Вы находитесь на странице: 1из 46

Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Chapas: tecnologias
disponíveis e melhores
práticas

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Qual é a função das

chapas?

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Fôrma de impressão responsável por receber a
tinta e transferí-la para a blanqueta.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• sistema de impressão offset:
• sistema indireto de impressão

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Como as chapas são

fabricadas?

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Matéria prima:
• Primeiras chapas: Zinco

• Alumínio

• Características:
• mais leve e maleável;
• permite grana mais fina;
• melhor reprodução dos pontos de retícula;
• melhor afinidade com a água;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Retirado de fernandocaparroz.kit.net

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Desengraxamento / desoxidação

• Primeira etapa após o desbobinamento.


• Realizada para remover eventuais impurezas
existentes na superfície da chapa.
• Sem a completa limpeza coloca-se em dúvida a
qualidade do produto final.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Granulação/rugorização:

• Cria uma estrutura superficial microporosa na


superfície do alumínio que vai ser responsável pela
melhor retenção de água no contra-grafismo (zonas
hidrófilas).
• Promove uma dispersão da água mais uniforme;
• Também tem a função de melhor fixar a camada
fotossenssível na chapa (camada que irá pegar
tinta).

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Granulação
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Mecânica e mecânica química:
• economicamente viável;
• fácil controle ambiental;
• menos exigente quanto ao tipo de liga de
alumínio utilizada na produção;
• dois tipos de processo:
• escovagem à seco: utiliza escovas com
cerdas de aço que provocam arranhões na
superfície do alumínio.
• escovagem à úmido: utiliza escovas com
cerdas de nylon e com um líquido à base de
quartzo e pedra pome.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Granulação
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Escovagem à seco: Escovagem à úmido:


Forte orientação de direção; Fraca orientação de direção;
Fixação de camada Fixação de camada
moderada; suficiente;
Pouca retenção de Suficiente retenção de
umectantes; umectantes;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Granulação
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Química:
• Superfície do alumínio é atacado de forma
uniforme por uma solução alcalina;
• Ocorre reações químicas de corrosão;
• Serve para aumentar a porosidade da
superfície;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Granulação
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Eletroquímica:
• Superfície do alumínio é submetido a um
sistema eletrolítico;
• Correntes elétricas e ácidos atuam sobre a
superfície do alumínio;
• Processo que cria uma estrutura de porosidade
fina;
• Processo melhora a fixação da camada
fotossensível;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Granulação
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Eletroquímico:
Nenhuma orientação de direção;
Muito boa fixação de camada;
Retenção muito favorável de
umectantes;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Anodização:

• Função de repor partículas metálicas que foram


perdidas na granulação, através de um processo
eletrolítico utilizando ácido sulfuríco ou fosfórico.
• Causa uma pré-oxidação da superfície da chapa
(Óxido de Alumínio), aumentando com isso a
resistência da granulação.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Camada de óxido de alumínio

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Camada Fotossensível:

• Aplicação da camada fotossensível (emulsão)


sobre a superfície da chapa.
• Contem substâncias de atuação fotoquímica,
resinas corantes e outros complementos.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Camada Fotossensível:

• O tipo de camada determina se a chapa vai ser:


• positiva: áreas expostas a luz sofrem um
reação química. As áreas não expostas são
mantidas na revelação, formando o grafismo.
• negativa: áreas expostas a luz sofrem um
reação química. A revelação remove as áreas
que não foram expostas a luz, formando o
contra-grafismo.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Inspeção:

• Processo onde a chapa é examinada para


verificar se não houve alguma falha, como
alguma impureza, deficiência na aplicação da
camada fotossensível, etc.

• Corte:
• Lâmina de alumínio é dividida longitudinalmente
e transversalmente nos formatos pré-
estabelecidos.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Fabricação das Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Embalagem:
• Chapas são examinadas para descartar eventuais
defeitos de fabricação. A seguir são protegidas com
papel especial e embaladas em caixas.

Retirado de prospecto de chapas Agfa

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Quais são os tipos de

chapas?

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Tipos de Chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Atualmente existem pelo menos três tipos de chapa
no mercado:
• Convencionais;
• Digitais com processamento químico;
• Digitais sem químico (verdes);

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas Convencionais
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Chapas que para serem gravadas necessitam do
fotolito;
• Sensíveis a radiação ultra-violeta;
• Camada fotossensível composta por um diazos ou
polímeros;
• Variedade de formatos;
• Podem ser positivas ou negativas;
• Necessitam de revelação química;
• Podem na sua maioria sofrer termoendurecimento;
• Necessitam de luz de segurança;
• Equipamentos utilizados para a gravação:
• prensa de contato;
• processadora de chapas.
Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP
Chapas Convencionais
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Processadora

Prensa de Contato

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas Digitais com Processamento
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Chapas que gravadas através de Platesetters
(CtPlate);
• Sensibilizadas através de lasers infravermelhos (830
nm) e violetas(410nm);
• Camadas fotossensíveis formadas por
fotopolímeros, haletos de prata, resina termoplástica;
• Variedade de formatos;
• Necessitam de revelação química;
• Podem ser negativas ou positivas;
• Algumas podem sofrer termoendurecimento, deve-se
verificar as caracteríticas técnicas de cada chapa;
• Chapas térmicas não necessitam de luz de
segurança, já chapas violetas necessitam;
Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP
Chapas Digitais com Processamento
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Equipamentos utilizados:
• Platesetter;
• Processadora de chapas adequada;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Chapas Digitais sem Químicos
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Chapas que gravadas através de Platesetters
(CtPlate);
• Sensibilizadas através de lasers infravermelhos (830
nm) e violetas(410nm);
• Camadas fotossensíveis formadas por resinas
termoplásticas;
• Não necessitam de revelação química, revelação é
feita através de uma solução finalizadora ou através
do sistema de molhagem da máquina offset;
• Chapas negativas;
• Não podem sofrer termoendurecimento;
• Chapas térmicas não necessitam de luz de
segurança, já chapas violetas necessitam;
Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP
Chapas Digitais sem Químicos
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Equipamentos utilizados:
• Platesetter;
• Em alguns casos equipamento para aplicar o
finalizador;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Equipamentos de controle de chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Quais são os

equipamentos de

controle de chapas?

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Equipamentos de controle
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Densitômetro de chapas;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Equipamentos de controle
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Escalas de controle:
• Ugra/Fogra;
• Escalas de fabricantes.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Controle de qualidade das chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

Controle de qualidade

das chapas

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Controle de qualidade das chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
As chapas necessitam de alguns cuidados e controles
para que ela seja enviada corretamente para o setor
de impressão, evitando assim problemas
principalmente durante a impressão.

Entre estes cuidados nós temos:


• Revelação;
• Regeneração ou evaporação dos químicos;
• Temperatura dos químicos;
• Tempo de revelação/imersão;
• Exposição;
• Linearização das chapas;
• Armazenamento das chapas;
Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP
Controle de qualidade das chapas
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE
• Cuidados com manuseio;
• Forneamento/termoendurecimento das chapas.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Revelação
• Escala de controle de chapas digitais
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• Controle visual de revelação:

• 1x1 escuro e 2x2 um pouco mais claro que


o 1x1: revelador saturado, tempo de
revelação muito rápido, temperatura do
revelador muito baixa;

• 1x1 um pouco claro e o restante


visualmente iguais: tempo de revelação
correto;

• 1x1 claro e 2x2 um pouco mais escuro que


o 1x1: tempo de revelação muito lenta,
temperatura do revelador muito alta.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Exposição
• Escala de controle de chapas digitais
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• Controle visual do tempo de exposição:

• 1x1 escuro e 2x2 um pouco mais claro que o


1x1: pouco tempo de exposição;

• 1x1 um pouco claro e o restante visualmente


iguais: tempo de exposição correto;

• 1x1 claro e 2x2 um pouco mais escuro que o


1x1: muito tempo de exposição;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Linearização
• Tem a função de manter as porcentagens de
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

reprodução da chapa de forma linear, evitando que


estas saiam com algum ganho de ponto;

• Variação das porcentagens não deve ultrapassar


valores acima de -1% ou mais 1%.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Armazenamento
• As chapas devem ser armazenadas corretamente
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

seguindo as determinações dos fabricantes de


chapas.

• Quanto ao armazenamento as maiores


preocupações são em relação:
• Temperatura do ambiente;
• Umidade do ambiente;
• Forma de armazenamento;
• Data de validade das chapas.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Armazenamento
• Temperatura do ambiente:
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• Verificar nas características técnicas de cada


chapa qual a temperatura ideal;
• Média de 21º a 25ºC.

• Umidade do ambiente:
• Verificar nas características técnicas de cada
chapa qual a temperatura ideal;
• Média de 40 a 60% de umidade relativa.

• Forma de armazenamento:
• Devem ser estocadas na posição vertical, e
mantidas em ambiente fresco e seco.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Armazenamento
• Data de validade:
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• Verificar a data de validade das chapas;


• Utilizar primeiro sempre as mais antigas.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Cuidados com manuseio
• As chapas devem ser manuseadas com cuidado
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

para que sejam evitados riscos, marcas, vincos na


camada fotossensível.

• Quanto aos cuidados podemos dizer que os


principais são:
• Marcas de dedos e vincos;
• Respingos de água ou químico;
• Transporte;
•Estouro de chapa na impressão
(tensionamento);
• Limpador de chapa;
• Goma.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Cuidados com manuseio
•Marcas de dedos e vincos:
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• As chapas devem ser manuseadas sempre


pelas extremidades evitando assim que fiquem
marcas de dedo;
• Quanto aos vincos evitar colocar peso sobre as
chapas ou manuseá-las somente por uma das
pontas, pegá-las pelas extremidades.

• Respingos de água ou químico:


• Antes de gravar ou revelar as chapas evitar que
algum químico ou aguá caia sobre sua camada,
isto poderá ocasionar manchas.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Cuidados com manuseio
•Transporte:
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• As chapas devem ser transportadas sempre


pelas extremidades, evitando assim que elas
fiquem vincadas;
• Sempre deve-se utilizar o papel intercalador
entre as chapas evitando riscos na camada ou
marcas de dedo.

• Estouro de chapa na impressão (tensionamento):


• Na impressão tomar cuidado para não tensionar
a chapa demais, isto pode causar seu estouro,
provocando parada da máquina para gravação
de uma nova chapa.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Cuidados com manuseio
• Limpador de chapa:
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

• Deve-se utilizar o limpador de chapa indicado


pelo fabricante de chapas;
• Nunca se deve passar álcool, ácidos, solventes
sobre a camada da chapa, isto pode causar
manchas, retirada da camada ou diminuição da
tiragem

• Goma:
• Deve ser sempre aplicado goma sobre a chapa;
• Falta de goma provoca oxidação das áreas de
contra-grafismo da chapa;
• Utilizar sempre a goma indicada pelo
fabricante da chapa
Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP
Forneamento/termoendurecimento
• Consiste em polimerizar a camada da chapa
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

evaporando os solventes existentes nela. Isto faz


com que esta se torne menos sujeita à abrasão
química ou mecânica;

• Deve ser utilizado quando o trabalho tiver uma alta


tiragem ou quando o sistema de impressão utilizar
álcool na solução de fonte;

• Deve ser aplicado na chapa uma solução de forno,


indicada pelo fabricante da chapa, que auxiliará no
termoendurecimento da camada;

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP


Forneamento/termoendurecimento
• O forno deve ser aquecido a uma temperatura
Planejamento de Ensino e Avaliação do Rendimento Escolar - PEARE

média de 240º C.

Avaliação do Rendimento Escolar SENAI - SP