Вы находитесь на странице: 1из 38

Segunda-feira, 22 de Junho de 2015 III SÉRIE —

­ Número 49

SUPLEMENTO
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. possíveis cujo acto de constituição e os estatutos da mesma cumprem
o escopo e os requisitos por lei, nada obstando o seu reconhecimento.
Nestes termos, ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 5 da Lei
AVISO
n.º 8/91, de 18 de Julho conjugado com o artigo 1 do Decreto n.º 21/91,
A matéria a publicar no «Boletim da República» deve ser remetida em cópia de 3 de Outubro, vai reconhecida como pessoa Jurídica a Associação
devidamente autenticada, uma por cada assunto, donde conste, além das indicações dos Moradores de Urbanização – AMBUR.
necessárias para esse efeito, o averbamento seguinte, assinado e autenticado: Para Ministério do Justiça, em Maputo, aos 9 de Janeiro de 2014. – Ministra
publicação no «Boletim da República». da Justiça, Maria Benvinda Delfina Levi.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DESPACHO

Nos termos do artigo 362 do Código do Registo Civil, é concedida


DESPACHO
autorização ao senhor Libério José Langa, a efectuar a mudança do nome
Um grupo de cidadãos requereu à Ministra da Justiça o reconhecimento da sua filha menor Kimberly Libério Langa, para passar a usar o nome
da Associação dos Moradores do Bairro de Urbanização – AMBUR, completo de Yang Libério Langa.
como pessoa jurídica, juntando ao pedido os estatutos da constituição. Direcção Nacional dos Registos e Notariado em Maputo, aos 18
Apreciado os documentos entregues, verifica-se que se trata de de Março de 2015. — O Director Nacional Adjunto, Danilo Momade Bay.
uma associação que prossegue fins lícitos, determinados e legalmente (2.ª Via, publicado no Br n.º 27 Suplemento)

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Supermercado Triunfo, de Maputo, residente no Bairro de Laulane, Dois) Por deliberações dos sócios, reunidos
quarteirão cinquenta e nove, casa número em assembleia geral, poderá transferir a sua
Limitada cinquenta e sete, cidade de Maputo. sede, bem como abrir e encerrar delegações,
Certifico, para efeitos de publicação, que É celebrado o presente contrato de sociedade sucursais, agências ou quaisquer outras
no dia oito de Maio de dois mil e quinze, foi que será regido pelas disposições constantes dos formas de representação onde e quando achar
matriculada na Conservatória do Registo de artigos seguintes: conveniente.
Entidades Legais sob NUEL 100617102 uma ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO PRIMEIRO
entidade denominada, Supermercado Triunfo, (Duração)
Limitada, entre: (Denominação social)
A sociedade é constituída por tempo
Artur Manuel, solteiro, de nacionalidade A sociedade adopta a denominação indeterminado, contando-se o seu início a partir
moçambicana, portador de Bilhete de de Supermercado Triunfo, Limitada, uma da data da celebração do contrato.
Identidade n.º 110101474763B, emitido pelo sociedade por quotas de responsabilidade
Arquivo de Identificação Civil de Maputo limitada, regendo-se pelo presente contrato ARTIGO QUARTO
aos quinze de Setembro de dois mil e onze, de sociedade e demais legislação em vigor (Objecto social)
natural de Maputo, residente no bairro e aplicável na República de Moçambique.
Chamanculo, quarteirão cinco, casa número Um) A sociedade tem como objecto social
seis cidade de Maputo; e ARTIGO SEGUNDO a comercialização de produtos alimentares,
Latifo Alfredo, solteiro, de nacionalidade higiene, e outros afins.
(Sede)
moçambicana, portador de Bilhete de Dois) Por deliberação da assembleia geral,
Identidade n.º 11010016321I, emitido pelo Um) A sociedade tem a sua sede na cidade de a sociedade poderá exercer outra actividade
Arquivo de Identificação Civil de Maputo Maputo, Bairro do Triunfo, Rua do Embondeiro, conexa subsidiária da principal, desde que
aos, onze de Março de dois mil e dez, natural número catorze, cidade de Maputo. obtidas as devidas autorizações.
1830 — (2) III SÉRIE — NÚMERO 49

CAPÍTULO II ARTIGO OITAVO quando nomeados de acordo com os estatutos,


não podendo nenhum dos sócios, por si ou como
Do capital social, quotas, aumento (Amortização de quota)
mandatário, votar em assuntos que lhe digam
e redução do capital social
Um) A sociedade poderá amortizar as quotas directamente respeito.
ARTIGO QUINTO dos sócios nos seguintes casos:
a) Com conhecimento do titular da quota; ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
(Capital social)
b) Quando a quota tiver sido arrolada, (Votação)
O capital social, subscrito e integralmente penhorada, arrestada ou sujeita
realizado, em dinheiro é de cinquenta mil a providência jurídica ou legal de Um) A assembleia geral considera-se
meticais, correspondente à soma de duas quotas, regularmente constituída para deliberação,
qualquer sócio;
nomeadamente: quando, em primeira convocação, estejam
c) No caso de falência ou insolvência
presentes ou devidamente representados
a) Vinte e cinco mil meticais, do sócio.
cinquenta e um por cento do capital social e, em
correspondentes a cinquenta Dois) As amortizações serão feitas pelo segunda convocação, seja qual for o número de
por cento, pertencente ao sócio valor nominal com a correcção resultante da sócios presentes e independentemente do capital
Artur Manuel, titular do NUIT desvalorização da moeda. que representam.
100015943; Dois) As deliberações da assembleia geral
b) Vinte e cinco mil meticais, corresponde CAPÍTULO III serão tomadas por maioria simples dos votos
a cinquenta por cento, pertencente presentes ou representados, excepto nos casos
Secção I
ao sócio Latifo Alfredo, titular em que a lei e os estatutos exijam a maioria
do NUIT 118678273. Dos órgãos sociais
qualificada.
ARTIGO NONO Três) A cada quota corresponderá um voto
ARTIGO SEXTO por cada duzentos e cinquenta meticais do
(Aumento e redução do capital social) (Órgãos sociais) capital respectivo.

Um) O capital social pode ser aumentado A sociedade tem os seguintes órgãos sociais: Secção II
uma ou mais vezes mediante deliberação a) Assembleia geral dos sócios; Da administração, gerência e representação
da assembleia geral, alterando-se em qualquer b) A administração e a gerência.
dos casos o pacto social, para o que se observarão ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
as formalidades legais. ARTIGO DÉCIMO
Dois) Deliberada qualquer variação Um) A administração e gerência da socie-
(Assembleia geral) dade, bem como a sua representação em juízo
do capital social, o montante do aumento ou
diminuição será rateada pelos sócios existentes, Um) A assembleia geral é o órgão supremo e fora dela, activa ou passivamente, será
na proporção das suas quotas, compete da sociedade e as deliberações, quando exercido pelo sócio Artur Manuel.
à assembleia geral, deliberar como e em que legalmente tomadas, são obrigatórias tanto Dois) A sociedade fica obrigada em seus
prazo deverá ser feito o seu pagamento, quando para a sociedade como para os sócios. actos e contratos pela assinatura de dois sócios.
o respectivo capital não seja logo inteiramente Dois) As reuniões da assembleia geral Três) O gerente poderá delegar todos ou
realizado, salvo quanto à percentagem realizam-se, de preferência, na sede da sociedade parte dos seus poderes de gerência a pessoas
correspondente a cinquenta por cento do seu e a sua convocação será feita por um dos sócios estranhas à sociedade desde que outorguem as
valor, que os sócios realizarão inteiramente. ou pelo gerente por nomeado nos termos dos respectivas procurações, a esse respeito, com
Três) Nos casos de aumento de capital social todos os possíveis limites de competências.
presentes estatutos, por meio de carta, com
em vez do rateio estabelecido no parágrafo Quatro) A gerente não poderá obrigar
aviso de recepção expedida com antecedência
anterior, poderá a sociedade deliberar em a sociedade em actos e contratos que não digam
de trinta dias, dando-se a conhecer a ordem
assembleia geral a constituição de novas quotas respeito aos objectos sociais, nomeadamente,
de trabalho e após enviados documentos
até ao limite do capital, oferecendo aos sócios letras de favor, fianças e abonações.
necessários à tomada de deliberação quando
existentes a preferência na sua aquisição ou seja o caso. CAPÍTULO IV
admitindo novos sócios a quem serão atribuídas Três) As assembleias gerais são presididas
as respectivas quotas. pelo sócio designado pela assembleia geral ou Das disposições gerais e finais
por qualquer representante seu e, em caso de ARTIGO DÉCIMO QUARTO
ARTIGO SÉTIMO ausência do sócio designado, o presidente da
assembleia geral será nomeado ad-hoc pelos (Balanço e prestação de contas)
(Cessão e divisão de quotas)
sócios representantes. Um) O exercício económico coincide com
Um) A divisão e cessão de quotas Quatro) Para os efeitos do número anterior o ano civil.
a sócios ou terceiros à sociedade dependerá fica, desde já, designado o sócio Artur Manuel Dois) O balanço e contas de resultados serão
do consentimento desta. Cinco) A assembleia geral reúne- fechados a trinta e um de Dezembro de cada ano
Dois) O sócio que pretende transmitir a sua -se ordinariamente, uma vez por ano, para e carecem da aprovação da assembleia geral.
quota ou parte desta, deverá enviar à sociedade, apreciação do balanço e contas do exercício Três) A gerência apresentam à aprovação
por escrito, o pedido de consentimento, e, extraordinariamente, quando convocada por da assembleia geral o balanço de contas de
indicando a identidade do adquirente, o preço qualquer dos sócios, sempre que for necessário, ganhos e perdas acompanhado de um relatório
e as condições ajustadas para a transmissão. por simples carta ou aviso, com antecedência fundamentado da causa de lucros ou perdas
Três) A sociedade deverá pronunciar- mínima de quinze dias. e proposta da sua aplicação.
-se sobre o pedido de consentimento para
a transmissão no máximo de trinta dias, a contar ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO DÉCIMO QUINTO
da data da recepção do mesmo, entendendo-se
(Representação dos sócios) (Aplicação de resultados)
que a sociedade consente na transmissão se não
se pronunciar nesse prazo. Os sócios podem fazer-se representar na Um) Dos lucros líquidos apurados em cada
Quatro) Os sócios gozam de preferência assembleia geral, por outros sócios, mediante balanço, será deduzida a percentagem de cinco
sobre a transmissão total ou parcial de quotas, poderes conferidos por procuração, carta, por cento de reserva legal e feitas quaisquer
na proporção das suas respectivas quotas. telegrama ou pelos seus legais representantes, deduções de que a sociedade acorde.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (3)

Dois) A parte restante dos lucros será Zimpetrol, Limitada automática, acessórios para viaturas
distribuída pelos sócios, na proporção das suas ligeiras e pesadas, pneus, baterias,
quotas ou nos termos que forem aprovados pela Certifico, para efeitos de publicação, que no ferramentas, para mecánica de
assembleia geral. dia vinte e três de Março de dois mil e quinze, viaturas;
foi matriculada na Conservatória de Registo de b) Aluguer e venda de equipamentos
ARTIGO DÉCIMO SEXTO Entiddes Legais sob o NUEL 100597489 uma e importação e venda de viaturas
(Exclusão) sociedade denominada Zimpetrol, Limitada. usadas;
É celebrado o presente contrato de sociedade, c) Aquisição ou gestão de participações
Um) A exclusão de um dos sócios verificar- nos termos do artigo noventa do Código sociais, sob qualquer forma, em
-se-á nos seguintes termos: Comercial, entre: sociedades comerciais, industriais
a) Quando o sócio for condenado por Primeiro. Francisco Paulo de Oliveira, ou de prestação de serviços,
crime doloso; casado maior, natural da Micaúne-Chinde constituídas ou a constituir, em
b) Quando o sócio pratique actos dolosos residente no Condomínio Camejo, casa número qualquer parte do território nacional
à sociedade; quatro, Tchumene Matola, portador de Bilhete ou no estrangeiro;
c) Quando o sócio entre em conflito de Identificação n.º 110102255336 emitido aos d) Desenvolvimento de quaisquer
com outros sócios de tal modo que vinte e dois de Novembro de dois mil e dez, na outras actividades conêxas,
prejudique o normal funcionamento Cidade de Maputo. complementares ou subsidiárias
da sociedade. Segundo. Ana Lisete Madeleine de Oliveira, do seu objecto social, desde
Dois) A quota do sócio excluído seguirá casada maior, natural de Xinavane, residente que devidamente autorizada
os mesmos trâmites da amortização de quotas. no Condomínio Camejo, casa número quatro, pela assembleia geral e demais
Tchumene Matola, portador do Bilhete de legislação.
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO Identidade n.º 110100292401 F emitido emitido
(Dissolução e liquidação da sociedade) aos nove de Abril de dois mil e dez, na Cidade ARTIGO QUARTO
de Maputo.
Um) A sociedade somente se dissolve nos Capital social
Terceiro. Paulo Sidney Madeleine de
termos fixados na lei.
Oliveira, solteiro maior, natural da Maputo, Um) O capita social é de dez mil meticais,
Dois) Declarada a dissolução, gozam os
residente no Condomínio Camejo, casa número integralmente subscrito e realizado em cem
liquidatários nomeados pela assembleia geral,
quatro, Tchumene Matola, portador de Bilhete por cento à data da constituição da sociedade,
dos mais amplos poderes para o efeito.
de Identificação n.º 110100152640 emitido aos correspondente à de acções:
Três) Dissolvendo-se por acordo dos sócios,
nove de Abril de dois mil e dez, na Cidade de a) Francisco Paulode Oliveira, três mil
todos eles serão seus liquidatários.
Maputo. meticais, correspondente a trinta
ARTIGO DÉCIMO OITAVO Quarto. Luisa Patricía Madeleine de por cento do capital social;
Oliveira, solteira, maior, natural de Maputo, b) Ana Lisete Madeleine de Oliveira,
(Casos fortuitos) residente no Condomínio Camejo, casa número três mil meticais, correspondente
Em caso de morte, interdição ou inabilidade quatro, Tchumene Matola, portador de Bilhete a trinta por cento do capital social;
de um dos sócios, a sociedade não se dissolve, de Identificação n.º 110102263282 N emitido c) Paulo Sidney Madeleine de Oliveira,
continuando com os sócios sobrevivo e aos quinze de Abril de dois mil e onze, na cidade dois mil meticais, correspondente
herdeiros do sócio falecido, incapacitado ou de Maputo. a vinte por cento do capital social.
interdito enquanto a quota deste continuar d) Luisa Patrícia Madeleine de Oliveira,
indivisa. ARTIGO PRIMEIRO
dois mil meticais, correspondente
Denominação e sede a vinte por cento do capital social.
ARTIGO DÉCIMO NONO
A sociedade adopta a denominação Dois) Não haverá prestações suplementares,
(Resolução de litígios) porém os sócios poderão fazer à sociedade os
de Zimpetrol, Limitada, com sede na cidade
Um) Surgindo divergência entre a sociedade suprimentos de que esta carecer, nos termos em
de Maputo, Rua de Kassuende número vinte
e um ou mais sócios, não podem estes recorrer que a assembleia geral deliberar.
e dois, podendo por deliberação da assembleia
à instância judicial sem que previamente o Três) O capital social poderá ser ampliado
geral, mudar a sua ede social para qualquer outro
assunto tenha sido submetido à deliberação da ou reduzido com ou sem entrada de novos
local dentro do país, abrir ou encerrar filiais, sócios, mediante a deliberação da assembleia
assembleia geral.
sucursais, delegações, agências ou outra forma geral.
Dois) Igual procedimento será adoptado
antes de qualquer sócio requerer liquidação de representação social, dentro do território
judicial. nacional ou no estrangeiro. ARTIGO QUINTO
Três) Para tentativa de resolução de qualquer Cessão de quotas
ARTIGO SEGUNDO
litígio dar-se-á privilégio à resolução amistosa
ou arbitral. Duração Um) A cessão total ou parcial é, livre entre
Quatro) Na eventualidade de prevalência os sócios. A cessão de quotas no todo ou em
do litígio, é competente o Tribunal Judicial da A sociedade é constituída por tempo parte a terceiros, depende do consentimento
Cidade de Maputo, para apreciação do litígio, indeterminado, contando-se o seu início a partir da sociedade, gozando esta do direito de
com exclusão de qualquer outro. da data da sua constituição. preferência na sua aquisição.
Dois) No caso da sociedade não exercer
ARTIGO VIGÉSIMO ARTIGO TERCEIRO o direito de preferências, este passará a per-
Objecto social tencer a cada um dos sócios e, querendo exercer
(Disposição final)
mais do que um, a quota será dividida pelos
Tudo o que ficou omisso será regulado A sociedade tem por objectivo principal interessados na proporção das respectivas
e resolvido de acordo com a lei e demais o exercício das seguintes actividades: quotas.
legislação aplicável. a) Venda de combustíveis e seus derivados, Três) Na aquisição de quotas gozam do
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. loja de conveniência para venda de direito de preferência a sociedade, em primeiro
– O Técnico, Ilegível. óleos de motor, travões, caixa lugar, e os Sócios em segundo lugar.
1830 — (4) III SÉRIE — NÚMERO 49

Quatro) O consentimento da sociedade, ARTIGO NONO b) Ismail Janmahomed Abdul Magid,


é pedido e dado por escrito, com indicação de com vinte milhões de meticais;
Dissolução da sociedade
cessionário e de todas as condições da divisão c) Mahomed Hussen Abdul Magid,
ou cessão. Se a sociedade não deliberar sobre Um) A sociedade só se dissolve nos casos com dez milhões de meticais.
o pedido de consentimento nos trinta dias fixados na lei. Que em tudo o mais não alterado por esta
seguintes à sua recepção, a divisão ou cessão Dois) Declarada a dissolução da sociedade escritura continuam em vigor as disposições do
passa a ser inteiramente livre. proceder-se-á a sua liquidação, gozando os pacto social anterior.
liquidatários nomeados pela assembleia geral
ARTIGO SEXTO dos mais amplos poderes para o efeito. Está conforme.
Administração e gerência Três) Dissolvendo-se por acordo do sócios, Maputo, nove de Junho de dois mil e quinze.
todos eles serão liquidatários. Concluída a — A Conservadora, Ilegível.
Um) A admnistração e gerência da sociedade, liquidação e pagos os encargos, o produto
serão exercidas por uma direcção nomeada em liquido é repartido pelos Sócios na proporção
assembleia geral, que fixará o número dos seus da suas quotas.
componentes e sua remuneração. Kapicua-Livros e Multimédia,
Dois) O conselho de admnistração poderá ARTIGO DÉCIMO Limitada
designar de entre os seus membros um director
Disposições finais
executivo a quem competirá a gestão corrente Certifico, para efeitos de publicação, que por
da sociedade, delegando-lhe os poderes que Um) Em caso de litígio entre a sociedade escritura pública de três de Dezembro de dois
entender necessários e convenientes, o qual lhe e um ou mais sócios, ou quando qualquer mil e catorze, lavrada de folha quarenta e oito
prestará trimestralmente contas. sócio requeira liquidação Judicial, o assunto a folhas cinquenta e uma do livro de notas para
Três) Para obrigar a sociedade bastarão duas deverá ser submetido a assembleia geral para escrituras diversas número quatrocentos e trinta
as assinaturas, sendo da sócia majoritária e de apreciação, antes da sua submissão à Instância e duas traço A, do Quarto Cartório Notarial de
um dos sócios. Jurídica. Maputo, perante Batça Banu Amade Mussa,
Quatro) A sociedade poderá nomear gerentes Dois) Em tudo quanto fica omisso, regularão licenciada em Direito, técnica superior dos
cujos os poderes serão os constantes do seus as disposições da lei. registos e notariado N1 e notária em exercício
mandatos. Está conforme. no referido cartório, procedeu-se na sociedade
Cinco) Os gerentes nomeados podem ser em epígrafe, aumento do capital, divisão, cessão
Maputo, doze de Junho de dois mil
pessoas estranhas a sociedade e são dispensados de quotas e alteração parcial em que os sócios
e quinze. — O Técnico, Ilegível.
de caução e fica-lhes vedado obrigar a sociedade elevam o capital social de um milhão e duzentos
em actos e documentos alheios aos negócios mil meticais para três milhões e duzentos e vinte
sociais. mil, quatrocentos e noventa e seis meticais
Grupo Mossani, Limitada e setenta e oito centavos, tendo se verificado
ARTIGO SÉTIMO um aumento de dois milhões e vinte mil,
Certifico, para efeitos de publicação, que por
Assembleia geral escritura de cinco de Março de mil novecentos quatrocentos e noventa e seis meticais e setenta e
e noventa e seis, lavrada de folhas cinco e oito centavos este aumento é feito na proporção
Um) A assembleia geral reunirá anualmente,
seguintes do livro de notas para escrituras das quotas dos sócios. E sócia Kapicua-Livros
em sessão ordinárianos primeiros três meses
diversas numero cento e setenta e oito traço e Multimédia, Limitada, com uma quota no
para apreciação, aprovação e/ou modificação do
B do Segundo Cartório Notarial de Maputo, valor nominal de oitocentos e cinco mil, cento e
balanço do exercício e deliberar sobre qualquer
perante Carolina Vitória Manganhela, notaria vinte e quatro meticais e vinte centavos, divide a
outro assunto de interesse social e, em sessão
do referido cartório, se procedeu na sociedade sua quota em três novas quotas desiguais, sendo
extraordinária, sempre que necessário.
em epigrafe a cedência de quota, entrada de uma quota no valor nominal de quatrocentos e
Dois) Salvo o casos em que a lei exija
novo sócio e bem como a alteração parcial do noventa e um mil, cento e vinte e cinco meticais
expressamente outra forma, as assembleias
pacto social, com o capital social de cinquenta e setenta e sete centavos que cede a favor do
gerais, serão convocadas por meio de
milhões de meticais, integralmente subscrito e sócio José Armando Vidal Capão, outra quota
cartas registadas dirigidads aos sócios com
realizado em dinheiro, encontra-se dividido em no valor duzentos e nove mil, trezentos e trinta e
antecedência mínima de trinta dias, podendo
três quotas. De acordo com as deliberações da dois meticais e vinte e nove centavos que cede a
reunir-se na sede ou em qualquer outro lugar
assembleia geral, a sócia Jebernissa Ahmed cede favor do sócio Pedro António Jamisse Massunda
indicado na convocatória.
a sua quota no seu valor nominal ao novo sócio e sendo a última quota no valor nominal de
ARTIGO OITAVO Ismail Jaumahomed Abdul Magid, com todos os cento e quatro mil, seiscentos e sessenta e seis
direitos e obrigações a ela inerente e aparta-se meticais e catorze centavos que cede a favor
Balanço e prestação de contas e aplicação da sócia Maria Cecília Pereira. O sócio José
de resultados
da sociedade, alterando por conseguinte o artigo
quinto do pacto social anterior que passa a ter a Armando Vidal Capão por sua vez unifica a
Um) O ano social coincide com o ano civil. seguinte nova redacção: quota cedida de quatrocentos e noventa e um
Dois) O balanço e as contas do resultado de ..................................................................... mil, cento e vinte e cinco meticais e setenta e
cada exercício serão encerrados com referência sete centavos, à quota primitiva que detinha na
a trinta e um de Dezembro e carecem da ARTIGO QUINTO sociedade de um milhão cento e vinte e sete
aprovação da assembleia geral que para o efeito, mil, cento e setenta e três meticais e oitenta
(Capital social)
deve reunir-se até a trinta e um de Março do e seis centavos, perfazendo uma quota única
ano seguinte. O capital social, integralmente no valor de um milhão seiscentos e dezoito
Três) A assembleia geral deliberará ouvida a subscrito e realizado em dinheiro e de mil, duzentos e noventa e nove meticais e
gerência sobre a aplicacão dos lucros apurados cinquenta mil meticais, dividido em três sessenta e três centavos, o sócio Pedro António
depois de deduzidos do impostos e feitas outras quotas da seguinte forma: Jamisse Massunda por sua vez unifica a quota
deduções legais e as que a assembleia geral a) Abdul Magid Mahomed Hussen, cedida de duzentos e nove mil, trezentos e
deliberar. com vinte milhões de meticais; trinta e dois meticais e vinte e nove centavos,
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (5)

à quota primitiva que detinha na sociedade de e Entidades Legais sob o NUEL 100617951 b) Sócio: Sikandar Abdul Rupani, com
quatrocentos e oitenta e três, setenta e quatro uma sociedade denominada Restaurante Emli o valor nominal de quinhentos
mil e cinquenta e dois centavos, perfazendo uma Chilly, Limitada. mil meticais, correspondente a
quota única no valor de seiscentos e noventa e É celebrado o presente contrato de sociedade, cinquenta porcento do capital
dois mil, quatrocentos e seis meticais e oitenta nos termos do artigo noventa do Código social.
e um centavos. E a sócia Maria Cecília Pereira Comercial.
por sua vez unifica a quota cedida de cento e ARTIGO QUARTO
Entre:
quatro mil, seiscentos e sessenta e seis meticais (Divisão e cessão de quotas)
e catorze centavos, à quota primitiva que Primeiro. Amin Abdul Rupani, casado, de
detinha na sociedade de noventa mil meticais, nacionalidade indiana, residente Cidade de Sem prejuízos das disposições legais em
perfazendo uma quota única no valor de Maputo portador de DIRE n.º 03IN00064082 vigor a cessão ou alienação total ou parcial de
trezentos e quarenta e seis, duzentos e três mil emitido pelos Serviços Nacionais de Migração, quotas deverá ser do consentimento dos sócios
e quarenta centavos. aos catorze de Outubro de dois mil e catorze. gozando estes do direito de preferência.
Que, em consequência do aumento do capital Segundo. Sikandar Abdul Rupani, casado, Se nem a sociedade, nem os sócios
social e divisão cessão das quotas é alterado o de nacionalidade indiana, natural de Una- mostrarem interesse pela quota cedente,
artigo quarto dos estatutos, que passa a ter a Junagadh-India, residente, Cidade de Maputo decidirá a sua alienação a quem e pelos preços
seguinte nova redacção: portador de DIRE n.º 01IN00006609 emitido que melhor entender, gozando o novo sócio dos
....................................................................... pelos Serviços Nacionais de Migração, aos sete direitos correspondentes a sua participação na
de Março de dois mil e treze. sociedade.
ARTIGO QUARTO
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO QUINTO
Capital social
(Denominação e sede) (Administração)
O capital social, integralmente
subscrito e realizado em dinheiro é de A sociedade adapta a denominarão de A administração e gestão da sociedade e a
três milhões e duzentos e vinte mil, Restaurante Emli Chilly, Limitada, tem a sua sua representação em juízo e fora dele, activa
quatrocentos e noventa e seis meticais e e passivamente, passam desde já a cargo do
sede na Avenida Vinte e Quatro de Julho
setenta e oito centavos e corresponde à sócios que ficam designados administradores.
número novecentos e oitenta e sete, Bairro
soma de quatro quotas, assim distribuídas: O administrador tem plenos poderes para
Polana, Cidade do Maputo.
nomear mandatários à sociedade conferindo os
José Armando Vidal Capão detentor de uma
ARTIGO SEGUNDO necessários poderes de representação.
quota no valor nominal de um milhão
A sociedade ficará obrigada pela assinatura de
seiscentos e dezoito mil, duzentos e noventa (Duração) um administrador ou procurador especialmente
e nove meticais e sessenta e três centavos,
A sua duração será por tempo indeterminado constituído pela sociedade, nos termos e limites
correspondente a cinquenta vírgula vinte
contando o seu início a partir da data da sua específico do respectivo mandato.
e cinco por cento do capital social;
constituição. É vedado a um dos administrador ou
Isabelle Marie Ciret detentor de uma quota do
A sociedade tem por objecto: mandatário assinar em nome da sociedade
valor nominal de quinhentos e sessenta e três
quaisquer actos, contratos que digam respeito
mil, quinhentos e e oitenta e seis meticais e a) Restauração e turismo;
a negócios estranhos à mesma, tais como letras
noventa e quatro centavos, correspondente a b) Panificação, pastelaria e café; de favor, fianças, aválies ou abonação.
dezassete vírgula cinco por cento do capital c) Bar e comércio de bebidas; Os actos de mero expediente poderão ser
social; d) Comércio de produtos alimentares. individualmente assinado por empregados
Pedro António Jamisse Massunda detentor de
Aquisição de autorização de uso e da sociedade devidamente autorizado pelos
uma quota do valor nominal de seiscentos
aproveitamento de terras desde que autorizadas administradores.
e noventa e dois mil, quatrocentos e
pelas autoridades competentes.
seis meticais e oitenta e um centavos, ARTIGO SEXTO
A sociedade poderá adquirir participações
correspondente a vinte e um vírgula
financeiras em sociedade a constituir ou já (Assembleia geral)
cinquenta por cento do capital social.
constituídas, ainda tenham objecto social
Maria Cecília Pereira detentor de uma quota A assembleia geral reúne ­se ordinariamente
do valor nominal de trezentos e quarenta diferente do da sociedade.
uma vez por ano para apreciação e aprovação do
e seis, duzentos e três mil e quarenta A sociedade integralmente exercer­a
balanço e contas do exercício findo e repartição
centavos, correspondente a dez vírgula quaisquer outras actividades desde que para
dos lucros e perdas.
setenta e cinco por cento do capital social. o efeito estejam devidamente nos termos da
A assembleia geral poderá reunir-se
legislação em vigor.
Que em tudo o mais não alterado continuam extraordinariamente quantas vezes forem
a vigorar as disposições do pacto social anterior. ARTIGO TERCEIRO necessárias desde que as circunstancias assim
o exijam e deliberar sobre qualquer assuntos
Está conforme.
(Capital social) que digam respeito a sociedade.
Maputo, um de Abril de dois mil e quinze.
— O Técnico, Ilegível. O capital social e de um milhão de ARTIGO SÉTIMO
meticais, constituído por tres quotas desiguais
integralmente subscritas em dinheiro, dividido (Dissolução)

Restaurante Emli Chilly, da seguinte: Em caso de morte, ou inabilitação de


Limitada a) Sócio: Amin Abdul Rupani, com um dos sócios, os seus herdeiros assumem
o valor nominal de quinhentos automaticamente o lugar na sociedade como
Certifico, para efeitos de publicação, que mil meticais, correspondente a dispensa da caução, podendo nomear seus
no dia onze de Junho de dois mil e quinze, cinquenta porcento do capital representantes se assim o entenderem e que
foi matriculada na Conservatória de Registos social. obedeça o preceituado nos termos da lei.
1830 — (6) III SÉRIE — NÚMERO 49

ARTIGO OITAVO CAPÍTULO II Três) Havendo discordância quanto ao preço


das quotas a ceder será o mesmo afixado por
A sociedade só se dissolve nos termos Capital social
fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios avaliação de um ou mais peritos estranhos a
ARTIGO TERCEIRO sociedade, a nomear por consenso das partes
quando assim o entenderem.
(Capital social, quotas, aumento do capital interessadas.
ARTIGO NONO social) Quatro) Em caso de morte, incapacidade ou
Todos os casos omissos serão regulados interdição de um dos sócios, a sociedade não se
O capital social, integralmente subscrito e
pelos dispositivos legais disponíveis e em vigor dissolve, continuará com os sócios sobrevivo,
realizado, é de cento e cinquenta mil meticais,
na República de Moçambique. capazes ou representantes do sócio falecido
encontrando-se dividido em duas quotas iguais
ou incapaz.
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. distribuídas da seguinte forma:
— O Técnico, Ilegível. a) Uma quota no valor de setenta e cinco ARTIGO SEXTO
mil meticais, correspondente a
(Prestações suplementares)
cinquenta porcento do capital social
pertencente ao sócio Celestino Não serão exigidas prestações suplementares
Thinkvantage Moçambique,
Folostinho Mugumela; de capital, mas os sócio poderão fazer a
Limitada
b) Uma quota no valor de setenta e cinco sociedade os suprimentos de que carece.
Certifico, para efeitos de publicação, que mil meticais, correspondente a
por escritura de vinte nove de Maio de dois cinquenta porcento do capital CAPÍTULO III
mil e quinze, exarada de folhas cinquenta e social, pertencente ao sócio
ARTIGO SÉTIMO
quatro a folhas cinquenta e cinco do livro de Edmundo Rogério Ussene Almoço.
(Administração e gerência)
notas para escrituras diversas número cinquenta ARTIGO QUARTO
traço E, do Terceiro Cartório Notarial, perante Um) A gerência e representação da sociedade
Fátima Juma Achá Baronet, licenciada em (Aumento do capital) em juízo ou fora dele, activa e passivamente
Direito,conservadora e notária superior, em Um) O capital social pode ser aumentado fica ao cargo de um ou mais administradores
exercicio no referido cartório, foi constituída uma ou mais vezes por capitalização de todo nomeados pela assembleia geral.
uma sociedade comercial por quotas de ou por parte dos lucros ou das reservas para o Dois) Os administradores poderão auferir
responsabilidade limitada, que se regerá pelos que se observarão as formalidades legais. remunerações da sociedade mediante a
termos constantes dos artigos seguintes: Dois) A deliberação do aumento de capital deliberação da assembleia geral.
indicará se são criadas novas quotas o se é Três) Para obrigar a sociedade em todos
CAPÍTULO I aumenta o valor nominal das existentes. actos e contratos será necessário assinatura de
ARTIGO PRIMEIRO Três) Em caso do aumento do capital pelo menos dois dos sócios gerentes ou seus
caberá aos sócios o direito de preferência na mandatários; para expedir cartas e demais
(Denominação, sede e duração) subscrição, na proporção das suas quotas, correspondências avulsas bastara assinatura
repartindo-se na mesma proporção entre os
Um) A sociedade adopta a denominação de de um deles.
restantes, a parte correspondente ao direito de
Thinkvantage Moçambique, Limitada e tem Quatro) Por acordo dos sócios poderá
qualquer que não queira subscrever no todo ou
a sua sede na rua Brado Africano, 42, rés-do- no aumento do capital. a sociedade ou fazer-se representar por
chão, Maputo e durante o tempo indeterminado Quatro) A deliberação do aumento de capital um procurador, ou sociedade poderá para
a partir de hoje. que indica a entrada de novos sócios deverá ser determinados actos eleger mandatários.
Por deliberação da assembleia geral, a tomada em assembleia geral e deverá indicar Cinco) Cada sócio é livre de examinar os
sociedade poderá abrir delegações, filiais, com que valor estes entrem para a sociedade, o livros da sociedade com acto de fiscalização
sucursais ou qualquer outra forma de mesmo se aplicando, no capital social e outras do seu bom funcionamento.
representação social no país ou estrageiro. empresas.
Dois) A sociedade é constituída por tempo Cinco) Em qualquer caso de aumento de CAPÍTULO IV
indeterminado, contando-se o seu início a partir capital e de prestação de suprimentos e reservada
ARTIGO OITAVO
aos sócios fundadores uma participação social
da data da assinatura do contrato de sociedade.
maioritária. (Assembleia geral)
ARTIGO SEGUNDO Um) A assembleia geral é constituído por
ARTIGO QUINTO
(Objecto da sociedade) todos os sócios e reunira ordinariamente uma
(Cessão e divisão de quotas)
vez por ano, de preferência na sededa sociedade
A sociedade tem por objecto o exercício na Um) A sessão total ou parcial de quotas, quer para apreciação, aprovação e codificação
prestação de serviços em: entre sócios quer a favor de estranhos só poderá da balança e contas do exercício, destinto e
a) Informática e comunicação; efectuar-se com prévia e expressa autorização repartição dos lucros e perdas delibar sobre
b) Transporte; da assembleia geral e só produzirá afeitos a
quaisquer outros assuntos que tenha sido
c) Venda de equipamento hospitalar; partir da data de notificação da escritura.
convocado e extraordinariamente sempre que
Dois) Competirá a sociedade, em primeiro
d) Equipamento de escritório; for necessário.
lugar e depois a cada um dos sócios exercerem
e) Venda de inertes Dois) A assembleia geral serão convocados
o direito de opção na cessão, nesta caso pelo
f) Outras actividades conexas ou por meio de cartas registadas com aviso de
valor nominal da quota acrescida da parte
complementares desde que correspondente aos fundos de reservada recepção dirigida aos sócios com antecedência
assembleia geral assim delibere. existente a data do evento. mínima de trinta dias que poderá ser reduzida
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (7)

para quinze dias para assembleia extraordinária Jeca Comércio Dois) A sociedade poderá exercer outras
a convocatória deverá indicar o dia, hora e & Transportes, Limitada actividades conexas com o seu objecto principal
ordem de trabalho de reunião. e desde que para tal obtenha aprovação das
Três) A assembleia geral considera-se Certifico, para efeitos de publicação, que por entidades competentes.
regulamente constituída quando em primeiro deliberação de vinte e oito de Abril de dois mil Três) A sociedade poderá adquirir
convocação estiveram presente ou representados e quinze, da sociedade comercial Jeca Comércio participações financeiras em sociedade a
todos os sócios e em segundo convocação, seja & Transportes, Limitada, matriculada na constituir ou já constituídas, ainda que com
qual for o número de sócios presentes ou Conservatória do Registo das Entidades Legais, objecto diferente do da sociedade, assim como
representado um sócio-gerente. sob o número catorze mil cento e sessenta e associar-se com outras sociedades para a
Quatro) As actas, da assembleia geral devem cinco, a folhas cento e noventa, do livro C traço persecução de objectivos comerciais no âmbito
identificar os nomes dos sócios presentes ou trinta e quatro, tendo esta presente os sócios
ou não do seu objecto.
nela representados, as deliberações que forem António Menete, Abel António Menete, Jessica
tomadas, devem ser assinadas por todos sócios António Menete, Mendes Estacio António ARTIGO QUARTO
ou seus representantes legais que elas assinam. Menete, totalizando assim cem por cento do
capital social, deliberaram por unanimidade (Capital social)
CAPÍTULO VI pela dissolução da sociedade. O capital social, integralmente subscrito e a
ARTIGO NONO Conservatória do Registo das Entidades realizar, é de trinta mil meticais, correspondente
Legais em Maputo, vinte e dois de Maio de dois a uma quota única, do sócio, Hua Xiang Chen,
(Lucros e perdas)
mil e quinze. — O Técnico, Ilegível. equivalente a cem por cento do capital social.
Um) Anualmente serão apuradas nas
contas do balanço com data de trinta e um de ARTIGO QUINTO
Dezembro. (Prestações suplementares)
Dois) Os lucros que balança registar, Huadu Ktv — Sociedade
líquidos de todas despesas e encargos terão a Unipessoal, Limitada O sócio podera efectuar prestações
seguinte aplicação: suplementares de capital ou suprimetos
Certifico, para efeitos de publicação, que por a sociedade nas condições que forem
a) Para o fundo de reserva legal sempre
escritura de doze de Maio de dois mil e quinze, estabelecidas por lei.
que for necessário integrá-lo cinco lavrada de folhas sete a oito do livro de notas
por cento; para escrituras diversas número novencentos ARTIGO SEXTO
b) Para outras reservas seja resolvido, e vinte e seis traço B do Primeiro Cartório
criar, as quantias que se determinam Notarial de Maputo, perante mim Lubélia Ester (Administração e representação
em assembleia geral nos termos do Muiuane, licenciada em Direito, conservadora da sociedade)
artigo décimo primeiro deste pacto. e notária superior do referido cartório, foi
Um) A sociedade será administrada pelo
c) Para dividendo aos sócios na proporção constituída uma sociedade por quotas de
responsabilidade limitada que se regerá pelas sócio Hua Xiang Chen.
das suas quotas o remanescente.
cláusulas constantes nos artigos seguintes: Dois) O administrador terá todos os poderes
CAPÍTULO VI necessários a representação da sociedade, em
ARTIGO PRIMEIRO juízo e fora dele, bem como a administração dos
ARTIGO DÉCIMO negócios da sociedade, podendo designadamente
A sociedade adopta a denominação de
(Dissolução da sociedade) Huadu Ktv, Sociedade Unipessoal, Limitada abrir e movimentar as contas bancárias, aceitar,
, sendo criada por tempo indeterminado, sacar, endossar letras e livranças.
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e contando-se o seu início a partir da data da Três) A sociedade poderá ainda se fazer
termos da lei e pela resolução da maioria dos celebração do contrato de sociedade. representar por um procurador especialmente
sócios em assembleia geral e um uma vez
designado pela administração nos termos e
dissolvida são liquidatárias os sócios. ARTIGO SEGUNDO
limites especificados do respectivo mandato.
Dois) A sociedade não se dissolvem pela (Sede)
morte ou interdição de qualquer sócio e ARTIGO SÉTIMO
Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida
continuará com os restantes ou herdeiros dos
do Trabalho, número mil trezentos e setenta e (Balanço de contas)
sócios falecidos ou interditos salvo se estes cinco, na Cidade de Maputo.
preferirem afastar-se da sociedade. Neste caso Dois) Mediante simples decisão do sócio Um) O exercício social coincide com o
proceder-se-á o balanço e os herdeiros ou único, a sociedade poderá deslocar a sua sede ano civil.
representantes dos sócios falecidos ou interditos dentro do território nacional, cumprindo os Dois) O balanço e contas de resultados
receberão o que se apurar pertencer-lhes. necessários requisitos legais. fechar-se-ão com a data trinta e um dias de
Três) O socio unico poderá decidir a abertura Dezembro de cada ano.
CAPÍTULO VII de sucursais, filiais ou qualquer outra forma de
representação no país e noestrangeiro, desde ARTIGO OITAVO
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
que devidamente autorizada.
(Lucros)
(Disposições finais)
ARTIGO TERCEIRO
Dos lucros apurados em cada exercício
Em todo o omisso regularão as disposições
(Objecto) deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem
legais aplicáveis na República de Moçambique
Um) A empresa tem por objecto os serviços legalmente indicada para constituir a reserva
Está conforme. legal, enquanto não estiver realizada nos
de restauração, bar, discoteca, acomodação,
Maputo, dois de Junho de dois mil turismo, exploração de actividades de termos da lei ou sempre que seja necessário
e quinze. — A Notária, Ilegível. entretenimento e lazer. reintegrá-la.
1830 — (8) III SÉRIE — NÚMERO 49

ARTIGO NONO Dois) Por deliberação da Assembleia Geral, Administração, a personalidades


a sede da AMBUR pode ser transferida para singulares e/ou colectivas que tenha
(Dissolução)
qualquer outra parte do território nacional desde contribuído significativamente
A sociedade dissolve-se nos casos e nos que tal-se mostre necessário para a prossecução para financiamento de actividades
termos da lei. dos seus objectivos. conducentes ao cumprimento dos
objectivos da AMBUR.
ARTIGO DÉCIMO ARTIGO SEXTO
ARTIGO NONO
(Disposições finais) Objectivos
Direito dos membros
Em caso de morte ou interditação do único Um) A AMBUR tem como objectivo:
sócio, a sociedade continuará com os herdeiros a) Aliviar a pobreza, miséria e sofrimento São direitos dos membros:
ou representantes do falecido ou interdito, dos associados: a) Participar nas actividades promovidas
os quais nomearão entre si um que a todos e organizadas pela AMBUR;
Dois) Objectivos específicos da AMBUR:
representará na sociedade, enquanto a quota b) colaborar na prossecução dos
permanecer indivisa. a) Promover actividades de geração de
objectivos da AMBUR;
Em todo quanto for omisso nos presentes rendimentos;
c) propor acções visando a melhoria
estatutos aplicar-se-ão as disposições do Código b) Promover actividades de agropecuária;
crescente na prossecução dos
Comercial e demais legislação em vigor na c) Fazer campanhas comunitárias sobre
objectivos da AMBUR;
República de Mocambique. boa governação.
d) Comparecer às reuniões organizadas
Está conforme. CAPÍTULO II pela AMBUR;
Maputo, onze de Junho de dois mil e) Participar nas Assembleias Gerais;
Dos membros f) Votar na eleição dos membros da Mesa
e quinze.-A Técnica, Ilegível.
Admissão, categoria, direitos, deveres da Assembleia Geral, do conselho
de Administração e do Conselho
e exclusão
Fiscal;
Associação dos Moradores ARTIGO SÉTIMO g) Apresentar por escrito, ao Conselho
do Bairro de Urbanização – Admissão
de Administração, os projectos,
sugestões e iniciativas que
AMBUR Um) Pode ser membro da AMBUR qualquer julgarem convenientes e que
pessoa singular que tenha contribuído para estejam enquadrados no âmbito
CAPÍTULO I a criação da associação, que tenha assinado dos objectivos da AMBUR.
Denominação, natureza, âmbito, sede, a escritura pública de constituição da Associação
duração e objectivos ou que tenha participado na Assembleia Geral ARTIGO DÉCIMO
constitutiva.
ARTIGO PRIMEIRO Deveres dos membros
Dois) Podem, ainda, ser membros pessoas
Denominação
singulares interessadas nos objectivos da São deveres dos membros:
AMBUR e que aceitem os presentes estatutos.
a) Pagar pontualmente as quotas
Associação dos moradores do bairro de Três) A admissão de membros carece da
estabelecidas pela Assembleia
Urbanização, doravante designada AMBUR, é ratificação pela Assembleia Geral.
Geral;
uma associação, cujas actividades são regidas
ARTIGO OITAVO b) Respeitar e cumprir o presente estatuto,
pelo presente estatuto e suplementarmente, no
Categorias bem como as disposições dos
que se aplicar, pela legislação vigente no pais.
regulamentos internos;
São categorias de membros da AMBUR:
ARTIGO SEGUNDO c) Desempenhar os cargos para os quais
a) Fundador: Pessoa singular que tenha forem indicados;
Natureza contribuído para a criação da d) Tomar parte das comissões técnicas
AMBUR e que tenha assinado a para as quais forem designados;
AMBUR é uma pessoa colectiva de direito
escritura pública de constituição e) Prestar a AMBUR as informações
privado, de interesse social, sem fins lucrativos,
da associação ou participado na
partidárias ou religiosos, com personalidade necessárias ao bom cumprimento
Assembleia Geral Constitutiva;
jurídica, autonomia financeira e patrimonial. das suas finalidades;
b) Efectivo: Pessoa singular que
f) Cumprir os demais deveres previstos
contribua com o seu trabalho para
ARTIGO TERCEIRO nos estatutos e na Lei.
a prossecução dos objectivos da
AMBUR é uma associação de âmbito associação, aceite os estatutos e ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
nacional. programas, e que seja admitida
depois da constituição da AMBUR; Exclusão
ARTIGO QUARTO c) Honorários: Esta categoria é outorgada
Um) Perdem a qualidade de membro, por
Duração
pelo Conselho de Administração
exclusão, as pessoas que:
da AMBUR, com ratificação da
AMBUR é constituída por tempo Assembleia Geral, a personalidades a) Violarem os estatutos da associação;
indeterminado. e/ou instituições que tenham b) Infringirem o código de ética da
contribuído significativamente associação;
ARTIGO QUINTO para a promoção, afirmação e c) Deixarem de pagar, por mais de
enraizamento social da AMBUR; três meses consecutivos, as
Sede
d) Beneméritos: Esta categoria é mensalidades devidas;
Um) A AMBUR tem a sua sede no circulo outorgada pela Assembleia Geral, Dois) A exclusão dar-se-á por deliberação
do bairro de urbanização, na cidade de Maputo. sob propostas do Conselho de da Assembleia Geral convocada para o efeito,
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (9)

sendo necessário dois terços dos votos dos d) Aprovar o código de Ética dos Três) As deliberações são tomadas por
membros presentes para aprovação da exclusão. membros da associação e demais maioria absoluta, salvo as especificamente
Três) Nos casos das alíneas a) e b) do número regulamentos; exigirem a deliberação por maioria indicada
um deste artigo, o Conselho de Administração e) Deliberar sobre a aprovação do nestes estatutos.
organizará um processo de exclusão a que o relatório, balanço e de cada Quatro) O Presidente da Mesa, ou o Vice-
faltoso tem o direito de responder por escrito; exercício que lhe seja presentes Presidente que o substitua, tem voto de
este processo será enviado á Assembleia Geral pela direcção; qualidade.
para decisão. f) Apreciar e votar as linhas gerais de
SECÇÃO II
actuação, orçamento e programas
CAPÍTULO II de gestão anualmente proposta pela Do Conselho de Administração
Dos órgãos sociais direcção;
g) Deliberar sobre como os cargos sociais ARTIGO DÉCIMO NONO
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO são remunerados; Composição
São órgãos sociais da associação: h) Delegar poderes a direcção para
celebrar acordos com terceiros Um) O Conselho de Administração é o
a) A Assembleia Geral; órgão executivo da AMBUR e é composto pelo
b) O Conselho de Administração; em materias que sejam da sua
competência; presidente, secretário e um tesoureiro.
c) Conselho Fiscal. Dois) O Conselho de Administração é
i) Deliberar sobre quais outros assuntos
para que tenha sido devidamente presidido pelo presidente, que tem voto de
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
convocada e que sejam da sua qualidade.
Duração dos Mandatos
competência.
ARTIGO VIGÉSIMO
Todos os membros dos órgãos são designados Dois) A Assembleia Geral é que delibera
por um período de três anos. Funcionamento
a suspensão ou destituição de corpos sociais,
ou de vogais que os integram, elegerá ou Um) O Conselho de Administração reúne em
SECÇÃO I
promoverá a eleição dos respectivos substitutos, sessões ordinárias e extraordinárias.
ARTIGO DÉCIMO QUARTO cujos mandatos cessarão no termo do mandato Dois) O conselho de Administração reúne
dos membros dos corpos sociais destituídos. ordinariamente duas vez por mês, e quando
Assembleia Geral
necessário, por iniciativa do presidente ou
Um) A Assembleia Geral, órgão superior da ARTIGO DÉCIMO SEXTO a pedido de dois dos seus membros ou do
AMBUR, é constituída por todos os associados Funcionamento conselho Fiscal.
e fundadores e efectivos, e será dirigida por Três) O conselho de Administração reunir-se
uma Mesa composta por um Presidente, um Um) A Assembleia Geral reúne se quando estiverem presente pelo menos dois dos
vice-presidente e um secretário. ordinariamente uma vez por ano no mês de seus membros.
Dois) Ao Presidente da Mesa compete Março e extraordinariamente por iniciativa Quatro) As deliberações são tomadas por
convocar e dirigir as reuniões da Assembleia do Presidente da Mesa ou por solicitação do maioria simples dos membros presentes.
Geral, conferir posse aos titulares dos órgãos Conselho de Administração, do Conselho Cinco) De cada reunião será lavrada uma
eleitos e exercer outras tarefas que lhe sejam Fiscal ou de um grupo de dez sócios. acta a ser assinado por todos os presentes.
atribuídas pela Assembleia Geral. Dois) Os membros podem fazer-se
Três) Compete ao vice-presidente substituir o representar nas reuniões da Assembleia Geral ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
presidente em caso de ausência ou impedimento por qualquer outro membro, desde que este
Competências
de exercer as respectivas competências, devendo tenha sido designado por carta dirigida ao
prestar-lhe assistência durante as reuniões. presidente da Mesa da Assembleia Geral; cada Compete ao Conselho de Administração:
Quatro) Ao secretário cabe a função de membro não pode representar mais do que um a) Zelar pelo cumprimento dos estatutos
auxiliar ao presidente e ao vice-presidente, membro, também na posse dos seus direitos. e garantir a prossecução dos
sendo responsável pela organização do objectivos da associação;
expediente relativo à Assembleia Geral e ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
b) Cumprir e fazer cumprir as deliberações
pela produção de actas de reuniões e outros Participação dos órgãos da AMBUR tomadas
documentos relevantes. dentro do objectivo desta;
Cinco) As reuniões da Assembleia Geral Um) Só podem participar nas Assembleia
c) Definir prioridade nas actividades
serão presididas pelo presidente e secretariadas Geral os membros no pleno uso dos seus
da associação, traçar orientações
direitos, e que não estejam abrangidos por
pelo secretário. gerais;
nenhum impedimento.
d) Propor a Assembleia Geral a apro-
ARTIGO DÉCIMO QUINTO Dois) Os associados com direito a participar
vação de quaisquer alterações dos
nas assembleias gerais podem fazer-se
Competência da Assembleia Geral estatutos;
representar nas mesmas por outro associado
e) Elaborar trimestralmente o balancete a
Um) Compete a Assembleia Geral: também na posse de todos os seus direitos, nos
ser submetido ao Conselho Fiscal;
termos do número um deste artigo.
a) Aprovar alterações dos estatutos da f) Elaborar anualmente o relatório
associação; ARTIGO DÉCIMO OITAVO de actividades e das contas
b) Eleger, de três em três anos, a sua Mesa para submeter á aprovação da
de e os membros e do Conselho Votação
Assembleia Geral;
Fiscal; Um) Só podem ser apreciados e votados g) Divulgar entre os membros os relatórios
c) Suspender ou destituir a mesa, a os assuntos indicados na ordem de trabalhos de actividades e contas com o
Direcção ou o Conselho Fiscal, constantes da convocatória. respectivo parecer do Conselho
ou qualquer dos membros dos Dois) Cada membro no pleno gozo dos seus Fiscal pelo menos até oito dias antes
respectivos órgãos; direitos tem direito a um voto. da Assembleia Geral;
1830 — (10) III SÉRIE — NÚMERO 49

h) Fazer-se representar em todas as nacional ou estrangeira, para a prossecução dos para dar destino ao seu património nos termos
reuniões da Assembleia Geral; objectivos estabelecidos nos presentes estatutos, da lei, sendo a liquidatária uma comissão
i) Propor a Assembleia Geral a ratificação ou outros meios que por ela seja adquiridos, designada pela Assembleia Geral.
de nomeações de sócios honorários incluindo a jóia, a quotização e penalização pelo
e a nomeação de sócios benifeitores; pagamento tardio, cujos valores serão definidos ARTIGO TRIGÉSIMO SEGUNDO
j) Apresentar à Assembleia Geral os pela Assembleia Geral.
nomes dos sócios ordinários Dúvidas e omissões
admitidos, para ratificão; ARTIGO VIGÉSIMO SEXTO Um) Quaisquer dúvidas de interpretação
k) Propor à Assembleia Geral a aplicação
Jóia suscitadas pelos presentes estatutos e demais
de sanções;
regulamentação interna serão resolvidos por
l) Entregar ao Conselho de Administração No acto da inscrição na AMBUR, o membro
que lhe suceder todos os documentos deliberação da Assembleia Geral, ouvido o
efectivo pagará jóia, de acordo com valor
da associação, bem como os haveres determinado em Assembleia Geral. Conselho de Administração.
constantes do inventário. Dois) As questões não expressamente
ARTIGO VIGÉSIMO SÉTIMO reguladas neste estatuto obedecem ao
SECÇÃO III
Quotização estabelecidos na lei.
ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO
Conselho fiscal Os membros fundadores e efectivos da
Para o Conselho Fiscal podem ser eleitos AMBUR pagam uma quota mensal no valor
pessoas não associadas, nomeadamente, determinado em Assembleia Geral. Titan — Sociedade
empresas de auditoria ou outras pessoas com
ARTIGO VIGÉSIMO OITAVO Unipessoal, Limitada
experiência na revisão e certificação de contas.
Penalizações Certifico, para efeitos de publicação, que no
ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO
Os membros da AMBUR que não pagarem dia quinze de Dezembro de dois mil e catorze,
Funcionamento atempadamente as suas quotas são penalizados foi matriculada na Conservatória do Registo
Um) O Conselho Fiscal reunir, pelos com o pagamento de uma multa, de acordo com de Entidades Legais sob NUEL 100561468
menos, uma vez por trimestre, sob convocação o valor determinado pela Assembleia Geral. uma entidade denominada, Titan Sociedade
do respectivo presidente, para apreciação do Unipessoal, Limitada.
relatório de contas apresentada pelo Conselho ARTIGO VIGÉSIMO NONO Neusa Marina de Assunção Varela Ferreira
de Administração, só podendo deliberar estando Fundo Marcelino, casada, portadora do Bilhete de
presente dois dos seus membros. Identidade n.º 0401007533871, nascida aos
Dois) As deliberações são tomadas por Constituem fundos da AMBUR; dezasseis de Setembro de mil novecentos e
maioria dos votos dos membros presentes, tendo a) O produto das jóias, multas e quotas oitenta e dois, de nacionalidade moçambicana,
o presidente voto de qualidade. cobradas aos associados; residente em Moçambique, que, pelo presente
b) As contribuições, subsídios, donativos contrato, constitui uma sociedade comercial por
ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO
ou quaisquer outras subvenções quotas unipessoal que se regerá pelas cláusulas
Competências de entidades públicas ou privadas, e artigos constantes neste contrato.
nacionais ou estrangeiras;
Ao Conselho Fiscal cabe em geral a fisca-
c) Quaisquer doações, heranças ou CAPÍTULO I
lização da situação financeira da associação, e
em especial; legados de que venham a beneficiar
e que sejam por ela aceites; Da denominação, duração, sede
a) Dar parecer sobre o relatório de contas e objecto
d) Quaisquer rendimentos ou receitas da
a apresentar pelo Conselho de
prestação de serviço e da aplicação ARTIGO PRIMEIRO
Administração à Assembleia Geral;
de fundos próprios disponíveis, ou
b) Examinar e verificar a escrita da Um) A sociedade adopta a denominação
qualquer outra forma resultantes da
Associação, bem como os
administração da AMBUR. Titan — Sociedade Unipessoal, Limitada,
documentos que lhe sirvam de base;
constituída sob forma de sociedade unipessoal
c) Assistir a todas as reuniões da
Assembleia Geral, sempre que CAPÍTULO V por quotas de responsabilidade limitada e
entenda necessário ou quando seja regendo-se pelos presentes estatutos e demais
Disposições diversas
convocado; legislação aplicável.
d) Velar pelo cumprimento das diversas ARTIGO TRIGÉSIMO Dois) A sua duração é por tempo
disposições aplicáveis a associação; indeterminado, contando-se o seu início a partir
Exercício anual
e) Exercer as demais funções e praticar da data da sua constituição.
os demais actos que lhe sejam Um) O exercício anual da AMBUR coincide
incumbidos, nos termos da lei e dos com o ano civil. ARTIGO SEGUNDO
presentes estatutos. Dois) As contas referentes ao exercício
Um) A sociedade tem sua sede em Maputo,
CAPÍTULO IV económico devem ser encerradas a tempo
na Avenida Maguiguana Praceta Diu número
de serem apreciadas pela Assembleia Geral
Do património quarenta e dois, cidade de Maputo.
ordinária, em Março do ano seguinte.
Dois) A sociedade poderá abrir delegações
ARTIGO VIGÉSIMO QUINTO
ARTIGO TRIGÉSIMO PRIMEIRO ou outras formas de representação noutros
Composição locais do país ou no estrangeiro, desde que,
Dissolução e liquidação
O património da AMBUR é o conjunto devidamente autorizada por assembleia geral
de bens e direitos que lhes estão ou sejam Em caso de dissolução da AMBUR a e cumpridos que sejam os requisitos legais
afectos por entidade pública ou privada seja ela Assembleia Geral reúne extraordinariamente necessários.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (11)

ARTIGO TERCEIRO apreciar o balanço e as contas de exercício, bem Quando aos herdeiros do sócio falecido a
como deliberar sobre qualquer assunto previsto sociedade reserva-se o direito de:
A sociedade tem por objecto:
na ordem de trabalhos. a) Se lhe interessar a continuação deles
Um) Reciclagem, consultoria de Dois) A assembleia geral será convocada na sociedade, estes nomearão um
empresas, gestão de negócios, assistência pela gerente, por meio de carta registada,
técnica, formação, prestação de serviços entre si que a todos os representará
em protocolo ou por meio de fax, com uma
e comercialização a grosso ou retalho, na sociedade, enquanto a quota se
antecedência mínima de quinze dias, desde que
armazenamento e distribuição de produtos mantiver indivisa.
não seja outro o procedimento exigido por lei.
relacionados com actividade da empresa, b) Se não interessar a continuação
Três) Para as assembleias gerais
agenciamento, representação de marcas, deles na sociedade, esta procederá
extraordinárias o período indicado no número
artigos, produtos e equipamentos, realização de à respectiva amortização da
anterior poderá ser reduzido para sete dias,
estudos e projectos, importação e exportação de quota com o pagamento do
reunindo por convocação da gerente.
produtos relacionados com a sociedade. valor dela apurado num balanço
Dois) A sociedade poderá exercer quaisquer ARTIGO DÉCIMO expressamente realizado para o
outras actividades que, devidamente autorizada
Um) A cada quota corresponderá um voto efeito.
pela assembleia geral e para as quais se obtenha
as necessárias autorizações legais. por cada duzentos e cinquenta meticais do
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
Três) A sociedade poderá adquirir capital subscrito e realizado.
participações financeiras em sociedades a Dois) As deliberações da assembleia geral A sociedade só se dissolve nos casos
constituir ou constituídas, ainda que tenham serão tomadas por simples maioria de votos previstos na lei. Dissolvendo-se de acordo com a
um objecto diferente do da sociedade, assim presentes ou representados, salvo nos casos em sócia, esta procederá com aliquidação conforme
como associar-se com outras empresas para a que a lei exige maioria mais qualificada. lhe aprouver.
prossecução de objectivos comerciais no âmbito
ou não do seu objecto. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO DÉCIMO OITAVO
A gerência dispensada de caução será Os casos omissos serão regulados pela lei
CAPÍTULO II
exercida pela sócia, nomeado em assembleia
na República de Moçambique, sobre sociedades
Do capital social geral.
por quotas e demais legislação aplicável.
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
ARTIGO QUARTO
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
Um) Compete à gerência exercer os mais
O capital social é de vinte mil meticais, – O Técnico, Ilegível.
amplos poderes de gestão, representando
correspondendo à soma de uma quota assim
a sociedade em juízo e fora dele, activa e
distribuída:
passivamente, podendo praticar todos os actos
a) Neusa Marina de Assunção Varela relativos à prossecução do seu objecto social, Ejitech Electro Ferragem,
Ferreira Marcelino com cem por desde que, a lei e os presentes estatutos não os Limitada
cento, correspondente a vinte mil reservem para assembleia geral.
meticais. Dois) A gerência poderá constituir Certifico, para efeitos de publicação, que
ARTIGO QUINTO mandatários nos termos e para os efeitos no dia onze de Junho de dois mil e quinze, foi
designados no Código Comercial. matriculada na Conservatória do Registo de
O sócio poderá efectuar prestações Entidades Legais sob NUEL 100618192 uma
suplementares de capital ou suprimento à ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
entidade denominada, Ejitech Electro Ferragem,
sociedade nas condições estabelecidas pela
A sociedade fica obrigada mediante a Limitada.
assembleia geral.
assinatura do sócio-gerente, a serem eleitos em Primeiro. Reginaldo Carlos Dgedge,
ARTIGO SEXTO assembleia geral. solteiro, de nacionalidade moçambicana e
residente nesta cidade, portador do Bilhete de
A divisão, cessão e alienação de quotas é CAPÍTULO IV
Identidade n.º 110102423303M, emitido aos
livre, que gozam de direito de preferência,
Das disposições diversas onze de Setembro de dois mil e doze; e
a sociedade em primeiro lugar e o sócio em
segundo lugar. ARTIGO DÉCIMO QUARTO Segundo. Timóteo Firmino Cuambe, casado,
de nacionalidade moçambicana e residente
ARTIGO SÉTIMO Um) O exercício social corresponde ao ano nesta cidade, portador do Bilhete de Identidade
O capital social poderá ser aumentado civil. n.º 110104224690M, emitido aos trinta de Julho
sempre que a assembleia geral o decidir, e Dois) O balanço fechado com data de trinta
de dois mil e treze.
desde que sejam cumpridos os requisitos legais e um de Dezembro será submetido à apreciação
Que pelo presente contrato de sociedade que
próprios. da assembleia geral, para aprovação.
outorga e constitui uma sociedade por quotas
ARTIGO OITAVO de responsabilidade limitada denominada que
ARTIGO DÉCIMO QUINTO
A sociedade só poderá ser vendida, após a se regerá pelos artigos seguintes.
Findo o balanço e verificados os lucros,
aprovação da assembleia geral. estes serão aplicados conforme o determinar CAPÍTULO I
da assembleia geral, depois de deduzidos os
CAPÍTULO III
fundos para a constituição ou reintegração da ARTIGO PRIMEIRO
Da assembleia geral, gerência reserva legal.
Denominação e sede
e representação da sociedade
ARTIGO DÉCIMO SEXTO A sociedade adopta a denominação Ejitech
ARTIGO NONO
Por morte ou interdição do sócio a sociedade Electro Ferragem, Limitada e tem a sua
Um) A assembleia geral reúne-se não se dissolve, mas continuará representante sede nesta cidade de Maputo, no Bairro de
ordinariamente uma vez por ano, a fim de legal do sócio interdito. Malhazine, quarteirão quinze, casa número mil
1830 — (12) III SÉRIE — NÚMERO 49

e trezentos e sessenta e nove, Avenida Maria CAPÍTULO III MANDLHA Construções,


de Lurdes Mutola, podendo por deliberação da Limitada
ARTIGO SÉTIMO
assembleia geral abrir ou encerrar sucursais
dentro e fora de país quando for conveniente. Gerência Certifico, para efeitos de publicação, que
Um) A administração, gestão da sociedade no dia onze de Junho de dois mil e quinze,
ARTIGO SEGUNDO
e sua representação em juízo e fora dela, activa foi matriculada na Conservatória do Registo
Duração e passivamente, passa desde já a cargo do sócio de Entidades Legais sob NUEL 100612015
A sua duração será por tempo indeterminado, Timóteo Firmino Cuambe que e nomeado sócio uma entidade denominada, MANDLHA
contando-se o seu início a partir da data da gerente com plenos poderes. Construções, Limitada.
celebração da escritura da sua constituição. Dois) A gerência tem plenos poderes para Primeiro. Jelody Zivona, de nacionalidade
nomear mandatários à sociedade, conferindo, os zimbabueana, solteiro, de trinta e três anos
ARTIGO TERCEIRO necessarios poderes de representação através de de idade, natural de Masvingo, Zimbabwe,
consentimento pela assembleia geral. e residente em Vilanculos na província
Objecto
Três) O mesmo nomeado socio gerente, em de Inhambane, portador do Passaporte
A sociedade tem por objecto: caso de impossibilidade ou circunstâncias que
n.º CN630260 emitido pelos Serviços de
a) Prestação de serviços nas áreas: venda o impossibilitem de representacao, o consócio
Migração Zimbabueanos aos quatro de Janeiro
de material eléctrico, ferragem e goza de poderes de responder pela sociedade.
de dois mil e doze;
têxtil;
ARTIGO OITAVO Segundo. Mário Dinis Zucula, de
b) A sociedade poderá adquirir partici-
nacionalidade moçambicana, solteiro, de vinte e
pações financeiras em sociedade a Assembleia geral
oito anos de idade, natural da Cidade de Maputo
constituír ou já constituídos ainda
Um) A assembleia geral reúne-se e residente na cidade de Maputo, portador do
que tenha como objecto social
ordinariamente uma vez por ano para apreciação Bilhete de Identidade n.º 110200698291A,
diferente do da sociedade;
e aprovação do balanço e contas do exercício emitido pelo Arquivo de Identificação Civil da
c) A sociedade poderá exercer quaisquer
findo e repartição de lucros e perdas. Cidade de Maputo, aos três de Dezembro de
outras actividades desde que para
Dois) A assembleia geral poderá reunir- dois mil e dez.
isso esteja devidamente autorizado
se extraordinariamente quantas vezes for Terceiro. Sária Ismael Ibraimo Assane,
nos termos da legislação em vigor.
necessária desde que as circunstâncias assim de nacionalidade moçambicana, solteira, de
CAPÍTULO II o exijam para deliberar sobre qualquer assunto cinquenta anos de idade, natural da Beira e
que diga respeito a sociedade. residente na cidade de Maputo, portadora do
ARTIGO QUARTO Três) Serão dispensadas as formalidades
Bilhete de Identidade n.º 110100142881Q,
Capital social de convocação da assembleia geral quando
emitido pelo Arquivo de Identificação Civil da
todos os sócios concordem por escrito em dar
O capital social, integralmente subscrito e como validamente constituída a Assembleia, e Cidade de Maputo, aos oito de Abril de dois
realizado em dinheiro, é de dez mil meticais, concordem que dessa forma se delibere, ainda mil e dez.
correspondente duas quotas, distribuídas nos que as deliberações sejam tomadas fora da sede Que, pelo presente instrumento e
seguintes termos: social, em qualquer ocasião e qualquer que seja nos termos do artigo noventa do Código
a) Uma quota com valor nominal de o seu objecto. Comercial,constituem, entre si, uma sociedade
cinco mil meticais, correspondente CAPÍTULO IV comercial por quotas de responsabilidade
a cinquenta por cento, pertencente limitada, que reger-se-á pelos seguintes artigos.
ao sócio Reginaldo Carlos Dgedge; ARTIGO NONO
b) Uma quota com valor nominal de Dissolução ARTIGO PRIMEIRO
cinco mil meticais, correspondente (Denominação)
A sociedade só se dissolve nos termos
a cinquenta por cento, pertencente
fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios
ao sócio Timóteo Firmino Cuambe. A sociedade adopta a denominação de
quando assim o entenderem.
MANDLHA Construções, Limitada, e é
ARTIGO QUINTO
ARTIGO DÉCIMO constituída soba forma de sociedade comercial
Aumento do capital por quotasde responsabilidade limitada e rege-
Herdeiros
O capital social poderá ser aumentado ou se pelospresentes estatutos e pela legislação em
diminuido quantas vezes fôr necessário desde Em caso de morte, interdição ou inabilitação vigorna República de Moçambique.
que a assembleia geral delibere sobre o assunto. de um dos sócios da sociedade os seus herdeiros
assumem com base na lei moçambicana, o lugar ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO SEXTO na sociedade com dispensa de caução, podendo
(Sede e representações)
estes nomear seu representante se assim o
Divisão e cessão de quotas
entender desde que obedeçam o preceituado A sociedade é de âmbito nacional, tema
Um) Sem prejuízo das disposições legais em nos termos da lei. sua sede na cidade de Maputo, podendo abrir
vigor a cessação ou alienação de toda a parte delegações noutros locais do país e fora dele,
de quotas deverá ser do consenso dos sócios ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
desde que seja devidamente autorizada.
gozando estes do direito de preferência. Casos omissos
Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios ARTIGO TERCEIRO
mostrarem interesse pela quota do cedente, este Os casos omissos, serão regulados pelo
Código Comercial e demais legislação vigentes (Duração)
decidirá a sua alienação a quem e pelos preços
que melhor entender, gozando o novo sócio na República de Moçambique. A duração da sociedade é por tempo
dos direitos correspondentes a sua participação Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. indeterminado, contando-se o seu começo
na sociedade. – O Técnico, Ilegível. apartir da data da sua constituição.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (13)

ARTIGO QUARTO ARTIGO SÉTIMO Bebé Giro – Sociedade


(Objecto social) (Assembleia geral) Unipessoal Limitada
Um) A sociedade tem por objecto principal: Um) Assembleia geral dos sócios reunirá,em Certifico, para efeitos de publicação, que
a) construção civil e obras públicas. sessão ordinária, uma vez por ano, para no dia onze de Junho de dois mil e quinze, foi
apresentação, aprovação ou modificação de matriculada na Conservatória do Registo de
Dois) A sociedade pode exercer outras balanço e contas de exercício respeitante ao
actividades conexas, complementares ou Entidades Legais sob NUEL 100617986 uma
anoanterior e deliberar sobre qualquer outro entidade denominada Bebé Giro – Sociedade
subsidiárias da actividade principal, desde assunto para que tenha sido convocada e, em
queseja devidamente autorizada. Unipessoal, Limitada.
sessão extraordinária sempre que necessário.
Três) A sociedade poderá participar em Dois) A assembleia geral será convocada Fátima Bibi AlyMamad, de nacionalidade
sociedade com objecto diferente do seu por meio de carta registada ou outra forma moçambicana, portadora do Bilhete de
próprio social, em sociedade reguladas por a deliberar, dirigidos a cada sócio com Identidade n.º 110102075350N, emitido em
leis especiais, associar-se com terceiros, antecedência mínima de oito dias. Maputo, aos dois de Maio de dois mil e doze,
em consórcio Joint – Ventures, adquirindo Três) Os sócios far-se-ão representarnas NUIT 124209013,residente nesta cidade
quotas,acções ou partes sociais ou constituindo sessões da assembleia geral por quem legalmente de Maputo, na Avenida Vinte e Cinco de
empresas mediante deliberação dos sócios e ou represente ou pelas pessoas que para o efeito Setembro, número dois mil e setenta e um,
cumpridas as formalidades legais. designarem por simples carta paraesse fim a rés-do-chão, Bairro Central.
sociedade. Vem, ao abrigo do disposto nos artigos
ARTIGO QUINTO Quatro) As deliberações da assembleia geral noventa e trezentos e vinte e oito e seguintes
(Capital social) serão tomadas por maioria absoluta de votos
do Código Comercial vigente em Moçambique,
econstituem norma para a sociedade desde que
Um) O capital social, integralmente subscrito aprovado pelo Decreto-Lei número dois barra
não sejam anuláveis nos termos da lei.
e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais, dois mil e cinco de vinte e sete de Dezembro,
Cinco) As deliberações da assembleia geral
correspondente à soma de três quotas desiguais, em matéria de alteração dos presentes estatutos celebrar o presente contrato de sociedade
assim distribuídas: requererão uma maioria absoluta. unipessoal que se rege pelas cláusulas insertas
a) Uma quota no valor nominal dedez Seis) A assembleia geral poderá anularpor nos artigos seguintes:
mil meticais, correspondente a votação maioritária qualquer decisão da
ARTIGO PRIMEIRO
cinquenta por cento do capital gerência, quando esta decisão contrarie
social,pertencente ao sócio Jelody oudeturpe os objectivos da sociedade. (Denominação e duração)
Zivona;
ARTIGO OITAVO Um) A Bebé Giro – Sociedade Unipessoal,
b) Uma quota no valor nominal decinco
Limitada, adiante designada por sociedade,
mil meticais, correspondente a (Administração e representação)
é uma sociedade comercial unipessoal, de
vinte e cinco por cento do capital
Um) A administração e gerência da sociedade, responsabilidade limitada, que se rege pelos
social,pertencente ao sócio Mário
compete ao conselho de administração. presentes estatutos e pelos preceitos legais em
Dinis Zucula;
Dois) Os sócios poderão constituir vigor na República de Moçambique.
c) Uma quota no valor nominal decinco
procuradores da sociedade. Dois) A sociedade constitui-se por tempo
mil meticais, correspondente a
Três) A gestão e a representação da sociedade indeterminado.
vinte e cinco por cento do capital
serão levadas ao cabo de acordo com direcções/
social, pertencente a sócia Sária instruções escritas emanadas dos sócios, com ARTIGO SEGUNDO
Ibraimo Ismael Assane. a forma e conteúdo decididos pela assembleia (Sede)
Dois) O capital social poderá ser geral de tempos a tempos.
aumentado uma ou mais vezes, por deliberação Quatro) A sociedade obriga-se pela Um) A sociedade tem a sua sede em Maputo,
e nascondições em que a assembleia geral assinatura de dois sócios. na AvenidaVinte e Quatro de Julho, número
o determina. Seis) Fica desde já nomeada a sócia Sária oitocentos e cinquenta e oito, podendo abrir
Ismael Ibraimo Assane como Administradora sucursais, delegações, agências ou qualquer
ARTIGO SEXTO da empresa. outra forma de representação social e quando a
(Cessão, divisão e amortização de quotas) gerência o julgar conveniente.
ARTIGO NONO Dois) Pode a gerência transferir a sede para
Um) A cessão de quotas entre sócios é livre. (Lucros e perdas) qualquer outro local do território nacional.
Dois) A cessão de quotas a efectuar por
qualquer dos sócios a terceiros, depende do Dos prejuízos ou lucros líquidos em cada ARTIGO TERCEIRO
consentimento prévio e por escrito, dos outros exercício deduzir-se-á, em primeiro lugar, a
(Objecto)
sócios, desta a qual é reservado o direito de percentagem indicada para constituir a reserva
preferência. legal se não estiver constituída nos termos da lei Um) A sociedade tem por objecto:
Três) O sócio que pretende alienar a sua ou sempre que se releve reintegrá-la.
a) Venda e compra de artigos de bebé;
quota a estranhos, prevenirá à sociedade ARTIGO DÉCIMO b) Venda e compra de alimentos de bebés;
com uma antecedência de noventa dias por c) Exploração e venda de artigos de
carta registada, declarando o nome do sócio (Casos omissos) vestuário infantil em geral, fraldas,
adquirente e as condições da cessão. Em tudo o que for omisso no presente brinquedos e outros artigos focados
Quatro) No caso de falecimento de um contrato de sociedade, regularão os dispositivos para a linha infantil, perfumaria
dos sócios, os seus herdeiros exercerão em legais pertinentes em vigor na República de e cosméticos em geral;
comum,os direitos do falecido e designarão, Moçambique. d) Investimento em diversas áreas
entre si, ou a um estranho, de comum acordo, Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. de actuação;
para os representarem em sociedade. – O Técnico, Ilegível. e) Importação e exportação.
1830 — (14) III SÉRIE — NÚMERO 49

Dois) Mediante decisão da administração, legalmente estabelecida para a constituição do ARTIGO TERCEIRO
a sociedade poderá participar directa ou fundo de reserva legal, enquanto não estiver
Um) A sociedade tem por objecto o
indirectamente em projectos de desenvolvimento realizado nos termos legais ou sempre que seja
exercício de actividade de aluguer de viaturas
que concorram para o preenchimento do seu necessário reintegrá-lo.
automóveis, motociclos, viaturas de carga e
objecto social, desenvolver outras actividades assistência a transportes terrestres, incluindo
ARTIGO DÉCIMO
subsidiárias ou conexas da sua actividade entre outras as seguintes:
primordial, participar no capital de outras (Dissolução e liquidação)
a) Aluguer de viaturas com ou sem
sociedades, associações empresariais, grupos Um) A sociedade dissolve-se nos casos e nos condutor;
de empresas ou qualquer outra forma de termos estabelecidos por lei e pelos presentes b) Reparação e manutenção de viaturas;
associações legalmente permitidas. estatutos. c) Reboque de viaturas;
Dois) No caso de dissolução por sentença, d) Troca de pneus;
ARTIGO QUARTO
proceder-se-á à liquidação, e os liquidatários, e) Transporte de mercadoria;
(Capital social) nomeados pela assembleia geral, terão os mais f) Compra e venda de viaturas novas e
amplos poderes para o efeito. usadas;
O capital social, integralmente subscrito e
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais, Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. g) Gestão de frota de transporte.
e corresponde a uma quota única de igual – O Técnico, Ilegível. Dois) A sociedade poderá ainda:
valor nominal representativa de cem por cento, a) Proceder a importação, exportação e
pertencente a sócia Fátima Bibi Aly Mamad. comercialização de bens e serviços
S.O.S Automóvel – relacionados com a actividade
ARTIGO QUINTO
principal, bem como exercer
(Prestações suplementares e suprimentos)
Sociedade Unipessoal, qualquer outra actividade distinta
Limitada do seu objecto principal, desde que
Não serão exigíveis prestações suplementares
para o efeito obtenha as necessárias
de capital, mas o sócio poderá conceder à Certifico, para efeitos de publicação, que
licenças;
sociedade os suprimentos de que ela necessite, no dia dez de Junho de dois mil e quinze, foi b) Adquirir participações ou acções em
nos termos e condições fixados. matriculado na Conservatória do Registo de quaisquer sociedades de objecto
ARTIGO SEXTO Entidades Legais sob NUEL 100616998 uma igual ou diferente, associar-se com
entidade denominada, S.O.S Automóvel – outras empresas ou associações
(Assembleia geral)
Sociedade Unipessoal, Limitada. legalmente permitidas e alienar
A assembleia geral reunirá, ordinariamente, Felício Cosme Men de Sousa, solteiro, livremente as participações de que
na sede da sociedade, para a apreciação do for titular;
maior, portador do Bilhete de Identidade
balanço e contas anuais e, extraordinariamente, c) Desenvolver e explorar concessões
n.º 070100256314 B, emitido aos um de e propriedades permitidas pela lei
quando convocada pela gerência, sempre que
Junho de dois mil e dez, pelo Arquivo de e devidamente autorizadas pelas
for necessário, para deliberar sobre quaisquer
outros assuntos para que tenha sido convocada. Identificação na Beira, residente na Rua Dom autoridades competentes;
Francisco de Almeida, número seiscentos d) Exercer outras actividades conexas,
ARTIGO SÉTIMO e quatro, bairro da Ponta Gêa, na cidade complementares ou subsidiárias
da Beira. do objecto social principal em que
(Gerência)
a maioria dos sócios acordem em
Constitui uma sociedade comercial assembleia geral, praticar todo
Um) A gerência será confiada ao
MamadSahid Aly Mamad que desde já fica unipessoal, limitada, denominada S.O.S e qualquer objecto de natureza
nomeado gerente. Automóvel – Sociedade Unipessoal, Limitada, lucrativa não proibida pela lei,
Dois) A sociedade ficará obrigada pela pelo presente contrato, que se regerá pelos uma vez obtidas as autorizações
assinatura do gerente ou do procurador artigos seguintes: respectivas.
especialmente constituído pela gerência, nos CAPÍTULO II
termos e limites específicos do respectivo CAPÍTULO I
mandato. Capital social
Denominação, duração, sede e objecto
ARTIGO QUARTO
ARTIGO OITAVO ARTIGO PRIMEIRO
O capital social, integralmente subscrito e
(Balanço e contas) A sociedade adopta a denominação de S.O.S realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
Um) O ano social coincide com o ano civil. Automóvel – Sociedade Unipessoal, Limitada, correspondente à uma quota, pertencente à um
Dois) O balanço e as contas anuais encerrar- adiante designada simplesmente por sociedade, e único sócio.
se-ão com referência a trinta e um de Dezembro e é constituída sob a forma de sociedade
ARTIGO QUINTO
de cada ano, e carecem da aprovação da comercial unipessoal, limitada.
assembleia geral, a qual deverá reunir-se para O capital social poderá ser aumentado, uma
o efeito até ao dia trinta e um de Março do ano ARTIGO SEGUNDO ou mais vezes, por deliberação da assembleia
seguinte. geral.
A sociedade tem a sua sede na cidade de
ARTIGO SEXTO
ARTIGO NONO Maputo, podendo transferir a sede da sociedade
para outra cidade, bem como abrir sucursais, (Assembleia geral)
(Aplicação de resultados)
filiais ou outras formas de representação A assembleia geral e a sua respectiva
Dos lucros apurados em cada exercício permanente, onde e quando o sócio achar convocação, poderá ser feita por meio de carta
deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem necessário. registada com aviso de recepção, dirigida aos
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (15)

sócios, com antecedência mínima de quinze Allwrite, Limitada com empresas em associações
dias, salvo os casos em que a lei prescreva legalmente permitidas, podendo
formalidades especiais de convocação. Certifico, para efeitos de publicação, que de igual forma alienar livremente
no dia dez de Junho de dois mil e quinze, foi as participações de que for titular;
ARTIGO SÉTIMO matriculado na Conservatória do Registo de b) Pode adquirir,alocar ou alugar bens
(Administração e gerência) Entidades Legais sob NUEL 100617099 uma imóveis ou móveis e constituir
entidade denominada, Allwrite, Limitada. direitos sobre esses bens em
Um) A administração e gerência da Entre: qualquer parte do país e do
sociedade será exercida pelo sócio que desde estrangeiro;
Domingas Miséria Domingos Sete Mavila
já fica nomeado gerente com ou sem dispensa c)Acordar com entidades estatais ou
de caução. casada de trinta e oito anos de idade natural de
governamentais quaisquer activi-
Dois) Compete ao gerente a representação da Maputo de nacionalidade moçambicana com
dades ou concessões relacionados
sociedade em todos os seus actos e passivamente, Bilhete de Identidade n.º 110101713959N
com objecto social.
em juízo e fora dele, na ordem jurídica interna emitido pelo Arquivo de Identificação Civil
como internacionalmente, dispondo dos mais da cidade de Maputo,com NUIT 103255805, CLÁUSULA QUARTA
amplos poderes legalmente consentidos para residente nesta cidade na Avenida Filipe
(Capital social)
a prossecução e realização do objecto social, Samuel Magaia número novecentos e vinte,
designadamente quanto ao exercício de gestão terceiro andar, flat número cinco; e O capital social é de cem mil meticais,
corrente dos negócios sociais. Eunice Elias Massango Massinga casada de correspondentes a somas das duas quotas;
Três) Para obrigar a sociedade é suficiente a trinta e seis anos de idade natural de Maputo a) Cinquenta por cento equivalente a
assinatura do sócio. de nacionalidade moçambicana com Bilhete cada sócio;
Quatro) O gerente poderá delegar todo ou de Identidade n.º 110104718793Q, emitido b) O capital social acha se integralmente
parte dos seus poderes a pessoas estranhas à pelo Arquivo de Identificação da Cidade de subscrito e realizado em
sociedade, desde que outorguem a respectiva Maputo com NUIT 111356084 residente dinheiro e em bens podendo ser
procuração a este respeito, com todos os nesta cidade na Rua Joaquim Lapa número aumentada uma ou várias vezes,
possíveis limites de competência. Os actos de cento e noventa e dois, quinto andar. por incorporação de reservas ou
mero expediente poderão ser assinados por ainda por entrada dos sócios,
Constituem entre si uma sociedade por
qualquer empregado de sua escolha. mediante deliberação da assembleia
quotas de responsabilidade limitada que se
geral, concorrendo cada sócio na
ARTIGO OITAVO regerá por seguintes cláusulas:
proporção das respectivas quotas.
(Morte e Incapacidade) CLÁUSULA PRIMEIRA
CLÁUSULA QUINTA
Por morte ou interdição do sócio, os herdeiros Um)A sociedade adopta a denominação
ou representantes do falecido exercerão em (Assembleia geral)
Allwrite, Limitada e têm a sua sede em Maputo
comum os respectivos direitos, devendo de na Rua Joaquim Lapa número cento e noventa As assembleias gerais dos sócios serão
entre eles nomear um que a todos represente e dois, quinto andar. convocadas pelo gerente, por meio de carta
na sociedade. expedida com antecedência mínima de quinze
Dois) Por simples deliberação da assembleia
ARTIGO NONO geral, a sociedade poderão transferir a sua social dias.
(Contas e aplicação de resultados) para qualquer outro local no território nacional,
CLÁUSULA SEXTA
bem como instalar delegações agências, filiais
Um) O exercício social corresponde ao ano e outras formas de representação em qualquer (Divisão e cessão de quotas)
civil e o balanço de contas de resultados, serão lugar do país e no estrangeiro.
encerradas com a data de referência de trinta e Um) Entre os sócios e livre a divisão ou a
um de Dezembro de cada ano e serão submetidas cessão parcial ou total de quotas.
CLÁUSULA SEGUNDA
a aprovação da assembleia geral. Dois) A cessão de quotas a favor de estranhos
Dois) Dos lucros que o balanço registar, (Duração) dependem do consentimento da sociedade,
líquidos de todas as despesas e encargos deduzir- consentimento esse a ser dado a partir da
A duração da sociedade é por tempo
se-á a percentagem legalmente requerida para deliberação dos sócios, em assembleia geral.
indeterminado, e o seu início conta a partir da Três) Na hipótese de a sociedade recusar
constituição da reserva legal enquanto esta não data da sua celebração e da sua constituição.
estiver realizada ou sempre que seja necessário o consentimento a que se refere o número
reintegrá-la. anterior, os restantes sócios não cedentes gozam
CLÁUSULA TERCEIRA
de direito de preferência em primeiro lugar e
ARTIGO DÉCIMO
(Objecto) a sociedade em segundo lugar na respectiva
(Dissolução da sociedade) aquisição.
Um) A sociedade tem como objecto social a
A sociedade só se dissolverá nos termos da prestação de serviço de consultoria, manutenção CLÁUSULA SÉTIMA
legislação em vigor ou por iniciativa do sócio. e venda de equipamento informático bem como
a venda de material de escritório e consumíveis. (Lucros)
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Dois) Desenvolver actividades conexas, Aos lucros líquidos anualmente apurados
(Disposições finais) suplementares ou subsidiárias do abjecto depois de deduzida a percentagem para a
principal, podendo ainda praticar outras reserva legal, serão dados os destinos que
Único. Em tudo o que fica omisso, regularão actividades lucrativas não proibidas por lei vierem a ser deliberados em assembleia geral.
as disposições do Código Comercial, da lei quando obtida a necessária autorização.
que regula as sociedades por quotas e restante Três) Ainda no objecto da sociedade poderão CLÁUSULA OITAVA
legislação aplicável e em vigor na República desenvolver os seguintes actos:
de Moçambique. (Tratamento de quotas mortis causa)
a)Pode adquirir participações em
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. quaisquer sociedades de objecto Em caso de falecimento ou interdição de
– O Técnico, Ilegível. igual ou diferente, associar se qualquer dos sócios, a sociedade continuará
1830 — (16) III SÉRIE — NÚMERO 49

com os seus sócios sobre vivos ou capazes e o JGN – Instalações Eléctricas ARTIGO TERCEIRO
representante legal do interdito ou os herdeiros e Industriais, Limitada (Objecto)
do sócio falecido, os quais se farão representar
na sociedade por um deles, enquanto a quota se Certifico, para efeitos de publicação, que no Um) A sociedade tem por objecto a prestação
mantiver indivisa. dia vinte e cinco de Maio de dois mil e quinze, de serviços de electricidade, domiciliária e
foi matriculada na Conservatória do Registo industrial, montagens e manutenção de ar-
CLÁUSULA NONA de Entidades Legais sob NUEL 100617471 condicionado, painéis solares e projectos.
uma entidade denominada, JGN – Instalações Dois) A sociedade pode importar e exportar
(Amortização de quotas)
Eléctricas e Industriais, Limitada. equipamentos, bens e outros materiais
A sociedade poderá amortizar qualquer Nos termos dos artigos noventa e seguintes relacionados com o desenvolvimento da sua
quota nos seguintes casos e demais previstos do Código Comercial, é constituído o presente actividade.
na Lei: contrato de sociedade entre: Três) A sociedade poderá exercer outras
João Gilberto Nombora, de nacionalidade actividades conexas com o seu objecto principal
a) Por acordo com o respectivo titular;
moçambicana, titular do Talão de pedido e desde que para tal obtenha aprovação das
b) Quando a quota for objecto de penhora,
de Bilhete de Identidade n.º 03589242, entidades competentes.
arresto ou adjudicação em juízo, Quatro) A sociedade poderá adquirir
emitido a vinte e um de Maio de dois mil e
falência, insolvência ou cessão participações financeiras em sociedades a
quinze, pela Direcção de Identificação Civil
gratuita; constituir ou constituídas, ainda que com
de Maputo, solteiro, residente no Bairro
c) Falência do sócio; objecto diferente do da sociedade, assim como
de Kongolote, Quarteirão número oitenta
d) Quando por qualquer motivo a quota e quatro, casa número quatro mil cento e associar-se com outras sociedades para a
seja retirada da livre disponibilidade dezanove, província de Maputo; e persecução de objectivos comerciais no âmbito
do seu titular, divórcio ou separação Julio Alfredo Nombora, de nacionalidade ou não do seu objecto.
de pessoas e bens, se por partilha do moçambicana, titular do Bilhete de Identidade
CAPÍTULO II
respectivo património a quota não n.º 080100875601Q, emitido a um de
for adjudicada no todo ou em parte Outubro de dois mil e dez, pela Direcção de Capital social
ao respectivo titular; Identificação Civil de Inhambane, solteiro,
ARTIGO QUARTO
e) Interdição ou inabilitação permanente residente no bairro de Kongolote, quarteirão
ou morte do respectivo sócio. número oitenta e quatro, casa número quatro (Capital social)
mil cento e dezanove, província de Maputo. Um) O capital social, integralmente
CLÁUSULA DÉCIMA Que pelo presente contrato de sociedade subscrito e realizado em dinheiro, é de dez mil
(Prestações suplementares) que outorgam e constituem uma sociedade meticais, correspondente à soma de duas quotas,
por quotas de responsabilidade limitada, distribuídas na seguinte proporção:
Os sócios ficam autorizados a fazer denominada, JGN – Instalações Eléctricas e a) Uma quota no valor nominal de
prestações suplementares de capital até ao Industriais, Limitada, que se regerá pelos artigos cinco mil meticais correspondente
montante global de cem mil meticais. seguintes. a cinquenta por cento do capital
Declaram ainda os outorgantes que fica
social, pertencente ao sócio João
autorizada, desde já, a gerência ora, nomeada CAPÍTULO I
Gilberto Nombora;
a proceder ao levantamento do capital social Denominação, duração, sede e objecto b) É uma quota no valor nominal de
depositado em nome da sociedade, para fazer cinco mil meticais, correspondente
face as despesas relacionadas com a aquisição ARTIGO PRIMEIRO
a cinquenta por cento do capital
de bens e equipamento. Denominação e duração social, pertencente ao sócio Julio
A sociedade adopta a denominação, Alfredo Nombora.
CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA
JGN – Instalações Eléctricas e Industriais, Dois) O capital social poderá ser aumentado
Assembleia geral, na primeira sessão, Limitada, sociedade comercial por quotas de uma ou mais vezes por deliberação da
deverá nomear a gerência ou administrador responsabilidade limitada, criada por tempo assembleia geral, que determinará os termos
da sociedade com poderes e deveres para indeterminado e que se rege pelo presente e condições em que se efectuará o aumento.
os devidos efeitos e ainda deverá definir estatuto e pelos preceitos legais em vigor na
República de Moçambique. ARTIGO QUINTO
remuneração dos mesmos.
A assembleia geral nomeia o senhor Gerson (Cessão de Quotas)
ARTIGO SEGUNDO
Inácio Massinga como administrador.
Um) É livre a cessão total ou parcial de
(Sede)
CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA quotas entre os sócios.
Um) A sociedade tem a sua sede social Dois) A cessão de quotas a terceiros carece
(Casos omissos) no Bairro de Kongolote, Quarteirão número do consentimento da sociedade, dado em
oitenta e quatro, casa número quatro mil cento assembleia geral, à qual fica reservado o direito
As omissões e dúvidas resultantes da
e dezanove, na província de Maputo. de preferência na sua aquisição.
aplicação e interpretação do presente contrato,
Dois) Mediante deliberação da administração, Três) No caso de a sociedade não exercer
serãoresolvidas em recurso ao Código Comercial
a sociedade poderá abrir sucursais, filiais ou o seu direito de preferência, este passará
e demais Legislação aplicável e em vigor na
qualquer outra forma de representação no pertencer a cada um dos sócios e, querendo
República de Moçambique. país e no estrangeiro, desde que devidamente exercê-lo mais do que um dos sócios, a quota
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. autorizada pela assembleia geral e cumpridos será dividida pelos interessados, na proporção
– O Técnico, Ilegível. os necessários requisitos legais. das respectivas quotas.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (17)

ARTIGO SEXTO transformação, dissolução da sociedade ou Dois) A liquidação será feita na forma
outros assuntos para as quais a lei exija maioria aprovada por deliberação dos sócios.
(Prestações suplementares)
qualificada, sem especificar, devem estar
Um) Os sócios poderão efectuar prestações presentes ou representados sócios que detenham ARTIGO DÉCIMO QUARTO
suplementares de capital ou suprimentos à pelo menos participações correspondentes a um (Disposições finais)
sociedade nas condições que forem estabelecidas terço do capital social.
por lei. Três) Em segunda convocação, a assembleia Um) Em caso de morte ou interdição de um
Dois) Os sócios poderão fazer suprimentos à geral pode deliberar seja qual for o número de sócio, a sociedade continuará com os herdeiros
sociedade nas condições fixadas pela assembleia sócios presentes ou representados e o capital ou representantes do falecido ou interdito,
geral sob proposta dos mesmos. por eles representado. os quais nomearão entre si um que a todos
Quatro) As deliberações da assembleia geral represente na sociedade, enquanto a quota
CAPÍTULO III são tomadas por maioria simples de votos dos permanecer indivisa.
sócios presentes ou representados, excepto nos Dois) Em tudo quanto for omisso no presente
Assembleia geral e administração casos em que pela lei ou pelo presente estatuto estatuto aplicar-se-ão as disposições do Código
ARTIGO SÉTIMO se exija maioria qualificada. Comercial e demais legislação em vigor na
República de Moçambique.
(Assembleia Geral) ARTIGO DÉCIMO
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
Um) A assembleia geral se reunirá (Administração, representação – O Técnico, Ilegível.
ordinariamente nos primeiros três meses da sociedade)
imediatos ao início de cada exercício para
Um) A administração e representação
apreciação, aprovação ou modificação do
da sociedade serão conferidas a um ou mais
balanço e contas do exercício e para deliberar
administradores, conforme for deliberado em Elim Serviços, Limitada
sobre quaisquer assuntos para que tenha sido assembleia geral.
convocada. Dois) A sociedade fica obrigada pela Certifico, para efeitos de publicação, que
Dois) A assembleia geral se reunirá por assinatura de um dos administradores nomeados no dia cinco de Junho de dois mil e quinze, foi
iniciativa de um dos sócios ou da administração, pela assembleia geral. matriculada na Conservatória do Registo de
convocada por meio de carta registada, com Três) A sociedade pode ainda se fazer Entidades Legais sob NUEL 100615908 uma
aviso de recepção dirigido a todos sócios, com representar por um ou mais procuradores entidade denominada, Elim Serviços, Limitada.
antecedência mínima de quinze dias, e devendo especialmente designados pela administração, Entre:
a convocatória indicar o dia, a hora, o local e a ou mediante procuração, ambos nos termos e Elim Serviços, Limitada, sociedade por quotas
ordem de trabalhos da reunião. limites específicos do respectivo mandato. de responsabilidade limitada, constituída e
Três) Serão dispensadas as formalidades Quatro) É desde já nomeado administrador existente ao abrigo das Leis de Moçambique,
de convocação da assembleia geral quando da sociedade o senhor João Gilberto Nombora, matriculada nos livros do Registo Comercial
todos os sócios concordem por escrito em dar competindo-lhe o exercício das actividades sob NUEL 100013703, com sede na Rua da
como validamente constituída a assembleia, e inerentes a este cargo. Resistência, número quatrocentos e oitenta,
concordem que dessa forma se delibere, ainda rés-do-chão, cidade de Maputo, neste acto
CAPÍTULO IV
que as deliberações sejam tomadas fora da sede representada pela Senhora Ruth Tatiana
social, em qualquer ocasião e qualquer que seja Disposições gerais Eusébia Mata, na qualidade de directora-
o seu objecto. geral; e
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Quatro) Exceptuam-se, relativamente ao Pfuxela Exibition Gallery, Limitada,
disposto no número anterior, as deliberações (Balanço e contas) sociedade por quotas de responsabilidade
que, nos termos da lei ou do presente estatuto, Um) O exercício social coincide com o ano limitada, constituída e existente ao abrigo
requeiram uma maioria qualificada. civil. das Leis de Moçambique, matriculada
Cinco) A assembleia geral reúne extraor- Dois) O balanço e contas de resultados nos livros do Registo Comercial sob
dinariamente sempre que devidamente fechar-se-ão com referência a trinta e um de o NUEL 100104083, com sede na Avenida
convocada, por qualquer um dos sócios. Dezembro de cada ano e serão submetidas à Paulo Samuel Kankhomba número dois mil
apreciação da assembleia geral. cento e sessenta e quatro, cidade de Maputo,
ARTIGO OITAVO
neste acto representada pela senhora Fáusia
(Representação na assembleia geral) ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Farouk Mussagy, na qualidade de sócia-
O sócio poderá fazer-se representar na (Lucros) gerente.
assembleia geral por qualquer outro dos sócios, Um) Dos lucros apurados em cada exercício É acordado e reduzido a escrito o presente
mediante a delegação de poderes para o efeito, deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem contrato de consórcio, que as partes outorgantes
através de procuração, carta, telefax ou e-mail. legalmente indicada para constituir a reserva se obrigam mútua e reciprocamente a cumprir
legal, enquanto não estiver realizada nos termos e que se regerá pelos preceitos legais em vigor
ARTIGO NONO da lei ou sempre que seja necessária reintegrá-la. na República de Moçambique, e pelas seguintes
(Quórum e votação) Dois) Cumprido o disposto no número cláusulas:
anterior a parte restante dos lucros será
Um) A assembleia geral pode deliberar, CLÁUSULA PRIMEIRA
distribuída entre os sócios de acordo com a
em primeira convocação, qualquer que seja o percentagem das respectivas quotas. (Constituição e denominação)
número de sócios presentes ou representados,
salvo o disposto no número seguinte ou no Um) As partes celebram entre si o presente
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
contrato. contrato de consórcio, que fica a designar-se
(Dissolução) Consórcio Elim & Pfuxela (CE).
Dois) Para que a assembleia geral possa
deliberar, em primeira convocação, sobre a Um) A sociedade dissolve-se nos casos Dois) As partes ora outorgantes são adiante
alteração do contrato de sociedade, fusão, cisão, e nos termos da lei. designadas por “Membros do Consórcio”.
1830 — (18) III SÉRIE — NÚMERO 49

CLÁUSULA SEGUNDA e) Estabelecer o plano geral dos trabalhos Seis) As despesas do consórcio serão
e controlar a sua execução; financiadas e pagas pelos membros em igual
(Domicílio)
f) Zelar pelo cumprimento do contrato proporção nos termos fixados no número três do
O domicílio do consórcio é na sede da do consórcio; articulado oitavo do presente contrato.
Sociedade Elim Serviços, Limitada, Rua da g) Providenciar informação aos membros;
Resistência, número quatrocentos e oitenta, h) Assegurar o cumprimento das CLÁUSULA NONA
rés-chão, cidade de Maputo. obrigações fiscais emergentes da (Relações)
actividade do consórcio
CLÁUSULA TERCEIRA Um) O presente contrato é celebrado
Três) As consorciadas concederão ao chefe
“intuito persone”, sendo por isso, os direitos e
(Objecto) do consórcio os poderes necessários para o
obrigações que nela decorram para os membros
O presente contrato tem por objecto exercício das suas funções.
intransmissíveis (salvo o direito de cada uma
a Organização de Palestras, Seminários, Quatro) O chefe do consórcio é ainda
de contratar parte ou partes definidas para a
Workshops e feiras comerciais nas áreas responsável pela facturação e distribuição dos
realização de trabalhos que lhe competirem e,
de Desenvolvimento Rural, Comércio e lucros entre os consorciados.
neste caso, sem prejuízo da responsabilidade
Investimentos e Agro-negócios. respectiva).
CLÁUSULA SÉTIMA
Dois) As consorciadas comprometem-se a
CLÁUSULA QUARTA (Contribuições dos membros) prestar mutuamente assistência e procurarão
(Natureza do consórcio) Um) Para efeitos do presente consórcio, a sempre conciliar equitativamente os seus
Elim Serviços, Limitada, coloca à disposição interesses particulares num espírito amigável
Com a celebração do presente contrato e mútua compreensão no que diga respeito à
o seu Alvará para a prossecução do objecto
não pretendem os membros constituir uma prossecução do objecto do presente contrato.
do consórcio e fornecerá o seu conhecimento
sociedade ou qualquer outra entidade dotada Três) Os membros comprometem-se a não
na matéria administrativa do consórcio e no
de personalidade jurídica, não existindo entre conteúdo técnico dos eventos. exercer nenhuma actividade que concorra
elas qualquer “affectio societatis”. Dois) A contribuição da Pfuxela Exibition directa ou indirectamente com o objecto do
Gallery, Limitada, consistirá em fornecer consórcio.
CLÁUSULA QUINTA
profissionais que irão ministrar as palestras,
(Conselho de orientação bem como no estabelecimento de parceiras para CLÁUSULA DÉCIMA
e fiscalização) a angariação de patrocinadores. (Responsabilidades)
Três) As participações das partes envolvidas
Um) O conselho de orientação e fiscalização no consórcio são as seguintes: Um) Pelo presente contrato, cada membro
é o órgão máximo da estrutura do consórcio. mantém sua independência em relação a
a) A Elim Serviços, Limitada, participa
Dois) O conselho de orientação e fiscalização outra, estando cada uma isenta das obrigações
em cinquenta por cento.
é composto por um representante legal de cada contraídas pelo outro, no que concerne ao vínculo
b) A Pfuxela, Limitada, participa em
uma dos membros. Estes representantes podem laboral com os trabalhadores respectivos, assim
cinquenta por cento.
delegar poderes. como ao pagamento de impostos, taxas, seguros
Três) Ao conselho de orientação e CLÁUSULA OITAVA de responsabilidade civil e laboral ou outros
fiscalização compete orientar e fiscalizar a encargos que não decorram directamente da
(Receitas, despesas e distribuição
actuação do chefe do consórcio e decidir os execução de tarefas conjuntas resultantes do
de lucros)
diferendos entre os membros. presente contrato.
Quatro) O conselho de orientação e Um) São receitas do Consórcio, Dois) Os trabalhadores de cada membro
fiscalização reunirá uma vez por mês para a fundamentalmente os pagamentos efectuados que se encontram a realizar as tarefas do
apresentação do relatório mensal e prestação em contrapartida dos trabalhos prestados a luz consórcio, devem garantir a melhor execução
de contas. do objecto do presente contrato. dos serviços do consórcio, nos termos deste
Cinco) O conselho de orientação e Dois) As receitas do consórcio serão acordo, respondendo porém, em termos
fiscalização reunirá por solicitação de qualquer depositadas em nome do consórcio, em conta de autoridade e disciplina, à sua entidade
bancária a abrir em banco comercial, escolhido empregadora directamente.
dos membros.
Seis) Compete ao conselho de orientação pelas consorciadas e a mesma será obrigada
pela assinatura dos representantes de cada um CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA
e fiscalização, a selecção de serviços de
contabilidade e assessoria jurídica ao consórcio. dos membros. (Incumprimento)
Três) A totalidade das receitas do consórcio
é distribuída pelos membros, de acordo com Um) No caso de uma dos membros ser
CLÁUSULA SEXTA
os trabalhos efectivamente pagos, tendo em declarado em falência ou ser dissolvido
(Chefe do consórcio) atenção as seguintes proporções: por qualquer causa, ou não cumprir com as
obrigações, o outro terá o direito não só a
Um) O chefe do consócio é a sociedade a) Cinquenta e cinco por cento para Elim excluí-la (ou a quem lhe suceder) do consórcio
Elim Serviços, Lda., podendo esta delegar Serviços, Limitada. e a tomar providências necessárias para anular,
poderes. b) Quarenta e cinco por cento para Pfuxela na medida possível, as consequências de
Dois) Compete ao chefe do consórcio: Exibition Gallery, Limitada. incumprimento, sem prejuízo do direito a ser
a) A direcção administrativa do con- Quatro) São despesas do Consórcio, as indemnizada pelo faltoso de todos os danos
sórcio; causadas pelo seu funcionamento e Admi- passados, presentes e futuros, que no âmbito
b) A execução das deliberações do nistração. do consórcio tal facto lhe cause.
conselho de fiscalização; Cinco) Para a prossecução do objecto Dois) A parte faltosa obriga-se a prestar ao
c) A representação do consórcio perante do presente consórcio, poder-se-á celebrar membro não faltoso tudo o que detiver ou lhe
terceiros; contratos de natureza civil e comercial com for possível, no sentido de permitir a este ou a
d) Coordenar as actividades e os trabalhos terceiros, bem como outros considerados terceiros a execução da prestação incumprida
de ambos membros; relevantes para o efeito. nas melhores condições.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (19)

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA ARTIGO SEGUNDO CAPÍTULO III


(Vigência) (Duração) Assembleia geral e administração

O presente contrato consórcio entra em vigor A duração da sociedade é por tempo ARTIGO SÉTIMO
na data da sua assinatura pelas partes e tem indeterminado, contando-se o seu início a partir (Assembleia geral)
duração de dez anos prorrogáveis por acordo da data da sua constituição. Um) A assembleia geral reúne-se
das partes.
ordinariamente, uma vez por ano para apreciação
ARTIGO TERCEIRO
CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA e aprovação do balanço e contas do exercício
(Objecto) findo e repartição de lucros e perdas.
(Foro competente) Dois) A assembleia geral poderá reunir-
A sociedade tem por objecto o exercício das
Um) Quaisquer conflitos que possam surgir se extraordinariamente quantas vezes forem
seguintes actividades: necessárias desde que as circunstâncias assim o
entre os membros e que não sejam resolvidas
pelo conselho de orientação e fiscalização, serão a) Desenvolvimento de projectos exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos
resolvidos com recurso à arbitragem nos termos agrários, pecuários, aquacultura que digam respeito à sociedade.
da Lei número onze barra noventa e nove, de e de silvicultura;
b) Produção, comercialização ARTIGO OITAVO
doze de Julho.
Dois) O tribunal arbitral será constituído e exportação de produtos agrícolas, (Administração)
por três membros, sendo um ou dois dos quais florestais, piscícolas e pecuários;
c) Importação, distribuição e venda de Um) A administração e gestão da sociedade
nomeados por cada um dos membros e o terceiro
e sua representação em juízo e fora dele, activa
que presidirá, nomeado pelos primeiros. insumos agrícolas, medicamentos
e passivamente é confiada a um director-geral,
Três) O tribunal arbitral decidirá segundo e produtos fármacos humanos
eleito pela assembleia geral dos sócios.
a equidade. e animais;
Dois) Os sócios têm plenos poderes para
d) Exploração de empreendimentos
CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA nomear mandatários da sociedade, conferindo
imóveis; e os necessários poderes de representação.
(Legislação aplicável) e) Consultoria e formação em Três) A sociedade ficará obrigada pela
desenvolvimento. assinatura do director-geral, nos termos e limites
Em tudo o que não estiver especificamente
previsto no presente contrato, observar-se-á o Dois) A sociedade poderá adquirir específicos do respectivo mandato.
disposto na legislação aplicável em vigor em participação financeira em sociedades a Quatro) É vedado ao director-geral assinar
Moçambique. constituir ou já constituídas, ainda que tenham em nome da sociedade quaisquer actos ou
objecto social diferente. contractos que digam respeito a negócios
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
Três) A sociedade poderá exercer quaisquer estranhos à mesma, tais como letras de favor,
– O Técnico, Ilegível. finanças, prestação de garantias, avales ou
outras actividades desde que para o efeito
esteja devidamente autorizada nos termos da abonações.
legislação em vigor. Cinco) Os actos de mero expediente poderão
ser individualmente assinados por empregados
CAPÍTULO II
Amol Invesdes — Sociedade da sociedade devidamente autorizados pelo
director -geral.
Unipessoal, Limitada Sócios e capital social
CAPÍTULO IV
ARTIGO QUARTO
Certifico, para efeitos de publicação, que
Disposições finais
por escritura pública de três de Junho de dois mil (Capital social)
e quinze, lavrada de folhas cento e dez a folhas ARTIGO NONO
O capital social, integralmente subscrito e
cento e quinze do livro de notas para escrituras
realizado em dinheiro, é de dez mil meticais, e (Dissolução)
diversas número quatrocentos e quarenta e
corresponde à soma de uma quota, detida pela
quatro, traço A, do Quarto Cartório Notarial A sociedade só se dissolve nos termos
sócia Letisha de Morais Augusto Mole.
de Maputo perante Batça Banu Amade Mussa, fixados por lei ou por comum acordo dos sócios
licenciada em Direito técnica superior dos ARTIGO QUINTO quando assim o entenderem.
registos e notariado N1 e notária em exercício no
referido cartório, constituíu Letisha de Morais (Aumento do capital social) ARTIGO DÉCIMO
Augusto Mole, uma sociedade por quotas de O capital social poderá ser aumentado ou (Herdeiros)
responsabilidade limitada denominada Amol diminuido quantas vezes forem necessárias
Invesdes-Sociedade Unipessoal, Limitada, com Em caso de morte, interdição ou inabilitação
desde que a assembleia geral delibere sobre
sua sede na Cidade de Maputo, que se regerá de um dos sócios, os seus herdeiros assumem
o assunto.
pelas cláusulas constantes dos artigos seguintes. automaticamente o lugar na sociedade com
Pelo presente contrato de sociedade outorga e ARTIGO SEXTO dispensa de caução, podendo estes nomear seus
constitue uma sociedade por quotas unipessoal, representantes se assim o entenderem, desde
(Divisão e cessão de quotas) que obedeçam o preceituado nos termos da Lei.
que se regerá pelas cláusulas seguintes:
Um) Sem prejuízo das disposições legais em
CAPÍTULO I vigor, a cessão ou alienação de toda a parte de ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
quotas deverá ser do consentimento dos sócios, (Casos omissos)
Denominação, sede, duração e objecto
gozando estes do direito de preferência. Os casos omissos serão regulados pela
ARTIGO PRIMEIRO Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios legislação vigente e aplicável na República de
mostrarem interesse pela quota cedente, este Moçambique.
(Denominação e sede)
decidirá a sua alienação a quem e pelos preços
Está conforme.
A sociedade adopta a denominação de Amol que melhor entender, gozando o novo sócio dos
Invesdes — Sociedade Unipessoal, Limitada, e direitos correspondentes à sua participação na Maputo, dez de Junho dois mil e quinze.
tem a sua sede na Cidade de Maputo. sociedade. — O Técnico, Ilegível.
1830 — (20) III SÉRIE — NÚMERO 49

Empresa Petrol Bay, c) Uma quota de trinta e quatro mil e b) Presidente do conselho de
Limitada quinhentos meticais correspondente administração (P.C.A.) é indicada
a vinte e três porcento do capital a sócia Faira Charmila Pasotamo.
Certifico, para efeitos de publicação, que por social pertence a sócia Faira c) Direcção Administrativa, pessoal de
escritura pública de catorze de Maio de dois mil e Charmila Parsotamo; recursos humanos (D.A.P.R.H.) e
quinze, lavrada de folhas noventa e oito a folhas d) Uma quota de trinta e quatro mil e directora-geral Adjunta (D.G.A.)
cento e seis do livro de notas para escrituras quinhentos meticais correspondente é indicada a sócia Sheila Núrate
diversas número quatrocentos e quarenta e a vinte e três porcento do capital Parsotamo Maia.
dois traço A, do Cartório Notarial de Maputo social pertencente a sócia Sheila Dois) A sociedade da Empresa Petrol
perante Fátima Juma Achá Baronet licenciada NúrateParsotamoMaia.
Bay Lda., obriga-se com o mínimo de duas
em direito, conservadora e notária superior A Dois) O capital social poderá ser alterado assinaturas na movimentação de cheques sendo
do Terceiro Cartório Notarial, e substituta legal mediante a, deliberação da assembleia geral nos da directora-geral e representante do sector
da notária deste cartório em virtude de a mesma termos da legislação em vigor sendo realizado financeiro.
se encontrar no gozo de licença disciplinar, por forma a manter ou não atual proporção Três) Nas ausências da directora-geral, fica
foi constituída entre: Mariamo Bibí Ismael das quotas. o sócio que este indicará por escrito a fazer a
Mahomed Bay, Nuno Sérgio, Faira Charmila Três) Na alteração a que nos termos sua dispensa de caução.
Parsotamo e Sheila Núrate Parsotamo Maia, do número anterior haja que se proceder
uma sociedade por quotas de responsabilidade poderão ser utilizados dividendos acumulados ARTIGO SÉTIMO
limitada denominada Empresa Petrol Bay, e reservas.
Limitada, com sede no Distrito da Machava- (Distribuição de resultados)
Matola, Província de Maputo, que se regerá ARTIGO QUARTO Um) O exercício social coincide com o ano
pelas cláusulas constantes dos artigos seguintes. (Prestação suplementares) civil.
Dois) Anualmente e até do primeiro trimestre
CAPÍTULO I Não haverá prestações suplementares
será encerrado o balanço referente à trinta e um
podendo porém os sócios fazer a sociedades
ARTIGO PRIMEIRO de Dezembro do ano anterior que deverá ser
os suplementos de que ela carecer ao foro e
(Denominação da sociedade) submetido apresentação da assembleia geral.
demais, condições estipuladas em assembleia
Três) Os lucros que o balanço apurar
Um) É constituído uma empresa que adopta a geral.
ARTIGO QUINTO líquidos de todas as despesas encargos depois
denominação da Empresa Petrol Bay, Limitada, de deduzida a percentagem para o fundo de
tem a sua sede no Distrito da Machava-Matola, (Assembleia geral) reserva legal e as que forem deliberadas para
Província de Maputo, que se rege pelos outros fundos de reserva serão distribuídos entre
Um) A assembleia geral reunir-se-a
presentes estatutos e pela legislação aplicável. os sócios na proporção das suas quotas.
ordinariamente uma vez em cada ano para
Dois A sua duração é por tempo
apreciação, aprovação de balanço e conta do
indeterminado contando-se com o seu início ARTIGO OITAVO
exercício e para deliberar sobre qualquer outros
das actividades a partir da data de celebração
assuntos para que tenha sido convocada e (Morte e interdição)
da presente escritura pública.
extraordinariamente sempre que for necessário.
No caso de morte ou interdição de quaisquer
ARTIGO SEGUNDO Dois)A assembleia geral será convocada
pelo presidente do conselho de administração sócios a sociedade continuará com os herdeiros
(Objectivos sociais e tendências)
(P.C.A.), por meio de carta registada com ou representantes do interdito. Nomeando
antecedência mínima de quinze dias que poderá um entre eles mais que a todos representa
Um) Comercialização de fornecimento de
ser reduzida para cinco dias para as assembleias na sociedade mantendo-se portanto a quota
petróleo.
Dois) Compra e venda de (Gasolina, diesel, extraordinárias. indevida.
petróleo, gás, óleo de motor, óleo de caixas de Três) A assembleia geral considera-se
ARTIGO NONO
velocidades, baterias, etc). regularmente constituído quando em primeira
Três) Fornecimento de todos os tipos de convocação estejam presente ou devidamente (Cessão de quotas)
géneros alimentícios ao público. representados cinquenta e um porcento, do
Um) A cessão de quotas passará a ser feita
capital social e em segunda convocação
ARTIGO TERCEIRO residualmente a estranhos a sociedade com
seja qual for o número de sócios presentes
esta a gozar do direito de preferência seguida
(Capital social) independentemente do capital que representam.
dos sócios.
Quatro)As deliberações da assembleia geral
Um) O capital social, integralmente subscrito serão tomadas por maioria dos sócios. Dois) O preço das quotas a alinear quando
em dinheiro, é cento e cinquenta mil meticais, não existe acordo entre as partes será definido
correspondente a soma de quatro quotas ARTIGO SEXTO por auditores para o efeito nomeado pelas
desiguais, assim, distribuídas. partes.
(Direção da empresa e gerências)
a) Uma quota de quarenta e seis mil e
Um) A direcção geral da sociedade e sua ARTIGO DÉCIMO
quinhentos meticais correspondente
a trinta e um porcento, do capital representação em juízo bem como fora dela
(Dissolução)
social pertencente a sócia Mariamo activa e passivamente serão exercidas pela
sócia Mariamo Bibí Ismael Mahomed Bay, que Um) A sociedade dissolve-se nos casos
Bibí Ismael Mahomed Bay;
desde já nomeada. consagrados pela lei.
b) Uma quota de trinta e quatro mil e
quinhentos meticais correspondente a) Direcção de Finanças, Gerências Dois) Todos os sócios nomeados liquidatários
a vinte e três porcento do capital e Desenvolvimento de procederão a liquidação e partilha os bens
social pertencente ao sócio Nuno Projecto(D.F.G.D.P.) é indicado o sociais de acordo com proporção das suas
Sérgio; sócio Nuno Sérgio. quotas.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (21)

ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO no desenvolvimento, programação, ARTIGO QUINTO


comercialização e consultadoria de aplicações (Cessão de quotas e direito de preferência)
(Casos omissos)
informáticas e também importação e exportação
Em todos os omissos aplica-se-ão as de equipamentos informáticos, suas peças assim Um) A cessão total ou parcial de quota só
competentes da legislação em vigor na como de aparelhos de localização. é possível entre os sócios, excepto que outro
República de Moçambique. tipo de cessão seja decidido por mútuo acordo
ARTIGO TERCEIRO entre os sócios.
Está conforme.
Dois) No caso de cessão total ou parcial
Maputo, vinte e seis de Maio dois mil (Capital social e quotas)
de quota a favor de não sócios, os sócios, em
quinze. — O Técnico, Ilegível. primeiro lugar e a sociedade, em segundo,
Um) O capital social da sociedade, é de
cinquenta mil meticais, integralmente realizado possuem um direito de preferência.
em dinheiro e corresponde à soma de duas Três) Para o exercício do direito de preferência
quotas com o seguinte valor nominal e sócios: referido na alínea anterior, o sócio que pretenda
Navigate Mz, Limitada ceder a sua quota total ou parcialmente deverá
a) Uma quota com o valor nominal comunicar essa vontade aos restantes sócios e à
Certifico, para efeitos de publicação, que de trinta mil meticais, à sócia gerência da sociedade através de carta registada
no dia dez de Junho de dois mil e quinze, foi Navigate Technologies, Limitada, indicando as condições em que vai efectuar a
matriculada, na Conservatória do Registo de sociedade por quotas de direito cessão e todas as responsabilidades das quais
Entidades Legais sob NUEL 100617064 uma português, com sede na Avenida se pretende desonerar.
sociedade denominada Navigate MZ, Limitada. da Universidade LT B, R/c Dto., Cada um dos preferentes, por sua vez,
Entre: 6200-161 Covilhã, Portugal, comunicará àquele, pela mesma forma e dentro
Primeiro. Navigate Technologies, Limitada, registada na Conservatória do do prazo máximo de trinta dias a contar da
sociedade por quotas de direito português, com Registo Comercial de Odivelas, recepção da respectiva carta, se pretendem
sede na Avenida da Universidade LT B, R/c sob o número único de matrícula e adquirir a quota, nas condições referidas.
Dto., 6200-161 Covilhã, Portugal, registada identificação fiscal n.º 510 379 761 Quatro) No caso de nenhum sócio pretender
na Conservatória do Registo Comercial de b) Uma quota com o valor nominal de exercer o seu direito de preferência, e depois de
Odivelas, sob o número único de matrícula cumprido o estabelecido no número anterior,
vinte mil meticais, pertencente
e identificação fiscal n.º 510 379 761, aqui pertence o mesmo à sociedade, devendo o sócio
ao sócio Moisés Jóia Teixeira
representada pelo seu procurador Moisés Joia que pretende alienar a sua quota transmitir
Vidal, estado civil, divorciado,
Teixeira Vidal, estado civil divorciado, DIRE àquela essa sua intenção, da mesma forma por
DIRE n.º 11PT00049151 B, NUIT que a fez relativamente aos sócios, seguindo-se
n.º 11PT00049151 B, NUIT n.º 120081950,
n.º 120081950, com residência os ulteriores termos ali estabelecidos.
com residência na Avenida Vinte e Cinco de
Setembro número mil cento vinte e três, Prédio na Avenida Vinte e Cinco de Cinco) A cessão onerosa de quotas, total ou
Cardoso, 7A Maputo em Maputo. E Setembro mil cento vinte e três, parcial, a estranhos apenas é permitida no caso
Segundo. Moisés Joia Teixeira Vidal, estado Prédio Cardoso, 7A Maputo em de nenhum sócio, nem a sociedade, exercerem
civil, divorciado, DIRE n.º 11PT00049151 Maputo. os respectivos direitos de preferência, nos
B, NUIT n.º 120081950, com residência na Dois) Aos sócios poderão ser exigidas termos e condições fixados nos anteriores
Avenida Vinte e Cinco de Setembro número prestações suplementares de capital até ao números deste artigo.
mil cento vinte e três, Prédio Cardoso, limite do montante de metade do capital social. Seis) No caso de cessão gratuita de quotas
7A Maputo em Maputo, pelos Serviços de Três) Depende de deliberação dos sócios a entre vivos, total ou parcial, os sócios, em
Migração da República de Moçambique. celebração de contratos de suprimentos. primeiro lugar, e a sociedade, em segundo,
As partes acima identificadas têm, entre têm direito de preferência, o qual será exercido
si, justo e acertado o presente contrato de ARTIGO QUARTO pelo valor da quota, emergente de um balanço
sociedade, que se regerá pelos termos e especial elaborado para o efeito, imediatamente
(Participações) após o conhecimento da cessão gratuita da quota
condições do seguinte estatuto:
Um) A sociedade poderá participar no efectuado nos termos previstos no número três
ARTIGO PRIMEIRO capital social de outras sociedades, mesmo deste artigo.

(Denominação e sede) com objecto social diferente do seu e em


ARTIGO SEXTO
sociedades reguladas por leis especiais ou em
Um) A sociedade adopta a firma Navigate agrupamentos complementares de empresas. (Amortização de quotas)
MZ, Limitada. Dois) A sociedade poderá realizar
Dois) A sede da sociedade situa-se na Rua de Um) É admitida a amortização de quotas
quaisquer outras actividades consideradas pela sociedade:
França, número trezentos e três, Bairro Coop, complementares ou acessórias ao objecto
em Maputo, Moçambique. a) Por acordo com o sócio;
social acima descrito, incluindo a concessão
Três) Por deliberação da gerência, pode b) Se uma sociedade, proprietária de uma
de garantias, a prestação de serviços técnicos, quota, se dissolver ou for declarada
a sede social ser transferida para outro local,
de gestão financeira e administrativa às falida;
assim como criar ou encerrar filiais, agências,
sociedades por ela participadas, e ainda a c) Por exoneração ou exclusão de um
delegações ou qualquer outra forma de
realização de estudos de viabilidade por conta sócio;
representação social, onde e quando entender
de outrem, desde que devidamente autorizada d) Se um sócio falecer ou for declarado
conveniente, em território nacional ou no
estrangeiro pela assembleia geral e devidamente licenciada inabilitado ou interdito;
para o efeito. e) Se a quota for penhorada, arrestada ou,
ARTIGO SEGUNDO Três) A sociedade poderá adquirir e alienar, por qualquer outra forma, sujeita a
sob qualquer forma em direito permitido, apreensão judicial;
(Objecto social)
imóveis ou outro tipo de propriedade urbana f) Se um dos sócios ceder a sua quota em
O objecto social da sociedade, exercendo a sua ou rústica, bem como administrá-la e arrendá-la infracção das regras estabelecidas
actividade no território moçambicano,consiste para seu uso próprio. no artigo anterior;
1830 — (22) III SÉRIE — NÚMERO 49

g) Quando o sócio se retrate, escusando- assembleia geral, ordinária ou extraordinária, ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
-se a ceder a quota, após a sociedade mediante simples carta dirigida ao presidente
(Dissolução e liquidação)
haver declarado que pretende da mesa da assembleia geral.
preferir, nos termos do artigo Um) A sociedade dissolve-se e liquida-se
anterior; ARTIGO NONO nos casos, termos e condições previstos na lei.
h) Quando o sócio viole os seus deveres (Gerência) Dois) Deliberada a dissolução, a assembleia
sociais ou se recuse a exercer na geral elegerá um ou mais liquidatários, fixando
sociedade os cargos e funções que Um) A gerência da sociedade é exercida as suas remunerações e bem assim o prazo para
lhe sejam atribuídos; por um ou mais gerentes, conforme o grau de a liquidação.
i) Por qualquer outra circunstância obrigação e responsabilidade. Três) A liquidação realizar-se-á extraju-
prevista por lei. Dois) A fixação da remuneração dos gerentes dicialmente competindo aos liquidatários
compete à assembleia geral, podendo tal as atribuições e os poderes consignados nas
Dois) A sociedade pode exercer o direito de remuneração ser constituída por uma parte fixa normas legais aplicáveis.
amortização da quota no prazo de noventa dias, e outra variável, incluindo uma percentagem
contados a partir do conhecimento por algum dos lucros da sociedade. ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
gerente ou sócio da sociedade de qualquer dos Três) A sociedade fica obrigada:
factos referidos no número anterior. (Exercício económico)
a) Pela assinatura de um gerente para
Três) O montante que a sociedade tiver de Um) O exercício económico coincide com
exercer poderes normais de
pagar pela amortização de qualquer quota será o ano civil.
administração social (e relacionados
fixado pela assembleia geral, devendo essa Dois) O balanço e a conta de resultados
com o objecto social) e negócios
determinação ter por base o balanço e contas fechar-se-ão com referência a trinta e um de
até ao montante de cinquenta mil
aprovados e respeitantes ao exercício anterior, Dezembro de cada ano e serão submetidos à
meticais;
bem como um balanço e contas especiais apreciação da assembleia geral ordinária.
b) Pela assinatura de dois gerentes para a
relativos ao período decorrido do exercício em
prática dos seguintes actos:
curso, elaborados para o efeito. ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Quatro) O prazo de pagamento dos i. Representar a sociedade em
juízo e fora dele, activa e (Omissões)
contravalores constantes das avaliações será
estipulado pelos sócios, mas não poderá passivamente, para instaurar e Em todo o omisso regularão as disposições
ultrapassar dois anos. prosseguir processos judiciais,
da Lei das Sociedades por Quotas e restante
Cinco) As quotas amortizadas poderão podendo igualmente confessar,
legislação comercial em vigor na República de
afigurar no balanço como tal, podendo os sócios, desistir e transigir (e assumir
Moçambique.
posteriormente, substituir a quota amortizada compromissos arbitrais);
por uma ou mais quotas novas, destinadas ii. Adquirir ou alienar quaisquer ARTIGO ÚNICO
a serem alienadas a algum dos sócios ou a bens móveis, nomeadamente,
veículos automóveis, e outros, Caso a participação da sócia Navigate
terceiros.
Seis) A deliberação da amortização terá para serviço da sociedade; Technologies seja de qualquer forma reduzida
obrigatoriamente de ser tomada pela maioria iii. Celebrar e assinar contratos de a um valor inferior a cinquenta e um por cento,
dos votos correspondentes à totalidade do locação financeira mobiliária e automaticamente fica a sociedade inibida de
capital social, com exclusão do correspondente imobiliária; usar a designação da casa-mãe ou qualquer uma
às quotas a amortizar. iv. Contrair qualquer tipo de das suas marcas / produtos sem autorização
obrigações que implique ónus expressa ou contratual, sendo responsável pelos
ARTIGO SÉTIMO para a sociedade acima de prejuízos que causar àquela.
cinquenta mil meticais.
(Assembleia geral) Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
c) Ficam desde já nomeados gerentes os — O Técnico, Ilegível.
Um) A convocação das assembleias gerais senhores Paulo Alexandre Peixinho
será feita por carta registada com aviso de Coelho e Moisés Jóia Teixeira
recepção, dirigida a todos os sócios, expedida Vidal.
com a antecedência mínima de oito dias, Quatro) A sociedade obriga-se a criação de Indústrias,Infrastruturas,
salvo nos casos em que a lei exigir outras duas contas bancárias. Comércio e Serviços Moz,
formalidades. Limitada
a) Uma para efectuar todos os depósitos
Dois) A assembleia geral reunirá anualmente,
que a sociedade receba, que
em data não posterior a trinta de Março, para Certifico, para efeitos de publicação, que
apenas pode ser movimentada
decidir, aprovar ou modificar as contas do no dia dez de Junho de dois mil e quinze, foi
com a assinatura conjunta dos dois
exercício e apreciar a actuação dos gerentes, matriculada, na Conservatória do Registo de
gerentes;
bem como deliberar sobre a aplicação dos Entidades Legais sob NUEL 100617668 uma
b) Uma segunda conta para realização
resultados e apreciar as matérias que venham a sociedade denominada Indústrias, Infrastruturas,
de pagamentos correntes que pode
ser incluídas na respectiva ordem do dia. Comércio e Serviços Moz,Limitada
ser movimentada por qualquer um
Três) A assembleia geral reúne extraor-
dos gerentes isoladamente e que só É celebrado o presente contrato de sociedade,
dinariamente sempre que convocada por
poderá ter depósitos com origem na nos termos do artigo noventa do Código
qualquer sócio se requerida dentro dos preceitos conta anterior. Comercial, entre:
da lei e destes estatutos.
ARTIGO DÉCIMO Frederico Rufino Jane, casado,com em
ARTIGO OITAVO regime de comunhão de adquiridos, com
(Distribuição de lucros) Richel Cezaltina S.Nc.Jane natural de
(Representação)
Os lucros líquidos apurados em cada Maputo portador do Bilhete de Identidade
Qualquer sócio poderá fazer-se representar exercício terão a aplicação decidida em n.º 110300035682Q, que se junta em anexo
por outro sócio ou terceiro em reunião da assembleia geral de sócios. e que fazem parte dos presentes estatutos.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (23)

Achirafo Abdula Abubacar, casado com em ferro-portuários, equipamento e material de ARTIGO DÉCIMO
regime de comunhão de adquiridos, com escritório, intermediação financeira, publicidade
Um) A sociedade tem o direito de amortizar
Ermelinda Frederico Almeida Cumba e marketing e equipamento hospitalar.
quotas nos casos seguintes:
Abdula natural de Maputo portador do
Bilhete de Identidade n.º 110103990549i, ARTIGO QUARTO a) Quando a sociedade o acorde com
que se junta em anexo e que fazem parte A sociedade pode adquirir e alienar o respectivo titular;
dos presentes estatutos. participações em sociedades com obejecto b) Quando se trate de quota que
Leovigildo Ezequiel Miguel Luís, casado com diferente do referido no artigo terceiro, em a sociedade tenha adquirido;
em regime de comunhão de adquiridos, sociedades reguladas por leis especiais, bem c) Quando em qualquer processo haja de
com Roda Sansão Nuvunga Luís natural de como associar-se com outras pessoas jurídicas, proceder-se á venda ou adjudicação
Maputo portador do Bilhete de Identidade para nomeadamente, formar agrupamentos da quota;
n.º 110100685181B, que se junta em anexo complementares de empresa, novas sociedades, d) Quando a quota seja cedida a estranhos
e que fazem parte dos presentes estatutos; consórcios a associações em participação. com infracção do disposto no artigo
Bernardo Ouana, casado em regime de sétimo ou constituída em caução ou
comunhão de adquiridos, com Augusta CAPÍTULO II garantia com violação do disposto
Valente Diogo da Fonseca Ouana natural de no artigo oitavo;
Do capital social
Maputo portador do Bilhete de Identidade e) No caso de morte do sócio;
n.º 110106898X, que se junta em anexo e ARTIGO QUINTO f) Por interdição ou inabilitação
que fazem parte dos presentes estatutos; de qualquer sócio;
O capital social, integralmente subscrito
Salip Machalela, solteiro, natural de Maputo g) Por exoneração ou exclusão de um
e realizado, em dinheiro é de cinquenta mil
portador do Bilhete de Identidade sócio.
meticais, correspondente á soma de cinco
n.º 1101011183620b , que se junta em anexo
quotas iguais no valor de vinte mil meticais, Dois) Salvo nos casos previstos nas
e faz parte dos prentes estatutos;
equivalente a vinte por cento do capital social alíneas a) e b) do número um, o preço da
Que pelo presente contrato constituem entre cada uma, subscrita pelos sócios: Frederico amortização será o que couber à quota segundo
si uma sociedade que irá reger-se pelos artigos Rufino Jane, Achirafo Abdula Abubacar, o último balanço aprovado.
seguintes: Leovigildo Ezequiel Miguel Luís, Bernardo Três) A amortização considera-se realizada
Ouana e Salip Machelela. desde a data da assembleia geral que a deliberar,
CAPÍTULO I
podendo o pagamento da quota em causa ser
ARTIGO SEXTO
Da denominação, duração, sede realizado a pronto ou a pestações, conforme
e objecto Podem ser exigidas aos sócios prestações a mesma assembleia decidir.
suplementares do capital, até ao montante
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
correspondente ao quíntuplo do capital social,
(Denominação e duração) desde que deliberadas pela vontade unânime de Um) A gerência da sociedade e a sua
todos os sócios. representação, em juizo e fora dele, será
A sociedade adopta a denominação de
I.I.C.S.Moz, Lda, sociedade por quotas de exercida por um ou mais gerentes.
ARTIGO SÉTIMO
responsabilidade, limitada, e é constituída por Dois) Compete à assembleia geral decidir
tempo indeterminado. A sociedade poderá exigir aos sócios, sobre a remuneração do gerente, a qual pode
isoladamente ou conjuntamente, prestações consistir, total ou parcialmente, em participação
ARTIGO SEGUNDO acessórias onerosas ou gratuitas, por uma ou nos lucros da sociedade.
mais vezes, em dinheiro ou espécie, devendo Três) Fica desde já nomeados gerentes os
(Sede)
ser deliberados por unanímidade em assembleia sócios Bernardo Ouana e Frederico Rufino Jane.
Um) A sociedade tem a sua sede provisória geral os demais termos da sua realização,
na Cidade de Maputo Avenida Vinte e Cinco de incluindo a possibilidade de cobrar juros ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
Setembro número mil cento vinte e três, décimo remuneratórios e prazo de reembolso, caso as Um) Compete ao gerente os mais amplos
primeiro andar porta D. mesmas sejam onerosas. poderes para a gestão dos negócios sociais
Dois) A sociedade poderá deliberar a e representção da sociedade em juÍzo ou fora
alteração da sede social para qualquer outro ARTIGO OITAVO
dele, activa e passivamente.
local, dentro do território nacional, e poderá Um) A cessão de quota ou parte de quota Dois) A sociedade poderá nomear
abrir surcursais,filiais, agências,delegações ou a terceiro fica dependente do consentimento da mandatários para determinados actos e
outras formas de representação dentro e fora do sociedade, nos termos das disposições legais contratos, devendo constar do respectivo
território nacional. aplicáveis. mandato os poderes concretos que lhe são
Dois) A sociedade goza de direito de conferidos.
ARTIGO TERCEIRO preferência nesta cessão, sendo, quando a Três) Para obrigar a sociedade é necessário
(Objecto) sociedade não quiser usar dele, este direito a assinatura de um gerente ou de mandatário,
atribuído aos sócios não cedentes e, se houver em qualquer destes casos no âmbito dos poderes
A sociedade tem por objecto o exercício das mais de um a prefirir, a quota ou parte da quota que lhe sejam conferidos.
seguintes actividades: será por eles adquiridas das quotas de que ao
Na área da energia, construção civil, tempo sejam titulares. ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
fiscalização de projectos de construção Um) O exercício social coincide com o ano
civil, projectos ambientais, informática, ARTIGO NONO
civil.
agricultura, industria, hotelaria e turismo, A quota não poderá, no todo ou em parte, Dois) Anualmente será efectuado um
recursos minerais, imobiliário, consultoria ser dada em caução ou garantia de qualquer balanço de contas da sociedade com data de
em gestão, hotelaria, auditoria, contabilidade obrigação, sem prévio consentimento da trinta e um de Dezembro de cada ano que será
financeira, contabilidade aduaneira, serviços sociedade. submetido à assembleia geral.
1830 — (24) III SÉRIE — NÚMERO 49

Três) O valor dos lucros líquidos apurados responsabilidade limitada que se rege pelos l) Comercialização de aparelhos e
em cada exercício, deduzidos da parte destinada presentes estatutos e pelos preceitos legais equipamento de segurança,
a reserva legal, será distribuído nos termos que aplicáveis. emergência e socorros;
forem decididos em assembleia geral. m) Projetação estrutural, das implantações
Quatro) A assembleia geral reúne-se, ARTIGO SEGUNDO e arquitetura;
ordinariamente uma vez por ano, poderá reunir-
se, extraordinariamente, quantas vezes forem A sociedade tem a sua sede na Cidade de n) Consultoria e assistência no âmbito
necessárias, desde que as circunstâncias assim Maputo, podendo por deliberação da assembleia de govenance, risk and compliance
o exijam para deliberar sobre qualquer assunto geral, criar ou extinguir sucursais, delegações, incluso o sistema de gestão
que diga respeito a sociedade. agências ou quaisquer outras formas de empresarial, com certificação de
Cinco) A assembleia geral será convocada representação social, no país e no estrangeiro, produto.
pela administração com uma antecedência sempre que se justifique a sua existência, bem Dois) A sociedade poderá exercer outras
mínima de quinze dias, por carta registada com como transferir a sua sede para outro local do actividades complementares, desde que os
aviso de recepção.
território nacional. sócios assim o deliberem e obtenham as devidas
ARTIGO DÉCIMO QUARTO autorizações.
ARTIGO TERCEIRO
Herdeiros CAPÍTULO II
A sociedade é constituída por tempo
Em caso de morte, interdição ou inabilidade indeterminado, contando-se o seu começo, Do capital social
de um dos sócios da sociedade, os seus herdeiros para todos os efeitos legais, a partir da data da
assumem automaticamente o lugar na sociedade, presente escritura. ARTIGO QUINTO
com despensa de caução, podendo estes nomear
seu representante se assim o entenderem desde Um) O capital social, integralmente
ARTIGO QUARTO
que obedeçam o preceituado nos termos da lei. subscrito, é de cem mil meticais,e corresponde
Um) A sociedade tem como objecto a à soma de cinco quotas desiguais, sendo:
ARTIGO DÉCIMO QUINTO realização das seguintes actividades: a) Uma quota de quarenta mil meticais,
Um) A sociedade dissolve-se nos casos a) Consultoria e projecto no ambito de pertencente ao senhor Carlo Papale;
estabelecidos na lei. engenharia industrial, equipamentos b) Uma quota de vinte mil meticais,
Dois) A dissolução e liquidação da médicos e hospitalar, supervisão de pertencente ao senhor Marcello
sociedade regem-se pelas disposições da lei e sistemas de energia renovável, Passerana;
pelas deliberações da assembleia geral. c) Uma quota de vinte mil meticais,
exportação e importação;
ARTIGO DÉCIMO SEXTO b) Serviços de consultoria, assistência e pertencente ao senhora Cybeles
formação no âmbito de segurança Nunziata;
Casos omissos e higiene do trabalho; d) Uma quota de dez mil meticais,
Em tudo que fica omisso, regularão as c) Serviços de consultoria e engenheira pertencente ao senhor Enoque
disposições legais vigentes na República de ambiental cujo o fim é: Amós Matsinhe;
Moçambique. a redução do consumo energia; e) Uma quota de dez mil meticais,
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. uso de energia renovável; pertencente ao senhor Victorino
— O Técnico, Ilegível. a recolho, recuperação, reutilização Boaventura Manjate.
e reciclo de materiais; Dois) O capital social poderá ser aumentado
d) Analise e valorização de riscos no ou reduzido uma ou mais vezes, por decisão dos
Techno-Cyma Consultores, âmbito industrial e civil. Consultoria sócios, aprovada em assembleia geral.
Limitada no âmbito de “risk management” e Três) Deliberados quaisquer aumentos ou
reduções de capital, serão os mesmos rateados
“business continuity”;
Certifico, para efeitos de publicação, que pelos sócios, na proporção das suas quotas.
e) Serviços de supervisão de qualidade,
por escritura pública de vinte e um Maio de
dois mil e quinze, lavrada de folha cento e ambiental, segurança para CAPÍTULO III
treze a folhas cento e vinte e duas do livro os projetos de construção de
de notas para escrituras diversas número infraestruturas industriais; Da cessão e divisão de quotas
quatrocentos e quarenta e três traço A, do Quarto f) Serviços de auditoria inspeção e ARTIGO SEXTO
Cartório Notarial de Maputo perante Batça ‘expediting’ no âmbito industrial;
Banu Amade Mussa, licenciada em Direito, g) Serviços de consultoria e inspecção no Um ) A divisão e a cessão total ou parcial de
conservadora e notária superior A em exercício âmbito de soldadura e recipientes quotas a sócios ou terceiros, assim como a sua
no referido cartório, foi constituída entre: Carlo de impressão. Controlo destrutivos oneração em garantia de quaisquer obrigações
Papale, Marcello Passerana, Enoque Amós e não destrutivos; dos sócios, dependem de autorização prévia da
Matsinhe, Cybeles Nunziata e Victorino sociedade, dada por deliberação da assembleia
h) Serviço de consultoria e inspecção no
Boaventura Manjate uma sociedade por quotas geral.
de responsabilidade limitada denominada, âmbito de segurança equipamentos
Dois) O sócio que pretender alienar a sua
Techno-Cyma Consultores, Limitada, com i) Serviços de radioprotecção no campo
quota prevenirá a sociedade, com a antecedência
sede na Cidade de Maputo, que se regerá pelas da radiação ionizante e não
de trinta dias, por carta registada, declarando
cláusulas constantes dos artigos seguintes. ionizante;
o nome do adquirente, o preço e as demais
j) Serviços de consultoria no campo condições de cessão.
CAPÍTULO I de prevenção de incêndios, Atex Três) A sociedade reserva-se o direito de
Da denominação, duração, sede e serviço de engenheira para a preferência nesta cessão e, quando não quiser
e objecto implantação de levantamento e usar dele, é este direito atribuído aos sócios.
ARTIGO PRIMEIRO apagamento de incêndios; Quatro) É nula qualquer divisão, cessão,
A Techno-Cyma Consultores, Limitada k) Medições do som no ambiente de oneração ou alienação de quota feita sem
é uma sociedade comercial por quotas de trabalho; observância do disposto nos presentes estatutos.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (25)

CAPÍTULO IV ARTIGO DÉCIMO de gerência ou por qualquer empregado


devidamente autorizado para isso por força das
Da assembleia geral, gerência Um) O conselho de gerência reúne sempre
suas funções.
e representação da sociedade que necessário para os interesses da sociedade
Três) Em caso algum a sociedade poderá
pelo menos trimestralmente, sendo convocado
ARTIGO SÉTIMO ser obrigada a actos e contratos estranhos ao seu
pelo respectivo presidente.
objecto, nomeadamente em letras e livranças de
Um) A assembleia geral da sociedade Dois) A convocação das reuniões será feita favor, fianças e abonações.
reunirá, ordinariamente, de doze em doze meses, com pré-aviso mínimo de quinze dias, por meios
para apreciação, aprovação ou modificação do electrónicos ou carta registada, com aviso de CAPÍTULO V
balanço e contas do exercício e para deliberar recepção, salvo se for possível reunir todos os
Dos lucros e perdas e da dissolução
sobre quaisquer outros assuntos para que tenha membros do conselho de gerência sem outras
formalidades. A convocação deverá incluir a da sociedade
sido convocada e, extraordinariamente, sempre
que for necessário. ordem de trabalhos, bem como ser acompanhada ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Dois) A assembleia geral, nos casos em que de todos os documentos necessários à tomada
Um) Os lucros da sociedade e as suas
a lei não determine formalidades especiais para de deliberações, quando seja esse o caso.
perdas serão divididos pelos sócios na proporção
a sua convocação, será convocada, por meios Três) O conselho de gerência reúne-se, em
das suas quotas.
electrónicos ou carta, com aviso de recepção, princípio, na sede, podendo todavia, sempre que
Dois) Antes de repartidos os lucros líquidos
dirigida aos sócios, com a antecedência mínima o presidente o entenda conveniente, reunir em
apurados em cada exercício, deduzir-se-á, em
de quinze dias, que poderá ser reduzida para as qualquer outro local do território nacional.
primeiro lugar, a percentagem legalmente
assembleias extraordinárias. Quatro) As reuniões do conselho de gerência indicada para constituir o Fundo de Reserva
Três) A assembleia geral reunirá na sede deverão ser reduzidas a escrito e lavradas em Legal, enquanto não estiver realizado nos
da sociedade, podendo, ter lugar noutro local livro de actas próprio para o efeito, devendo as termos da lei ou sempre que seja necessário
quando as circunstâncias o aconselhem, desde referidas actas ser subscritas e assinadas por reintegrá-lo e, seguidamente, a percentagem
que tal facto não prejudique os direitos e todos os presentes. das reservas especialmente criadas por decisão
legítimos interesses dos sócios. Cinco) O membro do conselho de gerência unânime da assembleia geral.
Quatro) Os sócios, pessoas colectivas, temporariamente impedido de comparecer as Três) Os dividendos serão pagos aos sócios
far-se-ão representar nas assembleias gerais reuniões, pode fazer-se representar por outro no prazo de seis meses a contar da data da
gerente ou por outrem, mediante simples deliberação da assembleia geral sobre a matéria
pelo respectivo director geral ou, no seu
carta, ou por outro meio electrónico dirigido e serão depositados à sua ordem em conta
impedimento, por outra pessoa física que para o
ao presidente. bancária.
efeito designarem, mediante simples carta para
Seis) Para o conselho de gerência deliberar
esse fim dirigidas ao presidente da assembleia.
validamente é necessário que estejam presentes ARTIGO DÉCIMO QUINTO
ARTIGO OITAVO ou representados todos os seus membros. O ano social será de um de Janeiro a trinta
Sete) As deliberações do conselho de e um de Dezembro e o balanço e conta de
Um) As deliberações da assembleia geral gerência são tomadas por maioria simples de resultados fechar-se-ão com referência a trinta
serão tomadas por maioria dos votos presentes votos. e um de Dezembro de cada ano.
ou representados, excepto nos casos em que ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
a lei ou os presentes estatutos exijam maioria ARTIGO DÉCIMO SEXTO
qualificada. Um) Compete ao conselho de gerência
exercer os mais amplos poderes, representando A sociedade dissolve-se nos casos
Dois) É dispensada a reunião da assembleia
a sociedade em juízo e fora dele, activa e determinados na lei e por resolução unânime
geral quando todos os sócios concordem, por
passivamente, e praticando todos os demais dos sócios.
escrito, na deliberação, cujo conteúdo deve estar
actos tendentes à realização do objecto social Em tudo quanto fique omisso, regularão as
claramente explicitado.
que a lei ou os presentes estatutos não reservarem disposições normativas do Código Comercial
à assembleia geral. bem como a demais legislação aplicável.
ARTIGO NONO
Dois) O conselho de gerência pode delegar Está conforme.
Um) A sociedade é gerida por um conselho poderes em qualquer dos seus membros.
Maputo, dois de Junho de dois mil e quinze.
de gerência, composto por trêsmembros, sendo
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO — O Técnico, Ilegível.
designados pelos sócios, todos aprovados em
assembleia geral. A gestão diária da sociedade é confiada a
Dois) Poderão ser designadas pessoas um director-geral designado pelo conselho de
colectivas, os quais se farão representar por gerência, que determinará o seu mandato e ao Bema Fumigação —
pessoas físicas que para o efeito nomearão em qual prestará contas da sua actividade.
Sociedade Unipessoal,
carta dirigida à sociedade.
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Limitada
Três) Os membros do conselho de gerência
são designados por períodos de cinco anos, Um) A sociedade fica obrigada: Certifico, para efeitos de publicação, que
renováveis. a) Pela assinatura de três membros no dia dezoito de Julho de dois mil e catorze,
Quatro) Os membros do conselho de do conselho de gerência sendo foi matriculada, na Conservatória do Registo
gerência são dispensados de prestar caução e designado pelo sócio maioritário; de Entidades Legais sob NUEL 100513064
a sua remuneração será decidida por maioria b) Pela assinatura do director-geral, no uma sociedade denominada Bema Fumigação-
simples da assembleia geral. exercício das funções conferidas Sociedade Unipessoal, Limitada
Cinco) O presidente do conselho de gerência pelo conselho de gerência. Alberto Rodrigues Armando, de estado civil,
é designado pelo sócio maioritário, dentre os Dois) Os actos de mero expediente poderão solteiro, maior, natural de Maxixe, residente
membros do conselho de gerência. ser assinados por qualquer membro do conselho no Bairro de Infulene A, quarteirão um,
1830 — (26) III SÉRIE — NÚMERO 49

casa número vinte e três, cidade da Abrosa Comercial — Dois) Mediante decisão da administração,
Matola, portador de Bilhete de Identidade a sociedade poderá participar directa ou
Sociedade Unipessoal,
n.º 110100048773N, emitido pelo Arquivo indirectamente em projectos de desenvolvimento
de Identificação Civil de Maputo, no dia Limitada que concorram para o preenchimento do seu
quinze de Janeiro de dois mil e catorze. objecto social, desenvolver outras actividades
Certifico, para efeitos de publicação, que
Pelo presente contrato particular constitui no dia onze de Junho de dois mil e quinze, foi subsidiarias ou conexas da sua actividade
uma sociedade unipessoal que se regerá pelos matriculada, na Conservatória do Registo de primordial, participar no capital de outras
seguintes artigos. Entidades Legais sob NUEL100617978 uma sociedades, associações empresariais, grupos
sociedade denominada Abrosa Comercial - de empresas ou qualquer outra forma de
ARTIGO PRIMEIRO Sociedade Unipessoal, Limitada. associações legalmente permitidas.
(Denominação e sede) Fátima Bibi Aly Mamad, de nacionalidade ARTIGO QUARTO
moçambicana, portadora do Bilhete de
A sociedade adopta a denominação Bema (Capital social)
Identidade n.º 110102075350N, emitido
Fumigação – Sociedade Unipessoal, Limitada,
em Maputo, aos dois de Maio de dois mil O capital social, integralmente subscrito e
e tem a sua sede na Rua Particular de Malanga
e doze, NUIT 124209013, residente nesta realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais
número sessenta e sete, rés-do-chão, Bairro
cidade de Maputo, na Avenida Vinte e Cinco e corresponde a uma quota única de igual
de Malanga, cidade de Maputo, podendo
de Setembro, número dois mil setenta e um, valor nominal representativa de cem por cento,
abrir filias, delegações e outras formas de rés-do-chão, Bairro Central.
representação no território nacional ou no pertencente a sócia Fátima Bibi Aly Mamad.
Vem, ao abrigo do disposto nos artigos
estrangeiro.
noventa e trezentos vinte e oito e seguintes do ARTIGO QUINTO
ARTIGO SEGUNDO Código Comercial vigente em Moçambique,
(Prestações suplementares e suprimentos)
aprovado pelo Decreto-Lei número dois barra
(Duração) dois mil e cinco, de vinte e sete de Dezembro, Não serão exigíveis prestações suplementares
A sua duração e por um tempo indeterminado celebrar o presente contrato de sociedade de capital, mas o sócio poderá conceder à
contando-se o seu início a partir do dia da sua unipessoal que se rege pelas cláusulas insertas sociedade os suprimentos de que ela necessite,
constituição. nos artigos seguintes: nos termos e condições fixados.

ARTIGO TERCEIRO ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO SEXTO

(Objecto) (Denominação e duração) (Assembleia geral)

O objecto da sociedade consiste na actividade Um) A Abrosa Comercial - Sociedade A assembleia geral reunirá, ordinariamente,
Unipessoal, Limitada, adiante designada por na sede da sociedade, para a apreciação do
prestação de serviços de fumigação, serviços de
“Sociedade”, é uma sociedade comercial balanço e contas anuais e, extraordinariamente,
limpezas.
unipessoal, de responsabilidade limitada, que se quando convocada pela gerência, sempre que
ARTIGO QUARTO rege pelos presentes estatutos e pelos preceitos for necessário, para deliberar sobre quaisquer
legais em vigor na República de Moçambique. outros assuntos para que tenha sido convocada.
(Capital social) Dois) A sociedade constitui-se por tempo
Um) O capital social, é de vinte mil meticais indeterminado. ARTIGO SÉTIMO
correspondente a uma única quota pertencente (Gerência)
ARTIGO SEGUNDO
ao sócio Alberto Rodrigues Armando.
(Sede)
Um) A gerência será confiada ao Mamad
Dois) A sociedade poderá participar no
Sahid Aly Mamad que desde já fica nomeado
capital de outras sociedades, mesmo com Um) A sociedade tem a sua sedeem Maputo, gerente.
objecto diferente do seu, e em sociedades na Avenida Karl Marx, número novecentos Dois) A sociedade ficará obrigada pela
reguladas por lei ou por agrupamento. quarenta e nove, podendo abrir sucursais, assinatura do gerente ou do procurador
delegações, agências ou qualquer outra forma especialmente constituído pela gerência, nos
ARTIGO QUINTO
de representação social e quando a gerência o termos e limites específicos do respectivo
(Administração e gerência) julgar conveniente. mandato.
Dois) Pode a gerência transferir a sede para
Um) A administração e gerência da ARTIGO OITAVO
qualquer outro local do território nacional.
sociedade pertencerá ao sócio Alberto Rodrigues
(Balanço e contas)
Armando, desde já nomeado administrador ARTIGO TERCEIRO
podendo ou não auferir remuneração. Um) O ano social coincide com o ano civil.
Dois) A sociedade fica obrigada nos (Objecto) Dois) O balanço e as contas anuais encerrar-
seus actos e contrato pela assinatura do Um) A sociedade tem por objecto: se-ão com referência a trinta e um de Dezembro
administrador. de cada ano, e carecem da aprovação da
a) Venda e compra de artigos de bebé;
b) Venda e compra de alimentos de bebés; assembleia geral, a qual deverá reunir-se para
ARTIGO SEXTO o efeito até ao dia trinta e um de Março do ano
c) Exploração e venda de artigos de
(Omissões) vestuário infantil em geral, fraldas, seguinte.
brinquedos e outros artigos focados ARTIGO NONO
Os casos omissos serão regulados pelas
para a linha infantil, perfumaria e (Aplicação de resultados)
disposições legais aplicáveis e pelas disposições
cosméticos em geral;
acordadas na assembleia geral da sociedade. Dos lucros apurados em cada exercício
d) Investimento em diversas áreas de
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. actuação; deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem
— O Técnico, Ilegível. e) Importação e exportação. legalmente estabelecida para a constituição do
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (27)

fundo de reserva legal, enquanto não estiver qualquer outra forma de representação social ARTIGO SEXTO
realizado nos termos legais ou sempre que seja no país como no estrangeiro, desde que sejam
Divisão e cessão de quotas
necessário reintegrá-lo. devidamente autorizadas pela lei.
Um) As divisões e cessões de quotas
ARTIGO DÉCIMO ARTIGO TERCEIRO dependem do consentimento da sociedade, a
qual determinará as condições em que se podem
(Dissolução e liquidação) Duração
efectuar e terá sempre direito de preferência.
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e nos A duração da sociedade será por tempo Dois) A admissão de novos sócios depende
termos estabelecidos por lei e pelos presentes indeterminado a partir da data da assinatura do do consentimento dos sócios sendo a decisão
estatutos. contrato de sociedade. tomada em assembleia geral, por unanimidade.
Dois) No caso de dissolução por sentença, Três) A saída de qualquer sócio da sociedade
proceder-se-á à liquidação, e os liquidatários, ARTIGO QUARTO não obriga ao pagamento de cem por cento ou
nomeados pela assembleia geral, terão os mais divisão da quota, podendo ser paga num período
Objecto
amplos poderes para o efeito. de noventa dias vinte por cento da quota e
A sociedade tem por objecto social: oitenta por cento num período de três anos, em
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
a) A sociedade tem por principal objecto prestações sem encargos adicionais.
­­­— O Técnico, Ilegível. Quatro) Todas as alterações dos estatutos da
social comércio geral a grosso e a
retalho; sociedade serão efectuadas em assembleia geral.
b) Material de construção civil e seus ARTIGO SÉTIMO
+ Luz, Limitada derivados com importação e
exportação; Administração e representação
Certifico, para efeitos de publicação, c) Material eléctrico e electrónico com da sociedade
que no dia quatro de Maio de dois mil e importação e exportação; Um) A administração e representação
quinze, foi matriculada, na Conservatória d) Ferragens; da sociedade, em juízo e fora dele activa e
dos Registos de Nampula, sob o número e) A sociedade poderá ainda exercer passivamente fica a cargo de todos sócios
cem milhões, seiscentos e três mil duzentos outras actividades conexas, que desde já são nomeados administradores
e oitenta e quatro, a cargo do conservador complementares ou subsidiárias os senhores Ismael Manuel Sousa Adamugi e
Calquer Nuno de Albuquerque, conservador e do seu objecto principal em que Samir Faizal Jano Raivoso, com dispensa de
notário superior, uma sociedade por quotas de os sócios acordem, podendo ainda caução, sendo obrigatório a assinatura de um
praticar todo e qualquer acto de deles para obrigar a sociedade em todos actos,
responsabilidade limitada denominada + Luz,
natureza lucrativa, permitido por lei, documentos e contratos.
Limitada, constituída entre os sócios; Ismael
desde que se delibere e se obtenha Dois) A assembleia geral tem a faculdade de
Manuel Sousa Adamugi, natural de Angoche, fixar remuneração do administrador.
as necessárias autorizações;
de nacionalidade moçambicano, nascido aos
f) A sociedade poderá efetuar repre-
oito de Março de mil novecentos e setenta ARTIGO OITAVO
sentação comercial de sociedades,
e seis, portador do Bilhete de Identidade Obrigações
domiciliadas ou não no território
n.º 030101935192M, emitido a um de Fevereiro
nacional, representar marcas e Os sócios não podem obrigar a sociedade
de dois mil e doze, filho de Manuel de Sousa proceder a sua comercialização
Adamugi e de Rabia Hassane Ismael Ali, em actos e contratos alheios ao objecto social,
a grosso e a retalho, assim como designadamente letras de favor, fianças,
pelo Arquivo de Identificação de Nampula prestar os serviços relacionados abonações e semelhantes.
e residente em Nampula Samir Faizal Jano com o objecto da actividade
Raivoso, natural de Nampula, de nacionalidade principal; ARTIGO NONO
moçambicana, nascido aos nove Abril de mil e g) A sociedade, poderá participar em Herdeiros
novecentos e oitenta e um, portador do Bilhete outras sociedades já constituídas
de Identidade n.º 030101935243P, emitido ou a constituírem-se ou ainda No caso de falecimento, impedimento ou
aos trinta e um de Janeiro de dois mil e doze, associar-se a terceiros, associações, interdição de qualquer sócio os herdeiros ou
filho de Ricardo António Raivoso e de Fanzia entidades, organismos nacionais e representantes legais do falecido ou interdito,
Memuna Jano, pelo Arquivo de Identificação de ou internacionais, permitida por lei. exercerão em comum, os respectivos direitos
enquanto a quota permanecer indivisa, devendo
Nampula e residente em Nampula, celebram o
ARTIGO QUINTO escolher de entre eles um que a todos represente
presente contrato de sociedade com os artigos
na sociedade.
que se seguem: Capital social
ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO PRIMEIRO O capital social é de cinquenta mil meticais,
Amortização
correspondente á soma duas quotas iguais,
Denominação sendo uma quota no valor de vinte e cinco mil A sociedade poderá amortizar as quotas
meticais, equivalente a cinquenta por cento dos sócios falecidos ou interditos se assim o
A sociedade adopta a denominação + Luz,
do capital social, pertencente ao sócio Ismael preferirem os herdeiros ou representantes, bem
Limitada.
Manuel Sousa Adamugi; como as quotas dos sócios que não queiram
Uma quota no valor de vinte e cinco mil continuar na sociedade, nos termos previstos
ARTIGO SEGUNDO
no artigo sexto.
meticais, equivalente a cinquenta por cento do
Sede
capital social, pertencente ao sócio Samir Faizal ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
A sociedade tem a sua sede em Nampula, Jano Raivoso, respectivamente.
Parágrafo único: O capital social poderá ser Balanço
Urbano Central, Província de Nampula,
podendo por deliberação da assembleia geral, elevado, uma ou mais vezes, sendo a decisão Os balanços sociais serão encerrados em
abrir sucursais, filias, escritórios, delegações ou tomada em assembleia geral. trinta e um de Dezembro de cada ano e os
1830 — (28) III SÉRIE — NÚMERO 49

lucros líquidos apurados, deduzidos de cinco de livre e espontânea vontade ceder as suas a fohlas sesenta e nove verso e seguintes do
por cento para o fundo de reserva legal e de quotas, na totalidade, para Mafas Mário Afonso livro de notas para escrituras diversas número
quaisquer outras percentagens em que os sócios Bernardo e Jaime Venâncio, respectivamente. duzentos e um traço A, em uso neste Balcão,
acordem, serão por eles divididos na proporção Nestes termos, o artigo quarto dos estatutos a cargo do Diamantino da Silva, conservador
das suas quotas. passa a ter a seguinte redacção: e notário superior dos registos, foi celebrado
..................................................................... uma escritura de constituição de sociedade
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Unipessoal Limitada, denominada por Caril de
ARTIGO QUARTO Camarão, Limitada, pelo sócio único Benjamim
Dissolução
Capital social Ojeda Socorro.
A sociedade dissolve-se nos casos fixados
Verifiquei a identidade do outorgante em
na lei. O capital social é de cento e cinquenta
mil meticais, integralmente subscrito e face da exibição dos seus documentos de
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
realizado em dinheiro, correspondentes identificação respectivos, a mesma se rege pelas
Assembleia Geral cláusula e artigos seguintes:
a soma de duas quotas dos dois sócios,
Quando a lei não exija outra forma, a a primeira de noventa mil meticais de
ARTIGO UM
assembleia geral será convocada por carta Mafas Mário Afonso Bernardo, solteiro,
registada dirigida aos sócios com antecedência menor, natural de Pemba, filho de Mário (Denominação e sede)
mínima de quinze dias, a contar da data da Afonso Bernardo e de Hianna Jonas
Cosme Ntave, portador da Cédula Pessoal A sociedade adopta a denominação de Caril
expedição.
n.º 793065 emitida pela Conservatória de Camarão, Sociedade Unipessoal, Limitada
ARTIGO DÉCIMO QUARTO dos Registos de Pemba, aos dez de e que tem a sua sede no Distrito de Palma,
Setembro de dois mil e treze, residente Província de Cabo Delgado.
Omissos no Bairro de Natite, quarteirão número
trinta e cinco, Cidade de Pemba, cujas ARTIGO DOIS
Os casos omissos serão regulados pelo
Código Comercial vigente ou outra legislação actividades serão exercidas pelo sector
(Sucursais e filiais)
aplicável. técnico restruturado para a produção e
produtividade, e a segunda de sessenta Um) A sociedade poderá por deliberação do
Nampula treze de Maio de dois mil mil meticais de Jaime Venâncio, solteiro, único sócio, mudar a sua sede social para outro
e quinze.— O Conservador, Ilegível. maior, natural de Ntonhane, distrito de local desde que dentro do território nacional.
Chiúre, de nacionalidade moçambicana, Dois) A sociedade poderá por simples
filho de Venâncio Manuel Aquimo e de deliberação da assembleia geral transferir
Maria Casimiro, portador do Bilhete de a sua sede para outro lugar, criar sucursais,
Nananlaweny Construções, Identidade n.º 020101930497Q, emitido
delegações, agências ou qualquer outra forma
Limitada em Pemba, aos dezanove de Janeiro de
de representação em qualquer ponto de
dois mil e doze, residente no Bairro de
Moçambique.
Certifico, para efeitos de publicação no Natite, Quarteirão número quarenta e
Boletim da República, que por instrumento seis, casa número doze, Cidade de Pemba. ARTIGO TRÊS
avulso de dezoito de Abril de dois mil e Por ambos ainda foi dito que a sociedade
quinze, perante mim, Rui Lágrimas Inácio será gerida pelos senhores Mário Afonso (Duração)
Ezequiel Chichango, conservador e notário Bernardo, na qualidade de director-geral, A sociedade è constituída por um período
superior, foi lavrada uma escritura pública de coadjuvado por Hernane Palma de Oliveira indeterminado, tendo o seu início a contar a
cessão de quotas da sociedade por quotas de para a Província de Nampula, conforme o artigo
partir da data da sua constituição.
responsabilidade limitada, constituída entre:- quinto dos estatutos, mediante procuração que
Mário Afonso Bernardo e Venâncio Manuel âmbitos de actuação e responsabilidades. Ficou ARTIGO QUATRO
Aquimo. ainda deliberado por unanimidade que, os
restantes artigos mantêm-se como previstos no (Objecto)
Verifiquei a identidade dos outorgantes
em face da exibição dos seus documentos de pacto social inicial e em todos os casos omissos
Um) A sociedade tem por objecto:
identificação respectivos: na acta da 1.ª assembleia geral extraordinária,
serão seguidos os preceitos da lei em vigor no a) Exploração de actividades turísticas
E, por eles foi dito:- Que, são sócios
país para este tipo de sociedades por quotas. de diversas características. Entre:
da sociedade comercial por quotas de
Assim o disseram e outorgaram. Bar, restaurante, hotel, aluguer de
responsabilidade limitada, denominada
Assinaturas ilegíveis. apartamentos, aluguer de viaturas
Nananlaweny Construções, Limitada,
Está conforme. e de embarcações turísticas,
constituída por escritura pública de nove de
Cartório Notarial da Cidade de Pemba, vinte organizações de eventos, catering
Abril de dois mil e quinze, lavrada de folhas
e três dias do mês de Abril do ano dois mil e actividades turísticas de todo tipo;
sessenta e sete verso a folhas sessenta e nove
do livro de notas n.º 201 – A, da Conservatória e quinze. — O Notário, Ilegível. Dois) A sociedade poderá ainda exercer
dos Registos e Notariado de Pemba, com capital outras e quaisquer actividades em que o sócio
social de cento e cinquenta mil meticais, sediada decidir e depois de devidamente autorizado
na Província de Cabo Delgado, distrito de pela lei.
Chiúre, Bairro de Namiúta, Zona de Kopuata. Caril de Camarão – ARTIGO CINCO
Por deliberação dos sócios na 1ª Assembleia Sociedade Unipessoal, (Capital social)
Geral extraordinária, ocorrida a dezoito de Abril Limitada
de dois mil e quinze na sede da sociedade, os Um) O capital social, integralmente
sócios Mário Afonso Bernardo, com sessenta Certifico, para efeitos de publicação, no realizado e subscrito em dinheiro, é de vinte
porcento das acções e Venâncio Manuel Boletim da República, que por escritura pública e cinco mil meticais, pertencente ao sócio
Aquimo, com quarenta porcento, decidiram de catorze de abril de dois mil e quinze, lavrada Benjamim Ojeda Socorro.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (29)

ARTIGO SEIS ARTIGO DOZE ARTIGO SEGUNDO


(Aumento do capital e prestações (Disposições finais) Sede
suplementares) Em tudo o que for omisso nos presentes
A sociedade tem a sua sedena Avenida de
estatutos aplicar-se-ão as disposições legais em
Um) O capital social poderá ser elevado Moçambique números novecentos e quarenta,
vigor na República de Moçambique.
uma ou mais vezes de acordo com a decisão do Cidade de Maputo, podendo por deliberação da
Está conforme. assembleia geral, criar ou extinguir sucursais,
sócio para o que observar-se-ão as formalidades
Conservatória dos Registos de Pemba- delegações, agências ouqualquer outra forma
estabelecidas por lei.
Baú, vinte de Abril de dois mil e quinze. — de representação social em qualquer ponto do
Dois) O sócio poderá fazer à sociedade os
O Conservador, Ilegível. país, sempre que se justifique a sua existência
suprimentos que ele necessite, nos termos e
bem como transferir asua sede para outro lado
condições fixadas pela mesma. do território nacional.
ARTIGO SETE ARTIGO TERCEIRO
(Administração, gerência e sua representa-
Kannarys Torcida
Duração
ção e formas de obrigação) Construções, Limitada
A sociedade é constituída por tempo
Um) A administração e gerência será Certifico,para efeitos de publicação, que por indeterminado contando-se oseu início para
exercida pelo sócio Benjamim Ojeda Socorro, contrato de sociedade celebrado nos termos todos os efeitos legais a partir da data do
e que desde já e pelos presentes estatutos è do artigo noventa, do Código Comercial e reconhecimento notarial das assinaturas do
designado gerente. registada na Conservatória de Registo das presente contrato social:
Dois) Compete o gerente exercer os mais Entidades Legais da Matola com Número Único a) A sociedade poderá participar em
amplos poderes e representar a sociedade para da Entidade Legal 100617641 no dia dez de outras sociedades já constituídas ou
todos os efeitos, em juízo e fora dele, activa ou Junho de dois mil e quinze é constituída uma a constituir, em associação ou não,
sociedade de responsabilidade Limitada entre segundo quaisquer modalidades
passivamente, e praticar todos os demais actos
Agostinho António Torcida, moçambicano, admitidas por lei, mediante acordo
tendentes à realização do objecto social.
comum dos sócios;
Três) O gerente em caso de necessidade solteiro, natural de Marromeu Província de
b) Exercer actividades construtivas,
poderá delegar poderes bem como constituir Sofala, e residente no Bairro de Laulane,
comerciais ou industriais e outras
mandatários nos termos estabelecidos pelo Distrito Municipal número quatro Cidade de conexas, complementares ou
Código Comercial em vigor. Maputo portador do Talão n.º 00408358 aos subsidiárias da actividade principal,
dezasseis dias do mês de Fevereiro de dois mil para as quais obtenha as necessárias
ARTIGO OITO e quinze, pela Identificação Civil da Cidade de autorizações.
Maputo, portador do NUIT n.º 124697549,e
(Alterações) ARTIGO QUARTO
Elizabeth Anthon Torcida, natural da República
O sócio poderá decidir por si a fusão, venda da Africa do Sul, e residente nomesmo país, Objecto social
de quotas, transformação ou dissolução da portador do Passaporte n.º A02764378 emitido
Um) A sociedade tem como objectos
sociedade nas condições que lhe convierem e pelos Serviços da Migração da da Africa do Sul
execução de trabalhos nas áreas seguintes:
no respeito pelos formalismos em vigor. aos dez de Julho de dois mil e treze, válido até
nove de Julho de dois mil e vinte e três Nuit a) A construção de estradas, pontes e
ARTIGO NOVE vias de acesso;
n.º 136507648 e Susan Torcida, de nacionalidade
b) Construção de edifícios de habitação;
(Balanço e prestação de contas) sul africana e residente no mesmo país, portador
c) Manutenção e reparação de imóveis;
do Passaporte n.º 471498223, de vinte e quatro d) Comércio a retalho e agrosso de
Um) O ano financeiro coincide com o ano de Maio de dois mil e sete, válido até vinte e materiais de construção;
civil. três de Outubro de dois mil e dezassete, Nuit e) Outras actividades afins.
Dois) A conta de resultados e balanço n.º 136506978, e ainda o Anthon Mose Torcida Dois) Por deliberação tomada em assembleia
deverão ser fechados com referência a trinta de nacionalidade sul africana, residente geral ou extraordinária, a sociedade poderá
e um de Dezembro de cada ano, devendo ser no mesmo país, portador do Passaporte desenvolver outras actividade diferentes ao
submetidos à análise e aprovação do sócio. n.º A04437166 emitido pelos Serviços de objecto principal desde que requeridas e obtidas
Migração da Africa do Sul aos doze de as devidas autorizações.
ARTIGO DEZ Novembro de dois mil e catorze com a validade
de onze de Novembro de dois mil e vinte e CAPÍTULO II
(Resultado e sua aplicação)
quatro o Nuit n.º 136507281 que se regerá pelas Do capital social
Um) Os lucros obtidos em cada exercício, cláusulas constantes nos artigos seguintes:
deduzir-se-á em primeiro lugar a percentagem ARTIGO QUINTO
necessária à constituição da reserva legal se não CAPÍTULO I Capital e distribuição de quotas
estiver constituída nos termos da lei ou sempre
ARTIGO PRIMEIRO Um) O capital social, integralmente subscrito
que seja necessário reintegrá-lo.
e realizado em dinheiro é de duzentos mil
Dois) A parte restante dos lucros serão Denominação
meticais, divididos em quatro quotas desiguais
aplicados conforme a deliberação do sócio. Kannarys Torcida Construções, assim distribuídas:
Limitada, sociedade comercial por quotas de a) Agostinho António Torcida, com uma
ARTIGO ONZE
responsabilidade, limitada, criada por tempo quota de cento e cinquenta mil
(Dissolução e liquidação) indeterminado, que se rege pelos presentes meticais, o equivalente a ciquenta
A sociedade dissolve-se nos termos da lei. estatutos e pelas disposições legais em vigor. e sete por cento do capital social;
1830 — (30) III SÉRIE — NÚMERO 49

b) Anthony Moses Torcid, com uma ARTIGO NONO Tiago Daniel Marques da Conceição
quota de vinte mil meticais, o Luis, cidadão sul-africano, portador do
Gerência
equivalente a dez por cento do Passaporte n.º A02918435, emitido a trinta
capital social; A direcção e gerência desta sociedade, bem e um de Outubro de dois mil e treze pelo
c) Susan Torcida, com uma quota de dez como a sua representação em juízo e fora dele Departamento de Assuntos Internos da
passiva ou activamente, dispensa de caução, África do Sul;
mil meticais, o equivalente a cinco
será confiada ao senhor Agostinho António Pedro Olavo Soares da Fonseca Santos Sá,
por cento do capital social; cidadão Português, portador do Passaporte
Torcida, um dos sóciosdesta sociedade
d) Elizabeth Anthon Torcida, com n.º N397764, emitido a doze de Novembro
a ser eleito em assembleia geral, sendo o
uma quota de vinte mil meticais, de dois mil e catorze pelo Serviços de
administradorda sociedade o senhor Anthony
o equivalente a dez por cento Moses Torcida e a técnica de administração e Estrangeiros e Fronteiras de Portugal; e
do capital social. finanças a senhora Elizabeth Anthon Torcida Bruno Maria de Carvalho, natural de Pemba,
Dois) O capital social poderá ser aumentado e por último a senhora Susan Torcida para de nacionalidade moçambicana, portador do
administração de recursos humanos. Bilhete de Identidade n.º 110300315277I,
ou reduzido por decisão dos sócios tomada a
Os representantes desta sociedade, emitido a quinze de Novembro de dois mil
deliberação.
nomeadamente: o gerente, o administrador e e dez, na Cidade de Maputo.
Três) Deliberados quaisquer aumentos ou
reduções de capital serão os mesmos rateados a administração e finanças, possuem bastantes As partes acima identificadas têm, entre
poderes para individualmente assinar si, justo e acertado o presente contrato de
pelos sócios na proporção das suas quotas.
documentos na validade de qualquer acto. sociedade, que se regerá pelas disposições
Quatro) Não são exigíveis prestações
Poderão delegar em parte ou no todo os seus legais aplicáveis e pelos termos e condições
suplementares de capital mas os sócios poderão seguintes:
poderes em pessoas estranhas a sociedade por
fazer suprimentos de que a sociedade carecer mandato expresso em procuração devidamente CAPÍTULO I
em condições a estabelecer pela assembleia. outorgada.
Denominação, duração, sede e objecto
A sociedade fica obrigada pela assinatura dos
CAPÍTULO III
seus respectivos directores, de um procurador ou ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO SEXTO de um dos sócios, tendo em conta a disposição
Denominação e sede
do presente estatuto.
Cessão e divisão de quotas Os actos de mero expediente poderão Um) A sociedade adopta a denominação
Um) A divisão e cessão total ou parcial de ser assinados pelos director-geral e pelo Tecnologias Imaginadas Moçambique,
quotas a estranhos á sociedade assim como a sua director executivo ou por qualquer empregado Limitada e constitui-se sob a forma de sociedade
devidamente autorizado. por quotas de responsabilidade limitada.
oneração em garantia de quaisquer obrigações
Dois) A sociedade tem a sua sede na Rua
dos sócios dependem da autorização prévia da ARTIGO DÉCIMO dos Desportistas, Prédio Jat V-1, número
sociedade dada por deliberação da assembleia oitocentos e trinta e três, décimo quarto andar,
geral. Casos omissos
em Maputo, na República de Moçambique,
Dois ) É nula qualquer divisão, cessão, Em todo o que estiver omisso, será regulado podendo abrir sucursais, delegações, agências
onerarão ou alienação de quota feita sem a pela lei em vigor para os efeitos na República ou qualquer outra forma de representação
observação do disposto nos presentes estatutos. de Moçambique. social, no território nacional ou no estrangeiro.
Está conforme. Três) Mediante simples deliberação, pode
ARTIGO SÉTIMO o conselho de administração transferir a sede
Matola, onze de Junho de dois mil para qualquer outro local no território nacional.
Morte ou incapacidade e quinze.-A Técnica, Ilegível.
ARTIGO SEGUNDO
Em caso de morte ou interdição de qualquer
sócio, a sociedade continuará com os herdeiros Tecnologias Imaginadas Duração
ou representantes os quais nomearão um de
Moçambique, Limitada A duração da sociedade é por tempo
entre si que a todos representem na sociedade, indeterminado.
permanecendo, no entanto a quota inteira. Certifico, para efeitos de publicação, que
no dia doze de Fevereiro de dois mil e quinze, ARTIGO TERCEIRO
CAPÍTULO IV foi matriculada na Conservatória de Registos Objecto
Dos órgãos sociais de Legais sob o NUEL 100576120 uma
sociedade denominada Tecnologias Imaginadas Um) A sociedade tem por objecto principal
ARTIGO OITAVO Moçambique, Limitada. o exercício de actividades nas seguintes áreas:
Entre: a) Prestação de serviços e fornecimento
Assembleia geral
Tecnologias Imaginadas – Novas Tecnologias e de soluções de sistemas de
Um) A assembleia geral reunirá anualmente, Informática, S.A., SA, sociedade comercial informação e de tecnologias de
em sessão ordinária,para a apreciação, de direito português, matriculada no informação e comunicação;
aprovação e/ou modificação do balanço e Ministério da Justiça sob o n.º 505175711, b) Formação e consultoria em soluções
contas do exercício edeliberar sobre qualquer com sede na Rua Raul Pereira de Sousa, informáticas;
número um, letra B, Vale Flores Baixo, c) Fornecimento de equipamentos de
outro assunto de interesse social e, em sessão
Feijó, neste acto representada pelo senhor comunicações e de informática;
extraordinária, sempre que necessário.
Tiago Daniel Marques da Conceição d) Fornecimento de soluções telemáticas
Dois) A assembleia geral poderá ser e de telecomunicações; e
Luis, cidadão sul-africano, portador do
convocada extraordinariamente por maioria ou Passaporte n.º A02918435, emitido a trinta e) Importação e exportação de produtos,
por um dos sócios com o pré aviso de quinze e um de Outubro de dois mil e treze pelo incluindo os equipamentos e os
dias por fax , e-mail ou por carta registada com Departamento de Assuntos Internos da materiais necessários para as
aviso de recepção. África do Sul; actividades da sociedade.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (31)

Dois) A sociedade poderá exercer outras ARTIGO SEXTO concordarem por escrito na deliberação ou
actividades subsidiárias ou complementares do concordem que por esta forma se delibere,
Divisão e transmissão de quotas
seu objecto principal, desde que devidamente considerando-se válidas, nessas condições, as
autorizadas. Um) A divisão e a transmissão de quotas deliberações tomadas, ainda que realizadas fora
Três) Mediante deliberação do conselho de carecem de informação prévia à sociedade. da sede social em qualquer ocasião e qualquer
administração, a sociedade poderá participar, Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua que seja o seu objecto.
directa ou indirectamente, em projectos quota informará a sociedade, com o mínimo Três) Exceptuam-se as deliberações
de desenvolvimento que de alguma forma de trinta dias de antecedência, através de que importem modificações dos estatutos e
carta registada ou outro meio de comunicação dissolução da sociedade.
concorram para o preenchimento do seu objecto
que deixe prova escrita, dando a conhecer o Quatro) A assembleia geral será convocada
social, bem como aceitar concessões, adquirir
projecto de venda e as respectivas condições pelo conselho de administração, por carta
e gerir participações sociais no capital de
contratuais, nomeadamente, o preço e a forma registada com aviso de recepção ou outro meio
quaisquer sociedades, independentemente do
de pagamento. de comunicação que deixe prova escrita, a todos
respectivo objecto social, ou ainda participar
Três) Gozam do direito de preferência na os sócios da sociedade com a antecedência
em empresas, associações empresariais, aquisição da quota a ser transmitida, a sociedade mínima de quinze dias, dando-se a conhecer a
agrupamentos de empresas ou outras formas e os restantes sócios, por esta ordem. No caso ordem de trabalhos e a informação necessária à
de associação. de nem a sociedade nem os restantes sócios tomada de deliberação, quando seja esse o caso.
pretenderem usar o mencionado direito de Cinco) Por acordo expresso dos sócios, pode
CAPÍTULO II preferência, então o sócio que desejar vender a ser dispensado o prazo previsto no número
Capital social sua quota poderá fazê-lo livremente. anterior.
Quatro) É nula qualquer divisão ou ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
ARTIGO QUARTO transmissão de quotas que não observe o
Representação em assembleia geral
Capital social preceituado no presente artigo.  
Um) Qualquer dos sócios poderá fazer-se
Um) O capital social, integralmente ARTIGO SÉTIMO representar na assembleia geral por outro sócio,
subscrito e realizado em dinheiro, é de vinte Amortização de quotas mediante simples carta dirigida ao conselho
mil meticais, encontrando-se dividido em três de administração e por este recebida até às
quotas, distribuídas da seguinte forma: A sociedade tem a faculdade de amortizar dezassete horas do último dia útil anterior à data
quotas, nos casos de exclusão ou exoneração da sessão.
a) Uma quota de quinze mil meticais, de sócio.
correspondente a setenta e cinco por Dois) O sócio que for pessoa colectiva far-
ARTIGO OITAVO se-á representar na assembleia geral pela pessoa
cento do capital social, pertencente a
Morte ou incapacidade dos sócios física para esse efeito designada, mediante
sociedade Tecnologias Imaginadas
comunicação escrita dirigida pela forma e com
SA; Em caso de morte ou incapacidade de
a antecedência indicadas no número anterior.
b) Uma quota de mil quatrocentos qualquer um dos sócios, os herdeiros legalmente
meticais, correspondente a sete por constituídos do falecido ou representantes do ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
cento do capital social, pertencente incapacitado, exercerão os referidos direitos
e deveres sociais, devendo mandatar um de Votação
ao senhor Bruno Maria de Carvalho;
c) Uma quota de mil seiscentos meticais, entre eles que a todos represente na sociedade Um) A assembleia geral considera-se
enquanto a respectiva quota se mantiver regularmente constituída para deliberar
correspondente a oito por cento do
indivisa.
capital social, pertencente ao senhor qualquer que seja o número de sócios presentes
CAPÍTULO III
Pedro Olavo Soares da Fonseca ou representados, salvo o disposto no número
Santos Sá e Órgãos sociais, administração três abaixo.
d) Uma quota de dois mil meticais, e representação da sociedade Dois) As deliberações da assembleia geral
correspondente a dez por cento serão tomadas por maioria simples dos votos
ARTIGO NONO
do capital social, pertencente ao presentes ou representados.
Órgãos sociais Três) As deliberações da assembleia geral
senhor Tiago Daniel Marques da
Os órgãos sociais são a assembleia geral, que importem a modificação dos estatutos ou
Conceição Luis.
o conselho de administração e o fiscal único. a dissolução da sociedade, serão tomadas por
Dois) A assembleia geral poderá decidir maioria qualificada de setenta e cinco por cento
sobre o aumento do capital social, definindo ARTIGO DÉCIMO dos votos do capital social.
as modalidades, termos e condições da sua Quatro) Os sócios podem votar com
Assembleia geral
realização. procuração dos outros sócios ausentes, e
Um) A assembleia geral reúne-se não será válida, quanto às deliberações que
ARTIGO QUINTO ordinariamente na sede social ou em qualquer importem modificação do pacto social ou
outro sítio a ser definido pela mesma na sua dissolução da sociedade, a procuração que não
Prestações suplementares e suprimentos primeira reunião, uma vez por ano, para a contenha poderes especiais quanto ao objecto
deliberação do balanço anual de contas e do da mesma deliberação.
Um) Não serão exigíveis prestações
exercício e, extraordinariamente, quando
suplementares de capital, podendo os sócios, convocada pelo conselho de administração ou ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
porém, conceder à sociedade os suprimentos de sempre que for necessário, para deliberar sobre
que necessite, nos termos e condições fixados Administração e representação
quaisquer outros assuntos para que tenha sido
por deliberação da assembleia geral. convocada. Um) A administração e representação da
Dois) Entendem-se por suprimentos o Dois) É dispensada a reunião da assembleia sociedade são exercidas por um conselho de
dinheiro ou outra coisa fungível, que os sócios geral e são dispensadas as formalidades administração composto por três administradores
possam emprestar à sociedade. da sua convocação quando todos os sócios a serem eleitos pela assembleia geral.
1830 — (32) III SÉRIE — NÚMERO 49

Dois) Os administradores são eleitos pelo e carecem de aprovação da assembleia geral, a de Entidade Legais sob NUEL 100617676
período de quatro anos renováveis, salvo realizar-se até ao dia trinta e um de Março do uma sociedade denominada FJQ Panchoneia
deliberação em contrário da assembleia ano seguinte. Despachante Aduaneiro Limitada.
geral, podendo ser eleitas pessoas estranhas Três) O conselho de administração Nos termos do artigo noventa do Código
à sociedade, sendo dispensada a prestação de apresentará à aprovação da assembleia geral Comercial:
qualquer caução para o exercício do cargo, o balanço de contas de ganhos e perdas, Francisco Joaquim Quinova Panchoneia,
ficando desde já nomeados para o cargo de acompanhados de um relatório da situação casado, natural de Nampula província de
administradores da sociedade os senhores comercial, financeira e económica da sociedade, Nampula, de nacionalidade moçambicana,
Bruno Maria de Carvalho, Pedro Olavo Soares bem como a proposta quanto à repartição de residente em Maputo, bairro de Mavalane,
da Fonseca Santos Sá e Tiago Daniel Marques lucros e perdas. cidade de Maputo, portador do Bilhete de
da Conceição Luís. Identidade n.º 110100576342I, emitido em
Três) A gestão corrente da sociedade é ARTIGO DÉCIMO SEXTO Maputo em vinte e dois de Outubro de dois
confiada a um director-geral, a ser designado mil e dez.
Resultados
pelo conselho de administração, por um Pelo presente contrato de sociedade, outorga
período de um ano renovável. O conselho Um) Dos lucros apurados em cada exercício e constitui entre si, uma sociedade por quotas,
de administração pode a qualquer momento deduzir-se-á a percentagem legal estabelecida denominada FJQ Panchoneia Despachante
revogar o mandato do director-geral, ficando para a constituição do fundo de reserva legal, Aduaneiro – Sociedade Unipessoal, Limitada,
desde já nomeado o senhor Pedro Olavo Soares enquanto não se encontrar realizada nos termos também designada por FJQ Panchoneia
da Fonseca Santos Sá. da lei, ou sempre que for necessário reintegrá-la. Despachante Aduaneiro Lda., que se regerá
Quatro) A gestão será regulada nos termos Dois) A parte restante dos lucros será pelos artigos seguintes, e pelos preceitos legais
de um regulamento interno a ser aprovado pelo aplicada nos termos que forem aprovados pela em vigor na República de Moçambique.
conselho da administração. assembleia geral.
ARTIGO PRIMEIRO
Cinco) A sociedade obriga-se:
CAPÍTULO V (Denominação e duração)
a) Pela assinatura conjunta de dois
administradores; ou Dissolução e liquidação da sociedade Um) A sociedade é comercial, e adopta
b) Pela assinatura do director-geral; ou ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO o tipo de sociedade unipessoal por quotas e
c) Pela assinatura do mandatário a quem denomina se FJQ Panchoneia Despachante
dois administradores ou o director- Dissolução e liquidação da sociedade Aduaneiro, Limitada.
geral tenham confiado poderes Um) A sociedade dissolve-se nos casos Dois) A duração da sociedade é por tempo
necessários e bastantes por meio indeterminado.
expressamente previstos na lei ou por
de procuração. deliberação unânime dos seus sócios. ARTIGO SEGUNDO
Seis) Nos actos e documentos de mero Dois) Declarada a dissolução da sociedade,
(Sede)
expediente é suficiente a assinatura de qualquer proceder-se-á à sua liquidação gozando os
um dos administradores, ou do director-geral liquidatários, nomeados pela assembleia geral, Um) A sociedade tem a sua sede na cidade
ou do mandatário da sociedade com poderes dos mais amplos poderes para o efeito. de Maputo.
bastantes para o acto. Três) Em caso de dissolução por acordo dos Dois) Por simples decisão do sócio único,
sócios, todos eles serão os seus liquidatários e podem ser criadas sucursais, agências,
ARTIGO DÉCIMO QUARTO a partilha dos bens sociais e valores apurados delegações ou outras formas locais de
proceder-se-á conforme deliberação da representação no território nacional.
Fiscal único
assembleia geral.
Um) A fiscalização da sociedade será ARTIGO TERCEIRO
exercida por um fiscal único eleito pela CAPÍTULO VI (Objecto)
assembleia geral ordinária, mantendo-se
Disposições finais Um) A sociedade tem por objecto principal
em funções até à assembleia geral ordinária
a prestação de serviços de despacho aduaneiro.
seguinte, podendo ser reeleito por uma ou mais ARTIGO DÉCIMO OITAVO
Dois) FJQ Panchoneia Despachante
vezes.
Disposições finais Aduaneiro Limitada., promoverá todas as
Dois) O fiscal único será auditor de contas
medidas necessárias com vista a obter a
ou sociedade de auditores de contas. As omissões aos presentes estatutos serão necessária autorização e licenças para exercício
Três) A assembleia geral deliberará sobre reguladas e resolvidas de acordo com o Código de suas actividades.
a caução a prestar pelo fiscal único, podendo Comercial, aprovado pelo Decreto-Lei número
dispensá-la. dois barra dois mil e cinco, de vinte e sete de ARTIGO QUARTO
Quatro) O Fiscal Único poderá ser Dezembro, e demais legislação aplicável.
(Capital social)
remunerado nos termos em que a assembleia Maputo, doze de Junho de dois mil
geral o vier a fixar. e quinze. — O Técnico, Ilegível. O capital social, integralmente realizado em
dinheiro é de cem mil meticais, integralmente
CAPÍTULO IV realizado pelo único sócio Francisco Joaquim
Quinova Panchoneia.
Exercício e aplicação de resultados
ARTIGO DÉCIMO QUINTO
FJQ Panchoneia ARTIGO QUINTO

Balanço e prestação de contas


Despachante Aduaneiro (Prestações complementares)
Limitada
Um) O exercício social coincide com o ano Por decisão do sócio único, podem ser
civil. Certifico, para efeitos de publicação, que criadas exigidas prestações suplementares de
Dois) O balanço e a conta de resultados no dia dez de Junho de dois mil e quinze foi acordo com as condições que forem fixadas
fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano, matriculada na Conservatória de Registo pela assembleia geral.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (33)

ARTIGO SEXTO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO TERCEIRO

(Gerência) (Casos omissos) Objecto

Um) A administração e ou representação da Os casos omissos serão integrados segundo Um) A sociedade têm por objeto a execução
sociedade são exercidas pelo sócio único senhor a lei das sociedades por quotas e demais de trabalhos, estudos, projetos e consultorias nos
legislação aplicáveis em vigor na República seguintes domínios:
Francisco Joaquim Quinova Panchoneia.
Dois) Por decisão do sócio único, a sociedade de Moçambique. a) De fotografia aérea e operação aérea
com sensores lidar;
por ser representada por outra pessoa, bastando a Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
b) De levantamentos e gestão de infor-
devida autorização por meio de uma procuração — O Técnico, Ilegível.
mação georreferenciada;
Três) A sociedade obriga se a: c) De mapeamento de uso e cobertura
a) Em caso de gerência singular a de terra;
intervenção do gerente nomeado; d) De estratégia de desenvolvimento e
b) Em caso de gerência plural, com Mozambique Aero Mapping, planeamento espacial;
assinatura de dois gerentes. Limitada e) De modelação hidráulica;
f) De representação de equipamentos e
Quatro) A assembleia geral deliberará se, a Certifico, para efeitos de publicação, que serviços;
gerência é ou não remunerada. no dia dez de Junho de dois mil e quinze, g) De desenvolvimento de plataformas de
foi matriculada na Conservatória do Registo gestão de dados espaciais.
ARTIGO SÉTIMO
de Entidades Legais sob NUEL 100613549, Dois) A sociedade poderá, por deliberação
(Contrato do sócio com a sociedade uma entidade denominada Mozambique Aero da assembleia geral, exercer outras atividades
unipessoal) Mapping, Limitada, entre: comerciais relacionadas com o seu objeto,
Miguel Ângelo dos Santos Curado Ribeiro, de ou ainda associar-se ou participar no capital
Um) O sócio único pode celebrar negócios social de outras sociedades, participar em
nacionalidade moçambicana, portador do
jurídicos, com a sociedade, desde que estes agrupamentos complementares de empresas e
Bilhete de Identidade n.º 110100049679B,
visem a prossecução do respectivo objecto associar-se com outras pessoas jurídicas para
emitido aos dez de Abril de dois mil e
social. formar consórcios e associações em participação
quinze, pelo Arquivo de Identificação Civil
Dois) Os negócios jurídicos celebrados desde que legalmente permitido.
de Maputo, com domicílio na cidade de
Único. A sociedade poderá adquirir parti-
nos termos do número um do presente artigo Maputo, na rua Kamba Simango número,
cipações sociais em qualquer sociedade
deverão obedecer à forma legalmente prescrita trezentos e setenta rés-do-chão, bairro da nacional ou estrangeira mesmo que tenha
no código comercial. Sommerchield; e objeto diferente, desde que seja por deliberação
Fraydson Baronet da Conceição Sebastião, de social, incluindo actividades de consultoria ou
ARTIGO OITAVO nacionalidade moçambicana, portador do assessoria, desde que permitidos por lei.
( Exercício) Bilhete de Identidade n.º 110102250045C,
emitido aos seis de setembro de dois mil ARTIGO QUARTO
O ano social coincide com o ano civil e em e dez, pelo Arquivo de Identificação de Capital social
relação a cada ano de exercício será efectuado Maputo, com domicílio na Vila Municipal
um balanço que encerrará a trinta e um de de Vilankulo, bairro Desse. O capital social, inicial é de duzentos mil
Dezembro. meticais, e encontra-se integral e totalmente
Que pelo presente instrumento constitui entre
subscrito e realizado em dinheiro, e em bens,
si uma sociedade por quotas de responsabili-
ARTIGO NONO com as seguintes quotas:
dade limitada que se rege pelos estatutos abaixo
a) Uma quota de cento e dois mil meticais
(Reservas estatutárias e distribuição do artigo noventa do Código Comercial:
correspondente a cinquenta e um
de dividendos) por cento, pertencente a Miguel
ARTIGO PRIMEIRO
Um) A sociedade constituirá reservas de Ângelo dos Santos Curado Ribeiro;
Denominação e duração b) Uma quota de noventa e oito mil
investimento a serem definidos em assembleia
Mozambique Aero Mapping, doravante meticais correspondente a quarenta
geral tendo em conta o desempenho e o balanço
designada por sociedade, é uma sociedade e nove por cento, pertencente a
anual e real da sociedade, após deduzidos os Fraydson Baronet da Conceição
impostos, todas reservas legais e da cobertura comercial de responsabilidade limitada. A
Sebastião.
duração da sociedade é por tempo indeterminado.
dos prejuízos acumulados.
Dois) O restante lucro disponível será ARTIGO QUINTO
ARTIGO SEGUNDO
distribuído pelo sócio único, na proporção Aumento do capital social
Sede
da sua quota, excepto se houver deliberação
Para o desenvolvimento integral e criterioso
em contrário, por maioria qualificada, em A sociedade tem a sua sede na cidade de da atividade da sociedade e por deliberação
assembleia geral. Nacala, província de Nampula, podendo abrir social, o capital social inicial poderá ser objeto
delegações, filiais, sucursais ou qualquer outra de aumento, uma ou mais vezes, devendo
ARTIGO DÉCIMO espécie de representação comercial desde que porém, a respetiva subscrição ser oferecida
(Dissolução e liquidação) legalmente prevista, assim como associar-se a preferencialmente aos sócios e depois com a
outras sociedades já devidamente constituídas entrada de novos sócios.
Um) A sociedade dissolve-se nos termos em Moçambique ou no estrangeiro. Único. independentemente do quantum do
da lei. Único. A sociedade poderá transferir a sua aumento e das circunstâncias deste, fica sempre
Dois) As liquidações serão feitas na forma sede para qualquer ponto do território nacional reservado o mínimo de vinte por cento do capital
aprovada por deliberação do sócio único. desde que por deliberação da assembleia geral. social para cada sócio originário ou fundador.
1830 — (34) III SÉRIE — NÚMERO 49

ARTIGO SEXTO seja oferecida por escrito a uma reunião previa- não estiver realizado ou sempre que for preciso
mente convocada em conformidade com a lei, reintegrá-lo, poderão ser distribuídos pelos
Suprimentos
independentemente do seu objecto. sócios na proporção das suas quotas, se outra
Não haverá prestações suplementares por Quatro) Exceptuam-se para estes casos não for a deliberação da assembleia geral.
parte dos sócios, mas a sociedade poderá receber matérias relativas a modificações do pacto Único. Os lucros líquidos, desde que da
dos mesmos as quantias que se mostrarem social, dissolução, transformação ou fusão, dinâmica da sociedade ou do alargamento do
necessárias ao suprimento das necessidades aumento de capital, divisão e ou cessão de objeto social, serão destinados, primeiramente,
de caixa, sendo os reembolsos efetuados nos quotas, assuntos de fundo, que deverão ser a aquisição de equipamento para actividade do
termos, condições e modalidades que forem objecto de assembleia geral, com observância objecto social.
previamente acordados na qualidade de das formalidades estabelecidas quer nos esta-
empréstimos que são e incluindo a conversão tutos quer na lei. ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
destes para o aumento do capital social, por
altura que este tiver lugar. ARTIGO DÉCIMO Dissolução, transformação e fusão

Administração/gerência A sociedade só poderá dissolver-se, trans-


ARTIGO SÉTIMO formar-se ou fundir-se com uma outra qualquer
Cessão de quotas Um) Desde já ambos os sócios constituem pela dinâmica do objeto social e ou do mercado,
a administração/gerência da sociedade sendo e pela vontade unânime dos sócios validamente
Um) A cessão total ou parcial de cotas a
que só as duas assinaturas são suficientes para obtida por deliberação ou nos casos legalmente
terceiros depende do consentimento prévio
obrigar a sociedade, com dispensa de caução. previstos.
escrito da sociedade, a qual reserva desde já o
Dois) Para a gerência corrente da sociedade
seu direito de preferência.
os sócios vão indicar um gerente a conceder- ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Dois) No caso de a sociedade não exercer
lhe poderes para tal como os atos de mero
o direito de preferência este deferir-se-á aos Omissões
expediente da ou para a sociedade que serão
restantes sócios.
pelo mesmo assinados ou qualquer empregado, Em toda e qualquer omissão regularão as
Três) Quando um dos sócios quiser ceder a
devida e expressamente, mandatado pela socie- disposições do Código Comercial vigente e
sua quota no todo ou em parte, deverá comu-
dade. no relativo às sociedades por quotas e demais
nicá-lo à administração por carta registada
Três) Compete à administração exercer legislação aplicável.
com aviso de receção, entendendo-se que se a
todos os poderes essenciais e necessários para
sociedade não responder no prazo de trinta dias, Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
o bom andamento dos negócios sociais, nomea-
nem esta nem os sócios pretendem usar o direito — O Técnico, Ilegível.
damente:
de preferência que lhes assiste.
a) Representar a sociedade activa e
ARTIGO OITAVO passivamente, em juízo e fora deste;
Amortização de quotas b) Obrigar a sociedade nos termos e Metro Taxi Matola
condições deliberados pela as- – Sociedade Unipessoal,
Um) Á sociedade fica reservado o direito
de amortizar quotas nos seguintes casos e
sembleia geral. Limitada
c) Supervisionar a escrituração da socie-
condições: Certifico, para efeitos de publicação, que
dade bem como o cumprimento das
a) Quando seja feito o seu arrolamento, demais obrigações decorrentes da no dia onze de Junho de dois mil e quinze,
penhora, arresto, venda em processo legislação em vigor. foi matriculada na Conservatória do Registo
judicial e adjudicação em processo de Entidades Legais sob NUEL 100618206,
Quatro) A administração/gerência da socie-
contencioso ou dada em pagamento uma entidade denominada Metro Taxi Matola
dade pode ser delegada a estranho, total ou
de dívidas sociais;
parcialmente, desde que respeite o estabelecido – Sociedade Unipessoal, Limitada, entre:
b) No caso de falência social.
para a mesma nos termos do presente artigo. Nos termos do que dispõe o artigo noventa
Dois) A amortização efectua-se por decisão Cinco) Os actos de mero expediente da ou
da assembleia geral e torna-se eficaz mediante do código comercial, aprovado pelo Decreto
para a sociedade serão assinados pela admi-
comunicação expressa a pessoa dela beneficiária. nistração/gerência ou qualquer empregado número dois barra dois mil e cinco, de
Três) A amortização de quotas, salvo acordo devida e expressamente mandatado por esta vinte e sete de Dezembro, Júlio Francisco
expresso do seu beneficiário, será pelo valor ou pela sociedade. Quibe, solteiro, de trinta e seis anos de idade,
nominal da quota a amortizar, acrescida do filho de Francisco Mudima Quibe, e de
correspondente nos lucros sociais esperados, ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Glória Marcolino Gune, portador do Bilhete
proporcional ao tempo decorrido do exercício de Identidade n.º 110102265524N, residente
Assembleia geral
em curso, e é calculada com base no último
na Cidade da Matola, Avenida da Namaacha,
balanço realizado, podendo ser da parte do Um) A assembleia geral reunir-se-á,
número trezentos e trinta e seis, quarteirão
fundo de reserva legal. ordinariamente, uma vez por ano para o
respetivo balanço anual da actividade e ou oito, bairro da Matola A, NUIT 101103080,
ARTIGO NONO alteração dos estatutos podendo, também fazê- pelo presente contrato de sociedade, outorga e
Deliberações sociais lo extraordinariamente desde que se mostre constitui uma sociedade unipessoal por quotas
Um) As decisões da assembleia geral serão necessário. de responsabilidade limitada, que se regerá pelas
tomadas por maioria de votos expressos. Dois) O ano económico da atividade clausulas seguintes:
Dois) É dispensada a assembleia para delibe- coincide com o ano civil pelo que o balanço
ração social assim como as suas formalidades anual será encerrado com a data de trinta e um ARTIGO PRIMEIRO
nos casos em que ambos os sócios concordem, de Dezembro do ano em causa.
(denominação e sede)
por escrito, o sentido de uma decisão em relação
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Um) A sociedade adopta a denominação
a determinada matéria social que foi proposta
e ou dada a conhecer expressamente com Distribuição dos resultados Metro Taxi Matola – Sociedade Unipessoal,
antecedência mínima de quarenta e oito horas Limitada, e terá a sua sede na cidade da Matola,
e tida por assunto corrente. Os ganhos que se apurarem em cada Avenida da Namaacha número trezentos
Três) Para os casos previstos no número exercício, já líquidos de todas as despesas e e trinta e seis, quarteirão oito, bairro da
anterior tem-se por deliberação social tal encargos sociais e deduzida a percentagem Matola A, Avenida Gabriel Teixeira, número
decisão desde que a concordância dos sócios legal para o fundo de reserva, enquanto este duzentos e trinta e oito.
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (35)

Dois) A sociedade poderá, mediante deci- abrir e movimentar contas desta, emitir cheques, Dois) Promover o bem-estar social
são tomada pelo sócio, gerente transferir a sua preencher letras e livranças da mesma, bastando e espiritual das famílias.
sede para qualquer ponto do país. para o efeito uma única assinatura, do director Três) Incentivar a boa conduta moral de
Três) A sociedade poderá, igualmente executivo da sociedade. seus fiéis de acordo com os padrões da ética e
por decisão do sócio gerente, abrir agências, moral cristã através da disseminação e ensino
delegações, sucursais, ou outras formas de ARTIGO SÉTIMO métodico da palavra de Deus, a bíblia sagrada.
representação. ......................................................................
(Dissolução da sociedade)
ARTIGO SEGUNDO ARTIGO DÉCIMO QUARTO
A sociedade não se dissolve por morte, inter-
dição ou inabilitação do sócio único. Composição da assembleia geral
(Duração)

A duração da sociedade é por tempo inde- Um) A assembleia geral é o mais alto
ARTIGO OITAVO
órgão deliberativo composta por todos os
terminado, contando-se o seu início a partir da
(Remissão) pastores, líderes de congregações, presbíteros,
data da celebração do respectivo contrato de
missionários, profetas, mestres, evangelistas,
sociedade. Tudo o que se encontra omisso no presente diáconos, obreiros: membros efectivos,
ARTIGO TERCEIRO estatuto, será regulado pelo Código comercial ordenandos e honorários devidamente
e restante legislação em vigor em Moçambique. credenciados.
(Objecto)
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. Dois) A assembleia geral reúne-se
Um) A sociedade tem por objecto: — O Técnico, Ilegível. bianualmente, de dois em dois anos, por
a) Transporte, serviço de táxi e aluguer convocação da mesa da AG, quatro meses antes
de automóveis; da data prevista para a sua realização.
b) Logística e manuseamento de carga ARTIGO DÉCIMO OITAVO
diversa; Igreja Evangélica Nações
c) Representação e intermediação comer- para Jesus — IENJ Competências da assembleia geral
cial; Um) Propor, analisar, e deliberar a favor ou
d) Prestação de serviços. Certifico, para efeitos de publicação, que no
contra qualquer mudança de vulto de ordem
Dois) O objecto social compreende, ainda, dia vinte e três de Abril de dois mil e quinze, estrutural, funcional e administrativo da IENJ
outras actividades de natureza acessória ou foi matriculada na Conservatória do Registo apresentado por qualquer entidade ou organismo
complementares das actividades principais. das Entidades Legais sob NUEL 100600721 da IENJ.
Três) Por decisão do sócio gerente, a socie- uma entidade denominada Igreja Evangélica Dois) Propor, avaliar e aprovar a consagração
dade poderá dedicar-se a outras actividades Nações para Jesus – IENJ. de membros a qualquer categoria eclesiástica e
industriais e comerciais nos termos da lei, ou sua ordenação.
ainda associar-se por qualquer forma legalmente ARTIGO PRIMEIRO
permitida ou participar no capital de outras ARTIGO QUINQUAGÉSIMO QUINTO
Designação e natureza jurídica
empresas. Fundos da IENJ
A Igreja adopta a designação de Igreja
ARTIGO QUARTO
Evangelica Nações para Jesus, adiante Ofertas, dízimos, doações e outras
(Capital social) designada por IENJ. É uma pessoa jurídica libaralidades extraordinárias dos fiéis da IENJ.
Um) O capital social da sociedade e inte- dotada de personalidade jurídica com autonomia ARTIGO QUINQUAGÉSIMO SEXTO
gralmente subscrito em dinheiro, é de cem mil financeira e administrativa própria.
Património
meticais, correspondente a uma única quota,
ARTIGO SEGUNDO Todos os bens adquiridos onerosos e
pertencente ao sócio Júlio Francisco Quibe, a
qual corresponde a cem por cento do capital Duração, âmbito e sede gratuitamente: imóveis (templos) e móveis
social. (mobiliário, viaturas).
Dois) O capital social pode ser aumentado, Um) A IENJ é constituída por um tempo
indeterminado, e é de âmbito nacional. ARTIGO QUINQUAGÉSIMO SÉTIMO
ou reduzido por decisão por decisão do sócio
único. Dois) A IENJ tem a sua sede em Maputo - Gestão dos fundos e do património
ARTIGO QUINTO Matola, podendo ser alterado, bem como abrir
Um) As contribuições monetárias: dízimos,
congregações em qualquer parte do país sob a colectas, doações, são registadas e depositadas
(Representação da sociedade)
aprovação do Conselho Doutrinal Eclesiástico. na conta bancária.
Um) A representação da sociedade em juízo Dois) O sector administrativo tem a tarefa
e fora dele, activa e passivamente , bem como a ARTIGO TERCEIRO de apresentar um relatório financeiro periódico,
sua administração e fiscalização será exercida em que descreve os valores colectados,
Visão da igreja
pelo senhor Júlio Francisco Quibe socio único, despesas feitas, prejuízos verificados e o valor
que desde já passa a exercer as funções de Um) Dar ênfase à mensagem da segunda remanescente do período em alusão.
director executivo da sociedade. vinda do senhor Jesus Cristo e do arrebatamento Três) O crente/membro que deixar a IENJ,
Dois) O representante da sociedade tem da igreja de cristo. quer por renúncia, abandono ou desvinculação
plenos poderes para nomear mandatários da voluntária ou compulsiva deverá deixar todos os
Dois) Destacar a importância da família
sociedade, conferindo-lhes os necessários bens, materiais, distintivos que usava enquanto
como plano de Deus para o seu reino. crente/membro da IENJ independentemente de
poderes de representação.
sua aquisição ter sido por via de contribuição
ARTIGO QUARTO colectiva ou individual em nome da igreja,
ARTIGO SEXTO
Objectivos
excepto aqueles bens que a IENJ irá autorizar
(Abertura e movimentação que o crente/membro leve como lembrança
de contas bancárias) Um) Enfatizar a mensagem da segunda e que o porte desse material para outros
O director executivo da sociedade tem vinda de Jesus e consciencializar as pessoas do fins não minará o bom nome da IENJ e seu
plenos poderes para em nome da sociedade, arrebatamento da igreja. desenvolvimento.
1830 — (36) III SÉRIE — NÚMERO 49

ARTIGO QUINQUAGÉSIMO NONO b) Prestação de serviços em diversas ARTIGO OITAVO


áreas, hardware, informática,
Encerramento/Extinção da IENJ Os casos omissos, serão regulados pela lei
programação informática, designes,
e em demais legislação aplicável na República
Se a igreja deixar de existir ou funcionar por serigrafia, gráfica, sinalização, de Moçambique.
qualquer motivo, todos bens que a igreja possui reprografia, entre outras;
são doados a uma outra igreja com objectivos, c) Comércio geral de produtos de higiene Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze.
metas e crenças similares ou mesmo a uma e limpeza; — O Técnico, Ilegível.
instituição de caridade. d) Prestação de serviços nas áreas de
higiene e limpeza, manutenção
ARTIGO SEXAGÉSIMO
de jardins, limpeza de edifícios, Nard Consultoria
Dúvidas e omissões viaturas entre outras; eMultiServices, Limitada
e) Comércio geral de produtos
As dúvidas e omissões que se suscitarem da
alimentares, bebidas e produtos de Certifico, para efeitos de publicação, que
aplicação do presente estatuto são resolvidas por
mercearia; no dia dez de Junho de dois mil e quinze, foi
recurso à diversa legislação específica aplicável
f) Prestação de serviços de catering; matriculada na Conservatória do Registo das
e à lei geral.
g) Comércio geral com importação Entidades Legais sob NUEL 100617617 uma
Maputo, doze de Junho de dois mil e quinze. e exportação, fornecimento sociedade denominada Nard Consultoria e Multi
— O Técnico, Ilegível. de mobiliário e equipamento Services, Limitada.
hospitalar; Primeiro: Denisia Rita João Moisés Ferrode
h) Prestação de serviço nas áreas trinta anos de idade, natural de Maputo, portadora
de montagem e reparação de do Bilhete de Identidade n.° 110100014309B,
Metical Investimentos, equipamento hospitalar; emitido pelo Arquivo de Identificação Civil de
Sociedade Unipessoal, i) Prestação de serviços em diversas áreas Maputo, ao vinte e seis de Dezembro de dois
de transportes de pessoas, rent a car, mil e catorze em Maputo, residente no bairro
Limitada entre outras. Patrice Lumumba, C. número cinquenta e um,
Dois) A sociedade poderá adquirir quarteirão número dezassete em Maputo;
Certifico, para efeitos de publicação, que
participações financeiras em sociedade a Segundo: Avelino Manuel Mazuze, de trinta
no dia onze de Junho de dois mil e quinze, foi
constituír ou já constituídos ainda que tenha e sete anos de idade natural de Mocuba, portador
matriculada na Conservatória do Registo das
como objecto social diferente do da sociedade. do Bilhete de Identidade n.º 110102922767S,
Entidades Legais sob NUEL 100617900 uma emitido pelo Arquivo de Identificação Civil de
sociedade denominada Metical Investimentos, Três) A sociedade poderá exercer quaisquer
outras actividades desde que para isso esteja Maputo, dez de Maio de dois mil e treze em
Sociedade Unipessoal, Limitada. Maputo, residente no bairro da Malhangalene,
Adelino Luís Chinguvo, divorciado, natural de devidamente autorizado nos termos da
legislação em vigor. Avenida,rua de Évora número quarenta,
Maputo, de nacionalidade moçambicana, segundo andar em Maputo;
residente em Maputo, no bairro do ARTIGO QUARTO É celebrado, ao nove de Junho do ano dois
Chamanculo, Avenida Amaral Matos mil e quinze, e ao abrigo do disposto nos artigos
número duzentos e vinte, quarteirão dez, O capital social, integralmente subscrito e
realizado em dinheiro é de cento e cinquenta noventa e duzentos e oitenta e três e seguintes
casa número vinte portador do Bilhete de do Código Comercial vigente em Moçambique,
Identidade n.º 11010029566F, emitido aos, mil meticais, equivalente á cem por cento do
aprovado pelo Decreto-Lei número dois de
vinte e quatro de Junho do ano dois mil e capital social pertencente a único sócio Adelino
dois mil e cinco, de vinte e sete de Dezembro,
dez, pelo Arquivo de Identificação Civil Luís Chinguvo.
o presente contrato de sociedade que se rege
em Maputo. ARTIGO QUINTO
pelas cláusulas inseridas nos artigos seguintes:
Que, pelo presente contrato, constitui uma Administração e gerência
ARTIGO PRIMEIRO
sociedade unipessoal de responsabilidade A administração, gestão e sua representação
limitada, que reger-se-á pelos seguintes artigos: da sociedade em juízo e fora dela, activa e (Denominação, duração e sede)

ARTIGO PRIMEIRO passivamente, será exercida pelo sócio Adelino Um) Nard Consultoria e Multi Serviços
Luís Chinguvo, que desde ja fica nomeado, com Limitada, adiante designada simplesmente
A sociedade adopta a denominação de por sociedade, criada por tempo indeterminado
dispensa de caução, bastando a sua assinatura,
Metical Investimentos – Sociedade Unipessoal, e que tem a sua sede na cidade de Maputo,
para obrigar a sociedade.
Limitada, e tem a sua sede em Maputo, no bairro bairro da Malhangalene, Avenida, rua de Évora
O gerente tem plenos poderes para nomear
da Malanga na Avenida vinte e quatro de Julho número quarenta, segundo andar em Maputo.
mandatário/s a sociedade, conferindo, os
número quatro mil e oito, podendo abrir ou Dois) A sociedade poderá, mediante simples
encerrar sucursais dentro e fora do país quando necessários poderes de representação.
deliberação da assembleia geral, deslocar
for conveniente. a respectiva sede para qualquer outro local
ARTIGO SEXTO
ARTIGO SEGUNDO dentro do território nacional, provisória ou
A sociedade só se dissolve nos termos definitivamente, bem como criar ou encerrar
A sua duração será por tempo indeterminado, fixados pela lei ou pela decisão do sócio.
contando-se o seu início a partir da data da sucursais, filiais, agências ou qualquer outra
celebração do presente contrato. forma de representação, onde e quando for
ARTIGO SÉTIMO
julgado conveniente para a prossecução dos
ARTIGO TERCEIRO Em caso de morte, interdição ou inabilitação interesses sociais.
do sócio da sociedade os seus herdeiros
Um) A sociedade tem por objecto: ARTIGO SEGUNDO
assumem automaticamente o lugar na sociedade
a) Comércio geral com importação com dispensa de caução, podendo estes nomear (Objecto social)
e exportação, fornecimento de seu representante se assim o entender desde
material de escritório, informático Um) A sociedade tem por objecto principal
que obedeçam o preceituado nos termos da lei.
e seus consumíveis; prestação e fornecimento debens e serviços,
22 DE JUNHO DE 2015 1830 — (37)

agente comercial,assessoria e consultoria. ARTIGO SEXTO Dois) Faltando temporária ou definitivamente


Manuseamento de bens e cargas domésticas, todos os administradores, qualquer sócio pode
(Exclusão e amortização de quotas)
comerciais, artigos de informática consumíveis praticar os actos de carácter urgente que
e equipamentos, artigos e consumíveis, Um) A sociedade poderá deliberar a não podem esperar pela eleição de novos
mobiliário para escritório, casas, reprografias, amortização de quotas no caso de exclusão ou administradores ou pela cessação da falta. Sendo
materiais e maquinaria eléctrica, ferramenta exoneração de sócios nos termos estabelecidos
especializado para indústria, saúde, comércio que administração poderá delegar parte das suas
no artigo trezentos do Código Comercial.
a grosso e retalho, bens alimentícios processados competências, incluindo a gestão corrente da
Dois) Se outra coisa não forem deliberada em
e não processados de todas categorias. sociedade, em um ou alguns dos seus membros.
assembleia geral, a contrapartida da amortização
Dois) Representação de marcas, será o correspondente ao valor nominal da quota
representação de empresas e entidades, aluguer ARTIGO OITAVO
amortizada se, contabilisticamente, não lhe
e venda de viaturas. A sociedade poderá ainda (Reuniões da assembleia geral)
corresponder valor inferior que, em tal caso,
exercer quaisquer outras actividades, directa
se aplicará.
ou indirectamente, relacionadas com o seu Um) A assembleia geral reúne
Três) Amortizada qualquer quota, a
objecto principal, assim como praticar todos os ordinariamente, nos termos da lei, uma vez
mesma passa a figurar no balanço como quota
actos conexos, subsidiários ou complementares, por ano, e, extraordinariamente, a pedido de
amortizada, podendo posteriormente os sócios
mediante proposta da administração, aprovada qualquer um dos membros dos órgãos sociais
pelos sócios em assembleia geral. deliberar a criação de uma ou várias quotas, em
vez de quota amortizada, destinadas a serem ou de sócios que representem, pelo menos, dez
ARTIGO TERCEIRO adquiridas pela sociedade se esta tiver direito de por cento do capital social.
amortizá-la ou alienadas a um ou alguns sócios Dois) Em reunião ordinária apreciará e votará
(Capital social)
ou a terceiros. sobre o balanço, relatório da administração,
Um) O capital social integralmente realizado Quatro) A exclusão de sócios poderá ocorrer aprovação das contas referente ao exercício do
em dinheiro é de cinquenta mil meticais nos seguintes casos: ano anterior, sobre a aplicação dos resultados,
correspondente à soma de duas quotas assim a) Cedência de quota a estranhos a bem como, quando aplicável, dos membros da
distribuídas: sociedade sem previa deliberação administração, podendo ainda deliberar sobre
a) Denisia Rita João Moisés Ferro, positiva da assembleia geral da
quaisquer outros assuntos de interesse para a
com uma quota no valor nominal sociedade ou sem que seja dada a
oportunidade de exercer o direito de sociedade, desde que constem expressamente
de vinte e cinco mil meticais,
preferência a que alude o número da respectiva convocatória.
correspondente a cinquenta por
cento do capital social; dois do artigo quinto dos estatutos;
b) Quando o sócio violar reiteradamente ARTIGO NONO
b) Avelino Manuel Mauze, com uma
os seus deveres sociais ou adopte
quota no valor nominal de vinte e (Ano social e distribuição de resultados)
comportamento desleal que,
cinco mil meticais, correspondente Um)O ano social coincide com o ano
pela sua gravidade ou reiteração,
a cinquenta por cento do capital
seja seriamente perturbador do civil e dos lucros apurados em cada exercício
social; funcionamento da sociedade, ou deduzir-se-á em primeiro lugar, a percentagem
Dois) O capital social poderá ser aumentado susceptível de lhe causar grave legalmente estabelecida para a constituição do
por deliberação dos sócios os quais gozam prejuízo;
de direito de preferência na subscrição dos fundo de reserva legal; enquanto não estiver
c) Quando o sócio violar qualquer das
aumentos. obrigações que lhe derivam do realizado ou sempre que seja necessário
pacto social, da lei ou de deliberação reintegrá-lo, cumprindo o disposto, aparte
ARTIGO QUARTO
social validamente proferida em restante dos lucros terá a aplicação que for
(Prestações suplementares) assembleia geral; determinada pela assembleia geral.
d) Por decisão judicial.
Não serão exigíveis prestações suplementares
Cinco) A exclusão do sócio não prejudica ARTIGO DÉCIMO
de capital. Os sócios poderão conceder a
o dever de este indeminizar a sociedade pelos
sociedade os suprimentos de que ela necessite, (Dissolução)
prejuízos que lhe tenha causado.
nos termos e condições aprovados pela
assembleia geral. A sociedade dissolve-se por deliberação
ARTIGO SÉTIMO
dos sócios e/ou nos casos determinados por lei
ARTIGO QUINTO (Administração)
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
(Cessão de quotas) Um) A gestão e administração dos negócios
sociais, assim como a representação da sociedade (Casos omissos)
Um) A cessão de quotas e livre quando em juízo e fora dele, activa ou passivamente, é
realizada entre os sócios. da competência da administração, composta por Em tudo quanto for omisso nos presentes
Dois) A cessão ou transmissão de quotas um administrador, eleito pela assembleia geral estatutos, vigorarão as disposições do Código
a terceiros depende sempre da aprovação da por um período indeterminado, sendo permitida Comercial e demais legislação aplicável no
assembleia geral da sociedade, gozando os a sua reeleição, e permanecendo em funções ordenamento jurídico moçambicano.
sócios de direito de preferência na sua aquisição até à eleição de quem os deva substituir, salvo
Maputo, doze de Junho de dois mil
que devera ser exercido no prazo legal indicado se renunciarem expressamente ao exercício
e quinze. — O Técnico, Ilegível.
no Código Comercial. do cargo.
FAÇA OS SEUS TRABALHOS GRÁFICOS NA INM, E. P. NOVOS
EQUIPAMENTOS NOVOS SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO
AO SEU DISPOR
Preço das assinaturas do Boletim da República para
o território nacional (sem porte):
Nossos serviços:
— As três séries por ano ............................. 10.000,00MT
— As três séries por semestre ........................ 5.000,00MT
Preço da assinatura anual:
— Maketização, Criação Séries
I ..................................................................... 5.000,00MT
de Layouts e Logotipos; II .................................................................... 2.500,00MT
III ................................................................... 2.500,00MT
— Impressão em Off-set Preço da assinatura semestral:
I ..................................................................... 2.500,00MT
e Digital; II .................................................................... 1.250,00MT
III ................................................................... 1.255,00MT
— Encadernação e Restauração Delegações:
de Livros; Beira —Rua Correia de Brito, n.º 1529 – R/C
Tel.: 23 320905
— Pastas de despachos, Fax: 23 320908
Quelimane — Rua Samora Machel, n.º 1004,
impressos e muito mais! Tel.: 24 218410 Fax: 24 218409
Pemba — Rua Jerónimo Romeiro, Cidade Baixa n.º 1004
Tel.: 27 220509 Fax: 27 220510
Imprensa Nacional de Moçambique, E. P. – Rua da Imprensa, n. º 283 – Tel: + 258 21 42 70 21/2 – Cel.: + 258 82 3029296, Fax: 258 324858 , C.P. 275,
e-mail: imprensanac@minjust.gov.mz – www.imprensanac.gov.mz

Preço — 66,50MT

IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.