Вы находитесь на странице: 1из 26

ATIVDADES - UNIDADE 1 - TÓPICO 1

1) Sabe-se que a ciência da administração surgiu de várias outras áreas do conhecimento,


e que o processo de se administrar alguma instituição não é recente, pois apesar de ainda
não ter sido entendido como administrar, várias foram as instituições bem administradas
ao longo dos séculos. A boa administração destas instituições nos mostra que para a
manutenção do capital é muito importante a perenização das empresas. E saber quais são
estas instituições seculares torna-se importante para aqueles que pretendem aprender a
boa administração.Diante das alternativas apresentadas, marque a que indica as duas
instituições que mais contribuíram para a compreensão da importância da administração
desde a antiguidade:

a) O exército e a nobreza.

b) a Igreja e a aristocracia.

c) a Igreja e o clero.

d) o exército e a igreja.

e) o exército e os mercadores.

2) Para ser um bom administrador deve-se não somente dominar a prática gerencial,
como também entender o contexto em que a organização, a empresa está inserida. Para
conseguir perceber o ambiente organizacional é preciso apoiar-se em outros saberes, de
outras áreas tais como Economia, Política e Antropologia. A conjugação destas áreas do
conhecimento é importante para os futuros administradores, pois não é possível conceber
a gestão empresarial de forma desarticulada dos ambientes social, econômico e político.
A contribuição destas áreas do conhecimento para a administração pode ser resumida em:

a) fornecer um caráter de formalidade e uniformidade das ações.

b) implementar uma proposta de adequação das funções gerenciais.

c) desenvolver atividades de planejamento.

d) impor um sentido a arte de trabalhar.

e) fornecer uma perspectiva de racionalidade ao processo decisório.

3) Durante muito tempo as pessoas entendiam que ter a propriedade de algo, seja um
terreno, uma oficina, uma casa, um afazer, já era o mesmo que administrar. Contudo, a
execução ou a propriedade de algo de valor econômico por si só não significa que o
executor ou o proprietário sejam administradores. É necessário aos administradores
entender não somente a importância das origens da Administração, mas também saber
como o surgimento desta ciência impactou positivamente no crescimento de seu processo
de origem. Só com o passar dos tempos é que a atividade administrativa se destacou das
demais, carecendo de um tipo de conhecimento específico para compreendê-la. Pensando
desta forma, pode-se concluir que a Administração adquiriu status de ciência através da:

a) industrialização.

b) reforma da Igreja.

c) Mercantilismo.

d) Renascimento.

e) surgimento do sistema financeiro e econômico dos países.

4) Normalmente vê-se que a população de forma geral utiliza do termo administrar


empregado de diversas maneiras. Como tomar conta, autorizar, fiscalizar, vigiar etc. Esse
tipo de emprego do termo administrar pode permitir que outras interpretações sejam
dadas à essa atividade tão complexa e importante para a vida atualmente. Entretanto há o
verdadeiro significado do método administrativo, que pode ser resumido nas seguintes
atividades:

a) Planejamento – Objetivação – Orçamento – Controle.

b) Previsão – Assessoria – Orçamento – Controle.

c) Planejamento – Organização – Direção – Controle.

d) Planejamento – Direção – Coordenação – Assessoria.

e) Planejamento - Direção - Coordenação - Assessoria.

5) Gerir qualquer tipo de atividade humana, seja ela lucrativa ou não, subentende que,
além das habilidades típicas dos administradores, é preciso amparar-se em parâmetros de
eficácia e eficiência. Dessa forma, eficiência pode ser definida como a capacidade de:

a) atingir os objetivos.

b) reduzir a quantidade de insumos utilizados em um determinado processo.

c) melhorar o nível de qualidade dos produtos ou serviços.

d) utilizar toda a mão de obra necessária para desenvolver uma tarefa.

e) ser racional no processo decisório de uma empresa.


ATIVDADES - UNIDADE 1 - TÓPICO 2

1) Apesar de vários profissionais acreditarem que são capazes de administrar qualquer


tipo de empresa, o processo gerencial é bem diferente do que poderiam supor, pois
envolve um conjunto de atividades interativas que se complementam e se reforçam. Para
que possamos compreender como se administra na prática, é preciso desenvolver as
atividades de:

a) contratação, planificação, execução e realização.

b) estratégia, tática e atividades operacionais.

c) planejamento, organização, liderança e controle.

d) responsabilização, estruturação, direção e cooperação.

e) fomento, subsídio, incentivo e promoção.

2) Sempre buscando encontrar uma maneira mais eficiente de alcançar os seus objetivos,
as empresas apostam em boas decisões. Nesse sentido, um bom administrador não conta
com a sorte nem com o acaso, pois não pode errar o caminho que melhor o levará aos
objetivos. Dessa forma, tomar decisões sobre qual caminho a empresa deverá escolher
para alcançar seus objetivos é comumente chamado de:

a) elaboração de estratégias.

b) levantamento de fatores oportunos.

c) diagnóstico de capacidades empresariais.

d) simulação de cenários.

e) financiamentos de longo prazo.

3) Na intenção de encontrar formas organizativas de melhor desempenho, as empresas


criam cargos, funções e contratam pessoas para assumirem determinadas tarefas. Os
profissionais contratados ocupam cargos e passam a desempenhar tarefas, sendo que cada
uma destas tarefas relaciona-se a outras. Toda esta construção empresarial pode ser
denominada de:

a) divisão de trabalho.

b) estrutura organizacional.

c) linha de autoridade e de responsabilidade.

d) descrição de cargos.
e) análise setorial.

4) Dentre as atividades administrativas, a liderança se destaca como sendo aquela que é


importante para criar uma atmosfera de trabalho cooperativa e colaborativa entre os
trabalhadores. Nesses termos, pode-se aferir que as formas de se exercer a liderança são:

a) capacitação, estimulação, interesse e fomento.

b) informação, análise, classificação e controle.

c) poder, autoridade, responsabilidade e controle.

d) recepção, comunicação, informação e disseminação.

e) poder, influência, persuasão e comunicação.

5) A atividade "controle em um processo administrativo" tem sido considerada uma das


primordiais, pois é através dela que o processo pode ser revisto, ajustando possíveis
equívocos e desvios. Dito dessa forma, pode-se atestar que controle é:

a) a capacidade de se traçar cenários e organizar os recursos disponíveis.

b) a capacidade de se medir o desempenho com exatidão e melhorar a eficiência.

c) a medida preventiva para que erros não aconteçam em um certo processo.

d) a capacidade de se criar comportamentos voltados à obediência em seguir


procedimentos.

e) a capacidade de antever situações e traçar planos alternativos para evitá-las.

ATIVDADES - UNIDADE 1 - TÓPICO 3

1) Para poder exercer as suas atividade de maneira efetiva e eficiente, os gerentes devem
desempenhar papéis dentro da empresa que o auxiliem em suas tarefas de maneira precisa
e ordenada. Sendo assim, pode-se determinar que estes papéis são um conjunto:

a) de alternativas para que os gerentes atinjam seus objetivos.

b) de regras que apontam quais devem ser as atividades de cada uma das áreas da
empresa.

c) de pressuposições acerca dos limites de autoridade de cada gerente.

d) de tarefas específicas que um gerente deve desempenhar.


e) de atribuições que um cargo oferece para seu ocupante.

2) Como os gerentes desempenham diversas atividades dentro de uma empresa, então ele
precisa exercer diversos papéis. Mintzberg, estudioso da administração classificou os
grupos de papéis que os gerentes devem desempenhar em:

a) centralizados, relativos e descentralizados.

b) autoritários, democráticos e liberais.

c) informacionais, interpessoais e decisórios.

d) inclusivos, exclusivos e simultâneos.

e) facilitadores, dificultadores e neutros.

3) Para ser um bom gerente, deve-se obter conhecimento seja através do aprendizado seja
através da prática empresarial. O somatório destes conhecimentos o torna uma figura
hábil para o processo administrativo. Contudo estas habilidades são variadas e podem ser
classificadas como:

a) figurativas, de comunicação e de relacionamento.

b) disciplina, de ordem e de espírito de equipe.

c) conceituais, humanas e técnicas.

d) diretivas, gerenciais e operativas.

e) obrigatórias, facultativas e intermitentes.

4) Um bom gerente é aquele que possui conhecimento, habilidade e atitude para lidar
com sua equipe ou seus subordinados. Aquele que consegue desenvolver estas virtudes e
ao mesmo tempo desempenha muito bem seus papéis em uma empresa é considerado um
profissional competente. Dito desta forma, pode-se atribuir o significado de competência
ao conjunto de:

a) qualificações, habilidades e experiências.

b) atividades que um gerente desempenha em uma empresa.

c) conhecimentos que ele possui para realizar suas tarefas.

d) decisões que mostram o quão importante o gerente é para a empresa.

e) relações que um gerente desenvolve dentro de uma empresa ao se relacionar com


outros profissionais.
5) As habilidades gerenciais se distribuem de forma desigual através da estrutura
organizacional de uma empresa. Em outras palavras, isso significa que os diretores, os
gerentes de segundo nível e os de primeiro nível devem possuir as mesmas habilidades,
porém cada um as desenvolve de acordo com seu nível hierárquico na empresa. Para os
profissionais de nível de diretoria, as habilidades que mais devem ser desenvolvidas são
as conceituais. Estas, por sua vez, se resumem à capacidade de:

a) prever situações.

b) traçar planos determinados para cada setor de uma empresa.

c) analisar os ambientes interno e externo de uma empresa e traçar estratégias.

d) conceituar cada uma das atividades que são desenvolvidas por cada um dos
departamentos de uma empresa.

e) desenvolver produtos ou serviços de uma empresa e colocá-los no mercado.

ATIVDADES - UNIDADE 1 - TÓPICO 4

1) Os desafios gerenciais contemporâneos mostram-se cada vez mais presentes no dia a


dia dos gerentes. Em parte porque atualmente são muitas as empresas que não só
competem no mercado doméstico, mas também alcançam outros mercados de outros
países e, por isso, são denominadas organizações globais. Para o gerenciamento destas
empresas ser competitivo, é preciso observar os quatro grandes desafios gerenciais da
atualidade, os quais, por sua vez, são:

a) Globalizar as operações, reduzir os custos, melhorar o desempenho e certificar-se do


andamento das atividades.

b) Melhorar as vendas, ampliar os mercados, internacionalizar a marca e aumentar o


faturamento.

c) Desenvolver vantagens competitivas, elaborar padrões éticos, gerenciar uma força


de trabalho diversa e utilizar de tecnologia de informação.

d) Contratar força de trabalho de outros países, aumentar o nível de cobrança de seu


corpo gerencial, estabelecer critérios para lidar com os concorrentes e constituir uma
cadeia produtiva no país em que for sediar suas operações.

e) Fomentar o investimento no país de destino, alavancar as vendas dos


produtos/serviços, oferecer contrapartidas para a comunidade e determinar como as
operações poderão funcionar.
2) A fim de crescerem e desenvolverem suas operações em outros países, as empresas
necessitam desenvolver vantagens competitivas, pois a medida que disputam outros
mercados, o nível de concorrência aumenta significativamente. Dentre as vantagens
competitivas existentes, uma se destaca frente as demais pois é aquela que tem mais
ampliado a chance de uma empresa ganhar a disputa por mercados globais. Esta
vantagem competitiva é:

a) A variedade dos produtos/serviços oferecidos.

b) A inovação seja em processos ou em produtos.

c) A capacidade produtiva da empresa.

d) A qualificação da força de trabalho.

e) A rapidez seja na produção ou na entrega de algum produto.

3) Ao buscar se adaptar ao ambiente global de negócios os gerentes se deparam


frequentemente com questões de relativismo ético e moral; o que é correto em um
determinado país não o é em outro país. A fim de buscar um equilíbrio entre as forças
relativistas, as empresas buscam desenvolver ações de responsabilidade social ou
ambiental. Dito desta forma, pode-se concluir que o conceito de responsabilidade social
é:

a) Filosofia de fazer o bem para o mercado, pois sem ele a empresa não conseguiria
comercializar nada.

b) Atuar de forma a não negligenciar as demandas dos clientes nem dos fornecedores.

c) Estabelecimento de critérios de garantia e de segurança para os consumidores.

d) Obrigação de compromisso que uma empresa deve ter com a sociedade, com os
clientes ou comunidades nas quais está inserida.

e) Investimento em ações coletivas e comunitárias que envolvam os funcionários e seus


parentes.

4) Para que o desempenho de uma empresa possa aumentar, a atividade de liderança tem
que se manter presente e intensa sob os mais variados aspectos, pois assim os
trabalhadores ficarão mais dispostos a contribuir com a consecução dos objetivos
empresariais. Nesta perspectiva, os líderes das empresas globais tem se deparado com a
questão da importância da diversidade da força de trabalho, pois não somente liderar é
importante, mas saber quem está sendo liderado também é importante. Para esta
atividade, pode-se concluir que a diversidade da força de trabalho é:
a) Estabelecer procedimentos e práticas que sejam justas, legais e que não
discriminem ninguém.

b) Saber escolher os melhores ou mais qualificados trabalhadores para realizar uma


determinada tarefa.

c) Promover os funcionários que possuam mais tempo de trabalho, pois desta maneira os
critérios serão mais impessoais.

d) Capacitar sempre os piores trabalhadores, pois assim conseguiria manter um equilíbrio


entre os componentes da força de trabalho.

e) Investir na preparação e no desenvolvimento dos trabalhadores mais qualificados, pois


eles terão condições de trazer melhores resultados para a empresa.

5) A adaptação de uma empresa ao ambiente global de negócios é um fator


imprescindível para o aumento do grau de competitividade desta empresa. Contudo, para
que uma empresa possa se manter globalizada ela precisa investir pesadamente em
plataformas de tecnologia de informação e de e-commmerce, pois, na atualidade, somente
com estes investimentos que se consegue manter uma posição privilegiada no mercado,
pois os consumidores são onipresentes e sempre estão em busca de maiores novidades. O
investimento em TI e em ações de e-commerce trazem como benefícios para as empresas:

a) Aumento da produtividade e melhoria do canal de comunicação com o mercado.

b) Intensificação das ações mercadológicas e ampliação da marca da empresa.

c) Segurança e credibilidade das ações de responsabilidade social, pois a empresa passa a


ser bem vista pelo mercado.

d) Aumento do share de mercado e aumento do grau de qualidade dos produtos/serviços


que a empresa oferece.

e) Aprimorar a qualidade e aumentar o ritmo da inovação em produtos ou


processos.

ATIVIDADE - UNIDADE 2 - TÓPICO 1

1) As contribuições da teoria científica da administração sempre visavam o aumento da


produtividade. Para se aumentar a produtividade, Taylor sugeriu:

a) Associar um bônus à melhoria de desempenho na realização das tarefas.

b) Associar bônus ao fato de nunca faltar ao trabalho.

c) Associar prêmios para aqueles que contarem o tempo de produção e souberem quais os
movimentos que deveriam desenvolver.

d) Associar recompensas para aqueles que sempre cumprirem a sua meta de produção.

e) Associar recompensas para os trabalhadores que mais obedecem aos supervisores.

2) Uma das condições mais importantes da teoria científica da administração é a busca


incessante pela maximização dos resultados da produção, fato este que impacta
diretamente no aumento de produtividade, objetivo maior desta teoria. Para tanto, as
contribuições de Taylor visavam a intensificação do ritmo de produção. O aumento da
intensificação do ritmo de trabalho deve-se:

a) à pressão sobre o trabalhador para que ele não aguentasse mais o trabalho e pedisse
demissão.

b) à tentativa de motivar os trabalhadores que não aceitavam os mecanismos


propostos pela teoria científica.

c) à intenção de fazer com que os trabalhadores entendessem o quanto o trabalho deles


era importante.

d) ao fato de que havia sido recebidas muitas encomendas que precisavam ser entregues.

e) à possibilidade de os trabalhadores ganharem mais recompensas.

3) Para que a produção ocorresse sem defeitos, Ford passou a selecionar de forma
científica os trabalhadores. A seleção científica da administração significa:

a) escolher o funcionário mais colaborativos para a realização das tarefas.

b) Apresentar ao supervisor todos os seus documentos a fim de que pudessem ser


comprovado que o trabalhador era um cidadão correto.

c) Escolher o trabalhador que tivesse o corpo mais adequado para desempenhar


determinada tarefa, independente da capacidade dele em compreender a tarefa.

d) Encontrar o trabalhador que compreendesse mais rapidamente as normas de


realização de determinada tarefa e que as desempenhasse de maneira satisfatória.

e) Que os trabalhadores deveriam ter um currículo muito bem elaborado e que denotasse
uma ótima experiência.

4) Organizar racionalmente o trabalho corresponde a dizer que o processo produtivo não


seria mais baseado em intuições. Ou seja, para realizar uma tarefa, ela deveria ser
planejada, organizada e controlada. Um dos princípios científicos que mostra isso é:
a) O princípio da seleção científica do trabalhador.

b) Princípio da mecanização do trabalho.

c) Princípio do pagamento de salários.

d) Princípio do estudo de tempos e movimentos.

e) Princípio da economia de movimentos.

5) Para que a produção pudesse aumentar de forma a permitir maiores lucros para os
capitalistas, era preciso constituir a especialização do cargo dos trabalhadores. Esta
especialização do cargo consistia em:

a) Utilizar como parâmetro de produção o tempo médio gasto com os movimentos


desempenhados.

b) Escolher o trabalhador que tivesse maior conhecimento sobre o processo produtivo,


pois assim conseguiria realizá-lo sem maiores preocupações.

c) Dimensionar as tarefas de forma cíclica e repetitiva, a fim de que o trabalho


pudesse ser dividido obedecendo a uma organização.

d) Encontrar o trabalhador que compreendesse mais rapidamente as normas de realização


de determinada tarefa e que as desempenhasse de maneira satisfatória.

e) Possibilitar ao trabalhador que ele tivesse um crescimento em sua carreira profissional


dentro da empresa.

ATIVIDADE - UNIDADE 2 - TÓPICO 2

EXERCÍCIOS

1) Uma das maiores contribuições da Teoria Clássica da Administração é a importância


da estrutura organizacional para o aumento da eficiência empresarial. Nestes termos,
pode-se dizer que estrutura organizacional é:

a) o sistema de atuação dos gerentes dentro de uma empresa.

b) a composição dos setores da empresa.

c) o sistema de relações de tarefa e autoridade que controla como os trabalhadores


devem agir.
d) a disposição das pessoas dentro do processo produtivo.

e) a escolha dos produtos que serão oferecidos pela empresa para seus clientes.

2) Os princípios clássicos da administração são largamente utilizados até hoje para


melhorar o desenvolvimento dos processos gerenciais e dos demais processos que
ocorrem dentro de uma empresa de forma geral. Dentre estes princípios destaca-se o
Princípio da Unidade de Comando, que é muito importante para que as ordens possam ser
obedecidas. Deste modo, pode-se atestar que o Princípio da Unidade de Comando quer
dizer que:

a) os trabalhadores, em seus cargos, possuem condições de comandar todas as tarefas que


desenvolvem.

b) os trabalhadores deveriam obedecer somente a um superior e somente a ele


deveriam comunicar.

c) havia comandantes na empresa, e que os trabalhadores deveriam obedecer a todos eles.

d) os trabalhadores são comandados pelos gerentes e estes, por sua vez, são comandados
por diretores, independente da hierarquia que exista na empresa.

e) esta é a voz de comando e de mando de um supervisor ou gerente.

3) Para melhorar os processos gerenciais, os administradores sempre estão tomando


decisões. Com relação ao processo decisório, dentro das empresas Fayol, apontou-se um
formato que deveria ser utilizado: o da centralização. Nesses termos, centralizar significa:

a) Unir todas as operações de uma empresa em somente um setor ou departamento.

b) Reunir os melhores profissionais em uma só área, para que eles possam cooperar
juntos para um objetivo.

c) As atividades vitais da organização e sua autoridade devem ser centralizadas.


Além disso, um funcionário deve receber ordens de apenas um chefe, evitando
comando dual.

d) Que todos os gerentes estão decidindo sobre as mesmas questões de uma certa
empresa.

e) Que os gerentes são os profissionais com maiores responsabilidades em uma empresa.

4) Um dos maiores problemas vivenciados pelos gerentes nas empresas no início do


século passado era o de fazer com que os trabalhadores pudessem entender seus direitos e
seus deveres. Para que este desafio pudesse ser superado, Fayol elaborou um princípio
específico. Qual era este princípio?
a) Princípio da disciplina.

b) Princípio da ordem.

c) Princípio da autoridade.

d) Princípio da especialização.

e) Princípio da cadeia escalar.

5) O processo gerencial foi elaborado pela administração clássica. Nele, subentende-se a


interação entre quatro atividades: planejamento, organização, direção e controle. Dito
dessa forma, pode-se aferir que o planejamento é:

a) o método de simulação das possibilidades que podem ocorrer em uma empresa.

b) pensar antecipadamente nos objetivos a serem atingidos e no caminho para se


atingi-los.

c) instruir os trabalhadores a desenvolverem as suas atividades.

d) decidir o caminho que determinada atividade percorrerá.

e) possibilitar aos gerentes uma visão de toda a empresa.

ATIVIDADE - UNIDADE 2 - TÓPICO 3

1) A abordagem comportamental da administração proporcionou uma revolução


conceitual no processo de se administrar uma empresa, pois fez com que os gerentes
pudessem pensar agora no elemento humano dentro das empresas. A finalidade desta
abordagem da administração pode ser entendida como:

a) a possibilidade de se realizar um gerenciamento mais eficiente, pois controlando o


comportamento dos trabalhadores a produção estaria assegurada.

b) a chance de o gerente ter mais autoridade e poder sobre os subordinados.

c) a importância dos gerentes para sugerir aos subordinados as tarefas que devem realizar.

d) a política de pessoal e de benefícios que a empresa oferece para seus trabalhadores.

e) a forma pela qual os gerentes devem se comportar para motivar e encorajar seus
subordinados.

2) Um dos fundamentos da abordagem comportamental é o denominado


interfuncionamento, proposta defendida por Mary Follet, a qual compreendia:
a) que os trabalhadores deveriam realizar várias tarefas semelhantes.

b) que os gerentes devem atuar em vários departamentos.

c) que os níveis hierárquicos de um mesmo departamento realiza a totalidade de uma


atividade.

d) que membros de departamentos diferentes podem trabalhar juntos e formar


equipes.

e) que os gerentes devem pressionar todos os departamentos da empresa da mesma


forma, visando obter um equilíbrio de forças e conseguir atender ao mercado.

3) A maneira pela qual o comportamento do gerente e a sua liderança influenciam no


comportamento e no desempenho dos trabalhadores foi uma das mais importantes
conclusões tomadas pela escola de relações humanas. Essa comprovação pode ser
denominada de:

a) Efeito Científico.

b) Efeito da Lei da Fadiga.

c) Efeito de Exceção.

d) Efeito Clássico.

e) Efeito Hawthorne.

4) Ao realizar a Experiência de Hawthorne, a pretensão inicial dos pesquisadores era


encontrar algum traço de ligação entre as condições de trabalho e a produtividade dos
trabalhadores. Contudo, quando as primeiras conclusões vieram à tona, percebeu-se que
os efeitos das condições de trabalho eram bastante limitadas. Por outro lado, notaram que
a existência de organizações informais pode impactar positivamente na produtividade dos
trabalhadores. Pensando nisso, pode-se concluir que organizações informais são:

a) Equipes de trabalho que são constituídas propositadamente por membros de cada um


dos departamentos.

b) Sistema de regras comportamentais estabelecidas entre pessoas, de forma natural


e espontânea.

c) Grupos de pessoas que se encontram formalmente e trocam ideias sobre determinado


tema, previamente estabelecido.

d) Empresas clandestinas, que não possuem registros ou alvarás.


e) Empresas que não registram seus funcionários.

5) A contribuição de Mc Gregor para a abordagem comportamental pode ser vista quando


ele dizia que a visão sobre a natureza humana que os gerentes possuíam, contribuía e
muito para a elaboração do seu estilo gerencial. Primordialmente ele atesta que existem
dois conjuntos contrastantes de suposições: Teoria X e Teoria Y. Estes dois perfis
significam que:

a) existe um gerente bom e um gerente ruim.

b) gerente que ganha muito e gerente que ganha pouco.

c) Gerente que controla e gerente que incentiva.

d) Gerente autoritário e gerente liberal.

e) Gerente burocrático e gerente adocrático.

ATIVIDADE - UNIDADE 2 - TÓPICO 4

1) A pesquisa de Joan Woodward, sobre a tecnologia implementada no processo


produtivo, estabelece que mediante os graus de complexidade técnica haverá
determinados processos de controle de planejamento dos resultados obtidos. Sendo assim,
pode-se classificar a tecnologia empregada no processo produtivo como:

a) unitária, em massa e de processo.

RESPOSTA CORRETA

Essa é a classificação proposta pela pesquisadora Joan Woodward.

b) alternativa, convergente e divergente.

RESPOSTA INCORRETA
Estes são os tipos de processos decisórios.

c) puxada, empurrada e em ordem.

RESPOSTA INCORRETA

Esta classificação é uma terminologia logística para a elaboração do mapa de produção.

d) inicial, terminal e processual.

RESPOSTA INCORRETA

Estas são as etapas de produção.

e) limitada, ilimitada e normal.1) A pesquisa de Joan Woodward, sobre a tecnologia


implementada no processo produtivo, estabelece que mediante os graus de complexidade
técnica haverá determinados processos de controle de planejamento dos resultados
obtidos. Sendo assim, pode-se classificar a tecnologia empregada no processo produtivo
como:

a) unitária, em massa e de processo.

b) alternativa, convergente e divergente.

c) puxada, empurrada e em ordem.

d) inicial, terminal e processual.

e) limitada, ilimitada e normal.

EXERCÍCIOS
2) Uma das grandes contribuições da Teoria da Contingência foi: existe uma relação entre
a estrutura e o ambiente externo das empresas. Pesquisadores relacionaram que para
ambientes estáveis e com poucas mudanças deveria existir um determinado tipo de
estrutura organizacional e, para ambientes de contínua mudança e inovação, outro tipo de
estrutura. Estas estruturas são classificadas como:

a) formal e informal.

b) principal e marginal

c) mecanística e orgânica.

d) horizontal e vertical.

e) funcional e matricial.

3) A teoria da contingência estrutural conseguiu relacionar a magnitude das


consequências do processo decisório com a tecnologia empregada no processo produtivo
da empresa. Dito desta forma, percebe-se que a repercussão das decisões está ligada à
tecnologia empregada na empresa. Logo, para empresas que possuem processos
produtivos em massa, a repercussão decisória será:

a) de curto prazo.

b) restrita.

c) abrangente.

d) de longo prazo.

e) segura.

4) Para que possamos entender qual a melhor estrutura organizacional a ser adotada em
uma empresa que está em um ambiente com alto grau de estabilidade, precisamos não
somente saber o nome desta estrutura, mas também suas características principais. Para a
estrutura mecanística, temos como principais características:

a) Muitos departamentos, com ampla extensão dos limites de cada um, e profissionais
mais qualificados.

b) Poucos departamentos, mas com processos decisoriais que visam abranger todas as
áreas da empresa.

c) Poder da autoridade dissipado entre os níveis hierárquicos, de tal forma que todos
possam participar das decisões da empresa.
d) Orientação para as atividades de planejamento e formatação de trabalho em equipe.

e) Autoridade centrada no topo da hierarquia e controle rígido das atividades dos


trabalhadores.

5) De acordo com a Teoria da Contingência Estrutural, há uma relação entre as variáveis


ambientais e as técnicas administrativas. Essa relação pode ser melhor descrita em:

a) Variáveis ambientais são discretas e técnicas administrativas são obtusas.

b) Variáveis ambientais são livres, e técnicas administrativas são inclusas.

c) Variáveis ambientais são independentes, e técnicas administrativas são


dependentes.

d) Variáveis ambientais são ilimitadas, e técnicas administrativas são limitadas.

e) Variáveis ambientais são amplas, e técnicas administrativas são estritas.

ATIVIDADE - UNIDADE 2 - TÓPICO 5

1) (TCE - GO - 2009 - Adaptada.) O Desenvolvimento Organizacional é uma corrente da


administração que surgiu na década de 60 como desdobramento da Teoria
Comportamental. Em relação aos pressupostos básicos da Teoria do Desenvolvimento
Organizacional (DO), analise as afirmações a seguir:

I. Os indivíduos, os grupos, a organização e a comunidade são sistemas dinâmicos que


necessitam de contínua adaptação, ajustamento e reorganização, como condição básica de
sobrevivência em um ambiente em constante mudança.

II. Segundo essa abordagem DO é plenamente possível integrar as metas dos indivíduos
com os objetivos da organização.

III. As organizações são sistemas fechados, isto é, cada organização é, em si, um sistema
em um ambiente que consiste em muitos outros sistemas, todos dinamicamente
independentes.

IV. O mundo moderno caracteriza-se por mudanças rápidas e constantes; por isso a
mudança organizacional não pode ser planejada, configurando um processo contínuo de
adaptação reativa ao ambiente.

V. A mudança planejada é uma conquista coletiva, e não o resultado do esforço de


algumas pessoas; por isso o DO exige a participação e o comprometimento de todos no
processo.
Com base nas afirmativas, marque a alternativa CORRETA:

a) Estão corretas APENAS as afirmativas I e II.

b) Estão corretas APENAS as afirmativas I, II e V.

c) Estão corretas APENAS as afirmativas I, III e V.

d) Estão corretas APENAS as afirmativas II, III e IV.

e) Estão corretas APENAS as afirmativas II, III, IV e V.

EXERCÍCIOS

2) (TRT - 1ª Região RJ -2008) Uma das teorias que buscaram integrar a gerência de
recursos humanos com a gestão estratégica foi a do desenvolvimento organizacional
(DO). A respeito dessa teoria, assinale a opção CORRETA.

a) Um dos objetivos do DO é centralizar a administração na alta direção, a qual define os


papéis dos funcionários e os respectivos métodos de trabalho.

b) Um dos pressupostos básicos do DO é o de que a mutação do ambiente se dá de


maneira gradativa, exercendo pouca influência sobre o desenvolvimento e o êxito das
organizações.

c) As comunicações e as interações constituem os aspectos fundamentais do DO para


que ele obtenha a multiplicação dos esforços rumo à mudança.

d) O DO focaliza setores específicos da organização, visando, desse modo, mudanças


gradativas e consistentes.

e) O DO segue procedimento rígido e imutável para garantir a homogeneidade do


desenvolvimento no âmbito da organização.

3) (TCE /GO - 2009 - Adaptada.) A Teoria do Desenvolvimento Organizacional buscou a


junção de duas formas de compreender o mundo organizacional. De um lado, o estudo da
estrutura e, de outro, pesquisas sobre o comportamento humano. Ambos considerando o
entorno ou ambiente que circunvizinha as relações organizacionais. Em relação à crítica
da abordagem do Desenvolvimento Organizacional (DO) às estruturas convencionais de
organização.
I. O exercício do poder na administração tradicional tende a frustrar e alienar o
empregado.

II. A abordagem DO enfatiza as variáveis estruturais em detrimento das variáveis


comportamentais.

III. As funções permanentes, no modelo de organização tradicional, tendem a se


cristalizar, tornando-se fixas e imutáveis.

IV. A divisão do trabalho e a fragmentação de funções são um forte estímulo ao


compromisso emocional do empregado nas organizações tradicionais.

V. A autoridade única ou unidade de comando restringe a comunicação do empregado,


afetando negativamente o comprometimento deste para com a organização.

Com base nas afirmativas, marque a alternativa CORRETA:

a) Estão corretas APENAS as afirmativas I e II.

b) Estão corretas APENAS as afirmativas I, II e V.

c) Estão corretas APENAS as afirmativas I, III e V.

d) Estão corretas APENAS as afirmativas II, III e IV.

e) Estão corretas APENAS as afirmativas II, III, IV e V.

4) (CPTM - 2012) Dentre os conceitos que caracterizam o Desenvolvimento


Organizacional, assinale a alternativa que explicita aquele que representa as interações
entre as partes da organização, que se influenciam reciprocamente no âmbito das relações
de trabalho bem como a estrutura e os processos organizacionais, objetivando que todas
trabalhem juntas.

a) Agente de mudança.

b) Retroção

c) Orientação sistêmica

d) Orientação contingencial

e) Aprendizagem experiencial

5) (Emap -2012 - Adaptada.) A Teoria do Desenvolvimento Organizacional procura


avaliar a junção da estrutura com as pessoas como variáveis-chave no desempenho dos
indivíduos frente às constantes mudanças do ambiente. Com relação à Teoria do
Desenvolvimento Organizacional é CORRETO afirmar que:

a) tem como foco principal mudar as pessoas, a natureza e a qualidade de suas relações
de trabalho.

b) sua ênfase está na mudança do clima organizacional de forma planejada.

c) focaliza somente as partes da organização que apresentem mais problemas.

d) os participantes devem se basear exclusivamente em uma maneira de abordar os


problemas.

e) deve seguir um procedimento rígido e imutável.

ATIVIDADE - UNIDADE 3 - TÓPICO 1

1) Sempre em busca de ampliar a vantagem competitiva sobre as demais empresas, os


gerentes e diretores buscam desenvolver inovações em seus modelos de negócio, a fim de
posicionarem melhor as suas empresas no cenário de competição. Para tanto investem
pesadamente em pesquisa e desenvolvimento para que as inovações possam chegar ao
mercado e serem rapidamente absorvidas. Uma vez apresentadas dessa forma, pode-se
atestar que inovações são:

a) alternativas para se fazer mais com menos.

b) invenções que foram desenvolvidas mediante as ideias dos gerentes.

c) criação de algo novo, seja em termos de processo ou de produto.

d) produtos ou serviços que possuem muitos atributos diferentes dos da concorrência.

e) processos que sejam mais eficientes e eficazes, ou produtos que sejam mais peculiares
de uma empresa.

2) As mudanças são fenômenos inexoráveis que podem afetar pouco (ou muito) as
empresas. Além do mais, as mudanças podem ser promovidas pelas próprias empresas ou
não. Mudanças promovidas pelas empresas são pensadas desde a época de Taylor, sendo
que elas:

a) são alternativas para adequação das empresas e são peculiares a cada tipo de empresa.

b) podem ocorrer de forma planejada ou não, desde que sempre sejam monitoradas; e as
mudanças são proporcionadas pela empresa quando ela vai atrás de seus objetivos.

c) são desenvolvidas de forma racional pelas empresas e são estabelecidas evitando


futuras mudanças.

d) podem ocorrer em qualquer departamento e são, por natureza, inconsistentes,


inadequadas aos objetivos empresariais.

e) são sempre bem vindas na empresa e devem ser planejadas para que os impactos que
elas causem sejam os menores possíveis.

3) A perspectiva da inovação é demandada pelas empresas, principalmente quando elas se


encontram em ambientes com alto grau de incerteza, também chamados de ambientes
caóticos. Nestes ambientes, impera uma grande complexidade, e as empresas, de uma
forma geral, perdem seus rumos e não conseguem desenvolver ações que as mantenham
competitivas. Para tanto a teoria da complexidade apregoa que:

a) empresas devem se manter organizadas para sobreviverem nestes ambientes.

b) empresas devem ser geridas à medida do possível, senão elas acabam falindo. Não se
deve buscar aumentar a competitividade; somente a manutenção.

c) empresas devem ser auto-organizadas e tentarem manter o equilíbrio.

d) empresas devem absorver o caos do ambiente e conviver desta forma, buscando


adequar suas tarefas a uma perspectiva ilimitada.

e) Empresas devem desenvolver ações que evitem a incerteza e também devem contratar
profissionais que aceitem este desafio.

4) Sabe-se que constituir um processo próprio de inovação é uma árdua tarefa a ser
desempenhada pelos gerentes, pois realmente pensar em algo que seja novo ou
substancialmente aprimorado demanda muito tempo, investimento e qualificação. Uma
vez que o gerente tem este desafio - constituir propostas inovadoras - ele poderá contar
com a colaboração de:

a) concorrentes, entidades reguladoras e governo.

b) stakeholders relevantes, próprios funcionários e colaboradores.

c) sindicatos, grupos de interesse especial e política.

d) empresas terceirizadas, empresas concorrentes e empresas parceiras de longa data.

e) consultorias especializadas, órgãos de fomento à pesquisa e os fornecedores.


5) Muitos pensam que, para inovar, basta ter uma boa ideia e adequá-la à realidade
mutável e transformadora do ambiente em que a empresa estiver inserida. Na verdade,
para inovar é necessário seguir algumas instruções e etapas, pois apesar de depender de
processos de mudança e de criatividade, as inovações devem se tornar palpáveis,
tangíveis e obviamente consumidas. Para tanto, as fases de uma gestão da inovação
podem ser assim resumidas:

a) iniciação, desenvolvimento e implementação.

b) percepção, levantamento, análise e desenvolvimento.

c) investigação, realização e lançamento.

d) pesquisa, realização, pivotagem, implantação.

e) levantamento dos fatores internos, levantamento dos fatores externos, delimitação das
estratégias e lançamento.

ATIVIDADE - UNIDADE 3 - TÓPICO 2

1) Entendemos que o processo no qual novas ideias surgem e/ou processos/serviços são
reformulados e obtêm como resultado uma redução em seu tempo de produção/prestação
de serviço, diminuição de custos além de ganhos lucrativos é a Inovação. E quando
aplicada no gerenciamento de pessoas e processos é identificada como Tecnologia de
Gestão.

Identifique os antecedentes que motivaram a criação destas novas tecnologias:

a) Preços promocionais, Promoção em mídias de comunicação, Campanhas publicitárias.

b) Clientes mais exigentes, Produtos customizados, Preços Premium para os produtos.

c) Serviço de tele entrega, Atendimento telefônico para os clientes.

d) Apenas estes serviços não contribuíram para o processo de Tecnologia de Gestão.

2) A Inovação é o melhor caminho para estar à frente da concorrência, pois vivemos num
mercado altamente competitivo. Dentre algumas tendências de gerenciar as organizações
modernas, temos a Qualidade Total e Benchmarking. Relacione os principais avanços
destas tendências:

a) A Qualidade Total procura o engajamento dos colaboradores da organização para


a realização das melhorias planejadas, enquanto que o Benchmarking pode ser
aplicado nas formas interna, competitiva, funcional e processos genéricos.
b) A Qualidade Total possui uma nova forma de filosofia organizacional, enquanto que o
Benchmarking procura desenvolver processos de melhoria contínua dentro da
organização.

c) A Qualidade Total procura o engajamento dos colaboradores da organização para a


realização das melhorias planejadas, enquanto que o Benchmarking procura avaliar de
forma radical os processos organizacionais.

d) A Qualidade Total utiliza a gestão da cadeia de valor, enquanto que o Benchmarking


pode ser aplicado nas formas interna, competitiva, funcional e processos genéricos

e) A Qualidade Total está ligada a sensação de satisfação que o cliente terá em relação ao
produto ou serviço adquirido, enquanto que o Benchmarking refere-se a forma de
administração adotada para obter excelência na qualidade em todas as áreas da
organização.

3) A Terceirização é uma transferência de parte ou totalidade de algumas funções de uma


organização. Isto ocorre porquê as empresas buscam uma redução de custos, tendo como
resultado que muitas das funções da organização passam a ser desempenhadas por outras
empresas, na figura de seus colaboradores. Este modelo de tecnologia de gestão é muito
utilizado no momento atual das empresas. Apresente as justificativas e riscos inerentes à
Terceirização:

a) Redução de custos, melhoria da qualidade, prioridade às funções essenciais da


empresa e a falta de controle de determinadas funções.

b) Aumento de custos, produtos com melhor qualidade e causas trabalhistas.

c) Diminuição do mercado de atuação, aumento do passivo trabalhista.

d) Redução de custos, melhoria da qualidade, redução de custos trabalhistas.

e) Aumento de custos, produtos de qualidade premium, falta de controle de determinadas


funções.

4) O Teletrabalho (Home Work) é uma tendência de inovação dos tempos atuais. Este
modelo é passível de execução graças às TI´s (Tecnologias de Informação), tais como
computadores, impressoras, scanners, modems, etc... Liste as vantagens desta tecnologia
de gestão:

a) Pode ocorrer isolamento das pessoas, maior tempo para as tarefas, redução de custos
estruturais.

b) Maior tempo para a tarefa, pois evita o deslocamento e proporciona mais lazer
ao colaborador,redução dos custos estruturais, menor rotatividade de pessoal.
c) Podem ocorrer falhas na comunicação, redução dos custos estruturais, menor
rotatividade de pessoal.

d) Redução de custos estruturais, melhoria da qualidade das tarefas, importância das


funções essenciais da empresa.

e) Aumento de custos, produtos de qualidade premium, falta de controle de determinadas


funções.

5) Uma das formas mais utilizadas dentre as tecnologias de gestão nas organizações
competitivas é a Gestão da Cadeia de Valor. Esta gestão é desempenhada pelos gerentes
funcionais e busca agregar estratégias para aumentar a performance dos sistemas
operacionais que são utilizados na transformação dos insumos em produtos acabados e
serviços da empresa.

De que forma este sistema operacional é composto?

a) Função de gestão de materiais, função de produção, função de falhas na comunicação,


função de redução dos custos estruturais.

b) Função de serviços, vendas e marketing. redução de custos estruturais, melhoria da


qualidade das tarefas, importância das funções essenciais da empresa.

c) Mais tempo para a tarefa,redução dos custos estruturais, menor rotatividade de pessoal.

d) Função de gestão de materiais, função de produção, função de serviços, vendas e


marketing.

ATIVIDADE - UNIDADE 3 - TÓPICO 3

1) EsFCEx (2006) - Adaptada

Na tentativa de se aprimorar os processos, o estudioso norte americano Michel Hammer


cunhou o termo reengenharia, o qual gerou uma verdadeira revolução nos conceitos da
administração. Sobre este termo é CORRETO afirmar que:

a) não é uma ferramenta válida de trabalho para gerentes, construtores e profissionais de


administração em geral.

b) aceita livremente a sabedoria convencional e as tradições herdadas do passado,


mantendo, assim, métodos e costumes utilizados anteriormente.

c) surgiu como solução para crises que colocava em risco a sobrevivência das
empresas no fim do século XX.

d) se afasta da questão pela qualidade total, pois não reconhece a importância dos
processos e não trabalha por mudanças.

e) Hammer e Champy são indiferentes a qualquer conceito sobre a reengenharia.

2) FCC TJ - AP (2009) - Adaptada

Ainda na década de 90, as empresas passaram a trabalhar melhor os seus processos. A


chamada gestão de processos foi um avanço na tecnologia organizacional ao se preocupar
com todos os tipos de processos da empresa. Nesta gestão, quando uma organização
decide realizar o método de reengenharia, ela precisa em primeiro lugar:

a) avaliar os métodos de engenharia empregados em sua rotina de processos.

b) repensar radicalmente os processos utilizados e os resultados alcançados.

c) racionalizar os processos de compra, para economizar recursos financeiros.

d) formular novos produtos e serviços demandados pelos clientes.

e) analisar e comparar seus produtos e serviços com aqueles dos líderes do mercado.

3) TCE - AC (2008) - Adaptada

A gestão pela qualidade originou várias outras tecnologias de gestão que visaram à
modernização das empresas. A respeito das novas tecnologias gerenciais de reengenharia
e qualidade, assinale a opção CORRETA.

a) A implantação da melhoria contínua é um dos grandes objetivos do processo de


reengenharia.

b) Enquanto, no setor privado, as políticas de qualidade são voltadas para a excelência no


atendimento de todos os cidadãos, no setor público, elas têm o objetivo de aumentar a
competitividade com a finalidade de obtenção, manutenção e expansão do mercado.

c) O ciclo PDCA (planejar, fazer, checar e agir) é a metodologia mais empregada nos
processos de reengenharia.

d) A cultura organizacional tende a ser um dos maiores facilitadores na implantação do


processo de reengenharia, principalmente no setor público, onde há uma grande
flexibilidade no sistema hierárquico.

e) A reengenharia requer uma reestruturação radical dos processos empresariais,


para que sejam alcançadas melhorias drásticas em indicadores de desempenho
como custos, atendimento e velocidade.

4) Senado Federal (2008) - Adaptada


Como forma de mudança organizacional, a reengenharia de processos se caracteriza pela
drástica mudança em muitas estruturas e sistemas. Segundo Thomas Davenport (1994), a
mudança baseada na reengenharia de processos deve ser compreendida em termos de
certas características, dentre as quais se destaca:

a) poucas áreas envolvidas na mudança.

b) nível de certeza sobre os resultados que serão alcançados com a mudança.

c) amplitude da mudança nas organizações.

d) pouca necessidade de intervenção nos comportamentos e atitudes individuais.

e) irrelevância dos processos de mudança.

5) MB - QT (2012)

Para reagir ao colossal abismo existente entre as mudanças ambientais velozes e a total
inabilidade das organizações em ajustar-se a elas, foi criada a reengenharia, que é
definida como:

a) o redesenho radical dos processos empresariais para cortar despesas, reduzir


custos, melhorar a qualidade do serviço e maximizar o benefício da Tecnologia da
Informação.

b) a melhoria dos processos produtivos existentes na organização, utilizando, para isso, os


círculos de controle de qualidade para torná-los cada vez mais abrangentes.

c) a redução de níveis hierárquicos de uma organização para manter o essencial e a


aproximação da base em relação à cúpula, sendo geralmente acompanhada da
descentralização.

d) a reforma espontânea da estrutura de uma organização, sem planejamento e controles


artificiais, visando à melhoria da interação dos departamentos no ambiente interno da
empresa.

e) a mudança ou alteração do comportamento organizacional em função de novos


conhecimentos, habilidades ou destrezas incorporados pelos seus membros, para otimizar
o desempenho.