Вы находитесь на странице: 1из 10

12/07/2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL IAD547 – INTRODUÇÃO À

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL IAD547 – INTRODUÇÃO À ENGENHARIA CIVIL UNIVERSIDADE

IAD547 – INTRODUÇÃO À ENGENHARIA CIVIL

UNIVERSIDADE

UFBA

ICAD

UM POUCO DE HISTÓRIA

UNIVER SIDADE

Onde começar?

Tales de Mileto (~624 a ~556 a.C.) – Mileto, Ásia Menor (Turquia)

Marco inicial da filosofia ocidental.

Tales considerava a água como sendo a origem de todas as coisas.

Tales foi o primeiro a explicar o eclipse do Sol, ao verificar que a Lua é iluminada por esse astro.

Segundo Heródoto, ele teria previsto um eclipse solar em 585 a.C.

UNIVER SIDADE

Pitágoras (~570 a ~497 a.C.) – Samos

filósofo e matemático grego.

(~570 a ~497 a.C.) – Samos filósofo e matemático grego. Para a escola Pitagórica existiam quatro

Para a escola Pitagórica existiam quatro elementos: terra, água, ar e fogo.

Os pitagóricos interessavam-se pelo estudo das propriedades dos números - o número é a essência das

A maior descoberta se refere às relações

entre os lados do triângulo retângulo:

teorema de Pitágoras.

O símbolo utilizado pela escola era o

pentagrama

entre os lados do triângulo retângulo: teorema de Pitágoras . O símbolo utilizado pela escola era

UNIVER SIDADE

Sócrates (470 a 399 a.C.) – Atenas, Grécia

Platão (428 a 370 a.C.) – Atenas, Grécia. Discípulo de Sócrates.

a 370 a.C.) – Atenas, Grécia. Discípulo de Sócrates. ACADEMIA – Escola de Platão, fundada junto

ACADEMIA – Escola de Platão, fundada junto a um jardim

a noroeste de Atenas, que segundo a tradição pertencera

a uma personagem mitológica, Academo (seria seu túmulo).

Numa definição mais abrangente, a Academia, fundada em 387 a.C., pode ser entendida como a primeira universidade. Nela os estudantes aprendiam filosofia, matemática e ginástica.

Aristóteles (384 a 322 a.C.) – Estagira (Macedônia, hoje Grécia). Filósofo grego. É considerado um
Aristóteles (384 a 322 a.C.) – Estagira (Macedônia, hoje
Grécia). Filósofo grego.
É
considerado um dos maiores pensadores de todos os
tempos e criador do pensamento lógico
Professor de Alexandre Magno (Alexandre, o grande)
UNIVER SIDADE
UNIVER SIDADE

Euclides de Alexandria (360 a 295 a.C.) – ?

professor, matemático platônico e escritor de origem desconhecida, criador da famosa geometria euclidiana: o espaço euclidiano, imutável, simétrico e geométrico.

O algoritmo de Euclides busca encontrar o máximo

divisor comum entre dois números inteiros diferentes de zero.

Arquimedes (287 a 212 a.C.) – Siracusa, Grécia

matemático, físico e inventor grego. estudou em Alexandria contribuiu para o surgimento da Hidrostática

descobriu ainda o princípio da alavanca

Lucas

UNIVER SIDADE

Universidade medieval

Carlos Magno (Século IX) reuniu grande parte da Europa sob seus domínios.

Para unificar e fortalecer seu império, ele decidiu elaborar uma reforma na educação, resultando em um projeto que busca reviver o saber clássico estabelecendo os programas de estudo a partir das sete artes liberais.

Trivium, ou ensino literário: gramática, retórica e dialética

Quadrivium, ou ensino científico: aritmética, geometria, astronomia e música.

SIDADEUNIVER

Universidade medieval

Entre 1200 e 1400 foram fundadas, na Europa, 52 universidades, e 29 delas foram erguidas por papas.

A transformação cultural gerada pelas universidades no século XIII, foi expressada pela frase : “Em 1100, a escola seguia o

mestre; em 1200, o mestre seguia a escola”.

   

Cidade

 

Ano de

Nome

Sede

País

Fundação

Universidade de Salamanca

Salamanca

Espanha

1218

UNIVER SIDADE

Universidade de Montpellier

Montpellier

França

1220

Universidade de Pádua

Pádua

Itália

1222

Universidade de Nápoles Federico II

Nápoles

Itália

1224

Universidade de Toulouse

Toulouse

França

1229

 

Universidade de Al Mustansiriya

Bagdá

Iraque

1233

Universidade de Siena

Siena

Itália

1240

12/07/2010

UNIVER SIDADE

Universidade medieval

A partir do ano 787, foram emanados os decretos que recomendavam, em todo o império, a restauração de antigas escolas e a fundação de novas.

Institucionalmente, essas novas escolas podiam ser monacais, junto aos mosteiros; catedrais, junto à sede dos bispados; e palatinas, junto às cortes.

Nos séculos XI e XII, algumas das escolas que haviam sido estruturadas à partir das ordens de Carlos Magno, que se destacaram por seu alto nível de ensino, ganham a forma de Universidades.

Isso ocorre especialmente entre as escolas catedrais.

   

Cidade

 

Ano de

Nome

Sede

País

Fundação

Universidade de Karueein

Fez

Marrocos

859

UNIVER SIDADE

Universidade de Al-Azhar

Cairo

Egito

988

Universidade de Bolonha

Bolonha

Itália

1088

Universidade de Oxford

Oxford

Inglaterra

1096

Universidade de Paris

Paris

França

1170

 

Universidade de Modena

Modena

Itália

1175

     

cerca de

Universidade de Cambridge

Cambridge

Inglaterra

1209

   

Cidade

 

Ano de

Nome

Sede

País

Fundação

Universidade de Valladolid

Valladolid

Espanha

1241

UNIVER SIDADE

Universidade de Múrcia

Múrcia

Espanha

1272

Universidade de Coimbra

Coimbra

Portugal

1290

Universidade Complutense de Madrid

Madri

Espanha

1293

Universidade de Lérida

Lérida

Espanha

1300

 

Universidade de Roma

Roma

Itália

1303

Universidade de Florença

Florença

Itália

1321

12/07/2010

   

Cidade

 

Ano de

Nome

Sede

País

Fundação

Universidade de Pisa

Pisa

Itália

1343

   

República

 

UNIVER SIDADE

Universidade de Praga

Praga

Tcheca

1348

Universidade de Pavia

Pavia

Itália

1361

Universidade Jaguelônica

Cracóvia

Polônia

1364

Universidade de Viena

Viena

Áustria

1365

 

Universidade de Pécs

Pécs

Hungria

1367

Universidade de Heidelberg

Heidelberg

Alemanha

1386

   

Cidade

 

Ano de

Nome

Sede

País

Fundação

Universidade de Colônia

Colônia

Alemanha

1388

UNIVER SIDADE

Universidade de Ferrara

Ferrara

Itália

1391

Universidade de Würzburg

Würzburg

Alemanha

1402

Universidade de Leipzig

Leipzig

Alemanha

1409

Universidade de St. Andrews

St. Andrews

Escócia

1412

 

Universidade de Rostock

Rostock

Alemanha

1419

Universidade Católica de Lovaina

Lovaina

Bélgica

1425

SIDADEUNIVER UNIVER SIDADE
SIDADEUNIVER
UNIVER SIDADE

Antigüidade Clássica (Grécia e Roma)

escolas de alto nível para formar especialistas em Medicina, Filosofia, Retórica e Direito.

Final da Idade Média (meados do século XI a XV)

nasce a universidade, a partir das escolas reestruturadas por Carlos Magno, buscando identificar-se com a sociedade e sua cultura.

Idade Moderna

rebelião burguesa com a ordem medieval. Universidade não acompanha o espírito difundido pela Reforma.

Século XVIII

saber medieval é contestado (Iluminismo).

UNIVER SIDADE

Século XIX

com o incremento da industrialização, foi instituída a Universidade Napoleônica, na França.

- surgiu em função de necessidades profissionais

- estruturada de forma fragmentada em escolas superiores

Século XII

criada a Universidade de Berlim (1810), na Alemanha, considerada como a “Universidade Moderna”, centro de pesquisa.

Albert Einstein, Max Planck, Karl Marx e Friedrich Engels

UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

Até 1808 luso brasileiros faziam seus estudos superiores na Europa (Universidade de Coimbra). A maioria eram religiosos.

1808

após a vinda de D. João VI para o Brasil é criado o chamado ensino superior, em reposta às necessidades da conia. Surge curso de ensino superior no Rio de Janeiro e Bahia, marcados pelo caráter utilitário e imediatista.

UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

•1808 - Com a chegada da Família Real Portuguesa, são fundadas a Escola de Medicina da Bahia (em Salvador) e a do Rio de Janeiro (atual Faculdade Nacional de Medicina da UFRJ).

•1809 - Fundada a Real Academia Militar do Rio de Janeiro.

•1810 - Fundada a Escola de Engenharia do Rio de Janeiro.

•1827 - Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (>USP)

•1827 - Faculdade de Direito de Olinda (>UFPE)

•1877 - Academia de Belas Artes da Bahia (>UFBA)

UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

•1914 - Escola Superior de Agricultura e Escola Superior de Medicina e Veterinária (>UFPE)

•1914 - Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas

•1920 - Universidade Federal do Rio de Janeiro

•1932 - Faculdade de Direito (>UFSC)

•1933 - Escola Paulista de Medicina (>UNIFESP)

•1934 - Universidade de São Paulo (EP, ESALQ, FM, FD + FFLCH)

•1934 - Faculdade de Ciências Econômicas da Bahia

SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER

http://portal.mec.gov.br/sesu/index.php?option=content&task=view&id=731&Itemid=300

12/07/2010

UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

•1891 - A Faculdade de Direito (>UFBA)

•1894 - Escola Politécnica (>USP)

•1897 - Escola Politécnica da Bahia (>UFBA)

•1901 - Escola Agrícola Prática de Piracicaba (>ESALQ/USP)

•1909 - Escola Universitária Livre de Manáos (>UFAM)

•1912 - Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo (>USP)

•1912 - Universidade do Paraná (1892) (>UFPR)

UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

•1935 - Universidade do Distrito Federal, por iniciativa de Anísio Teixeira. A UDF dura apenas até 1939 > embrião da futura UEG (Universidade Estadual da Guanabara), >UERJ.

•1937 - Universidade do Brasil (>UFRJ), agrupando 15 instituições públicas de ensino superior que já existiam na capital federal.

Linha do tempo

IFES

SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER

12/07/2010

SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER
SIDADEUNIVER UNIVER SIDADE
SIDADEUNIVER
UNIVER SIDADE

ENSINO UNIVERSITÁRIO NO BRASIL

Ensino formação de profissionais liberais e especialistas qualificados nos diversos campos do conhecimento

Pesquisa na graduação : caracteriza-se pelo processo de compreensão e ree laboração do sabe r pós-graduação: busca fazer avançar o saber

Extensão tem a finalidade de difundir o saber universitário na sociedade

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

criada pelo Decreto-Lei nº 9.155, de 8 de abril de 1946

reestruturada pelo Decreto nº 62.241, de 8 de fevereiro

1968

de

tem sede na Cidade de Salvador, Estado da Bahia

é uma autarquia

tem autonomia administrativa, patrimonial, financeira e didático-científica, nos termos da Lei e do seu Estatuto

F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE
F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

A Faculdade de Ciências Econômicas da Bahia (1934)

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (1941)

Essas Unidades de Ensino Superior constituíram o núcleo inicial da Universidade da Bahia.

Em que pese o Decreto-Lei de 1946, naquele momento ainda não se implantava uma verdadeira Universidade.

Esse foi o desafio enfrentado pelo Reitor Edgard Santos até 1961, nos quinze anos em que esteve à frente da Universidade da Bahia.

12/07/2010

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

Colégio Médico-Cirúrgico da Bahia - a mais antiga escola oficial de estudos superiores do País, criada pelo Príncipe Regente em 1808, que deu origem à atual Faculdade de Medicina. Mais tarde, foram criados e incorporados à Escola de Cirurgia os cursos de Farmácia, em 1832, e de Odontologia, em 1864.

A atual Escola de Belas Artes também foi criada ainda no

século XIX, em 1877, com o nome de Academia de Belas Artes

da Bahia.

A Faculdade de Direito (1891)

Escola Politécnica da Bahia (1897).

F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE
F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A

Universidade Federal da Bahia

O

curso de Agronomia, embora criado em 1859, só se

incorporou à Universidade da Bahia em 1967, juntamente com o curso de Medicina Veterinária.

A Reforma Universitária, instituída pela Lei Federal 5.540/68,

promoveu uma profunda reestruturação e modernização acadêmica e administrativa das universidades brasileiras.

Nessa época, instituída a atual denominação de Universidade

Federal da Bahia, nela foram criados diversos órgãos centrais

de gestão e implantados os novos Institutos de Matemática,

Física, Química, Biologia, Geociências e Ciências da Saúde, as

Escolas de Biblioteconomia e Comunicação e de Nutrição e a Faculdade de Educação.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

A antiga Faculdade de Filosofia passou a se denominar

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, abrigando cursos

existentes e os novos cursos de Psicologia e Museologia.

O

aumento da oferta de cursos de graduação, nessa época,

exigiu uma significativa expansão da infra-estrutura física da

UFBA, com a implantação dos campi Canela e Federação/Ondina.

A partir do início da década de 1970, foram implantados os

primeiros cursos de pós-graduação – inicialmente em nível de

Mestrado.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

Ainda em 2005 Passaram a integrar a UFRB os cursos de todos os níveis integrantes da Escola de Agronomia da UFBA, sendo esta exerceu o papel de tutora até 30 de junho de 2006.

Conselho Universitário da UFBA aprovou a criação de novas Unidades Universitárias:

1) Instituto Multidisciplinar de Saúde no Campus Anísio Teixeira (Vitória da Conquista – BA).

Cursos inicialmente implementados:

* Enfermagem

* Farmácia

* Nutrição

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

O

ICAD

O

Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento

Sustentável (ICAD), foi criado pela Resolução 02/2005, de 21 de novembro de 2005, do Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Em 2009, mais 4 cursos de graduação:

* Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

* Engenharia Civil

* Física (Bacharelado e Licenciatura)

* Matemática (Bacharelado e Licenciatura)

Em 2010, mais 3 cursos de graduação:

* Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades

* História (Bacharelado e Licenciatura)

12/07/2010

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

Em 2005:

60

cursos de Graduação

50

cursos de Pós-Graduação latu senso

42

cursos de Mestrado (sendo 3 MP)

20

cursos de Doutorado (sendo 1 DI)

32

especialidades de Residência Médica

Ainda em 2005 Ministério da Educação institui o Programa Federal de Interiorização e Expansão da Educação Superior no Brasil.

Assim é criada a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Lei N o 11.151 de 29 de julho de 2005, a partir do desmembramento da Universidade Federal da Bahia.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

A Universidade Federal da Bahia

Ainda em 2005 2) Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável (ICAD) no Campus Professor Edgard Santos (Barreiras – BA).

Cursos inicialmente implementados:

* Administração

* Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura)

* Engenharia Sanitária e Ambiental

* Geografia (Bacharelado e Licenciatura)

* Geologia

* Química (Bacharelado e Licenciatura)

Em tempo: tanto o IMS quanto o ICAD iniciaram suas atividades em 23/10/2006.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

ICAD Em 2006, 6 cursos de graduação:

1 Administração

2 Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura)

3 Engenharia Sanitária e Ambiental

4 Geografia (Bacharelado e Licenciatura)

5 Geologia

6 Química (Bacharelado e Licenciatura)

Em 2009, mais 4 cursos de graduação:

7

Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

8

Engenharia Civil

9

Física (Bacharelado e Licenciatura)

10

Matemática (Bacharelado e Licenciatura)

Em 2010, mais 3 cursos de graduação:

11 Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades

12 História (Bacharelado e Licenciatura)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL UFBA ICAD Estrutura

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL UFBA ICAD Estrutura organizacional

UFBA

ICAD

Estrutura organizacional

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Conselhos Superiores

Art. 15 Conselho Universitário – CONSUNI

I Reitor, seu Presidente;

II ViceReitor;

III próreitores de áreas administrativas;

IV diretores das Unidades Universitárias;

V presidentes dos Conselhos Acadêmicos;

VI 02 (dois) representantes do corpo docente;

VII 04 (quatro) representantes do corpo técnicoadministrativo;

VIII 02 (dois) representantes da comunidade;

IX representação do corpo discente, na forma da lei.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Conselhos Superiores

Art. 20 Conselho Acadêmico de Ensino

I próreitores das áreas de ensino;

II um membro docente representante de cada Unidade Universitária, eleito pela respectiva Congregação;

III um representante do corpo técnicoadministrativo, com nível superior, atuante em programas ou cursos de graduação e de pósgraduação stricto sensu, eleito por seus pares, em pleito conduzido pela respectiva entidade de representação;

IV um representante da comunidade, eleito pelo CONSUNI, para mandato de dois anos;

V representação do corpo discente, na forma da lei.

12/07/2010

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

UFBA – www.ufba.br

Art. 13 A estrutura da Universidade:

Órgãos Superiores de Deliberação:

I Conselho Universitário;

II Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão;

III Conselhos Acadêmicos;

IV Assembleia Universitária.

Órgãos da Administração Central:

I Reitoria;

II Órgãos Estruturantes, vinculados à Reitoria.

Órgãos de Ensino, Pesquisa e Extensão:

I Unidades Universitárias;

II Órgãos Complementares, vinculados às Unidades

Universitárias.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Conselhos Superiores

Art. 17 Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – CONSEPE

I Reitor, seu Presidente;

II ViceReitor;

III próreitores das áreas de atividadesfim da Universidade;

IV um membro docente representante de cada Unidade Universitária, escolhido pela respectiva Congregação dentre os eleitos para compor os Conselhos Acadêmicos;

V 02 (dois) representantes do corpo técnicoadministrativo, membros dos Conselhos Acadêmicos;

VI 02 (dois) representantes da comunidade, membros dos Conselhos Acadêmicos;

VII representação do corpo discente, na forma da lei.

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Conselhos Superiores

Art. 22 Conselho Acadêmico de Ensino

I próreitores das áreas de pesquisa, criação e inovação e de extensão universitária;

II um membro docente representante de cada Unidade Universitária, eleito pela respectiva Congregação;

III um representante do corpo técnicoadministrativo, com nível superior, atuante em programas ou cursos de graduação e de pósgraduação stricto sensu, eleito por seus pares, em pleito conduzido pela respectiva entidade de representação;

IV um representante da comunidade, eleito pelo CONSUNI, para mandato de dois anos, sem direito a recondução;

V representação do corpo discente, na forma da lei.

12/07/2010

Administração central F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA
Administração central
F EDERAL DA BAHIAUNIVERSIDADE
UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA
Administração central REITORIA Reitor: Naomar Monteiro de Almeida Filho GABINETE DO REITOR VICE-REITORIA
Administração central
REITORIA
Reitor: Naomar Monteiro de Almeida Filho
GABINETE DO REITOR
VICE-REITORIA
Vice-Reitor: Francisco José Gomes Mesquita
Prefeitura do Campus Universitário – PCU
e
Superintendência Administrativa – SAD
Coordenadoria de Material e Patrimônio (Divisão de Material)
C
oor enaç o
d
ã
d
S
egurança
d
os
C
amp –
i
COSEC
PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL
Pró-Reitor: Álamo Pimentel Gonçalves da Silva
Creche da UFBA
Residência Universitária I
Residência Universitária II
Residência Universitária III

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Administração central

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Pró-Reitor: Eugênio de Ávila Lins

Coordenação de Extensão Coordenadoria de Arte e Cultura TV UFBA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD e

P ó R it

 

M

b l Bitt

t M

i

h

r

-

or:

aer a

encour

ar n

 

o

Assessoria para Ensino de Graduação

Superintendência Acadêmica - SUPAC www.supac.ufba.br

Secretaria Geral de Cursos – SGC

Coordenação Central de Instalações Especiais de Ensino (PAF I,

PAF II, PAC) Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação – SSOA

www.sgc.ufba.br

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Administração central

UFBA EM PAUTA

ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS

PROCURADORIA FEDERAL JUNTO À UFBA

SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS – SOC

COORDENADORIA DE CONTROLE INTERNO

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Administração central

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PRPPG Pró-Reitor: Antônio Alberto da Silva Lopes

Coordenação de Pesquisa Coordenação de Ensino de Pós-Graduação

PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO – PROPLAD

P ó R it

Nádi

A

d

d

d

M

Rib

i

r

-

e ora:

a

n

ra

e

e

oura

e ro

Divisão de Contabilidade e Auditoria – DCA

PRÓ- REITORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS - PRODEP Pró-Reitora: Joselita Nunes Macedo

Coordenação de Administração de Pessoal (Superintendência de Pessoal - SPE) Coordenação de Desenvolvimento Humano – CDH Serviço Médico Universitário Rubens Brasil Soares – SMURB

Unidades Escola de Administração Escola de Belas Artes Escola de Dança Escola de Enfermagem E
Unidades
Escola de Administração
Escola de Belas Artes
Escola de Dança
Escola de Enfermagem
E
sco a
l
d
e
M
e
di
c na
i
V
e er n
t
i
á
r a
i
Escola de Música
Escola de Nutrição
Escola Politécnica
Escola de Teatro
Faculdade de Arquitetura
UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

Unidades

Faculdade de Comunicação

Faculdade de Ciências Contabéis

Faculdade de Ciências Econômicas

Faculdade de Direito

F

acu

ld

a

d

e

d

e

Ed

ã

ucaç o

Faculdade de Farmácia

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas

Faculdade de Medicina da Bahia

Faculdade de Odontologia

Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável – ICAD

UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA

ICAD

Congregação do ICAD – Quem?

Direção do Instituto

Coordenação Acadêmica

Colegiados dos Cursos de Graduação – Quem?

Núcleos Acadêmicos??

NUPAC NUPAD NUPEX NUPAE Gerencia Técnica-administrativa

12/07/2010

Unidades Instituto de Ciência da Informação Instituto de Ciências da Saúde Instituto de Física Instituto
Unidades
Instituto de Ciência da Informação
Instituto de Ciências da Saúde
Instituto de Física
Instituto de Geociências
I
ns
tit
u o
t
d
e
H
uman
id
a
d
es,
A t
r es
d
e
Ciê
nc as –
i
IHAC
Instituto de Letras
Instituto de Matemática
Instituto Multidisciplinar em Saúde
Instituto de Psicologia
Instituto de Química
Instituto de Saúde Coletiva
Legislação
UNIVERSIDADE
Estatuto
Regimento Geral
Regulamento do Ensino de Graduação
Regulamento do Ensino de Pós-Graduação
UNIDADE
Regimento Interno
COLEGIADO DE CURSO
Regimento Interno
BOLSAS
UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA
UNIVERSIDADE F EDERAL DA BAHIA