Вы находитесь на странице: 1из 4

A estrutura do projeto político-

pedagógico (PPP)

O documento define a identidade da escola e


indica os caminhos para ensinar com qualidade.
Saiba como elaborar o PPP da sua instituição

GESTÃO ESCOLAR

O que é
O projeto político-pedagógico, conhecido como PPP,
reúne em um só lugar os objetivos da escola e os meios
que ela pretende utilizar para alcançá-los. Longe de ser
meramente uma formalidade burocrática, ele deve ser
um documento vivo, com informações atualizadas, e de
conhecimento de todos, pois assim dará a base para as
decisões e as diretrizes para as atividades que serão
realizadas ao longo de todo ano. Por isso mesmo, se
você quiser um PPP forte na sua escola, será preciso
envolver toda a comunidade na sua elaboração.

Abaixo, compartilhamos uma sugestão de estrutura do


PPP. Mas lembre-se: o texto final será resultado de uma
longa discussão, com adaptações feitas de acordo com
a realidade da sua escola. Não à toa, será preciso
avaliá-lo todos os anos e reestruturá-lo, caso
necessário. Bom trabalho!

Estrutura do PPP
Missão
Essa parte do texto nada mais é que do que a definição
de que tipo de aluno você quer formar. Para fazer isso,
pergunte-se por que e para que a escola existe no lugar
em que ela está.

A missão não precisará ser alterada todos os anos. Você


saberá quando ela precisa de mudanças quando os
objetivos iniciais forem alcançados, o público atendido
mudar ou o contexto escolar for modificado, com a
inserção de turmas de outras faixas etárias, por
exemplo.

Contexto
Apresente um breve histórico da comunidade em que a
escola está inserida, levando em consideração
características culturais, econômicas, sociais e físicas. O
objetivo dessa parte é compreender a realidade da qual
os alunos fazem parte. Muitos desses dados podem ser
obtidos por uma pesquisa na comunidade, feita por
meio de questionários, ou pela ficha de matrícula, que
traz diversas informações sobre os hábitos e a família
do estudante.

Caracterização da escola
Qual é a situação da estrutura física? Quais são os
recursos humanos, financeiros e materiais disponíveis?
De que maneira se estrutura da gestão e se organiza o
funcionamento geral da instituição? Como a
comunidade participa da realidade escolar? Qual é o
desempenho dos alunos nas avaliações internas e
externas? Há evasão e abandono?

Essas questões o ajudarão a esmiuçar o cenário da


escola e ter clareza sobre que tipos de projetos poderão
ser propostos e quais são as prioridades para o ano.

Diretrizes pedagógicas
Com base no diagnóstico feito nos dois pontos
anteriores, é hora de definir o que deve ser trabalhado.
Nessa seção, o coordenador pedagógico, junto com a
equipe de professores, deve se apoiar nos referenciais
curriculares da secretaria e nos Parâmetros Curriculares
Nacionais (PCN) para descrever os conteúdos, os
objetivos de ensino, as metas e aprendizagem e a
forma de avaliação.

Plano de ação
Essa seção deve conter tudo o que será feito na prática
na escola. Então, liste todas as ações planejadas para o
ano, inclusive os projetos institucionais previstos para
serem desenvolvidos, e explicite os objetivos, a
duração, os responsáveis e as etapas de cada um.

Pauta de observação
Em sala, o coordenador pedagógico precisará focar a
atenção em alguns aspectos do trabalho docente e da
resposta dos alunos ao que foi proposto. Construir uma
pauta de observação o ajudará muito nessa tarefa.
Nesse documento, preveja um espaço para anotar
informações como:
Atividades propostas pelo professor: Quais foram as
atividades apresentadas aos alunos? O conteúdo é
adequado às necessidades de aprendizagem da turma?
Os recursos utilizados são adequados e suficientes para
a aprendizagem? Como o professor organizou o tempo
para a atividade? Quais foram as estratégias didáticas
utilizadas pelo docente? As intervenções foram feitas
nos momentos certos?

Interesse e participação dos alunos: Os estudantes


entenderam a proposta do professor? Eles participaram
da aula? Recorreram ao professor ou aos colegas
quando tinham dúvidas?

Anote todas as respostas para essas perguntas.

Devolutiva do coordenador para o professor


O trabalho mais importante da observação começa
depois que o coordenador pedagógico sai da sala. As
anotações feitas durante a aula o ajudaram a preparar
uma conversa individual com o professor. Antes de
agendá-la, prepare um documento com os pontos
positivos da atuação do docente e o que precisa ser
melhorado. Deixe um espaço para que ele manifeste
sua opinião. Depois de receber o documento
preenchido, agende uma reunião para comentar ponto
a ponto o que você observou e dê sugestões de
melhoria.