Вы находитесь на странице: 1из 39

Unidade III

FUNDAMENTOS HISTÓRICOS DE
ENFERMAGEM

Prof. Ma. Juliana Amaral


Teorias de Enfermagem

 Teorias constituem uma forma


sistemática de olhar para o mundo para
descrevê-lo, explicá-lo, prevê-lo ou
controlá-lo. (Hickman, Janet)
 O cerne das teorias de enfermagem é o
cuidado.
Teorias de Enfermagem

 Considerado um movimento da profissão


na busca de sua autonomia e da
delimitação de suas ações.
 A utilização precisa ser testada e
aplicada para avaliar se pode ser
adaptada à prática que se deseja.
 Afinidade com o profissional
Teorias de Enfermagem

 Estão sendo propostas desde Florence


Nightingale.
 São versões da realidade.
 Expressam valores.
 São ferramentas para intervenção na
realidade.
 Representam o estado da arte
profissional.
 Referência ao cuidado.
 Geram conflitos.
 Buscam soluções.
Teorias de Enfermagem

Conceitos significativos
 Homem/Indivíduo
 Sociedade/Ambiente
 Saúde
 Enfermagem
Teóricos de Enfermagem

 Florence Nightingale: 1860 - Apresentou a


Teoria Ambientalista.
 Hildegard Peplau: 1952 - Teoria
Interpessoal, apresenta o processo de
Interação Enfermeiro/Clientes. Ambos
podem obter conhecimento durante uma
situação de cuidado. “INTERAÇÃO” =
influência positiva.
 Virgínia Henderson: 1955 - Teoria dos
Componentes do Cuidado. “ Assistir o
enfermeiros, doente ou são nas atividades
que contribuam para sua saúde e
recuperação – visando a independência na
satisfação de suas necessidades.
Teorias de Enfermagem

 Faye Abdellah: 1960 - 21 Problemas de


Enfermagem
Ela escreve um médoto de resolução de
problemas visando unificar conceitos. Os
problemas são relacionados ao paciente e sua
família, e que precisam ser solucionados
(sociais, psicológicos ou físicos). O enfermeiro
faz ou orienta o que fazer.
Ex: dificuldade de manter a higiene ou a
atividades adequados.
 Ida Jean Orlando: 1961 - Teoria com o foco
no cuidado das necessidades dos
pacientes. Ajudar o indivíduo em qualquer
circusntância. Não foca ambiente e
sociedade.
Teóricos de Enfermagem

 Ernestine Wiedenbach: 1964 - Apresenta


quatro Elementos de Assistência:
Filosofia, Propósito, Prática e Arte. Foca a
responsabilidade do enfermeiro e
respeito a vida, dignidade, autonomia e
individualidade do paciente respeitando
sua filosofia (crenças).
 Myra Levine: 1966 - Teoria da
Conservação de Energia (integridade
pessoal, social e estrutural – detectar
precoce e auxiliar na adaptação) e da
Enfermagem Holística (equilíbrio).
Teóricos de Enfermagem

 Dorothy Johnson: 1968 -Teoria do


Sistema Comportamental (de conduta) –
equilíbrio por ajustes e adaptações.
Enfermeiro fornece nutrição, proteção e
estimulação dos sistemas.
.
Teóricos de Enfermagem

 King: 1971, - Teoria do Alcance de


Objetivos Metas e resultados. Se as metas
foram alcançadas os resultados foram
eficientes.
 Martha E. Rogers: 1970 - A Teoria dos
Seres Humanos Unitários. Indivíduo não é
dividido em partes (doença no coração,
fígado ou ...... Cuidar do paciente como
um todo).
 Dorothea Dorothea Orem: 1971 – A Teoria
do Auto-Cuidado. Manter o autocuidado
para prolongar a vida e a saúde, ou
recuperar-se de um estado de doença.
Teóricos de Enfermagem

 Betty Neuman: 1972 - Modelo de


Sistemas Holísticos, com visão geral dos
Aspectos Fisiológicos, Psicológicos,
Sócio-Culturais e Desenvolvimentistas
dos Seres Humanos.
 Josephine Patterson e Loretta Zderad:
1976 - Teoria Humanista. Utilização de
música, pintura, dança, etc. Auxilia
conhecer o mundo do outro (paciente).
 Madeleine Leininger: 1978 - Teoria do
Cuidado Transcultural.
Teorias de Enfermagem

 Sister Callista Roy: 1979 - Teoria da


Adaptação.
O enfermeiro auxilia o paciente a se adaptar
com aquela situação. Ex: paciente
hipertenso à adesão ao tratamento dietético
e medicamentoso – novo estilo de vida.
 Watson – 1979 – Promover a saúde,
recuperar o cliente para a saúde e
prevenir a doença.
Interatividade

As teorias de enfermagem representam o


saber dos enfermeiros e são uma tentativa
dos teóricos de apresentar sua visão sobre
um determinado fenômeno da realidade. A
teoria de Dorothea Orem aborda:
a) O ambiente para o cuidado
b) O autocuidado
c) Abordagem do ser unitário
d) 21 problemas de enfermagem
e) Abordagem sócio-humanista
Resposta

b) O autocuidado
Processo de Enfermagem

 Processo de Enfermagem: ações


sistematizadas e inter relacionadas que
visam o cuidado enfermagem ao
indivíduo, família e comunidade;
 Etapas do Processo de Enfermagem
 Investigação
 Diagnóstico
 Planejamento
 Implementação
 Avaliação
Investigação

 Coleta de dados subjetivos e objetivos.


 Informações sobre situação de saúde do
cliente.
 Entrevista e exame físico
 Ex. O Sr. João queixa-se de boca e
gargantas secas e relata que bebe pouco
líquido. Verificado sua temperatura –
38,5oC.
Diagnóstico

 Analisa os dados e identifica os


problemas vigentes e potenciais, que
são a base para o plano de cuidados.
 Ex. Deficit de Volume de Líquido
evidenciado por boca e garganta secas
relacionado a ingesta insuficiente de
líquido e a febre.
Planejamento (metas)

 Determina as prioridades;
 Estabelece os resultados esperados/
metas;
 Elaboração do plano de cuidados.
 Ex. Juntamente com o Sr. João,
desenvolve um plano de ação
estabelecendo um resultado esperado de
manutenção da hidratação adequada
através da ingesta de no mínimo
2.500ml/dia, registrando no plano de
cuidados.
Implementação

 Colocar o plano em ação;


 Realiza as intervenções.
 Ex. Você assegura que os líquidos sejam
mantidos a cabeceira do leito do cliente ,
estimula e monitora se o Sr João está
alcançando a meta diária.
Avaliação

 Determina se os resultados desejados


foram atingidos, se as intervenções
foram efetivas e se são necessárias
modificações. Modificando ou
concluindo o plano de cuidados.
 Ex. Investiga e avalia se o Sr. João ainda
apresenta déficit no volume de líquido,
caso ele esteja adequadamente
hidratado (melhora da febre e mucosa
oral úmida), você encerra o plano de
cuidados.
Interatividade

São etapas do processo de enfermagem:


a) Investigação,Diagnóstico, Intervenção,
Implementação e Coleta de Dados.
b) Diagnóstico,Planejamento, Investigação,
Implementação e Avaliação.
c) Coleta de Dados,Diagnóstico, Exame
Físico, Implementação e Prognóstico.
d) Investigação,Diagnóstico,Planejamento,
Implementação e Avaliação.
e) Diagnóstico,Planejamento, Plano de
Cuidados, Implementação e Avaliação.
Resposta

d) Investigação,Diagnóstico,Planejamento,
Implementação e Avaliação.
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

 1973 - enfermeiros se reuniram em


St.Louis para denominar os problemas.
 Primeira listagem: modelo biomédico,
diagnósticos organizados em lista
alfabética.
 1982: NANDA
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

 Taxonomia I: primeira classificação onde


os diagnósticos estiveram organizados
numa estrutura taxonômica de padrões
de respostas humana (trocar, comunicar,
relacionar, valorizar, escolher, mover,
perceber, conhecer e sentir) até 2000.
 Taxonomia II: classificação onde os
diagnósticos estão organizados em
padrões das respostas humanas de
Gordon.
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

 Descrição dos diagnósticos:


 Nome
 Definição
 Características definidoras
 Fatores relacionados
 Fatores de risco
 Diagnósticos reais
 Diagnósticos de bem – estar
 Diagnósticos de risco
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

Construção dos diagnósticos


 Eixo
 Domínio
 Classe
 Diagnóstico
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

 13 domínios: onde posso identificar


respostas humanas:
 46 classes: ocorrências específicas
dentro de cada domínio.
 172 diagnósticos: descrevem as
respostas humanas alteradas.
Diagnóstico de Enfermagem -
Nanda

Exemplo:
 Domínio - Eliminação : secreção e
excreção dos produtos residuais do
metabolismo do organismo.
 Classe – Sistema urinário: o processo de
secreção e excreção de urina.
 Diagnóstico de enfermagem - Retenção
urinária; Incontinência urinária de esforço.
Interatividade

Cliente sexo feminino, 36 anos. Em


consulta de enfermagem declarou sentir
muita sede, dificuldade de se alimentar com
perda de peso e preocupada por não saber
corretamente que doença possui e como
será o tratamento. Diante dos dados
coletados o enfermeiro levantará os
problemas para realizar o:
a) Diagnóstico de Enfermagem
b) Prognóstico de Enfermagem
c) Plano Assistencial
d) Prescrição de Enfermagem
e) Evolução de Enfermagem
Resposta

a) Diagnóstico de Enfermagem
Resultados de Enfermagem - NOC

 A NOC é uma classificação padronizada


dos resultados dos pacientes/clientes,
usada para avaliar o estado,
comportamento ou a percepção de um
paciente ou da família que cuida dele,
permitindo a quantificação do seu
estado. (Johnson; Maas, 2000)
 Estrutura da classificação
 7 domínios
 29 classes
 260 resultados
Resultados de Enfermagem - NOC

 Cada resultado possui um nome.


 Definição.
 Conjunto de indicadores que descreve
especificamente o paciente/cliente, o
prestador do cuidado, a família ou a
comunidade.
 Escala tipo Likert (mensuração de 5
pontos).
 Bibliografia referente ao conteúdo do
resultado.
Intervenções de Enfermagem - NIC

 Classificação abrangente e padronizada


das intervenções realizadas pelos
enfermeiros. (McCloskey; Bulechek,1996;
2000)
 Estrutura da classificação
 7 domínios
 30 classes
 486 intervenções
 + de 12.000 atividades
 Cada domínio inclui um conjunto de
classes que auxilia a localizar e escolher
a intervenção.
Intervenções de Enfermagem – NIC
Importância

 Padronização da nomenclatura dos


tratamentos de enfermagem.
 Expansão do conhecimento de
enfermagem sobre as ligações entre
diagnósticos, tratamentos e resultados
 Desenvolvimento de sistemas de
informações de enfermagem e de
assistência à saúde.
Intervenções de Enfermagem – NIC
Importância

 Ensino da tomada de decisões a


estudantes de enfermagem.
 Determinação dos custos dos serviços
oferecidos pelas enfermeiras.
 Planejamento de recursos necessários
nos locais de prática da enfermagem.
 Linguagem para comunicar a função
peculiar da enfermagem.
Processo de Enfermagem –
Para Pensar...

Sem um método de trabalho na prática, o


enfermeiro limita-se:
 Ao cumprimento de cuidados rotineiros.
 A execução de ordens médicas.
 As exigências e determinações da
administração hospitalar em priorizar as
atividades administrativas.
 Não prioriza as atividades assistenciais e
não alcança os objetivos da assistência
de enfermagem.
Interatividade

Sistema que classifica e padroniza as ações


e intervenções de cuidados realizadas pela
enfermeiro:
a) NANDA
b) NOC
c) Teorias de Enfermagem
d) Processo de Enfermagem
e) NIC
Resposta

e) NIC – Classificação das Intervenções de


Enfermagem.
ATÉ A PRÓXIMA!

Похожие интересы