Вы находитесь на странице: 1из 34
aula 3 A ESTREIA DO LÍDER COMO AS PESSOAS APRENDEM A LIDERAR

aula 3

A ESTREIA DO LÍDER

COMO AS PESSOAS APRENDEM A LIDERAR

Quem foi seu melhor líder?

Por que?

QUAIS DESAFIOS VOCÊ ENCONTROU AO ASSUMIR O SEU PRIMEIRO DESAFIO COMO LÍDER?

LIDERANÇA NA EMPRESA MODERNA

ACEITAR AS PESSOAS COMO ELAS SÃO MESMO QUANDO DIFERENTES DE NÓS

CONFIAR NAS PESSOAS MESMO CORRENDO RISCOS

ESTIMULAR AS PESSOAS A PERSEGUIREM SEUS CAMINHOS MESMO QUANDO NÃO CONCORDAMOS COM OS MESMOS

MITOS NA ESTREIA DA LIDERANÇA

GERENTE TEM AUTORIDADE E LIBERDADE PARA FAZER O QUE JULGA SER O MELHOR

GERENTE É RESPONSÁVEL APENAS POR ASSEGURAR QUE SUAS OPERAÇÕES CORRAM SEM PROBLEMAS

AUTORIDADE EMANA DA POSIÇÃO DO GERENTE

GERENTE DEVE CONTROLAR OS SUBORDINADOS DIRETOS

GERENTE DEVE TRATAR DE CULTIVAR RELAÇÕES COM CADA PESSOA

AS FORÇAS DO LÍDER

Constrói causas Surpreende INSPIRA Forma pelos PELOS outros resultados líderes VALORES Lidera 360 0
Constrói
causas
Surpreende
INSPIRA
Forma
pelos
PELOS
outros
resultados
líderes
VALORES
Lidera 360 0

LIDERANÇA = CREDIBILIDADE

3 CONFIABILIDADE = HONESTIDADE

3

EXPERIÊNCIA = COMPETÊNCIA

3

DINAMISMO = INSPIRAÇÃO

“SE VOCÊ NÃO ACREDITAR NO MENSAGEIRO, TAMBÉM NÃO ACREDITARÁ NA MENSAGEM.”

FAÇA O QUE VOCÊ DIZ!

TRÊS IMPERATIVOS PARA EXCELÊNCIA

ADMINISTRAR A SI MESMO ADMINISTRAR A SUA REDE ADMINISTRAR A SUA EQUIPE

TRABALHO DIÁRIO:

3

PREPARAR

3

FAZER

3 AVALIAR

DICAS:

ADOTE METAS PESSOAIS

PEÇA FEEDBACK DOS OUTROS

FAÇA PROGRAMAS DE TREINAMENTO NA EMPRESA

DICAS:

CRIE UMA REDE DE CONSELHEIROS DE CONFIANÇA

USE SEUS PONTOS FORTES

INSIRA APRENDIZAGEM EM SEU TRABALHO DIÁRIO

AUTOAVALIAÇÃO

COMO VOCÊ SE SAI NOS TRÊS IMPERATIVOS?

DE GERENTE A LÍDER

7 TRANSFORMAÇÕES SÍSMICAS

1. DE ESPECIALISTA

PARA GENERALISTA

1. DE ESPECIALISTA PARA GENERALISTA

2. DE ANALISTA

PARA INTEGRADOR

2. DE ANALISTA PARA INTEGRADOR

3. DE TÁTICO

PARA ESTRATEGISTA

3. DE TÁTICO PARA ESTRATEGISTA

4. DE PEDREIRO

PARA ARQUITETO

4. DE PEDREIRO PARA ARQUITETO

5. DE SOLUCIONADOR DE PROBLEMAS

PARA DEFINIDOR

5 . DE SOLUCIONADOR DE PROBLEMAS PARA DEFINIDOR DE AGENDA

DE AGENDA

6. DE GUERREIRO

PARA DIPLOMATA

6 . DE GUERREIRO PARA DIPLOMATA

7. DE COADJUVANTE

PARA PROTAGONISTA

7. DE COADJUVANTE PARA PROTAGONISTA

ARTIGOS RECOMENDADOS HBR

ESTREIA NO COMANDO

VOCÊ É BOM COMO CHEFE OU EXCELENTE?

LINDA HILL

COMO UM GERENTE VIRA LÍDER

MICHAEL WATKINS

aula 4 INFLUÊNCIA E GESTÃO DE CONFLITOS AUTOCONHECIMENTO APLICADO NA CONSTRUÇÃO DE RELACIONAMENTOS PRODUTIVOS E

aula 4

INFLUÊNCIA E GESTÃO DE CONFLITOS

AUTOCONHECIMENTO APLICADO NA CONSTRUÇÃO DE RELACIONAMENTOS PRODUTIVOS E SAUDÁVEIS

PODER:

É A POSSIBILIDADE QUE ALGUÉM TEM DE INFLUENCIAR O COMPORTAMENTO E A VIDA DE OUTRAS PESSOAS.

O LÍDER NÃO SE IMPÕE PELA FORÇA, MAS PELA FORMA COM QUE USA O PODER DA LIDERANÇA, ISTO É, O PODER DA PERSUASÃO E A CAPACIDADE DE INFLUENCIAR, SABENDO MOSTRAR, COMO UM GUIA, O CAMINHO QUE ELE VÊ E CONHECE MELHOR.

6 PRINCÍPIOS DA PERSUASÃO

1

SIMPATIA

2

RECIPROCIDADE

3 PROVA SOCIAL

4

COMPROMISSO E COERÊNCIA

5

AUTORIDADE

ESTILOS DE ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS

3 AUTOAVALIAÇÃO

A GESTÃO DE CONFLITOS CONSISTE EXATAMENTE NA ESCOLHA E IMPLEMENTAÇÃO DAS ESTRATÉGIAS MAIS ADEQUADAS PARA LIDAR COM CADA TIPO DE SITUAÇÃO. OU SEJA, USAR O MELHOR ESTILO!!!

THOMAS - KILMANN

assertivo AssertivoNão

ASSERTIVIDADE SATISFAZER SEUS PRÓPRIOS INTERESSES

GESTÃO DE CONFLITOS

SATISFAZER SEUS PRÓPRIOS INTERESSES GESTÃO DE CONFLITOS COMPETINDO COLABORANDO CONCILIANDO EVITANDO CONCEDENDO Não
SATISFAZER SEUS PRÓPRIOS INTERESSES GESTÃO DE CONFLITOS COMPETINDO COLABORANDO CONCILIANDO EVITANDO CONCEDENDO Não

COMPETINDO

COLABORANDO

CONCILIANDO

EVITANDO

CONCEDENDO

COMPETINDO COLABORANDO CONCILIANDO EVITANDO CONCEDENDO Não cooperativo Cooperativo COOPERATIVIDADE SATISFAZER OS
COMPETINDO COLABORANDO CONCILIANDO EVITANDO CONCEDENDO Não cooperativo Cooperativo COOPERATIVIDADE SATISFAZER OS

Não cooperativo

Cooperativo

COOPERATIVIDADE SATISFAZER OS INTERESSES ALHEIOS

ASSERTIVIDADE

COMPETINDO

ESTRUTURA BÁSICA: GANHA – PERDE.

EXEMPLO: É A MINHA DECISÃO E EU SOU O SEU CHEFE!

VANTAGENS: VAI ATRÁS DO QUE PRECISA!

CUIDADO: GERA RESSENTIMENTOS.

SUGESTÃO: SEJA FIRME, MAS JUSTO QUANDO DECIDIR!

VAI ATRÁS DO QUE PRECISA! CUIDADO: GERA RESSENTIMENTOS. SUGESTÃO: SEJA FIRME, MAS JUSTO QUANDO DECIDIR! COOPERAÇÃO
VAI ATRÁS DO QUE PRECISA! CUIDADO: GERA RESSENTIMENTOS. SUGESTÃO: SEJA FIRME, MAS JUSTO QUANDO DECIDIR! COOPERAÇÃO
VAI ATRÁS DO QUE PRECISA! CUIDADO: GERA RESSENTIMENTOS. SUGESTÃO: SEJA FIRME, MAS JUSTO QUANDO DECIDIR! COOPERAÇÃO

COOPERAÇÃO

ASSERTIVIDADE

EVITANDO

ESTRUTURA BÁSICA: PERDE – PERDE.

EXEMPLO: SE O CARLOS LIGAR, DIGA QUE NÃO ESTOU!

VANTAGENS: REDUZ O ESTRESSE!

DESVANTAGENS: O OUTRO PODE SE SENTIR IGNORADO E O CONFLITO PODE AGRAVAR NO FUTURO!

CUIDADO: NÃO FUJA DAS DECISÕES!

SUGESTÃO: DÊ UMA RAZÃO PARA ADIAR A CONVERSA!

PODE AGRAVAR NO FUTURO! CUIDADO: NÃO FUJA DAS DECISÕES! SUGESTÃO: DÊ UMA RAZÃO PARA ADIAR A
PODE AGRAVAR NO FUTURO! CUIDADO: NÃO FUJA DAS DECISÕES! SUGESTÃO: DÊ UMA RAZÃO PARA ADIAR A
PODE AGRAVAR NO FUTURO! CUIDADO: NÃO FUJA DAS DECISÕES! SUGESTÃO: DÊ UMA RAZÃO PARA ADIAR A

COOPERAÇÃO

ASSERTIVIDADE

CONCEDENDO

ESTRUTURA BÁSICA: PERDE – GANHA.

EXEMPLO: EU GOSTO DISSO DE OUTRA MANEIRA, MAS VOCÊ DECIDE!

VANTAGENS: RESTAURA A HARMONIA!

DESVANTAGENS: OS OUTROS PODEM EXPLORÁ-LO!

CUIDADO: EVITE O PADRÃO DE CONTINUAMENTE, CEDER!

SUGESTÃO: DESCULPE-SE E FALE SOBRE O SEU INTERESSE.

CUIDADO: EVITE O PADRÃO DE CONTINUAMENTE, CEDER! SUGESTÃO: DESCULPE-SE E FALE SOBRE O SEU INTERESSE. COOPERAÇÃO
CUIDADO: EVITE O PADRÃO DE CONTINUAMENTE, CEDER! SUGESTÃO: DESCULPE-SE E FALE SOBRE O SEU INTERESSE. COOPERAÇÃO
CUIDADO: EVITE O PADRÃO DE CONTINUAMENTE, CEDER! SUGESTÃO: DESCULPE-SE E FALE SOBRE O SEU INTERESSE. COOPERAÇÃO
CUIDADO: EVITE O PADRÃO DE CONTINUAMENTE, CEDER! SUGESTÃO: DESCULPE-SE E FALE SOBRE O SEU INTERESSE. COOPERAÇÃO

COOPERAÇÃO

ASSERTIVIDADE

CONCILIANDO

GANHA ALGO – PERDE ALGO.

VAMOS DIVIDIR A DIFERENÇA!

GANHOS E PERDAS IGUAIS PARA OS DOIS LADOS.

PROBLEMA NÃO TOTALMENTE RESOLVIDO.

NÃO USE ESTE ESTILO EM QUESTÕES VITAIS.

COMPONHA OS INTERESSES COM CONHECIMENTO.

NÃO TOTALMENTE RESOLVIDO. NÃO USE ESTE ESTILO EM QUESTÕES VITAIS. COMPONHA OS INTERESSES COM CONHECIMENTO. COOPERAÇÃO
NÃO TOTALMENTE RESOLVIDO. NÃO USE ESTE ESTILO EM QUESTÕES VITAIS. COMPONHA OS INTERESSES COM CONHECIMENTO. COOPERAÇÃO
NÃO TOTALMENTE RESOLVIDO. NÃO USE ESTE ESTILO EM QUESTÕES VITAIS. COMPONHA OS INTERESSES COM CONHECIMENTO. COOPERAÇÃO

COOPERAÇÃO

ASSERTIVIDADE

COLABORANDO

ESTRUTURA BÁSICA: GANHA – GANHA.

EXEMPLO: AMBOS PODEMOS MOSTRAR QUALIDADES COM BAIXO CUSTO. COMO PODEMOS FAZER ISSO JUNTOS?

VANTAGENS: SOLUÇÃO GANHA- GANHA ATRAVÉS DE SINERGIA!

DESVANTAGENS: EXIGE TEMPO E ESFORÇOS.

CUIDADO: NÃO INVISTA O SEU TEMPO EM ITENS IRRELEVANTES.

SUGESTÃO: GERE MÚLTIPLAS OPÇÕES.

E ESFORÇOS. CUIDADO: NÃO INVISTA O SEU TEMPO EM ITENS IRRELEVANTES. SUGESTÃO: GERE MÚLTIPLAS OPÇÕES. COOPERAÇÃO
E ESFORÇOS. CUIDADO: NÃO INVISTA O SEU TEMPO EM ITENS IRRELEVANTES. SUGESTÃO: GERE MÚLTIPLAS OPÇÕES. COOPERAÇÃO
E ESFORÇOS. CUIDADO: NÃO INVISTA O SEU TEMPO EM ITENS IRRELEVANTES. SUGESTÃO: GERE MÚLTIPLAS OPÇÕES. COOPERAÇÃO
E ESFORÇOS. CUIDADO: NÃO INVISTA O SEU TEMPO EM ITENS IRRELEVANTES. SUGESTÃO: GERE MÚLTIPLAS OPÇÕES. COOPERAÇÃO

COOPERAÇÃO