Вы находитесь на странице: 1из 2

QUESTÕES – PODER DE POLÍCIA

01) Em visita a um estabelecimento de venda de suco de frutas, a vigilância sanitária, verificou que o dono
do empreendimento guardava o seu produto em vasilhames que anteriormente foram utilizados em produtos
agrotóxicos. Em ato de defesa o dono alegou que lavava os recipientes antes de colocar os sucos. Assustados
com o que viram, os fiscais da vigilância resolveram fechar o estabelecimento comercial. No âmbito dos
poderes da administração, qual o poder administrativo que se adéqua a atitude da vigilância sanitária?
Marque a opção CORRETA.

a) Poder Disciplinar

b) Poder Hierárquico

c) Poder Regulamentar

d) Poder Vinculante

e) Poder de Polícia
RESPOSTA: LETRA E

COMENTÁRIO: O conceito de Poder de Polícia pode ser encontrado no Código Tributário Nacional em
seu artigo 78: “Considera-se poder de polícia atividade da administração pública que, limitando ou
disciplinando direito, interesse ou liberdade, regula a prática de ato ou abstenção de fato, em razão de
interesse público concernente à segurança, à higiene, à ordem, aos costumes, à disciplina da produção e do
mercado, ao exercício de atividades econômicas dependentes de concessão ou autorização do Poder
Público, à tranquilidade pública ou ao respeito à propriedade e aos direitos individuais ou coletivos”.

OBS.: Lembrando que o exercício do Poder de Polícia pode ensejar a cobrança de TAXA!

02) Com relação aos poderes e atos administrativos, julgue o próximo item.

A coercibilidade, uma característica do poder de polícia, evidencia-se no fato de a administração não


depender da intervenção de outro poder para torná-lo efetivo.

Certo

Errado
RESPOSTA: ITEM ERRADO! A assertiva fala do atributo da AUTOEXECUTORIEDADE.
COMENTÁRIO: Lembrando das características/atributos do Poder de Polícia:
DISCRICIONARIEDADE - A discricionariedade é compreendida como a liberdade estabelecida em lei ao
administrador para decidir mediante o caso concreto.
AUTOEXECUTORIEDADE -A autoexecutoriedade está frequentemente presente nas medidas de polícia
onde a Administração pode executar suas próprias decisões sem interferência do Poder Judiciário.
COERCIBILIDADE- A Coercibilidade torna o ato obrigatório, devendo este ser obedecido independente
da vontade do administrado caso em que a Administração pode usar meios indiretos de coerção para
cumprir a determinação. É o exemplo da aplicação de uma multa como forma de coagir o cidadão a não
estacionar em determinada via pública.
03) Assinale a alternativa correta a respeito do poder de polícia.

a)
O poder de polícia administrativa distingue-se do poder de polícia judiciária apenas porque o primeiro é
preventivo e o segundo, repressivo.

b)
Tem por meio de atuação os atos administrativos e operações materiais, não podendo, todavia, estabelecer
normas gerais e abstratas.

c)
Uma das suas características é a discricionariedade, como regra, por meio da qual a lei deixa ao
administrador certa margem de liberdade na execução da norma.

d)
Em sua execução, não pode chegar ao limite de impor restrições aos direitos individuais do cidadão.

e)
Por intermédio dele, a Administração atua com os próprios meios, mas deve executar suas decisões por
intermédio de intervenção do Poder Judiciário.

RESPOSTA CORRETA: LETRA C!

LETRA A: INCORRETA! O Poder de Polícia Administrativa não se confunde com a Polícia Judiciária,
pois esta tem por finalidade a repressão a ilícitos penais e é estudada pelo direito processual penal. A Polícia
Judiciária incide sobre pessoas e a Polícia Administrativa incide sobre bens e direitos.
LETRA B: INCORRETA! O poder de polícia pode ser preventivo, repressivo ou fiscalizador. No exercício
da polícia administrativa preventiva, encontram-se os atos normativos, como regulamentos e portarias, que
são disposições genéricas e abstratas que delimitam a atividade e o interesse de particular, em razão do
interesse coletivo, como, os atos que regulam o uso de fogos de artifício ou proíbem soltar balão; os que
disciplinam horário e condições de vendas de bebidas alcoólicas, entre outros. Caracterizando-se injunções
concretas do poder de polícia repressivo, existem os atos específicos praticados, em obediência à lei e aos
regulamentos, como a dissolução de uma reunião subversiva; a apreensão de edição de revista com
reportagem sediciosa e imoral; o fechamento de estabelecimento comercial, aberto sem prévia observância
dos requisitos ou sem o cumprimento das regras sanitárias; a interdição de hotel utilizado para a exploração
de lenocínio, e o guinchamento de veículo que obstrua via pública. Resta, ainda, a atuação da polícia
administrativa em sua função fiscalizadora, caracterizando atos que visam prevenir eventuais lesões aos
administrados, como a fiscalização de pesos e medidas; das condições de higiene dos estabelecimentos
comerciais; a vistoria de veículos automotores como garantia da segurança; a fiscalização da caça, dentre
outros.
LETRA D: INCORRETA! Relembrando o conceito de Poder de Polícia: “Considera-se poder de polícia
atividade da administração pública que, limitando ou disciplinando direito, interesse ou liberdade, regula a
prática de ato ou abstenção de fato, em razão de interesse público concernente à segurança, à higiene, à
ordem, aos costumes, à disciplina da produção e do mercado, ao exercício de atividades econômicas
dependentes de concessão ou autorização do Poder Público, à tranquilidade pública ou ao respeito à
propriedade e aos direitos individuais ou coletivos”.

LETRA E: INCORRETA! Um dos atributos do Poder de Polícia é a autoexecutoriedade na qual a


Administração pode executar suas próprias decisões sem interferência do Poder Judiciário.