Вы находитесь на странице: 1из 23

Oficina

Promoção de saúde:
experiência com grupos

Amanda Tundis
Psicóloga MSc. em Psicologia
Clínica
SAÚDE
A OMS define saúde como “estado completo de
bem-estar físico, mental e social, e não apenas o
estado de ausência de doença (...)”
(World Health Organization, 1948)

Dejours (1986) ao criticar o conceito da OMS afirma


que este estado perfeito de completo bem-estar não
existe, pois seria uma visão idealizada do que
pretendemos atingir, como um objetivo ou meta a
ser alcançada, de tal forma a considerar que saúde
seria um estado de permanente processo vivido
pelas pessoas e diferentemente por elas, em nível
orgânico e psíquico
SAÚDE
• Saúde seria “ter meios de traçar um
caminho original e pessoal, em direção ao
bem-estar físico, psíquico e social”
• Enfatizando que a posse destes meios
seria a liberdade de regular por si
variações que se dão no organismo, a
liberdade do desejo pessoal de organizar
e administrar a própria vida e a liberdade
de agir individual e coletivamente na
relação com o outro no trabalho
organizado e nas relações sociais
(Dejours, 1986, p.11)
O que define saúde?
Para a saúde, é necessário partir da dimensão do
ser, pois é nele que ocorrem as definições do
normal ou patológico.

O considerado normal em um indivíduo pode não ser


em outro; não há rigidez no processo.

O ser humano precisa conhecer-se, necessita saber


avaliar as transformações sofridas por seu corpo e
identificar os sinais expressos por ele. Esse processo
é viável apenas na perspectiva relacional, pois o
normal e o patológico só podem ser apreciados em
uma relação.
(CANGUILHEM; CAPONI apud BRÊTAS e GAMBA, 2006)
Promoção de saúde
Definição

“Promoção de Saúde é o nome dado


ao processo de capacitação da
comunidade para atuar na melhoria
da sua qualidade de vida, incluindo
uma maior participação nesse
processo... A saúde de ser vista como
um recurso para a vida e não como
objetivo de viver (...)”
(Canadá, Carta de Ottawa, 1986)
Promoção de saúde
Definição

“(...) construção de políticas públicas


saudáveis; criação de ambientes
saudáveis à saúde; desenvolvimento
de habilidades individuais; reforço da
ação comunitária; reorientação dos
serviços de saúde”
(Canadá, Carta de Ottawa, 1986)
Promoção de saúde
Em 2007 nasce a Política de Atenção à Saúde e
Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal –
PASS.
Sustentada por um sistema de informação em saúde do
servidor, uma sólida base legal, uma rede de unidades e
serviços e a garantia de recursos financeiros específicos
para a implementação de ações e projetos. Movimento
que deu consequência à criação do Subsistema
Integrado de Atenção à Saúde do Servidor – SIASS.
Política de Atenção à Saúde e Segurança no Trabalho do Servidor
Público Federal- PASS

Oferecer aos servidores, em particular


gestores de pessoas e profissionais de
saúde, um conjunto de parâmetros e
diretrizes para nortear a elaboração de
projetos e a consecução de ações de
atenção à saúde do servidor
Política de Atenção à Saúde e Segurança no Trabalho do Servidor
Público Federal- PASS
A PASS é sustentada a partir dos eixos: vigilância e
promoção à saúde, assistência à saúde do servidor e
perícia em saúde.
A política está fundamentada na abordagem
biopsicossocial, em informação epidemiológica, na inter
relação dos eixos, no trabalho em equipe
multidisciplinar, no conhecimento transdisciplinar e na

avaliação dos locais de trabalho em que se considerem

os ambientes e as relações de trabalho.


BASE LEGAL
 • Portaria SRH nº 1.261, de 5 de maio de 2010. Institui os
Princípios, Diretrizes e Ações em Saúde Mental que
visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de
Pessoal Civil -SIPEC da Administração Pública Federal
sobre a saúde mental dos servidores;

 PORTARIA NORMATIVA No 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013.


Institui as diretrizes gerais de promoção da saúde do
servidor público federal, que visam orientar os órgãos e
entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração
Federal - SIPEC.
Promoção de saúde
Objetivo: Trabalhar de forma mais
pontual a prevenção, a reabilitação, o
fortalecimento dos servidores.

Há mais absenteísmo ou


presenteísmo?
Os servidores participam de
Programas e ações ofertadas?
Como atender diversos públicos?
Promoção de saúde no trabalho
Abordagens teóricas relacionadas ao Trabalho

•Teoria do Estresse (Selye; Lazarus & Folkman)


•Psicodinâmica do Trabalho (Cristophe Dejours)
•Ergonomia da Atividade (Murrell)
•Ergologia do Trabalho (Yves Schawartz)
•Teoria da Motivação (Hezberg)
•Qualidade de Vida no Trabalho (Walton,
Hackman)
•Psicologia Positiva (Martin Seligman)
•Teoria do Engajamento (Kahn)
Qual a importância das ações de
promoção de saúde?
 Como uma estratégia
organizacional, a prevenção dos
riscos e a promoção de ações
psicossociais saudáveis no
ambiente de trabalho têm
caráter pró-ativo
 Construir culturas mais saudáveis
e resilientes
(Zanelli e Kanan, 2018)
Etapas a construir com a equipe
multiprofissional
Etapas:
Diagnóstico (Levantamento de dados)
Estudo de caso
Construção do Projeto
Apresentar na Instituição
Buscar parceiros
Definir público-alvo, atividade e local
Divulgar
Aplicar atividade
Monitoramento; avaliação
Grupos
Fatores importantes:
Triagem
Ética e sigilo
Estudos sobre Processos
Grupais
Temporalidade
Efetividade
Ambiente Adequado
Atuação com Grupos
Rodas de Conversas com
servidores da Educação

Objetivo: Proporcionar alívio


emocional aos servidores através da
escuta mediada por profissionais da
área de saúde mental, bem como o
contato com oficinas relacionadas à
diversas temáticas de prevenção em
saúde no trabalho.
Atuação com Grupos
Atitude Saudável: Prevenção da
Hipertensão, Diabetes e do Estresse
no Trabalho

O objetivo era prevenir fatores de risco


para o aparecimento e/ou descompensação
da hipertensão arterial e o diabetes,
reduzindo os sintomas do estresse laboral.
Foram realizados encontros sobre Burnout,
Alimentação Saudável, Hipertensão,
Diabetes, Assédio Moral.
Promoção de saúde
Atuação com grupos
SIASS até Você

Objetivo: Realizar encontros/oficinas nos


setores de trabalho visando à prevenção
de doenças em saúde física e mental,
além de auxiliar na interação entre os
servidores.
Como é o seu fazer?
Diante das propostas
apresentadas relate como é sua
prática atual de promoção de
saúde e/ou como seria possível
ampliá-la?
Exercício
Sugira intervenções visando a promoção de saúde
em diferente cenários x diferentes linhas teóricas:

1)Altos índices de Depressão têm sido verificado


em uma Instituição de Ensino do interior do
Estado. Diante deste cenário, alta expectativa
recai sobre o trabalho do RH da Instituição.
2)Profissionais de uma Instituição têm
apresentado queixas de desentendimentos na
equipe, altos níveis de estresse pela maioria. A
equipe de saúde é chamada pela coordenação na
busca de uma solução.
Referências
Carta de Ottawa. I Conferência Internacional de Promoção
de Saúde, 1986.
Dejours, C. 1986. Por um novo conceito de saúde. Rev.
Bras. de S Ocupacional 14(54): 7-11.
Dejours, C.; Abdoucheli, E. & Jayet, C. (1994). Psicodinâmica
do trabalho: contribuições da Escola Dejouriana à análise da
relação prazer, sofrimento e trabalho. (pp.46-65). São
Paulo: Atlas.  
Zanelli, José Carlos, Kanan, Lilian Aparecida. Fatores de
risco e de proteção psicossocial: organizações que
emancipam ou que matam. Lages: Editora da Uniplac,2018.
World Health Organization. Constitution of the World Health
Organization. Geneva: WHO,1948.
Obrigada!

Contato:
servicosocialsiass@ufam.edu.br
amandatundis@bol.com.br