Вы находитесь на странице: 1из 20

Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 1

O PODER DA
PACIÊNCIA
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 3

M. J. Ryan

O PODER DA
PACIÊNCIA
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 5

SUMÁRIO

1. COMO ESSA VIRTUDE ANTIQUADA


PODE MELHORAR SUA VIDA 9

2. OS DONS DA PACIÊNCIA 23
A paciência gera excelência 25
A paciência nos coloca em harmonia com
os ciclos da natureza 27
A paciência nos ajuda a tomar decisões melhores 30
A paciência nos conecta com a esperança 32
A paciência nos ajuda a viver vidas mais longas
e livres de estresse 35
A paciência nos ajuda a desperdiçar menos tempo,
menos energia e menos dinheiro 37
A paciência nos ajuda a conseguir aquilo
que queremos 40
A paciência nos protege contra a raiva 43
A paciência nos dá maior tolerância e empatia 46
A paciência nos ajuda a ter relacionamentos
amorosos mais felizes 49
A paciência nos torna pais melhores 52
A paciência ensina o poder da receptividade 55
A paciência é a essência da civilidade 58
A paciência faz nossas almas crescerem 60

3. AS ATITUDES DA PACIÊNCIA 63
Eu ainda estou aprendendo 65
A paciência é uma decisão 68
Isso também passará 71
Os parafusos são tão importantes quanto as asas 73
A espera faz parte da vida 75
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 6

É melhor tentar solucionar um problema do


que tentar se desvencilhar dele 78
Aonde é que você está indo com tanta pressa? 81
O tédio está todo em nossas cabeças 84
Lembre-se da regra número seis 87
Nos desligarmos é tão importante quanto nos ligarmos 89
Qual é a importância disso no esquema geral das coisas? 92
As pessoas são apenas seres humanos 95
Algumas coisas valem a espera 98
Vai dar certo 100
Leva o tempo que for necessário 103
Há mais de um caminho certo 105
Sejam bem-vindos, professores da paciência 107
Há o momento de esperar e o momento de
pedalar como um louco 110
A hora de dizer “chega!” 113
Esteja aqui agora 116

4. AS PRÁTICAS DA PACIÊNCIA 119


Diga a si mesmo a verdade sobre a sua
posição neste exato momento 121
Sintonize-se na parte da manhã 123
Quando é que sou paciente? Deixe-me contar
as maneiras 125
Saiba o que deflagra a sua impaciência 128
Aprenda a reconhecer seus primeiros sinais de aviso 131
Faça uma pausa 133
Desça para a base da árvore 136
Bom senso em vez de fúria no trânsito 140
Emita um sinal de alerta a seus filhos 142
Utilize a sua sabedoria interior 144
Mantenha o seu nível de açúcar no sangue alto 146
Dê um outro nome à situação 148
Arrume outra coisa para fazer 151
Pratique com pessoas idosas 153
Responda com seu coração 156
Diga a si mesmo que você tem todo o tempo
de que precisa 159
Faça uma análise dos riscos 161
Mantenha os seus olhos no prêmio 164
Não se deixe sobrecarregar 167
Pergunte a si mesmo: “Este troço ainda está voando?” 170
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 7

5. VINTE ESTIMULADORES
SIMPLES DA PACIÊNCIA 173

6. ACIMA DE TUDO,
TENHA COMPAIXÃO POR SI MESMO 181

MEUS AGRADECIMENTOS 184

BIBLIOGRAFIA 186
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 8

A paciência é a chave para tudo.


Você consegue a galinha chocando o ovo,
e não quebrando-o.

A R N O L D H. G L A SG O W
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 9

1.
C O M O E S S A V I RT U D E
ANTIQUADA PODE
M E LH O RA R S UA V I DA

Querido Deus,
rezo pedindo paciência.
E eu a quero IMEDIATAMENTE!

OREN ARNOLD
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 11

Veja isso:
❂ Alguns McDonald’s prometem entregar o pedido em até
noventa segundos, ou dá-lo de graça.
❂ Agora a duração média da visita de um médico é de oito
minutos.
❂ Um remédio vendido sem receita médica é anunciado pa-
ra mulheres que “não têm tempo para uma infecção vaginal”.
❂ Apesar da complexidade do assunto, atualmente os políti-
cos levam apenas 8,2 segundos para responder a uma pergunta.
❂ Um popular bufê em Tóquio cobra por minuto – quan-
to mais rápido você comer, menos pagará.
❂ O presidente da divisão de computadores portáteis da
Hitachi motiva seus trabalhadores com o lema “A velocidade é
Deus, o tempo é o diabo”.
❂ Os construtores de prédios altos descobriram um limite
para o número de andares – a quantidade de tempo que as
pessoas estão dispostas a esperar pelos elevadores. Quinze
segundos é o tempo de espera ideal; se ele se prolonga para
quarenta, ficamos impacientes.
A grande maioria das pessoas passa hoje a vida correndo
de um lado para o outro. Estamos em constante movimento

11
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 12

e esperamos que tudo e todos que nos cercam também an-


dem mais depressa. Qualquer ritmo mais lento nos deixa
exasperados. Sofremos da “doença da pressa”.
Sei que a tenho. Não consigo suportar o tempo que o meu
computador leva para ligar. Se demora mais de dois minutos,
fico absolutamente tensa e me descubro com o maxilar cer-
rado e o corpo contraído. Sou aquele tipo de pessoa que
aperta o botão do elevador mais de uma vez para fazê-lo vir
mais depressa. E no microondas uso o botão de um minuto
porque é mais rápido do que digitar o tempo.
Esse é o grau da minha doença. Certa vez, fui à loja onde
costumava tirar cópias. Estava na fila, esperando para pagar. O
jovem atrás do balcão procurava ajudar uma velhinha a desco-
brir como enviar um embrulho para seu neto. Havia uma outra
pessoa na minha frente na fila. Meu monólogo interior foi
assim: “Como eu odeio filas! Por que eles não colocam mais
ajudantes aqui?” (Resmungo.) “Por que, pelo menos, não colo-
cam cartazes com o valor de cada cópia para que eu possa
pagar sem precisar esperar?” (Um minuto se passou. Mais
resmungos.) “Como eu detesto esperar! Tenho coisas mais
importantes para fazer. Não posso ficar parada aqui. Preciso
chegar em casa para escrever meu livro sobre a paciência.”
Não agüentei mais. Saí intempestivamente do meu lugar
na fila.
– Quanto é uma cópia?
– Dez centavos – respondeu o jovem, aturdido.
Depois de jogar no balcão uma nota de um dólar para
pagar minha compra de quarenta centavos, saí apressadamen-
te da loja. Só me dei conta do absurdo da situação quando
estava dentro do carro indo embora.
Outro nome para a doença da pressa é impaciência, e estou

12
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 13

certa de que não sou a única pessoa que a possui. A fúria no


trânsito, a violência de todos os tipos, as explosões de raiva
no trabalho, o divórcio, os gritos com os filhos... todos esses
comportamentos e muitas outras doenças no mundo podem
estar relacionados, pelo menos em parte, à falta de paciência.
Recentemente, o estado da Califórnia colocou cartazes nas
estradas com os dizeres: “Diminua a velocidade nos trechos
em obras.” Trata-se de uma campanha para fazer os motoris-
tas diminuírem a velocidade de cem para oitenta quilômetros
por hora nesses trechos, porque muitos operários estão mor-
rendo atropelados. A propaganda informa que, no trecho em
construção, a diferença de tempo entre oitenta e cem quilô-
metros é de apenas dez segundos. Pessoas estão morrendo
porque não estamos dispostos a chegar a algum lugar dez
segundos mais tarde!
Na verdade, parece que quanto mais depressa tudo anda,
mais impacientes ficamos. Isso se torna um problema, porque
a vida inevitavelmente nos impõe um certo grau de atraso sob
a forma de filas, engarrafamentos e sistemas de mensagens au-
tomatizadas. O problema fica mais grave se pensarmos que os
desafios mais complexos – doenças, incapacitação, conflitos
de relacionamento, crises no trabalho, assuntos ligados às
funções paterna e materna, construção da convivência no ca-
samento, para citar apenas alguns – exigem que pratiquemos
a paciência não apenas para enfrentá-los, mas para adquirir-
mos mais amor e sabedoria.
Sem paciência, não podemos aprender as lições que a vida
nos ensina e não conseguimos amadurecer. Permanecemos na-
quele estágio de bebês irritadiços, incapazes de adiar a obten-
ção do prazer e de nos dedicarmos à busca do que verdadei-
ramente desejamos. Se quisermos viver de forma mais comple-

13
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 14

ta e intensa, e não fazendo tudo às carreiras, é fundamental pra-


ticarmos a paciência – paciência com nós mesmos, com as outras
pessoas e com as grandes e as pequenas circunstâncias da vida.
Constato que estamos todos ansiosos para colocar mais pa-
ciência em nossas vidas, porque, quando conto que estou es-
crevendo um livro sobre este assunto, as pessoas me repetem
enfaticamente: “Preciso disso!” Nunca se precisou tanto de pa-
ciência quanto agora – e nunca o estoque esteve tão baixo.
Mas podemos mudar isso. Mudando de atitude e com um
pouco de prática, somos capazes de aprender a utilizar o
poder da paciência. Se eu, uma mulher de meia-idade, acele-
rada e perfeccionista, posso fazê-lo, você também pode. É
preciso misturar motivação (querer), percepção (prestar
atenção à nossa estrutura interna) e cultivo (prática).
Podemos fazer isso porque a paciência é uma característi-
ca humana capaz de ser fortalecida. Nós já a possuímos, pois
a vida nos impõe uma série de situações que nos obrigam –
queiramos ou não – a ser pacientes. O que nos falta é ter
consciência do que nos ajuda a ser pacientes, do que provo-
ca a nossa impaciência ou do que fazer quando nossa paciên-
cia está no limite.
O mais importante é saber que a paciência é algo que você
cria. É como um músculo. Todos nós temos músculos, mas
algumas pessoas são mais fortes do que outras porque se
exercitam mais. O mesmo acontece com a paciência.
Este é o tema deste livro: a importância crucial da paciência
e o que fazer para nos tornarmos mais pacientes. Compartilho
com vocês minhas próprias histórias, assim como noções de sa-
bedoria sobre o assunto colhidas do mundo inteiro através dos
séculos. Este livro nasceu da minha busca para dar significado
à vida e do meu desejo de ajudar os outros a fazerem o mesmo.

14
Miolo O poder da paciência Q9_paciência quark5 4 14/09/12 10:06 Page 15

A origem deste livro remonta a dez anos atrás, quando,


como editora executiva da Conari Press, publiquei um peque-
no livro chamado Gestos de bondade: uma coletânea ao
acaso, no qual reuni histórias reais de pequenos atos de bon-
dade para com estranhos. Só me dei conta da importância
daqueles relatos quando recebi uma montanha de cartas de
pessoas me contando suas histórias e descrevendo a alegria
que tinham vivenciado ao praticar ou receber aquelas ações.
A carta que jamais esquecerei foi a de um aluno do ensino
médio que disse que ia se matar, mas, quando leu o livro,
sentiu que talvez valesse a pena viver.
Fiquei fascinada ao ver como a prática da bondade pode
gerar felicidade e decidi escrever uma série de livros sobre o
assunto. Comecei também a procurar ser mais gentil com
estranhos e com as pessoas mais próximas. E constatei que isso
me fazia muito mais feliz.
Então me fiz a seguinte pergunta: “Se a bondade pode pro-
duzir efeitos tão positivos, quais são as outras qualidades que
podem conduzir a resultados semelhantes?” Focalizei minha
atenção na gratidão e descobri que quanto mais reconheço e
agradeço tudo o que tenho, mais feliz e menos inquieta eu
fico. Voltei a escrever sobre minhas experiências em O poder
da gratidão e novamente recebi muitas cartas sobre esse sen-
timento que nos ajuda a viver melhor.
Seguiu-se naturalmente a generosidade – o ato de darmos
nossos recursos e nos doarmos a outras pessoas. Depois de
The Giving Heart (O coração generoso), resolvi dedicar-me a
estudar a paciência. Verifiquei então que quanto mais a culti-
vamos, mais felizes e tranqüilos ficamos, mesmo quando as
coisas não saem do jeito que queremos.

15
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 16

Se eu tivesse tido um pouco mais de paciência, poderia ter


esperado calmamente pelos (talvez) cinco minutos necessá-
rios para pagar as cópias na loja. Evitaria aqueles sentimentos
negativos de irritação e de raiva que me envenenaram e não
teria desconcertado as outras pessoas que estavam lá. Minha
pressão sanguínea permaneceria baixa, meu sistema imu-
nológico, mais forte. Eu me sentiria muito melhor – mesmo
enquanto esperava!
Na verdade, quanto mais estudo e exercito a paciência,
mais a vejo como um fator crucial para termos ou não vidas
satisfatórias. A paciência nos dá autocontrole, capacidade
para parar e usufruir mais plenamente o momento presente.
A partir daí, nos tornamos capazes de fazer escolhas sábias. A
paciência nos ajuda a ser mais amáveis com os outros, mais
confiantes nas circunstâncias de nossas vidas e mais capazes
de obter o que queremos. Ela constantemente nos recom-
pensa com os frutos da maturidade e da sabedoria: rela-
cionamentos mais saudáveis, melhor qualidade de trabalho e,
sobretudo, maior paz de espírito. Ela consegue esse milagre
reunindo três qualidades essenciais da mente e do coração:
persistência, serenidade e tolerância.

MANTENHA-SE FIRME:
O PODER DA PERSISTÊNCIA

A paciência nos dá firmeza e capacidade para caminharmos


em direção a nossos objetivos e sonhos. Uma recente pes-
quisa sobre a inteligência emocional demonstra que o efeito
da persistência pode ser igual ao de muitos pontos de QI. Por
serem treinados desde cedo para persistir, os estudantes asiá-
ticos têm um desempenho melhor do que a média dos ameri-

16
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 17

canos, estando proporcionalmente representados em maior


quantidade nas principais universidades e em profissões mais
intelectualizadas.
São inúmeras as histórias sobre pessoas que persistiram,
apesar das incertezas, antes de finalmente alcançarem um
grande sucesso. Walt Disney, por exemplo, foi rejeitado 302
vezes antes de conseguir um financiamento para a Disneylân-
dia. George Lucas utilizou seu próprio dinheiro para produzir
Guerra nas estrelas, porque ninguém acreditava no seu proje-
to. Quando o filme foi finalmente lançado, ele estava com-
pletamente falido, mas acabou ficando muito rico, precisa-
mente por não ter conseguido vender os direitos do filme
nem os de suas até então improváveis continuações.
Perseverar pacientemente, apesar dos obstáculos, não sig-
nifica obrigatoriamente que conseguiremos obter as incríveis
recompensas que Walt Disney e George Lucas colheram. Mas
a paciência com certeza aumenta as probabilidades de conse-
guirmos concretizar nossos sonhos, quaisquer que eles sejam.

SEM MOTIVOS PARA SE ESTRESSAR :


O PODER DA SERENIDADE

A paciência também nos proporciona paz de espírito.


Quando a cultivamos, nosso estado interior se assemelha mais
a um lago tranqüilo do que a um rio turbulento. Em vez de
ficarmos com raiva, em pânico ou ansiosos nas inevitáveis
situações de estresse – um vôo cancelado, um prazo final per-
dido por um colega de trabalho, o marido ou a esposa que se
esquecem de fazer algo que lhes pedimos –, nos tornamos ca-
pazes de analisar essas situações por uma perspectiva que
nos permite manter a serenidade.

17
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 18

Adotando essa atitude, em vez de sermos desagradáveis –


resmungando, reclamando e aborrecendo todos os que nos
cercam –, passamos a ser pessoas com quem os outros po-
dem contar sempre que precisarem. O padre jesuíta e escritor
Anthony de Mello dá bem a idéia dessa atitude quando escre-
ve: “Está tudo bem, está tudo bem. Embora esteja um caos,
está tudo bem.”
Se somos pacientes, conseguimos manter a calma em nos-
so íntimo, não importa o que esteja acontecendo ao nosso re-
dor. Confiamos na capacidade que temos de lidar com as
situações que se apresentarem, e essa confiança nos dá uma
grande paz de espírito.
Gosto da palavra autocontrole, que, para mim, é sinônimo
de paciência. Com paciência, nós nos controlamos. Em vez de
nos deixarmos dominar por nossas emoções, temos liberdade
interior para escolher como reagir a um determinado aconte-
cimento. A paciência é como a quilha de um barco: ela nos
permite manter a estabilidade nos mares mais revoltos da vida
enquanto continuamos a nos mover na direção que desejamos.

O PODER DA ACEITAÇÃO
A paciência também nos ajuda a aceitar os obstáculos do ca-
minho e nos permite reagir aos desafios do cotidiano com cora-
gem, força e otimismo. Um negócio perdido, decepções no amor,
uma incapacitação séria e preocupações financeiras são alguns
dos problemas que talvez tenhamos de enfrentar ao longo da vi-
da. Ser paciente nessas circunstâncias não significa gostar dos
golpes que recebemos, mas reconhecermos que eles fazem parte
da vida e que, apesar do sofrimento que provocam, não devemos
optar pela amargura, pela vingança ou pelo desespero, e sim
arregaçar as mangas e enfrentar o desafio com esperança.

18
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 19

A aceitação que vem com a paciência também nos ajuda a


compreender os outros, por entender que, como seres huma-
nos, todos temos limitações. A paciência nos dá a capacidade
emocional de reagir com bondade e de sentir compaixão.
Você demonstra ter paciência quando cuida com carinho
de pais idosos que não reconhecem a sua dedicação, ou
quando explica, pela enésima vez e com toda a calma, a uma
irrequieta criança por que ela não pode subir nos móveis.
São certamente situações que você preferiria não vivenciar,
mas a paciência lhe dá a capacidade de compreender que há
seres humanos imperfeitos que, como você, apenas querem
ser felizes.
Ao aceitarmos os outros como são e a vida como ela se
apresenta a cada momento, damos provas da nossa força e da
nossa beleza interior. É fácil ser tolerante quando tudo está
bem. Mas, ao demonstrar paciência quando as coisas não são
do jeito que queremos, revelamos a nossa melhor dimensão
como seres humanos.
Pare um momento para refletir sobre uma ocasião em que
você usou o poder da paciência. Quais eram as circunstân-
cias? Você conseguiu acalmar uma situação que poderia ser
explosiva? Em vez de ter um ataque de raiva, tratou com con-
sideração uma pessoa de quem você gosta? Procurou compre-
endê-la? Reivindicou seus próprios direitos, protestou contra
uma injustiça firmemente mas com serenidade? Como é que
se sentiu? O que ajudou você a ter paciência? Quais foram as
conseqüências?
Agora pense numa ocasião em que alguém teve paciência
com uma atitude sua. Como essa pessoa tratou você? Como é
que você se sentiu? O que você aprendeu com a experiência?
O que fez?

19
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 20

A paciência é uma virtude tão valiosa que todas as religiões


nos oferecem exemplos a seguir. Os seguidores do Buda
aprendem que a prática da paciência é uma das maneiras de
alcançar a sabedoria, além de ser um dos atributos de Deus
no Corão. No Antigo Testamento, Jó é a personificação da
paciência, e no Novo os cristãos são inspirados pela vida e
pelo sacrifício de Jesus Cristo.
A impaciência é um hábito; a paciência, também. Para
mudar um hábito, precisamos estar motivados pela certeza de
que o novo comportamento nos trará recompensas. Depois,
teremos que ter a disposição que encoraja a mudança que
queremos operar. Por fim, precisamos das ferramentas da mu-
dança, experimentar novos comportamentos e analisar os efei-
tos que eles exercem em nossas vidas. Neste livro você encon-
trará inúmeras maneiras de cultivar a paciência, especialmente
nas situações mais comuns e estressantes do cotidiano –
enfrentar filas ou engarrafamentos, trabalhar com um chefe
autoritário, cuidar dos filhos, lidar com pais idosos, esperar
uma pessoa que se atrasou, aguardar a chegada do amor.
Leia este livro bem devagar, refletindo sobre sua própria
experiência. Não procure adotar todas as sugestões de uma
só vez. Comece experimentando uma ou duas que lhe pare-
cerem mais atraentes. Eu sugiro várias porque não sei quais
serão as mais eficazes para você.
Não se culpe quando, apesar de todo o esforço, você perder
a paciência. Esta é uma mudança que requer prática e tempo.
Eu venho praticando conscientemente a paciência há alguns
anos e, mesmo assim, há ocasiões em que chego a explodir.
Veja-me como uma companheira de viagem. Nestas pági-
nas eu lhe estenderei a mão e juntos exploraremos, usando a
paciência, maneiras de nos tornarmos mais serenos, mais

20
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 21

fortes, mais justos, mais afetuosos e mais capazes de ser


felizes e fazer felizes os que cruzam nossos caminhos.
Espero e rezo para que este livro ajude você a expandir a
paciência que está no seu coração, e para que nossos esforços
se espalhem como ondulações cada vez maiores pelo mundo.

21
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 189

A JORNADA DA SUA PACIÊNCIA

O que você está aprendendo sobre a paciência?


O que ajuda você a manter a paciência
em ocasiões exasperantes?
Eu adoraria saber como a paciência ajudou você
em seu dia-a-dia. Envie suas histórias para mim
pelo meu site
W W W. M A RY J A N E RYA N . C O M
Miolo O poder da paciência Q8_paciência quark5 4 29/09/11 10:38 Page 192

INFORMAÇÕES SOBRE
OS PRÓXIMOS LANÇAMENTOS

Para saber mais sobre os títulos e autores


da EDITORA SEXTANTE,
visite o site www.sextante.com.br
ou siga-nos no Twitter @sextante.
Além de informações sobre os próximos lançamentos,
você terá acesso a conteúdos exclusivos e poderá
participar de promoções e sorteios.

Se quiser receber informações por e-mail,


basta cadastrar-se diretamente no nosso site.

Para enviar seus comentários sobre este livro,


escreva para atendimento@esextante.com.br
ou mande uma mensagem para o Twitter @sextante.

Editora Sextante
Rua Voluntários da Pátria, 45 / 1.404 – Botafogo
Rio de Janeiro – RJ – 22270-000 – Brasil
Telefone: (21) 2538-4100 – Fax: (21) 2286-9244
E-mail: atendimento@esextante.com.br

Похожие интересы