Вы находитесь на странице: 1из 1

1.6.1. AFINAL QUEM DIRIGE O MERCADO?

Os consumidores não podem, por si só, ditar quais os bens que devem ser produzidos. A procura
dos consumidores tem de se encaixar com a oferta de bens e serviços pelas empresas.
Os custos empresariais e as decisões de oferta, juntamente com a procura dos consumidores,
ajudam a determinar o que deve ser produzido.
Os mercados funcionam como um link, que reconcilia os gostos dos consumidores com as
limitações tecnológicas das empresas.
O lucro tem um papel muito importante no dia-a-dia do mecanismo de mercado, constituem o
prémio ou castigo para as empresas, induzindo-as a produzir da forma mais eficiente possível os
bens mais desejados.
Uma imagem dos Preços e dos Mercados
A figura abaixo representada dá-nos uma visão global de como os consumidores e produtores
actuam em conjunto para determinar os preços e as quantidades, tanto de factores de produção
como das produções.
Em cima estão os mercados dos produtos, em baixo os mercados dos factores de produção.
Os consumidores compram bens e vendem factores de produção, as empresas vendem bens e
serviços e adquirem factores de produção. Os consumidores usam o seu rendimento da venda de
trabalho e outros factores para adquirir bens às empresas; estas baseiam os preços dos seus bens
nos custos do trabalho e do património. Os preços nos mercados de bens são estabelecidos de
modo a equiparar a procura dos consumidores com a oferta das empresas; os preços no mercado
de factores são estabelecidos de modo a equilibrar a oferta dos consumidores com a procura das
empresas