Вы находитесь на странице: 1из 145

530

Questões
Comentadas
INSS
QUESTÕES COMENTADAS DO INSS
Todos os direitos autorais desta obra são protegidos pela Lei nº 9.610, de 19/12/1998.
Proibida a reprodução, total ou parcialmente, sem autorização prévia expressa por escrito da editora e do autor. Se
você conhece algum caso de “pirataria” de nossos materiais, denuncie pelo sac@novaconcursos.com.br.

OBRA
Questões Comentadas INSS

AUTORES
Direito Previdenciário - Mariela Cardoso
Direito Administrativo - Bruna
Direito Constitucional - Guilherme Cardoso
Ética no Serviço Público - Bruna
Legislação da Assistência Social - Ana Maria
Legislação Previdenciária - Mariela Cardoso
Língua Portuguesa - Zenaide
Noções de Informática - Carlos Quiqueto
Raciocínio Lógico - Evelise
Regime Jurídico dos Servidores Públicos - Bruna

PRODUÇÃO EDITORIAL/REVISÃO
Emanuela Amaral de Souza
Suelen Domenica Pereira

DIAGRAMAÇÃO
Willian Lopes

CAPA
Joel Ferreira dos Santos

Publicado em 09/2018

www.novaconcursos.com.br

sac@novaconcursos.com.br
SUMÁRIO

QUESTÕES
Língua Portuguesa...................................................................................................................................................................................01
Raciocínio Lógico....................................................................................................................................................................................08
Noções de Informática............................................................................................................................................................................16
Direito Administrativo............................................................................................................................................................................29
Ética no Serviço Público.........................................................................................................................................................................35
Regime Jurídico dos Servidores Públicos..............................................................................................................................................41
Direito Constitucional............................................................................................................................................................................47
Direito Previdenciário.............................................................................................................................................................................53
Legislação da Assistência Social.............................................................................................................................................................59
Legislação Previdenciária.......................................................................................................................................................................65
SUMÁRIO

GABARITO COMENTADO
Língua Portuguesa.................................................................................................................................................................................... 71
Raciocínio Lógico..................................................................................................................................................................................... 73
Noções de Informática............................................................................................................................................................................. 77
Direito Administrativo............................................................................................................................................................................. 82
Ética no Serviço Público.......................................................................................................................................................................... 87
Regime Jurídico dos Servidores Públicos............................................................................................................................................... 91
Direito Constitucional............................................................................................................................................................................. 95
Direito Previdenciário............................................................................................................................................................................ 104
Legislação da Assistência Social............................................................................................................................................................ 111
Legislação Previdenciária...................................................................................................................................................................... 118
Já na Inglaterra, se fosse uma trabalhadora qualquer, a
LÍNGUA PORTUGUESA rainha Elizabeth II, de 76 anos de idade, poderia estar apo-
sentada há 16 anos. Em um país onde os chefes de Estado
costumam permanecer no trono até a morte, as súditas têm
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em seu o direito de se aposentar com 60 anos de vida. Os súditos,
discurso na reabertura do Congresso que o “vírus da inflação com 65 anos.
voltou a ser uma ameaça real”. Em sua fala de 21 minutos aos
senadores e deputados, o presidente alertou também para a Funcionários públicos e trabalhadores comuns recebem
piora do cenário econômico internacional e afirmou que o 350 libras de pensão por mês, metade do salário mínimo na
aperto fiscal de seu governo durará o “tempo necessário”. Se- Inglaterra. Para ter direito a esse benefício, os britânicos des-
contam em média 10% do que recebem.
gundo Lula, “teremos tempos difíceis pela frente. O mundo
entrou em um período de maiores incertezas”. Além disso, todos são obrigados a pagar um plano de
aposentadoria particular, para complementar a pensão que
Folha de S. Paulo, 18/2/2003, capa (com adaptações). o Estado garante. O desconto médio é de 8% sobre os venci-
mentos. Assim fica assegurado um rendimento de metade do
salário da ativa.
01) No texto, o uso de aspas serve para alertar o leitor de que
as expressões destacadas têm duplo sentido. As vantagens da modernização do sistema todos os apo-
sentados britânicos percebem. Quem não tem onde morar
( ) CERTO ( ) ERRADO ganha casa do governo. Quando as pernas fraquejam, a con-
dução da prefeitura leva os velhinhos para qualquer lugar.
E, se já não der mais para sair de casa, um assistente social
entrega comida na porta.
02) O emprego da expressão “alertou também” reforça a in-
formação negativa contida nas palavras do presidente Internet: <http://jornalnacional.globo.com/semana>.
anteriormente citadas. Acesso em 22/2/2003 (com adaptações).

( ) CERTO ( ) ERRADO
05) O sétimo parágrafo do texto pode ser reescrito da se-
guinte forma, mantendo-se correta a pontuação: As
03) A relação entre as ideias das duas últimas orações do vantagens da modernização do sistema, todos os apo-
texto poderia ser representada por qualquer uma das sentados britânicos percebem: quem não tem onde mo-
conjunções a seguir: uma vez que, já que, pois, porque. rar, ganha casa do governo; quando as pernas fraque-
jam, a condução da prefeitura leva os velhinhos para
( ) CERTO ( ) ERRADO qualquer lugar; e, se já não der mais para sair de casa,
um assistente social entrega comida na porta.

04) Infere-se do texto que o atual governo brasileiro não ( ) CERTO ( ) ERRADO
acredita que uma guerra contra o Iraque de Saddam
Hussein possa acarretar dificuldades econômicas mais
acentuadas para países como o Brasil, quase autossufi- 06) A forma verbal “percebem” está sendo utilizada com o
ciente em petróleo. sentido de recebem proventos.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

Há 40 anos nos Estados Unidos da América (EUA), os gaú- No ano passado, as forças armadas brasileiras gastaram
chos Cláudio e Lourdes aposentaram-se pelo sistema de pre- R$ 8 bilhões para pagar o soldo dos militares e R$ 12 bilhões
vidência norte-americano e recebem do governo o chamado para depositar pensões e aposentadorias. Parte desses bene-
seguro social. Cláudio recebe US$ 900 por mês e Lourdes, fícios financia os chamados regimes especiais. O benefício a
US$ 450, benefícios que garantem as necessidades básicas. que as filhas de militares têm direito foi criado na época da
Guerra do Paraguai. O governo previa baixas no conflito e es-
Assim como o casal de brasileiros, 44 milhões de aposen- tabeleceu uma garantia para as famílias dos combatentes. A
tados recebem um seguro social nos EUA. Para se aposentar, pensão vale até hoje — 132 anos depois da guerra. Só os mi-
trabalhadores dos setores público e privado seguem basica- litares que ingressaram a partir de 2000 não deixam a pensão
mente as mesmas regras. O benefício é calculado de acordo vitalícia para as filhas.
com a contribuição do trabalhador ao longo da vida ativa. É
LÍNGUA PORTUGUESA

preciso contribuir durante 35 anos, com 6,2% do salário. Internet: <http://www.globo.jornalnacional> (com adap-
tações).
A maioria dos trabalhadores se aposenta aos 62 anos. O
valor médio do benefício mensal é de US$ 750.
07) Depreende-se das informações do texto que os termos
Mas o que garante uma aposentadoria tranquila não é “soldo”, “pensões” e “aposentadorias” estão sendo reto-
apenas o seguro social, explica um especialista em previdên- mados de forma sintética pela expressão “benefícios”.
cia. O norte-americano tem que ter suas próprias economias
ou um fundo de pensão complementar. ( ) CERTO ( ) ERRADO

1
08) A expressão “vitalícia” tem o sentido de assegurada de- 10) Conclui-se da leitura do texto que tanto o “tempo não-
pois da morte do genitor. -livre” quanto o “tempo livre” são condicionados pela
sociedade.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

INSS – Analista do Seguro Social – CESPE 2008


11) Do primeiro parágrafo do texto, depreende-se que a
ideia de tempo livre, isto é, a de tempo não ocupado
Tempo livre pelo trabalho, não é nova.
A questão do tempo livre — o que as pessoas fazem com ( ) CERTO ( ) ERRADO
ele, que chances eventualmente oferece o seu desenvolvi-
mento — não pode ser formulada em generalidade abstrata.
A expressão, de origem recente — aliás, antes se dizia ócio, e
este era privilégio de uma vida folgada e, portanto, algo qua- 12) Na linha 11, o termo “encantamento” faz referência ao
litativamente distinto e muito mais grato —, opõe-se a outra: poder exercido pela sociedade sobre as pessoas.
à de tempo não-livre, aquele que é preenchido pelo trabalho
e, poderíamos acrescentar, na verdade, determinado de fora. ( ) CERTO ( ) ERRADO

O tempo livre é acorrentado ao seu oposto. Essa oposi-


ção, a relação em que ela se apresenta, imprime-lhe traços Em busca do tempo (livre) perdido
essenciais. Além do mais, muito mais fundamentalmente, o
tempo livre dependerá da situação geral da sociedade. Mas Tempo é sinônimo de dinheiro desde que a Revolução In-
esta, agora como antes, mantém as pessoas sob um fascínio. dustrial mudou para sempre os meios de produção. O resul-
Decerto, não se pode traçar uma divisão tão simples entre tado acabou sendo, de certa forma, nefasto para o trabalha-
as pessoas em si e seus papéis sociais. Em uma época de in- dor. Hoje se passam horas demais no ambiente de trabalho e
tegração social sem precedentes, fica difícil estabelecer, de horas de menos com a família. Até as férias foram minguan-
forma geral, o que resta nas pessoas, além do determinado do. “O excesso de trabalho é um fenômeno global. O merca-
pelas funções. Isso pesa muito sobre a questão do tempo do global e a tecnologia de comunicação instantânea fizeram
livre. Mesmo onde o encantamento se atenua e as pessoas do trabalhador um escravo do relógio.
estão ao menos subjetivamente convictas de que agem por
vontade própria, isso ainda significa que essa vontade é mo- E nós nos tornamos escravos dessa tecnologia. É impor-
delada por aquilo de que desejam estar livres fora do horário tante colocar limites, caso contrário, o trabalho dominará
de trabalho. nossas

A indagação adequada ao fenômeno do tempo livre seria, vidas”, diz Joe Robinson, autor do livro Trabalhar para
hoje, esta: “Com o aumento da produtividade no trabalho, Viver. Em todo o mundo, uma série de organizações tem
mas persistindo as condições de não-liberdade, isto é, sob buscado colocar a redução e a flexibilização do horário de
relações de produção em que as pessoas nascem inseridas e trabalho e o aumento do período de férias na pauta política
que, hoje como antes, lhes prescrevem as regras de sua exis- de seus países. “Nos Estados Unidos, temos as menores fé-
tência, o que ocorre com o tempo livre?” Se se cuidasse de rias do mundo industrializado: 8,1 dias depois de um ano de
responder à questão sem asserções ideológicas, tornar-se-ia trabalho e 10 dias depois de três anos”, acrescenta Robinson.
imperiosa a suspeita de que o tempo livre tende em direção
contrária à de seu próprio conceito, tornando-se paródia Galileu, out./2005 (com adaptações).
deste. Nele se prolonga a não-liberdade, tão desconhecida
da maioria das pessoas não-livres como a sua não-liberdade
em si mesma. 13) Na oração “O resultado acabou sendo, de certa forma, ne-
fasto para o trabalhador”, a retirada da expressão “para
T. W. Adorno. Palavras e sinais, modelos críticos 2. Ma- o trabalhador”, que complementa o vocábulo “nefasto”,
ria Helena Ruschel (Trad.). Petrópolis: Vozes, 1995, p. 70-82 não alteraria as relações semânticas do texto, visto que
(com adaptações). o emprego desse vocábulo é suficiente para que se com-
preendam.
Considerando os sentidos e aspectos linguísticos do texto
acima, julgue os próximos itens. ( ) CERTO ( ) ERRADO

INSS - Técnico do Seguro Social - CESPE 2008


LÍNGUA PORTUGUESA

09) Como, de acordo com o texto, as características essen-


ciais ao “tempo livre” se baseiam na oposição entre este
e o “tempo não-livre”, é correto concluir que as formas Como nasce uma história
de uso do “tempo livre” serão as mesmas em qualquer
época. (fragmento)
( ) CERTO ( ) ERRADO Quando cheguei ao edifício, tomei o elevador que serve
do primeiro ao décimo quarto andar. Era pelo menos o que
dizia a tabuleta no alto da porta.

2
— Sétimo — pedi. 16) O gênero textual apresentado permite o emprego da
linguagem coloquial, como ocorre, por exemplo, em
A porta se fechou e começamos a subir. Minha atenção se “Qualquer um, não sendo irremediavelmente burro” e
fixou num aviso que dizia: “um tijolo de burrice”.

É expressamente proibido os funcionários, no ato da subi- ( ) CERTO ( ) ERRADO


da, utilizarem os elevadores para descerem.

Desde o meu tempo de ginásio sei que se trata de proble- Um dos indicadores de saúde comumente utilizados no
ma complicado, este do infinito pessoal. Prevaleciam então Brasil é a esperança de vida ao nascer, que corresponde ao
duas regras mestras que deveriam ser rigorosamente obede- número de anos que um indivíduo vai viver, considerando-
cidas. Uma afirmava que o sujeito, sendo o mesmo, impedia -se a duração média da vida dos membros da população. O
que o verbo se flexionasse. Da outra infelizmente já não me valor desse índice tem sofrido modificações substanciais no
lembrava. decorrer do tempo, à medida que as condições sociais me-
lhoram e as conquistas da ciência e da tecnologia são coloca-
Mas não foi o emprego pouco castiço do infinito pessoal das a serviço do homem.
que me intrigou no tal aviso: foi estar ele concebido de ma-
neira chocante aos delicados ouvidos de um escritor que se
preza. A julgar por estudos procedidos em achados fósseis e em
sítios arqueológicos, a esperança de vida do homem pré-his-
Qualquer um, não sendo irremediavelmente burro, en- tórico ao nascer seria extremamente baixa, em torno de 18
tenderia o que se pretende dizer neste aviso. Pois um tijolo anos; na Grécia e na Roma antigas, estaria entre 20 e 30 anos,
de burrice me baixou na compreensão, fazendo com que eu pouco tendo se modificado na Idade Média e na Renascença.
ficasse revirando a frase na cabeça: descerem, no ato da su- Mais recentemente, têm sido registrados valores progressi-
bida? Que quer dizer isto? E buscava uma forma simples e vamente mais elevados para a esperança de vida ao nascer.
correta de formular a proibição: Essa situação está ilustrada no gráfico abaixo, que mostra
a evolução da esperança de vida do brasileiro ao nascer, de
É proibido subir para depois descer. 1940 a 2000.

É proibido subir no elevador com intenção de descer.

É proibido ficar no elevador com intenção de descer,


quando ele estiver subindo.

Se quiser descer, não tome o elevador que esteja subindo.

Mais simples ainda:

Se quiser descer, só tome o elevador que estiver descendo.

De tanta simplicidade, atingi a síntese perfeita do que


Nelson Rodrigues chamava de óbvio ululante, ou seja, a
enunciação de algo que não quer dizer absolutamente nada:
Se quiser descer, não suba.

Fernando Sabino. A volta por cima. Rio de Janeiro: Re- M. Z. Rouquayrol e N. de Almeida Filho. In: Epidemiologia
cord, 1995, p. 137-140 (com adaptações). e saúde. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003, p. 68 (com adaptações).
Acerca do gênero textual e das estruturas linguísticas do
texto acima, julgue os itens a seguir. 17) No Brasil, o fenômeno do aumento da esperança de vida
ao nascer atinge de maneira uniforme todas as classes
sociais, pois esse indicador não é influenciado pela ren-
14) O sentido do período seria mantido, mas a correção gra- da familiar.
matical seria prejudicada, caso se substituísse “atingi a
síntese perfeita” por cheguei à síntese perfeita. ( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

18) O termo “Essa situação”, empregado no último período


do texto, refere-se exclusivamente à informação presta-
15) O trecho das linhas 5 e 6 pode ser reescrito, com corre- da no penúltimo período.
ção gramatical, da seguinte maneira: É expressamente
proibido a utilização dos elevadores que tiverem subindo ( ) CERTO ( ) ERRADO
pelos funcionários que desejarem descer.

( ) CERTO ( ) ERRADO

3
Texto I 20) De acordo com o desenvolvimento e a organização das
ideias do texto I, depreende-se que “segmento que de-
Envelhecimento, pobreza e proteção social na Amé- manda
rica Latina
maiores recursos monetários e cuidados humanos, afe-
O processo de envelhecimento populacional, no seu tivos e psicológicos” e “segmento com idade avançada”
primeiro estágio, resulta em um aumento, pelo menos rela- referem-se ao mesmo conjunto de indivíduos.
tivo, da oferta da força de trabalho. Nas etapas posteriores,
a proporção desse grupo no total da população diminui e, ( ) CERTO ( ) ERRADO
eventualmente, diminuirá em termos absolutos, como é a
situação atual do Japão e de vários países europeus. Por ou-
tro lado, o segmento com idade avançada passa a ser o que INSS - Perito Médico Previdenciário - CESPE 2010
mais cresce. Esse crescimento acentuado do segmento que
demanda maiores recursos monetários e cuidados humanos, A Revolta da Vacina
afetivos e psicológicos, em face da redução do contingente
populacional em idade ativa, fez com que o envelhecimento O Rio de Janeiro, na passagem do século XIX para o sé-
populacional entrasse na agenda das políticas públicas pelo culo XX, era ainda uma cidade de ruas estreitas e sujas, sa-
lado negativo, ou seja, ele é visto como “um problema”. neamento precário e foco de doenças como febre amarela,
varíola, tuberculose e peste. Os navios estrangeiros faziam
A. A. Camarano e M.T. Pasinato. Texto para discussão.
Brasília: IPEA, 2007. questão de anunciar que não parariam no porto carioca e
os imigrantes recém-chegados da Europa morriam às deze-
nas de doenças infecciosas.
Texto II
Ao assumir a presidência da República, Francisco de
Os impactos sociais da velhice Paula Rodrigues Alves instituiu como meta governamental
o saneamento e reurbanização da capital da República. Para
IdadeAtiva — No caso da previdência, os idosos são o assumir a frente das reformas, nomeou Francisco Pereira
grande problema? Passos para o governo municipal. Este, por sua vez, chamou
os engenheiros Francisco Bicalho para a reforma do porto e
Ana Amélia Camarano — Eu acho que esse é outro en- Paulo de Frontin para as reformas no centro. Rodrigues Alves
gano. Claro que você tem mais gente idosa e gente vivendo nomeou ainda o médico Oswaldo Cruz para o saneamento.
mais. Agora, o que acontece é que o nosso modelo de previ-
dência é o mesmo da Europa Ocidental, dos EUA, modelos O Rio de Janeiro passou a sofrer profundas mudanças,
desenhados no pós-guerra, quando havia emprego, as pes- com a derrubada de casarões e cortiços e o consequente des-
soas se aposentavam e ficavam pouco tempo aposentadas pejo de seus moradores. A população apelidou o movimento
porque morriam logo. Então, esse modelo está falido. Esse de o “bota-abaixo”. O objetivo era a abertura de grandes bu-
cenário mudou. Nós não estamos mais no mundo do traba- levares, largas e modernas avenidas com prédios de cinco ou
lho estável, não temos mais o pleno emprego e as relações de seis andares.
trabalho hoje passam pela flexibilização. E a tão
Ao mesmo tempo, iniciava-se o programa de saneamento
falada flexibilização significa informalização. A nossa po- de Oswaldo Cruz. Para combater a peste, ele criou brigadas
lítica social é toda ligada ao trabalho. A Constituição de sanitárias que cruzavam a cidade espalhando raticidas, man-
dando remover o lixo e comprando ratos. Em seguida o alvo
1988 mudou um pouco, mas até então só tinha direito ao foram os mosquitos transmissores da febre amarela.
benefício da previdência quem trabalhava. Era uma cidada-
nia ligada ao trabalho e, não, ao benefício do trabalhador. E Finalmente, restava o combate à varíola. Autoritariamen-
isso não é mais possível. Nós estamos caminhando para um te, foi instituída a lei de vacinação obrigatória. A população,
mundo sem trabalho. humilhada pelo poder público autoritário e violento, não
acreditava na eficácia da vacina. Os pais de família rejeita-
Internet: <www.techway.com.br> (com adaptações). vam a exposição das partes do corpo a agentes sanitários do
governo.
Com relação aos textos I e II, julgue os itens que se se-
guem. A vacinação obrigatória foi o estopim para que o povo, já
profundamente insatisfeito com o “bota-abaixo” e insuflado
pela imprensa, se revoltasse. Durante uma semana, enfren-
LÍNGUA PORTUGUESA

19) De acordo com o texto I, é correto afirmar que há países tou as forças da polícia e do exército até ser reprimido com
europeus em que a força de trabalho, em relação ao to- violência. O episódio transformou, no período de 10 a 16 de
tal da população, já se reduziu. novembro de 1904, a recém-reconstruída cidade do Rio de

( ) CERTO ( ) ERRADO Janeiro em uma praça de guerra, onde foram erguidas


barricadas e ocorreram confrontos generalizados.

Internet: <www.ccs.saude.gov.br> (com adaptações).

4
21) O texto faz um histórico da Revolta da Vacina, ocorrida INSS - Atividade Técnica de Suporte: Engenharia Elé-
no Rio de Janeiro, mostrando explicitamente o ponto de trica - CESPE 2010
vista do autor acerca do tema.
Da tomada para a estrada
( ) CERTO ( ) ERRADO
Dois modelos de veículo de uma montadora italiana,
movidos a energia elétrica, já estão prontos para rodar. Os
22) Mantém-se o sentido do texto e a correção gramatical protótipos foram desenvolvidos no Brasil pela empresa Itai-
caso se retire a vírgula que vem logo depois de “Este”. pu Binacional, com o objetivo de nacionalizar a tecnologia
de produção de carros elétricos. Basta colocá-los na tomada
por um período de oito horas para que eles estejam aptos a
( ) CERTO ( ) ERRADO
rodar aproximadamente 120 km. Os deslocamentos podem
ser velozes, já que os veículos conseguem atingir uma veloci-
dade de até 130 km por hora. O detalhe mais animador é que,
23) A expressão “confrontos generalizados” desempenha a para isso, se gasta de quatro a cinco vezes menos do que se
função sintática de complemento de “ocorreram”. forem utilizados combustíveis convencionais, como o álcool
ou a gasolina.
( ) CERTO ( ) ERRADO
O motorista que experimentar dirigir os protótipos não
deverá estranhá-los. “É muito simples guiá-los, pois as dife-
Cada um dos itens a seguir apresenta uma proposta de renças em relação aos carros tradicionais são mínimas”, ex-
reescritura do período “A vacinação obrigatória foi o estopim plica o engenheiro eletricista Celso Novais, coordenador
para que o povo, já profundamente insatisfeito com o ‘bota-
-abaixo’ e insuflado pela imprensa, se revoltasse.”. Julgue-os geral brasileiro do projeto Veículo Elétrico. “A principal
quanto à correção gramatical e à coerência com as ideias do distinção é que não existe partida. O veículo liga como se fos-
texto. se acionado por um interruptor.” Segundo Novais, quando
está parado - em um congestionamento, por exemplo -, o

24) O fato de haver vacinação compulsória, foi apenas mais veículo não consome energia. “A bateria que o alimenta
um dos elementos para que a população do Rio, insatis- é totalmente reciclável e pode ser recarregada cerca de 1.500
feita com o “bota-abaixo” e insuflada pela imprensa, se vezes.”
revoltasse.
O coordenador do projeto destaca o aspecto econômi-
( ) CERTO ( ) ERRADO co como uma das grandes vantagens do carro elétrico, ao
compará-lo com um veículo movido a gasolina. “Com um
litro do combustível, é possível percorrer 15 km em média.
No entanto, se o mesmo valor gasto com essa quantidade de
25) O povo por estar insatisfeito com o “bota-abaixo” e in- gasolina for empregado na compra de energia elétrica, é pos-
fluenciado pela imprensa se revoltou contra a vacina. sível rodar cerca de 40 km.” Além de enfatizar as vantagens
econômicas, Novais salienta os incontestáveis benefícios
( ) CERTO ( ) ERRADO ambientais. “O carro elétrico não faz barulho nem polui a at-
mosfera, já que não emite gás carbônico ou qualquer outra
substância química.”
26) A vacinação obrigatória foi o elemento essencial para
que ocorresse a Revolta da Vacina, embora a população Jaqueline Bartzen. Ciência Hoje. Internet: <cienciahoje.
já estivesse muito insatisfeita com o “bota-abaixo” e uol.com.br> (com adaptações).
sendo insuflada pela imprensa.

( ) CERTO ( ) ERRADO 29) O texto é uma reportagem sobre os veículos movidos a


energia elétrica que estão sendo usados no Brasil.

( ) CERTO ( ) ERRADO
27) A população do Rio fez uma revolta por causa da vacina-
ção obrigatória, uma vez que já estava insatisfeita com o
“bota-abaixo” e insufladas pela imprensa.
30) Sem prejuízo para a correção gramatical, o título da re-
portagem poderia ser Da tomada à estrada.
( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

( ) CERTO ( ) ERRADO
28) O fato de a vacinação contra a varíola ser obrigatória
levou o povo a se revoltar, embora houvesse outros mo- 31) De acordo com o texto, é correto inferir que a bateria
tivos, tais como o “bota-abaixo”, além da motivação da dos veículos elétricos só será reciclada se apresentar de-
imprensa. feito.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

5
32) A principal vantagem dos veículos movidos a energia Da parte de um juiz tão competente em matérias literá-
elétrica é o fato de serem muito semelhantes aos carros rias este ato é honroso para o Sr. Oliveira.
tradicionais, sendo que a principal distinção entre os
dois tipos é o mecanismo usado para ligar o carro. Estamos ansiosos por ler a peça do Sr. Oliveira, e ficamos
certos de que ela fará a fortuna de qualquer teatro.
( ) CERTO ( ) ERRADO
O amigo das letras.

Machado de Assis. A mulher de preto. In: Contos flumi-


33) A forma pronominal ‘los’, em ‘guiá-los’, faz referência a nenses. São Paulo: Globo, 1997 (com adaptações).
carros movidos a energia elétrica em geral.

( ) CERTO ( ) ERRADO 36) No texto, a palavra “fortuna” pode ser interpretada tanto
como sucesso quanto como riqueza.

34) A palavra ‘partida’ complementa o sentido da forma ver- ( ) CERTO ( ) ERRADO


bal ‘existe’.

( ) CERTO ( ) ERRADO 37) Do texto não é possível concluir se “o pobre namorado”


é Antônio Carlos de Oliveira ou o Sr. Dr. Estêvão Soares.

35) Entre os principais benefícios que o carro elétrico tra- ( ) CERTO ( ) ERRADO
rá aos consumidores, está o financeiro, uma vez que o
novo veículo será mais econômico e com valor de mer-
cado menor que o dos automóveis convencionais. 38) Depreende-se do texto que Antônio Carlos de Oliveira
vai iniciar uma atividade profissional ligada à propa-
( ) CERTO ( ) ERRADO ganda, para a qual tem muito talento.

( ) CERTO ( ) ERRADO
INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social -
CESPE 2016
39) A oração introduzida pela preposição “por” remete a
Levantou-se da cama o pobre namorado sem ter conse- uma ação anterior ao estado descrito na oração “Esta-
guido dormir. Vinha nascendo o Sol. mos ansiosos”.

Quis ler os jornais e pediu-os. ( ) CERTO ( ) ERRADO

Já os ia pondo de lado, por haver acabado de ler, quando


repentinamente viu seu nome impresso no Jornal do Comér- 40) (adaptada) O termo introduzido pela preposição “para”
cio. em “levou a sua amabilidade ao ponto de pedir a comé-
dia para ler segunda vez” exerce a função de comple-
mento do verbo “pedir”.
Era um artigo a pedido com o título de Uma Obra-Prima.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Dizia o artigo:

Temos o prazer de anunciar ao país o próximo apareci-


41) O vocábulo “que” classifica-se como conjunção e intro-
mento de uma excelente comédia, estreia de um jovem lite- duz o sujeito da oração “Consta-nos”.
rato fluminense, de nome Antônio Carlos de Oliveira.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Este robusto talento, por muito tempo incógnito, vai en-
fim entrar nos mares da publicidade, e para isso procurou
logo ensaiar-se em uma obra de certo vulto. Designado para fazer a crítica dos espetáculos líricos de
setembro de 1846 a outubro do ano seguinte no Jornal do Co-
Consta-nos que o autor, solicitado por seus numerosos mércio, Martins Pena se revelou um profundo conhecedor da
amigos, leu há dias a comédia em casa do Sr. Dr. Estêvão Soa- arte cênica, tanto no que se refere à prática teatral (cenário,
representação, maquinarias) quanto a sua história, sendo
PORTUGUESA

res, diante de um luzido auditório, que aplaudiu muito e pro-


LÍNGUA PORTUGUESA

fetizou no Sr. Oliveira um futuro Shakespeare. não raro seus incisivos argumentos a causa de grandes polê-
micas no teatro representado na corte brasileira.
O Sr. Dr. Estêvão Soares levou a sua amabilidade ao pon-
Pena ganhou evidência como comediógrafo a partir de
to de pedir a comédia para ler segunda vez, e ontem ao en- 1838, ano em que foi encenada sua peça O Juiz de Paz na
contrar-se na rua com o Sr. Oliveira, de tal entusiasmo vinha
LÍNGUA

Roça. Embora tenha produzido alguns dramas (que lhe ren-


possuído que o abraçou estreitamente, com grande pasmo deram duras críticas), destacou-se de fato pelas suas comé-
dos numerosos transeuntes. dias e farsas, nas quais retratou a cultura e os costumes da
sociedade do seu tempo.

6
Nas suas obras, Pena buscou uma tomada de consciên- 43) O trecho “dá muito trabalho” constitui uma referência
cia de um momento da história de nosso país, que recém de seu Joaquim à confecção da estante, tarefa que, se-
adquiria uma limitada independência, e tentou pensar cri- gundo ele, seria trabalhosa.
ticamente nossa cultura, com as restrições que o contexto
impunha ao trabalho intelectual, desvencilhando-se da tra- ( ) CERTO ( ) ERRADO
dição clássica, das comédias francesas, do teatro lírico e do
melodrama, para criar uma nova comédia com traços muito
pessoais, o que lhe garantiu sucesso imediato em seu tempo 44) De acordo com as informações do texto, é correto inferir
e um significado ímpar na história do teatro brasileiro. que seu Joaquim era analfabeto, uma vez que ele “dese-
nhou o endereço na nota”.
Internet: <www.questaodecritica.com.br> (com adapta-
ções). ( ) CERTO ( ) ERRADO

42) Depreende-se do texto que Martins Pena começou a 45) A expressão “armar ali a minha tenda” foi empregada
fazer sucesso imediatamente após começar a escrever no texto em sentido figurado.
para o Jornal do Comércio.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

46) De acordo com as informações do texto, Vinicius de Mo-


INSS - Técnico Seguro Social – CESPE 2016 raes passou a morar no apartamento onde antes residia
Mário Pedrosa.
Texto I
( ) CERTO ( ) ERRADO
Naquele novo apartamento da rua Visconde de Pirajá
pela primeira vez teria um escritório para trabalhar. Não era
um cômodo muito grande, mas dava para armar ali a minha 47) O “momento de hesitação” vivido pelo narrador deveu-
tenda de reflexões e leitura: uma escrivaninha, um sofá e -se ao medo de informar o endereço a um desconheci-
os livros. Na parede da esquerda ficaria a grande e sonhada do.
estante onde caberiam todos os meus livros. Tratei de enco-
mendá-la a seu Joaquim, um marceneiro que tinha oficina ( ) CERTO ( ) ERRADO
na rua Garcia D’Ávila com Barão da Torre.

O apartamento não ficava tão perto da oficina. Era qua- 48) (adaptada) O verbo dever (“deve ser 227”) foi empregado
se em frente ao prédio onde morava Mário Pedrosa, entre a no sentido de ser provável.
Farme de Amoedo e a antiga Montenegro, hoje Vinicius de
Moraes. Estava ali havia uma semana e nem decorara ain- ( ) CERTO ( ) ERRADO
da o número do prédio. Tanto que, quando seu Joaquim, ao
preencher a nota de encomenda, perguntou-me onde seria
entregue a estante, tive um momento de hesitação. Mas foi Bibliotecas sempre deram muito o que falar. Grandes
só um momento. Pensei rápido: “Se o prédio do Mário é 228, monarquias jamais deixaram de possuir as suas, e cuidavam
o meu, que fica quase em frente, deve ser 227”. Mas lembrei- delas estrategicamente. Afinal, dotes de princesas foram ne-
-me de que, ao ir ali pela primeira vez, observara que, apesar gociados tendo livros como objetos de barganha; tratados di-
plomáticos versaram sobre essas coleções. Os monarcas por-
de ficar em frente ao do Mário, havia uma diferença na nu- tugueses, após o terremoto que dizimou Lisboa, se orgulha-
meração. vam de, a despeito dos destroços, terem erguido uma grande
biblioteca: a Real Livraria. D. José chamava-a de joia maior
― Visconde de Pirajá, 127 ― respondi, e seu Joaquim do tesouro real. D. João VI, mesmo na correria da partida para
desenhou o endereço na nota. o Brasil, não se esqueceu dos livros. Em três diferentes levas,
a Real Biblioteca aportou nos trópicos, e foi até mesmo tema
― Tudo bem, seu Ferreira. Dentro de um mês estará lá de disputa.
sua estante.
Internet: <http://observatoriodaimprensa.com.br> (com
― Um mês, seu Joaquim! Tudo isso? Veja se reduz esse adaptações).
prazo.
Acerca de aspectos linguísticos e dos sentidos do texto
PORTUGUESA
LÍNGUA PORTUGUESA

― A estante é grande, dá muito trabalho... Digamos, três acima, julgue os itens que se seguem.
semanas.

Ferreira Gullar. A estante. In: A estranha vida banal. Rio 49) A Real Livraria foi erguida com os destroços resultantes
de Janeiro: José Olympio, 1989 (com adaptações) do terremoto que atingiu Lisboa, como símbolo da for-
LÍNGUA

ça de Portugal na superação da tragédia que acabava de


No que se refere aos sentidos do texto I, julgue os próxi- assolar o país.
mos itens.
( ) CERTO ( ) ERRADO

7
50) O sinal de dois-pontos empregado imediatamente após 55) (INSS - Analista do Seguro Social- CESPE/2016) Uma
“biblioteca” introduz um termo de natureza explicativa. população de 1.000 pessoas acima de 60 anos de idade
foi dividida nos seguintes dois grupos:
( ) CERTO ( ) ERRADO
A: aqueles que já sofreram infarto (totalizando 400 pes-
soas); e
RACIOCÍNIO LÓGICO
B: aqueles que nunca sofreram infarto (totalizando 600
pessoas).
51) (INSS - Analista do Seguro Social- CESPE/2016) Uma
população de 1.000 pessoas acima de 60 anos de idade Cada uma das 400 pessoas do grupo A é ou diabética ou
foi dividida nos seguintes dois grupos: fumante ou ambos (diabética e fumante).
A: aqueles que já sofreram infarto (totalizando 400 pes- A população do grupo B é constituída por três conjun-
soas); e tos de indivíduos: fumantes, ex-fumantes e pessoas que
nunca fumaram (não fumantes).
B: aqueles que nunca sofreram infarto (totalizando 600
pessoas). Com base nessas informações, julgue o item subsecuti-
vo.
Cada uma das 400 pessoas do grupo A é ou diabética ou
fumante ou ambos (diabética e fumante). Se, no grupo B, a quantidade de fumantes for igual a
20% do total de pessoas do grupo e a quantidade de
A população do grupo B é constituída por três conjun- ex-fumantes for igual a 30% da quantidade de pessoas
tos de indivíduos: fumantes, ex-fumantes e pessoas que fumantes desse grupo, então, escolhendo-se aleatoria-
nunca fumaram (não fumantes). mente um indivíduo desse grupo, a probabilidade de ele
não pertencer ao conjunto de fumantes nem ao de ex-
Com base nessas informações, julgue o item subsecuti- -fumantes será inferior a 70%.
vo.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Se, das pessoas do grupo A, 280 são fumantes e 195 são
diabéticas, então 120 pessoas desse grupo são diabéti-
cas e não são fumantes. (INSS – Técnico do Seguro Social – CESPE/2016) Julgue
os itens a seguir, relativos a raciocínio lógico e opera-
( ) CERTO ( ) ERRADO ções com conjuntos.

52) (INSS - Analista do Seguro Social- CESPE/2016) Com 56) A sentença “Bruna, acesse a Internet e verifique a data
relação a lógica proposicional, julgue o item subse- da aposentadoria do Sr. Carlos!” é uma proposição com-
quente. posta que pode ser escrita na forma p ∧ q.

Considerando-se as proposições simples “Cláudio pra- ( ) CERTO ( ) ERRADO


tica esportes” e “Cláudio tem uma alimentação balan-
ceada”, é correto afirmar que a proposição “Cláudio pra-
tica esportes ou ele não pratica esportes e não tem uma 57) Para quaisquer proposições p e q, com valores lógicos
alimentação balanceada” é uma tautologia. quaisquer, a condicional p ⇒ (q ⇒ p) será, sempre, uma
tautologia.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

53) (INSS - Analista do Seguro Social- CESPE/2016) Na ló-


gica proposicional, a oração “Antônio fuma 10 cigarros 58) Caso a proposição simples “Aposentados são idosos”
por dia, logo a probabilidade de ele sofrer um infarto é tenha valor lógico falso, então o valor lógico da proposi-
três vezes maior que a de Pedro, que é não fumante” re- ção “Aposentados são idosos, logo eles devem repousar”
presenta uma proposição composta. será falso.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA
LÓGICO

54) (INSS - Analista do Seguro Social- CESPE/2016) Supon- 59) Dadas as proposições simples p: “Sou aposentado” e q:
do-se que p seja a proposição simples “João é fumante”, “Nunca faltei ao trabalho”, a proposição composta “Se
RACIOCÍNIO

que q seja a proposição simples “João não é saudável” e sou aposentado e nunca faltei ao trabalho, então não
que p ⇒ q, então o valor lógico da proposição “João não sou aposentado” deverá ser escrita na forma (p ∧ q) ⇒
é fumante, logo ele é saudável” será verdadeiro. ~p, usando-se os conectivos lógicos.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

8
60) (INSS – Técnico do Seguro Social – CESPE/2016) Se A, B e C forem conjuntos quaisquer tais que A, B ⊂ C, então (C \ A) ∩
(A ∪ B) = C ∩ b)

( ) CERTO ( ) ERRADO

61) (INSS - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL - CESPE/2016) Art. 21. A alíquota de contribuição dos segurados

contribuinte individual e facultativo será de vinte por cento sobre o respectivo salário-de-contribuição.

Considerando o art. 21 da Lei n.º 8.212/1991, acima reproduzido, julgue o item seguinte.

Se o valor da contribuição de um segurado contribuinte individual for superior a R$ 700,00, então o salário-de-contribui-
ção desse indivíduo é superior a R$ 3.500,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

(INSS – Técnico do Seguro Social – CESPE/2003) A Guia da Previdência Social (GPS), cujo modelo é apresentado abaixo,
é o documento hábil para o recolhimento das contribuições sociais dos contribuintes individuais da previdência social.

Os prazos para recolhimento das contribuições previdenciárias em GPS são: • até o dia 15 do mês seguinte àquele a que
as contribuições se referirem, prorrogando-se o vencimento para o dia útil subsequente quando não houver expediente
bancário, para os contribuintes individuais, facultativos e domésticos; • até o dia 20 de dezembro, antecipando-se o venci-
mento para o dia útil imediatamente anterior, quando não houver expediente bancário, para as contribuições incidentes
sobre o 13.º salário.

62) Considerando que o “VALOR DO INSS” constante na GPS acima corresponda a 19,65% do salário-de-contribuição de um
empregado doméstico, é correto concluir que esse empregado recebe um salário mensal superior a R$ 340,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

63) A GPS acima foi gerada após 15/2/2003 e o valor relativo ao campo “ATM/MULTA E JUROS” corresponde a mais de 4% do
LÍNGUA PORTUGUESA

“VALOR DO INSS”.
LÓGICO

( ) CERTO ( ) ERRADO
RACIOCÍNIO

64) (IFF – Técnico Administrativo – CESPE/2018) A quantia de R$ 360.000 deverá ser repassada às escolas A, B e C para com-
plemento da merenda escolar. A distribuição será em partes diretamente proporcionais às quantidades de alunos de cada
escola. Sabe-se que a escola A tem 20% a mais de alunos que a escola B e que a escola C tem 20% a menos de alunos que a
escola b) Nesse caso, a escola A deverá receber

9
a) R$ 140.000. 69) (TRF 1ª REGIÃO – Analista – CESPE/2017) Em uma reu-
nião de colegiado, após a aprovação de uma matéria po-
b) R$ 144.000. lêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 contra, um dos
11 presentes fez a seguinte afirmação: “Basta um de nós
c) R$ 168.000. mudar de ideia e a decisão será totalmente modificada.”
d) R$ 192.000. Considerando a situação apresentada e a proposição
correspondente à afirmação feita, julgue o próximo
e) R$ 216.000. item.

A tabela-verdade da referida proposição, construída a


65) (PC/MA – Escrivão de Polícia– CESPE/2018) A qualida- partir dos valores lógicos das proposições simples que
de da educação dos jovens sobe ou a sensação de segu- a compõem, tem mais de 8 linhas.
rança da sociedade diminui.

Proposição CG1A5AAA ( ) CERTO ( ) ERRADO

A qualidade da educação dos jovens sobe ou a sensação


de segurança da sociedade diminui. 70) (TRT 7ªREGIÃO – Técnico Judiciário – CESPE/2017)
Texto CB1A5AAA – Proposição P
A quantidade de linhas da tabela-verdade correspon-
dente à proposição CG1A5AAA é igual a A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga-
a) 2. mento; o juiz julgou, pois, procedente a ação movida
pelo ex-empregado.
b) 4.
A quantidade mínima de linhas necessárias na tabela-
c) 8.
-verdade para representar todas as combinações possí-
d) 16. veis para os valores lógicos das proposições simples que
compõem a proposição P do texto CB1A5AAA é igual a
e) 32.
a) 32.

66) (EBSERH – Analista Administrativo – CESPE/2018) Se b) 4.


P, Q e R forem proposições simples e se ~R indicar a ne-
gação da proposição R, então, independentemente dos c) 8.
valores lógicos V = verdadeiro ou F = falso de P, Q e R, a
proposição P→Q∨(~R) será sempre V. d) 16.

( ) CERTO ( ) ERRADO
71) (SERES/PE – Agente de Segurança Penitenciária – CES-
PE/2017) A partir das proposições simples P: “Sandra
67) (ABIN – Oficial Técnico de Inteligência – CESPE/2018) foi passear no centro comercial Bom Preço”, Q: “As lo-
Julgue o item a seguir, a respeito de lógica proposicio- jas do centro comercial Bom Preço estavam realizando
nal. liquidação” e R: “Sandra comprou roupas nas lojas do
Bom Preço” é possível formar a proposição composta S:
A proposição “Os Poderes Executivo, Legislativo e Judi- “Se Sandra foi passear no centro comercial Bom Preço e
ciário devem estar em constante estado de alerta sobre se as lojas desse centro estavam realizando liquidação,
as ações das agências de inteligência.” pode ser corre- então Sandra comprou roupas nas lojas do Bom Preço
tamente representada pela expressão lógica PΛQΛR, em
ou Sandra foi passear no centro comercial Bom Preço”.
que P, Q e R são proposições simples adequadamente
escolhidas. Considerando todas as possibilidades de as proposições
P, Q e R serem verdadeiras (V) ou falsas (F), é possível
( ) CERTO ( ) ERRADO construir a tabela-verdade da proposição S, que está ini-
ciada na tabela mostrada a seguir.

68) (ABIN – Oficial Técnico de Inteligência – CESPE/2018) P Q R S


LÍNGUA PORTUGUESA

Julgue o item a seguir, a respeito de lógica proposicio-


LÓGICO

nal. V V V
A proposição “A vigilância dos cidadãos exercida pelo V V F
RACIOCÍNIO

Estado é consequência da radicalização da sociedade V F V


civil em suas posições políticas.” pode ser corretamente
representada pela expressão lógica P→Q, em que P e Q V F F
são proposições simples escolhidas adequadamente.
F V V
( ) CERTO ( ) ERRADO

10
74) (TRT 7ª Região - Analista Judiciário – CESPE/2017) Tex-
F V F to CB1A5AAA – Proposição P
F F V
A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
F F F ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga-
mento; o juiz julgou, pois, procedente a ação movida
Completando a tabela, se necessário, assinale a opção pelo ex-empregado.
que mostra, na ordem em que aparecem, os valores ló-
gicos na coluna correspondente à proposição S, de cima Assinale a opção que apresenta uma proposição equiva-
para baixo. lente, sob o ponto de vista da lógica sentencial, à propo-
sição P do texto CB1A5AAa)
a) V / V / F / F / F / F / F / F
a) A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga-
b) V / V / F / V / V / F / F / V mento, ou o juiz julgou procedente a ação movida pelo
ex-empregado.
c) V / V / F / V / F / F / F / V
b) Se o juiz julgou procedente a ação movida pelo ex-em-
d) V / V / V / V / V / V / V / V pregado, então a empresa alegou ter pago suas obriga-
ções previdenciárias, mas não apresentou os compro-
e) V / V / V / F / V / V / V / F vantes de pagamento.

c) Se a empresa alegou ter pago suas obrigações previden-


72) (PC/MA – Escrivão de Polícia – CESPE/2018) Proposi- ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga-
ção CG1A5AAA mento, então o juiz julgou procedente a ação movida
pelo ex-empregado.
A qualidade da educação dos jovens sobe ou a sensação
de segurança da sociedade diminui. d) A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga-
mento, mas o juiz julgou procedente a ação movida pelo
Assinale a opção que apresenta uma proposição equiva- ex-empregado.
lente à proposição CG1A5AAa)

a) Se a qualidade da educação dos jovens não sobe, então


a sensação de segurança da sociedade diminui. 75) (CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/AL – Soldado Com-
batente – CESPE/2018) A proposição Se determinado
b) Se qualidade da educação dos jovens sobe, então a sen- candidato foi aprovado nas provas objetivas do con-
sação de segurança da sociedade diminui. curso e no curso de formação de praças, ele se tornou
soldado combatente do corpo de bombeiros local. é
c) Se a qualidade da educação dos jovens não sobe, então equivalente à seguinte proposição: Se determinado
a sensação de segurança da sociedade não diminui. candidato não se tornou soldado combatente do corpo
de bombeiros local, então ele foi reprovado nas provas
d) Se a sensação de segurança da sociedade diminui, então objetivas do concurso e no curso de formação de praças.
a qualidade da educação dos jovens sobe.
( ) CERTO ( ) ERRADO
e) Se a sensação de segurança da sociedade não diminui,
então a qualidade da educação dos jovens não sobe.
76) (CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/AL – Oficial Com-
batente – CESPE/2018) A respeito de proposições lógi-
73) (TRF1ª região Analista Judiciário – CESPE/2017) Em cas, julgue os itens a seguir.Considere que P e Q sejam as
uma reunião de colegiado, após a aprovação de uma seguintes proposições:
matéria polêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 con-
tra, um dos 11 presentes fez a seguinte afirmação: “Bas- P: Se a humanidade não diminuir a produção de mate-
ta um de nós mudar de ideia e a decisão será totalmente rial plástico ou não encontrar uma solução para o pro-
modificada.” blema do lixo desse material, então o acúmulo de plás-
tico no meio ambiente irá degradar a vida no planeta.
Considerando a situação apresentada e a proposição
Q: A humanidade diminui a produção de material plás-
LÍNGUA PORTUGUESA

correspondente à afirmação feita, julgue o próximo


LÓGICO

item. tico e encontra uma solução para o problema do lixo


desse material ou o acúmulo de plástico no meio am-
A proposição é equivalente, sob o ponto de vista da ló- biente degradará a vida no planeta.
RACIOCÍNIO

gica sentencial, à proposição “Desde que um membro


mude de ideia, a decisão será totalmente modificada”. Nesse caso, é correto afirmar que as proposições P e Q
são equivalentes.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

11
77) (TRF 1ª REGIÃO – Técnico Judiciário – CESPE/2017) b) A qualidade da educação dos jovens desce ou a sensa-
A partir da proposição P: “Quem pode mais, chora me- ção de segurança da sociedade aumenta.
nos.”, que corresponde a um ditado popular, julgue o
próximo item. c) A qualidade da educação dos jovens não sobe ou a sen-
sação de segurança da sociedade não diminui.
Do ponto de vista da lógica sentencial, a proposição P é
equivalente a “Se pode mais, o indivíduo chora menos”. d) A qualidade da educação dos jovens sobe e a sensação
de segurança da sociedade diminui.
( ) CERTO ( ) ERRADO
e) A qualidade da educação dos jovens diminui ou a sensa-
78) (PC/PE- Perito Papiloscopista - CESPE/2016) Assinale a ção de segurança da sociedade sobe.
opção que é logicamente equivalente à proposição “Ele
é suspeito também de ter cometido outros dois esquar-
tejamentos, já que foram encontrados vídeos em que 81) (SERES/PE – Agente de Segurança Penitenciária – CES-
ele supostamente aparece executando os crimes”, pre- PE/2017) Assinale a opção que corresponde a uma ne-
sente no texto CG1A06AAa) gativa da seguinte proposição: “Se nas cidades medie-
vais não havia lugares próprios para o teatro e as apre-
a) Se foram encontrados vídeos em que ele supostamen- sentações eram realizadas em igrejas e castelos, então a
te aparece executando os dois esquartejamentos, ele é maior parte da população não era excluída dos espetá-
suspeito também de ter cometido esses crimes. culos teatrais”.

b) Ele não é suspeito de outros dois esquartejamentos, já a) Nas cidades medievais havia lugares próprios para o
que não foram encontrados vídeos em que ele suposta- teatro ou as apresentações eram realizadas em igrejas e
mente aparece executando os crimes. castelos e a maior parte da população era excluída dos
espetáculos teatrais.
c) Se não foram encontrados vídeos em que ele suposta-
mente aparece executando os dois esquartejamentos, b) Se a maior parte da população das cidades medievais
ele não é suspeito desses crimes. era excluída dos espetáculos teatrais, então havia luga-
res próprios para o teatro e as apresentações eram reali-
d) Como ele é suspeito de ter cometido também dois es- zadas em igrejas e castelos.
quartejamentos, foram encontrados vídeos em que ele
supostamente aparece executando os crimes. c) Se nas cidades medievais havia lugares próprios para o
teatro e as apresentações não eram realizadas em igrejas
e) Foram encontrados vídeos em que ele supostamente e castelos, então a maior parte da população era excluí-
aparece executando os dois esquartejamentos, pois ele da dos espetáculos teatrais.
é também suspeito de ter cometido esses crimes.
d) Se nas cidades medievais havia lugares próprios para o
teatro ou as apresentações eram realizadas em igrejas e
79) (EBSERH – Cargos de nível Superior – CESPE/2018) A castelos, então a maior parte da população era excluída
respeito de lógica proposicional, julgue o item que se dos espetáculos teatrais.
segue.
e) Nas cidades medievais não havia lugares próprios para
A negação da proposição “Se o fogo for desencadeado o teatro, as apresentações eram realizadas em igrejas e
por curto-circuito no sistema elétrico, será recomen- castelos e a maior parte da população era excluída dos
dável iniciar o combate às chamas com extintor à base espetáculos teatrais.
de espuma.” é equivalente à proposição “O fogo foi de-
sencadeado por curto-circuito no sistema elétrico e não
será recomendável iniciar o combate às chamas com 82) (TRF 1ª REGIÃO – Analista Judiciário – CESPE/2017)
extintor à base de espuma.” Em uma reunião de colegiado, após a aprovação de uma
( ) CERTO ( ) ERRADO matéria polêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 con-
E RACIOCÍCIO LÓGINO

tra, um dos 11 presentes fez a seguinte afirmação: “Bas-


ta um de nós mudar de ideia e a decisão será totalmente
80) (PC/MA – Escrivão de Polícia – CESPE/2018) Proposi- modificada.”
ção CG1A5AAA
Considerando a situação apresentada e a proposição
LÍNGUA PORTUGUESA

A qualidade da educação dos jovens sobe ou a sensação correspondente à afirmação feita, julgue o próximo
LÓGICO

de segurança da sociedade diminui. item.

A negação da proposição pode ser corretamente expres-


MATEMÁTICA

Assinale a opção que apresenta uma proposição que


RACIOCÍNIO

constitui uma negação da proposição CG1A5AAa) sa por “Basta um de nós não mudar de ideia ou a deci-
são não será totalmente modificada”.
a) A qualidade da educação dos jovens não sobe e a sensa- ( ) CERTO ( ) ERRADO
ção de segurança da sociedade não diminui.

12
83) (TRT 7ª REGIÃO – Analista Judiciário – CESPE/2017) C: Logo, escrevo apenas uma parte do relatório, mas sou
Texto CB1A5AAA – Proposição P demitido.

A empresa alegou ter pago suas obrigações previden- O argumento apresentado no texto CB1A5BBB se tor-
ciárias, mas não apresentou os comprovantes de paga- naria válido do ponto de vista da lógica sentencial, se,
mento; o juiz julgou, pois, procedente a ação movida além das premissas P1 e P2, a ele fosse acrescentada a
pelo ex-empregado. proposição
Proposição Q: A empresa alegou ter pago suas obriga-
a) Não sou demitido ou não escrevo uma parte do relató-
ções previdenciárias, mas não apresentou os compro-
vantes de pagamento. rio.

A proposição Q, anteriormente apresentada, está pre- b) Sou responsável apenas pela parte que escrevi do rela-
sente na proposição P do texto CB1A5AAa) tório.

A negação da proposição Q pode ser expressa por c) Eu escrevo apenas uma parte do relatório, assino o rela-
tório e surge um problema em seu conteúdo.
a) A empresa não alegou ter pago suas obrigações previ-
denciárias ou apresentou os comprovantes de paga- d) Se não escrevo nenhuma parte do relatório, não sou de-
mento. mitido.

b) A empresa alegou ter pago suas obrigações previdenciá-


rias ou não apresentou os comprovantes de pagamento. 86) (TRF 1ª REGIÃO – Técnico Judiciário – CESPE/2017)
Texto CB2A6BBB
c) A empresa alegou ter pago suas obrigações previdenciá-
rias e apresentou os comprovantes de pagamento.
A maior prova de honestidade que realmente posso dar
d) A empresa não alegou ter pago suas obrigações previ- neste momento é dizer que continuarei sendo o cidadão
denciárias nem apresentou os comprovantes de paga- desonesto que sempre fui.
mento.
Considerando o texto CB2A6BBB, julgue o item seguin-
te, concernente à argumentação e aos tipos de argu-
84) (ABIN – Agente de Inteligência – CESPE/2018) As se- mentos.
guintes proposições lógicas formam um conjunto de
premissas de um argumento: Verifica-se a ocorrência de falácia no argumento da fra-
se.
• Se Pedro não é músico, então André é servidor da ( ) CERTO ( ) ERRADO
ABIN.

• Se André é servidor da ABIN, então Carlos não é um 87) (TRF 1ª REGIÃO – Técnico Judiciário – CESPE/2017)
espião. Texto CB2A6BBB
• Carlos é um espião. A maior prova de honestidade que realmente posso dar
neste momento é dizer que continuarei sendo o cidadão
A partir dessas premissas, julgue o item a seguir, acerca
desonesto que sempre fui.
de lógica de argumentação.

Se a proposição lógica “Pedro é músico.” for a conclusão Considerando o texto CB2A6BBB, julgue o item seguin-
desse argumento, então, as premissas juntamente com te, concernente à argumentação e aos tipos de argu-
essa conclusão constituem um argumento válido. mentos.
E RACIOCÍCIO LÓGINO

( ) CERTO ( ) ERRADO Pode-se inferir da frase que a maior parte dos cidadãos é
corrupta e que, portanto, a sociedade é corrupta em sua
totalidade.
85) (TRT 7ª REGIÃO – Analista Judiciário – CESPE/2017)
Texto CB1A5BBB – Argumento formado pelas premissas ( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA
LÓGICO

(ou proposições) P1 e P2 e pela conclusão C

P1: Se eu assino o relatório, sou responsável por todo 88) (SERES/PE – Agente de Segurança Penitenciária – CES-
MATEMÁTICA

o seu conteúdo, mesmo que tenha escrito apenas uma PE/2017) De uma urna que continha 20 bolas idênticas,
RACIOCÍNIO

parte. identificadas por números de 1 a 20, foi extraída aleato-


riamente uma bola. Esse evento define o espaço amos-
P2: Se sou responsável pelo relatório e surge um proble- tral Ω = {1, 2, 3, ..., 20}. Considere os seguintes eventos: A
ma em seu conteúdo, sou demitido. = {a bola retirada da urna é identificada por um número

13
múltiplo de 4}; B = {a bola retirada da urna é identificada por um número múltiplo de 5}. A partir das probabilidades P(A),
P(B) e P(A∪B) — que são, respectivamente, as probabilidades de os eventos A, B e A∪B ocorrerem —, considere o argu-
mento formado pelas premissas P1 e P2 e pela conclusão C, em que

Com base nessas informações, assinale a opção correta.

a) A premissa P1 é uma proposição verdadeira, e a conclusão C é uma proposição falsa.

b) premissa P2 e a conclusão C são proposições verdadeiras.

c) A conclusão C é falsa, mas o argumento é válido.

d) A premissa P1 é falsa e o argumento não é válido.

e) A premissa P1 e a conclusão C são proposições verdadeiras e o argumento é válido.

89) (ABIN - Oficial Técnico de Inteligência – CESPE/2018) Como forma de melhorar a convivência, as famílias Turing, Russell
e Gödel disputaram, no parque da cidade, em um domingo à tarde, partidas de futebol e de vôlei. O quadro a seguir mostra
os quantitativos de membros de cada família presentes no parque, distribuídos por gênero.

Família Masculino Feminino


Turing 5 7
Russel 6 5
Gödel 5 9
A partir dessa tabela, julgue o item subsequente.

Considere que, em eventual sorteio de brindes, um nome tenha sido retirado, ao acaso, do interior de uma urna que con-
tinha os nomes de todos os familiares presentes no evento. Nessa situação, sabendo-se que o sorteado não é uma mulher
da família Gödel, a probabilidade de ser uma mulher da família Russel será superior a 20%.
( ) CERTO ( ) ERRADO

(PM/MA - Soldado do Quadro de Praça Policial - CESPE/2017) Uma operação policial será realizada com uma equipe de
seis agentes, que têm prenomes distintos, entre eles André, Bruno e Caio. Um agente será o coordenador da operação e
outro, o assistente deste; ambos ficarão na base móvel de operações nas proximidades do local de realização da opera-
ção. Nessa operação,um agente se infiltrará, disfarçado, entre os suspeitos, em reunião por estes marcada em uma casa
E RACIOCÍCIO LÓGINO

noturna, e outros três agentes, também disfarçados, entrarão na casa noturna para prestar apoio ao infiltrado, caso seja
necessário.

A respeito dessa situação hipotética, julgue os itens seguintes.


LÍNGUA PORTUGUESA
LÓGICO

90) A quantidade de maneiras distintas de formar a equipe, de modo que André, Bruno e Caio sejam os agentes que ocuparão,
respectivamente, as vagas de coordenador, assistente einfiltrado, é superior a 5.
MATEMÁTICA

( ) CERTO ( ) ERRADO
RACIOCÍNIO

91) A quantidade de maneiras distintas de formar a equipe, de modo que André, Bruno e Caio sejam os agentes que prestarão
apoio ao infiltrado, é inferior a 10.
( ) CERTO ( ) ERRADO

14
(PM/MA – 1º Tenente PM-Cirurgião Dentista – CES-
PE/2017) Determinado laboratório de análises clínicas
está sendo investigado por emitir laudos falsos de um
exame constituído por 7 indicadores, correspondentes
à concentração de 4 compostos na corrente sanguínea,
obtidos da seguinte forma: uma medição da concentra-
ção de cada um dos compostos A, B, C e D, e 3 medições,
por 3 diferentes técnicas, da concentração do compos-
to e) Os laudos verdadeiros de 7 pacientes (chamados
pacientes-fonte), com prenomes distintos, entre eles
Amanda, Bárbara, Carlos e Daniel, eram usados para
compor laudos falsos para os demais pacientes. Para
dificultar a ação da autoridade policial, na montagem
de um laudo falso, o laboratório tomava o cuidado de,
no conjunto de 7 medições que constituíam cada laudo
falsificado, usar apenas uma medição de cada paciente-
-fonte, ou seja, de nunca usar 2 ou mais medições de um 94) Com base nas informações e no diagrama precedentes,
mesmo paciente-fonte. julgue o item a seguir.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item Pelo menos 30 casais dessa comunidade têm 2 ou mais
seguinte.
filhos.
( ) CERTO ( ) ERRADO
92) Caso o laboratório escolhesse aleatoriamente, entre os
dados dos 7 pacientes-fonte, aqueles que seriam usados
95) Com base nas informações e no diagrama precedentes,
nas medições referentes ao composto E, a probabilida- julgue o item a seguir.
de de serem usados os dados de Amanda, Bárbara e Car-
los seria inferior a 3%. Se um casal dessa comunidade for escolhido ao acaso,
( ) CERTO ( ) ERRADO então a probabilidade de ele ter menos de 4 filhos será
superior a 0,3.
( ) CERTO ( ) ERRADO
93) (TRT 7ª REGIÃO – Analista Judiciário – CESPE/2017)
Se, na presente prova, em que cada questão tem qua-
tro opções de resposta, um candidato escolher ao acaso 96) Com base nas informações e no diagrama preceden-
uma única resposta para cada uma das quatro primei- tes, julgue o item a seguir.
ras questões, então a probabilidade de ele acertar exata-
mente duas questões será igual a A referida comunidade é formada por menos de 180
pessoas.
a) 1/2 . ( ) CERTO ( ) ERRADO

b) 9/16 .
97) (EBSERH – Técnico Em Radiologia – CESPE/2018) Con-
c) 27/128 . sidere as seguintes proposições: P: O paciente receberá
alta; Q: O paciente receberá medicação; R: O paciente
receberá visitas.
d) 9/256 .
Tendo como referência essas proposições, julgue o item
a seguir, considerando que a notação ~S significa a ne-
(EBSERH – Áreas Médicas – CESPE/2018) Uma pes- gação da proposição S.
quisa revelou características da população de uma pe-
quena comunidade composta apenas por casais e seus Se, em uma unidade hospitalar, houver os seguintes
filhos. Todos os casais dessa comunidade são elementos conjuntos de pacientes: A = {pacientes que receberão
do conjunto A∪B∪C, em que alta}; B = {pacientes que receberão medicação} e C =
{pacientes que receberão visitas}; se, para os pacientes
A = {casais com pelo menos um filho com mais de 20 dessa unidade hospitalar, a proposição ~P→[Q∨R] for
anos de idade}; verdadeira; e se Ac for o conjunto complementar de A,
então Ac⊂B∪c)
B = {casais com pelo menos um filho com menos de 10 ( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

anos de idade};
LÓGICO

C = {casais com pelo menos 4 filhos}.


98) (TRF 1ª REGIÃO – Analista Judiciário – CESPE/2017)
RACIOCÍNIO

Considerando que n(P) indique a quantidade de ele- Em uma reunião de colegiado, após a aprovação de uma
mentos de um conjunto P, suponha que n(A) = 18; n(B) matéria polêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 con-
= 20; n(C) = 25; n(A∩B) = 13; n(A∩C) = 11; n(B∩C) = tra, um dos 11 presentes fez a seguinte afirmação: “Bas-
12 e n(A∩B∩C) = 8. O diagrama a seguir mostra essas ta um de nós mudar de ideia e a decisão será totalmente
quantidades de elementos. modificada.”

15
Considerando a situação apresentada e a proposição 102) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social – su-
correspondente à afirmação feita, julgue o próximo perior - CESPE – 2016)
item.
O próximo item, que abordam procedimentos de in-
Se A for o conjunto dos presentes que votaram a favor e formática e conceitos de Internet e intranet, apresenta
B for o conjunto dos presentes que votaram contra, en- uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser
tão o conjunto diferença A\B terá exatamente um ele- julgada.
mento.
A área administrativa do INSS informou a todos os ser-
( ) CERTO ( ) ERRADO
vidores públicos lotados nesse órgão que o acesso a
determinado sistema de consulta de dados cadastrais
99) (TRF 1 ª REGIÃO - Analista Judiciário - CESPE/2017) seria disponibilizado por meio da Internet, em substi-
Em uma reunião de colegiado, após a aprovação de uma tuição ao acesso realizado somente por meio da intra-
matéria polêmica pelo placar de 6 votos a favor e 5 con- net do órgão. Nessa situação, não haverá similaridade
tra, um dos 11 presentes fez a seguinte afirmação: “Bas- entre os sistemas de consulta, porque sistemas voltados
ta um de nós mudar de ideia e a decisão será totalmente para intranet, diferentemente dos voltados para Inter-
modificada.” net, não são compatíveis com o ambiente web.

Considerando a situação apresentada e a proposição ( ) CERTO ( ) ERRADO


correspondente à afirmação feita, julgue o próximo
item.
103) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social – su-
Se A for o conjunto dos presentes que votaram a favor e perior - CESPE – 2016)
B for o conjunto dos presentes que votaram contra, en-
tão o conjunto diferença A\B terá exatamente um ele- Acerca de aplicativos para edição de textos e planilhas e
mento. do Windows 10, julgue o próximo item.
( ) CERTO ( ) ERRADO
No explorador de arquivos do Windows 10, é possível
fixar as pastas favoritas na funcionalidade acesso rápi-
100) (DPU – Agente Administrativo – CESPE/2016) Na zona do, que lista, além das pastas fixadas, as usadas com fre-
rural de um município, 50% dos agricultores cultivam quência e também os arquivos usados recentemente.
soja; 30%, arroz; 40%, milho; e 10% não cultivam ne-
nhum desses grãos. Os agricultores que produzem mi- ( ) CERTO ( ) ERRADO
lho não cultivam arroz e 15% deles cultivam milho e
soja.
104) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social – su-
Considerando essa situação, julgue o item que se segue. perior - CESPE – 2016)
Em exatamente 30% das propriedades, cultiva-se ape- Acerca de aplicativos para edição de textos e planilhas e
nas milho.
do Windows 10, julgue o próximo item.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Situação hipotética: Elisa recebeu a tarefa de redigir
uma minuta de texto a ser enviada para sua chefia su-
NOÇÕES DE INFORMÁTICA perior, com a condição de que todos os servidores do
setor pudessem colaborar com a redação da minuta, fi-
101) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social – su- cando Elisa encarregada de consolidar o documento fi-
perior - CESPE – 2016) nal. Após digitar a primeira versão do documento, Elisa
compartilhou o respectivo arquivo, a partir de sua esta-
O próximo item, que abordam procedimentos de in- ção de trabalho. Todos realizaram a edição do texto no
formática e conceitos de Internet e intranet, apresenta mesmo arquivo por meio do LibreOffice Writer com a
uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser função Gravar alterações ativada. Assertiva: Nessa situa-
julgada. ção, quando da revisão final do texto, Elisa terá acesso a
diversas informações, tais como: tipo de alteração, data
Ao iniciar seu dia de trabalho, Daniel se deparou com e hora da alteração e autor da alteração.
DE INFORMÁTICA

inúmeros aplicativos abertos em seu computador de


( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

trabalho, o que deixava sua máquina lenta e sujeita a


travamentos frequentes. Ele constatou, ainda, que so-
mente um desses aplicativos era necessário para a exe-
cução de suas atividades. Nessa situação, para melhorar 105) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social – su-
o desempenho do seu computador, Daniel deve utilizar perior - CESPE – 2016)
NOÇÕES

um aplicativo de antivírus instalado localmente, para


eliminar os aplicativos que estiverem consumindo re- Acerca de aplicativos para edição de textos e planilhas e
cursos além do normal. do Windows 10, julgue o próximo item.
( ) CERTO ( ) ERRADO

16
Situação hipotética: Fábio, servidor do INSS, recebeu a listagem dos cinco últimos rendimentos de um pensionista e, para
que fosse calculada a média desses rendimentos, ele inseriu os dados no LibreOffice Calc, conforme planilha mostrada
abaixo.

Assertiva: Nessa situação, por meio da fórmula =MED(A1:A5;5), inserida na célula A6, Fábio poderá determinar correta-
mente a média desejada.
( ) CERTO ( ) ERRADO

106) (INSS - Técnico do Seguro Social – Médio - CESPE – 2016)

Com relação a informática, julgue o item que se segue.

A infecção de um computador por vírus enviado via correio eletrônico pode se dar quando se abre arquivo infectado que
porventura esteja anexado à mensagem eletrônica recebida.
( ) CERTO ( ) ERRADO

107) (INSS - Técnico do Seguro Social – Médio - CESPE – 2016)

Com relação a informática, julgue o item que se segue.

Na Internet, os endereços IP (Internet Protocol) constituem recursos que podem ser utilizados para identificação de mi-
crocomputadores que acessam a rede.
( ) CERTO ( ) ERRADO

108) (INSS - Técnico do Seguro Social – Médio - CESPE – 2016)

Com relação a informática, julgue o item que se segue.

Em um texto ou imagem contido em eslaide que esteja em edição no programa Libre Office Impress, é possível, por meio
da opção Hyperlink, criar um link que permita o acesso a uma página web.
( ) CERTO ( ) ERRADO

109) (INSS - Técnico do Seguro Social – Médio - CESPE – 2016)

Com relação a informática, julgue o item que se segue.

Para se editar o cabeçalho de um documento no Writer, deve-se clicar o topo da página para abrir o espaço para edição.
DE INFORMÁTICA

Por limitações técnicas desse editor de textos, não é possível colar textos ou imagens nesse espaço.
LÍNGUA PORTUGUESA

( ) CERTO ( ) ERRADO

110) (INSS - Técnico do Seguro Social – Médio - CESPE – 2016)


NOÇÕES

Com relação a informática, julgue o item que se segue.

A ferramenta OneDrive do Windows 10 é destinada à navegação em páginas web por meio de um browser interativo.
( ) CERTO ( ) ERRADO

17
111) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Considerando que um servidor do INSS necessite preparar uma apresentação utilizando computador e projetor multimí-
dia, julgue o item abaixo.

O aplicativo PowerPoint 2003 pode ser utilizado para a preparação da referida apresentação, visto que esse software possui
funcionalidades que auxiliam na preparação e na apresentação de palestras, além de ter funcionalidades que permitem a
inclusão, na apresentação multimídia, de diversos efeitos visuais e sonoros.
( ) CERTO ( ) ERRADO

112) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Word 2003, com um documento em processo de edição, julgue os
itens abaixo.

O ato de aplicar um clique simples entre a letra “s” da palavra “anos” e a vírgula à direita dessa palavra e, a seguir, acionar
a tecla Backspace inserirá erro de concordância no texto mostrado
( ) CERTO ( ) ERRADO

113) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)


DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA
NOÇÕES

18
Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Word 2003,

com um documento em processo de edição, julgue os itens abaixo.

Para se iniciar automaticamente o Internet Explorer e procurar, na Internet, informações sobre o filme Uma Verdade In-
conveniente, referido acima, é suficiente selecionar esse título no texto e, a seguir, clicar
( ) CERTO ( ) ERRADO

114) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Considerando a situação hipotética em que João deseja enviar a José e a Mário uma mensagem de correio eletrônico por
meio do Outlook Express, julgue o item abaixo.

Caso João, antes de enviar a mensagem, inclua, no campo CC: do aplicativo usado para o envio da mensagem, o endereço
de correio eletrônico de Mário, e, no campo Para:, o endereço eletrônico de José, então José e Mário receberão uma cópia
da mensagem enviada por João, mas José não terá como saber que Mário recebeu uma cópia dessa mensagem.
( ) CERTO ( ) ERRADO

115) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Acerca da comunicação institucional e da segurança da informação, julgue os itens que se seguem.

Os controles lógicos são mecanismos de segurança da informação que buscam limitar o contato ou acesso direto à infor-
mação ou à infraestrutura que a contém.
( ) CERTO ( ) ERRADO

116) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Acerca da comunicação institucional e da segurança da informação, julgue os itens que se seguem.

A assinatura digital é um exemplo de controle lógico.


( ) CERTO ( ) ERRADO

117) (INSS - Analista do Seguro Social – superior - CESPE – 2008)

Acerca da comunicação institucional e da segurança da informação, julgue os itens que se seguem.

A assinatura digital, por meio de um conjunto de dados criptografados associados a um documento, garante a integridade
e confidencialidade do documento.
( ) CERTO ( ) ERRADO

118) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

Em uma placa-mãe de computador pessoal existem grupos de barramentos que são separados por processadores dedica-
dos, denominados northbridge e southbridge, fazendo parte do chamado chipset da placa-mãe.
( ) CERTO ( ) ERRADO
DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA

119) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)
NOÇÕES

19
Entre a unidade central de processamento (CPU) e a memória RAM dinâmica, encontra-se uma memória cache do tipo
estática, cuja latência no acesso aos dados armazenados é menor que a da memória RAM dinâmica.
( ) CERTO ( ) ERRADO

120) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)
E RACIOCÍCIO LÓGINO
DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA
MATEMÁTICA
NOÇÕES

Considerando a figura acima, que apresenta um diagrama de blocos da arquitetura de um computador pessoal, julgue os
itens subsequentes acerca de conceitos de informática.

20
Os modelos atuais de processadores Pentium não possuem internamente um coprocessador matemático em seu interior.
( ) CERTO ( ) ERRADO

121) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

O barramento PCI de um computador pessoal possui uma vazão de dados menor que o barramento que interliga as brid-
ges northbridge e southbridge.
( ) CERTO ( ) ERRADO

122) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

E RACIOCÍCIO LÓGINO
DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA
MATEMÁTICA
NOÇÕES

21
A figura acima apresenta a interface de um navegador web, após acesso a um sítio web, na qual são destacadas regiões no-
meadas de A até F. Na situação apresentada, o ponteiro do mouse está sobre a região C, o que fez com que as informações
nas regiões D e F fossem apresentadas. Caso o usuário passe o ponteiro do mouse sobre as regiões A, B e E serão mostradas
na região

F, respectivamente, as informações a seguir.

A partir das informações apresentadas acima, julgue os itens que se seguem.

As informações acima permitem afirmar que nenhuma das páginas cujos endereços são disponibilizados na página atual-
mente apresentada ao usuário é gerada por meio de scripts na linguagem PHP.
( ) CERTO ( ) ERRADO

123) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

A partir das informações apresentadas na questão 22, julgue os itens que se seguem.

Caso o usuário clique o mouse quando o ponteiro está sobre a região B, será enviado um pedido http ao servidor cujo en-
DE INFORMÁTICA

dereço de domínio é www.previdencia.gov.br. Entre os parâmetros da resposta http a ser retornada pelo servidor, estão os
de nome ATVD, DN1 e H1.
LÍNGUA PORTUGUESA

( ) CERTO ( ) ERRADO

124) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)
NOÇÕES

A partir das informações apresentadas na questão 22, julgue os itens que se seguem.

22
Para que a página apresentada fosse gerada, foi estabelecida pelo menos uma conexão na porta 80 do servidor cujo ende-
reço de domínio é www.inss.gov.br.
( ) CERTO ( ) ERRADO

125) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

A partir das informações apresentadas na questão 22, julgue os itens que se seguem.

A informação apresentada na região D pode ter sido gerada por meio de scripts escritos na mesma linguagem de progra-
mação empregada na tecnologia Ajax.
( ) CERTO ( ) ERRADO

126) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

A partir das informações apresentadas na questão 22, julgue os itens que se seguem.

O acionamento do link na região E possivelmente não implicará em consultas a um SGBD na retaguarda do servidor de
nome www010.dataprev.gov.br.
( ) CERTO ( ) ERRADO

127) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

Se o servidor que gerou a página apresentada ficar indisponível, o acionamento do link da região A produzirá um erro do
tipo 404 Not Found.
( ) CERTO ( ) ERRADO

128) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA
NOÇÕES

23
Nas linhas numeradas de 1 a 39 acima, apresenta-se um trecho de código na linguagem Java, correto e plenamente fun-
cional. A execução do programa é realizada em um ambiente adequado para execução do código, sem erros de runtime. O
usuário inicia a execução do programa por meio da linha de comando java Reverso 3.

Considerando essas informações, julgue os próximos itens acerca dos conceitos de programação.

O método ou função out, declarado no escopo da classe Reverso, é recursivo.


( ) CERTO ( ) ERRADO
DE INFORMÁTICA

129) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)
LÍNGUA PORTUGUESA

Considerando as informações contidas na questão 28, julgue os próximos itens acerca dos conceitos de programação.

Uma instância de Reverso é criada no momento em que o método main dessa classe inicia sua execução.
NOÇÕES

( ) CERTO ( ) ERRADO

24
130) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu- 135) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu-
tação - superior - CESPE – 2008) tação - superior - CESPE – 2008)

Considerando as informações contidas na questão 28, Acerca do funcionamento de programas em platafor-


julgue os próximos itens acerca dos conceitos de pro- mas como Java, PHP ou Ajax e sua relação com o am-
gramação. biente de execução e sistema operacional, julgue os
itens seguintes.
O código apresentado declara três classes, cujos nomes
são Reverso, No e Lista, sendo a classe Reverso a única
que é publicamente visível. Considere um ambiente no qual um servidor web este-
ja recebendo dezenas de requisições http simultâneas,
( ) CERTO ( ) ERRADO vindas de vários clientes na Internet que usam nave-
gadores web. Nesse caso, o atendimento a cada novo
cliente implicará a abertura de uma nova conexão de
131) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu- socket.
tação - superior - CESPE – 2008)
( ) CERTO ( ) ERRADO
Considerando as informações contidas na questão 28,
julgue os próximos itens acerca dos conceitos de pro-
gramação. 136) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu-
tação - superior - CESPE – 2008)
Durante toda e qualquer execução do método remove, a
variável de nome conteudo estará armazenada na pilha Acerca do funcionamento de programas em platafor-
de execução do método e não na área de dados estáticos mas como Java, PHP ou Ajax e sua relação com o am-
do ambiente de execução do programa.
biente de execução e sistema operacional, julgue os
( ) CERTO ( ) ERRADO itens seguintes.

A implementação de aplicações web usando platafor-


132) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu- mas como Java e PHP apresenta como vantagens, em
tação - superior - CESPE – 2008) relação ao modelo cliente-servidor embasado em plata-
formas proprietárias, a padronização e a portabilidade
Considerando as informações contidas na questão 28, das interfaces com o usuário, bem como a independên-
julgue os próximos itens acerca dos conceitos de pro- cia relativa ao SGBD empregado neste último caso, que
gramação. é especialmente fortalecida se usados triggers e stored
procedures.
A variável lista da classe Lista (L.21) é uma variável de
instância. ( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
137) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu-
tação - superior - CESPE – 2008)
133) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu-
tação - superior - CESPE – 2008)

Considerando as informações contidas na questão 28,


julgue os próximos itens acerca dos conceitos de pro-
gramação.

O tipo de dados Lista é polimórfico, pois uma instância


de Lista armazena uma lista de instâncias de qualquer
tipo.
( ) CERTO ( ) ERRADO
DE INFORMÁTICA

134) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Compu-


tação - superior - CESPE – 2008)
LÍNGUA PORTUGUESA

Considere que, durante a utilização do programa, o


usuário digite a seqüência de três nomes: joão, maria e A figura acima apresenta um esquema de associação
josé, cada nome seguido por < enter > . Nesse caso, a entre diversos domínios de gerenciamento de sistemas
saída de dados produzida pelo programa será composta de tecnologia da informação (TI), definidos conforme o
NOÇÕES

por seis linhas, cada linha contendo uma palavra, na se- modelo COBIT, e o uso da técnica de planejamento de
qüência joão, maria, josé, josé, joão e maria. sistemas chamada balanced score card (BSC).
( ) CERTO ( ) ERRADO

25
Considerando essa figura, em que as áreas A, B, C, D, 1, 2, 3 e 4 são destacadas, julgue os próximos itens acerca dos concei-
tos de planejamento de sistemas de informação, formalização e controle de TI.

Um dos princípios da Governança de TI é o alinhamento entre os planejamentos estratégicos das áreas finalística e de
tecnologia da informação de uma organização, representado pela seta que liga as áreas 1 e 2 da figura.
( ) CERTO ( ) ERRADO

138) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

Conforme informações constantes na questão 37:

A definição da arquitetura de TI de uma organização é uma função diretamente ligada à área D.


( ) CERTO ( ) ERRADO

139) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

As funções de auditoria e controle da área de TI de uma organização são efetuadas sobre todas as áreas de atividade de
uma organização de TI, e mais associadas à área D.
( ) CERTO ( ) ERRADO

140) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

Diversos são os arcabouços (frameworks) de definição de arquitetura de sistemas de informação. Por meio desses arca-
bouços, a arquitetura de sistemas de informação de uma organização pode ser descrita em diversos modelos que relacio-
nam aspectos dos dados, funções, redes, pessoas e aspectos temporais e motivacionais de uma organização a modelos que
representam visões que podem ser distintas e complementares, como as dos planejadores, dos donos da organização, dos
projetistas, dos construtores, dos subcontratados e dos usuários. Julgue os itens subsequentes acerca desse assunto.

Scripts em SQL, especialmente os escritos em DDL, permitem a construção de visões dos desenhistas e construtores de
modelos de dados.
( ) CERTO ( ) ERRADO

141) (INSS - Analista do Seguro Social – Ciência da Computação - superior - CESPE – 2008)

Com relação ao Excel 2003, julgue o item a seguir.

Considere que, em uma planilha do Excel 2003, as células C2, C3 e C4 contêm, respectivamente, os números 238, 285 e 251,
referentes a pagamentos de contas de luz de um usuário em três meses sucessivos. Nessa situação, para se calcular a média
aritmética dos três valores e apresentar o resultado na célula C5, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: clicar
a célula C5, digitar = (C2 + C3 + C4)/3 e, em seguida, teclar Enter.
( ) CERTO ( ) ERRADO

142) (INSS - Analista do Seguro Social - Direito - superior - CESPE – 2008)


DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA
NOÇÕES

26
Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do

Word 2003, com um documento em processo de edição, julgue os itens abaixo.

Ao se clicar imediatamente à esquerda do trecho “Nos últimos anos”, no início do texto mostrado, e, a seguir, se clicar o

botão , será inserido um caractere de tabulação, fazendo que apenas a linha que contém o referido trecho de texto

se desloque para a direita.


( ) CERTO ( ) ERRADO

143) (INSS - Analista do Seguro Social - Direito - superior - CESPE – 2008)

Considerando a figura da questão 42, que ilustra uma janela do Word 2003, com um documento em processo de edição,
julgue os itens abaixo.

Sabendo-se que o trecho “Uma Verdade Inconveniente” está formatado em negrito, caso esse trecho seja selecionado e, em

seguida, sejam clicados, sucessivamente, os botões e , a formatação em negrito será desfeita, e o formato itálico
será aplicado a esse trecho.
( ) CERTO ( ) ERRADO

144) (INSS - Analista do Seguro Social - Direito - superior - CESPE – 2008)

Com relação a recursos disponíveis na Internet, julgue os itens a seguir.

Nos CDs de áudio modernos, todos os arquivos são gravados no formato denominado MP3. Em muitos casos, entretanto,
é comum a realização de download de arquivos de áudio por meio da Internet. Nesse caso, a música não é baixada em
DE INFORMÁTICA

formato MP3, pois, entre os formatos disponíveis, este é o que ocupa maior espaço em memória. Em geral, para esse tipo
de download, o arquivo é baixado no formato WAV, o qual é obtido quando o arquivo MP3 passa por um programa de
LÍNGUA PORTUGUESA

compactação que o torna muito menor, mas que, ainda assim, mantém as características sonoras essenciais da gravação.
( ) CERTO ( ) ERRADO
NOÇÕES

145) (INSS - Analista do Seguro Social - Direito - superior - CESPE – 2008)

Com relação a recursos disponíveis na Internet, julgue os itens a seguir.

27
O URL www.google.com identifica a página da Web do serviço conhecido como enciclopédia livre, no qual colaborado-
res voluntários de todo o mundo escrevem e submetem artigos sobre determinado tema. Esses artigos são revisados por
outros colaboradores voluntários e, finalmente, são aprovados para publicação online. Essa enciclopédia livre pode ser
acessada de forma gratuita por qualquer usuário com acesso à Internet.
( ) CERTO ( ) ERRADO

146) (INSS - Técnico do Seguro Social - Médio - CESPE – 2008)

Com relação ao Word 2003 e a outros aplicativos utilizados em computadores pessoais, julgue os itens a seguir.

No Word 2003, ao se clicar o menu Editar, é exibida uma lista de comandos, entre os quais se inclui o comando Dicionário
de Sinônimos, que possui funcionalidades que permitem ao usuário procurar por palavras sinônimas a uma palavra sele-
cionada. O uso desse comando contribui, em muitos casos, para a melhoria da qualidade de um texto editado.
( ) CERTO ( ) ERRADO

147) (INSS - Técnico do Seguro Social - Médio - CESPE – 2008)

Com relação ao Word 2003 e a outros aplicativos utilizados em computadores pessoais, julgue os itens a seguir.

Diversos programas de computador disponibilizam o menu denominado Ajuda, por meio do qual um usuário pode ter
acesso a recursos que lhe permitem obter esclarecimentos sobre comandos e funcionalidades dos programas. Atualmen-
te, há programas em que é necessário que o computador esteja conectado à Internet para que funcionalidades do menu
Ajuda possam ser usadas de forma efetiva.
( ) CERTO ( ) ERRADO

148) (INSS - Técnico do Seguro Social - Médio - CESPE – 2008)

Com relação a mensagens de correio eletrônico e a conceitos relacionados a Internet e intranet, julgue os itens seguintes.

É comum, mediante o uso de programas de computador que utilizam o Windows XP como sistema operacional, o
recebimento de mensagens de texto por meio de correio eletrônico. Entretanto, é possível a realização dessa mesma tarefa
por meio de programas de computador adequados que utilizam o sistema operacional Linux.
( ) CERTO ( ) ERRADO

149) (INSS - Analista do Seguro Social - Engenharia Elétrica - Superior - CESPE – 2008)
DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA

A figura acima mostra uma planilha do Excel, versão em português, que relaciona materiais elétricos para instalações elé-
tricas com a cotação de preços de três fornecedores.

Considerando essa figura, julgue os itens a seguir.


NOÇÕES

A média do preço de cada material, conforme indicada na planilha, considerando os três fornecedores - X, Y e Z -, pode
ser obtida utilizando-se expressões do tipo =SOMA(Bx+Cx+Dx)/3, em que x é um número natural maior ou igual a 5 que
define a linha correspondente ao material e as letras B, C e D indicam a coluna correspondente a cada fornecedor.
( ) CERTO ( ) ERRADO

28
150) (INSS - Analista do Seguro Social - Engenharia Elétrica 154) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue
- Superior - CESPE – 2008) o item que se segue, acerca da administração pública.

Considerando a figura da questão anterior, julgue os Em decorrência do princípio da impessoalidade, as rea-


itens a seguir. lizações administrativo-governamentais são imputadas
ao ente público e não ao agente político.
Caso as informações da planilha precisassem ser colo- ( ) CERTO ( ) ERRADO
cadas em uma forma gráfica, seria correto utilizar a fer-
ramenta indicada por na figura. 155) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue
o próximo item, a respeito dos atos administrativos.
( ) CERTO ( ) ERRADO
A autoexecutoriedade é atributo restrito aos atos admi-
nistrativos praticados no exercício do poder de polícia.
DIREITO ADMINISTRATIVO
( ) CERTO ( ) ERRADO

151) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Serviço 156) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue
Social - Conforme o Decreto nº 7.556/2011, o INSS é uma o próximo item, a respeito dos atos administrativos.
autarquia federal vinculada ao MPS e tem por finalidade
promover o reconhecimento de direito ao recebimento Em decorrência do princípio da autotutela, não há limi-
de benefícios administrados pela previdência social, tes para o poder da administração de revogar seus pró-
assegurando agilidade e comodidade aos seus usuários prios atos segundo critérios de conveniência e oportu-
e ampliação do controle social. nidade.

Considerando essa informação, julgue o item seguinte, ( ) CERTO ( ) ERRADO


acerca da administração direta e indireta.
157) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue
Os institutos da desconcentração e da descentralização, o próximo item, a respeito dos atos administrativos.
essenciais à organização e repartição de competências
da administração pública, podem ser exemplificados, O ato praticado por agente não competente para fazê-lo
respectivamente, pela relação entre o MPS e a União e poderá ser convalidado discricionariamente pela auto-
pela vinculação entre o INSS e o MPS. ridade competente para sua prática, caso em que ficará
sanado o vício de incompetência.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
152) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Serviço
Social - Conforme o Decreto nº 7.556/2011, o INSS é uma 158) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue
autarquia federal vinculada ao MPS e tem por finalidade o seguinte item, acerca da concessão de serviço público.
promover o reconhecimento de direito ao recebimento
de benefícios administrados pela previdência social, A encampação, que consiste em rescisão unilateral da
assegurando agilidade e comodidade aos seus usuários concessão pela administração antes do prazo acordado,
e ampliação do controle social. dá ao concessionário o direito a ressarcimento de even-
tual prejuízo por ele comprovado.
Considerando essa informação, julgue o item seguinte, ( ) CERTO ( ) ERRADO
acerca da administração direta e indireta.

O INSS integra a administração direta do governo fede- 159) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Consideran-
ral, uma vez que esse instituto é uma autarquia federal do o término de um convênio, a ausência de prestação
vinculada ao MPS. de contas, por parte de quem tem a obrigação para tan-
to, pode caracterizar:
( ) CERTO ( ) ERRADO
a) improbidade administrativa que causa lesão ao erário
por qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

153) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malba-
PORTUGUESA

o item que se segue, acerca da administração pública. ratamento ou dilapidação dos bens.
Na análise da moralidade administrativa, pressuposto b) improbidade administrativa, importando enriqueci-
de validade de todo ato da administração pública, é im- mento ilícito por auferir qualquer tipo de vantagem
prescindível avaliar a intenção do agente. patrimonial indevida em razão do exercício de cargo,
DIREITO

( ) CERTO ( ) ERRADO mandato, função, emprego.

c) um ato que não tem relevância no Direito Administrati-


vo.

29
d) improbidade administrativa que atenta contra os prin- c) Quando a lei não fixar prazo diferente, o recurso admi-
cípios da administração pública por qualquer ação ou nistrativo deverá ser decidido no prazo máximo de vinte
omissão que viole os deveres de honestidade, imparcia- dias, a partir do recebimento dos autos pelo órgão com-
lidade, legalidade, e lealdade às instituições. petente.

e) um ato que não tem enquadramento Legal e que, por- d) Quando a lei não fixar prazo diferente, o recurso admi-
tanto, constitui uma falta de caráter meramente discri- nistrativo deverá ser decidido no prazo máximo de vinte
cionário, incapaz de gerar efeitos ou obrigações, deven- dias úteis, a partir do recebimento dos autos pelo órgão
do, entretanto, ser anotado nos registros da Administra- competente.
ção, para futuros convênios a serem firmados.
e) Quando a lei não fixar prazo diferente, o recurso ad-
ministrativo deverá ser decidido no prazo máximo de
160) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - No tocante trinta dias úteis, a partir do recebimento dos autos pelo
aos efeitos do recurso administrativo, nos termos da Lei órgão competente.
nº 9784/99, está correta a seguinte afirmação:

a) Salvo disposição legal em contrário, o recurso tem efeito


suspensivo. Havendo justo receio de prejuízo de difícil 162) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Com relação
ou incerta reparação decorrente da execução, mediante à convalidação, no âmbito do direito administrativo, e
caução, a autoridade recorrida ou a imediatamente su- na forma como determinada pela Lei n. 9784/99, está
perior poderá, de ofício ou a pedido, dar efeito suspen- correta a seguinte afirmação:
sivo ao recurso.
a) A convalidação não é admitida pelo Direito Administra-
b) A Lei n. 9784/99 não dispõe sobre os efeitos do recurso tivo Brasileiro em face da prevalência do princípio da
administrativo, cabendo a legislação específica sobre a legalidade, estabelecido pelo artigo 37 da Constituição
matéria, podendo esta estabelecer o efeito suspensivo Federal.
como regra geral, desde que respeitados os princípios
constitucionais referentes à prestação de caução.
b) Em decisão na qual se evidencie o possível nível de le-
c) Salvo disposição em contrário, o recurso tem efeito são ao interesse público e prejuízo a terceiros, os atos
suspensivo. Havendo justo receio de dano irreparável que apresentarem defeitos sanáveis poderão ser conva-
e mediante requerimento fundamento, com a devida lidados pela própria Administração.
prestação de caução, poderá o Ministério Público Fede-
ral determinar à Administração Federal a concessão do c) Em decisão na qual se evidencie não acarretarem lesão
duplo efeito (devolutivo e suspensivo), cabendo cópia à ao interesse público nem prejuízo a terceiros, os atos
Autoridade Judiciária competente. que apresentarem defeitos sanáveis poderão ser conva-
lidados pela própria Administração.
d) Salvo disposição em contrário, o recurso tem efeito
suspensivo. Havendo justo receio de dano irreparável d) A revalidação é matéria inserta no campo da discricio-
e mediante requerimento fundamento, com a devida
nariedade da Administração, de forma a atender o prin-
prestação de caução, poderá o Tribunal de Contas da
União determinar à Administração Federal a concessão cípio da eficiência estabelecido pela Constituição Fede-
do duplo efeito (devolutivo e suspensivo), cabendo có- ral.
pia à Autoridade Judiciária competente.
e) A legislação é omissa quanto a esta matéria.
e) Salvo disposição legal em contrário, o recurso não tem
efeito suspensivo. Havendo justo receio de prejuízo de
difícil ou incerta reparação decorrente da execução, a 163) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - No tocante à
autoridade recorrida ou a imediatamente superior po- desapropriação indireta, está correta a seguinte afirma-
derá, de ofício ou a pedido, dar efeito suspensivo ao re- ção:
curso.
a) A desapropriação indireta é um fato administrativo pelo
qual o estado se apropria de bem particular, sem obser-
161) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Nos termos vância dos requisitos da declaração e da indenização
da Lei n. 9784/99, qual o prazo para a decisão de recurso prévia.
administrativo?
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

b) A desapropriação indireta é um ato administrativo pelo


a) Quando a lei não fixar prazo diferente, o recurso admi- qual o estado se apropria de bem particular, sem obser-
PORTUGUESA

nistrativo deverá ser decidido no prazo máximo de ses- vância dos requisitos da declaração e da indenização
senta dias, a partir do recebimento dos autos pelo órgão prévia.
competente.
c) A desapropriação indireta é um fato administrativo pelo
b) Quando a lei não fixar prazo diferente, o recurso ad- qual o estado se apropria de bem particular, com obser-
DIREITO

ministrativo deverá ser decidido no prazo máximo de vância dos requisitos da declaração e da indenização
trinta dias, a partir do recebimento dos autos pelo órgão prévia
competente.

30
d) A desapropriação indireta é um ato administrativo pelo 166) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Com relação
qual o estado se apropria de bem particular, com obser- ao prazo excepcional, isto é, além do prazo máximo de
vância dos requisitos da declaração e da indenização vigência dos contratos administrativos, nos termos da
prévia. Lei n. 8666/93, está correta a seguinte afirmação:

e) A desapropriação indireta é um ato administrativo pelo a) Em função de decisão discricionária, devidamente jus-
qual o estado se apropria de bem particular, com obser- tificada e mediante autorização da autoridade superior,
vância do requisito da declaração, porém não da indeni- o prazo poderá ser prorrogado por até seis meses.
zação prévia.
b) Em caráter excepcional, devidamente justificado e me-
diante autorização da autoridade superior, o prazo po-
164) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - João Pedro, derá ser prorrogado por até doze meses.
servidor público federal, ocupa o cargo de confiança de
Chefe de Divisão no Departamento da Vias Urbanas, au- c) É vedada a prorrogação além do prazo de sessenta me-
tarquia vinculada à Secretaria Municipal de Transpor- ses.
tes. Seu superior hierárquico determina a sua exonera-
ção, fundamentando-a na falta de diplomação de nível d) Em caráter excepcional, devidamente justificado e me-
superior, conforme consta em publicação no Diário Ofi- diante autorização da autoridade superior, o prazo po-
cial de Município, nomeando Maria Alice Couves para o derá ser prorrogado por até seis meses.
cargo, sob a argumentação de que a mesma é formada
em Economia. João Pedro busca anular a decisão que o e) Em função de decisão discricionária, devidamente jus-
exonerou, comprovando ser formado em Direito e ale- tificada e mediante autorização da autoridade superior,
gando estar Maria Alice Couves matriculada no curso de o prazo poderá ser prorrogado por até doze meses.
Economia. Em face destes fatos, o Poder Judiciário vem
a determinar a anulação da referida exoneração. Com
base nos fatos acima, é correto afirmar que a decisão 167) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Tecnologia da In-
proferida formação - É ato de improbidade administrativa que
causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa
a) está correta em face da atribuição do Poder Judiciário ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio,
em poder rever qualquer decisão, mesmo que discricio- apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens
nária. ou haveres das entidades mencionadas pela Lei n.
8429/92.
b) está equivocada, por se tratar de decisão discricionária.
Assinale a alternativa que se relaciona coerentemente
c) estaria correta, se não tivesse havido a nomeação de com o texto acima.
Maria Alice Couves.
a) retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de
d) está correta em função da teoria dos motivos determi- ofício;
nantes
b) revelar fato ou circunstância de que tem ciência em ra-
e) está equivocada, uma vez que a fundamentação equivo- zão das atribuições e que deva permanecer em segredo;
cada não macula os atos em comento.
c) agir negligentemente na arrecadação de tributo ou ren-
da, bem como no que diz respeito à conservação do pa-
165) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - No tocante trimônio público;
à contratação direta com base na “celebração de con-
tratos de prestação de serviços com as organizações d) revelar ou permitir que chegue ao conhecimento de
sociais, qualificadas no âmbito das respectivas esferas terceiro, antes da respectiva divulgação oficial, teor de
de governo, para atividades contempladas no contrato medida política ou econômica capaz de afetar o preço
de gestão”, na forma da Lei nº 8666/93, dá-se a seguinte de mercadoria, bem ou serviço;
modalidade de contratação:
e) frustrar a licitude de concurso público.
a) Dispensa de licitação.
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

b) Inexigibilidade de licitação. 168) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Tecnologia da Infor-


PORTUGUESA

mação - Instaurado processo administrativo disciplinar


c) Contrato de Direito Civil Administrativo. para a prática de atos de improbidade administrativa,
conforme determina a Lei n. 8429/92 deve a Comissão
d) Nula de pleno direito Processante dar conhecimento:

e) Notoriedade de contratação, em face do objeto. a) à Autoridade Policial e ao Tribunal ou Conselho de Con-


DIREITO

tas da existência de procedimento administrativo para


apurar a prática de ato de improbidade.

31
b) ao Ministério Público e ao Tribunal ou Conselho de e) O julgamento das propostas é ato discricionário vincu-
Contas da existência de procedimento administrativo lado a critérios e fatores de conveniência e oportunida-
para apurar a prática de ato de improbidade. de para a Administração.

c) ao Ministério Público e à Autoridade Policial da existên-


cia de procedimento administrativo para apurar a práti- 171) FCC/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - Expedida
ca de ato de improbidade. certidão falsa por uma repartição pública federal, não
foi possível esclarecer qual servidor cometeu o ato ilíci-
d) ao Ministério Público e ao Tribunal ou Conselho de to, mas graves prejuízos sofreram algumas pessoas, em
Contas da existência de procedimento administrativo, razão dele. Neste caso, a União
que concluiu pelo indiciamento de servidores para a
prática de ato de improbidade. a) responde objetivamente pelos prejuízos causados, des-
de que demonstrado o nexo causal entre esse ato e os
e) à Autoridade Policial e ao Tribunal ou Conselho de Con- danos sofridos.
tas da existência de procedimento administrativo, que
concluiu pelo indiciamento de servidores para a prática b) responde objetivamente pelos prejuízos causados, in-
de ato de improbidade. dependentemente da demonstração de nexo causal en-
tre esse fato e os danos sofridos.

169) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Tecnologia da Infor- c) responde subjetivamente pelos prejuízos causados,
mação - Quantos dos requisitos da licitação deserta, na desde que demonstrado o nexo causal entre esse fato e
forma da Lei n. 8666/93, são necessários? os danos sofridos e a conduta culposa do servidor.

I. licitação anteriormente realizada; d) não responde pelos prejuízos causados, porque a


hipótese configura conduta dolosa de servidor público.
II. ausência de interessados;
e) não responde pelos prejuízos causados, até que seja
III. risco de prejuízos para Administração, se o processo apurada a autoria do ato ilícito, ainda que comprovado
licitatório vier a ser repetido; ter sido a certidão expedida pela repartição pública.

IV. manutenção das condições ofertadas no ato convo-


catório anterior. 172) FCC/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em rela-
ção à extinção do contrato de concessão é correto afir-
a) os quatro. mar que:

b) apenas os dois primeiros. a) caducidade é a resilição unilateral antes de findo o pra-


zo de concessão, que se consubstancia na retomada do
c) apenas o segundo e o quarto. serviço pelo poder concedente por razões de interesse
público.
d) nenhum dos quatro.
b) reversão é a resilição unilateral da concessão que se
e) apenas os dois últimos. consubstancia na retomada do serviço pelo poder con-
cedente por razões de interesse público.

170) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Tecnologia da Infor- c) encampação é a extinção unilateral da concessão por
mação - Quais os critérios que devem ser utilizados para motivo de inadimplemento contratual, não cabendo,
o julgamento das propostas, em processo de licitação, portanto, indenização ao concessionário pelos prejuí-
nos termos determinados pela Lei n. 8666/93? zos que sofrer.

a) O julgamento das propostas está vinculado a critérios d) reversão é a rescisão unilateral da concessão por motivo
técnicos de conhecimento da Comissão e fatores esta- de inadimplemento contratual do concessionário, ca-
belecidos no ato convocatório. bendo indenização pela interrupção do contrato antes
de findo seu prazo.
b) O julgamento das propostas deve ser realizado pela Co-
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

missão utilizando-se da maior liberdade possível, visan- e) encampação é a retomada do serviço pelo poder conce-
PORTUGUESA

do à melhor contratação. dente por razões de interesse público, durante o prazo


de concessão, mediante lei autorizativa específica.
c) O julgamento das propostas está vinculado a critérios
e fatores estabelecidos no ato convocatório, cuja inter-
pretação não é estrita. 173) FCC/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - O contro-
DIREITO

le judicial dos atos administrativos será:


d) O julgamento das propostas está estritamente vincula-
do a critérios e fatores estabelecidos no ato convocató- a) sempre de mérito e de legalidade nos atos discricioná-
rio. rios e apenas de legalidade nos vinculados.

32
b) exclusivamente de mérito nos atos discricionários, por- c) objetiva para atos comissivos, ainda que lícitos.
que sua legalidade é presumida.
d) subjetiva para atos comissivos dolosos, praticados por
c) exclusivamente de mérito nos atos vinculados, porque agentes públicos.
sua legalidade é presumida.
e) objetiva quando se tratar de danos causados a terceiros,
d) de legalidade nos atos discricionários, devendo respei- excluída qualquer responsabilização para a prática de
tar os limites da discricionariedade nos termos em que atos omissivos.
ela é assegurada pela lei.

e) sempre de mérito e de legalidade sejam os atos discri- 177) FCC/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A
cionários ou vinculados. prática de determinado ato por pessoa, que não seja
agente público e que tenha sido contratada para prestar
serviços para o Poder Público, é considerada:
174) FCC/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Quando a Administração Pública limita direitos ou a) Infração disciplinar, punível discricionariamente com
atividades de particulares sem qualquer vínculo com a base no poder de polícia da Administração Pública.
Administração, com base na lei, está atuando como ex-
pressão de seu poder: b) Ilícito penal, caso tipificada na legislação vigente, afas-
tando a incidência da responsabilização em qualquer
a) hierárquico. outra esfera.
b) de polícia. c) Ilícito administrativo, caso tipificada na legislação vi-
gente, afastando a incidência da responsabilização cri-
c) normativo.
minal, mantida a possibilidade de responsabilização
civil.
d) regulamentar.

e) disciplinar. d) Ato de improbidade, que, pela gravidade, exclui a res-


ponsabilização em qualquer outra esfera.

e) Ato de improbidade, ainda que não cause prejuízo fi-


175) FCC/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Constitui ato de improbidade administrativa, que aten- nanceiro ao erário público.
ta contra os princípios da administração pública, nos
termos da Lei nº 8.429/92, o seguinte ilícito:
178) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A
a) receber gratificação ou presente de quem tenha interes- respeito da administração pública, julgue os itens sub-
se, direto ou indireto, que possa ser atingido por ação ou sequentes.
omissão decorrente das atribuições do agente público.
O INSS está inserido na administração direta do Estado.
b) revelar fato ou circunstância de que tem ciência em ra-
( ) CERTO ( ) ERRADO
zão das atribuições e que deva permanecer em segredo.

c) adquirir, para si ou para outrem, no exercício de cargo


público, bens de qualquer natureza cujo valor seja des- 179) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
proporcional à evolução do patrimônio ou à renda do Acerca do direito administrativo, julgue os itens a seguir.
agente público.
Segundo a Escola Legalista, o direito administrativo
d) conceder benefício administrativo ou fiscal sem a ob- pode ser conceituado como o conjunto de leis admi-
servância das formalidades legais ou regulamentares nistrativas vigentes em determinado país, em dado mo-
aplicáveis à espécie. mento.

e) permitir, facilitar ou concorrer para que terceiro se enri- ( ) CERTO ( ) ERRADO


queça ilicitamente.
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

180) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -


PORTUGUESA

176) FCC/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A res- Acerca do direito administrativo, julgue os itens a seguir.
ponsabilidade civil do Estado encontra fundamento na
Constituição Federal, aplicando-se sob a modalidade: O sistema administrativo ampara-se, basicamente, nos
princípios da supremacia do interesse público sobre o
a) subjetiva quando se tratar da prática de atos lícitos e ob- particular e da indisponibilidade do interesse público
pela administração.
DIREITO

jetiva quando se trata de atos ilícitos.


( ) CERTO ( ) ERRADO
b) subjetiva, tanto para atos comissivos, quanto para atos
omissivos.

33
181) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - Os serviços públicos propriamente ditos são aqueles em
Acerca do direito administrativo, julgue os itens a seguir. que a administração pública, reconhecendo sua conve-
niência para os membros da coletividade, presta-os di-
A jurisprudência não é fonte de direito administrativo. retamente ou permite que sejam prestados por tercei-
ros, nas condições regulamentadas e sob seu controle.
( ) CERTO ( ) ERRADO

182) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - 188) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Acerca do direito administrativo, julgue os itens a seguir. Com relação aos serviços públicos, julgue os itens a se-
guir.
Povo, território e governo soberano são elementos do
Estado. A delegação do serviço público pode ser feita sob as mo-
( ) CERTO ( ) ERRADO dalidades de concessão, permissão e autorização.
( ) CERTO ( ) ERRADO
183) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Acerca da organização administrativa da União, julgue 189) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
os itens que se seguem. Com relação aos serviços públicos, julgue os itens a se-
guir.
Às autarquias não deve ser outorgado serviço público
típico. O serviço público, ao ser concedido ao particular, que o
( ) CERTO ( ) ERRADO executa por sua conta e risco, remunerando-se por tari-
fas, passa a caracterizar-se como sendo privado.
( ) CERTO ( ) ERRADO
184) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Acerca da organização administrativa da União, julgue
os itens que se seguem. 190) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Com relação aos serviços públicos, julgue os itens a se-
Os atos dos dirigentes das entidades paraestatais não guir.
se sujeitam ao mandado de segurança e à ação popular,
porque essas entidades têm personalidade de direito A permissão é discricionária e precária, embora possam
privado. esses atributos ser mitigados em certos casos, diante do
( ) CERTO ( ) ERRADO interesse administrativo.
( ) CERTO ( ) ERRADO
185) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Acerca do controle e responsabilização da administra- 191) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Com relação ao
ção, julgue os próximos itens. direito administrativo, julgue os itens a seguir.

No controle jurisdicional do ato disciplinar, compete As empresas públicas são dotadas de personalidade de
ao Poder Judiciário apreciar a regularidade do procedi- direito privado, com capital exclusivamente privado,
mento à luz dos princípios do contraditório, da ampla para realizar atividade de interesse da administração
defesa e do devido processo legal, podendo proceder a instituidora, nos moldes da iniciativa particular, poden-
incursões no mérito administrativo, mesmo porque a do assumir qualquer forma e organização empresarial.
CF assegura que não se excluirá da apreciação jurisdi- ( ) CERTO ( ) ERRADO
DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS

cional ameaça ou lesão a direito.


( ) CERTO ( ) ERRADO 192) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Com relação ao
direito administrativo, julgue os itens a seguir.
186) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Acerca do controle e responsabilização da administra- Apenas a lei, em sentido lato, pode ser tida como fonte
ção, julgue os próximos itens. de direito administrativo.
( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

Para a configuração do ato de improbidade decorren-


PORTUGUESA

te de lesão a princípios administrativos, não se exige a


existência de dano ou prejuízo material. 193) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Acerca dos po-
deres administrativos, julgue os seguintes itens.
( ) CERTO ( ) ERRADO
O poder de polícia é a atividade do Estado que consiste
em limitar o exercício dos direitos individuais em bene-
NORMAS

187) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -


DIREITO

Com relação aos serviços públicos, julgue os itens a se- fício do interesse público, e cujo exercício se condiciona
guir. a prévia autorização judicial.
( ) CERTO ( ) ERRADO

34
194) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Julgue os itens A permissão de serviço público depende sempre de li-
subsequentes, relativos ao ato administrativo. citação e contra ela cabe revogação pela administração
pública a qualquer momento, por motivo de interesse
Considerando que certos elementos do ato administra- público.
tivo são sempre vinculados, não há ato administrativo
inteiramente discricionário. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO
195) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Julgue os itens
subsequentes, relativos ao ato administrativo. 201) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Serviço
Social - Com base no disposto no Decreto nº 6.029/2007
A administração pública pode anular os próprios atos, e na Lei nº 8.112/1990, julgue o item subsequente, que
quando eivados de vícios que os tornem ilegais, hipóte- versam sobre direitos e deveres de servidores públicos.
se em que a anulação produz efeitos retroativos à data
em que tais atos foram praticados. Caso um procedimento instaurado por comissão de éti-
ca receba a chancela de reservado, o investigado só terá
( ) CERTO ( ) ERRADO direito de saber o que lhe está sendo imputado, de co-
nhecer o teor da acusação e de ter vista dos autos após a
196) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Acerca dos ser- regular notificação para prestar esclarecimentos.
viços públicos, julgue os itens a seguir. ( ) CERTO ( ) ERRADO
De acordo com a CF, as pessoas jurídicas de direito pri-
vado, prestadoras de serviços públicos, não respondem 202) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Bruno,
objetivamente pelos danos que seus agentes, nessa qua- servidor contratado temporariamente para prestar
lidade, causarem a terceiros. serviços a determinado órgão público federal, praticou
conduta vedada aos servidores públicos pelo Código
( ) CERTO ( ) ERRADO
de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal.
197) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Acerca das
sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de A partir dessa situação hipotética, julgue o item a se-
enriquecimento ilícito no exercício de cargo, emprego guir à luz do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº
ou função da administração pública, julgue o próximo 6.029/2007.
item.
Se, para a infração praticada por Bruno, estiverem pre-
As punições constantes da Lei de Improbidade Admi- vistas as penalidades de advertência ou suspensão, a
nistrativa (Lei nº 8.429/1992) são aplicáveis a qualquer comissão de ética será competente para, após o regular
agente público, servidor ou não. procedimento, aplicar diretamente a penalidade.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

198) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Com relação ao 203) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Bru-
direito administrativo, julgue os itens a seguir: no, servidor contratado temporariamente para prestar
serviços a determinado órgão público federal, praticou
As sociedades de economia mista da União devem ser conduta vedada aos servidores públicos pelo Código
estruturadas sob a forma de sociedade por ações. de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal.
( ) CERTO ( ) ERRADO
A partir dessa situação hipotética, julgue o item a se-
199) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da guir à luz do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº
organização administrativa da União, julgue os itens se- 6.029/2007.
guintes:
Mesmo prestando serviço de natureza temporária, Bru-
SERVIÇO PÚBLICO

no está sujeito às disposições contidas no Decreto nº


A empresa pública exploradora de atividade econômi-
1.171/1994.
ca sujeita-se ao regime jurídico próprio das empresas
NOPORTUGUESA

privadas, inclusive quanto às obrigações trabalhistas e ( ) CERTO ( ) ERRADO


tributárias.
( ) CERTO ( ) ERRADO 204) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Bru-
no, servidor contratado temporariamente para prestar
LÍNGUA

serviços a determinado órgão público federal, praticou


200) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - Acerca dos ser-
ÉTICA

conduta vedada aos servidores públicos pelo Código


viços públicos, julgue os itens a seguir: de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder
Executivo Federal.

35
A partir dessa situação hipotética, julgue o item a se- 209) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Atuar como
guir à luz do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº instância consultiva do Presidente da República e Mi-
6.029/2007. nistros de Estado em matéria de ética pública constitui
competência da
Durante o procedimento de apuração da conduta de
Bruno, a comissão de ética deverá garantir-lhe proteção a) Secretaria Executiva de Ética Pública.
à sua honra e à sua imagem.
b) Comissão de Avaliação Institucional.
( ) CERTO ( ) ERRADO
c) Coordenadoria de Ética Profissional.
205) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca
do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº 6.029/2007, d) Comissão Permanente de Avaliação Ética
julgue o item subsequente.
e) Comissão de Ética Pública.
Embora deva respeitar a hierarquia, o servidor público
está obrigado a representar contra ações manifesta-
mente ilegais de seus superiores hierárquicos. 210) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - De acordo
com o Decreto nº 6.029, de 1º de fevereiro de 2007, os
( ) CERTO ( ) ERRADO
trabalhos das comissões de ética devem ser desenvolvi-
dos com celeridade e com observância, dentre outros,
206) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca do princípio da
do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº 6.029/2007,
julgue o item subsequente. a) independência e parcialidade de seus membros na apu-
ração dos fatos.
O rol de legitimados a provocar a atuação da Comissão
de Ética Pública, prevista no Decreto nº 6.029/2007, é b) exposição indiscriminada da pessoa investigada.
restrito a agentes públicos, sendo, entretanto, permitido
a qualquer cidadão provocar a atuação das comissões c) conclusão abreviada da investigação, independente-
de ética de que trata o Decreto nº 1.171/1994. mente do contraditório e da ampla defesa.
( ) CERTO ( ) ERRADO d) divulgação imediata da identidade do denunciante.

e) proteção à honra e à imagem da pessoa investigada.


207) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca
do disposto nos Decretos nº 1.171/1994 e nº 6.029/2007,
julgue o item subsequente.
211) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Segundo o
Em razão da relevância do serviço público prestado, é Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do
vitalício o mandato de membro integrante da Comissão Poder Executivo Federal, constitui vedação ao servidor
de Ética Pública, o que evita interferências externas na público:
atuação da comissão.
a) manter-se atualizado com as instruções, as normas de
( ) CERTO ( ) ERRADO serviço e a legislação pertinentes ao órgão onde exerce
suas funções.
208) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - Quanto à b) ter consciência de que seu trabalho é regido por princí-
Comissão de Ética Pública, nos termos do Decreto nº pios éticos que se materializam na adequada prestação
6.029, de 1º de fevereiro de 2007, é correto afirmar que: dos serviços públicos.

a) É composta 9 (nove) por brasileiros que preencham os c) ser, em função de seu espírito de solidariedade, coni-
requisitos de idoneidade moral, reputação ilibada e no- vente com erro ou infração ao Código de Ética de sua
tória experiência em administração pública. profissão.

b) É assegurada remuneração a todos os membros, a qual d) conservar limpo e em perfeita ordem o local de traba-
será variável em razão do número de reuniões de que lho, seguindo os métodos mais adequados à sua organi-
SERVIÇO PÚBLICO

participarem. zação e distribuição.


NOPORTUGUESA

c) Seu Presidente não terá direito de manifestar-se nas de- e) zelar, no exercício do direito de greve, pelas exigências
liberações da Comissão, nem mesmo com voto de qua- específicas da defesa da vida e da segurança coletiva.
lidade

d) Seus membros possuem mandatos de 5 (cinco) anos, 212) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Direito - O Sistema
LÍNGUA

permitidas até duas reconduções. de Gestão da Ética do Poder Executivo Federal foi ins-
ÉTICA

tituído com a finalidade de promover atividades que


e) A atuação no âmbito da Comissão de Ética Pública não dispõem sobre a conduta ética no âmbito do Executivo
enseja qualquer remuneração para seus membros. Federal, possuindo, dentre outras, a competência de

36
a) implementar políticas públicas onde a transparência e 215) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciá-
o acesso à informação são instrumentos dispensáveis rio - No que concerne à Comissão de Ética Pública –
ao exercício de gestão da ética pública CEP, consoante as disposições previstas no Decreto nº
6.029/2007, pode-se afirmar que:
b) articular ações com vistas a estabelecer e efetivar pro-
cedimentos de incentivo e incremento ao desempenho a) contará com uma Secretaria-Executiva, vinculada ao
institucional na gestão da ética pública do Estado brasi- Ministério da Justiça, à qual competirá prestar o apoio
leiro. técnico e administrativo aos trabalhos da Comissão.

c) permitir a utilização de artifícios destinados a procrasti- b) seus integrantes serão designados para mandatos de
nar o exercício de direito por qualquer cidadão. três anos, não coincidentes, sendo vedada recondução.

d) utilizar meios que impeçam a compatibilização e a in- c) a atuação no âmbito da CEP enseja remuneração a seus
teração de normas e procedimentos relativos à ética pú- membros e os trabalhos nela desenvolvidos são consi-
blica. derados prestação de relevante serviço público.

e) discriminar e segregar os órgãos, programas e ações re- d) compete-lhe, dentre outras atribuições, dirimir dúvi-
lacionados com a ética pública. das a respeito de interpretação das normas do Código
de Conduta da Alta Administração Federal, deliberando
sobre casos omissos.
213) FUNRIO/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - João,
servidor público federal, é membro de Comissão de Éti- e) deve observar, dentre outros princípios, a proteção
ca de determinado órgão do Poder Executivo Federal e à identidade do denunciante, que deverá sempre ser
foi acusado do cometimento de infração de natureza mantida sob reserva.
ética. Nesta hipótese, a infração ética será apurada:

a) pelo Ministério da Justiça. 216) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário -


Considere duas hipóteses:
b) pelo Presidente da República.
I. Fernanda, servidora pública civil do Poder Executivo
c) pelo Ministro Chefe da Casa Civil. Federal, tem sido vista embriagada, habitualmente, em
diversos locais públicos, como eventos, festas e reu-
d) pela Comissão de Ética Pública. niões.

e) pela própria Autarquia Federal a que está vinculado. II. Maria, também servidora pública civil do Poder Exe-
cutivo Federal, alterou o teor de documentos que deve-
ria encaminhar para providências.
214) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário
- Manoel, servidor público civil do Poder Executivo Fe- Nos termos do Decreto nº 1.171/1994,
deral, está sendo investigado para apuração de eventual
infração ética. Nos termos do Decreto nº 6.029/2007, a) ambas as servidoras públicas não se sujeitam às dispo-
Manoel tem o direito de saber o que lhe está sendo im- sições previstas no Decreto nº 1.171/1994.
putado, de conhecer o teor da acusação e de ter vista
dos autos: b) apenas o fato descrito no item II constitui vedação ao
servidor público; o fato narrado no item I não implica
a) no recinto da Comissão de Ética, mesmo que ainda não vedação, vez que a lei veda embriaguez apenas no local
tenha sido notificado da existência do procedimento in- do serviço.
vestigatório.
c) apenas o fato descrito no item I constitui vedação ao
b) no recinto da Comissão de Ética, porém, apenas se tiver servidor público, desde que ele seja efetivo.
sido devidamente notificado da existência do procedi-
mento investigatório. d) ambos os fatos não constituem vedações ao servidor
público, embora possam ter implicações em outras sea-
SERVIÇO PÚBLICO

c) dentro ou fora da Comissão de Ética, mesmo que ainda ras do Direito.


não tenha sido notificado da existência do procedimen-
e) ambos os fatos constituem vedações ao servidor públi-
NOPORTUGUESA

to investigatório.
co.
d) dentro ou fora da Comissão de Ética, porém, apenas se
tiver sido devidamente notificado da existência do pro-
cedimento investigatório. 217) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Nos termos do Decreto nº 1.171/1994, a pena aplicável
LÍNGUA
ÉTICA

e) no recinto da Comissão de Ética, não estando, no entan- ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censu-
to, incluído em tal direito o de obter cópia dos autos. ra e sua fundamentação:

37
a) não é necessária para a aplicação da pena; no entanto, O mandato dos membros da comissão de ética pública
exige-se ciência do faltoso. será de dois anos, não sendo permitidas reconduções.
( ) CERTO ( ) ERRADO
b) constará do respectivo parecer, assinado por todos os
seus integrantes, com ciência do faltoso.
221) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
c) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
Presidente da Comissão, com ciência do faltoso. seguir.
d) não é necessária para a aplicação da pena, sendo A secretaria executiva da comissão de ética pública será
dispensável também a ciência do faltoso. vinculada à Casa Civil da Presidência da República.
e) constará do respectivo parecer, assinado apenas pelo ( ) CERTO ( ) ERRADO
Presidente da Comissão, sendo dispensável a ciência do
faltoso.
222) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
seguir.
218) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Tratar com urbanidade as pessoas constitui: Qualquer cidadão poderá provocar a atuação da comis-
são de ética pública visando à apuração de infração éti-
a) regra de trato social, mas cujo descumprimento impede ca imputada a agente público, órgão ou setor específico
o servidor de ocupar cargo de provimento em comissão. de ente estatal.
b) regra de trato social, cujo descumprimento não acarreta ( ) CERTO ( ) ERRADO
sanção administrativa para o servidor público.
223) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
c) dever legal do servidor público, cuja violação sempre
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
acarretará a pena de suspensão, mas não a de demissão.
seguir.
d) dever legal do servidor público, cuja violação pode acar-
Pessoas que exercem cargos de natureza eventual, tem-
retar a pena de censura.
porária ou excepcional não podem ser submetidas a
procedimentos de apuração por meio da comissão de
e) conduta irrelevante no serviço público, não constituin-
ética pública.
do seu descumprimento infração legal, nem de regra de
trato social. ( ) CERTO ( ) ERRADO

219) FUNRIO/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário - 224) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
Nos termos do Decreto nº 6.029/2007, o procedimento que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
para a apuração de infração ética deve ser mantido com seguir.
a chancela de “reservado”. Sobre o prazo em que deve
ser mantida tal chancela, pode-se afirmar que: Qualquer procedimento instaurado para apuração
de prática em desrespeito às normas éticas deverá ser
a) após a apresentação da defesa pelo investigado, é possí- mantido com a chancela de reservado, até que seja con-
vel a supressão da chancela de “reservado”. cluído.
( ) CERTO ( ) ERRADO
b) é possível que, a qualquer momento, ainda que antes da
conclusão do procedimento, seja retirada tal chancela.
225) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
c) a condição de reservado deve ser mantida até a conclu- que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
são do procedimento e deliberação da respectiva Co- seguir.
missão de Ética do órgão ou entidade ou da CEP.
As penalidades de demissão, suspensão ou advertên-
d) tal condição deve ser mantida até a conclusão do proce-
SERVIÇO PÚBLICO

cia devem ser aplicadas pela comissão de ética pública


dimento, independentemente de qualquer deliberação quando forem constatados, apurados e comprovados
da respectiva Comissão de Ética do órgão ou entidade ilícitos penais, civis, de improbidade administrativa ou
NOPORTUGUESA

ou da CEP. de infração disciplinar.


e) após concluída a fase probatória, é possível a supressão ( ) CERTO ( ) ERRADO
da chancela de “reservado”.
226) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
LÍNGUA
ÉTICA

220) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
seguir.

38
Os agentes públicos que estejam em gozo de licença não 233) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da
poderão ser submetidos às normas do código de ética. ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
( ) CERTO ( ) ERRADO
A qualquer pessoa que esteja sendo investigada por pro-
cedimento ético são assegurados os direitos de obten-
227) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No ção de cópia dos autos e certidão de seu teor.
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a
( ) CERTO ( ) ERRADO
seguir.

Toda ausência injustificada do servidor ao seu local de 234) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da
trabalho é fator de desmoralização do serviço público. ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
( ) CERTO ( ) ERRADO
A comissão de ética de um órgão da administração pú-
blica pode aplicar penalidade de suspensão a um ser-
228) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No vidor, dependendo da gravidade da infração cometida
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a por ele.
seguir.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Uma perseguição sofrida por um servidor por parte de
seu chefe imediato é motivo justo para a alteração no
trato desse servidor com o público e com seus colegas 235) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da
de trabalho. ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.

( ) CERTO ( ) ERRADO A comissão de ética pública deve ser integrada por sete
brasileiros que preencham os requisitos de idoneidade
moral, reputação ilibada e notória experiência em ad-
229) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - No
que se refere à ética no serviço público, julgue os itens a ministração pública.
seguir. ( ) CERTO ( ) ERRADO

É dever do servidor público comunicar imediatamente


a seus superiores todo e qualquer ato ou fato contrário 236) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da
ao interesse público, exigindo as providências cabíveis. ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
( ) CERTO ( ) ERRADO O mandato dos membros da comissão de ética pública
é de três anos, não coincidentes, permitida uma única
230) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da recondução.
ética no serviço público, julgue os itens que se seguem. ( ) CERTO ( ) ERRADO

Para fins de apuração do comprometimento ético, en-


tende-se como servidor público todo aquele que ocupa 237) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da
cargo efetivo na administração pública. ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.
( ) CERTO ( ) ERRADO As autoridades competentes podem alegar sigilo para
deixar de prestar informações solicitadas pelas comis-
231) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da sões de ética.
ética no serviço público, julgue os itens que se seguem. ( ) CERTO ( ) ERRADO

A remuneração dos membros da comissão de ética pú-


blica equivale à metade do vencimento do servidor no 238) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Acerca
seu cargo de origem. do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil
do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens.
( ) CERTO ( ) ERRADO
O código de ética se caracteriza como decreto autôno-
SERVIÇO PÚBLICO

232) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito da mo no que concerne à lealdade à instituição a que o in-
divíduo serve.
NOPORTUGUESA

ética no serviço público, julgue os itens que se seguem.


( ) CERTO ( ) ERRADO
Uma das competências das comissões de ética é atuar
como instância consultiva de dirigentes e consultores
no âmbito de seu respectivo órgão ou entidade. 239) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Ques-
tão 39. Acerca do Código de Ética Profissional do Servi-
LÍNGUA

( ) CERTO ( ) ERRADO dor Público Civil do Poder Executivo Federal, julgue os


ÉTICA

próximos itens.

39
Órgãos que exercem atribuições delegadas do poder 244) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Consi-
público devem criar comissões de ética. dere a seguinte situação hipotética.
( ) CERTO ( ) ERRADO Natália e sua equipe de servidores do setor de comuni-
cação de um ministério foram encarregadas de preparar
240) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Acerca folheto destinado a divulgar as atividades da Comissão
do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil de Ética Pública (CEP) e de explicar, em particular, as
do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens. relações entre o presidente da República, os ministros
de Estado e a referida Comissão.
Age de modo equivocado o servidor público que, ao reu-
nir documentos para fundamentar seu pedido de pro- A partir dessa situação, julgue os próximos itens, de
moção, solicita a seu chefe uma declaração que ateste acordo com o disposto nos decretos nºs 6.029/2007 e
a lisura de sua conduta profissional. O equívoco refere- 1.171/1994.
-se ao fato de que, nessa situação, o pedido deveria ser
feito não ao chefe, mas à comissão de ética, que tem a Suponha-se ter havido um episódio, largamente noti-
incumbência de fornecer registros acerca da conduta ciado pela imprensa, em que a votação de matéria po-
ética de servidor para instruir sua promoção. lêmica houvesse terminado empatada e o presidente
da CEP houvesse desempatado em favor de uma das
( ) CERTO ( ) ERRADO partes. Nessa situação, seria correto a equipe de Natália
explicar que o presidente da CEP tem voto de qualidade
241) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Acerca nas deliberações do colegiado.
do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil ( ) CERTO ( ) ERRADO
do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens.

Na estrutura da administração, os integrantes de comis- 245) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Consi-
são de ética pública têm cargo equivalente ao de minis- dere a seguinte situação hipotética.
tro de Estado no que se refere a hierarquia e remunera-
ção.
Natália e sua equipe de servidores do setor de comuni-
( ) CERTO ( ) ERRADO cação de um ministério foram encarregadas de preparar
folheto destinado a divulgar as atividades da Comissão
de Ética Pública (CEP) e de explicar, em particular, as
242) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Acerca
do Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil relações entre o presidente da República, os ministros
do Poder Executivo Federal, julgue os próximos itens. de Estado e a referida Comissão.

Caso um servidor público tenha cometido pequenos A partir dessa situação, julgue os próximos itens, de
deslizes de conduta comprovados por comissão de sin- acordo com o disposto nos decretos nºs 6.029/2007 e
dicância que recomende a pena de censura, o relatório 1.171/1994.
da comissão de sindicância deve ser encaminhado para
a comissão de ética, pois é esta que tem competência Considere-se que, durante os trabalhos, Natália tenha
para aplicar tal pena ao servidor. orientado sua equipe para traçar um perfil do público
( ) CERTO ( ) ERRADO que iria receber o folheto e, depois, selecionar diagra-
mas e fotografias adequados para esse público. Consi-
dere-se, ainda, que um colega da equipe tenha argu-
243) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Consi- mentado, em conversa com Natália, que a equipe não
dere a seguinte situação hipotética. deveria gastar tempo e recursos nessa tarefa, a seu ver
desnecessária. Nesse caso, a decisão de Natália é a mais
Natália e sua equipe de servidores do setor de comuni- adequada, pois é dever do servidor público ter cuidado
cação de um ministério foram encarregadas de preparar ao tratar os usuários do serviço, aperfeiçoando os pro-
folheto destinado a divulgar as atividades da Comissão
cessos de comunicação e contato com o público.
de Ética Pública (CEP) e de explicar, em particular, as
relações entre o presidente da República, os ministros ( ) CERTO ( ) ERRADO
de Estado e a referida Comissão.

A partir dessa situação, julgue os próximos itens, de 246) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Consi-
acordo com o disposto nos decretos nºs 6.029/2007 e dere a seguinte situação hipotética.
SERVIÇO PÚBLICO

1.171/1994.
Natália e sua equipe de servidores do setor de comuni-
NOPORTUGUESA

Suponha-se que o folheto preparado pela equipe de Na- cação de um ministério foram encarregadas de preparar
tália explicasse que as decisões tomadas pela CEP não folheto destinado a divulgar as atividades da Comissão
precisariam ser, necessariamente, seguidas pelo presi- de Ética Pública (CEP) e de explicar, em particular, as
dente da República, visto que a Comissão se caracteriza relações entre o presidente da República, os ministros
apenas como um órgão de aconselhamento. Nesse caso, de Estado e a referida Comissão.
a informação do folheto estaria correta, pois, em maté-
LÍNGUA

ria de ética pública, a CEP é, de fato, instância consultiva


ÉTICA

A partir dessa situação, julgue os próximos itens, de


do presidente da República e dos ministros de Estado.
acordo com o disposto nos decretos nºs 6.029/2007 e
( ) CERTO ( ) ERRADO 1.171/1994.

40
Considere-se que a versão inicial do folheto preparado A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir,
pela equipe de Natália contivesse diagrama no qual a referentes à seguridade social do servidor público.
CEP e sua Secretaria-Executiva estivessem diretamente
ligadas ao ministro da Justiça, por ser esse ministério o Os filhos de Aldo e Sandra, como dependentes de ser-
mais antigo. Nesse caso, o folheto deveria ser corrigido, vidor público, têm direito aos seguintes benefícios do
pois a CEP e sua Secretaria-Executiva são vinculadas di- plano de seguridade social: pensão, auxílio-funeral,
retamente ao presidente da República. auxílio-reclusão e assistência à saúde.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

247) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca 252) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Ser-
de aspectos relacionados à ética e à cidadania, julgue os viço Social - Aldo e Sandra são casados e pais de três
itens que se seguem. crianças. Sandra é servidora pública efetiva de determi-
nada fundação pública vinculada ao governo federal, e
A responsabilidade social de uma corporação restringe- Aldo, que não é concursado, ocupa um cargo em comis-
-se aos funcionários de suas empresas. são em um órgão público federal.
( ) CERTO ( ) ERRADO
A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir,
referentes à seguridade social do servidor público.
248) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca
de aspectos relacionados à ética e à cidadania, julgue os Com base na universalidade da cobertura e do atendi-
itens que se seguem. mento da seguridade social, Aldo terá direito aos mes-
mos benefícios de plano de seguridade social e de assis-
Suponha-se que uma empresa tenha conseguido a cer- tência à saúde garantidos a Sandra.
tificação SA 8.000, norma internacional que garante a
( ) CERTO ( ) ERRADO
responsabilidade trabalhista. Nesse caso, é correto afir-
mar que esse fato não garante que a empresa seja ética,
pois a ética não se limita a aspectos isolados da conduta 253) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Serviço
empresarial. Social - Com base no disposto no Decreto nº 6.029/2007
( ) CERTO ( ) ERRADO e na Lei nº 8.112/1990, julgue o item subsequente, que
versam sobre direitos e deveres de servidores públicos.

249) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Acerca É proibido ao servidor público atuar como intermediário
de aspectos relacionados à ética e à cidadania, julgue os junto a repartições públicas, salvo quando se tratar de
itens que se seguem. benefícios previdenciários ou assistenciais de parentes
até o segundo grau e de cônjuge ou companheiro.
Considere-se que uma empresa prestadora de serviços ( ) CERTO ( ) ERRADO
na área de turismo e hotelaria tenha incluído, em seu
plano de expansão, o propósito de contratar pessoas
portadoras de necessidades especiais e igual propor- 254) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - . Con-
ção de homens e mulheres. Nessa situação, ao oferecer siderando que determinado servidor público federal
igualdade de oportunidades de emprego, a empresa de- tenha sido removido para outra sede, situada em outro
monstra ter preocupações éticas. município, para acompanhar sua esposa, que também é
servidora pública federal e foi removida no interesse da
( ) CERTO ( ) ERRADO administração, julgue o item seguinte à luz do disposto
na Lei nº 8.112/1990.
250) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Tera-
pia Ocupacional - Acerca do Código de Ética Profissio- É correto inferir que houve interesse da administração
DOS SERVIDORES PÚBLICOS
nal do Servidor Público Civil do Poder Executivo Fede- na remoção do servidor, pois esse é um dos requisitos
ral, julgue os próximos itens: para sua concessão.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Órgãos que exercem atribuições delegadas do poder
público devem criar comissões de ética.
255) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Con-
( ) CERTO ( ) ERRADO siderando que determinado servidor público federal
tenha sido removido para outra sede, situada em outro
REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS município, para acompanhar sua esposa, que também é
PORTUGUESA

servidora pública federal e foi removida no interesse da


LÍNGUA JURÍDICO

administração, julgue o item seguinte à luz do disposto


251) CESPE/2016 - INSS - Analista do Seguro Social - Ser- na Lei nº 8.112/1990.
viço Social - Aldo e Sandra são casados e pais de três
crianças. Sandra é servidora pública efetiva de determi- A referida remoção pressupõe o deslocamento do cargo
REGIME

nada fundação pública vinculada ao governo federal, e ocupado pelo servidor para outro órgão ou entidade do
Aldo, que não é concursado, ocupa um cargo em comis- mesmo poder.
são em um órgão público federal. ( ) CERTO ( ) ERRADO

41
256) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Con- a ser concedida, uma vez que foram preenchidos os
siderando que determinado servidor público federal requisitos legais. Posteriormente, vem a ser instaurado
tenha sido removido para outra sede, situada em outro processo disciplinar, que conclui pela prática de impro-
município, para acompanhar sua esposa, que também é bidade administrativa e corrupção. Nesse caso, qual a
servidora pública federal e foi removida no interesse da pena a ser aplicada?
administração, julgue o item seguinte à luz do disposto
na Lei nº 8.112/1990. a) Demissão, com perda do objeto por aposentadoria con-
cedida.
O período de afastamento do servidor para o desloca-
mento e para a retomada do exercício do cargo no novo b) Arquivamento, em face da concessão de aposentadoria.
município, observados os limites legais, é considerado
como de efetivo exercício. c) Cassação de aposentadoria.
( ) CERTO ( ) ERRADO
d) O processo administrativo disciplinar não pode ser con-
cluído, em face da aposentadoria.
257) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Con-
siderando que determinado servidor público federal e) Torna-se impossível a instauração do processo adminis-
tenha sido removido para outra sede, situada em outro trativo disciplinar, em face da aposentadoria anterior.
município, para acompanhar sua esposa, que também é
servidora pública federal e foi removida no interesse da
administração, julgue o item seguinte à luz do disposto
na Lei nº 8.112/1990. 262) FCC/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - Sérgio,
servidor público federal, teve ciência de irregularidades
Ainda que o servidor e sua esposa sejam integrantes de ocorridas no âmbito da Administração Pública Federal,
órgãos pertencentes a poderes distintos da União, a re- em razão do cargo que ocupa. Por medo de retaliação,
moção do servidor poderia ser concedida. não relatou os fatos de que teve conhecimento.

( ) CERTO ( ) ERRADO Nos termos da Lei nº 8.112/1990, Sérgio:

a) não descumpriu dever legal.


258) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Jul-
gue o item subsecutivo conforme o disposto na Lei nº b) deveria ter levado os fatos ao conhecimento da autori-
8.112/1990. dade superior.
Como medida que contribui para a melhoria da quali- c) agiu corretamente, pois omitiu-se para a salvaguarda de
dade de vida do servidor público, é-lhe facultado optar seus direitos.
pela acumulação de períodos de licença-capacitação,
caso não seja possível usufruí-los após cada período d) deveria obrigatoriamente ter levado os fatos ao conhe-
aquisitivo. cimento do Poder Judiciário.
( ) CERTO ( ) ERRADO
e) agiu expressamente nos termos da lei.

259) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Jul-


gue o item subsecutivo conforme o disposto na Lei nº 263) FCC/2012 - INSS - Perito Médico Previdenciário - Tra-
8.112/1990. tar com urbanidade as pessoas constitui:

Em conformidade com a Lei nº 8.112/1990, o servidor a) regra de trato social, mas cujo descumprimento impede
público poderá ser afastado do Brasil para missão oficial o servidor de ocupar cargo de provimento em comissão.
DOS SERVIDORES PÚBLICOS

por tempo indeterminado.


b) regra de trato social, cujo descumprimento não acarreta
( ) CERTO ( ) ERRADO
sanção administrativa para o servidor público.

260) CESPE/2016 - INSS - Técnico do Seguro Social - Julgue c) dever legal do servidor público, cuja violação sempre
o item que se segue, acerca da administração pública. acarretará a pena de suspensão, mas não a de demissão.

No cômputo do limite remuneratório (chamado de teto d) dever legal do servidor público, cuja violação pode acar-
constitucional), devem ser consideradas todas as parce- retar a pena de advertência.
PORTUGUESA

las percebidas pelo agente público, incluídas as de cará-


ter indenizatório. e) conduta irrelevante no serviço público, não constituin-
LÍNGUA JURÍDICO

do seu descumprimento infração legal, nem de regra de


( ) CERTO ( ) ERRADO trato social.
REGIME

261) FUNRIO/2014 - INSS - Analista - Tecnologia da Infor-


mação - Jorge Jerônimo, temeroso de responder a pro- 264) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A
cesso administrativo disciplinar, por atos ilícitos prati- respeito da administração pública, julgue os itens sub-
cados, requer sua aposentadoria, sendo que esta vem sequentes.

42
É possível a acumulação remunerada de dois cargos 271) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - A respeito do
ou empregos privativos de profissionais de saúde, com direito constitucional, julgue os itens a seguir.
profissões regulamentadas.
( ) CERTO ( ) ERRADO Em caso de extinção do cargo que ocupa, o servidor es-
tável possui o direito de ficar em disponibilidade até a
sua reintegração em outro cargo.
265) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A
( ) CERTO ( ) ERRADO
respeito da administração pública, julgue os itens sub-
sequentes.
272) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - No que se refere
O prazo de validade de um concurso público é de três aos agentes públicos, julgue os itens subsequentes.
anos, podendo ser prorrogado duas vezes, por igual pe-
ríodo.
Além da responsabilidade civil e penal, o servidor res-
( ) CERTO ( ) ERRADO ponde administrativamente pela prática de ilícitos ad-
ministrativos definidos na legislação de regência, situa-
ção em que a infração deve ser apurada pela própria ad-
266) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - A ministração pública, por intermédio de procedimento
respeito da administração pública, julgue os itens sub- adequado.
sequentes.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Ao servidor que ocupe exclusivamente cargo em comis-
são será aplicado o regime geral de previdência social.
273) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - No que se refere
( ) CERTO ( ) ERRADO aos agentes públicos, julgue os itens subsequentes:

De acordo com a classificação doutrinária, empregado


267) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - público e empregado particular em colaboração com o
Julgue os itens a respeito dos agentes públicos. poder público integram a mesma categoria.
A demissão ou a destituição de cargo em comissão, por ( ) CERTO ( ) ERRADO
valer-se do cargo para lograr proveito pessoal ou de ou-
trem, em detrimento da dignidade da função pública,
274) CESPE/2010 - INSS - Engenheiro Civil - No que se refere
não incompatibiliza o ex-servidor para nova investidura
aos agentes públicos, julgue os itens subsequentes:
em cargo público federal, pelo prazo de cinco anos.
( ) CERTO ( ) ERRADO Apesar de cargo, emprego e função designarem reali-
dades diversas, a investidura, em qualquer uma dessas
hipóteses, depende da aprovação em concurso público.
268) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário -
Julgue os itens a respeito dos agentes públicos. ( ) CERTO ( ) ERRADO

A investidura é o ato pelo qual o agente público vincula-


275) FUNRIO/2009 - INSS - Analista - Serviço Social - O Ins-
-se ao Estado. A investidura política realiza-se, em regra,
tituto Nacional de Meio Ambiente Florestal, autarquia
por eleição direta ou indireta, mediante sufrágio univer-
federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, em
sal, ou restrito a determinados eleitores, na forma da CF,
obediência à Portaria Ministerial, realiza concurso in-
para mandatos nas corporações legislativas ou nas che-
terno (ascensão funcional), restrito aos seus servidores
fias do Poder Executivo.
de nível médio, com vista ao preenchimento de vagas
( ) CERTO ( ) ERRADO de nível superior de seu quadro funcional. O concurso
DOS SERVIDORES PÚBLICOS
interno constará de provas e do exame de títulos, sendo
a banca examinadora constituída por servidores do Mi-
269) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - nistério da Fazenda, de forma a garantir a impessoalida-
Julgue os itens a respeito dos agentes públicos. de do certame. O edital do concurso interno foi publica-
do no Boletim Interno da Autarquia, sendo aberto um
Na remoção de ofício, é o próprio interesse público que prazo de 15 (quinze) dias para as inscrições, mediante
exige a movimentação do servidor, dentro do mesmo a comprovação do término de graduação de nível supe-
quadro a que pertence, para outra localidade ou não. rior, recolhimento de taxa, fixada em R$ 150,00 (cento e
( ) CERTO ( ) ERRADO cinquenta reais) e a assinatura de termo de compromis-
PORTUGUESA

so de que o candidato, caso logre êxito, irá tomar posse


no novo cargo. Com relação ao procedimento em ques-
LÍNGUA JURÍDICO

270) CESPE/2010 - INSS - Perito Médico Previdenciário - tão, é correto afirmar que:
Julgue os itens a respeito dos agentes públicos.
a) o concurso a ser realizado é irregular, somente pelo fato
A punição administrativa do agente público depende do de não ter havido a publicação do edital no Diário Ofi-
REGIME

processo civil ou criminal a ser instaurado pela mesma cial da União e pelo fato de o prazo de inscrição ser infe-
falta disciplinar. rior a 30 (trinta) dias.
( ) CERTO ( ) ERRADO

43
b) o concurso a ser realizado é regular, uma vez que auto- e) o combate a emergências ambientais, independente-
rizado pela Autoridade Ministerial, sendo dispensável, mente de declaração, pelo Ministro de Estado do Meio
em face de sua natureza, a publicação no Diário Oficial. Ambiente, da existência de emergência ambiental na
região específica.
c) o concurso a ser realizado é irregular, uma vez que o
Supremo Tribunal Federal, em Ação Direta de Inconsti-
tucionalidade, considerou inconstitucional a ascensão 278) FUNRIO/2009 - INSS - Analista - Serviço Social - Em
funcional, através de concurso interno. relação a que condutas, nos termos da Lei nº 8112/90, é
aplicável a pena de demissão ao servidor público fede-
d) o concurso a ser realizado somente será regular, se o ato ral?
da Autoridade Ministerial for homologado pela Presi-
dência da República, por se tratar de ato administrativo a) À ofensa física, em serviço, a servidor ou a particular,
complexo. mesmo que em legítima defesa; improbidade adminis-
trativa.
e) o concurso é irregular, uma vez que em certames dessa
natureza, não tem cabimento a realização da verificação b) À incontinência pública e conduta escandalosa, na
de títulos. repartição; revelação de segredo do qual se apropriou
em razão do cargo.

276) FUNRIO/2009 - INSS - Analista - Serviço Social - No c) À acumulação ilegal de cargos públicos, excetuado em
que se refere aos requisitos para a concessão de auxílio- fundações e sociedades de economia mista; corrupção
-moradia ao servidor público federal, na forma da Lei nº ativa ou passiva.
8112/90, é correto afirmar o que segue:
d) À atuação, como procurador ou intermediário, junto a
a) o cônjuge ou companheiro do servidor ocupe imóvel repartições públicas, salvo quando se tratar de benefí-
funcional. cios previdenciários ou assistenciais de parentes até o
terceiro grau, e de cônjuge ou companheiro; procedi-
b) o servidor tenha se mudado do local de residência para mento de forma desidiosa.
ocupar cargo em comissão ou função de confiança do
Grupo-Direção e Assessoramento Superiores - DAS, ní- e) À participação de gerência ou administração de so-
veis 3, 4, 5 e 6, de Natureza Especial, de Ministro de Es- ciedade privada, personificada ou não-personificada,
tado ou equivalentes. exercício do comércio na qualidade de acionista, cotista
ou comanditário; recebimento de propina, em razão de
c) exista imóvel funcional disponível para uso pelo servi-
suas atribuições.
dor.

d) o deslocamento tenha sido por força de alteração de lo-


tação ou nomeação para cargo efetivo. 279) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Com
base na Lei nº 8.112/1990, julgue os itens a seguir.
e) o servidor não domiciliado ou residindo no Município,
nos últimos doze meses, onde for exercer o cargo em Considere que Esmeralda, servidora pública, que soli-
comissão ou função de confiança, desconsiderando-se citou licença não-remunerada para cuidar de sua mãe
prazo inferior a sessenta dias dentro desse período. enferma, permaneceu nessa condição por cerca de um
ano. Posteriormente, ao retirar sua certidão de tempo
de serviço, observou que o referido período de licença
277) FUNRIO/2009 - INSS - Analista - Serviço Social - Cons- não havia sido contabilizado e entrou com um pedido
titui necessidade temporária de excepcional interesse de revisão. Nessa situação, o pedido de Esmeralda deve-
rá ser negado, pois licença para tratamento de saúde de
DOS SERVIDORES PÚBLICOS

público, para fins de contratação temporária pela Ad-


ministração Pública Federal, pessoa da família do servidor somente é contada para
efeito de aposentadoria se for remunerada.
a) a realização de recenseamentos excetuadas as pesqui- ( ) CERTO ( ) ERRADO
sas de natureza estatística efetuadas pela Fundação Ins-
tituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE
280) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Direito
b) as atividades especiais nas organizações do Exército - Com base nos princípios constitucionais que regem os
para atender a área rural ou a encargos temporários de servidores públicos, julgue os itens subsequentes.
PORTUGUESA

obras e serviços de engenharia civil e mecânica.


É possível, para efeitos de aposentadoria, a contagem
LÍNGUA JURÍDICO

c) a admissão de pesquisador estrangeiro para projeto de em dobro do tempo de serviço prestado às Forças
pesquisa, em autarquia integrante da Carreira de Ciên- Armadas por pessoa que ingressou no serviço público,
cia e Tecnologia e do Instituto Nacional da Propriedade com 21 anos de idade, em 1º de janeiro de 1999.
REGIME

Industrial. ( ) CERTO ( ) ERRADO


d) a admissão de professor e pesquisador visitante estran-
geiro

44
281) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Direito vidor atendeu-a rápida e polidamente, mas negou-se a
- Há três anos, Maria foi atropelada, tendo ficado prova- fornecer-lhe informações sobre os referidos itens, pois
do que o atropelamento foi causado por culpa exclusiva tratava-se de dados sigilosos. Nessa situação, a atitude
de condutor do ônibus de empresa prestadora de trans- do servidor está correta, pois é seu dever atender com
porte público municipal. Desde então, ela tenta receber presteza ao público em geral, prestando as informações
o valor do seguro a ser pago pelo poder concedente. Na requeridas, ressalvadas aquelas protegidas por sigilo.
última vez, acompanhada de sua filha de 11 anos de ( ) CERTO ( ) ERRADO
idade, foi a um dos postos de atendimento da autarquia
responsável pelo segmento, para saber se já existia de-
cisão de seu caso. Após espera de mais de três horas, o 284) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em cada
servidor que a atendeu, muito embora tenha adotado os um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipo-
procedimentos administrativos de rotina para a regular tética envolvendo servidores públicos, seguida de uma
tramitação do pedido, teria afirmado para a requerente assertiva a ser julgada com base na Lei nº 8.112/1990.
e sua filha que achava uma injustiça que qualquer dor-
zinha virasse pretexto para a pessoa não trabalhar e ficar Joaquim, após demanda judicial, obteve sentença favo-
pedindo seguro por acidente. rável ao recebimento de indenização a qual, esperava
ele, seria incorporada ao seu vencimento. Entretanto,
Com base na situação hipotética apresentada acima, no mês posterior à publicação da sentença, verificou,
julgue os próximos itens. no contracheque, não ter havido alteração em seu ven-
cimento. Nessa situação, o setor de pagamentos agiu
A autarquia responderá por dano moral em razão do corretamente, pois verbas de natureza indenizatória
que disse seu servidor, o que caracterizou ofensa à hon- não podem ser incorporadas ao vencimento.
ra da segurada, em especial pelo fato de a afirmação ter ( ) CERTO ( ) ERRADO
sido feita na presença de sua filha.
( ) CERTO ( ) ERRADO 285) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em cada
um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipo-
282) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Direito tética envolvendo servidores públicos, seguida de uma
assertiva a ser julgada com base na Lei nº 8.112/1990.
- Há três anos, Maria foi atropelada, tendo ficado prova-
do que o atropelamento foi causado por culpa exclusiva
Decorridos cinco anos de sua posse, Mônica, com o in-
de condutor do ônibus de empresa prestadora de trans- tuito de aperfeiçoar sua qualificação profissional, solici-
porte público municipal. Desde então, ela tenta receber tou licença para terminar curso de pós-graduação que
o valor do seguro a ser pago pelo poder concedente. Na deixara incompleto. Ao receber resposta negativa, Mô-
última vez, acompanhada de sua filha de 11 anos de nica decidiu apresentar recurso, alegando que a licença
idade, foi a um dos postos de atendimento da autarquia capacitação é direito subjetivo do servidor e que, em si-
responsável pelo segmento, para saber se já existia de- tuações como a sua, é dever da administração concedê-
cisão de seu caso. Após espera de mais de três horas, o -la. Nesse caso, a legislação apoia todos os argumentos
servidor que a atendeu, muito embora tenha adotado os apresentados por Mônica.
procedimentos administrativos de rotina para a regular
tramitação do pedido, teria afirmado para a requerente ( ) CERTO ( ) ERRADO
e sua filha que achava uma injustiça que qualquer dor-
zinha virasse pretexto para a pessoa não trabalhar e ficar 286) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em cada
pedindo seguro por acidente. um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipo-
tética envolvendo servidores públicos, seguida de uma
Com base na situação hipotética apresentada acima, assertiva a ser julgada com base na Lei nº 8.112/1990.
julgue os próximos itens.

DOS SERVIDORES PÚBLICOS


Renato, servidor de órgão público federal e estudante,
A conduta de dar regular tramitação ao procedimento constatou, no início do ano letivo, incompatibilidade
de pagamento do seguro exclui a responsabilização ad- entre seu horário escolar e o da repartição onde traba-
ministrativa do servidor. lha. Depois de explicar sua situação ao chefe, foi por
( ) CERTO ( ) ERRADO este informado de que teria direito a horário especial,
desde que compensasse o tempo não trabalhado. Re-
nato contra-argumentou dizendo que era impossível
283) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em cada compensar o tempo de afastamento do trabalho, pois,
um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipo- além de assistir às aulas, precisava estudar muito e fazer
PORTUGUESA

tética envolvendo servidores públicos, seguida de uma as tarefas escolares. Nessa situação, os argumentos de
assertiva a ser julgada com base na Lei nº 8.112/1990. Renato não têm amparo legal.
LÍNGUA JURÍDICO

Mara, jornalista, dirigiu-se a determinada repartição ( ) CERTO ( ) ERRADO


pública e solicitou, com o objetivo de preparar matéria
para o jornal do bairro onde trabalha, informações so- 287) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - Em cada
REGIME

bre uma lista de itens, que incluía dados sobre o efetivo um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipo-
policial e nomes de policiais da área de inteligência que tética envolvendo servidores públicos, seguida de uma
trabalham sem uniforme no bairro em questão. O ser- assertiva a ser julgada com base na Lei nº 8.112/1990.

45
Antônio, após ter sido aposentado por invalidez, iniciou b) podem ser acumulados, inclusive de forma remunera-
tratamento que implicou a cura da doença que o afas- da, na hipótese de serem dois cargos de professor com
tara do serviço público. Após avaliação da junta médica outro, técnico ou científico, desde que haja compatibili-
oficial, que aprovou seu retorno às atividades das quais dade de horários.
se afastara, Antônio requereu a readaptação ao cargo
ocupado e o cômputo do tempo de afastamento para c) impedem que o servidor público civil exerça o direito à
fins de promoção na carreira. Nessa situação, os pedi- livre associação sindical.
dos de Antônio devem ser atendidos, por estarem am-
parados na legislação do servidor público. d) em nenhuma hipótese são acessíveis a estrangeiros.
( ) CERTO ( ) ERRADO
e) proporcionam estabilidade ao servidor nomeado em
caráter efetivo, após três anos de efetivo exercício e me-
288) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Com diante avaliação especial de desempenho por comissão
base na Lei nº 8.112/1990, julgue o item a seguir. instituída para essa finalidade.
É vedado a chefe de repartição pública, em qualquer
situação, cometer a outro servidor atribuições estranhas
ao cargo que ocupa. 294) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Julgue
os itens seguintes, acerca de educação nas empresas.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Um servidor público que faz curso de capacitação, bus-
cando sua preparação para a carreira, recebe uma forma
289) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Com de treinamento com o foco em resultados de médio e
base na Lei nº 8.112/1990, julgue o item a seguir. longo prazos.
De acordo com essa lei, é vedado ao servidor público re- ( ) CERTO ( ) ERRADO
cusar fé a documento público.
( ) CERTO ( ) ERRADO 295) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - “A qua-
lidade do serviço de atendimento ao público, no con-
texto da realidade brasileira, tanto no âmbito estatal
290) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Com quanto no da iniciativa privada, apresenta-se como um
base na Lei nº 8.112/1990, julgue o item a seguir. desafio institucional que parece exigir transformações
urgentes. Essa necessidade tem múltiplas facetas e a
Prescreve em dois anos a ação disciplinar de suspensão, visibilidade de uma delas se expressa nas queixas fre-
contados a partir da data em que o fato se tornou co- quentes de usuários-consumidores. Basta visitar os es-
nhecido. paços dedicados aos leitores dos jornais para encontrar
( ) CERTO ( ) ERRADO uma fonte empírica abundante de reclamações con-
cernentes aos serviços de atendimento em instituições
públicas e privadas”. (Mário César Ferreira. Serviço de
291) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Com atendimento ao público: o que é?
base na Lei nº 8.112/1990, julgue o item a seguir.
Como analisá-lo? Esboço de uma abordagem teórico-
Se, depois de aprovado em concurso público, um cida- -metodológica em ergonomia. Internet – com adapta-
dão for nomeado para cargo no serviço público e falecer ções).
antes de tomar posse, sua esposa terá direito a pensão
junto ao INSS, direito este que, na situação considerada, Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os
consubstancia-se independentemente da posse. itens a seguir.
DOS SERVIDORES PÚBLICOS

( ) CERTO ( ) ERRADO
O bom estado de saúde, a competência profissional e o
perfil adequado do atendente tornam o serviço de aten-
292) CESPE/2008 - INSS - Analista do Seguro Social - Direito dimento mais eficiente e, desse modo, contribuem para
- Com base nos princípios constitucionais que regem os aumentar a satisfação dos usuários dos produtos ou ser-
servidores públicos, julgue os itens subsequentes. viços da instituição.

O servidor que ocupa apenas cargo temporário de livre ( ) CERTO ( ) ERRADO


nomeação e exoneração, ao se aposentar, estará sujeito
ao regime geral de previdência social.
PORTUGUESA

296) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - “A


( ) CERTO ( ) ERRADO qualidade do serviço de atendimento ao público, no
LÍNGUA JURÍDICO

contexto da realidade brasileira, tanto no âmbito estatal


quanto no da iniciativa privada, apresenta-se como um
293) FCC/2012 - INSS - Técnico do Seguro Social - Questão desafio institucional que parece exigir transformações
urgentes. Essa necessidade tem múltiplas facetas e a
REGIME

43. Cargos públicos, segundo a Constituição Federal,


visibilidade de uma delas se expressa nas queixas fre-
a) são preenchidos apenas por candidatos aprovados em quentes de usuários-consumidores. Basta visitar os es-
concurso público de provas e títulos. paços dedicados aos leitores dos jornais para encontrar

46
uma fonte empírica abundante de reclamações con- 299) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
cernentes aos serviços de atendimento em instituições MPU - Segurança Institucional e Transporte. Com re-
públicas e privadas”. (Mário César Ferreira. Serviço de lação aos direitos humanos previstos na Constituição
atendimento ao público: o que é? Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue. Na CF,
a classificação dos direitos e garantias fundamentais
Como analisá-lo? Esboço de uma abordagem teórico- restringe-se a três categorias: os direitos individuais e
-metodológica em ergonomia. Internet – com adapta- coletivos, os direitos de nacionalidade e os direitos polí-
ções). ticos.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os
itens a seguir.

Uma empresa que, no intuito de melhorar a qualidade 300) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
do serviço de atendimento ao público, encaminhe os MPU - Segurança Institucional e Transporte. Com re-
clientes a setores específicos, em função do tipo de pro- lação aos direitos humanos previstos na Constituição
duto/serviço que buscam, utiliza uma abordagem de Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue. Os di-
departamentalização funcional. reitos fundamentais só podem ser garantidos quando
regulamentados em lei.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

297) CESPE/2008 - INSS - Técnico do Seguro Social - “A qua-


lidade do serviço de atendimento ao público, no con- 301) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
texto da realidade brasileira, tanto no âmbito estatal MPU - Segurança Institucional e Transporte. Com rela-
quanto no da iniciativa privada, apresenta-se como um ção aos direitos humanos previstos na Constituição Fe-
desafio institucional que parece exigir transformações deral de 1988 (CF), julgue o item que se segue. A CF traz
urgentes. Essa necessidade tem múltiplas facetas e a uma enumeração taxativa dos direitos fundamentais.
visibilidade de uma delas se expressa nas queixas fre-
quentes de usuários-consumidores. Basta visitar os es- ( ) CERTO ( ) ERRADO
paços dedicados aos leitores dos jornais para encontrar
uma fonte empírica abundante de reclamações con-
cernentes aos serviços de atendimento em instituições 302) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
públicas e privadas”. (Mário César Ferreira. Serviço de MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi-
atendimento ao público: o que é? tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho
do servidor público. Considerando as disposições cons-
Como analisá-lo? Esboço de uma abordagem teórico- titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15,
-metodológica em ergonomia. Internet – com adapta- julgue os itens subsecutivos. O direito de petição só se
ções). aplica ao judiciário.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os
itens a seguir.

Um procedimento que pode permitir a identificação de 303) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
fatores críticos de sucesso para o atendimento ao públi- MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi-
co com qualidade é descobrir o que distingue uma orga- tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho
nização bem-sucedida, no atendimento ao público, de do servidor público. Considerando as disposições cons-
uma malsucedida, nesse aspecto, e analisar as diferen- titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15,
ças entre elas. julgue os itens subsecutivos. É assegurado o acesso às
informações de interesse particular retidas pelos órgãos
( ) CERTO ( ) ERRADO públicos.
( ) CERTO ( ) ERRADO
DIREITO CONSTITUCIONAL

304) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do


298) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista do MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi-
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

MPU - Conhecimentos Básicos (+ provas). No que diz tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho
respeito aos procuradores-gerais de justiça e aos mem-
PORTUGUESA

do servidor público. Considerando as disposições cons-


bros do MPU, julgue o item seguinte. Caso o procura- titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15,
dor-geral da República cometa homicídio qualificado, julgue os itens subsecutivos. O fornecimento de certi-
ele deverá ser processado e julgado por esse crime pe- dão para a defesa de direitos ou para o esclarecimento
rante o Senado Federal. de situações pessoais pelos órgãos públicos encontra
respaldo constitucional.
DIREITO

( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

47
305) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do 311) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci-
MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi- mentos Básicos para o Cargo 33 (+ provas). Conside-
tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho rando as regras do direito constitucional, julgue o item
do servidor público. Considerando as disposições cons- a seguir. Embora os direitos e as garantias fundamentais
titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15, se destinem essencialmente às pessoas físicas, alguns
julgue os itens subsecutivos. É incondicional o direito à
reunião com fins pacíficos em local aberto ao público. deles podem ser estendidos às pessoas jurídicas.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

306) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do 312) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista -
MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi- Finanças e Controle. Com referência à legislação dos
tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho diversos tributos, julgue o item subsequente. A Contri-
do servidor público. Considerando as disposições cons- buição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) é destinada
titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15, precipuamente à previdência social e integra o orça-
julgue os itens subsecutivos. A prática de racismo cons- mento da seguridade social, devendo ser cobrada a uma
titui crime inafiançável e imprescritível. alíquota uniforme, independentemente do ramo de ati-
( ) CERTO ( ) ERRADO vidade ou do grau de utilização de pessoal na formação
do custo das empresas.
( ) CERTO ( ) ERRADO
307) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi-
tos fundamentais arrolados pela CF balizam o trabalho
do servidor público. Considerando as disposições cons- 313) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico -
titucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º ao 15, Tecnologia da Informação e Comunicação. Conside-
julgue os itens subsecutivos. Só a lei pode obrigar a pes- rando as regras do direito constitucional, julgue os itens
soa a fazer ou deixar de fazer alguma coisa. a seguir. Embora os direitos e as garantias fundamentais
( ) CERTO ( ) ERRADO se destinem essencialmente às pessoas físicas, alguns
deles podem ser estendidos às pessoas jurídicas.
( ) CERTO ( ) ERRADO
308) Ano: 2015Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico do
MPU - Segurança Institucional e Transporte. Os direi-
tos fundamentais arrolados pela CF balizam o traba-
lho do servidor público. Considerando as disposições 314) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico -
constitucionais insculpidas nos artigos que vão do 5.º Tecnologia da Informação e Comunicação. Acerca do
ao 15, julgue os itens subsecutivos. As cartas dirigidas a Poder Legislativo e do MP, julgue o item a seguir. Caso
servidor podem ser livremente abertas pelos órgãos de determinado deputado federal, acusado de corrupção,
segurança institucional. renuncie ao seu mandato no transcurso de procedi-
( ) CERTO ( ) ERRADO mento de cassação, a renúncia só produzirá efeitos após
decisão final decorrente do referido procedimento.
( ) CERTO ( ) ERRADO
309) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico -
Tecnologia da Informação e Comunicação (+ provas).
Considerando as regras do direito constitucional, julgue
315) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci-
o item a seguir.
mentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e 27 a 32 (+ pro-
vas). Julgue o item que se segue, relativo aos direitos e
Considere que Gabriel, brasileiro nato, ao retornar para
garantias fundamentais. Apesar do inegável anseio so-
o Brasil após ter residido alguns anos nos Estados Uni-
cial, não existe previsão expressa na CF/88 assegurando
dos da América (EUA), tenha descoberto que fora con-
a todos, no âmbito judicial, a razoável duração do pro-
denado criminalmente pela justiça americana por trá-
cesso.
fico ilícito de entorpecentes. Nessa situação hipotética,
Gabriel poderá ser extraditado mediante pedido formal ( ) CERTO ( ) ERRADO
dos EUA.
( ) CERTO ( ) ERRADO
316) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico -
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

Tecnologia da Informação e Comunicação (+ provas).


Acerca do Poder Legislativo e do MP, julgue o item a se-
PORTUGUESA

310) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci- guir. Conforme previsão constitucional, o MP junto ao
mentos Básicos para o Cargo 33 (+ provas). Acerca do Tribunal de Contas da União integra o Ministério Públi-
Poder Legislativo e do MP, julgue o item a seguir. Caso co da União (MPU), sendo a ele garantidos os mesmos
determinado deputado federal, acusado de corrupção, direitos e prerrogativas garantidos ao MP Federal.
renuncie ao seu mandato no transcurso de procedi-
DIREITO

mento de cassação, a renúncia só produzirá efeitos após ( ) CERTO ( ) ERRADO


FÍSICA

decisão final decorrente do referido procedimento.


( ) CERTO ( ) ERRADO

48
317) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci- 324) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista –
mentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e 27 a 32 (+ pro- Direito. Com base no que dispõe a CF acerca do direito
vas). Considerando as disposições constitucionais a penal, julgue os itens seguintes. A lei regulará a indivi-
respeito do Poder Legislativo, julgue o item seguinte. O dualização da pena, proibidas, em qualquer situação,
Senado Federal compõe-se de representantes do povo, a pena de morte, a de caráter perpétuo, a de trabalhos
eleitos segundo o princípio da proporcionalidade.
forçados, a de banimento e a cruel.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

318) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conhe-


cimentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e 27 a 32 (+ 325) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
provas). No que concerne ao Poder Judiciário, julgue o ministrativo. Julgue os próximos itens, com base no que
item a seguir. O Conselho Nacional de Justiça, instituí- dispõe a CF acerca da administração pública e da União.
do como órgão do Poder Judiciário pela Emenda Cons- É vedada a realização de novo concurso público para o
titucional n.º 45/2004, compõe-se de quinze membros, mesmo cargo ou emprego público durante o período de
com mandato de dois anos. validade de concurso anteriormente realizado.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

319) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci- 326) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
mentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e 27 a 32 (+ pro-
vas). Considerando as disposições constitucionais a ministrativo. Julgue os próximos itens, com base no que
respeito do Poder Legislativo, julgue o item seguinte. O dispõe a CF acerca da administração pública e da União.
Distrito Federal elege três senadores, para mandato de Compete exclusivamente à União preservar as florestas,
oito anos. a fauna e a flora.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

320) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Conheci- 327) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
mentos Básicos para os Cargos 1 a 10 e 27 a 32 (+ pro- ministrativo. Acerca do Poder Judiciário e das funções
vas). No que concerne ao Poder Judiciário, julgue o item essenciais à justiça, julgue os itens a seguir. Compete
a seguir. São órgãos do Poder Judiciário, entre outros, o à Advocacia-Geral da União representar, judicial e ex-
Superior Tribunal de Justiça e o Tribunal de Contas da trajudicialmente, a União, o que inclui, por exemplo, a
União.
representação judicial do Conselho da Justiça Federal.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

321) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista


– Direito. Acerca do processo legislativo, julgue os se- 328) Ano: 2013Banca: CESPE Órgão: MPU Prova: Técni-
guintes itens. Promulgação é ato que incide sobre proje- co Administrativo. Acerca do Poder Judiciário e das
to de lei, transformando-o em lei e certificando a inova- funções essenciais à justiça, julgue os itens a seguir. A
ção do ordenamento jurídico defensoria pública é instituição essencial à função ju-
risdicional do Estado, incumbindo-lhe a orientação ju-
( ) CERTO ( ) ERRADO rídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados
que comprovarem insuficiência de recursos. A seus in-
tegrantes é assegurada a garantia da inamovibilidade
322) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista – e vedado o exercício da advocacia fora das atribuições
Direito. Acerca do processo legislativo, julgue os seguin- institucionais.
tes itens. É expressamente vedada a edição de medidas ( ) CERTO ( ) ERRADO
provisórias que versem sobre matérias de direito penal,
processual penal e processual civil.
( ) CERTO ( ) ERRADO 329) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
ministrativo. Com base no disposto na CF, julgue o item
abaixo, relativo aos direitos e deveres individuais e cole-
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

323) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista – tivos. A extradição de brasileiro, expressamente vedada
PORTUGUESA

Direito. A respeito dos direitos e garantias fundamen- em caso de brasileiro nato, é admitida em caso de bra-
tais e da aplicabilidade das normas constitucionais, sileiro naturalizado que tenha cometido crime comum
julgue os itens subsequentes. Considere que Marcos, antes da naturalização ou cujo envolvimento em tráfico
cidadão brasileiro, com vinte anos de idade, pretenda se ilícito de entorpecentes ou drogas afins tenha sido com-
eleger na próxima eleição, pela primeira vez, vereador provado, ainda que após a naturalização.
de determinado município e que seu irmão adotivo seja
DIREITO

atualmente vereador do referido município. Nessa situ- ( ) CERTO ( ) ERRADO


ação, Marcos é considerado relativamente inelegível.
( ) CERTO ( ) ERRADO

49
330) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico 336) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista -
Administrativo. No que concerne ao MP, julgue o item Arquivologia (+ provas). Julgue os itens a seguir, refe-
subsequente. Cabe ao presidente da República a nome- rentes ao Poder Judiciário e às funções essenciais à jus-
ação do procurador-geral da República, cujo mandato tiça. A CF assegura autonomia funcional, administrativa
será de dois anos, permitida uma recondução. Apenas e financeira às defensorias públicas estaduais, por meio
mediante autorização de dois terços dos membros do
Senado Federal, poderá ser o procurador-geral destituí- das quais o Estado cumpre o seu dever constitucional
do do cargo. de garantir às pessoas desprovidas de recursos financei-
ros o acesso à justiça.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

331) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico


Administrativo. Considerando as disposições consti- 337) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista
tucionais sobre o Poder Judiciário, julgue os itens sub- de Informática - Banco de Dados (+ provas). Julgue os
secutivos. A regra segundo a qual os juízes não podem, itens a seguir, referentes ao Poder Judiciário e às funções
antes de decorridos três anos do afastamento do cargo, essenciais à justiça.
exercer a advocacia no juízo ou no tribunal do qual te-
nham se afastado aplica-se tanto ao afastamento por A CF assegura aos magistrados de primeiro grau a prer-
aposentadoria quanto ao por exoneração.
rogativa da vitaliciedade, adquirida após três anos de
( ) CERTO ( ) ERRADO exercício no cargo, e, nesse período de três anos, a perda
do cargo pelo magistrado depende de sentença judicial
transitada em julgado.
332) Ano: 2013Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico
Administrativo. Considerando as disposições consti- ( ) CERTO ( ) ERRADO
tucionais sobre o Poder Judiciário, julgue os itens sub-
secutivos. A regra do quinto constitucional aplica-se ao
Superior Tribunal de Justiça, ao Tribunal Superior do 338) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico
Trabalho, aos tribunais regionais federais, aos tribunais Administrativo (+ provas). A respeito da organização
dos estados e do DF e territórios e aos tribunais regio- político-administrativa do Estado e da administração
nais do trabalho. pública, julgue os itens que se seguem, à luz da Consti-
( ) CERTO ( ) ERRADO tuição Federal de 1988 (CF). De acordo com a CF, cargos,
empregos e funções públicas são acessíveis somente a
brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos
333) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico de em lei, não havendo, portanto, a possibilidade de ob-
Informática. A respeito do Poder Legislativo, do Poder tenção de emprego público por estrangeiros.
Judiciário e das funções essenciais à justiça, julgue os
seguintes itens. A CF assegura aos magistrados a prer- ( ) CERTO ( ) ERRADO
rogativa da vitaliciedade. Assim, no caso de um juiz de
primeiro grau, a vitaliciedade é adquirida após três anos
de exercício. 339) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
( ) CERTO ( ) ERRADO ministrativo (+ provas). A respeito do Poder Legislativo,
do Poder Judiciário e das funções essenciais à justiça,
julgue os seguintes itens.
334)
Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analis-
ta - Arquivologia (+ provas). A respeito dos princípios O Supremo Tribunal Federal (STF) cumpre, entre outras,
fundamentais, da aplicabilidade das normas constitu- a função de órgão de cúpula do Poder Judiciário, e a ele
cionais e dos direitos sociais, julgue os itens a seguir. A cabe a iniciativa de, por meio de lei ordinária, dispor so-
dignidade da pessoa humana, um dos fundamentos da bre o Estatuto da Magistratura.
República Federativa do Brasil, apresenta-se como di-
reito de proteção individual em relação ao Estado e aos ( ) CERTO ( ) ERRADO
demais indivíduos e como dever fundamental de trata-
mento igualitário dos próprios semelhantes.
( ) CERTO ( ) ERRADO 340) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista
– Processual. No Estado brasileiro, a atuação dos três
poderes, dá-se de forma harmônica, mas complemen-
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

335)
Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analis- tar. Acerca dos poderes, do seu funcionamento e dos
ta - Arquivologia (+ provas). A respeito dos princípios
PORTUGUESA

respectivos integrantes, julgue o item subsequente. Os


fundamentais, da aplicabilidade das normas constitu-
cionais e dos direitos sociais, julgue os itens a seguir. O tribunais regionais federais podem funcionar de forma
livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, descentralizada, constituindo Câmaras regionais, como
desde que atendidas as qualificações profissionais que a forma de assegurar a plenitude do acesso à justiça.
lei estabelecer, é norma constitucional de eficácia con-
BIOLOGIA

tida; portanto, o legislador ordinário atua para tornar ( ) CERTO ( ) ERRADO


DIREITO

exercitável o direito nela previsto.


( ) CERTO ( ) ERRADO

50
341) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista – e julgar os crimes políticos e as infrações penais prati-
Processual. Considerando a aplicabilidade, a eficácia cadas em detrimento de bens, serviços ou interesse da
e a interpretação das normas constitucionais, julgue os União ou de suas entidades autárquicas ou empresas
itens a seguir. As normas de eficácia contida permane- públicas, excluídas as contravenções e ressalvadas as
cem inaplicáveis enquanto não advier normatividade competências da justiça militar e da justiça eleitoral.
para viabilizar o exercício do direito ou benefício que ( ) CERTO ( ) ERRADO
consagram; por isso, são normas de aplicação indireta,
mediata ou diferida.
( ) CERTO ( ) ERRADO 347) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Técnico Ad-
ministrativo (+ provas). A respeito do Poder Legislativo,
do Poder Judiciário e das funções essenciais à justiça,
342) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista julgue os seguintes itens.
- Atuarial (+ provas). A respeito dos princípios funda- ( ) CERTO ( ) ERRADO
mentais, da aplicabilidade das normas constitucionais
e dos direitos sociais, julgue o item a seguir. Sendo os
direitos fundamentais válidos tanto para as pessoas fí-
sicas quanto para as jurídicas, não há, na Constituição 348) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista de
Federal de 1988 (CF), exemplo de garantia desses direi- Saúde – Psicologia. No que se refere à organização polí-
tos que se destine exclusivamente às pessoas físicas. tico-administrativa do Estado e às atribuições e respon-
sabilidades do presidente da República, julgue os itens
( ) CERTO ( ) ERRADO subsequentes. A CF autoriza o presidente da República
a delegar ao advogado-geral da União o envio de men-
sagem e de plano de governo ao Congresso Nacional por
343) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista ocasião da abertura da sessão legislativa.
- Atuarial (+ provas). A respeito dos princípios funda- ( ) CERTO ( ) ERRADO
mentais, da aplicabilidade das normas constitucionais
e dos direitos sociais, julgue o item a seguir. A dignidade
da pessoa humana, um dos fundamentos da Repúbli-
ca Federativa do Brasil, apresenta-se como direito de 349) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista Ad-
proteção individual em relação ao Estado e aos demais ministrativo (+ provas). No que concerne ao Supremo
indivíduos e como dever fundamental de tratamento Tribunal Federal, observa-se que:
igualitário dos próprios semelhantes.
a) poderá aprovar, apenas mediante provocação, súmula
( ) CERTO ( ) ERRADO que terá efeito vinculante em relação aos demais órgãos
do Poder Judiciário e à administração pública direta e
indireta, em todas as esferas.
344) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista
- Atuarial (+ provas). A respeito dos princípios funda- b) seus Ministros são nomeados pelo Presidente da Repú-
mentais, da aplicabilidade das normas constitucionais e blica, depois de aprovada a escolha pela maioria abso-
dos direitos sociais, julgue o item a seguir. O livre exercí- luta do Congresso Nacional.
cio de qualquer trabalho, ofício ou profissão, desde que
atendidas as qualificações profissionais que a lei estabe- c) compete-lhe processar e julgar, originariamente, a ho-
lecer, é norma constitucional de eficácia contida; por- mologação de sentenças estrangeiras e a concessão de
tanto, o legislador ordinário atua para tornar exercitável exequatur às cartas rogatórias
o direito nela previsto.
( ) CERTO ( ) ERRADO d) compete-lhe julgar, em recurso ordinário, os mandados
de segurança decididos em única instância pelos Tribu-
nais Regionais Federais, quando denegatória a decisão.
345) Ano: 2010Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista - e) é composto por onze Ministros, escolhidos dentre cida-
Atuarial (+ provas). Julgue o item a seguir, referente ao dãos com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e
Poder Judiciário e às funções essenciais à justiça. A CF cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputa-
assegura autonomia funcional, administrativa e finan- ção ilibada.
ceira às defensorias públicas estaduais, por meio das
quais o Estado cumpre o seu dever constitucional de
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

garantir às pessoas desprovidas de recursos financeiros


350) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista Ad-
PORTUGUESA

o acesso à justiça.
ministrativo. Um dos fundamentos da República Fede-
( ) CERTO ( ) ERRADO rativa do Brasil, de acordo com a Constituição Federal
de 1988, é

346) Ano: 2010 Banca: CESPEÓrgão: MPUProva: Analista - a) o pluralismo político.


DIREITO

Atuarial (+ provas). Julgue o item a seguir, referente ao


Poder Judiciário e às funções essenciais à justiça. De b) a construção de uma sociedade livre, justa e solidária.
acordo com a CF, compete aos juízes federais processar

51
c) a garantia do desenvolvimento nacional. Está correto o que se afirma SOMENTE em

d) a erradicação da pobreza e da marginalidade. a) I e III.

e) a defesa da paz. b) I e IV.

c) II e III.
351) Ano: 2007Banca: FCC Órgão: MPU Prova: Analista Ad-
ministrativo. Entre outras, é competência privativa do d) I, II e III.
Presidente da República:
e) II, III e IV.
a) sancionar, promulgar e fazer publicar as emendas cons-
titucionais.
354) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista – Pro-
b) dispor, mediante resolução e decreto legislativo, sobre cessual. Considere as seguintes assertivas a respeito dos
extinção de funções e cargos públicos, respectivamente, Direitos Políticos previstos na Carta Magna:
quando vagos.
I. É condição de elegibilidade para o cargo de Governa-
c) celebrar a paz, independentemente de autorização ou dor e Vice-Governador de Estado e do Distrito Federal
de referendo do Congresso Nacional. possuir a idade mínima de trinta e cinco anos.

d) prover cargos públicos federais, na forma da lei, poden- II. Para concorrerem a outros cargos os Prefeitos devem
do delegar tal atribuição também ao Advogado Geral da renunciar aos respectivos mandatos até seis meses an-
União. tes do pleito.

e) declarar guerra, no caso de agressão estrangeira, autori- III. São inelegíveis, em qualquer hipótese, no território
zado ou referendado pelo Senado Federal. de jurisdição do titular, os parentes consanguíneos ou
afins, até o terceiro grau, do Presidente da República.

352) Ano: 2007 Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista Ad- IV. É condição de elegibilidade para o cargo de Depu-
ministrativo. É privativo de brasileiro nato o cargo de tado Federal, Deputado Estadual ou Distrital possuir a
idade mínima de vinte e um anos.
a) Senador.
Está correto o que se afirma SOMENTE em
b) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
a) I e II.
c) Presidente da Câmara dos Deputados.
b) II e IV.
d) Governador de Estado.
c) I, II e III.
e) Presidente dos Tribunais Regionais Federais
d) I, III e IV.

353) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista de e) II, III e IV.


Informática - Desenvolvimento de Sistemas (+ provas).
Com relação às garantias asseguradas aos membros do
Ministério Público da União, observe as seguintes afir- 355) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Analista – Pro-
mações: cessual. Todos têm direito ao meio ambiente ecologica-
mente equilibrado, impondo-se ao Poder Público e à
I. Compete ao Supremo Tribunal Federal julgar o Procu- coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as
rador- Geral da República nos crimes de responsabili- presentes e futuras gerações. Com relação ao meio am-
dade. biente é correta a afirmação:

II. Após dois anos de efetivo exercício, os Procuradores a) As usinas que operem com reatores nucleares deverão
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

da República somente poderão ser demitidos por deci- ter sua localização definida em lei estadual ou munici-
PORTUGUESA

são judicial transitada em julgado. pal, podendo ocorrer uma pré-instalação.

III. O membro não vitalício do Ministério Público da b) A Mata Atlântica e o Pantanal Mato-Grossense não são
União possui independência funcional para o exercício considerados patrimônio nacional pela Constituição
de suas funções. Federal brasileira.
QUIMICA
DIREITO

IV. Compete aos Tribunais Regionais Federais processar c) As condutas consideradas lesivas ao meio ambiente
e julgar, originariamente, os membros do Ministério da sujeitarão os infratores à sanção penal, que será depen-
União que oficiem perante tribunais. dente da obrigação de reparar os danos causados.

52
d) São indisponíveis as terras devolutas ou arrecadadas Com relação a essas situações hipotéticas, e conside-
pelos Estados, por ações discriminatórias, necessárias à rando que o teto do salário-de-benefício corresponda
proteção dos ecossistemas naturais. a R$ 5.189,82, julgue o item que se segue com base na
CF. Empregado aposentado pelo RGPS, Caio deve, assim
e) A Serra do Mar e a Zona Costeira não são consideradas como os servidores públicos inativos, contribuir para o
patrimônio nacional pela Constituição Federal brasilei- custeio da seguridade social.
ra.
( ) CERTO ( ) ERRADO

356) Ano: 2007Banca: FCCÓrgão: MPUProva: Técnico de


Apoio Especializado. Em conformidade com a Consti- 359) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
tuição Federal, são princípios institucionais do Ministé- - CESPE). • Ana, servidora aposentada por RPPS, rece-
rio Público a be R$ 6.500,00 de aposentadoria. • Bruno, portador de
doença incapacitante devidamente comprovada por
a) vitaliciedade e a autonomia funcional, administrativa e perícia médica, é pensionista da União e percebe um
financeira. benefício de R$ 10.000,00. • Caio aposentou-se recente-
mente pelo RGPS e recebe o teto do salário-de-benefí-
b) vitaliciedade, a inamovibilidade e a irredutibilidade de cio.
subsídios.
Com relação a essas situações hipotéticas, e conside-
c) independência funcional, a autonomia institucional e o
rando que o teto do salário-de-benefício corresponda
foro por prerrogativa de função.
a R$ 5.189,82, julgue o item que se segue com base na
d) unidade, a indivisibilidade e a independência funcio- CF.
nal.
Bruno não precisa contribuir com a previdência, pois
e) unidade, a vitaliciedade e a indivisibilidade. portadores de doença incapacitante comprovada por
perícia médica contribuem apenas sobre as parcelas
de proventos de aposentadoria e de pensão que supe-
357) Ano: 2004Banca: ESAFÓrgão: MPUProva: Técnico Ad- rem o dobro do limite máximo estabelecido para os
ministrativo. Acerca do Poder Executivo, marque a úni- benefícios do RGPS.
ca opção correta.
( ) CERTO ( ) ERRADO
a) Celebrar tratados, convenções e atos internacionais e
conceder indulto e comutar penas são atribuições inde-
legáveis do presidente da República.
360) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
b) O presidente da República ficará suspenso de suas fun- - CESPE). • Ana, servidora aposentada por RPPS, rece-
ções se, no caso de acusação de prática de infrações pe- be R$ 6.500,00 de aposentadoria. • Bruno, portador de
nais comuns, for admitida a acusação, pela Câmara dos doença incapacitante devidamente comprovada por
Deputados, por quorum qualificado. perícia médica, é pensionista da União e percebe um
benefício de R$ 10.000,00. • Caio aposentou-se recente-
c) O presidente da República, na vigência do seu manda- mente pelo RGPS e recebe o teto do salário-de-benefí-
to, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao
exercício de suas funções. cio.

d) Os seis cidadãos brasileiros natos que integram o Con- Com relação a essas situações hipotéticas, e conside-
selho da República são eleitos para um mandato de três rando que o teto do salário-de-benefício corresponda a
anos, vedada a recondução. R$ 5.189,82, julgue o item que se segue com base na CF.

e) São membros natos do Conselho de Defesa Nacional os De acordo com a CF, incide contribuição previdenciária
líderes da maioria e da minoria, no Senado Federal e na de 11% sobre o valor total da aposentadoria de Ana, pois
Câmara dos Deputados.
seus proventos superam o teto do salário-de-benefício.

DIREITO PREVIDENCIÁRIO ( ) CERTO ( ) ERRADO


LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO
PORTUGUESA

358) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social 361) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
- CESPE). • Ana, servidora aposentada por RPPS, rece- CESPE). Aldo e Sandra são casados e pais de três crian-
be R$ 6.500,00 de aposentadoria. • Bruno, portador de ças. Sandra é servidora pública efetiva de determinada
doença incapacitante devidamente comprovada por fundação pública vinculada ao governo federal, e Aldo,
perícia médica, é pensionista da União e percebe um que não é concursado, ocupa um cargo em comissão
DIREITO

benefício de R$ 10.000,00. • Caio aposentou-se recente- em um órgão público federal. A partir dessa situação hi-
mente pelo RGPS e recebe o teto do salário-de-benefí- potética, julgue o item a seguir, referentes à seguridade
cio. social do servidor público. Com base na universalidade

53
da cobertura e do atendimento da seguridade social, 367) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
Aldo terá direito aos mesmos benefícios de plano de - CESPE). O próximo item apresenta uma situação hi-
seguridade social e de assistência à saúde garantidos a potética, seguida de uma assertiva a ser julgada, com
Sandra. referência à manutenção da qualidade de segurado e
à justificação administrativa. Raimunda, segurada da
( ) CERTO ( ) ERRADO previdência social, conviveu em regime de união está-
vel com Cláudio por doze anos, até falecer. Raimunda
não inscreveu Cláudio como seu dependente previden-
362) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social ciário. Nessa situação, caso o INSS exija prova da união
- CESPE). Com relação ao RGPS, julgue o item que se estável para a concessão de benefício, Cláudio poderá
segue. O RGPS constitui um gênero do qual são espécies utilizar-se da justificação administrativa.
a previdência dos servidores públicos, a dos trabalhado-
res empregados da iniciativa privada e a dos trabalha- ( ) CERTO ( ) ERRADO
dores autônomos.

( ) CERTO ( ) ERRADO 368) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social


- CESPE). O próximo item apresenta uma situação hi-
potética, seguida de uma assertiva a ser julgada, com
363) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social referência à manutenção da qualidade de segurado e
- CESPE). Com relação ao RGPS, julgue o item que se à justificação administrativa. Flávia contribuiu para o
segue. O RGPS tem como princípio a universalidade de RGPS durante seis anos, após os quais deixou de contri-
cobertura, o que significa que os segurados vinculados a buir e perdeu a qualidade de segurada. Nessa situação,
esse regime e seus dependentes têm direito aos mesmos caso volte a contribuir para o RGPS, Flávia não poderá
benefícios e serviços. computar esses seis anos para efeito de aposentadoria
por tempo de contribuição.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
364) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
- CESPE). Julgue o próximo item, relativo ao custeio da 369) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
seguridade social. A contribuição do segurado empre- - CESPE). Com referência à CF e às políticas de seguri-
gado e a do trabalhador doméstico recaem sobre o valor dade, julgue o item subsecutivo. O direito à pensão por
dos seus salários de contribuição, até um teto máximo morte é assegurado ao cônjuge ou companheiro(a) so-
fixado por lei. mente se, no momento do óbito, houver casamento ou
união estável por, no mínimo, cinco anos.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

365) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social


- CESPE). Roberto, empregado na empresa Silva & Silva 370) (INSS/2016 – Técnico do Seguro Social - CESPE). Art.
Ltda. há mais de um ano e oito meses, da qual recebe 21. A alíquota de contribuição dos segurados contri-
salário mensal equivalente a um salário mínimo, deve- buinte individual e facultativo será de vinte por cento
rá afastar-se do trabalho por quatro meses em função sobre o respectivo salário-de-contribuição. Consideran-
de um problema cardíaco atestado em perícia do INSS. do o art. 21 da Lei n.º 8.212/1991, acima reproduzido,
Caso, após seu afastamento do trabalho, Roberto não julgue o item seguinte. Se o valor da contribuição de
recupere a saúde, e se comprove a sua incapacidade um segurado contribuinte individual for superior a R$
absoluta para o trabalho, o INSS poderá conceder-lhe 700,00, então o salário-de-contribuição desse indivíduo
aposentadoria por invalidez. é superior a R$ 3.500,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

366) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social 371) (INSS/2016 – Técnico do Seguro Social - CESPE). No
- CESPE). Roberto, empregado na empresa Silva & Silva que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o item
Ltda. há mais de um ano e oito meses, da qual recebe seguinte. A seguridade social é organizada mediante
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

salário mensal equivalente a um salário mínimo, deve- gestão quadripartite, com participação dos trabalhado-
PORTUGUESA

rá afastar-se do trabalho por quatro meses em função res, dos empregadores, dos aposentados e do governo
de um problema cardíaco atestado em perícia do INSS. nos órgãos colegiados.
Nessa situação hipotética, durante o período de quatro
meses de afastamento, Roberto fará jus ao recebimento ( ) CERTO ( ) ERRADO
de auxílio-acidente.
QUIMICA
DIREITO

( ) CERTO ( ) ERRADO 372) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). No que


se refere à seguridade social no Brasil, julgue o item se-
guinte. A Lei Eloy Chaves, que criou em cada uma das

54
empresas de estradas de ferro existentes no país uma 378) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
caixa de aposentadoria e pensões para os respectivos base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
empregados, foi o primeiro ato normativo a tratar de se- seguir, acerca dos segurados do RGPS. Pastor evangéli-
guridade social no Brasil. co que atue exclusivamente em sua atividade religiosa é
considerado segurado facultativo do RGPS.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

373) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No


que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o 379) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
item seguinte. A CF define seguridade social como um base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes seguir, acerca dos segurados do RGPS. É considerado
públicos e da sociedade destinadas a assegurar direitos segurado obrigatório do RGPS na qualidade de contri-
relativos à saúde, à previdência e à assistência social. buinte individual o associado eleito para cargo de di-
reção em cooperativa, associação ou entidade de qual-
( ) CERTO ( ) ERRADO quer natureza, mesmo que não receba remuneração.

( ) CERTO ( ) ERRADO
374) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No
que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o item
seguinte. De acordo com o princípio da universalidade 380) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
da seguridade social, os estrangeiros no Brasil poderão base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
receber atendimento da seguridade social. seguir, acerca dos segurados do RGPS. Síndica do con-
domínio predial em que resida e que receba como pró-
( ) CERTO ( ) ERRADO -labore a quantia equivalente a um salário mínimo será
considerada segurada obrigatória do RGPS na qualida-
de de empregada.

375) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com ( ) CERTO ( ) ERRADO


relação ao conteúdo e à autonomia da legislação pre-
videnciária, julgue o item abaixo. Lei complementar 381) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
editada pela União poderá autorizar os estados e o DF a base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
legislar sobre questões específicas relacionadas à segu- seguir, acerca dos segurados do RGPS. O pescador que
ridade social. exerça essa atividade como principal meio de vida é
considerado segurado especial mesmo que tenha em-
( ) CERTO ( ) ERRADO pregados permanentes.

( ) CERTO ( ) ERRADO
376) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
seguir, acerca dos segurados do RGPS. Situação hipo- 382) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
tética: Pedro trabalha como professor remunerado de relação ao segurado especial e ao segurado facultativo,
uma escola particular e, concomitantemente, explora julgue o próximo item à luz do Decreto n.º 3.048/1999.
atividade econômica agropecuária em regime de eco- Situação hipotética: Maria, com vinte e dois anos de
nomia familiar em uma chácara de dois módulos fiscais. idade, recebe bolsa de estudos para se dedicar em
Assertiva: Nessa situação, Pedro é segurado obrigatório tempo integral a trabalho de pesquisa, não possuindo
do RGPS em relação a cada uma das atividades realiza-
das. qualquer vinculação a regime de previdência. Assertiva:
Nessa situação, Maria poderá filiar-se facultativamente
( ) CERTO ( ) ERRADO ao RGPS.

( ) CERTO ( ) ERRADO
377) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, julgue o item a
383) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

seguir, acerca dos segurados do RGPS. Brasileiro con-


tratado pela Organização das Nações Unidas, da qual relação ao segurado especial e ao segurado facultativo,
PORTUGUESA

o Brasil faz parte como membro efetivo, é considerado julgue o próximo item à luz do Decreto n.º 3.048/1999.
segurado obrigatório do RGPS, mesmo que domiciliado O recebimento de dinheiro decorrente de programa
e contratado no exterior, salvo se estiver coberto por re- assistencial oficial do governo federal descaracteriza a
gime próprio de previdência social. condição de segurado especial.
DIREITO

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

55
384) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res- 390) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Julgue
peito da inscrição e da filiação dos segurados obrigató- o item seguinte à luz do Decreto n.º 3.048/1999 e da CF.
rios e facultativos na forma do Decreto n.º 3.048/1999, Equiparar-se-á a empresa, para os fins do RGPS, a pes-
julgue o item a seguir. A filiação do segurado obrigatório soa física que, para fazer uma reforma na própria casa,
ao RGPS decorre automaticamente do exercício da ati- contratar um mestre de obras e um ajudante.
vidade remunerada.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

391) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com


385) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res- relação ao financiamento da seguridade social, julgue
peito da inscrição e da filiação dos segurados obrigató- o seguinte item. Em caso de eventuais insuficiências fi-
rios e facultativos na forma do Decreto n.º 3.048/1999, nanceiras decorrentes do pagamento de benefícios de
julgue o item a seguir. Desde que presentes os demais prestação continuada, a previdência social poderá ele-
pressupostos da filiação, admite-se a inscrição post var alíquotas das contribuições sociais de empregados e
mortem do segurado especial. empregadores até o limite do débito apurado.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

386) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res- 392) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
peito da inscrição e da filiação dos segurados obrigató- relação ao financiamento da seguridade social, julgue
rios e facultativos na forma do Decreto n.º 3.048/1999, o seguinte item. Além da contribuição proveniente de
julgue o item a seguir. A filiação ao RGPS na qualidade empregados e empregadores, são fontes de custeio da
de segurado facultativo pode retroagir, permitindo-se o seguridade social, de forma direta e indireta, os recursos
recolhimento das contribuições relativas a competên- oriundos dos orçamentos da União, dos estados, do DF
cias anteriores à data da inscrição. e dos municípios.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

387) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res- 393) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Julgue
peito da inscrição e da filiação dos segurados obrigató- o próximo item, relativos às contribuições dos segura-
rios e facultativos na forma do Decreto n.º 3.048/1999, dos empregados, dos empregados domésticos e dos
julgue o item a seguir. Os dados constantes dos cadas- segurados facultativos. A alíquota de contribuição, para
tros informatizados da previdência social, como o Ca- custeio da seguridade social, dos segurados facultativos
dastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), valem e dos segurados empregados é a mesma e varia segundo
como prova da filiação à previdência social, do tempo
de contribuição e dos salários-de-contribuição, desde o salário-de-contribuição.
que acompanhados de outras provas documentais.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

394) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Julgue


388) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Julgue o próximo item, relativos às contribuições dos segura-
o item seguinte à luz do Decreto n.º 3.048/1999 e da CF. dos empregados, dos empregados domésticos e dos se-
O indivíduo que, não sendo detentor de cargo efetivo, gurados facultativos. A alíquota de contribuição do em-
for nomeado para um cargo em comissão no âmbito da pregado doméstico para o custeio da seguridade social
União não será segurado obrigatório do RGPS. é inferior à alíquota aplicável aos demais empregados.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

389) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Julgue 395) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

o item seguinte à luz do Decreto n.º 3.048/1999 e da CF. que se refere à contribuição de empresas e emprega-
PORTUGUESA

Situação hipotética: João exerce atividade econômica dores domésticos para o financiamento da seguridade
com finalidade lucrativa na sua própria residência. Re- social, julgue o item subsequente. A contribuição do
centemente, ele contratou Maria para fazer a limpeza de empregador doméstico é de 20% e incide sobre o salário
sua residência, de forma habitual e remunerada, e, in- mínimo.
clusive, atender clientes. Assertiva: Nessa situação, João
DIREITO

será considerado empregador doméstico com relação ( ) CERTO ( ) ERRADO


aos serviços prestados por Maria.

( ) CERTO ( ) ERRADO

56
396) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No que ele pudesse usufruir de férias vencidas. Nessa situa-
que se refere à contribuição de empresas e emprega- ção, haverá a incidência de contribuição previdenciária
dores domésticos para o financiamento da seguridade sobre a importância paga a título de indenização das
social, julgue o item subsequente. A contribuição em- férias vencidas e sobre o respectivo adicional constitu-
presarial de associação desportiva que mantenha equi- cional.
pe de futebol profissional distingue-se da contribuição
( ) CERTO ( ) ERRADO
exigida de outras empresas.

( ) CERTO ( ) ERRADO
402) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
referência a arrecadação e recolhimento das contribui-
ções destinadas à seguridade social, julgue o item que se
397) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res- segue. As empresas são obrigadas a arrecadar a contri-
peito do custeio da seguridade social, julgue o item que buição do segurado contribuinte individual a seu servi-
se segue. Parte dos valores arrecadados com concurso ço, descontando-a da respectiva remuneração.
de prognósticos promovidos por órgãos do poder pú-
blico ou por sociedades comerciais ou civis dentro do ( ) CERTO ( ) ERRADO
território nacional é destinada ao custeio da seguridade
social.
403) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
( ) CERTO ( ) ERRADO referência a arrecadação e recolhimento das contribui-
ções destinadas à seguridade social, julgue o item que se
segue. A isenção de contribuição previdenciária conce-
dida às pessoas jurídicas de direito privado estende-se
398) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No aos seus empregados e aos trabalhadores avulsos a seu
próximo item, é apresentada uma situação hipotéti- serviço.
ca acerca de salário-de-contribuição, seguida de uma
assertiva a ser julgada. Bruna, empregada da empresa ( ) CERTO ( ) ERRADO
Vargas & Vargas Cia. Ltda., entrou em gozo de licença-
-maternidade. Nessa situação, haverá incidência da
contribuição previdenciária sobre o valor recebido por 404) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
Bruna a título de salário-maternidade. referência a arrecadação e recolhimento das contribui-
ções destinadas à seguridade social, julgue o item que se
( ) CERTO ( ) ERRADO segue. Compete à Receita Federal do Brasil arrecadar e
fiscalizar o recolhimento das contribuições sociais pre-
vistas na CF.
399) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No
próximo item, é apresentada uma situação hipotética ( ) CERTO ( ) ERRADO
acerca de salário-de-contribuição, seguida de uma as-
sertiva a ser julgada. Gustavo inscreveu-se na previdên-
cia social na condição de segurado facultativo. Nessa 405) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res-
situação, o salário-de-contribuição de Gustavo deverá peito do recolhimento de contribuição previdenciária
variar entre um salário mínimo e o teto máximo fixado fora do prazo, julgue o item subsequente. As contri-
em portaria interministerial. buições devidas à seguridade social já descontadas dos
segurados empregados e não recolhidas até seu venci-
( ) CERTO ( ) ERRADO mento poderão ser objeto de acordo para pagamento
parcelado.

400) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No ( ) CERTO ( ) ERRADO


próximo item, é apresentada uma situação hipotéti-
ca acerca de salário-de-contribuição, seguida de uma
assertiva a ser julgada. Zilda mantém vínculo empre- 406) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). A res-
gatício com a empresa Y e com a empresa Z, das quais peito do recolhimento de contribuição previdenciária
recebe remuneração mensal equivalente a dois e três fora do prazo, julgue o item subsequente. As contribui-
salários mínimos, respectivamente. Nessa situação, a ções sociais incluídas ou não em notificação fiscal de
contribuição previdenciária de Zilda deverá incidir so- lançamento ou inscritas em dívida ativa que forem pa-
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

bre os valores recebidos de ambos os empregos. gas com atraso estarão sujeitas a atualização monetária,
PORTUGUESA

juros de mora e multa, a qual varia entre 8% e 20% sobre


o crédito devido.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
401) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). No
DIREITO

próximo item, é apresentada uma situação hipotética


acerca de salário-de-contribuição, seguida de uma as- 407) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Maria,
sertiva a ser julgada. O contrato de trabalho de Carlos, proprietária de uma sorveteria situada em uma cidade
empregado da empresa L & M Ltda., foi rescindido antes litorânea, adquiriu, de forma financiada, dois novos

57
freezers para seu estabelecimento comercial. Em razão acidente do trabalho o acidente sofrido pelo segurado,
do período de baixa temporada, ocorreu considerável no local e no horário do trabalho, em consequência de
queda nas vendas da sorveteria, e o seu faturamento desabamento, inundação, incêndio e outros casos for-
tornou-se insuficiente para arcar com todas as despe- tuitos ou decorrentes de força maior.
sas. Diante dessa situação e visando honrar com o pa-
gamento das prestações dos freezers, Maria deixou de ( ) CERTO ( ) ERRADO
repassar à previdência social as contribuições previden-
ciárias recolhidas dos cinco funcionários do estabeleci-
mento, no prazo e na forma legal, tendo incorrido em
411) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
crime contra seguridade social. Tendo como referência
base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, que trata dos
essa situação hipotética e com base nas disposições le-
gais a respeito dos crimes contra a seguridade social, planos de benefícios da previdência social e dá outras
julgue o próximo item. Iniciada ação fiscal em desfavor providências, julgue o item seguinte. Em regra, o perío-
de Maria, o juiz responsável pelo processo não poderá do de carência para a concessão do benefício de auxílio-
deixar de aplicar pena, ainda que Maria efetue os paga- -doença é de doze contribuições mensais.
mentos devidos, seja ré primária e goze de bons antece-
dentes. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
412) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, que trata dos
408) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Maria, planos de benefícios da previdência social e dá outras
proprietária de uma sorveteria situada em uma cidade providências, julgue o item seguinte. Os princípios que
litorânea, adquiriu, de forma financiada, dois novos regem a previdência social incluem a uniformidade e a
freezers para seu estabelecimento comercial. Em razão equivalência dos benefícios e serviços prestados às po-
do período de baixa temporada, ocorreu considerável pulações urbanas e rurais.
queda nas vendas da sorveteria, e o seu faturamento
tornou-se insuficiente para arcar com todas as despe- ( ) CERTO ( ) ERRADO
sas. Diante dessa situação e visando honrar com o pa-
gamento das prestações dos freezers, Maria deixou de
repassar à previdência social as contribuições previden- 413) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
ciárias recolhidas dos cinco funcionários do estabeleci- base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, que trata dos
mento, no prazo e na forma legal, tendo incorrido em planos de benefícios da previdência social e dá outras
crime contra seguridade social. Tendo como referência providências, julgue o item seguinte. Compõem o Con-
essa situação hipotética e com base nas disposições le- selho Nacional de Previdência Social representantes do
gais a respeito dos crimes contra a seguridade social, governo federal e da sociedade civil, a qual é represen-
julgue o próximo item. A conduta de Maria configura tada por aposentados e pensionistas, trabalhadores em
crime de apropriação indébita previdenciária, para o atividade e empregadores.
qual a pena prevista é reclusão e multa.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

414) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com


409) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Ma- base no disposto no Decreto n.º 3.048/1999, que apro-
teus requereu ao órgão regional do INSS a conversão vou o regulamento da previdência social, julgue o item
de auxílio-doença em aposentadoria por invalidez. O subsecutivo. A dona de casa e o estudante podem filiar-
INSS indeferiu o pedido de Mateus por considerar que -se facultativamente ao RGPS mediante contribuição,
a doença que o acometera era curável, e que, por isso, desde que não estejam exercendo atividade remune-
ele era suscetível de reabilitação. Acerca dessa situação rada que os enquadre como segurados obrigatórios da
hipotética e dos recursos nos processos administrativos previdência social.
de competência do INSS, julgue o item que se segue.
Caso seja interposto recurso contra a decisão que inde- ( ) CERTO ( ) ERRADO
feriu o pedido de Mateus, o órgão regional do INSS que
proferiu a decisão não poderá reformá-la, devendo en-
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

caminhar o recurso à instância competente. 415) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com
PORTUGUESA

base no disposto no Decreto n.º 3.048/1999, que apro-


( ) CERTO ( ) ERRADO vou o regulamento da previdência social, julgue o item
subsecutivo. A universalidade da cobertura e do atendi-
mento inclui-se entre os princípios que regem as ações
410) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com dos poderes públicos e da sociedade destinadas a asse-
DIREITO

base no disposto na Lei n.º 8.213/1991, que trata dos gurar o direito relativo à saúde, à previdência e à assis-
planos de benefícios da previdência social e dá outras tência social.
providências, julgue o item seguinte. Equipara-se ao
( ) CERTO ( ) ERRADO

58
416) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Com Julgue o próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993,
base no disposto no Decreto n.º 3.048/1999, que apro- que dispõe sobre a organização da assistência social.
vou o regulamento da previdência social, julgue o item
subsecutivo. Aquele que presta serviço de natureza con- A política de assistência social tem como objetivos,
tínua, mediante remuneração, a pessoa ou família, no
âmbito residencial desta, em atividade sem fins lucra- entre outros, a promoção da integração do cidadão ao
tivos, é considerado contribuinte individual, segurado mercado de trabalho e o amparo às crianças e aos ado-
obrigatório da previdência social. lescentes carentes.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

417) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Em 421) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
fevereiro de 2016, Valdemar, que era empregado pelo re-
gime celetista e recebia um salário mínimo de sua em- 2016)
pregadora, foi demitido e, 30 dias depois, condenado à
pena de prisão em regime fechado. Ele é casado com Julgue o próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993,
Idalina, com quem tem dois filhos menores. Conside- que dispõe sobre a organização da assistência social.
rando essa situação hipotética, julgue o item que se se-
gue, com base nos regramentos previdenciários acerca O centro de referência especializado de assistência so-
do auxílio-reclusão. Como Valdemar é segurado de bai-
xa renda da previdência social, ele e seus dependentes cial (CREAS) constitui unidade que presta serviços a
fazem jus ao recebimento do valor correspondente ao indivíduos e famílias que se encontrem em situação de
auxílio-reclusão, que é de um salário mínimo, a ser ra- risco pessoal ou social decorrente de violação de direi-
teado entre eles. tos.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

418) (INSS/2016 - Técnico do Seguro Social - CESPE). Em 422) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
fevereiro de 2016, Valdemar, que era empregado pelo re-
2016)
gime celetista e recebia um salário mínimo de sua em-
pregadora, foi demitido e, 30 dias depois, condenado à
No que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o
pena de prisão em regime fechado. Ele é casado com
Idalina, com quem tem dois filhos menores. Conside- item seguinte.
rando essa situação hipotética, julgue o item que se se-
gue, com base nos regramentos previdenciários acerca A CF define seguridade social como um conjunto inte-
do auxílio-reclusão. Assim que terminar de cumprir a grado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da
pena, Valdemar deixará de ser segurado da previdência sociedade destinadas a assegurar direitos relativos à
social. saúde, à previdência e à assistência social.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

LEGISLAÇÃO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL 423) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
2016)
419) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE – Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007,
2016) que regulamenta o BPC da assistência social devido à
pessoa com deficiência e ao idoso.
Julgue o próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993,
que dispõe sobre a organização da assistência social.
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Um dos critérios para o idoso habilitar-se à concessão


A assistência social organiza-se por meio de um con- do BPC é não possuir outro benefício da seguridade so-
junto de serviços e programas que são estratificados em cial, excetuados o de assistência médica e a pensão es-
ações de proteção social básica, ações de proteção so- pecial de natureza indenizatória.
cial secundária e ações de proteção social terciária, sen-
do essa última direcionada para pessoas em situação de ( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

violência.

( ) CERTO ( ) ERRADO 424) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –


LEGISLAÇÃO

2016)

420) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE – Julgue o próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993,
2016) que dispõe sobre a organização da assistência social.

59
O centro de referência de assistência social (CRAS) é 429) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
uma unidade de base estadual e tem por finalidade 2016)
atender a população de baixa renda e as pessoas que es-
tejam submetidas ao cumprimento de pena de reclusão. Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007,
que regulamenta o BPC da assistência social devido à
( ) CERTO ( ) ERRADO pessoa com deficiência e ao idoso.

O valor a ser pago ao beneficiário do BPC é de um salá-


425) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE – rio mínimo mensal.
2016)

Em relação às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o ( ) CERTO ( ) ERRADO


item a seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993.

Os conselhos estaduais de assistência social e os conse- 430) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
lhos municipais de assistência social, instâncias delibe- 2016)
rativas do SUAS, têm caráter permanente e composição
paritária entre governo e sociedade civil.
Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007,
( ) CERTO ( ) ERRADO que regulamenta o BPC da assistência social devido à
pessoa com deficiência e ao idoso.

426) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE – É permitido ao beneficiário do BPC acumular o
2016) recebimento desse benefício com o do seguro-
desemprego.
Em relação às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o
item a seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993. ( ) CERTO ( ) ERRADO
Compete ao CNAS aprovar a PNAS, assim como convo-
car, ordinariamente, a cada quatro anos, a conferência
nacional de assistência social, que terá a atribuição de 431) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
avaliar a situação da assistência social e propor diretri- 2016)
zes para o aperfeiçoamento do sistema.
Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007,
( ) CERTO ( ) ERRADO que regulamenta o BPC da assistência social devido à
pessoa com deficiência e ao idoso.

427) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- O BPC do idoso que se encontre na condição de acolhi-
perior- CESPE – 2016) mento de longa permanência em hospital será suspen-
so até a data da sua alta.
A respeito da trajetória histórica do serviço social e da
legislação que dispõe sobre os planos de benefícios da ( ) CERTO ( ) ERRADO
previdência social, julgue o item que se segue.

Compete ao serviço social esclarecer aos beneficiários


seus direitos sociais e os meios de exercê-los, assim 432) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
como estabelecer conjuntamente com esses beneficiá- 2016)
rios o processo de solução dos problemas que emergi-
rem de sua relação com a previdência social. Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007,
que regulamenta o BPC da assistência social devido à
( ) CERTO ( ) ERRADO pessoa com deficiência e ao idoso.
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

A idade mínima para que um indivíduo passe a ter direi-


428) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- to ao BPC do idoso é de sessenta anos.
perior- CESPE – 2016)
( ) CERTO ( ) ERRADO
Considerando que o parecer social no INSS tem como
objetivo fornecer elementos para o reconhecimento de
LÍNGUA PORTUGUESA

direitos, julgue o item subsequente. 433) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
Em se tratando de parecer social com vistas à concessão
de um benefício assistencial, o assistente social deve
LEGISLAÇÃO

Acerca da heterogeneidade da população brasileira e


encaminhar ao setor solicitante o parecer por ele elabo- das profundas mudanças demográficas, econômicas e
rado, juntamente com o estudo socioeconômico reali- sociais pelas quais o país tem passado nas últimas déca-
zado. das, julgue o item que se segue.
( ) CERTO ( ) ERRADO

60
São as entidades sociais as responsáveis por garantir à Lei complementar editada pela União poderá autorizar
população de idosos no Brasil o direito à concessão de os estados e o DF a legislar sobre questões específicas
benefícios e à cobertura de programas e serviços como relacionadas à seguridade social.
a seguridade social, que engloba saúde, previdência e
assistência social. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
438) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
434) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
2016) A respeito da trajetória histórica do serviço social e da
legislação que dispõe sobre os planos de benefícios da
Com base no disposto no Decreto n.º 3.048/1999, que previdência social, julgue o item que se segue.
aprovou o regulamento da previdência social, julgue o
item subsecutivo. A reabilitação profissional do beneficiário incapacitado
parcial ou totalmente inclui o fornecimento de apare-
A universalidade da cobertura e do atendimento inclui- lho de prótese, órtese e instrumentos de auxílio para lo-
-se entre os princípios que regem as ações dos poderes comoção, quando a perda ou a redução da capacidade
públicos e da sociedade destinadas a assegurar o direito funcional puder ser atenuada por seu uso.
relativo à saúde, à previdência e à assistência social.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

439) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-


435) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- perior- CESPE – 2016)
perior- CESPE – 2016)A respeito da trajetória histórica
do serviço social e da legislação que dispõe sobre os pla- Aldo e Sandra são casados e pais de três crianças. San-
nos de benefícios da previdência social, julgue o item dra é servidora pública efetiva de determinada funda-
que se segue. ção pública vinculada ao governo federal, e Aldo, que
não é concursado, ocupa um cargo em comissão em um
Entre os avanços proporcionados pela matriz teórico- órgão público federal.
-metodológica do serviço social na previdência social,
destaca-se a produção teórica específica sobre a políti- A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir,
ca previdenciária e o serviço social, com divulgação em
referentes à seguridade social do servidor público.
congressos e seminários, publicação de artigos em pe-
riódicos e edição de livros.
Com base na universalidade da cobertura e do atendi-
( ) CERTO ( ) ERRADO mento da seguridade social, Aldo terá direito aos mes-
mos benefícios de plano de seguridade social e de assis-
tência à saúde garantidos a Sandra.
436) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- ( ) CERTO ( ) ERRADO
perior- CESPE – 2016)

A respeito da trajetória histórica do serviço social e da


440) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
legislação que dispõe sobre os planos de benefícios da
perior- CESPE – 2016)
previdência social, julgue o item que se segue.
Julgue o item a seguir, que se referem aos direitos e ga-
Atualmente, o serviço social na previdência ultrapassa
rantias fundamentais previstos na CF e à administração
o discurso da humanização para apoiar-se em sólido
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

pública.
conhecimento da realidade, aliado à defesa de direitos
dos usuários em conformidade com a matriz teórico-
Recentemente, o transporte foi incluído no rol de direi-
-metodológica do serviço social na previdência social e
tos sociais previstos na CF, que já contemplavam, entre
com o projeto ético-político da profissão.
outros, o direito à saúde, ao trabalho, à moradia e à pre-
vidência social, bem como a assistência aos desampara-
LÍNGUA PORTUGUESA

( ) CERTO ( ) ERRADO
dos.

( ) CERTO ( ) ERRADO
437) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
LEGISLAÇÃO

2016)

Com relação ao conteúdo e à autonomia da legislação 441) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
previdenciária, julgue o item abaixo. perior- CESPE – 2016)

61
Julgue o item abaixo à luz da Lei no 8.742/1993 (LOAS) O CNAS, instância responsável pela coordenação da
e do Decreto n.º 6.214/2007, que regulamenta o BPC da PNAS, é presidido alternadamente pelo(a) ministro(a)
assistência social devido à pessoa com deficiência e ao da previdência social e por um representante eleito da
idoso. sociedade civil, sendo de dois anos o mandato do seu
presidente, permitida a recondução.
Caso uma pessoa com deficiência que receba BPC pas-
se a exercer atividade remunerada na qualidade de mi- ( ) CERTO ( ) ERRADO
croempreendedor individual, o órgão concedente desse
benefício deverá suspendê-lo.
446) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
( ) CERTO ( ) ERRADO 2016)

No que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o


442) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE – item seguinte.
2016)
De acordo com o princípio da universalidade da segu-
Julgue o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, ridade social, os estrangeiros no Brasil poderão receber
que regulamenta o BPC da assistência social devido à atendimento da seguridade social.
pessoa com deficiência e ao idoso.
( ) CERTO ( ) ERRADO
No caso de morte do beneficiário do BPC, seus familia-
res são obrigados a informar tal fato ao INSS, situação
em que o pagamento do benefício cessará. 447) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)

443) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- Acerca do serviço social como profissão, julgue o item
perior- CESPE – 2016) seguinte.

Aldo e Sandra são casados e pais de três crianças. San- No Brasil, a institucionalização do serviço social como
dra é servidora pública efetiva de determinada funda- profissão foi provocada pela progressiva intervenção
ção pública vinculada ao governo federal, e Aldo, que de entidades religiosas no processo de regulação social,
não é concursado, ocupa um cargo em comissão em um quando as manifestações da questão social foram alça-
órgão público federal.
das a objeto de políticas sociais.
A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir,
( ) CERTO ( ) ERRADO
referentes à seguridade social do servidor público.

Os filhos de Aldo e Sandra, como dependentes de ser-


vidor público, têm direito aos seguintes benefícios do 448) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
plano de seguridade social: pensão, auxílio-funeral, perior- CESPE – 2016)
auxílio-reclusão e assistência à saúde.
Julgue o próximo item, referentes ao Estado de bem-
( ) CERTO ( ) ERRADO -estar social e à cidadania.

A crise do Estado de bem-estar social manifesta-se pela


articulação dos seguintes fatores: o universalismo pro-
444) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
tetor, as formas crescentes de particularismo social e a
2016)
mercantilização da política social.
Com relação ao segurado especial e ao segurado fa-
( ) CERTO ( ) ERRADO
cultativo, julgue o próximo item à luz do Decreto n.º
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

3.048/1999.

O recebimento de dinheiro decorrente de programa 450) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
assistencial oficial do governo federal descaracteriza a perior- CESPE – 2016)
condição de segurado especial.
LÍNGUA PORTUGUESA

No que concerne à disciplina constitucional relativa à


( ) CERTO ( ) ERRADO seguridade social, julgue o próximo item.

Sobre a receita de loterias, apostas e sorteio de números


LEGISLAÇÃO

incidirá contribuição social destinada a financiar a se-


445) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
guridade social.
2016)
( ) CERTO ( ) ERRADO
Em relação às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o
item a seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993.

62
451) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- 456) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016) perior- CESPE – 2016)

Julgue o item a seguir, relativos à questão social e ao ser- Julgue o item a seguir, relativos à questão social e ao ser-
viço social na contemporaneidade. viço social na contemporaneidade.
Os movimentos sociais das classes subalternas expres- Na sociedade capitalista madura, quanto mais se desen-
sam o desdobramento sociopolítico das contradições
do sistema capitalista que se materializam na questão volvem as forças produtivas, mais a produção se torna
social. social, isto é, mais o trabalho se torna amplamente so-
cial, enquanto a apropriação de seus frutos é privada,
( ) CERTO ( ) ERRADO monopolizada por uma parte da sociedade.

( ) CERTO ( ) ERRADO
452) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
457) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
Julgue o item a seguir, relativos à questão social e ao ser- perior- CESPE – 2016)
viço social na contemporaneidade.
Julgue o item a seguir, relativos à questão social e ao ser-
A atual conjuntura sócio-histórica da sociedade consis-
te em mero pano de fundo para a discussão do trabalho viço social na contemporaneidade.
profissional do assistente social.
A questão social pode ser apreendida como o conjunto
( ) CERTO ( ) ERRADO das expressões das desigualdades da sociedade capita-
lista madura, que têm uma raiz comum, a qual inclui a
produção social coletiva e a apropriação privada da ri-
453) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- queza.
perior- CESPE – 2016)
( ) CERTO ( ) ERRADO
Julgue o próximo item, referentes ao Estado de bem-
-estar social e à cidadania.

A relação entre política social e cidadania é direta e ime- 458) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
diata, uma vez que a política social dilui conflitos de perior- CESPE – 2016)
classe.
Acerca do serviço social como profissão, julgue o item
( ) CERTO ( ) ERRADO seguinte.

O trabalho do assistente social como profissional, ins-


454) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- crito na divisão sociotécnica do trabalho, insere-se no
perior- CESPE – 2016) processo de mercantilização e valorização do capital.
Com referência à CF e às políticas de seguridade, julgue ( ) CERTO ( ) ERRADO
o item subsecutivo.

Os princípios que orientam as ações e os serviços públi-


cos de saúde e serviços privados contratados ou conve- 459) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
niados que integram o SUS incluem a universalidade de perior- CESPE – 2016)
acesso, a integralidade de assistência e a descentraliza-
ção político-administrativa. No que se refere aos fundamentos históricos, teóricos
e metodológicos do serviço social, julgue o item subse-
( ) CERTO ( ) ERRADO
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

quente.

O serviço social, desde sua gênese, fundamentou-se em


455) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016) concepções pluralistas acerca do exercício profissional.

Acerca do serviço social como profissão, julgue o item ( ) CERTO ( ) ERRADO


LÍNGUA PORTUGUESA

seguinte.

O serviço social emergiu como profissão no estágio 460) (INSS - Técnico do Seguro Social –Médio- CESPE –
neoliberal da sociedade capitalista, quando a questão
LEGISLAÇÃO

2016)
social, por seu caráter de classe, demandou do Estado,
além de mecanismos de intervenção econômica, tam-
bém mecanismos de intervenção política e social. No que se refere à seguridade social no Brasil, julgue o
item seguinte.
( ) CERTO ( ) ERRADO

63
A seguridade social é organizada mediante gestão qua- Na realização de entrevistas para a elaboração de um
dripartite, com participação dos trabalhadores, dos em- parecer social, o assistente social deve ignorar as infor-
pregadores, dos aposentados e do governo nos órgãos mações contidas nos prontuários ou processos relativos
colegiados. à situação em estudo, para não ser influenciado na sua
opinião técnica.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

461) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-


perior- CESPE – 2016) 465) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
No que se refere aos fundamentos históricos, teóricos
e metodológicos do serviço social, julgue o item subse- No que concerne à disciplina constitucional relativa à
quente. seguridade social, julgue o próximo item.

O serviço público deve-se orientar na estruturação da


Apesar de haver conexão entre políticas sociais e o servi-
seguridade social pelos seguintes objetivos, entre ou-
ço social no Brasil desde 1930, a temática da política so- tros: equidade na forma de participação no custeio e ca-
cial foi introduzida nas pautas profissionais tardiamen- ráter democrático e descentralizado da administração.
te: na década de 50 no cenário internacional e a partir
de 1970 no Brasil. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
466) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
462) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016) Acerca do serviço social como profissão, julgue o item
seguinte.
No que se refere aos fundamentos históricos, teóricos
e metodológicos do serviço social, julgue o item subse- Para a compreensão do significado do serviço social
quente. como profissão, é necessário considerá-lo no processo
de reprodução das relações sociais, a partir de sua inser-
O serviço social foi reconhecido nos estatutos legais e ção na sociedade, ultrapassando-se a análise de profis-
éticos como profissão liberal, no entanto, o assistente são em si mesma.
social, na condição de trabalhador assalariado, não dis-
( ) CERTO ( ) ERRADO
põe de total autonomia na efetivação do seu exercício
profissional.
467) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
( ) CERTO ( ) ERRADO perior- CESPE – 2016)

Acerca do serviço social como profissão, julgue o item


463) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- seguinte.
perior- CESPE – 2016)
O serviço social como profissão enfrenta uma polariza-
Julgue o item a seguir, relativos à questão social e ao ser- ção, uma vez que ele participa tanto do processo de re-
produção e preservação do capital quanto das respostas
viço social na contemporaneidade. às necessidades de sobrevivência da classe que vive do
trabalho.
Os atuais instrumentos normativos do serviço social no
Brasil, como a Lei de Regulamentação Profissional e o ( ) CERTO ( ) ERRADO
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Código de Ética, expressam a materialização do projeto


ético-político profissional construído nos últimos trinta
anos no seio da categoria. 468) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su-
perior- CESPE – 2016)
( ) CERTO ( ) ERRADO
LÍNGUA PORTUGUESA

No que se refere aos fundamentos históricos, teóricos


e metodológicos do serviço social, julgue o item subse-
464) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- quente.
perior- CESPE – 2016)
LEGISLAÇÃO

Na década de 30 do século passado, o Estado brasileiro


assumiu a questão social como problema de adminis-
Considerando que o parecer social no INSS tem como tração, desenvolvendo políticas e agências de poder es-
objetivo fornecer elementos para o reconhecimento de tatal em diversos setores.
direitos, julgue o item subsequente.
( ) CERTO ( ) ERRADO

64
469) (INSS - Analista do Seguro Social - Serviço Social –Su- serviço social como profissão, é necessário considerá-lo
perior- CESPE – 2016) no processo de reprodução das relações sociais, a partir
de sua inserção na sociedade, ultrapassando-se a análi-
A respeito do movimento de reconceituação do servi- se de profissão em si mesma.
ço social e da renovação profissional, julgue o próximo
item. ( ) CERTO ( ) ERRADO
Na reconceituação do serviço social no Brasil, o núcleo
central da perspectiva da reatualização do conservado-
rismo consistiu na integração e dinamização do proces- 475) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
so de desenvolvimento capitalista. CESPE). Acerca do serviço social como profissão, julgue
o item seguinte. O serviço social como profissão enfren-
( ) CERTO ( ) ERRADO ta uma polarização, uma vez que ele participa tanto do
processo de reprodução e preservação do capital quan-
to das respostas às necessidades de sobrevivência da
LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA classe que vive do trabalho.

470) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - ( ) CERTO ( ) ERRADO


CESPE). Julgue o item abaixo à luz da Lei n.o 8.742/1993
(LOAS) e do Decreto n.º 6.214/2007, que regulamenta o
BPC da assistência social devido à pessoa com deficiên- 476) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
cia e ao idoso. Caso uma pessoa com deficiência que - CESPE). Acerca do serviço social como profissão, jul-
receba BPC passe a exercer atividade remunerada na
qualidade de microempreendedor individual, o órgão gue o item seguinte. No trabalho do assistente social
concedente desse benefício deverá suspendê-lo. nos diferentes espaços sócio-ocupacionais em que ele
se realiza, verifica-se uma situação de precarização, pro-
( ) CERTO ( ) ERRADO vocada por fatores tais como: precárias formas de con-
tratação, insegurança do emprego, desvalorização dos
salários e pressão pelo aumento da produtividade.
471) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço So-
cial - CESPE). Acerca do serviço social como profissão, ( ) CERTO ( ) ERRADO
julgue o item seguinte. O serviço social emergiu como
profissão no estágio neoliberal da sociedade capitalista,
quando a questão social, por seu caráter de classe, de- 477) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
mandou do Estado, além de mecanismos de interven- - CESPE). No que se refere aos fundamentos históri-
ção econômica, também mecanismos de intervenção cos, teóricos e metodológicos do serviço social, julgue
política e social. o item subsequente. O serviço social, desde sua gênese,
fundamentou-se em concepções pluralistas acerca do
( ) CERTO ( ) ERRADO exercício profissional.

( ) CERTO ( ) ERRADO
472) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). Acerca do serviço social como profissão, julgue
o item seguinte. No Brasil, a institucionalização do ser- 478) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
viço social como profissão foi provocada pela progres- - CESPE). No que se refere aos fundamentos históricos,
siva intervenção de entidades religiosas no processo de teóricos e metodológicos do serviço social, julgue o item
regulação social, quando as manifestações da questão subsequente. Apesar de haver conexão entre políticas
social foram alçadas a objeto de políticas sociais. sociais e o serviço social no Brasil desde 1930, a temática
da política social foi introduzida nas pautas profissio-
( ) CERTO ( ) ERRADO nais tardiamente: na década de 50 no cenário interna-
cional e a partir de 1970 no Brasil.

473) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - ( ) CERTO ( ) ERRADO


CESPE). Acerca do serviço social como profissão, julgue
PREVIDENCIÁRIA

o item seguinte. O trabalho do assistente social como


profissional, inscrito na divisão sociotécnica do traba- 479) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
lho, insere-se no processo de mercantilização e valori- - CESPE). No que se refere aos fundamentos históricos,
LÍNGUA PORTUGUESA

zação do capital. teóricos e metodológicos do serviço social, julgue o item


subsequente. Na década de 30 do século passado, o Es-
( ) CERTO ( ) ERRADO tado brasileiro assumiu a questão social como proble-
ma de administração, desenvolvendo políticas e agên-
LEGISLAÇÃO

cias de poder estatal em diversos setores.


474) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). Acerca do serviço social como profissão, julgue ( ) CERTO ( ) ERRADO
o item seguinte. Para a compreensão do significado do

65
480) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social Cooperação e Intercâmbio de Serviços Sociais, institui-
- CESPE). No que se refere aos fundamentos históricos, ção extrauniversitária que contribuiu para a refuncio-
teóricos e metodológicos do serviço social, julgue o item nalização do sistema universitário e a reconceituação
subsequente. O serviço social foi reconhecido nos esta- do serviço social no Brasil
tutos legais e éticos como profissão liberal, no entanto,
o assistente social, na condição de trabalhador assala- ( ) CERTO ( ) ERRADO
riado, não dispõe de total autonomia na efetivação do
seu exercício profissional.
486) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
( ) CERTO ( ) ERRADO CESPE). A respeito do movimento de reconceituação do
serviço social e da renovação profissional, julgue o pró-
ximo item. A intenção de ruptura repercutiu internacio-
481) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social nalmente no marco da crise do serviço social, dito então
- CESPE). A respeito do movimento de reconceituação tradicional, e chegou a ser identificada como ponto de
do serviço social e da renovação profissional, julgue o partida do movimento de reconceituação.
próximo item. Na reconceituação do serviço social no
Brasil, o núcleo central da perspectiva da reatualização ( ) CERTO ( ) ERRADO
do conservadorismo consistiu na integração e dinami-
zação do processo de desenvolvimento capitalista.
487) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
( ) CERTO ( ) ERRADO - CESPE). A respeito do movimento de reconceituação
do serviço social e da renovação profissional, julgue o
próximo item. A fenomenologia fundamentou teórico-
482) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -metodologicamente a perspectiva da reatualização do
- CESPE). A respeito do movimento de reconceituação conservadorismo, que centrava sua análise e interven-
do serviço social e da renovação profissional, julgue o ção na ajuda psicossocial e em valores humanistas.
próximo item. Sob a perspectiva da vertente moderni-
zadora, um dos objetivos do processo de renovação do ( ) CERTO ( ) ERRADO
serviço social no Brasil foi adequar a profissão às exi-
gências da autocracia burguesa, tendo sido os seminá-
rios de Araxá e Teresópolis marcos dessa perspectiva na 488) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
profissão. CESPE). Julgue o item a seguir, relativos à questão social
e ao serviço social na contemporaneidade. Na socieda-
( ) CERTO ( ) ERRADO de capitalista madura, quanto mais se desenvolvem as
forças produtivas, mais a produção se torna social, isto
é, mais o trabalho se torna amplamente social, enquan-
483) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social to a apropriação de seus frutos é privada, monopolizada
- CESPE). A respeito do movimento de reconceituação por uma parte da sociedade.
do serviço social e da renovação profissional, julgue o
próximo item. No Brasil, à época da ditadura militar,
( ) CERTO ( ) ERRADO
marcada pelo desenvolvimento capitalista, o caráter
modernizador da perspectiva modernizadora esteve re-
lacionado a uma postura de contestação à ordem socio-
489) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
política então vigente.
- CESPE). Julgue o item a seguir, relativos à questão so-
( ) CERTO ( ) ERRADO cial e ao serviço social na contemporaneidade. Os movi-
mentos sociais das classes subalternas expressam o des-
dobramento sociopolítico das contradições do sistema
484) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - capitalista que se materializam na questão social.
CESPE). A respeito do movimento de reconceituação do
serviço social e da renovação profissional, julgue o pró- ( ) CERTO ( ) ERRADO
ximo item. A intenção de ruptura foi forjada com a pre-
PREVIDENCIÁRIA

tensão de romper com a herança teórico-metodológica


conservadora e seus paradigmas de intervenção social. 490) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). Julgue o item a seguir, relativos à questão social
LÍNGUA PORTUGUESA

( ) CERTO ( ) ERRADO e ao serviço social na contemporaneidade. A atual con-


juntura sócio histórica da sociedade consiste em mero
pano de fundo para a discussão do trabalho profissional
LEGISLAÇÃO

485) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social do assistente social.


- CESPE). A respeito do movimento de reconceituação
do serviço social e da renovação profissional, julgue o ( ) CERTO ( ) ERRADO
próximo item. O ponto de arranque da perspectiva da
intenção de ruptura foi a criação do Centro Brasileiro de

66
491) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social 497) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
- CESPE). Julgue o item a seguir, relativos à questão so- - CESPE). Acerca das estratégias, dos instrumentos e
cial e ao serviço social na contemporaneidade. Os atuais das técnicas de intervenção utilizados pelo assistente
instrumentos normativos do serviço social no Brasil, social nos diferentes espaços sócio ocupacionais, julgue
como a Lei de Regulamentação Profissional e o Código o item seguinte. No desempenho de atividades como
de Ética, expressam a materialização do projeto ético-
-político profissional construído nos últimos trinta anos assessor ou consultor, espera-se que o assistente social
no seio da categoria. realize o estudo da realidade e discuta as demandas e
necessidades prioritárias, em conjunto com a equipe da
( ) CERTO ( ) ERRADO instituição e(ou) dos movimentos sociais a que presta
assessoria/consultoria.

492) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - ( ) CERTO ( ) ERRADO


CESPE). Julgue o item a seguir, relativos à questão social
e ao serviço social na contemporaneidade. A questão
social pode ser apreendida como o conjunto das expres- 498) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
sões das desigualdades da sociedade capitalista madu- CESPE). Acerca das estratégias, dos instrumentos e das
ra, que têm uma raiz comum, a qual inclui a produção técnicas de intervenção utilizados pelo assistente so-
social coletiva e a apropriação privada da riqueza.
cial nos diferentes espaços sócio ocupacionais, julgue o
( ) CERTO ( ) ERRADO item seguinte. O profissional assistente social pode dis-
pensar a elaboração prévia de roteiro para a condução
de uma oficina se o objetivo desta for facilitar a discus-
são, incrementar a participação e promover a constru-
493) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
- CESPE). No que se refere ao planejamento para inter- ção coletiva.
vir na realidade social, julgue o item subsecutivo. Na
perspectiva do planejamento estratégico situacional, o ( ) CERTO ( ) ERRADO
momento explicativo é representado pelo desenho de
ações ou projetos específicos e pela definição dos pro-
dutos e resultados esperados. 499) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). Acerca das estratégias, dos instrumentos e das
( ) CERTO ( ) ERRADO técnicas de intervenção utilizados pelo assistente so-
cial nos diferentes espaços sócio ocupacionais, julgue o
item seguinte. O uso da técnica de clarificação em uma
494) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - entrevista permite que o entrevistado compreenda a si-
CESPE). No que se refere ao planejamento para intervir tuação a partir do ponto de vista do entrevistador, além
na realidade social, julgue o item subsecutivo. O plane- de estimular a mudança de tema em caso de silêncio
jamento se restringe às decisões técnicas relacionadas à prolongado.
elaboração de um plano, o qual se limita à identificação
do que deve ser realizado para a mudança de determi- ( ) CERTO ( ) ERRADO
nada realidade.

( ) CERTO ( ) ERRADO 500) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social


- CESPE). Considerando que o parecer social no INSS
tem como objetivo fornecer elementos para o reconhe-
495) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). No que se refere ao planejamento para intervir cimento de direitos, julgue o item subsequente. Na rea-
na realidade social, julgue o item subsecutivo. No plane- lização de entrevistas para a elaboração de um parecer
jamento estratégico situacional, recomenda-se a análi- social, o assistente social deve ignorar as informações
se das motivações dos atores envolvidos para a defini- contidas nos prontuários ou processos relativos à situa-
ção da viabilidade política de determinado programa. ção em estudo, para não ser influenciado na sua opinião
técnica.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
PREVIDENCIÁRIA

496) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -


CESPE). Acerca das estratégias, dos instrumentos e das 501) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
LÍNGUA PORTUGUESA

técnicas de intervenção utilizados pelo assistente so- - CESPE). Considerando que o parecer social no INSS
cial nos diferentes espaços sócio ocupacionais, julgue o tem como objetivo fornecer elementos para o reconhe-
item seguinte. A socialização das informações constitui cimento de direitos, julgue o item subsequente. Em se
uma ação de fortalecimento do usuário para acessar de- tratando de parecer social com vistas à concessão de
LEGISLAÇÃO

terminados bens ou serviços, o que inclui o direito dos um benefício assistencial, o assistente social deve enca-
usuários de usufruírem de todo conhecimento social- minhar ao setor solicitante o parecer por ele elaborado,
mente produzido. juntamente com o estudo socioeconômico realizado.
( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

67
502) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social de benefícios da previdência social, julgue o item que
- CESPE). Considerando que o parecer social no INSS se segue. Entre os avanços proporcionados pela matriz
tem como objetivo fornecer elementos para o reconhe- teórico-metodológica do serviço social na previdência
cimento de direitos, julgue o item subsequente. O pa- social, destaca-se a produção teórica específica sobre a
recer social constitui mecanismo de averiguação de ve- política previdenciária e o serviço social, com divulga-
racidade dos fatos, quando solicitado pela Procuradoria ção em congressos e seminários, publicação de artigos
Federal Especializada do INSS, tendo, nessa situação, em periódicos e edição de livros.
caráter sigiloso.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

508) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço So-


cial - CESPE). A respeito da trajetória histórica do ser-
503) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
viço social e da legislação que dispõe sobre os planos
- CESPE). Considerando que o parecer social no INSS
de benefícios da previdência social, julgue o item que
tem como objetivo fornecer elementos para o reconhe- se segue. Compete ao serviço social esclarecer aos be-
cimento de direitos, julgue o item subsequente. No caso neficiários seus direitos sociais e os meios de exercê-
de a intervenção do assistente social ser feita em con- -los, assim como estabelecer conjuntamente com esses
junto com outros profissionais, a avaliação da situação beneficiários o processo de solução dos problemas que
deve contemplar a opinião da equipe técnica emitida emergirem de sua relação com a previdência social.
em um documento único assinado por um representan-
te da equipe. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
509) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). A respeito da trajetória histórica do serviço so-
504) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social cial e da legislação que dispõe sobre os planos de bene-
- CESPE). Considerando que o parecer social no INSS fícios da previdência social, julgue o item que se segue.
tem como objetivo fornecer elementos para o reconhe- A reabilitação profissional do beneficiário incapacitado
cimento de direitos, julgue o item subsequente. O pare- parcial ou totalmente inclui o fornecimento de apare-
cer social deve conter uma análise prospectiva da situa- lho de prótese, órtese e instrumentos de auxílio para lo-
ção estudada e indicar hipóteses sobre desdobramentos comoção, quando a perda ou a redução da capacidade
e consequências da situação. funcional puder ser atenuada por seu uso.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

505) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social 510) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
CESPE). A respeito da trajetória histórica do serviço so-
- CESPE). Com referência à avaliação para a concessão cial e da legislação que dispõe sobre os planos de bene-
do BPC e da aposentadoria da pessoa com deficiência, fícios da previdência social, julgue o item que se segue.
julgue o próximo item. A avaliação para a concessão do Atualmente, o serviço social na previdência ultrapassa
BPC às pessoas com deficiência deve orientar-se pelos o discurso da humanização para apoiar-se em sólido
princípios da Classificação Internacional de Doenças, conhecimento da realidade, aliado à defesa de direitos
da Organização Mundial de Saúde. dos usuários em conformidade com a matriz teórico-
-metodológica do serviço social na previdência social e
( ) CERTO ( ) ERRADO com o projeto ético-político da profissão.

( ) CERTO ( ) ERRADO
506) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
- CESPE). Com referência à avaliação para a concessão
511) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
do BPC e da aposentadoria da pessoa com deficiência, CESPE). Julgue o item a seguir à luz do Código de Ética
julgue o próximo item. A concessão de benefícios desti- Profissional e do projeto ético-político do serviço social.
PREVIDENCIÁRIA

nados às pessoas com deficiência está condicionada a A articulação com os movimentos de outras categorias
avaliação prévia. No caso de aposentadorias, essa ava- profissionais constitui um dos princípios do Código de
liação restringe-se à perícia médica e, no caso do BPC, à Ética do Assistente Social, devendo ultrapassar os limi-
LÍNGUA PORTUGUESA

avaliação pelo assistente social. tes do corporativismo.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO


LEGISLAÇÃO

507) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço So- 512) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social -
cial - CESPE). A respeito da trajetória histórica do ser- CESPE). Julgue o item a seguir à luz do Código de Ética
Profissional e do projeto ético-político do serviço social.
viço social e da legislação que dispõe sobre os planos As alterações realizadas no atual Código de Ética do As-

68
sistente Social reafirmam princípios e valores do proje- 517) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
to ético-político ao reconhecer a linguagem de gênero item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que re-
e adotar em todo o texto, simultaneamente, as formas gulamenta o BPC da assistência social devido à pessoa
masculina e feminina, além de substituir o termo opção com deficiência e ao idoso. Um dos critérios para o ido-
sexual por orientação sexual. so habilitar-se à concessão do BPC é não possuir outro
benefício da seguridade social, excetuados o de assis-
( ) CERTO ( ) ERRADO tência médica e a pensão especial de natureza indeni-
zatória.

513) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social - ( ) CERTO ( ) ERRADO


CESPE). Julgue o item a seguir à luz do Código de Ética
Profissional e do projeto ético-político do serviço social.
A precarização das condições de trabalho e da formação 518) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
profissional, a ausência de preparo técnico e teórico e item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que re-
a fragilização de uma consciência crítica e política são gulamenta o BPC da assistência social devido à pessoa
elementos que propiciam o incremento das ideias con- com deficiência e ao idoso. O valor a ser pago ao benefi-
servadoras, impondo desafios ao projeto ético-político ciário do BPC é de um salário mínimo mensal.
da profissão.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

519) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o


514) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que re-
- CESPE). O processo de redemocratização no Brasil, gulamenta o BPC da assistência social devido à pessoa
consolidado na CF, coloca o Estado a serviço do interes- com deficiência e ao idoso. É permitido ao beneficiário
se público submetido ao controle social e democrático,
a partir de três dimensões distintas e indissociáveis: po- do BPC acumular o recebimento desse benefício com o
lítica, técnica e ética. No que se refere à participação e do seguro-desemprego.
ao controle social nos processos de gestão de políticas
sociais e defesa de direitos sociais, julgue o item sub- ( ) CERTO ( ) ERRADO
sequente. A dimensão política do controle social pode
ser observada na mobilização para influir na agenda de
um governo mediante a indicação de prioridades. A di- 520) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue
mensão técnica, por sua vez, diz respeito ao trabalho da
sociedade para fiscalizar a gestão pública, e a dimensão o item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que
ética refere-se à construção de novos valores e novas re- regulamenta o BPC da assistência social devido à pes-
ferências, fundadas nos ideais de solidariedade, sobera- soa com deficiência e ao idoso. O BPC do idoso que se
nia e justiça social. encontre na condição de acolhimento de longa perma-
nência em hospital será suspenso até a data da sua alta.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO

515) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social


- CESPE). Acerca da heterogeneidade da população bra- 521) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
sileira e das profundas mudanças demográficas, eco- item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que re-
nômicas e sociais pelas quais o país tem passado nas gulamenta o BPC da assistência social devido à pessoa
últimas décadas, julgue o item que se segue. A pobreza
tem natureza conjuntural, e não estrutural, de modo com deficiência e ao idoso. A idade mínima para que
que programas de transferência de renda condicionada um indivíduo passe a ter direito ao BPC do idoso é de
alcançam seus objetivos de assegurar o direito à vida a sessenta anos.
milhões de brasileiros, mas não resolvem a situação de
pobreza. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO
522) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
item seguinte à luz do Decreto n.º 6.214/2007, que re-
516) (INSS/2016 - Analista do Seguro Social/Serviço Social
PREVIDENCIÁRIA

gulamenta o BPC da assistência social devido à pessoa


- CESPE). Acerca da heterogeneidade da população com deficiência e ao idoso. No caso de morte do benefi-
brasileira e das profundas mudanças demográficas, ciário do BPC, seus familiares são obrigados a informar
econômicas e sociais pelas quais o país tem passado nas
LÍNGUA PORTUGUESA

últimas décadas, julgue o item que se segue. São as en- tal fato ao INSS, situação em que o pagamento do bene-
tidades sociais as responsáveis por garantir à população fício cessará.
de idosos no Brasil o direito à concessão de benefícios e
à cobertura de programas e serviços como a seguridade ( ) CERTO ( ) ERRADO
LEGISLAÇÃO

social, que engloba saúde, previdência e assistência so-


cial.
523) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
( ) CERTO ( ) ERRADO próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993, que dis-
põe sobre a organização da assistência social. O centro

69
de referência de assistência social (CRAS) é uma unida- 629) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Em rela-
de de base estadual e tem por finalidade atender a po- ção às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o item
pulação de baixa renda e as pessoas que estejam sub- a seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993. O CNAS, instância
metidas ao cumprimento de pena de reclusão. responsável pela coordenação da PNAS, é presidido al-
ternadamente pelo(a) ministro(a) da previdência social
( ) CERTO ( ) ERRADO e por um representante eleito da sociedade civil, sendo
de dois anos o mandato do seu presidente, permitida a
recondução.
524) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o
próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993, que dis- ( ) CERTO ( ) ERRADO
põe sobre a organização da assistência social. O cen-
tro de referência especializado de assistência social
(CREAS) constitui unidade que presta serviços a indiví- 530) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Em rela-
duos e famílias que se encontrem em situação de risco ção às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o item a
pessoal ou social decorrente de violação de direitos. seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993. O CNAS tem caráter
paritário: metade dos seus membros são representantes
( ) CERTO ( ) ERRADO governamentais e a outra metade é composta por repre-
sentantes da sociedade civil.

525) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o ( ) CERTO ( ) ERRADO


próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993, que dis-
põe sobre a organização da assistência social. A política
de assistência social tem como objetivos, entre outros,
a promoção da integração do cidadão ao mercado de
trabalho e o amparo às crianças e aos adolescentes ca-
rentes.

( ) CERTO ( ) ERRADO

526) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Julgue o


próximo item com base na Lei n.º 8.742/1993, que dis-
põe sobre a organização da assistência social. A assis-
tência social organiza-se por meio de um conjunto de
serviços e programas que são estratificados em ações de
proteção social básica, ações de proteção social secun-
dária e ações de proteção social terciária, sendo essa úl-
tima direcionada para pessoas em situação de violência.

( ) CERTO ( ) ERRADO

527) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Em rela-


ção às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o item a
seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993. Situação hipotética: O
CNAS, por decisão da maioria simples de seus membros,
aprovou a proposição, ao Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão, de alteração dos limites de repasse
mensal dos benefícios previstos em lei. Assertiva: Nessa
situação, a aprovação da proposição ocorreu em confor-
midade com o que estabelece a Lei n.º 8.742/1993.

( ) CERTO ( ) ERRADO
PREVIDENCIÁRIA

528) (INSS/2016 - Técnico Seguro Social - CESPE). Em rela-


LÍNGUA PORTUGUESA

ção às instâncias deliberativas do SUAS, julgue o item


a seguir à luz da Lei n.º 8.742/1993. Os conselhos esta-
duais de assistência social e os conselhos municipais de
LEGISLAÇÃO

assistência social, instâncias deliberativas do SUAS, têm


caráter permanente e composição paritária entre gover-
no e sociedade civil.

( ) CERTO ( ) ERRADO

70
10) Resposta: Certo - Busquemos no texto: (...) Além do mais,
GABARITO COMENTADO muito mais fundamentalmente, o tempo livre depende-
rá da situação geral da sociedade (...) Em uma época de
integração social sem precedentes, fica difícil estabelecer,
LÍNGUA PORTUGUESA de forma geral, o que resta nas pessoas, além do determi-
nado pelas funções. Isso pesa muito sobre a questão do
tempo livre.
01) Resposta: Errado - No texto, o uso de aspas serve para
transcrever a fala do presidente, relatando o que real-
mente foi dito por ele. 11) Resposta: Certo - Ao texto! (...) A expressão, de origem re-
cente — aliás, antes se dizia ócio, e este era privilégio de
uma vida folgada.
02) Resposta: Certo - Voltemos ao texto: (...) o “vírus da in-
flação voltou a ser uma ameaça real”. Em sua fala de 21
minutos aos senadores e deputados, o presidente alertou 12) Resposta: Certo - Ao trecho: (...) fica difícil estabelecer,
também para a piora do cenário econômico internacio- de forma geral, o que resta nas pessoas, além do determi-
nal (...). O termo reforça as informações negativas citadas nado pelas funções. Isso pesa muito sobre a questão do
pelo presidente. tempo livre. Mesmo onde o encantamento se atenua e as
pessoas estão ao menos subjetivamente convictas de que
agem por vontade própria, isso ainda significa que essa
vontade é modelada por aquilo de que desejam estar li-
03) Resposta: Certo - Ao trecho: Segundo Lula, “teremos tem- vres fora do horário de trabalho.
pos difíceis pela frente. O mundo entrou em um período
de maiores incertezas”.

Poderíamos unir os dois períodos com quaisquer das 13) Resposta: Errado - O termo “nefasto” – no contexto – pre-
cisa de complemento (nominal), pois o resultado acabou
conjunções causais, que dariam coesão à ideia apresen-
sendo nefasto (ruim) para algo ou alguém (no caso, al-
tada (o segundo período corresponde à causa da ideia guém: o trabalhador).
apresentada no primeiro).

14) Resposta: Errado - O período estaria correto tanto quan-


04) Resposta: Errado - O texto não aborda este tema. to ao sentido como gramaticalmente.

05) Resposta: Certo - As pontuações estão corretas. 15) Resposta: Errado - Quanto à correção gramatical have-
ria um erro, pois, devido à presença do artigo “a”, a forma
correta de escrever é: “É expressamente proibida a utiliza-
06) Resposta: Errado - Ao texto: (...) As vantagens da mo- ção...”
dernização do sistema todos os aposentados britânicos
percebem = percebem as vantagens da modernização do
sistema. 16) Resposta: Certo - O gênero é a crônica – conta fato do
dia a dia de maneira descontraída, o que permite a uti-
lização de uma linguagem mais próxima da do leitor – a
07) Resposta: Errado - “Soldo” é a parcela relativa ao posto e informalidade.
à graduação do militar; pensão e aposentadoria são be-
nefícios (mesmo que você não saiba o que é “soldo”, con-
seguirá responder à questão por conhecer os outros dois 17) Resposta: Errado - Voltemos ao texto: (...) O valor desse
termos). Portanto, o termo retoma “pensão” e “aposenta- índice tem sofrido modificações substanciais no decorrer
doria”, apenas. do tempo, à medida que as condições sociais melhoram =
influência da renda familiar.
08) Resposta: Errado - A expressão “vitalícia” significa “para
a vida toda”, portanto é assegurada mesmo depois da 18) Resposta: Certo - Ao texto: (...) Mais recentemente, têm
morte, e não apenas “depois”. sido registrados valores progressivamente mais eleva-
dos para a esperança de vida ao nascer. Essa situação
PORTUGUESA
LÍNGUA PORTUGUESA

está ilustrada no gráfico abaixo = relação com o assunto


09) Resposta: Letra E - Segundo o texto, (...) o tempo livre de- abordado no período anterior (têm sido registrados valo-
penderá da situação geral da sociedade (...), e como esta res...).
sofre mudanças com o passar do tempo, não podemos
afirmar que as formas de “tempo livre” serão as mesmas
em qualquer época.
LÍNGUA

19) Resposta: Certo - Ao texto (sempre!): O processo de enve-


lhecimento populacional, no seu primeiro estágio, resul-
ta em um aumento, pelo menos relativo, da oferta da for-
ça de trabalho. Nas etapas posteriores, a proporção desse

71
grupo no total da população diminui e, eventualmente, 30) Resposta: Certo - O título estaria coerente e gramatical-
diminuirá em termos absolutos, como é a situação atual mente correto.
do Japão e de vários países europeus. = os termos destaca-
dos se relacionam.
31) Resposta: Errado - A única referência que o texto faz à
bateria é (...) A bateria que o alimenta é totalmente reci-
20) Resposta: Certo - Texto: (...) o segmento com idade avan- clável e pode ser recarregada cerca de 1.500 vezes.” = não
çada passa a ser o que mais cresce. Esse crescimento acen- há citação de quando deve ser reciclada.
tuado do segmento que demanda maiores recursos mo-
netários e cuidados humanos, afetivos e psicológicos. =
maneiras de se referir à velhice. 32) Resposta: Errado - Texto: (...) O coordenador do projeto
destaca o aspecto econômico como uma das grandes van-
tagens do carro elétrico, ao compará-lo com um veículo
21) Resposta: Errado - O texto não apresenta o ponto de vista movido a gasolina. “Com um litro do combustível, é pos-
do autor, apenas descreve os fatos. sível percorrer 15 km em média. No entanto, se o mesmo
valor gasto com essa quantidade de gasolina for empre-
gado na compra de energia elétrica, é possível rodar cerca
22) Resposta: Errado - Ao trecho: (...) nomeou Francisco Pe- de 40 km.” Além de enfatizar as vantagens econômicas,
reira Passos para o governo municipal. Este, por sua vez, Novais salienta os incontestáveis benefícios ambientais.
chamou os engenheiros Francisco Bicalho. = “este” se re- “O carro elétrico não faz barulho nem polui a atmosfera,
fere a Francisco Passos, o qual nomeou outros. O termo já que não emite gás carbônico ou qualquer outra subs-
“por sua vez” serve para explicar o que será descrito pos- tância química.”
teriormente, portanto deve estar entre vírgulas.

33) Resposta: Errado - Ao trecho: (...) O motorista que expe-


23) Resposta: Errado - Texto: (...) onde foram erguidas bar- rimentar dirigir os protótipos não deverá estranhá-los. “É
ricadas e ocorreram confrontos generalizados. = “con- muito simples guiá-los...”. = o pronome faz referência aos
frontos generalizados” desempenha a função sintática de protótipos.
sujeito do verbo “ocorreram”.

34) Resposta: Errado - Texto: (...) “A principal distinção é que


24) Resposta: Errado - Não deve haver vírgula após a pala- não existe partida. O veículo liga como se fosse acionado
vra “compulsória” = um erro gramatical. por um interruptor.” = “partida” é o sujeito do verbo “exis-
tir”, não seu complemento.

25) Resposta: Errado - A maneira correta quanto à pontua-


ção é: O povo, por estar insatisfeito com o “bota-abaixo” e 36) Resposta: Certo - Texto: (...) Da parte de um juiz tão com-
influenciado pela imprensa, se revoltou contra a vacina. petente em matérias literárias este ato é honroso para o
= e a vacina – por ser obrigatória - foi o estopim para a Sr. Oliveira.
revolta.
Estamos ansiosos por ler a peça do Sr. Oliveira, e ficamos
certos de que ela fará a fortuna de qualquer teatro. = o
26) Resposta: Certo - Reescrita adequada tanto quanto ao termo “fortuna” pode ter o sentido de riqueza material e,
sentido como gramaticalmente. também, o de literária – ambos denotarão sucesso ao Sr
Oliveira.

27) Resposta: Errado - O termo “insufladas” deveria estar no 37) Resposta: Certo - Levantou-se da cama o pobre namora-
singular, já que se refere à “população”. do sem ter conseguido dormir. Vinha nascendo o Sol Quis
ler os jornais e pediu-os. Já os ia pondo de lado, por ha-
ver acabado de ler, quando repentinamente viu seu nome
28) Resposta: Certo - Reescrita adequada – gramatical e coe- impresso no Jornal do Comércio. = através da leitura do
rentemente. parágrafo não se sabe, realmente, quem é o sujeito.
PORTUGUESA
LÍNGUA PORTUGUESA

29) Resposta: Errado - Ao texto: Dois modelos de veículo de 38) Resposta: Errado - Temos o prazer de anunciar ao país
uma montadora italiana, movidos a energia elétrica, já o próximo aparecimento de uma excelente comédia, es-
estão prontos para rodar. (= ainda não estão rodando, treia de um jovem literato fluminense, de nome Antônio
segundo o texto) Os protótipos foram desenvolvidos no Carlos de Oliveira (...) Estamos ansiosos por ler a peça do
Sr. Oliveira.
LÍNGUA

Brasil pela empresa Itaipu Binacional(...)

72
39) Resposta: Letra E - Quem está ansioso está ansioso por 49) Resposta: Errado - após o terremoto que dizimou Lisboa,
algo (concordância nominal) = remete a uma ação pos- se orgulhavam de, a despeito dos destroços, terem ergui-
terior (estamos ansiosos por ler a peça). do uma grande biblioteca: a Real Livraria = destroços da
livraria “sobreviveram” ao terremoto.

40) Resposta: Errado - O complemento do verbo “pedir” é “a


comédia”; “para” é conjunção que introduz finalidade 50) Resposta: Certo - terem erguido uma grande biblioteca:
(oração subordinada adverbial final). a Real Livraria = os dois-pontos antecedem um termo ex-
plicativo.

41) Resposta: Certo - Consta-nos que o autor = a oração em


RACIOCÍNIO LÓGICO
destaque funciona como sujeito da oração principal (Isso
nos consta), portanto, oração subordinada substantiva
subjetiva. 51) Resposta: Certo.

42) Resposta: Errado - Ao texto: Designado para fazer a críti-


ca dos espetáculos líricos de setembro de 1846 a outubro
do ano seguinte no Jornal do Comércio (...) Pena ganhou
evidência como comediógrafo a partir de 1838, ano em
que foi encenada sua peça O Juiz de Paz na Roça. Em-
bora tenha produzido alguns dramas (que lhe renderam
duras críticas), destacou-se de fato pelas suas comédias e
farsas, nas quais retratou a cultura e os costumes da so-
ciedade do seu tempo.

43) Resposta: Certo - A estante é grande, dá muito trabalho =


a confecção da estante, que é grande, dará trabalho.
280-x+x+195-x=400
44) Resposta: Errado - Ao perguntar a numeração, seu Joa-
quim percebera a hesitação de Ferreira, o que o levou a x=75
deduzir que este não tinha certeza do número do prédio.
Desenhar facilitaria a localização. Diabéticos: 195-75=120

45) Resposta: Certo - mas dava para armar ali a minha ten- 52) Resposta: Errado.
da de reflexões e leitura = trecho empregado em sentido
figurado p: Cláudio pratica esportes

q: Cláudio tem uma alimentação balanceada


46) Resposta: Errado - onde morava Mário Pedrosa, entre a (pレ˜p)ル˜q
Farme de Amoedo e a antiga Montenegro, hoje Vinicius
de Moraes = os trechos em destaque remetem a nome de
(pレ˜p)ル˜q
ruas; a Montenegro passou a ser chamada de Vinicius de
Moraes.
P ~P Q ~q pレ˜p
V F V F V F
V F F V V V
47) Resposta: Errado - Estava ali havia uma semana e nem F V V F V F
decorara ainda o número do prédio. Tanto que, quando
F V F V V V
seu Joaquim, ao preencher a nota de encomenda, pergun-
tou-me onde seria entregue a estante, tive um momento
de hesitação = a hesitação se deu porque o narrador per- 53) Resposta: Certo.
LÍNGUA PORTUGUESA

cebeu que não sabia o número de seu prédio.


LÓGICO

P: Antônio fuma 10 cigarros por dia

48) Resposta: Certo - “Se o prédio do Mário é 228, o meu, que q: a probabilidade de ele sofrer um infarto é três vezes
RACIOCÍNIO

fica quase em frente, deve ser 227” = levando em conta a maior que a de Pedro, que é não fumante
numeração do prédio que fica em frente ao dele, o narra-
dor deduz a numeração do seu, achando-a provável. p→q

73
54) Resposta: Errado. C-A={4,5,6}

Equivalência da condicional p→q⇔~q→~p A∪B={1,2,3,4,5}

João é saudável, logo não é fumante. (C \ A) ∩ (A ∪ B)={4,5}

C∩B={3,4,5}
55) Resposta: Errado.

20% de 600=120 pessoas 61) Resposta: Certo - 20%de 3500=700

30% de 120=36 pessoas


62) Resposta: Certo.
total? 120+36=156
X=salário
600-156=444
0,1965x=68,78
P=444/600=0,74
X=68,78/0,1965

56) Resposta: Errado. X=350

É uma sentença exclamativa.


63) Resposta: Certo.

57) Resposta: Certo 68,78----100%

3,44-------x
P q q→p p→( q→p) X=5%

V V V V
64) Resposta: Letra B.
V F V V
F V F V A=1,2B
F F V V C=0,8B

1,2B+B+0,8B=360
58) Resposta: Errado - Como a primeira proposição é falsa,
a segunda pode ser falsa ou verdadeira que o valor lógico 3B=360
da proposição composta será sempre verdadeiro.
B=120

A=1,2⋅120=144
59) Resposta: Certo.

p: Sou aposentado
65) Resposta: Letra B.
q:Nunca faltei ao trabalho
P: A qualidade da educação dos jovens sobe
(p ∧ q) ⇒ ~p: Se sou aposentado e nunca faltei ao tra-
Q: a sensação de segurança da sociedade diminui
balho, então não sou aposentado
Duas proposições: 2²=4
LÍNGUA PORTUGUESA

60) Resposta: Errado - Vamos colocar valores para ser mais


LÓGICO

fácil. 66) Resposta: Errado - Para a proposição ser falsa, devemos


ter P verdadeira e Q∨~R falsa.
A={1, 2, 3}
RACIOCÍNIO

Para a disjunção ser falsa, as duas devem ser falsas.


B={3, 4, 5}
Portanto, há caso possível para ser falsa.
C={1, 2, 3, 4, 5, 6}

74
67) Resposta: Errado - É uma proposição simples Q: apresentou os comprovantes de pagamento

R: o juiz julgou procedente a ação movida pelo ex-empre-


68) Resposta: Errado - É uma proposição simples gado.

(p∧q)→R
69) Resposta: Errado.

P:Basta um de nós mudar de ideia 75) Resposta: Errado.

Q: a decisão será totalmente modificada P: determinado candidato foi aprovado nas provas obje-
tivas do concurso e no curso de formação de praças
2²=4 linhas
Q: se tornou soldado combatente do corpo de bombeiros
local
70) Resposta: Letra C.
p→q⇔~q→~p
P: A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
ciárias Se determinado candidato não se tornou soldado comba-
tente do corpo de bombeiros local, então ele foi reprovado
Q: apresentou os comprovantes de pagamento nas provas objetivas do concurso e no curso de formação
de praças.
R: o juiz julgou, pois, procedente a ação movida pelo ex-
-empregado
76) Resposta: Certo.
Número de linhas: 2³=8
p→q⇔~p∨q

71) Resposta: Letra D - A proposição S é composta por: Sendo:


(pルq)→(rレp)
P: a humanidade não diminuir a produção de material
P Q R pルq rレp (pルq)→(rレp) plástico ou não encontrar uma solução para o problema
do lixo desse material
V V V V V V
V V F V V V Q: o acúmulo de plástico no meio ambiente irá degradar
V F V F V V a vida no planeta.
V F F F V V
F V V F V V Negação de disjunção(como temos em P), é a conjunção:
F V F F F V
F F V F V V A humanidade diminui a produção de material plástico
F F F F F V e encontra uma solução para o problema do lixo desse
material

72) Resposta: Letra A. OBS: coloquei a proposição como composta para ficar
mais fácil fazer a negação.
P:A qualidade da educação dos jovens sobe

Q: a sensação de segurança da sociedade diminui 77) Resposta: Certo - Uma dica é que normalmente quan-
do tem vírgula é condicional, não é regra, mas acontece
Como a proposição descrita é uma disjunção, a equiva- quando você não acha o conectivo.
lência é uma condicional.

p∨q⇔~p→q
78) Resposta: Letra A - A expressão já que=pois

Que se for escrita com a condicional, devemos mudar as


LÍNGUA PORTUGUESA

73) Resposta: Errado - Se um dos que votou contra falar, a


LÓGICO

frase fica errada. proposições de lugar.

Se foram encontrados vídeos em que ele supostamente


RACIOCÍNIO

aparece executando os dois esquartejamentos, ele é sus-


74) Resposta: Letra C.
peito também de ter cometido esses crimes.
P:A empresa alegou ter pago suas obrigações previden-
ciárias

75
79) Resposta: Certo. 84) Resposta: Certo.

P: o fogo for desencadeado por curto-circuito no sistema Se Pedro não é músico, então André é servidor da ABIN.
elétrico
F F
Q: recomendável iniciar o combate às chamas com extin-
tor à base de espuma Se André é servidor da ABIN, então Carlos não é um es-
pião.
A proposição dada é uma condicional, para negar uma
condicional: F F

MANE Carlos é um espião.(V)

mantém a primeira e nega a segunda Pedro não é músico é falso, então Pedro é músico.

O fogo foi desencadeado por curto-circuito no sistema


elétrico e não será recomendável iniciar o combate às 85) Resposta: Letra C - Eu escrevo apenas uma parte do re-
chamas com extintor à base de espuma. latório, assino o relatório e surge um problema em seu
conteúdo.

80) Resposta: Letra A.


86) Resposta: Errado - É um paradoxo, ou seja, é uma frase
P: A qualidade da educação dos jovens sobe verdadeira que leva a contradição.
Q: a sensação de segurança da sociedade diminui Falácia é uma mentira

Negação de disjunção: nega as duas e troca por E


87) Resposta: Errado - É uma falácia, pois está partindo de
A qualidade da educação dos jovens não sobe e a sensa- um particular para o geral.
ção de segurança da sociedade não diminui

88) Resposta: Letra C.


81) Resposta: Letra E
A={4,8,12,16,20}
P: nas cidades medievais não havia lugares próprios para
o teatro e as apresentações eram realizadas em igrejas e P(A)=5/20=1/4
castelos
B={5,10,15,20}
Q: a maior parte da população não era excluída dos espe-
táculos teatrais P(B)=4/20=1/5
Mantém a primeira e nega a segunda P(A∪B)=8/20
Nas cidades medievais não havia lugares próprios para P1 é falso pois V→F=F
o teatro, as apresentações eram realizadas em igrejas e
castelos e a maior parte da população era excluída dos P2: verdadeiro
espetáculos teatrais.
C: falsa
82) Resposta: Errado. Como temos uma premissa falsa, o argumento é válido.
Essa frase na verdade é uma condicional, então mantém
a primeira e nega a segunda.
89) Resposta: Errado - P=6/37=0,16
A resposta está como uma disjunção.
LÍNGUA PORTUGUESA
LÓGICO

90) Resposta: Errado - Se são 6 agentes e o coordenador, as-


sistente e infiltrado já estão definidos, então só há uma
83) Resposta: Letra A - Mas=”e”
maneira de formar a equipe.
RACIOCÍNIO

Nega as duas e troca por ou

A empresa não alegou ter pago suas obrigações previden- 91) Resposta: certo - Como os três que sabemos o nome serão
ciárias ou apresentou os comprovantes de pagamento. o apoio, então os três restantes serão coordenador, assis-
tente e infiltrado.

76
__ __ __ 99) Resposta: Errado - A diferença entre conjuntos, não bas-
ta diminuir o número de elementos, temos que analisar
3 2 1 =6 o que há em um conjunto e não há no outro, nesse caso
como são pessoas, não será apenas 1.

92) Resposta: Certo.


100) Resposta: Errado.

3 2 1 1
� � = = 0,028 = 2,8%
7 6 5 35

93) Resposta: Letra C.

1 1 3 3 9 9 4! 9 27
𝑃= ∙ ∙ ∙ = ∙ 𝑃 2,2 = ∙ = ∙6=
4 4 4 4 256 4 256 2! 2! 256 128

94) Resposta: Certo - 5+8+3+4+10=30

95) Resposta: Errado = 35 casais

Ter menos de 4:2+5+3=10

P=10/35=0,28
NOÇÕES DE INFORMÁTICA
96) Resposta: Errado - 25 casais tem 4 filhos
101) Resposta: Errado - O termo “deve” condiciona como úni-
25⋅4=100filhos co meio de se livrar de aplicativos inúteis a presença de
um antivírus instalado no computador. Podemos, por
50 (casal) exemplo, eliminar ou desinstalar um aplicativo por meio
do Painel de Controle>Programas>Desinstalar um Pro-
5 casais que tem 2 ou mais grama ou até mesmo pela função de desinstalação pre-
sente na maioria dos aplicativos.
100+50+10+10=170

Mais 5 casais que podem ter apenas 1 filho

10+5=15

170+15=185

97) Resposta: Certo - Pela proposição, podemos observar que


se não ocorrer A, deve ocorrer B ou C.

Então o complementar de A está contido em B∪C.


DE INFORMÁTICA
LÍNGUA PORTUGUESA

98) Resposta: Errado - Não podemos fazer essa comparação


pois são pessoas, podemos dizer que tem 1 elemento de
diferença entre um conjunto e outro, mas não que a dife-
rença tenha 1 elemento.
NOÇÕES

102) Resposta: Errado - Por fazerem uso de mesmos protoco-


los, serviços e linguagens da Internet, tudo que é feito na
internet pode ser feito na Intranet e vice-versa.

77
103) Resposta: Certo - No acesso rápido você FIXA pastas (não Principais meios de propagação
pode FIXAR arquivos), mas essa opção LISTA pastas fre-
quentes e arquivos recentes E-mail

Atalhos: Mídias

Tecla do logotipo do Windows + E = Abrir o Explorador Vírus de script – navegador


de Arquivos
Vírus de macro – arquivos de pacote office
F3 = Procurar um arquivo ou uma pasta no Explorador
de Arquivos Vírus de telefone celular

F4 = Exibir a lista da barra de endereços no Explorador de Vírus de programas – executáveis.


Arquivos

107) Resposta: Certo - Na Internet, os endereços IP (Internet


104) Resposta: Certo - A função de revisão está disponível no Protocol) constituem recursos que podem ser utilizados
LibreOffice para documentos de texto e documentos de para identificação de microcomputadores que acessam a
planilha. rede.

Não é possível registrar todas as alterações. Por exemplo,


a alteração de um ponto da guia do tabulador do alinha- 108) Resposta: Certo - A função hiperlink cria um atalho que
mento esquerdo para o alinhamento direito não é regis- vai para outro local na pasta de trabalho atual ou abre
trada. No entanto, todas as alterações habituais feitas por um documento armazenado em um servidor de rede,
um revisor são registradas, como adições, exclusões, alte- uma intranet ou na Internet.
rações de texto e formatação normal.

1. Para iniciar o registro de alterações, abra o documento 109) Resposta: Errado - Cabeçalhos e rodapés dão uma cara
a ser editado e escolha Editar - Registrar alterações. Em profissional e organizada aos seus documentos. Com eles
seguida, escolha Gravar alterações. você pode inserir textos com diferentes tipos de informa-
ções: números de página, data e hora, logomarca, títu-
2. Agora comece a fazer as alterações. Como você poderá lo, nome do arquivo, etc. Essas informações podem ser
notar, todas as passagens de texto que forem inseridas es- distribuídas pelas margens superior, inferior e lateral de
tarão com um sublinhado colorido e todas as passagens cada página de um documento.
de texto excluídas permanecerão visíveis, mas estarão ta-
chadas e coloridas.
110) Resposta: Errado - O OneDrive permite que você arma-
3. Se você posicionar o ponteiro do mouse sobre uma al- zene seus arquivos pessoais em um único lugar, compar-
teração marcada, você verá uma referência ao tipo de al- tilhe-os com outras pessoas e acesse-os em qualquer dis-
teração, ao autor, à data e à hora da alteração na dica da positivo conectado à Internet.
Ajuda. Se as Dicas adicionais também estiverem ativa-
das, você também verá qualquer comentário disponível
sobre essa alteração. 111) Resposta: Certo - Para uma elaboração criativa de SLI-
DES, o PPT possui diversas ferramentas para a criação de
slides como a questão mencionou (sons, imagens, efeitos,
105) Resposta: Errado - No LibreOffice Calc = etc..)

- MÉDIA (Calcula a MÉDIA)


112) Resposta: Certo - Ao executar a ação proposta, o resulta-
- MED (Calcula a MEDIANA). do é “Nos últimos ano”, ou seja, ocorre um erro de concor-
dância.

106) Resposta: Certo - Vírus – programa malicioso O backspace apaga conteúdo à esquerda, e o delete, à di-
reita.
DE INFORMÁTICA

Características:
LÍNGUA PORTUGUESA

Hospedeiro, só funciona dentro de um hospedeiro. 113) Resposta: Errada - A imagem a que se refere a questão
representa a função visualizar impressão.
Capacidade de se replicar, inserindo copias de si mesmo e
tornando-se parte de outros arquivos.
NOÇÕES

114) Resposta: Errada - José só não teria como saber que Má-
O vírus depende da execução do arquivo ou do programa rio recebeu uma cópia dessa mensagem se tivesse colo-
hospedeiro para se multiplicar. cado ele no campo CCO, além disso José não receberá
cópia da mensagem, mas sim a mensagem original

78
PARA/TO => são os destinatários principais da mensa- Atualmente, a maioria dos Chipsets é formada por dois
gem. Os endereços destes serão conhecidos de todos. chips principais, conhecidos como North Bridge e South
Bridge. O North Bridge (Ponte Norte) ligado diretamente
CAMPO CC DO E-MAIL => significa “com cópia” - outros ao processador e cujas funções são o acesso às memórias e
destinatários saberão. aos barramentos AGP e PCI e a comunicação com o Sou-
th Bridge.
CAMPO CCO/BCC DO E-MAIL => significa “com cópia O South Bridge (Ponte Sul) que controla as interfaces
oculta” - outros destinatários NÃO SABERÃO para quem IDE, USB. No South Bridge também está a conexão com a
foi enviada tal mensagem. BIOS e o chip responsável pelas interfaces de mouse e te-
clado, interfaces seriais, paralelas, e interface para drive
de disquete.
115) Resposta: Errado - Os controles de acesso lógicos são
qualquer tipo de aplicação ou equipamento que usa da
tecnologia para impedir que pessoas acessem documen- 119) Resposta: Certo - Primeiramente, latência representa
tos, dados ou qualquer tipo de informação sem a autori- o tempo que se demora para acessar os dados. Memória
zação adequada. cache é uma pequena quantidade de memória estática
de alto desempenho, tendo por finalidade aumentar o
desempenho do processador realizando uma busca an-
tecipada na memória RAM.
116) Resposta: Certo - Os controles de acesso lógicos são qual-
quer tipo de aplicação ou equipamento que usa da tec-
nologia para impedir que pessoas acessem documentos,
dados ou qualquer tipo de informação sem a autorização 120) Resposta: Errado - O processador é composto por:
adequada.
- Unidade de controle (UC)
A Assinatura Digital, como o próprio nome diz, serve
- Unidade lógica e aritmética (ULA)
para assinar qualquer documento eletrônico. Tem vali-
dade jurídica inquestionável e equivale a uma assina- - Registradores
tura de próprio punho. É uma tecnologia que utiliza a
criptografia e vincula o certificado digital ao documento A unidade lógica e aritmética (ULA) assume todas as ta-
eletrônico que está sendo assinado. Assim, dá garantias refas relacionadas às operações lógicas (and, or, not, etc.)
de integridade e autenticidade. e aritméticas (adições, subtrações, ...)

117) Resposta: Errado - A assinatura digital apresenta as se- 121) Resposta: Certo - A vazão do barramento PCI deve ser
guintes características: menor que a do barramento que interliga as bridges.
Caso contrário, seria comum a perda de dados devido ao
- Integridade - Qualquer alteração no documento eletrô- estouro de buffers.
nico faz com que a assinatura seja invalidada, garantin-
do assim o princípio da inalterabilidade.
122) Resposta: Errado - O webserver pode ser configurado
- Autenticidade - O autor da assinatura digital utiliza para encaminhar qualquer requisição ao interpretador
sua chave privada para cifrá-lo de modo a garantir a au- PHP. A técnica é conhecida como URL rewriting.
toria em um documento eletrônico. Esta autenticidade
só é obtida porque a chave privada é acessível exclusiva-
mente por seu proprietário.
123) Resposta: Errado - Para a URL http://www.previdencia.
- Não-repúdio ou Irretratabilidade - Quando uma pes- gov.br/agprev/agprev_mostraNoticia.asp?Id=29323&A
soa assina digitalmente, utiliza sua chave privada para TVD=1&DN1=13/02/2008&h1=08:52&xBotao=0ATVD,
cifrar o documento. Assim, ela é impedida de negar a au- DN1 e h1 são parâmetros de uma requisição GET, respec-
tenticidade da mensagem. tivamente com os valor “1”, “13/02/2008” e “08:52”.Porém,
o enunciado fala em parâmetros da “resposta” HTTP. São
Não há criptografia dos dados. Confidencialidade signi- parâmetros de requisição, não de resposta.
fica garantir que a informação não será conhecida por
pessoas que não estejam autorizadas para tal, sendo ca-
DE INFORMÁTICA

racterística da certificação digital. 124) Resposta: Certo - O protocolo HTTP, utilizado para o
LÍNGUA PORTUGUESA

transporte de informações de um servidor Web até o seu


navegador, opera, por padrão, na porta 80. Os pacotes
que chegarem, destinados à porta 80, serão encaminha-
118) Resposta: Certo - Um Chipset é o nome dado ao con- dos para o navegador. Se houver mais de uma janela do
junto de chips (ou circuitos integrados) utilizado na navegador aberta, cada uma acessando diferentes pá-
placa-mãe e cuja função é realizar diversas funções de ginas, o sistema inclui informações, além da porta, ca-
NOÇÕES

hardware, como controle dos barramentos (PCI, AGP e pazes de identificar cada janela individualmente. Com
o antigo ISA), controle e acesso à memória, controle da isso, quando chega um pacote para a porta 80, o sistema
interface IDE e USB, Timer, controle dos sinais de inter- identifica para qual das janelas do navegador se destina
rupção IRQ e DMA, entre outras. o referido pacote.

79
125) Resposta: Certo - AJAX não é uma tecnologia, mas um Na maioria dos provedores de hospedagem, você pode es-
conjunto de tecnologias conhecidas trabalhando juntas, tar solicitando a personalização desta mensagem de erro.
cada uma fazendo sua parte, oferecendo novas funciona-
lidades. AJAX incorpora em seu modelo:- Apresentação Fonte: http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/Co-
baseada em padrões, usando XHTML e CSS; - Exposição e digo-de-erros-das-paginas-Web_a3692_z0.aspx
interação dinâmica usando o DOM; - Intercâmbio e ma-
nipulação de dados usando XML e XSLT; - Recuperação
assíncrona de dados usando o objeto XMLHttpRequest e 128) Resposta: Certo - Ele é recursivo, ou seja, chama a si
XMLHttpResponse; - JavaScript fazendo a junção entre os mesmo para que possa processar a próxima execução.
elementos.

129) Resposta: Errado - Métodos estáticos (como o main) não


126) Resposta: Certo - É uma pagina .html, não fará consul- são dependentes de instâncias de classes para que sejam
tas em um banco de dados. Podemos considerar pela ex- executados.
tensão .html que trata-se de uma página HTML estática.

130) Resposta: Certo - O código apresentado declara três clas-


127) Resposta: Errado - Sempre que você acessa um endereço ses, cujos nomes são Reverso, No e Lista, sendo a classe
da Internet no seu navegador, ele recebe do servidor de Reverso a única que é publicamente visível.
hospedagem da página uma mensagem de resposta. A
primeira linha dessa mensagem é a de status, que indica
se houve sucesso ou falha no pedido. Todos os códigos de 131) Resposta: Certo - É uma variável do método e não de
status são compostos por um número de três dígitos. O
uma classe, ou seja, está presente apenas no contexto do
primeiro deles indica uma das cinco classes da resposta,
sendo que: método que a declarou. Para ela ser estática seria preciso
declará-la no escopo da classe Lista, com o modificador
1xx – Informativo. Não é usado atualmente, será uma static.
resposta parcial, como um informativo, da solicitação
que ainda não foi concluída e está em execução.
132) Resposta: Errado - Uma variável de instância é uma
2xx – Sucesso. A solicitação foi recebida, entendida e acei- variável cujo valor é específico ao objeto e não à classe.
ta. Uma variável de instância em geral possui um valor dife-
rente em cada objeto membro da classe. Neste caso como
3xx – Redirecionamento. Indica que uma outra ação, utilizou-se o modificador “static” ela é uma variável da
que normalmente é automática, deve ser executada para Classe, pois terá o mesmo valor em qualquer ponto do
completar o pedido. Aparece quando a URL foi movida código da classe lista.
de forma permanente ou temporária.

4xx – Erro do lado do cliente (navegador) o pedido con- 133) Resposta: Errado - Armazena uma lista de instâncias do
tém algum problema e não pode ser completado com su- tipo No. (Ver linhas 21 a 25)
cesso.

5xx – Erro por parte do servidor Web. A solicitação é apa-


rentemente válida e o servidor, por alguma razão não 134) Resposta: Errado - A saída de dados gerada pelo pro-
pode completá-la. Será preciso falar com o administra- grama é diferente da apresentada. A entrada de dados
dor. é composta pelas três linhas “joão”, “maria” e “josé”, na
ordem apresentada. A saída de dados é composta pelas
Exemplos: seguintes sete linhas: “Entre com uma sequência de 3 no-
mes.”, “joão”, “maria”, “josé”, “josé”, “maria” e “joão”.
400 - Solicitação inválida

O servidor não entendeu o pedido porque existe algum 135) Resposta: Certo - Para cada cliente http que solicitar a
erro de sintaxe. página uma nova conexão tcp será aberta.
Para solucionar o problema, verifique se você digitou o
DE INFORMÁTICA

endereço corretamente. 136) Resposta: Errado - ... bem como a independência relati-
LÍNGUA PORTUGUESA

va ao SGBD empregado neste último caso, que é especial-


404 - Não encontrado
mente fortalecida se usados triggers e stored procedures.
Essa é a mensagem de erro mais famosa da Internet: ela
aparece quando o endereço solicitado não é encontrado. Utilizando triggers e stored procedures a dependência re-
lativa ao SGBD aumenta, pelo fato da lógica de negócio
NOÇÕES

Veja se você digitou o caminho, as letras (maiúsculas e encontrar-se localizada no banco de dados e não nos ob-
minúsculas) e as barras de maneira correta. Se for um jetos de negócio da aplicação.
link, confira a tag A HREF do código- fonte da sua pági-
na. Stored Procedures

80
São como funções prontas para serem chamadas por di- 143) Resposta: Certo - Repare que, para fazer ou desfazer a
versas circunstâncias. Em tese podem fazer qualquer coi- formatação (negrito, itálico, sublinhado) basta verifi-
sa, até mesmo não relacionadas tão diretamente com as car se o botão está acionado. Se não estiver e acioná-lo,
tabelas, ainda que raro. o formato escolhido será aplicado ao trecho selecionado,
assim como se estiver acionado e clicar novamente, o for-
Não pense que há algo muito mais complexo que isso. mato escolhido será desfeito.

Claro que elas ficam armazenadas dentro do banco de


dados, não ficam na sua aplicação. Você até pode usar o 144) Resposta: Errado - Os arquivos MP3 são gerados a partir
SQL para invocá-las, mas é algo indireto, o banco de da- de uma compressão das músicas em formato WAV preser-
dos é que cuida dela. vando suas características originais. O princípio de fun-
cionamento básico da compressão é retirar todo e qual-
Trigger quer faixa de frequência redundante e/ou irrelevante que
não são percebidas pelo ouvido humano. O algoritmo de
Como o nome (gatilho) diz, é um mecanismo de notifica- compactação corta frequências muito altas, acima dos
ção de que algo aconteceu (uma inserção, atualização ou 20KHz (frequências que não são percebidas pelo ouvido
remoção) e, portanto, alguma ação deve ser executada. humano). Esse sistema se chama perceptual noise sha-
ping que basicamente faz o seguinte: um banco de filtros
pega pequenas amostras do sinal e através do algoritmo
137) Resposta: Certo - Alinhamento estratégico: foca em ga- de compactação do mp3 gera um novo sinal diferente
rantir a ligação entre os planos de negócios e de TI, defi- deste, menor, mas que soa aos nossos ouvidos como o pri-
nindo, mantendo e validando a proposta de valor de TI, meiro. Em qualquer música, se duas frequências muito
alinhando as operações de TI com as operações da orga- próxima foram “tocadas” ao mesmo tempo nosso ouvi-
nização. do somente ouvirá a mais forte, ou seja, o mp3 simples-
mente diminui o número de bits desse sinal mais fraco e
cobit 4.1 pag 8 mantém os bits do sinal mais forte, diminuindo assim o
tamanho final do arquivo na proporção 12:1 (qualidade
semelhante ao CD).
138) Resposta: Errado - Definição da arquitetura é uma ati-
vidade prévia, planejada e que antecede a parte opera-
cional. Quando se fala na metodologia BSC isto fica evi- 145) Resposta: Errado - A página da Web que contém o servi-
dente, pois ela preconiza a definição da TI voltada para ço conhecido com enciclopédia livre é pt.wikipedia.org.
das necessidades e ganhos futuros do negócio. A Wikipédia é um projeto de enciclopédia multilíngue
de licença livre, baseado na web e escrito de maneira co-
A definição da arquitetura de TI de uma organização é laborativa; encontra-se, atualmente, sob administração
uma função diretamente ligada à área A. da Fundação Wikimedia, uma organização sem fins lu-
crativos cuja missão é “empoderar e engajar pessoas pelo
mundo para coletar e desenvolver conteúdo educacional
139) Resposta: Certo - O monitoramento tem como função sob uma licença livre ou no domínio público, e para dis-
avaliar e ajudar a área de TI a se alinhar aos objetivos seminá-lo efetivamente e globalmente”.
estratégicos da Empresa. Portanto, todas as áreas são afe-
tadas e, mais especificamente, a área de monitoramento
e controle. 146) Resposta: Errado - O Dicionário de Sinônimos NÃO é
opção do Menu Editar. Ele está no Menu Ferramentas. A
questão se refere ao Word 2003, mas no Word a partir da
140) Resposta: Certo - DDL(Data Definition Language): de- versão 2007 o dicionário de sinônimos não está mais no
fine a estrutura dos dados no banco de dados, os relacio- menu ferramentas e sim na guia revisão.
namentos entre os elementos de dados e os métodos de
acesso. Exemplos de comandos SQL utilizados na DDL:
create table, create view, alter table, drop index, etc. 147) Resposta: Certo - A Ajuda online, ou seja, dependente de
uma conexão à Internet, é cada vez mais frequente, pois
permite que as últimas informações sejam acessadas de
141) Resposta: Certo - Caso a formula fosse =C2+C3+C4/3 forma independente da instalação do programa (cuja
DE INFORMÁTICA

sem os parênteses, não resultaria na média das contas base de dados de “ajuda” pode estar desatualizada)
de luz pois os parênteses serve para indicar a prioridade
LÍNGUA PORTUGUESA

do cálculo. A formula com os parênteses indica que você


quer primeiro somar as células c2, c3 e c4 para depois 148) Resposta: Certo - Partindo-se do princípio tratar-se de
dividi-la por 3. e-mails contendo apenas texto, o recebimento e o envio
deste tipo de mensagem é possível em QUALQUER siste-
ma operacional. Podemos citar como cliente de correio
NOÇÕES

142) Resposta: Errado - O botão em questão representa a fun- eletrônico no Windows o Outlook e no Linux o Mozilla
ção de Refazer, ou seja, refaz a ultima ação desfeita tais Thunderbird.
como: deletar, colocar em negrito etc.

81
149) Resposta: Certa - 2% = 2/100 = 0,02. :: 100% = 100/100 = do agente político que decidiu por executá-los. Sendo as-
1. sim, um governante não pode tomar para si uma reali-
zação que apenas se deu em nome do poder público (ex.:
2% de X = 0,02X ou 0,02 x X. não pode fazer propaganda de uma obra com seu nome).

Para achar o montante de um valor acrescido de um per-


centual (diga-se juros), é necessário somá-lo com o prin- 155) Resposta: Errado - O atributo da autoexecutoriedade é
cipal. Para fazer isso de forma direta, soma-se 1 com a geral a todos atos administrativos, emanados de quais-
taxa, onde 1 corresponde à 100% do valor principal. quer poderes. Por ele, em regra, a Administração pode
concretamente executar seus atos independente da ma-
Ex: Supondo que o saldo da poupança seja de R$ 1.000,00. nifestação do Poder Judiciário, mesmo quando estes afe-
tam diretamente a esfera jurídica de particulares.
1º mês: 2% de 1000 = 0,02 x 1000 = 20. => 1000 + 20 =
1020;
156) Resposta: Errado - Nos termos da súmula 473 STF, “a
2º mês: 2% de 1020 = 0,02 x 1020 = 20,4. => 1020 + 20,4 = administração pode anular seus próprios atos, quando
1040,4. eivados de vícios que os tornem ilegais, porque deles não
se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conve-
niência ou oportunidade, respeitados os direitos adqui-
150) Resposta: Certo - A figura apresentada é a representação ridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judi-
da forma gráfica. cial”. Sendo assim, há limites para que a administração
pública exerça a autotutela.
DIREITO ADMINISTRATIVO
157) Resposta: Certo - São sanáveis o vício de competência
151) Resposta: Certo - A desconcentração é um processo de quanto à pessoa, exceto se se tratar de competência exclu-
delegação de tarefas a outro órgão público que pertence à siva, e o vício de forma, a menos que se trate de forma exi-
administração direta, por exemplo, a Presidência da Re- gida pela lei como condição essencial à validade do ato.
pública confere competências a um Ministério – é o caso Sendo assim, a prática do ato por agente incompetente
da relação entre o MPS – Ministério da Previdência Social caracteriza ato anulável e, como tal, pode ser sanado.
e a União. A descentralização é um processo de delegação
externo, transferindo-se competências a uma entidade
que não faz parte da administração direta, por exemplo, 158) Resposta: Certo - A Lei nº 8.987/1995 define encampa-
de um Ministério para uma autarquia ou fundação pú- ção em seu artigo 37: “Considera-se encampação a reto-
blica – é o caso da relação entre o MPS – Ministério da mada do serviço pelo poder concedente durante o prazo
Previdência Social e o INSS, autarquia federal. da concessão, por motivo de interesse público, mediante
lei autorizativa específica e após prévio pagamento da
indenização, na forma do artigo anterior”. Enquadra-se
152) Resposta: Errado - Na qualidade de autarquia federal, o como causa de extinção/rescisão da concessão e, uma vez
INSS pertence à administração indireta. O Decreto-lei nº que parte exclusivamente do poder público mediante re-
200/1967 ao caracterizar autarquia consignou ser ela “o tomada, trata-se de rescisão unilateral.
serviço autônomo, criado por lei, com personalidade ju-
rídica, patrimônio e receita próprios, para executar ativi-
dades típicas da administração pública, que requeiram, 159) Resposta: Letra D - Disciplina o artigo 11, VI da Lei nº
para seu melhor funcionamento, gestão administrativa e 8.429/1992: “Constitui ato de improbidade administra-
financeira descentralizada”. Sendo autônomo, não pode- tiva que atenta contra os princípios da administração
ria estar vinculado à administração direta. pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres
de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade
às instituições, e notadamente: [...] VI - deixar de prestar
153) Resposta: Errado - Segundo a doutrina de Marcelo Ale- contas quando esteja obrigado a fazê-lo”.
xandrino e Vicente Paulo, “a moralidade administrativa
independe da concepção subjetiva (pessoal) de conduta A e B. Trata-se de ato de improbidade administrativa que
moral, ética, que o agente público tenha; importa, sim, atenta contra princípios da administração, não se en-
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

a noção objetiva, embora indeterminada, passível de ser quadrando na modalidade de ato que importe em enri-
extraída do conjunto de normas concernentes à conduta quecimento ilícito ou de ato que acarrete lesão ao erário.
PORTUGUESA

de agentes públicos, existentes no ordenamento jurídico”.


Sendo assim, a moralidade é objetiva, não subjetiva, de C. Tem relevância, pois é ato de improbidade administra-
modo que não depende da análise da intenção do agente. tiva.

E. Enquadra-se legalmente como ato de improbidade ad-


DIREITO

154) Resposta: Certo - Uma das consequências do princípio ministrativa.


da impessoalidade é a imposição de que os atos adminis-
trativos emanam do órgão público, independentemente

82
160) Resposta: Letra E - Preconiza o artigo 61 da Lei nº ou falsos haverá nulidade do ato administrativo. O ad-
9.784/1999: “Salvo disposição legal em contrário, o re- ministrador pode praticar o ato administrativo, sem de-
curso não tem efeito suspensivo. Parágrafo único. Haven- clarar o motivo, nas hipóteses em que este não for exigido.
do justo receio de prejuízo de difícil ou incerta reparação É o que ocorre na exoneração ad nutum, que é permiti-
decorrente da execução, a autoridade recorrida ou a ime- da nos cargos em comissão/de confiança. Entretanto, se
diatamente superior poderá, de ofício ou a pedido, dar ainda assim o administrador divulgar seus motivos, fica
efeito suspensivo ao recurso”. vinculado às razões de fato e de direito que o levaram à
prática do ato.
A, C e D. A regra é que não há efeito suspensivo, conforme
comentado na alternativa correta.
165) Resposta: Letra A - Disciplina o artigo 24, XXIV, Lei nº
B. Dispõe sobre o efeito dos recursos sim, conforme dispo- 8.666/1993: “É dispensável a licitação: [...] XXIV - para a
sitivo colacionado na alternativa correta. celebração de contratos de prestação de serviços com as
organizações sociais, qualificadas no âmbito das respec-
tivas esferas de governo, para atividades contempladas
161) Resposta: Letra B - Dispõe o artigo 59, § 1o, Lei nº no contrato de gestão”.
9.784/1999: “Quando a lei não fixar prazo diferente, o re-
curso administrativo deverá ser decidido no prazo máxi- B. É caso de dispensa, não de inexigibilidade.
mo de trinta dias, a partir do recebimento dos autos pelo
órgão competente”. C e E. Não se enquadra, por ser caso de dispensa de licita-
ção.
A, C, D e E. Vide explicação da alternativa correta.
D. É válida.

162) Resposta: Letra C - A Lei nº 9.784/1999 prevê em seu ar-


tigo 55 que “em decisão na qual se evidencie não acarre- 166) Resposta: Letra B - Preconiza o artigo 57 da Lei nº
tarem lesão ao interesse público nem prejuízo a terceiros, 8.666/1993: “A duração dos contratos regidos por esta
os atos que apresentarem defeitos sanáveis poderão ser Lei ficará adstrita à vigência dos respectivos créditos or-
convalidados pela própria Administração”. çamentários, exceto quanto aos relativos: [...] II - à pres-
tação de serviços a serem executados de forma contínua,
A. Admite-se, conforme explicação da alternativa correta. que poderão ter a sua duração prorrogada por iguais
e sucessivos períodos com vistas à obtenção de preços e
B. Se houver um possível nível de lesão ao interesse públi- condições mais vantajosas para a administração, limi-
co, não cabe convalidação. tada a sessenta meses; [...] § 4o Em caráter excepcional,
devidamente justificado e mediante autorização da au-
D. A revalidação não está no campo de mera discriciona-
toridade superior, o prazo de que trata o inciso II do caput
riedade, pois há atos que podem ser convalidados e atos
que não o podem. deste artigo poderá ser prorrogado por até doze meses”.

E. A legislação é expressa, conforme explicação da alter- A. A prorrogação pode chegar a até 12 meses, não apenas
nativa correta. 6. Além disso, não se trata de decisão discricionária.

C. O prazo máximo do contrato é de 60 meses, que ex-


163) Resposta: Letra A - Na desapropriação indireta o Poder cepcionalmente pode ser prorrogado por mais 12 meses,
Público desapropria o bem do administrado sem formal- chegando a 72.
mente assim fazer, evitando o pagamento da indenização
devida ao administrado. Logo, não há observância dos D. A prorrogação pode chegar a até 12 meses, não apenas
requisitos do artigo 184, CF. A desapropriação indireta 6.
é uma mera conduta administrativa, que reflete o com-
portamento e a ação administrativa. A conduta adminis- E. Não se trata de decisão discricionária.
trativa é espécie de fato administrativo. Outra espécie é
o ato administrativo, mas para este ocorrer é necessário
observar os atributos exigidos pela lei, o que não ocorreu 167) Resposta: Letra C - Os atos de improbidade adminis-
no caso em tela. Sendo assim, é fato administrativo, mas trativa que causam prejuízo ao erário estão previstos no
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

não ato administrativo. artigo 10 da Lei nº 8.429/1992, prevendo o inciso X: “agir


PORTUGUESA

negligentemente na arrecadação de tributo ou renda,


B, C, D e E. Vide explicação da alternativa correta. bem como no que diz respeito à conservação do patrimô-
nio público”.

164) Resposta: Letra D - A teoria dos motivos determinantes A, B, D e E. São todos atos de improbidade administrativa
DIREITO

se liga ao motivo do ato administrativo, vinculando o que atentam contra princípios da administração previs-
administrador aos motivos declarados ao tempo da edi- tos no artigo 11 da Lei nº 8.429/1992.
ção do ato. Caberá ao administrador demonstrar que eles
ocorreram, de forma que se estes se provarem inexistentes

83
168) Resposta: Letra B - Consoante ao artigo 15 da Lei nº A. Sobre a caducidade, disciplina o artigo 38, da Lei nº
8.429/1992, “a comissão processante dará conhecimento 8.987/1995, que “a inexecução total ou parcial do contra-
ao Ministério Público e ao Tribunal ou Conselho de Con- to acarretará, a critério do poder concedente, a declara-
tas da existência de procedimento administrativo para ção de caducidade da concessão ou a aplicação das san-
apurar a prática de ato de improbidade”. ções contratuais, respeitadas as disposições deste artigo,
do art. 27, e as normas convencionadas entre as partes”.
A e C. Não é preciso dar conhecimento à Autoridade Poli-
B e D. Nos termos do artigo 36, da Lei nº 8.987/1995, “a
cial. reversão do advento do termo contratual far-se-á com a
indenização das parcelas dos investimentos vinculados a
D e E. Não cabe à Comissão Processante indiciar. bens reversíveis, ainda não amortizados, ou depreciados,
que tenham sido realizados com o objetivo de garantir a
continuidade e atualidade do serviço concedido”.
169) Resposta: Letra A - Disciplina o artigo 24, V da Lei nº
8.666/1993: “É dispensável a licitação: [...] V - quando C. Vide explicação da alternativa correta.
não acudirem interessados (item II) à licitação anterior
(item I) e esta, justificadamente, não puder ser repetida
sem prejuízo para a Administração (item III), mantidas, 173) Resposta: Letra D - Nos atos discricionários é possível o
neste caso, todas as condições preestabelecidas (item IV)”. controle judicial, mas este não pode atingir os elementos
de discricionariedade (mérito, composto pelos elementos
conveniência e oportunidade) porque estes são de exclu-
170) Resposta: Letra D - A Lei nº 8.666/1993 disciplina em siva ingerência do administrador. Sendo assim, apenas
seu artigo 44: “No julgamento das propostas, a Comissão pode atingir os elementos de legalidade do ato. Noutras
levará em consideração os critérios objetivos definidos palavras, o controle judicial de atos discricionários é um
no edital ou convite, os quais não devem contrariar as controle exclusivamente de legalidade, não de mérito.
normas e princípios estabelecidos por esta Lei”. O julga-
mento das propostas está vinculado a critérios e fatores A e E. Cabe controle sempre de mérito e de legalidade nos
estabelecidos no ato convocatório – é o princípio da vin- atos vinculados e apenas de legalidade nos discricioná-
culação do edital. rios. No controle dos atos vinculados é possível a análise
do mérito porque a lei traz os requisitos, a forma, a moti-
A. Não se consideram os critérios técnicos de conheci- vação legal, devendo ser observada.
mento da comissão, mas apenas os critérios e fatores do
edital. B. Não cabe controle de mérito nos atos discricionários,
conforme discorrido na alternativa correta.
B e E. O ato de julgamento pela comissão é vinculado,
não discricionário, sendo assim, ela não tem liberdade C. Nos atos vinculados, para os quais a lei prevê requisi-
para julgar. tos e forma determinados que obrigam a ação do admi-
nistrador, não há qualquer discricionariedade quanto ao
C. A interpretação do edital deve ser estrita, sendo este um conteúdo do ato. Significa que o mérito é uma matéria de
aspecto essencial do princípio da vinculação do edital. lei. Em razão disso, cabe controle quanto ao mérito. En-
tretanto, também cabe controle quanto à legalidade, até
mesmo porque os atos vinculados são regulados em lei.
171) Resposta: Letra A - O Estado responde de forma objeti-
va pelas ações de seus agentes, isto é, independentemente
deles terem ou não agido com dolo ou culpa (artigo 37, 174) Resposta: Letra B - O poder de polícia se fundamenta no
§ 6o, CF). Contudo, devem se fazer presentes os requisitos exercício da supremacia geral, de modo que a atuação do
básicos da responsabilidade civil – ação/omissão, nexo poder público se dá independentemente de vínculo jurí-
causal e dano. dico anterior com o particular. Em sua essência, funciona
como um limitador de direitos ou atividades destes parti-
B. A responsabilidade objetiva não exclui o dever de pro- culares.
var nexo causal.
A e E. Não é hierárquico nem é disciplinar porque estes
C. A responsabilidade do Estado é objetiva, não subjetiva. essencialmente se relacionam a vínculo anterior com a
Administração.
D e E. Como a responsabilidade é objetiva, o Estado res-
ponde mesmo que o servidor não tenha agido com dolo C e D. Não é normativo ou regulamentar porque as li-
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

e independente de expedição de certidão para comprova- mitações que estes geram se voltam a um caráter geral e
ção da autoria.
PORTUGUESA

abstrato.

172) Resposta: Letra E - Nos termos do artigo 37, da Lei nº 175) Resposta: Letra B - Os atos de improbidade administra-
8.987/1995, “considera-se encampação a retomada do tiva que atentam contra os princípios da administração
serviço pelo poder concedente durante o período da con-
DIREITO

estão previstos no artigo 11 da Lei nº 8.429/1992, preven-


cessão, por motivo de interesse público, mediante lei au- do o inciso III: “revelar fato ou circunstância de que tem
torizativa específica e após prévio pagamento da indeni- ciência em razão das atribuições e que deva permanecer
zação, na forma do artigo 36”. em segredo”.

84
A e C. São atos de improbidade administrativa que cau- 178) Resposta: Errado - O INSS é uma autarquia federal e,
sam enriquecimento ilícito previstos no artigo 9o, I e VII como tal, pertence à administração indireta federal (ar-
da Lei nº 8.429/1992. tigo 4º, II, “a”, Decreto-Lei nº 200/1967).

D e E. São atos de improbidade administrativa que cau-


sam prejuízo ao erário previstos no artigo 10, VII e XII da 179) Resposta: Certo - Pelo critério legalista, considera-se o
Lei nº 8.429/1992. direito administrativo como disciplina jurídica respon-
sável pelo estudo das normas administrativas – leis, de-
cretos, regulamentos – de um determinado país. O crité-
176) Resposta: Letra C - Disciplina o artigo 37, § 6º, CF: “As rio é considerado pela doutrina simplista e não traduz a
pessoas jurídicas de direito público e as de direito pri- relevância dos princípios para a compreensão e aplica-
vado prestadoras de serviços públicos responderão pelos ção do direito administrativo.
danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a ter-
ceiros, assegurado o direito de regresso contra o responsá-
vel nos casos de dolo ou culpa”. Os elementos analisados, 180) Resposta: Certo - Formam a base do sistema administra-
quando a atos comissivos (ações), são apenas ação, nexo tivo os princípios que justificam a sua própria existência.
causal e dano. O elemento ilicitude seria examinado no Considerando que o direito administrativo se volta às pe-
dolo ou culpa, mas como a responsabilidade é objetiva, culiaridades dos interesses que cercam a atuação estatal,
não há análise de dolo ou culpa. Em razão disso, o Estado sua base está nos princípios que justificam a limitação
responde objetivamente por suas ações, mesmo no caso do interesse particular pelo interesse público (suprema-
dos atos lícitos. cia do interesse público sobre o particular) e a impossibi-
lidade de se dispor do interesse público pela sua própria
A. Seria o contrário, objetiva para atos lícitos (desde que natureza imprescindível (indisponibilidade do interesse
comissivos) e subjetiva para atos ilícitos (notadamente os público pela administração).
omissivos).

B e D. A responsabilidade por atos comissivos é objetiva, 181) Resposta: Errado - A jurisprudência é fonte indireta do
conforme explicação da alternativa correta. direito administrativo, pois representa o entendimento
dos Tribunais acerca de sua fonte primária e direta, for-
E. Há responsabilidade subjetiva por atos omissivos. Sig- mada pelas leis e pala Constituição.
nifica que em caso de omissão do Estado não bastará
analisar os elementos omissão, nexo causal e dano, sendo
necessário apurar se o agente público se omitiu com dolo
ou culpa. 182) Resposta: Certo - O Estado é uma pessoa jurídica de di-
reito público que é formada por três elementos: povo, ter-
ritório e governo soberano. O povo é o elemento humano;
o território é a base física; o governo soberano representa
177) Resposta: Letra E - O conceito de servidor público para a gestão autônoma do povo em determinado território,
a Lei nº 8.429/1992 é amplo, não importando se quem caracterizando-se pela não submissão a nenhum outro
praticou o ato de improbidade é servidor ou não, confor- governo e pelo exercício do poder emanado do povo com
me se depreende do artigo 2°: “Reputa-se agente público, características de autodeterminação e auto-organização.
para os efeitos desta lei, todo aquele que exerce, ainda
que transitoriamente ou sem remuneração, por eleição,
nomeação, designação, contratação ou qualquer outra
forma de investidura ou vínculo, mandato, cargo, em- 183) Resposta: Errado - Uma das características da autarquia
prego ou função nas entidades mencionadas no artigo é o desempenho de serviço típico do Estado. Neste sentido,
anterior”. Sendo assim, uma pessoa que não é agente pú- atividades próprias do Estado como é o caso de fiscaliza-
blico mas foi contratada para prestar serviços para o po- ção, regulação e exercício do poder de polícia, ou mesmo
der público pode praticar ato de improbidade adminis- previdência ou assistência social (a exemplo do INSS),
trativa, ressaltando que estes atos não exigem que ocorra podem ser desempenhadas por autarquia.
prejuízo ao erário (é o caso dos atos de improbidade que
atentam contra princípios da administração).
184) Resposta: Errado - Nos termos do artigo 5o, LXIX, CF,
A. O poder disciplinar que fundamenta a aplicação de “conceder-se-á mandado de segurança para proteger di-
pena por infração disciplinar, não o poder de polícia. reito líquido e certo, não amparado por ‘habeas-corpus’
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

ou ‘habeas-data’, quando o responsável pela ilegalidade


ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de
PORTUGUESA

B e E. A aplicação de pena numa esfera não exclui a


responsabilização em outras esferas (artigo 121, Lei nº pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Pú-
8.112/1990). blico”. Logo, o mandado de segurança não cabe apenas
contra autoridade que pertença a pessoa jurídica de di-
C. Cabe a responsabilização criminal se o ato praticado reito público, mas também contra agente de pessoa jurí-
configurar-se como crime. dica que exerça atribuições do poder público – é o caso
DIREITO

dos dirigentes de paraestatais. Quanto à ação popular,


preconiza o artigo 5o, LXXIII, CF que “qualquer cidadão é
parte legítima para propor ação popular que vise a anu-

85
lar ato lesivo ao patrimônio público ou de entidade de 190) Resposta: Certo - O artigo 2o, IV, Lei nº 8.987/1995 con-
que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao ceitua a permissão de serviço público como: “a delegação,
meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural, fi- a título precário, mediante licitação, da prestação de ser-
cando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de custas viços públicos, feita pelo poder concedente à pessoa física
judiciais e do ônus da sucumbência”. Basta que o ato ob- ou jurídica que demonstre capacidade para seu desem-
jeto da ação popular seja ato lesivo ao patrimônio públi- penho, por sua conta e risco”. Como é precária, trata-se de
co ou que seja praticado por entidade com participação ato unilateral revogável a qualquer tempo. Além disso, é
do Estado, encaixando-se as entidades paraestatais. discricionária, em sua essência, significa que o poder pú-
blico não é obrigado a conceder e, em tese, pode revogar
a qualquer tempo. Como a arbitrariedade do Estado por
185) Resposta: Errado - No controle dos atos discricionários, vezes tem que ser combatida, entende-se que é possível
os quais legitimam espaço de liberdade para o adminis- mitigar os atributos da precariedade e da discricionarie-
trador, o Poder Judiciário deve, em regra, limitar-se ao dade em casos específicos, notadamente, se a revogação
exame da legalidade do ato, sendo vedada a análise dos do ato causar prejuízo ao administrado.
critérios de conveniência e oportunidade adotados pela
administração. Assim sendo, o ato disciplinar caracteri-
za-se como ato discricionário, que não pode ser revisto no 191) Resposta: Errado - Prevê o artigo 5º, inciso II, do Decreto-
mérito pelo Judiciário. -Lei nº 200/1967: “Empresa Pública - a entidade dotada
de personalidade jurídica de direito privado, com patri-
mônio próprio e capital exclusivo da União, criado por
186) Resposta: Certo - O artigo 11 da Lei nº 8.429/1992 regu- lei para a exploração de atividade econômica que o Go-
la os atos de improbidade administrativa que atentam verno seja levado a exercer por força de contingência ou
contra princípios da administração, o qual necessita dos de conveniência administrativa podendo revestir-se de
seguintes elementos: “ação ou omissão que viole os deve- qualquer das formas admitidas em direito”. Logo, o capi-
res de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealda- tal é exclusivamente público, não exclusivamente priva-
de às instituições”. Nada se fala sobre a obrigatoriedade do.
de lesão ao erário. Em verdade, se esta ocorresse, o ato de
improbidade seria mais grave, enquadrando-se no artigo
10 da Lei nº 8.429/1992. 192) Resposta: Errado - A lei é sim fonte do direito adminis-
trativo, em verdade, ao lado da CF, é sua fonte primária
e direta. Contudo, existem fontes secundárias e indiretas,
187) Resposta: Errado - O erro da assertiva está na expressão como a doutrina, a jurisprudência, os costumes e os prin-
“reconhecendo sua conveniência”. De um lado, há servi- cípios gerais do direito.
ços públicos que são essenciais à coletividade, não po-
dendo o Estado, por sua exclusiva conveniência, deixar
de realizá-los. Por outro lado, há serviços públicos que 193) Resposta: Errado - Um dos atributos do ato adminis-
não são essenciais à coletividade, mas o Estado por con- trativo praticado no exercício do poder de polícia é a
veniência opta por prestá-los mesmo assim (ex.: loterias). autoexecutoriedade, segundo o qual a Administração
pode concretamente executar seus atos independente da
manifestação do Poder Judiciário, mesmo quando estes
188) Resposta: Certo - O Estado pode prestar serviços públicos afetam diretamente a esfera jurídica de particulares.
diretamente, por intermédio dos órgãos da Administra-
ção Direta ou das entidades da Administração Indireta,
ou indiretamente, mediante delegação a particulares.
194) Resposta: Certo - Certos elementos do ato administrativo
Tal delegação pode ser feita por concessão, permissão e
autorização. Observa-se o teor da CF: “Art. 21. Compete são sempre vinculados, como é o caso da forma, da com-
à União: [...] XI - explorar, diretamente ou mediante au- petência e da finalidade (esta sempre deve ser voltada ao
torização, concessão ou permissão, os serviços de teleco- interesse público). A discricionariedade apenas reside nos
municações, nos termos da lei, que disporá sobre a orga- elementos motivo e objeto, que dizem respeito ao mérito
nização dos serviços, a criação de um órgão regulador e administrativo.
outros aspectos institucionais; XII - explorar, diretamente
ou mediante autorização, concessão ou permissão: [...]”.
195) Resposta: Certo - Nos termos da súmula 473 STF, “a ad-
ministração pode anular seus próprios atos, quando ei-
LÍNGUA ADMINISTRATIVO

189) Resposta: Errado - Na concessão o poder público se de- vados de vícios que os tornem ilegais, porque deles não
sonera da prestação de serviços públicos de sua titulari- se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conve-
PORTUGUESA

dade em relação aos quais não tem condições financeiras niência ou oportunidade, respeitados os direitos adqui-
ou não entende ser conveniente prestar diretamente. A ridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judi-
prestação é transferida a um agente privado que será re- cial”. A anulação produz efeitos retroativos – ex tunc – en-
munerado pelas tarifas que os usuários lhe pagarão em quanto que a revogação apenas produz efeitos a partir do
razão da fruição do serviço. Contudo, os serviços públicos momento em que ocorre – ex nunc. Na anulação, como o
DIREITO

concedidos à iniciativa privada não perdem a sua natu- ato é ilegal, jamais poderia produzir efeitos, então é como
reza pública, uma vez que à iniciativa privada é delega- se nunca tivesse sido praticado – por isso os efeitos são
do o seu mero exercício, permanecendo o serviço sob a retroativos.
titularidade estatal exclusiva (artigo 175, CF).

86
196) Resposta: Errado - Disciplina o artigo 37, § 6º, CF: “As procedimento investigatório. Parágrafo único. O direito
pessoas jurídicas de direito público e as de direito pri- assegurado neste artigo inclui o de obter cópia dos autos
vado prestadoras de serviços públicos responderão pelos e de certidão do seu teor”. Neste sentido, os direitos são
danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a ter- assegurados mesmo que a pessoa investigada ainda não
ceiros, assegurado o direito de regresso contra o respon- tenha sido notificada da existência do procedimento e
sável nos casos de dolo ou culpa”. Sendo assim mesmo as não apenas a regular notificação.
pessoas jurídicas de direito privado, quando prestadoras
de serviço público, respondem pelos danos que seus agen-
tes causarem. 202) Resposta: Errado - Mesmo que Bruno seja servidor tem-
porário, não muda o fato de que a Comissão de Ética
apenas pode aplicar a pena de censura, nos termos do
197) Resposta: Certo - O conceito de servidor público para a inciso XXII do Decreto nº 1.171/1994: “A pena aplicável
Lei nº 8.429/1992 é amplo, não importando se o agen- ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censu-
te público que praticou o ato de improbidade é servidor ra e sua fundamentação constará do respectivo parecer,
ou não, conforme se depreende do artigo 2°: “Reputa-se assinado por todos os seus integrantes, com ciência do
agente público, para os efeitos desta lei, todo aquele que faltoso”. Sendo assim, a Comissão não pode aplicar nem
exerce, ainda que transitoriamente ou sem remuneração, a pena de advertência e nem a pena de suspensão.
por eleição, nomeação, designação, contratação ou qual-
quer outra forma de investidura ou vínculo, mandato,
cargo, emprego ou função nas entidades mencionadas 203) Resposta: Certo - Define o inciso XXIV do Decreto nº
no artigo anterior”. 1.171/1994: “Para fins de apuração do comprometimen-
to ético, entende-se por servidor público todo aquele que,
por força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico,
198) Resposta: Certo - Conceitua-se no artigo 5º, III do Decre- preste serviços de natureza permanente, temporária ou
to nº 200/1967: “Sociedade de Economia Mista - a entida- excepcional, ainda que sem retribuição financeira, desde
de dotada de personalidade jurídica de direito privado, que ligado direta ou indiretamente a qualquer órgão do
criada por lei para a exploração de atividade econômica, poder estatal, como as autarquias, as fundações públicas,
sob a forma de sociedade anônima, cujas ações com di- as entidades paraestatais, as empresas públicas e as so-
reito a voto pertençam em sua maioria à União ou a en- ciedades de economia mista, ou em qualquer setor onde
tidade da Administração Indireta”. Sociedade por ações é prevaleça o interesse do Estado”. Sendo assim, Bruno, que
sinônimo de sociedade anônima. presta serviço de natureza temporária, é considerado ser-
vidor público para os fins do Decreto nº 1.171/1994 e se
sujeita à normativa.
199) Resposta: Certo - Sendo a empresa pública uma pres-
tadora de serviços públicos, estará submetida a regime
jurídico público, ainda que constituída segundo o mo- 204) Resposta: Certo - Disciplina o Decreto nº 6.029/2007 em
delo imposto pelo Direito Privado. Se a empresa pública seu artigo 10: “Os trabalhos da CEP e das demais Comis-
é exploradora de atividade econômica, estará submetida sões de Ética devem ser desenvolvidos com celeridade e
a regime jurídico próprio de empresas privadas, inclusive observância dos seguintes princípios: I - proteção à honra
quanto às obrigações trabalhistas e previdenciárias. Por e à imagem da pessoa investigada; II - proteção à identi-
exemplo, os servidores da Caixa Econômica Federal são dade do denunciante, que deverá ser mantida sob reser-
todos celetistas (se sujeitam à CLT) e contribuem pelo re- va, se este assim o desejar; e III - independência e impar-
gime geral da previdência social. cialidade dos seus membros na apuração dos fatos, com
as garantias asseguradas neste Decreto”.

200) Resposta: Certo - Disciplina o artigo 40 da Lei nº


8.987/1995: “A permissão de serviço público será formali- 205) Resposta: Certo - O inciso XIV do Decreto nº 1.171/1994
zada mediante contrato de adesão, que observará os ter- enumera os deveres fundamentais do servidor público,
mos desta Lei, das demais normas pertinentes e do edital dentre eles: “[...] h) ter respeito à hierarquia, porém sem
de licitação, inclusive quanto à precariedade e à revoga- nenhum temor de representar contra qualquer com-
bilidade unilateral do contrato pelo poder concedente”. prometimento indevido da estrutura em que se funda o
A precariedade implica na possibilidade de revogação a Poder Estatal; i) resistir a todas as pressões de superiores
qualquer momento, por motivo de interesse público. hierárquicos, de contratantes, interessados e outros que
SERVIÇO PÚBLICO

visem obter quaisquer favores, benesses ou vantagens


indevidas em decorrência de ações imorais, ilegais ou
ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO
NOPORTUGUESA

aéticas e denunciá-las; [...]”. Sendo assim, o dever de obe-


diência à hierarquia não exclui o dever de representação
contra atos ilegais dos superiores hierárquicos.
201) Resposta: Errado - Disciplina o artigo 14 do Decreto nº
6.029/2007: “A qualquer pessoa que esteja sendo investi-
gada é assegurado o direito de saber o que lhe está sendo
LÍNGUA

206) Resposta: Errado - Nos termos do artigo 11, caput do De-


imputado, de conhecer o teor da acusação e de ter vis-
ÉTICA

creto nº 6.029/2007, “qualquer cidadão, agente público,


ta dos autos, no recinto das Comissões de Ética, mesmo pessoa jurídica de direito privado, associação ou enti-
que ainda não tenha sido notificada da existência do dade de classe poderá provocar a atuação da CEP ou de

87
Comissão de Ética, visando à apuração de infração ética c) Sempre deve ser observado o contraditório e a ampla de-
imputada a agente público, órgão ou setor específico de fesa (artigo 5o, LV, CF).
ente estatal”. Sendo assim, não há distinção quanto à le-
gitimidade ativa perante a CEP ou a Comissão de Ética, d) A divulgação imediata da identidade do denunciante
a qual é assegurada indistintamente a qualquer cidadão. contraria o princípio da proteção à identidade do de-
nunciante, que deve ser respeitado (artigo 10, II, Decreto
nº 6.029/2007).
207) Resposta: Errado - Não há vitaliciedade, mas sim man-
dato por tempo determinado, conforme o artigo 3o do De-
creto nº 6.029/2007: “A CEP será integrada por sete brasi- 211) Resposta: Letra C - Nos termos do inciso XV, “c” do De-
leiros que preencham os requisitos de idoneidade moral, creto nº 1.171/1994, “é vedado ao servidor público: [...] c)
reputação ilibada e notória experiência em administra- ser, em função de seu espírito de solidariedade, conivente
ção pública, designados pelo Presidente da República, com erro ou infração a este Código de Ética ou ao Código
para mandatos de três anos, não coincidentes, permitida de Ética de sua profissão”.
uma única recondução”.
a) É dever, não vedação (XIV, “q”, Decreto nº 1.171/1994).

208) Resposta: Letra E - Disciplina o artigo 3o, § 1o, Decreto b) É dever, não vedação (XIV, “f”, Decreto nº 1.171/1994).
nº 6.029/2007: “A atuação no âmbito da CEP não enseja
qualquer remuneração para seus membros e os trabalhos c) É dever, não vedação (XIV, “n”, Decreto nº 1.171/1994).
nela desenvolvidos são considerados prestação de rele-
vante serviço público”. d) É dever, não vedação (XIV, “j”, Decreto nº 1.171/1994).

a) Nos termos do artigo 3º do Decreto nº 6.029/2007, a CEP


será integrada por 7 brasileiros. 212) Resposta: Letra B - Nos termos do artigo 1o, IV, Decreto
nº 6.029/2007, compete à CEP “articular ações com vistas
b) Nos termos do artigo 3º, § 1o do Decreto nº 6.029/2007, a a estabelecer e efetivar procedimentos de incentivo e in-
atuação no âmbito da CEP não enseja qualquer remu- cremento ao desempenho institucional na gestão da ética
neração. pública do Estado brasileiro”.

c) Nos termos do artigo 3º, § 2o do Decreto nº 6.029/2007, o a) Nos termos do artigo 1o, II, Decreto nº 6.029/2007,
Presidente terá o voto de qualidade nas deliberações da cabe à CEP, “contribuir  para a implementação de po-
Comissão. líticas públicas tendo a transparência e o acesso à in-
formação como instrumentos fundamentais para o
d) Nos termos do artigo 3º do Decreto nº 6.029/2007, os exercício de gestão da ética pública”, contribuir para a
mandatos serão de três anos, não coincidentes, permitida implementação é diferente de implementar.
uma única recondução.
b) É vedado ao servidor público, nos termos do inciso XV,
“d” do Decreto nº 1.171/1994, “usar de artifícios para
209) Resposta: Letra E - Nos termos do artigo 4o, I, do Decreto procrastinar ou dificultar o exercício regular de direito
nº 6.029/2007, “à CEP compete: “I - atuar como instância por qualquer pessoa, causando-lhe dano moral ou ma-
consultiva do Presidente da República e Ministros de Es- terial”.
tado em matéria de ética pública”.
c) Nos termos do artigo 1o, III, Decreto nº 6.029/2007, cabe à
CEP, “promover, com apoio dos segmentos pertinentes, a
A, B, C e D. Nenhum dos órgãos enumerados pertence ao
compatibilização e interação de normas, procedimentos
Sistema de Gestão Ética do Executivo Federal disciplina- técnicos e de gestão relativos à ética pública”.
do pelo Decreto nº 6.029/2007. E. Nos termos do artigo 1o, I, Decreto nº 6.029/2007, cabe
à CEP, “integrar os órgãos, programas e ações relaciona-
das com a ética pública”.
210) Resposta: Letra E - Disciplina o artigo 10 do Decreto nº
6.029/2007: “Os trabalhos da CEP e das demais Comis-
sões de Ética devem ser desenvolvidos com celeridade e 213) Resposta: Letra D - Nos termos do Decreto nº 6.029/2007,
observância dos seguintes princípios: I - proteção à honra em seu artigo 21, “a infração de natureza ética cometida
e à imagem da pessoa investigada; II - proteção à identi-
SERVIÇO PÚBLICO

por membro de Comissão de Ética de que tratam os inci-


dade do denunciante, que deverá ser mantida sob reser-
va, se este assim o desejar; e III - independência e impar- sos II e III do art. 2o será apurada pela Comissão de Ética
NOPORTUGUESA

cialidade dos seus membros na apuração dos fatos, com Pública”.


as garantias asseguradas neste Decreto”.
A, B, C e E. A competência é da CEP, não destas autorida-
a) Deve ser assegurada a imparcialidade dos seus membros des.
(artigo 10, III, Decreto nº 6.029/2007).
LÍNGUA
ÉTICA

b) A exposição indiscriminada viola a proteção à honra e 214) Resposta: Letra A - Prevê o Decreto nº 6.029/2007 em seu
à imagem da pessoa investigada, princípio que deve ser artigo 14: “A qualquer pessoa que esteja sendo investiga-
respeitado (artigo 10, I, Decreto nº 6.029/2007). da é assegurado o direito de saber o que lhe está sendo

88
imputado, de conhecer o teor da acusação e de ter vista concluído, qualquer procedimento instaurado para apu-
dos autos, no recinto das Comissões de Ética, mesmo que ração de prática em desrespeito às normas éticas. § 1º
ainda não tenha sido notificada da existência do proce- Concluída a investigação e após a deliberação da CEP ou
dimento investigatório”. da Comissão de Ética do órgão ou entidade, os autos do
procedimento deixarão de ser reservados”. Sendo assim,
B, C, D e E. Vide explicação da alternativa correta. mantém-se a condição de “reservado” até a conclusão do
procedimento, retirando-a ao final.

215) Resposta: Letra D - Prevê o Decreto nº 6.029/2007: “Art. 4º A, B, D e E. Vide explicação da alternativa correta.
À CEP compete: [...] II - administrar a aplicação do Códi-
go de Conduta da Alta Administração Federal, devendo:
[...] b) dirimir dúvidas a respeito de interpretação de suas 220) Resposta: Errado - Disciplina o artigo 3o, caput, Decreto
normas, deliberando sobre casos omissos; [...] III - dirimir nº 6.029/2007: “A CEP será integrada por sete brasileiros
dúvidas de interpretação sobre as normas do Código de que preencham os requisitos de idoneidade moral, repu-
Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Exe- tação ilibada e notória experiência em administração
cutivo Federal de que trata o Decreto nº 1.171, de 1994; pública, designados pelo Presidente da República, para
[...]”. mandatos de três anos, não coincidentes, permitida uma
única recondução”.
a) Vincula-se à Casa Civil (artigo 4o, parágrafo único, De-
creto nº 6.029/2007).
221) Resposta: Certo - Nos termos do artigo 4o, parágrafo úni-
b) É permitida uma única recondução (artigo 3o, caput, De- co do Decreto nº 6.029/2007, “a CEP contará com uma
creto nº 6.029/2007). Secretaria­Executiva, vinculada à Casa Civil da Presidên-
cia da República, à qual competirá prestar o apoio técni-
c) A atuação não enseja remuneração (artigo 3o, § 1o, Decre- co e administrativo aos trabalhos da Comissão”.
to nº 6.029/2007).

d) A identidade do denunciante será mantida sob reserva 222) Resposta: Certo - Disciplina o artigo 11 do Decreto nº
se ele assim desejar (artigo 10, II, Decreto nº 6.029/2007). 6.029/2007: “Qualquer cidadão, agente público, pessoa
jurídica de direito privado, associação ou entidade de
classe poderá provocar a atuação da CEP ou de Comissão
216) Resposta: Letra E - Preconiza o Decreto nº 1.171/94: “XV de Ética, visando à apuração de infração ética imputada
- É vedado ao servidor público: [...] h) alterar ou deturpar a agente público, órgão ou setor específico de ente esta-
o teor de documentos que deva encaminhar para provi- tal”.
dências; [...] n) apresentar-se embriagado no serviço ou
fora dele habitualmente”. Logo, ambas servidoras prati-
caram atos que são vedados ao servidor público. 223) Resposta: Errado - Define o inciso XXIV do Decreto nº
1.171/1994: “Para fins de apuração do comprometimen-
A, B, C e D. Vide explicação da alternativa correta. to ético, entende-se por servidor público todo aquele que,
por força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico,
preste serviços de natureza permanente, temporária ou
217) Resposta: Letra B - Prevê o Decreto nº 1.171/94: “XXII - excepcional, ainda que sem retribuição financeira, desde
A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de que ligado direta ou indiretamente a qualquer órgão do
Ética é a de censura e sua fundamentação constará do poder estatal, como as autarquias, as fundações públicas,
respectivo parecer, assinado por todos os seus integrantes, as entidades paraestatais, as empresas públicas e as so-
com ciência do faltoso”. ciedades de economia mista, ou em qualquer setor onde
prevaleça o interesse do Estado”. Sendo assim, pessoa que
A, C, D e E. Vide explicação da alternativa correta. presta serviço de natureza temporária é considerada ser-
vidora pública para os fins do Decreto nº 1.171/1994, se
submetendo a procedimentos de aspuração pela comis-
218) Resposta: Letra D - Dever previsto no inciso XIV, “g” do são de ética.
Decreto n° 1.171/94, o qual somente aceita a pena de cen-
sura.
SERVIÇO PÚBLICO

224) Resposta: Certo - A respeito da chancela de “reserva-


Obs.: correção feita na questão original, sem resposta cor- do”, disciplina o artigo 13, caput e § 1o do Decreto nº
NOPORTUGUESA

reta por substituir a palavra censura por advertência. 6.029/2007: “Será mantido com a chancela de ‘reservado’,
até que seja concluído, qualquer procedimento instaura-
A, B, C e E. Vide explicação da alternativa correta. do para apuração de prática em desrespeito às normas
éticas. § 1º Concluída a investigação e após a deliberação
da CEP ou da Comissão de Ética do órgão ou entidade, os
LÍNGUA

219) Resposta: Letra C - Sobre a chancela de “reservado”, dis- autos do procedimento deixarão de ser reservados”.
ÉTICA

ciplina o artigo 13, caput e § 1o do Decreto nº 6.029/2007:


“Será mantido com a chancela de ‘reservado’, até que seja

89
225) Resposta: Errado - Nos termos do Decreto nº 1171/94, 232) Resposta: Certo - Dispõe o Decreto nº 6.029/2007 em seu
XXII, “a pena aplicável ao servidor público pela Comissão artigo 7o, I: “Art. 7o Compete às Comissões de Ética de que
de Ética é a de censura e sua fundamentação constará do tratam os incisos II e III do art. 2o: I - atuar como instân-
respectivo parecer, assinado por todos os seus integrantes, cia consultiva de dirigentes e servidores no âmbito de seu
com ciência do faltoso”. As penas de demissão, suspensão respectivo órgão ou entidade; [...]”.
ou advertência não podem ser aplicadas pelas Comissões
de Ética, nem mesmo pela CEP.
233) Resposta: Certo - Dispõe o Decreto nº 6.029/2007 em seu
artigo 14: “A qualquer pessoa que esteja sendo investiga-
226) Resposta: Errado - Prevê o artigo 24 do Decreto nº da é assegurado o direito de saber o que lhe está sendo
6.029/2007: “As normas do Código de Conduta da Alta imputado, de conhecer o teor da acusação e de ter vista
Administração Federal, do Código de Ética Profissional dos autos, no recinto das Comissões de Ética, mesmo que
do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal e do ainda não tenha sido notificada da existência do proce-
Código de Ética do órgão ou entidade aplicam-se, no que dimento investigatório. Parágrafo único. O direito asse-
couber, às autoridades e agentes públicos neles referidos, gurado neste artigo inclui o de obter cópia dos autos e de
mesmo quando em gozo de licença”. certidão do seu teor”.

227) Resposta: Certo - Preconiza o Decreto nº 1.171/1994 em 234) Resposta: Errado - A Comissão de Ética, em qualquer
seu inciso XII: “Toda ausência injustificada do servidor caso, apenas pode aplicar como pena a censura, confor-
de seu local de trabalho é fator de desmoralização do ser- me o inciso XXII do Decreto nº 1.171/1994: “A pena apli-
viço público, o que quase sempre conduz à desordem nas cável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de
relações humanas”. censura e sua fundamentação constará do respectivo pa-
recer, assinado por todos os seus integrantes, com ciência
do faltoso”.

228) Resposta: Errado - Preconiza o Decreto nº 1.171/1994 em


seu inciso XV, “f ” que é vedado ao servidor “permitir que 235) Resposta: Certo - Dispõe o artigo 3o do Decreto nº
perseguições, simpatias, antipatias, caprichos, paixões 6.029/2007: “A CEP será integrada por sete brasileiros que
ou interesses de ordem pessoal interfiram no trato com o preencham os requisitos de idoneidade moral, reputação
público, com os jurisdicionados administrativos ou com ilibada e notória experiência em administração pública,
colegas hierarquicamente superiores ou inferiores”. designados pelo Presidente da República, para mandatos
de três anos, não coincidentes, permitida uma única re-
condução”.
229) Resposta: Certo - Dispõe o Decreto nº 1.171/1994 em seu
inciso XIV, “m” que é dever fundamental do servidor “co-
municar imediatamente a seus superiores todo e qual- 236) Resposta: Certo - Preconiza o artigo 3o do Decreto nº
quer ato ou fato contrário ao interesse público, exigindo 6.029/2007: “A CEP será integrada por sete brasileiros que
as providências cabíveis”. preencham os requisitos de idoneidade moral, reputação
ilibada e notória experiência em administração pública,
designados pelo Presidente da República, para mandatos
230) Resposta: Errado - Não é servidor, para fins de apuração de três anos, não coincidentes, permitida uma única re-
do comprometimento ético, apenas o servidor efetivo, condução”.
conforme o inciso XXIV do Decreto nº 1.171/1994: “Para
fins de apuração do comprometimento ético, entende-
se por servidor público todo aquele que, por força de lei, 237) Resposta: Errado - Dispõe o artigo 2o, § 2o, Decreto nº
contrato ou de qualquer ato jurídico, preste serviços de 6.029/2007: “As autoridades competentes não poderão
natureza permanente, temporária ou excepcional, ainda alegar sigilo para deixar de prestar informação solicita-
que sem retribuição financeira, desde que ligado direta da pelas Comissões de Ética”.
ou indiretamente a qualquer órgão do poder estatal,
como as autarquias, as fundações públicas, as entidades
paraestatais, as empresas públicas e as sociedades de 238) Resposta: Errado - O Decreto n° 1.171/94 – Código de Éti-
economia mista, ou em qualquer setor onde prevaleça o
SERVIÇO PÚBLICO

ca Profissional do Servidor Público Civil do Poder Execu-


interesse do Estado”. tivo Federal é um exemplo do chamado exercício de po-
der regulamentar inerente ao Executivo, que se perfaz em
NOPORTUGUESA

decretos regulamentares. Embora sejam factíveis decretos


231) Resposta: Errado - A atividade não é remunerada, nos autônomos, não é o caso dele, o qual encontra vinculação
termos do artigo 3o, § 1o, Decreto nº 6.029/2007: “A atua- com as Leis n° 8.112/90 (regime jurídico dos servidores
ção no âmbito da CEP não enseja qualquer remuneração públicos federais) e Lei n° 8.429/92 (lei de improbidade
para seus membros e os trabalhos nela desenvolvidos são administrativa), além da Constituição Federal.
LÍNGUA

considerados prestação de relevante serviço público”.


ÉTICA

90
239) Resposta: Certo - Prevê o Decreto nº 1.171/1994 em seu 247) Resposta: Errado - Responsabilidade social impõe o res-
inciso XVI: “Em todos os órgãos e entidades da Adminis- peito ético mais amplo, extrapolando os muros da em-
tração Pública Federal direta, indireta autárquica e fun- presa ou organização e se estendendo aos relacionamen-
dacional, ou em qualquer órgão ou entidade que exer- tos desta com funcionários, acionistas, clientes, fornece-
ça atribuições delegadas pelo poder público, deverá ser dores, governo, meio ambiente.
criada uma Comissão de Ética, encarregada de orientar
e aconselhar sobre a ética profissional do servidor, no
tratamento com as pessoas e com o patrimônio público, 248) Resposta: Certo - Evidentemente que a obtenção de cer-
competindo-lhe conhecer concretamente de imputação tificações é apenas um aspecto em busca da consolidação
ou de procedimento susceptível de censura”. da ética empresarial, mas o conceito de ética empresarial
é muito mais amplo que isso, atingindo uma gama de as-
pectos complexos da conduta empresarial.
240) Resposta: Certo - Prevê o inciso XVIII do Decreto nº
1.171/1994: “À Comissão de Ética incumbe fornecer, aos
organismos encarregados da execução do quadro de car- 249) Resposta: Certo - Sem sombra de dúvidas, a preocupa-
reira dos servidores, os registros sobre sua conduta ética, ção com a promoção da igualdade material, garantindo-
para o efeito de instruir e fundamentar promoções e para -se a acessibilidade às oportunidades de emprego, é uma
todos os demais procedimentos próprios da carreira do atitude ética por parte de uma prestadora de serviços.
servidor público”.

250) Resposta: Certo - Disciplina o Decreto nº 1.171/1994 em


241) Resposta: Errado - O Decreto n° 6.029/2007 preconiza seu inciso XVI: “Em todos os órgãos e entidades da Ad-
que o serviço de integrante da comissão de ética pública ministração Pública Federal direta, indireta autárquica
– CEP não é remunerado (artigo 3o, § 1o). e fundacional, ou em qualquer órgão ou entidade que
exerça atribuições delegadas pelo poder público, deverá
ser criada uma Comissão de Ética, encarregada de orien-
242) Resposta: Certo - Conforme se denota pelo inciso XXII tar e aconselhar sobre a ética profissional do servidor, no
do Decreto nº 1.171/1994, a pena de censura é exclusiva- tratamento com as pessoas e com o patrimônio público,
mente aplicável pela comissão de ética, não sendo neces- competindo-lhe conhecer concretamente de imputação
sária prévia apuração em sindicância, isto é, a comissão ou de procedimento susceptível de censura”.
de ética tem autonomia para aplicar a pena de censura.
REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
243) Resposta: Certo - O artigo 4º do Decreto nº 6.029/2007
prevê: “À CEP compete: I - atuar como instância consul- 251) Resposta: Certo - A Lei nº 8.112/1990 disciplina em seu
tiva do Presidente da República e Ministros de Estado em artigo 185, II que “os benefícios do Plano de Seguridade
matéria de ética pública”. Sendo assim, por ser instância Social do servidor compreendem: [...] II - quanto ao de-
consultiva, suas decisões possuem caráter recomendató- pendente: a) pensão vitalícia e temporária; b) auxílio-
rio. Apesar da adoção dos conselhos ser desejável para -funeral; c) auxílio-reclusão; d) assistência à saúde”.
o aprimoramento da ética no serviço público, ela não é
obrigatória.
252) Resposta: Errado - Como é servidor de cargo em comis-
são, Aldo se sujeita ao regime geral de previdência social,
244) Resposta: Certo - O artigo 3º, § 2o do Decreto nº não possuindo os mesmos benefícios assegurados a San-
6.029/2007 disciplina: “O Presidente terá o voto de quali- dra pela Lei nº 8.112/1990.
dade nas deliberações da Comissão”.
DOS SERVIDORES PÚBLICOS
253) Resposta: Certo - A vedação está prevista no artigo 117,
245) Resposta: Certo - No inciso XIV, “e” do Decreto nº XI, Lei nº 8.112/1990: “ao servidor é proibido: [...] XI -
1.171/1994 está previsto: “São deveres fundamentais do atuar, como procurador ou intermediário, junto a repar-
servidor público: [...] e) tratar cuidadosamente os usuá- tições públicas, salvo quando se tratar de benefícios pre-
rios dos serviços aperfeiçoando o processo de comunica- videnciários ou assistenciais de parentes até o segundo
ção e contato com o público”. Sendo assim, a atitude de grau, e de cônjuge ou companheiro”.
Natália é mais adequada, em detrimento da proposta de
seu colega de trabalho, pois esta negligencia a importân-
PORTUGUESA

cia de adaptação da informação ao público.


254) Resposta: Errado - Sobre a remoção, prevê o artigo 36 da
LÍNGUA JURÍDICO

Lei nº 8.112/1990: “Remoção é o deslocamento do servi-


dor, a pedido ou de ofício, no âmbito do mesmo quadro,
246) Resposta: Errado - O artigo 4º, parágrafo único, do De-
creto nº 6.029/2007 estabelece: “A CEP contará com uma com ou sem mudança de sede. Parágrafo único. Para fins
REGIME

Secretaria-Executiva, vinculada à Casa Civil da Presi- do disposto neste artigo, entende-se por modalidades de
dência da República, à qual competirá prestar o apoio remoção: I - de ofício, no interesse da Administração; II
técnico e administrativo aos trabalhos da Comissão”. - a pedido, a critério da Administração; III - a pedido,
Logo, não há vinculação ao ministro da Justiça. para outra localidade, independentemente do interes-

91
se da Administração: a) para acompanhar cônjuge ou 259) Resposta: Errado - O estudo ou missão oficial fora do
companheiro, também servidor público civil ou mili- país não poderá exceder 4 anos, nos termos do artigo 95,
tar, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do § 1o da Lei nº 8.112/1990: “A ausência não excederá a 4
Distrito Federal e dos Municípios, que foi deslocado no (quatro) anos, e finda a missão ou estudo, somente decor-
interesse da Administração; b) por motivo de saúde do rido igual período, será permitida nova ausência”.
servidor, cônjuge, companheiro ou dependente que viva
às suas expensas e conste do seu assentamento funcional,
condicionada à comprovação por junta médica oficial; 260) Resposta: Errado - Disciplina o artigo 37, § 11, CF: “Não
c) em virtude de processo seletivo promovido, na hipóte- serão computadas, para efeito dos limites remunerató-
se em que o número de interessados for superior ao nú- rios, as parcelas de caráter indenizatório previstas em
mero de vagas, de acordo com normas preestabelecidas lei”. Ainda, o artigo 49 da Lei nº 8.112/1990: “Art. 49.
pelo órgão ou entidade em que aqueles estejam lotados”. Além do vencimento, poderão ser pagas ao servidor as
Considerando que a servidora foi removida de ofício no seguintes vantagens: I - indenizações; II - gratificações;
interesse da administração (hipótese do inciso I), surge
III - adicionais. § 1o As indenizações não se incorporam
para o servidor que é seu cônjuge o direito de também
ao vencimento ou provento para qualquer efeito. § 2o As
ser removido (hipótese do inciso III, “a”), caso em que não
haverá discricionariedade da administração, que deverá gratificações e os adicionais incorporam-se ao vencimen-
deferir o pedido. to ou provento, nos casos e condições indicados em lei”.

255) Resposta: Errado - A respeito da remoção, prevê o artigo 261) Resposta: Letra C - Nos casos de improbidade adminis-
36, caput da Lei nº 8.112/1990: “Remoção é o desloca- trativa e corrupção aplica-se a pena de demissão (artigo
mento do servidor, a pedido ou de ofício, no âmbito do 132, IV e XI, Lei nº 8.112/1990). Contudo, apenas se demi-
mesmo quadro, com ou sem mudança de sede”. Para a re- te servidor em exercício. Como o servidor se aposentou, a
moção ocorrer, basta que seja no mesmo quadro o cargo pena aplicável é de cassação de aposentadoria, prevendo
que o servidor ocupará. Sendo assim, não é pressuposto o o artigo 134, Lei nº 8.112/1990: “Será cassada a aposenta-
deslocamento do cargo ocupado. doria ou a disponibilidade do inativo que houver prati-
cado, na atividade, falta punível com a demissão”. Afinal,
não seria correto que o fato ficasse impune.
256) Resposta: Certo - Observa-se a leitura da Lei nº a) Não se demite servidor que não mais está em exercício.
8.112/1990: “Art. 18. O servidor que deva ter exercício em
outro município em razão de ter sido removido, redistri-
buído, requisitado, cedido ou posto em exercício provi- b) Não seria correto o arquivamento, deixando o fato im-
sório terá, no mínimo, dez e, no máximo, trinta dias de pune.
prazo, contados da publicação do ato, para a retomada
do efetivo desempenho das atribuições do cargo, incluí- c) Pode ser concluído, mas em vez de se aplicar a pena de
do nesse prazo o tempo necessário para o deslocamento demissão se aplicará a pena de cassação da aposentado-
para a nova sede. [...] Art. 102. Além das ausências ao ser- ria.
viço previstas no art. 97, são considerados como de efetivo
exercício os afastamentos em virtude de: [...] IX - desloca- d) Pode ser instaurado, aplicando-se em caso de condena-
mento para a nova sede de que trata o art. 18; [...]”. Sendo ção a pena de cassação da aposentadoria.
assim, a ausência do servidor para fins de deslocamento
a nova sede é computada como tempo de serviço.
262) Resposta: Letra B - Disciplina o artigo 116, VI, Lei nº
8.112/1990: “São deveres do servidor: [...] VI - levar as ir-
257) Resposta: Certo - Disciplina o artigo 36, parágrafo úni- regularidades de que tiver ciência em razão do cargo ao
co, III, “a” da Lei nº 8.112/1990: “Para fins do disposto conhecimento da autoridade superior ou, quando hou-
DOS SERVIDORES PÚBLICOS

neste artigo, entende-se por modalidades de remoção: [...] ver suspeita de envolvimento desta, ao conhecimento de
III - a pedido, para outra localidade, independentemente outra autoridade competente para apuração”. Era dever
do interesse da Administração: a) para acompanhar côn- de Sérgio levar os fatos a conhecimento da autoridade
juge ou companheiro, também servidor público civil ou superior.
militar, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios, que foi deslocado A, C e E. Sérgio descumpriu dever legal, conforme explica-
no interesse da Administração; [...]”. Não importa de qual ção da alternativa correta.
órgão seja o servidor, desde que seja federal, garantindo-
-se a remoção entre qualquer dos Poderes. D. Sérgio deveria ter levado os fatos a conhecimento da
PORTUGUESA

autoridade superior ou, em caso de suspeita, da autori-


LÍNGUA JURÍDICO

dade competente para apuração.


258) Resposta: Errado - Disciplina o artigo 87 da Lei nº
8.112/1990: “Após cada quinquênio de efetivo exercício, o
servidor poderá, no interesse da Administração, afastar-
263) Resposta: Letra D - A Lei nº 8.112/1990, em seu artigo
REGIME

-se do exercício do cargo efetivo, com a respectiva remu-


neração, por até três meses, para participar de curso de 116, XI, prevê ser dever do servidor público tratar com
capacitação profissional. Parágrafo único. Os períodos urbanidade as pessoas. Com efeito, o artigo 129 da lei
de licença de que trata o caput não são acumuláveis”. dispõe que “a advertência será aplicada por escrito, nos

92
casos de violação de proibição constante do art. 117, in- 270) Resposta: Errado - Nos termos do artigo 125, Lei nº
cisos I a VIII e XIX, e de inobservância de dever funcional 8.112/1990, “as sanções civis, penais e administrativas
previsto em lei, regulamentação ou norma interna, que poderão cumular-se, sendo independentes entre si”. Logo,
não justifique imposição de penalidade mais grave”. a punição administrativa não depende do processo civil
ou criminal instaurado pela mesma falta disciplinar.
A, B, C e E. Vide explicação da alternativa correta.

271) Resposta: Errado - No caso de servidor posto em dispo-


264) Resposta: Certo - O artigo 37, XVI, CF proíbe a acumu- nibilidade e seu retorno a cargo público, não se fala em
lação ilícita de cargos públicos, mas fixa ressalvas, entre reintegração (que serve para retorno do servidor demi-
elas a de dois cargos ou empregos privativos de profissio- tido por anulação da demissão em decisão judicial ou
nais da saúde: “é vedada a acumulação remunerada de administrativa – artigo 28, Lei nº 8.112/1990), mas sim
cargos públicos, exceto, quando houver compatibilida- em aproveitamento, nos termos do artigo 30 da Lei nº
de de horários, observado em qualquer caso o disposto 8.112/1990: “O retorno à atividade de servidor em dis-
no inciso XI: a) a de dois cargos de professor; b) a de um ponibilidade far-se-á mediante aproveitamento obriga-
cargo de professor com outro técnico ou científico; c) a tório em cargo de atribuições e vencimentos compatíveis
de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de com o anteriormente ocupado”.
saúde, com profissões regulamentadas”.

272) Resposta: Certo - É possível cumular a responsabilidade


265) Resposta: Errado - Disciplina a Lei nº 8.112/1990 em seu civil e penal com a administrativa, pois a aplicação de
artigo 12, caput: “O concurso público terá validade de até pena numa esfera não exclui a responsabilização em
2 (dois) anos, podendo ser prorrogado uma única vez, outras esferas (artigo 121, Lei nº 8.112/1990). Além disso,
por igual período”. nos termos do artigo 125, Lei nº 8.112/1990, “as sanções
civis, penais e administrativas poderão cumular-se,
sendo independentes entre si”. No caso da punição
266) Resposta: Certo - Preconiza o artigo 40, § 13, CF: “Ao ser- administrativa, é aplicada pela Administração Pública,
vidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão no exercício do poder disciplinar.
declarado em lei de livre nomeação e exoneração bem
como de outro cargo temporário ou de emprego público,
aplica-se o regime geral de previdência social”. 273) Resposta: Errado - O empregado público é o tipo de ser-
vidor público que é titular de um emprego, sujeitando-
-se ao regime celetista (CLT). Tanto o funcionário público
267) Resposta: Errado - Disciplina a Lei nº 8.112/1990 em seu quanto o empregado público somente se vinculam à Ad-
artigo 117, IX: “Ao servidor é proibido: [...] IX - valer-se ministração mediante concurso público, sendo nomea-
do cargo para lograr proveito pessoal ou de outrem, em dos em caráter efetivo. Particulares em colaboração com
detrimento da dignidade da função pública”. A infração o Estado são agentes que, embora sejam particulares,
é punível com demissão, prevendo o artigo 137 da lei: “A executam funções públicas especiais que podem ser qua-
demissão ou a destituição de cargo em comissão, por in- lificadas como públicas, mas não se vinculam mediante
fringência do art. 117, incisos IX e XI, incompatibiliza o concurso público. Ex.: mesário, jurado, recrutados para
ex-servidor para nova investidura em cargo público fede- serviço militar.
ral, pelo prazo de 5 (cinco) anos”.

274) Resposta: Errado - Nos termos do artigo  10 da Lei nº


268) Resposta: Certo - Nos termos do artigo 2o, Lei nº 8.112/1990, “a nomeação para cargo de carreira ou cargo
8.112/1990, “para os efeitos desta Lei, servidor é a pessoa isolado de provimento efetivo depende de prévia habili-
DOS SERVIDORES PÚBLICOS
legalmente investida em cargo público”. Assim, somente tação em concurso público de provas ou de provas e títu-
quando a pessoa é investida que ela se vincula ao Estado. los, obedecidos a ordem de classificação e o prazo de sua
Se isso vale para os servidores públicos, também vale para validade”. Contudo, existem cargos públicos que não são
os agentes políticos. Ainda, o artigo 7o, Lei nº 8.112/1990 de provimento efetivo e que, portanto, não dependem da
prevê que “a investidura em cargo público ocorrerá com aprovação em concurso público, como é o caso dos car-
a posse”. O agente político é investido quando toma posse gos em comissão. Neste sentido, prevê o artigo 9o da lei: “a
do cargo político no Legislativo ou no Executivo, o que nomeação far-se-á: I - em caráter efetivo, quando se tra-
somente ocorre porque foi eleito, direta ou indiretamente, tar de cargo isolado de provimento efetivo ou de carreira;
pelo sufrágio universal ou restrito a determinados elei- II - em comissão, inclusive na condição de interino, para
PORTUGUESA

tores. cargos de confiança vagos”. 


LÍNGUA JURÍDICO

269) Resposta: Certo - Sobre a remoção, prevê o artigo 36 da 275) Resposta: Letra C - A Constituição Federal de 1988 con-
Lei nº 8.112/1990: “Remoção é o deslocamento do servi- sagrou a obrigatoriedade do concurso público (artigo 37,
REGIME

dor, a pedido ou de ofício, no âmbito do mesmo quadro, II, CF) e, em razão disso, o STF reconheceu como incons-
com ou sem mudança de sede. Parágrafo único. Para fins titucionais as formas de provimento derivado por meio
do disposto neste artigo, entende-se por modalidades de das quais o servidor podia ingressar em carreira diver-
remoção: I - de ofício, no interesse da Administração; [...]”.

93
sa daquela para a qual prestou o concurso público (STF, b) Inclui-se a acumulação ilegal em fundações e sociedades
ADIN nº 231, rel. Ministro Moreira Alves, j. 05/08/1992). de economia mista (artigo 132, XII, Lei nº 8.112/1990).
Em razão disso, foram extintas as modalidades de provi-
mento antes reguladas pela Lei nº 8.112/1990 denomina- c) Limita-se ao segundo grau (artigo 117, XI c/c artigo 132,
das ascensão e transferência. XIII, Lei nº 8.112/1990).

A, B, D e E. Excluem-se pela explicação da alternativa d) Não há violação na posição de acionista, cotista ou co-
correta. manditário (artigo 117, X c/c artigo 132, XIII, Lei nº
8.112/1990).

276) Resposta: Letra E - O artigo 60-B da Lei nº 8.112/1990


fixa no inciso VII como requisito para a concessão do 279) Resposta: Certo - Prevê a Lei nº 8.112/1990: “Art. 103.
auxílio-moradia: “o servidor não tenha sido domiciliado Contar-se-á apenas para efeito de aposentadoria e dis-
ou tenha residido no Município, nos últimos doze meses, ponibilidade: [...] II - a licença para tratamento de saúde
aonde for exercer o cargo em comissão ou função de con- de pessoal da família do servidor, com remuneração, que
fiança, desconsiderando-se prazo inferior a sessenta dias exceder a 30 (trinta) dias em período de 12 (doze) meses”.
dentro desse período”.

a) Não pode ocupar imóvel funcional o cônjuge ou compa- 280) Resposta: Errado - A assertiva não coaduna com o artigo
nheiro do servidor (artigo 60-B, I, Lei nº 8.112/1990). 103, § 2º, Lei nº 8.112/1990: “Art. 103. Contar-se-á apenas
para efeito de aposentadoria e disponibilidade: [...] § 2o
b) Não se inclui o nível 3 (artigo 60-B, V, Lei nº 8.112/1990). Será contado em dobro o tempo de serviço prestado às
Forças Armadas em operações de guerra”.
c) Não pode existir imóvel funcional disponível para uso do
servidor (artigo 60-B, I, Lei nº 8.112/1990).
281) Resposta: Errado - O servidor adotou os procedimentos
d) O deslocamento não pode ter sido por força de alteração administrativos de rotina para a regular tramitação do
de lotação ou nomeação para cargo efetivo (artigo 60-B, pedido e, apesar de ser inapropriada sua colocação, não
VIII, Lei nº 8.112/1990). é detectável evidente violação à honra de Maria, o que
afastaria o dano moral. Neste sentido, o cabimento em si
da indenização por dano moral somente deverá ocorrer
quando o Estado, por meio de seus agentes, agredir os di-
277) Resposta: Letra D - A Lei nº 8.745/1993 prevê em seu arti- reitos fundamentais do cidadão (a honra, a intimidade,
go 2º, V: “Considera-se necessidade temporária de excep- a imagem e a vida privada) de forma evidente, antijurí-
cional interesse público: [...] V - admissão de professor e dica. Senão, a busca pelo dano moral poderia se transfor-
pesquisador visitante estrangeiro”. mar em um instrumento de enriquecimento sem causa.

a) Incluem-se as outras pesquisas de natureza estatística


efetuadas pela Fundação Instituto Brasileiro de Geogra- 282) Resposta: Errado - Disciplina a Lei nº 8.112/1990: “Art.
fia e Estatística – IBGE (artigo 2o, III, Lei nº 8.745/1993). 116. São deveres do servidor: [...] XI - tratar com urbani-
dade as pessoas”. Sendo dever do servidor público, a vio-
b) Não estão no rol do artigo 2o, Lei nº 8.745/1993 as ativi- lação é punível administrativamente. No caso, a inobser-
dades especiais nas organizações do Exército para aten- vância de dever funcional previsto em lei é punível com
der a área rural ou a encargos temporários de obras e ser- advertência (artigo 129, Lei nº 8.112/1990).
viços de engenharia civil e mecânica.

c) Pode se dar em qualquer instituição destinada à pesqui- 283) Resposta: Certo - Disciplina o artigo 116, V, “a” da Lei nº
DOS SERVIDORES PÚBLICOS

sa, ao desenvolvimento e à inovação (artigo 2o, VIII, Lei 8.112/1990: “São deveres do servidor: [...] V - atender com
nº 8.745/1993). presteza: a) ao público em geral, prestando as informa-
ções requeridas, ressalvadas as protegidas por sigilo; [...]”.
d) Exige-se declaração, pelo Ministro de Estado do Meio
Ambiente, da existência de emergência ambiental na re-
gião específica (artigo 2o, IX, Lei nº 8.745/1993). 284) Resposta: Certo - Nos termos do artigo 49, § 1o, Lei nº
8.112/1990, “as indenizações não se incorporam ao ven-
cimento ou provento para qualquer efeito”.
PORTUGUESA

278) Resposta: Letra B - Preconiza o artigo 132, Lei nº


8.112/1990: “a demissão será aplicada nos seguintes ca-
LÍNGUA JURÍDICO

sos: [...] V - incontinência pública e conduta escandalo- 285) Resposta: Errado - Prevê o artigo 87, Lei nº 8.112/1990:
sa, na repartição; [...] IX - revelação de segredo do qual se “Após cada quinquênio de efetivo exercício, o servidor po-
apropriou em razão do cargo; [...]”. derá, no interesse da Administração, afastar-se do exercí-
cio do cargo efetivo, com a respectiva remuneração, por
REGIME

a) Há ressalva quanto à legítima defesa (artigo 132, VII, Lei até três meses, para participar de curso de capacitação
nº 8.112/1990). profissional”. A licença deve ser concedida no interesse da
administração, o que significa que não é direito subjetivo
de Mônica obtê-la.

94
286) Resposta: Certo - Disciplina o artigo 98, caput e § 1o, Lei lar dois cargos de professor ou um cargo de professor com
nº 8.112/1990: “Será concedido horário especial ao servi- outro técnico ou científico – mas não dois cargos de pro-
dor estudante, quando comprovada a incompatibilidade fessor com um técnico ou científico totalizando 3 cargos
entre o horário escolar e o da repartição, sem prejuízo do (artigo 37, XVI, CF)
exercício do cargo. § 1o Para efeito do disposto neste arti-
go, será exigida a compensação de horário no órgão ou c) É garantido ao servidor público civil o direito à livre asso-
entidade que tiver exercício, respeitada a duração sema- ciação sindical (artigo 37, VI, CF).
nal do trabalho”.
d) Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos
estrangeiros, na forma da lei (artigo 37, I, CF).
287) Resposta: Errado - Trata-se de reversão, não readapta-
ção, conforme artigo 25, I, Lei nº 8.112/1990: “Reversão
é o retorno à atividade de servidor aposentado: I - por 294) Resposta: Certo - O servidor tem o dever funcional de
invalidez, quando junta médica oficial declarar insub-
constantemente buscar seu aperfeiçoamento profissio-
sistentes os motivos da aposentadoria; [...]”.
nal. Os cursos de capacitação voltam-se não para a me-
lhoria imediata do servidor, mas sua melhoria progressi-
va. Assim, alcançam-se resultados a médio e longo prazo.
288) Resposta: Errado - Disciplina a Lei nº 8.112/1990 em seu
artigo 117, XVII: “Ao servidor é proibido: [...] XVII - come-
ter a outro servidor atribuições estranhas ao cargo que
ocupa, exceto em situações de emergência e transitórias”. 295) Resposta: Certo - O servidor que trabalha em boas con-
dições, com qualidade de trabalho, agindo de forma
competente e capacitada, presta um serviço mais eficien-
289) Resposta: Certo - Disciplina a Lei nº 8.112/1990 em seu te, que deixa seus usuários mais satisfeitos.
artigo 117, III: “Ao servidor é proibido: [...] III - recusar fé
a documentos públicos”.
296) Resposta: Errado - Na departamentalização funcional
os departamentos criados são formados por pessoas que
possuem habilidades e conhecimentos similares e que
290) Resposta: Certo - Disciplina a Lei nº 8.112/1990 em seu participam de atividades e tarefas comuns dentro do
artigo 142, II: “A ação disciplinar prescreverá: [...] II - em processo de trabalho. Assim, tem a ver com a disposição
2 (dois) anos, quanto à suspensão”. dos funcionários, não com a distribuição dos clientes.

291) Resposta: Errado - Prevê o artigo 7º, Lei nº 8.112/1990 297) Resposta: Certo - O sucesso de uma organização depen-
que “a investidura em cargo público ocorrerá com a pos- de da qualidade do atendimento ao público, sendo que os
se”. Se uma pessoa foi nomeada e não houve posse, não fatores que geram um mau atendimento devem ser exa-
houve investidura. Se não houve investidura, não há be- minados e identificados para que sejam sanados.
nefícios.

DIREITO CONSTITUCIONAL
292) Resposta: Certo - Nos termos do artigo 40, § 13, CF, “ao
servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comis-
298) Resposta: Certo - O ministério público é uma das fun-
são declarado em lei de livre nomeação e exoneração bem
como de outro cargo temporário ou de emprego público, ções essenciais à justiça, além da advocacia-geral da
aplica-se o regime geral de previdência social”. União, Advocacia Privada e Defensorias Públicas. O mis-
tério público se divide em ministério público da União e
Ministério Público estadual.
293) Resposta: Letra E - Nos termos do artigo 41, caput, CF,
Cada estada possui a sua unidade do ministério público
“são estáveis após três anos de efetivo exercício os servido-
estadual. O ministério público da União é subdividido
res nomeados para cargo de provimento efetivo em virtu-
em ministério público federal, do trabalho, militar e do
de de concurso público”, e ainda, o § 4o, “como condição
Distrito Federal e territórios.
para aquisição da estabilidade, é obrigatória a avaliação
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

especial de desempenho por comissão instituída para


O Procurador Geral de Justiça é o chefe do ministério
PORTUGUESA

essa finalidade”.
público de determinado e como tal, obedece aos regra-
mentos constitucionais, assim como o Procurador Geral
a) Podem ser preenchidos por cargos comissionados (artigo
da República. Na situação em comento, por se tratar de
37, II, CF), além de ser viável a contratação por tempo
homicídio qualificado, crime comum, será processado e
determinado (artigo 37, IX, CF).
julgado pelo STF. Em se tratando de crime de responsabi-
DIREITO

lidade será processado e julgado pelo Senado Federal.


b) É vedada a acumulação remunerada de cargos públicos,
exceto, quando houver compatibilidade de horários,
observado o teto máximo do STF, sendo possível cumu-

95
299) Resposta: Errado - Os direitos e garantias fundamentais a) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de
podem ser classificados em cinco esferas: individuais e direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder;
coletivos previsto no art. 5º, direitos sociais (incluindo
os sociais do trabalho) previstos do art. 6º ao 11, direitos b) a obtenção de certidões em repartições públicas, para
de nacionalidade no art. 12, direitos políticos no art. 14 e defesa de direitos e esclarecimento de situações de inte-
partidos políticos previstos no art. 17. resse pessoal.

300) Resposta: Errado - Ao contrário do afirmado na questão, 305) Resposta: Errado - O direito de reunião tem aplicação
os direitos fundamentais tem aplicação imediata; logo, imediata, previsto no art. 5º XVI. Porém, não se trata de
não dependem de lei para regulamenta-los. A regula- um direito incondicional posto que para o exercício desse
mentação é possível, mas não imprescindível para a pro- direito necessário que primeiramente seja uma reunião
dução de efeitos. Evidente que algumas normas previs- pacífica, sem armas. Deve ocorrer em local público e as
tas neste artigo podem ser de eficácia plena, contida ou autoridades devem ser comunicadas. Atenção! Deve ser
limitada. Porém, segundo §1º do art 5º, as normas nele feita a comunicação para que não frustre reunião ante-
contidas são de aplicação imediata. riormente programada, mas não é necessário que a reu-
nião seja autorizada.

301) Resposta: Errado - As normas insculpidas no art. 5 são de


caráter exemplificativo, especialmente pelo fato de não 306) Resposta: Certo - A questão do racismo é amplamente
ser possível ao legislador prever toda forma de direito que repelida pela CF/88, acima de tudo um crime contra a
deve ser protegido com as transformações da sociedade e humanidade. A CF/88 apresenta no art. 5º XLII que a prá-
sua adequação ao texto da Constituição. Nesse sentido, tica do racismo constitui crime inafiançável e imprescri-
informa o § 2º do art. 5º que os direitos e garantias ex- tível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei, ou seja,
pressos na Constituição não excluem outros decorrentes impossível o arbitramento de fiança e não está sujeito à
do regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tra- prescrição. Segundo o inciso XLIII, XLIII – a lei considera-
tados internacionais em que a República Federativa do rá crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anis-
Brasil seja parte. Portanto, plenamente possível outros tia a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes
direitos fundamentais deslocados do art. 5º. e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes
hediondos, por eles respondendo os mandantes, os execu-
tores e os que, podendo evitá-los, se omitirem. Portanto,
302) Resposta: Errado - Nos termos do art. 5º XXXIV são a to- além de inafiançável e imprescritível, o racismo também
dos assegurados, independentemente do pagamento de é insuscetível dos beneplácitos da lei penal como graça
taxas o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa ou anistia.
de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder. Por
se tratar de “poderes públicos”, o exercício do direito de
petição não está vinculado exclusivamente ao judiciário. 307) Resposta: Certo - Em se tratando de uma democracia,
não poderá o indivíduo ser compelido a fazer aquilo que
não for previamente disposto em lei. A obrigação em fa-
303) Resposta: Certo - Segundo o art. 5º XXXIII, todos têm zer ou deixar de fazer algo deve vir orientada por lei, pois
direito a receber dos órgãos públicos informações de seu do contrário estar-se-á em um estado movido por arbi-
interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que trariedades e desrespeitoso com o indivíduo.
serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabili-
dade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível
à segurança da sociedade e do Estado. Caso não sejam 308) Resposta: Errado - Conforme previsto no art. 5º XII, é in-
apresentadas as informações solicitadas, poderá a par- violável o sigilo da correspondência e das comunicações
te requerente se socorrer de um remédio constitucional, telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas,
também previsto no art. 5º LXXII “a” dispondo que conce- salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses
e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação
der-se-á habeas data: para assegurar o conhecimento de
criminal ou instrução processual penal. Portanto, mes-
informações relativas à pessoa do impetrante, constantes
mo se tratando de um servidor, não se permite a abertura
de registros ou bancos de dados de entidades governa- da correspondência, sendo isso considerado uma viola-
mentais ou de caráter público. ção.
LÍNGUA CONSTITUCIONAL
PORTUGUESA

304) Resposta: Certo - Verifica-se com mais essa questão que 309) Resposta: Errado - A presente questão trata dos direi-
o MPU costuma verificar no candidato conhecimento tos de nacionalidade. Pode ser considerado brasileiro
a respeito do direito de petição, especialmente pelo fato aquele que for considerado nato, modalidade de aquisi-
de que o Ministério Público é fiscal do cumprimento dos ção que não depende da vontade humana, mas sim seu
direitos individuais e coletivos previstos pela CF/88. Por- nascimento e o brasileiro naturalizado, que demanda
DIREITO

tanto, nos termos do art. 5º XXXIV, são a todos assegura- manifestação positiva em querer ser reconhecido como
dos, independentemente do pagamento de taxas: brasileiro. Para ser brasileiro nato deverá o indivíduo
nascer em solo brasileiro (critério jus solis), respeitando

96
a exceção daqueles que tiverem país estrangeiros a traba- 314) Resposta: Certo - A renúncia de parlamentar submetido
lho de seu país em solo brasileiro e o critério sanguíneo a processo que vise ou possa levar à perda do mandato,
(jus sanguinis) bastando que um de seus genitores seja nos termos deste artigo, terá seus efeitos suspensos até as
considerado brasileiro nato. A CF/88 protege os brasilei- deliberações finais. Portanto, perfeitamente válida a re-
ros e assim informa que nenhum brasileiro nato será ex- núncia antes do processo, mas durante o processo, aguar-
traditado (art. 5º LI), podendo apenas ser extraditado o da-se suspenso até deliberação final.
naturalizado em caso de: crime comum, praticado antes
da naturalização, ou de comprovado envolvimento em
tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma 315) Resposta: Errado - Exatamente o contrário. A duração
da lei. Com relação a questão, Gabriel é brasileiro nato razoável do processo é modalidade de garantia funda-
e pela questão não foi informada a perda de condição; mental, estando prevista no art. 5º LXXVIII, último in-
logo, independentemente de ter residido em outros paí- ciso acrescentado com a Emenda Constitucional 45/04.
ses, continua sendo brasileiro nato, portanto, em hipótese Entende-se por duração razoável aquela que permita a
alguma poderá ser extraditado. entrega da prestação jurisdicional dentro de espaço de
tempo condizente com a natureza da demanda e a res-
pectiva decisão. Pode também ser lido em conjunto com
310) Resposta: Certo - Conforme disciplina pelo art. 55 § 4º a a celeridade processual.
renúncia de parlamentar submetido a processo que vise
ou possa levar à perda do mandato, nos termos deste ar-
tigo, terá seus efeitos suspensos até as deliberações finais. 316) Resposta: Errado - O ministério público é um órgão
totalmente independente, não estando vinculado a ne-
nhum dos poderes da república. O tribunal de contas da
311) Resposta: Certo - Alguns dos direitos fundamentais po- União, também independente e autônomo, mas auxiliar
dem ser estendidos à pessoa jurídica, como por exemplo o do Congresso Nacional no controle externo, não compõe
direito à imagem, sendo responsabilidade que está agre- a estrutura do MPU tampouco dos MP´s estaduais.
dir, assim como o direito ao sigilo bancário, de correspon-
dência, entre outros.
317) Resposta: Errado - O Poder Legislativo federal adotou
o modelo bicameral, ou seja, duas câmaras que quando
312) Resposta: Errado - A seguridade está disciplinada na unidas se chamam Congresso Nacional, mas separadas é
parte final da CF/88 intitulada “Da ordem social”. Segun- a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. Ambos são
do o art. 195, seguridade social será financiada por toda representantes eleitos pelo povo. O Senado, representante
a sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da dos estados são eleitos segundo o princípio majoritário,
lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos da e a câmara pelo princípio proporcional. É o que dispõe
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, o art. 45 (A Câmara dos Deputados compõe-se de repre-
e das seguintes contribuições sociais: sentantes do povo, eleitos, pelo sistema proporcional, em
cada Estado, em cada Território e no Distrito Federal) e
I - do empregador, da empresa e da entidade a ela equi-
art. 46 (O Senado Federal compõe-se de representantes
parada na forma da lei;
dos Estados e do Distrito Federal, eleitos segundo princí-
II - do trabalhador e dos demais segurados da previdên- pio majoritário).
cia social, não incidindo contribuição sobre aposentado-
ria e pensão concedidas pelo regime geral de previdência
social de que trata o art. 201; 318) Resposta: Certo - Composição do Conselho Nacional de
Justiça
III - sobre a receita de concursos de prognósticos.
O Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 (quin-
IV - do importador de bens ou serviços do exterior, ou de ze) membros com mandato de 2 (dois) anos, admitida 1
quem a lei a ele equiparar. (uma) recondução, sendo:

Em se tratando de contribuições oriundas do emprega- I - o Presidente do Supremo Tribunal Federal;


dor, poderão ter alíquotas ou bases de cálculo diferen-
ciadas, em razão da atividade econômica, da utilização II um Ministro do Superior Tribunal de Justiça, indicado
intensiva de mão-de-obra, do porte da empresa ou da pelo respectivo tribunal;
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

condição estrutural do mercado de trabalho.


PORTUGUESA

III um Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, indi-


cado pelo respectivo tribunal;
313) Resposta: Certo - Complementando a resposta da ques-
tão 14, de fato os direitos e garantias fundamentais são IV um desembargador de Tribunal de Justiça, indicado
essencialmente destinados à pessoa física, podendo se pelo Supremo Tribunal Federal;
DIREITO

estender para as pessoas jurídicas, pois segundo o caput


do art. 5 todos são iguais perante a lei, sem distinção de V um juiz estadual, indicado pelo Supremo Tribunal Fe-
qualquer natureza; dentro desse conceito de “todos”, po- deral;
demos enquadrar a pessoa jurídica.

97
VI um juiz de Tribunal Regional Federal, indicado pelo Superior Tribunal de Justiça;

VII um juiz federal, indicado pelo Superior Tribunal de Justiça;

VIII um juiz de Tribunal Regional do Trabalho, indicado pelo Tribunal Superior do Trabalho;

IX um juiz do trabalho, indicado pelo Tribunal Superior do Trabalho;

X um membro do Ministério Público da União, indicado pelo Procurador-Geral da República;

XI um membro do Ministério Público estadual, escolhido pelo Procurador-Geral da República dentre os nomes indicados
pelo órgão competente de cada instituição estadual;

XII dois advogados, indicados pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil;

XIII dois cidadãos, de notável saber jurídico e reputação ilibada, indicados um pela Câmara dos Deputados e outro pelo
Senado Federal.

319) Resposta: Certo - Complementando a questão de nº 20, O Senado Federal compõe-se de representantes dos Estados e do Dis-
trito Federal, eleitos segundo o princípio majoritário. Cada Estado e o Distrito Federal elegerão três Senadores, com mandato
de oito anos. Cada Senador possui dois suplentes.

320) Resposta: Errado - Nos termos do art. 92, são órgãos do poder judiciário:

321) Resposta: Certo - Define a CF/88 que a promulgação é o ato que dá validade a norma, autenticidade a alguma lei regular-
mente trabalhada dentro do processo legislativo.

322) Resposta: Certo - Conforme art. 62 § 1º É vedada a edição de medidas provisórias sobre matéria:

I - relativa a:
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

a) nacionalidade, cidadania, direitos políticos, partidos políticos e direito eleitoral;


PORTUGUESA

b) direito penal, processual penal e processual civil;

c) organização do Poder Judiciário e do Ministério Público, a carreira e a garantia de seus membros;

d) planos plurianuais, diretrizes orçamentárias, orçamento e créditos adicionais e suplementares, ressalvado o previsto no
DIREITO

art. 167, § 3º;

II - que vise a detenção ou sequestro de bens, de poupança popular ou qualquer outro ativo financeiro;

98
III - reservada a lei complementar; IV - impedir a evasão, a destruição e a descaracterização
de obras de arte e de outros bens de valor histórico, artís-
IV - já disciplinada em projeto de lei aprovado pelo Con- tico ou cultural;
gresso Nacional e pendente de sanção ou veto do Presi-
dente da República. V - proporcionar os meios de acesso à cultura, à educa-
ção, à ciência, à tecnologia, à pesquisa e à inovação; (Re-
dação dada pela Emenda Constitucional nº 85, de 2015)
323) Resposta: Errado - A questão versa sobre temática bas-
tante interessante dos direitos políticos, as chamadas VI - proteger o meio ambiente e combater a poluição em
inelegibilidades. São inelegíveis, no território de jurisdi- qualquer de suas formas;
ção do titular, o cônjuge e os parentes consangüíneos ou
afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente VII - preservar as florestas, a fauna e a flora;
da República, de Governador de Estado ou Território, do
Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substitu- VIII - fomentar a produção agropecuária e organizar o
ído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já abastecimento alimentar;
titular de mandato eletivo e candidato à reeleição.
IX - promover programas de construção de moradias e a
melhoria das condições habitacionais e de saneamento
324) Resposta: Errado - Por interpretação e conhecimento do básico;
art. 5º XLVII, não haverá penas:
X - combater as causas da pobreza e os fatores de mar-
a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos ter- ginalização, promovendo a integração social dos setores
mos do art. 84, XIX; desfavorecidos;

b) de caráter perpétuo; XI - registrar, acompanhar e fiscalizar as concessões de


direitos de pesquisa e exploração de recursos hídricos e
c) de trabalhos forçados; minerais em seus territórios;

d) de banimento; XII - estabelecer e implantar política de educação para a


segurança do trânsito.
e) cruéis

Dispõe o art. 84 XIX que compete privativamente ao Pre- 327) Resposta: Certo - A advocacia-geral da União faz parte
sidente da República declarar guerra, no caso de agressão do grupo das funções essenciais à justiça, portanto, des-
estrangeira, autorizado pelo Congresso Nacional ou re- vinculada de qualquer dos poderes da União. Tem por
ferendado por ele, quando ocorrida no intervalo das ses- finalidade a representação judicial e extrajudicial do
sões legislativas, e, nas mesmas condições, decretar, total Poder Executivo, Judiciário e Legislativo, além de prestar
ou parcialmente, a mobilização nacional. Portanto, na assessoria e consultoria jurídica ao Executivo. Atenção!
hipótese de guerra declarada, possível a pena de morte. A representação judicial e extrajudicial é para os três
poderes, mas a consultoria e assessoria apenas ao poder
executivo. Em se tratando o Conselho da Justiça Federal
325) Resposta: Errado - Dispõe o art. 37 que o prazo de valida- de órgão do judiciário, perfeitamente possível a represen-
de do concurso público será de até dois anos, prorrogável tação judicial e extrajudicial.
uma vez, por igual período. Durante o prazo improrro-
gável previsto no edital de convocação, aquele aprovado
em concurso público de provas ou de provas e títulos será 328) Resposta: Certo - Nos termos do art. 134 a Defensoria
convocado com prioridade sobre novos concursados para Pública é instituição permanente, essencial à função ju-
assumir cargo ou emprego, na carreira. risdicional do Estado, incumbindo-lhe, como expressão e
instrumento do regime democrático, fundamentalmente,
a orientação jurídica, a promoção dos direitos humanos
326) Resposta: Errado - Nos termos do art. 23, é considerado e a defesa, em todos os graus, judicial e extrajudicial,
tema de competência comum da União, dos Estados, do dos direitos individuais e coletivos, de forma integral e
Distrito Federal e dos Municípios: gratuita, aos necessitados. Segundo o parágrafo 1º os de-
fensores tem a garantia da inamovibilidade, mas não a
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

I - zelar pela guarda da Constituição, das leis e das insti- vitaliciedade.


PORTUGUESA

tuições democráticas e conservar o patrimônio público;

II - cuidar da saúde e assistência pública, da proteção e 329) Resposta: Certo - A extradição de brasileiro nato é termi-
garantia das pessoas portadoras de deficiência; nantemente proibida pela CF/88. NO entanto, com rela-
ção ao naturalizado, possível sua extradição se praticar
DIREITO

III - proteger os documentos, as obras e outros bens de crime comum antes da naturalização ou comprovado
valor histórico, artístico e cultural, os monumentos, as envolvimento com tráfico ilícito de entorpecentes e dro-
paisagens naturais notáveis e os sítios arqueológicos; gas afins. Essa possibilidade de extradição não é incondi-
cionada, posto que o país requerente da extradição deve

99
garantir que nenhuma modalidade de pena degradante, 335) Resposta: Errado - A norma de eficácia contida, assim
como aquelas previstas pela CF/88, serão aplicadas ao in- como a de eficácia plena é autoaplicável. Logo, não pre-
divíduo. Caso o país requerente aplique a pena de morte cisa do legislador para criar regulamentação para seu
para determinado crime e o indivíduo esteja no Brasil, exercício. Portanto, a norma que disciplina o livre exercí-
a extradição apenas se procederá se for garantida a não cio de trabalho ou profissão já é autoexecutável, poden-
punição com a perda da vida do acusado. do ser regulamentado o exercício de alguma profissão em
específico.

330) Resposta: Errado - O Procurador-geral da República


necessita ser membro da carreira do Ministério Público; 336) Resposta: Certo - Conforme art. 134 que disciplina a
deve ter mais de 35 anos e passar pela aprovação do Se- defensoria pública, nos termos do parágrafo 2º, são as-
nado Federal com a anuência da maioria absoluta dos seguradas autonomia funcional e administrativa e a ini-
membros. O mandato é de dois anos. Permitidas as re- ciativa de sua proposta orçamentária dentro dos limites
conduções, não tendo limitações, bastando aprovação do estabelecidos na lei de diretrizes orçamentárias e subor-
Senado Federal. dinação ao disposto no art. 99, § 2º.

331) Resposta: Certo - Segundo o art. 95 parágrafo único, aos 337) Resposta: Errado - Art. 95. Os juízes gozam das seguintes
juízes é vedado exercer a advocacia no juízo ou tribunal garantias:
do qual se afastou, antes de decorridos três anos do afas-
tamento do cargo por aposentadoria ou exoneração. I - vitaliciedade, que, no primeiro grau, só será adquiri-
da após dois anos de exercício, dependendo a perda do
cargo, nesse período, de deliberação do tribunal a que o
332) Resposta: Errado - A regra do quinto garante que 1/5 das juiz estiver vinculado, e, nos demais casos, de sentença
vagas de alguns tribunais (TRF, TJ´s, TST, TRT) sejam judicial transitada em julgado;
ocupadas por membros da advocacia e do ministério pú-
blico, com a finalidade de deixar a instituição oxigenada II - inamovibilidade, salvo por motivo de interesse públi-
pelos posicionamentos de profissionais não ligados dire- co, na forma do art. 93, VIII;
tamente ao judiciário. A regra do quinto não se aplica ao
STJ, mas sim a regra do terço constitucional, segundo o III - irredutibilidade de subsídio, ressalvado o disposto
qual 1/3 das vagas são reservadas aos membros do MP nos arts. 37, X e XI, 39, § 4º, 150, II, 153, III, e 153, § 2º, I
e da OAB. Portanto, dos 33 assentos do STJ 11 vagas são
reservadas aos membros da OAB e MP.
338) Resposta: Errado - A CF/88 em seu artigo 37, a adminis-
tração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes
333) Resposta: Errado - A questão pretende verificar no can- da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municí-
didato seu conhecimento a respeito da vitaliciedade e pios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoali-
da estabilidade. A vitaliciedade é adquirida após 02 de dade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao
atividade na função, já a estabilidade após 03 anos. No seguinte: I - os cargos, empregos e funções públicas são
que tange a vitaliciedade, caso o ingresso seja por meio acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos es-
da regra no quinto constitucional, os ingressantes a con- tabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma
quistam imediatamente ao ato da posse. Além da vitali- da lei. Deste modo, não há distinção.
ciedade, garantido ao magistrado a inamovibilidade e a
irredutibilidade de subsídios.
339) Resposta: Errado - Uma das principais diferenças entre
a lei complementar e a lei ordinária é que algumas situ-
334) Resposta: Certo - A CF/88 apresenta em seu primeiro ar- ações a própria CF/88 determina seja feita por lei com-
tigo os princípios fundamentais da república federativa plementar. Outra diferença é o quórum para aprovação.
do Brasil, ou seja, os alicerces em que se apoia o país. Se- Uma lei complementar demanda um número maior de
gundo o artigo 1º, a República Federativa do Brasil, for- votantes aprovando. No que tange a temática desta ques-
mada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e tão, deve o estatuto da magistratura ser tratado por lei
do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático complementar, conforme art. 93.
de Direito. Tem os seguintes fundamentos:
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

I - a soberania; 340) Resposta: Certo - Os tribunais estaduais devem estar


PORTUGUESA

presentes, por óbvio, em todos os estados da federação, o


II - a cidadania que não ocorre com os TRF´s que como o próprio nome
informa, são distribuídos e organizados por regiões. Os
III - a dignidade da pessoa humana; Tribunais Regionais Federais compõem-se de, no míni-
mo, sete juízes, recrutados, quando possível, na respectiva
DIREITO

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; região e nomeados pelo Presidente da República dentre
brasileiros com mais de trinta e menos de sessenta e cinco
V - o pluralismo político. anos. Nos termos do art. 107 §3º, os Tribunais Regionais

100
Federais poderão funcionar descentralizadamente, cons- 346) Resposta: Certo - Nos termos do art. 109, compete aos ju-
tituindo Câmaras regionais, a fim de assegurar o pleno ízes federais:
acesso do jurisdicionado à justiça em todas as fases do
processo. I - as causas em que a União, entidade autárquica ou
empresa pública federal forem interessadas na condição
de autoras, rés, assistentes ou oponentes, exceto as de fa-
lência, as de acidentes de trabalho e as sujeitas à Justiça
341) Resposta: Errado - As características apresentadas são Eleitoral e à Justiça do Trabalho;
das normas de eficácia limitada. As normas de eficácia
contida são aplicadas imediatamente, porém, podem vir II - as causas entre Estado estrangeiro ou organismo in-
a sofrer determinada regulamentação por lei infracons- ternacional e Município ou pessoa domiciliada ou resi-
titucional. É o caso do liberdade exercer qualquer ofício dente no País;
ou profissão, tem aplicação imediata; mas determinadas
profissões, como por exemplo a advocacia que seu exercí-
cio ficou condicionado a observância de lei disciplinan- III - as causas fundadas em tratado ou contrato da União
do a carreira. Portanto, a liberdade de exercer qualquer com Estado estrangeiro ou organismo internacional;
ofício é de aplicação imediata, mas certas profissões po-
dem futuramente ser regulamentadas, ou seja, pode o le- IV - os crimes políticos e as infrações penais praticadas
gislador restringir a aplicação dessa norma. em detrimento de bens, serviços ou interesse da União ou
de suas entidades autárquicas ou empresas públicas, ex-
cluídas as contravenções e ressalvada a competência da
Justiça Militar e da Justiça Eleitoral;
342) Resposta: Errado - Segundo a CF/88 os direitos funda-
mentais são válidos para pessoas físicas e jurídicas, até V - os crimes previstos em tratado ou convenção interna-
por que o próprio caput do artigo informa que “todos cional, quando, iniciada a execução no País, o resultado
são iguais perante a lei”. No entanto, em se tratando de tenha ou devesse ter ocorrido no estrangeiro, ou recipro-
pessoa física e jurídica, apesar do direito à liberdade de camente;
locomoção, não pode uma pessoa jurídica se locomover;
ato contínuo, em regra não pode também ser alcançada V-A as causas relativas a direitos humanos a que se refere
pelo Habeas corpus. O direito ao voto é outra modalidade o § 5º deste artigo;
de regra constitucional que não alcança uma pessoa jurí-
dica. Nestes termos, incorreta a questão.
VI - os crimes contra a organização do trabalho e, nos ca-
sos determinados por lei, contra o sistema financeiro e a
ordem econômico-financeira;
343) Resposta: Certo - A dignidade da pessoa humana está
elencada no art. 1º da CF/88 como um dos fundamentos VII - os habeas corpus, em matéria criminal de sua com-
que se assenta a República Federativa do Brasil, além da petência ou quando o constrangimento provier de auto-
soberania, cidadão, valores sociais do trabalho e da livre ridade cujos atos não estejam diretamente sujeitos a ou-
iniciativa e o pluralismo político. tra jurisdição;

VIII - os mandados de segurança e os habeas data contra


ato de autoridade federal, excetuados os casos de compe-
344) Resposta: Errado - A questão traz exatamente a diferen- tência dos tribunais federais;
ça entre a aplicação das normas constitucionais. A nor-
ma de eficácia plena tem aplicação imediata e não pode IX - os crimes cometidos a bordo de navios ou aeronaves,
ser restringida. Já a norma de eficácia contida, apesar de ressalvada a competência da Justiça Militar;
sua aplicação imediata, poderá ser restringida pelo legis-
lador. É exatamente o caso do enunciado da questão. A X - os crimes de ingresso ou permanência irregular de es-
liberdade de exercício de trabalho, ofício ou profissão tem trangeiro, a execução de carta rogatória, após o “exequa-
aplicação imediata, mas o legislador poderá restringir o tur”, e de sentença estrangeira, após a homologação, as
exercício de alguma delas, como o exercício da advocacia causas referentes à nacionalidade, inclusive a respectiva
opção, e à naturalização;
que demanda aprovação no exame da OAB. Atenção! A
norma de eficácia contida tem aplicação imediata, não XI - a disputa sobre direitos indígenas.
precisando de lei para exercê-la; poderá a lei, no entanto,
restringir o exercício de alguma profissão.
347) Resposta: Certo - As funções essenciais à justiça são
aquelas indispensáveis a movimentação do poder judi-
345) Resposta: Certo - A Defensoria Pública é instituição per- ciário. São elas: ministério público, advocacia-geral da
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

manente, essencial à função jurisdicional do Estado, in- união, advocacia privada e defensorias públicas.
cumbindo-lhe, como expressão e instrumento do regime
PORTUGUESA

democrático, fundamentalmente, a orientação jurídica,


a promoção dos direitos humanos e a defesa, em todos os
graus, judicial e extrajudicial, dos direitos individuais e 348) Resposta: Errado - Ao Presidente da República a CF/88
coletivos, de forma integral e gratuita, aos necessitados, incumbiu determinadas funções, cuja delegação não é
na forma do inciso LXXIV do art. 5º desta Constituição permitida, independente de abertura da sessão legislati-
va. Deste modo, nos termos do art. 84 VI, compete priva-
DIREITO

Federal; são asseguradas autonomia funcional e admi-


nistrativa e a iniciativa de sua proposta orçamentária tivamente ao Presidente da República dispor, mediante
dentro dos limites estabelecidos na lei de diretrizes orça- decreto, sobre:
mentárias.

101
a) organização e funcionamento da administração fede- III - autodeterminação dos povos;
ral, quando não implicar aumento de despesa nem cria-
ção ou extinção de órgãos públicos; IV - não-intervenção;

b) extinção de funções ou cargos públicos, quando vagos. V - igualdade entre os Estados;

Além de prover e extinguir os cargos públicos federais, na VI - defesa da paz;


forma da lei.
VII - solução pacífica dos conflitos;

349) Resposta: Letra B - O Supremo Tribunal Federal com- VIII - repúdio ao terrorismo e ao racismo;
põe-se de onze Ministros, escolhidos dentre cidadãos
com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cin- IX - cooperação entre os povos para o progresso da huma-
co anos de idade, de notável saber jurídico e reputação nidade;
ilibada. Os Ministros do Supremo Tribunal Federal se-
rão nomeados pelo Presidente da República, depois de X - concessão de asilo político.
aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado
Federal.
351) Resposta: Letra D - As competências privativas do Pre-
sidente da República estão previstas no art. 84 da CF/88.
350) Resposta: Letra A - Nos termos do art. 1º, os fundamen- Segundo inciso XIX, compete privativamente ao mesmo
tos da República são: soberania, cidadania, dignidade declarar guerra, no caso de agressão estrangeira, auto-
da pessoa humana, valores sociais do trabalho e livre rizado pelo Congresso Nacional ou referendado por ele,
iniciativa, pluralismo político. As alternativas B, C e D se quando ocorrida no intervalo das sessões legislativas, e,
referem aos objetivos da República, previstos no art. 3º. nas mesmas condições, decretar, total ou parcialmente,
A alternativa E, por sua vez, se refere aos princípios que a mobilização nacional. Nesse circunstância poderá ser
regem as relações internacionais. Seguem abaixo artigos aplicada a pena de morte, única hipótese prevista pela
de lei com respectivos grifos. Constituição Federal.

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela


união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito 352) Resposta: Letra C - A CF/88 veda qualquer forma de
Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e discriminação entre brasileiro nato e naturalizado. No
tem como fundamentos: entanto, com a finalidade de resguardar a soberania do
país, reservou alguns cargos para o brasileiro nato. São
I - a soberania; eles (art. 12 §3º):

II - a cidadania São privativos de brasileiro nato os cargos:

III - a dignidade da pessoa humana; I - de Presidente e Vice-Presidente da República;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; II - de Presidente da Câmara dos Deputados;

V - o pluralismo político. III - de Presidente do Senado Federal;

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República IV - de Ministro do Supremo Tribunal Federal;


Federativa do Brasil:
V - da carreira diplomática;
I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
VI - de oficial das Forças Armadas.
II - garantir o desenvolvimento nacional;
VII - de Ministro de Estado da Defesa
III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as
desigualdades sociais e regionais;
353) Resposta: Letra C - Item I
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de ori-


PORTUGUESA

gem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de Art. 52. Compete privativamente ao Senado Federal:
discriminação.
II - processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas Federal, os membros do Conselho Nacional de Justiça e
relações internacionais pelos seguintes princípios: do Conselho Nacional do Ministério Público, o Procu-
DIREITO

rador-Geral da República e o Advogado-Geral da União


I - independência nacional; nos crimes de responsabilidade.
II - prevalência dos direitos humanos; Item II

102
Art. 129 §5º I II - preservar a diversidade e a integridade do patrimônio
genético do País e fiscalizar as entidades dedicadas à pes-
Leis complementares da União e dos Estados, cuja ini- quisa e manipulação de material genético;
ciativa é facultada aos respectivos Procuradores-Gerais,
estabelecerão a organização, as atribuições e o estatuto III - definir, em todas as unidades da Federação, espaços
de cada Ministério Público, observadas, relativamente a territoriais e seus componentes a serem especialmente
seus membros: protegidos, sendo a alteração e a supressão permitidas
somente através de lei, vedada qualquer utilização que
I - as seguintes garantias: a) vitaliciedade, após dois anos comprometa a integridade dos atributos que justifiquem
de exercício, não podendo perder o cargo senão por sen- sua proteção;
tença judicial transitada em julgado
IV - exigir, na forma da lei, para instalação de obra ou
atividade potencialmente causadora de significativa de-
Item III
gradação do meio ambiente, estudo prévio de impacto
ambiental, a que se dará publicidade;
Art. 129 §1º São princípios institucionais do Ministério
Público a unidade, a indivisibilidade e a independência V - controlar a produção, a comercialização e o emprego
funcional. de técnicas, métodos e substâncias que comportem risco
para a vida, a qualidade de vida e o meio ambiente;
Item IV
VI - promover a educação ambiental em todos os níveis
Art. 105. Compete ao Superior Tribunal de Justiça: de ensino e a conscientização pública para a preservação
do meio ambiente;
I - processar e julgar, originariamente:
VII - proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei,
a) nos crimes comuns, os Governadores dos Estados e do as práticas que coloquem em risco sua função ecológica,
Distrito Federal, e, nestes e nos de responsabilidade, os provoquem a extinção de espécies ou submetam os ani-
desembargadores dos Tribunais de Justiça dos Estados e mais a crueldade. (atualizado pela EC 96/17).
do Distrito Federal, os membros dos Tribunais de Contas
dos Estados e do Distrito Federal, os dos Tribunais Regio- § 2º Aquele que explorar recursos minerais fica obrigado
nais Federais, dos Tribunais Regionais Eleitorais e do Tra- a recuperar o meio ambiente degradado, de acordo com
balho, os membros dos Conselhos ou Tribunais de Contas solução técnica exigida pelo órgão público competente,
dos Municípios e os do Ministério Público da União que na forma da lei.
oficiem perante tribunais
§ 3º As condutas e atividades consideradas lesivas ao
meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou
354) Resposta: Letra B -São condições de elegibilidade, na for- jurídicas, a sanções penais e administrativas, indepen-
ma da lei, a idade mínima de: dentemente da obrigação de reparar os danos causados.

a) trinta e cinco anos para Presidente e Vice-Presidente § 4º A Floresta Amazônica brasileira, a Mata Atlântica, a
da República e Senador; Serra do Mar, o Pantanal Mato-Grossense e a Zona Cos-
teira são patrimônio nacional, e sua utilização far-se-á,
b) trinta anos para Governador e Vice-Governador de Es- na forma da lei, dentro de condições que assegurem a
tado e do Distrito Federal; preservação do meio ambiente, inclusive quanto ao uso
dos recursos naturais.
c) vinte e um anos para Deputado Federal, Deputado Es-
tadual ou Distrital, Prefeito, Vice-Prefeito e juiz de paz; § 5º São indisponíveis as terras devolutas ou arrecadadas
pelos Estados, por ações discriminatórias, necessárias à
d) dezoito anos para Vereador. proteção dos ecossistemas naturais.

§ 6º As usinas que operem com reator nuclear deverão ter


sua localização definida em lei federal, sem o que não po-
355) Resposta: Letra D - Art. 225. Todos têm direito ao meio derão ser instaladas.
ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso co-
mum do povo e essencial à sadia qualidade de vida,
LÍNGUA CONSTITUCIONAL

§ 7º Para fins do disposto na parte final do inciso VII do


impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de § 1º deste artigo, não se consideram cruéis as práticas
PORTUGUESA

defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gera- desportivas que utilizem animais, desde que sejam ma-
ções. nifestações culturais, conforme o § 1º do art. 215 desta
Constituição Federal, registradas como bem de natureza
§ 1º Para assegurar a efetividade desse direito, incumbe imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro,
ao Poder Público: devendo ser regulamentadas por lei específica que asse-
DIREITO

gure o bem-estar dos animais envolvidos.


I - preservar e restaurar os processos ecológicos essenciais
e prover o manejo ecológico das espécies e ecossistemas;

103
356) Resposta: Letra D - O Ministério Público é instituição § 18. Incidirá contribuição sobre os proventos de
permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, aposentadorias e pensões concedidas pelo regime de
incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime que trata este artigo que superem o limite máximo
democrático e dos interesses sociais e individuais indis- estabelecido para os benefícios do regime geral de
poníveis. São princípios institucionais do Ministério previdência social de que trata o art. 201, com percentual
Público a unidade, a indivisibilidade e a independên- igual ao estabelecido para os servidores titulares de
cia funcional. Atenção! Não confundir com as garantias cargos efetivos. (Incluído pela Emenda Constitucional nº
conferidas aos membros do MP que seria a vitaliciedade, 41, 19.12.2003)
irredutibilidade de subsídio e inamovibilidade.
§ 21. A contribuição prevista no § 18 deste artigo incidirá
357) Resposta: Letra C - Art. 86. Admitida a acusação contra apenas sobre as parcelas de proventos de aposentadoria
o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos e de pensão que superem o dobro do limite máximo
Deputados, será ele submetido a julgamento perante o estabelecido para os benefícios do regime geral de
Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, previdência social de que trata o art. 201 desta Constitui-
ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabili- ção, quando o beneficiário, na forma da lei, for portador
dade. de doença incapacitante. (Incluído pela Emenda Consti-
tucional nº 47, de 2005)
§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções:

I - nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia 359) Resposta: Certo - CF/88. Art. 40. Aos servidores titula-
ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal; res de cargos efetivos da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e
II - nos crimes de responsabilidade, após a instauração fundações, é assegurado regime de previdência de cará-
do processo pelo Senado Federal. ter contributivo e solidário, mediante contribuição do
respectivo ente público, dos servidores ativos e inativos
§ 2º Se, decorrido o prazo de cento e oitenta dias, o jul- e dos pensionistas, observados critérios que preservem o
gamento não estiver concluído, cessará o afastamento do equilíbrio financeiro e atuarial e o disposto neste artigo.
Presidente, sem prejuízo do regular prosseguimento do
processo. § 18. Incidirá contribuição sobre os proventos de
aposentadorias e pensões concedidas pelo regime de
§ 3º Enquanto não sobrevier sentença condenatória, nas que trata este artigo que superem o limite máximo
infrações comuns, o Presidente da República não estará estabelecido para os benefícios do regime geral de
sujeito a prisão. previdência social de que trata o art. 201, com percentual
igual ao estabelecido para os servidores titulares de
§ 4º O Presidente da República, na vigência de seu man- cargos efetivos.
dato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos
ao exercício de suas funções. § 21. A contribuição prevista no § 18 deste artigo
incidirá apenas sobre as parcelas de proventos de
aposentadoria e de pensão que superem o dobro do
DIREITO PREVIDENCIÁRIO limite máximo estabelecido para os benefícios do regime
geral de previdência social de que trata o art. 201 desta
Constituição, quando o beneficiário, na forma da lei, for
358) Resposta: Errado - CF. Art. 195. A seguridade social será
portador de doença incapacitante.
financiada por toda a sociedade, de forma direta e indire-
ta, nos termos da lei, mediante recursos provenientes dos
orçamentos da União, dos Estados, do Distrito Federal e
360) Resposta: Errado - Não é sobre o valor total. É sobre o
dos Municípios, e das seguintes contribuições sociais:
valor que exceder o teto previsto para o RGPS.
II - do trabalhador e dos demais segurados da previdên- CF. Art. 40. § 18. Incidirá contribuição sobre os proventos
cia social, não incidindo contribuição sobre aposentado- de aposentadorias e pensões concedidas pelo regime de
ria e pensão concedidas pelo regime geral de previdência que trata este artigo que superem o limite máximo esta-
social de que trata o art. 201; (Redação dada pela Emen- belecido para os benefícios do regime geral de previdên-
da Constitucional nº 20, de 1998). cia social de que trata o art. 201, com percentual igual ao
estabelecido para os servidores titulares de cargos efeti-
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

CF. Art. 40. Aos servidores titulares de cargos efetivos da vos.


PORTUGUESA

União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,


incluídas suas autarquias e fundações, é assegurado re-
gime de previdência de caráter contributivo e solidário, 361) Resposta: Errado - Lei 8.212 - Art. 12. São segurados obri-
mediante contribuição do respectivo ente público, dos gatórios da Previdência Social as seguintes pessoas físi-
servidores ativos e inativos e dos pensionistas, observados cas:
DIREITO

critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial


e o disposto neste artigo. (Redação dada pela Emenda g) o servidor público ocupante de cargo em comissão, sem
Constitucional nº 41, 19.12.2003) vínculo efetivo com a União, Autarquias, inclusive em re-
gime especial, e Fundações Públicas Federais;

104
Lei 8.112 - Art. 183. A União manterá Plano de Segurida- 364) Resposta: Certo - LEI 8.212
de Social para o servidor e sua família.
Art. 20. A contribuição do empregado, inclusive o domés-
§ 1º O servidor ocupante de cargo em comissão que não tico, e a do trabalhador avulso é calculada mediante a
seja, simultaneamente, ocupante de cargo ou emprego aplicação da correspondente alíquota sobre o seu salá-
efetivo na administração pública direta, autárquica e rio-de-contribuição mensal, de forma não cumulativa,
fundacional não terá direito aos benefícios do Plano de observado o disposto no art. 28, de acordo com a seguinte
Seguridade Social [RPPS], com exceção da assistência à tabela:
saúde.

CF - Art. 40 365) Resposta: Certo - LEI 8.213

§ 13 - Ao servidor ocupante, exclusivamente, de cargo Art. 42. A aposentadoria por invalidez, uma vez cumpri-
em comissão declarado em lei de livre nomeação e da, quando for o caso, a carência exigida, será devida ao
exoneração bem como de outro cargo temporário ou de segurado que, estando ou não em gozo de auxílio-doen-
emprego público (celetista), aplica-se o regime geral de ça, for considerado incapaz e insusceptível de reabilita-
previdência social. ção para o exercício de atividade que lhe garanta a sub-
sistência, e ser-lhe-á paga enquanto permanecer nesta
condição.
362) Resposta: Errado - Decreto 3048:
§ 1º A concessão de aposentadoria por invalidez
Art. 6º A previdência social compreende: dependerá da verificação da condição de incapacidade
mediante exame médico-pericial a cargo da Previdência
I - o Regime Geral de Previdência Social (RGPS); Social, podendo o segurado, às suas expensas, fazer-se
acompanhar de médico de sua confiança.
II - os regimes próprios de previdência social dos servido-
res públicos e dos militares (RPPS).
366) Resposta: Errado - LEI 8.213

363) Resposta: Errado - Lei 8.213/91 Art. 59. O auxílio-doença será devido ao segurado que,
havendo cumprido, quando for o caso, o período de ca-
Art. 18. O Regime Geral de Previdência Social compreen- rência exigido nesta Lei, ficar incapacitado para o seu
de as seguintes prestações, devidas inclusive em razão de trabalho ou para a sua atividade habitual por mais de
eventos decorrentes de acidente do trabalho, expressas
15 (quinze) dias consecutivos.
em benefícios e serviços:

I - quanto ao segurado:
367) Resposta: Certo - Lei 8213
a) aposentadoria por invalidez;
Art. 108. Mediante justificação processada perante a Pre-
b) aposentadoria por idade; vidência Social, observado o disposto no § 3º do art. 55 e
na forma estabelecida no Regulamento, poderá ser supri-
c) aposentadoria por tempo de contribuição; da a falta de documento ou provado ato do interesse de
beneficiário ou empresa, salvo no que se refere a registro
d) aposentadoria especial; público.
e) auxílio-doença;

f ) salário-família; 368) Resposta: Errado - Lei nº 8.213/91:

g) salário-maternidade; Art. 27-A. No caso de perda da qualidade de segurado,


para efeito de carência para a concessão dos benefícios de
h) auxílio-acidente; que trata esta Lei, o segurado deverá contar, a partir da
nova filiação à Previdência Social, com metade dos pe-
II - quanto ao dependente: ríodos previstos nos incisos I e III do caput do art. 25 desta
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

Lei. (lei 13.457/2017)


PORTUGUESA

a) pensão por morte;

b) auxílio-reclusão; 369) Resposta: Errado - Pensão por morte (alterada pela MP


644/2014, convertida na Lei 13.135/15)
III - quanto ao segurado e dependente:
DIREITO

Conceito: benefício concedido aos dependentes pela mor-


b) serviço social; te do segurado.
c) reabilitação profissional.

105
O cônjuge ou companheiro terá o direito mínimo de Competências Legislativas
quatro meses se o óbito ocorrer antes de o segurado ter
contribuído por pelo menos dezoito meses ou o óbito Seguridade social = Privativa da União
ocorrer antes de dois anos de casamento ou de união es-
tável. Previdência Social = Competência concorrente entre a
União, aos Estados e ao DF.

370) Resposta: Certo - É uma inequação! O Distrito Federal também tem competência legislativa
delegada, em que a União o autoriza, por lei complemen-
Segundo este artigo da Lei 8212: tar, que legisle sobre matéria de sua competência privati-
va, que estão relacionadas no art. 22.
C = 20%SC -> C = 0,2xSC

Substituindo:
376) Resposta: Certo - Art. 11. São segurados obrigatórios da
C > 700 -> 0,2 x SC > 700 -> SC > 3500 Previdência Social as seguintes pessoas físicas: (Reda-
ção dada pela Lei nº 8.647, de 1993)

371) Resposta: Certo - Art. 194. VII - caráter democrático e I - como empregado: (Redação dada pela Lei nº 8.647,
descentralizado da administração, mediante gestão de 1993)
quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos
empregadores, dos aposentados e do Governo nos órgãos a) aquele que presta serviço de natureza urbana ou rural
colegiados. à empresa, em caráter não eventual, sob sua subordina-
ção e mediante remuneração, inclusive como diretor em-
pregado;
372) Resposta: Errado - É precursora a Lei Eloi Chaves da
Previdência Social, e não Seguridade Social, como disse o VII – como segurado especial: a pessoa física residente no
enunciado da tratativa. Ademais, não foi o primeiro ato imóvel rural ou em aglomerado urbano ou rural próxi-
legislativo voltado para proteger/garantir direitos previ- mo a ele que, individualmente ou em regime de econo-
denciários a empregados, mas a que mais se assemelha mia familiar, ainda que com o auxílio eventual de tercei-
ao sistema nacional previdenciário atualmente existen- ros, na condição de:
te no Brasil. Veja-se: “Embora tenham existido outras
iniciativas anteriores, a Lei Elói Chaves é considerada o a) produtor, seja proprietário, usufrutuário, possuidor,
marco histórico da previdência pelas características mais assentado, parceiro ou meeiro outorgados, comodatário
próximas ao conceito atual de previdência social”. Fonte: ou arrendatário rurais, que explore atividade:
http://justificando.cartacapital.com.br/2017/02/17/da-
-lei-eloy-chaves-reforma-da-previdencia-desigualdade- 1. agropecuária em área de até 4 (quatro) módulos fis-
-e-privilegios/. cais;

373) Resposta: Certo - Art. 194. A seguridade social compreen- 377) Resposta: Certo - É um caso de contribuinte individual
de um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Po- pela Lei 8213:
deres Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os
direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência Art. 11
social.
(...)

374) Resposta: Certo - De acordo com a CF a saúde é direito de V - como contribuinte individual:
todos e dever do estado. Dessa forma, caso um estrangeiro
esteja no Brasil e necessite utilizar o SUS ele tem direito e) o brasileiro civil que trabalha no exterior para organis-
ao atendimento. Logo, a saúde faz parte da Seguridade mo oficial internacional do qual o Brasil é membro efeti-
Social juntamente com a assistência social e previdência vo, ainda que lá domiciliado e contratado, salvo quando
social. coberto por regime próprio de previdência social;
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO
PORTUGUESA

375) Resposta: Certo - Art. 22. Compete privativamente à 378) Resposta: Errado - Será contribuinte individual. Co-
União legislar sobre: brança da alínea c, inciso V, art. 11, 8213:

XXIII - seguridade social; c) o ministro de confissão religiosa e o membro de ins-


tituto de vida consagrada, de congregação ou de ordem
DIREITO

Parágrafo único. Lei complementar poderá autorizar os religiosa;


Estados a legislar sobre questões específicas das matérias
relacionadas neste artigo.

106
379) Resposta: Errado - É considerado segurado obrigatório 384) Resposta: Certo - Decreto 3.048/99
do RGPS na qualidade de contribuinte individual o
associado eleito para cargo de direção em cooperativa, Art. 20. Filiação é o vínculo que se estabelece entre pessoas
associação ou entidade de qualquer natureza, mesmo que contribuem para a previdência social e esta, do qual
que não receba remuneração. decorrem direitos e obrigações.

Correto é: § 1º A filiação à previdência social decorre automati-


camente do exercício de atividade remunerada para os
Art. 9º, V, ¨I¨, RPS. segurados obrigatórios, observado o disposto no § 2º, e
da inscrição formalizada com o pagamento da primeira
É considerado segurado obrigatório do RGPS na contribuição para o segurado facultativo.
qualidade de contribuinte individual o associado
eleito para cargo de direção em cooperativa, associação § 2º A filiação do trabalhador rural contratado por pro-
ou entidade de qualquer natureza, desde que receba dutor rural pessoa física por prazo de até dois meses den-
remuneração. tro do período de um ano, para o exercício de atividades
de natureza temporária, decorre automaticamente de
sua inclusão na GFIP, mediante identificação específica.
380) Resposta: Errado - Síndica do condomínio predial em
que resida e que receba como pró-labore a quantia equi-
valente a um salário mínimo será considerada segurada 385) Resposta: Certo - DECRETO 3.048
obrigatória do RGPS na qualidade de empregada. LEI
8.213/91 Art. 18. Considera-se inscrição de segurado para os efeitos
da previdência social o ato pelo qual o segurado é cadas-
V - como contribuinte individual: trado no Regime Geral de Previdência Social, mediante
comprovação dos dados pessoais e de outros elementos
f ) o titular de firma individual urbana ou rural, o diretor necessários e úteis a sua caracterização, observado o dis-
não empregado e o membro de conselho de administra- posto no art. 330 e seu parágrafo único, na seguinte for-
ção de sociedade anônima, o sócio solidário, o sócio de ma:
indústria, o sócio gerente e o sócio cotista que recebam
remuneração decorrente de seu trabalho em empresa ur- § 5º Presentes os pressupostos da filiação, admite-se a
bana ou rural, e o associado eleito para cargo de direção inscrição post mortem do segurado especial.
em cooperativa, associação ou entidade de qualquer na-
tureza ou finalidade, bem como o síndico ou administra-
dor eleito para exercer atividade de direção condominial, 386) Resposta: Errado - O segurado facultativo faz a inscrição
desde que recebam remuneração; antes da filiação, o que ocorre ao contrário para os segu-
rados obrigatórios.

381) Resposta: Errado - Lei 8213. Segundo, pelo Decreto 3048:

Art.11 § 1º Entende-se como regime de economia familiar Art. 11


a atividade em que o trabalho dos membros da família
é indispensável à própria subsistência e ao desenvolvi- (...)
mento socioeconômico do núcleo familiar e é exercido
em condições de mútua dependência e colaboração, sem § 3º A filiação na qualidade de segurado facultativo
a utilização de empregados permanentes. representa ato volitivo, gerando efeito somente a partir
da inscrição e do primeiro recolhimento, não podendo
retroagir e não permitindo o pagamento de contribuições
382) Resposta: Certo - Art. 11. É segurado facultativo o maior relativas a competências anteriores à data da inscrição,
de dezesseis anos de idade que se filiar ao Regime Geral ressalvado o § 3º do art. 28.
de Previdência Social, mediante contribuição, na forma
do art. 199, desde que não esteja exercendo atividade re-
munerada que o enquadre como segurado obrigatório da 387) Resposta: Errado - Os dados constantes dos cadastros in-
previdência social. formatizados da previdência social, como o Cadastro Na-
cional de Informações Sociais (CNIS), valem como prova
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

III - o estudante; da filiação à previdência social, do tempo de contribui-


PORTUGUESA

ção e dos salários-de-contribuição, desde que acompa-


nhados de outras provas documentais.
383) Resposta: Certo - Segundo o Decreto 3048, um segurado
especial que esteja recebendo recursos através de progra-
mas assistenciais do governo não lhe descaracteriza, con- 388) Resposta: Errado - Será empregado, conforme RPS art. 9,
DIREITO

tinuando a ser segurado especial. inciso I:

I - como empregado:

107
i) o servidor da União, Estado, Distrito Federal ou Muni- b) a receita ou o faturamento;
cípio, incluídas suas autarquias e fundações, ocupante,
exclusivamente, de cargo em comissão declarado em lei c) o lucro;
de livre nomeação e exoneração;

393) Resposta: Errado - Lei 8.212/91, Art. 20. A contribuição


389) Resposta: Errado - João exerce atividade econômica com do empregado, inclusive o doméstico, e a do trabalhador
finalidade lucrativa na sua própria residência. Recente- avulso é calculada mediante a aplicação da correspon-
mente, ele contratou Maria para fazer a limpeza de sua dente alíquota sobre o seu salário-de-contribuição men-
residência, de forma habitual e remunerada. Até esse sal, de forma não cumulativa, observado o disposto no
ponto da questão podemos afirmar que Maria é empre- art. 28, de acordo com a seguinte tabela:
gada doméstica e João é seu empregador doméstico e, in-
clusive, atender clientes. Nesse momento a segurada per-
Salário-de-contribuição Alíquota em %
de a característica que a diferenciava como doméstica,
pois ela está envolvida em atender clientes e não mais so- Até R$ 1.659,38 8,0
mente em atividades sem fins lucrativos, e o empregador
De R$ 1.659,39 a R$ 2.765,66 9,0
não é doméstico, pois a questão afirma que ele a utiliza
para atender seus clientes, se atende clientes se trata de De R$ 2.765,67 até R$ 5.531,31 11,0
uma empresa ou de um empreendedor que visa lucro o
que a própria questão diz no seu início inclusive dizendo § 1º Os valores do salário-de-contribuição serão
que na sua casa é o seu escritório, o decreto 3.048/99 diz: reajustados, a partir da data de entrada em vigor desta
Lei, na mesma época e com os mesmos índices que os do
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência social reajustamento dos benefícios de prestação continuada
as seguintes pessoas físicas: da Previdência Social.
II - como empregado doméstico - aquele que presta s​ ervi- § 2º O disposto neste artigo aplica-se também aos
ço de natureza contínua, mediante remuneração, a pes- segurados empregados e trabalhadores avulsos que
soa ou família, no âmbito residencial desta, em atividade prestem serviços a microempresas.
sem fins lucrativos;
Art. 21. A alíquota de contribuição dos segurados con-
tribuinte individual e facultativo será de vinte por cento
390) Resposta: Certo - ART. 15 equipara-se as empresas o con- sobre o respectivo salário-de-contribuição.
tribuinte individual e a pessoal física NA CONDIÇÃO DE
DONO OU PROPRIETARIO DE CONSTRUÇÃO CIVIL, em I - 11% (onze por cento), no caso do segurado contribuin-
relação ao segurado que lhe preste serviço. te individual, ressalvado o disposto no inciso II, que tra-
balhe por conta própria, sem relação de trabalho com
empresa ou equiparado e do segurado facultativo, obser-
391) Resposta: Errado - LEI 8.212 vado o disposto na alínea b do inciso II deste parágrafo;
Art. 16. A contribuição da União é constituída de recur- II - 5% (cinco por cento):
sos adicionais do Orçamento Fiscal, fixados obrigatoria-
mente na lei orçamentária anual.
a) no caso do microempreendedor individual, de que
trata o art. 18-A da Lei Complementar no 123, de 14 de
Parágrafo único. A União é responsável pela cobertura
de eventuais insuficiências financeiras da Seguridade dezembro de 2006; e
Social, quando decorrentes do pagamento de benefícios
de prestação continuada da Previdência Social, na forma b) do segurado facultativo sem renda própria que se de-
da Lei Orçamentária Anual. dique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito
de sua residência, desde que pertencente a família de bai-
xa renda.
392) Resposta: Certo - De acordo com o caput do art. 195 da
CF, a Seguridade Social será financiada por toda a socie-
dade, de forma direta e indireta, nos termos da lei, me- 394) Resposta: Errado - Não é inferior! As alíquotas para em-
diante recursos provenientes da União, dos Estados, do pregados, empregados domésticos e avulsos variam entre
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

DF e dos municípios, e DAS SEGUINTES CONTRIBUI- 8,9 e 11%.


PORTUGUESA

ÇÕES SOCIAIS:
Art. 20 da Lei 8.212/91 - A contribuição do emprega-
I - DO EMPREGADOR, DA EMPRESA e da entidade a ela do, inclusive o doméstico, e a do trabalhador avulso é
equipara na forma da lei, incidente sobre: calculada mediante a aplicação da correspondente alí-
quota sobre o seu salário-de-contribuição mensal, de for-
DIREITO

a) a folha de salários e demais rendimentos do trabalho ma não cumulativa, observado o disposto no art. 28, de
pagos ou creditados, a qualquer título, à pessoa física que acordo com a seguinte tabela:
lhe preste serviço, mesmo sem vínculo empregatício;

108
401) Resposta: Errado - Lei 8212:
Salário-de-contribuição Alíquota em %
Até R$ 1.659,38 8,0 Art. 28
De R$ 1.659,39 a R$ 2.765,66 9,0
(...)
De R$ 2.765,67 até R$ 5.531,31 11,0
§ 9º Não integram o salário-de-contribuição para os fins
desta Lei, exclusivamente:
395) Resposta: Errado - Art. 24. A contribuição do emprega-
dor doméstico incidente sobre o salário de contribuição d) as importâncias recebidas a título de férias indeniza-
do empregado doméstico a seu serviço é de: das e respectivo adicional constitucional, inclusive o va-
lor correspondente à dobra da remuneração de férias de
I - 8% (oito por cento); e (Incluído pela Lei nº 13.202, de que trata o art. 137 da Consolidação das Leis do Traba-
2015) lho-CLT.

II - 0,8% (oito décimos por cento) para o financiamento


do seguro contra acidentes de trabalho. 402) Resposta: Certo - Lei 8212:

TOTAL: 8,8%(Sobre o valor discriminado na CTPS) Art. 30. A arrecadação e o recolhimento das contribuições
ou de outras importâncias devidas à Seguridade Social
obedecem às seguintes normas:
396) Resposta: Errado - Empresas - 20%(em regra)
I - a empresa é obrigada a:
Associações desportivas - 5%
(...)

b) recolher os valores arrecadados na forma da alínea


397) Resposta: Certo - Art. 195 A seguridade social será finan-
a deste inciso, a contribuição a que se refere o inciso IV
ciada [...] e das seguintes contribuições sociais:
do art. 22 desta Lei, assim como as contribuições a seu
cargo incidentes sobre as remunerações pagas, devidas
[...]
ou creditadas, a qualquer título, aos segurados emprega-
dos, trabalhadores avulsos e contribuintes individuais a
III - SOB A RECEITA DE CONCURSO PROGNOSTICOS
seu serviço até o dia 20 (vinte) do mês subsequente ao da
competência;
398) Resposta: Certo - LEI Nº 8.212, DE 24 DE JULHO DE
1991.
403) Resposta: Errado - Decreto 3048:
Art. 28. § 9º Não integram o salário-de-contribuição para
Art. 216
os fins desta Lei, exclusivamente:
(...)
a) os benefícios da previdência social, nos termos e limi-
tes legais, salvo o salário-maternidade;
§ 4º A pessoa jurídica de direito privado beneficiada pela
isenção de que tratam os arts. 206 ou 207 é obrigada a
arrecadar a contribuição do segurado empregado e do
399) Resposta: Certo - Fundamento: art. 28, IV da Lei 8.212/91. trabalhador avulso a seu serviço, descontando-a da res-
pectiva remuneração, e recolhê-la no prazo referido na
Art. 28. Entende-se por salário-de-contribuição: alínea “b” do inciso I.
(...)
404) Resposta: Certo - LEI 8.212
IV - para o segurado facultativo: o valor por ele declara-
do, observado o limite máximo a que se refere o § 5o. (In-
cluído pela Lei nº 9.876, de 1999). Art. 33. À Secretaria da Receita Federal do Brasil compete
planejar, executar, acompanhar e avaliar as atividades
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

relativas à tributação, à fiscalização, à arrecadação, à co-


PORTUGUESA

brança e ao recolhimento das contribuições sociais pre-


400) Resposta: Certo - Lei 12.618/12 Art. 216, XIII § 28. Cabe
ao próprio contribuinte individual que prestar serviços, vistas no parágrafo único do art. 11 desta Lei, das contri-
no mesmo mês, a mais de uma empresa, cuja soma das buições incidentes a título de substituição e das devidas a
remunerações superar o limite mensal do salário-de- outras entidades e fundos.
-contribuição, comprovar às que sucederem à primeira
DIREITO

o valor ou valores sobre os quais já tenha incidido o des-


conto da contribuição, de forma a se observar o limite 405) Resposta: Errado - Decreto 3048:
máximo do salário-de-contribuição.

109
Art. 244. As contribuições e demais importâncias devidas 407) Resposta: Errado - Código Penal:
à seguridade social e não recolhidas até seu vencimen-
to, incluídas ou não em notificação fiscal de lançamen- Art. 168-A. Deixar de repassar à previdência social as
to, após verificadas e confessadas, poderão ser objeto de contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e
acordo, para pagamento parcelado em moeda corrente, forma legal ou convencional.
em até sessenta meses sucessivos, observado o número de
até quatro parcelas mensais para cada competência a se- Pena – reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.
rem incluídas no parcelamento.
§ 3º É facultado ao juiz deixar de aplicar a pena ou
§ 1º Não poderão ser objeto de parcelamento as aplicar somente a multa, se o agente for primário e de
contribuições descontadas dos segurados empregado, bons antecedentes,
inclusive o doméstico, trabalhador avulso e contribuinte
individual, as decorrentes da sub-rogação de que tratam Desde que:
os incisos I e II do § 7º do art. 200 e as importâncias reti-
das na forma do art. 219. I - tenha promovido, após o início da ação fiscal e antes
de oferecida a denúncia, o pagamento da contribuição
social previdenciária, inclusive acessórios; ou
406) Resposta: Errado - Segundo o Decreto 3048:
II - o valor das contribuições devidas, inclusive acessó-
Art. 239. As contribuições sociais e outras importâncias rios, seja igual ou inferior àquele estabelecido pela previ-
arrecadadas pelo Instituto Nacional do Seguro Social, dência social, administrativamente, como sendo o míni-
incluídas ou não em notificação fiscal de lançamento, mo para o ajuizamento de suas execuções fiscais
pagas com atraso, objeto ou não de parcelamento, ficam
sujeitas a:
408) Resposta: Certo - Código Penal:
(...)
Art. 168-A. Deixar de repassar à previdência social as
III - multa variável, de caráter irrelevável, nos seguintes contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e
percentuais, para fatos geradores ocorridos a partir de 28 forma legal ou convencional.
de novembro de 1999:
Pena – reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.
a) para pagamento após o vencimento de obrigação NÃO
INCLUÍDA em notificação fiscal de lançamento (varia de
8% a 20%): 409) Resposta: Errado - Decreto 3048,
1. oito por cento, dentro do mês de vencimento da obriga- Art. 305, § 3º O Instituto Nacional do Seguro Social e a
ção; Secretaria da Receita Previdenciária podem reformar
suas decisões, deixando, no caso de reforma favorável ao
2. quatorze por cento, no mês seguinte; ou interessado, de encaminhar o recurso à instância compe-
tente.
3. vinte por cento, a partir do segundo mês seguinte ao do
vencimento da obrigação;
410) Resposta: Certo - LEI 8.213
b) para pagamento de obrigação INCLUÍDA em notifica-
ção fiscal de lançamento (varia entre 24% e 50%): ART 21
1. vinte e quatro por cento, até quinze dias do recebimen- II - o acidente sofrido pelo segurado no local e no horário
to da notificação; do trabalho, em consequência de:
2. trinta por cento, após o décimo quinto dia do recebi- a) ato de agressão, sabotagem ou terrorismo praticado
mento da notificação; por terceiro ou companheiro de trabalho;
3. quarenta por cento, após apresentação de recurso des- b) ofensa física intencional, inclusive de terceiro, por mo-
de que antecedido de defesa, sendo ambos tempestivos, tivo de disputa relacionada ao trabalho;
LÍNGUA PREVIDENCIÁRIO

até quinze dias da ciência da decisão do Conselho de


Recursos da Previdência Social; ou (Redação dada pelo
PORTUGUESA

c) ato de imprudência, de negligência ou de imperícia de


Decreto nº 3.265, de 1999) terceiro ou de companheiro de trabalho;
4. cinquenta por cento, após o décimo quinto dia da ciên- d) ato de pessoa privada do uso da razão;
cia da decisão do Conselho de Recursos da Previdência
Social, enquanto não inscrita em Dívida Ativa;
DIREITO

e) desabamento, inundação, incêndio e outros casos for-


tuitos ou decorrentes de força maior;

110
411) Resposta: Certo - Lei 8.212 417) Resposta: Errado - A pensão por morte e o auxílio-reclu-
são são benefícios concedidos somente aos dependentes
Art. 25. A concessão das prestações pecuniárias do Regime do segurado, essa é a pegadinha da questão.
Geral de Previdência Social depende dos seguintes perío-
dos de carência, ressalvado o disposto no art. 26: Lei 8.213 “Art. 18 (...)

I - auxílio-doença e aposentadoria por invalidez: 12 II - quanto ao dependente:


(doze) contribuições mensais;
a) pensão por morte;

412) Resposta: Certo - Conforme Parágrafo único da Lei n.º b) auxílio-reclusão;


8.213/1991, a seguridade social obedecerá aos seguintes
princípios e diretrizes: Art. 80. O auxílio-reclusão será devido, nas mesmas con-
dições da pensão por morte, aos dependentes do segura-
II - uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços do recolhido à prisão, que não receber remuneração da
às populações urbanas e rurais; empresa nem estiver em gozo de auxílio-doença, de apo-
sentadoria ou de abono de permanência em serviço.”

413) Resposta: Certo - LEI 8.213


418) Resposta: Errado - Lei 8.213
ART 3 Fica instituído o Conselho Nacional de Previdên-
cia Social–CNPS, órgão superior de deliberação colegia- Art. 15. Mantém a qualidade de segurado, independente-
da, que terá como membros: mente de contribuições:

I - seis representantes do Governo Federal; I - sem limite de prazo, quem está em gozo de benefício;

II - nove representantes da sociedade civil, sendo: II - até 12 (doze) meses após a cessação das contribuições,
o segurado que deixar de exercer atividade remunerada
abrangida pela Previdência Social ou estiver suspenso ou
a) três representantes dos aposentados e pensionistas;
licenciado sem remuneração;
b) três representantes dos trabalhadores em atividade; III - até 12 (doze) meses após cessar a segregação, o segu-
rado acometido de doença de segregação compulsória;
c) três representantes dos empregadores.
IV - ATÉ 12 (DOZE) MESES APÓS O LIVRAMENTO, O SE-
GURADO RETIDO OU RECLUSO;
414) Resposta: Certo - Art. 11. É segurado facultativo o maior
de dezesseis anos de idade que se filiar ao Regime Geral V - até 3 (três) meses após o licenciamento, o segurado
de Previdência Social, mediante contribuição, na forma incorporado às Forças Armadas para prestar serviço mi-
do art. 199, desde que não esteja exercendo atividade re- litar;
munerada que o enquadre como segurado obrigatório da
previdência social. VI - até 6 (seis) meses após a cessação das contribuições, o
segurado facultativo.”
§ 1º Podem filiar-se facultativamente, entre outros:

I - a dona-de-casa; LEGISLAÇÃO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

III - o estudante; 419) Resposta: Errado - Lei 8742:

Art. 6o-A. A assistência social organiza-se pelos seguintes


DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

415) Resposta: Certo - De acordo com o Decreto n.º 3.048/1999: tipos de proteção: (Incluído pela Lei nº 12.435, de 2011)

Parágrafo único. A seguridade social obedecerá aos se- I - proteção social básica: conjunto de serviços, progra-
guintes princípios e diretrizes: mas, projetos e benefícios da assistência social que visa
a prevenir situações de vulnerabilidade e risco social por
I - universalidade da cobertura e do atendimento; meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisi-
LÍNGUA PORTUGUESA

ções e do fortalecimento de vínculos familiares e comu-


nitários; (Incluído pela Lei nº 12.435, de 2011)
416) Resposta: Errado - LEI 8.213, ART. 11, INCISO II - como
LEGISLAÇÃO

empregado doméstico: aquele que presta serviço de natu- II - proteção social especial: conjunto de serviços, pro-
reza contínua a pessoa ou família, no âmbito residencial gramas e projetos que tem por objetivo contribuir para
desta, em atividades sem fins lucrativos; a reconstrução de vínculos familiares e comunitários, a
defesa de direito, o fortalecimento das potencialidades e
aquisições e a proteção de famílias e indivíduos para o
enfrentamento das situações de violação de direitos.

111
A assistência social organiza-se por meio de um conjunto I - benefícios e auxílios assistenciais de natureza eventual
de serviços e programas que são estratificados em ações e temporária; (Incluído pelo Decreto nº 7.617, de 2011)
de proteção social básica, ações de proteção social de mé-
dia e ações de proteção social de alta complexidade, sen- II - valores oriundos de programas sociais de transferên-
do essa última direcionada para pessoas em situação de cia de renda; (Incluído pelo Decreto nº 7.617, de 2011)
violência.
III - bolsas de estágio curricular; (Incluído pelo Decreto nº
7.617, de 2011)
420) Resposta: Certo - Lei 8742:
IV - pensão especial de natureza indenizatória e benefí-
Art. 2º A assistência social tem por objetivos: (Redação cios de assistência médica, conforme disposto no art. 5o;
dada pela Lei nº 12.435, de 2011) (Incluído pelo Decreto nº 7.617, de 2011)

I - a proteção social, que visa à garantia da vida, à redu- V - rendas de natureza eventual ou sazonal, a serem regu-
ção de danos e à prevenção da incidência de riscos, espe- lamentadas em ato conjunto do Ministério do Desenvol-
cialmente: (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011) vimento Social e Combate à Fome e do INSS; e(Incluído
pelo Decreto nº 7.617, de 2011)
a) a proteção à família, à maternidade, à infância, à
adolescência e à velhice; (Incluído pela Lei nº 12.435, de VI - remuneração da pessoa com deficiência na condição
2011) de aprendiz. (Incluído pelo Decreto nº 7.617, de 2011)

b) o amparo às crianças e aos adolescentes carentes; (In-


cluído pela Lei nº 12.435, de 2011) 424) Resposta: Errado - Lei 8742:

c) a promoção da integração ao mercado de trabalho; Art. 6° C


(Incluído pela Lei nº 12.435, de 2011)
(...)
d) a habilitação e reabilitação das pessoas com deficiên-
cia e a promoção de sua integração à vida comunitária; e § 1º O Cras é a unidade pública municipal, de base terri-
(Incluído pela Lei nº 12.435, de 2011) torial, localizada em áreas com maiores índices de vulne-
rabilidade e risco social, destinada à articulação dos ser-
e) a garantia de 1 (um) salário-mínimo de benefício viços socioassistenciais no seu território de abrangência e
mensal à pessoa com deficiência e ao idoso que compro- à prestação de serviços, programas e projetos socioassis-
vem não possuir meios de prover a própria manutenção tenciais de proteção social básica às famílias.
ou de tê-la provida por sua família;

425) Resposta: Certo - Lei 8742:


421) Resposta: Certo - Lei 8742:
Art. 16. As instâncias deliberativas do Suas, de caráter
Art. 6° C permanente e composição paritária entre governo e so-
ciedade civil, são:
(...)
I - o Conselho Nacional de Assistência Social;
§ 2º O Creas é a unidade pública de abrangência e gestão
municipal, estadual ou regional, destinada à prestação II - os Conselhos Estaduais de Assistência Social;
de serviços a indivíduos e famílias que se encontram em
situação de risco pessoal ou social, por violação de direi- III - o Conselho de Assistência Social do Distrito Federal;
tos ou contingência, que demandam intervenções espe-
cializadas da proteção social especial. IV - os Conselhos Municipais de Assistência Social.
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

422) Resposta: Certo - CF/88 426) Resposta: Certo - Lei 8742:

Art. 194. A seguridade social compreende um conjunto Art. 18. Compete ao Conselho Nacional de Assistência So-
integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e cial:
LÍNGUA PORTUGUESA

da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos


à saúde, à previdência e à assistência social. I - aprovar a Política Nacional de Assistência Social;

VI - a partir da realização da II Conferência Nacional de


LEGISLAÇÃO

423) Resposta: Certo - Conforme Decreto 6.214 no art.4 Assistência Social em 1997, convocar ordinariamente a
cada quatro anos a Conferência Nacional de Assistência
§ 2º Para fins do disposto no inciso VI do caput, não serão Social, que terá a atribuição de avaliar a situação da as-
computados como renda mensal bruta familiar: (Reda- sistência social e propor diretrizes para o aperfeiçoamen-
ção dada pelo Decreto nº 7.617, de 2011) to do sistema;

112
427) Resposta: Certo - Compete ao Serviço Social esclarecer http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-
junto aos beneficiários seus direitos sociais e os meios de 2010/2007/decreto/d6214.htm
exercê-los e estabelecer conjuntamente com eles o proces-
so de solução dos problemas que emergirem da sua rela-
ção com a Previdência Social, tanto no âmbito interno da
Instituição como na dinâmica da sociedade (artigo 88 da 432) Resposta: Errado - Art. 20 do LOAS: O benefício de pres-
Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991). Por essa lei, o Serviço tação continuada é a garantia de um salário-mínimo
Social adquire o caráter de serviço e tem sua ação priori- mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 (ses-
tária voltada para assegurar aos usuários os seus direitos senta e cinco) anos ou mais que comprovem não possuir
sociais (INSS, 1994, p.12). meios de prover a própria manutenção nem de tê-la pro-
vida por sua família. (Redação dada pela Lei nº 12.435,
Referência: Matriz teórico-metodológica do serviço social de 2011)
na Previdência Social. - Brasília: MPAS, 1995. 32 p. 1. Ser-
viço social. I. Brasil. Ministério da Previdência e Assistên- Art. 8º Para fazer jus ao Benefício de Prestação Continua-
cia Social (MPAS).
da, o idoso deverá comprovar:

I - contar com sessenta e cinco anos de idade ou mais;


428) Resposta: Errado - O estudo socioeconômico NÃO deverá
ser encaminhado aos setores solicitantes, mas permane-
cer nos prontuários do assistente social, em arquivo pró- http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-
prio. Somente o parecer social é que deverá ser encami- 2010/2007/decreto/d6214.htm
nhado.

O parecer social, um instrumento de viabilização de di- 433) Resposta: Errado - TÍTULO IV


reitos (Relatos de uma experiência) - Marinete Cordeiro
Moreira e Raquel Ferreira Crespo de Alvarenga. Pág.62. Da Política de Atendimento ao Idoso
O Estudo social em perícias, laudos e pareceres técnicos
Contribuição ao debate no judiciário, Penitenciário e na
Previdência Social/Conselho Federal de Serviço Social, Art. 48. As entidades de atendimento são responsáveis
(org). 8ed. - São Paulo: Cortez, 2008. pela manutenção das próprias unidades, observadas as
normas de planejamento e execução emanadas do órgão
competente da Política Nacional do Idoso, conforme a
Lei no 8.842, de 1994.
429) Resposta: Certo - Art. 1º

O Benefício de Prestação Continuada previsto no art. 20


da Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, é a garantia 434) Resposta: Certo - De acordo com o Decreto n.º 3.048/1999:
de um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência
e ao idoso, com idade de sessenta e cinco anos ou mais, Parágrafo único. A seguridade social obedecerá aos se-
que comprovem não possuir meios para prover a própria guintes princípios e diretrizes:
manutenção e nem de tê-la provida por sua família.
I - universalidade da cobertura e do atendimento;

430) Resposta: Errado - 1. CONCEITO. Pensão Especial Inde-


nizatória é uma concessão judicial à vítima de ato da-
noso derivado de conduta Estatal, por exemplo, pessoa 435) Resposta: Certo - “A avaliação da deficiência e do grau de
inocente atingida por tiro derivado de ação policial. impedimento será realizada por meio de avaliação social
e avaliação médica. A avaliação social considerará os fa-
Art. 5° O beneficiário não pode acumular o Benefício de tores ambientais, sociais e pessoais, a avaliação médica
Prestação Continuada com qualquer outro benefício no considerará as deficiências nas funções e nas estruturas
âmbito da Seguridade Social ou de outro regime, inclusi- do corpo, e ambas considerarão a limitação do desem-
ve o seguro-desemprego, ressalvados o de assistência mé- penho de atividades e a restrição da participação social,
dica e a pensão especial de natureza indenizatória, bem segundo suas especificidades. As avaliações de que trata o
como a remuneração advinda de contrato de aprendiza-
§ 1o serão realizadas, respectivamente, pelo serviço social
DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

gem no caso da pessoa com deficiência, observado o dis-


posto no inciso VI do caput e no § 2o do art. 4o. (Redação e pela perícia médica do INSS, por meio de instrumentos
dada pelo Decreto nº 7.617, de 2011) desenvolvidos especificamente para este fim, instituídos
por ato conjunto do Ministério do Desenvolvimento So-
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007- cial e Combate à Fome e do INSS.
2010/2007/decreto/d6214.htm
LÍNGUA PORTUGUESA

DEC. Nº 6.214/07.

431) Resposta: Errado - Art. 6º A condição de acolhimento em


instituições de longa permanência, como abrigo, hospital 436) Resposta: Certo - No primeiro momento de sua criação
LEGISLAÇÃO

ou instituição congênere não prejudica o direito do idoso na Previdência, o Serviço Social teve sua atuação marca-
ou da pessoa com deficiência ao Benefício de Prestação da com o discurso de humanização das grandes máqui-
Continuada. (Redação dada pelo Decreto nº 7.617, de nas burocráticas, cujos objetivos profissionais identifica-
2011) vam-se com os objetivos institucionais. Foi o momento
da legitimação da profissão, a partir da unificação dos

113
IAPs em 1966 até o Sistema Nacional de Previdência e As- Aldo, que ocupa cargo exclusivamente em comissão em
sistência Social-SINPAS e é marcado por uma afirmação um órgão público federal, pertence ao RGPS, e Sandra, ao
profissional no interior da instituição previdenciária, RPPS.
tendo uma expressão mais concreta através da partici-
pação dos profissionais em todas as esferas das Institui- Logo, não se pode afirmar que Aldo terá direito aos mes-
ções: planejamento, supervisão e execução. Nos marcos mos benefícios de plano de seguridade social e de assis-
institucionais atuais, o artigo 88 da Lei nº 8.213, de 24 de tência à saúde garantidos a Sandra, pois cada Regime
julho de 1991, definiu a competência do Serviço Social no tem suas normas próprias.
campo do esclarecimento dos direitos sociais, dos meios
de exercê-los e do estabelecimento conjunto com os bene-
ficiários quan