Вы находитесь на странице: 1из 5

Exercícios – IMPOSTO DE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS – ICMS

1. A Cia Barro é uma indústria de biscoitos localizada no Pará. A Cia Bomba é um


supermercado localizado no Piauí. A alíquota interna de biscoitos nos dois estados é de 18%. A
Cia Barro vendeu biscoito para Cia Bomba por R$ 600,00 e houve posterior revenda do
supermercado para os clientes por R$ 800,00. O ICMS nesse processo produtivo, será de R$
144,00 e :
a) Será dividido igualmente entre os dois estados;
b) Será todo recolhido no estado do Piauí;
c) Será todo recolhido no estado do Pará;
d) Será distribuído da seguinte forma: 25% para o Piauí e 75% para o Pará;
e) Será distribuído da seguinte forma: 75% para o Piauí e 25% para o Pará.

2. A Cia Holanda – PR é uma indústria que vendeu insumos para a Cia Hungria – RS por
R$ 1.000,00. A Cia Hungria-RS adquiriu o insumo, o transformou-o em um produto
industrializado e vendeu este produto para a Cia Romênia-SC (atacadista) por R$ 1.500,00,
sendo o ICMS isento apenas nesta operação. A Cia Romênia-SC revendeu o produto por R$
2.000,00 para a Cia Bulgária que fica no mesmo estado da Cia Romênia, em Santa Catarina.
Posteriormente, a Cia Bulgária-SC revendeu o produto aos consumidores (pessoa física) por R$
2.500,00. Sabendo-se que a alíquota interna do ICMS é de 18% em todos os estados da Região
Sul, o valor do ICMS recolhido neste processo produtivo é de:
a) R$ 300,00;
b) R$ 450,00;
c) R$ 520,00;
d) R$ 570,00;
e) R$ 630,00.

3. A Cia Moscatel –SP é uma indústria que vendeu mercadoria para a Cia Morada – MS
que é um comércio e irá revender posteriormente o produto pelo valor de R$ 1.000,00 e mais R$
100,00 de IPI, totalizando R$ 1.100,00 o valor total da nota fiscal. A Alíquota Interna de São
Paulo é de 18%. O ICMS devido pela Cia Moscatel nesta operação é de :
a) R$ 70,00;
b) R$ 77,00;
c) R$ 120,00;
d) R$ 132,00;
e) R$ 180,00.
4. A Cia Roseira é produtora de farinha e está localizada no estado do Rio de Janeiro. Ela
compra R$ 1.000,00 em trigo da Argentina, com ICMS cobrado de 14%. Transforma o trigo em
100 sacos de farinha, incorrendo em outros gastos que não iremos abordar aqui. Depois, vende
90% da farinha para três clientes, em quantidades iguais, (30 sacos para cada um), sendo esses
clientes empresas industriais que irão produzir biscoitos e massas e estão localizadas:
 A primeira localizada no Rio de Janeiro, por R$ 700,00;
 A segunda localizada em São Paulo, por R$ 600,00;
 A última localizada no exterior, por R$ 500,00.
As alíquotas internas são 19% para o Rio de Janeiro e 18% para São Paulo. Considerando as
informações contidas no exercício e mais a legislação vigente de ambos os estados e mais a
Resolução 13 do Senado Federal e a respectiva aplicação da alíquota interestadual, o ICMS
devido pela Cia Roseira é de:
a) R$ 101,00;
b) R$ 65,00;
c) R$ 37,00;
d) R$ 31,00;
e) R$ 17,00.

5. A Cia Bauru é do ramo comercial e realizou as seguintes operações no primeiro


trimestre de 2017:
Em Janeiro comprou por R$ 5.000,00 e vendeu por R$ 5.200,00;
Em Fevereiro comprou por R$ 5.000,00 e vendeu por R$ 5.300,00;
Em Março comprou por R$ 5.000,00 e vendeu por R$ 7.500,00.
A empresa comprou dois bens para seu imobilizado: um em Janeiro por R$ 14.000,00 e outro
em Março por R$ 18.400,00.
A apuração do ICMS é mensal, com pagamentos a serem realizados no próximo mês. A alíquota
em todas as operações dos produtos é de 12%.
O ICMS que deverá ser recolhido pela Cia Bauru no mês de Abril será de:
a) R$ 149,00;
b) R$ 209,00;
c) R$ 219,00;
d) R$ 279,00;
e) R$ 360,00.
6. Uma empresa comercial distribuidora, localizada no estado de São Paulo, tinha estoque
inicial de 30 unidades de produtos alimentícios em fevereiro de 2017. Revendeu 21 unidades a
quatro clientes, descritos a seguir:
 Supermercado localizado no próprio estado de SP por R$ 300,00;
 Supermercado localizado no PR por R$ 150,00;
 Mercearia localizada no MS por R$ 200,00;
 Empresa de serviços não contribuinte do ICMS localizada no PR por R$ 250,00.
As alíquotas internas são: SP 18%; MS 17%; PR 16%.

O ICMS total devido pela empresa comercial distribuidora é de:

a) R$ 120,00;
b) R$ 122,00;
c) R$ 126,00;
d) R$ 130,00;
e) R$ 146,00.

7. A Cia Porto é uma empresa comercial que iniciou o exercício com estoque zero dos
produtos. Adquiriu 50 unidades de determinado produto, pagando R$ 10.800,00 composto da
seguinte forma:
(+) Preço das Mercadorias R$ 10.000,00
(+) IPI acrescido ao preço (alíquota de 10%) R$ 1.000,00
(-) Descontos incondicionais concedidos R$ 500,00
(+) Frete pago na compra R$ 200,00
(+) Seguro pago na compra R$ 100,00

A alíquota do ICMS na compra é de 18%. A empresa vendeu todo estoque adquirido pelo preço
total de R$ 12.000,00. O custo das mercadorias vendidas a ser registrado na demonstração do
resultado do exercício será de:

a) R$ 8.056,00;
b) R$ 8.236,00;
c) R$ 8.856,00;
d) R$ 9.036,00;
e) R$ 9.090,00.
8. Uma loja comercial localizada no estado do Rio Grande do Norte é revendedora de um
produto X. A loja adquire 200 unidades do produto X por R$ 1.000,00, sendo R$ 500,00 de
fornecedores do Ceará e R$ 500,00 de fornecedores do próprio estado. Posteriormente,
revendeu 160 unidades, sendo 75% para um cliente localizado no estado de Minas Gerais por
R$ 1.400,00 e 25% para o estado da Paraíba por R$ 400,00. A alíquota interna do produto X é
de 17% em todos os estados do Nordeste e 18% nos estados do Sudeste. Com base nas alíquotas
interestaduais vigentes no país e nas alíquotas internas informadas, o ICMS que a loja comercial
deverá desembolsar em reais, considerando apenas as operações citadas será de:
a) R$ 1,00;
b) R$ 46,00;
c) R$ 71,00;
d) R$ 100,00;
e) R$ 150,00.

9. Uma empresa contribuinte do ICMS, mas não contribuinte do IPI, deve registrar como
custo das mercadorias adquiridas para revenda , quando cobrados esses dois impostos:
a) Incluindo o IPI e excluindo o ICMS;
b) Incluindo o ICMS e excluindo o IPI;
c) Incluindo o ICMS e o IPI;
d) Excluindo o ICMS e o IPI;
e) Excluindo o ICMS e o IPI, mas incluindo o ICMS relativo à venda.

10. Em relação ao ICMS é correto afirmar que:

a) Será seletivo, em função da essencialidade das mercadorias e relevância dos serviços, de


acordo com os critérios estabelecidos pelo Poder Executivo, através do decreto ou portaria;
b) Cabe á resolução do congresso nacional regular a forma como, mediante deliberação
dos estados e distrito federal, isenções, incentivos e benefícios fiscais serão concedidos e
revogados;
c) Não incidirá sobre as operações de ouro comercializado no território nacional, em barra
ou em joias, e nas prestações de serviços de comunicação de qualquer natureza;
d) A isenção ou não incidência, salvo determinação em contrario a legislação, não
implicará crédito para compensação com o montante devido nas operações ou prestações
seguintes e acarretará a anulação do credito relativo ás operações anteriores.
e) Incidirá sobre as operações que se destinem a outros estados petróleo, inclusive
lubrificantes, combustíveis líquidos e gasosos dele derivados e energia elétrica.
11. A base de cálculo do ICMS no fornecimento de alimentação, bebidas e outras
mercadorias é:
a) O valor da operação, compreendendo a mercadoria e o serviço;
b) Apenas o valor da mercadoria fornecida
c) Apenas o preço do serviço prestado no fornecimento;
d) O valor da operação acrescido do imposto sobre produtos industrializados e de
quaisquer taxas;
e) O valor da prestação de serviço acrescido do imposto sobre produtos industrializados e
de quaisquer outras taxas.

12. A Alíquota do ICMS, nas operações e prestações realizadas no Estado de São Paulo,
destinadas a contribuintes de outros Estados situados nas regiões Sul e Sudeste, será de:
a) 12%;
b) 9%;
c) 25%;
d) 18%.

Похожие интересы