Вы находитесь на странице: 1из 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

FAFICH - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas


Departamento de História
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS - 2018/1
Aluno: Tales Felipe Ferreira Isabel

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA AO ARQUIVO PÚBLICO MINEIRO

1. Introdução/Histórico
a. Data da visita: 15 de abril de 2019.
b. Tempo de duração: Cerca de 1 hora e 30 minutos.
c. Orientação: Denis Soares Silva (Diretor de arquivos permanentes) e Flávia
Andrade (diretora de conversação e preservação de documentos)
d. O que é o APM?
O Arquivo Público Mineiro foi criado em11 de julho de 1985, tendo sua sede inicial
situada na cidade Ouro Preto, com a função receber, conservar e classificar os documentos
advindos da administração pública e documentos científicos, literário e artísticos do Estado,
sendo ainda responsável também pela guarda de obras de artes e mobiliário de valor artística
ou histórico. Em 1895 foi criada a Revista do Arquivo Público Mineiro, esta que é publicada
até os dias atuais. O APM só veio a ser transferido para capital em 1901.
Atualmente o Arquivo contem em seu acervo documentos manuscritos, impressos,
mapas, plantas, fotografias, gravuras, filmes, livros, folhetos e periódicos, advindos do
Governo do Estado, bem como aqueles de origem privada que tenham relevância pública ou
social.
Objetivos da visita
O objetivo da visita foi nos proporcionar uma experiência prática, a fim de que
tivéssemos a visão concreta do que foi lecionado na aula sobre arquivos ministrada na
disciplina de Introdução aos Estudos Históricos. Assim a visita nos possibilitou conhecer o
espaço físico, cada setor e sua respectiva função no arquivo, sua de rotina de funcionamento e
a sua importância na preservação do acervo.
Setores visitados
A visita se iniciou pela sala de multimeios, na qual foi transmitido um vídeo
institucional que apresentava o arquivo e sua história. Após, nos foi apresentada a sala de
referência, local onde a pessoa que está a procura de algum documento é recebida e orientada
onde pode encontrar o documento, foto, filme ou objeto desejado, são ofertados ainda
inventários e catálogos nos quais pode se encontrar todo acervo do arquivo e sua devida
localização, bem como equipamentos para a leitura de documentos capturados através de
microfilmagem. Ato contínuo, fomos apresentados à sala de consulta acadêmica, onde o
público onde o público em geral, seja pesquisador ou não, tem acesso aos documentos do
acervo. Em seguida, visitamos a sala de catalogação, local onde os documentos são
analisados, catalogados e separados.
Por fim, fomos conduzidos aos setores responsáveis pela restauração e conservação.
Na primeira sala foram nos apresentado os aparelhos e o processo de microfilmagem, sendo
discutido qual o melhor método de conservação de documentos.
Derradeiramente fomos guiados até a sala de restauração, onde documentos
danificados , seja por agentes naturais, biológicos ou químicos. O documento é submetido há
inúmeros processos, são analisados, higienizados e após é avaliado qual melhor método para
o restauro.
Comentários sobre a visita (objetivos alcançados; compreensão da visita; função
do arquivo público; instalações, funcionamento; pessoal; material disponibilizado)
A visita nos permitiu ver de perto o funcionamento de um arquivo público e a sua
importância na preservação da memória, mesmo que está não esteja presente apenas
nos documentos, é um modo do fazer histórico. Ademais os documentos ali arquivados
servem não somente a historiadores ou pesquisadores, mas também a qualquer cidadão que
necessite de quaisquer documentos, seja pra demandas particulares ou jurídicas.
O ambiente do arquivo é bem conservado, além de possuir funcionários capacitados,
que nos guiaram por todos os ambientes com a maior atenção. O que demonstra todo o
empenho dos servidores em manter o arquivo funcionando, mesmo com todo descaso do
governo estadual, advindo de seu desastroso modelo de gestão, onde o corte de funcionários e
verbas, a fim de que obtenha maior lucro ao Estado, esbarra na importância de se manter viva
a história do nosso estado e consequentemente do nosso país.