Вы находитесь на странице: 1из 15

Química Inorgânica

Noções de Ácidos, Bases & Sais.

Conceito de Função Química

Da mesma forma que os elementos químicos são agrupados em famílias,


podemos agrupar substâncias compostas de acordo com suas características comuns.
As propriedades comuns a grupos de substâncias são chamadas propriedades
funcionais. Elas são decorrentes de características estruturais das substâncias
Chamamos de Função química ao conjunto de substâncias que possuem propriedades
semelhantes (químicas especialmente).
Para tornar claro esse conceito, vamos usar o exemplo da função ácido.

Função: Ácido

Propriedades Funcionais Exemplos de Ácidos


• Reagem com a maioria dos metais Ácido clorídrico (HCl) – existe no
liberando hidrogênio (H2). estômago, desempenhando papel na
digestão. Comercialmente, sua solução
contendo impurezas é chamada de
ácido muriático.
• Conduzem eletricidade em Ácido acético (HCH3COO) – ácido
solução aquosa. produzido pela fermentação do vinho,
responsável pela acidez do vinagre.
• Reagem com as bases, Ácido sulfúrico (H2SO4) – ácido de
neutralizando-as. largo emprego na indústria, utilizado em
• Têm sabor azedo. Graças à metalurgia, na fabricação de
presença de ácidos, o abacaxi, a fertilizantes, tintas, plásticos,
laranja, o limão, o vinagre têm sabor detergentes, explosivos. É o ácido usado
azedo. nas baterias dos automóveis.
• Mudam de cor de certas Ácido nítrico (HNO3) – ácido de grande
substâncias conhecidas como emprego industrial, utilizado na
indicadores ácido-base. fabricação de fertilizantes, explosivos
como o TNT e dinamite, entre outros.

Pelos exemplos das características comuns aos ácidos, deve ficar claro para você
que se podem estudar as substâncias químicas em grupos – funções- buscando
explicações em nível molecular que justifiquem tais comportamentos.

Vamos estudar as principais funções da Química Inorgânica, isto é, dos


compostos obtidos a partir de minerais existentes na natureza. São elas: Ácidos, Bases,
Sais e Óxidos.
§

Química Inorgânica
Ácidos.

O HCl é um exemplo de ácido, segundo o conceito proposto por Arrhenius em 1884.


Sabemos que o HCl é uma substância que sofre ionização ao ser colocada em água.

Ácidos são compostos que em solução aquosa fornecem um único tipo de cátion: o íon
H3O+ (hidroxônio ou hidrônio).

Temos então:
H A + H2O  A- + H3O+
Ácido Ânion Cátion

• As ionizações ocorrem uma de cada vez (por etapas);


• Nem todas as moléculas de um sistema sofrem obrigatoriamente ionização;
• Só uma parte das moléculas que sofreram a 1ª etapa de ionização é que sofrerá a 2ª;
• Na ionização de todos os H ácidos de uma molécula de ácido, teremos um gasto de moléculas de
H2O igual ao número de H ionizáveis e, consequentemente, igual ao número de H 3O+ e à carga o
ânion. Veja:

HnZ + nH2O  An- + nH3O+


Ácido Ânion Cátion

Classificação dos Ácidos.

 Quanto ao número de hidrogênios (H) ionizáveis.

• Monoácidos ou Ácidos monopróticos (mono= 1)


• Diácidos (di=2)
• Triácidos (tri=3)
• Tetrácidos (tetra=4)

 Quanto à presença de oxigênio.

• Oxiácidos possuem oxigênio


• Hidrácidos não possuem oxigênio

 Quanto ao número de elementos constituintes.

• Binários.
• Ternários
• Quaternários

 Quanto à volatilidade.

• Ácidos voláteis
• Fixos

 Quanto à força do ácido.

• Comparando os graus de ionização


Fortes Semifortes ou Moderados Fracos
α≥50% 5%<α<50% α≤5%

• Os Hidrácidos são classificados:


Fortes Semifortes ou Moderados Fracos
HCl, HBr, HI HF H2S, HCN

• Os Oxiácidos podem ser determinados por: x= nº. de O – nº. de H


Fortes Semifortes ou Fracos
Moderados
Valor de x 3 ou 2 1 0

Características dos Ácidos.


Todo o ácido tem sabor azedo e boa condutibilidade elétrica, são substâncias
moleculares ou covalentes.

Ácidos – Propriedades Químicas.

Sal é todo composto que libera em meio líquido o hidroxônio.


H A + H2O  A- + H3O+
Ácido Ânion Cátion

Os ácidos Apresentam as seguintes propriedades:


 Reação com Metais
 Reação com Bases
 Reação com Sais
 Reações com Óxidos

• Reações com Metais:


M + HA  MA + H2

Esta reação só é possível quando M é um metal mais reativo que o hidrogênio; ácidos
reagem com metais menos nobres que o hidrogênio, liberando gás hidrogênio (H2).

• Reação com Bases


HA + MOH  MA + H2O

Os ácidos apresentam a propriedade de reagirem com bases, produzindo água. Pela


evaporação da água obtém-se sal.

• Reação com Sais


HA + CX  CA + HX

O Hidrogênio do ácido é substituído pelo cátion do sal e vice-versa, produzindo outro


sal e outro ácido. Esta reação só é possível se:
a. Quando ácido formado for volátil e o ácido reagente for fixo.
b. Quando o sal formado for insolúvel.
c. Quando o ácido formado for mais fraco eu o ácido reagente.

• Reações com Óxidos


MO + HA  MA + H2O

Os ácidos apresentam a propriedade de reagirem com óxidos: básicos, anfóteros,


peróxidos e superóxidos formando sal e água.

Nomenclatura dos Ácidos.


Fórmula: HnZ - n é a carga do ânion.
Nome:

• Hidrácidos
Ácido + nome do elemento + ídrico

• Oxiácidos
Ácido + nome do elemento + oso (menor Nox)
Ácido + nome do elemento + ico (maior Nox)

• Quando se tem mais de duas numerações para nox de um mesmo elemento usa-
se:

Ácido + Hipo+ nome + oso  para menor de todos Nox +1


+ nome + oso  Nox entre +3/+4
+ nome + ico  Nox entre +5/+6
Per + nome + ico  para maior de todos Nox +7

Ácido Ânion
-ídrico -eto
-ico -ato
-oso -ito

• Quando se o ácido é formado por um número de moléculas de água diferente:

Orto 2 moléculas de orto – H2O  Piro


(padrão)
1 molécula de orto – H2O  Meta
Grau de Hidratação: orto > piro > meta
Obs.: O Prefixo orto é dispensável
Química Inorgânica
Bases.

Uma das características das bases é o seu sabor adstringente, que “amarga à boca”,
porém este nos é um bom método de avaliação e reconhecimento das bases.

Bases são substâncias que em solução aquosa, sofrem dissociação, liberando o único
íon ou ânion OH-1 (hidroxila ou hidróxido).

Temos então:
M(OH)X + H2O  M+x + OH-1
X

• As bases são:
• Compostos iônicos;
• Sólidas às condições ambientes (25°C e 1 atm);
• Ternárias.

Classificação das Bases.

 Quanto ao número de hidroxilas (OH) ionizáveis.

• Monobases
• Dibases
• Tribases

 Quanto a força das bases.

• Bases Fortes α > 50%


• Bases Fracas α < 50%

• Bases Fortes: LiOH, NaOH, KOH, RbOH, CsOH, Ca(OH)2,


Sr(OH)2, Ba(OH)2.
• Bases Fracas: NH4OH e bases dos demais metais

 Quanto à solubilidade.

• Bases Solúveis: São formadas por metais alcalinas (1ª) // e o


+1
NH4
• Bases pouco Solúveis: São formadas por metais alcalinos
terrosos (2A)
• Bases Insolúveis: São as demais bases
Características das Bases.

Toda Base apresentam sabor adstringente e boa condutibilidade elétrica, são substâncias
de caráter iônico e sólidos.

Bases – Propriedades Químicas.

Base é toda substância que em meio aquoso libera seu metal e seu ânion
hidroxila.
M(OH)X + H2O  M+x + OH-1
X

Os sais Apresentam as seguintes propriedades:


 Reação com Ácidos
 Reações com Óxidos
 Reações com Sais

• Reações com Ácidos:


HA + MOH  MA + H2O

Esta reação já foi estudada.

• Reação com Óxidos


MOH +Óxido ácido  MA + H2O
MOH +Óxido anfóteros  MA + H2O

a. As bases apresentam as propriedades de reagirem com alguns óxidos.

• Reação com Sais


MOH + DA  MA + DOH

As bases reagem com os sais de modo semelhante aos ácidos, desde que:
a. O sal formado seja insolúvel.
b. A base formada seja insolúvel.
c. A base formada seja fraca e a base reagente seja forte.
Nomenclatura das Bases.

Fórmula: M+x(OH)x - x é a carga do cátion.


Nome:

• Para elementos com Nox fixo:


Hidróxido + de + nome do elemento

• Para elementos de Nox variável


Hidróxido + nome do elemento+ oso (Menor nox)
Hidróxido + nome do elemento+ iso (Maior nox)

• Quando se tem mais de duas numerações para nox de um mesmo elemento usa-
se:

Hidróxido + de + nome do elemento+ n° de algarismo romano para o nox

Obs.:
O nome dos elementos é muitas das vezes retirado da origem latina do nome

Exemplos

Cu Cobre Cu+  Cuproso


(cuprum) Cu +2 Cúprico

Au Ouro Au+  Auroso


(aurum) Au+3 Áurico
Química Inorgânica
Sais.

Sais são compostos que podem ser obtidos da reação de neutralização (salinização)
entre um ácido e uma base; pelo fato do sal ser iônico, todos os sais são sólidos nas
condições ambientes.

Sal é toda a substância que em solução aquosa, sofrem dissociação, liberando um


cátion ácido (diferente de H+) e um ânion de uma base (diferente de OH-).

Temos então:
MA X + H2O  M X + A−
X é o numero de hidróxidos

• Os sais são:
• Compostos iônicos;
• Sólidas às condições ambientes (25°C e 1 atm);

Classificação dos Sais.

 Quanto à natureza dos íons presentes.

• Sal neutro » Aquele que não apresenta H+ ou OH−.

• Hidrogeno-sal » já foi chamado de sal ácido, pois ainda apresenta


estrutura H+.

• Hidroxi-sal » já foi chamado de sal básico, pois apresenta em sua


estrutura OH−.

• Sal duplo ou misto » apresentam em sua estrutura dois metais ou


não metais diferentes.

• Sal Hidratado » apresenta água em sua estrutura, diz que a água


está presente em seu retículo cristalino.

 Quanto à solubilidade.

• Solúveis
• Insolúveis

 Quanto à presença de oxigênio.

• Oxissal possuem oxigênio


• Sal Halóide não tem oxigênio

Características dos Sais.

Todos s sais são constituídos por ligações iônicas e eles apresentam uma série de
propriedades, das quais citaremos: Sabor Salgado e condutibilidade elétrica.

Sais – Propriedades Químicas.

Sal é todo composto iônico obtido da reação de um ácido com uma base,
conforme a equação.
C+x OH + HA-y  CyAx + H2O
Base Ácido Sal Água

Os sais Apresentam as seguintes propriedades:


 Reação com Ácidos
 Reação com Bases
 Reação com Sais
 Reações com Metais
 Reações com Halogênios

• Reações com Ácidos:


CA + HX  CX + HA

Esta reação só é possível quando:


a. O sal formado for insolúvel
b. O Ácido formado for fraco e o ácido reagente forte.
c. O ácido formado for volátil e o ácido reagente fixo.

• Reação com Bases


CA + DOH  DA + COH

Esta reação só é possível:


b. O sal formado for insolúvel.
c. A base formada for insolúvel.
d. A base formada for fraca.

• Reação com Sais


MA + DX  MX + DA

Esta reação só é possível desde que pelo menos um dos dois sais obtidos seja insolúvel.

• Reações com Metais


M + CA  MA + C

Esta reação só ocorre desde que o Metal M seja mais reativo que o Metal C
• Reações com Halogênios
Os elementos F, Cl, Br, I, são denominados halogênios, seguem a seguinte ordem de
reatividade; ocorre a mesma reação existem com os metais desde que o halogento livre
seja mais reativo que o outro halogênio.
I > Br > Cl > F
Nomenclatura dos Sais.

Fórmula: MAx - x é a carga do cátion.


Nome:

• Para elementos que não apresentam oxigênio (Sais Halóides):


Nome do Ânion + eto + de + Nome do Cátion

Ácidos não Oxigenados Sais não Oxigenados


Terminação - ídrico Terminação - eto

• Para elementos de Cátion de Nox variável


Nome do Ânion + eto + de + Nome do Cátion+ oso (Menor nox)
Nome do Ânion + eto + de + Nome do Cátion+ iso (Maior nox)

• Quando se tem mais de duas numerações para nox de um mesmo elemento usa-
se:

Nome do Ânion + eto + de + Nome do Metal+ n° de algarismo romano para o nox

• Para elementos que apresentam oxigênio (Oxissais):


Nome do Ânion + ito + de + Nome do Cátion (menor Nox).
Nome do Ânion + ato + de + Nome do Cátion (maior Nox).

Ácidos Oxigenados Sais Oxigenados


Terminação – oso Terminação – eto
Terminação – ico Terminação – ato

• Para elementos de Cátion de Nox variável


Nome do Ânion + eto/ato + de + Nome do Cátion+ oso (Menor nox)
Nome do Ânion + eto/ato + de + Nome do Cátion+ iso (Maior nox)

• Quando se tem mais de duas numerações para nox de um mesmo elemento usa-
se:

Nome do Ânion + eto/ato + de + Nome do Metal+ n° de algarismo romano do nox

• Para elementos que apresentam H+ (Hidrogeno-sal):


Hidrogeno + Nomenclatura
• Para elementos que apresentam OH- (Hidroxi-sal):
Hidroxi + Nomenclatura

Química Inorgânica
Óxidos.

Óxidos são compostos binários, isto é, são formados por dois elementos, um dos quais é
sempre o oxigênio, que, é o elemento mais eletronegativo do óxido, e aparece sempre
escrito à direita.

Óxidos são compostos binários em que o elemento mais eletronegativo é o oxigênio.

Classificação dos Óxidos.

 Óxidos Básicos.
São compostos que apresentam uma ligação de caráter iônico acentuado, normalmente
dizemos que os elementos metálicos ligados ao oxigênio têm Nox +1 e +2.

Óxidos Básicos são aqueles que reagem com a água, dando bases, ou com ácidos,
dando sais.

 Óxidos Ácidos ou Anidridos.


São compostos que se predomina na ligação caráter covalente ou molecular, é normal
que o elemento, se um metal, tem Nox em geral +5, +6, +7, se ametal pode ter qualquer
Nox.

Óxidos Ácidos são aqueles que reagem com a água, dando ácidos, ou reagem com
bases, formando sal e água.

Óxidos são formados por:


• Não-Metais (sendo, nesse caso, compostos geralmente gasosos)
• Metais (Nox elevados).

 Óxidos Anfóteros.
São óxidos de caráter intermediário (iônico e/ou molecular), formados por elementos
metálicos de Nox +3, +4 e que apresentam caráter duplo, pois agem como óxidos
básicos ou como óxidos ácidos.

Óxidos Anfóteros são aqueles que reagem tanto com ácidos, quanto com bases, dando
sal e água.
Os óxidos anfóteros são em geral, sólidos, intermediários moleculares,
insolúveis em água e formados:
• Por Metais: ZnO, Al2O3, SnO e SnO2, PbO e Pb O2.
• Por Semimetais: As2O3, e As2O5, Sb2O3 e Sb2O5.

 Óxidos Neutros ou Indiferentes.


São óxidos covalentes ligados a não metais com baixo número de oxidação que não
possuem caráter ácido nem básico, não reagem com bases nem ácidos e nem com água.

Óxidos Neutros são aqueles que não reagem com água, ácidos ou bases.

São poucos os óxidos desta classe; os mais comuns são:


• CO - Monóxido de carbono;
• N2O - Óxido Nitroso;
• NO - Óxido Nítrico

 Óxidos Salinos, duplos ou mistos.


São compostos que em teoria são formados pela associação de outros 2 óxidos, sua
formula geral M3O4

Óxidos Mistos são óxidos metálicos que se comportam com se fosse misturas de dois
outros óxidos de um mesmo elemento.

 Peróxidos.
São compostos binários onde o oxigênio possui Nox= -1.

Peróxidos são óxidos que reagem com a água ou com ácidos diluídos, produzindo
“água oxigenada” (H2O2).

Os peróxidos comuns são:


• Peróxido de hidrogênio: H2O2
• Peróxidos dos metais alcalinos: Na2O2, K2O2, etc.
• Peróxidos dos metais alcalino-terrosos: BaO2, etc.

 Superóxidos ou Polióxidos.
São compostos binários onde o oxigênio possui Nox= -1/2.

Superóxidos são óxidos que reagem com a água ou com ácidos diluídos, produzindo
“água oxigenada” (H2O2) e oxigênio.

Os superóxidos são sólidos iônicos, formados pelo ânion superóxido (O-2) e pelos
cátions:
• Metais alcalinos.
• Metais alcalino-terrosos.
Óxidos – Propriedades Químicas.

Óxidos são todos os compostos binários que um dos elementos é o oxigênio.


E2OZ
Z É O NÚMERO DE OXIDAÇÃO DE E

Os sais Apresentam as seguintes propriedades:


 Reação com Água
 Reação com Ácido
 Reação com Base
 Reações com Óxido

Nomenclatura dos Óxidos.

Fórmula: E2OZ z é o Nox do E.


Nome:

• Tradicionalmente:
Prefixo que Prefixo para
indica + Óxido + De + +quantidade + Nome do
Quantidade de outro elemento
de oxigênio elemento

• Para elementos de Nox Fixo:


Óxido + de + nome do elemento

• Para elementos de Nox variável:


Óxido + de + nome do elemento+ oso (menor Nox)
Óxido + de + nome do elemento+ ico (maior Nox)

• Quando se tem mais de duas numerações para nox de um mesmo elemento usa-
se:

Óxido + de + nome do elemento+ n° de algarismo romano para o nox

• Nos Óxidos Salinos  Deve-se incluir a palavra Salino Após a palavra óxido

• Nos Peróxidos  Deve-se trocar a palavra óxido pela palavra peróxido


• Nos Superóxidos  Deve-se trocar a palavra óxido pela palavra Polióxido ou
Superóxido

• Nos óxidos ÁcidosTrocar a palavra óxido pela palavra Anidrido.

Оценить