Вы находитесь на странице: 1из 156

Concluímos com esta última parte a obra Zé Limeira, poeta do

absurdo. Desde já contamos com sua compreensão no que tange


a difusão. Esta é uma obra rara e apenas encontrada, com muita
sorte em sebos, logo pedimos a todos aqueles que a ela tiverem
acesso que passem para frente.

Embaixada Cultural de Pernambuco no Estado do Rio Grande


do Norte.

Assu/RN, 26 de junho de 2019