You are on page 1of 3

Introdução

Capítulo I – A Administração Pública

1. Conceito de administração
2. Administração Pública e Administração Privada
3. Polissemia do conceito de administração pública
4. Administração Pública e Sector Público
5. A função administrativa no quadro das funções do Estado
6. Formas e instrumentos jurídicos da actividade administrativa
7. Sistemas administrativos
8. A administração pública e o Direito. Ilegalidade e ilicitude
9. Administração Pública e Finanças Públicas

Capítulo II – O Direito Administrativo

10. O Direito Administrativo – Características e tipos de normas


11. Fontes de Direito Administrativo
12. A codificação do Direito Administrativo
13. A ciência do Direito Administrativo e a ciência da Administração
14. O Direito Administrativo e os outros ramos do Direito
15. Direito Administrativo geral e Direito Administrativo especial

Capítulo III – Enquadramento geral da actividade de administração/gestão


pública

16. O princípio da legalidade e a presunção de legalidade


17. O interesse público: definição e prossecução
18. Interesse público, legalidade e mérito. O dever de boa administração
19. Vinculação e discricionariedade
20. Fundamentação e formalismo
21. A relação jurídico-administrativa
22. Poder de decisão unilateral e participação dos interessados na tomada da decisão
23. Autotutela executiva: significados e implicações
24. O interesse público e o interesse dos particulares
25. O princípio da proporcionalidade
26. Os princípios da igualdade, da imparcialidade, da justiça e da boa-fé
27. O princípio da responsabilidade
28. O controlo da Administração pública. Auto-controlo e Hetero-controlo

Parte I – A organização administrativa

Capítulo I – Conceito, elementos e sistemas de organização

29. Conceito de organização. Os recursos da Administração Pública


30. Pessoas colectivas e suas atribuições
31. Os órgãos e sua competência
32. Os serviços administrativos e suas missões
33. Sistemas de organização administrativa
34. Relações interorgânicas e relações intersubjectivas
35. Relações interorgânicas: a hierarquia administrativa
1
36. A supervisão
37. A delegação de poderes
38. Relações intersubjectivas
39. A tutela administrativa
40. A superintendência
41. Princípios constitucionais sobre a organização administrativa

Capítulo II – A organização administrativa portuguesa actual

42. O passado recente


43. Quadro actual
44. Perspectivas de evolução

Parte II – A actividade administrativa

Capítulo I – Generalidades

45. Os princípios norteadores da actividade administrativa e sua relevância


46. A procedimentalização da actividade administrativa –
Espécies de procedimento administrativo
A codificação das regras do procedimento administrativo – o Código do Procedimento
Administrativo
47. A actividade administrativa e a actividade da Administração Pública regida pelo Direito Privado.
Limitações públicas à actividade de Direito Privado da Administração Pública.
48. Instrumentos da acção administrativa, operações materiais e actividade técnica.

Capítulo II – O Regulamento

49. Separação de poderes, poder legislativo e poder regulamentar. Origem, natureza e fundamentos do
poder regulamentar.
50. Conceitos. O regulamento, a lei e o acto administrativo
51. Espécies de regulamentos
52. Limites do poder regulamentar
53. Competência regulamentar e formas jurídicas dos regulamentos
54. Modo de produção dos regulamentos. O procedimento regulamentar
55. Publicação e vigência dos regulamentos

Capítulo III – O Acto Administrativo

56. Conceito de acto administrativo


57. Principais características do acto administrativo
58. Natureza jurídica do acto administrativo
59. Estrutura do acto administrativo
60. Tipologia dos actos administrativos primários
61. Principais classificações de actos administrativos
62. A omissão juridicamente relevante
63. Regime procedimental aplicável à formação do acto administrativo
64. Validade e eficácia do acto administrativo
a. Noções gerais
2
b. Requisitos da validade
c. Requisitos da eficácia
d. A invalidade do acto administrativo – suas causas
e. Regimes de invalidade
f. Âmbitos de aplicação dos regimes da nulidade e da anulabilidade
g. Correspondência entre as causas da invalidade e os respectivos regimes
h. Sanação dos actos anuláveis
65. Os actos secundários. A extinção do acto administrativo
a. Tipologia dos actos administrativos secundários
b. A revogação em especial
66. A execução dos actos administrativos

Capítulo IV – O Acto Administrativo


67. Contratos públicos e contratos administrativos
68. Espécies de contratos administrativos
69. Princípios da contratação pública
70. A formação do contrato
Regime procedimental relativo à formação dos contratos públicos. O Código dos Contratos Públicos
71. Validade e eficácia
72. A execução do contrato
73. A extinção do contrato

Capítulo V – A responsabilidade do Estado e de outros entes no exercício da


função administrativa
74. Noção, origens e evolução
75. Tipos de responsabilidade
76. Regime jurídico