Вы находитесь на странице: 1из 43

Livro Eletrônico

Aula 01

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas -


Pós-Edital
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos

86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA


Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

1. Resolução nº 273/08 - “ M ........................................... 2


2. Resolução nº 254/07 - V P .................................................................... 6
3. Resolução nº 277/08 - O T M ...................................................... 15
4. Questões...................................................................................................................... 22
4.1. Questões Comentadas ............................................................................................................. 22
4.2. Lista de Questões ..................................................................................................................... 35
4.3. Gabarito ................................................................................................................................... 41
5. Considerações Finais .................................................................................................... 42

330591

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 1
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

1. RESOLUÇÃO Nº 273/08 - “EMIRREBOQUES PARA MOTOCICLETAS

Caro aluno, você lembra o conceito que o CTB nos dá de semirreboque?


Os semirreboques, em geral, são veículos que:

▪ NÃO se deslocam por seus próprios meios;


▪ necessitam SEMPRE de um veículo automotor para tracioná-lo.

O semirreboque apoia-se na sua unidade tratora ou é a ela ligado por meio de articulação.
Entende-se por unidade tratora o outro veículo responsável por tracionar o semirreboque seja por
meio de encaixe ou articulação.
E é exatamente aí que entra a Resolução CONTRAN nº 273/08
A Resolução CONTRAN nº 273/2008, regulamenta a utilização de semirreboques por motocicletas
e motonetas.
A bem da verdade, ela foi editada por conta também da necessidade de se regulamentar o
parágrafo 3º, do artigo 244 do CTB, que assim dispõe:

Art. 244. Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor:


(...)
VI - rebocando outro veículo;
(...)
Infração – grave;
Penalidade – multa;
Medida administrativa – apreensão do veículo para regularização.
(...)
§ 3o A restrição imposta pelo inciso VI do caput deste artigo não se aplica às motocicletas e
motonetas que tracionem semi-reboques especialmente projetados para esse fim e
devidamente homologados pelo órgão competente.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
2
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Pois bem, em seu art. 1º, a Resolução nº 273/08 assim estabelece:

➔ Motocicletas e motonetas dotadas de motor com mais de 120 centímetros


cúbicos poderão tracionar SEMIRREBOQUES, especialmente projetados e para
uso exclusivo desses veículos, devidamente homologados pelo órgão máximo
executivo de trânsito da União, observados os limites de capacidade máxima de
tração, indicados pelo fabricante ou importador da motocicleta ou da motoneta.

➔ A capacidade máxima de tração - CMT acima citada deverá constar no campo


observação do CRLV.

Os engates utilizados para tracionar os semirreboques de que trata esta resolução, devem cumprir
com todas as exigências legais e os semirreboques tracionados por motocicletas e motonetas
devem ter as seguintes características:

➔ Elementos de Identificação:

▪ Número de identificação veicular - VIN gravado na estrutura do semirreboque

▪ Ano de fabricação do veículo gravado em 4 dígitos

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
3
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

▪ Plaqueta com os dados de identificação do fabricante, Tara, Lotação, PBT e


dimensões (altura, comprimento e largura).

➔ Equipamentos Obrigatórios:

▪ Para-choque traseiro;

▪ Lanternas de posição traseira, de cor vermelha;

▪ Protetores das rodas traseiras;

▪ Freio de serviço;

▪ Lanternas de freio, de cor vermelha;

▪ Iluminação da placa traseira;

▪ Lanternas indicativas de direção traseira, de cor âmbar ou vermelha;

▪ Pneu que ofereça condições de segurança.

▪ Elementos retrorrefletivos aplicados nas laterais e traseira, conforme anexo.

➔ Dimensões, COM ou SEM carga:

▪ Largura máxima: 1,15 m;

▪ Altura máxima: 0,90m;

▪ Comprimento total máximo (incluindo a lança de acoplamento): 2,15 m.

Sobre os elementos retrorrefletivos, a figura a seguir te ajuda a compreender como eles devem ser
instalados nos veículos:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
4
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Do mesmo modo da Resolução anterior, o retrorrefletor deverá ter suas características,


especificadas por esta Resolução, atestada por uma entidade reconhecida pelo DENATRAN e
deverá exibir em sua construção uma marca de segurança comprobatória desse laudo com a
gravação das palavras APROVADO DENATRAN, com 3mm. de altura e 50mm. de comprimento
em cada segmento da cor branca do retrorrefletor.
Entendido?!
Em seu art. 4º, a Resolução estabelece que cabe à autoridade de trânsito decidir sobre a
circulação de motocicleta e de motoneta com semirreboque acoplado, na via sob sua circunscrição
e em seu art. 5º que o descumprimento das disposições desta Resolução sujeitará ao infrator às
penalidades do artigo 244 do Código de Trânsito Brasileiro.
E não só isso! Dirigir ou conduzir veículo fora das especificações contidas nesta Resolução, incidirá
o condutor nas penalidades do inciso X do art. 230 do Código de Trânsito Brasileiro.

Art. 230. Conduzir o veículo:


X - com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo CONTRAN;
Infração - grave;
Penalidade - multa;
Medida administrativa - retenção do veículo para regularização.

Beleza? Simples assim!


Simbora pra frente!

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
5
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

2. RESOLUÇÃO Nº 254/07 - VIDROS E PELÍCULAS

O CTB, em seu art. 111, inciso III, proíbe, nas áreas envidraçadas do veículo, a aposição de
inscrições, películas refletivas ou não, painéis decorativos ou pinturas, quando comprometer a
segurança do veículo, na forma de regulamentação do CONTRAN.
Apesar de ser uma regra proibitiva, não há nela um expresso detalhamento das vedações, dando o
legislador poderes ao CONTRAN para regulamentar tais regras.
E foi por meio da Resolução nº 254/07 e suas atualizações, que o CONTRAN estabeleceu requisitos
para os vidros de segurança e os critérios para a aplicação de inscrições, pictogramas e películas
nas áreas envidraçadas dos veículos. Essa Resolução já foi alterada pelas seguintes:

Resolução nº 386/11 em vigor


Resolução nº 580/17 em vigor
Resolução nº 707/17 em vigor

As alterações por elas provocadas serão alvo de nosso estudo, ok?


Para que você possa conhecer melhor os detalhes desse regramento, vou apresentar-lhe alguns
conceitos importantes.

➔ Vidros de Segurança

São considerados vidros de segurança aqueles que, além de manterem suas características do
vidro comum como, transparência, cor, durabilidade e resistência, oferecem maior segurança
quando submetidos a quebras ou choques.

➔ Vidros de Segurança Laminados

Para produzir esse tipo de vidro, o fabricante insere uma fina camada de filme plástico
transparente e flexível, chamado polivinil butiral (PVB) entre duas ou mais placas de vidro. Esse
filme plástico mantém o vidro no lugar quando ele se quebra, ajudando a diminuir ferimentos
causados por pedaços lançados no ar e a manter os passageiros dentro do veículo em caso de
acidentes.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
6
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Quando esticado, o filme plástico faz com que o vidro ainda permaneça grudado nele. Comparado
ao vidro de uma janela normal, o vidro laminado é bastante difícil de ser penetrado e é bastante
resistente.

➔ Vidros de Segurança Temperados

O vidro de segurança temperado é um único pedaço de vidro, que se torna temperado através de
um processo que o aquece e depois resfria rapidamente para endurecê-lo. Esse processo aumenta
a sua resistência de 5 a 10 vezes.
Esse vidro se quebra de uma maneira diferente de um vidro transparente comum. Quando ele é
estilhaçado, ele não se quebra em pedaços com pontas afiadas, como os espelhos ou vidros de
janela comuns. Ao invés disso, ele se quebra em pequenos pedaços parecidos com cristais, sem
bordas afiadas.

➔ Marca indelével

É aquela marca que não se pode apagar ou que o tempo não destrói.

Transmissão Luminosa e Transparência

A transparência é a qualidade de um objeto transparente, que, por sua vez, é um objeto que
permite a clara distinção de objetos através de sua espessura. Já a transmissão luminosa é a
qualidade que um objeto tem de deixar passar a luz através dele próprio.
Pois bem, de posse desses conceitos, já podemos citar as duas primeiras regras da Resolução nº
254/07!
A primeira e mais básica estabelece que os veículos AUTOMOTORES, os REBOQUES e
SEMIRREBOQUES deverão sair de fábrica com as suas partes envidraçadas equipadas com vidros
de segurança que atendam aos termos dessa Resolução e aos requisitos estabelecidos na NBR
9491 e suas normas complementares. Essa exigência se aplica também aos vidros de reposição,
beleza?
E muita atenção, pois já houve mudança nessa regra:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
7
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

➔ A Deliberação CONTRAN nº 78/09 isentou os veículos BLINDADOS da obrigação de ter


suas partes envidraçadas equipadas com vidros de segurança da forma acima citada. E
essa isenção se estende também aos vidros de REPOSIÇÃO desses veículos! Guarde bem
essa informação para sua prova!

A outra importante regra nos diz que, para circulação nas vias públicas do território nacional, é
obrigatório:

Falando em áreas envidraçadas, em um mesmo veículo existem áreas que são dispensáveis e
outras que são indispensáveis à sua dirigibilidade. Para continuarmos a tratar das demais
disposições da referida Resolução, é preciso saber que ela considera como áreas envidraçadas
indispensáveis à dirigibilidade do veículo:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
8
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

✓ a ÁREA DO PÁRA-BRISA, excluindo a faixa periférica de serigrafia destinada a dar


acabamento ao vidro e à área ocupada pela banda degrade, caso existente,
conforme estabelece a NBR 9491;
✓ as áreas envidraçadas SITUADAS NAS LATERAIS DIANTEIRAS DO VEÍCULO,
respeitando o campo de visão do condutor.

Professor, explicar aí, hôme! Consegui visualizar não!


Calma, pois as figuras abaixo exemplificam muito bem essas tais áreas indispensáveis á
dirigibilidade do veículo. Nas figuras vocês também encontrará o outro lado da moeda: as áreas
que são dispensáveis à dirigibilidade. Confira:

Dito isso, saiba que a Resol. 254/07 determinou ainda os índices de transmissão luminosa para
cada uma das áreas envidraçadas dos veículos.
São eles:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
9
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

E atenção: a recentíssima Resolução nº 707/17 trouxe exceção a essa regra!!

➔ Os vidros de segurança situados no teto dos veículos ficam excluídos dos limites
fixados no caput deste artigo.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
10
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

O fabricante, o representante e o importador do veículo deverão certificar-se de que seus


produtos obedecem aos preceitos estabelecidos por esta Resolução, mantendo-se em condição de
comprová-los, quando solicitados pelo Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN.
Sobre a aposição de películas em veículos, a Resolução 254/07 estabelece que a aplicação de
película não refletiva (os famosos vidros fumê!) nas áreas envidraçadas dos veículos automotores,
será permitida desde que atendidas as mesmas condições de transparência para o conjunto vidro-
película nela estabelecidas, ou seja, transmissão luminosa não inferior a 75% para os vidros
incolores dos para-brisas e 70% para os para-brisas coloridos e demais vidros INDISPENSÁVEIS à
dirigibilidade do veículo.
Uma ilustração para facilitar seu entendimento:

A marca do instalador e o índice de transmissão luminosa existentes em cada conjunto vidro-


película localizadas nas áreas indispensáveis à dirigibilidade serão gravados indelevelmente na
película por meio de chancela, devendo ser visíveis pelos lados externos dos vidros.
Exemplos:

E atenção para mais um destaque bom de prova!

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
11
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

➢ Fica PROIBIDA a aplicação de películas REFLETIVAS (vidros espelhados) nas áreas


envidraçadas do veículo.

Quanto às INSCRIÇÕES, PICTOGRAMAS ou PAINÉIS DECORATIVOS de qualquer espécie, suas


aplicações são permitidas desde que:

✓ o veículo possua espelhos retrovisores externos direito e esquerdo; e


✓ sejam atendidas as mesmas condições estabelecidas de transparência para o
conjunto vidro-pictograma/inscrição.

Sobre essa Resolução, é importante destacar também que ela teve duas de suas disposições
modificadas pela Resolução CONTRAN nº 386/11.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
12
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

A Resolução nº 386/11, já alterada pela Resolução nº 707/17, dá nova redação ao art. 4º da


Resolução 254/07, estabelecendo que os vidros de segurança (nela mencionados), deverão trazer
marcação indelével em local de fácil visualização contendo, no mínimo:

✓ a marca do fabricante do vidro e;


✓ o símbolo de conformidade com a legislação brasileira definido pelo Instituto
Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - INMETRO.

O art. 5º da Resolução 254/07 também teve sua redação modificada e atualmente estabelece que
fica a critério do DENATRAN admitir, exclusivamente para os vidros de segurança, para efeito de
comprovação do atendimento da NBR 9491 e suas normas complementares, os resultados de
testes e ensaios obtidos por procedimentos ou métodos equivalentes, realizados no exterior.
E que saber de mais uma novidade promovida na Resolução nº 254/07?
Essa foi trazida pela Resolução nº 580/16:

➔ É vedado o uso de painéis luminosos que reproduzam mensagens dinâmicas ou


estáticas, excetuando-se as utilizadas em transporte coletivo de passageiro
com finalidade de informar o serviço ao usuário da linha.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
13
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Saiba ainda que há alguns veículos que estão livres das regras trazidas pela Resolução em estudo.
Anota aí mais essa importantíssima informação:

➢ O disposto na Resolução 254/07 NÃO SE APLICA:

✓ às máquinas agrícolas, rodoviárias e florestais;

✓ aos veículos destinados à circulação exclusivamente fora das vias públicas e;

✓ aos veículos incompletos ou inacabados.

Para finalizarmos, o não cumprimento de todo o disposto nesta Resolução implicará na aplicação
das penalidades previstas para a seguinte infração de trânsito tipificada no CTB:

Art. 230. Conduzir o veículo:


XVI - com vidros total ou parcialmente cobertos por películas refletivas ou não, painéis
decorativos ou pinturas;
Infração - grave;
Penalidade - multa;
Medida administrativa - retenção do veículo para regularização.

Bom, é isso! Sigamos com a última Resolução da aula!

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
14
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

3. RESOLUÇÃO Nº 277/08 - O TRANSPORTE DE MENORES

Opa! Estudaremos agora um assunto que nunca deixou de estar em moda e que já gerou bastante
polêmica: o transporte de crianças em veículos. E se tem um tema que as bancas adoram,
estamos diante dele!
Pois bem, o CTB, em seu art. 64, determina que as crianças com idade inferior a 10 anos
devem ser transportadas nos bancos traseiros, salvo exceções regulamentadas pelo CONTRAN.
Como você pode ver, a regra geral é que as crianças sejam transportadas nos bancos traseiros
dos automóveis, até que atinjam a idade de 10 anos (valendo a partir da data de aniversário em
que a criança completa os 10 anos). Acontece que essa regra não é absoluta, pois o próprio
desde que regulamentadas pelo
CONTRAN
E assim aconteceu! Desde a entrada em vigor do nosso CTB, o CONTRAN tem mostrado
preocupação em regulamentar tais exceções para o transporte de crianças nos bancos traseiros
dos veículos. A mais recente e não menos debatida Resolução do CONTRAN a respeito do tema é
a Resolução nº 277/08. Essa Resolução já foi alterada pelas seguintes:

Resolução nº 352/10 em vigor


Resolução nº 533/15 em vigor
Resolução nº 541/15 em vigor
Resolução nº 562/15 revogada
Resolução nº 639/16 em vigor

Então tá! A principal regra da referida norma determina que os menores de 10 anos devam ser
transportados nos bancos traseiros, fazendo uso individual do cinto de segurança e de um
sistema de retenção equivalente, na forma prevista em seu anexo, de acordo com a idade da
criança.
Professor, dá pra relembrar o que é mesmo esse sistema de retenção equivalente?
Sim, com certeza! Veja o conceito que a própria Resolução nos traz:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
15
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

➢ Dispositivo (ou sistema) de retenção para crianças é o conjunto de


elementos que contém uma combinação de tiras com fechos de travamento,
dispositivo de ajuste, partes de fixação e, em certos casos, dispositivos como: um
berço portátil porta-bebê, uma cadeirinha auxiliar ou uma proteção antichoque que
devem ser fixados ao veículo, mediante a utilização dos cintos de segurança ou
outro equipamento apropriado instalado pelo fabricante do veículo com tal
finalidade.

A seguir, temos a regulamentação desses dispositivos de acordo com a respectiva


idade, segundo o que regulamenta o Anexo I da Resol. 277/08:

✓ as crianças com até 01 ano de idade deverão utilizar,


obrigatoriamente BEBÊ
CONFORTO OU CONVER“ÍVEL

✓ as crianças com idade superior a 01 ano e inferior ou igual


a 04 anos deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de
CADEIRINHA

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
16
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

✓ as crianças com idade superior a 04 anos e inferior ou


igual a 07 anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção
A““ENTO DE ELEVAÇÃO

✓ As crianças com idade superior a 07 anos e meio e inferior


ou igual a 10 anos deverão utilizar o cinto de segurança do veículo.

Importante ressaltar que esses dispositivos de retenção são projetados para reduzir o risco ao
usuário em casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento
do corpo da criança com idade até sete anos e meio.
Mesmo com essa obrigatoriedade, há exceções, ou seja, casos em que tais exigências
relativas aos sistemas de retenção não se aplicam .
São eles:

✓ aos veículos de transporte coletivo;

✓ aos de aluguel ;

✓ aos de transporte autônomo de passageiro (táxi),

✓ aos veículos escolares e **;

✓ aos demais veículos com peso bruto total superior a 3,5t.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
17
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Como assim, professor?


Explico! Isto quer dizer que, nos casos acima, NÃO se faz necessário o uso dos sistemas de
retenção regulamentados. Você há de concordar comigo que seria bastante complicado um táxi ou
um ônibus, por exemplo, possuir todos os modelos de dispositivos de retenção para cada tipo de
criança que fosse transportada, não é verdade? E é exatamente por essa razão que eles estão
excepcionados da obrigatoriedade!
Enfim, seja qual for a situação, o importante para o responsável pelo veículo, pelo condutor, é
transportar as crianças com a maior segurança possível!
** Agora, atenção, muita atenção!!!
O CONTRAN, por meio da Resolução nº 533/15, exclui das exceções acima os veículos
escolares!!! E por meio de outra Resolução, a de nº 541/15, estabeleceu o seguinte, ao inserir o
§4º no art. 1º da Resolução nº 277/08:

➢ Todo veículo utilizado no transporte escolar, independentemente de sua


classificação, categoria e do peso bruto total - PBT do veículo, deverá utilizar o
dispositivo de retenção adequado para o transporte de crianças com até 7 anos e meio
de idade.

Pois é... Isso tem causado uma rebelião dos donos de veículos escolares! Bom, mas a norma está aí
e tem que ser cumprida.
Ok, professor, mas a partir de quando terá que ser cumprida?

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
18
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

A resposta estava na Resolução CONTRAN nº 562/15 (a partir de 1º de fevereiro de 2017), mas


essa medida já foi suspensa por outra Resolução: a de nº 630/16!
Resumo da ópera: a obrigatoriedade para os transportes escolares ainda existe, dada pela
Resolução nº 541/15 (cobrada no edital do seu concurso), mas até os dias atuais está suspensa
pelo que determinou a Resolução nº 630/16!
A briga será sem fim!
Bom, mas independentemente disso, quem desobedecer às disposições acima comete a infração
do art. 168 do CTB, qual seja:

Art. 168. Transportar crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança
especiais estabelecidas neste Código:
Infração - gravíssima;
Penalidade - multa;

Medida administrativa - retenção do veículo até que a irregularidade seja


sanada.

Em 2010 a redação do art. 2º da Resolução nº277/08 passou por mudança bastante significativa: a
redação original desse dispositivo regulamentava que, no caso de a quantidade de crianças com
idade inferior a 10 anos exceder a capacidade de lotação do banco traseiro, seria admitido o
transporte daquela de maior estatura no banco dianteiro, utilizando o cinto de segurança ou o
sistema de retenção equivalente a sua idade.
Dizia ainda, em seu parágrafo único, que excepcionalmente nos veículos dotados exclusivamente
de banco dianteiro, o transporte de crianças com até 10 anos poderia ser realizado neste banco,
utilizando-se sempre o cinto de segurança ou o sistema de retenção equivalente.
Pois bem, saiba que a Deliberação do CONTRAN nº 100/10 modificou a redação desse artigo. Veja
no quadro abaixo como ela ficou e fique atento às observações que faço:

Deliberação CONTRAN nº 100/10:


Art. 2º O transporte de criança com idade inferior a dez anos poderá ser realizado no banco
dianteiro do veículo, com o uso do dispositivo de retenção adequado ao seu peso e altura,
nas seguintes situações:
I - quando o veículo for dotado exclusivamente deste banco;
Obs.: até aqui nada mudou em relação à redação anterior!
II - quando a quantidade de crianças com esta idade exceder a lotação do banco traseiro;
Obs.: Perceba que aqui deixou de existir a obrigação de que a criança a ser transportadora seja
necessariamente a de maior estatura, podendo, agora, ser qualquer uma delas, desde que usado o dispositivo
de retenção adequado ao seu peso e altura.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
19
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

III - quando o veículo for dotado originalmente (fabricado) de cintos de segurança


subabdominais (DOIS PONTOS) nos bancos traseiros.
Parágrafo único. Excepcionalmente, as crianças com idade superior a quatro anos e inferior a
sete anos e meio poderão ser transportadas utilizando cinto de segurança de dois pontos
sem o dispositivo denominado 'assento de elevação', nos bancos traseiros, quando o veículo
for dotado originalmente destes cintos.

Muita atenção agora ao inciso III e ao parágrafo único, pois precisarei tecer alguns
importantíssimos comentários sobre eles, a fim de que você os entenda melhor.
Existem veículos no mercado, e não são poucos, que ainda possuem apenas aquele cinto "antigão"
de 02 pontos nos seus bancos traseiros. Esses cintos, diferente dos modernos de três pontos,
apenas nos prendem por baixo do abdômen. Percebeu-se que havia uma certa confusão entre os
agentes fiscalizadores quanto à imputação ou não de infração a crianças conduzidas nesses tipos
de veículos.
Preocupando-se com esses casos, o CONTRAN, através dessa mudança, dispensou o uso do
assento de elevação nos bancos traseiros desses veículos, para crianças com idade entre 04 e 7
anos e meio. Basta que elas utilizem obrigatoriamente o cinto subabdominal de dois pontos!
Mas não esqueça: essa regra só vale quando o veículo for dotado originalmente (fabricado)
desse tipo de cinto.
Se for veículo dotado dos cintos modernos de três pontas (a maioria dos veículos atuais), as regras
que valem são as dos inciso I e II, beleza?

➢ se o veículo for dotado de cinto de 03 pontas e o número de crianças menores de 10


anos exceder o máximo permitido no banco traseiro, QUALQUER UMA DELAS poderá ser
levada no banco dianteiro, desde que com cinto e com o respectivo dispositivo de
retenção;

➢ se o veículo for originalmente dotado somente de cintos do tipo subabdominal (os de


duas pontas), poderá ser realizado transporte de qualquer criança no banco dianteiro e
se essa criança tiver ENTRE 4 E 7 ANOS E MEIO, estará ainda dispensada de usar (no
banco dianteiro) o dispositivo de retenção. Só o uso do cinto de segurança é que será
obrigatório.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
20
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Por fim, temos mais umas regrinhas importantes, disciplinadas no art. 3º da Resolução nº 277/08:
Nos veículos equipados com dispositivo suplementar de retenção (airbag) para o passageiro do
BANCO DIANTEIRO, o transporte de crianças com até dez anos de idade neste banco poderá ser
realizado desde que utilizado o dispositivo de retenção adequado ao seu peso e altura e
observados os seguintes requisitos:

É VEDADO o transporte de crianças com até 07 anos e meio de idade, em dispositivo


de retenção posicionado em sentido contrário ao da marcha do veículo.
É PERMITIDO o transporte de crianças com até 07 anos e meio de idade, em
dispositivo de retenção posicionado no sentido de marcha do veículo, desde que não
possua bandeja, ou acessório equivalente, incorporado ao dispositivo de retenção;
Salvo instruções específicas do fabricante do veículo, o banco do passageiro dotado
de airbag deverá ser ajustado em sua última posição de recuo, quando ocorrer o
transporte de crianças neste banco.

Fim de linha por hoje!


Vamos então exercitar o aprendizado!

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
21
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

4. QUESTÕES

4.1. QUESTÕES COMENTADAS

1. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Julgue os itens a seguir, conforme o regulamentado pela Resolução CONTRAN nº 273/2008.
Atualmente é possível que motocicletas, motonetas dotados de motor com até 120
centímetros cúbicos possam tracionar semirreboques.
Comentário:
Em seu art. 1º, a Resolução CONTRAN nº 273/08 estabelece que motocicletas e motonetas dotadas
de motor com mais de 120 centímetros cúbicos poderão tracionar semirreboques, especialmente
projetados e para uso exclusivo desses veículos, devidamente homologados pelo órgão máximo
executivo de trânsito da União, observados os limites de capacidade máxima de tração, indicados
pelo fabricante ou importador da motocicleta ou da motoneta.
Gabarito: Errado

2. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para-choque traseiro, lanternas de posição traseira e lanternas de freio, todas de cor
vermelha, e lanternas indicativas de direção traseira, de cor branca ou vermelha, são itens
obrigatório em semirreboque que seja tracionado por motocicleta ou motoneta.
Comentário:
Muito cuidado! São os seguintes os itens obrigatórios que devem existir no semirreboque a ser
utilizado por motonetas e motocicletas:
✓ Para-choque traseiro;
✓ Lanternas de posição traseira, de cor vermelha;
✓ Protetores das rodas traseiras;
✓ Freio de serviço;
✓ Lanternas de freio, de cor vermelha;
✓ Iluminação da placa traseira;
✓ Lanternas indicativas de direção traseira, de cor âmbar ou vermelha;
✓ Pneu que ofereça condições de segurança;
✓ Elementos retrorrefletivos aplicados nas laterais e traseira, conforme anexo.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
22
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Gabarito: Errado

3. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O comprimento total máximo, não se descartando do cálculo a lança de acoplamento, de
semirreboque que seja tracionado por motoneta ou motocicleta é de 2,15m.
Comentário:
Professor, que maldade...
É, eu sei, mas é sempre bom passarmos por alguns detalhes bem técnicos e que podem chamar a
atenção da banca!
Quanto ao semirreboque a ser utilizado por motonetas e motocicletas, essas devem ser suas
dimensões, com ou sem carga:
✓ Largura máxima: 1,15 m;
✓ Altura máxima: 0,90m;
✓ Comprimento total máximo (incluindo a lança de acoplamento): 2,15 m.
Gabarito: Certo

4. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A Resolução CONTRAN nº 254/07 Estabelece requisitos para os vidros de segurança e
critérios para aplicação de inscrições, pictogramas e películas nas áreas envidraçadas dos
veículos automotores. De acordo com o regulamentado nessa Resolução e suas atualizações,
julgue os itens a seguir.
A área do para-brisa, excluindo a faixa periférica de serigrafia destinada a dar acabamento ao
vidro e à área ocupada pela banda degradê, é considerada área envidraçada indispensável à
dirigibilidade do veículo.
Comentário:
Isso mesmo! A área do para-brisa, excluindo a faixa periférica de serigrafia destinada a dar
acabamento ao vidro e à área ocupada pela banda degradê, é considerada área envidraçada
indispensável à dirigibilidade do veículo (art. 3º, §2º, inciso III, Resol. 254/07).
Gabarito: Certo

5. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para circulação nas vias públicas do território nacional é obrigatório o uso de vidro de
segurança laminado no para-brisa de todos os veículos a serem admitidos e de vidro de
segurança temperado, uniformemente protendido, ou laminado, nas demais partes
envidraçadas.
Comentário:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
23
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Verdade! Para circulação nas vias públicas do território nacional é obrigatório o uso de vidro de
segurança laminado no para-brisa de todos os veículos a serem admitidos e de vidro de segurança
temperado, uniformemente protendido, ou laminado, nas demais partes envidraçadas.
Gabarito: Certo

6. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O fabricante, o representante e o importador do veículo deverão certificar-se de que seus
produtos obedecem aos preceitos estabelecidos por esta Resolução, mantendo-se em
condição de comprová-los, quando solicitados pelo Departamento Nacional de Trânsito -
DENATRAN.
Comentário:

Perfeito! O item traz a informação de um de nossos quadros-destaque e é exatamente o que


regulamenta o art. 6º da Resol. 254/07.

Gabarito: Certo

7. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A transparência do vidro de segurança traseiro (vigia) não poderá ser inferior a 28%.
Comentário:
Atenção, pois a regra não é bem essa! A transparência do vidro de segurança traseiro (vigia) não
poderá ser inferior a 28%, desde que o veículo esteja dotado de espelho retrovisor externo
direito, conforme a legislação vigente.
Gabarito: Errado

8. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O CONTRAN, gozando da competência que lhe foi atribuída, estabeleceu através de
Resolução, regras para a aposição de películas, inscrições, pictogramas ou painéis decorativos
em veículos. Julgue os itens a seguir segundo as disposições trazidas por essa Resolução.
Fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a aplicação de
inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie será permitida, desde que
o veículo tenha como requisito apenas a existência de espelhos retrovisores externos direito
e esquerdo.
Comentário:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
24
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Não é apenas esse requisito! Além dele, é necessário que sejam atendidas as mesmas condições
de transparência estabelecidas para o conjunto vidro-pictograma/inscrição.
Gabarito: Errado

9. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A marca do instalador e o índice de transmissão luminosa existentes em cada conjunto vidro-
película localizadas nas áreas indispensáveis à dirigibilidade serão gravados indelevelmente
na película por meio de chancela, devendo ser visíveis pelos lados externos dos vidros.
Comentário:
Certo! A marca do instalador e o índice de transmissão luminosa existentes em cada conjunto
vidro-película localizadas nas áreas indispensáveis à dirigibilidade serão gravados indelevelmente
na película por meio de chancela, devendo ser visíveis pelos lados externos dos vidros (art. 7º, § 1º,
da Resolução 254/07).
Gabarito: Certo

10. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


É proibida a aplicação de películas não refletivas nas áreas envidraçadas do veículo.
Comentário:
Muito cuidado, pois a assertiva faz um trocadilho perigoso! A proibição estabelecida pela
Resolução 254/07 é para as películas refletivas, ou seja, para os vidros espelhados, e não para as
películas não refletivas.
Gabarito: Errado

11. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A aplicação de película refletiva nas áreas envidraçadas dos veículos automotores, definidas
nesta Resolução, será permitida desde que atendidas as mesmas condições de transparência
para o conjunto vidro-película por ela também estabelecidas.
Comentário:
Outro trocadilho praticamente igual ao da que
de candidato desatento. Não é o seu caso, é claro! Aqui, a regra trazida é exigida para as películas
NÃO refletivas. Quis propositadamente a sua atenção para que não cometa essa confusãozinha,
ok?
Gabarito: Errado

12. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Ferdinando, abordado em fiscalização em uma blitz em uma via urbana de Brasília, contestou
a afirmação do Agente de Trânsito do DETRAN-DF de que a adesivação feita em seu veículo
estava irregular. Na ocasião, o Agente percebeu que tanto os vidros laterais dianteiros quanto
os laterais traseiros estavam completamente cobertos e com índice de transmissão luminosa

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
25
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

muito inferior ao limite legal permitido. Feita a constatação, explicou a Ferdinando que, de
acordo com a normatização atual, essas partes envidraçadas de seu veículo não poderiam ter
respectivamente transmissão luminosa inferior a 75% e 28%, respectivamente.
Comentário:
Vimos no estudo da Resolução nº 254/07 que uma das condições para a aposição em veículos de
inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie é que sejam atendidas as
mesmas condições estabelecidas de transparência para o conjunto vidro-pictograma/inscrição, ou
seja:
→ VIDROS LATERAIS DIANTEIROS = demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do veículo =
transmissão luminosa não inferior a 70%;
→ VIDROS LATERAIS TRASEIROS = vidros dispensáveis à dirigibilidade do veículo = transmissão
luminosa não inferior a 28%.
Gabarito: Errado

13. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Em conformidade com a regulamentação trazida pela Resolução CONTRAN Nº 254/07, julgue
os itens a seguir.
Os vidros de segurança a que se refere esta Resolução, produzidos no Brasil, deverão trazer
no mínimo, a marca do fabricante do vidro e o símbolo de conformidade com a legislação
brasileira, definido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade
Industrial INMETRO.
Comentário:
Certo e é exatamente o que estabelece o art. 4º da Resolução nº254/07, já atualizado pela
Resolução nº 707/17: os vidros de segurança a que se refere esta Resolução, produzidos no Brasil,
deverão trazer no mínimo, a marca do fabricante do vidro e o símbolo de conformidade com a
legislação brasileira, definido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade
Industrial INMETRO.
Gabarito: Certo

14. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As exigências dessa norma não se aplicam a máquinas agrícolas, rodoviárias e florestais e aos
veículos destinados à circulação exclusivamente fora das vias públicas e nem aos veículos
incompletos ou inacabados.
Comentário:
Certo e para você não se esquecer (art. 11):

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
26
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Gabarito: Certo

15. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Fica a critério do DENATRAN admitir, exclusivamente para os vidros de segurança, para efeito
de comprovação do atendimento da NBR 9491 e suas normas complementares, os resultados
de testes e ensaios obtidos por procedimentos ou métodos equivalentes, realizados no
exterior.
Comentário:
Exato! Essa é, como vimos, a nova redação do art. 5º da Resolução 254/07. Muito importante (e
um diferencial, posso assim dizer!) saber que os arts. 4º e 5º da Resol. 254/07 foram alterados pela
Resol. 386/11!
Gabarito: Certo

16. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Os veículos blindados estão isentos do uso dos vidros de segurança exigidos pela Resolução
254/07. Essa isenção, no entanto, não abrange os vidros blindados usados para reposição.
Comentário:
Caro aluno, preciso que você não se esqueça também da Deliberação CONTRAN nº 78/09, que
isentou tanto os veículos blindados (e seus respectivos vidros de reposição), da exigência do uso
de vidros de segurança em conformidade com os ditames exigidos pela Resolução nº 254/07. A
assertiva vem com uma pegadinha afirmando o contrário com relação aos vidros de reposição.
Gabarito: Errado

17. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Segundo o que versa a Resolução CONTRAN nº 254/07, julgue os itens subsecutivos.
O vidro de segurança laminado é o tipo de vidro a ser utilizado no para-brisa de todos os
veículos a serem admitidos para circulação nas vias públicas do território nacional.
Comentário:
De acordo com o a Resolução nº254/07, para circulação nas vias públicas do território nacional é
obrigatório o uso de vidro de segurança laminado no para-brisa de todos os veículos a serem

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
27
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

admitidos e de vidro de segurança temperado, uniformemente protendido, ou laminado, nas


demais partes envidraçadas.
Gabarito: Certo

18. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A transmissão luminosa não poderá ser inferior a oitenta por cento para os vidros incolores
dos para-brisas e a setenta por cento para os para-brisas coloridos e demais vidros
indispensáveis à dirigibilidade do veículo.
Comentário:
Essa é para fazer você fixar de vez os índices permitidos pela norma em comento:

Gabarito: Errado

19. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Julgue os itens abaixo, à luz do que versa a Resolução CONTRAN nº 277/08, que dispõe sobre
o transporte de crianças e a utilização do dispositivo de retenção em veículos.
Os dispositivos de retenção para crianças são projetados para reduzir o risco ao usuário em
casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento do
corpo da criança com idade até dez anos.
Comentário:
Errado. A Resolução em estudo estabelece que os dispositivos de retenção sejam projetados para
reduzir o risco ao usuário em casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, mas, o
erro da assertiva está em afirmar que tais dispositivos limitam o deslocamento do corpo de
crianças com idade até 10 anos, quando o certo seria dizer .
Gabarito: Errado

20. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para transitar em veículos automotores, os menores de dez anos deverão ser transportados
nos bancos traseiros usando individualmente cinto de segurança ou sistema de retenção
equivalente.
Comentário:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
28
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Exatamente! Apenas devo reforçar que o uso exclusivo de cinto de segurança é para crianças
maiores de 07 anos e meio. Abaixo dessa idade, a criança deverá usar sistema de retenção
adequado para a sua idade.
Gabarito: Certo

21. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As exigências relativas ao sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e
meio de idade, não se aplicam aos veículos de transporte coletivo, aos de aluguel e aos de
transporte autônomo de passageiro (táxi). Os veículos escolares e os demais veículos com
peso bruto total superior a 3,5t, no entanto, devem obedecer tais exigências.
Comentário:
Não, não! Aos veículos de transporte coletivo, de aluguel, de transporte autônomo de
passageiro (táxi) e aos demais veículos com peso bruto total superior a 3,5t, não se aplicam as
exigências relativas aos sistemas de retenção. A partir de 1º de fevereiro de 2017 (Resolução
nº 541/2015), no entanto, os veículos escolares teriam que possuir tais sistemas de retenção!
Apesar de essa exigência para os veículos de transportes escolares está suspensa, ela não
está revogada!
Gabarito: Errado

22. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O transporte de crianças em desatendimento ao disposto nesta Resolução sujeitará os
infratores à penalidade de multa de R$ 293,47 e retenção do veículo até que a irregularidade
seja sanada.
Comentário:
Muito bem, pois é o que determina o art. 168 do CTB! Trata-se de fato de uma infração de
natureza gravíssima com multa de R$ 293,47 e retenção do veículo até que a irregularidade seja
sanada.
Gabarito: Certo

23. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As crianças com idade superior a sete anos e meio e inferior ou igual a dez anos deverão

Comentário:
Vamos revisar quais são os dispositivos de retenção estabelecidos pelo Anexo I da Resolução nº
277/08:

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
29
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Assim: Idade superior 07 anos e meio e inferior a 10 anos → cinto de segurança


Gabarito: Errado

24. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Todo veículo utilizado no transporte escolar, independentemente de sua classificação,
categoria e do peso bruto total - PBT do veículo, deverá utilizar o dispositivo de retenção
adequado para o transporte de crianças com até sete anos e meio.
Comentário:
Segundo o que estabelece a pequeníssima Resolução CONTRAN nº 541/2015, todo veículo
utilizado no transporte escolar, independentemente de sua classificação, categoria e do peso bruto
total - PBT do veículo, deverá utilizar o dispositivo de retenção adequado para o transporte de
crianças com até 7 anos e meio de idade. No entanto, como essa regra foi suspensa por outra
norma, a Resolução 639/16, a obrigatoriedade ainda não está valendo!
Gabarito: Errado

25. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO TODOS CARGOS - DETRAN/CE - 2017]


Analise os itens abaixo:
I - veículos de transporte coletivo
II veículos de aluguel
III veículos de transporte autônomo de passageiro (táxi)
IV - demais veículos com peso bruto total inferior a 3,5t
Tendo em vista o constante da Resolução CONTRAN nº 277/2008, as exigências relativas ao
sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, não se
aplicam a todos os veículos acima listados.
Comentário:
Opa! Não é bem assim! Dos itens acima, as exigências relativas ao sistema de retenção, no
transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, não se aplicam aos demais veículos
com peso bruto total inferior a 3,5t.
Gabarito: Errado

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
30
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

26. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


A respeito da Resolução n.º 254/2007 do CONTRAN, julgue os itens a seguir.
A transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos para-brisas
e a 70% para os para-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do
veículo.
Comentário:
Corretíssimo! A assertiva se refere à literalidade pura e fiel de uma das principais regras da Resol.
254/07: a transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos para-
brisas e a 70% para os para-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do
veículo.
Gabarito: Certo
==50b5f==

27. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Nos vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do
veículo, a transparência não poderá ser inferior a 15%.
Comentário:
Tranquila, né? Corrigindo: nos vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à
dirigibilidade do veículo, a transparência não poderá ser inferior a 28%.
Gabarito: Errado

28. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


É permitida a aplicação de películas refletivas nas áreas envidraçadas do veículo.
Comentário:
É exatamente o contrário e essa regra você já está careca de saber: é proibida a aplicação de
películas refletivas nas áreas envidraçadas do veículo.
Gabarito: Errado

29. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a aplicação de
inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie não será permitida,
mesmo que o veículo possua espelhos retrovisores externos direito e esquerdo.
Comentário:
Não é bem assim! Veja: fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a
aplicação de inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie será permitida,
desde que (mesmo que) o veículo possua espelhos retrovisores externos direito e esquerdo.
Gabarito: Errado

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
31
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

30. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Com base na Resolução n.º 277/2008 do CONTRAN, julgue os itens a seguir.
Berço portátil porta-bebê, cadeirinha auxiliar ou uma proteção antichoque devem ser fixados
ao veículo, mediante a utilização dos cintos de segurança ou outro equipamento apropriado
instalado pelo fabricante do veículo com tal finalidade, e são projetados para reduzir o risco
ao usuário em casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o
deslocamento do corpo da criança com idade até sete anos e meio.
Comentário:
Redação grande, para cansar o candidato menos preparado. E não tenha dúvidas: ela está certa!
Vou corrigir: os equipamentos citados no item são projetados para reduzir o risco ao usuário em
casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento do corpo da
criança com idade até sete anos.
Gabarito: Certo

31. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Na hipótese de a quantidade de crianças com idade inferior a nove anos exceder a
capacidade de lotação do banco traseiro, será admitido o transporte daquela de maior
estatura no banco dianteiro, com o cinto de segurança do veículo ou dispositivo de retenção
adequado ao peso e à altura dela.
Comentário:
Tudo errado aqui! Primeiro que a hipótese não é a de exceder a quantidade de crianças com idade
inferior a nove anos, e sim a 10 anos. Segundo que, por conta da Deliberação CONTRAN º 110/10,
não há mais a regra do transporte da criança de maior estatura no banco dianteiro. Nesses casos,
você já sabe, poderá ser transportada qualquer uma das crianças, desde que com o cinto de
segurança do veículo ou dispositivo de retenção adequado ao peso e à altura dela.
Gabarito: Errado

32. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Excepcionalmente, nos veículos dotados exclusivamente de banco dianteiro, o transporte de
crianças com até nove anos de idade poderá ser realizado nesse banco, sempre com o
dispositivo de retenção adequado ao peso e à altura da criança.
Comentário:
Oh, elaborador sem criatividade, meu Deus! De novo a banca limita a regra para crianças de até 09
anos de idade, quando a razão de existir da Resolução nº 277/08 é exatamente a de regulamentar
o transporte de crianças de até 10 anos!
Gabarito: Errado

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
32
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

33. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Nos veículos equipados com dispositivo suplementar de retenção (airbag) para o passageiro
do banco dianteiro, é vedado o transporte de crianças com até dez anos de idade em
dispositivo de retenção posicionado em sentido contrário ao da marcha do veículo.
Comentário:
Corrigindo: nos veículos equipados com dispositivo suplementar de retenção (airbag) para o
passageiro do banco dianteiro, é vedado o transporte de crianças com até sete anos e meio (e não
dez anos) de idade em dispositivo de retenção posicionado em sentido contrário ao da marcha do
veículo.
Gabarito: Errado

34. [CESPE ASSIST. TÉCNICO DE TRÂNSITO DETRAN/ES 2010]


A Lei da Cadeirinha, que é um aperfeiçoamento da legislação de trânsito, estabelece
condições de segurança para o transporte de passageiros com idade inferior a dez anos. Não
obstante, essa lei não se aplica ao transporte coletivo, aos táxis e a veículos cujo peso bruto
total seja superior a 3,5 toneladas.
Comentário:
Essa agora ficou uma moleza! A Resolução nº 277/08 (chamada carinhosamente pela questão de
L C não se aplica ao transporte coletivo, aos táxis e a veículos cujo
peso bruto total seja superior a 3,5 toneladas.
Gabarito: Certo

35. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


Em uma rodovia federal, João conduzia um automóvel de quatro portas, com cinco lugares,
com 4 crianças dentro, todas com menos de 10 anos de idade. Um PRF deu sinal de parada e
abordou o citado automóvel para fiscalização. O veículo era um táxi em que João estava
transportando as crianças com autorização dos pais, que vinham em outro automóvel, logo
atrás, transportando mais três crianças. Ao verificar a existência de uma criança com menos
de 10 anos de idade no banco dianteiro do carro, o PRF solicitou que todas as crianças
descessem do automóvel e se colocassem uma ao lado da outra. O PRF verificou que a
criança que estava sentada na frente era a mais velha entre todas, pois tinha 9 anos e 10
meses de idade, mas não era a mais alta, pois havia uma criança de 9 anos e um mês de idade
que possuía maior estatura. Além do mais, a criança sentada à frente estava usando cinto de
segurança, mas as de trás, não. Havia também no táxi uma criança de 7 anos de idade.
Tendo por base essa situação hipotética e as regras de transporte de menores de 10 anos de
idade e de utilização do dispositivo de retenção para o transporte de crianças em veículo,
julgue os itens a seguir.
Para transitar em veículos automotores, todas as crianças que estavam no automóvel
deveriam estar usando individualmente cinto de segurança ou sistema de retenção
equivalente.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
33
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

Comentário:
Você tem alguma dúvida quanto a isso?? Ora, a Resolução nº 277/08 veio justamente para fazer
essa regulamentação! Se todas as crianças presentes no veículo são menores de 10 anos, e o
enunciado diz isso, é óbvio que, a depender de suas idades, umas usarão cinto de segurança e
outras dispositivos de retenção adequados.
Gabarito: Certo

36. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


O transporte de crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança
especiais estabelecidas no CTB constitui infração gravíssima.
Comentário:
Corretíssima e bem simples! É só relembrarmos a infração tipificada no art. 168 do CTB:

Art. 168. Transportar crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança
especiais estabelecidas neste Código:
Infração - gravíssima;
Penalidade - multa;
Medida administrativa - retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Gabarito: Certo

37. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


As exigências relativas ao sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e
meio de idade, também se aplicam à atividade de transporte autônomo de passageiro (táxi).
Comentário:
Preciso ser repetitivo: aos veículos de transporte autônomo de passageiro (táxi), não se aplicam
as exigências relativas aos sistemas de retenção para o transporte de crianças com até sete
anos e meio de idade.
Gabarito: Errado

38. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


Se transportar crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança, o
condutor estará sujeito à penalidade de multa e à retenção do veículo até que a
irregularidade seja sanada.
Comentário:

É só conferir o comentário da questão 36, que você verá que essa informação está corretíssima.
Gabarito: Certo

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
34
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

4.2. LISTA DE QUESTÕES

1. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Julgue os itens a seguir, conforme o regulamentado pela Resolução CONTRAN nº 273/2008.
Atualmente é possível que motocicletas e motonetas dotadas de motor com até 120
centímetros cúbicos possam tracionar semirreboques.

2. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para-choque traseiro, lanternas de posição traseira e lanternas de freio, todas de cor
vermelha, e lanternas indicativas de direção traseira, de cor branca ou vermelha, são itens
obrigatório em semirreboque que seja tracionado por motocicleta ou motoneta.

3. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O comprimento total máximo, não se descartando do cálculo a lança de acoplamento, de
semirreboque que seja tracionado por motoneta ou motocicleta é de 2,15m.

4. [ESTRATÉGIA E GIRÃO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A Resolução CONTRAN nº 254/07 Estabelece requisitos para os vidros de segurança e
critérios para aplicação de inscrições, pictogramas e películas nas áreas envidraçadas dos
veículos automotores. De acordo com o regulamentado nessa Resolução e suas atualizações,
julgue os itens a seguir.
A área do para-brisa, excluindo a faixa periférica de serigrafia destinada a dar acabamento ao
vidro e à área ocupada pela banda degradê, é considerada área envidraçada indispensável à
dirigibilidade do veículo.

5. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para circulação nas vias públicas do território nacional é obrigatório o uso de vidro de
segurança laminado no para-brisa de todos os veículos a serem admitidos e de vidro de
segurança temperado, uniformemente protendido, ou laminado, nas demais partes
envidraçadas.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
35
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

6. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O fabricante, o representante e o importador do veículo deverão certificar-se de que seus
produtos obedecem aos preceitos estabelecidos por esta Resolução, mantendo-se em
condição de comprová-los, quando solicitados pelo Departamento Nacional de Trânsito -
DENATRAN.

7. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A transparência do vidro de segurança traseiro (vigia) não poderá ser inferior a 28%.

8. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O CONTRAN, gozando da competência que lhe foi atribuída, estabeleceu através de
Resolução, regras para a aposição de películas, inscrições, pictogramas ou painéis decorativos
em veículos. Julgue os itens a seguir segundo as disposições trazidas por essa Resolução.
Fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a aplicação de
inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie será permitida, desde que
o veículo tenha como requisito apenas a existência de espelhos retrovisores externos direito
e esquerdo.

9. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A marca do instalador e o índice de transmissão luminosa existentes em cada conjunto vidro-
película localizadas nas áreas indispensáveis à dirigibilidade serão gravados indelevelmente
na película por meio de chancela, devendo ser visíveis pelos lados externos dos vidros.

10. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


É proibida a aplicação de películas não refletivas nas áreas envidraçadas do veículo.

11. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A aplicação de película refletiva nas áreas envidraçadas dos veículos automotores, definidas
nesta Resolução, será permitida desde que atendidas as mesmas condições de transparência
para o conjunto vidro-película por ela também estabelecidas.

12. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Ferdinando, abordado em fiscalização em uma blitz em uma via urbana de Brasília, contestou
a afirmação do Agente de Trânsito do DETRAN-DF de que a adesivação feita em seu veículo
estava irregular. Na ocasião, o Agente percebeu que tanto os vidros laterais dianteiros quanto
os laterais traseiros estavam completamente cobertos e com índice de transmissão luminosa

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
36
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

muito inferior ao limite legal permitido. Feita a constatação, explicou a Ferdinando que, de
acordo com a normatização atual, essas partes envidraçadas de seu veículo não poderiam ter
respectivamente transmissão luminosa inferior a 75% e 28%, respectivamente.

13. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Em conformidade com a regulamentação trazida pela Resolução CONTRAN Nº 254/07, julgue
os itens a seguir.
Os vidros de segurança a que se refere esta Resolução, produzidos no Brasil, deverão trazer
no mínimo, a marca do fabricante do vidro e o símbolo de conformidade com a legislação
brasileira, definido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade
Industrial INMETRO.

14. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As exigências dessa norma não se aplicam a máquinas agrícolas, rodoviárias e florestais e aos
veículos destinados à circulação exclusivamente fora das vias públicas e nem aos veículos
incompletos ou inacabados.

15. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Fica a critério do DENATRAN admitir, exclusivamente para os vidros de segurança, para efeito
de comprovação do atendimento da NBR 9491 e suas normas complementares, os resultados
de testes e ensaios obtidos por procedimentos ou métodos equivalentes, realizados no
exterior.

16. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Os veículos blindados estão isentos do uso dos vidros de segurança exigidos pela Resolução
254/07. Essa isenção, no entanto, não abrange os vidros blindados usados para reposição.

17. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Segundo o que versa a Resolução CONTRAN nº 254/07, julgue os itens subsecutivos.
O vidro de segurança laminado é o tipo de vidro a ser utilizado no para-brisa de todos os
veículos a serem admitidos para circulação nas vias públicas do território nacional.

18. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


A transmissão luminosa não poderá ser inferior a oitenta por cento para os vidros incolores
dos para-brisas e a setenta por cento para os para-brisas coloridos e demais vidros
indispensáveis à dirigibilidade do veículo.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
37
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

19. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Julgue os itens abaixo, à luz do que versa a Resolução CONTRAN nº 277/08, que dispõe sobre
o transporte de crianças e a utilização do dispositivo de retenção em veículos.
Os dispositivos de retenção para crianças são projetados para reduzir o risco ao usuário em
casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento do
corpo da criança com idade até dez anos.

20. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Para transitar em veículos automotores, os menores de dez anos deverão ser transportados
nos bancos traseiros usando individualmente cinto de segurança ou sistema de retenção
equivalente.

21. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As exigências relativas ao sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e
meio de idade, não se aplicam aos veículos de transporte coletivo, aos de aluguel e aos de
transporte autônomo de passageiro (táxi). Os veículos escolares e os demais veículos com
peso bruto total superior a 3,5t, no entanto, devem obedecer tais exigências.

22. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


O transporte de crianças em desatendimento ao disposto nesta Resolução sujeitará os
infratores à penalidade de multa de R$ 293,47 e retenção do veículo até que a irregularidade
seja sanada.

23. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


As crianças com idade superior a sete anos e meio e inferior ou igual a dez anos deverão

24. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - PRF - 2018]


Todo veículo utilizado no transporte escolar, independentemente de sua classificação,
categoria e do peso bruto total - PBT do veículo, deverá utilizar o dispositivo de retenção
adequado para o transporte de crianças com até sete anos e meio.

25. [ESTRATÉGIA E GIRÃO/HERCULANO TODOS CARGOS - DETRAN/CE - 2017]


Analise os itens abaixo:
I - veículos de transporte coletivo
II veículos de aluguel

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
38
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

III veículos de transporte autônomo de passageiro (táxi)


IV - demais veículos com peso bruto total inferior a 3,5t
Tendo em vista o constante da Resolução CONTRAN nº 277/2008, as exigências relativas ao
sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, não se
aplicam a todos os veículos acima listados.

26. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


A respeito da Resolução n.º 254/2007 do CONTRAN, julgue os itens a seguir.
A transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos para-brisas
e a 70% para os para-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do
veículo.

27. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Nos vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do
veículo, a transparência não poderá ser inferior a 15%.

28. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


É permitida a aplicação de películas refletivas nas áreas envidraçadas do veículo.

29. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a aplicação de
inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer espécie não será permitida,
mesmo que o veículo possua espelhos retrovisores externos direito e esquerdo.

30. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Com base na Resolução n.º 277/2008 do CONTRAN, julgue os itens a seguir.
Berço portátil porta-bebê, cadeirinha auxiliar ou uma proteção antichoque devem ser fixados
ao veículo, mediante a utilização dos cintos de segurança ou outro equipamento apropriado
instalado pelo fabricante do veículo com tal finalidade, e são projetados para reduzir o risco
ao usuário em casos de colisão ou de desaceleração repentina do veículo, limitando o
deslocamento do corpo da criança com idade até sete anos e meio.

31. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Na hipótese de a quantidade de crianças com idade inferior a nove anos exceder a
capacidade de lotação do banco traseiro, será admitido o transporte daquela de maior

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
39
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

estatura no banco dianteiro, com o cinto de segurança do veículo ou dispositivo de retenção


adequado ao peso e à altura dela.

32. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Excepcionalmente, nos veículos dotados exclusivamente de banco dianteiro, o transporte de
crianças com até nove anos de idade poderá ser realizado nesse banco, sempre com o
dispositivo de retenção adequado ao peso e à altura da criança.

33. [FUNIVERSA AGENTE DE POLIC. E TRÂNSITO DETRAN/DF 2012 Adapt.]


Nos veículos equipados com dispositivo suplementar de retenção (airbag) para o passageiro
do banco dianteiro, é vedado o transporte de crianças com até dez anos de idade em
dispositivo de retenção posicionado em sentido contrário ao da marcha do veículo.

34. [CESPE ASSIST. TÉCNICO DE TRÂNSITO DETRAN/ES 2010]


A Lei da Cadeirinha, que é um aperfeiçoamento da legislação de trânsito, estabelece
condições de segurança para o transporte de passageiros com idade inferior a dez anos. Não
obstante, essa lei não se aplica ao transporte coletivo, aos táxis e a veículos cujo peso bruto
total seja superior a 3,5 toneladas.

35. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


Em uma rodovia federal, João conduzia um automóvel de quatro portas, com cinco lugares,
com 4 crianças dentro, todas com menos de 10 anos de idade. Um PRF deu sinal de parada e
abordou o citado automóvel para fiscalização. O veículo era um táxi em que João estava
transportando as crianças com autorização dos pais, que vinham em outro automóvel, logo
atrás, transportando mais três crianças. Ao verificar a existência de uma criança com menos
de 10 anos de idade no banco dianteiro do carro, o PRF solicitou que todas as crianças
descessem do automóvel e se colocassem uma ao lado da outra. O PRF verificou que a
criança que estava sentada na frente era a mais velha entre todas, pois tinha 9 anos e 10
meses de idade, mas não era a mais alta, pois havia uma criança de 9 anos e um mês de idade
que possuía maior estatura. Além do mais, a criança sentada à frente estava usando cinto de
segurança, mas as de trás, não. Havia também no táxi uma criança de 7 anos de idade.
Tendo por base essa situação hipotética e as regras de transporte de menores de 10 anos de
idade e de utilização do dispositivo de retenção para o transporte de crianças em veículo,
julgue os itens a seguir.
Para transitar em veículos automotores, todas as crianças que estavam no automóvel
deveriam estar usando individualmente cinto de segurança ou sistema de retenção
equivalente.

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
40
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

36. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


O transporte de crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança
especiais estabelecidas no CTB constitui infração gravíssima.

37. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


As exigências relativas ao sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e
meio de idade, também se aplicam à atividade de transporte autônomo de passageiro (táxi).

38. [CESPE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL PRF/2008 Adapt.]


Se transportar crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança, o
condutor estará sujeito à penalidade de multa e à retenção do veículo até que a
irregularidade seja sanada.

4.3. GABARITO

1 2 3 4 5 6 7
E E C C C C E
8 9 10 11 12 13 14
E C E E E C C
15 16 17 18 19 20 21
C E C E E C E
22 23 24 25 26 27 28
C E E E C E E
29 30 31 32 33 34 35
E C E E E C C
36 37 38
C E C

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
41
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA
Alexandre Herculano, Marcos Girão, Marcus Santos
Aula 01

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS
Mai um passo dado na caminhada para a sua vitória!
Se tiver dúvidas, utilize nosso fórum. Estou sempre à disposição também no e-mail e nas redes
sociais.

https://www.facebook.com/ProfMarcosGirao

https://www.youtube.com/channel/UCsjAzxopmLjgmxkeR1Lo6wQ

@profmarcosgirao

Professor Alexandre Herculano

@prof_herculano

Professor Alexandre Herculano

Grande abraço e até a próxima aula!


Marcos Girão

Resoluções do CONTRAN p/ PRF (Policial) Com Videoaulas - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br
42
42
86760017404 - RAMON LOPES DE SOUZA