Вы находитесь на странице: 1из 17

CARLA FERNANDA MATEUS FRANCO - 9134265228

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM


GESTÃO EDUCACIONAL

PARANHOS – MS
2017

1
CARLA FERNANDA MATEUS FRANCO - 9134265228

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM


GESTÃO EDUCACIONAL

Relatório de Estágio apresentado ao Curso de


Pedagogia do Centro de Educação a Distância -
CEAD da Universidade Anhanguera UNIDERP
como requisito obrigatório para cumprimento da
disciplina de Estágio Supervisionado em Gestão
Educacional.

PARANHOS – MS
2017

2
SUMÁRIO

Ficha de identificação do Aluno...................................................................................04


Introdução......................................................................................................................05
Atividades desenvolvidas durante o Estágio Supervisionado - Educação Infantil:
1-Observação, interação e análise da instituição...........................................................06
2-Entrevista com o responsável pelo processo ensino – aprendizagem na Escola..........06
3- Elaboração do Plano de Estágio................................................................................07
Considerações Finais.....................................................................................................11
Referências Bibliográficas............................................................................................12
Anexos............................................................................................................................13

3
Ficha de identificação da aluna e do estagio:

Nome: Carla Fernanda Mateus Franco


RA: 9134265228
Curso: Pedagogia
Semestre: 7º
Ano: 2017
Período do estágio: 10/05/2017 a 31/05/2017

4
Introdução
Este relatório tem entre outras finalidades expor a experiência do Estágio em Gestão
Educacional realizado na Escola Municipal Ivo Ilmo Wachsmann. O estágio teve a supervisão
da diretora Sandra Curaçá da Silva Pinto, com duração de 50 horas-aula.
O presente estágio em Gestão Educacional tem como objetivos conhecer e caracterizar
os espaços de atuação do profissional pedagogo que atua na Gestão Escolar; observar, registrar
e analisar situações diárias da Instituição escolhida, a fim de compreender e atuar na resolução
de problemas pertinentes ao seu cotidiano; confrontar teoria e prática a partir da análise e
reflexão da realidade vivenciada; experimentar situações de análise e planejamento necessárias
à atuação profissional do futuro pedagogo; compreender a relação interpessoal que se
estabelece entre os profissionais da instituição.    
O estágio é um componente do currículo que não se configura como disciplina, mas
como uma atividade importante no processo de formação do acadêmico. Propicia a inserção
do acadêmico nas instituições escolares, para o conhecimento de como o processo de ensino
ai se dá.
O estágio de Licenciatura é uma exigência da Lei de Diretrizes e Bases da Educação
Nacional (n°9394/96). O Estágio é necessário à formação profissional, a fim de adequar-se a
formação às expectativas do mercado de trabalho onde o licenciado irá atuar. Assim o estágio
dá a oportunidade de aliar a teoria à prática.
No Estágio em Gestão Educacional devemos desenvolver algumas etapas, como
observação, interação, análise e preenchimento do Plano de Estágio em Gestão Educacional.
Os dias estagiados foram bons, recolhendo informações importantes da escola e
convivendo com professores, alunos, funcionários, enfim, me familiarizando com a rotina
escolar.

5
I - Observação, interação e análise da instituição.
O estágio foi realizado na Escola Municipal Ivo Ilmo Wachsmann, no turno matutino
no período de 10/05/17 á 18/05/17.
O Estágio na Coordenação Escolar me deu a oportunidade de vivenciar o dia a dia
desses profissionais da Educação, como resolver determinados problemas considerados
normais em uma escola, pequenos conflitos entre alunos, reclamações de professores pela falta
de algum material, pelo comportamento de alguns alunos, e a bagunça de alunos nos corredores
da escola nos intervalos de troca de professores.
Na parte da interação eu ajudei a elaborar as atividades do Dia das Mães na escola.
Os dias estagiados foram bons, recolhendo informações importantes da escola e
convivendo com professores, alunos, funcionários, enfim, me familiarizando com a rotina
escolar.

II - ENTREVISTA

6
7
III - Elaboração do Plano de Estágio

PLANO DE ESTÁGIO EM GESTÃO EDUCACIONAL

DADOS DA INSTITUIÇÃO

Nome da Instituição: Escola Ivo Ilmo Wachsmann


Razão social:
Município: Paranhos / MS
Endereço: Rua Furtuoso Silveira da Cunha, 1804
E-mail:

Mantenedora da Instituição:
( ) Empresa, grupo empresarial do setor privado ou pessoa física.
( ) Sindicatos de trabalhadores ou patronais, associações, cooperativas.
( ) Organização não governamental ou Instituições sem fins lucrativos – Terceiro Setor.
( ) Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, outros)
( x ) Poder público: municipal, estadual ou federal.
Conveniada com o Poder:

( ) Federal ( ) Estadual ( x ) Municipal


1) Identificação e caracterização da Instituição de Ensino.

A Escola Municipal Vereador Ivo Ilmo Wachsmann está localizada no centro da cidade de
Paranhos à Furtuoso Silveira da Cunha, 1804, oferece Educação Infantil e séries iniciais (1º
ao 5º Ano). Recebeu esse nome em homenagem a um distinto vereador da cidade, Sr. Ivo
Ilmo Wachsmann, natural de Carazinho-RS, nascido em dezoito de novembro de um mil,
novecentos e trinta e dois, filho de Teobaldo Wachsmann e Ermínia Wachsmann. Foi eleito
vereador em Cascavel-PR em 1972, pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), onde
atuou por dois mandatos. Posteriormente mudou-se para Mundo Novo-MS. Em outubro do
ano dois mil foi eleito vereador pelo PSDB na cidade de Paranhos, estado de Mato Grosso
do Sul, onde exerceu um mandato com honestidade e dedicação à população. Foi Presidente
da Câmara de Vereadores no biênio 2001/2002. Faleceu em vinte e um de outubro de dois
mil e quatro.

2) Níveis de Ensino e/ou Projetos de Ensino.


Educação Infantil e séries iniciais (1º ao 5º Ano).
Análise do Regimento Escolar.
A escola hoje é composta de:
Diretora
Assessores
Professoras
Assistentes e auxiliar de serviços gerais.

8
3) Análise da Legislação de Ensino.
1. Ato de criação – Lei Municipal nº 080\91 – Deliberação CME Nº 246\2000;
2. Atende às determinações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº
9.394/96;
3. Estatuto da Criança e do Adolescente Lei 8.069/90 e pelo RCNEI;
4. Conselho Nacional de Educação – Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009 – as
propostas pedagógicas de Educação Infantil;
5. Oferece atendimento em horários diversificados a saber de acordo com a resolução
CNE/CEB nº 05/2009 Art. 6º;
6. Com apreciação e pronunciamento da Equipe Técnica- Pedagógica;

4) Observação e Organização da Secretaria.


Compete a Diretora a responsabilidade em assinar ofícios, memorandos, de pagamento,
reunião com professores, prestação de contas do PDDE, avaliar projeto pedagógico da
escola, reunião com conselho escolar, observar folha de ponto de funcionários.

5) Programas e projetos especiais.


Muitos são os projetos desenvolvidos na unidade escolar juntamente com a SEC Secretária
de Educação e Cultura Municipal

6) Rotina administrativa.
A rotina deve contemplar os cuidados, as brincadeiras e as situações de
aprendizagem. A organização da rotina deve prever possibilidades de diversas atividades.
Somente às crianças matriculadas será permitida a frequência às atividades desenvolvidas
na Creche e na Pré-escola. Faz-se necessário que todas as crianças matriculadas no Centro
de educação Infantil tenham um índice de pontualidade e frequência que possibilite sua
integração no processo ensino-aprendizagem.
Para garantir o atendimento temos ainda uma equipe multidisciplinar formada por
psicóloga e nutricionista. As capacitações são realizadas segundo a concepção de formação
continuada para professores, auxiliares de desenvolvimento infantil e auxiliares de serviços
diversos. Eventualmente, são promovidos cursos, palestras, seminários, congressos e grupos
de estudos internos em horas atividades, ou realizados fora da escola. Incentivará a
participação de seus funcionários nos eventos que visem seu aperfeiçoamento

9
As reuniões escolares entre pais e funcionários devem ser feitas bimestralmente ou
quando houver necessidades. Os pais ou responsáveis deverão participar, obrigatoriamente,
das reuniões, bem como proceder ao que for nestas estabelecido, sob pena de não o fazendo
ou não justificando, tomar profissional, sem o prejuízo das atividades regulares da
instituição. medidas cabíveis.
A Unidade Escolar poderá promover eventos, visando à preservação e divulgação
das tradições culturais da comunidade e região. Contamos com a colaboração e participação
dos pais e comunidade em eventos oferecidos no Centro de Educação Infantil.

7) Administração da Instituição de Ensino.


Para atender essas exigências o gestor em seu perfil de líder (Gestor de Pessoas, Projetos e
Patrimônio), deverá ter uma noção de comportamento humano que é fundamental dentro de
suas funções o que consistirá na maneira pela qual um indivíduo ou uma organização age,
ou reage em suas inter-relações com o seu meio ambiente em resposta aos estímulos que
dele recebe.

8) Relacionamento entre Gestores e demais colaboradores.


Através da participação, de todos, foi possível vê uma hierarquia respeitada, porém
trabalhando unida afim de um bem comum, o bem estar das crianças. A interação entre
direção secretaria, professores e assistentes e serviços gerais era visível e agradável aos
olhos.

9) Análise do Calendário feito pelo Pedagogo.


Através da análise do Calendário Escolar, pude constatar que este é um instrumento que
expressa a ordenação temporal das atividades previstas na proposta pedagógica da Escola
de acordo com as normas legais vigentes, nele estão especificados entre outros:
- período inicial da matricula; início das atividades docentes;
- previsão mensal dos dias letivos;
- início e termino do ano letivo;
- início e termino do bimestre;
- período de aulas e de férias do corpo docente discente;
- os feriados;

10
- Comemorações cívicas, culturais e esportivas;
- Recesso escolar;
- Atividades pedagógicas.

10) Órgãos auxiliares da Instituição.


A Associação de Pais e Mestres – APM, entidade sem fins lucrativos com objetivos,
objetivos sociais, sem caráter político, racial ou religioso.
1. Da Associação de Pais e Mestres, pessoa jurídica como direito privado, com
designação simplificada APM, entidade auxiliar do Centro de Educação Infantil
Mamãe Antonia terá como finalidade colabora no aprimoramento do processo
educacional e integração, família-escola-sociedade;
2. Representar as aspirações dos pais e da comunidade junto à escola;
3. Mobilizar recursos humanos e matérias para auxiliar a escola;

 Na conservação e na manutenção da escola;

 Na programação de atividades culturais, recreativas e desportivas;

 No desenvolvimento e apoio ao educador;

4. Favorecer o relacionamento dos Pais e Mestres, possibilitando informações relativas


aos objetivos da escola.

A tesouraria funciona sob a responsabilidade da Entidade Mantenedora APM


(Associação de Pais e Mestres) que tem a incumbência de fazer recebimentos, bem como
efetuar os pagamentos de acordo com o seu estatuto.

IV– CONSIDERAÇÕES FINAIS


O estágio supervisionado é o período de estudos teórico-práticos para a aprendizagem
e experiência em sala de aula na área de Pedagogia. É um período de estudos práticos que
envolvem supervisão, revisão, correção e exame.

11
A escola utiliza muito bem os estudos psicolinguísticos.
Estudos psicolinguísticos voltam-se para a análise de problemas, tais como a caracterização
da maturidade linguística da criança para a aprendizagem da leitura e da escrita, as relações
entre linguagem e memória, a interação entre a informação visual e não visual no processo
da leitura, a determinação da quantidade de informação que é apreendida pelo sistema
visual, quando a criança lê. (Magda Soares, 2011, pág. 19).
Podemos dizer que diante o dia-a-dia da escola, o estágio faz com que os estudantes
em formação discutam a formação que tiveram. Por isso, o estágio tem uma enorme
importância na formação profissional, é a base para atuarem como professores, após esta
prática os estagiários sentem-se mais preparados para atuar profissionalmente na sala de aula.
Assim sendo, o estágio supervisionado, deve ser visto como um importante meio na formação
do professor, pois traz elementos importantes para o exercício diário do futuro profissional.
Enfim, o estágio é um momento em que os estagiários se veem professores, onde
começam a desenvolver suas ideias sobre a profissão, ou seja, iniciam a formação da sua
identificação profissional.

V - Referências

Soares, Magda. Alfabetização e Letramento. 6.ed. São Paulo: Editora Contexto, 2011.
Godoy, Anterita Cristina de Souza. Didática. Edição especial. Campinas- SP. Editora Alinea,
2010.

12
Líbaneo. J.C. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos.
9.ed. São Paulo:Loyola,1990.

Anexos

13
14
15
16
17