Вы находитесь на странице: 1из 4

1. 200 Anos - Imperatriz Leopoldina - IHGB – 1997.

2. Atlas Histórico Mundial (2 volumes) - de Hermann Kinder e Werner Hilgemann -


Ediciones Istmo para España - Madrid - 1974 (trad. para o espanhol do DTV - Atlas zur
Weltgeschichte)
3. Barbas do Imperador (As) - D. Pedro II, um monarca nos trópicos - de Lilia Moritz
Schwarcz - Ed. Companhia das Letras - São Paulo - 1998
4. Brasil - Geopolítica e Destino - do General Carlos de Meira Mattos - Livraria José
Olympio Editora - Rio de Janeiro - 1975.
5. Brasil Império nas Páginas de um Velho Almanaque Alemão (O). de Armando
Alexandre dos Santos - Artpress - São Paulo - 1992
6. Casa de Bragança - Casa de Habsburgo, Origem da Família Imperial Brasileira. de
Giulio Sanmartini - Rio de Janeiro - 1998
7. Conselhos à Princesa Isabel de como melhor governar - (já foi publicado, também,
com o título Conselhos à Regente) - de D. Pedro II - Ed. GRD - São Paulo – 1985.
Obs.: Trata-se de anotações de D. Pedro II, de 1871, feitas às vésperas de sua
primeira viagem à Europa, para orientação da Princesa Isabel (Princesa Imperial) que
ficaria na Regência, i.e., na Chefia do Estado. A primeira parte é manuscrita pelo
próprio Imperador. Na segunda o mesmo texto é apresentado em letra comum,
impressa.
8. Construção da Ordem (A) - A elite política imperial – e Teatro de Sombras - A
política imperial. Os dois livros são apresentados em um só volume. De José Murilo
de Carvalho - Ed. UFRJ / Relume Dumará – 1996.
9. Cruzados do Império (Os) - de Teresa M. Malatian - Ed. Contexto - São Paulo - 1990.
O livro aborda o movimento Patrianova (Ação Imperial Patrianovista Brasileira), de
dupla origem, ação católica e movimento negro, monarquistas ambos, que estendeu-se
de 1928 a 1972.
10. D. Pedro II na Terra Santa - Diário de viagem - 1876 - de Reuven Faingold. Editora e
Livraria Sêfer - a livraria judaica do Brasil - São Paulo - 1999
11. Democracia Coroada (A) - Teoria Política do Império do Brasil - de João Camilo de
Oliveira Torres - Ed. Vozes - Petrópolis – 1964. Sem dúvida a melhor obra para o
entendimento do caráter singular e novo da monarquia brasileira, concebida por D.
Pedro I e aperfeiçoada por D. Pedro II.
12. Deus e Constituição – A tradição brasileira – de Francisco Adalberto Nóbrega – da
Editora Vozes – 1998.
13. Dois Corpos do Rei (Os)– Um estudo sobre teologia política medieval – de Ernst H.
Kantorowicz – Companhia das Letras – 1998.
14. Dona Leopoldina - Uma Habsburg no Trono Brasileiro. De Gloria Kaiser - Ed. Nova
Fronteira - Rio de Janeiro – 1997. Título original: Dona Leopoldina: Die Habsburgerin
auf Brasiliens Thron - 1994 - Verlag Styria
15. Estado Governo Sociedade - Para uma teoria geral da política - de Norberto Bobbio
- Ed. Paz e Terra - São Paulo – 1997.
16. Estudo da Nobreza Brasileira – IV – Grandes do Império – de Rui Vieira da
Cunha - editado pelo autor.
17. Estudo da Nobreza Brasileira – VI – Duques – de Rui Vieira da Cunha – editado
pelo autor.
18. Estudo da Nobreza Brasileira – VII – Bispos – de Rui Vieira da Cunha – editado
pelo autor.
19. Estudo da Nobreza Brasileira –V – Tratamentos – de Rui Vieira da Cunha –
Editado pelo autor.
20. Formação Histórica da Nacionalidade Brasileira – de Oliveira Lima – TOPBOOKS /
Folha de São Paulo (Grandes Nomes do Pensamento Brasileiro).
21. Heráldica - de Luiz Marques Poliano - Ed. GRD e Rio Arte - S.Paulo - Rio - 1986.
22. História das Idéias Socialistas no Brasil – de Vamireh Chacon – Edição conjunta de:
Edições UFC e Editora Civilização Brasileira – Fortaleza / Rio de Janeiro, 1981 – O
capítulo “4 – O Romântico de 1848: Abreu e Lima” nos fala sobre o General José Inácio
de Abreu e Lima, o “General das Massas”, um dos primeiros socialistas brasileiros. É
genial.
23. História de um Príncipe - de J. A. Gueiros - Record - Rio de Janeiro – 1997. O livro é
uma biografia de D. João Maria de Orleans e Bragança (irmão de D. Pedro Gastão, de
Petrópolis). D. João Maria, que reside em Paraty-RJ, é pai de D. João Henrique,
também conhecido como D. Joãozinho, que é fotógrafo internacional e campeão de
surf.
24. História Diplomática do Brasil - de Delgado de Carvalho - Companhia Editora
Nacional - São Paulo - 1959. Livro feito a partir de curso que o autor ministrou no
Instituto Rio Branco, instituição vinculada ao Ministério das Relações Exteriores que,
em curso superior de dois anos de duração prepara os futuros diplomatas de carreira.
O Brasil é um dos 5 (cinco), se não me engano, países onde os diplomatas constituem
quadro de carreira no Serviço Público, razão pela qual a nossa diplomacia tem fama
mundial de eficiência.
25. História do Brasil - (Edição do Centenário) - de Rocha Pombo - Edição do Annuário
do Brasil - Rio de Janeiro. Esta obra contradiz o mito de que o Exército era republicano
quando fala sobre o estado de prontidão em que ficaram as tropas na Bahia
(comandadas pelo Marechal Hermes da Fonseca, irmão do Marechal Deodoro da
Fonseca e pai do futuro Marechal Hermes, Presidente da República na República
Velha), à espera das ordens para marcharem contra as tropas rebeladas no Rio de
Janeiro. As ordens nunca chegaram provavelmente porque a primeira providência dos
republicanos foi a ocupação da estação de telégrafo no Rio. Com a notícia da partida
de D. Pedro II para a Europa em vista do banimento da Família Imperial, no dia 17 de
novembro de 1889, o Marechal Hermes desmobilizou as tropas sob o seu comando,
aceitando a nova situação.
26. História do Brasil - de Américo Jacobina Lacombe - Elditora Nacional - São Paulo -
1979. Muito interessante. Com muita sorte pode ser encontrado em sebos.
27. História do Brasil - de Hélio Vianna - Companhia Melhoramentos - São Paulo – 1994.
Obs.: um dos melhores livros sobre História do Brasil. Disponível, certamente, em
bibliotecas, ou, com muita sorte, em sebos. É correto tanto quanto ao Império quanto à
República.
28. História do Liberalismo Brasileiro – de Antonio Paim – Ed. Mandarim – 1998.
29. História dos Partidos Brasileiros - de Vamireh Chacon - Editora Universidade de
Brasília - Há duas partes que interessam mais de perto: Os Partidos no Império (da pág.
23 à 56) e o Anexo sobre o Império (da pág. 217 à 270).
30. História Geral - de Delgado de Carvalho (4 volumes) - Ed. Record -
31. Ilusão Americana (A) - de Eduardo Prado - Ed. IBRASA - São Paulo - 1980. Livro
clássico, com análises válidas até hoje. Foi um dos primeiros (se não foi o primeiro)
livros censurados no início da República.

32. Imperatriz Leopoldina do Brasil - A contribuição da casa Habsburg-Lothringen e da


cultura austríaca ao desenvolvimento do Brasil durante a Monarquia no século XIX. De
Johanna Prantner - Ed. Vozes - Petrópolis – 1997. Título do original austríaco: Kaiserin
Leopoldine von Brasilien - Der Beitrag des Hauses Habsburg-Lothringen und
österreichischen Geistesgutes zur Entwicklung Brasiliens während der Monarchie im 19.
Jahrhundert

33. Império Brasileiro (O) - de Oliveira Lima - Ed. Itatiaia Ltda. - Ed. da Universidade de
São Paulo - São Paulo – 1989.
34. Instituições Políticas Democráticas – de Olavo Brasil de Lima Júnior – Jorge Zahar
Editor - 1997.
35. Isabel A Princesa Redentora - de Lourenço Luiz Lacombe - Instituto Histórico de
Petrópolis - 1989
36. Legitimidade Monárquica no Brasil (A) - de Armando Alexandre dos Santos -
Artpress - São Paulo - 2ª edição – 1989. O livro traz vários esquemas genealógicos da
Família Imperial Brasileira.
37. Momentos Decisivos da História do Brasil – de Antonio Paim – Ed. Martins Fontes –
2000.
38. Monarquia - Verdades e Mentiras - de Paulo Napoleão Nogueira da Silva – Edições
GRD -
39. Monarquia Brasileira (A) - de José Murilo de Carvalho - Ed. Ao Livro Técnico - Rio de
Janeiro - 1993.
40. Ocaso do Socialismo (O) - de João Camillo de Oliveira Torres - Livraria Editora Agir -
Rio de Janeiro - 1970. A importância principal está nas citações do Arquiduque Otto, da
Áustria, quando discorre sobre o caráter suprapartidário da monarquia.
41. Panorama da História Universal - de Jacques-Henri Pirenne - Difusão Européia do
Livro - Editora da Universidade de São Paulo - 1973
42. Parlamentarismo - Fundamentos Históricos e Constitucionais - de Philippe
Lauvaux - Jorge Zahar Editor - 1987
43. Parlamentarismo (O) - de Douglas Verney - Texto que consta da Parte II - O Estado -
do livro Política e Sociedade - Org. de Fernando Henrique Cardoso e Carlos Estevam
Martins - Companhia Editora Nacional - São Paulo – 1979.
44. Parlamentarismo em Estados Contemporâneos – Os modelos da Inglaterra, de
Portugal, da França e da Alemanha – de Paulo Márcio Cruz – Co-Edição de: Editora
da Univali e Editora da FURB – Itajaí – Bumenau SC, 1998.
45. Parlamentarismo, sim! Mas à brasileira com Monarca e com Poder Moderador
eficaz e paternal. De Armando Alexandre dos Santos - Artpress - São Paulo - 1992
46. Pedro I - O Português Brasileiro - de Paulo Napoleão Nogueira da Silva - Editora
Forense - 2000.
47. Pedro II e o Século XIX - de Lídia Besouchet - Ed. Nova Fronteira - Rio de Janeiro
1993. Excelente biografia de D. Pedro II que mostra muito bem o seu lado ecumênico e
científico.
48. Presença dos Estados Unidos no Brasil (Dois séculos de história) – de Moniz
Bandeira – Editora Civilização Brasileira – Rio de Janeiro, 1973. Apresenta, muito bem,
a intromissão norte-americana nos assuntos do Brasil, já desde a colônia. Até 1889 os
EUA não conseguiram sucesso nas tentativas de “meter o bedelho” nas nossas coisas;
foi somente com o surgimento da República que eles conseguiram.
49. Princesa de Fibra (Uma) - A Imperatriz Carolina Josefa Leopoldina - de Maria de
Lourdes Horta - Edição do Museu Imperial de Petrópolis - IPHAN - Secretaria de Apoio
à Cultura - Ministério da Cultura - Governo do Brasil - Petrópolis - RJ – 1997. Texto
escrito especialmente para o público infanto-juvenil.
50. Princesa Isabel - Uma Vida de Luzes e Sombras - de Hermes Vieira - Ed. GRD - São
Paulo – 1990.
51. Princípio de Subsidiariedade (O) - Conceito e Evolução - de José Alfredo de
Oliveira Baracho - Editora Forense - Rio de Janeiro – 1996.
52. Projetos Para O Brasil – de José Bonifácio de Andrada e Silva – Companhia das
Letras – 1998.
53. Quatro Coroas de D. Pedro I (As) - de Sérgio Corrêa da Costa - Ed. Paz e Terra -
São Paulo - 1996 - Obs.: A do Brasil (com o título de D. Pedro I), a de Portugal (com o
título de D. Pedro IV), a da Grécia (oferecida em 16 de abril de 1822), a da Espanha
(oferecida em 24 de agosto de 1826) Obs: as coroas da Grécia e da Espanha não
foram, naturalmente, aceitas.
54. Que É O Feudalismo? - De F. L. Ganshof - Coleção Saber - Publicações Europa -
América - Lisboa.
55. Regalismo Brasileiro (O) – de Brasil Gérson – Editora Cátedra / MEC – 1978.
56. Relíquias da Nossa História – de Américo Jacobina Lacombe – Editora Itatiaia – 1988.
57. Revivendo o Brasil Império - de Leopoldo Bibiano Xavier - Ed. Artpress - São Paulo –
1991.
58. Sistema Político do Império (O) - de Brasil Gerson - Progresso Editora - Bahia - 1970
59. Templários (Os) - Esses grandes senhores de mantos brancos - De Michel Lamy -
Editorial Notícias - Lisboa.
60. Templários: Os Cavaleiros de Deus - De Edward Burman - Coleção Nova Era - Ed.
Record - Rio de Janeiro - 1995.
61. Teoria das Formas de Governo (A) - de Norberto Bobbio - Ed. Universidade de
Brasília – 1992.
62. Teoria Geral do Estado – de Sahid Maluf – Editora Saraiva – A parte referente a
formas de governo e a outra referente ao parlamentarismo no Brasil mostra bem o que
era o sistema político no Segundo Reinado.
63. Títulos e Brasões - Sinais da Nobreza - de Vera Lúcia Bottrel Tostes - JC Editora -
Rio de Janeiro - 1996.

A MONARQUIA BRASILEIRA