Вы находитесь на странице: 1из 89

Equipe Exclusiva

www.equipe exclusiva.com.br

www.edgarabreu.com.br

Caderno de

‐ exclusiva.com.br www.edgarabreu.com.br Caderno de Exercícios www.equipe ‐ exclusiva.com.br

Exercícios

www.edgarabreu.com.br Caderno de Exercícios www.equipe ‐ exclusiva.com.br www.edgarabreu.com.br

www.equipe exclusiva.com.br www.edgarabreu.com.br

Sumário

CERTO OU ERRADO COM GABARITO COMENTADO

02

MÚLTIPLA ESCOLHA COM GABARITO COMENTADO

07

EXERCÍCIOS POR TEMA

58

PROVAS DE CONCURSOS ANTERIORES

63

Equipe Exclusiva

www.equipe exclusiva.com.br

CERTO OU ERRADO COM GABARITO COMENTADO

1)

(BB 2007/01) Na qualidade de agente financeiro do

Tesouro Nacional, o BB é responsável por executar

a política de preços mínimos de produtos agropastoris.

2) (BB 2007/01) Atualmente, na qualidade de agente financeiro do Tesouro Nacional, o BB é agente pagador e recebedor de transações realizadas fora

do país.

3) (BB 2007/01) O BB é responsável por realizar, por conta própria, operações de compra e venda de moeda estrangeira nas condições estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

4) (BB 2007/01) Bancos de investimento não podem manter contas correntes. Suas aplicações podem

ter origem em certificados de depósitos bancários

(CDB) e recibos de depósitos bancários (RDB)

5)

captados.

(BB 2007/01) Os bancos comerciais cooperativos, assim como os outros bancos comerciais, têm capital social aberto. Em seu capital social, devem constar cooperativas de créditos singulares e seu patrimônio de referência deve estar enquadrado

nas regras do acordo da Basiléia.

6) (BB FCC) Os Bancos de Investimento estão autorizados a captar depósito à prazo junto ao público.

7) (BB 2007/03) A diretoria colegiada do BACEN é composta de nove membros, sendo um deles o presidente, todos nomeados pelo presidente da República, entre brasileiros de ilibada reputação e notória capacidade em assuntos econômico financeiros, após aprovação pelo Senado Federal.

8) (BB 2007/01) O BACEN autoriza e fiscaliza o funcionamento das empresas administradoras de cartão de crédito, na situação de coligadas de instituições financeiras.

9) (BB 2007/01) As operações de underwriting são

ofertas públicas de títulos em geral e de debêntures

em particular, por meio de subscrição, cuja prática é permitida somente às instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central do Brasil (BACEN) para esse tipo de intermediação.

www.edgarabreu.com.br

10) (BB 2007/01) Nas bolsas de valores são negociados valores mobiliários e, entre estes, as ações de todas as sociedades anônimas. 11) (BB 2007/01) As operações de factoring e de leasing, no Brasil, têm como diferença marcante o fato de que no factoring não pagamento de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e, no leasing, esse pagamento é necessário.

12) (BB 2007/01) A modalidade de factoring, cuja operação se constitui de prestação de serviços de tesouraria, acompanhamento de contas a receber e

a pagar, na qual a sociedade de fomento mercantil

é mandatária da sua empresa cliente contratante, é conhecida como trustee.

13) (BB 2007/02) A BOVESPA é uma associação civil sem fins lucrativos, cujo patrimônio é constituído pelos recursos advindos das sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários, que adquirem títulos patrimoniais, tornando se membros da associação.

14) (BB 2007/02) A sociedade distribuidora de títulos e valores mobiliários pode operar diretamente no ambiente físico da bolsa de valores, enquanto a sociedade corretora de títulos e valores mobiliários não pode.

15) (BB 2007/02) As sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários têm por objeto social, entre outros, instituir, organizar e administrar fundos e clubes de investimento.

16) (BB 2007/02) O factoring tem atividades definidas, diferenciadas do sistema bancário, pelas características de suas atividades e pela natureza dos serviços prestados

17) (BB 2007/02) Para que uma companhia de capital fechado passe a ter capital aberto, é suficiente que os valores mobiliários de sua emissão estejam admitidos à negociação no mercado de valores mobiliários.

18) (BB 2007/02) Underwriting é a operação de distribuição primária de títulos tão somente, já que as operações secundárias não utilizam essa via.

19) (BB 2007/02) O objetivo do mercado de capitais é canalizar as poupanças (recursos financeiros) da

sociedade para o comércio, a indústria, outras atividades econômicas e para o próprio governo.

20) (BB 2007/03) A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) tem poder disciplinador e fiscalizador, entretanto, está subordinada legalmente ao BACEN.

21) (CEF 2006) O atual SPB possibilita a redução dos riscos de liquidação nas operações interbancárias, com conseqüente redução do risco sistêmico, isto é, do risco de que a quebra de um banco provoque a quebra em cadeia de outros bancos.

22) (CEF 2006) No Brasil, as transferências de crédito interbancárias por não bancos, a partir da implantação do novo SPB, passaram a ser feitas unicamente por meio das transferências eletrônicas disponíveis (TED).

23) (CEF 2006) Na nova fase do SPB, a liquidação em tempo real passou a ser utilizada nas operações com títulos públicos federais transacionados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SELIC).

24) (BB 2007/02) O Brasil adota o sistema de metas inflacionárias e cambiais.

25) (BB 2007/02) Determinar a taxa de metas inflacionárias oficial é atribuição do Conselho Monetário Nacional (CMN).

26) (BB 2007/02) Determinar a taxa de básica de juros da economia é atribuição do Comitê de Política Monetária (COPOM).

27) (BB 2007/02) O presidente do BACEN deve se justificar perante o Congresso Nacional caso a taxa de Inflação oficial seja superior à meta estipulada

28) (BB 2007/02) O CMN – Instância Máxima do SFN – é órgão exclusivamente normativo, com a finalidade principal de formular políticas monetárias, cambial e de crédito.

29) (BB 2007/03) A Taxa básica de juros SELIC, divulgada pelo comitê de Política Monetária (COPOM), tem vital importância na economia, pois as taxas de juros cobradas no mercado são balizadas por ela, que é referência para política monetária.

30) (BB 2007/01) A Taxa referencial do SELIC, de natureza remuneratória, também conhecida como SELIC META, é uma taxa de juros, fixada pelo BACEN após divulgação pelo Comitê de Política Monetária (COPOM), aplicável pelas instituições

financeiras para os títulos públicos e adotada como taxa básica para a economia. Atualmente, essa taxa

é divulgada pelo COPOM exatamente a cada 45

dias

31) (BB 2007) A alienação fiduciária em garantia não tem por finalidade precípua a transmissão da propriedade, embora esta seja sua natureza.

32) (BB 2007) A fiança é uma garantia pessoal, na qual

o credor não poderá exigir que seja substituído o fiador, quando o mesmo se tornar insolvente ou incapaz.

33) (BB 2007) O aval, uma vez dado, não poderá ser cancelado pelo avalista.

34) (BB 2007) No penhor rural, a regra é que a coisa empenhada continua em poder do devedor, que deve guardá la e conservála.

35) (BB 2007) A hipoteca deverá sempre vir registrada em contrato, sob pena de nulidade.

36) (BB 2007) O FGC é uma associação civil sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de direito privado, e não exerce qualquer função pública.

37) (BB 2007) A fiança bancária é um contrato pelo qual o cliente (fiador) garante o cumprimento da obrigação do banco (o afiançado), junto a um credor em favor do qual a obrigação deve ser cumprida.

38) (BB 2007) São garantias reais a hipoteca, o penhor,

a alienação fiduciária e a fiança. O aval é uma garantia pessoal.

39) (BB 2007) As pessoas físicas podem comprar e vender moeda estrangeira ou realizar transferências internacionais em reais, de qualquer natureza, sem limitação de valor, desde que observada a legalidade da transação.

40) (BB 2007) Não restrição para remessas, a título de investimento direto no exterior, por parte de pessoas físicas

41) (BB 2007) Sistema de Informações do Banco Central (SISBACEN) é um sistema eletrônico de coleta, armazenagem e troca de informações que liga o Banco Central do Brasil (BACEN) aos agentes do Sistema Financeiro Nacional (SFN), onde são registradas todas as operações de câmbio realizadas no país.

42) (BB 2007) Todos os bancos podem operar no mercado de câmbio, em todas as operações previstas, exceto os bancos de desenvolvimento e caixas econômicas, que podem realizar operações específicas autorizadas.

43) (BB 2007) Mercado de câmbio é o ambiente físico onde se realizam as operações de câmbio entre os próprios agentes autorizados pelo BACEN (bancos, corretoras, distribuidoras, agências de turismo e meios de hospedagem) e entre eles e seus clientes.

44) (BB 2007) Participam do mercado de câmbio as administradoras de cartão de crédito e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT)

45) (BB 2007/02) O objetivo do mercado de capitais é canalizar as poupanças (recursos financeiros) da sociedade para o comércio, a indústria, outras atividades econômicas e para o próprio governo.

46) (BB 2007/02) Underwriting é a operação de distribuição primária de títulos tão somente, que as operações secundárias não utilizam essa via.

47) (BRB Cespe2005) Sociedade anônima é aquela em que o capital é dividido em debêntures.

48) (BRB Cespe2003) Desdobramento é a distribuição de novas ações aos acionistas, por meio da diluição do capital em maior número de ações, com o objetivo de dar liquidez aos títulos no mercado.

49) (BB 2007) Uma opção de ação é um derivativo cujo valor depende do preço da ação em questão.

50) (BB 2007) Tanto no mercado a termo quanto no mercado futuro, comprador e vendedor são

obrigados a comprar ou vender determinada quantidade de uma commodity a determinado preço em determinada data futura.

51) (BB 2007) No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um lote de ações, com prazos determinados e preços indeterminados.

52) (BB 2007) No mercado futuro, são realizadas operações envolvendo lotes padronizados de commodities ou ativos financeiros, em que os participantes realizam operações com cotações atuais desses ativos

53) (CEF 2006) O cartão de débito, para saques ou transferências, pode ser utilizado nos caixas automáticos do banco emitente do cartão, não podendo ser compartilhado.

54) CEF 2006) Cartão de crédito é um serviço de intermediação que permite ao consumidor/usuário adquirir bens e serviços em estabelecimentos comerciais credenciados. A comprovação da identidade do usuário é obrigatória mediante a apresentação do cartão e de documento de identidade com foto.

55) (CEF 2006) Os cartões de loja (retailer cards) são emitidos principalmente por grandes redes varejistas e normalmente só podem ser usados nas lojas da rede emissora.

56) (CEF 2006) A menoridade cessa aos 21 anos completos, quando a pessoa fica habilitada à prática de todos os atos da vida civil.

57) (BB 2007/03) Se houver a convenção de solidariedade para a conta conjunta (a conta na qual mais de um titular), qualquer cheque relativo a essa conta terá de ser assinado por todos os titulares.

58) (BB 2007/03) No caso de encerramento de conta corrente, obrigatoriedade da devolução das folhas de cheque em poder do correntista ou de apresentação de declaração de que as inutilizou.

59) (BB 2007/01) Nas cláusulas do contrato de abertura de conta corrente celebrado entre o banco e o cliente, devem estar previstos os seguintes itens:

saldo médio mínimo exigido para manutenção da conta; condições para fornecimento de talonário de cheques; condições para inclusão do nome do depositante no cadastro de emitentes de cheque sem fundos; e valores de tarifas de serviços

60) (BB – 2009) A normatização, a concessão de autorização, o registro e a supervisão dos fundos de investimento são de competência do BACEN.

61) (BB – 2007) O imposto de renda (IR) sobre os rendimentos em fundos de investimentos de renda variável são devidos apenas no momento do resgate das aplicações.

62) (BB – 2007) O IOF pode incidir sobre operações de crédito, de câmbio, de seguro e com títulos ou valores mobiliários.

63) (BB – 2007) O imposto sobre operação financeira (IOF) para aplicações financeiras em fundos de investimento incide apenas para resgates ocorridos em prazos inferiores a 30 dias, excetuados os fundos com carência

64) (BB – 2007) Os fundos mútuos de investimento classificados pelo BACEN como fundos referenciados são os que têm por objetivo seguir determinado referencial, apresentam uma gestão passiva da sua carteira e classificam se em dois subtipos: DI e cambial.

GABARITO COMENTADO:

1. CORRETO. O BB é o principal Executor da Política Rural do governo Federal.

2. CORRETO . Compete ao BB o Agenciamento dos pagamentos e recebimentos fora do País.

3. CORRETA. O BB tem autonomia para a Realização, por conta própria, compra e venda de moedas estrangeiras e, por conta do BC, nas condições estabelecidas pelo CMN. A Questão está

incompleta, por este motivo foi anulada, como

pode ser

http://www.cespe.unb.br/concursos/BB12007/arq

uivos/BB1_JUSTIFICATIVAS_DE_ALTERACAO_DE_G

conferido no endereço abaixo:

ABARITO.PDF

4. ERRADO . O Bancos de investimento podem manter conta corrente desde que as contas não rendam juros e não sejam movimentadas por cheque, para finalidade de: I recebidos para aplicação em títulos e valores mobiliários e outros ativos financeiros e/ou modalidades operacionais disponíveis nos mercados financeiro e de capitais, referentes à

movimentação dessas aplicações; II vinculados à

execução de suas operações ativas ou relacionadas com a prestação de serviços. Conforme resolução

2624.

5. ERRADO . O Bancos de comerciais cooperativo, são S.A’s de Capital Fechado.

6. CORRETO . O Bancos de investimento podem manter conta corrente desde que as contas

7. CORRETO . Cabe ao presidente da república a escolha dos Diretores do Banco Central, que devem ser aprovado pelo Congresso Nacional. A diretoria do BACEN foi elevada de 8 para 9 membros com o decreto 91.961, de 19 de novembro de 1985.

8. ERRADA. As sociedades administradoras de cartões de créditos, NÃO São instituições financeiras

9. CORRETO . Somente os bancos de Investimentos podem realizar operações de subscrição, e quem fiscaliza os Bancos de Investimento é o BACEN.

10. ERRADA. Na bolsa de valores são negociadas as ações apenas das sociedades anônimas que possuem CAPITAL ABERTO

11. ERRADA. As operações de leasing também não estão sujeitas a IOF, pois não trata se de um empréstimo e sim de um serviço (por isso paga ISS). Veremos mais em uma aula futura como funciona as operações de leasing.

12. CORRETO .

13. ERRADA. A Bovespa é uma S.A.

14. ERRADA. Somente as Sociedades Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários podem operar nas bolsas de valores.

15. CORRETO.

16. CORRETO. Factoring não faz empréstimo, compra direitos creditórios ou seja as suas atividades diferem das atividades oferecidas pelas Instituições Financeiras.

17. CORRETO.

18. ERRADA. As operações de subscrição (underwriting) podem acontecer tanto no mercado

primário como no mercado secundário.

19. CORRETO . Quando a população investe em ações, debêntures, está investindo o seu dinheiro em empresas, industrias, privadas ou públicas.

20. ERRADA. A CVM está subordinada apenas ao CMN (Conselho Monetário Nacional).

21. CORRETO. Graças ao SPB transferências de valores iguais ou superiores a R$ 5.000,00 não poderão serem efetivadas se o banco emitente não honrar com os seus compromissos.

22. ERRADO. A TED só pode ser feita para valores iguais ou superiores a R$ 5.000,00 independentemente da sua origem.

23. CORRETO. Antes do SPB, as liquidações no SELIC eram efetuadas em D+1.

24. ERRADA. O Brasil adota o sistema de metas inflacionárias, mas não adota sistema de metas cambiais.

25. CORRETO

26. CORRETO. A taxa básica de juros da economia é a “selic meta” definida pelo COPOM.

27. ERRADA. O presidente do Bacen deve emitir uma carta aberta ao Ministro da Fazenda, conforme decreto 3.088 disponível no link:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/D30

88.htm

OBS: O CESPE divulgou esta questão em seu gabarito definitivo como correta, mas ela foi anulada posteriormente conforme consta no link (consultar

item6)

http://www.cespe.unb.br/concursos/BB22007/arquivos

/BB2_JUSTIFICATIVAS_DE_A LTERACAO_DE_GABARITO_ _2 PDF

28. CORRETO . Atenção para as palavras chaves em destaque acima e cuidado com palavras do tipo exclusivamente

29. CORRETO . assistindo a aula para entender essa questão! Mas da uma olhadinha no item 7 e 8

30. ERRADO . A Questão estava correta até o ponto final, todo texto está errado pela existência da palavra EXATAMENTE, Pois as reuniões do COPOM não acontecem exatamente a cada 45 dias

31. CORRETO .

32. ERRADO. A fiança permite a substituição. O Aval é que impossibilita esta substituição.

33. ERRADO.

34. CORRETO. O devedor tem a responsabilidade por zelar o bem, mas será inspecionado pela Caixa

Econômica Federal sobre a existência do bem empenhado e do seu zelo.

35. ERRADO. Não é obrigatório o registro da hipoteca no contrato de financiamento.

36. CORRETO . Apesar de muitas acharem que o FGC é uma instituição pública ele é uma instituição privada.

37. ERRADO. Está trocado. O Banco é quem garante uma obrigação do seu cliente.

38. ERRADO. Está errado, pois a fiança é uma garantia pessoal e não real.

39. CORRETO . Não existe limite de valores para movimentação no mercado de câmbio, basta apenas a operação esta de acordo com a normas praticada pelo mercado.

40. CORRETO. A restrição é do agente que opera e não do investidor ou empresa que está efetuando o câmbio. Lembrese que algumas instituições estão limitadas a operarem com o limite máximo de U$ 50.000,00 (Cinquenta mil dólar) ou o equivalente em outra moeda, mas operações acima deste valor podem ser realizadas em um banco comercial ou de investimento.

41. CORRETO. Faz parte também do sistema de câmbio o SISCOMEX.

42. CORRETO. A CEF e os bancos de Desenvolvimentos possuem autorização para operarem no mercado de câmbio, mas suas atuações são limitadas.

43. ERRADO. O mercado de câmbio não é um ambiente físico.

44. CORRETO . Os correios estão autorizados a atuarem no mercado de câmbio. Atentar para o fim da autorização dos meios de hospedagens e agencias de turismo a partir de 2010

45. CORRETO . Quando a população investe em ações, debêntures, está investindo o seu dinheiro em empresas, indústrias, privadas ou públicas.

46. ERRADO. As operações de subscrição (underwriting) podem acontecer tanto no mercado primário como no mercado secundário.

47. ERRADO. As sociedades anônimas podem ser classificadas em abertas ou fechadas. Somente as SA Abertas podem negocias seus valores mobiliários, como ações e debêntures, no mercado de balcão organizado como Bolsa de Valores.

48. CORRETO. Também conhecido como split o desdobramento tem como objetivo aumentar a liquidez das ações, reduzindo o seu valor. Neste

tipo de operação o capital do investidor não se altera, pois o valor da ação reduz na mesma proporção que a sua quantidade aumenta

49. CORRETO. Derivativo é uma espécie de aplicação financeira cujo valor deriva de outro ativo financeiro.

50. CORRETO. No mercado a termo e no mercado futuro as partes possuem obrigação. Lembrese que no mercado de opções, o titular da opção, não possui obrigação e sim DIREITO.

51. ERRADO. O preço também é determinado. Conhecido como “preço de exercício” da opção.

52. ERRADO. Os ajustes diários existentes no mercado futuro são feitos com base na cotação futura do ativo e não na cotação à vista. O preço à vista serve como parâmetro para o preço futuro. O valor à vista e o futuro tendem a convergir no vencimento do contrato.

53. ERRADO. Os cartões de débitos também podem ser utilizados em lojas e estabelecimentos conveniados com o próprio banco, terminais 24h entre outros

54. CORRETO. Não é permitida a venda onde o meio de pagamento é o cartão de crédito sem a apresentação de um documento de identificação válido

55. CORRETO. Os cartões “retailer cards” são os cartões afinidades.

56. ERRADO. A menoridade pode cessar antes, caso a pessoa se opte em se emancipar

57. ERRADO. As contas conjuntas solidárias exige a assinatura de apenas um dos titulares.

58. CORRETO.

59. CORRETO. Lembrar que no caso do correntista ser deficiente visual, é necessário que um funcionário do banco leia o contrato em voz alta, na presença de 2 testemunhas para o cliente.

60. ERRADO. Por se tratar de um exemplo de Valor Mobiliário, a CVM é responsável pela normatização e fiscalização dos fundos de Investimento.

61. CORRETO. Fundos de renda fixa possuem cobrança de imposto de renda no resgate ou semestral (meses de Maio e Novembro), já os fundos de renda variável, ações, o imposto é cobrado somente no momento do resgate.

62. CORRETO. O Imposto sobre Operações Financeiras pode ser cobrado tanto em aplicações financeiras como também nas captações.

63. CORRETO. Nas aplicações financeiras o IOF é cobrado quando houver resgate com prazo inferior a 30 dias. Aplicações em ações e fundo de ações estão isentas da cobrança de IOF.

64. CORRETO. Os fundos que possuem um determinado referencial são os fundos referenciados, que possuem em seu nome um indicado de referência, benchmark

MÚLTIPLA ESCOLHA COM GABARITO COMENTADO

NOTA: Estas questões foram retiradas do livro “400 questões para certificação para a ANBID CPA-20” Autor: Edgar Abreu. Por este motivo a numeração está em ordem conforme o livro.

41. Um fundo referenciado DI aplica, no mínimo, 80% de seus recursos em:

a) Títulos públicos federais e títulos privados que fazem referência ao benchmark, podendo assumir posições alavancadas.

b) Apenas títulos privados de qualquer análise de risco de crédito.

c) Títulos públicos federais e privados com a possibilidade de utilizar derivativos para alavancagem.

d) Títulos de renda fixa públicos emitidos pelo Tesouro nacional e títulos privados de baixo risco de crédito.

42. Quando um cliente adquire cotas de um fundo de investimento, ele estará:

da

a) Depositando

dinheiro

no

caixa

instituição administradora.

b) Contratando uma prestação de serviço.

c) Contando com a garantia do administrador.

d) Predeterminando

a

rentabilidade

de

sua

aplicação.

43. Fundo de investimento cujos fatores predominantes de risco são (a) taxa de juros e (b) índice de preços classifica-se na categoria:

a) Referenciado DI.

b) Renda Fixa.

c) Multimercado.

d) Cambial.

44. Fundo de investimento cujo fator predominante de risco é a taxa de câmbio classifica-se na categoria:

a) Referenciado DI.

b) Renda fixa.

c) Multimercado.

d) Cambial.

45. A cota de fechamento de um fundo de investimento, calculada em D + 0:

a) Reflete as oscilações do dia no valor da cota.

b) Reflete as oscilações do dia seguinte no valor da cota.

cotas

c) Permite

conhecer

o

número

de

adquiridas.

d) Não permite ao cotista solicitar resgate em

D + 0.

46. Um fundo de investimento poderá cobrar a

taxa

regulamento:

a) Desde que o ciclo mínimo de cobrança seja de 12 meses.

b) Após a cobrança do IR.

c) Após a cobrança da taxa de administração e de outras despesas.

de performance, prevista em

d) Desde que o percentual de benchmark seja inferior a 100% de sua variação.

47. São

exemplos

de

taxas

que

podem

ser

cobradas

pelos

fundos

de

investimento,

EXCETO:

a) Taxa de administração.

b) Taxa de ingresso.

c) Taxa de custódia.

d) Taxa de performance.

48. A aplicação no mercado de derivativos, para os fundos de investimento:

a)

É livre, todos os fundos podem aplicar.

b) Somente os fundos ativos podem aplicar em derivativos.

c) Somente os fundos alavancados podem aplicar em derivativos.

d) Alguns fundos passivos podem aplicar em derivativos, desde que seja para fazer hedge e esteja informado no prospecto.

49. Pode constituir um fundo exclusivo:

a) Somente instituições financeiras.

b) Qualquer investidor que tenha, no mínimo, R$ 300 mil.

de

c) e previdência complementar.

d) Investidores restritos.

Entidades

abertas

fechadas

50. Fundo de investimento no qual não existe obrigatoriedade de fazer marcação a mercado diariamente:

a) Fundo aberto.

b) Fundo restrito.

c) Fundo de ações.

d) Fundos exclusivos.

51. Responsável por fazer a marcação de mercado nos ativos que compõem a carteira de fundo de investimento:

a) Administrador.

b) Distribuidor.

c) Gestor.

d) Custodiante.

52. De acordo com o regulamento da CVM, os fundos de investimento deverão contratar um auditor independente, no mínimo:

a) Duas vezes por ano.

b) Uma vez por semestre.

c) Uma vez por ano.

d) Uma vez por mês.

53. Fundo de investimento que tem como objetivo acompanhar o desempenho do seu benchmark:

a) Fundo indexado.

b) Fundo ativo.

c) Fundo alavancado.

d) Fundo restrito.

54. O valor da aplicação inicial em um fundo de direitos creditórios deve ser, no mínimo:

a) R$ 20 mil.

b) R$ 25 mil.

c) R$ 50 mil.

d) Depende do administrador.

55. Um fundo de investimento possui em sua denominação “crédito privado”, então deve aplicar:

a) Mais que 50% em títulos públicos.

b) Menos de 50% em títulos privados.

c) Mais que 50% em títulos privados.

d) Menos de 50% em títulos públicos.

56. São considerados fundos offshore:

a) Aqueles constituídos dentro do território brasileiro, mas que aplicam em ativos fora do país.

b) Todo fundo constituído fora do território brasileiro.

c) Aqueles constituídos fora do território brasileiro, mas que aplicam em ativos dentro do país.

d) Todo fundo constituído dentro do território brasileiro.

57. Em um fundo de ações ativo, para superar o benchmark, o gestor pode-se utilizar de diversas estratégias. Quando optar por escolher algumas ações da carteira do seu benchmark, apostando em ações com maior potencial de retorno, ele estará utilizando-se de:

a) Market timing.

b) Stock picking.

Arbitragem.

c)

d) Gestão alavancada.

58. Em um fundo de ações ativo, para superar o benchmark, o gestor pode-se utilizar de diversas estratégias. Quando optar por expor mais a carteira ao mercado de ações, por achar que o mercado é favorável, estará utilizando-se de:

a) Market timing.

b) Stock picking.

c) Arbitragem.

d) Gestão alavancada.

59. Responsável legal pelo fundo de investimento perante a CVM:

a) Gestor.

b) Administrador.

c) Cotista.

d) Assembleia de cotistas.

60. A fração do patrimônio de um fundo de investimento é representada:

a) Pelo cotista.

b) Pela cota.

c) Pelo valor aplicado.

d) Pelo patrimônio líquido.

61. A escolha dos ativos que devem compor a carteira de um fundo de investimento, de acordo com sua política de investimento, compete ao:

a) Administrador.

b) Auditor.

c) Gestor.

d) Distribuidor.

62. Um fundo de investimento está apresentando excelentes resultados em relação a outros fundos de outros administradores do mesmo

segmento. Este sucesso obtido pelo fundo deve-se ao bom trabalho realizado pelo:

a)

b) Auditor.

c) Gestor.

d) Distribuidor.

Cotista.

63. Conhecer e recomendar determinado fundo de investimento, visando a atender aos objetivos pessoais de investimento do cliente, é uma atribuição do:

a) Administrador.

b) Distribuidor.

c) Gestor.

d) Custodiante.

64. A cobrança da taxa de administração afeta o:

a) Valor da cota do fundo diariamente.

b) Valor da cota do fundo no último dia útil de cada mês.

c) Número de cotas, quando se trata de fundo de ações.

d) Número de cotas, quando se trata de fundo de renda fixa.

65. Um

fundo

de

investimento

aberto,

sem

carência, admite:

a) Aplicações e resgates a qualquer momento.

b) Aplicações com vencimento.

c) Resgates com vencimento.

d) Aplicações e resgates a cada 90 dias.

66. É

objetivo

do

fundo

de

investimento

referenciado:

a) Superar seu benchmark.

b) Oferecer investimento livre de risco.

c) Oferecer rendimento acima da inflação.

d) Acompanhar seu benchmark.

67. O valor da cota de um fundo de investimento pode ser obtido:

a) Dividindo o patrimônio bruto do fundo pela quantidade de cotistas.

b) Dividindo o patrimônio líquido do fundo pela quantidade de cotistas.

c) Dividindo o patrimônio bruto do fundo pelo número de cotas emitidas pelo fundo.

d) Dividindo o patrimônio líquido do fundo pelo número de cotas emitidas pelo fundo.

68. Pode(m) convocar assembleias gerais em um fundo de investimento:

a) Somente o administrador.

b) Qualquer cotista.

c) Administrador ou cotista ou grupo de cotistas que detenham, no mínimo, 5% do total de cotas emitidas.

d) Administrador ou cotista ou grupo de cotistas que detenham, no mínimo, 10% do total de cotas emitidas.

69. Fundos de investimento é um instrumento por meio do qual um ou mais indivíduos aderem a um condomínio de investidores cujos recursos são administrados por um gestor profissional. Cabe ao gestor:

a) Garantir que os títulos de renda fixa sejam levados até o vencimento.

ser

a

b) Predeterminar

rentabilidade

a

auferida.

c) Respeitar as regras contratuais e, quando conveniente, exceder os limites de risco estabelecidos.

d) Respeitar

em

as

regras

estabelecidas

regulamento.

70. A cota de um fundo é calculada a partir do somatório do valor de:

a) Aquisição dos ativos do fundo, mais despesas, menos receitas, dividido pelo total de cotas.

b) Aquisição dos ativos do fundo, menos despesas, mais receitas, dividido pelo número de cotas.

c) Mercado dos ativos do fundo, menos despesas, mais receitas, dividido pelo número de cotas.

d) Mercado do ativo do fundo, menos IR

de

provisionado,

cotistas/investidores.

dividido

pelo

número

71. Um fundo indexado ao IBrX tem o objetivo de proporcionar aos seus cotistas uma rentabilidade que acompanhe a evolução:

juros praticada nos títulos

a) Da

taxa

de

federais.

b) Da inflação medida pelo IBGE.

c) Das ações mais negociadas na Bovespa.

d) Da variação cambial indicada pela cotação PTAX de venda.

72. A política de investimento de um fundo de investimento de gestão passiva, normalmente, contempla estratégias que buscam:

a) Ganhos adicionais em operações especulativas no mercado futuro de juros.

b) Superar a rentabilidade mínima contratada com o investidor.

c) Superar

o

benchmark

estabelecido

em

regulamento.

 

d) Replicar

o

benchmark

estabelecido

no

regulamento.

73. Um investidor avesso a risco, ao lhe ser recomendado um fundo referenciado DI, questionou a informação constante no prospecto de que o fundo utiliza instrumentos de derivativos. O gerente argumentou que a frase do prospecto é padrão, exigência do código de autorregulação da Anbid, e o fundo não apresenta risco, pois não utiliza instrumento de derivativos. O esclarecimento do gerente está:

a) Correto, pois é vedado o uso de derivativos em fundos referenciados.

b) Incorreto, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para alavancagem da carteira.

c) Incorreta, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para proteção da carteira.

d) Correto,

são

padronizados pela Anbid e podem não refletir a realidade de cada fundo.

pois

os

prospectos

74. Um fundo de investimento referenciado CDI tem o objetivo de obter a rentabilidade:

a) Igual à do CDI, no mínimo.

b) Próximo à do CDI.

c) Igual à da renda fixa.

d) Superior à do CDI.

75. Ter pelo menos 80% do seu patrimônio líquido representado em títulos públicos federais e/ou títulos de renda fixa, estar o emissor classificado na categoria de baixo risco de crédito e conter em sua denominação o indicador de desempenho. Os fundos que apresentam as características anteriormente descritas são classificados como:

a) Exclusivos.

b) Referenciados.

c) De renda fixa.

d) De curto prazo.

76. Um investidor extremamente conservador decidiu aplicar R$ 10 mil em um fundo de renda fixa que está apresentando excelente rendimento este ano. Esse investidor:

a) Tomou uma decisão correta, visto que esse tipo de fundo não apresenta risco.

b) Decidiu corretamente porque observou a rentabilidade passada do fundo.

c) Deverá ser informado que o tipo de fundo não possui fundo garantidor de crédito (FGC) e qualquer fundo possui risco, por mais conservador que seja.

d) Não correrá risco, pois esse tipo de fundo tem a garantia do FGC.

77. O administrador de um fundo de investimento exerce as atribuições que a lei e o estatuto lhe conferem para fins e interesses:

a) Do gestor.

b) Do custodiante.

c) Do auditor independente.

d) Dos cotistas.

78. Ao ser liquidada uma operação prevista no regulamento de um fundo de investimento alavancado, é apurada uma perda que compromete todo o patrimônio do fundo, ocasionando, ainda, prejuízo adicional. Esse prejuízo deverá ser coberto:

a) Pelos cotistas do fundo.

b) Pelo gestor da carteira.

c) Pelas contrapartes que realizaram a operação com o fundo.

d) Pelo administrador do fundo.

79. Um dos direitos do administrador de fundos de investimentos, sem prévia autorização de uma assembleia de cotistas, é:

a) Aumentar a taxa de administração.

b) Escolher empresas de auditoria e custódia.

c) Alterar a política de investimento.

d) Apropriar-se de parte do patrimônio do fundo.

80. Segundo a CVM, os fundos:

a) Abertos

são

voltados

exclusivamente

à

venda

ao

público,

não

se

incluindo

os

exclusivos.

b) Abertos têm número fixo de cotas e resgate de recursos a qualquer tempo.

c) Fechados permanecem temporariamente sem aceitar depósitos, sem valorização de suas cotas, podendo retomar a captação a qualquer momento.

d) Fechados captam recursos apenas por um período e as cotas só podem ser resgatadas quando de sua liquidação ou ao término do prazo previsto de duração.

81. O percentual máximo da carteira de um fundo de investimento de renda fixa que pode ser direcionado para aplicações em títulos públicos federais é de:

a) 67%.

b) 80%.

c) 95%.

d) 100%.

82. O percentual máximo da carteira de um fundo de investimento de ações que pode ser direcionado para aplicações em ações é de:

a) 67%.

b) 80%.

c) 95%.

d) 100%.

83. A política de investimento de um fundo de renda fixa de gestão passiva, normalmente, contempla estratégias que buscam ganhos por meio de:

a) Operações que visem a proporcionar rentabilidade mais próxima possível do benchmark.

b) Estratégias com derivativos para posicionamento da carteira.

c) Apostas nas mudanças da volatilidade das taxas de juro.

d) na

Apostas

direção

das

taxas

de

juro

futuras.

84. Um investidor do banco X ficou indignado com a rentabilidade negativa em seu fundo DI, por tratar-se de um fundo conservador. O gerente explicou-lhe que houve desvalorização da letra financeira do Tesouro (LFT), título público que compõe a carteira

desse fundo, refletindo-se no valor da cota. A explicação do gerente está:

a) Incorreta. Fundo DI só terá desvalorização em suas cotas no caso de negligência do gestor.

b) Correta. A carteira de um fundo DI, por ser obrigatoriamente 100% LFT, reflete essas oscilações na cota do fundo.

c) Incorreta. Por se tratar de um título pós- fixado, não poderia ser negociado com ágio ou deságio.

d) Correta. A LFT pode variar de preço.

85. Considere as seguintes informações quanto à composição da carteira dos fundos de investimento administrados por determinada instituição financeira:

a) Fundo 1: 75% de ações e 25% de títulos

públicos federais.

b) Fundo 2: 35% de ações e 65% de títulos

públicos federais.

c) Fundo 3: 55% de ações e 45% de títulos

públicos federais.

d) Fundo 4: 65% de ações e 35% de títulos

públicos federais.

De acordo com a legislação do IR, considera- se fundo de investimento em ações o(s) fundo(s):

a) 3 e 4.

b) 2 e 3.

c) 1 e 2.

d) 1 exclusivamente.

86. O regulamento de um fundo de investimento estabelece que, no mínimo, 80% da sua carteira seja direcionada para operações vinculadas à variação da taxa de juros doméstica. Segundo a CVM, esse fundo deve ser classificado como:

a) Referenciado.

b) Multimercado.

c)

De curto prazo.

d)

De renda fixa.

87. linha-d’água pode ser entendida como uma:

A

a)

Fórmula matemática que aumenta os ganhos do administrador e a rentabilidade dos fundos.

b)

Metodologia utilizada para o cálculo e limitação da cobrança de taxa de performance de um fundo, considerando- se seu benchmark.

c)

Metodologia utilizada no cálculo da taxa fixa de um fundo de investimento.

d)

Fórmula matemática utilizada no cálculo da taxa limite de ganho do administrador de um fundo.

88. Um cliente desistiu de aplicar em um fundo referenciado ao ler em seu prospecto que esse fundo poderia aplicar seus recursos em derivativos. O gerente do banco o convenceu

a aplicar no fundo alegando que os fundos

passivos não podem investir em derivativos e

que essa informação só estava escrita no prospecto por uma exigência da Anbid. A afirmação do gerente do banco está:

a) Errada, pois fundos referenciados não podem investir em derivativos.

b) Correta, pois fundos referenciados podem investir em derivativos sem restrições.

fundos

c) Errada, pois somente

os

alavancados podem investir em ações.

d) Errada, pois fundos referenciados podem investir em derivativos, desde que seja para fazer hedge.

89. Qual o mínimo do patrimônio líquido de um fundo de direitos creditórios que deve ser aplicado em direitos creditórios:

a) 95%.

b) 80%.

c) 67%.

d) 50%.

90. O prazo de carência que um fundo deve observar para divulgar as suas rentabilidades é de:

a) 2 meses.

b) 6 meses.

c) 12 meses.

d) 1 mês.

91. O conceito de linha-d’água está relacionado com:

a) Metodologia utilizada para cobrança de

taxa

de

performance

considerando

um

benchmark.

b) de

Limite

risco

que

um

fundo

pode

assumir.

c) O

IR

retido

na

fonte

nos

fundos

de

investimento.

d) Metodologia utilizada para cobrança de taxa de administração considerando um benchmark.

92. Para que um cotista possa convocar uma assembleia extraordinária em um fundo de investimento, é necessário que ele detenha, no mínimo:

a) 2% das cotas emitidas pelo fundo.

b) 5% das cotas emitidas pelo fundo.

c) 10% das cotas emitidas pelo fundo.

d) 50% das cotas emitidas pelo fundo.

93. Sobre a alteração na taxa de administração de um fundo de investimento é correto afirmar:

a) Pode ser alterada a qualquer momento pelo administrador.

b) Sempre que for alterada, necessitará de aprovação em assembleia.

c) Pode ser reduzida, sem ser necessária a convocação de assembleia.

d) Jamais poderá ser alterada.

94. A convocação dos cotistas para assembleia geral de um fundo de investimento deverá ser encaminhada a cada cotista com pelo menos:

a) 5 dias de antecedência.

b) 10 dias de antecedência.

c) 1 mês de antecedência.

d) 2 meses de antecedência.

95. Uma das características dos fundos fechados é possibilitar ao cotista:

a) Garantia dos recursos aplicados pelo administrador do fundo.

b) Menor taxa de administração.

mercado

c) suas

Negociar

secundário.

d) Total liquidez.

cotas

no

96. Uma empresa solicitou a um banco a criação de um fundo de investimento onde somente os funcionários dela pudessem fazer aplicações nesse fundo. Assim, esse fundo de investimento obrigatoriamente será um:

a) Fundo aberto.

b) Fundo referenciado.

c) Fundo exclusivo.

d) Fundo restrito.

97. É um exemplo de investidor que poderá ser cotista de fundo exclusivo:

a) Empresas de grande porte.

b) Financeiras.

c) Toda pessoa física com aplicação superior a R$ 300 mil.

d) Todo investidor que ateste por escrito ter conhecimento de mercado.

98. Uma das vantagens do cotista de um fundo exclusivo é:

a) Benefício do Chinese wall.

b) Obrigatoriedade de marcação a mercado.

c) Possibilidade

de

ter

uma

taxa

administração reduzida.

d) Benefício fiscal.

de

99. São exemplos de fundos de investimento que poderão utilizar cota de abertura:

a) Fundos de ações.

b) Fundos multimercado.

c) Fundos cambiais.

d) Fundos de curto prazo.

100. Prazo máximo de um título que compõe a carteira de um fundo de curto prazo será de:

a) 365 dias.

b) 375 dias.

c) 60 dias.

d) 30 dias.

101. Sobre a atuação dos fundos classificados como referenciados no mercado de derivativos, podemos afirmar que:

de

a) Jamais

poderão

atuar

no

mercado

derivativos.

b) Podem atuar no mercado de derivativos de forma livre.

c) Podem operar no mercado de derivativos, desde que seja para proteger a carteira (hedge).

d) Só poderão atuar no mercado de derivativos se o índice de referência do fundo for o Ibovespa.

102. Alterações nas taxas de juros domésticas afetam com mais intensidade o fundo:

a) Multimercado.

b) Ações.

c) Curto prazo.

d) Renda fixa.

103. Fundo que investe, no mínimo, 80% de seu patrimônio líquido em ativos que busquem

acompanhar a variação de preços de moeda estrangeira:

a) Multimercado.

b) Ações.

c) Cambial.

d) Renda Fixa.

104. Sobre os fundos cambiais, é correto afirmar que:

a) São sempre cambiais em dólar.

b) Podem cobrar taxa de performance.

c) A aplicação deverá ser feita sempre em moeda estrangeira.

reservas

d) São

garantidos

pelas

internacionais do País.

105. É exemplo de estratégia que pode ser utilizada pelo gestor de um fundo de ações ativo ao Ibovespa para superar o benchmark, com EXCEÇÃO de:

a) Stok picking.

b) Market timing.

c) Split.

d) Arbitragem.

106. Estratégia adotada pelo gestor de um fundo de ações em que ele aposta nas ações nas quais considera ter maior potencial de retorno, aumentando assim a concentração da carteira nesse ativo:

a) Stok picking.

b) Market timing.

c) Split.

d) Arbitragem.

107. Uma forma fácil de investir em papéis do Brasil negociados no mercado internacional é aplicar em:

a) Fundos referenciados.

b) Fundos de ações.

c) Fundos da dívida externa.

d) Fundos multimercado.

108. Fundos de investimento que investem, no mínimo, 80% do seu patrimônio líquido em títulos do Brasil negociados no mercado internacional:

a) Fundos referenciados.

b) Fundos de ações.

c) Fundos da dívida externa.

d) Fundos multimercado.

109. Fundos de investimento em que é permitido o uso de derivativos para estratégia de alavancagem e também a cobrança de taxa de performance:

a) Fundos referenciados.

b) Fundos de curto prazo.

c) Fundos multimercado.

d) Fundos de renda fixa.

110. Fundos de investimento que podem aplicar mais de 50% do seu patrimônio líquido em cotas de fundos de investimento:

a) Fundos referenciados.

b) Fundos multimercado.

c) Fundos de curto prazo.

d) Fundos de renda fixa.

111. Deverá constar na denominação de um fundo de investimento em renda fixa que possui em sua carteira mais de 50% de títulos privados a expressão:

a) Fundo de alto risco de crédito.

b) Fundo de alto risco de mercado.

c) Fundo de crédito privado.

d) Fundo de crédito público.

112. Fundos de investimento que deverão manter, no mínimo, 95% de seu patrimônio investido em cotas de fundos de investimento de uma mesma classe:

a) Fundos multimercado.

b) Fundos de ações.

c) Fundos imobiliários.

d) Fundos de investimento em cotas de fundos de investimento.

113.

Os fundos de investimento classificados como fundos de investimento em índice de mercado caracterizam-se principalmente por:

a) Manter

seu

95%,

no

mínimo,

de

patrimônio

aplicado

em

valores

mobiliários ou

outros

ativos

de

renda

variável

autorizados

pela

CVM,

na

proporção em que estes integram o índice de referência.

seu

b) Manter

50%,

no

mínimo,

de

patrimônio

aplicado

em

valores

mobiliários ou

outros

ativos

de

renda

variável

autorizados

pela

CVM,

na

proporção em que estes integram o índice de referência.

seu

c) Manter

80%,

no

mínimo,

de

patrimônio

aplicado

em

valores

mobiliários ou

outros

ativos

de

renda

variável

autorizados

pela

CVM,

na

proporção em que estes integram o índice de referência.

d)

Manter 5%, no mínimo, de seu patrimônio aplicado em valores mobiliários ou outros ativos de renda variável autorizados pela CVM, na proporção em que estes integram o índice de referência.

114. Os

fundos

de

investimento

offshore

são

fundos que:

a) Aplicam em ativos de outros países e são constituídos no Brasil.

b) Aplicam em ativos de dentro do Brasil, apesar de não serem constituídos no Brasil.

c) Aplicam em ativos de qualquer país e são constituídos fora do Brasil .

d) Aplicam em ativos de dentro do Brasil e são constituídos no Brasil.

115. Os fundos de investimento imobiliário devem ser constituídos necessariamente como:

a) Fundo aberto.

b) Fundo exclusivo.

c) Fundo fechado.

d) Fundo alavancado.

116. Percentual mínimo do lucro auferido, que os fundos imobiliários devem distribuir aos seus cotistas:

a) 50%.

b) 25%.

c) 95%.

d) 100%.

117. Entre os fundos a seguir, aquele que tem por objetivo proporcionar a menor volatilidade possível do valor da cota é o:

a) Fundo de curto prazo.

b) Fundo de ações.

c) Fundo referenciado.

d) Fundo multimercado.

118. Os fundos de investimento classificados como multimercado podem aplicar parte do seu patrimônio líquido em ativos no exterior, desde que obedeçam ao limite máximo de:

a) 10%.

b) 20%.

c) 50%.

d) 80%.

119. Sobre a taxa de administração cobrada em um fundo de investimento, é correto afirmar que:

a) É cobrada antes de descontar as despesas do fundo.

b) A cobrança é anual.

c) Pode ser cobrada mesmo se o fundo apresentar rentabilidade negativa.

d) Uma

ser

vez

definida,

jamais

poderá

alterada.

120. A cobrança de taxa de administração de um fundo de investimento afeta diretamente:

a) A quantidade de cotas.

b) A alíquota de IR pago pelo cotista.

c) O valor da cota.