Вы находитесь на странице: 1из 61

Manual de Operação

Manual Código: 204040005

Revisão:

B (JUN/2001)

Código do Manual: 204040005

VAPORIZADOR 1425 MULTIAGENTE Série 70.1425.100

- 1

-

REV-B

DEFINIÇÕES

Cuidado

Cuidado

Alerta o usuário quanto a possibilidade de injúria, morte ou outra reação adversas séria associada ao uso ou mau uso do equipamento.

Atenção

Atenção

Alerta o usuário quanto a possibilidade de um problema com o equipamento associado ao uso ou mau uso, tais como mau funcionamento do equipamento, falha do equipamento, danos ao equipamento, ou danos a bens de terceiros.

Observação

Enfatiza uma informação importante.

Código do Manual: 204040005

- 2 -

REV-B

A EMPRESA

A K. TAKAOKA é uma empresa que há mais de 40 anos vem se dedicando ao ramo de

equipamentos hospitalares, sempre em estreita cooperação com a classe médica. Atuando principalmente nas áreas de Aparelhos de Anestesia, Ventiladores Pulmonares, Monitorização e Oxigenoterapia, a K. TAKAOKA orgulha-se de exercer uma posição de liderança no mercado, contando com uma linha extensa de produtos.

Tendo como uma de suas prioridades o permanente investimento em pesquisa e desenvolvimento de novas idéias e soluções, a K. TAKAOKA tem se destacado pela constante introdução de avanços tecnológicos e inovações industriais em sua linha de produtos, o que a equipara às principais indústrias nacionais e internacionais do ramo.

A K. TAKAOKA projeta e fabrica com sofisticados equipamentos a maior parte dos

componentes de seus aparelhos, o que vem explicar o criterioso controle de qualidade

a que estes são submetidos. É preocupação também da empresa fornecer um suporte de alto nível a todos os usuários, através de seus departamentos de Vendas e Assistência Técnica.

Possuindo representantes em todo o território nacional e estando presente também no mercado internacional, a K. TAKAOKA tem merecido assim, ao longo dos anos, a confiança de seus clientes no elevado padrão de qualidade e na grande eficiência de seus produtos e serviços.

Código do Manual: 204040005

- 3 -

REV-B

Figura 1: Vaporizador 1425 Multiagente Código do Manual: 204040005 - 4 - REV-B

Figura 1: Vaporizador 1425 Multiagente

Código do Manual: 204040005

- 4 -

REV-B

MINI PINOMATIC
MINI
PINOMATIC

Figura 2: Vaporizador 1425 Multiagente – Principais Dimensões

Código do Manual: 204040005

- 5 -

REV-B

ÍNDICE

1 AVISOS IMPORTANTES

7

2 DESCRIÇÃO GERAL

11

3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

14

4 PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

17

5 CONTROLES E COMPONENTES

19

5.1 Relação de Componentes

19

5.2 Vista Frontal

20

5.3 Vista Posterior

25

5.4 Vista lateral direita

28

5.5 Câmara MINI-PINOMATIC

30

6 MONTAGEM

33

6.1 Fixação no Aparelho de Anestesia

33

6.2 Conexões

33

6.3 Alimentação Elétrica

34

7 DISPLAY

35

7.1 Inicialização

35

7.2 Tela Principal

37

7.3 Telas Gráficas

39

7.4 Cronômetro

40

7.5 Mensagem

40

8 OPERAÇÃO

41

8.1 Procedimentos Iniciais

41

8.2 Enchimento da Câmara

43

8.3 Instruções para Vaporização

45

8.4 Esvaziamento, Secagem e Conservação da Câmara

47

9 LIMPEZA E ESTERILIZAÇÃO

48

10 MANUTENÇÃO

53

11 SIMBOLOGIA

54

12 TERMO DE GARANTIA

56

13 REPRESENTANTES

57

14 ASSISTÊNCIA TÉCNICA

59

Código do Manual: 204040005

- 6 -

REV-B

1

AVISOS IMPORTANTES

Uso do Equipamento

Cuidado

Cuidado

O botão de concentração tem influência apenas sobre o cálculo apresentado pelo display de fluxo de borbulhamento. Este botão não regula automaticamente a concentração desejada.

v Verifique sempre o fluxo de borbulhamento desejado para que a concentração de agente anestésico no circuito seja o desejado para a anestesia inalatória.

v Verifique sempre qual é o tipo de agente anestésico que está sendo utilizado.

v

Havendo qualquer dúvida quanto ao tipo de agente anestésico presente na câmara de borbulhamento, realize a sua substituição.

v

Ao substituir o agente anestésico certifique-se de reposicionar o pino de indicação do agente no local correto. A leitura da posição do pino garante o cálculo correto da tabela de fluxo de borbulhamento.

v

Nunca ultrapasse a capacidade máxima da câmara, que vale 100 ml.

v

O funil de enchimento do Vaporizador 1425 Multiagente deverá estar perfeitamente fechado durante a anestesia, para que não haja vazamento de gases.

v

Vaporizador 1425 Multiagente possui duas escalas para o fluxo de borbulhamento, sendo uma para fluxos baixos e a outra para fluxos altos. Não some as leituras de ambas.

v

Os parâmetros apresentados pelo display computadorizado somente serão válidos se o operador mantiver a regulagem do fluxo de borbulhamento sempre igual ao respectivo valor teórico indicado pelo display.

v

Numa emergência de falta de energia elétrica, o Vaporizador 1425 Multiagente continuará a ser utilizado com suas funções eletrônicas devido a bateria interna do Aparelho de Anestesia.

Código do Manual: 204040005

- 7 -

REV-B

v

Mantenha a câmara de borbulhamento vazia e seca sempre que o Vaporizador 1425 Multiagente estiver fora de uso, para uma melhor conservação da mesma (item 8.4).

v

A câmara de borbulhamento deverá ser mantida na posição vertical enquanto estiver carregada com agente anestésico.

v

Este Manual de Operação deverá ser lido com bastante cuidado, para que se possa utilizar corretamente o equipamento e também tirar o máximo proveito de todos os seus recursos.

v

Leia também os Manuais de Operação das outras partes e acessórios do Aparelho de Anestesia.

v

O Aparelho de Anestesia deverá receber atenção do operador durante todo o procedimento de administração de gases ao paciente.

Incêndio e Riscos Associados

v

Não utilize o equipamento na presença de agentes inflamáveis. Também para evitar o risco de combustão, não aplique óleo ou graxa no equipamento.

v

Para reduzir o risco de incêndio, utilize somente tubos e circuitos para uso em ambientes enriquecidos com oxigênio. Não utilize tubos eletricamente condutivos ou antiestáticos.

v

Em caso de incêndio, assegure imediatamente as necessidades do paciente, desligue o Vaporizador 1425 Multiagente, e desconecte-o das fontes de gases e elétricas.

Serviço e Testes

v

Não realize nenhum serviço interno em nenhuma parte do aparelho. Para uma revisão periódica no equipamento ou para a correção de qualquer irregularidade em seu funcionamento, providencie a Assistência Técnica autorizada TAKAOKA.

v

Para reduzir riscos de choques elétricos, não remova nenhuma tampa ou parte do equipamento para acesso interno.

v

Para reduzir riscos de choques elétricos, desconecte a alimentação elétrica do equipamento, antes de qualquer serviço de manutenção.

Código do Manual: 204040005

- 8 -

REV-B

v

Não execute nenhum procedimento de manutenção a não ser os especificados em manual de serviço para o equipamento.

v

Utilize somente partes e peças fornecidas pela K. TAKAOKA Ind. & Com. Ltda.

 

v

Qualquer tentativa de modificação do “hardware” ou “firmware” sem que haja uma aprovação formal e escrita da TAKAOKA, automaticamente invalida todas as garantias dadas ao equipamento.

v

O Vaporizador 1425 Multiagente deverá ser submetido a uma recalibração e revisão anual a ser realizada por um técnico autorizado pela TAKAOKA.

v

Para assegurar uma operação segura do equipamento, sempre execute os testes e

procedimentos

prescritos

no

Capítulo 8, antes de utilizar o Vaporizador 1425

Multiagente

no circuito respiratório do paciente. Se o equipamento falhar em

qualquer

dos

testes,

remova-o

do

uso

clínico

imediatamente.

Não

utilize

o

equipamento até que os reparos necessários sejam executados.

 

v

As características técnicas dos produtos TAKAOKA estão sujeitas a alterações sem aviso prévio, devido ao constante processo de evolução tecnológica a que estes são submetidos.

Suscetibilidade Eletromagnética

v Equipamento pode sofrer interferências de certos aparelhos de transmissão (por exemplo: telefones celulares, “walkie talkie”, telefones sem fio, transmissores de “pagers”, equipamentos de alta-freqüência cirúrgica (diatermia), desfibriladores, terapias com ondas curtas), contudo não interrompem o funcionamento do equipamento. Evite utilizar estes aparelhos de transmissão nas proximidades do Vaporizador 1425 Multiagente.

v Não utilize o Vaporizador 1425 Multiagente num ambiente com equipamentos de imagem por ressonância magnética.

v Este equipamento não emite ondas eletromagnéticas que interfira no funcionamento de outros equipamentos na sua proximidade.

Alimentação Elétrica

v Somente conecte o cabo de força a uma tomada devidamente aterrada e aprovada para uso hospitalar. A tomada fêmea deverá ser de três pinos do tipo Nema 5-15P.

Código do Manual: 204040005

- 9 -

REV-B

v Verifique o correto posicionamento da chave 110/220 V antes de conectar o Vaporizador 1425 Multiagente à rede elétrica.

Diversos

1 2 3
1
2
3

LIGAÇÃO

   
   
   
 

PINO

110V

220V

 

1 NEUTRO

FASE

 

2 FASE

FASE

3 TERRA

TERRA

 
 
 

v

Não pressione nenhuma tecla com instrumentos cirúrgicos ou ferramentas. Utilize somente as pontas dos dedos para pressionar as teclas. Objetos pontiagudos ou duros podem danificar as teclas.

v

Estabeleça uma rotina de limpeza e esterilização adequada aos componentes do Vaporizador 1425 Multiagente.

v

No ato do recebimento verifique a integridade do equipamento e dos acessórios. Caso haja algum dano aparente ao equipamento ou a seus acessórios contatar um representante autorizado TAKAOKA imediatamente, pois, existem tempos de garantias diferentes para os diversos componentes, verificar Capítulo 12.

Descarte (“lixo”)

v

Todas as partes e peças que tiverem contato com fluídos provenientes de pacientes (exemplo: circuito respiratório), estão potencialmente contaminados. Denominados semi-críticos, devem sofrer antes do descarte (ao final de suas vidas úteis) um processo de desinfecção de alto nível, ou esterilização ou ser descartado como lixo hospitalar potencialmente infectado.

v

Elimine as partes removidas do equipamento de acordo com o protocolo de disposição de partes e peças de sua instituição. Siga as recomendações governamentais locais quanto à proteção ambiental, especialmente no caso de lixo eletrônico ou partes eletrônicas.

Código do Manual: 204040005

- 10 -

REV-B

2

DESCRIÇÃO GERAL

foi projetado para integrar os Aparelhos de Anestesia

da linha TAKAOKA. Constitui-se num Vaporizador universal controlado por fluxômetro, projetado para o uso indistintamente dos agentes Halothane, Enflurane, Isoflurane ou Sevoflurane. O Vaporizador 1425 Multiagente é microprocessado, possuindo importantes recursos que o tornam um aparelho versátil e de fácil manuseio.

O Vaporizador 1425 Multiagente

FLUXO TOTAL de gases é uma mistura entre oxigênio, óxido nitroso ou ar comprimido, sendo regulado no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia. Este fluxo adentra o Vaporizador 1425 Multiagente, onde é dividido internamente em duas parcelas:

1. FLUXO DE BORBULHAMENTO - pequena parcela do fluxo total regulado pelo botão de controle de fluxo do Vaporizador 1425 Multiagente, sendo medido pelo respectivo fluxômetro. Este fluxo atravessa a câmara de borbulhamento, saturando- se com vapor de agente anestésico.

2. FLUXO DILUENTE - outra parcela do fluxo total, que segue diretamente para a saída do Vaporizador 1425 Multiagente, misturando-se então com o fluxo de borbulhamento saturado com anestésico.

O fluxo contínuo de gases frescos que sai do Vaporizador 1425 Multiagente é portanto

constituído pelo fluxo total de gases com uma determinada concentração de vapor de

agente anestésico volátil.

As principais características do Vaporizador 1425 Multiagente são descritas abaixo.

v Display

gráfico

computadorizado

de

cristal

líquido,

que fornece uma série de

informações

importantes

calculadas

pelo

microprocessador

a

partir

de

dados

fornecidos pelo operador sobre concentração desejada, tipo de anestésico e altitude. São apresentados pelo display: fluxo de borbulhamento requerido, fluxo de vapor, consumo de anestésico, temperatura medida do anestésico, tempo de anestesia e gráficos de concentração e de borbulhamento nas últimas 7 horas.

v O recurso de cálculo do fluxo de borbulhamento requerido dispensa o uso da régua de cálculo, para a determinação da concentração desejada, aumentando a facilidade de uso do Vaporizador 1425 Multiagente.

v Instruções de uso no próprio display, facilitando a familiarização com o aparelho.

Código do Manual: 204040005

- 11 -

REV-B

v

Sistema de segurança Dilumatic, que impede a vaporização e o fornecimento de anestésico sem que o fluxo total esteja aberto no Bloco de Fluxômetros.

v

Exclusivo sistema Mini-Pinomatic, que permite um fácil intercâmbio entre as câmaras de borbulhamento multi-agentes, através de um sistema de engate rápido.

v

Sistema Ilumatic que ilumina automaticamente as escalas dos rotâmetros do Vaporizador 1425 Multiagente quando é aberto o fluxo de O 2 + N 2 O ou Ar no Aparelho de Anestesia.

v

Dois rotâmetros com tubo cônico de vidro para o fluxo de borbulhamento, com escalas de 5 a 350 ml/min e 400 a 2300 ml/min. Esta característica torna o Vaporizador 1425 Multiagente igualmente adequado para qualquer agente anestésico e para qualquer faixa de fluxo total, aumentando a versatilidade do Vaporizador 1425 Multiagente.

v

Câmara de borbulhamento em vidro âmbar para proteger o agente anestésico da degradação dos raios solares, porém, permite a visualização do borbulhamento em seu interior. Capacidade para 100 ml de agente anestésico.

v Indicação

luminosa

do

agente

anestésico

escolhido,

com

reconhecimento

automático pela posição do pino indicador do agente anestésico na câmara.

v

Botão de controle do fluxo de borbulhamento protegido contra acionamento inadvertido, com um aro de proteção de 360°.

v

Sensores internos para a medição automática do fluxo total e da temperatura do agente anestésico.

v

Válvulas unidirecionais internas que garantem uma concentração constante mesmo com o emprego de ventilação controlada, evitando um aumento da concentração pelo efeito de “bombeamento”.

v

Construído em caixa de chapa

de

aço

com pintura eletrostática a pó

extra-resistente. Esta caixa funciona ainda como uma superfície extra de troca

de

calor, aumentando a estabilidade térmica do anestésico.

v

Alimentação elétrica com rede de 110/220 Vac 50 a 60Hz e cabo elétrico removível.

O

Vaporizador 1425 Multiagente possui uma chave seletora de tensão e um fusível

de

proteção incorporado.

Código do Manual: 204040005

- 12 -

REV-B

v Numa emergência de falta de energia elétrica, o Vaporizador 1425 Multiagente continuará a ser utilizado com perda de suas funções eletrônicas, ou alimentado pela energia da bateria interna do Aparelho de Anestesia.

A Figura 2-1 representa a localização do Vaporizador 1425 Multiagente no Aparelho de Anestesia TAKAOKA modelo Shogun. O Vaporizador 1425 Multiagente também poderá ser utilizado integrando outros modelos de Aparelhos de Anestesia TAKAOKA.

VAPORIZADOR 1425 MULTIAGENTE

VAPORIZADOR

1425

MULTIAGENTE

Figura 2-1: Localização do Vaporizador 1425 Multiagente no Aparelho de Anestesia

Código do Manual: 204040005

- 13 -

REV-B

3

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

Classificação

Classificação NBR IEC 601-1 classe I, Tipo B, IPX1, operação contínua. Vaporizador 1425 Multiagente para administração de gases anestésicos, pelo método de borbulhamento de fluxo e posterior soma ao fluxo diluente.

Agentes Anestésicos

HALOTHANE ENFLURANE ISOFLURANE SEVOFLURANE O agente anestésico é indicado na câmara mini-pinomatic através do pino indicador, a posição do pino é lida eletronicamente para determinar o cálculo correto da tabela CONCENTRAÇÃO x FLUXO de BORBULHAMENTO.

Câmara de Borbulhamento

Escala

0

a100ml

Graduação mínima

2,5ml

Nível mínimo de trabalho

10ml

Nível máximo de trabalho

100ml

Fluxômetros de Borbulhamento

Rotâmetro para fluxo baixo

escala

de 5 a 350 ml/min.

Rotâmetro para fluxo alto

escala

de 400 a 2300 ml/min.

Calibrados para 760 mmHg e 20°C (não compensados a pressão).

Leitura no centro da esfera.

Dispositivos de Segurança

Sistema Dilumatic de proteção contra a falta de fluxo total. Controle de fluxo com aro de proteção de 360° contra acionamento acidental.

Sistema Ilumatic

Iluminação automática da escala do rotâmetro: fluxo total acima de 200 ml/min.

Código do Manual: 204040005

- 14 -

REV-B

Chave de Concentração (somente para cálculo)

Faixa de ajuste Resolução

Display Gráfico

Tipo de display Dimensões

Cálculo do Fluxo de Borbulhamento

0,5

0

a 10 %

% (incremento)

cristal

líquido

240

x 64 pontos

Indicação digital no display

3

dígitos inteiros

Resolução

1

ml/min

Termômetro de Agente Anestésico

Indicação digital no display

2

dígitos

Resolução

1°C

Conexões para Gases

Entrada

rosca

macho de O 2 conforme norma NB-254

Saída

cônico

padrão de 23 mm fêmea

Características Elétricas

Alimentação

110/220

Vac, 60 Hz (50 Hz opcional)

Conector para rede

3

(três) pinos, com terra

Fusível

tipo

vidro – 20 mm – 1,0 A / 250 V

Potência consumida

20

W

Dimensões e Peso

Altura

345

mm

Largura

200

mm s/ câmara e 265 c/ câmara

Profundidade

168

mm s/suporte e 230 c/suporte

Peso

Código do Manual: 204040005

- 15 -

10

kgf

REV-B

Atenção

Atenção

O

Vaporizador

1425

Multiagente

está

em

conformidade com a norma

técnica ABNT EB-1797/91: Aparelho de anestesia - Seção de fluxo contínuo.

As características técnicas dos produtos TAKAOKA estão sujeitas a alterações sem aviso prévio, devido ao constante processo de evolução tecnológica a que estes são submetidos.

Observação:

A instalação elétrica do hospital deverá estar devidamente aterrada e atendendo à norma ABNT NBR 13534 - “Instalações elétricas em estabelecimentos assistenciais de saúde - Requisitos de segurança”. O não cumprimento desta recomendação poderá resultar em danos ao paciente, operador ou equipamento, além de invalidar a garantia do Vaporizador.

Código do Manual: 204040005

- 16 -

REV-B

4

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

A Figura

internamente pelo Vaporizador 1425 Multiagente.

4-1

permite

uma

visualização

simplificada

dos

fluxos

que

circulam

uma visualização simplificada dos fluxos que circulam Figura 4-1: Princípio de funcionamento O FLUXO TOTAL

Figura 4-1: Princípio de funcionamento

O FLUXO TOTAL proveniente do Bloco de Fluxômetros adentra o Vaporizador 1425 Multiagente e chega ao divisor de fluxo, onde se divide em duas parcelas:

1.FLUXO DE BORBULHAMENTO - pequena parcela do fluxo total regulado pelo botão

de controle de fluxo do Vaporizador 1425 Multiagente, sendo medido pelo respectivo

fluxômetro. Este fluxo atravessa a câmara de borbulhamento, saturando-se com vapor

de agente anestésico.

2.FLUXO DILUENTE - outra parcela do fluxo total, que segue diretamente para a saída

do Vaporizador 1425 Multiagente, misturando-se então com o fluxo de borbulhamento

saturado com anestésico.

FLUXO TOTAL = FLUXO DE BORBULHAMENTO + FLUXO DILUENTE

Código do Manual: 204040005

- 17 -

REV-B

Os fluxos de borbulhamento e fluxo diluente misturam-se logo antes da saída do Vaporizador 1425 Multiagente. O fluxo contínuo de gases frescos que deixa o Vaporizador 1425 Multiagente será, portanto constituído pelo fluxo total de gases com uma determinada concentração de vapor de agente anestésico.

A processo de vaporização do agente anestésico ocorre através de um elevado número

de pequenas bolhas atravessando a câmara de borbulhamento, resultando numa

grande área de contato entre o gás e o agente anestésico líquido.

O sistema de segurança Dilumatic impede o fornecimento de agente anestésico sem

que haja fluxo de oxigênio (ou fluxo total) aberto no Bloco de Fluxômetros, pois o fluxo

de borbulhamento constitui-se numa derivação do fluxo total.

A câmara mini-pinomatic de borbulhamento possui uma outra câmara interna também

de vidro, onde se realiza a vaporização a partir de uma bucha borbulhadora localizada em sua base. Esta câmara interna evita um excesso de borbulhamento no Vaporizador 1425 Multiagente, além de manter estável o nível do líquido para facilitar a leitura do seu volume.

Existem ainda válvulas unidirecionais que evitam o “efeito de bombeamento” em ventilação controlada, evitando também o refluxo de anestésico para o rotâmetro.

O fluxo total que adentra o Vaporizador 1425 Multiagente é medido por um sensor

interno. Este sensor de fluxo é constituído por um componente pneumático com resistência ao fluxo variável, associado a um sensor de pressão diferencial. O sensor de pressão diferencial fornece ao microprocessador uma indicação da queda de pressão através do componente pneumático, sendo então este valor relacionado ao fluxo existente. Este mesmo princípio é utilizado pelo sensor do fluxo de borbulhamento, para as indicações do fluxômetro eletrônico e do sistema de alarme. O fluxo de borbulhamento requerido é calculado pelo microprocessador através de um software especialmente desenvolvido para esta finalidade.

Código do Manual: 204040005

- 18 -

REV-B

5

CONTROLES E COMPONENTES

5.1 Relação de Componentes

Os componentes relacionados abaixo são fornecidos acompanhando o Vaporizador 1425 Multiagente:

ITEM

DESCRIÇÃO

CODIGO

1

1 (um) cabo elétrico removível

429010004

2

1 (um) tubo para saída de gases do Vaporizador

202010400

3

1 (um) conexão cônica de 23 mm

4265

4

1 (uma) câmara de borbulhamento modelo 1010

202010813

5

1 (um) manual de operação

204010005

Observações:

Se no ato do recebimento algum dos componentes acima estiver faltando ou danificado, entre em contato imediatamente com um representante autorizado TAKAOKA, pois, existem tempos de garantias diferentes para os diversos componentes, verificar Capítulo 12. Para adquirir acessórios opcionais ou de reposição, procure o representante autorizado TAKAOKA.

A TAKAOKA possui uma completa linha de acessórios opcionais e monitores eletrônicos para Aparelhos de Anestesia, os quais poderão ser adquiridos separadamente. Consulte o seu representante autorizado TAKAOKA para obter maiores informações.

Código do Manual: 204040005

- 19 -

REV-B

5.2 Vista Frontal

Os itens abaixo referem-se à vista frontal do Vaporizador 1425 Multiagente (Figura 5-1).

1 -

Display Computadorizado

Mostrador gráfico que apresenta uma série de parâmetros calculados pelo microprocessador, para a regulagem correta do Vaporizador 1425 Multiagente e para um melhor controle da anestesia. As diversas telas apresentadas por este display são descritas detalhadamente no Capítulo 7 - Display. As informações apresentadas na tela principal são:

- Fluxo de borbulhamento requerido - esta é a informação mais importante do display, sendo apresentada em dígitos de tamanho grande. Para obter a concentração desejada no Vaporizador 1425 Multiagente, o operador deverá regular um fluxo de borbulhamento no fluxômetro (3) ou (4) igual a este valor calculado teoricamente. O fluxo de borbulhamento é expresso em ml/min.

- Cronômetro - indica o tempo de anestesia decorrido. A contagem do tempo se inicia a partir do instante em que é apresentada a tela principal neste display.

- Outros

parâmetros

nesta tela.

-

o

item

7.2

explica

os

outros

parâmetros

apresentados

Atenção

Atenção

Os valores calculados e os gráficos do display computadorizado somente serão válidos se o fluxo de borbulhamento real - regulado manualmente pelo botão (2) - coincidir com o fluxo de borbulhamento requerido, uma vez

pelo

microprocessador. Como o consumo total e os gráficos são determinados a partir de valores acumulados, estes somente serão válidos se o fluxo de borbulhamento for mantido correto desde o início da anestesia.

que

estes

são

parâmetros

determinados

teoricamente

Código do Manual: 204040005

- 20 -

REV-B

2

-

Controle do Fluxo de Borbulhamento

Botão que regula o fluxo de borbulhamento no Vaporizador 1425 Multiagente, o qual corresponde à parcela do fluxo total que atravessa a câmara (9). O valor deste fluxo será lido nos respectivos fluxômetros (3) ou (4). Abertura no sentido anti-horário.

Atenção

Atenção

O fluxo de borbulhamento determina diretamente a concentração real

fornecida pelo Vaporizador 1425 Multiagente. Portanto, é importante que o fluxo ajustado por este botão - lido no fluxômetro (3) ou (4) - seja igual ao

fluxo

computadorizado (1).

requerido apresentado pelo display

de

borbulhamento

3 -

Fluxômetro de Borbulhamento - Fluxo Baixo

Rotâmetro que mede o fluxo de borbulhamento ajustado pelo controle (2). Este rotâmetro deverá ser utilizado para a leitura de fluxos entre 5 a 350 ml/min. A escala do rotâmetro é iluminada automaticamente quando existe um fluxo total superior a 200 ml/min entrando no Vaporizador 1425 Multiagente, se a chave liga/desliga (10) estiver ligada. Leitura no centro da esfera.

Atenção

Atenção

Não some as leituras dos dois rotâmetros (3) e (4), pois ambos indicam o mesmo fluxo. Utilize o rotâmetro adequado à faixa de fluxo que está sendo medido - fluxo baixo ou fluxo alto.

4 -

Fluxômetro de Borbulhamento - Fluxo Alto

Rotâmetro que mede o fluxo de borbulhamento ajustado pelo controle (2). Este rotâmetro deverá ser utilizado para a leitura de fluxos entre 400 a 2300 ml/min. A escala do rotâmetro é iluminada automaticamente quando existe um fluxo total superior a 200 ml/min entrando no Vaporizador 1425 Multiagente, se chave liga/desliga (10) estiver LIGA. Leitura no centro da esfera.

Código do Manual: 204040005

- 21 -

REV-B

5

-

Indicador Visual de Fluxo Total

Sinal luminoso que se acende para indicar que existe um fluxo total regulado no Aparelho de Anestesia e, portanto poderá ser aberto um fluxo de borbulhamento no Vaporizador 1425 Multiagente .

Observação:

Este indicador acende-se juntamente com as escalas dos fluxômetros (3) e (4), se houver um fluxo total superior a 200 ml/min. O fluxo total corresponde à soma dos fluxos regulados no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia.

6 -

Indicadores de Agente Anestésico

Sistema de sinalização luminosa para que o operador visualize o tipo de agente anestésico que está contido na câmara de borbulhamento. O tipo de agente indicado corresponde à posição do pino que o sistema eletrônico de reconhecimento lê.

Cuidado

Cuidado

O sistema eletrônico de reconhecimento lê a posição do pino indicador de agente e NÃO EFETUA A MUDANÇA DO AGENTE ANESTÉSICO.

7 -

Botão de Concentração

Botão para o ajuste do valor desejado da concentração de agente anestésico fornecida pelo Vaporizador 1425 Multiagente, para efeito de cálculo do fluxo de borbulhamento requerido e outros parâmetros. A escala do botão está em % (volume).

Atenção

Atenção

Este controle não regula diretamente a concentração fornecida pelo Vaporizador 1425 Multiagente, tendo influência apenas sobre os cálculos teóricos apresentados pelo display computadorizado (1). A concentração real fornecida somente corresponderá ao ajuste deste controle se o fluxo de borbulhamento regulado no Vaporizador 1425 Multiagente coincidir com o valor do fluxo de borbulhamento requerido indicado pelo display (1).

8

-

Tecla TIPO / DISPLAY

Tecla que muda a apresentação do display (1). Sendo pressionada sucessivamente, esta tecla alterna a tela principal e as telas gráficas no display computadorizado. Cada uma dessas telas é descrita detalhadamente no Capítulo 7 - Display .

9 -

Tecla RESET / CRONÔMETRO

Tecla eletrônica com dupla função:

1)Após o Vaporizador 1425 Multiagente ter sido ligado através da chave (10), esta tecla deverá ser pressionada sucessivamente para fazer o display computadorizado (1) passar pelas telas iniciais e chegar à tela principal.

2)Durante a apresentação da tela principal no display computadorizado (1), esta tecla zera a marcação do cronômetro do Vaporizador 1425 Multiagente, para o início de uma nova contagem de tempo (item 7.4).

10 - Chave Eletrônica LIGA / DESLIGA

Chave que liga ou desliga a parte elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente.

Observações:

Esta tecla tem influência apenas sobre as funções eletrônicas do Vaporizador 1425 Multiagente (display computadorizado e iluminação do rotâmetro). O sistema de fornecimento de gases anestésicos é independente da parte eletrônica, podendo numa emergência funcionar mesmo sem alimentação elétrica.

Código do Manual: 204040005

- 23 -

REV-B

3 4 5 6 7 8 9 2 10 1
3
4
5
6
7
8
9
2
10
1

Figura 5-1.

Vista Frontal

Código do Manual: 204040005

- 24 -

REV-B

5.3 Vista Posterior

Os itens abaixo referem-se à vista posterior do Vaporizador 1425 Multiagente (Figura 5-

2).

1 -

Entrada para Cabo de Força - 110/220 V

Entrada para a alimentação do Vaporizador 1425 Multiagente com uma rede elétrica de 110 ou 220 Vac, por intermédio do cabo de força removível que acompanha o aparelho. Este cabo possui um conector de 3 pinos para ser acoplado a uma rede elétrica devidamente aterrada.

Atenção

Atenção

Verifique o correto posicionamento da chave seletora 110/220 Vac (7) antes de conectar o Vaporizador 1425 Multiagente à rede elétrica. Na falta de energia elétrica alimentando o Vaporizador 1425 Multiagente, este poderá continuar a ser utilizado sem as suas funções eletrônicas. Entretanto, será necessário então um cuidado especial para se evitar concentrações perigosas de anestésico.

2 -

Fusível

Compartimento com fusível para a proteção da parte elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente. A tampa rosqueada deste compartimento é facilmente removível para facilitar a troca do fusível (Capítulo 10 - Manutenção).

3 -

Plaqueta de Identificação

Plaqueta com o modelo e o número de série do Vaporizador 1425 Multiagente, para a sua identificação.

4 -

Suporte de Fixação

Suporte

Anestesia.

de

fixação

do Vaporizador 1425 Multiagente

Código do Manual: 204040005

- 25 -

no móvel do Aparelho de

REV-B

5

-

Conexão de Entrada do Vaporizador 1425 Multiagente

Conexão rosqueada para a entrada do fluxo total no Vaporizador 1425 Multiagente. Esta conexão deverá ser interligada com a saída de gases do Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia. Utilize o intermediário e o tubo apropriado que acompanham o aparelho.

6 -

Chave de Altitude

Chave digital para o ajuste da altitude local (relativa ao nível do mar), em metros. O valor da altitude é utilizado nos cálculos do display computadorizado do painel frontal.

7 -

Chave Seletora de Tensão - 110/220 V

Chave para a seleção da voltagem de alimentação elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente, conforme a tensão da rede utilizada. Verifique a voltagem antes de conectar o Ventilador à rede elétrica.

8 -

Abraçadeira de Nylon

Abraçadeira de nylon cuja utilização é evitar uma desconexão acidental do cabo de força.

Código do Manual: 204040005

- 26 -

REV-B

4 4 3 5 6 2 1 7 8
4
4
3
5
6
2
1
7
8

Figura 5-2.

Vista posterior

Código do Manual: 204040005

- 27 -

REV-B

5.4 Vista Lateral Direita

Os itens abaixo referem-se à vista lateral direita do (Figura 5-3).

Vaporizador 1425 Multiagente

1 -

Suporte da Câmara de Borbulhamento MINI-PINOMATICÒ

Suporte da Câmara de Borbulhamento com um orifício de entrada de fluxo e um orifício de saída de fluxo, para ser encaixado à base superior da câmara de borbulhamento constituindo assim o sistema de engate rápido MINI-PINOMATIC Ò do Vaporizador 1425 Multiagente.

2 -

Conexão de Saída do Vaporizador 1425 Multiagente

Conexão para a saída da mistura de gases do Vaporizador 1425 Multiagente. Esta conexão cônica padronizada deverá ser interligada com o móvel do Aparelho de Anestesia, levando assim a mistura até a saída comum de gases. Utilize o intermediário e o tubo apropriado que acompanham o aparelho.

3 -

Controle de Contraste do Display

Botão para ajuste do contraste do display de monitorização. Este botão deverá ser ajustado até se obter a melhor visualização da tela.

Código do Manual: 204040005

- 28 -

REV-B

3 1 2
3
1
2

Figura 5-3.

Vista lateral direita

Código do Manual: 204040005

- 29 -

REV-B

5.5 Câmara de Borbulhamento Mini-Pinomatic

Os itens abaixo referem-se à Câmara de Borbulhamento Mini-Pinomatic do Vaporizador 1425 Multiagente (Figura 5-4).

1 -

Câmara de borbulhamento

A câmara de borbulhamento possui um sistema de engate rápido para possibilitar a troca de agente anestésico durante o procedimento de anestesia do paciente (por exemplo: indução com SEVOFLURANE e manutenção com ISOFLURANE).

Câmara de vidro âmbar destinada a receber o agente anestésico líquido, onde realiza- se a vaporização. Possui uma graduação de volume (em ml), para a leitura do nível do líquido em seu interior.

Atenção

Atenção

O nível do agente no interior da câmara deverá estar entre 10 e 100 ml

durante a anestesia.

2 -

Engate Rápido para Sistema Mini-pinomatic

Sistema com um orifício de entrada de fluxo e um orifício de saída de fluxo, para ser encaixado ao suporte lateral do Vaporizador 1425 Multiagente.

3 -

Pino Indicador de Agente Anestésico

É um pino especial que é reconhecido eletronicamente pelo Vaporizador 1425 Multiagente e que conforme a posição de inserção na parte superior da câmara mini- pinomatic, indica qual é o agente anestésico presente na câmara de borbulhamento.

Cuidado

Cuidado

O sistema eletrônico de reconhecimento lê a posição do pino indicador de

agente e NÃO EFETUA A IDENTIFICAÇÃO DE QUAL AGENTE ANESTÉSICO ESTÁ PRESENTE NA CÂMARA DE BORBULHAMENTO.

O PINO É ESPECIAL, no caso de perda, solicite imediata reposição ao seu

representante autorizado TAKAOKA. Rosqueie firmemente o pino indicador de agente (Sentido horário).

4

-

Plaqueta de identificação de agente anestésico

É uma plaqueta para executar a correta inserção e rosqueamento do pino indicador de agente anestésico. A plaqueta segue a identificação por cores de agente anestésico.

HALOTHANE

ISOFLURANE

SEVOFLURANE

ENFLURANE

5 -

Tampa do Funil

Tampa rosqueada para fechamento da câmara de borbulhamento. Fechamento efetua- se girando no sentido horário.

Cuidado

Cuidado

A tampa deverá estar fechada com firmeza durante a anestesia, para que não haja vazamento de gases. Verifique o perfeito estado da arruela plástica de vedação do funil, para que não haja vazamento de gases (item 8.2).

6 -

Funil de Enchimento da Câmara de Borbulhamento

Funil de enchimento e drenagem da câmara de borbulhamento com agente anestésico.

7 -

Plaqueta de identificação do produto

Plaqueta contendo informações do modelo da câmara de borbulhamento.

Código do Manual: 204040005

- 31 -

REV-B

4 5 3 6 7 2 1
4
5
3
6
7
2
1

Figura 5-4.

Câmara de borbulhamento.

Código do Manual: 204040005

- 32 -

REV-B

6

MONTAGEM

6.1 Fixação no Aparelho de Anestesia

O Vaporizador 1425 Multiagente será normalmente fornecido já montado no Aparelho de Anestesia TAKAOKA. Caso haja a necessidade de maiores detalhes explicativos sobre a sua fixação ou sobre as suas conexões internas, consulte o representante autorizado TAKAOKA mais próximo.

6.2 Conexões

1 -

Interligue firmemente a saída do Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia à conexão de ENTRADA localizada no painel posterior do Vaporizador 1425 Multiagente Figura 6-1, atentando para evitar possíveis vazamentos de gases ou obstrução de fluxo. Esta é uma conexão rosqueada, sendo acompanhada por um adaptador específico para o tubo de ligação.

1 - Saída de gases para Vaporizador 2 Tubo com conectores sextavados 3 Móvel do

1 - Saída de gases para Vaporizador

2 Tubo com conectores sextavados

3 Móvel do Aparelho de Anestesia

4 - Rotâmetro Eletrônico 1820

-

-

Figura 6-1.

Conexão entre o Vaporizador 1425 e o Rotâmetro 1820/1830

2 - Interligue firmemente a conexão de SAÍDA localizada na lateral direita do Vaporizador 1425 Multiagente à respectiva conexão de entrada no móvel do Aparelho de Anestesia. Certifique-se de que não haja nenhum vazamento de gases ou obstrução de fluxo. Esta é uma conexão cônica de 23 mm (fêmea), sendo acompanhada por um intermediário específico para a adaptação do tubo de ligação.

Código do Manual: 204040005

- 33 -

REV-B

Atenção

Atenção

As conexões de entrada e de saída do Vaporizador 1425 Multiagente

deverão

diferentes entre si, prevenindo assim uma inversão acidental posterior destes. Os tubos são fornecidos juntamente com o Aparelho de Anestesia TAKAOKA.

ser

interligadas

ao

Aparelho

de

Anestesia

através

de

tubos

6.3 Alimentação Elétrica

O Vaporizador 1425 Multiagente pode ser interligado a rede de alimentação elétrica ou ao painel elétrico do móvel do Aparelho de Anestesia Shogun Pró (110 Vac), sendo que, se interligado ao móvel funcionará numa eventual falta de energia elétrica sustentado por um no-break.

1 -

Interligue o Vaporizador 1425 Multiagente ao painel elétrico do móvel do Aparelho de Anestesia Shogun Pró.

Ou

2 - Se desejar conectar o Vaporizador 1425 Multiagente a rede de alimentação elétrica, verifique o correto posicionamento da chave seletora 110/220 Vac atrás do mesmo. (neste caso o aparelho não será alimentado pelo no-break em uma eventual falta de energia elétrica da rede).

Cuidado

Cuidado

Somente conecte o cabo de alimentação elétrica a uma tomada devidamente aterrada e aprovada para uso hospitalar, em uma instalação elétrica que atenda à norma ABNT NBR 13534 - “Instalações elétricas em estabelecimentos assistenciais de saúde - Requisitos de segurança”. A tomada fêmea de três pinos deverá ser do tipo Nema 5-15P, onde o pino central redondo é o terra. O não cumprimentos destas recomendações elétricas poderão resultar em danos ao paciente, operador ou equipamento, além de invalidar a garantia do Vaporizador 1425 Multiagente Na falta de energia elétrica alimentando o Vaporizador 1425 Multiagente, este poderá continuar a ser utilizado normalmente se estiver conectado ao painel elétrico do Móvel do Aparelho de Anestesia. Entretanto, será necessário então um cuidado especial para evitar concentrações perigosas de anestésicos.

7

DISPLAY

O painel frontal do Vaporizador 1425 Multiagente possui um display computadorizado de cristal líquido, que apresenta uma série de informações alfanuméricas e gráficas

importantes para a regulagem do

controle da anestesia. Tais informações constituem-se em parâmetros calculados pelo microprocessador a partir de valores medidos por sensores internos, e a partir de dados fornecidos pelo próprio operador.

Vaporizador 1425 Multiagente e para um melhor

O microprocessador realiza o cálculo do fluxo de borbulhamento requerido, dispensando o uso da régua de cálculo para a determinação da concentração desejada.

Atenção

Atenção

Quando o Vaporizador 1425 Multiagente é desligado, todos os valores armazenados na memória são apagados.

7.1 Inicialização

Assim que o Vaporizador 1425 Multiagente é ligado, o seu display computadorizado apresenta uma tela de inicialização do sistema Figura 7-1. Esta tela contém informações sobre o número da versão do seu software, sendo esta informação útil para efeito de manutenção. Decorrido um curto intervalo de tempo, o display passará automaticamente para a primeira tela de instruções.

automaticamente para a primeira tela de instruções. Figura 7-1. Tela de inicialização do sistema Código do

Figura 7-1.

Tela de inicialização do sistema

Código do Manual: 204040005

- 35 -

REV-B

A Figura 7-2 representa as três telas de instruções do display computadorizado, as quais contém instruções resumidas sobre o manuseio do próprio Vaporizador 1425 Multiagente. A mudança de uma tela para a outra é feita manualmente pelo operador, pressionando-se a tecla RESET / CRONÔMETRO do painel frontal.

Após a tecla RESET / CRONÔMETRO ter sido pressionada pela terceira vez, o display passará automaticamente para a sua tela principal.

display passará automaticamente para a sua tela principal. Figura 7-2. Telas de instruções do sistema Observação
display passará automaticamente para a sua tela principal. Figura 7-2. Telas de instruções do sistema Observação
display passará automaticamente para a sua tela principal. Figura 7-2. Telas de instruções do sistema Observação

Figura 7-2. Telas de instruções do sistema

Observação:

As instruções detalhadas sobre a regulagem do Vaporizador 1425 Multiagente encontram-se no Capítulo 8 deste Manual.

7.2 Tela Principal

Esta é a tela normalmente utilizada durante a anestesia, apresentando informações alfanuméricas. A Figura 7-3 representa o conteúdo desta tela principal.

A Figura 7-3 representa o conteúdo desta tela principal. Figura 7-3. Tela Principal A informação mais

Figura 7-3.

Tela Principal

A informação mais importante fornecida pelo display computadorizado é o cálculo do

fluxo de borbulhamento requerido para se obter a concentração desejada. Este valor de fluxo de borbulhamento aparece como um número em tamanho grande destacado no

display. Para obter a concentração desejada, o operador deverá regular um fluxo de borbulhamento no Vaporizador 1425 Multiagente igual a este valor calculado teoricamente.

As informações do display principal são calculadas teoricamente pelo microprocessador

a partir de valores medidos por sensores internos e a partir de dados fornecidos pelo próprio operador, conforme a tabela abaixo:

Parâmetro utilizado para os cálculos

Valor medido por sensor interno

Valor fornecido pelo operador

Concentração desejada

 

X

Tipo de agente

 

X

Fluxo Total

X

 

Altitude

 

X

Temperatura do agente

X

 

Parâmetros apresentados pela tela principal

v Fluxo de borbulhamento requerido Esta é a informação mais importante do display, sendo apresentada em dígitos de tamanho grande para um maior destaque. Este valor orienta o operador sobre o fluxo de borbulhamento que deverá ser aberto manualmente no Vaporizador 1425 Multiagente para se obter a concentração desejada. O fluxo de borbulhamento é expresso em ml/minuto.

Código do Manual: 204040005

- 37 -

REV-B

v

Temperatura

Valor da temperatura do agente anestésico. Este valor é medido por um sensor de temperatura posicionado na base da câmara de borbulhamento. A temperatura é apresentada em graus °C.

v Fluxo de vapor

Valor teórico do fluxo de vapor de agente anestésico que está sendo produzido pelo processo de vaporização. O fluxo de vapor é expresso em ml/minuto.

v Consumo do agente

Valor teórico da taxa instantânea de consumo do agente anestésico. O consumo do agente vapor é expresso em ml/hora.

Exemplo

Se o consumo de agente vale 15 ml/hora, isto significa que haveria um consumo total de 15 ml de líquido anestésico em cada hora, se todas as condições da vaporização fossem mantidas inalteradas.

v Consumo total

Valor teórico do consumo acumulado de agente anestésico, desde o instante em que a parte eletrônica do Vaporizador 1425 Multiagente foi ligada pela última vez até o instante atual. O consumo total é expresso em mililitros.

v Tempo de anestesia

Cronômetro indicando a contagem do tempo desde o instante em que o display computadorizado do painel frontal entrou na sua tela principal, ou desde a última zeragem do cronômetro (item 7.4).

Atenção

Atenção

Os valores calculados e os gráficos do display computadorizado somente

serão válidos se o fluxo de borbulhamento real - regulado manualmente pelo operador - coincidir com o fluxo de borbulhamento requerido, uma vez

que

microprocessador. Como o consumo total é determinado a partir de valores acumulados, este somente será válido se o fluxo de borbulhamento for mantido correto desde o início da anestesia.

pelo

estes

são

parâmetros

determinados

teoricamente

Código do Manual: 204040005

- 38 -

REV-B

7.3 Telas Gráficas

As telas gráficas apresentam curvas com valores históricos dos parâmetros de concentração e fluxo de borbulhamento, desde o início da anestesia.

Estas telas podem ser alternadas com a tela principal, pressionando-se a tecla TIPO / DISPLAY do painel frontal. O retorno para a tela principal é feito pressionando- se sucessivamente esta mesma tecla.

As telas gráficas possuem uma escala de tempo de anestesia de 0 a 3,5 horas. Quando o tempo de anestesia supera 3,5 horas, é criada então mais uma tela gráfica para cada parâmetro, com escala de 3,5 a 7 horas.

A Figura 7-4 representa as duas telas gráficas, onde são mostradas as curvas com o histórico dos respectivos parâmetros desde o início da anestesia. A linha pontilhada vertical é um cursor que indica o instante atual.

Atenção

Atenção

Como os gráficos representam valores históricos determinados teoricamente pelo microprocessador, estes somente serão válidos se o fluxo de borbulhamento real for mantido coincidente com o fluxo de borbulhamento requerido desde o início da anestesia.

de borbulhamento requerido desde o início da anestesia. Figura 7-4. Telas gráficas de concentração e de
de borbulhamento requerido desde o início da anestesia. Figura 7-4. Telas gráficas de concentração e de

Figura 7-4.

Telas gráficas de concentração e de fluxo de borbulhamento

Código do Manual: 204040005

- 39 -

REV-B

7.4

Cronômetro

O Vaporizador 1425 Multiagente é dotado de um cronômetro para a marcação do tempo de anestesia. Este cronômetro localiza-se na parte inferior da tela principal do display computadorizado, representado na Figura 7-3.

O cronômetro indica a contagem do tempo assim que o display computadorizado do painel frontal entra na sua tela principal, após o Vaporizador 1425 Multiagente ter sido ligado.

Observação:

O cronômetro pode ser zerado a qualquer instante, pressionando-se a tecla RESET / CRONÔMETRO do painel frontal. Uma nova contagem de tempo será então iniciada automaticamente.

7.5 Mensagem

v SEM CÂMARA !

Significa que a Câmara de Borbulhamento Mini-Pinomatic ou o PINO INDICADOR DO AGENTE ANESTÉSICO não estão corretamente posicionados nos seus respectivos alojamentos, portanto, o sistema de segurança interno microprocessado impedirá a vaporização. Esta mensagem será apresentada na parte central do display .

Código do Manual: 204040005

- 40 -

REV-B

8

OPERAÇÃO

Observação:

Os algarismos entre parênteses referem-se à numeração da vista frontal (vf), vista lateral (vl) e da câmara de borbulhamento (cb) do Vaporizador 1425 Multiagente .

8.1 Procedimentos Iniciais

Atenção

Atenção

O botão de controle do fluxo de borbulhamento (2-vf) deverá estar inicialmente fechado (totalmente girado no sentido horário).

1 - Verifique se o fluxo total de gases encontra-se inicialmente fechado no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia.

2 - Verifique a firme conexão dos tubos de entrada e de saída do Vaporizador 1425 Multiagente Item 6.2, atentando para evitar possíveis vazamentos de gases ou obstruções de fluxo.

3 - Realize a correta alimentação elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente, conforme as instruções do item 6.3.

4 - Ligue

a

parte

elétrica

do

Vaporizador

1425

Multiagente

através

da

chave

liga/desliga (10-vf), e verifique o acendimento do display computadorizado (1-vf).

5 - Verifique o correto ajuste da chave digital de altitude, localizada no painel posterior do Vaporizador 1425 Multiagente.

6 - Verifique se a câmara de borbulhamento (1-cb) está completamente seca ou, caso

a

câmara já se encontre preenchida com algum agente anestésico, verifique qual é

o

tipo deste agente e se este não apresenta sinais de envelhecimento.

7 - Verifique o correto posicionamento do pino de identificação de agente.

Atenção

Atenção

Havendo qualquer dúvida quanto ao tipo de agente anestésico presente na câmara de borbulhamento, esvazie (jogue fora o agente), seque (item 8.5) e preencha a câmara com o agente correto (item 8.2).

8 - Verifique se o nível do agente anestésico na câmara de borbulhamento (1-cb) está adequado para o tempo de anestesia previsto (o nível deverá situar-se sempre entre os limites de 10 e 100 ml). Caso seja necessário um enchimento, reporte-se ao item 8.2.

9 - Verifique se a tampa do funil (5-cb) encontra-se firmemente rosqueada, para que não haja um vazamento de gases.

10 - Verifique a correta e firme montagem da câmara mini-pinomatic (1-cb) no seu respectivo suporte (1-vl) na lateral direita do Vaporizador 1425 Multiagente. Não deve haver vazamento de gases ou obstrução de fluxo.

Código do Manual: 204040005

- 42 -

REV-B

8.2 Enchimento da Câmara de Borbulhamento

Para o enchimento inicial ou recarga da câmara de borbulhamento (1-cb) com o agente anestésico líquido, siga o procedimento descrito abaixo.

1 -

Feche o controle do fluxo de borbulhamento (2-vf).

2 - Retire a Câmara Mini-pinomatic de seu suporte na lateral direita do Vaporizador 1425 Plus.

3 -

Retire a tampa rosqueada do funil (5-cb).

4 - Preencha a câmara de borbulhamento ou complete o seu nível com o agente anestésico correto. O nível deverá situar-se sempre entre 10 e 100 ml durante a anestesia.

5 - Verifique se a arruela plástica de vedação localizada na tampa do funil encontra-se em perfeito estado de conservação (Figura 8-1), para evitar um vazamento de gases durante a anestesia.

6 -

Feche firmemente o funil com a sua tampa.

7 - Monte a câmara de borbulhamento mini-pinomatic (1-cb) no seu respectivo suporte (1-vl) na lateral direita do Vaporizador 1425 Multiagente. Não deve haver vazamento de gases ou obstrução de fluxo.

Atenção

Atenção

Certifique-se de estar preenchendo a câmara de borbulhamento com o agente correto, de acordo com o tipo selecionado pelos indicadores (6-vf). Nunca misture agentes diferentes. A tampa do funil deverá ser fechada com bastante firmeza, para que não haja um vazamento de gases. Se a arruela de vedação estiver danificada, providencie a sua substituição. Nunca ultrapasse a capacidade máxima da câmara, de 100 ml.

Código do Manual: 204040005

- 43 -

REV-B

ARRUELA

ARRUELA

Figura 8-1.

Localização da arruela de vedação da tampa do funil de enchimento

Código do Manual: 204040005

- 44 -

REV-B

8.3 Instruções para Vaporização

Observações:

As instruções abaixo referem-se à OPÇÃO B descrita resumidamente nas telas

de instruções do display computadorizado (item 7.1), sendo o fluxo de borbulhamento determinado em função da concentração desejada.

O anestesista que estiver bastante familiarizado com o Vaporizador 1425

Multiagente pelo seu uso constante, e desejar abrir desde o início um fluxo de borbulhamento pré-determinado pela sua experiência, poderá utilizar o display computadorizado para calcular a concentração que está sendo administrada. Esta é a OPÇÃO A descrita nas telas de instruções do display, equivalendo ao inverso da OPÇÃO B.

Estando o equipamento e o paciente pronto para o início da anestesia, siga o procedimento descrito abaixo para realizar a vaporização.

1 - Realize os Procedimentos Iniciais descritos no item 7.1.

2 -

Ligue

liga/desliga (10-vf), e verifique se o display computadorizado (1-vf) se acende.

a

parte

elétrica

do

Vaporizador

1425

Multiagente

através

da

chave

Observação:

 

Esta chave tem influência apenas sobre as funções eletrônicas do Vaporizador 1425 Multiagente (display computadorizado e iluminação do rotâmetro). O sistema de fornecimento de gases anestésicos é independente da parte eletrônica, podendo funcionar mesmo sem alimentação elétrica. Entretanto, será necessário então um cuidado especial para se evitar concentrações perigosas de anestésico.

3 -

Pressione sucessivamente a tecla RESET / CRONÔMETRO (9-vf), até que o display computadorizado entre na tela principal (item 7.2).

4 -

Regule adequadamente o fluxo total de gases no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia.

5 -

Ajuste no botão de concentração (7-vf) o valor desejado da concentração de agente anestésico na saída do Vaporizador 1425 Multiagente.

Atenção

Atenção

O botão de concentração (7-vf) tem influência apenas sobre os cálculos teóricos apresentados pelo display computadorizado (1-vf), não regulando diretamente a concentração desejada.

Código do Manual: 204040005

- 45 -

REV-B

6 -

Observe qual é o valor do fluxo de borbulhamento requerido indicado pelo display (1-vf). Este valor corresponde ao parâmetro escrito em números de tamanho maior neste display.

7 -

Regule no fluxômetro (3-vf) ou (4-vf) o valor de fluxo de borbulhamento indicado pelo display (1-vf). Realize o ajuste através do controle do fluxo de borbulhamento (2-vf), conforme indica a Figura 8-2.

Atenção

Atenção

Alterações no fluxo total de gases ou na temperatura do agente anestésico acarretarão modificações no valor da concentração que está sendo fornecida. Neste caso, reajuste adequadamente o fluxo de borbulhamento conforme o novo valor indicado pelo display (1-vf). Existem dois fluxômetros para a medição do fluxo de borbulhamento, devendo o fluxômetro (3-vf) ser utilizado para a leitura de fluxos baixos e o fluxômetro (4-vf) para a leitura de fluxos altos. Não some as leituras de ambos.

8 -

O nível do agente anestésico no interior da câmara de borbulhamento poderá ser completado durante a anestesia, conforme o procedimento descrito no item 8.2.

9 -

Para

encerrar

a

vaporização,

feche

completamente

o

controle

do

fluxo

de

borbulhamento (2-vf).

 

10 -

Desligue a parte elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente através da chave liga/desliga (10-vf).

11 -

Para uma melhor conservação do Vaporizador 1425 Multiagente, realize a drenagem total e a secagem da câmara de borbulhamento conforme as instruções do item 8.4.

de borbulhamento conforme as instruções do item 8.4 . Figura 8-2. Regulagem do fluxo de borbulhamento

Figura 8-2.

Regulagem do fluxo de borbulhamento

Código do Manual: 204040005

- 46 -

REV-B

8.4 Esvaziamento, Secagem e Conservação da Câmara de Borbulhamento.

Para a descarga total do líquido anestésico contido no interior da câmara de borbulhamento (1-cb), siga o procedimento descrito abaixo.

Atenção

Atenção

A coleta do agente anestésico somente deverá ser feita num frasco especialmente destinado ao tipo de agente que está sendo descarregado, possuindo uma identificação com o seu nome.

1 - Feche o botão de controle do fluxo de borbulhamento (2-vf).

2 Retire a câmara de borbulhamento (1-cb) do suporte (1-vl).

-

3 Retire a tampa rosqueada do funil (5-cb).

-

4 Verter lentamente o conteúdo da câmara para dentro do frasco de origem.

-

5 Ainda sem a tampa (5-cb) acople a câmara de borbulhamento (1-cb) no suporte (1- vl).

-

6 Com o botão de controle do fluxo de borbulhamento (2-vf) aberto, deixe escoar durante alguns minutos um valor alto de fluxo total através do Vaporizador 1425 Multiagente, para a sua secagem completa. Utilize um fluxo entre 5 e 10 l/min aberto no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia.

-

7 Finda a secagem, feche o fluxo total de gases e o botão de controle do fluxo de borbulhamento (2-vf).

-

8 Feche firmemente o funil com a sua tampa (5-cb).

-

Código do Manual: 204040005

- 47 -

REV-B

9

LIMPEZA E ESTERILIZAÇÃO

Atenção

Atenção

Desligue a parte elétrica do Vaporizador 1425 Multiagente antes da limpeza. Não mergulhe o Vaporizador 1425 Multiagente em nenhum líquido. Se estes cuidados não forem observados, poderão ocorrer choques elétricos.

1 - As partes externas do Vaporizador 1425 Multiagente poderão ser limpas com um pano limpo e macio, umedecido em solução germicida apropriada, tomando-se cuidado para que nenhum resíduo de produto de limpeza se acumule no funil ou nas conexões do Vaporizador 1425 Multiagente.

2 Após a limpeza, faça a secagem com um pano limpo, macio e seco.

-

3 Não utilize álcool nas partes de plástico.

-

4 Não utilize agente abrasivo na limpeza.

-

5 - A câmara de borbulhamento do Vaporizador 1425 Multiagente deverá ser mantida completamente vazia e seca enquanto o Aparelho de Anestesia não estiver em uso, para se evitar o entupimento dos orifícios da bucha borbulhadora (item 8.4).

6 -

Para a limpeza da tela do display, utilize um pano macio, limpo e sem fiapos. Não utilize toalhas de papel ou panos ásperos, para não riscar a superfície da tela.

Código do Manual: 204040005

- 48 -

REV-B

RECOMENDAÇÕES PARA PROCESSAMENTO DOS COMPONENTES DE EQUIPAMENTOS DE ANESTESIA E VENTILAÇÃO MECÂNICA TAKAOKA

vOs artigos hospitalares utilizados em anestesia gasosa e ventilação mecânica são classificados como sendo semi-críticos, devido ao risco potencial de transmissão de infecções que apresentam. Artigos semi-críticos são todos aqueles que entram em contato com mucosa íntegra, capaz de impedir a invasão dos tecidos subepiteliais, e que requerem desinfecção de alto nível ou esterilização para ter garantida a qualidade do múltiplo uso destes.

vA escolha do método de processamento, desinfecção ou esterilização depende da

TABELA apresenta os métodos recomendados para o

natureza dos materiais. A

processamento dos componentes dos equipamentos de anestesia e ventilação mecânica da linha TAKAOKA, considerando as suas composições e especificações técnicas. Os métodos recomendados são: limpeza, desinfecção química e esterilização química ou gasosa. O processamento deverá ser realizado obedecendo a uma seqüência de passos, ilustrados no FLUXOGRAMA a seguir.

LIMPEZA - Processo que remove a sujidade e matéria orgânica de qualquer superfície. A limpeza é efetuada por fricção mecânica, imersão, máquinas de limpeza e máquinas de ultra-som.

DESINFECÇÃO - Processo térmico ou químico que destrói todos os microorganismos, exceto os esporulados.

DESINFECÇÃO DE ALTO NÍVEL - Processo químico que utiliza desinfetantes eficazes contra todas as formas vegetativas, destruindo uma parte dos esporos quando utilizados com um tempo de exposição entre 10 e 30 minutos.

DESINFECÇÃO TÉRMICA - Processo térmico que utiliza líquidos termodesinfetantes contra todas as formas vegetativas, destruindo uma parte dos esporos quando utilizados com uma temperatura entre 60 e 90ºC.

ESTERILIZAÇÃO - Processo que elimina ou destrói completamente todos os microorganismos, inclusive os esporos, e é efetuada por processos físicos (vapor) ou químicos (líquido-gluteraldeído e gasoso-óxido de etileno).

Código do Manual: 204040005

- 49 -

REV-B

FLUXOGRAMA

Fluxograma dos passos seqüênciais do processamento dos componentes de Equipamentos de Anestesia e Ventilação Mecânica

COM PRESENÇA DE MATÉRIA ORGÂNICA OU SUJIDADE CONSIDERAR TODOS CONTAMINADOS LIMPAR ÁLCCOL 70% PANO ÚMIDO
COM PRESENÇA DE MATÉRIA ORGÂNICA OU SUJIDADE
CONSIDERAR TODOS CONTAMINADOS
LIMPAR
ÁLCCOL 70%
PANO ÚMIDO
SOLUÇÃO DETERGENTE
ENXAGUAR
SECAR
CONFORME O DESTINO DO ARTIGO
SE
SE CONCLUÍDO O
PROCESSAMENTO
SE
ESTERILIZAÇÃO
DESINFECÇÃO
MEIO FÍSICO
MEIO
ESTOCAR
(VAPOR)
QUÍMICO
MEIO FÍSICO LÍQUIDO
TERMODESINFECÇÃO
MEIO QUÍMICO LÍQUIDO
GLUTARALDEIDO
ACONDICIONAR
LÍQUIDO
GASOSO
(ÓXIDO DE ETILENO)
IMERGIR PELO TEMPO E
TEMPERATURA ADEQUADOS
IMERGIR O ARTIGO
(GLUTARALDEIDO)
ESTERILIZAR
IMERGIR
ACONDICIONAR
SECAR
PREENCHER
TOTALMENTE
ASSEPTICAMENTE
TUBULAÇÕES
ESTOCAR
ENXAGUAR COM
ESTERILIZAR
ACONDICIONAR
ENXAGÜAR COM
H2O ESTERILIZADA
H2O ESTERILIZADA
SECAR
ESTOCAR
ESTOCAR
SECAR
ASSEPTICAMENTE
ASSEPTICAMENTE
ACONDICIONAR EM
ACONDICIONAR
FRASCO ESTERILIZADO
ESTUDAR
ESTOCAR

Código do Manual: 204040005

- 50 -

REV-B

TABELA

Métodos recomendados para processamento de componentes de Equipamentos de Anestesia e Ventilação Mecânica TAKAOKA

Componente

Limpeza

Desinfecção

Esterilização

Abraçadeira do Esfigmomanômetro

Solução

NÃO

NÃO

Detergente

RECOMENDADA

RECOMENDADA

Balão Antipoluição

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

     

NÃO

Bloco de Rotâmetros

Pano úmido

Fenol sintético

RECOMENDADA

Cabo do Esfigmomanômetro

Solução

Fenol sintético

NÃO

Detergente

RECOMENDADA

 

Álcool 70%

 

NÃO

Cabo ECG / Oxímetro

Fenol sintético

RECOMENDADA

Câmara do Umidificador

Solução

Glutaraldeído

Vapor

Detergente

Campânula

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Canister

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Célula Galvânica para Oxímetro

Álcool 70%

NÃO

NÃO

RECOMENDADA

RECOMENDADA

Conjunto Haste para Campânula

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Cotovelo de Escape de Ar

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Drenos

Solução

Glutaraldeído

Vapor

Detergente

     

NÃO

Fluxômetro

Pano úmido

Fenol sintético

RECOMENDADA

Fole

Solução

Glutaraldeído

Vapor ou

Detergente

Glutaraldeído

Frasco de Aspiração

Solução

Glutaraldeído

Vapor ou

Detergente

Glutaraldeído

Intermediário em Y (bocal)

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Intermediário T do Capnógrafo

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno

Detergente

Máscara

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Código do Manual: 204040005

- 51 -

REV-B

Componente

Limpeza

Desinfecção

Esterilização

     

NÃO

Módulo do Monitor

Pano úmido

Fenol sintético

RECOMENDADA

 

Álcool 70%

 

NÃO

Módulo do Ventilador

Fenol sintético

RECOMENDADA

 

Álcool 70%

 

NÃO

Móvel (partes externas)

Fenol sintético

RECOMENDADA

Presilha para Máscara

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Sensor de Fluxo

Solução

Glutaraldeído

Vapor

Detergente

Sensor de Temperatura Axilar

Solução

Fenol sintético

Óxido de Etileno

Detergente

Sensor de Temperatura do Liquido Injetado

Solução

Isopropanol a 70%

Óxido de Etileno

Detergente

Sensor de Temperatura Esofágica

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno

Detergente

Side Stream

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno

(capnógrafo)

Detergente

Suporte do Canister

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Tubos Corrugados

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

Vacuômetro

Solução

Glutaraldeído

NÃO

Detergente

RECOMENDADA

Válvulas Inspiratória e Expiratória

Solução

Glutaraldeído

Óxido de Etileno ou Glutaraldeído

Detergente

     

NÃO

Vaporizador Calibrado

Pano úmido

Fenol sintético

RECOMENDADA

     

NÃO

Vaporizador Multiagente

Pano úmido

Fenol sintético

RECOMENDADA

Código do Manual: 204040005

- 52 -

REV-B

10

MANUTENÇÃO

Uma correta manutenção preventiva no Vaporizador 1425 Multiagente garantirá a sua utilização precisa e segura durante um longo período de tempo.

1 - Faça uma inspeção visual periódica no Vaporizador 1425 Multiagente. Não utilize o Vaporizador 1425 Multiagente caso haja algum dano aparente.

2 - No mínimo uma vez por mês, verifique o perfeito estado de conservação da arruela de plástico encaixada na tampa do funil do Vaporizador 1425 Multiagente. Caso esta arruela esteja danificada, providencie a sua substituição para que não haja um vazamento de gases durante a anestesia (vide Figura 8-1 do item 8.2).

3 -

Se

não

conseguir

ligar

Multiagente, verifique:

normalmente

a

parte

elétrica

do

Vaporizador

1425

v

Se o fluxo total está aberto no Bloco de Fluxômetros do Aparelho de Anestesia (acima de 200 ml/min).

v

Se

a

chave

seletora

de

tensão

110/220

Vac

do

móvel

está

corretamente

posicionada.

 

v

Se existe energia na tomada da rede elétrica.

 

v

Se os fusíveis do Vaporizador 1425 Multiagente e do móvel do Aparelho de Anestesia não estão queimados.

4 - Verifique periodicamente se as esferas dos fluxômetros estão se deslocando livremente através de toda a extensão dos respectivos tubos cônicos, e se estas caem a zero quando o controle de fluxo é fechado. Caso isso não aconteça, providencie a Assistência Técnica autorizada TAKAOKA.

5 - Em caso de necessidade, o fusível localizado no painel posterior do Vaporizador 1425 Multiagente poderá ser facilmente substituído, retirando-se a tampa rosqueada de seu compartimento. Substitua o fusível por outro com as mesmas especificações originais.

Atenção

Atenção

Somente realize a troca do fusível com o Ventilador desconectado da rede elétrica, para evitar a ocorrência de choque elétrico. Utilize somente peças de reposição originais TAKAOKA. A utilização de peças não originais poderá colocar em risco a segurança do paciente. Não realize nenhum serviço interno no Vaporizador 1425 Multiagente, e não abra a sua caixa. Para uma revisão periódica no Vaporizador 1425 Multiagente ou para a realização de qualquer manutenção, providencie a Assistência Técnica autorizada TAKAOKA.

11

SIMBOLOGIA

Símbolo

Norma IEC

Descrição

1

1 417-5032 Corrente alternada

417-5032

Corrente alternada

2

2 417-5031 Corrente contínua

417-5031

Corrente contínua

3

3 417-5033 Corrente contínua e alternada

417-5033

Corrente contínua e alternada

4

4 417-5019 Terminal de aterramento para proteção

417-5019

Terminal de aterramento para proteção

5

5 417-5017 Terminal de aterramento geral, incluindo o funcional

417-5017

Terminal de aterramento geral, incluindo o funcional

6

6 445 Ponto de conexão para condutor neutro, em EQUIPAMENTO INSTALADO PERMANENTE

445

Ponto de conexão para condutor neutro, em EQUIPAMENTO INSTALADO PERMANENTE

7

7 417-5021 Terminal ou ponto de equalização de potencial

417-5021

Terminal ou ponto de equalização de potencial

8

8 529 Protegido contra gotejamento de água

529

Protegido contra gotejamento de água

9

9 529 Protegido contra barrifos de água

529

Protegido contra barrifos de água

10

10 348 Atenção Consultar DOCUMENTOS ACOMPANHANTES

348

Atenção Consultar DOCUMENTOS ACOMPANHANTES

11

11 417-5008 Ligado (sem tensão elétrica de alimentação)

417-5008

Ligado (sem tensão elétrica de alimentação)

Código do Manual: 204040005

- 54 -

REV-B

12

 

417-5007

Ligado (com tensão elétrica de alimentação)

13

13 417-5265 Desligado, apenas para uma parte do EQUIPAMENTO

417-5265

Desligado, apenas para uma parte do EQUIPAMENTO

14

14 417-5264 Ligado, apenas para uma parte do EQUIPAMENTO

417-5264

Ligado, apenas para uma parte do EQUIPAMENTO

15

15 878-02-02 EQUIPAMENTO DE TIPO B

878-02-02

EQUIPAMENTO DE TIPO B

16

16 878-02-03 EQUIPAMENTO DE TIPO BF

878-02-03

EQUIPAMENTO DE TIPO BF

17

17 878-02-05 EQUIPAMENTO DE TIPO CF

878-02-05

EQUIPAMENTO DE TIPO CF

18

18 878-03-01 Tensão elétrica perigosa

878-03-01

Tensão elétrica perigosa

Código do Manual: 204040005

- 55 -

REV-B

12

TERMO DE GARANTIA

A K. TAKAOKA IND. E COM. LTDA. garante os equipamentos por ela produzidos

contra defeitos de fabricação por um prazo de um ano da data de aquisição do primeiro

proprietário.

A seguir encontra-se na lista das assistências técnicas autorizadas da K. TAKAOKA

IND. E COM. LTDA. no território nacional e internacional as quais além da fabrica possuem direitos exclusivos de manutenção. Não sendo autorizada modificação, violação, ajustes ou manutenção por terceiros.

Os equipamentos fabricados ou retificados pela K. TAKAOKA IND. E COM. LTDA. possuem lacre destrutível de garantia. Fica automaticamente cancelada a garantia se o lacre estiver violado.

O uso inadequado do equipamento e/ou em desacordo com as instruções contidas

neste manual, o uso de tensão diferente da especificada e de peças e/ou acessórios

não homologados pela K. TAKAOKA IND. E COM. LTDA. acarretam em perda da garantia.

Os danos causados por acidentes ou agentes da natureza não fazem parte da garantia bem como baterias, fusíveis, filtro, pilhas, etc

Código

Item

Tempo de garantia

701425100

Vaporizador 1425

 

1

ano

429010004

Cabo elétrico removível

3

meses

202010400

Tubo para saída de gases do Vaporizador

3

meses

4265

Conexão cônica de 23 mm

3

meses

202010813

Câmara de borbulhamento modelo 1010

 

1

ano

204010005

Manual de operação

Não Possui

Código do Manual: 204040005

- 56 -

REV-B

Código do Manual: 204040005 - 57 - REV-B

Código do Manual: 204040005

- 57 -

REV-B

Código do Manual: 204040005 - 58 - REV-B

Código do Manual: 204040005

- 58 -

REV-B

Código do Manual: 204040005 - 59 - REV-B

Código do Manual: 204040005

- 59 -

REV-B

Código do Manual: 204040005 - 60 - REV-B

Código do Manual: 204040005

- 60 -

REV-B

Código do Manual: 204040005 - 61 - REV-B

Código do Manual: 204040005

- 61 -

REV-B