Вы находитесь на странице: 1из 5

P-ADM 001 - Conteúdo Programático

Nome: Capacitação para Operar Guindaste de Bordo / Jib Board Crane Operator

Tipo: PROTEP Carga Horária:40h

Sinopse:
PROTEP - PROGRAMA DE TREINAMENTO DE EXTENSÃO
PROFISSIONAL
DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS.
O PROTEP é um programa de treinamento elaborado pelo INCATEP - Instituto de Capacitação
Técnica Profissional com o objetivo de desenvolver competências técnicas, comportamentais e
estratégicas através de treinamentos de curta duração.
O PROTEP é um programa de educação profissional inicial e continuada de trabalhadores, incluídos
a capacitação, aperfeiçoamento, a especialização e a atualização, em todos os níveis de
escolaridade, segundo itinerários formativos, objetivando o desenvolvimento de aptidões para a vida
produtiva e social.
O PROTEP determina , assegura, desenvolve, qualifica e avalia competências conforme requisitos
6.2.2 (Competência, treinamento e conscientização) de gestão da qualidade NBR ISO 9001:2008 (
6.2.2) e NBR ISO 9001:2015 ( 7.1.2, 7.2,7.3,8.5.1).

Capacitação´para Operar Guindaste de Bordo / Jib Board Crane Operator.

Teórico: 08 horas.
Pratico em simuladores : 04 horas.
Prático em equipamento: 16 horas.

Desenvolver competências para:

1) Conhecer as diretrizes de SMS - Segurança no trabalho , meio ambiente e saúde ocupacional.


2) Conhecer as normas regulamentadoras, com enfâse nas Nr.11, Nr.12, Nr.29.
3) Preparar , armazenar cargas e movimentar cargas gerais.
4) Movimentar cargas de acordo com (POP) padrões do planejamento operacional.
5) Avaliar as condições de funcionamento do equipamento e acessórios de estivagem .( check list).
7) Explanar sobre principais riscos na operação com guindaste de bordo.
8) Realizar um APT - Análise preliminar da tarefa.
9) Realizar a tarefa na função de operador de guindaste de bordo com eficiência operacional
seguindo diretrizes e normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

DIRETRIZES E NORMAS DE SEGURANÇA, HIGIENE, QUALIDADE E PROTEÇÃO AO MEIO


AMBIENTE:

OIT - Organização Internacional do Trabalho.


Convenção 152 - OIT - Segurança e Higiene no Trabalho Portuário.

MTE - Ministério do Trabalho e Emprego.


Portaria 3.214/78 - Normas Regulamentadoras, principalmente as Nrs:
Nr. 11 e Nr.12 - Portarias : SSST 13 de 24 de outubro de 1994; SSST 25 de 03 de dezembro de
1996; SSST 04 de 28 de janeiro de 1997; SSST 04 de 28 de janeiro de 1997; SSST 08 de 24 de
março de 1997 e SSST 197 de 17 de dezembro de 2010.
Nr29 - Segurança e Saúde no Trabalho Portuário.
17/07/2018 15:33:14
Portaria 397 de 09/10/2002 - CBO - Classificação Brasileira de Ocupações.

MEC - Ministério da Educação.


LDB - Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996.
Decreto 5.154 de 23 de julho de 2004.

NORMAS ABNT:
NBR ISO 9001 - Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos.
NBR 18801 - Sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho.
NBR ISO IEC 17024/2004 - Avaliação de conformidade - Requisitos gerais para organismos que
realizam certificação de pessoas.
Código de segurança para veículos industriais automotores
P-NB - 153 - Classificação, Capacidade de carga, estabilidade.

PREPOM / PDP ( Portwoker Development Programme)


Sinopse e sumario do curso ( www.dpc.mar.mil.br)

ISO:
International Organization for Standardization.
ISO 15513-1:2000, Cranes - Competency requirements for crane drivers (operators), slingers,
signallers and assessors
ISO 4306-1:1990, Cranes - Vocabulary - Part 1: General.
ISO 4306-2: 1994, Cranes - Vocabulary - Part 2: Mobile cranes.
ISO 4306-3:1991, Cranes - Vocabulary - Part 3: Tower cranes.
ISO 9926 (all parts), Cranes - Training of drivers.
ISO 12480-1:1997, Cranes - Safe use - Part 1: General.

IMO: Internacional Maritime Organization.


SOLAS, 174 - MARPOL - STCW - SAR - IMDG CODE , MSC 262(84) Ementa 34.

OSHAS:
Occupational Safety and Health Administration.
Standarts 29 - CFR.

OSHA :
Occupational Safety an Health Administration.

API :
American Petroleum Institute.

PQP - PADRÕES DE QUALIDADE PROTEP - Certificação Internacional : Brasil -


ABS/INMETRO e EUA - ANAB.

1) AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO E HABILIDADES


Serão aplicados testes de competência PROTEP - Desenvolvimento e Avaliação de
Competências.
a) Teste de conhecimentos.
b) Avaliações psicológicas.
c) Teste de habilidade motora - Simulador de habilidade motora INCATEP.
d) Teste de desempenho operacional - Simulador de equipamentos INCATEP e/ou equipamento
real.
A responsabilidade legal da entrada no porto dos instrutores PROTEP , disponibilidades do
equipamento, seguro, acidentes pessoais e avarias no equipamento para treinamentos in
company será da empresa contratante dos serviços.

2) NORMAS DE OPERAÇÃO E PRÉ-REQUISITOS PARA TREINAMENTOS.

17/07/2018 15:33:14
a) Pré-requisitos para atualização:
Obrigatório PROTEP :
1. Ensino Médio e CNH Atualizada.
2. Treinamento de trabalhador portuário e estivagem técnica INCATEP ou ACT.
3. Treinamento de operador de ponte rolante de bordo INCATEP ou ACT.
Recomendável PROTEP:
1. Ensino Médio Técnico ou Ensino Superior e CNH letra D ou E.
2. Treinamento básico de Informática e inglês.
b) Para Treinamentos PROTEP - In Company ou PROTEP - On Demand os pré-requisitos serão
iguais a descrição de cargo ( Job Descrition ) da empresa contratante dos serviços.
c) Todos os documentos estabelecidos para prover evidência de conformidade dos treinamentos
PROTEP, serão supervisionados, controlados e registrados de acordo com a norma NBR ISO
10015 - Gestão de qualidade - Diretrizes para treinamento adotada pelo Comitê Brasileiro da
Qualidade ( ABNT/CB-25).
Estes documentos originais serão entregues para o cliente e uma copia será arquivada no
INCATEP a disposição da fiscalização.

3) ACREDITAÇÃO INCATEP
a) A certificação INCATEP será concedida após o término do treinamento teórico e prático para
alunos com média igual ou superior a 5,0 sendo que para as médias finais entre 5,0 e 7,0 a
aprovação será com ressalvas. ( not yet competence).
b) Junto com o certificado será emitido uma carteira PROTEP com um dos três níveis de
competência abaixo:
Nível 1 - OPERACIONAL/ OPERATE : Competência para execução de tarefas sob supervisão com
grau relativo de autonomia.
Sem experiência, testes de competência PROTEP.
Nível 2 - PLENO/ FULL : Competência para execução de tarefas com autonomia.
Carteira PROTEP Operacional, PQP 2.b Recomendável , ensino médio e/ou experiência
comprovada e testes de competência PROTEP.
Nível 3 - SÊNIOR/ MASTER : Competência para execução de tarefas com autonomia e excelência.
Carteira PROTEP Pleno, experiência comprovada e/ou ensino médio e testes de competência
PROTEP.
Coordenadores e instrutores deverão ser obrigatoriamente acreditados pelo Grupo INCATEP .
Na página internet : www.grupoincatep.com.br será divulgado o nome do aluno acreditado pelo
INCATEP através do programa PROTEP.

4) TECNICAS DE ENSINO E FREQUENCIA DAS AULAS.

Turmas de no máximo : 20 alunos.


Nas aulas expositivas, exercícios teóricos e práticos, avaliações e estudo de caso serão utilizado
técnicas adequadas aos recursos instrucionais e conteúdo programático PROTEP.
A frequencia nas aulas é obrigatoria e de no minimo 80% do total, será considerado falta o não
comparecimento as aulas e o atrazo superior a 15 minutos do inicio das atividades.

Conteúdo programático:
DISCIPLINA I - QSMS.

QSMS - Segurança no trabalho, Meio Ambiente e Saude Ocupacional.


Definir normas regulamentadoras.
Principais regras de segurança para operação de guindaste de bordo: Nrs. 11, 12 e 29, OSHA,
ISO, PREPOM.
Descrição e identificação dos riscos e proteções.
Procedimentos para eliminar angulo de balanço da carga durante a operação.
Medidas de controle de riscos: EPC e EPI.
Trabalho seguro.
17/07/2018 15:33:14
PET - Permissão de trabalho.
APR - Análise Preliminar de riscos.
DDS - Dialolo diário de segurança.
Sinalização de segurança.
Procedimentos e situação de emergência.
Estudo de caso.

DISCIPLINA II -RANGE.

Tipos e características dos equipamentos de bordo.


Carga x Mercadoria.
Tipo de Carga : Carga unitizada, produtos florestais, Metais não Ferrosos, tubos de aço, carga a
granel, granito e carga em grandes sacos ( big Bag).
Tipos de navios mercantes x tipo de carga
Ponte rolante de bordo : tipos e carateristicas.
Implementos principais`: Clamps/Core Probes/Grabs/Lifting Frames/Pipe Frames &
Hocks/Slings/R&D
RANGE : Hoist, Swing and Jib.
Estabilidade e centro de gravidade.
Segurança no trabalho em equipamentos de guindar a bordo.
Controles, instrumentos do painel.
Plano de carga para navios mercantes.
Implementos e acessórios de movimentação de cargas.
Inspeções necessárias antes/depois da operação.
Regras básicas de operação.
Legislação Nr.11, Nr12 , Nr.29,ABNT,ISO e OSHA.
POP - Padrão de operação.
Principais avarias.
Estudo de caso.

DISCIPLINA III - Prática Operacional.

Proporcionar ao aluno atividade prática atualizar operadores de guindaste de bordo com


implementos obedecendo aos procedimentos de segurança em todas as operações de
movimentação de cargas.

Padrão de Qualidade PROTEP.


As atividades práticas deverão realizadas individualmente ou em grupo dependendo das
disponibilidades de simuladores INCATEP e/ou equipamentos de bordo.
Todos os alunos e o instrutor deverão utilizar EPI conforme o risco da atividade .
Os exercícios e as avaliações práticas seguirão procedimentos do PROTEP.

RECURSOS INSTRUCIONAIS
a) Simulador de equipamentos INCATEP - Jib Crane.
b) Equipamentos de bordo com implentos especificos.
c) Manuais dos fabricantes de equipamentos
d) Transparências, Slides, Quadro, Flip-Chart.
e) Datashow, Computador.
f) Maquetes, Miniaturas de equipamentos
g) Fotografias, Revistas especializadas.
h) Filmes, Desenhos, Croquis
i) Outros a critério do instrutor

17/07/2018 15:33:14
17/07/2018 15:33:14