Вы находитесь на странице: 1из 3

DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo - TGP

TURMA: 22520182
PROFESSORA: RAFAELA M. FERREIRA

Teoria Geral do Processo – TGP


5ª AULA –

1. Aplicação das Normas Processuais: A lei


processual civil no espaço e tempo (arts.
13º ao 15º do NCPC).

a) A lei processual civil no espaço.

Toda norma Jurídica tem eficácia limitada no espaço e no


tempo, isto é aplica-se apenas dentro de determinado território e por
certo período de tempo.

O art. 13 NCPC, por sua vez, reforça que a jurisdição civil será
regida pelas normas processuais brasileiras, ressalvada a possibilidade de
aplicação das disposições específicas previstas em tratados ou acordos
internacionais dos quais o Brasil seja parte. Tal dispositivo atende ao art.
5º, § 2º da CF/88.

Em suma, todos os processos que tramitam no território


nacional devem observar as normas processuais civis estabelecidas pelo
legislador pátrio, pois no nosso ordenamento tem vigência o princípio da
territorialidade. Em regra alcança todas as pessoas – nacionais ou
estrangeiras – que participam de processo em curso na justiça brasileira.

b) A lei processual civil no tempo.


DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo - TGP
TURMA: 22520182
PROFESSORA: RAFAELA M. FERREIRA

As normas processuais, assim como todas as normas jurídicas


em geral, também estão limitadas no tempo, isso quer dizer que, na
hipótese de sucessão de leis processuais, deve recorrer-se ao direito
intertemporal para estabelecer qual das leis – se a lei posterior ou se a lei
anterior – irá regular a situação concreta.

De acordo com o art. 14 do NCPC, o surgimento de uma lei nova


não encontra problema em relação aos processos já encerrados, pois a
regra é que a norma processual não retroage. Também não se vislumbra
qualquer complicação para os processos a serem iniciados, já que a norma
processual civil terá aplicação imediata, respeitando-se, é claro, a sua
VACATIO LEGIS.

A questão coloca-se, então, no tocante aos processos ainda em


trâmite, ou seja, naqueles não acorbertados pela coisa julgada. O mesmo
art. 14 após declarar a IRRETROATIVIDADE da lei processual, estabelece
que será aplicável imediatamente aos processos em curso, “respeitados os
atos processuais praticados e as situações jurídicas consolidadas sob a
vigência da norma revogada. Vigora o princípio do tempus regit actum,
não tendo a lei nova aptidão para tingir os atos processuais já praticados.

Á modulação, no que tange a aplicação da lei, aplica-se a teoria


do isolamento dos atos processuais.

c) Normas Processuais Civis Como Fontes Subsidiárias.

O art. 15 NCPC estabelece que na ausência de normas que


regulem processos eleitorais, trabalhistas ou administrativos, as
disposições deste Codigo lhes serão aplicados supletiva e
subsidiariamente.

Na esfera processual eleitoral, muitas vezes encontramos vácuo


legislativos que precisam ser complementados por meio de outras leis que
não as precipuamente destinadas a regular o processo eleitoral. Nesse
sentido, pode-se aplicar subsidiariamente o NCPC ao processo
DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo - TGP
TURMA: 22520182
PROFESSORA: RAFAELA M. FERREIRA

jurisdicional eleitoral quando inexiste regras específicas para solucionar


determina questão e quando a legislação especial não vedar a aplicação
supletiva.

No mesmo sentido aplica-se na justiça trabalhista e no processo


administrativo.

BONS ESTUDOSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!