Вы находитесь на странице: 1из 6

Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste

Biologia e Geologia – 10.o ano


Ficha de trabalho
Estrutura interna da Terra

Grupo I

Contributo da Ciência e da Tecnologia para o estudo da estrutura interna da Terra

A observação direta dos materiais terrestres localizados a profundidades correspondentes à crusta intermédia é, no
estado atual da tecnologia, impossível. Recordemos que o furo de investigação mais profundo tem cerca de 12 km de
profundidade, o que representa já, uma enorme conquista da tecnologia de perfuração. Assim, para o conhecimento do
interior da Terra, temos de nos socorrer da Geofísica e dos seus métodos indiretos como são os métodos geofísicos
baseados na propagação das ondas sísmicas.
Muitas vezes a palavra sismologia induz nas pessoas a ideia de catástrofe e destruição, quer de bens materiais, quer
de vidas humanas. Contudo, devemos à sismologia muito do que hoje sabemos sobre o interior do nosso planeta. Sempre
que ocorre um sismo dá-se a libertação de grande quantidade de energia que se propaga na Terra sob a forma de ondas
sísmicas. À medida que estas atravessam o planeta, vão sendo refratadas, refletidas e atenuadas pelos diferentes tipos de
materiais que constituem o seu interior, de forma análoga ao que acontece a um raio de luz quando atravessa diferentes
meios.
Foi a partir do estudo do comportamento das ondas sísmicas que Mohorovicic (1857-1936), Gutenberg (1889-1960) e
Lehmann (1888-1993) identificaram as principais descontinuidades do interior da Terra, dividindo-a num conjunto de
camadas concêntricas.
A tomografia sísmica é um dos métodos, em sismologia, mais poderosos para cartografar a estrutura interna da Terra.
Os primeiros modelos tomográficos obtidos no final dos anos 70 deram uma das maiores provas de que a Terra é um
sistema dinâmico. A tomografia sísmica utiliza o tempo de percurso das ondas sísmicas, a velocidade ou os modos de
vibração da Terra. O objetivo é obter uma distribuição da velocidade das ondas sísmicas em função da profundidade. O
tratamento físico e matemático dos tempos de chegada, registados nas estações sísmicas instaladas sobre o globo
terrestre, permite a elaboração de modelos de velocidade das ondas sísmicas em função da profundidade. Estes
resultados podem, por sua vez, ser relacionados com parâmetros físicos dos materiais, tais como a temperatura e a
densidade.

Mateus, A. (Coord.). O interior da Terra: da crusta ao núcleo. Departamento de Geologia da FCUL, Lisboa.
Acessível em http://geologia.fc.ul.pt/ documents/140.pdf, consultado em fevereiro de 2012.

1. As afirmações que se seguem dizem respeito ao estudo da estrutura interna da Terra.


Seleciona a única opção que as avalia corretamente.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

1 – Os cientistas estudam as camadas abaixo da crosta terreste por observação direta.


2 – Os métodos indiretos são os mais usados para estudar o interior da Terra.
3 – A Geofísica é uma área científica que usa métodos indiretos para estudar a Terra.
4 – A tomografia sísmica é um método direto de estudo da estrutura interna da Terra.

(A) as afirmações 3 e 4 são falsas e as afirmações 1 e 2 são verdadeiras.


(B) a afirmação 1 é falsa e as restantes são verdadeiras.
(C) as afirmações 2 e 3 são verdadeiras e as afirmações 1 e 4 são falsas.
(D) as afirmações 1 e 4 são verdadeiras e as afirmações 2 e 3 são falsas.

Biologia e Geologia 10ºano – 1 de 6


Na resposta a cada um dos itens de 2 a 5, seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

2. Um dos principais contributos para o estudo da estrutura interna da Terra é dado…


(A) pelas sondagens.
(B) pela sismologia.
(C) pelas perfurações.
(D) pelo vulcanismo.

3. Sempre que ocorre um sismo dá-se a libertação de grande quantidade de energia que
se propaga na Terra sob a forma de…
(A) ondas sonoras.
(B) raios luminosos.
(C) lava e piroclastos.
(D) ondas sísmicas.

4. A tomografia sísmica utiliza…


(A) a velocidade e o tempo de percurso das ondas sísmicas.
(B) o tempo de perfuração das brocas nos furos de sondagem geológica.
(C) o tempo de percurso e a velocidade das ondas luminosas.
(D) a energia libertada pelas ondas do mar.

5. Mohorovicic, Gutenberg e Lehmann, dividiram o interior da Terra num conjunto de camadas concêntricas no início e
meados do século…
(A) XVIII.
(B) XIX.
(C) XXI.
(D) XX.

6. Identifica, de acordo com os dados fornecidos, o método de estudo da estrutura interna da Terra referido no texto.

7. Identifica, dos métodos de estudo da estrutura interna da Terra, aquele em que são usados os dados dos furos de
investigação.

Biologia e Geologia 10ºano – 2 de 6


8. Faz corresponder cada um dos elementos relativos ao estudo da estrutura interna da Terra, expressos na coluna A, à
respetiva designação, que consta da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, as letras e os números correspondentes.
Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez.

Coluna A Coluna B

(a) Compara a Terra a um íman gigantesco.


(1) Explorações mineiras
(b) Permitem recolher tarolos que dão informações sobre a (2) Vulcanismo
constituição das rochas.
(3) Geomagnetismo
(c) Surgem à superfície por levantamentos tectónicos. (4) Gravimetria
(5) Sondagens geológicas
(d) Estuda a variação da temperatura no interior da Terra.
(6) Sismologia
(e) Mede a atração que a Terra exerce sobre os
(7) Afloramentos rochosos
corpos.
(8) Astrogeologia
(9) Geotermometria

9. Faz corresponder cada um dos métodos de estudo da estrutura interna da Terra, expressos na coluna A, a respetiva
classificação, que consta da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, as letras e os números correspondentes.

Coluna A Coluna B

(1) Método direto de estudo da


(a) Explorações mineiras
estrutura interna da Terra
(b) Vulcanismo
(2) Método indireto de estudo da
(c) Geomagnetismo
estrutura interna da Terra
(d) Gravimetria
(e) Sondagens geológicas
(f) Sismologia
(g) Afloramentos rochosos
(h) Astrogeologia

10. Explica de que forma a Astrogeologia pode contribuir para o melhor conhecimento da estrutura interna da Terra.

Biologia e Geologia 10ºano – 3 de 6


Grupo II

Modelos propostos para a estrutura interna da Terra

A imaginação dos antigos, no que diz respeito ao interior da Terra, não os conduzia muito mais longe do que as grutas
e as catacumbas. Lucrécio (século I a. C.) persuadia os leitores de De rerum natura que «a Terra é, nas suas profundezas
como à superfície, em todo o lado cheia de cavernas onde sopram os ventos». A ideia de uma Terra oca foi também
explorada pelos autores de viagens imaginárias, porque como poderiam eles visitar as entranhas da Terra a menos que
nelas houvesse espaço? Um pouco mais tarde o Pai da Igreja Tertuliana (150-222) afirmava que o lugar tenebroso situado
nas profundezas da Terra era povoado por todos os mortos. No século XIII afirmou-se a ideia de que o fogo infernal tem a
sua sede nas regiões centrais da Terra que se manteve até ao início do século XIX. Os avanços científicos e tecnológicos,
principalmente no âmbito da sismologia, permitiram que atualmente sejam considerados dois modelos da estrutura da
Terra baseados em critérios diferentes: o modelo geoquímico, baseado na composição química dos materiais e o modelo
físico, baseado nas propriedades físicas dos materiais.
Jean-Paul Poirier, O núcleo da Terra. Biblioteca básica de ciência e cultura.

1. Ordena as letras de A a D, de modo a reconstituir, parcialmente, a evolução do modelo da Terra ao longo dos tempos.
Inicia a ordenação pela letra A.

(A) modelo da Terra oca.


(B) modelo físico e geoquímico da Terra.
(C) modelo da Terra povoado por todos os mortos.
(D) modelo da Terra com um fogo central perpétuo.

Na resposta ao cada um dos itens 2 e 3, seleciona a única opção que permite obter uma afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

2. Para os homens de Ciência do século XVII…


(A) a Terra era oca e cheia de cavernas onde sopravam os ventos.
(B) como Lucrécio, a Terra tinha um fogo central perpétuo.
(C) existia um fogo infernal nas entranhas da Terra.
(D) a Terra tinha camadas com composição química e propriedades físicas diferentes.

3. O modelo geoquímico e o modelo físico da Terra…


(A) resultam principalmente de dados sismológicos.
(B) devem-se aos avanços científicos e tecnológicos no âmbito da meteorologia.
(C) foram construídos principalmente por paleontólogos.
(D) resultam do estudo dos homens da Ciência do século XIII.

Biologia e Geologia 10ºano – 4 de 6


4. Faz corresponder a cada um dos algarismos da figura 1 da coluna A, o nome de uma camada da estrutura
interna da Terra da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, os números e as letras correspondentes.
Utiliza cada número e cada letra apenas uma vez.

Coluna A Coluna B

(a) Litosfera
(b) Crosta
(c) Manto
(d) Astenosfera
(e) Núcleo externo
(f) Mesosfera
(g) Núcleo interno

Figura 1

Na resposta a cada um dos itens de 5 e 6, seleciona a única opção que permite obter uma afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

5. A figura 1 representa…
(A) o modelo da estrutura interna da Terra baseado na composição física dos materiais.
(B) a Terra constituída por camadas concêntricas quimicamente diferentes.
(C) as camadas da estrutura interna da Terra de acordo com a sua idade de formação.
(D) o atual modelo físico proposto pelos geólogos para o interior da Terra.

6. No modelo da figura 1…
(A) a mesosfera é rica em ferro e níquel.
(B) a crosta oceânica é formada essencialmente por granitos.
(C) o núcleo é constituído essencialmente por ferro e níquel.
(D) a astenosfera é rica em rochas graníticas.

7. O cientista croata Andrija Mohorovicic (1857-1936) deu um importante contributo para o conhecimento da estrutura
interna da Terra.
Explica o contributo do cientista.

Biologia e Geologia 10ºano – 5 de 6


8. Faz corresponder a cada um dos algarismos da figura 2 da coluna A, o nome de uma camada da estrutura interna da
Terra da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, os números e as letras correspondentes.
Utiliza cada número e cada letra apenas uma vez.

Coluna A Coluna B

(a) Litosfera
(b) Crosta
(c) Manto
(d) Astenosfera
(e) Núcleo externo
(f) Mesosfera
(g) Núcleo interno

Figura 2

Na resposta a cada um dos itens de 9 e 10, seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

9. A figura 2 representa…
(A) o modelo da estrutura interna da Terra baseado na composição física dos materiais.
(B) a Terra constituída por camadas concêntricas quimicamente diferentes.
(C) as camadas da estrutura interna da Terra de acordo com as suas propriedades físicas.
(D) o atual modelo geoquímico proposto pelos geólogos para o interior da Terra.

10. No modelo da figura 2…


(A) a litosfera é rica em magnésio e ferro.
(B) o manto forma uma camada líquida entre a astenosfera e o núcleo.
(C) a litosfera é constituída essencialmente por ferro e níquel.
(D) o núcleo interno é sólido e o núcleo externo é líquido.

11. Identifica a camada da Terra onde se localiza a placa Euroasiática.

12. Refere duas limitações dos modelos científicos da estrutura interna da Terra.

Biologia e Geologia 10ºano – 6 de 6