Вы находитесь на странице: 1из 22

PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
1 de 22

Requer treinamento nesta revisão? ( X ) Sim ( ) Não

REVISÃO DATA FINALIDADE DA REVISÃO

00 05/04/2016 Emissão inicial.

01 07/06/2016 Inclusão dos requisitos do TOPS 1-12 Management of Contractors


(YARA). Alteração dos itens 3, 5.1, 5.2.7, 5.2.12. Inclusão dos itens
5.2.1, 5.2.2, 5.2.3.

ELABORADO APROVAÇÕES VALIDAÇÃO DATA

Gerência de HESQ
HESQ GEHESQ 27/07/2016
GEHESQ

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
2 de 22

1. OBJETIVO

Tem por objetivo definir a sistemática para conscientização e controle operacional dos riscos e
impactos significativos de fornecedores e prestadores de serviços durante os trabalhos realizados
no Projeto CMISS (Galvani).

2. APLICAÇÃO

Este documento e seus anexos são aplicáveis a todos pedidos de cotação, ordem de compra ou
contrato de serviços com fornecedores de materiais e/ou insumos que possam causar impactos
ambientais significativos ou que possuam mão de obra atuante, mesmo que eventual, e prestadores
de serviços que desempenham suas atividades para o Complexo Minero Industrial de Serra do
Salitre.

3. REFERÊNCIAS

 NBR 14.280 – 2008 – Cadastro de acidente do trabalho – procedimento e classificação


 OHSAS 18001-2007 – Sistemas De Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional
 ABNT NBR ISO 14.001 – Sistema de Gestão Ambiental
 LEI Nº 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991
 CBT – Código Brasileiro de Trânsito
 PSG-GECOMP-003-CORP - Instruções para contratação de serviços terceirizados
 TOPS 1-12 Management of Contractors (YARA)

4. DEFINIÇÕES

Acidente de Trabalho: o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando
lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente
ou temporária, da capacidade para o trabalho.
Acidente de Trajeto: acidente sofrido pelo empregado no percurso da residência para o local de
trabalho ou deste para aquela, qualquer que seja o meio de locomoção, inclusive veículo de
propriedade do empregado, desde que não haja interrupção ou alteração de percurso por motivo
alheio ao trabalho.
ASO: Atestado de Saúde Ocupacional, documento emitido ao final dos exames de saúde
ocupacional, definindo se há aptidão ou não para o trabalho.

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
3 de 22

CAT - Comunicação de Acidente de Trabalho: formulário próprio para fornecer informação


sobre um acidente de trabalho aos órgãos e pessoas interessadas.
DDI: Diálogo Diário Integrado.
Fornecedor: toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira que
vendam bens ou serviços para a Galvani.
Integração: processo de orientação contemplando temas de saúde, segurança do trabalho, meio
ambiente e obrigações internas para todas as pessoas que venham a fazer qualquer tipo de
atividade na Galvani.
Memorial Descritivo – MD: documento que descreve o escopo do trabalho a ser desenvolvido
pelo fornecedor, objeto do contrato do serviço, responsabilidades gerais do CONTRATANTE e
CONTRATADA.
EPI: Equipamento de Proteção Individual
EPC: Equipamento de Proteção Coletiva
OS: Ordem de Serviço, documento que objetiva instruir os empregados quanto às precauções a
tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais, explicitando suas
obrigações, responsabilidades e proíbições.
PCMAT: Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção
PCMSO: Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional
PGR: Programa de Gerenciamento de Riscos
PGRS: Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos
PPRA: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
Proponente: pessoa física ou jurídica que propõe ou apresenta uma proposta.
Quase Acidente: é uma ocorrência sem danos que poderia ter gerado um acidente de trabalho.
Requisito Legal: exigência de ordem legal que se deve satisfazer para alcançar certo fim.
Serviço terceirizado: é a contratação de empresa ou empregado que não seja membro da Galvani,
mas que tenha sido contratado para executar um trabalho específico. Esta definição inclui todos os
níveis de subcontratados.
Trabalhos em Risco Crítico: são aqueles que representam alto risco de acidentes para as
pessoas, danos ao patrimônio ou ao meio ambiente da Galvani e da Contratada. Todos estes
trabalhos necessitam de liberação através da elaboração da PTR (Permissão para Trabalho em
Risco) que deverá ser feito por pessoas autorizadas. Seguem as classificações, mas não se
restringem apenas a estas:
 Trabalho em espaço confinado;
 Trabalho a quente;
 Bloqueio eletromecânico;
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
4 de 22

 Trabalho em altura;
 Trabalho em linhas/equipamentos;
 Içamento e movimentação de máquinas;
 Escavação;
 Trabalho com Eletricidade;
 Resíduos Perigosos;

5. PROCEDIMENTOS E RESPONSABILIDADES / AUTORIDADES

5.1. Matriz de responsabilidades / Autoridades

ÁREA / CARGO RESPONSABILIDADE/AUTORIDADE

Gerente do Projeto  Garantir a implementação deste procedimento.

 Garantir o conhecimento deste procedimento por


parte das subcontratadas, prestadores de
serviços e/ou fornecedores. Informar ao
subcontratado, prestador de serviço ou
Gerente de Construção fornecedor acerta das exigências da Galvani para
terreiros quanto ao atendimento da Política do
Sistema de Gestão Integrado e dos aspectos
ambientais relacionados com o
fornecimento/serviço.
 Orientar a equipe de HESQ para prestar apoio
para a definição de prestadores de serviço,
fornecedores e subcontratados significativos para
Coordenador de HESQ
o Sistema de Gestão Integrado e realização de
visitas técnicas para seleção e avaliação de
fornecedores/subcontratados.
 Apoiar na seleção e avaliação de novos
fornecedores e subcontratados, quando
solicitado.
HESQ  Prestar apoio às terceiras para cumprir o
estabelecido neste procedimento
 Organizar e presidir a reunião mensal do Comitê
de Segurança CMISS.

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
5 de 22

 Garantir o conhecimento deste procedimento por


Gestão de Contratos parte das subcontratadas, prestadores de
serviços e/ou fornecedores.
 Solicitar ao HESQ apoio à seleção e avaliação de
novos fornecedores e subcontratados. Cumprir o
estabelecido neste procedimento.
 Realizar qualificação de todas as terceiras antes
da contratação. A performance de segurança
deve ser um dos critérios críticos para a seleção,
sendo ao menos tão importante quanto o custo.
 Garantir que as empresas que apresentaram
baixa performance ou com que a Galvani ou Yara
Compras/Suprimentos teve más experiências no passado não façam
parte da lista de fornecedores qualificados. Essa
informação deverá ser compartilhada entre as
unidades, quando aplicável.
 Entregar obrigatoriamente este e todos os outros
procedimentos aplicáveis, CMISS ou
Corporativos, para as possíveis contratadas junto
às propostas técnicas para que as empresas
elaborem o orçamento incluindo os custos de
atendimento aos requisitos destes.
 Cumprir o estabelecido neste procedimento.
Fornecer cópia das notas fiscais referentes a
Almoxarifado
produtos químicos, produtos minerais ou
derivados, aquisição de madeira.
Áreas de abastecimento e/ou qualquer
 Garantir o conhecimento deste procedimento por
área ou projeto que contrate outra
parte das subcontratadas, prestadores de
empresa para a realização de uma tarefa
serviços e/ou fornecedores.
ou para a aquisição de um produto
 Cumprir o estabelecido neste procedimento,
minimizando desta forma perigos e danos a
integridade física e saúde dos trabalhadores, bem
como os aspectos e impactos ambientais
decorrentes de suas atividades
Prestadores de Serviços / Fornecedores
 Encaminhar seus funcionários ao Setor de HESQ
para participação na Palestra de Integração de
caráter obrigatório com duração de 06 horas antes
do início das atividades. A participação só será
autorizada após a análise e aprovação da
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
6 de 22

documentação aplicável de RH e HESQ do


funcionário.
 Indicar um funcionário para participação nas
reuniões da CIPA INTEGRADA do contratante,
caso o subcontratado não alcance um efetivo para
constituição da CIPA.
 No caso de Constituição de CIPA, o
subcontratado, deve encaminhar ao Setor de
HESQ da UGP (Galvani – ETM), cópia do
Calendário de Reuniões Ordinárias da mesma,
bem como cópias das Atas de Reuniões geradas
nestas reuniões e cópia do Registro da CIPA na
DRT.
 No caso de necessidade de SESMT, o
subcontratado deve encaminhar ao HESQ da
UGP (Galvani – ETM), cópia do Registro do
mesmo na DRT.
 Apresentar sistemática de elaboração do PPP
segundo o que estabelecem as normas.
 Cumprir os procedimentos operacionais
fornecidos pela Galvani e/ou elaborar aqueles sob
sua responsabilidade.
 Arquivar para efeito de fiscalização, o CA –
Certificado de Aprovação, dos EPIs fornecidos
deverá estar disponível.
 Antes de iniciar o trabalho, cada subcontratado
e/ou prestador de serviço interno deve contatar o
responsável pela Obra e pelos serviços para este
providenciar a Permissão de Trabalho - PT ou a
devida Autorização de início de atividade.
 A especificação dos EPIs deve obedecer ao
procedimento Galvani específico sobre o tema
 Antes de iniciar o trabalho, elaborar e treinar as
equipes nas Análises Preliminares de Riscos –
APR no padrão Galvani-CMISS e solicitar ao
HESQ as liberações, e quando necessário,
acompanhamento.
 Em caso de violação de Normas de Segurança e
Saúde por parte de funcionários de
subcontratadas ou prestadores de serviços
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
7 de 22

internos, é emitido um comunicado (advertência)


e o mesmo é gerenciado através de uma planilha
onde todos os desvios serão tratados.
 Comunicar imediatamente qualquer acidente com
ou sem afastamento ao Setor de HESQ para
investigação do mesmo.
 Os subcontratados devem liberar, na medida em
que o escopo do trabalho permite, seus
funcionários para participação nas Campanhas
Internas de Saúde, Segurança, Qualidade e Meio
Ambiente.
 Todos os documentos apresentados serão
analisados pelo setor de HESQ para aprovação
do subcontratado/fornecedor.
 A contratada/fornecedor deverá comunicar
imediatamente a Galvani qualquer condição que
possa pôr em risco a segurança de seu pessoal e
que exceda sua possibilidade de solução
imediata.
 Também informará qualquer lesão sofrida por seu
pessoal durante a realização de suas tarefas.
 Essas comunicações de acidentes deverão estar
acompanhadas da correspondente investigação
de acidentes de trabalho e atender ao
FLUXOGRAMA DE COMUNICAÇÃO DE
EMERGÊNCIAS CMISS, conforme anexo 1.
 Enviar o efetivo e horas trabalhadas do mês
anterior para o setor de HESQ no primeiro dia útil
do mês seguinte.
 Fornecer ao seu pessoal tanto o treinamento
introdutório em Prevenção de Riscos como a
Realização Segura de Trabalho e as capacitações
técnicas necessárias ao desempenho de cada
tarefa a realizar.
 Instalar a sinalização necessária para informar
dos riscos e medidas de proteção.
 Instruir todo o pessoal para a interpretação de
cartazes, indicações escritas e todos os outros

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
8 de 22

tipos de sinalização existente no Projeto ou


instalações do cliente;
 Evitar superposição de tarefas.
 Fornecer e manter em condições operativas, os
extintores de incêndio do tipo e quantidade
adequados em todas as atividades a ser
desenvolvida.
 Identificar, planejar e orçar medidas preventivas
de HESQ antes do início das atividades.
 Cumprir o estabelecido em todos os
procedimentos Galvani, CMISS ou Corporativos.
 Possuir maneira sistemática e rastreável para
realizar inspeção, conserto e entrega de todas
suas ferramentas, máquinas e equipamentos.
 Participar da Reunião Mensal do Comitê de
Segurança CMISS

5.2. Procedimento

Serão considerados como de cumprimento obrigatório, todas as Leis, Decretos, Regulamentos ou


Normas pertinentes, bem como os procedimentos aplicáveis ás suas atividades.

O não cumprimento dos requisitos deste procedimento poderá ocasionar problemas na


contratação, interdição dos trabalhos e aplicação das penalidades contratuais, além das
penalidades legais cabíveis à critério da equipe de HESQ todo e qualquer trabalho que resulte em
perigos e ocasione riscos à saúde e à integridade física das pessoas, e danos ao patrimônio e ao
meio ambiente, poderá ser interditado e/ou suspenso e somente autorizado o seu reinicio, se
forem apresentadas soluções e medidas para controle ou eliminação dos riscos.

5.2.1 Qualificação de Fornecedores

Os elementos abaixo são os requisitos mínimos que deverão ser utilizados para qualificação dos
fornecedores em HESQ:

 Verificação do comprometimento da alta direção com HESQ e evidência de um histórico de


trabalho seguro (Ex: Através de apresentação de estatísticas);
 A verificação da existência de um sistema de gerenciamento de segurança, incluindo um
sistema de treinamento para fornecer aos empregados a qualificação adequada aos riscos
de sua atividade;

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
9 de 22

 Verificação de que os trabalhadores da contratada possuem as qualificações necessárias


para o trabalho;
 Verificação que a empresa possui a capacidade de atender os requisitos estabelecidos no
PSG-GEHESQ-002-CMISS – Permissão para Trabalho em Risco (PTR).

Caso a contratada precise subcontratar outra empresa, a subcontratada deverá passar por esta
mesma avaliação pelo departamento de Compras da Galvani antes de sua contratação e atender
aos mesmos requisitos. A subcontratada poderá ter a entrada vetada caso não faça parte da lista
de fornecedores e subcontratados qualificados ou não atenda aos requisitos estabelecidos pelos
procedimentos Galvani. Os funcionários da subcontratada deverão passar pela mesma avaliação
e atender aos mesmos requisitos que os funcionários da contratada.

5.2.2 Requalificação

Os fornecedores e contratados já qualificados devem passar por um processo de


requalificação após um determinado tempo (máximo 2 anos). Este processo tem por
objetivo:
 Garantir que o fornecedor continue atendendo aos requisitos da Galvani e sua performance
continue em alto nível;
 Demonstrar a busca pela melhoria contínua;
 Reforçar a necessidade de comprometimento com HESQ.

5.2.3 Contrato

Este documento deverá ser anexo ao contrato de todos os fornecedores e subcontratadas do projeto
CMISS. Caso necessário, aspectos deste documento deverão ser especificados no contrato com a
contratada.
As metas dos indicadores de performance de HESQ (TRI, Relatos de Segurança, ACS, etc) deverão
ser apresentadas e documentadas para o fornecedor, estabelecendo critérios punitivos para o não-
cumprimento da meta. Para tal, o procedimento PSG-GEHESQ-026-CORP – Gestão de
Contratadas poderá servir de referência, porém requisitos específicos que não estão incluídos neste
procedimento também deverão ser apresentados formalmente. Os critérios de punição pelo não-
cumprimento dos requisitos de HESQ deverão ser inclusos no contrato.
Todos os contratos (incluindo para serviços) deverão possuir um responsável no setor de aquisições
e um responsável técnico. O departamento de aquisições deverá possuir um controle indicando
quem é responsável por qual contrato.

5.2.4 Proibições

Fica expressamente proibido:

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
10 de 22

Ingressar na área/projeto/serviço com bebidas alcoólicas, drogas ou entorpecentes, assim como


embriagado ou sob efeito de drogas ou entorpecentes ou ainda, portando medicamentos sem a
respectiva prescrição médica;
Usar correntes, chaveiros pendentes e cabelo longo onde se desenvolverem tarefas com risco de
agarramento;
Usar barba quando for necessário utilizar proteção respiratória;
Gritar ou correr em toda a área do projeto/serviço;
Realizar tarefas com o dorso nu;
Fumar ou fazer fogo fora das áreas expressamente autorizadas para isso;
Armazenar materiais combustíveis ou explosivos sem a correspondente autorização;
Utilizar ar comprimido, líquidos inflamáveis ou oxigênio para limpeza;
Utilizar equipamentos ou ferramentas sem a correspondente autorização;
Dirigir veículos dentro do projeto/serviço sem autorização ou com velocidades superiores às
indicadas para cada caso;
Transportar pessoas em equipamentos destinados à carga;
Deixar materiais, veículos ou qualquer outro equipamento obstruindo passagens e circulações;
Permanecer sem justificativas em áreas diferentes dos seus locais de trabalho.
Utilizar serras circulares de bancada sem a proteções requeridas.

5.2.5 Equipamentos de Proteção Individual

A contratada fornecerá, sem ônus para o trabalhador, todos os equipamentos de proteção


individuais definidos como de uso obrigatório nas diversas atividades para as quais seja contratada.
Os equipamentos de proteção individuais considerados básicos e obrigatórios para ingressar na
área operacional são:
 Capacete de segurança com jugular;
 Calçado de segurança com biqueira (eletricista com biqueira de PVC ou composite);
 Óculos de segurança;
 Protetor auricular;
 Luvas (porte obrigatório);
 Uniforme de alta visibilidade nas cores da empresa com faixas refletivas e nome da empresa,
ver modelo:

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
11 de 22

Estes, assim como os demais EPIs,


deverão ser fornecidos conforme o risco.
Deverão também, ser conservados em
bom estado de uso sendo substituídos
perante o primeiro sinal de
envelhecimento ou deterioração.
O tipo e qualidade darão cumprimento às
normas vigentes para cada um deles.

5.2.6 Ordem, Limpeza e Arrumação

Os setores de trabalho deverão ser mantidos em boas condições de ordem, limpeza e arrumação.

Deve-se ainda:

Não permitir a colocação de ferramentas ou materiais sobre escadas, plataformas, andaimes,


circulações, tubulações ou equipamentos elevados;
 Não deixar madeiras soltas com pregos;
 Os vazamentos de óleos, graxas, combustíveis ou produtos químicos serão mitigados
imediatamente após seu vazamento;
 Todo prego ou elemento cortante que se sobressaia em pisos ou circulações deverá ser
retirado ou amassado;
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
12 de 22

 Pedaços de madeira devem ser recolhidos e acondicionados em local apropriado. Os pregos


remanescentes devem ser retirados ou rebatidos antes desse acondicionamento;
 Os resíduos serão separados em tambores identificados por cores e nomes tais como:
papel, plástico, metal, orgânico, não reciclável, etc. para facilitar seu recolhimento;
 As áreas destinadas aos extintores portáteis de incêndio deverão permanecer livres de
obstáculos que impeçam seu acesso.

5.2.7 Riscos Elétricos

Os quadros de alimentação elétrica, tanto de barracões quanto das diferentes instalações de


oficinas, armazéns e frentes de obra, deverão ser de materiais resistentes às intempéries e não
combustíveis e deverão ser dotados de proteção diferencial e térmica.

Todos os equipamentos elétricos deverão contar com as chaves interruptoras ao alcance dos
operadores além da correspondente instalação a terra.

Todos os cabos utilizados serão recobertos e resistentes às intempéries e possuirão seção


adequada à intensidade de corrente a utilizar.

Os cruzamentos elétricos aéreos de vias de circulação de pessoas e/ou veículos deverão receber
proteção adequada.

Todo painel ou quadro elétrico da contratada/ fornecedor deverá ser aprovado pela supervisão.

Cada tomada elétrica fornecerá energia a um só aparelho, máquina ou máquina ferramenta, sendo
proibido o uso de Tês ou benjamins.

Cabos elétricos aéreos deverão ser instalados a uma altura mínima de 2,5m nas passagens de
pedestres e 8m nas vias de circulação de máquinas e outros tipos de veículos.

É proibido o uso de cabos danificados ou com emendas.

Os plugues e tomadas de serviço deverão seguir o estabelecido na Especificação Técnica 113-90-


001-ET-001 – Tomadas Elétricas de Serviço para Obra. Toda tomada de serviço deverá ser
equipada com dispositivo de corrente residual não excedente a 30mA.

5.2.8 Proteção Contra Incêndios

Os quadros de alimentação elétrica, tanto de barracões quanto das diferentes instalações de


oficinas, armazéns e frentes de obra, deverão ser de materiais resistentes às intempéries e não
combustíveis e deverão ser dotados de proteção diferencial e térmica.
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
13 de 22

Caminhos, rotas de fuga e escape e acessos aos equipamentos de combate ao fogo deverão
permanecer livres e desimpedidos.
Nos casos de sinistro de fogo, o pessoal da contratada deverá se deslocar para os locais designados
pela brigada de incêndio o mais rapidamente possível, de maneira ordenada e segura.
Os extintores de incêndio jamais podem ser utilizados para outros fins, se restringindo a apagar
chamas originadas por um sinistro de fogo.
A contratada deverá fornecer extintores adequados para suas atividades.

5.2.9 Equipamentos de Chama Aberta

A utilização de artefatos de chama aberta, seja qual for seu fim, deverá contar com a autorização
da supervisão do HESQ UGP (Galvani – ETM), quem indicará o lugar mais apropriado para realizar
esse trabalho.

5.2.10 Utilização de equipamentos de oxicorte e/ou solda elétrica

Todo trabalho de solda e corte em instalações do cliente deverá ser previamente autorizado pela
supervisão da HESQ UGP (Galvani – ETM.

A fim de evitar a ação das radiações provenientes das tarefas de corte e solda sobre as pessoas
alheias ao trabalho, a contratada fornecerá lonas de proteção não combustíveis para que sejam
instaladas em todos os lugares onde forem desenvolvidas essas operações.
O aterramento dos equipamentos de solda deverá estar conectado diretamente aos quadros de
distribuição e/ou à malha de aterramento (quando houver) e nunca a estruturas ou tubulações
metálicas não construídas para essa finalidade.
A pinça de aterramento deverá ser conectada diretamente elemento a ser soldado, o mais perto
possível do local da solda.
Não deve ser permitida a utilização de óleos e graxas quando da operação de válvulas ou
acessórios de cilindros de gás comprimido.
Os cilindros de oxigênio, acetileno ou outros gases deverão ser instalados sobre carrinhos
específicos, amarrados com correntes metálicas tanto para seu uso como para o transporte.
Nos casos em que seja necessária a utilização de tubos soltos, estes deverão permanecer
amarrados verticalmente a um ponto rígido de modo a evitar que caiam.
Não será permitido manter cilindros deitados em nenhum local, mesmo que estejam vazios.
Os cilindros de gás comprimido não poderão ser armazenados perto de líquidos inflamáveis.
A área de armazenamento deverá estar sinalizada com cartazes de perigo e serão agrupados em
lotes de “vazios” e “cheios”, devidamente marcados.

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
14 de 22

Todos os cilindros, mangueiras e outros recipientes submetidos à pressão deverão estar dotados
de válvulas de bloqueio de fluxo e os correspondentes corta-chamas.
As uniões dos acessórios com as mangueiras deverão estar equipadas com braçadeiras metálicas.

Será diferenciada a cor da mangueira de oxigênio com a do acetileno.

5.2.11 Acesso a Espaços e Instalações Restritas

O acesso às seguintes áreas deverá contar com autorização prévia:


Sala de painéis elétricos e de comando;
Sala de bombas;
Sala de transformadores;
Depósitos de combustíveis;
Zonas onde se realizarem tarefas de radiografia industrial;
Todas as outras áreas definidas como sendo de risco acentuado, definidas previamente.
Trabalhos em ambientes confinados tais como tanques, câmaras subterrâneas, subsolos e outros,
deverão contar com iluminação de 24V/ 12V.
Antes da entrada nesses espaços confinados deverá ser procedida uma verificação das condições
de trabalho existentes mantendo especial atenção a possível ausência de oxigênio e/ou presença
de gases, vapores tóxicos e outros e para isso deverá a Contratada providenciar a correspondente
aferição por equipamento devidamente calibrado.
Trabalhos em espaços confinados exigem pessoas treinadas adequadamente e devem seguir o
que está estabelecido nas Normas Brasileiras e para isso a Contratada deverá comprovar, através
de certificados de treinamento, capacitação do seu pessoal.
Trabalhadores que desenvolvem atividades em espaços confinados deverão obrigatoriamente estar
usando cintos de segurança (Objetivo: fácil resgate).

5.2.12 Máquinas e suas Proteções

Todas as máquinas estacionárias ou não, que possuam partes móveis devem ser dotadas dos
correspondentes protetores de forma a impedir que fiquem expostas e com possibilidade de
agarramento.
Procedimentos de manutenção deverão estabelecer como condição de liberação do equipamento
a reposição de suas proteções.
Máquinas que apresentem condição de risco deverão ser retiradas do projeto/serviço como forma
de impedir que sejam utilizadas indevidamente.
Todas as ferramentas rotativas de abrasão deverão ser equipadas com a função dead-man, que
corta a operação do equipamento quando o operador solta o controle do equipamento.
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
15 de 22

5.2.13 Máquinas automotivas, equipamentos e veículos

Todos os veículos utilizados no projeto/serviço pela Contratada/Fornecedor deverão estar em


perfeito estado de conservação e funcionamento além de atender à legislação de trânsito local.
Todos os veículos utilizados no projeto/serviço pela contratada/ fornecedor, deverão estar dotados
de um sistema de monitoramento eletrônico contínuo de velocidade (tacógrafo) ou sistema por GPS
(Telemetria). Este dispositivo deve ter a possibilidade de emitir uma prova litográfica que estará
disponível para análise.
Todas as máquinas, equipamentos e veículos destinados aos projetos/serviços deverão passar por
uma inspeção conduzida pelo Engenheiro de Segurança ou Coordenador de HESQ da contratada
ou por quem ele indicar, inspeção essa que deve ficar devidamente registrada.
A responsabilidade pela manutenção dessas máquinas, equipamentos ou veículos é de estrita
responsabilidade da Contratada, a quem cabe efetuar todas as correções solicitadas sob pena de
serem retirados do projeto/serviço aqueles que o Engenheiro de Segurança ou Coordenador de
HESQ julgar inapto ao trabalho.
Motoristas e operadores deverão comprovar sua qualificação para conduzir esse tipo de
equipamento e somente poderão operar depois de aprovados.
Não será permitida a entrada de veículos sem os equipamentos obrigatórios tais como cintos de
segurança, extintores de incêndio, Kit de mitigação, kit de primeiros socorros, dentre outros.
Limites de velocidade estabelecidos par as diversas vias internas deverão ser respeitadas sob pena
de serem retirados do projeto/serviço aqueles que o infringirem.
Máquinas, equipamentos e veículos têm sempre prioridade de passagem quer estejam carregadas
ou não. Quando do cruzamento de dois desses equipamentos, terá prioridade àquele que estiver
carregado ou o mais pesado, caso o cruzamento não identifique claramente de quem é a
preferencial.
O número de pessoas a serem conduzidas num veículo de transporte de passageiros está limitado
ao número de cintos de segurança que possuir esse veículo.

5.2.14 Trabalhos em altura

Toda tarefa que for desenvolvida a uma altura superior a 2,00 metros do nível de chão será
considerada trabalho em altura e para isso se deverá levar em conta o seguinte:

 Para a realização de trabalhos em altura, os trabalhadores das empresas subcontratadas /


fornecedoras, deverão utilizar cinto de segurança tipo paraquedista com duplo talabarte com
absorvedor de impactos (quando aplicável).
 Serão utilizados somente cintos de segurança tipo paraquedista com cinco pontos de apoio
ao corpo;

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
16 de 22

 A amarração dos cintos de segurança deve ser feita a uma parte fixa da estrutura ou a um
cabo de vida de aço independente da superfície de apoio da pessoa;
 O cabo de vida será amarrado o mais curto possível de modo a permitir boa mobilidade e
deverá ser instalado e num plano nunca inferior ao posto de trabalho;
 Os trabalhos em altura deverão ser sinalizados e/ou cercados ao nível do chão segundo as
necessidades operativas;
 Sempre que possível deverão ser instalados andaimes com guarda-corpo, travessão
intermediário e rodapé, de acordo com a legislação vigente;
 As tábuas a serem utilizadas para plataforma de trabalho deverão possuir duas polegadas
de espessura e trinta centímetros de largura, sem pintura e sem nós.
 As tábuas deverão ser amarradas firmemente ao andaime ou à estrutura das plataformas.
 A partir de quatro metros de altura os andaimes deverão ser estaiados eficazmente.
 A montagem de andaimes e outras plataformas de trabalho deverão estar acompanhadas
da correspondente ART do CREA.
 Não poderão ser improvisados andaimes com tambores ou outros tipos de elementos
precários;
 Não serão colocadas tábuas e estruturas sobre instalações que possam ser danificadas a
título de andaimes;
 Quando da utilização de cadeira suspensa e/ou gaiolas suspensas, deverão existir cabos de
aço independente para sustentação dos cintos de segurança dos envolvidos.
 Todos os requisitos do PSG-GEHESQ-008-CORP Trabalho em Altura deverão ser seguidos.

5.2.15 Água potável e Sanitários

A subcontratada deverá dispor de água potável e sanitários, nas frentes de serviços, para uso de
suas equipes.

5.3. Documentação Obrigatória a ser Apresentada por Subcontratados

Para atendimento à área de Segurança e Saúde Ocupacional, cada subcontratado de serviços, ou


que tenha mão de obra exercendo atividade na área industrial da obra, deve encaminhar antes do
início das atividades ao Setor de HESQ da Galvani - CMISS:

 PCMSO – Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional, de acordo com a Lei 6514,
NR-7 (Saúde) específico para o contrato;

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
17 de 22

 PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – NR-9, com avaliação dos riscos
por função (Segurança), específico para o contrato;
 PCMAT – Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção
– Quando aplicável, específico para o contrato;
 ASO – Atestado de Saúde Ocupacional – individual por funcionário conforme orientações da
área de Saúde;
 EXAMES COMPLEMENTARES – cópia dos exames complementares de cada funcionário
juntamente com a carteira de vacina com a antitetânica atualizada (quando necessário);
 PPR – Programa de Proteção Respiratória – para Empresas cujas atividades necessitam o
uso de máscaras.

5.3.1 Documentação Obrigatória a ser Apresentada por Fornecedores:

 Licença de Operação para rerrefino de óleo usado;


 Cadastro Técnico Federal para rerrefino de óleo usado;
 Licença de Operação para transporte de resíduo perigoso;
Destinação de óleo
 Cadastro Técnico Federal para transporte de resíduo perigoso;
combustível usado
 Cadastro na ANP;
 CNH adequada e curso MOPP do condutor do veículo;
 Fornecer certificado de coleta.
Destinação de  Licença de Operação;
resíduos.  Cadastro Técnico Federal;
 Programa Interno de Autofiscalização da Correta Manutenção de
Frotas de Veículos movidos a Diesel quanto à emissão de Fumaça
Preta;
 Registros de manutenção preventiva dos veículos;
 Licença de Operação para transporte de resíduos e /ou isenção de
Transporte de licenciamento ambiental;
resíduos  Cadastro Técnico Federal do IBAMA;
 Comprovante de destinação de pneus e óleo usado, quando
ocorrer trocas.
 Certificado de Direção Defensiva para os motoristas de carga.
Equipamentos
embalados /
palletados em  Certificado fitossanitário;
madeira, procedente
do exterior
Fornecimento de  Licença de Operação;
água engarrafada  Cadastro Técnico Federal;
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
18 de 22

 Apresentar laudo de qualidade da água mensalmente.


 Licença de Operação;
 Certificado de Registro e Licenciamento dos veículos;
Fornecimento e
 Cadastro Técnico Federal;
Transporte de
combustível e/ou  CNH adequada e curso MOPP do condutor do veículo
produtos perigosos  1ª via original do Certificado de Inspeção para o Transporte de
Produtos Perigosos a granel do INMETRO (CIV e CIPP)
 Certificado Cronotacógrafo
 Licença de Operação;
Fornecimento de
 Cadastro Técnico Federal;
concreto /
concreteiras  Licença para extração de minerais (emitida pelo DNPM,ou decreto
de lavra)
 Alvará de funcionamento;
 Licença Ambiental;
Posto de combustível
 Certificado ANP;
 Cadastro Técnico Federal;
 Certificado Registro do IEF;
Fornecedores de
 Notas fiscais e GCA's dos fornecedores a varejo. Licenças
insumos de origem
Ambientais, DOF's ou GF3's dos fornecedores primários;
florestal (madeira)
 Cadastro Técnico Federal;
 Licença de Operação;
Fornecimento de
 Cadastro Técnico Federal;
Pré-Moldados
 Para a empresa e seus fornecedores de: areia, brita e cimento;
 Fornecer a FISPQ dos produtos químicos;
 Licença de Operação de fabricação;
Fornecimento de
 Cadastro Técnico Federal para fabricação;
produtos químicos
 Licença de Operação para transporte de produtos químicos;
 Cadastro Técnico Federal para transporte de produtos químicos;
 Certificado de Registro e Licenciamento dos veículos;
 CNH adequada e curso MOPP do condutor do veículo;
 1ª via original do Certificado de Inspeção para o Transporte de
Fornecimento de Produtos Perigosos a granel do INMETRO (CIV e CIPP);
Gases Industriais  Autorização / Dispensa ambiental de funcionamento;
 Certificado Cronotacógrafo;
 Certificado ANP (GLP);
 Cadastro Técnico Federal
Fornecimento de
 Licença de Operação;
produtos minerais
 Cadastro Técnico Federal;
(areia, brita,
cascalho).  Decreto de lavra ou cadastro no DNPM
Pavimentação  Licença Ambiental;
Asfáltica  Cadastro Técnico Federal;
_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
19 de 22

 Cadastro da empresa no CNEN;


 Plano de radioproteção;
 Certificado de calibração dos equipamentos;
 Certificado de qualificação dos supervisores de radioproteção;
 Licença de Operação da empresa;
 Licença de Operação do veículo transportador de produto
Gamagrafia radioativo;
 Sistemática de tratamento de efluentes de revelação;
 Licença de Operação de empresa receptora de resíduo perigoso;
 Licença de Operação de empresa receptora de efluente resultante
da revelação de filme;
 Licença de Operação de empresa receptora de resíduo de raios-
X.
 Licença Ambiental;
Monitoramento
 Cadastro Técnico Federal;
Ambiental
 Comprovação de Acreditação/Homologação no Inmetro ou RMMG
 Contrato entre Contratada X Fornecedor de Sanitários Químicos
Fornecedores de  Autorização / Dispensa ambiental de funcionamento
Sanitários Químicos  Cadastro Técnico Federal;
 Apresentar mensalmente controles de destinação dos resíduos
 Contrato entre o Fornecedor de Sanitários Químicos e a Empresa
recebedora de efluentes
Empresa recebedora
 Licença Ambiental
de efluentes
 Termo de Compromisso de recebimento
sanitários
 Cadastro Técnico Federal

 Licença Ambiental;
Serviços de sucção  Cadastro Técnico Federal;
de efluentes  Convênio com empresa de saneamento licenciada por órgão
ambiental do estado.
 Licença Ambiental;
Destinação de pneus
 Cadastro Técnico Federal;
usados
 Termo de Compromisso de recebimento
 Do condutor: Habilitação conforme o Código de Trânsito Brasileiro,
curso de direção defensiva e de treinamento de prática veicular em
situação de risco promovido por Centro de Formação de
Condutores, devidamente certificada pelo Organismo de
Locação de
Qualificação de Trânsito, com registro e licença de funcionamento
ambulância
expedida pelos órgãos de trânsito dos Estados ou do Distrito
Federal, possuindo administração própria e corpo técnico de
instrutores, com competência e integridade, para a capacitação
teórico/prática de condutores de veículos automotores;

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
20 de 22

 Da ambulância: - Plano de manutenção preventiva;


 Registro de manutenção preventiva;
 Comprovante de abastecimento em local licenciado (Cópia da
Licença de Operação, Cadastro na ANP e do IBAMA do Posto de
abastecimento e cópia de NF);
 Comprovante de descarte de pneumáticos e óleo usado para local
licenciado, quando houver esta troca.
Locação de
 Comprovação da origem da madeira.
andaimes
 Plano de Autofiscalização;
 Registros de manutenção preventiva;
 Teste de opacidade;
Locação de  Licença de operação, Cadastro ANP e CTF (quando aplicável) de
máquinas (munck, fornecedor de combustível, de destinação de óleo usado,
guindaste, gerador, pneumáticos e bateria e comprovação de vínculos (Nota fiscal).
plataforma  Comprovação da qualificação dos motoristas conforme o
elevatória) equipamento que será utilizado;
 Todos os equipamentos devem portar kit de mitigação.
 Certificado de Direção Defensiva para os motoristas de carga e
para os operadores de máquinas, além do atendimento a NR-11.
 Plano de manutenção preventiva da frota;
 Quando houver manutenção, apresentar o registro da mesma;
Locação de veículos  Quando houver: troca de óleo, pneu ou bateria, apresentar:
Comprovante de envio para local licenciado, bem como cópia da
Licença de Operação do local.
 Todo veículo deve ser equipado com tacógrafo;
 É proibida a liberação para a atmosfera de gás freon proveniente
de sistemas de refrigeração, este gás refrigerante deve ser
recolhido e reaproveitado conforme Lei 10. 169/94 do RS;
Manutenção de
 Uso de gases que não estejam proibidos pelo Protocolo de
equipamentos de
Montreal;
refrigeração
 Utilizar produtos biodegradáveis registrados no Ministério da
Saúde na limpeza dos componentes do sistema de climatização
 Possuir responsável técnico habilitado.
 Cópia do Alvará Sanitário;
Preparo de alimentos  Coletor para óleo usado – manter recipiente para armazenamento
e contrato para coleta do mesmo;
Produtos de  Amianto;
aquisição proibida  Silicato de Cálcio;
 Licença de operação;
Serviços de controle
 Alvará Sanitário;
de pragas
 Cadastro Técnico Federal;

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
21 de 22

 Comprovação do descarte de embalagens de produtos químicos


para empresas devidamente licenciadas;
 FISPQ (ficha de informação de segurança de produto químico).
Serviços de  Qualificação dos profissionais
eletricidade  Capacitação na NR-10 para atividades enquadradas na Norma
 Deverão adotar práticas de minimização dos resíduos e poeiras,
através da adoção de técnicas adequadas e das devidas
proteções adjacentes (forração com lona plástica, anteparos
Serviços de metálicos, dutos de descarte), principalmente em trabalhos em
isolamento térmico altura.
 Licença de Operação e Cadastro Técnico Federal do fabricante do
material de isolamento;
 FISPQ dos produtos químicos utilizados;
 Comprovação de qualificação para Jatistas
Serviços de  Licença ambiental;
jateamento e pintura  Cadastro Técnico Federal;
 Sistemática de descarte de resíduos.
 Licença ambiental;
Serviços de limpeza  FISPQ dos produtos utilizados;
de caixa d’água  Garantir a emissão de laudo de limpeza;
 ART.
 Alvará da ANVISA;
 Certificado de calibração dos instrumentos utilizados na realização
dos exames, como: Audiômetro, espirômetro, cabine
audiométrica, esfigmomanometros.
Serviços de saúde  Contrato da empresa responsável pela destinação dos resíduos
ambulatoriais
 Ter um patologista clínico ou hematologista como Responsável
Técnico e título reconhecido pela AMB (Associação Médica
Brasileira);
 Veículos tipo ônibus ou micro-ônibus com no máximo 6 anos de
uso veículos tipo van com no máximo 4 anos de uso;
 Todos os veículos devem estar equipados com tacógrafo e passar
pela inspeção do HESQ
 Programa Interno de Autofiscalização da Correta Manutenção de
Transporte de Frotas de Veículos movidos a Diesel quanto à emissão de Fumaça
funcionários Preta;
 Registros de manutenção preventiva dos veículos;
 Porte e capacitação para uso de kit para situações de emergência;
 Licença de operação do Posto de combustível;
 Cadastro Técnico Federal do IBAMA do posto de combustível;
 Comprovante de destinação de pneus e óleo usado, quando

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.
PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO

Unidade:
CMISS
Código:
Requisitos de HESQ para Fornecedores e PSG-GEHESQ-001-CMISS
Revisão:
Subcontratadas 01
Página:
22 de 22

ocorrer trocas.
 Certificado de Direção Defensiva

6. CONTROLE DE REGISTROS

Identificação Coleta Indexação Acesso Arquivo Armazenamento Manutenção Disposição


Não se aplica

7. ANEXOS

Não se aplica.

_________________________________________________________________________________
É proibida a reprodução total ou parcial deste documento sem a autorização da GALVANI.
Para verificar a validade / atualização deste documento, consulte o SIG na Intranet.