Вы находитесь на странице: 1из 2

IGREJA PRESBITERIANA DE MARANGUAPE I altura o povo ficou tão irritado que queria Moisés morto.

PEQUENOS GRUPOS – ENCONTRO: 15/02/2019 Mas tudo mudou — pelo menos por algum tempo —
quando se aproximou do monte Sinai.
TEMA: Quando Israel chegou à base do monte Sinai,
“A ALIANÇA DE DEUS COM MOISÉS” descobriu que Deus havia escolhido aquele lugar para
(Adaptado Do Livro “Multiplique” – Francis Chan) revelar-se ao seu povo e iniciar uma aliança com ele.
Moisés subiu a montanha para se encontrar com
EXALTAÇÃO Deus, que de imediato explicou sua intenção para
Israel: Logo Moisés subiu o monte para encontrar-se
TRINDADE SANTÍSSIMA – HNC 11 com Deus. E o SENHOR o chamou do monte, dizendo:
“Diga o seguinte aos descendentes de Jacó e declare
Santo! Santo! Santo! Deus Onipotente! aos israelitas: Vocês viram o que fiz ao Egito e como os
Louvam nossas vozes teu nome com fervor! transportei sobre asas de águias e os trouxe para junto
Santo! Santo! Santo! Justo e compassivo! de mim. Agora, se me obedecerem fielmente e
És Deus Triúno, Excelso Criador! guardarem a minha aliança, vocês serão o meu tesouro
pessoal dentre todas as nações. Embora toda a terra
Santo! Santo! Santo! Nós, os pecadores, seja minha, vocês serão para mim um reino de
Não podemos ver tua glória sem temor. sacerdotes e uma nação santa. Essas são as palavras
Tu somente és Santo! Só Tu és perfeito, que você dirá aos israelitas”. Êxodo 19.3-6
Deus Soberano, imenso em teu amor. Aqui Deus definiu Israel. Em primeiro lugar, os
israelitas eram o povo que Deus havia milagrosamente
Santo! Santo! Santo! Todos os remidos, resgatado da escravidão. Seria impossível para o povo
Juntos com os anjos, proclamam teu louvor! de Deus definir a si próprio sem fazer referência ao ato
Antes de formar-se o firmamento e a terra divino de redenção em seu êxodo. Mas isso não era
Eras, e sempre és, e hás de ser, Senhor! tudo. Deus o havia “trazido para junto de si”. Ele era
agora seu “tesouro pessoal”. O Senhor estava usando
Santo! Santo! Santo! Deus Onipotente! esse momento no monte Sinai para identificar a si
Tuas obras louvam teu nome com fervor. mesmo a seu povo e lhe falar sobre sua nova
Santo! Santo! Santo! Justo e compassivo! identidade. Agora os israelitas podiam descansar na
Deus soberano, Excelso Criador! Amém. segurança de estar guardados e protegidos por Deus!
Foi aqui também que Deus definiu os termos para que
seu relacionamento funcionasse.
Tente se colocar no lugar dos israelitas. Eles Antes de iniciar esse processo, contudo, o povo
rapidamente passaram de escravos de uma das mais de Israel tinha de preparar-se: E o SENHOR disse a
poderosas nações da terra a pessoas livres mediante Moisés: “Vá ao povo e consagre-o hoje e amanhã. Eles
uma série de milagres assustadores. Quando do envio deverão lavar as suas vestes e estar prontos no terceiro
das dez pragas, observaram Deus fazer de tolos os dia, porque nesse dia o SENHOR descerá sobre o
deuses do Egito e seu governante “divino”. Marcharam monte Sinai, à vista de todo o povo. Estabeleça limites
para fora do Egito enquanto seus antigos senhores lhes em torno do monte e diga ao povo: Tenham o cuidado
derramavam presentes de ouro, prata e roupas. de não subir ao monte e de não tocar na sua base.
Testemunharam o impossível quando Deus os guiou em Quem tocar no monte certamente será morto”.
terra seca por entre um mar partido ao meio. Viram Êxodo 19.10-12
Deus destruir sozinho o exército mais poderoso da Os israelitas tinham de “consagrar-se”.
região ao fechar aquele mesmo mar. Imagine Israel do Basicamente, tinham de se separar para um propósito
outro lado do mar Vermelho, tendo acabado de específico; tinham de se preparar para um encontro
testemunhar um dos eventos mais dramáticos da com Deus. É isso o que um relacionamento entre um
história. Eles haviam acabado de ser chamados e Deus santo e um povo pecaminoso requer. Enquanto
resgatados por um Deus cujo poder era claramente Moisés se encontrava com Deus no monte Sinai, a
incontestável. Depois que o brilho do êxodo montanha ficou cercada de fumaça, relâmpagos e
desapareceu, os israelitas tiveram de encarar algumas trovões. As pessoas não tinham sequer permissão de
importantes questões: Quem exatamente é esse Deus tocar a base da montanha sem serem mortas. Deus
que nos resgatou e nos requereu para si? Para onde ele estava realizando algo único aqui, e ele demonstrou
está nos levando e quais são suas intenções para esse fato de forma dramática.
conosco? Como é viver como povo desse Deus?
• UM DEUS SANTO E UM POVO PECAMINOSO
• NA BASE DO MONTE SINAI
No Sinai, Deus entrou numa aliança com Moisés
À medida que se afastavam do mar Vermelho e os demais israelitas. Quando Deus fez sua aliança
para o deserto, os israelitas não sabiam exatamente o com Abraão, prometeu tornar os descendentes deste
que esperar. Os primeiros meses de sua jornada foram uma grande nação, dar-lhes a terra de Canaã e, por fim,
cheios de tumulto. O povo reclamou de falta de comida abençoar todas as nações da terra por meio dele. A
e água. Então, quando Deus milagrosamente aliança que Deus fez com Moisés baseia-se na aliança
providenciou água fresca e pão descido (maná) do céu, feita com Abraão. Enquanto esperavam na base do
reclamou da monotonia de sua alimentação. A certa monte Sinai, os israelitas reconheceram-se como a
grande nação que Deus havia prometido a Abraão; PERGUNTAS PARA MEDITAR-MOS!
eram aqueles que herdariam a terra de Canaã, e,
finalmente, sua responsabilidade era abençoar todas as 1. Leia Êxodo 19. Explique o significado da purificação
nações. As implicações dessa aliança eram claras: o do povo e de seu afastamento da montanha.
Senhor seria o Deus de Israel, e Israel seria o seu povo.
Como poderíamos prever, contudo, havia alguns 2. De que modo o encontro de Israel com Deus no
problemas potenciais nessa história de um Deus santo monte Sinai impacta a maneira como você enxerga
que se vincula a pessoas pecaminosas. Como poderia Deus?
esse Deus sem pecado manter um relacionamento com
pessoas propensas a se rebelar e a fazer coisas que ele 3. Leia Êxodo 20.1-21. O que os dez mandamentos
odeia? Israel precisaria saber o que Deus esperava dele revelam acerca do caráter de Deus?
e como seria viver como povo de Deus.
É aqui que entra a lei do Antigo Testamento. 4. O que os dez mandamentos revelam acerca de
Diferentemente da aliança com Abraão, a aliança com como Deus quer que a humanidade viva?
Moisés incluía um extenso código de conduta. Essa lei
enunciava as expectativas de Deus para seu povo em
termos civis, religiosos e morais. A lei começava com os MOMENTO DE ORAÇÃO
dez mandamentos, mas a partir dessas dez simples leis
seguiam-se mais de uma centena de leis específicas
relacionadas a todos os aspectos da vida do povo de
Deus. As regras não pretendiam ser totalmente
abrangentes; foram feitas para oferecer precedentes
judiciários pelos quais os juízes de Israel poderiam
tomar decisões sábias sobre quaisquer assuntos que
pudessem surgir.
Essas leis eram legalmente obrigatórias para o
povo de Israel no Antigo Testamento. Quando lemos o
Novo Testamento, porém, Jesus explica que cumpriu a
lei do Antigo Testamento (Mt 5.17) e que ela já não nos
domina como cristãos (Rm 6.14; Gl 5.18). Isso significa
que não devemos apenas ler a lei e aplicá-la
diretamente à nossa vida. Ao mesmo tempo, não
podemos descartá-la nem considerá-la sem valor. A lei
proporciona uma visão sobre o caráter de Deus e sua
intenção para com seu povo.
Por exemplo, Deus ordenou que Israel deixasse
parte de sua produção nos campos e nas vinhas
quando fizesse a colheita (Dt 24.19-22). Por estranho
que possa parecer, esse era o jeito divino de fazer
provisão “para o estrangeiro, para o órfão e para a
viúva”. Ao lermos esse mandamento hoje, não
precisamos literalmente deixar alguns dos frutos na
vinha quando colhemos (afinal, quantos de nós praticam
a colheita?). O ponto é que precisamos prover para o
pobre. O mandamento nos ensina sobre o caráter de
Deus e sobre como ele quer que seu povo atue no
mundo. Outra coisa que aprendemos com a lei é que
Deus tem todo o direito de ditar a suas criaturas como
elas devem agir. Ele pode dizer às pessoas o que lhes é
permitido ou não comer, o que podem ou não tocar etc.
Ele determina o que é moralmente correto e tem
a liberdade de estabelecer limites para nossa conduta.
Essa é uma importante lição, dada a arrogância
predominante em nossa cultura.

Похожие интересы