Вы находитесь на странице: 1из 2

INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS COMO FERRAMENTAS NA

QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

A Mesa Redonda, composta de vários profissionais da saúde, que


aconteceu no auditório da Faculdade Pitágoras de Imperatriz – Campus I no
dia 24 de Maio, 2019. Trouxe o seguinte tema: Inovações tecnológicas como
ferramentas na qualidade dos serviços. Havia rodadas de debate onde cada
profissional poderia explanar um pouco sobre o assunto proposto.

A princípio abordaram sobre as resoluções que o profissional


farmacêutico conquistou como em 2015 a Resolução que garantia ao
farmacêutico atuar na área da estética e que a Resolução de 2018 n° 619 seria
a mais atual para o farmacêutico esteta.

Pontuaram sobre a ligação com a tecnologia que teria o farmacêutico e


o bioquímico. E esses profissionais precisariam estar sempre bem preparados,
começando pela base de sua formação. O ramo das análises clínicas também
estaria fortemente ligado à tecnologia.

Classificando a Tecnologia em três tipos, Leve; Leve-Dura e Dura. Foi


explicado do que se tratava cada uma delas em relação à saúde. A Leve seria
o relacionamento interpessoal com os pacientes, Leve-Dura as clínicas
médicas e centro cirúrgicos, Dura as Inovações e Alta tecnologia.

O profissional da saúde precisa sempre acompanhar as inovações


tecnológicas se não ficará para trás. E uma dessas inovações seria o
prontuário eletrônico que facilitaria a assistência.

Foi ressaltado que a tecnologia é importante, mas precisa estar


atrelada a questão humanitária. Pensando nisso o aluno precisa aprender o
básico para poder lidar com os problemas que podem ocorrer quando a
tecnologia falha.

Falando sobre a Sistematização da Assistência foi dado um exemplo


sobre usar o aparelho individualizado, que evitaria a contaminação cruzada.
Apesar do benefício da sistematização é necessário entender que toda vez que
se insere uma nova tecnologia existe um ônus, que é a adaptação do
profissional.

Depois de alguns questionamentos para encerrar os profissionais da


bancada definiram o objetivo da mesa redonda e levaram os alunos a refletirem
que: - Muito mais que as máquinas é a sensibilidade do profissional e o
cuidado.
FACULDADE PITÁGORAS DE IMPERATRIZ

MAYRA REBECA CARVALHO SANTOS DE LIMA

RELATÓRIO

MESA REDONDA: INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS COMO FERRAMENTAS


NA QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

IMPERATRIZ-MA

2019

Похожие интересы