Вы находитесь на странице: 1из 40

O Guia da Prosperidade Polozi | Vida Plena

CONTEÚDO DESTE LIVRO


1. Destrave sua prosperidade 04

2. Mas afinal, o que é Inteligência Emocional? 06

3. A arte de usar o cérebro 09

4. 3 Passos para desenvolver o foco 13

5. Dominando a Persistência 19

6. Hackeando o seu cérebro 23

7. Vícios Emocionais 26

8. Você é um Alquimista 31

9. Crenças 34

10. Conclusão 38
Polozi | Vida Plena

DESTRAVE SUA PROSPERIDADE

3
Polozi | Vida Plena

DESTRAVE SUA PROSPERIDADE


No século XX, o teste de Quociente de Inteligência (QI) era muito comum e separava
os gênios dos meros mortais. Apesar de sua importância para medir a capacidade
intelectual, ele não explicava por que quem estava abaixo da média conseguia mais
fama, dinheiro e felicidade enquanto outros, de QI elevadíssimo, enfrentavam
grandes dificuldades na vida.

4
Polozi | Vida Plena

POR QUE
INTELIGÊNCIA EMOCIONAL?
Em 1995, o psicólogo PhD da Universidade de
Harvard, Daniel Goleman, lançou o livro
Inteligência Emocional, que vendeu mais de 5
milhões de cópias. Um marco que mostrou como
o Quociente Emocional (QE) é decisivo para o
melhor aproveitamento das funções cognitivas e
das potencialidades de cada pessoa, permitindo
grandes conquistas em todas as áreas da vida.

Com a Inteligência Emocional você domina a sua


mente para construir uma carreira invejável, ter
boas relações com as pessoas do seu convívio e
aproveitar melhor cada segundo de vida.
E quem não quer isso?

5
Polozi | Vida Plena

MAS AFINAL, O QUE É INTELIGÊNCIA EMOCIONAL?


É um conjunto de habilidades que permite a você vencer dificuldades e compreender
cada situação do cotidiano, por meio do equilíbrio entre a razão e a emoção. Desta
forma, os acontecimentos da vida passam a ter um significado mais próximo da
realidade e você consegue tomar decisões adequadas e se expressar melhor.

6
Polozi | Vida Plena

MAS AFINAL, O QUE É INTELIGÊNCIA EMOCIONAL?


As cinco habilidades da Inteligência Emocional são:

Autoconhecimento emocional
Para combater sentimentos como medo, insegurança e culpa, o primeiro passo é
identificar as próprias emoções.

Controle emocional
Permite que você controle impulsos e expresse a emoção adequada para cada
situação.

Automotivação
É conseguir usar as emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal. Quem
cultiva essa característica encontra prazer no cumprimento de tarefas e troca as
recompensas imediatas pelo prazer futuro.

7
Polozi | Vida Plena

MAS AFINAL, O QUE É INTELIGÊNCIA EMOCIONAL?


Empatia
Colocar-se no lugar do outro. Ao identificar e compreender os desejos e sentimentos
das pessoas, você multiplica alegrias e conforta nos momentos de tristeza,
desenvolvendo relações profundas e duradouras.

Relacionamentos interpessoais (habilidades sociais)


Relacionamento interpessoal é a conexão feita entre duas ou mais pessoas. Essa
habilidade reflete na qualidade dos relacionamentos entre familiares, amigos e
colegas de trabalho. Bons relacionamentos = paz e sossego.

8
Polozi | Vida Plena

A ARTE DE USAR O CÉREBRO

9
Polozi | Vida Plena

A ARTE DE USAR O CÉREBRO


Primeiro, é importante que você compreenda as características de cada lado do cérebro:

HEMISFÉRIO ESQUERDO HEMISFÉRIO DIREITO

Racional Emocional
Matemático Subjetivo
o
Lógico Intuitiv
Crítico Criativo

10
Polozi | Vida Plena

A ARTE DE USAR O CÉREBRO


A lógica e a emoção são recursos que nos ajudam a interpretar o mundo. O equilíbrio
entre os dois lados permite uma visão mais realista dos fatos, permitindo que você se
conecte com os outros, usando as suas Competências Emocionais Sociais, e se
conecte consigo, por meio das Competências Emocionais Pessoais.

Estabelecendo essa harmonia, você estará pronto para sentir o amor próprio, o amor
ao próximo e amor ao ser Divino.

11
Polozi | Vida Plena

Agora que você conhece a importância da Inteligência Emocional, eu pergunto:

Você tem Inteligência Emocional?

Você dedica tempo à sua Inteligência Emocional?


?
12
Polozi | Vida Plena

3 PASSOS PARA DESENVOLVER O FOCO

13
Polozi | Vida Plena

3 PASSOS PARA DESENVOLVER O FOCO


Foco é a visão de um propósito bem determinado, é ter nitidez de uma imagem, de
um ponto de convergência ou do centro de algo. Se você não tem objetivos e se tem,
mas não lista eles ou não deixa eles em um local visível, como você vai alcançar as
suas metas?

14
Polozi | Vida Plena

Propósito Bem Determinado


Você sabe o que quer? Você já definiu qual é o seu próximo passo? Decidiu por uma
nova carreira, ter filhos ou apenas ler um livro? Esta é a primeira decisão. Não precisa
ser nada muito grande, dê só um passo ao decidir qual é o seu propósito. Enquanto
você não decidir o que vai fazer na próxima hora, durante o dia ou até semana que
vem, o foco simplesmente NÃO ACONTECE.

Nitidez de Uma Imagem


A nitidez é você saber se é isso mesmo. Está nítido que você TEM que tomar uma
ATITUDE para conseguir o seu propósito que você mesmo determinou? Você decidiu
ler um livro durante o final de semana. Se esse é o seu propósito, a sua imagem nítida
é que você vai ter que acordar lendo, dormir lendo, sábado e domingo, para alcançar a
imagem nítida do objetivo cumprido: o livro concluído.

15
Polozi | Vida Plena

Muitas pessoas perdem o foco porque pensam que


basta definir algo e começar a agir, mas, no meio do
caminho surgem situações que te desafiam a
interromper a jornada ou insistir, é aí que a sua
capacidade de dizer NÃO para se manter no seu
propósito é colocada à prova. E é nisso que muitas
pessoas erram.

Se você vai fazer uma dieta, você vai ter que falar
MUITOS NÃOS aos doces, carboidratos e bebidas. Se
você vai casar, você está dizendo não à sua vida de
solteiro nas baladas e a todas as pessoas que você
poderia conhecer nas noitadas.

16
Polozi | Vida Plena

Aplicando o foco na prática:

1. Comunicar: fale publicamente sobre o seu objetivo e se comprometa com ele.


Experimente publicar no Facebook que você vai correr 15 minutos por dia e faça lives
enquanto se exercita. O foco vai surgir do seu comprometimento público. As pessoas
vão perguntar como está o seu projeto e esta cobrança vai te levar a agir.

2. Pensar: pense o tempo todo no seu objetivo e como você vai alcançá-lo.
Pensamento é poder e se você dispersa o seu pensamento com Instagram, Facebook,
WhatsApp, o tempo todo, nunca vai alcançar o seu alvo. É preciso focar na
produtividade e consumir todo conteúdo que te ajude a conquistar a sua meta.

3. Sentir: faça um exercício diário chamado Tela Mental.

17
Polozi | Vida Plena

Praticando a Tela Mental


Esta técnica é utilizada por atores, músicos, atletas e pessoas que alcançaram
sucesso. Relaxe de olhos fechados, por 5 minutos, visualizando claramente o que
deseja conquistar.

Se você quer pagar as suas dívidas, imagine você trabalhando, ganhando cada vez
mais dinheiro e pagando tudo que deve.

Imagine e SINTA a sua felicidade como se estivesse acontecendo AGORA. Comemore,


viva aquele sentimento. Com isso, você vai dizer ao seu cérebro que o seu objetivo é
possível, e este sentimento vai te impulsionar a fazer tudo o que for necessário.

COMUNICAR PENSAR

SENTIR

18
Polozi | Vida Plena

DOMINANDO A PERSISTÊNCIA

19
Polozi | Vida Plena

DOMINANDO A PERSISTÊNCIA
“NÃO ACABA ENQUANTO EU NÃO VENCER!”

Essa é uma das frases mais emblemáticas de Les Brown, um


dos maiores palestrantes motivacionais do mundo e define a
forma como pessoas persistentes pensam. E quando você
desenvolver essa característica as barreiras não existirão mais
para você.

Persistência é continuar atrás dos seus objetivos, mesmo diante


das adversidades e dúvidas. Esqueça o que você sabe sobre
fracasso! Sucesso não é o contrário de fracasso. O contrário de
sucesso é desistir.

20
Polozi | Vida Plena

DOMINANDO A PERSISTÊNCIA
Todos vão enfrentar obstáculos para alcançar o que querem e para aqueles que têm
certeza de que vão conseguir, até as maiores dificuldades serão superadas.
Dificuldades só significam uma coisa: oportunidade de crescimento.

Hoje, você lê com tranquilidade, nem pensa no que está fazendo. Mas, antes, você
teve que aprender cada letra, palavras, significado de pontuações, etc. Tudo isso eram
problemas, barreiras para a leitura, que você venceu. Agora que você domina, ler, que
era impossível, hoje é algo bobo.

E é por isso que persistência está diretamente ligada ao sucesso.

21
Polozi | Vida Plena

DOMINANDO A PERSISTÊNCIA
Fracassar é parte do processo de alcançar os seus objetivos. Ao cometer um erro e
perceber que está no caminho errado, você deve se perguntar “o que estou fazendo
de errado?”. Pesquise pessoas que já passaram pela mesma situação, encontre
pessoas que tinham os mesmo objetivos e conseguiram, o que elas fizeram?

Leia livros e assista vídeos relacionados ao tema de seu interesse e converse com
quem tem mais experiência na área. Hoje há muitas ferramentas para isso.

22
Polozi | Vida Plena

HACKEANDO O SEU CÉREBRO

23
Polozi | Vida Plena

HACKEANDO O SEU CÉREBRO


“Ok, eu já tenho feito tudo isso, mas sempre desisto, mesmo
sabendo que este não é o comportamento correto.”

A chave está no seu cérebro, mais especificamente no


neurotransmissor chamado DOPAMINA, que é considerada a
“molécula da motivação”, pois ela aumenta o nosso
direcionamento, foco e concentração. E para aumentar os níveis
desse neurotransmissor no organismo, você deve:

Alimentar-se corretamente
Os alimentos que mais estimulam o aumento de dopamina são
os produtos de origem animal, amêndoas, frutas como maçã,
abacate, banana e melancia, beterraba, cacau, café, vegetais de
folhas verdes, chá verde, feijão, farinha de aveia, vegetais
marinhos, gergelim, sementes de abóbora, cúrcuma e gérmen
de trigo.

24
Polozi | Vida Plena

Exercícios físicos
O exercício físico é uma das melhores coisas que você pode fazer para o seu cérebro.
Além de aumentar a produção de novas células cerebrais, retarda o seu
envelhecimento, melhora o fluxo de nutrientes para o cérebro e aumenta os níveis de
dopamina e outros neurotransmissores do bem-estar: serotonina e noradrenalina.

Meditação
Os benefícios dessa prática já foram comprovados em mais de 1.000 estudos. Além
de aumento da dopamina, trazendo mais foco e concentração, você vai aumentar a
capacidade de aprender e a criatividade. Se você tem dificuldade para meditar, saiba
que atividades manuais como tricô, costura, desenho, fotografia e reparos domésticos
causam efeitos semelhantes.

Ouvir música
Todos os momentos da vida merecem uma trilha sonora e agora que você sabe que
ela aumenta a dopamina, é melhor você se acostumar a colocar um som para se
exercitar, arrumar a casa ou ir para o trabalho.

Comece com essas pequenas atitudes e deixe o resto com a dopamina, que vai produzir
as outras mudanças de hábitos que vão levar você a alcançar seus objetivos.
25
Polozi | Vida Plena

VÍCIOS EMOCIONAIS

26
Polozi | Vida Plena

VÍCIOS EMOCIONAIS
Ação e Recompensa
O termo vício costuma remeter ao consumo de drogas, sejam as
lícitas ou ilícitas, esquecendo dos vícios em sexo, videogame,
cafeína, açúcar, etc. Mas, o que muitos nunca pararam para
pensar é que nosso cérebro é uma máquina pronta para viciar
EM QUALQUER COISA.

Todo mundo é viciado. Uns no trabalho, outros na preguiça, uns


em sorrisos, outros na tristeza profunda. Sabe por que isso
acontece? Porque cada sensação que experimentamos libera no
nosso cérebro determinada química e ficamos dependentes
desse esquema de ação baseada na recompensa.

Se você é viciado em açúcar, comer aquele brigadeiro vai acabar


com o vazio que você está sentindo, pois vai liberar altas doses
de dopamina e gerar prazer. Esta é a recompensa do seu cérebro
e ele vai viciar na substância, controlando o seu comportamento.

27
Polozi | Vida Plena

Viciado em brigas
Assim também acontece com sentimentos nocivos, que corroem os relacionamentos,
como o estresse. No livro "Gestão do Estresse", Paul J. Rosch, presidente do Instituto
Americano de Estresse e professor de medicina e psiquiatria do New York Medical
College, diz que “A pessoa se torna viciada em sua própria adrenalina e
inconscientemente procura formas de conseguir mais e mais essas oscilações.”

Por isso, muitas pessoas brigam por pequenas coisas, pois da mesma maneira que
um viciado químico vai buscar a droga para saciar sua vontade, o viciado em cortisol
vai buscar conflitos para gerar cortisol e saciar a sua necessidade. Esse é um
mecanismo de sobrevivência relacionado com o estado de alerta de quando éramos
meros caçadores e tentávamos perpetuar a nossa espécie na natureza selvagem.

28
Polozi | Vida Plena

O determinismo na infância
Ninguém nasce viciado em sentimentos negativos e isso, geralmente, é aprendido na
infância, com os gritos do seu pai chamando-lhe insistentemente de “burro” ou outros
adjetivos pejorativos que, certamente, produziram essa química do medo e da
humilhação. Na fase adulta, o viciado em sentimentos negativos, estará sempre em
busca de pessoas, inconscientemente, que te fazem sentir esta mesma química do medo.

Se viveu privações na infância, e na fase adulta conquistou dinheiro, inconscientemente,


você vai buscar o sentimento de escassez vivido quando criança, perdendo tudo que
conseguiu.

29
Polozi | Vida Plena

A cura
Tudo isso acontece com base em estruturas chamadas de sinapses neurais. Todo
forte impacto emocional acaba criando esses “caminhos cerebrais”, que serão
alimentados pelos nossos comportamentos e que terão o único propósito de gerar a
química que sacie os nossos vícios emocionais.

O período de maior plasticidade se encerra aos 10 anos de idade, nesta fase qualquer
situação pode criar um trauma que carregaremos pelo resto de nossas vidas, guiando
o nosso comportamento e explicando o porquê de você se sabotar tanto.

A boa notícia é que “podemos esculpir os circuitos emocionais do cérebro de forma


sistêmica assim como esculpimos o corpo exercitando os músculos, elevando assim
nosso ponto basal de satisfação com a vida”, afirma Susan Andrews, psicóloga e
antropóloga formada em Harvard.

E utilizando a comunicação não verbal que produzimos hormônios e neurormônios


benéficos que estão na nossa “caixa de remédios do cérebro”.

E é sobre isso que vamos falar no próximo capítulo.


30
Polozi | Vida Plena

VOCÊ É UM ALQUIMISTA

31
Polozi | Vida Plena

VOCÊ É UM ALQUIMISTA
Existe um modo de acessar uma enorme farmácia dentro do seu
cérebro e começar a produzir hormônios e neurormônios para
conseguir ser feliz, pacífico e ter sucesso.

A forma de conseguir este acesso é por meio da comunicação


não verbal, que é tudo que eu comunico por meio de ações e
postura corporal, sem usar palavras, como por
exemplo cruzar braços, sorrir, postura, gestos, expressão, tom
de voz, etc.

Mais do que comunicar para o outro, é aquilo que comunico para


mim. Tudo que eu comunico produz uma química, um hormônio.
Se eu comunico raiva, meu cérebro entende essa comunicação e
automaticamente produz adrenalina, elevando meus batimentos
cardíacos, dilatando minha pupila e me fazendo suar. Se eu
comunicar estresse, meu cérebro entende e produz cortisol,
hormônio do estresse.

32
Polozi | Vida Plena

Não é como eu quero, mas sim como meu cérebro entende.


E dessa mesma forma, nós podemos produzir a química do sucesso, para nos
tornarmos autoconfiantes e mais felizes apenas utilizando a comunicação não verbal.

Nossos hormônios determinam nossas funções. Para ser mais autoconfiante, por
exemplo, preciso produzir testosterona. De maneira simples posso fazer a posição da
Mulher Maravilha ou Super-Homem, com as mãos na cintura e expressão de força,
logo estarei mais autoconfiante. Se quiser ficar mais feliz, mantenho um sorriso.

Ou seja, ao manter uma postura que comunique confiança ou felicidade, você obriga o
seu cérebro a produzir a química de acordo com a sua postura.

Que definem
A comunicação Que definem
as minhas
define meus meus
atitudes diante
pensamentos sentimentos
da vida.

33
Polozi | Vida Plena

CRENÇAS

34
Polozi | Vida Plena

CRENÇAS
Crenças são programações neurais de sinapses aprendidas ao
longo do tempo. As crenças determinam o
1 seu comportamento
Elas funcionam como os programas de um computador. Você
pode ter um micro top de linha, equipado com as melhores
placas e circuitos, que seria equivalente ao seu cérebro, mas se o
sistema operacional e programas instalados, que são as suas
Que vão influenciar nas
crenças, forem de má qualidade, a máquina nunca vai utilizar o
seu potencial máximo e pode até deteriorar a parte física do
2 suas escolhas e a maneira
como vê o mundo.
computador.

A mesma coisa acontece com você. Mesmo sendo inteligente,


forte e saudável, como a parte física do computador, se as
crenças (programas) que foram ensinadas a você, quando Determinando os seus
criança, não forem favoráveis, produtivas ou harmônicas, no
3 resultados.
futuro, elas vão te fazer sofrer e causar prejuízo nos ambientes
em que você frequenta.
35
Polozi | Vida Plena

CRENÇAS
MUDAR A SUA FORMA DE PENSAR JÁ É MUDAR O MUNDO
Ao identificar as suas crenças, você tem a oportunidade de reprogramar cada uma
delas, encontrando outro significado às situações que você viveu.

Se você identifica dentro de si a crença de que “ganhar dinheiro é difícil”, adquirida


pela repetição dos seus pais, você tem que questionar por que outras pessoas geram
riqueza tão facilmente. Ou seja, questionar as suas certezas.

Ao observar as pessoas que conseguiram dinheiro e entender como elas pensam,


você vai encarar a fortuna de outra forma, mostrando como os seus pensamentos
acerca do dinheiro, que foram ensinados a você, estavam errados.

É assim que ao entender uma situação que te limitava, você pode dar a ela um
significado positivo, transformando uma crença limitante em uma crença
fortalecedora.

36
Polozi | Vida Plena

CRENÇAS
Você deve mudar os padrões de dentro para fora e criar novas programações internas
é necessário para ter novas atitudes. Por isso, agora que você conhece o processo na
teoria, se não começar a colocar em prática o conhecimento, a sua vida vai continuar
na mesma.

Não importa se você vive com determinada crença por anos e anos. Você pode
modificar e substituí-las por uma nova, se seguir estes 5 passos:

1. Identifique as suas crenças limitadoras

2. Escreva as crenças em um papel e a quantidade de dores que ela já te fez sentir

3. Pense nas novas crenças que vão interromper a dor que você sente

4. Escreva quantas coisas boas você teria e sentiria com essa nova crença

5. Rasgue as crenças antigas e jogue fora e comece a repetir diversas vezes, todos
os dias, as suas novas crenças e imaginando o prazer que elas te proporcionam.
37
Polozi | Vida Plena

Faça seu mundo interno melhor!


Reprograme suas crenças para atingir o sucesso.

38
Polozi | Vida Plena

CONCLUSÃO
“Todo aprendizado tem uma base emocional”
- Platão

Aprender a gerenciar as emoções é fundamental, pois elas impactam em todos os


aspectos de nossa vida.

Pessoas com inteligência emocional não apenas têm sucesso em suas profissões,
como vivem relacionamentos amorosos longos e estáveis e apresentam baixos níveis
de depressão e ansiedade.

E é isso que eu quero para você e espero que este material te ajude a refletir sobre as
suas ações e entender os mecanismos que estão dirigindo a sua vida. Assim, você
pode sair do automático, tomar as rédeas do pensamento e dar início a uma vida
extraordinária.

39
Polozi | Vida Plena

O Poder da Inteligência Emocional


Descubra o segredo das pessoas bem-sucedidas

José Carlos Polozi


Coaching, master coach e palestrante, Polozi
possui mais de 5 formações profissionais em
coaching e estudou com os maiores mestres de
desenvolvimento humano do mundo, como
Anthony Robbins, Robert Dilts e Jeffrey Zeig.

Já deu palestras para mais de 70 mil pessoas


nos últimos dois anos e é o coach mais jovem
do Brasil a realizar o maior seminário de
Inteligência Emocional do mundo com mais de
4,6 mil pessoas.