Вы находитесь на странице: 1из 32

PUBLICIDADE

SEX02AGO
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019
Ano 44 • N.º 15706

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

PRESIDENTE NYUSI FOI À GORONGOSA ASSINAR O DOCUMENTO

NESTA EDIÇÃO

SOUSA JAMBA
Acordo de paz em Moçambique
Fome no Cuando Cubango O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, O entendimento acontece depois de se ter nas Forças Armadas de Defesa de Moçam-
OPINIÃO • 7 e o líder da Renamo, Ossufo Momade, assi- iniciado na segunda-feira o processo de bique (FADM). O actual processo negocial
naram ontem o acordo de cessação das desarmamento, desmobilização e reinte- resultou igualmente na aprovação de um
UNIDADE hostilidades, para o fim formal dos con- gração dos membros do braço armado da pacote legislativo de descentralização, que
frontos entre as forças governamentais e Renamo e a entrega pelo partido dos oficiais prevê a eleição dos governadores das 10
o braço armado do principal partido da que vão integrar a Polícia. O principal províncias moçambicanas nas eleições
oposição. A assinatura do acordo decorreu partido da oposição entregou igualmente gerais de 15 de Outubro.
na Serra da Gorongosa, no centro do país. nomes de oficiais para postos de comando ÁFRICA • 12

JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO

MATERNIDADE SEGURA

O contributo de Angola
para a Organização
Panafricana da Mulher
Banco de Leite
ajuda a reduzir
ESPECIAL • 10

BALANÇO DA POLÍCIA
Capital do país regista

morte infantil
12 mil crimes
em seis meses
SOCIEDADE • 26

CUANGAR
Fome leva crianças SOCIEDADE • 27
a abandonar a escola
REGIÕES • 23

BENGUELA

LUANDA E PORTO AMBOIM

Mais energia faz


renascer os negócios
DESTAQUE • 4 | 5
Calemas deixam rasto de destruição no litoral SOCIEDADE • 27

JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO


DESORDEM NA VIA PÚBLICA EMPRESÁRIOS DE MALANJE
11 militares foram
ACIDENTE SUPERTAÇA
detidos por assuada
Crédito malparado Prossegue
D’Agosto
e danos materiais
ÚLTIMA • 32
investigação
BASQUETEBOL
Cipriano e Yanick
não trava projectos ao “Caso Panda” e Desportivo
reforçam Selecção Os empresários de Ma- dito (PAC), para que pos- A Procuradoria-Geral da
DESPORTO • 30

PORTUGAL
lanje, com contas por
pagar, não estão impe-
didos de aderir ao Pro-
sam desenvolver negó-
cios viáveis e liquidar
os empréstimos junto
República (PGR) garan-
tiu ontem que prossegue
a averiguação ao acidente
medem
jecto de Apoio ao Cré- da banca. ECONOMIA • 13 de viação que esteve na
origem da exoneração, a forças
seu pedido, do comissá-
DESPORTO • 31
PESAGEM E PORTAGEM rio Alfredo Eduardo Ma-
nuel Mingas “Panda” do
cargo de comandante-
Carga nas estradas geral da Polícia Nacional.
Um ano depois da ocor-

vai ser controlada rência, o porta-voz da PGR,


Álvaro João, afirmou on-
tem, em Luanda, que “o
Filomeno Fortes O excesso de carga, nas ção, pelo Conselho de processo continua na Di-
dirige Instituto vias rodoviárias do país, Ministros, da primeira recção Nacional de Inves-
de Medicina Tropical vai passar a ser contro- fase do Plano Nacional tigação e Acção Penal e
SOCIEDADE • 27 lado pelas autoridades de Portagem e Pesagem as diligências estão a ser
policiais, com a aprova- de Veículos. POLÍTICA • 2 concluídas”. ÚLTIMA • 32
2 POLÍTICA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

APROVADO PLANO NACIONAL DE PORTAGEM E PESAGEM INDEPENDÊNCIA

PR felicita
Excesso de carga nas vias homólogo
do Benin
vai passar a ser controlado O Chefe de Estado angolano,
João Lourenço, enviou ontem
uma mensagem de felicita-
ções ao Presidente Patrice
Talon, ao Governo e Povo do
Instrumento vai ser uma fonte de arrecadação de receitas para a gestão do Fundo Rodoviário e Obras Benin por ocasião da come-
de Emergência, manutenção das vias rodoviárias e pontes da rede fundamental de estradas moração do 59º aniversário
da Independência daquele
país, assinalado ontem.
João Dias sidades de prevenção e repres- KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO Na mensagem, o Presidente
são do terrorismo e do controlo João Lourenço augura que se
O Conselho de Ministros da proliferação de armas de concretizem os esforços que
aprovou quarta-feira, em destruição massiva, bem como estão a ser envidados no sen-
Luanda, a primeira fase do às boas práticas internacio- tido da consolidação da esta-
Plano Nacional de Portagem nalmente aceites. bilidade, do progresso e do
e Pesagem de Veículos, para Foi apreciada, igualmente, bem-estar do povo beninen-
o controlo do excesso de carga uma Proposta de Lei de Auto- se. “Permita-me, nesta data
dos veículos de transporte de rização Legislativa que per- de importância histórica para
mercadorias que circulam na mitirá ao Titular do Poder o vosso Povo, reiterar o desejo
malha rodoviária nacional. Executivo legislar sobre os de intensificar os laços de ami-
Pretende-se que o Plano Títulos de Participação, um zade e de cooperação existentes
Nacional de Portagem e Pesa- meio de rentabilização das entre os nossos dois países”,
gem de Veículos, aprovado poupanças dos aforradores, lê-se ainda na mensagem do
na 7ª sessão ordinária do Con- que poderão ser emitidos Presidente da República.
selho de Ministros, orientada por empresas públicas ou Antiga colónia francesa, o
pelo Presidente João Lourenço, empresas detidas maiorita- Benin alcançou a Indepen-
se constitua numa fonte de riamente pelo Estado, para dência a 1 de Agosto de 1960,
arrecadação de receitas para financiar o processo de rees- ainda com o nome de Daomé.
a gestão do Fundo Rodoviário truturação financeira das O território onde o Benin se
e Obras de Emergência, ma- mesmas, e para o reforço dos situa era ocupado no período
nutenção das vias rodoviárias capitais próprios. Os referidos pré-colonial por pequenas
e pontes da rede fundamental diplomas serão remetidos à monarquias tribais, das quais
de estradas. Assembleia Nacional. a mais poderosa foi a do rei-
O Conselho de Ministros Na mesma ocasião, foi nado Fon de Daomé. Em 1975,
aprovou, também, a Política aprovado o relatório das acti- o país adoptou o actual nome
Nacional da Juventude, ins- vidades desenvolvidas até de Benin, por ser banhado, a
trumento de coordenação mul- Março de 2019 no âmbito do Conselho de Ministros apreciou proposta de Lei das Áreas de Conservação Ambiental sul, pela Baía de Benin.
tissectorial que, alinhado com Projecto de Promoção e Cap- A capital constitucional
a Carta Africana da Juventude, tação de Investimento Pri- tecção e preservação dos valo- sariais, o Conselho de Minis- e o Ministério da Adminis- do Benin é Porto-Novo, mas
visa prestar maior atenção aos vado (PROCIP), aprovado res sociais, económicos, cul- tros apreciou com os mem- tração Interna da República Cotonou é a sede do Governo
problemas que mais afligem pelo Governo em Outubro turais, científicos e ambientais bros da Comissão do Fórum Portuguesa, em matéria de e a maior cidade do país. O
a juventude. de 2018, que destaca o registo ali existentes. O Conselho de Empresarial as várias suges- Segurança e Ordem Interna. primeiro Presidente beni-
Define igualmente as ac- de 106 projectos de investi- Ministros aprovou o Estatuto tões e preocupações dirigidas Foi igualmente apreciada a nense foi Hubert Maga, des-
ções prioritárias a serem im- mento privado, dos quais 29 Orgânico da instituição, bem aos diferentes departamentos Carta Africana sobre a Demo- tituído três anos depois.
plementadas para esta franja já concluídos, tendo sido como o orçamento para o ano ministeriais, tendo recomen- cracia, as Eleições e a Gover-
DR
da população, sobretudo as criados 1.669 postos de tra- de 2020. dado a resolução gradual dos nação, Acordo de Coopera-
que incidem sobre o acesso balho directos. O Conselho de Ministros constrangimentos identifi- ção entre o Governo da Repú-
aos serviços básicos como apreciou, também, uma Pro- cados, com vista a alavancar blica de Angola e o Governo
o emprego, escolaridade e Gestão da Região posta de Lei das Áreas de Con- a economia nacional. da República do Rwanda no
participação na vida pública do Okavango servação Ambiental, instru- domínio da Segurança e Or-
e política. O Conselho de Ministros criou mento jurídico que tem como Tratados internacionais dem Pública.
Na mesma sessão, o Con- a Agência Nacional para a objectivo a definição do sis- No quadro da política externa, O Conselho de Ministros
selho de Ministros apreciou a Gestão da Região do Okavan- tema nacional das áreas de o Conselho de Ministros apre- foi informado sobre o acto
proposta de uma nova Lei do go (ANAGERO), entidade que conservação ambiental, com ciou, para o envio à Assem- de apresentação pública do
Combate ao Branqueamento tem como objectivo promover, vista a estabelecer os critérios bleia Nacional, as Propostas Projecto do Centro Político
de Capitais, Financiamento atrair e facilitar investimentos e regras para a sua criação, de Resolução que aprovam, Administrativo na modali-
do Terrorismo e da Proliferação privados que concorram para classificação e gestão através para ratificação, o Protocolo dade BOT, no âmbito das par-
de Armas de Destruição Mas- a gestão integrada da região de princípios que salvaguar- de Cooperação da Comuni- cerias público-privadas e a
siva. Segundo o comunicado angolana do Cubango/Oka- dem a sua preservação, con- dade dos Países de Língua sua implantação no futuro
da reunião, o diploma esta- vango. O objectivo é a sua uti- servação e uso sustentável. Portuguesa no domínio da Bairro dos Ministérios, ocor-
belece medidas que visam a lização racional e o seu desen- Na sequência do encontro Defesa, Protocolo de Coope- rido no dia 23 de Julho, com
conformação do actual regime volvimento sustentável, tendo do Presidente da República ração entre o Ministério do In- o objectivo de mobilizar poten- Presidente Patrice Talon
jurídico à evolução das neces- em conta os princípios de pro- com as Associações Empre- terior da República de Angola ciais investidores. está no poder desde 2016

DIREITOS HUMANOS DECRETO PRESIDENCIAL


Angola é Estado Parte do

Angola ratifica Convenção Pacto Internacional dos Direitos


Civis e Políticos, Pacto Inter-
“Miau” designado para
nacional dos Direitos Econó-
micos, Sociais e Culturais, o Conselho da República
da ONU contra a Tortura bem como da Convenção sobre
Eliminação de Todas as Formas
de Discriminação Contra a
O Chefe de Estado, João Lou-
renço, designou André Gas-
termos da alínea f) do nº 2
do artigo 135º da Constitui-
Angola ratificou vários tra- Desumanos ou Degradantes, Armados Não Internacio- Mulher, Convenção sobre os par Mendes de Carvalho ção. A designação de Miau
tados internacionais de a Convenção sobre a Elimi- nais, a Convenção sobre o Direitos da Criança e da Con- “Miau” membro do Conselho surge da necessidade de se
Direitos Humanos com vista nação de Todas as Formas Estatuto dos Apátridas e a venção sobre os Direitos das da República, por inerência adequar a composição do
a fortalecer o sistema jurí- de Discriminação Racial, o Convenção para a Redução Pessoas com Deficiência. do cargo de presidente da Conselho da República, tendo
dico de promoção e pro- II Protocolo Facultativo ao dos Casos de Apátrida. Após a aprovação da As- coligação CASA-CE. em conta as alterações veri-
tecção desses direitos a nível Pacto Internacional sobre Com a ratificação desses sembleia Nacional, o processo O decreto presidencial, ficadas na presidência da
nacional, anunciou quarta- os Direitos Civis e Políticos, instrumentos, lê-se na nota foi remetido para promulgação que serviu para a designação CASA-CE.
feira, em Luanda, o Minis- relativo à Abolição da Pena do Ministério, o país cumpre pelo Presidente da República de André Mendes de Carva- Antes, o Chefe de Estado
tério da Justiça e dos Direitos de Morte. com os seus compromissos e publicação no Diário da lho, lembra que os presiden- deu como findo o mandato
Humanos. Angola ratificou, de igual a nível internacional, espe- República (nos dias 9 e 16 de tes dos partidos políticos e de Abel Chivukuvuku, an-
De acordo com uma nota modo, o Protocolo II Adi- cialmente enquanto Esta- Julho), em conformidade com das coligações de partidos tigo presidente da CASA-
a que a Angop teve acesso, cional às Convenções de do-membro do Conselho de a Lei nº 4/11, Lei dos Tratados representados na Assembleia CE. O político tinha sido de-
trata-se da Convenção con- Genebra de 12 de Agosto de Direitos Humanos das Na- Internacionais, faltando ape- Nacional são, por inerência signado através do Decreto
tra a Tortura e outras Penas 1949, relativo à Protecção ções Unidas para o período nas o depósito dos instru- de funções, membros do Presidencial nº58/18, de 23
ou Tratamentos Cruéis, das Vítimas dos Conflitos 2018-2020. mentos de adesão na ONU. Conselho da República, nos de Fevereiro.
POLÍTICA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 3
LIDERANÇA DA UNITA MPLA EM CABINDA PROTECÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

Danda evita falar Plano Integrado


é apresentado Parlamentar pede mais
sobre candidatura aos militantes
acções a favor da mulher
Bernardino Manje JOÃO GOMES| EDIÇÕES NOVEMBRO O MPLA promove hoje, em
Cabinda, uma acção forma- Presidente da Assembleia Nacional destacou o papel das
tiva para capacitar e elevar
O vice-presidente da UNITA, os níveis de conhecimentos
mulheres africanas na luta pela igualdade de género
Raul Danda, afirmou, em Lu- da educação ideológica e cul- SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
anda, que a sua candidatura tural dos militantes, tendo
à liderança do partido não é em vista a realização das elei-
prioridade, mas não confirmou ções autárquicas do próximo
se concorre ou não ao cargo. ano e gerais de 2022.
Raul Danda, que falava A formação, a decorrer na
na quarta-feira durante uma sala de conferências de Simu-
conferência de imprensa por lambuco, é destinada aos
si presidida na qualidade de membros do Comité Central,
“primeiro-ministro” do “go- provincial, deputados e repre-
verno sombra” da UNITA, sentantes de organizações
disse que, por enquanto, está sociais e empresariais.
mais preocupado em ajudar Vice-presidente da UNITA Durante a acção formativa,
o actual presidente, Isaías em fim de mandato os participantes vão intei-
Samakuva, a terminar bem rar-se sobre o processo de
o mandato. Muitas vezes a tendência é implementação do Plano
“Quando chegar a altura (voltar a) questionar se ele Integrado de Intervenção nos
(período de apresentação de sai ou não. Mas ele já disse Municípios (PIIM), lançado
candidaturas), toda a gente (que sai). Muitas vezes, (ele) pelo Presidente da República,
vai saber o que vai acontecer. até fica, de algum modo, triste João Lourenço, que contem-
Por enquanto, estou mais porque é como se não esti- pla 64 projectos para a pro-
preocupado em ajudar o pre- vessem a acreditar naquilo víncia de Cabinda nos secto-
sidente Samakuva a terminar que diz”, salientou. res da saúde, educação, co-
o mandato. Temos uma mis- E para tentar justificar o municações, infra-estruturas
são que estamos a terminar silêncio a que inicialmente se administrativas e autárqui- Fernando da Piedade Dias dos Santos condena violência e assédio no local de trabalho
com o Congresso, que começa remeteu Isaías Samakuva, cas, energia e águas, segu-
no dia 13 de Novembro, por quando surgiram vozes de que rança e ordem pública e sa-
sinal data do meu aniversá- ele voltaria a candidatar-se, neamento básico. O presidente da Assembleia direitos da mulher. A OIT (Organização Inter-
rio”, disse. Raul Danda afirmou: “Numa Os militantes do MPLA Nacional, Fernando da Pie- O líder do Parlamento an- nacional do Trabalho) é a
O também deputado ga- das suas últimas intervenções, vão, igualmente, debruçar- dade Dias dos Santos, con- golano destacou o papel de- agência das Nações Unidas
rantiu que o XIII Congresso (o presidente Samakuva) dizia se sobre o papel da escola e siderou quarta-feira, em Lu- sempenhado pelas mulheres que reúne representantes
Ordinário da UNITA vai ter 'quando digo as coisas, as pes- intervenção da media na anda, que comportamentos africanas na luta pela igualdade de Governos, empregadores
múltiplas candidaturas, já soas fazem de conta que não prevenção e combate à cor- que estimulam a violência e de género, no sentido de dei- e sindicatos de 187 países.
que se vão ouvindo algumas acreditam ou não acreditam rupção e a experiência inter- o assédio no local de trabalho xarem de ser relegadas para a Para que a convenção en-
intenções neste sentido. “Se- mesmo; então não vale a pena nacional no combate ao configuram uma violação dos mera condição de mães, espo- tre em vigor, é necessário
guramente surgirão mais (can- continuar a falar'”. branqueamento de capitais. direitos humanos. sas e donas de casa. que, pelo menos, dois terços
didaturas)”, previu o políti- Um jornalista quis saber O coordenador adjunto do Fernando da Piedade, que “Nesta senda, orgulha- de países a ratifiquem. Aque-
co, sublinhando que pode se a dúvida sobre se Samakuva grupo de acompanhamento falava no encontro do Grupo nos a trajectória e, sobretudo, les que levarem o processo
haver situações em que quem volta ou não a concorrer não do Comité Central para a pro- de Mulheres Parlamentares as conquistas da mulher adiante deverão adoptar po-
diz que se vai candidatar de- era também dos próprios mili- víncia de Cabinda, Ventura com a Mulher Sindicalizada, angolana no mercado de tra- líticas de sensibilização e
pois recue. tantes, o que Raul Danda refu- de Azevedo, disse ontem, na afirmou que tais comporta- balho e nos órgãos de deci- uma legislação específica,
tou. “Então vou transmitir ao abertura dos trabalhos pre- mentos e manifestações colo- são política a todos os níveis. com o objectivo de “proibir”
O caso de Samakuva presidente Samakuva que paratórios da acção formativa, cam em causa a igualdade Contudo, não posso deixar a violência e o assédio no
Raul Danda esclareceu que existem essas dúvidas para que o MPLA está engajado na de oportunidades no mercado de manifestar a nossa repulsa mundo do trabalho e esta-
Isaías Samakuva não vai can- que ele transmita isso de uma formação dos seus militantes, de trabalho. a comportamentos e práticas belecer mecanismos de con-
didatar-se a um quinto man- forma mais clara. Mas não simpatizantes e amigos do As consequências da vio- que constituem formas subtis trolo e sanções.
dato para a liderança da UNI- acredito que haja dúvida por partido para corresponderem lência e do assédio - psicoló- de discriminação da mulher”, A nova Convenção da OIT
TA. “O presidente Samakuva parte dos militantes. Agora, aos desafios políticos que se gicas ou físicas - são atenta- sublinhou. pretende garantir que o tra-
já tornou claro que tinha che- por parte da sociedade, é nor- avizinham no país. tórias à dignidade da pessoa O encontro de quarta-feira balhador tenha o direito de
gado a altura de deixar o cargo. mal que isso aconteça”, disse. humana, disse o presidente serviu para fazer a entrega for- retirar-se de uma situação que
EDIÇÕES NOVEMBRO
da Assembleia Nacional, du- mal da Convenção Contra a represente “um perigo iminente
rante o acto em que apelou Violência e o Assédio no Local e grave para a sua vida, saúde
à mobilização da sociedade de Trabalho, documento adop- ou segurança, em razão da vio-
ASSEMBLEIA CONSTITUTIVA para a luta a favor dos direitos tado, por maioria, pela OIT a lência e do assédio, sem sofrer
humanos, sobretudo dos 21 de Junho último. quaisquer represálias”.

Chivukuvuku anuncia
RELAÇÕES EXTERIORES
hoje partido político
Bernardino Manje apoiantes de Luanda, Bengo,
Huambo, Cuando Cubango,
Manuel Augusto reafirma aposta
O passo derradeiro para o
reconhecimento do novo pro-
jecto político de Abel Chivu-
Bié, Benguela, Huíla, Cabin-
da e Malanje. Essas reuniões
serviram para a recolha de su-
na facilitação e isenção de vistos
kuvuku é dado hoje, em Luan- gestões e propostas relati- “Estamos aqui para apre-
da, com a assembleia cons- vamente à sigla, bandeira, sentar aos dirigentes, respon- O Ministério das Relações privadas. Citado pela Angop, Sá Miranda Neto, cônsul-geral
titutiva para a criação do par- princípios, valores, ideologia, sáveis e quadros do partido Exteriores, com outros de- o ministro reconheceu haver de Angola no Rio de Janeiro
tido a ser dirigida pelo ex-pre- órgãos de direcção, normas o Plano Integrado de Inter- partamentos ministeriais, vai ainda um conjunto de ele- (Brasil), Samuel Andrade da
sidente da CASA-CE. de funcionamento e de dis- venção nos Municípios, que continuar a trabalhar para a mentos burocráticos que Cunha, cônsul-geral em Ponta
O novo partido político, ciplina, tarefas imediatas e possui um conjunto de ini- facilitação e isenção de vistos, precisam de ser aligeirados Negra (República do Con-
cuja designação também é fontes de receitas para a nova ciativas viradas para a im- no sentido de alavancar a acti- ou suprimidos, nos quais o go), Edith Lourenço Catraio,
conhecida apenas hoje, é organização política. plementação das políticas vidade económica do país, ga- MIREX vai fazer a sua parte. cônsul-geral em Nova Ior-
resultado de um consenso Abel Chivukuvuku, que plasmadas no Plano Nacio- rantiu quarta-feira, em Luanda, Quanto às nomeações de que (EUA) e Stella Santana
encontrado com os apoiantes nunca escondeu o desejo de nal de Desenvolvimento o ministro Manuel Augusto. novos cônsules-gerais, o mi- e Sousa Santiago, cônsul-
de Chivukuvuku, muitos deles tornar-se Presidente da Repú- 2018/2022”, disse o também Ao intervir na cerimónia nistro considerou o acto um geral em São Paulo (Brasil).
dissidentes da CASA-CE, que, blica, é um político forjado deputado. de empossamento de novos exercício de renovação e re- Constam, igualmente, dos
fiéis ao então presidente, deci- nas fileiras da UNITA, partido Os membros do grupo de cônsules-gerais de Angola, frescamento do corpo diplo- empossados Luís Cardoso,
diram acompanhá-lo, depois que abandonou para formar, acompanhamento do Bureau Manuel Augusto referiu que mático angolano e consular, cônsul-geral em Houston
de este ter sido afastado, em em Abril de 2012, a CASA- Político do MPLA para a pro- o MIREX continuará a fazer visando imprimir maior dinâ- (EUA), Maria Teresa de Vic-
Fevereiro deste ano, da lide- CE, uma coligação constituída víncia de Cabinda vão visitar tudo para que a questão dos mica e melhorar o trabalho tória Pereira, cônsul-geral
rança da coligação, por alegada por alguns partidos extra- várias obras sociais e econó- vistos não interfira, negati- da instituição. em Londres (Inglaterra) e
“quebra de confiança.” parlamentares, dissidentes micas, que estão a ser execu- vamente, na atracção de in- Manuel Domingos António,
O acto de hoje acontece da UNITA, independentes e tadas pelo governo local. vestimentos e estabeleci- Empossados cônsul-geral em Roterdão
depois de encontros com membros da sociedade civil. Joaquim Suami|Cabinda mento de parcerias público- Tomaram posse Mateus de (Reino dos Países Baixos).
4 DESTAQUE Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

Sampaio Júnior MUNICÍPIOS DE BENGUELA DESPERTAM

Benguela consome actual-


mente apenas 95 dos 150
megawatts de potência dis-
ponível da energia proveniente
das centrais hidroeléctricas
estacionadas no Aproveita-
mento do Médio Kwanza, às
Regularidade no abastecimento
quais se junta a barragem do
Lomaum, localizada na região.
A redução do consumo está
directamente relacionada com
a estação do Cacimbo, con-
e baixo consumo de energia
trastando com a quota habitual
do tempo do calor, quando a
necessidade de energia eléc-
trica sobe até 140 Mw.
A interligação de sistemas
de fornecimento de energia
fazem renascer negócios
feita no passado mês de Maio,
a partir do Sistema Norte,
permite manter as centrais
térmicas em repouso abso-
luto, poupando milhares de
litros de combustível e outros
milhões em kwanzas.
A potência actualmente
disponível permite ao Cen-
tro de Distribuição de Ben-
guela da ENDE cobrir um
universo de clientes maio-
ritariamente urbanos, esti-
mado em 534 mil no seg-
mento industrial, 103 mil
consumidores domésticos e
13 mil clientes na área de ser-
viços (lojas, bares, pequenos
negócios familiares).
Foram inseridos este ano
no sistema de activos cerca
de 14 mil novos clientes, no
quadro do processo de ligações
domiciliares que decorre em
Benguela. De acordo com o
antigo estudante de Electri-
cidade formado pelo Instituto
Industrial de Benguela, Joa-
quim Barbosa, o forneci-
mento de energia eléctrica
regular à região litoral de
Benguela traz indicadores de
melhorias do ambiente de
negócios no seio das famílias,
por via da abertura de peque-
nas e médias empresas nos
bairros periféricos.
“Verifica-se a transforma-
ção positiva nas famílias, com
maior conforto, graças à regu-
laridade da corrente eléctrica
ao domicílio”, disse.
Na avaliação do especialista,
com a estabilidade no abas-
tecimento de energia, a ENDE
vai recuperar a confiança dos
clientes. Agora, espera-se que
os clientes retomem o paga- SAMPAIO JÚNIOR | EDIÇÕES NOVEMBRO
mento regular do consumo,
para sustentar outros investi-
mentos que a área de distri-
buição necessita (montagem
de mais postos de transforma-
ção, reparação de avarias em
cabos subterrâneos ou aéreos,
entre outros casos pontuais).
“Estas intervenções pon-
tuais vão resolver o problema nos lucros. Quase nos levava trica como fundamental para pação de racionalizar. Por outro
daqueles consumidores que a prejuízos”, explicou. travar o desperdício que acon- Apesar da bonança, o interlocutor lado, a empresa recebe os paga-
no bairro ou num dado quar- Apesar da bonança, o inter- tece frequentemente com uti- sugere moderação no consumo. mentos por antecipação e tem,
teirão da cidade tenham ava- locutor sugere moderação no lizadores desleixados. Ele “É bom que os consumidores continuem desta forma, possibilidade de
ria. No entanto, é necessário consumo. “É bom que os con- lança mesmo um apelo à po- a pugnar pela racionalização da energia. oferecer melhor serviço.
que quem consome luz eléc- sumidores continuem a pugnar pulação no sentido de "aban- Apesar de a situação estar boa, devemos Iva da Costa, estudante de
trica pague” disse. pela racionalização da energia. donar os maus hábitos de evitar o gasto exagerado de energia eléctrica, Enfermagem, já usa o contador
Apesar de a situação estar boa, puxar o fio do vizinho ou ven- para que o sistema se mantenha estável e ao pré-pago na residência dos
Indústria devemos evitar o gasto exa- der fio ao fulano. Além de ser mesmo tempo se possa abranger mais pais, no bairro Kotel, em Ben-
O proprietário de uma recau- gerado de energia eléctrica, uma prática ilegal, põe em risco pessoas", aconselhou guela. A jovem explicou à repor-
chutagem no bairro Miramar, para que o sistema se mantenha a segurança do indivíduo que tagem do Jornal de Angola a
na cidade de Benguela, Tutu- estável e ao mesmo tempo se incorre na ilegalidade. Essas vantagem do sistema.
vili Gambo, revelou que a possa abranger mais pessoas”, ligações mal sucedidas pro- dania, já que os valores arre- timento da Direcção de tutela. “Compramos um deter-
melhoria da distribuição de aconselhou. vocam danos, como incêndios, cadados ajudam as comu- É muito mau este tipo de com- minado crédito de energia
energia o incentivou a repen- Outra medida sugerida é devido aos curtos-circuitos”, nidades a beneficiar da expan- portamento”, concluiu. (como se faz com os telefones
sar nalguns projectos para a a utilização de lâmpadas e enfatizou Gambo. são da rede e da melhoria da móveis) e utilizamos este cré-
ampliação do negócio e para equipamentos de baixo con- O pagamento da energia iluminação pública.” A vantagem do pré-pago dito durante um determinado
a oferta de serviços de maior sumo. “Com isso, iremos sem- eléctrica é igualmente um Realça que “esse assunto Está prevista a instalação de período, dependendo do con-
qualidade aos clientes. pre poupar algum dinheiro, factor decisivo para que a boa tem sido uma verdadeira dor contadores pré-pagos, me- sumo. Temos a possibilidade
“Trabalhávamos com fon- já que existe o sistema pré- onda do fornecimento con- de cabeça. As pessoas não se diante os quais há uma inibição de verificar continuamente,
tes alternativas de forneci- pago”, disse Tutuvili Gambo. tinue, na óptica do nosso inter- importam com os pagamen- do consumo excessivo, pois pelo contador, o saldo que
mento de energia, o que O empresário encara a locutor. Considera a liquidação tos. Quando se corta a luz, o cliente só gasta o que já pagou resta e voltar a carregar, se for
representava um peso enorme racionalização de energia eléc- das facturas "um acto de cida- voltam a ligar sem o consen- e deste modo tem a preocu- necessário.”
DESTAQUE Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 5
Mini-hídricas dão impulso ao abastecimento
O abastecimento de energia dedicação. Fomos pagos para SAMPAIO JÚNIOR | EDIÇÕES NOVEMBRO
especialidades, os serviços de
elétrica às populações das o fazer e julgo que os clientes saúde na região ficam reforça-
regiões do interior de Benguela estão satisfeitos com o nosso dos e os pacientes deixam de
será processado através de trabalho”, disse Cristóvao Wask. se deslocar a Benguela para
mini-hídricas Solar ou Diesel, As empreitadas tiveram receber tratamento”.
de acordo com a melhor solu- várias fases, com destaque, na Serão gastos 43 milhões, 699
ção técnica que se encontrar primeira, para o desassorea- mil e 265 kwanzas para a ter-
e tendo em conta, igualmente, mento da albufeira e limpeza raplanagem das vias de acesso
o factor custo/benefício. Abran- da tubagem, melhoria das com- às sedes comunais, cuja prio-
gidas por estas fontes alterna- portas reguladoras do sistema ridade vai para a intervenção
tivas estão as sedes municipais e outros acabamentos. pontual na Serra do Ngangawe
do Cubal, Ganda, Caibambo, A segunda fase, também já e a recuperação de sete quiló-
Chongoroi e Balombo. concluída, consistiu na recu- metros do troço rodoviário Cas-
O Plano Integrado de Inter- peração da albufeira, alinha- seque / Chikuma.
venção nos Municípios (PIIM) mento das águas para as repre- Uma fazenda modelo, equi-
representa um significativo sas, melhoria da estrutura de pada com tecnologia de ponta,
passo em frente no processo betão e da capacidade hídrica foi criada recentemente na
de desconcentração e descen- para as turbinas. povoação da Chimboa, a 18 qui-
tralização administrativas. Com Na sua terceira fase de exe- lómetros da sede Municipal da
estas medidas, a vida nos muni- cução, o trabalho consiste nos Ganda, na Província de Ben-
cípios ganha nova dinâmica. acabamentos da linhagem da guela. A ideia é formar pequenos,
A Ganda já é uma referência, água, culminando com a mon- médios e grandes agricultores
segundo revelou ao Jornal de tagem da turbina. locais, visando a máxima ren-
Angola o seu Administrador, O empresário Cristóvão Wask tabilização da produção agrí-
Francisco Prata. está confiante em que, com a cola. De iniciativa da empresa
“Continuam a ser muitos implementação do PIIM, ha- angolana “Vida Rural”, o pro-
e complexos os desafios para verá um renascer de esperança jecto pretende ajudar os agri-
melhorar a qualidade de vida com acções práticas que visam cultores locais a melhor plani-
das populações, sobretudo ultrapassar estas dificuldades, ficar e organizar o processo de
nas aldeias, onde falta quase particularmente as de ordem produção agrícola, para evita-
tudo. Mas já temos um empre- financeira. rem ao máximo os prejuízos e
sário a trabalhar na recuperação “Tivemos garantia do admi- ajudá-los na criação de renda
de mini - hídricas aqui no muni- nistrador municipal de que e de postos de trabalho, assim
cípio da Ganda. Trata-se do haverá outra velocidade para como na melhoria dos solos.
senhor Cristóvão Pedro Wask", a materialização dos projectos Administrador Municipal da
referiu a autoridade máxima que visem trazer melhorias para Ganda, Francisco Prata aplaudiu
do município. as comunidades ou para ala- a iniciativa e convidou outros
Por seu turno, o empresário vancar o sector produtivo”, disse. investidores a aportarem na
revelou que já construiu três Já o administrador muni- região, que possui terras aráveis
unidades de produção de ener- cipal da Ganda, Francisco Prata, e outras condições para o fo-
gia eléctrica, na Ganda e no avançou que, com o Plano Inte- mento da actividade agrícola.
Huambo, as quais estão a fun- grado de Intervenção nos Muni- A administração da Ganda,
cionar em pleno. cípios, está lançado o desafio antevendo o período chuvoso,
"Construimos uma mini- para a reabilitação das vias está a ultimar os detalhes para
hídrica para a missão da Ca- terciárias, que vão funcionar Entre os sectores que estão em franco crescimento está o da extracção de recursos minerais lançar, nos próximos dias, um
menlã, no município do Tchin- como grandes pilares sob os concurso público de adjudi-
jenje, no Huambo, outra na projectos estruturantes no seg- Segundo Francisco Prata, bloco operatório, sala de RX e pelo PIIM, constitui uma das cação de obras para as estradas
Chimboa e na fazenda Luove, mento agro-pecuário, onde o o reforço da capacidade de de uma área de estomatologia, prioridades das autoridades. terciárias e de algumas pontes
comuna do Kasseque Ganda. rumo certo é a diversificação intervenção do hospital da estimada em 203 milhões, 980 “Com a entrada em funcio- de acesso às comunas e povoa-
É um trabalho que requer muita da economia. Ganda, com a instalação de um mil e 261 kwanzas, assegurados namento destas importantes ções, como prioridades do PIIM.

Governador reafirma aposta no sector eléctrico


O governador de Benguela, Rui Falcão, enfatizou ROGÉRIO TUTI | EDIÇÕES NOVEMBRO eleger entre as diversas áreas de investimento, tação eléctrica, com 50 MVA/60/30KV.
a aposta na melhoria da qualidade de vida das como agricultura, agro-negócio, indústria O administrador municipal adjunto da
populações que agora beneficiam de energia transformadora, transportes, turismo, recursos Catumbela, Luís Gonzaga Lino, garantiu, na
eléctrica 24 horas ao dia. Insiste que a procura minerais etc. ocasião, que este é o ritmo de trabalho que o
de investimento no sector eléctrico, para O Jornal de Angola apurou que os Pólos executivo adoptou, para resolver os problemas
reforço da capacidade instalada, continua a de Desenvolvimento Industrial e a extracção das comunidades. Sublinhou, no entanto, que
ser necessária, tendo em conta que a energia de recursos minerais, com destaque para o deve haver maior consciência, para a preservação
é um bem estratégico e prioritário para o desen- ferro, representam o principal crescimento, das infra-estruturas que se colocam à disposição
volvimento económico da província. seguidos da agro-indústria, habitação e cons- da população, permitindo que outros recursos
“Estamos a trabalhar, implementando trução (com forte peso das cimenteiras). financeiros mobilizados sirvam para acudir
uma série de projectos, em função dos recursos “O sector eléctrico constitui uma das outras preocupações.
financeiros que são alocados à província, bases fundamentais para resolver problemas
para atender as zonas que ainda se apresentam cruciais da população, como saúde, educação, Iluminação pública
sem a devida cobertura de electricidade”, habitação e emprego, de modo a garantir o Recentemente, o vice governador Leopoldo
disse o governador. progresso, bem-estar e o desenvolvimento Muhongo orientou um encontro com empresas
Rui Falcão alertou ainda para a premência económico e social”, afirmou o governador. ligadas ao fornecimento de água, iluminação
de conservar os ganhos obtidos. "É funda- Rui Falcão considerou ainda Benguela pública e mobilidade urbana, a quem pediu
mental que cuidemos das infra-estruturas. “uma potência em terra e no mar. Cabe ape- para, com urgência as administrações muni-
Sabemos que a falta de electricidade nesta nas aos empresários, quer nacionais, quer cipais do Lobito e de Benguela, trabalharem
província causou, nos últimos anos, momentos expatriados cumprir as normas existentes na melhoria da iluminação pública das loca-
irritantes no seio da comunidade", lembrou no país. Actualmente, têm os procedimentos lidades do Litoral da província.
o governante. administrativos mais simplificados, conforme “Temos hoje energia de rede com custo
“Os cortes frequentes no abastecimento Governador de Benguela Rui Falcão têm manifestado as autoridades provinciais, baixo, precisamos de melhorar a sua utilização.
de energia eléctrica, bem como a grande uti- quando recebem visitas de embaixadores Se já estamos a conseguir fornecer minimamente
lização de geradores, trazia muitos cons- cados externos e conquistando oportunidades ou empresários nacionais e estrangeiros. ao domicílio, precisamos de melhorar também
trangimentos aos hospitais e escolas, além de venda de produtos como sal, peixe, frutas. a iluminação pú-blica”, disse.
de tornar deficitária a iluminação pública. “Benguela é uma região com abundantes Urbanização de Cabrais ganha O governante acrescentou que a orien-
Esta situação implicava também o redobrar recursos. Precisamos apenas de empresários subestação eléctrica tação é de carácter prioritário e urgente,
dos custos domésticos no que concerne à dinâmicos, comprometidos com o progresso Depois de, no primeiro semestre do ano devendo servir para reforçar o sentido de
conservação de bens perecíveis”, ressaltou. e o crescimento da economia, para o combate 2019, a urbanização ter ganho, recentemente, coesão e equipa.
Rui Falcão assegurou que o Governo local à fome e para a redução da pobreza”, disse. uma escola primária, centro médico e reser- “Aí onde houver insuficiências de uma,
tem encorajado os empresários, neste momento Segundo o governador, muitos sectores vatórios de água, desta vez, a Urbanização deve aparecer outra entidade para dar cober-
difícil, a criar soluções para prosseguir a acti- clamam pela actuação da classe empresarial. dos Cabrais, na Comuna do Biópio, Município tura e assim conseguirmos melhor apre-
vidade com engenho, virando-se para os mer- Esta, em função das suas preferências, poderá da Catumbela, viu inaugurada a sua subes- sentação das nossas cidades”.
6 OPINIÃO Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


Rua da Suave, no bairro da Sapu (Viana). O perigo mora aí há mais de seis meses

Os cargos públicos DR

e os interesses do país
O exercício de cargos públicos tem sido motivo da atenção dos cidadãos, que
constantemente emitem comentários sobre o que fazem aqueles que, em nome
do Estado, devem servir as populações.
Os casos de corrupção que lesaram gravemente o Estado, e , consequentemente,
os cidadãos, estão a mostrar que tivemos no passado recente servidores públicos
que só se interessavam em enriquecer ilicitamente à custa do erário, não se importando
com a vida de milhões de pessoas que tinham de satisfazer necessidades básicas.
Chegou-se mesmo ao ponto de no país se exaltar a desonestidade, incentivan-
do-se a prática e de actos ilícitos, traduzidos em desvio de fundos públicos para
satisfação de interesses particulares, em detrimento do interesse público.
Um detentor de cargo público que se mostrasse honesto era visto como um
intruso a abater, porque podia atrapalhar nas práticas ilegais que tinham como
objectivo prejudicar deliberadamente o Estado.
Muitos bons quadros e cidadãos patriotas foram afastados dos seus cargos,
com consequências nefastas na sua vida privada, porque alguém entendia que
não era "dos nossos".
Hoje , pretende-se acabar, ao nível do exercício de cargos públicos, com condutas
que sejam lesivas dos interesses dos cidadãos, accionando-se os mecanismos
legais, para combater a corrupção, não se deixando que os que violam as leis
fiquem impunes.
Um detentor de cargo público deve pautar-se por comportamentos exemplares,
para que os cidadãos acreditem que administração do Estado trabalha em prol do
bem-estar de todos nós.
Será necessário que se preste muita atenção ao perfil dos que são chamados
a ocupar cargos públicos. Nem sempre os que têm elevadas qualificações aca-
démicas são os mais honestos. A máquina do Estado tem necessidade de absorver
pessoas com altas qualificações académicas e profissionais, mas deve haver
sempre o cuidado de se escolher entre estas pessoas aquelas que dão garantias
de vão exercer os cargos públicos para os quais são nomeados, para servir e não
para se servirem.
Os angolanos estão a perceber-se da grande dimensão do banquete de que fez
parte um punhado de angolanos , que acumularam ilegalmente muitos milhões
de dólares, aproveitando-se dos cargos públicos, cujo exercício não era escrutinado.
As consequências da acumulação primitiva do capital são dolorosas e vamos
precisar de algum tempo para superarmos os graves problemas que temos e são
derivados da má governação de pessoas que no passado se preocupavam mais
com os seus negócios ( feitos com dinheiros do Estado) do que em trabalhar para
aumentar a nossa qualidade de vida.
Que os novos governantes exerçam os seus cargos a honestidade como uma
virtude. Que deixem de cabeça erguida os cargos que ocupam. Que se sintam or-
gulhosos de, depois de deixarem os cargos públicos, terem servido bem o país.
Os interesses do país devem estar acima dos interesses particulares.

CARTAS DOS LEITORES


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior
Comunicar mais e melhor os cidadãos é uma boa opção. tores) para nos resolver o problema
SEDE:
José Alberto Domingos
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26 É importante que os governantes Os governantes devem ter infor- da recolha e reciclagem do lixo
Caixa Postal 1312 - Luanda
Luena Kassonde Ross Guinapo
Redacção: 222 020 174 comuniquem mais e melhor com mação sobre o que realmente se poderão ficar muito abaixo dos
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073 os órgãos de difusão massiva, passa na sociedade, para toma- benefícios que teremos no futuro
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
para que os cidadãos possam rem decisões correctas. em termos de saúde pública e de
ser informados correctamente MARLENE JOÃO qualidade de vida.
do que se faz e das razões por Ingombota JOAQUIM LUCAS
que se faz isto ou aquilo, ao nível Maianga
DIRECTOR: da gestão da coisa pública. Os
Víctor Silva EDIÇÕES ESPECIAIS:
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos, cidadãos têm direito a serem in- Recolha do lixo
DIRECTOR-ADJUNTO: Leonel Kassana e Yara Simão
Caetano Júnior formados. A omissão de infor- Penso que é preciso que se encontre Reeducação de menores
DIRECTOR EXECUTIVO:
Guilhermino Alberto FOTOGRAFIA:
Francisco Bernardo (editor-chefe),
mação ou informação mal trans- um modelo sólido de recolha do Há no nosso país muitos menores
EDITOR EXECUTIVO:
José Cola (editor),
Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes,
mitida pode gerar confusão. lixo em Luanda, a cidade mais em conflito com a lei. Que o Estado
Diogo Paixão Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala Penso que se deve dar mais in- populosa do país. Não podemos crie condições para que estes me-
Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreira Pipas
SUBEDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa formação sobre os diferentes pro- estar a mudar constantemente de nores sejam reeducados em locais
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS: jectos de grande impacto eco- modelo de recolha do lixo. Que se apropriados, para que não voltem,
Adão Diogo (Lunda Sul),
GRANDE REPÓRTER: Alberto Coelho (Cabinda), nómico e social aos cidadãos, estudem modelos que há no mun- depois de sair deles, a praticar actos
Luísa Rogério João Mavinga (Zaire),
Vladimir Prata (Namibe), para se evitarem especulações. do e que se adaptem à nossa rea- ilícitos .Tem de se trabalhar para
Esídoro Natalício (Cuanza-Norte),
EDITORIAS:
POLÍTICA: Luís Pedro (Cuanza-Sul), Temos hoje uma sociedade que lidade. Estamos a caminho de que as crianças em conflito com
Noé Jamba (Bengo),
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (subeditor) e Bernardino Manje (sub-editor) Francisco Curinhingana (Malanje) está muito atenta ao que o Go- fazer cinquenta anos de indepen- a lei estudem ou aprendam ofí-
Fernando Cunha (Huambo),
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga João Constantino (Bié), verno faz , sobretudo depois que dência e ainda estamos a procurar cios, para, na idade adulta, serem
José Chaves (Andulo),
OPINIÃO: Jaime Azulay (Benguela), passou a haver maior abertura o melhor modelo para recolher o bons cidadãos.
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (sub-editor) Jesus Silva (Lobito),
SOCIEDADE: Estanislau Costa (Huíla), em termos de liberdade de ex- lixo. Será que não temos especia- ARSÉNIO GUILHERME
Joaquim Aguiar (Lunda-Norte), Cassequel
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Silvino Paulo (Uíge), pressão e de imprensa. Os go- listas angolanos em urbanismo,
Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Quinito Kanhamei (Cunene), vernantes não devem temer a em ambiente e em ordenamento
Samuel António (Moxico),
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha
crítica. A crítica ajuda a melhorar do território a viver dentro ou fora
REGIÕES: PAGINAÇÃO E ARTE: o trabalho. As críticas devem do país, para gizarem um modelo Assaltos à madrugada
Sérgio Chivaca (editor-chefe), Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz,
Béu Pombal (sub-editor), Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, Alberto ser sempre avaliadas, mesmo eficaz de recolha do lixo? Se não Moro no bairro Sagrada Espe-
Filipe Eduardo Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, António Saldanha,
ECONOMIA:
Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, João Mundaka, Ana Paula Dias , que não se concorde com elas. tivermos esses especialistas, que rança (Distrito da Maianga) e
Isabel Fragão, Manuel Cassenda, Francisco da Silva, João Mundaka, Rui Jacinto,
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela ,
Bruno Bernardo, Luquemba Pedro Governar implica estar sujeito se recorra a quadros estrangeiros. gostava que houvesse policia-
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim
CARTOON E ILUSTRAÇÃO: ao escrutínio dos cidadãos. Te- Penso que os custos da contratação mento à madrugada no troço
MUNDO: Armando Pululo e Casemiro Pedro
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa remos um país melhor se tivermos de quadros estrangeiros (consul- que sai do chamado Campo do
DESPORTO: COPY DESK:
uma governação cada vez mais Felício e termina na Avenida "21
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (sub-editor), António Cristóvão, Rui Ramos, Arlindo Soares, Esperança Vieira Dias transparente e governantes dis- de Janeiro", porque aí ocorrem
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo, ESCREVA-NOS
António de Brito e Honorato Silva postos a ouvir os cidadãos. O muitos assaltos a pessoas que
CULTURA: O Jornal de Angola Presidente da República, João Cartas recebidas na vão ou saem do trabalho. Os as-
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (sub-editor), utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina Rua Rainha Ginga, 12-26
Francisco Pedro (sub-editor), Lourenço, tem dado bons exem- Caixa Postal 1312 - Luanda saltos acontecem geralmente
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva
PUBLICIDADE: plos, quando recebe segmentos perto da Igreja do "Bom Deus".
GENTE E FIM-DE-SEMANA: (+244) 937 550 262 ou por e-mail:
António Cruz (editor-chefe), Isaquiel Cori (editor)
Edna Cauxeiro (sub-editora), (+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com da sociedade civil para com eles ARSÉNIO GUILHERME
escrevaconnoscoJA@gmail.com Cassequel
Ferraz Neto (sub-editor) e Pereira Dinis abordar a situação do país. Ouvir
OPINIÃO Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 7
FACTOS & ILAÇÕES EPÍSTOLAS
DO OCIDENTE
Filomeno Manaças
Sousa Jamba
CITAÇÕES

Fome no Cuando Cubango


Assentar com os parceiros as bases “As vozes
críticas que Entre Fevereiro e Março de 1976, estávamos no Cuando Cubango

para o grande arranque da economia permanentemente


estiveram contra
a passar muita fome. Fazíamos parte de várias famílias, na sua
maioria ligadas à UNITA, que tinham abandonado o Huambo.
O nosso grupo esteve no Cuito Cuanavale, depois passou para
a construção Mavinga e de lá andou a pé até à Zâmbia. Sobrevivíamos co-
A economia angolana ainda não está a replicar de o compromisso de em conjunto os parceiros de de refinarias mendo frutas silvestres, tortulho e lagartos. Nas aldeias em
modo adequado às intenções corporizadas no discurso negociação enfrentarem os constrangimentos que em Angola que passámos havia muito pouca comida; o povo cultivava
político de realização de reformas profundas no possam surgir. alimentaram apenas o mínimo para a sua subsistência. Esta prática fazia
Estado e, neste caso particular, de toda a máquina Sem “prisioneiros de consciência”, as ideias, a durante todo sentido: muitas destas aldeias estavam completamente isoladas.
produtiva, de modo a conferir sustentabilidade ao favor e contra, em relação a um determinado assunto, Chegámos à Zâmbia e lá não havia falta de comida. Através de
novo estado de alma em que o país vive. desfilam e é, a partir delas, possível tirar o azimute
este tempo uma rede de estradas, algumas de terra batida, havia um certo
Num contexto como esse, é comum ouvir falar de e estabelecer o fio-de-prumo. os interesses dos comércio a florescer; havia camiões que vinham do centro da
incertezas e ouvir críticas disparadas de várias frentes, O Executivo soube perceber, muito cedo, que o de- grupos que vivem Zâmbia para comprar os produtos no oeste do país.
muitas delas como resultado de uma amálgama de safio de devolver ao sector empresarial privado o pro- da transformação Fiquei profundamente triste quando soube, recentemente,
emoções e, por vezes, sem a racionalidade suficiente tagonismo que por direito lhe cabe em qualquer eco- do nosso petróleo que há gente a passar muita fome em Mavinga — e que uma
para separar as águas e colocar cada coisa no seu nomia de mercado passa por ouvir as suas preocupações, criança tinha falecido em Licua, no Cuando Cubango. Depois
devido lugar. Mas se, por um lado, há esse sentimento tendo, sobretudo, em conta o histórico que marcou o
no exterior”. de oito anos na Zâmbia, regressei, em 1984, a Angola, vindo
que perpassa por uma boa franja de pessoas, por outro, desenvolvimento da classe, sem que esse entendimento Manuel Tavares de Kinshasa num avião Dakota. Aterrámos em Licua, na altura
é de considerar notável esse exercício que faz pulsar representasse abdicar da implementação de medidas de Almeida uma das principais bases logísticas da UNITA, comandada
Ministro da Construção
as democracias e lhes confere particular dinâmica. de fundo, como o Programa de Estabilização Macroe- e Obras Públicas pelo falecido general Altino Sapalalo “Bock.” Comemos arroz
Embora a realidade aconselhe a pôr os pés no chão, conómica, ou alinhar pela adopção de uma política de com carne de vaca; havia, também, bolachas que, se dizia,
os nossos anseios - talvez porque assim educamos o crédito inócua e desregrada para “compensar” quem eram bastante nutritivas. Depois de uma longa viagem chegámos
espírito - fixam-se na obtenção de resultados imediatos. não tivesse sido beneficiado. “Essas mesmas à Jamba, onde fomos alojados numa caserna com muitos
A relação que o ser estabelece entre as intenções, o Seria um retrocesso imperdoável agir nos marcos vozes ( que se jovens cabindenses, alguns já falecidos, que incluía o Raul
que se almeja e o resultado prático, o que há para ser desse tipo de mentalidade e não iria permitir que o opunham à Danda, actual vice-presidente da UNITA. Estive no Cuando Cu-
conquistado, ignora que tudo é um processo e que o país entrasse na nova era em que agora se encontra: construção de bango, no território controlado pela UNITA, por três anos e
alcance desse objectivo implica de responsabilidade, de prestação de con- fartei-me de comer carne — incluindo enlatada.
percorrer etapas. tas, de gestão parcimoniosa. refinarias em No tempo que estive no Cuando Cubango, falava-se muito
Angola)
E não estaríamos a ver, à luz
dos desenvolvimentos que temos O Executivo O compromisso de dar outro rumo à
economia esteve, uma vez mais, patente condenam hoje
da importância de “sobreviver pelos nossos próprios meios.”
Na altura havia várias campanhas para aumentar a produção
vindo a assistir, como seria pos- soube perceber, no encontro que o Presidente João Lou- o Governo de agrícola. Na área de Mavinga passou, até, a existir um vas-
sível percorrer essas etapas, ou renço realizou, terça-feira, com as asso- Angola, dizendo tíssimo complexo de agricultura, que findou em 1992, com
até mesmo queimá-las, quando muito cedo, ciações empresariais nacionais, como que não se o início dos Acordos de Paz. Vendo as imagens de pessoas
necessário, se o Executivo não
tivesse elegido, como uma das
que o desafio corolário do conjunto de iniciativas que
o Executivo tem vindo a desenvolver, a
compreende que cheias de fome em Mavinga e Licua, lembrei-me do que
tinha visto em 1976.
suas bitolas, o diálogo franco e de devolver mostrar que o diálogo com os empresá-
um país que é o
segundo maior
Para se superar a má situação no Cuando Cubango, primeiro
aberto com todas as forças da
sociedade, ferramenta sem a ao sector rios vai para além do que se prende com
a implementação do Imposto de Valor produtor em África
há a necessidade de acabar com o isolamento das comunidades.
As autoridades vão ter que investir em viaturas capazes de
qual não seria possível conhecer empresarial Acrescentado (IVA). (de crude) ainda atravessar aquelas rotas arenosas do sudoeste da província
em profundidade os problemas É que há tanta coisa por reestruturar, tem de importar do Cuando Cubango, há alguns anos atrás, estive no leste do
que o país atravessa. privado tanta coisa por organizar, de tal sorte os refinados Chade, a caminho da região de Darfur, no Sudão. Lá, chove
Estes poucos meses de diálogo
entre o Executivo e a classe em-
o protagonismo que não é razoável exigir que, trans-
corridos dois anos, a economia como
do petróleo” muito pouco; a agricultura era feita no solo dos rios intermitentes.
Notei que as populações irrigavam as plantas, usando técnicas
presarial do país já permitiram ao que por direito um todo comece já a apresentar resul-
Idem
que maximizavam o seu uso. Havia, por exemplo, vastas hortas
primeiro um manancial de infor-
mação que não teria conseguido lhe cabe tados palpáveis.
Eles vão surgir, disso temos a certeza.
a produzir tomate, cebola, cenouras, etc., usando muito pouca
água. Parte da água era usada, também, para os animais.
se a opção tivesse sido governar em qualquer Porém, nada se consegue sem trabalho. “Precisamos Depois, há, também, a questão de ensinar os populares a
no sentido vertical. A necessidade E, por falar em trabalho, exemplo prático identificar produtos que podem trazer algum dinheiro. Em
de a governação ver-se livre de economia de é a presença entre nós do comboio de
de reflectir sobre Luanda, as frutas silvestres — lohengo, maboque, cambungo,
o papel da mulher
muitos procedimentos burocráti-
cos que entravam o normal fun-
mercado passa luxo que, a partir de Dar-es-Salaam, na
Tanzânia, e passando pela Zâmbia e pela africana e sobre o
etc. — dão muito dinheiro. No mercado de Saurimo, Lunda-
Sul, notei que havia uma espécie de peixe muito procurado
cionamento da economia, sem por ouvir as suas RDC, trouxe 51 turistas que ficaram ma- espaço que lhe tem chamado bream. Este peixe vinha da Zâmbia; há comerciantes
que isso signifique que a Admi-
nistração prescinda da indispen- preocupações ravilhados com a recepção e cultura an-
golanas. Na mesma altura, corria a notícia
sido ou não dado.” vindos dos lagos do norte da Zâmbia com este peixe para
vender nas Lundas. Deve haver produtos (mesmo no interior
sável informação que é recolhida da assinatura, entre o Ministério do Am- Suzana Mendes do Cuando Cubango) que podem ser vendidos em várias partes
Secretária-geral adjunta do
através dos processos actuais, é biente e ambientalistas norte-americanos Sindicato dos Jornalistas do país; isto, claro, depois do fim do isolamento.
apenas um exemplo do que é pre- e sul-africanos, de um acordo para a ges- Angolanos , durante uma Depois há, também, a grande possibilidade do turismo.
palestra alusiva ao Dia da
ciso mudar para corrigir o que está mal e que impede tão, por um período de 20 anos e sem envolver custos Mulher Africana , comemorado O isolamento de muitas áreas do Cuando Cubango significa
a 31 de Julho
que a economia tenha outra dinâmica. financeiros para o Estado, dos parques nacionais. que os animais e plantas selvagens não foram exterminados.
Outras tantas incongruências há e muitas das mu- De certeza que por detrás de tudo isso esteve O doutor Jonas Malheiro Savimbi tinha várias residências
danças pretendidas encontram entraves ao nível das todo um trabalho de preparação quer para a vinda privadas ao longo dos vários rios naquela região. Há, por lá,
mentalidades dominantes, que precisam de encai- dos turistas, quer para a assinatura do acordo em re- muitos lagos pequenos; em 1985, vi o doutor Savimbi a
xar-se na nova realidade política do país. lação aos parques nacionais, que vai abrir caminho “Cada um se sente pescar num dos lagos enquanto conversava com o meu
O valor insubstituível do diálogo sério e trans- para que sejam melhor aproveitados para servir o melhor em sua falecido irmão Jaka Jamba. Rindo, os dois diziam que aquela
parente pode ser aferido nas decisões assertivas sector turístico. própria casa. Por região de Angola tinha mais lagos que a Suíça. É tempo de
a que as partes chegam, em que prevalece o con- Executivo e empresários estão, pois, a assentar esta razão, alguém construir pequenos chalés no interior daquela região
senso e o entendimento em relação à melhor ma- as bases para que a economia tenha o grande arranque há necessidade e organizar excursões para que se apreciem os recursos
neira de se resolver uma questão, e, por conseguinte, que todos nós esperamos. naturais. No Botswana, há milhares de turistas que vêm
de se trabalhar anualmente para irem aos campos isolados ver elefantes,
para que os nossos leões, búfalos, etc. Há, até, pequenas linhas aéreas no
concidadãos Botswana cuja especialização é levar os turistas para o interior.
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

possam regressar A comida que os turistas consomem é produzida localmente.


o mais breve Imaginem só uma situação destas no Cuando Cubango:
turistas a irem para o Licua, Mavinga, Jamba, Etalala, Mi-
possível. Mesmo taombamba, Rivungo, Kakuchi, etc., e estes não só terem
agora, se eles que consumir os produtos agrícolas locais, mas também
manifestarem comprando produtos culturais na região!
o desejo de Finalmente, terá que haver uma filosofia que ajude
regressar com os camponeses a maximizar a sua produção. Os grandes
projectos agrícolas com as multinacionais vão ter que
a nossa delegação, esperar: a prioridade vai ter que ser acabar com a fome.
vamos levá-los.” Terá que haver peritos para ajudar o povo a gerir bem o
Martin Mulamba seu solo — e não cair na ilusão que a solução são os fer-
Governador da província tilizantes e outros produtos químicos. Sei muito bem o
do Kassai Central ( Congo
Democrático), referindo-se ao que é uma região árida; já estive no Sahel e Corno de
processo de repatriamento de África. Para muita gente lá, a província do Cuando Cubango
refugiados do seu país que se
encontram na Lunda -Norte é um paraíso.
8 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

RECRUTAMENTO
A Sociedade Mineira do Lulo, com sede em Luanda, na Rua 65, casa n.º 151 – Urbanização Nova Vida, município de Belas, constituída pelas Associadas Endiama
Mining Lda, Lucapa Diamond Company Limited, e Rosas & Pétalas S.A., pretende recrutar com urgência, no Âmbito do seu processo de expansão, o seguinte pro-
fissional:
MECÂNICO DE MÁQUINAS COM MOTOR A GASÓLEO Descrição das funções:
• Responsável pela execução de tarefas altamente complexas;
Requisitos exigidos: • Responsável por toda a manutenção e reparação ligada à engenharia, incluindo, todos
• Nível de escolaridade secundário ou terciário; os equipamentos de remoção de terras, todos os veículos médios e ligeiros, todas as ins-
• Técnico qualificado em máquinas com motor a gasóleo; talações eléctricas (incluindo geradores) e projectos de construção, quando for necessário;
• Diploma técnico profissional; • Responsável pelo planeamento e execução da manutenção de todos os equipamentos
• Mínimo de 5 anos de experiência profissional; e engenhos móveis;
• Cursos de formação em escavadeiras, carregadeiras de rodas e camiões articulados; • Supervisionar todas as equipes de manutenção dentro do orçamento de engenharia,
• Fortes fundamentos sobre mecânica; garantindo a máxima disponibilidade para uma produção eficiente;
• Conhecimentos de Informática na óptica do utilizador; • Responsável juntamente com o Gerente da Mina, pela preparação de um orçamento anual
• Boas competências de comunicação verbal e escrita; do Departamento de Engenharia, e da supervisão do Orçamento Operacional mensal;
• Capacidade para resolver problemas; • Formar e gerir os trabalhadores do seu departamento, com o objectivo de formar me-
• Pensamento estratégico e criactividade; cânicos e eletricistas competentes e seguros, bem como os seus ajudantes;
• Desenvolver e manter procedimentos de segurança para cumprir toda a legislação e
• Forte senso de responsabilidade e honestidade;
práticas relevantes;
• Forte espírito de equipa;
• Trabalhar com o Chefe de Logística para estabelecer e manter um inventário eficiente
• Boas relações interpessoais;
de peças de reposição e consumíveis;
• Conhecimentos sobre Regulamentos de Saúde e Segurança Ocupacional.
• Participar em reuniões de projectos semanais, preparar estatísticas diárias e semanais
e, elaborar relatórios semanais e mensais, conforme solicitado pelo Gestor de Produção
Descrição das funções:
/ Gerente de Mina;
• Limpar, construir, instalar e reparar o equipamento e as máquinas de remoção de terras;
• Cumprir as regras e regulamentos de Higiene, Segurança e Ambiente no Trabalho em
• Diagnosticar problemas nos equipamentos e máquinas de remoção de terras;
vigor na Sociedade.
• Reparar e manter os veículos a gasóleo, incluindo camiões pesados, equipamentos pe- ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
sados de construção, niveladoras, camiões articulados, escavadeiras e veículos ligeiros;
GEÓLOGO DE EXPLORAÇÃO
• Reparar, rever e manter os sistemas de injeção de combustível, sistemas de escape,
sistemas de arrefecimento, sistemas de ar condicionado, sistemas de lubrificação e sis-
Requisitos exigidos:
temas de controlo do motor;
• Licenciatura em geologia;
• Efectuar grandes reparos dos componentes internos do motor, instalação e alinhamento
• Vasto conhecimento e experiência de trabalho na indústria de diamantes;
de motores e máquinas;
• Mínimo cinco (5) anos de experiência no domínio da exploração de kimberlitos e, em
• Efectuar reparação, revisão e manutenção de unidades de tracção e transmissões finais,
depósitos de diamantes aluviais será uma vantagem;
transmissões hidráulicas, tomada de força, suspensão e direcção de veículos de lagartas,
• Forte capacidade de se instalar em áreas remotas e trabalhar em condições de campo
articulados e sistemas de travagem;
desafiadoras;
• Acompanhar o desempenho dos equipamentos reparados; • Informática na óptica do utilizador;
• Realizar verificações diárias de segurança e manutenção, quando necessário, nos equi- • Conhecimento do sistema de informação geográfica;
pamentos com a finalidade de identificar falhas e defeitos; • Possuir carta de condução de veículos ligeiros profissional e, ser proficiente na condu-
• Demonstrar conhecimento de: camiões, equipamentos de segurança, carregadores fron- ção off-road;
tais, tratores, niveladoras, escavadeiras, camiões articulados e outros tipos de equipa- • Domínio da língua inglesa (falada, lida e escrita).
mentos pesados, procedimentos de manutenção e armazenamento de equipamentos,
normas e procedimentos de limpeza de equipamentos; Deveres & Responsabilidades
• Manter a disciplina, conforme necessário, na sua área de responsabilidade; • Manter o programa de exploração de kimberlito (em conjunto com o Chefe de Departa-
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- mento dos Serviços Técnicos);
• Projectar, implementar e gerir uma variedade de programas, principalmente:
GESTOR DE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA - O mapeamento estratigráfico de campo;
- O fluxo mineral indicador do kimberlito e a amostragem de solos arenosos;
Requisitos exigidos: - O tratamento das amostras de kimberlito;
• Licenciatura em engenharia mecânica; - A amostragem de grande volume de afluentes.
• Boa capacidade de comunicação oral e escrita em Português e Inglês • Garantir que os programas sejam concluídos de acordo com as normas da empresa.
• Capacidade de liderança e comando de equipas; • Recolher dados de exploração de alta qualidade para facilitar a tomada de decisões;
• Mínimo de 15 anos de experiência profissional; • Analisar e interpretar os dados para elaborar os modelos geológicos para a elaboração
• Conhecimento profundo de engenharia mecânica; de programas de acompanhamento;
• Compreensão e uso do manual de peças de reposição; • Efectuar registos básicos de carotes de kimberlito e outras sequências geológicas ou
• Bom conhecimento de sistemas hidráulicos e desenhos; carotes de perfuração;
• Conhecimento do aperto de mangueira hidráulica; • Garantir que a precisão da base de dados da exploração da Empresa seja mantida no
• Conhecimento profundo de manutenção preventiva de máquinas pesadas e de remoção nível mais alto;
de terras; • Preparar semanal e mensalmente, relatórios escritos a fim de apresentar os resultados
• Conhecimentos de informática na óptica do utilizador; à direcção;
• Habilidades em resolução de conflitos laborais • Supervisionar a exportação das amostras para laboratórios credenciados em contato
• Pensamento estratégico e criativo; com outros departamentos;
• Forte sentido de responsabilidade e honestidade; • Manter um nível de segurança elevado.
• Forte espírito de trabalho em equipa; Os candidatos que reunirem os requisitos acima descritos, deverão enviar as suas can-
• Boas relações interpessoais;
didaturas até ao dia 2 de Agosto de 2019, para os seguintes endereço:
• Forte conhecimentos sobre os Regulamentos de Saúde e Segurança Ocupacional.
recrutamento@smlulo.com

NICOLAU SIMÕES CANHANGA


(DRH) (10.287)
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 9
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTA MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTA

ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO NOS TERMOS DO N.º


ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO NOS TERMOS DO ART.
69 DA LEI N.º 9/DE JUNHO - LEI DOS CONTRATOS PÚBLICOS
N.º 69 DA LEI N.º 9/16 DE JUNHO - LEI DOS CONTRATOS PÚBLICOS
CONCURSO PÚBLICO
CONCURSO PÚBLICO
N.º /07/2019
N.º /07/2019
O Ministério da Agricultura e Florestas, através do Instituto Nacional do Café, vem tornar
O Ministério da Agricultura e Florestas, através do Instituto Nacional do Café (INCA), público que, nos termos do dispos to no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da Lei n.º
vem tornar público que, nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da 09/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públicos, está aberto o Concurso Público para
Lei n.º 09/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públicos, está aberto o Concurso Público Prestação de Serviço para Reforço e Fortalecimento das Brigadas Técnicas do INCA.
para o Fornecimento de Mudas de Café.
1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC): 3. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)
2. Ministério da Agricultura e Florestas/Instituto Nacional do Café, com sede na Avenida Ministério da Agricultura e Florestas/Instituto Nacional do Café, com sede na Avenida 4
de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 3.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Município de
4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 3.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Município de
Luanda, Província de Luanda.
Luanda, Província de Luanda. Tel.:932569336/912750296/926466865; Email:
inca.sede@hotmail.com/ inca.sede@gmail.com/ inca.sede@minagrif.gov.ao 4. Informações Relativas ao Contrato
Designação dada ao contrato pela entidade pública contratante: Contrato para Pres-
3. Informações relativas ao Contrato: tação de Serviço para Reforço e Fortalecimento das Brigadas Técnicas do INCA do Am-
Designação dada ao contrato pela entidade pública contratante: Contrato para for- boim e Libolo, na província do Cuanza Sul; do Mucaba e Quitexe na província do Uíge e;
necimento de 1.875.000 de Café. de Samba Caju e Golungo Alto na província do Cuanza Norte.
Tipo de contrato: Contrato de Fornecimento de 1.875.000 de Café. Tipo de contrato: Prestação de Serviço para Reforço e Fortalecimento das Brigadas
Local de entrega dos bens: Uíge, Cuanza Sul, Cuanza Norte, Bengo, Benguela, Malanje Técnicas do INCA.
e Zaire. Local de prestação de serviço: Municípios do Amboim e Libolo na província do Cuanza
Sul; Mucaba e Quitexe na província do Uíge e; Samba Caju e Golungo Alto na província
a) O concurso implica: A celebração de um Contrato Público.
do Cuanza Norte.
b) O concurso está aberto: Á participação de entidades nacionais para o fomento do
a) O concurso implica: A celebração de um Contrato Público.
empresariado nacional.
b) O concurso está aberto: Á participação de entidades nacionais para o fomento do
c) Breve descrição das prestações objecto do contrato: Fornecimento de mudas de empresariado nacional.
Café, cujas especificações técnicas são indicadas no programa de concurso e no caderno c) Breve descrição das prestações objecto do contrato: Prestação de Serviço para
de encargos que fazem parte integrante do presente processo do concurso. Reforço e Fortalecimento das Brigadas Técnicas do INCA, cujas especificações técnicas
d) Prazo de execução do contrato: O contrato terá a duração adequada a realização são indicadas no programa de concurso e no caderno de encargos que fazem parte in-
do seu objectivo de acordo com o cronograma que a ele será anexo, mas tendo em conta tegrante do presente processo do concurso.
ao prazo máximo de vigência do contrato previsto na lei. d) Prazo de execução do contrato: O contrato terá a duração adequada à realização
3. Informações necessárias relativas aos concorrentes e às propostas: do seu objectivo de acordo com o cronograma que a ele será anexo, mas tendo em conta
Documentos de Habilitação: ao prazo máximo de vigência do contrato previsto na lei.
• Nome da Empresa
3. Informações relativas aos concorrentes e à proposta:
• Cópia do Diário da República
Documentos de Habilitação:
• Cópia do Alvará • Nome da Empresa
• Cópia da Certidão Comercial • Cópia do Diário da República
• Endereço postal • Cópia do Alvará
• Carta de apresentação da Empresa. • Cópia da Certidão comercial
• Capacidade comprovada de produção de Mudas. • Endereço postal
• Descrição resumida da localização e tipo de viveiro. • Carta de apresentação da Empresa.
• Descrição da metodologia adoptada para a produção de Mudas, para efeitos de garantia, • Outros documentos demonstrativos da capacidade técnica do concorrente.
qualidade e execução do contrato. Exigência de caução provisória:
• Outros documentos demonstrativos da capacidade técnica do concorrente. Como parte integrante da proposta no valor de 5% do valor estimado para o contrato.
Exigência de caução provisória: Como parte integrante da proposta no valor de 5% do
4. Critério de adjudicação:
valor estimado para o contrato.
Na avaliação das propostas dos concorrentes que se apresentem ao concurso será ad-
judicada a proposta economicamente mais vantajosa.
4. Critério de adjudicação: Na avaliação das propostas dos concorrentes que se apre-
sentem ao concurso será adjudicada a proposta economicamente mais vantajosa. 5. Processo:
a). Condição para obtenção das peças do procedimento: A obtenção das peças será one-
5.Processo: rosa, em suporte físico, cujo pagamento será efectuado na Conta Única do Tesouro numa
a). Prazo limite para recepção de pedidos das peças do procedimento: 09 de Agosto repartição de finanças.
de 2019. b). Prazo limite para recepção de pedidos das peças do procedimento: 09 de Agosto
b) Preço e condições de obtenção das peças: Kz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil de 2019
c) Preço e condições de obtenção das peças: Kz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil
kwanzas). Código de Conta N.º G89 deve ser feito na Caixa Única do Tesouro (NIF
kwanzas). Código de Conta N.º G89 deve ser feito na Caixa Única do Tesouro (NIF
74030000471).
74030000471).
c) Data limite para apresentação das propostas: 26 de Agosto de 2019, até às 15:30 d) Data limite para apresentação das propostas: 26 de Agosto de 2019, até às 15:30
horas. horas.

6.Local de apresentação das candidaturas dos Concorrentes: 6. Local de apresentação das candidaturas dos Concorrentes:
Endereço: Luanda/ Avenida 4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 1.º Andar, Distrito Urbano Endereço: Luanda/ Avenida 4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 1.º Andar, Distrito Urbano
da Ingombota, Município de Luanda, Província de Luanda. da Ingombota, Município de Luanda, Província de Luanda.
Telefone/ Telemóvel: 926466865 /932693367/912750296 Telefone: 926466865 /932693367/912750296;
Correio electrónico: inca.sede@hotmail.com Correio electrónico: inca.sede@hotmail.com
- Nas Províncias: Departamentos Provinciais do INCA no Uíge, Cuanza Sul, Cuanza Nas Províncias: Departamentos Provinciais do INCA no Bengo, Cuanza Norte e Uíge e
Estação Experimental do Uíge.
Norte, Malanje, Bengo e Benguela e Estações Experimentais do Amboim e do Uíge.
No presente processo de contratação serão preferencialmente, analisadas e avaliadas,
No presente processo de contratação serão preferencialmente, analisadas e avaliadas,
as pessoas singulares ou colectivas nacionais; as propostas devem ser redigidas em Lín-
as pessoas singulares ou colectivas nacionais; as propostas devem ser redigidas em Lín- gua Portuguesa
gua Portuguesa
GABINETE DO DIRECTOR GERAL EM LUANDA, AOS 31 DE JULHO DE 2019.
GABINETE DO DIRECTOR GERAL EM LUANDA, AOS 31 DE JULHO DE 2019.
O DIRECTOR GERAL O DIRECTOR GERAL
(10334b) (10334c)
10 ESPECIAL Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

Luzia Moniz PROMOÇÃO DA UNIDADE DOS ESTADOS DO CONTINENTE em Dakar, Senegal, onde a
organização passa a desig-
nar-se, como é hoje, OPM,
Depois do Congresso da OPF (em francês) e PAWO
FDIM, Federação Democrá- (em inglês) e o 31 de Julho é
tica Internacional das Mulhe- proclamado como dia da
res, realizado em 1958, em
Viena (Áustria), as mulheres
africanas sentiram necessi-
dade de criar uma organiza-
ção continental que pudesse
O contributo Mulher Africana. A sede fica
no Senegal.

Luanda
É em Luanda, durante o seu
representá-las nos encontros
internacionais.
Estamos numa altura em
que a corrente de unificação
decisivo VI Congresso, que se dá a
grande viragem da organi-
zação, adaptando-a aos
tempos que o continente
dos povos africanos ganhava
peso, com a realização, no
Ghana de Kwame Nkrumah,
pai do pan-africanismo, da
Conferência Geral dos Povos
de Angola para vivia. O continente já estava
liberto do jugo colonial,
tinha terminado um ano
antes o Decénio da Mulher,
proclamado pelas Nações
Africanos, em Dezembro de
1958, um ano depois da inde-
pendência deste país, então
Costa do Ouro.
a Organização Unidas. Em Luanda, são
adoptadas alterações aos
estatutos, defendendo:
- assegurar a plena contri-
Nesta corrente de unifi-
cação, destaca-se a criação
do PAIGC, partido da unidade
Guiné-Bissau e Cabo Verde.
Em 1960, logo após as inde-
Panafricana buição da mulher nos esfor-
ços de desenvolvimento
económico, social e cultural,
com vista a acelerar a sua
promoção;
pendências do Mali e do Se-
negal, cria-se a Federação
do Mali, que se dividiu mais
tarde. A União Tanganika e
das Mulheres - educar e sensibilizar as
mulheres africanas para a
tomada de consciência da sua
situação e ajudá-las na defesa
Zanzibar, que culminou com dos seus direitos;
a bem sucedida Tanzânia, - continuar a luta pelo reco-
surge em 1964. No quadro de criação de nhecimento e aplicação do
Neste quadro de criação organizações regionais de direito da mulher africana de
de organizações regionais de participar, a todos os níveis,
unidade, surgem as primeiras unidade, surgem as primeiras na tomada de decisões rela-
organizações femininas regio- organizações femininas tivas à vida política, econó-
nais, como a União das Mulhe- mica, social e cultural nacional
res da África do Oeste, UFOA, regionais, como a União das e internacional e de se expri-
em 1959, no então Sudão fran- Mulheres da África do Oeste, mirem sobre os projectos de
cês, hoje Mali. UFOA, em 1959, no então Sudão lei sobre a mulher e a criança
Aoua Keita - grande inte- antes da sua apresentação
lectual maliana da década de francês, hoje Mali nos parlamentos;
50 - lidera a organização e - acompanhar a evolução
contacta e sensibiliza chefes e contribuir para a melhoria
de Estados para a necessidade da situação da mulher afri-
de criação de uma organização cana, através da organização
pan-africana de mulheres. de dados económicos, polí-
Por isso, com o seu impulso tico-sociais, culturais e esta-
em Bamako,capital do Mali, tí stico s da s mulhere s e
é criado, em Junho de 1962, crianças dos países mem-
um comité preparatório que bros e a sua divulgação pela
define as estratégias a adoptar Dizia também que a orga- lecer laços com as mulheres permaneceram de congresso vilégio de participar, no então Media dos países membros;
e as modalidades de consti- nização devia trabalhar para de todo o mundo, com vista a congresso. De Dar-Es- Palácio 10 de Dezembro. De - apoiar todas as acções nacio-
tuição da União das Mulheres promover a unidade dos ao progresso, justiça e paz Salam até ao Congresso de 1962 a 1986 - 24 anos - pas- nais e internacionais com
Africanas. Estados africanos e estabe- no mundo. Estes objectivos Luanda, a que eu tive o pri- sando pelo histórico de 74, vista à eliminação da violação
Tal comité preparatório dos direitos das mulheres;
integra mulheres de 10 países. - juntar-se aos governos pela
Angola é representada pela democratização em curso em
OMA. É preciso lembrar que
a OMA tinha sido criada em
Janeiro desse mesmo ano,
A instituição da Década da Mulher Africana África, na luta contra a pobre-
za, a fome e as doenças e par-
ticipar na prevenção e resolu-
em Leopoldville, hoje Kinshasa. ção de conflitos.
Outros países do Comité são Lançada pela União Africana, a 15 de DR os instrumentos que visam “potenciar Nesse Congresso, Angola,
Camarões, (1960), Dahome, Outubro de 2010, em Nairobi, Quénia, o desenvolvimento da mulher”. cuja organização feminina,
actual Benin (1960),Ghana numa Cimeira de Chefes de Estado, a Com isso, os Chefes de Estados africanos a OMA, era dirigida por Maria
(1957) Guiné Conackry (1958), Década da Mulher Africana (2010 -2020) acreditavam que, até 2020, mais de dois Ruth Neto, ocupou a presi-
Guiné-Bissau e Cabo Verde é instituída visando: milhões de mulheres e crianças podem dência da OPM, que, a partir
(representadas por membros 1 - Acelerar a luta contra a pobreza; ser salvas, se houver intervenções nesse dai e por um período de 22
da organização feminina do 2 - Estimular o empresariado feminino; sentido. anos, teve a sua sede na capital
PAIGC, Mali (1960),Nigéria 3 - Reconhecer a contribuição das mulheres Neste contexto, os resultados esperados angolana. Todas as despesas
(1960), Tunísia (1956) e repre- para a paz, a segurança e a luta contra a e mecanismos de acompanhamento da dos membros da direcção,
sentantes de organizações violência; Década da Mulher Africana incluem: dos funcionários e de fun-
femininas do Quénia. A essa 4 - Analisar os problemas de governação a) Um plano de acção com recomendações cionamento da organização
organização deram o nome de e de protecção jurídica da mulher; claras, para que os Estados-Membros e eram pagas pelo Estado ango-
Conferência das Mulheres Afri- 5 - Rever os progressos realizados a nível os parceiros de desenvolvimento acelerem lano, que atribuiu estatuto
canas (CMA) e a sua Assem- nacional, sub-regionais e regionais, na a aplicação da igualdade de género e o diplomático a todas as secre-
bleia Constitutiva tem lugar promoção da igualdade de género e as acesso das mulheres à tomada de decisão. tárias de diferentes países
em Dar-Es-Salam, Tanganika, mulheres; b) Uma declaração sobre as mulheres africanos.
de JuliusNyerere, outro ícone 6 - Partilhar experiências, lições aprendidas Africanas e questões emergentes. Hoje, a OPM, com sede
do Pan-africanismo. e boas práticas na promoção da igualdade Para cumprir estas metas, a UA já dis- na África do Sul, é membro
de género e das mulheres; ponibilizou 32 biliões de dólares para observador da UA, membro
De ACM a OPM 7 - Identificar políticas e outros desafios ajudar a melhorar a situação da mulher observador da ONU, mem-
Realizada de 27 a 31 de Julho, de implementação que os países têm em África e criou o Fundo de Desen- bro do Conselho Económico
a Assembleia constitutiva da enfrentado na promoção da igualdade volvimento das Mulheres Africanas da ONU, trabalha em estreita
Conferência das Mulheres de género e capacitação em áreas selec- para movimentar a agenda da igualdade. com sede em Accra,Ghana. Surgida colaboração com a UNESCO,
Africanas diz no seu primeiro cionadas; Cumprir os Objectivos do Milénio que, num momento em que todos os indi- tem no seu seio todos os
estatuto que tinha como ob- 8 - Fazer um levantamento de questões no número 3, define que os Estados cadores apontam as mulheres africanas países de África e bureaux
jectivo a criação de uma orga- emergentes que têm impacto sobre a devem promover a Igualdade de Género como as principais vítimas da falta de sub-regionais.
nização internacional africa- igualdade de género; e o Empoderamento das Mulheres é tam- protecção em períodos de conflitos/ten- Pela sub-região Austral,
na que permitisse às mulhe- 9 - Definir as acções prioritárias e meca- bém outro objectivo desta Década. são, como aconteceu, por exemplo, no Angola é vice-presidente.
res actuarem em conjunto, nismos necessários para acelerar o pro- O documento do lançamento da Década Darfur, na Somália, ou na República Como membro observador
para acelerar o movimento gresso rumo à igualdade de género, “Chama a atenção dos Governos e dos Democrática do Congo e noutras partes da UA e única organização
pela sua emancipação e apoiar capacitação e eliminação da violência Estados membros” para a necessidade do continente, a Década veio dar mais continental de mulheres, a
a grande corrente de liber- contra as mulheres e fortalecer e construir de, não só de rectificar e aderir às con- visibilidade aos problemas das mulheres sua voz foi determinante no
tação política e económica novas alianças e parcerias estratégicas venções, mas de implementação de todos africanas. estabelecimento da década
do continente. da Mulher Africana.
ECONOMIA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 11
MERCADO CAMBIAL
Agricultura PROJECTO DE APOIO À PRODUÇÃO
JOSÉ CACHIVA | ANGOP
BNA aumenta valor
MUNICÍPIOS DE BENGUELA
ASSOLADOS PELA SECA
SÃO A PRIORIDADE
O projecto de recuperação
da agricultura na província
para leilões de Agosto
de Benguela vai ser Quinhentos milhões de dóla- não terem apresentado os
implementado, numa res norte-americanos é o valor relatórios de execução das
primeira fase, nos de divisas que o Banco Nacio- divisas obtidas no leilão da
municípios de Chongorói, nal de Angola (BNA) tem dis- semana anterior ou por apre-
Caimbambo e Baía Farta, ponível para a venda em leilão sentarem uma execução
que muito sofreram com a de preços e de quantidade, abaixo de 50 por cento.
seca em anos anteriores. para este mês de Agosto, mais Na semana de 22 a 26, ape-
Lançado recentemente em 100 milhões em relação ao nas sete bancos comerciais
Benguela, o projecto está mês de Julho. estavam habilitados a participar
avaliado em mais de um De acordo com uma nota do leilão de divisas do Banco
milhão de dólares e deve do Banco Central, após cada Central, nomeadamente Stan-
ser financiado pelo Fundo sessão, divulgará, no seu por- dard Chartered Bank, Standard
Internacional de tal, as taxas de câmbio máxima Bank, Finibanco, BPC, BDA,
Desenvolvimento (FIDA). De e mínima admitidas, bem Banco Comercial Angolano,
acordo com o responsável como a taxa de câmbio média ficando excluídos 19, por não
provincial do Instituto de resultante da sessão. apresentarem o relatório de
Desenvolvimento Agrário Empreendedores dos diversos sectores de produção têm o crédito assegurado No mês de Junho, o BNA execução da edição anterior.
(IDA), Paulo Bungo, o disponibilizou o equivalente Ficaram excluídos do refe-
projecto abrange os a 400 milhões de dólares em rido leilão o Millennium
municípios assolados pela

Malparado não impede


divisas por via de leilão de Atlântico, BAI, Caixa Geral
seca e inundações. “Trata- preços e de quantidade. Angola, Banco Comercial do
se do Chongorói, Para esta semana, todos os Huambo, BCI, Banco de Cré-
Caimbambo e Baía Farta, bancos comerciais já podem dito do Sul, Banco Económico,
onde, numa primeira fase,

crédito a empresários
participar do leilão, depois BFA, BIC, Banco de Investi-
vamos trabalhar, para de levantada a suspensão, na mento Rural, Banco Kwanza
maximizar as terça-feira, imposta a 19 ins- Invest, Banco Micro-Finanças,
consequências resultantes tituições financeiras, na se- BNI, Banco Prestígio, Banco
dos dois fenómenos que mana de 22 a 26 de Julho, por Valor, Sol, VTB e Banco Yetu.
têm afectado a economia e Apoio ao crédito em Malanje tem garantias dos
a sociedade”, afirmou. bancos BAI e BIC, que possuem 2,00 por cento do
EDIÇÕES NOVEMBRO seu capital virado para projectos sustentáveis HUAMBO
Venâncio Victor | Malanje de Apoio ao Crédito foi abraçado pelos

Os empresários da província de Malanje,


com créditos pendentes nos bancos
bancos BAI (Banco Angolano de Inves-
timentos) e BIC (Banco Internacional
de Crédito), que já começaram a receber
Agricultura corrige
comerciais, não estão impedidos de
aderir ao Programa de Apoio ao Crédito
(PAC), para que possam desenvolver
processos e possuem 2,00 por cento
do capital virado para projectos, cabendo
apenas aos empresários apresentarem
solos no Huambo
ARÃO MARTINS | EDIÇÕES NOVEMBRO
projectos viáveis que permitam a liqui- um trabalho afincado.
dação dos empréstimos obtidos ante- O responsável disse que, além dos
riormente junto da banca. requisitos exigidos pelos bancos, os
A informação foi prestada pelo direc- empresários, agricultores e cooperativas
tor do Gabinete Provincial para o Desen- que desejam esse financiamento, pagam
O responsável do IDA volvimento Económico e Integrado, apenas 7,5 por cento de taxa de juro,
realçou que o projecto Jacinto Caculo, durante um encontro havendo possibilidades de negociar-
apresenta igualmente de esclarecimento sobre o PAC, que se com os bancos autorizados os prazos
inovação, já que nele juntou em Malanje empresários, asso- de carência. A título de exemplo, referiu
participam todas as ciações empresariais, comerciantes, que para o sector da Agricultura o tempo
comunidades residentes nos industriais e cooperativas. é de três anos de carência.
três municípios indicados Jacinto Caculo afirmou que grande O responsável diz ser importante que
para esta primeira fase. parte dos empresários locais têm dívidas os empreendedores evitem aquilo que
A engenheira agrónoma pendentes com a banca comercial, mas considerou ser “capricho individual” de
Adriana Otutune defendeu, aconselha os mesmos a acederem ao inviabilizar os objectivos do PAC, à seme-
ontem, na cidade de financiamento do PAC, desde que pos- lhança do que ocorreu com outros pro- Processo no Huambo começou na época agrícola 2015/2016
Benguela, a aposta na suam os requisitos exigidos, como esta- jectos que fracassaram em anos anteriores.
agricultura como forma de rem registados no Portal do Produtor “Precisamos ter em conta que o PAC não Dois mil e 500 hectares de ter- mil e 271,23 toneladas de pro-
obtenção de alimentos com Nacional, onde facilmente é publicitado só pode contribuir para a renda pessoal, ras destinadas à agricultura, dutos diversos.
qualidade. A especialista, o projecto e os produtos de cada como vem cooperar para o aumento da distribuídos pelos 11 municípios Sem avançar o número de
que participou num debate empreendedor. Em Malanje, o Programa produção nacional”, sublinhou. da província do Huambo, cen- famílias mobilizadas, Abrantes
radiofónico sobre a tro-sul do país, vão ser inter- Carlos garantiu estarem criadas
qualidade dos produtos vencionados para reduzir os as condições para a aquisição
agrícolas, afirmou que os níveis de acidez dos solos, atra- do produto das províncias do
alimentos produzidos de vés da utilização de calcário Bengo, Benguela, Cuanza-Sul
forma natural possuem um complexas, à medida que as dolomítico, no quadro dos pre- e Huíla para, posteriormente,
valor nutritivo elevado.
SECTOR PETROLÍFERO empresas buscam optimizar parativos da próxima campa- ser distribuído aos campone-
“Devido a esse valor custos e, ao mesmo tempo, nha agrícola. ses, no âmbito do Projecto de
nutricional elevado, são
considerados alimentos Projectados debates sobre manter a flexibilidade.
“Estas cadeias se estendem
Em declarações à Angop,
o director do Gabinete local
Desenvolvimento da Agricul-
tura Familiar e Comercialização
com energia vital, o que se por vários países e locais e da Agricultura, Abrantes Car- “Mosap II”.
pode provar com o facto de,
por si só, terem uma vida de
cadeias de abastecimento enfrentam grandes desafios,
em termos de qualidade, con-
los, disse que a região dispõe,
neste momento, de cinco mil
Realçou que estas acções
visam aumentar a capacidade
prateleira maior que o Victorino Joaquim próximo dia 7, o Iaac pretende formidade com regulamentos toneladas de calcário, adqui- produtiva dos solos e, por via
produto convencional”, analisar e discutir a temática e padrões relacionados com ridas na província de Ben- disso, aumentar os níveis de
evidenciou a agrónoma. Por O Instituto Angolanode Acre- com os intervenientes na cadeia a segurança e responsabilidade guela, uma quantidade que produção, no sentido de
exemplo, referiu, o tomate ditação (Iaac) lança, na próxima de abastecimento do sector ambiental e social”, sublinhou. considerou muito aquém das garantir a segurança alimentar
convencional tem a semana, em Luanda, um ciclo petrolífero, com vista a encon- Cláudia Simões lembrou que exigências do sector agrícola. e recuperar a posição de “ce-
tendência de estragar-se de debates sobre a cadeia trar pontos de convergência e a acreditação determina a O responsável lembrou que, leiro de Angola” que essa
muito rápido, mas o da nacional de abastecimento no soluções para os constrangi- competência técnica, a inte- na campanha agrícola passada, região já ocupou.
agricultura natural tem sector petrolífero, que serão mentos actuais. gridade e a imparcialidade das as autoridades haviam cor- Abrantes Carlos acrescen-
prazo prolongado. realizados sob a bandeira A par disto, pretende-se organizações que fornecem rigido apenas 300 hectares, tou que o aumento da produ-
Por esse facto, notou, as “Acreditação: agregando valor ainda que, por via da acreditação, serviços de avaliação de con- dos 381 mil disponíveis para ção e da produtividade respon-
empresas criam a às cadeias de abastecimento se possa proporcionar mais qua- formidade, nomeadamente agricultura, com aplicação de de às necessidades da garantia
impressão de que utilizando no sector petrolífero”. lidade nos produtos e serviços laboratórios de ensaio e cali- 600 toneladas de calcário, das da segurança alimentar e das
esse material, para fazer A directora-geral da ins- prestados, a redução de custos bração e organismos de cer- mil e 800 adquiridas. recomendações da Organi-
tudo rápido, vão ter lucros tituição, Cláudia Simões, infor- nas transacções comerciais e a tificação e inspecção. Dados provisórios da cam- zação das Nações Unidas para
mais rápidos e, em termos mou que o evento se enquadra integração dos operadores no Actualmente, a acreditação panha agrícola 2018-2019, a Alimentação e a Agricultura
de produtos, eles podem ter nas actividades comemorativas comércio global. A alta funcio- é sustentada por normas acor- cujos resultados definitivos (FAO), que orienta às famílias
perdas muito mais elevadas do Dia Mundial da Acreditação, nária do Iaac disse que as cadeias dadas internacionalmente, deverão ser divulgados no camponesas a produzirem,
e de forma rápida. que todos os anos é assinalado de fornecimento de produtos que agregam valor às cadeias final deste mês, indicam a no mínimo, uma tonelada
António Gonçalves | Benguela a 9 de Junho. Com a acção do estão hoje mais globalizadas e de abastecimento. colheita de um milhão, 222 por hectare.
12 ÁFRICA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

SITUAÇÃO EM MOÇAMBIQUE FIM DAS HOSTILIDADES

Acordo de paz
Conselho Constitucional confirma já foi assinado
O Presidente Filipe Nyusi e

candidaturas para as presidenciais


o líder da Renamo, Ossufo
Momade, assinaram ontem
o documento que “prevê o
fim formal dos confrontos
entre as Forças de Defesa e
Segurança moçambicanas e
Estão definidos os candidatos às eleições presidenciais de 15 de Outubro em Moçambique, com o braço armado da Resis-
tência Nacional Moçambi-
Filipe Nyusi e Ossufo Momade como potenciais candidatos à vitória, no mesmo dia em que no cana (Renamo), principal
Parlamento o Chefe de Estado reafirmou a sua esperança num futuro melhor para o país partido da oposição”.
O entendimento entre os
dois líderes acontece depois
O Conselho Constitucional DR cultura, pecuária, turismo de se ter iniciado, na segunda-
admitiu quinta-feira o actual e indústria. feira, o processo de desar-
Chefe de Estado, Filipe Nyusi, “Aumentámos a produção mamento, desmobilização e
e o líder da Renamo, Ossufo de cereais de 2,5 milhões de reintegração dos membros
Momade, como candidatos toneladas para 3,2 milhões de do braço armado da Resis-
às eleições presidenciais, toneladas e as culturas de ren- tência Nacional Moçambicana
num acórdão que aceita mais dimento de 63 mil toneladas (Renamo) e a entrega pelo
duas candidaturas e rejeita para 129 mil toneladas”, frisou partido dos oficiais que vão
três por irregularidades. o Presidente moçambicano. integrar a Polícia da República
Além de Filipe Nyusi e A política macroeconó- de Moçambique (PRM).
Ossufo Momade, este do mica do Governo permitiu No âmbito do diálogo entre
maior partido da oposição, que a inflação se situe hoje o Governo moçambicano e
o Conselho Constitucional abaixo de 5 por cento face a Renamo para uma paz dura-
validou, igualmente, as can- aos cerca de 30, quando o doura, o principal partido da
didaturas de Daviz Simango, actual Executivo tomou posse oposição entregou, igual-
líder do Movimento Demo- em 2015, acrescentou. mente, nomes de oficiais seus
crático de Moçambique, e Na esfera social, prosse- nomeados para postos de
de Mário Albino, do partido g u i u , h o uv e u m a f o r t e comando nas Forças Armadas
extraparlamentar Acção do expansão dos serviços de de Defesa de Moçambique
Movimento Unido para a Sal- saúde, educação, abasteci- (FADM).
vação Integral (AMUSI). mento de água e de electri- O actual processo negocial
O documento rejeita as cidade. Os transportes e resultou, também, na apro-
candidaturas de Eugénio comunicações, estradas e vação de um pacote legislativo
Estêvão, Hélder Mendonça pontes também conheceram de descentralização, que prevê
e Alice Mabota devido à insu- um grande crescimento nos a eleição de governadores das
ficiência de proponentes. A últimos cinco anos, acres- 10 províncias moçambicanas
activista moçambicana Alice centou o Presidente. nas eleições gerais de 15 de
Mabota teve 5.611 propo- Filipe Nyusi mostrou-se Outubro. Antes dessa previsão
nentes invalidados do total confiante na desmilitarização legal, os governadores pro-
de 13.160 submetidos, lê-se do braço armado da Renamo vinciais eram nomeados pelo
no acórdão. Filipe Nyusi e Ossufo Momade asseguram que Moçambique conhece a paz definitiva durante este mês, apelando Chefe de Estado.
Hélder Mendonça, neto à população para não discri- O Governo moçambicano
de Francisco Manhanga, líder bique estão agendadas para mandato de cinco anos, pres- O Chefe de Estado destacou minar os guerrilheiros da prin- e a Renamo já assinaram em
histórico da Frelimo, partido 15 de Outubro próximo. tes a terminar, Filipe Nyusi a assinatura na quinta-feira cipal força da oposição na sua 1992 um Acordo Geral de
no poder, viu a invalidação disse que o Governo conseguiu na Serra da Gorongosa, pro- reintegração na vida social. Paz, que pôs termo a 16 anos
de 4.147 proponentes, do total Discurso no Parlamento manter o país de pé perante víncia de Sofala, centro do “Aqueles que estão do outro de guerra civil, mas que foi
de 12.250 submetidos. Por Na quinta-feira, o Presidente a crise económica e financeira país, do acordo de cessação lado são nossos irmãos e não violado entre 2013 e 2014
último, Eugénio Estêvão teve moçambicano, Filipe Nyusi, provocada pelas dívidas ocul- das hostilidades militares com inimigos. Nós, como Governo, por confrontos armados entre
7.732 proponentes invalida- caracterizou o estado da tas, encontrando formas de o líder da Resistência Nacional estamos a trabalhar e eles vão as duas partes, devido a dife-
dos dos 11.340 submetidos. Nação como de “esperança financiamento mais favoráveis Moçambicana (Renamo, prin- entregar as armas na base da rendos relacionados com as
A lei moçambicana deter- e de um futuro promissor”, no mercado internacional. cipal partido da oposição), reconciliação e tolerância”, eleições gerais.
mina que as fichas de pro- assinalando que o país supe- “Podemos, hoje, afirmar Ossufo Momade, como coro- declarou o Chefe de Estado. Em 2014, as duas partes
ponentes com a fotografia do rou adversidades no plano que fizemos a travessia de lário do compromisso com a Para o Presidente de Mo- assinaram um outro acordo
candidato impressa conte- económico, social e político um mar de adversidades, paz e um alicerce fundamental çambique, é fundamental que, de cessação das hostilidades
nham um mínimo de 10 mil nos últimos cinco anos. superámos essas dificulda- para o desenvolvimento social após a conclusão do processo militares, que também voltou
e um máximo de 20 mil assi- Segundo a Lusa, num dis- des, porque estávamos claros e económico. negocial, a sociedade moçam- a ser violado até à declaração
naturas de apoio que devem curso proferido na Assembleia do nosso caminho e estáva- No plano económico, bicana receba o braço armado de tréguas por tempo inde-
ser reconhecidas pelo notário. Nacional e que esteve mais mos certos do nosso destino”, prosseguiu, o país registou da Renamo com “espírito de terminado em 2016, mas
As eleições gerais em Moçam- centrado na análise do seu declarou o Presidente. avanços assinaláveis na agri- reconciliação.” sem um acordo formal.

COMBATE AO TERRORISMO REGIÃO CENTRO


Beira, capital da província de
Sofala, disse à Lusa que, na

Tribunal de Cabo Delgado Homens armados sequência do ataque ocorrido


em Nhampadza, a tripulação
de um autocarro de passa-

condena nove estrangeiros atacam autocarro geiros que devia ter viajado
para a cidade de Quelimane,
província da Zambézia, tam-
bém na região centro, adiou
O Tribunal Judicial da Pro- Trata-se de cidadãos de Lusa que não ficaram pro- a viagem por receio.
víncia de Cabo Delgado, nacionalidade burundesa vados o cometimento de Um conjunto de homens arma- de cessação das hostilidades Nas últimas semanas, um
norte de Moçambique, con- e tanzaniana, que fazem crimes hediondos e porte dos atacaram na quarta-feira militares. O camião ficou imo- grupo de guerrilheiros do braço
denou nove cidadãos estran- parte do quarto processo de armas de fogo, que ha- um autocarro de passageiros bilizado na sequência dos armado do principal partido
geiros a 16 anos de prisão, instaurado na sequência da viam sido imputados pelo e um camião em Nhamapadza, tiros e o autocarro conseguiu da oposição alertou o Governo
por envolvimento nos ata- violência armada em alguns Ministério Público. província de Sofala, centro de seguir viagem, mas foi atin- para a continuação da insta-
ques armados que se têm distritos de Cabo Delgado, A província de Cabo Del- Moçambique, ferindo o moto- gido por balas, apresentando bilidade militar no país, caso
registado na região, disse desde Outubro de 2017. gado, palco de uma intensa rista e o ajudante de um dos furos de projécteis nos lados. assinasse o acordo de cessação
ontem à Lusa uma fonte O tribunal absolveu três actividade de multinacio- veículos, disseram ontem à O troço onde ocorreu o ata- das hostilidades militares com
ligada ao processo. arguidos, incluindo uma nais petrolíferas que se pre- Lusa testemunhas. que foi palco de ataques regu- Ossufo Momade, exigindo a
Segundo a mesma fonte, mulher e dois tanzanianos, param para extrair gás O local do ataque situa-se lares a veículos durante os renúncia deste do cargo de
os nove arguidos foram con- por não ter sido provado o natural, tem sido alvo de a 200 quilómetros do distrito confrontos entre as Forças de presidente da Renamo. O
denados por crimes de asso- seu envolvimento nos ata- ataques de homens arma- de Gorongosa, onde o Presi- Defesa e Segurança e o braço grupo avisou que não vai acei-
ciação para delinquir, ques armados. A justiça ins- dos desde Outubro de 2017, dente da República, Filipe armado da Renamo, entre 2013 tar o processo de desarma-
conspiração contra a orga- taurou ainda um processo que causaram a morte de Nyusi, e o líder da Resistência e 2015. Os veículos alvejados mento, desmobilização e
nização do Estado, instigação autónomo para outros cinco cerca de 200 pessoas, entre Na c i o n a l M o ç a m b i c a n a naquela localidade do distrito reintegração que se iniciou na
ou provocação para deso- por não estar concluída a residentes, supostos agres- (Renamo), principal partido de Marínguè seguiam na direc- segunda-feira, enquanto
bediência colectiva e aten- produção de provas. Fonte sores e elementos das forças da oposição, Ossufo Momade, ção Nhamapadza-Gorongosa. Momade continuar presidente
tado à ordem pública. ligada ao processo disse à de segurança. assinaram mais tarde o acordo Um jornalista que vive na da Renamo.
MUNDO Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 13
SUDÃO HOLANDA TENSÃO NO GOLFO PÉRSICO

Julgamento Entra em vigor


de al-Bashir
está marcado
Lei que proíbe
uso de véu
Bruxelas lamenta sanções dos EUA
para o dia 17
O início do julgamento do
integral
O uso do véu integral está
ao chefe da diplomacia de Teerão
antigo Chefe de Estado do proibido desde ontem em Administração Trump anuncia sanções contra Javad Zarif a quem acusa
Sudão, Omar al-Bashir, acu- escolas, hospitais, edifícios
sado de corrupção, está mar- públicos e transportes públicos
de “difundir no estrangeiro a propaganda do Governo do Irão”
cado para o dia 17, anunciou na Holanda, de acordo com DR
ontem o seu advogado, depois uma nova lei cuja aplicação
de o ex-Presidente ter estado está a provocar grande debate.
ausente da sessão preliminar Estima-se que entre 200
de quinta-feira. “Hoje foi a e 400 mulheres usem a burca
primeira sessão do seu jul- ou o 'niqab' (vestimentas que
gamento, mas as autoridades podem cobrir totalmente ou
foram incapazes de o trazer parcialmente o corpo, sem
por razões de segurança. Por deixar ver o rosto) na Holan-
isso, o juiz informou-nos de da, um país com 17 milhões
que o julgamento terá agora de pessoas.
início a 17 de Agosto”, afirmou Esta lei foi aprovada em
o advogado Hisham al-Gaaly, Junho de 2018, após cerca
citado pela agência France de quinze anos de debate
Press (AFP). político sobre o assunto.
A 16 de Junho, um procu- O deputado anti-islâmico
rador sudanês anunciou as Geert Wilders propôs em
acusações que al-Bashir en- 2005 a adopção de legislação
frenta, naquela que foi a sua sobre o véu integral.
primeira presença pública Com uma multa de 150
desde que foi afastado do euros, “agora é proibido usar
poder, a 11 de Abril. Ibrahim roupas que cubram o rosto
al-Tahir afirmou que a acu- em instituições educacionais,
sação está relacionada com instituições e prédios públi-
uma oferta de oito milhões cos, em hospitais e em trans-
de dólares por um doador e portes públicos”, refere o
que não foram incluídos no Ministério do Interior num
Orçamento do Estado. comunicado.

ESTADO DA NAÇÃO CABO-VERDIANA


DR

Ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros minimiza sanções dos Estados Unidos e afirma não possuir bens no estrangeiro

A União Europeia lamentou ção” do Governo do Irão. As que as sanções impostas da lógica e das palavras de
a decisão do Governo norte- sanções, anunciadas na pelos Estados Unidos ao um diplomata como Zarif”,
americano de impor sanções quarta-feira, incluem o con- chefe da diplomacia de Tee- disse Rohani, durante um
financeiras ao ministro dos gelamento de todos os activos rão demonstram “o medo” discurso na cidade de Tabriz.
Negócios Estrangeiros ira- que o chefe da diplomacia que Washington tem de O Presidente iraniano
niano, prometendo continuar iraniana possui nos Estados Javad Zarif. também disse que se os EUA
a trabalhar com Mohammad Unidos e a proibição de qual- “Eles têm medo das entre- desejarem conversar com o
Javad Zarif. quer transacção com Zarif. vistas que têm sido conce- Irão, o seu interlocutor de-
“Lamentamos essa deci- Com as mesmas sanções, didas pelo nosso ministro verá ser o ministro das Rela-
são. Da nossa parte, conti- Washington pretende também dos Negócios Estrangeiros”, ções Exteriores, a quem des-
Discurso de Ulisses Correia encarado como irrealista nuaremos a trabalhar com o impedir as deslocações do disse Rohani durante um creveu como “académi-
senhor Zarif na sua qualidade ministro ao estrangeiro, apesar discurso transmitido ontem co poderoso.”

Governo e oposição de mais alto responsável pela


diplomacia iraniana, tendo
em conta a importância de
de lhe permitir participar nas
actividades que decorrem na
sede das Nações Unidas, em
pela televisão.
O Presidente iraniano, que
visitou a região de Tabriz, no
O líder iraniano consi-
derou contraditório que os
Estados Unidos declarem

têm discurso oposto manter canais diplomáticos”,


declarou Carlos Martin Ruiz
de Gordejuela.
Nova Iorque.
O chefe da diplomacia ira-
niana afirmou, entretanto,
noroeste do Irão, referiu-se
a uma série de entrevistas que
Zarif deu à imprensa inter-
estar prontos para dialogar
com o Irão e que se auto de-
nominem defensores da
O porta-voz da Comissão que as sanções não vão ter nacional durante uma recente democracia e liberdade de
O Primeiro-Ministro de Cabo cabo-verdiana: a cor azul Europeia reagia em nome efeitos nem a nível pessoal, deslocação à sede das Nações expressão e, depois, san-
Verde afirmou quarta-feira, da nossa bandeira”, afirmou da Alta Representante da nem a nível familiar. Unidas. cionem Zarif e tenham medo
na Assembleia Nacional, que o Primeiro-Ministro e líder União Europeia para a Polí- “Eu não tenho bens ou pro- “É absolutamente claro das entrevistas que o minis-
o Estado da Nação “é de opti- do Movimento para a Demo- tica Externa, Federica Mog- priedades fora do Irão”, afir- que a Casa Branca ficou agi- tro concedeu recentemente
mismo e confiança” e que o cracia (MpD). herini, à decisão dos Estados mou numa publicação na rede tada com as palavras e a lógica a vários veículos de imprensa
país espera celebrar este ano “Há uma apreciação posi- Unidos de impor sanções social Twitter. de um diplomata informado”, americanos.
a declaração da Morna como tiva das famílias cabo-ver- financeiras ao ministro dos afirmou o Presidente iraniano, “Isso mostra que os nos-
Património Mundial Imaterial dianas sobre a sua situação Negócios Estrangeiros ira- Rohani minimiza acusando os Estados Unidos sos inimigos estão deses-
da Humanidade, enquanto financeira e a situação eco- niano, por difundir no estran- decisão de Washington de “infantilidades.” perados e não têm tempo
o principal partido da opo- nómica do país. O clima eco- geiro “a propaganda e as O Presidente iraniano, Has- “É óbvio e claro que na para pensar com sensatez”,
sição o acusa de estar a tentar nómico tem evoluído positi- campanhas de desinforma- san Rohani, afirmou ontem Casa Branca eles têm medo disse o Chefe de Estado.
“maquilhar”, uma situação vamente. Os cabo-verdianos
que considera “enganosa.” sentem, reconhecem e sabem
Ulisses Correia e Silva dis-
cursava no Parlamento, na
cidade da Praia, no anual debate
que este e os próximos anos
serão ainda melhores”, afir-
mou o governante.
Medidas são duras, mas prejudiciais aos EUA e à Europa
do Estado da Nação, sessão Entretanto, a líder do maior
que encerra o ano parlamentar, partido da oposição, Janira Quanto às sançõeseconómicas conquistas.Entre essas con- iraniano em troca do levanta- ser responsável por vários
tendo destacado vários indi- Hopffer Almada, acusou o impostas em 2018 por Washing- quistas, apontou a destruição mento das sanções. As tensões ataques a petroleiros.
cadores do país, como a taxa Governo de “maquilhar” a ton contra o Irão, o Presidente de um drone americano em entre os Estados Unidos e o Irão O Irão, que nega os ataques,
de crescimento, que em 2018 situação real do país, acres- iraniano, Hassan Rohani, afir- Junho passado, derrubado por agravaram-se após a Adminis- começou a exceder os limites
se cifrou nos 5,5 por cento do centando que as soluções do mou que são “duras” para o um sistema de defesa fabricado tração norte-americana de impostos à sua actividade
Produto Interno Bruto. Primeiro-Ministro Ulisses país, mas também “prejudiciais” no Irão. Donald Trump ter renunciado, nuclear, referindo que não
“O Estado da Nação é de Correia e Silva “nunca apa- para os EUA e a Europa. Zarif, chefe da diplomacia do em 2018, ao acordo nuclear fir- pode continuar a comprome-
optimismo e de confiança receram.” No discurso, Janira “Não tenho dúvidas de Irão desde 2013, liderou a dele- mado entre o Irão e as potências ter-se com o Plano de Acção
dos cabo-verdianos no seu Hopffer Almada acusou ainda que os inimigos se arrepen- gação do seu país nas nego- mundiais e imposto duras san- Conjunto Global assinado em
país. Mas mesmo assim, não a Televisão Pública (TCV) de derão de nos impor sanções”, ciações do pacto nuclear, assi- ções a Teerão. Os Estados Uni- 2015 se os signatários europeus
estamos aqui para pintar a ter emitido uma “campanha disse, notando que, apesar nado com outras seis grandes dos reforçaram ultimamente do acordo não garantirem
nação de cores. Existe uma enganosa” sobre os três anos disso, o Irão continuou com potências com o objectivo de a sua presença militar no Golfo diversas medidas económicas
cor, já, que identifica a nação da actual governação. os seus projectos e alcançou limitar o programa atómico Pérsico, acusando o Irão de de apoio ao país.
14 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 8h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS

VIVENDA T3, Remodelada no APARTAMENTO T3, Condo- INSTALAÇÃO para Padaria CARCAÇA de Toyota Quadra- GERADOR 22 Kva, Perkins, FAZEMOS trabalho de cons-
Condomínio Brisa Talatona, mínio Benfica, Akz. 200.000, no Canzega, frente à Univeri- dinho 2010, um Range Rover C/4600 horas, impecável. Te- trução civil pintura, imper-
por Akz. 95.000.000,00. Telfs. vivenda T3, nos Combaten- dade ISPOCA. Telefone: Tubarão 2008. Telefone: lefone: 927823491. (10.294a) meabilizamos infiltrações de
IMOBILIÁRIO 928366861, 915034504
(10256a)
tes, Akz. 280.000. Telefone:
923532124. (10.317b)
929690914. (9.948) 997740533. (10.318) água tecto. Telf: 921389329,
912436766. (10.354)
CONTENTORES Secos e fri-
gorífico, de 20 e 40 Pés. Telfs: NEGÓCIOS FAZEMOS montagem de
993660298 (10.096)
VENDE-SE PEUGEOT Partner Folgon CONTABILISTA inscrito, ela-
tecto PVC. Tlfs: 934448542,
993683861 (10.324)
44.000 Km, GH, 4.200.000 ne- MATRAQUILHOS fabrico boramos Relatórios e Fecho
VIVENDA T5 no Kilamba, re- gociável. Telf: 924236714. português e todos os acessó- de Contas, a bom preço.
parada, toda a documentada VIATURAS (10.316b) rios para Snookers. Telf:
923880911, 923797303.
Telef. 931165230. (9.640) LAVAGEM a seco ao domicí-
lio tapetes, sofás, cortinas,
e pago na totalidade. Telef. TERRENO 30X20 no Benfica,
VIVENDA T4 de Luxo c/ mar- VIATURA acidentada e car- (10128) dentro do Patriota, a CONSTRUÇÃO civil, Arqui- colchões e interior de viatu-
923879332. (10.260)
quise e quintal no Condomí-
nio Reviera Talatona por Akz. VENDE-SE caça de marca Benza. Telfs:
933208361/917423564. ALIANÇAS em ouro portu-
guês, 2 peças 60.000, assis-
10.000.000,00 e 5 hectares na
Via Espressa a 150.000.000,00,
tectura 2D, 3D, orçamentos e
Piscinas. Telefs: 934999333,
ras. Telefones: 928298100,
917822033. (10.354a)
380.000.000. Telfs. 928366861, (9.987) negociáveis. Tlefs.: 993900679 998239826. (9.932)
tência e compramos ouro (10227)
915034504 (10256b) HYUNDAI Vera Cruz impecá-
5.000 1 grama. Telefoness:
vel, a 4.700.000,00, negociá-
VIVENDA T4 de Luxo c/ pis- veis. Telefones: 997179915,
ALUGA-SE
923373517, 943215727.
(10.128a)
PRECISA-SE
cina e Marquise no condomí- 931496666. (10123)
VIVENDAS de luxo na Co- nio Pitanga Talatona por Akz.
TERRENO de 1000 hectares, COSTUREIROS Profissionais
rimba, Talatona, Nova Vida, 155.000.000. Terminal telefo- LAND CRUISER, actualizado MÁQUINAS: Pá-Carregadora,
ao longo do Rio Cuvango, no C/experiência em fatos de ga-
nes. 928366861, 915034504 2017, Kz. 13.000.000.00. Ford Retroescavadora e Grua. Te- Município do Cuvango-Huíla.
Patriota e Benfica. Tele- la, casaqueiros ou modistas.
(10256c) Ranger, Akz 6.000.000.00. lefs: 931745281, 911546327. 939800732, 933913689(9509)
fone.926662211, 916641319 Telfs: 926157575, 940175574.
Hyundai i10, Akz. 2.500.000. (10.337) MAXABA CONSTRUÇÕES:
(9601) (10043)
APARTAMENTO T2, 1.º Andar, Telef: 928258981 (500.977) VITRINE de bolo 1.20x1.50m TERRENO de 4 hectares c/ Construímos, remodelamos,
no Bairro Sagrada Família, re- 1.500.000, máquina de cascar direito de superfície em Tala- fazemos manutenções em re-
CASAS Evolutivas T3, Condo- tona, por Akz. 70.000,00 LOJA para arrendar na Baixa
parado e c/escritura. 23 mi- KIA SPORTAGE 2017, LD-17- ginguba 1.600.000,00. Telf: sidências e escritórios. Tlfs:
mínio fechado, Viana, Akz p/m2. Telfs. 928366861, de Luanda, até 250.000AKZ.
lhões. Telefone: 927442427. 35-HA, 48.000Km, em perfeito 925513258. (10222a) 938700747. (9.019)
2.500.000, até 7.500.000. Ts: 915034504 (10.256d)
(10.304) estado, a 7.500.000Kz. Tele- Telefone: 923044655(10.262)
923724939, 924577666(9909) fone: 923404559. (10192) DESINFESTAÇÃO: para o com-
TERRENO de 2,90 hectares, à
CASA C/terreno, boa oportu-
VIVENDAS T4 c/placa, Tala-
tona, T2 suites +1, ex-Rotunda HILUX, Kia Soul 5.500.000kz,
DIVERSOS beira do rio Kwanza, Ca- ALIANÇAS de ouro, P/casa-
mento, anéis de noivado,
bate de insectos , sem sair de
casa ou escritório. Telefones:
lumbo, documentado, a
nidade, Calemba 2, Akz do Gamek. Telef: 923532124. Jin-bei, 1.100.000kz, Nissan Akz. 30.000.00, o par. Telefs: 925370528, 991370528(10186)
80.000.000 Akzs. Telefone:
5.000.000, a discutir. Telfs: (10.317) Naval 3.700.000kz, Tundra 940107652, 911848905.
926572677. (10224)
936130564, 912820101 (10.299)
(9864) APARTAMENTO T3, no Con-
1.º model 1.120.000.kz. Telef:
939735505. (10218) VENDE-SE FAZENDAjunto ao rio, C/direito
TCHINGAPY Viagens - Trata-
mos de vistos para toda parte
ESTETICISTA: depilação, mas-
sagem, limpeza rosto. Comis-
domínio Interland (Talatona). de superfície, 25 hectares, por UNIFORMES, Polos, t-shirts, do Mundo. Telef. 944640321
VIVENDAS Viana, ao lado do batas a preço de fábrica. Te- são 35%. Telefone: 931157772.
Telfs: 923974712, 996301668. Akz 40.000.000, negociáveis. (10.193
Nosso/Super, T3 no Ginga (10.265) Contactos Telefs: 990815651, lefone: 927823491. (10.294) Coqueiros. (10.255
Isabel, C/piscina. Telefone: 936197631. (10209) TÉCNICO com experiência no
923329784. (10.015) TERRENOS 4 hectares Km. PROFISSIONAL Administra-
RESIDÊNCIA rés-do-chão/1.º mercado, faz requalificações
INSTALAÇÃO de motores 35 Viana, 3, 27 ha. Camama, tivo para Restaurante. Telef:
andar, Morro Bento 2, com e manutenções gerais. Tele-
EDIFÍCIO p/ Colégio, Univer- para portões, sensores e Cacuaco, 75x45 Futungo, 939093635. (10.353)
cinco (5) suites. Tlf. 925932 104. fone: 921710667/926925302
control remotes. Telefones: Rua 11. Telefone: 923532124.
sidade, Escritório C/ 3 lojas (500.989) (10.289)
912432275,929092713(10228) (10.317c)
no R/C, C/ 43mx30m, no Ben- TOYOTA Land Cruiser, V8, VIVEIRO de Xadrez em todo CONTABILISTA Júnior c/do-
fica. Telefones: 923350338, diesel, 2014, 50.000 Km, tipo de material de xadrez. mínio do Primavera.
2 CÂMARAS frigoríficas com PARCELA de Terreno 500
923326952. (10.116)
ARRENDA-SE 16.900.000 Akz, negociáveis.
Telefone: 941540104
Telefs:948079478,911841393,9
48073549, 911841392 (8746) avarias mínimas, uma de 40 hectares com direito superfí-
cie. Telf: 923635401(10309a)
937546576, email: contabili-
dade@transportes-tps.com
CASAS evolutivas, T3, no (10.380b) pés outra de 20 pés. Telefo-
nes: 923977645, 992954929 (10.350)
Zango 1, mediações da MAXI, ESCRITÓRIO/Habitação no TERRENO 30x20 no Kikuxi,
(10142) TERRENO 75.000m2, na via
a partir de 2.500.000 Akz. Te- Alvalade, cave R/C e 1.º CHEVROLET AVEO manual, Viana. Telef: 929690914.
principal de Viana Park, lega- PARCEIRO para exploração
lesf: 925361667, 990361667. andar, Rua Damião de Góis. AC, 86.000Km, a 1.500.000 (9.948a)
FORNO diesel rotativo 2.000 lizado. telef: 923767183. agro-pecuária no Bengo.
(10.159) Telefs. 938617223, 912416000 Akz. Telefone: 940948612 D&A DESINFESTAÇÃO sem
pães, amassadeira e carri- (10.343) Telef: 923635401. (10.309)
(10189) (10158) cheiro, anti-alérgica, não
nho, a Akz 10.000. Telefone:
CASAS MORRO BENTO, TERRENO no Zango-0, de- precisa sair de casa ou de-
DIVERSAS marcas de carros, 925513258. (10.222)
B.Popular, L.Patriota, Nova fronte ao Banco Bic, C/di- sarrumar, 100 % eficaz. Telf:
Vida, Cassenda, Bairro Azul.
Telef: 913993835. (10.207)
em bom estado e preço. Tele-
fone: 940948612. (10158a)
reito de superfície. Telfs:
922036001, 99481500(10358)
938133343. (9.993)
OFERECE-SE
FAÇA a sua compra C/me-
PORSCHE Cayenne GTS de CAMPAS granito e mármore, lhor Loja Virtual de Angola JOVEM C/experiência, Taxista,
TERRENO vedado 20x30, ar-
2010, bem conservado, km montagem, gravação, cabe- lojasfm.com. Telefones: Motorista, Serralheiro quer
redores do Kilamba, Bairro
36.950, preço: 18.000.000,00 Kz. ceiras, fotos. Casa dos Gra- 9233497035, 994591801. trabalhar. Telef: 923037736,
Lukembo. Tlf. 925932104.
CASA no Benfica T5, todos Telefone: 923527029. nitos. Telefs: 921662309, TERRENO em Talatona (10.352) 992037736. (10.263)
(500.989a)
os quartos são suites, piscina (10225) 990591646. (8.816) 100x200, 100x60, 70x70,
e com gerador, etc, 450.000 PUBLICIDADE
80x80 e Benfica, em frente à
Akz. Telefone: 941540104 FAZENDA em Catete 2, 123 Praça do Artesanato, 50x60.
(10.380a) ha, água e luz, na estrada Tlfs.: 923620901, 998620901.
CASA T2, sala , 1 quarto,
princ. da Funda de 250Km2, (10.045b)
uma suite, tanque de água,
CASA de 1 piso, com cinco Telef. 925277688, 912465442
luz e quintal para 4 carros,
(5) quartos, próximo à Uni- (9627) TERRENO Agrícola, 100 hec-
8.500.000 Akz, negociáveis. REPÚBLICA DE ANGOLA
versidade Utanga. Telefone. tares, próximo ao Rio, c/ do-
Telefone: 941540104 (10.380) GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
925932104. (10.282) COLCHÕES Kamaflex, cama, cumentação, excelente
estrados, bases, berços, al- investimento. Telefones GABINETE DO GOVERNADOR
APARTAMENTO T3, 1.º GRAND i10 automático 0km mofadas, lençóis, tapetes R.
DIÁRIA, apartamento mobi- 912350634, 928399762
andar, nos edifícios da Mar- por 6.000.000, negociável. Maianga. Telef: 938910826. Comunicado Ref.ª 159/GPCS/GPL/2019
lado T3, na Centralidade do (10.153)
con, Antigo Roque. Telefo- Telefone: 924236714. (9.523)
Kilamba. Telef: 923696668,
nes: 936060256, 994753477. (10.316) TERRENO em Viana, Luanda
990696668 (10.237) A Comissão de Apoio à Peregrinação ao Santuário da Muxima, edição 2019,
(10.270) TERRENOS 15x20/20x30, na Sul, 25/25, na rua principal. em Luanda, comunica aos agentes económicos, singulares ou colectivos,
APARTAMENTO T3, na Vila via Expressa/Viana, preço Telfs. 923092013, 998664488
CASA T1 no Cassenda, Rua portadores de rolloutes, tendas e outros, que as inscrições para a feira de
Alice, 1.º andar, Rua Fer- negociável. Telf.: 941439614 (10.232)
26, a 16.000.000,00, negociá- alimentação serviços comerciais, serão realizadas de 25 de Julho a 28 de
nando Pessoa. Telefones: (10.050)
vel. Telefones: 923398985, QUINTA vedada em Alvena- Agosto próximo.
936060256, 994753477.
998557675. (10.242) TERRENO 20x30, no Ca- ria, casa C/12 quartos, Viana-
(10.270a)
mama preço negociável, pa- estrada direita do Calumbo. Os interessados deverão dirigir-se ao Gabinete Provincial para o Desenvol-
Telfs: 940519393, 924242116. vimento Económico Integrado, na Rua da Missão, nº 141, ou na Adminis-
gamento parcelado. Telefs.:
(10.239) tração Municipal da Quiçama, das 9h00 as 15h00, de segunda a sexta-feira.
RENAULT Duster automático 941439614. (10050a)
0km por 7.500.000 negociável.
ESPAÇO 57x47, murado, Ca-
Telf: 924236714. (10.316a) TERRENOS bem localizados, polo por trás da Universi-
Contactos:
20x30, Z. Verde 3, Benfica, dade Utanga, Kwanzas Luanda: 939 769218 / 923608 733 / 912 951889
SUBARU-Forest, 25cc, Ruas 45, 50 e 58, 750.000. Te- 36.000.000.00. Telefones: Quiçama: 923 402909 / 923 939065
6.000.000,00. Telefone: lefs: 926128657 (10.177) 936060256, 994753477(10270)
APARTAMENTO T3 de Luxo, VIVENDA T3 de luxo c/ Quin- 929667165. (10.322) "JUNTOS É POSSÍVEL"
no Condomínio Talatona tal no Condomínio Atlântico TERRENOS 20x30, já mura- DOIS hectares murado, Via
Plaza por Akz. 115.000.000. Sul, Talatona. por Akz. HYUNDAI i10 em bom estado, dos, Kifica, 11 de Novembro Expressa, por trás da Loja GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA, em
Telfs. 928366861, 915034504 900.000.000. Tlfs. 928366861 automático, com AC. Contac- e Patriota, água e luz. Telefs: Bricomat. Tel: 936060256,
(10256) to: 923358632. (10.266) 926128657 (10.177a)
Luanda, aos 24 de Julho de 2019.
915034504. (10.256e) 994753477. (10.270c)
(700.078)
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 15
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO
INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA
Departamento da Província do Huambo Departamento da Província do Huambo

EDITAL N.° 10/2019 EDITAL N.° 11/2019


Processo N.° 24/HO/010 Processo N.° 110/HO/016

Tendo, o senhor, Manuel Vinevala & Filhos, requerido o direito de superfície de uma parcela de ter- Tendo, o senhor, Lúcio Francisco Assis, requerido o direito de superfície de uma parcela de terreno
reno rural com área de 228,74 hectares para actividade de Agro-Pecuária, localizada na zona 3, Co- na zona Urbana com área de 2.401 m2 para actividade de Posto de Abastecimento de Combustível,
muna da Calima, Município do Huambo e Província do Huambo, com as seguintes confrontações: localizada na zona de Samuntaca, Comuna Sede, Município e Província do Huambo, com as seguin-
tes confrontações:
A NORTE: Com a picada terraplanada
A SUL: Com terrenos baldios do Estado ocupados por populares A NORTE: Com a faixa de protecção da linha de transporte de energia de alta tensão
A ESTE: Com o Rio Casseco A SUL: Com terrenos vizinhos
A OESTE: Com a estrada terraplanada Huambo/Ngulaua A ESTE: Com a estrada terraplanada
A OESTE: Com a estrada terraplanada
São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se julgarem com direitos sobre o mesmo ter-
reno, a virem comprová-lo neste Departamento, no prazo de (30) trinta dias, a contar da data da pu- São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se julgarem com direitos sobre o mesmo ter-
blicação deste Edital. reno, a virem comprová-lo neste Departamento, no prazo de (30) trinta dias, a contar da data da pu-
blicação deste Edital.
GABINETE DO CHEFE DE DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E
CADASTRAL DE ANGOLA, NO HUAMBO, AOS 30 DE JULHO DE 2019. GABINETE DO CHEFE DE DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E
CADASTRAL DE ANGOLA, NO HUAMBO, AOS 30 DE JULHO DE 2019
O CHEFE DE DEPARTAMENTO
Arcanjo Estêvão Menezes O CHEFE DE DEPARTAMENTO
(10.310) Arcanjo Estêvão Menezes (10.310a)

Anúncio de Concurso Público


Para Empresas

REPÚBLICA DE ANGOLA
A BP, empresa de energia a operar em Angola na área de exploração e produção de petróleo e gás,
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA procura empresas devidamente qualificadas, certificadas com experiência na prestatação de serviços
COMISSÃO DE GESTÃO DA ELISAL EP para indústria petrolífera, em:

1) 2 x Veículos Operados remotamente (ROV) e capacidade de fornecimento dos seguintes servi-


CONVOCATÓRIA ços:
a) Realizar trabalho manipulatório submarino a partir da superfície até a uma profundidade de lamina
de água de 2500 pés.
A comissão de Gestão da ELISAL EP convoca todos os funcioná- b) Corte até 7/8 " de cabos guias e 1" corda de fibra.
rios públicos e agentes administrativos afectos à empresa ELISAL c) Instalação de transmissores/receptores submarinos de sinal de posicionamente via satélite
EP, no sentido de comparecerem à sede da Instituição, fazendo- d) Observação/assistência e monotorização (Retorno de cascalhos de perfuração/gás e de cimento,
operações de Riser/BHA’s/PGB/casing/well head, testes e activação das funções do BOP...
se acompanhar do original do BI e do processo individual, para o e) Remoção e substituição de anel de vedação da cabeça do poço
efeito de prova de vida, a ser efectuada no período de 5 a 10 de f) Sistema de bombeamento de fluídos de controlo e lubrificação.
2) Fornecimento de ferramenta, equipamento, sobressalentes ou material (equipamento de ROV,
Agosto de 2019.
ferramentas submarinas, etc.)

"JUNTOS É POSSÍVEL" As empresas interessadas deverão enviar um email para angolapscmitt@bp.com citando a refe-
rência RFI-2019-LWIV, até segunda-feira, dia 5 de Agosto de 2019, com os seguintes dados: nome
da companhia, endereço, n.º de telefone, nome e endereço de correio electrónico da pessoa de con-
Comissão de Gestão da ELISAL EP, em Luanda, a 1 de Agosto de tacto para seguir as instruções sobre o presente anúncio.
2019.
Este anúncio também pode ser visto no site da BP: www.bp.com/angola
(10372) (500.984)

ABANDONO DE TRABALHO
Você sabia que pode comprar casa em
Portugal, recorrendo a crédito bancário A empresa Robert Hudson Lda. comunica ao cola-
borador abaixo mencionado, que se encontra em si-
em bancos portugueses? tuação de ABANDONO DE TRABALHO, pelo facto
de estar ausente da empresa, há mais de duas se-
manas consecutivas, sem qualquer justificação para
Sim, é possível. (10362) o efeito.

CTS, LDA - CONSULTORIA E FORMAÇÃO - NIF: 5417645079 LEANDRO DE OLIVEIRA ANTÓNIO MORAIS
Tratamos de toda a documentação em
PROMOÇÃO - MÊS DE AGOSTO
Angola e em Portugal. Formação Prática de Contabilidade e Fiscalidade Sénior Informamos que, o mesmo deverá, no prazo de três
(PRIMAVERA) + IVA dias úteis após esta publicação, justificar documen-
INÍCIO: 12/08/2019
Duração: 3 semanas (manhã, tarde, noite e aos sábados) talmente as razões da sua ausência. Caso não jus-
Pergunte-nos como. OBS: aos sábados início: 10/08/2019 tifique, iremos considerar efectivo o abandono de
MÓDULO I - Primavera V9 trabalho, ao abrigo do artigo 229.º alínea C) da LGT.
MÓDULO II - Contabilidade/Fiscalidade + IVA
MÓDULO III - Fecho de Contas
Contactos: +244 940 697 967 (estamos MÓDULO IV - Relatório Técnico

Avenida Brasil, em frente ao (ex-MINARS), Luanda-Angola Luanda, aos 29 de Julho 2019.


também no WhatsApp e facebook) Tel: 924379381, 991379381 - 992771895
Email: ctsconsultoriaeformacao@gmail.com A Direcção Administrativa
Email: imovestportugal@gmail.com
INVESTIMENTO: 50.000 AOA Rodrigo Alves Finkler
(10.291) (10240) (500.978)
16 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

Empresa de prestação de serviços no sector de Oil & Gas pretende recrutar:

Engenheiro de Gestão Engenheiro de Gestão Engenheiro de Fabricação


de Projectos (M/F) de Operações (M/F) de Peças (M/F)

Curriculum Vitae. Cópia do B.I. - Cópia do Certificado de Habilitações. - Cópia dos Certificados Profissionais. -
Fluente em Inglês. - Licenciatura.

• 10 anos de experiência – Oil & Gas • 15 anos de experiência Oil & Gas • 8 anos de experiência Oil & Gas
• NACB inspector level III • Managing QA/QC Technical disci-
• Pulse Inspection Services.
• OCAT (Offshore corrosion asses- plines.
sment technologist • HSE – HealthSafety Equipment. • HSE – Health Safety Equipment.
• PCS II (Protective coating specialist • PMP Certification • Marine work experience
level II) • CSWIP III (Sénior Welding Inspector
level III)

Factores de preferência: Nacionalidade angolana - Experiência em empresas multinacionais - Conhecimento de


outras línguas estrangeiras.

Os candidatos às posições devem fazer a entrega dos seus documentos, para o seguinte email:
ptwciv@gmail.com, assunto deverá constar a posição que está a concorrer. Apenas os candidatos selecciona-
dos serão contactados.
(10375)

ESTATÍSTICAS DO
INVESTIMENTO PRIVADO
JUNHO 2019
VAGAS – 0018 Diversas

A BUREAU VERITAS ANGOLA, empresa de prestação de serviços no sector petrolífero, pretende


VALORES DO INVESTIMENTO
recrutar profissional Angolano para a seguinte posição:

Gestor de Projectos
Administrador de Contratos CERTIFICADOS DO REGISTO DO
Planeador de Controlador de Custos INVESTIMENTO PRIVADO - (CRIP)
Representante do Site POTENCIAL DE EMPREGOS A EMITIDOS
Gestor de Instalação GERAR
Engenheiro CQ-2
Engenheiro CQ-3
Engenheiro de Elevação
SPS Inspector de Qualidade

Requisitos exigidos: VISTOS PRIVILEGIADOS


Nacionalidade Angolana.
EMITIDOS
Domínio das línguas Portuguesa e Inglesa, fluentemente.
Capaz de manter total responsabilidade pela unidade de gestão atribuída, pró-activo e autónomo
na organização do trabalho.
Competente na criação de projecções de instalações e na definição de objectivos estabelecidos
pelo cliente e capaz de trabalhar em equipe de forma cooperativa. * dados até 30.06.2019
Apto para desenvolver e executar planos e programas estratégicos completos de projectos atri-
buídos. você sabia que?
Habilitado para gerenciar a equipe. As responsabilidades gerais incluem: entrevistar, contratar e
treinar funcionários; planejar, atribuir e dirigir o trabalho; avaliar desempenho; recompensar e disci-
plinar os funcionários; abordando reclamações e resolvendo problemas.
Bacharel de Engenharia ou Administração é desejável mas não mandatário.
1-5 anos de experiência de trabalho, preferencialmente intercultural.
38 PROJECTOS 74 PROJECTOS EM
Computador, nível avançado com MS Office: Excel, Word e Power Point, e-mail, calendário. IMPLEMENTADOS IMPLEMENTAÇÃO
Experiência de gestão de RH ou \ e Project
Experiência na indústria de Petróleo e Gás
Boas habilidades de comunicação
Oferece-se:
Integração num posto dinâmico, com vários desafios e oportunidades de carreira.
5 PROJECTOS POSTOS DE TRABALHOS
Remuneração compatível com o perfil e experiência demonstrada. POR IMPLEMENTAR EFECTIVAMENTE CRIADOS
Informamos que as candidaturas estarão abertas até ao dia 15 de Agosto de 2019.
Obs: Os CVs, juntamente com as cartas de apresentação para vaga devem ser entregues directa-
mente ao Departamento de Recursos Humanos ou enviados para correio electrónico:
Helio.Carlos@ao.bureauveritas.com.
(10.297) www.aipex.gov.ao (600.047)
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 17
PUBLICIDADE

(500.988)

(500.916)
18 NECROLOGIA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

FALECEU FALECEU FALECEU FALECEU

GONÇALVES SAMPAIO MIGUEL

A Marinha de Guerra Angolana vem, por intermédio desta,


comunicar aos militares, trabalhadores civis, familiares e amigos,
o falecimento do Sargento Chefe GONÇALVES SAMPAIO MIGUEL,
ocorrido dia 30/7/19. O funeral realiza-se hoje, sexta-feira, dia
2/8/19, no cemitério do Camama, pelas 10h30.
JEREMIAS MATONDO VOVA JEREMIAS MATONDO VOVA ARMANDO MACAIA MATEUS (10.320)
DA ROSA (Mateus Rosa)

Mister Vova, Mukoko Vova, Fernando Giscar Vova, Ezequiel Vova, Glória Vova, Maria João da Cruz da Rosa (esposa),
Vova, Jonas Vova e Nancy Makiese Ana Madalena e Pastor Mistério cumprem Yola da Rosa, Cheila da Rosa e Armando
comunicam o falecimento do seu ente o doloroso dever de comunicar o fale- César da Rosa (filhos) e demais fami-
querido JEREMIAS MATONDO VOVA, cimento de JEREMIAS MATONDO VOVA, liares comunicam que o funeral de AGRADECIMENTO
ocorrido dia 31/7/2019, em Luanda, ocorrido dia 31/7/2019, em Luanda, por ARMANDO MACAIA MATEUS DA ROSA
por doença. O funeral realizar-se-á em doença. O funeral realizar-se-á em data se realiza hoje, dia 2/8/2019, às 10h00,
data a anunciar oportunamente. O óbito a anunciar oportunamente. O óbito no cemiterio de Sant'Ana, antecedido
FRANCISCA JOAQUINA A. DA SILVA
decorre no Bairro Camama I, em frente decorre no Bairro Camama I, em frente de Missa de corpo presente, no RI -
(Chiquinha)
do Banco BIC. (10.341) do Banco BIC. (10.341a) 20, às 8h30. (10.342) Mónica da Silva Cruz, Zora Cruz Santa Ana (filhas), Florência
Marina (afilhada), Andrey Santa Ana (genro), netos e demais
familiares vêm, por intermédio desta, agradecer a todos quantos
solidarizaram-se e associaram-se à dor e consternação, aquando
FALECEU FALECEU AGRADECIMENTO do passamento físico da malograda FRANCISCA JOAQUINA A.
DA SILVA (Chiquinha) e se dignaram em acompanhar os restos
mortais até à sua última morada. Que a sua alma descanse em
paz, junto do Senhor. (10.360)

AGRADECIMENTO

GARCIA AFONSO CANGA GARCIA AFONSO CANGA FRANCISCA JOAQUINA A. DA FRANCISCA JOAQUINA A. DA SILVA
(Ti Canga) (Ti Canga) SILVA (Chiquinha) (Chiquinha)
Judith Canga (esposa), Antónia Canga, Madalena Canga (irmã), Helena Canga, A família da Silva Cruz vem, por inter- Teresa Silva, Filomena Silva (irmãs), Rosa Silva (cunhada),
Júlio Canga, Carolino Canga, Helena Dito Canga, Maria Canga, Zeca Canga, médio desta, agradecer a todos quantos sobrinhos e netos vêm, por intermédio desta, agradecer a todos
Canga, Sónia Canga (filhos) e demais Josué Canga, Suzana Canga, Kiamuxinda solidarizaram-se e associaram-se à dor quantos solidarizaram-se e associaram-se à dor e consternação,
familiares cumprem o doloroso dever Canga, São Canga, Juliana Canga, Kimbita e consternação, aquando do passamento aquando do passamento físico da malograda FRANCISCA JOAQUINA
de comunicar o falecimento de seu ente Canga e Alberto Canga comunicam o físico da malograda FRANCISCA JOA- A. DA SILVA (Chiquinha) e se dignaram em acompanhar os
querido GARCIA AFONSO CANGA (Ti falecimento de seu ente querido GARCIA QUINA A. DA SILVA (Chiquinha) e se restos mortais até à sua última morada. Que a sua alma descanse
Canga), ocorrido dia 31/7/2019, de forma AFONSO CANGA (Ti Canga), ocorrido dignaram em acompanhar os restos mor- em paz, junto do Senhor. (10.360a)
súbita. O funeral realizar-se-á em data dia 31/7/2019, de forma súbita. O funeral tais até à sua última morada. Que a sua
a anunciar oportunamente. (10.323) realizar-se-á em data a anunciar opor- alma descanse em paz, junto do Senhor.
tunamente. (10.323a) (10.360b)

FALECEU FALECEU CONDOLÊNCIAS MISSA

MAMADOU DIAKITE

As famílias Pitra e Diakite: Paizinho, Petroff, Cardeal, Rosita,


Nela, Sansão, Ana Maria, Toy, Hélder, Alfredo e António, Papá,
Karou, Alpha, esposos, filhos, netos, demais familiares e amigos
têm a honra de agradecer profundamente a todos os familiares
e amigos que se dignaram em acompanhar e associar à sua dor
por ocasião do passamento fisico do seu ente querido MAMADOU
CATARINA FRANCISCO JOSÉ MARIANA MANUEL CARDOSO ARMANDO MACAIA MATEUS DIAKITE. Informam que será rezada Missa do 1º Ano em sua
FARIA MARÇAL (Avozinha) DA ROSA memória hoje, sexta-feira, dia 2/8/19, na Igreja de S. Joaquim,
Praia do Bispo, às 18h30. Antecipadamente, agradecem a todos
A família Faria, filhos, sobrinhos, netos Francisco Elias Martins (Chico), Maria Rosalina Foi com profunda tristeza e consternação, quantos se fizerem presentes a este piedoso acto. (10.302)
e demais familiares cumprem o doloroso Martins Marques (Mimi), Joaquim Marçal que a Banca de Despachantes de José
dever de comunicar o passamento físico (Quim), Teresa Agripina Martins (Teté), Rosa Martins e Ilda Martins e Sousa tomou
da sua querida CATARINA FRANCISCO Maria Cardoso Martins, Jaime de Sousa Araújo conhecimento do falecimento do Sr. MISSA
JOSÉ FARIA, ocorrido dia 28/7/2019, Jr. (Roldão), filhos, netos e bisnetos comunicam ARMANDO MACAIA MATEUS DA ROSA,
por doença. O funeral realiza-se amanhã, o falecimento MARIANA MANUEL CAR- ocorrido aos 29/7/2019. Neste momento
MAMADOU DIAKITE
dia 3 de Agosto de 2019, às 10h00, par- DOSO MARÇAL (Avozinha), ocorrido dia de dor, endereça à família enlutada os
tindo da Igreja da Nossa Senhora do 31 de Julho de 2019, aos seus 95 anos. O mais sinceros e profundos sentimentos
Cabo, para o cemitério do Alto das funeral realiza-se hoje, dia 2/8/2019, às de pesar. Que a sua alma descanse em Josefina P. Pitra Diakite (Loló), Karou António Diakite e Alpha
Cruzes. (10259) 11h00, no cemitério de Sant’Ana. ( 10373) paz. (10293) Sulano Diakite têm a honra de agradecer profundamente a
todos os familiares e amigos que se dignaram em acompanhar
e associar-se à sua dor por ocasião do passamento fisico do seu
FALECEU FALECEU FALECEU extremoso esposo e pai MAMADOU DIAKITE. Informam que será
rezada Missa do 1.º Ano em sua memória hoje, sexta-feira, dia
2/8/2019, na Igreja de S. Joaquim, Praia do Bispo, às 18h30. Ante-
cipadamente, agradecem a todos quantos se fizerem presentes a
este piedoso acto. (10.302a)

RECORDAÇÃO

PEDRO PASCOAL LUVUALU PEDRO PASCOAL LUVUALU PEDRO PASCOAL LUVUALU ROMUALDO RODRIGUES DA COSTA

Godelive Luvualu comunica aos ex- A família Pascoal Luvualu cumpre o Euclides de Carvalho e António Luvualu Querido papá! 1º de Agosto. Abríamos o mês em festa pois era o
estudantes de Ivanovo e de Odessa (ex- doloroso dever de comunicar o falecimento de Carvalho comunicam aos amigos e teu dia, o teu Aniversário, dia em que a nossa maior felicidade
URSS) o falecimento de seu irmão PEDRO de PEDRO PASCOAL LUVUALU, ocorrido aos ex-estudantes de Ivanovo e de Odessa era ver o teu sorriso aberto, terno, alegre e meigo na hora de
PASCOAL LUVUALU, ocorrido dia dia 30/7/19, na Clínica do Prenda, por (ex-URSS) o falecimento de PEDRO apagares as velinhas com teus bisnetos, netinhos e toda a família
30/7/19, na Clínica do Prenda, por doença. doença. O funeral realiza-se amanhã, PASCOAL LUVUALU, ocorrido dia reunida como tanto gostavas. Porém hoje, recordamos-te com
O funeral realiza-se amanhã, sábado,dia sábado, dia 3/8/19, às 10h30, partindo 30/7/19, por doença. O funeral realiza- muita dor e saudade, pedindo a Deus Pai que guarde a tua alma
3/8/19, às 10h30, no cemitério de o préstito fúnebre do Velório de sant´Ana, se amanhã, sábado, dia 3/8/19, às 10h30, e que os anjinhos do Senhor te façam uma linda festa no Céu.
Sant´Ana. (10.348) para o cemitério do mesmo nome. no cemitério de Sant´Ana. Saudades sem fim de teus filhos, netos, bisnetos e demais familiares
(10.348a) (10.348b) que tanto te amam. (10374)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 19
FALECEU FALECEU MISSA FALECEU

VICTÓRIA JOSÉ SALDANHA VICTÓRIA JOSÉ SALDANHA WANDA ALBERTINA DIAS MARIA JOSÉ ANDRÉ FRANCISCO (Zé)
DA SILVA NETO DA SILVA NETO VAN-DÚNEM DA SILVA INGLÊS
Maria da Conceição Alberto (mãe), Mizé, Avô, tios, primos, sobrinhos e demais As famílias Van-Dúnem, Vieira Dias, Naide Azevedo, Kudimuena Azevedo, Nair Tomás, Isabela Purificação (filhos), Hélder
Yane, irmãos, primos, sobrinhos e demais familiares comunicam o falecimento Inglês, Ramos da Cruz, Coelho da Cruz, Sebastião, Bráulio Fernandes, Márcio Fernandes, Mirian Fernandes, Rúbem, Jandira,
familiares comunicam o falecimento da sua querida VICTÓRIA JOSÉ SAL- Rodrigues da Cruz, Tito, Lourenço, Rodri- Márcia, Núria, Nilson, Marinel, Luane, Moreno, Pablo, Eliane, Ricardina, Calebe, Vânia,
da sua querida VICTÓRIA JOSÉ SAL- DANHA DA SILVA NETO (Vitó). O funeral gues Gonçalves, Condez, Miranda Pinto Elísio, Danilson Penelas, Géssica Penelas, Edmárcio Penelas, Dagércio Penelas, Raissa
DANHA DA SILVA NETO (Vitó). O funeral realiza-se amanhã, sábado, dia 3/8/2019, e Bumba comunicam que será rezada Francisco, Gércia Francisco e Adriel Francisco (sobrinhos) comunicam o falecimento
realiza-se amanhã,sábado, dia 3/8/2019, no cemitério do Alto das Cruzes, às Missa do 30º Dia, em memória da sua de sua querida MARIA JOSÉ ANDRÉ FRANCISCO (Zé), por doença. O funeral realizar-
no cemitério do Alto das Cruzes, às 10h00. querida WANDA ALBERTINA DIAS VAN- se-á em data a anunciar oportunamente. (10.383)
10h00. (10.3654) (10.365) DÚNEM DA SILVA INGLÊS, sábado,
3/8/2019, às 18h00, na Igreja de São Paulo.
Descanse em paz. (10.269a)

AGRADECIMENTO FALECEU FALECEU FALECEU CONDOLÊNCIAS

JERÓNIMO SERROTE ANDRÉ DOMINGOS NETO NASCIMENTO MANUEL JEREMIAS VOVA JEREMIAS VOVA
SEBASTIÃO
Esperança João Domingos (esposa), Familiares, irmãos, sobrinhos, cunhados Maria Carvalho Agostinho (esposa), O Pastor Mistério Soares, da Igreja Água Foi com muita dor e tristeza, que a família
filhos, netos, noras e demais familiares e netos cumprem o doloroso dever de Ernestina, Teresa, Emanuel, Alexandre, Viva, comunica à Igreja em geral, amigos, da tia Chica no Jumbo recebeu a notícia
agradecem a todos que, directa ou indi- comunicar o passamento físico do seu ente Adão, Eva (filhos), Maria, Nataniel, colegas e familiares o falecimento do do passamento físico do Pastor JEREMIAS
rectamente, acompanharam o seu ente querido ANDRÉ DOMINGOS NETO, ocorrido Rafael, Laudália (netos), genros e noras seu irmão JEREMIAS VOVA, ocorrido VOVA. Neste momento de dor, endereça
querido JERÓNIMO SERROTE, até à sua no dia 29 de Julho de 2019. O funeral rea- comunicam o falecimento de NASCI- nesta cidade. O funeral realizar-se-á à família enlutada os seus sentimentos
última morada. Que a sua alma descanse liza-se amanhã, sábado, dia 3/8/2019, MENTO MANUEL SEBASTIÃO, ocorrido em data a anunciar oportunamente. de pesar. (10.356a)
em paz. (10.369) partindo o préstito fúnebre da sua residência, dia 28/7/2019. O funeral realiza-se (10.356)
sita na Vila de Viana, para o cemitério de hoje, 2/8/2019, partindo da sua resi-
Viana, às 10h00. (10.367) dência, sita no Rangel, para o cemitério
da Camama, às 9h00. (10.349)

MISSA AGRADECIMENTO RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO FALECEU

ANTÓNIO DA R. H. DA SILVA ALBERTO VIVEIRA BOKULA CONCEIÇÃO CORREIA DE FILOMENO CORREIA BESSA MANUEL CARDOSO
(General Dingwanza) OLIVEIRA (Mana São) DOMINGOS "Muamba"
Esposa, filhos, irmãos, netos e sobrinhos A família de ALBERTO VIDEIRA BOKULA Querida mãe! Querida Mana São! Era desta Meno! No dia que completarias 67 anos, A família Madalena, Nascente, João e
comunicam que é rezada a Missa do 30º vem, por este meio, agradecer a todos forma que nós te tratávamos. Já nos con- recordam-te com imensa saudade, tua Isabel Lussanguila Cardoso, filhos e netos
Dia, em memória do seu ente querido os familiares, amigos, vizinhos e colegas vencemos que estás ao lado do Altíssimo. mãe, esposa, irmãos, filhos, sobrinhos comunicam a todos os familiares o fale-
ANTÓNIO DA RESSURREIÇÃO HENRI- pela solidariedade prestada, aquando Hoje, é já sentida com profundidade a tua e netos. Que o esplendor da luz perpétua cimento do seu ente querido MANUEL
QUES DA SILVA (General Dingwanza), do seu passamento físico e que se dignaram ausência. Nada podemos fazer para con- continue a iluminar o teu caminho na CARDOSO DOMINGOS " Muamba",
hoje, dia 2 de Agosto de 2019, sexta- em acompanhá-lo até à sua última tinuares no nosso seio, mas estamos con- eternidade. Estarás para sempre presente ocorrido dia 1 de Agosto de 2019, por
feira, pelas 18h00, na Igreja Santa Tere- morada. (10.298) vencidos que ao lado do Senhor é mesmo nos nossos corações. Descanse em paz. doença. O funeral realizar-se-á em data
sinha, no Lar do Patriota. Que a sua alma o teu lugar, o melhor lugar para ti. Recor- (10.344) a anunciar oportunamente. (10376)
descanse em paz. (9.988) dam-te com saudades os teus filhos. Que
a tua alma descanse em paz. (10307)

MISSA MISSA FALECEU AGRADECIMENTO MISSA

WANDA ALBERTINA DIAS ANA PAULA MANUEL MEDINA MARIA JOSÉ ANDRÉ CONCEIÇÃO CORREIA JOANA MARIA DAS DORES
VAN-DÚNEM DA SILVA INGLÊS FRANCISCO (Zé) DE OLIVEIRA MIGUEL DE OLIVEIRA (JANE)
José Inglês (esposo), filhos, genros, netos A família Vemba: Rogeriana, Bruno, Eloísa Victoriano Bernardo, Maria da Graça Feijó, Josefa Gonçalves, João, Cipriano, Francisco, Joseane Edner Cunha da Silva(filho),
e sobrinhos comunicam que será rezada (filhos), Mita Medina , Guida Medina e Rosa B. Santos, Bernardino Bernardo, Leonel Eufrásia, Efraim e Edson Gonçalves agra- Luzia Santos, Gil Santos, Manuel Santos,
Missa do 30º Dia, em memória da sua Paulo Medina (irmãos) comunicam que Bernardo, Edna Bernardo, Francisco da Res- decem aos familiares, colegas e amigos Teresa Santos, Mário Santos, Ibine Santos
querida WANDA ALBERTINA DIAS VAN- é rezada Missa 30º Dia, em memória de surreição, Sara Bernardo, Irondino Bernardo, que os acompanharam nas cerimónias (irmãos), Isabel Salvador, Luciana Sebas-
DÚNEM DA SILVA INGLÊS, sábado, sua mãe e irmã ANA PAULA MANUEL Joaquim Bernardo, Janeth Bernardo Medina das Exéquias de sua mãe CONCEIÇÃO tião, Marcelina Von-Haff (tios) e as
3/8/2019, às 18h00, na Igreja de São MEDINA, hoje, sexta-feira, 2/8/2019, às e Walter Bernardo comunicam o falecimento CORREIA DE OLIVEIRA. (10.307R) famílias Dias dos Santos, Salvador da
Paulo. Que a sua alma descanse em paz. 18h00, na Igreja de São Paulo. Desde já, de sua querida MARIA JOSÉ ANDRÉ FRAN- Silva, Diogo de Oliveira comunicam que
(10.269b) agradece a todos quantos se dignarem CISCO (ZÉ), ocorrido dia 01/08/2019, por é rezada Missa do 7º dia, hoje, 2/08/2019,
em assistir a este piedoso acto. (10.271) doença, cujo funeral realizar-se-á em data às 18h30, na Igreja da Sagrada Família.
a anunciar oportunamente. (10.383a) (500.990)
SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
20 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTA MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTA

ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO NOS TERMOS DO N.º ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO NOS TERMOS DO ART.
69 DA LEI N.º 9/DE JUNHO - LEI DOS CONTRATOS PÚBLICOS N.º 69 DA LEI N.º 9/16 DE JUNHO - LEI DOS CONTRATOS PÚBLICOS
CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO
N.º /07/2019 N.º /07/2019
O Ministério da Agricultura e Florestas, através do Instituto Nacional do Café (INCA),
O Ministério da Agricultura e Florestas, através do Instituto Nacional do Café, vem vem tornar público que, nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da
tornar público que, nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da Lei
Lei n.º 09/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públicos, está aberto o Concurso Público
n.º 09/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públicos, está aberto o Concurso Público
para o Fornecimento de Mudas de Palmeira de dendém.
para o Fornecimento de Mudas de Caju.
1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC):
1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)
Ministério da Agricultura e Florestas/Instituto Nacional do Café, com sede na Avenida 4
Ministério da Agricultura e Florestas/Instituto Nacional do Café, com sede na Avenida 4
de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 3.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Município de
de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 3.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Município de
Luanda, Província de Luanda.
Luanda, Província de Luanda.
2. Informações relativas ao Contrato:
2. Informações Relativas ao Contrato:
a. Designação dada ao contrato pela entidade pública contratante: Contrato para for-
a) Designação dada ao contrato pela entidade pública contratante: Contrato para forne-
necimento de 1.250.000 de Palmeira de dendém.
cimento de 450 000 Mudas de caju.
b. Tipo de contrato: Contrato de Fornecimento de 1.250.000 de Palmeira de dendém.
b) Tipo de contrato: Contrato de Fornecimento de 450 000 Mudas; local de entrega
c. Local de entrega dos bens: Uíge, Cuanza Sul, Cuanza Norte, Bengo, Benguela
dos bens: Zaire, Bengo e Cuanza Sul.
e Zaire.
c) O concurso implica: A celebração de um Contrato Público.
d. O concurso implica: A celebração de um Contrato Público.
d) O concurso está aberto: À participação de entidades nacionais para o fomento do
e. O concurso está aberto: À participação de entidades nacionais para o fomento do
empresariado nacional.
empresariado nacional.
e) Breve descrição das prestações objecto do contrato: Fornecimento de Mudas,
cujas especificações técnicas são indicadas no programa de concurso e no caderno de f. Breve descrição das prestações objecto do contrato: Fornecimento de Palmeira de
encargos que fazem parte integrante do presente processo do concurso. dendém (híbrido Tenera) cujas especificações técnicas são indicadas no programa de
f) Prazo de execução do contrato: O contrato terá a duração adequada a realização do concurso e no caderno de encargos que fazem parte integrante do presente processo do
seu objectivo de acordo com o cronograma que a ele será anexo, mas tendo em conta concurso.
ao prazo máximo de vigência do contrato previsto na lei. g. Prazo de execução do contrato: O contrato terá a duração adequada à realização
do seu objectivo de acordo com o cronograma que a ele será anexo, mas tendo em conta
3. Informações relativas aos concorrentes e à proposta: ao prazo máximo de vigência do contrato previsto na lei.
Documentos de Habilitação:
• Nome da Empresa 3. Informações necessárias relativas aos concorrentes e às propostas:
• Cópia do Diário da República Documentos de Habilitação:
• Cópia do Alvará • Nome da Empresa
• Cópia da Certidão Comercial • Cópia do Diário da República
• Endereço postal • Cópia do Alvará
• Carta de apresentação da Empresa. • Cópia da Certidão Comercial
• Capacidade comprovada de produção de Mudas. • Endereço postal
• Descrição resumida da localização e tipo de viveiro. • Carta de apresentação da Empresa.
• Descrição da metodologia adoptada para a produção de Mudas, para efeitos de garantia, • Capacidade comprovada de produção de Mudas.
qualidade e execução do contrato; • Descrição resumida da localização e tipo de viveiro.
• Outros documentos demonstrativos da capacidade técnica do concorrente. • Descrição da metodologia adoptada para a produção de Mudas, para efeitos de garantia,
Exigência de caução provisória: qualidade e execução do contrato.
Como parte integrante da proposta no valor de 5% do valor estimado para o contrato. • Outros documentos demonstrativos da capacidade técnica do concorrente.
Exigência de caução provisória: Como parte integrante da proposta no valor de 5% do
4. Critério de adjudicação: valor estimado para o contrato.
Na avaliação das propostas dos concorrentes que se apresentem ao concurso será ad-
judicada à proposta economicamente mais vantajosa. 4. Critério de adjudicação: Na avaliação das propostas dos concorrentes que se apre-
sentem ao concurso será adjudicada à proposta economicamente mais vantajosa.
5. Processo:
a). Condição para obtenção das peças do procedimento: A obtenção das peças será 5.Processo:
onerosa, em suporte físico, cujo pagamento será efectuado na Conta Única do Tesouro a) Condição para obtenção das peças do procedimento: A obtenção das peças será
numa repartição de finanças. onerosa, em suporte físico, cujo pagamento será efectuado na Conta Única do Tesouro
b). Prazo limite para recepção de pedidos das peças do procedimento: 09 de Agosto numa repartição de finanças.
2019 b). Prazo limite para recepção de pedidos das peças do procedimento: 09 de Agosto
c) Preço e condições de obtenção das peças: Kz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil de 2019.
kwanzas). Código de Conta N.º G89 deve ser feito na Caixa Única do Tesouro (NIF c) Preço e condições de obtenção das peças: Kz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil
74030000471). kwanzas). Código de Conta N.º G89 deve ser feito na Caixa Única do Tesouro (NIF
d) Data limite para apresentação das propostas: 19 de Agosto de 2019, até às 15:30 74030000471).
horas. d) Data limite para apresentação das propostas: 26 de Agosto de 2019, até às 15:30
horas.
6. Local de apresentação das candidaturas dos Concorrentes: Endereço: Luanda-
Avenida 4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 1.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Mu- 6. Local de apresentação das candidaturas dos Concorrentes: Endereço: Luanda-
nicípio de Luanda, Província de Luanda. Avenida 4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 1.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Mu-
Telefone: 926466865 /932693367/912750296; Correio electrónico: nicípio de Luanda, Província de Luanda; telemóvel: 926466865 /932693367/912750296;
inca.sede@hotmail.com Correio electrónico: inca.sede@hotmail.com
Nas Províncias: Departamentos Provinciais do INCA no Cuanza Sul e Bengo e Estação Nas Províncias: Departamentos Provinciais do INCA no Uíge, Cuanza Sul, Cuanza
Experimental do Amboim/Cuanza Sul. Norte, Bengo e Benguela e Estações Experimentais do Amboim e do Uíge.
No presente processo de contratação serão preferencialmente, analisadas e avaliadas, No presente processo de contratação serão preferencialmente, analisadas e avaliadas,
as pessoas singulares ou colectivas nacionais; as propostas devem ser redigidas em Lín- as pessoas singulares ou colectivas nacionais; as propostas devem ser redigidas em Lín-
gua Portuguesa. gua Portuguesa.

GABINETE DO DIRECTOR GERAL EM LUANDA, AOS 26 DE JULHO DE 2019. GABINETE DO DIRECTOR GERAL EM LUANDA, AOS 31 DE JULHO DE 2019.

O DIRECTOR GERAL O DIRECTOR GERAL


(10.334) (10.334a)
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 21
PUBLICIDADE

(500.932)

OPORTUNIDADES DE CARREIRA
ABANDONO DE TRABALHO
Anexo I A Moniz Silva International informa ao Sr. Emanuel Quitumba que, por
A CABGOC (Cabinda Gulf Oil Company) é uma subsidiária da Chevron Corporation, uma das estar ausente do seu local de trabalho há mais de 10 dias sem justificar,
maiores companhias de energia a nível mundial, com actividades empresariais em cerca de 180 será declarado na situação de Auto de Abandono, caso não comparecer
países, vem, por este meio, convidar todos os candidatos com qualificações e experiência, even-
tualmente interessados na nossa empresa, a apresentar as suas candidaturas aos seguintes em- no prazo de 5 dias úteis seguintes a esta publicação, justificando docu-
pregos:
mentalmente a sua ausência, nos termos do artigo 229.º, n.º 2 da Lei
Vagas disponíveis: Geral do Trabalho.
Geólogo de Exploração para Novas Operações (Ref: 403693)
Luanda, 31 de Julho de 2019
Local: Luanda A Direcção
Qualificações: Licenciatura em Ciências da Terra
Recursos Humanos
Experiência: Mínima de 10 (Dez) anos relevantes na Indústria Petrolífera integrando uma variedade (10359)
de conjuntos de dados, incluindo digital e papel 2D / 3D sísmica, informações e conceitos de jogo
regionais login EPOS e / ou Petrel.

Engenheiro (a) Chefe de Projectos de Melhoramento (Ref: 403817)

Local: Luanda
Qualificações: Licenciatura em Engenharias
Experiência: Mínima de 10 (Dez) anos relevantes na Indústria Petrolífera com conhecimentos téc-
nicos de Enghenharia de Instalações.
ABANDONO DE TRABALHO
Director (a) da Equipa de Engenharia Aplicada de Reservatórios (Ref: 403694) O Colégio Patrícia Rossana, localizado na Rua António Pedro Benge N.° 1 - Vila Alice,
comunica à trabalhadora abaixo mencionada, que se encontra em situação de abandono
Local: Luanda
Qualificações: Licenciatura em Engenharia de Petróleo de trabalho, pelo facto de estar ausente da empresa há mais de 15 dias úteis, sem qual-
Experiência: Mínima de 15 (Quinze) anos relevante na Indústria Petrolífera em operações de pe- quer justificação para o efeito.
tróleo e gás.
- ANA DOMINGOS ESTEVES
Nota: para mais informações adicionais sobre os requisitos, por favor aceder a página da Web da Mais se informa que, deverá nos próximos 5 (cinco) dias úteis após este anúncio, justificar
Chevron http://chevroninangola.com
legalmente a razão das ausências, (Art. 144.° LGT) caso não se justifiquem, ao abrigo
COMO APRESENTAR A CANDIDATURA: da alínea c) do art. 299.° LGT, a empresa deliberará accionar o efectivo abandono de tra-
Os candidatos interessados deverão candidatar-se através do website da Chevron: balho.
www.chevroninangola.com
Luanda, 31 de Julho de 2019.
As candidaturas deverão ser entregues em Inglês e Português, até ao dia 8 de Agosto de 2019.
A Direcção
(500.985) (10321)
22 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTA

ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO NOS TERMOS DO


N.º 69 DA LEI N.º 9/DE JUNHO - LEI DOS CONTRATOS PÚBLICOS

CONCURSO PÚBLICO
N.º/07/2019

O Ministério da Agricultura e Florestas, através do Instituto Nacional do Café, vem tornar


público, que nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da Lei n.º 09/16,
de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públicos, que está aberto o Concurso Público para o
Fornecimento de Mudas de Cacau.

1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)


Ministério da Agricultura e Florestas/Instituto Nacional do Café, com sede na Avenida 4
de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 3.º Andar, Distrito Urbano da Ingombota, Município de
Luanda, Província de Luanda.

2. Informações Relativas ao Contrato


Designação dada ao contrato pela entidade pública contratante: Contrato para for-
necimento de 500.000 Mudas de Cacau.
Tipo de contrato: Contrato de Fornecimento de 500.000 Mudas; local de entrega dos
bens: Uíge, Cuanza Norte e Bengo.
a) O concurso implica: A celebração de um Contrato Público.
b) O concurso está aberto: À participação de entidades nacionais para o fomento do em-
presariado nacional.
c) Breve descrição das prestações objecto do contrato: Fornecimento de Mudas, cujas
especificações técnicas são indicadas no programa de concurso e no caderno de encar-
gos que fazem parte integrante do presente processo do concurso.
d) Prazo de execução do contrato: O contrato terá a duração adequada à realização do
seu objectivo de acordo com o cronograma que a ele será anexo, mas tendo em conta
ao prazo máximo de vigência do contrato previsto na lei.

3. Informações relativas aos concorrentes e à proposta:


Documentos de Habilitação:
• Nome da Empresa; (500.987)
• Cópia do Diário da República;
• Cópia do Alvará;
• Cópia da Certidão Comercial;
• Endereço Postal;
• Carta de Apresentação da Empresa;
• Capacidade comprovada de produção de Mudas;
• Descrição resumida da localização e tipo de viveiro;
• Descrição da metodologia adoptada para a produção de Mudas, para efeitos de garantia,
qualidade e execução do contrato;
• Outros documentos demonstrativos da capacidade técnica do concorrente;
Exigência de caução provisória: Como parte integrante da proposta no valor de 5% do
valor estimado para o contrato.

4. Critério de adjudicação:
Na avaliação das propostas dos concorrentes que se apresentem ao concurso será ad-
judicada a proposta economicamente mais vantajosa.

5.Processo:
a). Condições para obtenção das peças do procedimento: A obtenção das peças será
onerosa, em suporte físico, cujo pagamento será efectuado na Conta Única do Tesouro
numa repartição de finanças.
b). Prazo limite para recepção de pedidos das peças do procedimento: 09 de Agosto de
2019
c) Preço e condições de obtenção das peças: Kz: 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil
kwanzas). Código de Conta N.º G89, deve ser feito na Caixa Única do Tesouro
(NIF 74030000471).
d) Data-limite para apresentação das propostas: 26 de Agosto de 2019, até às 15h30.

6. Local de apresentação das candidaturas dos concorrentes:


Endereço: Luanda - Avenida 4 de Fevereiro, Edifício n.º 107/8, 1.º Andar, Distrito Urbano
da Ingombota, Município de Luanda, Província de Luanda. Telefone: 926466865
/932693367/912750296; Correio electrónico: inca.sede@hotmail.com
- Nas Províncias: Departamentos Provinciais do INCA no Bengo, Cuanza Norte e Uíge e
Estação Experimental do Uíge.

No presente processo de contratação serão, preferencialmente, analisadas e avaliadas,


as pessoas singulares ou colectivas nacionais; as propostas devem ser redigidas em Lín-
gua Portuguesa.

GABINETE DO DIRECTOR-GERAL, EM LUANDA, AOS 31 DE JULHO DE 2019.

O DIRECTOR-GERAL
(10.334d) (500.982)
REGIÕES Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 23
Lourenço Bule | Cuangar
EFEITOS DA ESTIAGEM NO CUANDO CUBANGO EDIÇÕES NOVEMBRO

Centenas de crianças em
idade escolar no município
do Cuangar, província do
Cuando Cubango, estão a dei-
xar de ir à escola para acom-
panhar os pais nas matas, à
Fome leva crianças
procura de frutas silvestres,
raízes e tubérculos, devido a
penúria alimentar que se
regista na localidade.
a abandonar a escola
A informação foi avançada
ao Jornal de Angola pela admi-
nistradora municipal do Cuan-
gar, Carla Cativa, acrescentando
no município do Cuangar
que muitas famílias foram Muitas famílias foram
obrigadas a abandonar a cir-
cunscrição para se refugiar na obrigadas a deixar a
República da Namíbia, devido circunscrição para se
a seca severa que deixou a refugiar na República da
maior parte da população sem
ter o que comer. Namíbia, devido à seca
De acordo com a admi- severa que deixou a
nistradora municipal, a seca
está a afectar, principalmente, maior parte da
as localidades do interior do população sem ter o que
município do Cuangar, onde comer, recorrendo às
não está a ser implementado
o programa de merenda esco- matas à procura de
lar. “Na sede municipal do frutas silvestres, raízes e
Cuangar não temos registo
de crianças que estão a desistir tubérculos
da escola, mas sim nas loca-
lidades do interior do muni-
cípio, onde existem escolas
que não beneficiam do pro-
grama de merenda escolar e
os pais ou encarregados de
educação não têm como ali-

Transumância
mentar os filhos, devido a
estiagem”, disse. Carla Cativa Carla Cativa acrescentou que este nos passes de travessia tem criado inú-
disse que no presente ano ano foram notificados dez casos de meros transtornos aos munícipes do
lectivo foram matriculados lepra na comuna do Savate, mas, devido Cuangar, visto que os mesmos deslo-
12.015 alunos, da primeira à a falta de técnicos especializados, os cam-se sempre até a região do Kavango
9ª classe, que estudam em 15 Carla Cativa disse que mais de dez mil assistência médica e medicamentosa doentes foram transferidos para a Este, em busca de bens e serviços, para
escolas, asseguradas por 248 cabeças de gado, provenientes de Nama- aos mais de 30 mil habitantes da referida cidade de Menongue. a melhoria das suas condições de vida”,
professores. cunde, província do Cunene, e do Rundu localidade, muitos dos quais obrigados Segundo a administradora, a popu- disse a administradora.
(Namíbia), estão a emigrar para a região a recorrer à Namíbia onde pagam valo- lação tem tido inúmeros problemas Carla Cativa defende a construção
do Cuangar, em busca de água nos rios res avultados. “Esperamos que o pro- na transportação de pacientes do mu- de uma ponte, para ligar por terra a
Cuangar conta com 48 Cubango e Cuatir. Salientou que a tran- blema da falta de técnicos de saúde nicípio do Cuangar (Cuando Cubango) região do Kavango Este ao município
enfermeiros e dois sumância é um fenómeno que pode a nível do município, com realce para para a região do Rundu (Kavango Este) do Cuangar, para mitigar o grau de
médicos de acarretar inúmeras situações, como a a classe de médicos, possa ser resolvido na Namíbia, visto que até ao mo- dificuldades que as populações atra-
nacionalidade febre afectosa, apesar de ainda não existir nos próximos concursos públicos”, mento há limitações no que tange à vessam ao deslocar-se em busca de
angolana, para prestar registo de casos do género. disse a administradora. emissão de passes de travessia, que assistência médica e medicamentosa.
assistência médica e Acrescentou que é necessário fazer- Segundo a administradora do Cuan- abrangem apenas 60 quilómetros de Salientou que a conclusão da estrada
medicamentosa aos se um cadastramento da população gar, mensalmente são distribuídos distância e as unidades sanitárias internacional, que liga por estrada a
mais de 30 mil animal, para um maior controlo. Carla medicamentos às unidades sanitárias do país vizinho estarem localizados província do Cuando Cubango (Ango-
habitantes Cativa apontou como medidas para da circunscrição. a mais de 80 quilómetros. A admi- la) com a região do Kavango Oeste
mitigar os efeitos da transumância o Salientou que o município do Cuan- nistradora Carla Cativa disse que a (Namíbia), vai incentivar o desenvol-
rastreio e cadastramento dos animais, gar conta com oito unidades sanitárias, falta de infra-estruturas rodoviárias vimento económico e social do muni-
Fez saber que actualmente visto que não se sabe em que condições sendo cinco postos de saúde, dois cen- no Cuangar tem dificultado o desen- cípio do Cuangar.
a Administração Municipal de saúde chegam ao Cuangar, tudo tros médicos e um hospital municipal, volvimento socioeconómico da refe- “Almejamos que a referida infra-
do Cuangar tem o registo de porque a fronteira é bastante extensa assegurados por 48 enfermeiros e dois rida região, onde a população tem estrutura rodoviária possa ser concluída,
875 crianças fora do sistema e há um número bastante reduzido de médicos de clínica geral. “Precisamos encontrado inúmeras dificuldades ainda este ano, para que, em curto prazo,
de ensino, por falta de pro- técnicos veterinários. especialistas que possam dar resposta para efectuar as trocas comerciais e possamos alcançar índices de desen-
fessores e escolas. Acrescentou O município do Cuangar conta com às áreas de maternidade, pediatria, o escoamento de produtos agrícolas volvimento consideráveis e que a popu-
que o Cuangar prevê ganhar 48 enfermeiros e dois médicos de tuberculose, lepra, malária e outras do campo para a cidade. lação deixe de ter a falta de quase tudo
ainda este ano duas escolas nacionalidade angolana, para prestar doenças infecciosas”. “O limite implementado actualmente para sobreviver”, concluiu.
de seis salas de aula cada.

e terraplanagem de algumas
vias, vão arrancar nos pró-
SAÚDE NO CUANZA-NORTE ximos dias .
O administrador da Qui-

Defendido mais rigor çama aproveitou a ocasião


para entregar à população de
Kixinge bens de primeira
no tratamento de lixo necessidade e equipamentos
desportivos para a juventude.
Fiel “Didi” entregou, igual-
André Brandão | Ndalatando hospitalares foi defendido o mente, às autoridades tradi-
melhoramento do aterro sani- cionais da região motorizadas
Administradores adjuntos tário de Kissafu, bem como de três rodas, vulgo kupapatas,
para área Técnica e Infra- a construção de outros em para o apoio das actividades
estruturas, directores muni- todos os municípios, com diárias dos sobas. Um cidadão
cipais da Saúde, responsáveis padrões internacionais, para QUIÇAMA que dormia ao relento recebeu
de unidades sanitárias públi- dar um tratamento espe- do responsável chapas de
cas e privadas do município cializado a todo o tipo de zinco para cobrir a sua humilde
de Cazengo, província do
Cuanza-Norte, solicitaram
resíduos. Os participantes
consideram indispensável
Kixinge precisa de infra-estruturas residência.
O administrador António
ao Governo a criação de o uso correcto dos equipa- Fiel “Didi” garantiu a criação
empresas devidamente cre- mentos de protecção indi- O administrador municipal dendo a especificidade da na localidade do Kandange, de condições, o mais breve
denciadas e com capacidade vidual, por forma a se evitar da Quiçama, António Fiel região e as condições pre- comuna do Kixinge. Na oca- possível, para terraplenar e
para a recolha, transporte riscos com materiais con- “Didi”, disse que a constru- cárias com que se debatem sião, garantiu que várias obras asfaltar as principais vias que
e destruição dos resíduos taminados, bem como a ção e reabilitação de infra- os habitantes. que visam a criação de con- interligam as comunas do
hospitalares. colocação de resíduos hos- estruturas sociais na comuna Fiel Didi fez o lançamento dições básicas para as popu- município da Quiçama, para
Durante o seminário pro- pitalares em sacos resistentes de Kixinge figura nas prio- da primeira pedra para a cons- lações , como a construção facilitar a circulação mercantil
vincial sobre gestão de resíduos à ruptura e vazamento. ridades das acções do seu trução de furos de água para de escolas, unidades hospi- e de pessoas e o escoamento
elenco para este ano, aten- abastecer cerca de 100 famílias talares, iluminação pública dos bens do campo.
24 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

A Swift Angola Limitada, empresa de Recursos Humanos especializada em fornecimento de mão-de-obra na Supervisor de Convês
área de Petróleo & Gás busca profissionais para trabalhar nas seguintes posições:
O objectivo deste procedimento é definir a responsabilidade do Supervisor de Convês contratado pela Maersk
Supervisor de Turno Supply Service, enquanto a bordo do navio. É responsável pela organização técnica e manter este procedi-
mento actualizado.
O objectivo deste procedimento é definir a responsabilidade do Supervisor de Turno contratado pela Maersk Principais Responsabilidades:
Supply Service, enquanto a bordo do navio.É responsável pela organização técnica e manter este procedi- O Mestre deve assegurar o cumprimento deste procedimento, o Supervisor de Convês reporta ao Gerente do-
mento actualizado. projecto Offshore.
O gerente de tripulação da empresa deve garantir que todos estejam cientes desse procedimento e que o mesmo
Principais Responsabilidades: seja implementado.
O Mestre deve assegurar o cumprimento deste procedimento, o Supervisor de Turno reporta ao Gerente do pro-
Instrução:
jecto Offshore. Independentemente do que está declarado nesta descrição de trabalho, o Supervisor de Convês, não está isento
O gerente de tripulação da empresa deve garantir que todos estejam cientes desse procedimento e que o mesmo de qualquer das obrigaçõe sourestrinçõe sem qualquer um dos direitos que ele possui sob a legislação marítima
seja implementado. apropriada do Estado de Bandeira.
O Supervisor de Convês deve desempenhar as tarefas indicadas pelo Gerente de Offshore e ter a responsabi-
Instrução: lidade de realizar seu trabalho de uma maneira que nunca deixe de lado quais quer aspectos de segurança.O
Independentemente do que está declarado nesta descrição de trabalho, o Supervisor de Turno, não está isento Supervisor de Convês é obrigado a se familiarizar com o processo de gerenciamento de risco.
de qualquer das obrigações ou restrições em qualquer um dos direitos que ele possui sob a legislação marítima
É dever do Supervisor de Turno garantir:
apropriada do Estado de Bandeira.
• Promover operações seguras e eficientes, de acordo com as instruções do Gerente Master e Offshore, a
O Supervisor de Turno deve desempenhar as tarefas indicadas pelo Gerente de Offshore e ter a responsabili-
legislação pertinente e o Sistema de Gestão da Companhia.
dade de realizar seu trabalho de uma maneira que nunca deixe de lado quaisquer aspectos de segurança.O • Reportar ao Gerente de Offshore se o projecto pode ser conduzido de forma mais segura ou mais eficiente,
Supervisor de Turno é obrigado a se familiarizar com o processo de gerenciamento de risco. alterando o procedimento.
• Assegurar-se de que os intervalos de segurança sejam promovidos e conduzidos de forma eficiente, juntamente
É dever do Supervisor de Turno garantir: com a implementação das lições aprendidas nas rotinas a bordo.
• Operações seguras e eficientes, de acordo com as instruções do Gerente Master e Offshore, a legislação per- • Conhecimento, adesão e implementação das políticas da Empresa em relação à saúde e segurança, meio
tinente e o Sistema de Gestão da Companhia. ambiente, qualidade, segurança, combate à corrupção, fraude, tabagismo, drogas e álcool.
• Conhecimento, adesão e implementação das políticas da Empresa em relação à saúde e segurança, meio • Assegurar-se de que a tripulação do convés esteja ciente de suas responsabilidades e obrigações conforme
ambiente, qualidade, segurança, combate à corrupção, fraude, tabagismo, drogas e álcool. exigido pelo Sistema de Gestão, bem como sob o plano do projecto.
• Assegurar-se de que a equipe do projecto em seu turno esteja ciente de suas responsabilidades e obrigações- • O Supervisor de Convês ao conduzir suas tarefas,deve planear a operação da embarcação com o Mestre e o
conforme exigido pelo Sistema de Gestão, bem como sob o plano do projecto. Gerente de Offshore de acordo com o plano do projecto, abrangir sempre tanto a análise de segurança do pro-
jecto quanto ao sistema de gerenciamento de segurança da embarcação operado apenas sob a devida avaliação
• O Supervisor de Turno ao conduzir suas tarefas,deve planear a operação da embarcação com o Mestre e o
de risco a bordo.
Gerente de Offshore de acordo com o plano do projecto, abrangir sempre tanto a análise de segurança do pro-
• O Supervisor de Turno deve, ao liderar a equipe do projecto, incluindo terceirizados, sempre promover os pro-
jecto quanto o sistema de gerenciamento de segurança da embarcação operado apenas sob a devida avaliação
cedimentos de segurança da Empresa e nunca comprometer esses procedimentos.
de risco a bordo.
• O Supervisor de Turno deve, ao liderar a equipe do projecto, incluindo terceirizados, sempre promover os pro- Qualificações e Experiências Exigidas:
cedimentos de segurança da Empresa e nunca comprometer esses procedimentos.
• Mínimo de 3 anos de experiência
Qualificações e Experiências Exigidas: • Opito Rigger, Banksman/Slinger

• Mínimo de 3 anos de experiência Para candidatar-se, por gentileza enviar currículo em Inglês e Português para:
• Opito Rigger, Banksman/Slinger angolarecruitment@airswift.com e informar a vaga de interesse.
(10.313)

A Swift Angola Limitada, empresa de Recursos Humanos especializada em fornecimento de mão-de-


obra na área de Petróleo & Gás busca profissionais para trabalhar nas seguintes posições:

Assistente de Amarração

PRINCIPAIS FUNÇÕES:
O Assistente de Amarração serve como a principal conexão com o Superintendente de Embarcação
e supervisiona a construção de embarcações / técnicos e inspectores. É responsável pela segurança
na embarcação, pela qualidade e pelo suporte à resposta a incidentes, além de fornecer suporte téc-
nico de instalação ao engenheiro de campo.

TAREFAS E RESPONSABILIDADES:
• Fornecer comunicação diária para Operações na Área Offshore. Conduz as actividades de execução
offshore e o progresso.
• Garantir que os sistemas de gestão de trabalho e segurança do contratado são postos em prática.
• Participar no desenvolvimento de avaliações de risco e análise de segurança no trabalho (JSA)
a bordo.
• Garantir que os procedimentos de instalação aprovados sejam seguidos ou que o processo de Ges-
tão de Mudança (MOC) seja implementado.
• Implementar planos de vigilância de campo
• Implementação de planos de segurança do local, qualidade e planos de resposta a emergências
• Fornecer entrada e endosso de relatórios de actividades diárias
• Validar e co-endossar (com Engenheiro de Campo) relatório diário do contratado, incluindo trabalho
extra ou reembolsável e tempo de inactividade
• Gerenciar supervisores,técnicos e inspectores offshore, se necessário
• Monitorar o estado da embarcação / prontidão
• Monitorar o desempenho do contratado e garantir que as especificações / procedimentos aprovados
sejam postos em prática.

COMPETÊNCIAS E QUALIFICAÇÕES
• Mais de 20 anos de experiência em instalações offshore (tubulação fixa e submarina) (incluindo-
gestão de mudanças, processos de avaliação de riscos e revisões de procedimentos)
• Mínimo de 12 anos de experiência em supervisão de embarcações de instalação offshore, Repre-
sentante de Clientes em Projectos de Petróleo e Gás, com experiência como Supervisor Técnico de
Instalação e Inspectores de Embarcações.
• Proficiência no Microsoft Word, Excel e sistemas de e-mail comuns
• Inglês fluente, falado e escrito
• Deve ter Treinamento Básico de Segurança / Sobrevivência aceito pela indústria
• Deve ter certificado Médico Offshore válido.

Para candidatar-se, por gentileza enviar currículo em Inglês e Português para:


angolarecruitment@airswift.com e informar a vaga de interesse.
(500.974) (10.314)
Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 25
PUBLICIDADE

COMUNICADO DE IMPRENSA
REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DE RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS
JEFRAN CONVIDA OS CLIENTES DEVEDORES A REGULARIZAREM
DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS
OS PAGAMENTOS
EDITAL N.º 69/DNRM/2019
A Empresa JEFRANIMOBILIÁRIA convida os mais de 2.500 moradores que beneficia-
2.º AVISO
ram de residências no sistema de renda resolúvel, com rendas atrasadas, nas Vilas de
JERICÓ, JERUSALÉM, ISRAEL, JUDÁ, JUDEIA, JORDÃO, BELÉM, NAZARÉ, Em conformidade com o estipulado no artigo 104.º do Código Mineiro e tendo em conta que a Em-
SINAI, NÍNIVE, SILOÉ e as demais Vilas, a regularizarem os seus pagamentos no prazo presa SUPER GESSO requereu os direitos mineiros para a exploração de Calcário, numa área de
de 45 dias. 100 ha, situada no Município do Sumbe, Província do Cuanza Sul, com as coordenadas geográficas
Sendo que alguns atrasos registados chegam a atingir os cinco anos sem qualquer pa- a seguir discriminadas, são notificadas todas as pessoas singulares ou colectivas para junto à Di-
gamento, nos casos de renda resolúvel, bem assim, nos casos de compra dos imóveis recção Nacional de Recursos Minerais fazerem valer os seus direitos, sob pena de preclusão do di-
na totalidade, onde alguns clientes avançaram com um sinal e nunca mais efectuaram reito à reclamação, no prazo de 15 (Quinze) dias, a contar da data da publicação deste Edital.
qualquer pagamento.
O incumprimento levará a Empresa a recorrer aos mecanismos legais, às instâncias Vértice Latitude Longitude
judiciais e instituições afins, despoletando processos de despejo para pôr cobro à
situação. A 11º 08´ 11´´S 13º 56´16´´E
Os nossos clientes podem contactar-nos pelos terminais telefónicos: B 11º 08´ 27´´S 13º 56´46´´E
+244990421310;+244923485140; pelo Facebook:Jefran Imobiliária;
WhatsApp:+244923485140, email: geral@jefran.co.ao, teremos todo o gosto em C 11º 08´ 56´´S 13º 56´38´´E
atendê-los. D 11º 08´ 40´´S 13º 56´06´´E

Feito em Luanda, aos 29 de Julho de 2019. DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS, em Luanda, aos 16 de Julho de 2019.

PELA DIRECÇÃO DA JEFRAN, O DIRECTOR NACIONAL


JOÃO SILVA André Francisco Buta Neto
(10.168) (10.284)

RECRUTAMENTO ANÚNCIO DE VAGA


A AFRILOG- Transporte e Serviços Lda, pretende recrutar: A Solução Contact Center Lda, pretende recrutar para os seus quadros
1 Gerente Operacional para a área de Call Center.
ADMITIMOS TÉCNICO ADMINISTRATIVO PARA A ÁREA
Exige-se:
DE TRANSPORTE
Profissional com formação superior (Licenciatura) com sólidos conheci-
mentos na área.
REQUISITOS EXIGIDOS
VENDEDOR DE TINTA - Ter no mínimo Ensino Médio Concluído
- Formação em programa TOP TRANS (Requisito principal)
Perfil com conhecimentos e experiência em:
-Gestão de projectos;
-Atendimento, Qualidade e Vendas;
E AFINADOR DA MESMA - Experiência comprovada de pelo menos 2 anos na gestão de
transportes
-Coordenação e Supervisão de equipas de atendimento telefónico;
-Telemarketing activo e via internet;
-Emissão de Relatórios gerenciais (M.I.S);
COM EXPERIÊNCIA MÍNIMA 3 ANOS RESPONSABILIDADES -Usuário de soluções CISCO, AVAYA, SIEMENS e COLLAB com soluções
- Gerir a frota com o programa TOP TRANS de CRM SALES FORCE e ININ;
NA FUNÇÃO E QUE SAIBA TRABA- - Verificar os documentos de origem, facturas, documentos de -Dimensionamento e métricas em Call Center, Qualidade em atendimento
LHAR COM MÁQUINA DE AFINAÇÃO transporte específicos a cada processo. e Gestão de Call Centers;
-Estatística e pesquisas aplicadas, Criação publicitária, Promoção de ven-
- Solicitar a documentação em falta aos importadores-expor-
tadores. das e Marchandising;
OBRIGATÓRIO APRESENTAÇÃO: Para se candidatar, envie o seu Curriculum Vitae, o Certificado -Elaboração de campanhas motivacionais, Desenvolvimento e apresen-
tação de projectos para clientes internos e corporativos;
CV, COMPROVATIVO DE EXPERIÊNCIA, BI de habilitações literárias e uma fotografia, para o e-mail:
-Actuação de planos de acção em metodologia PDCA e BSC.
geral@afrilog.co.ao -Experiência de 5 anos;

ENTREGA DE CANDIDATURA: Ou no escritório Sede, sito no Bairro Talatona, Belas Business Os interessados deverão enviar o CV para o endereço Edifício Masuika
Parque, edifício Kwanza Norte, 1.º andar, porta n.º 103. Office Plaza, MKO-A-7.º Piso, Avenida Samora Machel, Bairro Talatona-
ESTRADA DE CATETE, KM9 - COELHO- Luanda, aos 27 de Julho de 2019. Luanda, ou para o e-mail: drh@solucaocc.co.ao.
VIANA (ao lado do FINIBANCO DA ESTALA- Luanda, 17 de Julho de 2019.
Departamento de Recursos Humanos
GEM) recruta2017c@gmail.com Virgínia Fernando A Gerência
(10146) (10080) (10.279)

VENDE-SE
PRECISA
EMPRESA com armazém vende: Racks CONVOCATÓRIA Empresa líder em Turismo/Hotelaria/Lazer/Restauração procura
um gerente de restaurante.
com bastidor 4, 5 e 6 metros; Camião Iveco Para cumprimento do disposto nos Artigos 15.º dos Estatutos da Experiência exigida: 5 anos, nacionalidade angolana, línguas:
CCBL – COCA-COLA BOTTLING (LUANDA), S.A. e 396º da Lei Português/Inglês.
CX fechada, C.C. 11.709, Tara: 9.600 Kg; das Sociedades Comerciais, são convocados todos os senhores Conhecimentos: HACCP/WINREST-STORE/office-rigor, ética,
Accionistas para uma Assembleia- Geral Extraordinária, que terá disciplina e honestidade, experiência em restaurantes 5* e
Empilhadores; Retractil; Mobiliário Escritó- grande rotatividade.
lugar às 15h00, do dia 03 de Setembro de 2019, no Hotel Epic Luanda, aos 15 de Julho de 2019.
rio; Material Informático. Sana, em Luanda, com a seguinte Ordem de trabalhos:
Mauro Torsiello
Telefone: +244 947 460 090 PONTO ÚNICO: Discussão de assuntos do interesse da So- Director de Operações
(10.094) ciedade. (9.289)

Verificando-se a impossibilidade da Assembleia- Geral reunir na


data supramencionada, fica, desde já, fixada como segunda data

AULAS AO DOMICÍLIO de reunião, nos termos e para os efeitos do disposto no artigo


15.º dos Estatutos da CCBL, o dia 08 de Outubro de 2019,
VENDE-SE
pelas 10 horas, no mesmo local.
APRENDA Matemática, Física, Química, Português e Poderão participar na Assembleia-Geral os Accionistas que tive- UMA RESIDENCIAL, Zango III, com direito de
Inglês em sua casa ou escritório. Trabalhamos com crian- rem direito de voto, ou seja, que sejam titulares de pelo menos superfície, Esplanada com piscina, hospedaria
ças, adultos, estrangeiros e nacionais, prestamos serviços uma acção. A cada acção corresponde um voto.
com 12 quartos, pastelaria, padaria, farmácia e
de apoio académico desde o ensino Primário ao Universi- Os formalismos e demais requisitos para representação dos Ac-
cionistas são os estabelecidos na lei e no Art.º 15.º dos Estatutos parque de estacionamento, por motivo de
tário. Também temos Português para Estrangeiros.
da CCBL. saúde do proprietário. Kz. 130.000.000,00.
Luanda, 29 de Julho de 2019.
É só ligar que o professor irá ao seu encontro.
O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral Tels.: 913998699/926235643.
Telf.: 923 336 121 / 994 508 276 Víctor Manuel Junqueira João
(10272)
(10243) (10.249)
26 SOCIEDADE Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

LUANDA Serviços Prisionais. Trata- PARLAMENTO ACADÉMICO


s e d e N i c o l a u C a t xa m a JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
“Nico”, 30 anos, natural da

Dois reclusos fugiram Lunda-Norte e então resi-


dente em Porto Amboim,
província do Cuanza-sul,

ontem da cadeia de Viana


condenado a 14 anos e sete
meses de prisão, por crime
de roubo qualificado.
O outro elemento é Jonas
Makengo “PJ”, 22 anos, natural
Segundo fonte do Serviço Prisional, um dos detidos fugiu em do Uíge e residente em Viana,
posse de uma arma do tipo AKM e uma funcionária foi presa considerado altamente perigoso
pela Polícia Nacional, conde-
CEDIDA
nado a 14 anos e seis meses de
prisão maior, por crime de
homicídio voluntário.
Instado a justificar a situa-
ção que concorreu para a fuga
daqueles detidos, Menezes
Cassoma disse que os dois
indivíduos, por serem con-
denados têm características
próprias e “adquiriram uma
certa confiança das autori-
dades prisionais, por não
representarem perigosidade, A Assembleia Nacional vai ter contributo de universitários
nem demonstrarem intenções
de se evadirem da prisão”.
Menezes Cassoma disse
também que casos de fuga
Jovens estão a intervir
de presos no Estabelecimento
Prisional de Viana “não são
frequentes”, sendo a última
nas questões do país
registada em 1997, o que
contraria a versão dos mora- Edivaldo Cristóvão Sequeira, disse que o Parla-
dores da zona. “A partir mento Académico surge
daquele período, até hoje, O Movimento Nacional de como um espaço de conver-
nunca mais se registou qual- Jovens Universitários de Angola gência da comunidade estu-
quer ocorrência do género”. (MNJUA) passa, a partir deste dantil, que evolve a juventude
Com capacidade para mês, a intervir e apresentar na busca de soluções para os
Nicolau Catxama, 30 anos, e Jonas Makengo, 22 anos, fugiram ontem da cadeia de Viana albergar 2.382 reclusos, neste soluções na Assembleia Nacio- variados problemas que afec-
momento o Estabelecimento nal sobre a problemática que tam a sociedade.
Prisional de Viana acolhe afecta a sociedade, no sentido “Esperamos que se trans-
César André feitos por elementos do Ser- nico com o Jornal de Angola, 4000 detidos, dentre estes de contribuir para a estabilidade forme num canal eficiente,
viço Prisional, em perseguição confirmou a ocorrência e condenados, o que tem pro- e o desenvolvimento do país. onde os jovens possam efec-
Dois reclusos que se encon- aos indivíduos, para os inti- disse que neste momento a vocado superlotação. A informação foi avançada tivamente exercer a demo-
travam detidos no Estabele- midar e dissuadi-los do acto Direcção do Estabelecimento O Jornal de Angola apurou ontem, em Luanda, pelo pre- cracia participativa, sugerindo
cimento Prisional de Viana, praticado. Prisional de Viana está a tra- que o Estabelecimento Pri- sidente do Conselho Executivo ideias e soluções para os pro-
em Luanda, evadiram-se “Os moradores foram balhar no sentido de capturar sional de Viana foi construído do Movimento Nacional de gramas de Governo. A comis-
ontem daquelas instalações, tomados por um grande e restituir à prisão os ele- para albergar apenas 3.000 Jovens Universitários de Angola são que integra o Parlamento
por volta das 10 horas da susto, porque já não estamos mentos foragidos na manhã reclusos, uma situação que (MNJUA), José Sequeira, Académico tem feito visitas
manhã, estando em parte mais acostumados a ouvir de ontem e que se encontram tem concorrido para a super- durante uma visita de cons- em várias instituições públicas
incerta, constatou o Jornal de disparos de armas de fogo ainda a monte. lotação e provocado proble- tatação à Comissão Adminis- e privadas, afim de constatar
Angola, quando efectuava uma com tal intensidade, que se Entretanto, uma outra mas de saúde nalguns trativa de Luanda. “in loco” o grau de funciona-
reportagem nas imediações. parecia com o ataque a uma fonte dos Serviços Prisionais membros da população penal. Durante a visita, a presi- mento, para que na casa das
Populares que residem localidade ou guerra entre disse ao Jornal de Angola As celas da Comarca de dente da Comissão Adminis- leis possam discutir, com pro-
próximo daquele estabele- grupos rivais de delinquentes, que um dos foragidos levou Viana foram erguidas para trativa de Luanda, Antónia priedade, e apontar soluções”.
cimento prisional, que tam- como acontecia no passado”, consigo uma metralhadora albergar 16 pessoas e neste Nelumba, deu a conhecer os Neste momento o Parla-
bém testemunharam a fuga disse António Castilho. do tipo AKM e uma funcio- momento acolhem em média projectos e as obras que decor- mento Académico conta com
dos dois reclusos, disseram Domingas Bandeira, tam- nária da instituição, supos- 40 reclusos. Segundo fonte do rem no município, entre esco- 12 mil representantes em todo
ao Jornal de Angola tratar- bém antiga moradora do tamente envolvida na fuga Jornal de Angola, a instituição las, instituições hospitalares o país. O Parlamento Acadé-
se da segunda vez, este ano, bairro, acredita que a fuga dos dois detidos, foi presa recebe diariamente 50 novos e demais infra-estruturas. mico, segundo o responsável,
que tal situação acontece. daqueles reclusos “deveu- ainda ontem. detidos, muitos deles de forma Antónia Nelumba incentivou vai propiciar à comunidade
António Castilho, que vive se a uma desatenção dos Os dois indivíduos são preventiva, por causa das tra- os jovens universitários pela estudantil um espaço de diá-
no bairro adjacente à Comarca guardas prisionais nas pri- reclusos condenados e que mitações processuais, ficando iniciativa e informou que o logo com a análise, partilha
de Viana, há mais de dez anos, meiras horas do dia”. cumpriam penas de 14 anos, em muitos casos a aguardar município de Luanda envolve de opiniões, intercâmbio e
disse que durante a fuga dos O porta-voz dos Serviços por crimes de roubo quali- por julgamento por longos os distritos da Maianga, Sam- de racionalização consciente
detidos as pessoas entraram Prisionais, Menezes Cas- ficado e homicídio volun- períodos, devido à morosidade bizanga, Rangel e Ingombotas. dos problemas e desafios exis-
em pânico, devido aos tiros soma, num contacto telefó- tário, segundo fonte dos dos tribunais. O presidente da MNJUA, José tentes na sociedade.

PRIMEIRO SEMESTRE DESTE ANO KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

Luanda registou mais de 12 mil crimes


César Esteves cerca de 21 mil efectivos poli- minais não chegam todas à pelo combate das consequên-
ciais, para um total de oito Polícia Nacional, razão pela cias e não das causas”, realçou
A capital do país registou, milhões de habitantes. qual o órgão direcciona a sua o sociólogo, para quem é neces-
no primeiro semestre deste Muitos crimes ocorridos acção em função do que tem sário inverter o paradigma.
ano, 12.728 crimes, sendo na capital, não chegam ao como informação”, salientou, Para o jurista Aguinaldo
os contra a propriedade os conhecimento deste órgão para acrescentar que o cida- Ramos, de nada adiantará ter
mais cometidos (cerca de 60 do Ministério do Interior, dão precisa perceber a im- leis agravadas e cadeias bem
por cento), revelou o director porque a população ainda portância da sua participação fortificadas se não se apostar
do Gabinete de Comunicação não informa, com regulari- neste processo. antes na prevenção dos cri-
Institucional e Imprensa da dade, as autoridades. mes. “Temos primeiro que
Delegação do Ministério do “O que se passa em Atacar as causas trabalhar na base. O que nos
Interior na província de Luanda é que ainda não O sociólogo Sebastião Merlen falta é educação caseira e
Luanda. temos a colaboração neces- apontou a falta de emprego escolar”, aclarou.
Ao intervir numa mesa sária da população, no que e a ineficácia de algumas O psicólogo forense Fer-
redonda sobre “A problemática diz respeito à denúncia dos políticas públicas voltadas nandes Manuel entende que
da criminalidade em Luanda”, crimes”, frisou Mateus Rodri- para a urbanização, ilumi- o índice de criminalidade
promovida pela “Oficina de gues que disse haver um nação das vias públicas e em Luanda é resultado do
Conhecimento”, uma iniciativa registo diário de menos de dos bairros periféricos como êxodo populacional. Na sua
do docente universitário 100 participações, o que, no causas para o aumento da visão, se não existir evolução
Osvaldo Mboco, Mateus Rodri- seu entender, é pouco, dada delinquência em Luanda. do ponto de vista de infra-
gues sublinhou que a província a quantidade de crimes regis- “O combate ao crime ainda estruturas, será difícil falar
de Luanda conta apenas com tados. “As informações cri- é vítima da lógica que passa de estabilidade criminal. Mateus Rodrigues disse que Luanda só tem 21 mil agentes
SOCIEDADE Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 27
CONTROLO PREVÊ-SE MAIS AGITAÇÃO PARA HOJE DECORRE A SEMANA MUNDIAL DO ALEITAMENTO MATERNO

Aumentou Calemas destroem em


o número Banco de Leite Humano
de palancas Luanda e Cuanza-Sul
negras gigantes Victória Ferreira proprietários de estabeleci-
vai reduzir morte infantil
O número da palancas negras mentos comerciais. “Aler- Angola é membro da Rede Global de Bancos de Leite Humano
gigante, no Parque de Can- Nove pessoas ficaram feridas tamos as pessoas que vivem e da Rede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa
gandala e na Reserva Integral no município do Porto Am- em zonas adjacentes ao mar
do Luando, no município de boim, província do Cuanza- no sentido de se manterem
Luquembo, em Malanje, Sul, e outra na Ilha do Cabo, afastadas por um período Mazarino da Cunha | JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO

subiu de 200 para 240 nos em Luanda, na madrugada de até acalmar a agitação marí-
últimos dois anos. quinta-feira, na sequência das tima, que estão a ocorrer por Bebés que nascem prema-
A informação foi avançada calemas que se intensificaram anormalidade”, disse Faus- turos, de mães seropositivas
pelo director da Fundação na costa angolana nos últimos tino Minguês, que anunciou e de outras em situações espe-
Quiçama, engenheiro Pedro oito dias. a existência de feridos entre ciais em unidades de saúde
Vaz Pinto, em cerimónia de As fortes ondas destruí- os pescadores que foram sur- públicas da capital vão, a partir
apresentação do resultado da ram uma embarcação de preendidos pelas calemas. de Outubro, beneficiar de leite
operação de captura e mar- pesca artesanal na Ilha do O porta-voz referiu que recolhido e processado pelo
cação das palancas negras, Cabo e seis restaurantes fica- o Corpo de Bombeiros, a Banco de Leite Humano da
que contou com o apoio de ram parcialmente destruí- Polícia Nacional, a Capitania Maternidade Lucrécia Paim,
meios aéreos. dos, enquanto no Porto Am- do Porto de Luanda, e a Ad- em Luanda.
Durante a operação, rea- boim, dos nove feridos, seis ministração da Ingombota A garantia sobre a oferta
lizada de 15 a 28 do mês pas- são membros da mesma estão a envidar os esforços de leite pasteurizado aos
sado, foram marcados novos família, com idades entre os de alertas, sobretudo junto bebés, com tratamento espe-
integrantes, num total de 15, 18 e 37 anos. dos meios de comunicação cial, foi avançada ontem, em
com coleiras, contendo o O porta-voz do Serviço social, para manterem as Luanda, pela coordenadora
aplicativo de GPS, criado pela Nacional de Protecção Civil pessoas afastadas das zonas do projecto, Elisa Gaspar, à
Fundação Quiçama, entidade e Bombeiros (SNPCB), Faus- de marés. Adiantou que os margem da abertura da Se-
gestora das áreas de conser- tino Minguês, alertou ontem, pescadores já estão a sair mana Mundial do Aleita-
vação ambiental do país, para em Luanda, a população resi- das zonas de pesca.” mento Materno.
facilitar o controlo e a repro- dente nas zonas costeiras a Numa ronda efectuada Elisa Gaspar, em conversa
dução da espécie. manterem-se em alerta ontem, na Chicala e Ilha do com o Jornal de Angola, disse
devido ao perigo das calemas, Cabo, o Jornal de Angola cons- que o Banco de Leite Humano
DR
que se têm registado em algu- tatou o regresso de populares vai funcionar durante 24 Arrancou ontem Semana Mundial do Aleitamento Materno
mas zonas da costa marítima às suas actividades e alguns horas, para a recolha, pro-
do país, causando inunda- pescadores, que já tinham cessamento e oferta de leite
ções, feridos e destruição. sido realojados na Quiçama, aos bebés prematuros, bem que em cinco meses doou 10 André, fez referência à im-
Segundo Faustino Min- teimam em manter-se naquela como os de mães seroposi- litros de leite ao banco, que portância da data e apelou
guês, continua a registar-se zona, apesar do perigo. tivas e outros cujas proge- ainda funciona em regime às mães a terem muito cui-
uma forte agitação das marés, Faustino Minguês, citando nitoras tenham dificuldades interno e experimental. dado e atenção durante a
o que indicia um iminente dados do INAMET, disse que de amamentar. Domingas Sabino, satis- amamentação.
perigo para os pescadores, a província do Cuanza-Sul Com o objectivo de reduzir feita com a doação de 10 litros Donete André disse que
moradores das zonas cos- regista níveis altos do mar, o índice de mortalidade de leite à Maternidade, disse o sucesso do leite materno
teiras, bem como para os acompanhado de fortes ventos. infantil em Angola, disse que “uma mãe quanto mais depende da posição correcta
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Elisa Gaspar, o Banco de Leite leite tira, melhor será a pro- da mãe e do filho, bem como
Humano vai, numa primeira dução do mesmo, enquanto da regularidade na amamen-
fase, atender as unidades tiver saúde”, sustentando que tação, durante o tempo útil
sanitárias públicas de Luanda vai continuar a solidarizar- que vai até aos dois anos.
e depois as restantes pro- se com as crianças carentes A Semana Mundial do
víncias e caso haja solicitação de leite. Aleitamento Materno é, no
Parque da Cangandala já de urgência, a unidade estará O leite humano pasteu- entender da nutricionista,
tem 240 Palancas Negras ao dispor de qualquer ins- rizado, informou a coorde- uma oportunidade para cha-
tituição de saúde do país. nadora do primeiro Banco de mar a atenção aos pais, em
“Colocamos 15 coleiras Por dia, e de acordo com Leite Humano, tem a duração especial às mães, sobre a
de GPS (que era o objectivo) a demanda de dadoras, o Ban- de seis meses e tem as três importância do leite na vida
em nove fêmeas e seis em co de Leite Humano poderá categorias nutricionais que dos seus bebés.
machos, pois há dois dias recolher 70 litros. “Mães sau- um bebé necessita durante Angola é membro da Rede
identificamos cinco mana- dáveis e que estejam a dar os primeiros seis meses de Global de Bancos de Leite
das na Reserva do Luando”, de mamar são as dadoras de vida até dois anos. Humano e da Rede da Comu-
recordou Pedro Vaz Pinto, Água do mar chegou a dar ontem à Avenida Murtala Mohamed leite para o banco”, esclareceu nidade dos Países de Língua
referindo que a intenção Elisa Gaspar. Semana Mundial Portuguesa (CPLP). Nas 18
era conseguir marcar, de Das 49 dadoras que a A nutricionista do Banco de províncias existem núcleos
preferência, duas fêmeas Maternidade Lucrécia Paim Leite Humano da Materni- de amamentação em todas
em cada uma das cinco tem, Domingas Sabino foi a dade Lucrécia Paim, Donete as maternidades.
manadas.
O especialista explicou
PERISCÓPIO
que a marcação com a colo-
cação do sistema GPS per-
mite a contagem dos animais,
Recolha do lixo FILOMENO FORTES

recordando que a última foi


feita em 2016 e ajudou a asse-
gurar o contacto permanente
Luciano Rocha

Os trabalhadores da reco-
e têm famílias que também
não vivem do ar poluído
que respiram. Por isso,
Angolano lidera Instituto português
com os fiscais, assim como lha do lixo em Luanda avi- repito, têm toda a minha O embaixador de Angola em nacionalmente considera- diversos continentes.
garantir o estudo do seu com- saram que somente lhes solidariedade. Portugal, Carlos Alberto Fon- do como um dos maiores Filomeno Fortes torna-
portamento. resta a greve face aos salá- Mas, Luanda, sem ofen- seca, recebeu ontem, em especialistas mundiais em se, assim, o primeiro estran-
Pedro Vaz Pinto anunciou, rios que lhes devem e dou- sa para os trabalhadores audiência, Filomeno Fortes, doenças tropicais e que já geiro a assumir, por quatro
para o mês de Outubro, o iní- lhes toda a razão, pois é com da recolha do lixo, não é recém-eleito, por unanimi- desempenhou vários cargos anos, a direcção da mais cre-
cio da realização da segunda eles que se sustentam e às preciso eles paralisarem a dade, presidente do Instituto de responsabilidade em denciada e antiga instituição,
operação de localização e famílias. actividade para ela estar de Higiene e Medicina Tro- Angola, foi nomeado, em inaugurada em 1902, que se
captura da Palanca Negra Eu sei, a maioria dos permanentemente suja, pical de Lisboa. 2012, secretário-geral da dedica ao estudo e ao tra-
Gigante. luandenses sabe, que há nojenta. Perante a passi- De acordo com uma nota Federação Internacional tamento das doenças tropi-
De acordo com o director por aí muita gentinha que vidade crónica dos que têm da Embaixada de Angola em de Doenças Tropicais, ven- cais, um facto que releva a
da Fundação Quiçama, na nunca “vergou a mola” e a responsabilidade de lhe Portugal, na ocasião Filo- cendo então uma disputa importância do trabalho que
Reserva do Luando o censo tem as contas bancárias resolver os problemas, ao meno Fortes deu a conhecer entre mais de dois mil can- Angola tem desenvolvido
actualizado aponta para 160 a abarrotar, frotas de car- invés de os agravar. Duvido, alguns aspectos do seu per- didatos oriundos de vários também no sector das Ciên-
animais, entre crias, machos ros de todos os modelos, por isso, que se preocupem, curso académico até chegar países. cias Médicas.
e espécies jovens. Acrescentou até helicópteros, aviões, de verdade, com a greve. a este importante cargo. Para ser eleito por una- O Instituto de Higiene e
que, deste número, 40 são veleiros e ainda entende Com esta ou outras que se Sublinhou também a inten- nimidade presidente do Ins- Medicina Tropical de Lisboa
fêmeas reprodutoras. “Isso que é pouco. possam fazer nos tantos ção de continuar a apoiar os tituto de Higiene e Medicina coordena todos os programas
serve para chamar a atenção Os trabalhadores da sectores abandonados à projectos que tem em curso Tropical de Lisboa, Filomeno de saúde a nível da Comu-
que não existem muitas, pois recolha de lixo, mesmo sua sorte. Como se diz, é em Angola, nomeadamente Fortes teve de vencer um nidade dos Países de Língua
são poucas e as restantes são que possa haver quem para o lado que dormem no sector das licenciaturas concurso internacional no Portuguesa (CPLP), organi-
os machos as crias”. pense o contrário, são pes- melhor. E sono é coisa que e doutoramentos dos estu- qual participaram numerosos zação na qual Angola assu-
Venâncio Victor soas, que precisam de comer lhes não falta. dantes de doenças tropicais. especialistas em doenças mirá, no próximo ano, a
e Eduardo Cunha|Malanje Filomeno Fortes, inter- tropicais provenientes de presidência rotativa.
28 Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

PUBLICIDADE

COMUNICADO

Liquidação e Pagamento do Imposto Industrial Provisório

Caros Contribuintes,
A Administração Geral Tributária (AGT) vem, por este meio, levar ao conhecimento dos contribuintes, que está em
curso, neste mês de Julho (para contribuintes do Grupo B) e Agosto (para contribuintes do Grupo A), a liquidação
e o pagamento provisório do Imposto Industrial, que incide sobre as vendas e serviços não sujeitas à retenção na fonte,
referente ao exercício de 2019.

Note-se que a liquidação provisória do Imposto Industrial deve ser efectuada mediante aplicação da taxa de 2% sobre
o volume total das vendas efectuadas, pelos contribuintes, nos primeiros 6 meses do exercício de 2019, tal como es-
tabelece o n.º 2 do artigo 66.º do Código do Imposto Industrial, aprovado pela Lei n.º 19/14, de 22 de Outubro.

Por seu turno, os contribuintes sob supervisão do BNA, CMC, ARSEG e Instituto de Supervisão de Jogos efectuam a
liquidação aplicando a taxa sobre o volume total dos resultados derivados das operações de intermediação financeira,
prémios de seguro e resseguro de jogos, respectivamente, apurados nos primeiros seis meses do exercício anterior,
com excepção das operações de intermediação financeira sujeitas a imposto sobre a aplicação de capitais.

A título facultativo, podem os contribuintes pagar o imposto provisório apenas sobre o valor efectivamente recebido
das vendas, desde que devidamente comprovado, através da submissão dos extractos bancários, de acordo com o
n.º 9 do artigo 66.º do diploma acima mencionado.

Mais informamos, que o Documento de Cobrança (DC) deve ser exclusivamente destinado à liquidação e pagamento
provisório do Imposto Industrial, respectivamente, abstendo-se de se fazer constar deste, a liquidação ou pagamento
de qualquer outro imposto ou acréscimo legal, incluindo o Imposto Industrial ao abrigo de outro regime de liquidação
e pagamento.

De modo a evitar os possíveis constrangimentos nas Repartições Fiscais, nos dias que antecedem o fim do prazo de
pagamento, a AGT solicita a colaboração de todos os Contribuintes, no sentido de procederem ao cumprimento das
obrigações com a maior brevidade possível, através de qualquer canal de pagamento, nomeadamente, Multicaixa,
Portal do Contribuinte (portalcontribuinte@minfin.gov.ao), Bancos comerciais ou Repartição Fiscal.

Informa-se ainda que, nos termos do n.º 6 do artigo 66.º do mesmo diploma, pode ser deduzido na liquidação provisória
sobre as vendas, o imposto, comprovadamente entregue em excesso nas liquidações provisórias dos exercícios ante-
riores, dentro do prazo de caducidade previsto no n.º 1.º do art.º 62.º do Código Geral Tributário.

Por último, os contribuintes que tenham apresentado prejuízo no exercício de 2018, estão dispensados da liquidação
de imposto industrial provisório sobre as vendas.

Administração Geral Tributária, em Luanda, aos 26 de Julho de 2019.

O Presidente do Conselho de Administração


Sílvio Franco Burity
(10357)
CULTURA Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 29
FORMAÇÃO E VALORIZAÇÃO ESPECTÁCULO
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
LITERATURA

Cantora Isidora Campos AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO

está de volta aos palcos


Cristina da Silva mininas nacionais de refe-
rência. “Infelizmente, apesar
Isidora Campos realiza, ama- de estar longe dos palcos por
nhã, às 20h00, no restaurante razões alheias à minha von-
Zodabar, em Talatona, um tade, ainda conseguimos sen-
espectáculo para comemorar tir um carinho especial das
30 anos de carreira. pessoas”, contou a interprete
O espectáculo, de aproxi- de “Meu Dono”.
madamente duas horas, vai Em 2016, Isidora Campos Jornalista apresenta
juntar os cantores Calabeto, firmou contrato com a pro- segundo trabalho literário
Ary, Patrícia Faria, Kanda e dutora Arca Velha, de Matias
Nsoki. Durante a apresenta-
ção, a autora de “Sambapito”
Damásio, e por decisão pró-
pria deixou de fazer parte “Kassumunas”
vai fazer uma incursão ao
passado, interpretando suces-
dela no corrente ano.
A cantora segue com os de Salas Neto
sos que lhe marcaram a car-
reira artística, iniciada em
trabalhos lançado um vídeo
clip nas redes sociais da música hoje no Rangel
1989, com 11 anos. “Meu Dono”, single original
“Vamos tornar o espec- de Alfredo Hossi, com arranjos As histórias do quotidiano
táculo memorável e inti- de Kanda, produção e pro- da capital, retiradas de con-
Alunos têm procurado o espaço em busca de títulos para os trabalhos de investigação mista”, disse Isidora Campos, gramação de Ton Ventura, tos da cidade ou de vários
que fará um espectáculo guitarra de Constantino e o bairros desta agitada cidade,
inteiramente acústico, supor- coro de Rita Ferreira e Neusa. são apresentados hoje, às

Estudantes mostram mais tado por uma banda formada


por jovens artistas. “Quero
fazer deste espectáculo uma
festa inesquecível para a
O tema tem a participação de
Young Double.
Em 2007, Isidora Campos
realizou o primeiro grande
17h00, na Casa de Cultura
Njinga Mbande no Rangel,
em Luanda, pelo jornalista
Salas Neto, em “As Kassu-

interesse pela literatura música angolana, com bas-


tante agitação e com canções
de maior sucesso”, disse.
A cantora promete inter-
espectáculo, no Cine Karl Marx,
em Luanda.Isidora Campos
começou a cantar na década
de 1980 e fez parte de vários
munas do Bairro Indígena”.
Ao contrário do noti-
ciado na edição de ontem
do Jornal de Angola, o livro,
pretar os grandes sucessos projecto musicais, com destaque com o selo da Fukuma Edi-
Biblioteca da União dos Escritores Angolanos registou um número de carreira, que a ajudaram para “Pomba Branca”, “Simione tores e resultante de uma
maior de visitantes em relação ao último semestre do ano passado a tornar numa das vozes fe- Mucune” e “Bibiribi”. compilação de alguns textos
do autor retirados do Face-
JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO
book, é apresentado apenas
Mário Cohen a biblioteca da UEA, o destaque de Lemos e Paula Tavares. logo mais ao público.
vai para a Faculdade de Letras A biblioteca da união tem O livro de crónicas, o se-
e Ciências Sociais, Instituto 5.695 títulos de literatura, de gundo do autor, traz um
Os estudantes continuam a Superior de Ciências da Edu- autores nacionais, além de cunho pessoal em cada uma
ser os principais visitantes da cação (Isced), o Instituto de livros de ciências e sobre das histórias narradas e pro-
biblioteca da União dos Escri- Ciências Religiosas (Icra) e temas diversificados. A biblio- cura ser uma ligação entre o
tores Angolanos (UEA), em escolas do II ciclo de ensino, teca, disse, existe desde a passado e o presente da cidade
Luanda, o que demonstra, para como Juventude e Luta, Ngola fundação da UEA e está aberta capital, assim como uma
o coordenador de projectos da Kiluanje e Ngola Kanine. todos os dias úteis da semana. oportunidade de os leitores
instituição, o crescente interesse Os títulos mais consultados “É uma das mais consul- conhecerem um pouco mais
deles pelos livros. são as antologias da literatura tadas e os dados mostram que das mudanças sociais sofridas
Pombal Maria informou, angolana, algumas obras de houve um aumento no número nos últimos anos e a influên-
ontem, em Luanda, que, no estudo como o “Roteiro da de alunos de 5 por cento, em cia delas na sociedade, em
primeiro semestre deste ano, Literatura Angolana”, de Car- relação ao último semestre do particular nos jovens.
um total de 6.602 estudantes, los Ervedosa, ou “Apologia ano passado”, acrescentou Autora de “Sambapito” celebra mais um aniversário de carreira
entre universitários e de esco- de Kalitangi”, de Luís Kand- Pombal Maria.
las do ensino geral, com ida- jimbo. Quanto aos autores A nova direcção da União
des dos 14 aos 45, visitou a de livros para crianças, os dos Escritores Angolanos CUNENE
biblioteca da UEA. mais consultados são Maria (UEA), realçou, pretende tra-
Os estudantes, disse ao Jor- Eugénia Neto, Maria Celestina balhar para o enriquecimento
nal de Angola, procuram mais
clássicos da literatura ango-
Fernandes, Cremilda de Lima,
Maria João Chipalavela, Marta
da biblioteca de maneira a criar
condições para os estudantes Kauyka em oshikwanhama já nas bancas
lana, com o intuito de aumen- Santos e Amélia da Lomba. encontrarem as informações
GARCIA MAYATOKO | EDIÇÕES NOVEMBRO | MBANZA KONGO
tarem o conhecimento sobre A lista de consultas dos que procuram para os trabalhos Um total de cinco livros infan-
determinados autores. Alguns, estudantes, muitos deles em de pesquisa ou teses. tis da colecção “Kauyka” na
continuou, são mais curiosos fim de curso e outros a traba- “O acervo da biblioteca não língua oshikwanyama, da
e procuram saber quais os lharem na defesa das suas é limitado apenas à actual pro- escritora Ana Maria de Oli-
títulos que a UEA já publicou. teses, inclui ainda autores dução literária nacional. Há livros veira, foi lançado, quarta-
Entre as instituições que como João Tala, Lopito Feijoó, da década de 1960 e esses são feira, na cidade de Ondjiva,
mais estudantes levam a visitar José Luís Mendonça, Jacinto os mais solicitados”, concluiu. província do Cunene.
Com 23 páginas cada, a
colecção Kauyka surgiu ini-
cialmente, em língua portu-
CHÁ DE CAXINDE guesa com os títulos “Nasceu
a Kauyka”, “Kauyka já Enga-

Artistas exibem talento em concerto tinha”, “Kauyka dá os Primei-


ros Passos”, “Kauyka tem um
Irmão” e “Kauyka vai à Escola”,
Roque Silva ciativa, como informou a pro- redor do Kwanza à lista do visando educar a sociedade
dução, visa divulgar e promover Pat r i m ó n i o C u ltu ra l d a sobre os cuidados a ter com
As cantoras Nsoki e Érica as artes e o intercâmbio entre Humanidade da (Unesco). as crianças.
Nelumba, o humorista Richa fazedores de diferentes espe- Márcio Batalha é membro No acto de apresentação, Ana Maria de Oliveira continua a divulgar as línguas nacionais
“O Gago” e o poeta Márcio cialidades e disciplinas artísticas. da Academia de Letras Juvenal a escritora disse que a colec-
Batalha são as vozes em des- O poeta Márcio Batalha, que é Galeno (ALJUG), do Brasil. É tânea de literatura infantil de falantes dessas línguas”, identidade e cultura local.
taque do “Concerto Acústico”, um dos mentores do projecto, o autor dos livros “A Vida Ins- narra uma história da menina referiu. Ana de Oliveira expli- A primeira publicação do
a realizar hoje, às 20h00, na em parceria com a Associação pira-nos” e “Tenho Saudades Kauyka, numa dimensão cou que de cada livro há livro Kauyka, em língua por-
Associação Cultural Chá de Cultural Chá de Caxinde, vê o do Ventre da minha Mãe”. pedagógica que inspira novas seis mil exemplares, nesta tuguesa, foi em 2001 e, até o
Caxinde, em Luanda, sob ini- espectáculo como uma opor- Conquistou o prémio Melhores abordagens, divulgação e primeira fase. momento, a colecção foi edi-
ciativa da Rimanet. tunidade para os artistas esta- Poetas, em 2014, no Brasil. incentivos pela preservação O governador do Cunene, tada em kimbundu, umbundu,
O espectáculo tem ainda belecerem novas parcerias. Richa é dos humoristas das línguas nacionais. Vigílio Tyova, enalteceu a kikongo, cokwe, ngangela e,
como convidados o trovador angolanos muito requisitado “A iniciativa surgiu para iniciativa da escritora de tra- agora, em oshikwanyama.
Nel Jazz, Damásio Brother’s e Atracções nos últimos meses, devido a despertar as crianças para a duzir o manual do português Ana de Oliveira, natural de
Malua Dácio, num casamento Nsoki é, desde 27 de Outubro diversidade de temas das suas leitura complementar, em para oshikwanhama, uma Luanda, licenciou-se na Uni-
que se pretende entre três dis- de 2017, a embaixadora de performances. É integrante do línguas nacionais, dada a forma de incentivar as novas versidade Nova de Lisboa e é
ciplinas artísticas distintas, Angola para a divulgação da elenco da comédia “Sexta- sua inserção no sistema regu- gerações a aprenderem a doutoranda pela Universidade
música, humor e poesia. A ini- imagem do projecto do Cor- Feira Mwangolé”. lar de ensino e a facilitação falar a língua e preservar a de Western Cape, África do Sul.
30 DESPORTO Sexta-feira
2 de Agosto de 2019

JOGADORES INTEGRARAM ONTEM A SESSÃO DE TREINOS AFRICANO FEMININO SUB-16


ALBERTO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Breves Angolanas e egípcias
TAÇA EMBAIXADOR
É DISPUTADA ESTE
DOMINGO NO PAZ FLOR
A 6ª edição do torneio de
taekwon-do na classe
disputam meia-final
sénior masculina, Armindo Pereira Coadjuvado por Irene Guer-
denominada Taça reiro, a dupla técnica seguiu
Embaixador da República A Selecção Nacional feminina atentamente as partidas da
da Coreia, disputa-se Sub-16 de basquetebol pro- formação árabe e fez as ano-
domingo, às 9h00, no cura carimbar hoje, às 19h00, tações necessárias dos pontos
Complexo Cultural e diante do Egipto, o passe para fortes e fracos da formação
Desportivo Paz Flor, no a final do Campeonato Afri- orientada por Aly Ahmed.
Distrito Urbano da Samba, cano das Nações, que encerra “Vamos jogar com o Egipto,
com a participação dos amanhã no Ruanda. uma equipa muito difícil,
atletas de Benguela, O encontro entre ango- defende bem além de fazer
Cuando Cubango, Huambo, lanas e egípcias, referente uma pressão muito alta. Vamos
Huíla, Luanda, Malanje, às meias-finais, está marcado fazer um treino voltado para a
Moxico e Uíge. para o Palácio dos Desportos defesa contra a zona e contra-
A prova vai ser disputada no de Kigali. ataque”, sublinhou o técnico.
sistema de eliminatória De acordo com o seleccio- Ontem, para os quartos-
directa nas categorias dos nador nacional, Fernando de-final, o Egipto suplantou
menos de 58 quilos, - 68kg, - Sapalo, as faraónicas são favo- a Tanzânia, por 88-41, com
80 kg e mais de 80 kg. ritas, apesar de assumir que favoráveis 42-20, ao intervalo.
A reunião técnica e a as suas jogadoras fizeram uma Os encontros Ruanda-Mali e
pesagem dos atletas fase preliminar irrepreensível, Uganda-Moçambique com-
realizam-se amanhã à noite com o saldo de três vitórias, pletaram o dia de competições.
no Hotel Mana Lu, no Morro em igual número de partidas. Integram o combinado
Bento, onde estarão Os dois dias que o “cinco” nacional as atletas Dilangue
Extremo de 1,93 metros, 36 anos, justificou a ausênc ia aos dirigentes da Federação Angolana hospedados os atletas e nacional ficou sem jogar, Cruz, Sara Caetano, Teresa
dirigentes. pelo facto de ter obtido a clas- Mbemba, Isabel João, Domin-
Para a participação no sificação directa para a semi- gas Dembos, Mara António,

Cipriano e Yanick reforçam certame, as delegações


desportivas são esperadas
no final da tarde de hoje,
com o suporte das despesas
final, fruto da desistência de
um dos integrantes do Grupo
B, poderá pesar nas contas,
na óptica de Sapalo.
Nadjada Domingos, Maria
Rosénio, Ana Mbuende,
Leontina Ngunga, Elisameria
Junte e Marta Sebastião.

opções de William Bryant de deslocação, estadia e


alimentação, pagas pela
Federação Angolana de
DR

Taekwon-do (FAKD).
Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol prepara, Antes dos combates e
depois dos tradicionais
na Cidadela, a disputa da 18ª edição do Campeonato do Mundo cumprimentos dos atletas e
juízes aos convidados, o
Anaximandro Magalhães execução dos exercícios minis- gração do jogador de 40 anos, evento começa com uma
trados pela equipa técnica cujo objectivo é disputar o seu demonstração de poomse
O extremo Olímpio Cipriano, liderada por Voigt, coadjuvado quinto mundial e com isso (movimentos de defesa e
1,93 metros, e o poste Yanick por Walter Costa, Nataniel entrar para a história, da qual ataque) e de defesa pessoal,
Moreira, 2,11 metros, refor- Lucas, preparador físico, e constam apenas o brasileiro com um grupo de atletas
çaram, ao integrarem ontem Emanuel Mavomo, scouting Marcelino Machado e o porto- mais novos.
de manhã, no Pavilhão Gim- (observador dos adversários). riquenho Daniel Santiago. As meias-finais das pelejas
nodesportivo da Cidadela, a Trabalho táctico com situa- Com o técnico e adjuntos, disputam-se no período
sessão de treinos da Selecção ções de ataque e defesa em têm trabalhado Gerson Domin- das 10h30 às 12h30, no
Nacional sénior masculina igualdade e superioridade gos (base), Leandro Conceição Pavilhão do Complexo Paz
de basquetebol, o leque de numérica, técnica individual, (extremo-base), Gerson Flor. Após o interregno
opções do técnico William com recurso ao drible dei- “Lukeny” Gonçalves, Malick para o almoço, seguem-se
Bryant Voigt. xando para trás o defensor Cissé, Carlos Morais, Benvindo as finais dos combates. Seleccionador Fernando Sapalo atira pressão ao adversário
Com a entrada no grupo directo, para a posterior ter- Quimbamba, José António e Os vencedores serão
dos dois jogadores, o selec- minar em bandeja ou em Júlio Clever Afonso (extremos), agraciados com medalhas
cionador nacional, que pre- passe para um colega em posi- Reggie Moore e Leonel Paulo e troféus.
para a disputa da 18ª edição ção privilegiada para lançar (extremo-postes), Hermene- Esta competição disputa-se SUPER GLOBE DE ANDEBOL
do Campeonato do Mundo, a bola, são algumas das situa- gildo Mbunga e Jone Pedro. no âmbito do dia 15 de
a decorrer de 31 deste mês a ções ensaiadas ontem. Sorteada no Grupo D, com Agosto, para honrar os
15 de Setembro, na China,
dispõe de mais escolhas para
elaborar os sistemas tácticos.
Indefinida continua a pre-
sença do poste Eduardo Min-
gas, cujo pai foi ontem a
sede na cidade de Foshan,
Angola defronta na estreia da
fase preliminar, a 31 do corrente,
heróis que lutaram pela
libertação da nação.
António Cristóvão
Militares discutem vaga
Tímidos na interacção com
os companheiros de equipa,
os dois atletas foram-se sol-
enterrar. Em declarações à
imprensa, William Bryant
deixou a porta do balneário
a Sérvia. Na segunda ronda, o
encontro está marcado com a
Itália, dia 2 de Setembro, e no SEBASTIAN VETTEL
para a final do Mundial
tando aos poucos e mostrando dos hendecacampeões afri- encerramento, a 4 do mesmo FALA DOS PREÇOS Teresa Luís ser determinante. Na segunda
boa disposição na hora da canos aberta para a reinte- mês, frente às Filipinas. NA INICIAÇÃO DA F1 linha, Morten Soubak conta
Na conferência de imprensa O 1º de Agosto discute hoje, com as pivôs Albertina Kas-
do GP da Alemanha a partir das 13h45,a presença soma e Liliana Ve nâncio
Sebastian Vettel levantou na final da edição pioneira do (aguerridas a defender e a
PREPARAÇÃO DO AFROBASKET antevê o treinador. A meta uma questão pertinente. O “IHF Woman Super Globe”, atacar) e as pontas Janeth
passa por fazer uma “boa desporto motorizado em andebol sénior feminino, Santos, Iracelma da Silva e
estreia” no torneio e motivar sempre foi caro mas o custo quando defrontar a similar Juliana Machado. A guarda-
Selecção feminina joga as jogadoras para os próximos
desafios. Apolinário Paquete
da competição tem vindo a
subir ao longo dos anos.
UNC Concórdia, do Brasil, em
partida referente às meias-
redes do 1º de Agosto, Ele-
neidys Guevara, é outro trunfo
amanhã torneio em Dakar garante prontidão para mais
uma empreitada continental
e espera que não surjam con-
Vettel explicou que os
custos nas categorias de
iniciação estão demasiado
finais, no Pavilhão de Wuxi,
na China.
Brasileiras e angolanas
da equipa angolana.
A outra meia-final opõe o
Omron, do Japão, ao Chinese
Armindo Pereira numa boa prestação, apesar tratempos de última hora. altos, dizendo mesmo que entram para a quadra com National Club, da China. O
de esperar por dificuldades “Depois do torneio, vamos se os preços fossem os favoritismo repartido, com o equilíbrio seguramente será
A Selecção Nacional sénior no quadrangular que antecede ter cinco dias para limar as mesmos na altura que rigor táctico a ser certamente o tónico dominante no “duelo”
feminina de basquetebol dis- o africano da bola ao cesto. últimas arestas. Espero que começou a competir que o tónico mais marcante. Para asiático. Ontem, as rubro e
puta a partir de amanhã, em “O torneio vai servir co- até lá, a selecção esteja no pico não teria conseguido chegar somarem o segundo triunfo, negras infligiram uma derrota
Dakar, o Torneio Internacio- mo último teste depois das da forma desportiva de modo onde chegou: as militares precisam de apostar pesada ao Jiangsu Team, da
nal, ao lado das suas similares três semanas de preparação a abordar o primeiro jogo com “Actualmente, acho que é na coesão defensiva e no ataque China, por 41-20, com o par-
do Senegal (anfitriã), Costa em Luanda, onde realizámos alguma tranquilidade. muito caro e inacessível para planeado, pois jogam com uma cial de 23-11, ao intervalo.
do Marfim e Tunísia, na ante- jogos de controlo. Por outro Italee Lucas, Fineza Eusébio, a maioria. Os alemães são adversária experiente. O Omron venceu, por 29-
câmara ao Afrobasket’2019, lado, vai aferir o nosso es- Regina Pequeno, Elizabeth bastante directos na forma A união entre as jogadoras 22, o New York City, dos Estados
a decorrer naquela cidade, tado de prontidão para o Mateus, Felizarda Jorge, Aléxia como gastam o seu dinheiro da primeira linha, onde se Unidos, o Kaysar Club, do Caza-
de 10 a 19 do corrente. Afrobasket. Por ser quali- Dizeco, Rosemira Daniel, Ave- e, infelizmente, as categorias destacam as centrais Isabel quistão perdeu, por 21-24, diante
O grupo, às ordens do selec- ficativo aos Jogos Olímpicos lina Peso, Ngiendula Filipe, de iniciação, começando no Guialo e Helena Paulo e as da Chinese National Club, ao
cionador Apolinário Paquete, d e Tó k i o ’ 2 0 2 0 , mu ita s Nadir Manuel, Luísa Tomás karting e nas séries que se laterais Cristiane Mwasessa, passo que a UNC Concórdia
seguiu viagem ontem para o selecções vão aparecer com Macuto e Cristina Matiquite seguem são, na minha Natália Bernardo, Wuta Dom- ganhou, por 31-16, a University
palco da competição confiante as suas melhores jogadoras”, fazem parte das convocadas. opinião, muito caras”, disse. baxi e Vivalda da Silva, poderá of Queensland da Austrália.
DESPORTO Sexta-feira
2 de Agosto de 2019 31
DECLARAÇÕES HOJE PARA ABERTURA DA ÉPOCA NO FUTEBOL VISANDO O JOGO COM A ESWATINI

Ivo Traça está


optimista num 1º de Agosto e Desportivo jogam Palancas fazem últimos
bom resultado primeira parte da Supertaça acertos técnico-tácticos
António Cristóvão sua exigência, já que as direc-
O treinador-adjunto do 1º ções de ambos alegaram can-
de Agosto, Ivo Raimundo Militares do Rio Seco levam clara vantagem nos desafios frente Os Palancas Negras cumprem saço dos referidos atletas.
Traça, mostrou-se optimista ao seu confrade huilano, com saldo de 22 vitórias e uma derrota hoje à tarde a última sessão “Não se consegue perceber
em fazer um bom resultado de treino no Estádio Muni- como é que uma Selecção
JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO
hoje, no reduto do Desportivo cipal dos Coqueiros, em Lu- Nacional está sem os jogadores
da Huíla, com quem joga às anda, antes de jogar amanhã, das melhores equipas do país
15h00, para a primeira mão às 20h00, no mesmo recinto, no momento. É absurdo. A
da Supertaça de futebol. diante da similar de eSwatini, equipa precisa de ser reforçada”,
“Preparámos o jogo com referente à segunda mão da lamentou o técnico perante a
este propósito. Mas sabemos penúltima eliminatória de postura demonstrada pelas
que não será uma partida fácil, apuramento para a fase final direcções militar e tricolor.
porque o Desportivo vai pro- da sexta edição do Campeo- Na partida da primeira
curar criar-nos dificuldades. nato Africano das Nações mão, os Palancas Negras des-
Mas estamos atentos a estas (CHAN), no próximo ano, nos locaram-se à cidade Manzini,
situações e vamos tentar con- Camarões. onde empataram a uma bola
trariar o máximo as intenções Os trabalhos estarão vira- com o Escudo Real (desig-
do opositor”, disse Traça. dos para as correcções dos nação da selecção de eSwa-
No seio dos jogadores e princípios de jogo, com pro- tini) no Estádio Muvuso.
equipa técnica, a convicção pósito de melhorar a eficácia O vencedor deste desafio
é forte e todos estão unidos dos atacantes e aprimorar joga na penúltima elimina-
à volta do objectivo princi- também a organização do sec- tória com a selecção que sair
pal, que visa a conquista da tor defensivo. vitoriosa do jogo deste fim-
Supertaça. Depois dos aspectos téc- de-semana, entre Chipolo-
“Entrámos em todas as nicos e tácticos, o técnico Sil- polo da Zâmbia e Zebras do
provas com a ambição de vestre Pelé volta a dar priori- Botswana, na cidade de Ndola.
vencer. Esta não fugirá à regra. dade aos lances de bola parada
Iremos fazer de tudo para com realce para a cobrança AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO

ganharmos o primeiro troféu de pontapés de canto e faltas


da época desportiva”, garan- próximo à baliza.
tiu o adjunto de Dragan Jovic. Ontem à noite no palco
Questionado sobre o con- do jogo, o treinador orientou
junto adversário, Ivo Traça os trabalhos já com a inte-
disse que o 1º de Agosto res- gração dos atletas do Petro
peita o Desportivo da Huíla, de Luanda Eddie Afonso,
mas não o teme. Wilson, Manguxi, Diógenes,
“Vamos jogar com uma Caranga e Dani Satonho.
equipa aguerrida. Reforçou- Defesa central Bobó foi determinante na consistência defensiva do conjunto rubro e negro Os atletas tricolores, que
se bem, apesar de ter perdido fizeram parte do primeiro
o seu goleador Lionel Yombi. jogo juntaram-se ontem aos
Nós somos o 1º de Agosto e António de Brito Huíla. O goleador camaronês adversário, sendo que, dos companheiros por terem
temos as nossas armas, de é a maior referência do plan- 30 jogos disputados, o saldo estagiado com o Petro, em
modo a contrariar os argu- tel, visto que nas duas últimas é de 22 vitórias, uma derrota Joanesburgo.
mentos que o Desportivo possa As equipas do 1º de Agosto temporadas foi o abono de e sete empates. O Desportivo Silvestre Pelé, que pre-
vir a apresentar no decorrer e do Desportivo da Huíla família do Desportivo, ao não ganha o campeão ango- tendia reforçar o grupo com
do desafio”, terminou. abrem oficialmente hoje, às marcar 18 golos, sete no pri- lano há sete anos. No soma- a inclusão do médio Here-
António de Brito 15h00, no Estádio do Ferro- meiro ano e 11 no segundo. tório de jogos disputados, o nilson, do Petro, e Mabululu
viário, a nova época futebo- A jogar na condição de 1º de Agosto marcou 55 golos (1º de Agosto) viu falhada a
lística 2019/20, com a disputa visitante, a equipa de Dragan e consentiu 22.
da primeira “mão” da Super- Jovic tem de apresentar uma Depois de terem fechado
TÉCNICO PRINCIPAL taça de Angola, sendo que o postura diferente da final da a época desportiva 2018/19,
desafio de resposta acontece Taça de Angola, em que com a realização da final da
na próxima segunda-feira, esteve a perder a partida. O Taça de Angola, 1º de Agosto
ANTES DA APRESENTAÇÃO DO PLANTEL
Mário Soares nos Coqueiros. 1º de Agosto tem de abordar e Desportivo da Huíla reen-

quer equipa
O encontro opõe o 1º de
Agosto, campeão do Girabola
e da Taça de Angola, ao Des-
o jogo com cautelas redo-
bradas, já que o Desportivo
se transfigura na condição
contram-se na abertura da
nova época. Após a dobra-
dinha, a equipa de Dragan
Toni fala em conferência
cautelosa portivo da Huíla, finalista
vencido da segunda com-
petição mais importante do
de visitado e dificilmente os
adversários ganham na Huíla.
Nesta partida, os pupilos
Jovic pretende levar também
a Supertaça de Angola para
a sua galeria, no sentido de
de imprensa no Catetão
Com pinças e cautelas, é calendário de provas da de Dragan Jovic partem com elevar o espírito de confiança António Cristóvão quadrangular de pré-época.
desta forma que o Desportivo Federação Angolana de Fute- uma ligeira vantagem, por- dos jogadores, a pensar nos Nas partidas particulares
da Huíla aborda hoje às bol (FAF). quanto efectuaram três compromissos que se avi- O técnico do Petro de Luanda, perderam com o Baroka FC
15h00, a primeira “mão” da É a primeira vez que ambos jogos na pré-época, contra zinham, designadamente Toni Cosano, dá hoje às (1-3) e Orlando Pirates (1-
Supertaça, quando receber os conjuntos se cruzam na um dos comandados de Girabola, Taça de Angola e 10h30, a habitual conferência 2), empatando diante do Jomo
o 1º de Agosto, no Estádio 11 Supertaça, num jogo rodeado Mário Soares. Liga dos Clubes Campeões de imprensa no Complexo Cosmos FC (1-1) e resultado
de Novembro, no desafio de de interesse que promete ser Dos jogos realizados, o 1º Africanos. Com 13 títulos do Demóstenes de Almeida idêntico registou-se frente
abertura da época futebo- disputado do primeiro ao de Agosto perdeu com o FC Girabola, seis Taças de Angola Clington, no bairro Madame ao Bidvest Wits.
lística 2019/2020. último minuto, depois de o Bravos do Maquis (2-3), e oito Supertaças, o 1º de Bergman, para fazer a ante- No último desafio parti-
O técnico dos militares Desportivo ter perdido a final empatou (1-1) diante dos Agosto persegue o 28º troféu, visão ao jogo amistoso diante cular jogado na terça-feira,
da região sul, Mário Soares, da taça, por 1-2, frente ao 1º Palancas Negras e redimiu- ao passo que o Desportivo da Académica do Lobito. os tricolores venceram o Mac-
garante fazer alinhar uma de Agosto. se do desaire sofrido frente da Huíla procura a sua pri- O desafio disputa-se do- cabi FC, por 1-0, no campo
equipa competitiva e focada Se o emblema huilano faz ao FC Bravos do Maquis, ao meira consagração nas provas mingo, às 15h00, no Estádio de George Lean Park, com
na vitória. a estreia na competição, o 1º vencer por 2-1, na apresen- sob a égide da FAF. Municipal dos Coqueiros, na golo de Job, apontado na etapa
“Não podemos facilitar. de Agosto vai à procura do tação do plantel aos sócios Em 21 anos de existência, baixa da capital, e é de apre- complementar.
Somos obrigados a abrir van- nono troféu, onde perdeu e adeptos do clube. No único o melhor que os “militares” sentação do plantel tricolor, Além do resumo do está-
tagem em casa e evitar sofrer apenas um, em 2007. A lide- jogo treino disputado, o Des- da Região Sul conseguiram para a época'2019/20, que gio, Toni Cosano vai falar tam-
golos madrugadores. Poste- rar o “ranking de conquistas”, portivo da Huíla empatou foi a disputa de três finais da começa hoje à tarde no Lu- bém do desafio com a Aca-
riormente, podemos sur- a formação do Rio Seco triun- (1-1) frente ao Cuando Cu- Taça de Angola em 2002, bango, com o desafio da Su- démica do Lobito, bem como
preender o adversário no seu fou em 1991, 92, 97, 98, 99, bango FC. Depois da saída 2013 e 2019. pertaça, entre Desportivo da a partida contra o Matlama
reduto. Certamente, temos 2000, 2010 e 2017, secundado de Lionel, o plantel do Des- Huíla e 1º de Agosto. FC (Lesotho).
de respeitar o 1º de Agosto. pelo Petro de Luanda e o ASA, portivo ficou mais fragili- Equipas prováveis Durante o encontro com Este “embate” disputa-
Mas vamos continuar atre- com seis títulos cada um. zado, embora a direcção do O 1º de Agosto vai linhar com a imprensa, o técnico Toni se no dia 10 de Agosto, às
vidos, só assim podemos inti- Apesar de jogar num ter- clube tenha contratado um Tony Cabaça, Isaac, Paizo, Cosano vai fazer certamen- 15h30, no Estádio Setsoto,
midar os agostinos”, explicou. reno adverso, com a tem- avançado ghanense, para Massunguna, Bobó, Macaia, te um rescaldo do que foi o na cidade de Maseru, para a
Para evitar sobressaltos, a peratura a rondar os 23 graus superar a marca de golos do Ibukun, Zito Luvumbo, Kila, estágio pré-competitivo rea- primeira mão da preliminar
equipa técnica dedicou espe- centígrados, o 1º de Agosto camaronês. Ary Papel e Mabululu. O Des- lizado de 13 a 30 de Julho, de apuramento à fase de gru-
cial atenção à vertente psi- é o principal favorito à vitória, portivo da Huíla, por sua vez, na cidade sul-africana de pos da Liga dos Clubes Cam-
cológica.: “a massa associativa uma vez que manteve a espi- Campeão em vantagem deve entrar de início com Joanesburgo. peões Africanos.
tem de estar compenetrada. nha dorsal da época da pas- Nas estatísticas dos encontros Benvindo, Chiwe, Sete, No estágio, o Petro ganhou O jogo da segunda mão
A partida de hoje não é con- sada, tendo nas suas fileiras realizados entre si, o 1º de Mingo Bille, Sargento, Sidney, o Highland Parks, por 1-0, está agendado para dia 22 de
tinuidade da época passada. o fogoso atacante Lionel- Agosto leva uma clara van- Bruno Langa, Elias, Cagodó, e goleou o Green Mamba FC Agosto, às 15h30, no Estádio
Arão Martins | Lubango Yombi, ex-Desportivo da tagem sobre o conjunto Nandinho e Yuri. (6-1) no torneio internacional Municipal dos Coqueiros.
PUBLICIDADE

SEX02AGO

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA AMEAÇA DO SURTO DE ÉBOLA

ALTO
Acidente com o comandante Rwanda fecha fronteiras
com Congo Democrático
Panda ainda sob investigação O Governo rwandês decidiu uma cidade que dista 350
Executivo e empresários Manuela Mateus| DR fechar ontem as suas fron- quilómetros do epicentro
Mais diálogo teiras terrestres com a Re- da epidemia e mesmo ao
É justo felicitar os empresários O “processode averiguação” pública Democrática do lado do Rwanda.
e o Executivo por mais uma ron- da Procuradoria-Geral da Congo (RDC), após terem Em declarações à agên-
da de diálogo registada esta se- República (PGR) ao acidente sido detectados casos do cia Efe, o oficial de saúde
mana, na busca de soluções
de viação que esteve na ori- vírus do Ébola na cidade de uma das fronteiras de
para problemas que afectam a
todos. É preciso meter a má- gem da exoneração, a seu congolesa de Goma, situada Goma, na RDC, Dédé Ndun-
quina económica a funcionar pedido, de Alfredo Eduardo a poucos metros do Rwanda. gi Ndungi, afirmou que
e nada melhor do que sentar à Manuel Mingas “Panda”, “Sim, a fronteira está desde a manhã de ontem
mesa as partes envolvidas. São do cargo de comandante- encerrada”, disse o encar- as autoridades do Rwanda
os empresários que devem ga- geral da Polícia Nacional, regado de assuntos exte- não deixam passar nem
rantir o emprego, produzir os ainda não está concluído, riores do Rwanda para a entrar passageiros ou mer-
bens para a população e tirar o um ano depois da ocorrên- comunidade de África cadorias nos postos fron-
país deste sufoco em que está, cia, em 24 de Julho, na ave- Oriental, citado pela agên- teiriços de Goma.
de importar tudo e cada vez nida Comandante Gika, no cia Efe. O anúncio coincide “Rwanda tem medo do
mais fechado ao emprego jo-
Kilamba, em Luanda. com a confirmação, ontem, Ébola”, disse Ndungi,
vem. Ao Executivo cabe ouvir e
retirar os entraves, para que os A informação foi avan- de um novo caso infectado referindo que na parte da
investidores tenham um cami- çada, ontem, ao Jornal de com o vírus Ébola em Goma, fronteira que se encontra
nho menos sinuoso. Angola pelo porta-voz da o terceiro, a filha de 1 ano aberta ninguém com sus-
Procuradoria-Geral da da segunda vítima mortal peita do vírus tentou en-
República, Álvaro João, que que faleceu quarta-feira. trar no Rwanda.
disse estarem a ser con- Comissário Panda esteve envolvido num acidente em 2018 A primeira vítima mor- Em Novembro, a RDC
cluídas as diligências, sob tal em Goma foi um pastor anunciou que a epidemia
a alçada da Direcção Nacio- de averiguação” ao acidente facto de ter procurado, nas evangélico que faleceu no Ébola passará a ser a maior
BAIXO nal de Investigação e Acção de viação em que morreu, esquadras da cidade do dia 16 de Julho quando era da história do país em nú-
Penal (DNIAP). além do seu irmão, Noémia Kilamba, pela viatura e não transferido para um centro mero de contágios. A epi-
“O processo continua Adelina Katuliche, cuja a ter localizado até hoje. de tratamento da locali- demia está localizada no
na Direcção Nacional de família o Jornal de Angola “Não sabemos onde a dade de Butembo. Kivu Norte e Ituri e é já a
Investigação e Acção Penal não conseguiu contactar. viatura está”, acentuou Rosa Além disso, em Goma e pior da história da RDC e a
e as diligências estão a ser Jimbo, que disse esperar arredores, há 12 casos sus- segunda mais grave do
concluídas”, explicou, de Estado do processo que o resultado da recons- peitos à espera de confir- mundo, ultrapassada pela
FAB forma lacónica, o porta- O desconhecimento do esta- tituição do acidente de via- mação, segundo o balanço verificada na África Oci-
Uma ideia “genial” voz da Procuradoria-Geral do do processo, de acordo ção corresponda ao que feito terça-feira pelo Go- dental em 2014, com mais
da República, abordado, com Rosa Jimbo, deve-se efectivamente aconteceu verno congolês. Goma é de 11 mil mortos.
Depois das reclamações sobre por telefone, depois de o ao facto de a Procuradoria- na noite do dia 24 de Julho
o não pagamento dos prémios
aos atletas da Selecção Nacio-
Jornal de Angola ter con- Geral da República, sempre do ano passado, na movi-
tactado uma das famílias que contactada, não prestar mentada avenida Coman- MANIFESTAÇÃO VIOLENTA
nal, pelo apuramento ao Cam-
peonato do Mundo da China, das duas vítimas mortais nenhuma informação. dante Gika.
eis que a Federação Angolana
de Basquetebol (FAB) teve uma
que estavam no Hyundai
i10, que colidiu contra o
“A saúde mental da nossa
família não está boa”, acen-
João Artur Jimbo morreu
no local do acidente de via-
Polícia detém 11 ex-militares
ideia “genial”para resolver o
problema: depositar todo o
Mercedes Benz, modelo
AMG530, conduzido pelo
tuou Rosa Jimbo. Ela lembra
que o irmão, se estivesse
ção, enquanto Noémia
Katuliche ainda foi trans-
por assuada e danos materiais
dinheiro na conta de um atleta ex-comandante-geral da em vida, teria completado, portada para o Hospital Onze ex-militares das For- do serviço militar obriga-
para este, depois, transferir os
montantes correspondentes
Polícia Nacional. no dia 10 de Julho, 30 anos. Geral de Luanda, onde foi ças Armadas Angolanas tório, reclamam o ingresso
a cada colega. A FAB justifica a O porta-voz da PGR ga- A uma pergunta sobre declarado o óbito. A jovem (FAA) foram detidos on- na Polícia Nacional.
“brilhante” medida com o facto rantiu que, tão logo seja se as duas famílias enlu- tinha 22 anos. tem, por volta das 12h00, “Os actos de alteração
de muitos atletas não terem concluído o inquérito, o tadas já se encontraram, na Avenida Deolinda Rodri- à ordem e tranquilidade
apresentado as contas ban- resultado vai ser tornado Rosa Jimbo respondeu que Garantida lisura gues, junto à Unidade militar públicas consistiram na
cárias. Agora, o atleta a quem público através dos órgãos “a família da outra vitima Três dias depois do acidente do Grafanil, alegadamente queima de pneus, troncos
cabe a responsabilidade de de comunicação social. nunca manteve contacto de viação,a Procuradoria- por assuada e danos mate- de árvores, colocação de
transferir o dinheiro também Porém, a morosidade foi connosco, estando cada Geral da República anun- riais em veículos. pedregulhos na via e quebra
aguarda pelas coordenadas
bancárias dos colegas. Afinal,
criticada pela irmã mais uma a fazer o seu processo ciou a abertura de um pro- Num comunicado, a de vidros de viaturas que
o dinheiro está mais seguro velha de João Artur Jimbo, de luto. cesso de averiguação e ga- Polícia Nacional indica que circulavam na zona”, adi-
nas contas de uma instituição que, em declarações ao Jor- “A irmã de João Artur rantiu “máxima lisura”, os elementos em causa par- anta o comunicado, infor-
ou de um indivíduo, conhecen- nal de Angola, na sua mora- Jimbo revelou que a família embora tenha reconhecido ticipavam de uma mani- mando que os 11 elementos
do-se os vários problemas com dia, disse não estar a família não sabe onde se encontra ser normal que haja des- festação violenta e fazem vão ser presentes, nos pró-
que nos deparamos no dia-a- informada do estado em o carro da vítima, uma preo- confiança quanto ao des- parte de um grupo de 300 ximos dias, a Tribunal para
dia? Sinceramente! que se encontra o “processo cupação sustentada com o fecho do caso. que, após o cumprimento julgamento.

DR
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO jectos e apostando em par- cada vez mais exigentes”.
cerias que acrescentam valor Presente na cerimónia de
MSTelcom com dois novos produtos à empresa e ao sector das
telecomunicações, enfren-
lançamento dos novos ser-
viços, o presidente do Con-
Leonel Kassana| ao passar de um ISP (Internet tecnológicos, ambas são apre- tando, com, sucesso, várias selho de Administração da
Services Provider) para um sentadas como trazendo, tam- mudanças de paradigma. Sonangol, Gaspar Martins,
Ao completar, hoje, 20 anos MSP (Managed Services Pro- bém, a flexibilidade, redução O PCE da empresa, Adal- garantiu que ao atingir esse
desde a entrada no mercado vider), um provedor de ser- de custo, segurança, integração berto Nhinguica, disse que marco, a MSTelcom iniciou
angolano, a MSTelcom, uma viços de tecnologias de infor- de sistemas e fácil acesso às a aposta em novos serviços a comercialização dos seus
subsidiária da Sonangol, para mação e comunicação. plataformas. tecnológicos resulta da “visão serviços a nível de todo o país,
as tecnologias de informação A primeira destas soluções Uma das empresas líderes clara dos desafios que o con- atendendo a demanda do
e comunicação, lança dois tecnológicas serve de arma- do sector das tecnologias de texto de mercado apresenta, mercado e posicionou-se
novos serviços, denominados zenamento e a outra de pro- informação e comunicação marcado pela forte concor- como um dos maiores ope-
MSTCloude e Cibert Segurity, tecção de dados virtuais das no país, a MSTelcom vem rência, constante evolução radores de satélites da Áfri-
com que muda a sua actuação, empresas. Além dos benefícios implementando diversos pro- tecnológica e consumidores ca Austral.

Похожие интересы