Вы находитесь на странице: 1из 5

COMANDO CMD

ARP: O comando arp é usado para exibir ou alterar entradas no cache do ARP.

Ctrl-C para anular um comando

Ipconfig ? O comando ipconfig é usado para exibir informações detalhadas de IP para cada adaptador
/all de rede utilizando TCP / IP. O comando ipconfig também pode ser usado para
/ renew release and renew IP addresses em sistemas configurados para recebê-los
através de um servidor DHCP.
/release

Ping (nome do domínio ou IP que deseja efetuar o ping)

Ping
O comando ping envia uma mensagem de solicitação de eco do ICMP (Internet
Control Message Protocol) para um computador remoto especificado para
verificar a conectividade no nível de IP.

Ping Command Options


Item Explanation
-t
Usar esta opção fará o ping do alvo até que você o force a parar usando
Ctrl-C.
-a
hostname de um
Esta opção de comando ping resolverá, se possível, a
IP address
alvo.
-ncount This option sets the number of ICMP Echo Requests to send, from 1
to 4294967295. The ping command will send 4 by default if -n isn't
used.
-l size
Use esta opção para definir o tamanho, em bytes, do pacote de solicitação
de eco de 32 a 65.527. O comando ping enviará uma solicitação de eco de
32 bytes se você não usar a opção -l.
-f Use this ping command option to prevent ICMP Echo Requests from
being fragmented by routers between you and the target. The -f option
is most often used to troubleshoot Path Maximum Transmission Unit
(PMTU) issues.
-i TTL This option sets the Time to Live (TTL) value, the maximum of which
is 255.
-v TOS This option allows you to set a Type of Service (TOS) value.
Beginning in Windows 7, this option no longer functions but still exists
for compatibility reasons.
-rcount Use this ping command option to specify the number of hops between
your computer and the target computer or device that you'd like to be
recorded and displayed. The maximum value for count is 9, so use
Ping Command Options
the tracert command instead if you're interested in viewing all the hops
between two devices.
-scount Use this option to report the time, in Internet Timestamp format, that
each echo request is received and echo reply is sent. The maximum
value for count is 4, meaning that only the first four hops can be time
stamped.
- Specifying a timeout value when executing the ping command adjusts
wtimeout the amount of time, in milliseconds, that ping waits for each reply. If
you don't use the -w option, the default timeout value of 4000 is used,
which is 4 seconds.
-R This option tells the ping command to trace the round trip path.
- Use this option to specify the source address.
Ssrcaddr
-p Use this switch to ping a Hyper-V Network Virtualization provider
address.
-4 This forces the ping command to use IPv4 only but is only necessary
if target is a hostname and not an IP address.
-6 This forces the ping command to use IPv6 only but as with the -
4option, is only necessary when pinging a hostname.
target This is the destination you wish to ping, either an IP address or a
hostname.
/? Use the help switch with the ping command to show detailed help
about the command's several options.

tracert -
O comando tracert é um comando do Prompt de Comando usado para mostrar vários
detalhes sobre o caminho que um pacote leva do computador ou dispositivo em que
você está para o destino especificado.

Tracert Command Options


Item Description
-d
Essa opção impede que o tracert resolva endereços IP para nomes de
host, geralmente resultando em resultados muito mais rápidos.
- Esta opção tracert especifica o número máximo de saltos na busca pelo alvo. Se você não
hMaxHops especificar MaxHops e um destino não tiver sido encontrado por 30 saltos, o tracert parará
de procurar.

-wTimeOut Você pode especificar o tempo, em milissegundos, para permitir que cada resposta antes do
tempo limite use essa opção tracert.

-4
Esta opção força o tracert a usar apenas o IPv4.
-6
Esta opção força o tracert a usar apenas o IPv6 only.
target Este é o destino, seja um endereço IP ou um nome de host.
Tracert Command Options

/? Use a opção de ajuda com o comando tracert para mostrar ajuda detalhada sobre as várias
opções do comando.

PATHPING

Pathping
O comando pathping funciona muito parecido com o comando tracert, mas
também relata informações sobre latência e perda de rede em cada salto

Nestast

O comando netstat , que significa estatísticas de rede , é um comando do


Prompt de Comando usado para exibir informações muito detalhadas sobre
como seu computador está se comunicando com outros computadores ou
dispositivos de rede.

Especificamente, o comando netstat pode mostrar detalhes sobre conexões de


rede individuais, estatísticas de rede gerais e específicas de protocolo , e muito
mais, tudo o que poderia ajudar a solucionar certos tipos de problemas de rede.

Lista de comandos do Netstat


Opção Explicação
netstat Execute o comando netstat sozinho para mostrar uma lista
relativamente simples de todas as conexões TCP ativas que, para
cada uma, mostrará o endereço IP local (seu computador), o
endereço IP externo (o outro computador ou dispositivo de rede),
juntamente com seus respectivos números de porta, bem como o
estado TCP.
-uma Essa opção exibe conexões TCP ativas, conexões TCP com o
estado de escuta, bem como portas UDP que estão sendo
ouvidas.
-b Este switch netstat é muito semelhante ao switch -o listado
abaixo, mas em vez de exibir o PID, exibirá o nome do arquivo
real do processo. Usar -b over -o pode parecer que está
salvando um passo ou dois, mas usá-lo pode, às vezes, estender
bastante o tempo que o netstat leva para executar totalmente.
-e Use essa opção com o comando netstat para mostrar estatísticas
sobre sua conexão de rede. Esses dados incluem bytes, pacotes
unicast, pacotes não unicast, descartes, erros e protocolos
desconhecidos recebidos e enviados desde que a conexão foi
estabelecida.
Lista de comandos do Netstat
-f A opção -f forçará o comando netstat a exibir o nome de
domínio totalmente qualificado (FQDN) para cada endereço IP
externo, quando possível.
n Use a opção -n para evitar que o netstat tente
determinar nomes de host para endereços IP
externos. Dependendo de suas conexões de rede atuais, o uso
dessa opção pode reduzir consideravelmente o tempo que o
netstat leva para executar totalmente.
-o Uma opção útil para muitas tarefas de solução de problemas,
a opção -o exibe o identificador de processo (PID) associado a
cada conexão exibida. Veja o exemplo abaixo para mais
informações sobre o uso do netstat -o .
-p Use a opção -p para mostrar conexões ou estatísticas apenas
para um protocolo específico . Você não pode definir mais de
um protocolo de uma só vez, nem pode executar o netstat com -
p sem definir um protocolo .
protocolo Ao especificar um protocolo com a opção -p , você pode
usar tcp , udp , tcpv6 ou udpv6 . Se você usar -s com -
p para visualizar as estatísticas por protocolo, poderá
usar icmp , ip , icmpv6 ou ipv6 , além dos quatro primeiros
que mencionei.
-r Execute netstat com -r para mostrar a tabela de roteamento
IP. Isso é o mesmo que usar o comando route para executar
a impressão de rota .
-s A opção -s pode ser usada com o comando netstat para mostrar
estatísticas detalhadas por protocolo. Você pode limitar as
estatísticas mostradas para um protocolo específico usando
a opção-s e especificando esse protocolo , mas certifique-se de
usar -s antes do protocolo -p ao usar os switches juntos.
-t Use a opção -t para mostrar o atual estado de descarregamento
de chaminés TCP no lugar do estado TCP exibido normalmente.
-x Use a opção -x para mostrar todos os ouvintes, conexões e
pontos de extremidade compartilhados do NetworkDirect.
-y A opção -y pode ser usada para mostrar o modelo de conexão
TCP para todas as conexões. Você não pode usar -y com
qualquer outra opção netstat.
time_in terval Este é o tempo, em segundos, que você deseja que o comando
netstat execute novamente automaticamente, parando apenas
quando você usa Ctrl-C para finalizar o loop.
/? - a Use a opção de ajuda para mostrar detalhes sobre as várias
opções do comando netstat.

NBTSTAT

Nbtstat
O comando nbtstat é usado para mostrar informações de TCP / IP e outras
informações estatísticas sobre um computador remoto