, de gestores e dos
prestadores de serviços de saúde.
b. A cada quatro anos, com a participação de movimentos sociais organizados, das entidades ligadas à área
da Saúde, dos gestores e dos prestadores de serviços de saúde.
c. A cada dois anos, com a participação de conselheiros municipais e estaduais, de gestores e dos
prestadores de serviços de saúde.
d. Anualmente, com a participação de representantes de segmentos sociais.
e. A cada dois anos, com a participação de conselheiros municipais e estaduais.

Questão 2
Qual é o papel desempenhado pelas Conferências de Saúde?

Escolha uma:
a. São órgãos colegiados que atuam na formulação de estratégias e no controle da execução da política de
saúde.
b. São órgãos colegiados que formulam estratégias de política em saúde.
c. São espaços institucionais destinados a avaliar o Sistema de Saúde e propor novas diretrizes para a
formulação de políticas de saúde.
d. São espaços que deliberam novas políticas de saúde nas três esferas de governo.
e. São espaços institucionais destinados a avaliar o Sistema de Saúde e deliberar em relação à política
pública de saúde em nível local.

Questão 3
A 15° Conferência Nacional de Saúde abordou:

Escolha uma:
a. A Saúde Pública e a valorização dos cuidados individuais.
b. A Saúde Pública e a valorização do trabalho multiprofissional e interdisciplinar.
c. Saúde Pública versus Saúde Coletiva.
d. Saúde Pública versus Saúde Complementar.
e. A saúde enquanto direito de cidadania.

Questão 1
O movimento sanitário teve início na década de 70, no período, a saúde no Brasil:

Escolha uma:
a. Era caracterizada pela existência da polícia sanitária e campanhas de natureza autoritária, o que gerou
oposição por parte da população, políticos e líderes militares, e resultou na Revolta da Vacina.
b. Passava por graves problemas com doenças como cólera, varíola e peste bubônica e para combatê-las
foram implementadas as campanhas de vacinação obrigatória.
c. Apresentava séria crise, com aumento de casos de moléstias infecto contagiosas, com aumento de casos
de tuberculose, malária e doença de Chagas.
d. Apresentava avanços devido ao desenvolvimento das ciências médicas e dos medicamentos. Houve
aumento da expectativa de vida, com isso, a população começou a sofrer de doenças crônicas típicas da
modernidade.
e. Caracterizava-se por grande investimento em hospitais públicos para atender algumas doenças
consideradas nocivas à população e de necessário controle pelo Estado, como as doenças mentais, a
tuberculose e a hanseníase.

Questão 2
A época do fim do milagre econômico pode ser retratada pela presença de baixos salários, desemprego
com graves consequências sociais, como o aumento da marginalidade, das favelas e da mortalidade infantil.
Nesse período, a assistência à saúde era caracterizada por:

Escolha uma:
a. Prática curativa individual especializada, orientada para a medicina privada.
b. Prática curativa individual orientada para a medicina previdenciária.
c. Prática curativa individual, orientada para a medicina do trabalho.
d. Prática curativa individual especializada, orientada para a saúde pública.
e. Prática curativa individual especializada, orientada para a medicina do trabalho.

Questão 3
Os problemas que deram origem à reformulação do sistema de saúde foram:

Escolha uma:
a. Alta demanda e resolutividade nos problemas de saúde.
b. Excesso de controle dos gastos e gestão centralizada.
c. Desigualdade no acesso aos serviços de saúde e descentralização na gestão.
d. Excesso de recursos e gastos com medidas de promoção e prevenção.
e. Multiplicidade e falta de coordenação entre as instituições que atuavam no setor.

Questão 1
Entre os princípios doutrinários que estruturam o Sistema Único de Saúde, temos a Universalidade, a
Equidade e a Integralidade. Dentre destes princípios, o que podemos afirmar com relação à Integralidade?

Escolha uma:
a. É o princípio que assegura o direito a ações e serviços de todos os níveis, de acordo com a complexidade
que cada caso exige, more o cidadão onde morar, sem privilégios e sem barreiras.
b. É o princípio norteador do Sistema Único de Saúde que assegura o direito a ações e serviços com
igualdade de acesso sem distinção de raça, sexo, religião ou qualquer outra forma de discriminação do
cidadão brasileiro.
c. É o princípio que assegura a saúde como direito a todos os cidadãos.
d. É o princípio que garante não apenas o direito à saúde por meio das políticas públicas, mas a igualdade
de acesso sem distinção de raça, sexo, religião ou qualquer outra forma de discriminação do cidadão
brasileiro.
e. É o princípio norteador do Sistema Único de Saúde que assegura que o homem é um ser biopsicossocial
que deve ter suas necessidades atendidas por ações e serviços, sejam estes preventivos e curativos,
individuais e coletivos, em todos os níveis de complexidade do sistema.

Questão 2
O Princípio que assegura o direito a ações e serviços de todos os níveis, de acordo com a complexidade
que cada caso exige, more o cidadão onde morar, sem privilégios e sem barreiras é:

Escolha uma:
a. O princípio da Equidade, que considera as desigualdades sociais e tenta minimizá-las.
b. O princípio da Universalidade, que é polissêmico.
c. O princípio da Integralidade, que considera as desigualdades sociais e tenta promover a justiça social.
d. O princípio da Integralidade, que é polissêmico.
e. O princípio da Universalidade, que é inclusivo.

Questão 3
Dentre os Princípios Doutrinários, podemos afirmar que:

Escolha uma:
a. O princípio da Universalidade é o princípio que assegura a igualdade de acesso.
b. O princípio da Equidade é o princípio que assegura acesso a diferentes níveis de complexidade.
c. O princípio da Integralidade é o princípio que assegura a saúde enquanto cidadania.
d. O princípio da Equidade é o princípio que assegura a saúde enquanto cidadania.
e. O princípio da Integralidade é o princípio que assegura acesso a diferentes níveis de complexidade.

Questão 1
A base legal do Sistema Único de Saúde é constituída fundamentalmente por três documentos que
estruturam e organizam o Sistema Único de Saúde, são eles, a Constituição de 1988, a Lei Orgânica de
Saúde 8.080/90 e a Lei 8.142/90. A Lei 8080/90 dispõe:

Escolha uma:
a. Sobre a participação popular na gestão do Sistema Único de Saúde.
b. Sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros
c. A participação complementar do sistema privado.
d. A saúde é um dos setores que estruturam a seguridade social, ao lado da previdência e da assistência
social.
e. Instituiu os Conselhos de Saúde.

Questão 2
O Princípio da Equidade é um princípio doutrinário, que:

Escolha uma:
a. Assegura a participação social.
b. Assegura a capacidade de resolução dos serviços em todos os níveis de assistência.
c. Assegura preservação da autonomia das pessoas na defesa de sua integridade física e moral.
d. Assegura a organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins idênticos.
e. Assegura igualdade de condições a todos os cidadãos, mesmo considerando as desigualdades.

Questão 3
Podemos afirmar que, segundo a Lei Orgânica da Saúde- Lei 8.080/90, o Princípio da Integralidade, no art.
7º assegura:

Escolha uma:
a. Educação em Saúde Integral.
b. Formação integral dos profissionais de saúde.
c. Atenção ao trabalho multiprofissional.
d. Políticas Públicas integrais.
e. Conjunto estruturado e ininterrupto de serviços e ações preventivas e curativas, individuais e coletivas,
segundo a necessidade de cada caso, nos diversos níveis de complexidade do sistema.

Questão 1
O Princípio Organizativo da Participação da Comunidade foi definido na Constituição Federal em seu artigo
198, na Lei Orgânica da Saúde n. 8.080 em seu artigo 7°, e:

Escolha uma:
a. Na Norma Operacional da Assistência à Saúde 01/2001, que define a participação da Comunidade nos
Conselhos de Saúde e nos Conselhos Intergestores.
b. Na Norma Operacional Básica 01/2001, que define a participação da Comunidade nos Conselhos de
Saúde e nas Conferências de Saúde.
c. Na lei n. 8.142, que define a participação da Comunidade nos Conselhos de Saúde e nas Conferências
de Saúde.
d. Na lei n. 8.142, que define a participação da Comunidade nos Conselhos de Saúde e nos Conselhos
Intergestores.
e. Na Norma Operacional Básica 01/1996, que define a participação da Comunidade nos Conselhos de
Saúde e nas Conferências de Saúde.

Questão 2
O princípio da descentralização definido na Constituição de 1988 assegura que o Sistema Único de Saúde
(SUS):

Escolha uma:
a. É organizado nas três esferas de governo, com descentralização político-administrativa, com direção
única em cada esfera de governo e com ênfase na descentralização dos serviços para os municípios.
b. É organizado nas três esferas de governo, com uma direção única: no governo federal, o ministério da
saúde; nos estados e no Distrito Federal, as secretarias estaduais de saúde; e nos municípios, as
secretarias municipais de saúde, as quais desenvolvem as políticas, os serviços e as ações definidas pelos
Conselhos Intergestores.
c. Deve transferir a gestão e o poder decisório, político e administrativo ao Município, cabendo ao Estado e
à Federação o financiamento à saúde.
d. É um sistema único e integrado e, portanto, deve ter a gestão, o poder político administrativo e decisório
centrados no município a fim de aproximar a gestão municipal da necessidade do território.
e. É organizado para ter uma direção única nas três esferas de governo, que devem se articular e oferecer
ações e serviços nos três níveis: estadual, municipal e federal.

Questão 3
O princípio de regionalização e hierarquização é também denominado de diretriz organizativa, uma vez que
direciona a conformação do SUS em sistema integrado em redes de serviços hierarquizados segundo:

Escolha uma:
a. O nível de complexidade por regiões ou microrregiões no município e estado.
b. As regiões do município.
c. O nível de complexidade por regiões ou microrregiões nos Estados.
d. O nível de complexidade no município.
e. O nível de complexidade por regiões ou microrregiões municipais, estaduais e regionais.
Questão 1

A Norma Operacional Básica 01/96 determinou o formato da reorientação do modelo assistencial brasileiro,
quando:

Escolha uma:
a. Definiu os papéis de cada nível de governo e os instrumentos gerenciais.
b. Instituiu o Conselho Nacional de Saúde e Conferência de Saúde.
c. Definiu o financiamento da assistência médica.
d. Instituiu a Territorialização e as microrregiões em Saúde.
e. Instituiu o Plano Diretor de Regionalização.

Questão 2
As Normas Operacionais de Assistência à Saúde normalizaram a(s):

Escolha uma:
a. Descentralização.
b. Participação Popular.
c. Formação dos conselhos intergestores.
d. Regionalização e Hierarquização na saúde.
e. Transferências de recursos, poderes entre os níveis de governo.

Questão 3
O Sistema Único de Saúde é organizado segundo o Princípio de Regionalização e Hierarquização, o qual:

Escolha uma:
a. Possibilita que seja assegurada a participação da comunidade.
b. Possibilita que seja assegurada a integralidade.
c. Possibilita que seja assegurada a descentralização.
d. Possibilita que seja assegurada a participação social.
e. Possibilita que seja assegurada a universalização.

Questão 1

O poder judiciário influencia o curso das políticas públicas em Saúde:

Escolha uma:
a. Na formulação das políticas.
b. Na avaliação da legalidade das Políticas Públicas.
c. Devido a Judicialização na Saúde.
d. Na execução das políticas.
e. Na formulação de leis.

Questão 2
Nos processos de formulação e avaliação de políticas públicas, o poder:

Escolha uma:
a. Executivo atua como articulador e defensor de interesses sociais e de grupos específicos, elaborando e
aprovando leis para políticas em saúde.
b. Legislativo atua como articulador e defensor de interesses sociais e de grupos específicos, elaborando e
aprovando leis para políticas em saúde.
c. Legislativo atua como articulador e defensor de interesses sociais e de grupos específicos, avaliando e
legitimando as leis para políticas em saúde.
d. Judiciário atua como articulador e defensor de interesses sociais e de grupos específicos, elaborando e
aprovando leis para políticas em saúde.
e. Executivo atua como articulador e defensor de interesses sociais e de grupos específicos, avaliando e
legitimando as leis para políticas em saúde.

Questão 3
A Participação Social na formulação das Políticas Públicas, ocorre:

Escolha uma:
a. De forma deliberativa pelos conselhos de Saúde e Consultiva pelas Conferências de Saúde.
b. De forma consultiva pelos conselhos de Saúde e deliberativo pelas Conferências de Saúde.
c. De forma deliberativa pelos conselhos de Secretários de Saúde.
d. De forma consultiva pelos conselhos de Secretários de Saúde.
e. De forma deliberativa pelos conselhos de Saúde e comissão de intergestores.

Questão 1
De quem são as atribuições da formulação das Políticas Públicas de Saúde?

Escolha uma:
a. Das três esferas de governo.
b. Do Estado centralizado no Ministério da Saúde.
c. Do Estado centralizado na Secretaria Estadual de Saúde.
d. Dos Governos Federais e Estaduais.
e. Do Estado centralizado na Secretaria Municipal de Saúde.

Questão 2
Por quem são formuladas as Políticas Públicas em Saúde?

Escolha uma:
a. Pelo Poder Legislativo e Judiciário, sendo que o Executivo apenas as executa.
b. Pelo Poder Legislativo, Judiciário e Executivo.
c. Pelo Poder Executivo e Judiciário, sendo que o Legislativo dá a legitimidade.
d. Pelo poder legislativo, pois o executivo as executa e o judiciário faz o controle da execução.
e. Pelo Poder Legislativo e Executivo, sendo que o Judiciário dá a legalidade e o controle da execução.

Questão 3
Como é assegurada a Participação Social na Formulação das Políticas Públicas em Saúde?

Escolha uma:
a. Pela participação exclusiva nas Conferências Nacionais de Saúde.
b. Pela participação junto ao poder Executivo nos Conselhos de Saúde, nas três esferas de governo.
c. Pela participação junto ao poder Legislativo nos Conselhos de Secretários de Saúde.
d. Pela participação junto ao poder Executivo nos Conselhos de Secretários de Saúde.
e. Pela participação junto ao poder Judiciário nos Conselhos de Secretários de Saúde.

Questão 1
As políticas públicas em Saúde são desenvolvidas por meio de ações, programas, projetos,
regulamentações, leis e normas que são formuladas:

Escolha uma:
a. Pelo Legislativo e Executivo de forma articulada e equilibrada.
b. Pelo Legislativo, Executivo e Judiciário.
c. Pelo Legislativo e Judiciário de forma articulada e equilibrada.
d. Pelo Legislativo e Executivo porém o poder executivo por meio de decretos, resoluções, portarias é o
principal responsável pela conformação de políticas.

Questão 2
Paciente com hipertensão arterial sofreu um Acidente Vascular cerebral, ficando internado. Na alta
Hospitalar o médico o encaminha o para a Unidade Básica de Saúde para acompanhamento do quadro
hipertensivo e para serviço de reabilitação. Este caso nos remete a qual princípio(s) do Sistema Único de
Saúde. Qual(is)?

Escolha uma:
a. Universalidade.
b. Integralidade.
c. Universalidade e Equidade.
d. Regionalização e Hierarquização.
e. Descentralização e Participação Social.

Questão 3
A Participação Social está assegurada na Constituição e na LOS n°8.142 que dispõem sobre as instâncias
de participação na gestão do SUS, as Conferências de Saúde e Conselhos de Saúde. Segundo estas as
Conferências de Saúde devem ocorrer a quatro anos e tem papel:

Escolha uma:
a. Deliberativo, com objetivo de avaliar a situação de saúde em nível nacional e propor as diretrizes para
formulação de políticas.
b. Consultivo na formulação de políticas nacionais, exercer o controle social sobre as políticas de saúde,
inclusive em suas dimensões financeiras e administrativas.
c. Consultivo, com objetivo de avaliar a situação de saúde em cada uma de suas áreas de competência e
propor as diretrizes para formulação de políticas.
d. Deliberativo, com objetivo de avaliar a situação de saúde em cada uma de suas áreas de competência e
propor as diretrizes para formulação de políticas.
e. Deliberativo na formulação de políticas, exercer o controle social sobre as políticas de saúde, inclusive
em suas dimensões financeiras e administrativas.

Questão 4
Os princípios ________________servem de alicerce para o Sistema Único de Saúde e ao mesmo tempo,
representam os valores, os preceitos que sustentam o sistema. Mencionamos um princípio que é
estruturante, é o princípio moral, servindo para orientar as ações e políticas de saúde em nosso país. Mas
temos os princípios ______________ que auxiliam na organização, conformação das ações e serviços do
Sistema Único de Saúde, que são os princípios:

Escolha uma:
a. Organizativos, Doutrinários, Descentralização, Equidade e Integralidade.
b. Doutrinários, Organizativos, Integralidade, Equidade e Descentralização.
c. Organizativos, Doutrinários, Descentralização, Regionalização e Hierarquização e Participação Social.
d. Organizativos, Doutrinários, Integralidade, Equidade e Participação Social.
e. Doutrinários, Organizativos, Descentralização, Regionalização e Hierarquização e Participação Social.

Questão 5
Em quais fases ocorrem a formulação das Políticas Públicas de Saúde?

Escolha uma:
a. A segunda fase de (1998-2002), com ênfase na regulação do mercado em saúde, como exemplo a
criação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
b. A quarta fase de (1990 -1994) de retorno das políticas específicas diretamente atreladas a um projeto do
governo federal, como exemplo a criação de iodação de sal.
c. A segunda fase de (1998-2002), com ênfase na regulação do mercado em saúde, como exemplo o
controle de Asbesto/Amianto.
d. A primeira fase (1990 -1994) com definição das bases legais do Sistema Único de Saúde, como exemplo
a lei de Vigilância Sanitária.
e. A primeira fase (1990 -1994) com definição das bases legais do SUS, como exemplo as Leis Orgânicas
de Saúde.