Вы находитесь на странице: 1из 18

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

ESCOLA SUPERIOR POLITÉCNICA


BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA
DISCIPLINA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

ATIVIDADE PRÁTICA

NOME DO ALUNO
RU
PAP

CIDADE - ESTADO
ANO
VARANDA

DORMITÓRIO 1

ESTAR

CORREDOR
BWC

JANTAR COZINHA DORMITÓRIO 2


DIMENSÕES

1) Dadas as dimensões da PLANTA 1, preencha a tabela 1:

Dimensão
Cômodo Área (m²) Perímetro (m)
Largura (m) Comprimento (m)
DORMITÓRIO 1
DORMITÓRIO 2
ESTAR
JANTAR
BANHEIRO
COZINHA
CORREDOR
VARANDA
Tabela 1 - Dimensões

CÁLCULOS:
ILUMINAÇÃO

2) Segundo a NBR 5410, quais critérios devem ser adotados para o dimensionamento da iluminação
de um cômodo?

3) Dadas as dimensões da PLANTA 1 e seguindo as recomendações da NBR 5410 para o


dimensionamento de iluminação, qual a CARGA MÍNIMA para cada um dos cômodos?

Preencha a tabela 2 com os valores obtidos.

Cômodo Área (m²) Potência (VA)

DORMITÓRIO 1

DORMITÓRIO 2

ESTAR

JANTAR

BANHEIRO

COZINHA

CORREDOR

VARANDA

Tabela 2 – Demanda de iluminação


TOMADAS DE USO GERAL (TUG)

O número de pontos de tomada deve ser determinado em função da destinação do local e dos
equipamentos elétricos que podem ser aí utilizados, com base na NBR 5410, responda:

4) Quais são os critérios para determinação do número mínimo de tomada para banheiros:

5) Quais são os critérios para determinar o número mínimo de tomada para cozinhas e locais
análogos?

6) Quais são os critérios para determinar o número mínimo de tomada para varandas?

7) Quais são os critérios para determinar o número mínimo de tomada para salas e dormitórios?
8) Dadas as dimensões da PLANTA 1, preencha a tabela 3 conforme recomendações da NBR 5410,
adotando o número MÍNIMO de tomadas de uso geral (TUG):

Regra a seguida Número Número


Perímetro mínimo de mínimo de
Cômodo
(m) TUG’s TUG’s
CALCULADO ADOTADO
DORMITÓRIO 1

DORMITÓRIO 2

ESTAR

JANTAR

BANHEIRO

COZINHA

CORREDOR

VARANDA
Tabela 3 – Número mínimo de TUG’s

A potência a ser atribuída a cada ponto de tomada é função dos equipamentos que ele poderá vir a
alimentar e a NBR 5410 define os seus valores mínimos para determinados cômodos ou
dependências.

9) Qual o critério de potência é definido pela NBR 5410 para banheiros, cozinhas, copas, copas-
cozinhas, áreas de serviço, lavanderias e locais análogos?

10) Qual o critério de potência definido pela NBR 5410 para os demais cômodos ou dependências?
DIAGRAMA UNIFILAR

11) Desenhar o diagrama unifilar para a Planta 1 e preencher a tabela 4, que encontram-se ao final
desse documento.

Deve-se considerar os seguintes critérios:

 Utilizar número MÍNIMO de tomadas;


 Tensão entre Fase-Neutro de 127 V e entre Fase-Fase de 220 V;
 Fator de potência igual a 1,0, para iluminação e tomadas de uso espcecífico;
 Fator de potência igual a 0,8 para tomadas de uso geral.
 Método de instalação A1;
 Adotar numeração de circuitos conforme tabela 4 no final do relatório, sendo:
o Circuito 1: Iluminação do lado esquerdo (estar, jantar, cozinha e varanda)
o Circuito 2: Iluminação do lado direito (dormitório 1, dormitório 2, banheiro e corredor)
o Circuito 3: Tomadas de uso geral da varanda, estar e jantar
o Circuito 4: Tomadas de uso geral da cozinha
o Circuito 5: Tomadas de uso geral do corredor, dormitório 1, dormitório 2 e banheiro
o Circuito 6: Tomada de uso específico (TUE) para um chuveiro de 7500 W e 220 V
o Circuito 7: Tomada de uso específico (TUE) para uma torneira elétrica de 5400 W e
220V
o Circuito 8: Tomada de uso específico (TUE) para um micro-ondas de 1400 W e 127 V
o Circuito 9: Tomada de uso específico (TUE) para ar-condicionado no dormitório 1, de
3000W e 220V
 Utilizar na varanda iluminação do tipo arandela;
 Posicionar a caixa de entrada (quadro de distribuição) atrás da porta da cozinha;
 Projete um interruptor paralelo para o Dormitório 1 e para a estar;
 Para os demais cômodos utilize interruptor simples de uma tecla.
12) Sabendo que: 𝑃 = 𝑉. 𝐼. 𝑐𝑜𝑠𝜑 , calcule o valor das correntes em cada um dos circuitos e
preencha a tabela 4 no final do relatório. Apresente abaixo os cálculos utilizados:
SEÇÃO NOMINAL DO CONDUTOR PELO CRITÉRIO DA CAPACIDADE DE CORRENTE

13) Determine qual a seção nominal dos condutores de cada um dos circuitos pelo critério da
capacidade de corrente, estabelecida na NBR 5410 e preencha a tabela 4 no final do relatório.

Na instalação será utilizado:

 Método A1
 Condutores de cobre
 Isolação de PVC
 Temperatura no condutor: 70°C
 Temperatura de referência do ambiente: 30°C
JUSTIFIQUE A DIMENSÃO ADOTADA PARA CADA UM DOS CIRCUITOS:
A NBR 5410, na tabela 47, estipula a seção mínima dos condutores de fase, em circuitos de corrente
alternada, e dos condutores vivos, em circuitos de corrente contínua.

14) Com base nessa tabela, defina qual a seção mínima dos condutores em cada um dos circuitos e
preencha a tabela 4 no final do relatório.
Conforme apresentado em aula, existem diversos fatores que devem ser considerados para o
dimensionamento da seção de condutor, um desses métodos é o da queda de tensão. Devido à
resistência e aos longos comprimentos dos condutores, a tensão na origem pode ser diferente a
fornecida à carga, devido à queda de tensão nos condutores.

15) Para essa instalação, verifique se o dimensionamento da seção mínima do condutor adotado para
as três tomadas de uso específico (TUE) atendem o critério: ∆𝑉% < 2%. Justifique a sua resposta.

Para os cálculos considere a tabela do fabricante abaixo, ∆𝑉 = ∆𝑉𝑡𝑎𝑏 . 𝐼 . 𝑙, sistemas monofásicos e


eletroduto não magnético.

Circuito 6 – Chuveiro:

Circuito 7 – Torneira elétrica:


Circuito 8 – Micro-ondas:

Circuito 9 – Ar-condicionado:
DIMENSIONAMENTO DOS DISJUNTORES

16) Para essa instalação elétrica, dimensione os disjuntores para circuitos de tomadas de uso
específico (TUE’s), de forma que satisfaça as seguintes condições:

Corrente
nominal 𝐼𝐵 < 𝐼𝑁 < 𝐼𝑍
do
disjuntor 𝐼2 ≤ 1,45. 𝐼𝑍
(IN)
6A Sendo 𝐼2 = 𝐾. 𝐼𝑁
10 A
13 A onde,
20 A IB a corrente de cada um dos circuitos
25 A IN a corrente nominal do disjuntor
32 A IZ a de capacidade condução nominal do condutor adotado
40 A

Corrente Tempo
Não Atuação Atuação
convencional Convencional
1h < 63 A
NBR IEC 60947-2 1,05 In 1,30 In
2h acima de 63 A

Justifique a sua resposta e preencha a tabela 4 no final do relatório.

Circuito 6 – Chuveiro:
Circuito 7 – Torneira elétrica:

Circuito 8 – Micro-ondas:

Circuito 9 – Ar-condicionado:
DIAGRAMA UNIIFILAR
Quantidade Dimensão do fio
Dimensão
Potência pelo Disjuntor
Circuito Tensão x Corrente do fio
Tipo Descrição Esquema Método total Critério da Adotado
número (V) Potência (A) capacidade de adotado
(VA) (A)
(VA) corrente (mm²) (mm²)
- Estar
- Jantar
1 Iluminação A1
- Cozinha
- Varanda
- Dormitório 1
- Dormitório 2
2 Iluminação A1
- Corredor
- Banheiro
- Varanda
3 TUG - Estar A1
- Jantar
4 TUG - Cozinha A1
- Dormitório 1
- Dormitório 2
5 TUG A1
- Corredor
- Banheiro
6 TUE - Chuveiro A1

- Torneira
7 TUE A1
elétrica
8 TUE - Micro-ondas A1
- Ar-
9 TUE A1
condicionado

TOTAL
Tabela 4 – Quadro de Carga