Вы находитесь на странице: 1из 3

3342 Enciclopédia da Conscienciologia

CONSCIN DISPLICENTE
(AUTOCONSCIENCIOMETROLOGIA)

I. Conformática

Definologia. A conscin displicente é aquela pessoa sem alegria nem entusiasmo, ente-
diada, apática e descontente, com descaso e falta de empenho nas atividades essenciais da vida
humana.
Tematologia. Tema central nosográfico.
Etimologia. O termo consciência deriva do idioma Latim, conscientia, “conhecimento
de alguma coisa comum a muitas pessoas; conhecimento; consciência; senso íntimo”, e este do
verbo conscire, “ter conhecimento de”. Apareceu no Século XIII. O prefixo intra vem também do
idioma Latim, intra, “dentro de; no interior; no intervalo de; durante; no recinto de; próximo ao
centro; interiormente”. O vocábulo físico procede do mesmo idioma Latim, physicus, e este do
idioma Grego, physikós, “relativo à Natureza ou ao estudo da mesma”. Surgiu também no Século
XIII. A palavra displicente provém igualmente do idioma Latim, displicens, de displicere, “desa-
gradar; descontentar; desgostar”. Apareceu no Século XIV.
Sinonimologia: 1. Pessoa desleixada. 2. Desinteresse pessoal. 3. Autoindisponibilida-
de. 4. Vontade débil.
Neologia. As duas expressões compostas minidisplicência pessoal e maxidisplicência
pessoal são neologismos técnicos da Autoconscienciometrologia.
Antonimologia: 1. Conscin diligente; interesse pessoal. 2. Autodisponibilidade; auto-
motivação. 3. Vontade decidida. 4. Pessoa dedicada e caprichosa. 5. Conscin detalhista.
Atributologia: predomínio dos sentidos somáticos.
Megapensenologia. Eis 1 megapensene trivocabular sintetizando o assunto: – Evitemos
a autodisplicência.

II. Fatuística

Pensenologia: o desconhecimento do materpensene pessoal.

Fatologia: a autodisplicência; a autonegligência; a autodesorganização; os autenganos


rotineiros; a autoirreflexão; a autocorrupção; o autassédio; o desinteresse; a preguiça; a indolên-
cia; a leseira; o langor; a adinamia; a indisposição; a acídia; a desídia; a incúria; a apatia; a abulia;
a inércia; a hipomnésia; o relaxamento; o desleixo; a desmotivação; a desatenção; a indiferença;
o descaso; a alienação; o indiferentismo; o acriticismo; a esquiva intelectual; a indisponibilidade
pessoal; a vida tediosa; o estado de aborrecimento cronicificado; as omissões deficitárias; a ano-
mia pessoal; a vontade débil; o porão consciencial na adultidade; os descuidos habituais; a insen-
sibilidade; o caminho aberto ao incompléxis; a ausência da Priorologia; o desconhecimento do
megatrafar pessoal; o desconhecimento da existência da Proexologia.

Parafatologia: a prática do estado vibracional (EV) profilático.

III. Detalhismo

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico da autorganização.


Interaciologia: a interação nociva autodisplicência-antissegurança.
Legislogia: a lei do esforço mínimo.
Fobiologia: a decidofobia.
Sindromologia: a síndrome da dispersão consciencial.
Holotecologia: a nosoteca; a metodoteca.
Enciclopédia da Conscienciologia 3343

Interdisciplinologia: a Autoconscienciometrologia; a Perfilologia; a Caracterologia;


a Experimentologia; a Autopesquisologia; a Psicossomatologia; a Parapatologia; a Recexologia;
a Homeostaticologia; a Paraprofilaxiologia.

IV. Perfilologia

Elencologia: a conscin displicente; a vítima veterana de acidentes de percurso; a consréu


ressomada; a isca humana inconsciente.

Masculinologia: o pré-serenão vulgar; o desgostoso; o entediado; o descontente; o des-


mazelado.

Femininologia: a pré-serenona vulgar; a desgostosa; a entediada; a descontente; a des-


mazelada.

Hominologia: o Homo sapiens displicens; o Homo sapiens consumptor.

V. Argumentologia

Exemplologia: minidisplicência pessoal = o ato de bater e fechar a porta do carro dei-


xando a chave dentro; maxidisplicência pessoal = o ato de acender o fósforo para ver se tem com-
bustível no tanque do carro.

Caracterologia. Sob a ótica da Conscienciometrologia, eis, por exemplo, na ordem alfa-


bética, a tabela com 18 personalidades, cidadãos, profissionais, homens, mulheres, e as respecti-
vas práticas pessoais, óbvias, dos atos mais comuns de displicência:

Tabela 44 – Confrontos Personalidades / Displicências

Nos Personalidades Displicências


01. Autor / autora de livro Cacófatos excluíveis do texto
02. Consumidor / consumidora Pirataria multifacetada
03. Eleitor / eleitora Reeleição de políticos corruptos
04. Enfermeiro / enfermeira Paciente no lar / na UTI
05. Gestor / gestora medíocres Caixa 2 / caixa 3
06. Governante eleito Esquecimento das promessas
07. Jornalista-cronista Croniquetas diárias sem conteúdo
08. Magistrado / magistrada Processos comatosos engavetados
09. Mecânico / mecânica Fósforo / tanque de combustível
10. Motorista homem / mulher Dirigir veículo estando bêbado
11. Mulher da classe média Megaconsumismo com roupas
12. Passadeira Ferro de passar roupa deixado ligado
13. Passageiro / passageira do veículo Não atar o cinto de segurança
14. Pesquisador / pesquisadora eletronóticos Multidimensionalidade pessoal
3344 Enciclopédia da Conscienciologia

Nos Personalidades Displicências


15. Pesquisador / pesquisadora, em geral Sinalética parapsíquica pessoal
16. Político / política vulgar Corrupção passiva / ativa
17. Portador / portadora de arma Arma de fogo deixada à mão (menor)
18. Pré-serenão / pré-serenona vulgares Iscagem humana inconsciente

VI. Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabé-


tica, 10 verbetes nosográficos da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades,
evidenciando relação estreita com a conscin displicente, indicados para a expansão das aborda-
gens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
01. Aborrecimento: Psicossomatologia.
02. Acídia: Parapatologia.
03. Acrasia: Experimentologia.
04. Acriticismo: Parapatologia.
05. Alienação: Intrafisicologia.
06. Anomia: Intrafisicologia.
07. Autassédio: Parapatologia.
08. Autocorrupção: Parapatologia.
09. Autodesorganização: Parapatologia.
10. Decidofobia: Parapatologia.

A DISPLICÊNCIA É TIRIRICA GRASSANDO EM TODOS


OS CAMPOS DA SOCIN, AINDA PATOLÓGICA, EXIGINDO
CAMPANHAS PÚBLICAS DE ESCLARECIMENTO E RECI-
CLAGENS INDIVIDUAIS DAS PESSOAS MAIS LÚCIDAS.
Questionologia. Você é mais da displicência ou mais da diligência? Qual foi o último
ato de displicência cometido por você?

Bibliografia Específica:

1. Vieira, Waldo; Enciclopédia da Conscienciologia; revisores: Equipe de Revisores do Holociclo – CEAEC;


772 p.; 80 abrevs.; 1 biografia; 1 CD-ROM; 240 contrapontos; cronologias; 35 E-mails; 4 endereços; 961 enus.; estatísti-
cas; 2 filmografias; 1 foto; 240 frases enfáticas; 5 índices; 574 neologismos; 526 perguntas; 111 remissiologias; 12 siglas;
15 tabs.; 6 técnicas; 12 websites; 201 refs.; 1 apênd.; alf.; estrang.; geo.; ono.; tab.; 28 x 21 x 4 cm; enc.; Ed. Protótipo –
Avaliação das Tertúlias; Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); & Associa-
ção Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2006; páginas 93, 103, 151 e 195.
2. Idem; Homo sapiens reurbanisatus; 1.584 p.; 479 caps.; 139 abrevs.; 40 ilus.; 7 índices; 102 sinopses;
glos. 241 termos; 7.655 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; 3a Ed. Gratuita; Associação Internacional do Centro de
Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2004; páginas 362, 919, 930, 974, 1.016, 1.045 e 1.118.
3. Idem; Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano; 1.248 p.; 525
caps.; 150 abrevs.; 43 ilus.; 5 índices; 1 sinopse; glos. 300 termos; 2.041 refs.; alf.; geo.; ono.; 28 x 21 x 7 cm; enc.; 5a Ed.;
Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); Rio de Janeiro, RJ; 2002; página 959.
4. Idem; 700 Experimentos da Conscienciologia; 1.058 p.; 700 caps.; 147 abrevs.; 600 enus.; 8 índices; 2 tabs.;
300 testes; glos. 280 termos; 5.116 refs.; alf.; geo.; ono.; 28,5 x 21,5 x 7 cm; enc.; Instituto Internacional de Projeciolo-
gia; Rio de Janeiro, RJ; 1994; páginas 146 e 659.