Вы находитесь на странице: 1из 12

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA

CENTRO DE ENSINOS SUPERIORES DE BALSAS - CESBA


CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA

A IMPORTÂNCIA DA MATEMÁTICA FINANCEIRA NO COTIDIANO DE


JOVENS E ADULTOS

KASSIO BARROS EVANGELISTA;


MARCELO BARREIRA MIRANDA;
RONIEL DE SOUZA ALMEIDA

BALSAS
MARÇO / 2018
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ..................................................................................... 3
..
2 OBJETIVOS ......................................................................................... 4
..
2. OBJETIVO 4
1 GERAL ................................................................................
2. OBJETIVOS 4
2 ESPECÍFICOS ..................................................................
3 JUSTIFICATIVA .................................................................................... 5
4 REVISAO 6
TÉORICA ..............................................................................
5 METODOLOGIA ................................................................................... 8
.
6 CRONOGRAMA ................................................................................... 9
.
7 BIBLIOGRAFIA .................................................................................... 1
. 0
8 ANEXOS .............................................................................................. 1
.. 1
1 - INTRODUÇÃO

A Matemática financeira é uma ferramenta de extrema importância na vida


dos seres humanos, a partir dela conseguimos soluções para diversos problemas
financeiros, essa Matemática das finanças quando feita de maneira eficiente,
minimiza custos e maximiza os resultados.
É uma ferramenta essencial para resolver questões pequenas e grandes
dentro da empresa, quantificando as transações financeiras e considerando o valor
monetário ao longo do tempo.
Cálculo de prestações de um financiamento, organização e controle da folha
de pagamentos, corte de despesas, avaliação da margem de lucro, precificação de
produtos e serviços, balanços. Todos esses processos dependem, em menor ou
maior grau, da matemática financeira.
O presente projeto tem como finalidade investigar sobre educação
financeira, nos aspectos: juros simples, composto, aumentos e descontos
sucessivos, amortização, visando atingir alunos do 3º ano do Ensino Médio na
escola Unidade Integrada Professor Luís Rêgo, situada no município de Balsas-MA.
2 - OBJETIVOS

2.1- OBJETIVO GERAL

Abordar a importância do conhecimento básico da Matemática financeira


em diversas atividades, com aplicação de juros simples e compostos para alunos
do 3º ano do Ensino Médio da escola Unidade Integrada Professor Luis Rêgo.

2.1- OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Aplicar conhecimentos da estatística (medidas de tendência central e


medidas de dispersão) na matemática financeira.
 Desenvolver cálculos de moda, mediana e média.
 Tomar como base as equações de juros simples e compostos envolvidas
na matemática financeira para efetuar cálculos dos elementos pertinentes a esta
área de conhecimento, tais como: montante, taxa de juros e aumentos e
descontos sucessivos.
 Analisar gráficos e tabelas aplicando conhecimentos da estatística nas

medidas de dispersão.
3 - JUSTIFICATIVA
Tem-se a necessidade do conhecimento dos conteúdos de Matemática
financeira para saber discerni nas situações que envolvem cálculos Matemáticos,
não ser enganado nas contas e, também, para não ser iludido pelas propagandas.
No momento da realização das compras, crediário, pagamento de contas é
interessante saber e ter consciência dos juros que vão pagar. Nesses casos é
importante saber analisar se está pagando muito juro, uma vez que, a maioria das
pessoas somente leva em conta se o valor da prestação cabe no orçamento
mensal.
A importância dos conhecimentos de Matemática financeira possibilita
uma maior visão, no momento da contratação de empréstimos e financiamentos.
Em ambos os casos, está clara a preocupação com o valor dos juros, das
prestações, a procura por melhores preços, a opção pela modalidade a vista, os
pagamentos a prazo e a proporção dos valores, Sem dúvida, com as inúmeras
ofertas de empréstimos diariamente propostas aos consumidores pelos bancos,
financiamentos e até mesmo por grandes redes de lojas, as pessoas precisam
estar bem informadas sobre as condições de pagamentos e juros dessas
operações para, mais tarde, não serem surpreendidas e entrarem no rol dos
endividados, necessitando de um refinamento das dívidas.
O domínio dos conteúdos de Matemática financeira proporciona um maior
embasamento no ato da compra, seja a prazo ou a vista, ela nos permite ver
através de cálculos, como é a realidade por trás das coisas.
Marasini (2001) realizou seu trabalho de pesquisa A matemática
financeira na escola e no trabalho: uma abordagem histórico-cultural. Afirma a
autora:

no trabalho: uma
abordagem histórico-
cultural
[...] é grande a importância que essa parte da matemática tem na
vida das pessoas, as quais estão permanentemente cercadas
pelos problemas de sobrevivência financeira, necessitando de
clareza e autonomia para tomar decisões frente às situações
diárias e para que possam compreender as transações
comerciais e bancárias das quais se utilizam com frequência.
(p. 10)
4 - REVISÃO TÉORICA

Segundo Araújo (1992, p. 13), “a matemática financeira é um ramo da


matemática aplicada. Mais precisamente é aquele ramo da matemática que
estuda o comportamento do dinheiro no tempo” e Hazzan e Pompeo (2004, p. 1)
declara que “a matemática financeira visa estudar o valor do dinheiro no tempo
[...].”. No entanto, Laureano e Leite (1987, p. 3) elaboram um conceito mais
abundante, relacionando ao desenvolvimento e a dominação deste ramo da
matemática:
A matemática financeira desenvolveu-se pari passu com o
sistema econômico, conhecido por Economia de Mercado.
Dominá-la, por conseguinte, tornou-se como que impositivo, quer
pelas implicações do trabalho assalariado, quer pelas operações
de compra e venda, quer pelos investimentos de capital.

Boa parte das obras que abrangem esse ramo da Matemática esclarecia
de forma clara a definição de matemática comercial e financeira. Carvalho e
Cylleno (1971) especificaram a matemática comercial (juros e descontos simples,
ligas, moeda, câmbio e títulos de renda) da matemática financeira (juros e
descontos compostos, rendas certas, empréstimos, depreciação e as tábuas
financeiras).
Atualmente, já encontra-se várias obras com os títulos Matemática
financeira, como por exemplo: (Araújo, 1992; Campos Filho, 2001) e Matemática
financeira aplicada (Puccini, 2001; Branco, 2002). Santos (2005, p. 157), ao
empenhar-se para responder à questão sobre o que a matemática financeira
estuda, assim se manifesta:
De uma forma simplificada, podemos dizer que a Matemática
Financeira é o ramo da Matemática Aplicada que estuda o
comportamento do dinheiro no tempo. A Matemática Financeira
busca quantificar as transações que ocorrem no universo
financeiro levando em conta a variável tempo, ou seja, o valor
monetário no tempo (time value money). As principais variáveis
envolvidas no processo de quantificação financeira são a taxa de
juros, o capital e o tempo.

Para compreender melhor o conceito da autora, poder-se-ia declarar que


um determinado valor x (capital em dinheiro), hoje poderá não ser o mesmo em
uma data futura, porque, além das variáveis “capital e tempo”, existe a taxa de
juros, justificada pelo uso da usura, ou pela inflação (aumento geral dos preços de
produtos e serviços). A matemática financeira, como parte da matemática, é
constituída de vários conteúdos relacionados, gerando um sistema de conceitos,
que se encontra em Vigotski (2005, p. 116):

Nos conceitos científicos que a criança adquire na escola, a


relação com um objeto é mediada, desde o início, por algum outro
conceito. Assim, a própria noção de conceito científico implica
uma certa posição em relação a outros conceitos, isto é, um lugar
dentro de um sistema de conceitos.

A definição de juro, quando avaliado apenas sob o aspecto econômico-


financeiro, leva à afirmação de que é a “remuneração pelo empréstimo de um
capital” (dinheiro). Se está com divida, pagam-se juros; quando se aplica um valor
no banco ou se empresta um dinheiro, recebem-se juros. Santos (2005) define
juro como sendo [...] aquela quantia que é cobrada ou recebida a mais sobre um
valor emprestado ou aplicado durante certo tempo à referida taxa.
Quando se pega dinheiro emprestado a um banco, sempre terá que pagar
juros pelo empréstimo obtido.
Quando se efetua depósitos em poupança ou outro tipo de investimento, o
valor excedente que recebe-se por mantermos nosso capital aplicado é o juro. É
como se fosse um aluguel que se paga pelo uso do dinheiro. Entretanto, a
definição de juro pode ser definida sob diferentes prismas, como o político, o
econômico, o jurídico ou até um enfoque filosófico. A economia, conforme Alencar
(2006) conceitua juros como sendo a remuneração paga pelo tomador de um
empréstimo junto ao detentor do capital emprestado. Juridicamente, os juros são
ditos “frutos civis” do capital, remuneração pela disponibilidade de uma
importância em dinheiro por determinado.
Os juros são classificados em simples ou compostos, conforme o regime
de capitalização. No caso do juro simples, a taxa percentual incide somente sobre
o capital inicial e não se incorpora no capital, mesmo com o passar do tempo,
tendo um crescimento linear.
No juro composto, o regime de capitalização é divergente, porque a cada
período o juro gerado é incorporado ao capital atual (saldo devedor) e sua
acumulação se dá de forma exponencial, a medida em que o capital estará sendo
aplicado.
5 - METODOLOGIA

A pesquisa a ser realizada neste trabalho pode ser classificada como


descritiva. Isto porque deve a pesquisa em mãos esclarecer para os alunos a
importância da aprendizagem da matemática financeira.
Quanto à metodologia o trabalho em mãos faz a opção pelo método
Hipotético-dedutivo. Esta opção se justifica porque o método escolhido permite
que o pesquisador propõe uma hipótese e parte, por meio da dedução, para sua
comprovação ou não.
Enquanto procedimento, este trabalho realizar-se-á por meio de
observação direta, porque se baseia em análise de forma clara e direta. A
pesquisa utilizar-se-á de análise direta. Esta ferramenta permitirá desenvolver
competências nos âmbitos gerais e específicos.
O esboço do trabalho se deu através de análise documental de
pesquisas, discorri sobre a origem da Matemática financeira de maneira que seja
feita uma pesquisa sobre o assunto, sendo eles a matemática financeira que
reflete sobre vendas, investimentos, compras e suas consequências levando em
consideração o mau conhecimento da matemática financeira dentre as atividades
financeiras.
Também mencionei como a sociedade de antes trabalhava com a
Matemática financeira, como a Matemática implica na Educação financeira, que
trabalha com números e valores que depende do contexto em que está inserida.
Consolidar a teoria com a prática para que se possam esclarecer dados
concretos para pesquisa, mostrando ao consumidor como é o funcionamento dos
juros, parcelamentos e cálculos.
Podendo então buscar pesquisas que mostrem relatos e diferenças entre
quem paga suas dívidas em dias e também àqueles que atrasam a dívida se torna
cada vez maior por não tentar uma amortização, como forma de amenizar os
juros.
O material documentado, bem como, as respectivas análises serão
organizadas em relatório científico que se pretende construir.
6-CRONOGRAMA.

Mês/a M
MES/ETAPAS no ês Mês Mês
Ab Mai Junh
março ril o o

Escolha do
tema X

Levantamento X X
bibliográfico

Elaboração do X X
anteprojeto

Apresentação
do X X
projeto

Coleta de
dados X

Análise dos
dados X

Organização
do X X X
roteiro/partes

Redação do X X X
trabalho

Revisão e X X X
redação final

Defesa X
7-BIBLIOGRAFIA
Passo Fundo (cidade). Ido José Schneider. Matemática financeira: um conhecimento
importante e necessário para a vida das pessoas. Disponível em:
<https://secure.upf.br/pdf/2008IdoJoseSchneider.pdf > Acesso em : 23 de mar.2018.
São Paulo (estado). BLB Brasil Escola de Negócios Ltda. Saiba da importância da
matemática
financeira nas empresas. Disponível
em:
<http://portal.blbbrasilescoladenegocios.com.br/matematica-financeira-nas-empresas/

>.
Acesso em: 23 de mar.2018.

https://www.passeidireto.com/arquivo/35616292/matematica-financeiro
8-Anexos

.
.