Вы находитесь на странице: 1из 10

COMPOSIÇAO DO SANGUE Hemocitopoese : Eritropoese: formação de hemácias

O sangue é constituído de duas frações combinadas, é o processo de formação, maturação e liberação na Quando a concentração de oxigênio nos tecidos é
sendo 55% para o corrente sanguínea das células baixa Os rins produz eritropoietina A eritropoetina
plasma e 45% para as células. do sangue. estimula a eritropoese.
• As primeira células do sangue surgem ainda durante a
A porção acelular ou plasma é constituído de 91,5% de Verificar anemia
vida intrauterina, a partir da atividade de grupos de
água que serve de solvente das substâncias orgânicas e células do saco vitelínico. 1° verificar o valor de VCM, que vai dizer qual
minerais e ainda de veículo para as células, moléculas e • Nos embriões, os principais locais de formação de tamanho das hemácias,
íons. Os restantes 8% são formados por proteínas, sais células do sangue são o fígado e o baço. MICROCITOSE,NORMOCITOSE,MACROCITOSE,
e outros constituintes orgânicos em dissolução • No recém-nascido, toda medula óssea possui 2° verifivar CHCM, que mostra a quantidade de
atividade hematopoiética; com o avanço da idade, a hemoglobina dentro da hemácia
A porção celular maior parte da medula óssea perde tal função. HIPOCROMICA, NORMOCROMICA,
plasma: • Nos adultos a medula está presente principalmente HIPOCROMIA(esferecitose)
Glóbulos vermelhos, hemácias ou eritrócitos. nos ossos pélvicos, no osso esterno, nas costelas e
Glóbulos brancos ou leucócitos. na clavícula, nas extremidades dos ossos longos Tipos de Anemia
Plaquetas ou trombócitos. Ferropriva: má absorção de ferro, perda
Composição do plasma: excessiva de ferro, aumento da necessidade de ferro,
PLASMA: -Água (90% do plasma) ingestão insuficiente de ferro.
é a porção fluida do sangue não coagulado; contém os -Íons: sódio, potássio, cálcio, magnésio, cloro,
fatores da coagulação. bicarbonato. Perniciosa: o estômago não produz um fator
SORO -Proteínas: albumina, fibrinogênio e imunoglobulinas. intrínseco que auxilia a absorção da vitamina B12 no
é a porção líquida amarelada do sangue que resta -Substâncias transportadas: intestino delgado, sendo a vitamina importante para
após a coagulação e remoção do coágulo nutrientes - glicose, aminoácido, lipídios, vitaminas e a hematopoese.
FUNÇAO DO SANGUE hormônios.
resíduos – amônia, ureia
Respiração Hemolítica: ruptura das hemácias, provocando a
gases respiratórios – gás oxigênio e gás carbônico
liberação da hemoglobina para o plasma.
Nutrição Ontogenia da Hematopoese:
Excreção Talassemia: anemia hemolítica hereditária
FASE MESOBLÁSTICA: Fase inicial, no saco
Correlação Humoral vitelino (10ª semana). associada à produção insuficiente de hemoglobina.
Regulação térmica FASE HEPATO-ESPLÊNICO: No fígado (6ª
semana), no baço e linfonodos (12ª semana) Aplástica: a medula óssea produz em quantidade
Regulação do equilíbrio iônico e ácido- FASE MEDULAR: Medula óssea fetal (16ª insuficiente os três diferentes tipos de células
básico semana) sanguíneas existentes: glóbulos vermelhos,
________________________________ glóbulos brancos e plaquetas.
Hemograma
____ COMPOSTO DE : Falciforme ou siclemia: mutação do gene
A formação dos glóbulos é dinâmica. Eritrograma que codifica a cadeia β da hemoglobina, o ácido
Leucograma glutâmico (aminoácido) é substituído pela valina
Duas Linhagens distintas de células Plaquetograma (aminoácido)
aparecem: ERITROGRAMA
É a parte do hemograma que avalia a massa eritróide Através do VCM
Hematopoese no período intrauterino MACROCÍTICAS
circulante
Fase pré- hepática: Produção de Avaliação : quantitativa NORMOCÍTICAS
eritrócitos ( megaloblastos) qualitativa MICROCÍTICAS
Avaliação quantitativa HCM e CHCM
Fase hepatoesplênica: * contagem de eritrócitos HIPERCRÔMICAS
Produção de eritrócitos, plaquetas e * dosagem da hemoglobina NORMOCRÔMICAS
granulócitos * hematócrito
HIPOCRÔMICAS
* índices hematimétricos VCM,HCM,CHCM
Fase mieloide: Produção de RDW
eritrócitos, plaquetas , granulócitos e é a expressão numérica da
CONTAGEM DE ERITRÓCITOS
anisocitose ( presença de diferentes
linfócitos. Diminuição da contagem
tamanhos de hemáceas)
________________________________ eritrocitopenia , quando acompanhado
de diminuição da Hb- anemia RETICULÓCITOS
____ Aumento da contagem É a hemácea jovem após a perda do núcleo
Hematopoese no período Eritrocitose , quando acompanhado do aumento do Ht e Célula rica em RNA ribossômico RNA atribui
Hb- poliglobulia*no caso de microcitose pode haver
extrauterino eritrocitose sem poliglobulia, e até com anemia
aos eritrócitos coloração

Fase criança acinzentada ou arroxeada configurando


Fase adulta DOSAGEM DA HEMOGLOBINA policromatocitose Coloração com novo azul
Feita por espectofotometria após conversão
Fase senil de metileno ou
da hemoglobina em cianometemoglobina
azul brilhante de cresil- precipitação do RNA
Hematopoese Exatidão , com coeficiente de variação de
que se encadeiam em forma de
aproximadamente 2%
é um fenômeno permanente, iniciando- Causas de erro: retículo – reticulócitos Valores normais 05-10
se aoredor do 19º dia de vida uterina, a lipemia ERITROGRAMA
partir do mesotélio, no sacovitelino. alta contagem de leucócitos Avaliação Qualitativa
sujeira na parede de leitura TAMANHO
Formação das Células Totipotentes.
DISTRIBUIÇÃO
No início só se observa a eritropoese, COLORAÇÃO
realizada no interior dosvasos com o FORMA
aparecimento dos megaloblastos. INCLUSÕES
MATURIDADE
Na sexta semana de vida intra uterina o Estomatócitos Tamanho eritrocitário
são eritrócitos com a membrana retraída em cúpula . Avaliar :
fígado mostra a formação da primeira Na lâmina é visto a área pálida central em forma de macrocitose,normocitosemicrocitose
linhagem das células vermelhas, fenda. Pode ocorrer doenças hepáticas ,
tamanho
continuando Ovalócitos ou eliptócitos –
anisocitose (quando não há
são eritrócitos com forma oval ou elíptica decorrente de
até a 24ª semana de gestação. defeitos genéticos que afetam as membranas do homogeneidade no tamanho
A medula óssea inicia sua função citoesqueleto eritrocitário) expressa pelo RDW
hematopoética a partir da 10ª ou Drepanócitos Causas de Macrocitose
caracteriza-se pela presença de hemáceas em foice ou Alcoolismo
11ª semana embrionária e torna-se o forma de banana . Decorrente da presença da Uso de fármacos como: AZT,
local de maior atividade hemoglobina S , presente em indivíduos portadores do anticonvulsivantes,carbamazepina,
eritropoética gen da anemia falciforme Hepatopatias, Esplenectomia, Hiper-
Equinócitos
Após o nascimento, a hematopoese se regeneração eritróide Anemias
são eritrócitos que apresentam espículas regularmente
faz a nível da medula de todos os megaloblásticas(def. vit B12 e /ou ac. Fólico)
distribuídas em sua superfície , também conhecidos por
Anemia aplástica
ossos. hemáceas crenadas .
Acantócitos Causas de Microcitose
O tecido hematopoético é dividido em Deficiência de síntese de Hb como:
são eritrócitos com menor numero de espículas e
dois tipos: dimensões irregulares. São comuns em epatopatias Anemia ferropênica
Linfático pós esplenectomia Talassemia
Dacriócitos Policitemia vera
Mielóide são eritrócitos em forma de gota , hemáceas em Hemoglobinopatias
A partir do terceiro ano de vida a gota
esquizócitos Anemias associadas à
medular dos ossos longos vai
geram pedaços de Normocitose
deixando a atividade de formação, eritrócitos em meia-lua, triângulo Anemia de doença crônica Deficiência
deixando para os ossos esponjosos. combinada de vit.B12 e
Os glóbulos brancos e as plaquetas /ac.fólico com def.ferro
começam a surgir na Formas anormais de hemáceas- chamados
circulação na fase medular da pecilócitos ou poiquilócitos
Poiquilocitose ou Pecilocitose- presença de
hematopoese , isto é quando a médula formas anormais de hemáceas , comum em
dos ossos inicia sua atividade. anemias ferropênicas severas, anemia
As células são colocadas diariamente megaloblástica, mielofibrose
na circulação, conforme são
diariamente consumidas.

A retirada dos glóbulos vermelhos se


faz por destruição dosmesmos –
hemólise fisiológica , no nível do
sistema
reticuloentotelial(principalmente o
baço). Em situações anormais podem
haver uma maior solicitaçãomedular:

A célula inicial do sangue é uma célula


primitiva e pluritopotente,chamada de
stem cell. Agrupadas, estas células
constituem unidadesformadoras de
células (UFC), as quais estimuladas por
fatoresespecificos vão se diferenciar nas
linhagens granulares,
plaquetáriaseritrocíticas, linfoides e
outras.

ERITROPOESE
é um fenômeno dinâmico, sendo que
diversas
fases se realizam graças a síntese do
DNA.
Mecanismo de mitose,
Síntese de hemoglobina com
incorporação do Ferro,
Perda de núcleo e organelas

Regulada pela eritropoetina liberada


pelas células adjacentes aos
túbulos proximais renais sendo sua
produção estimulada por hipóxia renal.
O processo dura cerca de 7 dias com
produção de 16 eritrócitos.
Vitamina B12 e ácido fólico são
importantes na ploriferação celular
(síntese de DNA).
Ferro e Vitamina B6 são importantes
na maturação (síntese de
hemoglobina)
PROERITROBLASTO
É uma célula grande,
Citoplasma azul-escuro,
Núcleo e cromatina jovem e um ou
dois nucléolos.
Apresenta complexo de Golgi e
mitocôndrias,
Rico em polirribossomos e atividade
da síntese
de proteína.
Eritroblastos:
Com a maturação, a hemoglobina
formada vai aumentando no
citoplasma
Os ribossomos de RNA vão
diminuindo.
Alteração do núcleo que se apresenta
com cromatina mais condensada,
Desaparecimento dos núcleolo,
Picnótico
Eritroblastos Basófilo:
Menores que o próeritroblasto
Núcleo com condensação de
cromatina
Não existem nucléolos visíveis
Citoplasma menos basófilo pelo início
da hemoglobinização.
Eritroblastos Policromático:
O citoplasma apresenta cor
acinzentada resultante da acidofilia
(vermelho) da hemoglobina e basofilia
(azul) do RNA.
Núcleo com cromatina cada vez mais
condensada.
Eritroblastos Ortocromático:
Presença de um núcleo picnótico e
normalmente excêntrico.
Incapaz de sintetizar DNA.
Citoplasma alaranjado devido a
acentuada síntese de hemoglobina
Reticulócitos: após expulsão do
núcleo o eritrócito ainda contém
partes de polirribossomas, mitocôndrias
e aparelho de Golgi
reconhecidos atráves da coloração
supravital

: Ausência do núcleo. Vestígios de


RNA, responsável pela policromasia.
RNA é revelado com azul de cresil
brilhante na forma de um fino retículo.
Os reticulócitos são lançados no sangue
periférico e encaminhados ao baço.
Após 24 a 48 horas maturam a
eritrócitos.
Hemácias:
Unidade morfológica da série
vermelha do sangue circulante.
Tem a forma de um disco bicôncavo,
anuclear

Fatores que atuam na


Eitropoese
A Eritropoentina: atua no estímulo da
eritropoese.
Vitamina B12 e Folatos: atua na
síntese de DNA para reprodução de
proeritroblastos e eritroblastos
basófilos.
Ferro: atua na síntese de hemoglobina
e na síntese de eritrócitos.
Granulócitos
Neutrófilos
Basófilos
Eosinófilos
Agranulócitos
Linfócitos
Monócitos
MIELOCITO-PROMIELOCITO-
ETAMIELOCITO-BASTONETE-
(BASOSILO,NEUTROFILO,EUSINOFILO)
Mieoloblasto
Tem forma redonda,
Núcleo redondo com cromatina
delicada, exibindo um ou mais núcleolos
.
O Citoplasma é escasso, basófilo,
Contêm granulações grosseiras
denominadasazurófilas.
Promielócito:
Célula grande com núcleo
apresentando nucléolos.
O citoplasma pode ser pouco
abundante, basófilo e contém
granulações
primárias grosseiras
Mielócito
: Célula redonda,
Com núcleo redondo ou oval que
possui cromatina mais condensada
Seu citoplasma é acidófilo, com pouca
basofilia,
Tem granulações específicas.
Metamielócito:
Célula redonda
Núcleo reniforme com cromatina
grosseira, sem nucléolos.
Citoplasma é acidófilo, abundante e
granulações específicas.

Bastonetes:
É uma célula “totalmente” madura.
Núcleo em ferradura ou bastão,
Cromatina grosseira,
Citoplasma acidófilo e só tem
granulações específicas
MONOCITO
MONOBLASTO – PROMONOCITO-
MONOCITO-MACROFAGO
PLAQUETAS
Fragmentos celulares anucleados
formados na medula óssea a partir
dafragmentação citoplasmática do
megacariócito.
Circulam por 7 a 10 dias e não
possuem núcleo, à semelhança
doseritrócitos.
MEGACARIOBLASTO-MEGACARIOCITO
BASOFILO – MEGAZARIOCIDO
ACIDOFILO
PLAQUETAS
O HEMOGRAMA O hemograma se
divide em três séries celulares : Série
Vermelha Série Branca Plaquetas Útil
na avaliação das anemias além de
evidenciar indicadores que podem ser
correlacionados com infecções
viróticas e bacterianas.
Poiquilocitose é uma alteração na
forma da hemácia (glóbulos vermelhos
do sangue ou eritrócitos), que pode
apresentar forma de foice, esfera,
lágrima, entre outras.
Hematopoiese

A hematopoese é um sistema altamente organizado responsável pela produção das


células sanguíneas (eritrócitos, leucócitos e plaquetas) . O controle da proliferação,
diferenciação e maturação destas células é feito através de uma complexa interação
molecular das células com o microambiente da medula óssea. Este microambiente
complexo produz glicoproteínas solúveis genericamente chamadas de citocinas, que
controlam a mitose e a diferenciação das células hematopoéticas.

Local de formação

Nas primeiras semanas de gestação (aproximadamente 15º-18º dia), o saco vitelino é o


principal local de hematopoiese. De seis semanas até seis a sete meses de vida fetal, o
fígado e o baço são os principais órgãos envolvidos e continuam a produzir os
elementos figurados do sangue até cerca de duas semanas após o nascimento.
A medula óssea dos ossos chatos, é o local mais importante a partir de seis a sete meses
de vida fetal e, durante a infância e a vida adulta, é a única fonte de novos elementos
figurados. As células em desenvolvimento estão situadas fora dos seios da medula
óssea, enquanto as maduras são liberadas nos espaços sinusais e na microcirculação
medular e, a partir daí, na circulação geral
No período da lactação, toda a medula óssea é hematopoética, mas durante a infância há
substituição progressiva da medula por gordura nos ossos longos, de modo que a
medula hemopoética no adulto é confinada ao esqueleto central e às extremidades
proximais do fêmur e do úmero. Mesmo nessas regiões hematopoéticas,
aproximadamente 50% da medula é de gordura. A medula óssea gordurosa (amarela)
remanente é capaz de reverter para hematopoese e, em muitas doenças , também há
expansão da mesma nos ossos longos. Além disso, o fígado e o baço podem retomar seu
papel hematopoético fetal (hematopoese extramedular).

Ontogenia da Hematopoese:

1. Fase mesoblástica: Fase inicial, no saco vitelino (10ª semana).


2. Fase hepato-esplênico: No fígado (6ª semana), no baço e linfonodos (12ª
semana)
3. Fase Medular: Medula óssea fetal (16ª semana).

Medula óssea

A medula óssea contém um estroma complexo, consistindo de uma rede de tecido


conjuntivo e uma variedade de tipos celulares, incluindo fibroblastos, macrófagos,
adipócitos-like, células musculares lisas, células reticulares e endoteliais. Os adipócitos
medulares aparentemente possuem a função mecânica de controlar o volume
hematopoético, que por sua vez controla o aumento de inclusões gordurosas na medula.

 Microambiente medular: células estromais, tecido conjuntivo (células de


fronteira), células adventícias (células de sustentação da medula óssea -
citoesqueleto da medula), tecido adiposo.

Na medula óssea, esta célula primordial, na presença de células do estroma, matriz


extracelular e sob a ação de diversos fatores de crescimento e citocinas, dão origem a
células progenitoras de linhagens mielocíticas, linfocítica, megacariócitos e
eritroblastos.

 O progenitor mieloide dá origem aos eritrócitos, plaquetas, granulócitos


(neutrófilos, eosinófilos, basófilos), mastócitos e os monócitos.
 O progenitor linfoide da origem a linfócitos T e B e células NK (natural killer).

 Proeritroblasto: é uma célula grande, redonda, com núcleo grande e redondo.


Cromatina “frouxa”, onde é visualizado de 1 a 2 nucléolos, geralmente circulares e
mais claros que o núcleo. O citoplasma é escasso e basófilo. O núcleo do
proeritroblasto é grande, devido ao alto metabolismo (utilização de muita energia para
seu desenvolvimento) e grande atividade celular.
 Eritroblasto basófilo: é uma célula menor que a anterior, redonda, encontrado na
medula óssea. O núcleo é grande, redondo, com cromatina frouxa, e com apenas 1
nucléolo (nem sempre visível). Citoplasma escasso e extremamente basófilo.
 Eritroblasto policromático: encontrado na medula óssea, menor que o anterior,
redondo, com núcleo redondo e central (bem no meio da célula), cromatina densa,
sem nucléolo. O citoplasma é, geralmente, abundante, acinzentado (por possuir
afinidade pela eosina e azul de metileno). É nessa fase que começa a produção de hb.
 Eritroblasto ortocromático: encontrado na medula óssea, menor que o anterior, é
redondo, com núcleo picnótico (pequeno) redondo e periférico (longe do centro, pois
é necessário tal localização para que seja expulso da célula), não possui nucléolo,
cromatina muito densa (a mais densa de todos os eritroblastos). O citoplasma é
abundante e acidófilo, da mesma cor que o das hemácias.
 Reticulócitos corados: são eritroblastos que perderam os núcleos. Após perder o
núcleo sobra somente o citoplasma contendo resto de organelas. Podemos encontrar
reticulócito, geralmente, no sangue periférico. Depois perde as organelas e se
transforma em eritrócit

 Índices Hematimétricos

Servem à classificação morfológica das anemias. Fornecem valores médios da


concentração de hemoglobina e volume de hemácias, sendo calculados a partir de
determinações prévias do hematócrito, hemoglobina e número de hemácias por
microlitro de sangue

Objetivos
 Fornecer dados para o cálculo do volume corpuscular médio e da hemoglobina
corpuscular média, que revelam o tamanho da hemácia e o conteúdo de
hemoglobina.
 Dar suporte a outros testes hematológicos para o diagnóstico ou monitoração de
anemia ou policitemia.
 Auxiliar no diagnóstico e classificação das anemias.