Вы находитесь на странице: 1из 80

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS

APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico


OS: 0087/3/18-Gil

CONCURSO: INSS

 NOSSAS REDES SOCIAS – MAIS SOBRE NOSSOS CURSOS!..................... 01

 CONCEITOS BÁSICOS – PARTE I: ESTRUTURAS LÓGICAS / LÓGICA DE


ARGUMENTAÇÃO E DIAGRAMAS LÓGICOS.................................................. 02

 Questões de Concursos.................................................................................... 10

 CONCEITOS BÁSICOS – PARTE II: PROPOSIÇÕES SIMPLES E


COMPOSTAS, VALORES LÓGICOS DA PROPOSIÇÕES, SENTENÇAS
ABERTAS, NÚMERO DE LINHAS DA TABELA VERDADE, CONECTIVOS E
TAUTOLOGIAS................................................................................................... 19

ÍNDICE:  Questões de Concursos.................................................................................... 41

 OPERAÇÕES COM CONJUNTOS..................................................................... 50

 Questões de Concursos.................................................................................... 56

 CÁLCULO COM PORCENTAGEM.................................................................. 64

 Questões de Concursos.................................................................................... 67

 Prova Comentada TRT–BA (CESPE)................................................................ 72

 Prova Comentada PF (CESPE)......................................................................... 76

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS! =D

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
1
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

CONCEITOS BÁSICOS – PARTE I: ESTRUTURAS LÓGICAS /


LÓGICA DE ARGUMENTAÇÃO E DIAGRAMAS LÓGICOS

DIAGRAMAS LÓGICOS

QUANTIFICADORES

São elementos que transformam as sentenças abertas em proposições.


Eles são utilizados para indicar a quantidade de valores que a variável de uma sentença precisa assumir
para que esta sentença torne-se verdadeira ou falsa e assim gere uma proposição.

TIPOS DE QUANTIFICADORES

a) Quantificador existencial:
É o quantificador que indica a necessidade de “existir pelo menos um” elemento satisfazendo a
proposição dada para que esta seja considerada verdadeira.
É indicado pelo símbolo “”, que se lê “existe”, “existe um” ou “existe pelo menos um”.

Exemplo:
(p) xR / x  3
(q) Existe dia em que não chove.

b) Quantificador universal:
É o quantificador que indica a necessidade de termos “todos” os elementos satisfazendo a proposição
dada para que esta seja considerada verdadeira.
É indicado pelo símbolo “”, que se lê “para todo” ou “qualquer que seja”.

Exemplo:
(m) xR  x  5 (Lê-se: “para todo x pertencente aos reais, tal que x é maior ou igual a 5”)
(n) Qualquer que seja o dia, não choverá.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
2
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

NENHUM (~)

Não existe interseção entre os conjuntos. Por exemplo, ao dizer que “nenhum A é B”, garante-se que não existe
um elemento de A que também esteja em B. Sendo a recíproca verdadeira, ou seja, “nenhum B é A”.
Ex.:

A: “Nenhum advogado é bancário”

ALGUM ()

Existe pelo menos um elemento na interseção entre os conjuntos, mas não necessariamente todos. Por exemplo,
ao dizer que “algum A é B”, garante-se que existe pelo menos um elemento de A que também esteja em B. Sendo
a recíproca verdadeira, ou seja, “algum B é A”.
Ex.:

B: “Algum advogado é bancário”

TODO ()

Um dos conjuntos é subconjunto do outro. Por exemplo, ao dizer que “todo A é B”, garante-se que se um elemento
está em A, então ele também está em B, mas não necessariamente se está em B também estará em A.

Ex.:
C: “Todo advogado é bancário”

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
3
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

EXEMPLOS

01. Considere que os argumentos são verdadeiros:


 Todo comilão é gordinho;
 Todo guloso é comilão;
Com base nesses argumentos, é correto afirmar que:
a) Todo gordinho é guloso.
b) Todo comilão não é guloso.
c) Pode existir gordinho que não é guloso.
d) Existem gulosos que não são comilões.
e) Pode existir guloso que não é gordinho.

SOLUÇÃO:

Do enunciado temos os conjuntos:

GULOSO
COMILÃO
GORDINHO

Portanto, podemos concluir que pode existir gordinho que não seja guloso.

02. (IPAD) Supondo que “todos os cientistas são objetivos e que alguns filósofos também o são”, podemos
logicamente concluir que:
a) não pode haver cientista filósofo.
b) algum filósofo é cientista.
c) se algum filósofo é cientista, então ele é objetivo.
d) alguns cientistas não são filósofos.
e) nenhum filósofo é objetivo.

SOLUÇÃO:

Dadas as premissas:
A: “todos os cientistas são objetivos”
B: “alguns filósofos são objetivos”
Sejam
O – Objetivos
C – Cientistas
F – Filósofos

Do enunciado, para satisfazer as premissas A e B, temos os seguintes diagramas possíveis:

1o F C 2o F C 3o F C

O O O

Dessa forma, temos que “se algum filósofo é cientista” ele fica de acordo com o 2º ou 3º diagrama, o que implica
necessariamente que “esse filósofo será objetivo”, pois “todo cientista é objetivo”.
Resposta: C

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
4
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

03. (IPAD) Supondo que cronópios e famas existem e que nem todos os cronópios são famas, podemos concluir
logicamente que:
a) nenhum cronópio é fama.
b) não existe cronópio que seja fama.
c) todos os cronópios são famas.
d) nenhum fama é cronópio.
e) algum cronópio não é fama.

SOLUÇÃO:

Dada a premissa:
A: “Nem todos os cronópios são famas”

Sejam
C – Cronópios
F – Famas

Do enunciado, para satisfazer a premissa A, temos os seguintes diagramas possíveis:


1o F C 2o F C

Podemos concluir que “Se nem todo cronópio é fama, então necessariamente existe pelo menos um cronópio que
não é fama”.
Resposta: E

04. É verdade que "Alguns A são R" e que "nenhum G é R" então é necessariamente verdade que:
a) Alguns A não é G.
b) Algum A é G.
c) Nenhum A é G.
d) Algum G é A.
e) Nenhum G é A.

SOLUÇÃO:

Sabe-se que todos os A que também são R, não podem ser G, pois nenhum G é R, então existem alguns A que
nunca serão G.
Resposta: A
OBS.:
Os outros itens estão errados por que podem ser verdade ou não, dependendo de como for o diagrama. Mas
como não se pode garantir que G e A têm interseção ou não, nada se pode afirmar.

05. Através de uma pesquisa, descobriu-se que “nenhum politico é honesto” e que “alguns advogados são
honestos”. Dessa forma, aponte o único item errado.
a) É possível que alguns politicos sejam advogados.
b) Alguns advogados não são politicos.
c) É impossível que algum advogado seja político.
d) Há possibilidade de que nenhum politico seja advogado.
e) Pode ou não haver advogado político.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
5
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

SOLUÇÃO:

Do enunciado temos os possíveis diagramas, que satisfazem as condições impostas:

P H H
1o P
2o

A
A

Cuidado! Não podemos afirmar que “existe A que é P”, nem tão pouco dizer que “não existe A que é P”. O fato é
que pode ou não existir A que seja P, ou seja, podemos até afirmar que “é possível existir um A que seja P”, ou
ainda, “é possível que não exista A que seja P”. Então, será errado dizer que “é impossível que um A seja P”.
Resposta: C

ESTRUTURAS LÓGICAS / LÓGICA DE ARGUMENTAÇÃO: ANALOGIAS,


INFERÊNCIAS, DEDUÇÕES E CONCLUSÕES

INVESTIGANDO
As questões de estrutura lógica, também chamadas de investigações, estão presentes na maioria das
provas de raciocínio lógico, mas cada edital descreve esse tipo de questão de maneira diferente. Podemos dizer
que essas questões tratam do entendimento da estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares,
objetos ou eventos fictícios, deduzindo novas informações a partir de relações fornecidas e avaliação das
condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações.

Uma investigação é um processo de construção do conhecimento que tem como metas principais gerar
novos conhecimentos e/ou confirmar ou refutar algum conhecimento pré-existente. A investigação, no sentido de
pesquisa, pode ser definida como o conjunto de atividades orientadas e planejadas pela busca de um
conhecimento.

As questões de investigação são muito interessantes e prazerosas de se fazer. No enunciado, são dadas
pistas que associadas a hipóteses nos fazem concluir a resposta correta ou ainda nos levam a conclusões diretas,
sem precisar supor. O primeiro passo então, é perceber se precisaremos ou não supor alguma coisa, ou seja, se
todas as informações são verdadeiras ou existem mentiras. Quando todas as informações forem verdadeiras, não
haverá necessidade de hipóteses, mas quando existirem verdades e mentiras envolvidas, devemos fazer
suposisções para chegarmos as conclusões.

IDENTIFICANDO CADA CASO


Existem basicamente três casos de questões de investigações. Todos eles procuram deduzir novas
informações, com base nas informações fornecidas no enunciado.

Para resolver questões de investigação, devemos inicialmente identificar o caso (ordenação, associação
ou suposição) e seguir os procedimentos peculiares a cada um deles.

1º CASO – SOMENTE VERDADES: ORDENAÇÕES

Esse tipo de questão dá apenas informações verdadeiras, que nos permite colocar em ordem pessoas, objetos,
datas, idades, cores, figuras ou qualquer outra coisa, mediante pistas que devem ser seguidas. O fato de colocar
os dados fornecidos na ordem desejada permitirá identificar o item correto a ser marcado.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
6
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Exemplo:
Em um prédio de 4 andares moram Erick, Fred, Giles e Heitor, cada um em um andar diferente. Sabe-se que
Heitor não mora no 1º andar, Erick mora acima de Todos, Giles mora abaixo de Fred e este acima de Heitor,
Determine quem mora no 2º andar.
a) Heitor
a) Erick
d) Fred
e) Giles

SOLUÇÃO:

Com base nas informações fornecidas no enunciado, vamos ordenar os moradores.


Inicialmente como “Erick mora acima de todos”, então ele mora no 4º andar.
Como “Fred mora acima de Heitor” e “Heitor não mora no 1º andar”, então Heitor tem que morar no 2º andar e
Fred no 3º andar, para satisfazer essas condições.
Por exclusão, Giles mora no 1º andar, o que satisfaz a condição de “morar abaixo de Fred”.

2º CASO – SOMENTE VERDADES: ASSOCIAÇÃO

Como todas as informações dadas são verdadeiras, o que será importante é saber organizar as informações em
uma tabela para cruzar os dados. Por exemplo, cada coluna trata das informações ou características e as linhas
tratam das pessoas. O que devemos fazer é preencher a tabela cruzando as informações de cada uma das
pessoas, iniciando pelas informações diretas e posteriormente deduzindo as outras.

Exemplo:
(FCC) Em 2015, três Técnicos Judiciários, Alfredo, Benício e Carlos, viajaram em suas férias, cada um para um
local diferente. Sabe-se que:

 seus destinos foram: uma praia, uma região montanhosa e uma cidade do interior do Estado;
 as acomodações por ele utilizadas foram: uma pousada, um pequeno hotel e uma casa alugada;
 o técnico que foi à praia alojou-se em uma pousada;
 Carlos foi a uma cidade do interior;
 Alfredo não foi à praia;
 Quem hospedou-se em um hotel não foi Carlos.

Nessas condições, é verdade que


a) Aquele que foi às montanhas hospedou-se em um hotel.
b) Alfredo alugou uma casa.
c) Benício foi às montanhas.
d) Carlos hospedou-se em uma pousada.
e) Aquele que foi à cidade hospedou-se em uma pousada.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
7
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

SOLUÇÃO:

1) Quem hospedou-se em um hotel não foi Carlos

Destinos Acomodações
praia montanha interior pousada hotel casa alugada
Alfredo
Benício
Carlos -

2) Alfredo não foi à praia

Destinos Acomodações
praia montanha interior pousada hotel casa alugada
Alfredo -
Benício
Carlos -

3) Carlos foi a uma cidade do interior

Destinos Acomodações
praia montanha interior pousada hotel casa alugada
Alfredo - ok -
Benício ok - -
Carlos - - ok -

4) O técnico que foi à praia alojou-se em uma pousada

Destinos Acomodações
praia montanha interior pousada hotel casa alugada
Alfredo - ok - - ok -
Benício ok - - ok - -
Carlos - - ok - - ok

Então:

 Alfredo – montanha – hotel


 Benício – praia – pousada
 Carlos – interior – casa alugada

Resposta: A

3º CASO – VERDADES E MENTIRAS: HIPÓTESES

Esse último caso requer maior atenção, pois existem verdades e mentiras envolvidas no enunciado e através da
análise das hipóteses chegaremos às devidas conclusões. Por exemplo, quando um “delegado” procurar descobrir
quem é o verdadeiro culpado entre cinco suspeitos, ele lança mão de hipóteses, ou seja, ele vai supondo que
cada um deles seja o culpado e vai analisando a veracidade de informação que ele possui, a fim de confirmar ou
rejeitar a hipótese.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
8
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Exemplo:

(ESAF) Cinco colegas foram a um parque de diversões e um deles entrou sem pagar. Apanhados por um
funcionário do parque, que queria saber qual deles entrou sem pagar, eles informaram:

- “Não fui eu, nem o Manuel”, disse Marcos.


- “Foi o Manuel ou a Maria”, disse Mário.
- “Foi a Mara”, disse Manuel.
- “O Mário está mentindo”, disse Mara.
- “Foi a Mara ou o Marcos”, disse Maria.

Sabendo-se que um e somente um dos cinco colegas mentiu, conclui-se logicamente que quem entrou sem pagar
foi:
a) Mário
b) Marcos
c) Mara
d) Manuel
e) Maria

SOLUÇÃO:

Dados da questão:

 Uma declaração é falsa


 Quatro declarações são verdadeiras
Suspeitos
Declarações

1) Marcos culpado (2 VERDADEIRAS E 3 FALSAS – NÃO SATISFAZ A CONDIÇÃO)

2) Mário culpado (2 VERDADEIRAS E 3 FALSAS – NÃO SATISFAZ A CONDIÇÃO)

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
9
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

3) Manuel culpado (1 VERDADEIRAS E 4 FALSAS – NÃO SATISFAZ A CONDIÇÃO)

4) Mara culpada (4 VERDADEIRAS E 1 FALSAS – SATISFAZ A CONDIÇÃO)

5) Maria culpada (2 VERDADEIRAS E 3 FALSAS – NÃO SATISFAZ A CONDIÇÃO)

Então:

 Mara entrou sem pagar

Resposta: C

QUESTÕES DE CONCURSOS

Estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) revela que, no Brasil, a
desigualdade social está entre as maiores causas da violência entre jovens.
Um dos fatores que evidenciam a desigualdade social e expõem a população jovem à violência é a
condição de extrema pobreza, que atinge 12,2% dos 34 milhões de jovens brasileiros, membros de
famílias com renda per capita de até um quarto do saIário mínimo, afirma a pesquisa.
Como a violência afeta mais os pobres, é usual fazer um raciocínio simplista de que a pobreza é a
principal causadora da violência entre os jovens, mas isso não é verdade. O fato de ser pobre não
significa que a pessoa será violenta. Existem inúmeros exemplos de atos violentos praticados por jovens
de classe média.
Internet < "http/amaivos,uol.combr> (com adaptações)

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
10
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Tendo como referência o texto acima, julgue os itens seguintes.

01. (CESPE) Considerando que Jorge não seja pobre, mas pratique atos violentos, é correto afirmar que Jorge é
um contraexemplo para a afirmação: “Todo indivíduo pobre pratica atos violentos”.

02. (CESPE) A negação da proposição "Toda pessoa pobre é violenta" é equivalente a "Existe alguma pessoa
pobre que não é violenta".

Paulo, Mauro e Arnaldo estão embarcando em um voo para Londres. Sabe-se que:

 os números de suas poltronas são C2, C3 e C4;


 a idade de um deles é 35 anos e a de outro, 22 anos;
 Paulo é o mais velho dos três e sua poltrona não é C4;
 a poltrona C3 pertence ao de idade intermediária;
 a idade de Arnaldo não é 22 anos.

Com base nessas informações, julgue os itens seguintes.

03. (CESPE) Se a soma das idades dos três passageiros for 75 anos, então as idades de Paulo, Mauro e Arnaldo
serão, respectivamente, 35, 22 e 18 anos

04. (CESPE) Se a soma das idades dos três passageiros for igual a 100 anos, então a poltrona de numero C4
pertencerá a Mauro, que terá 35 anos.

Três candidatos - Paulo, Sérgio e Renato - se conheceram em Vitória durante o período que antecede a
aplicação das provas de certo concurso. Cada um deles é de uma cidade diferente - Recife, Cuiabá e
Salvador -, e utilizou um meio de transporte diferente para chegar até Vitória - avião, carro e ônibus. Além
disso, sabe-se que Paulo viajou de carro, Sérgio mora em Recife e o candidato que mora em Salvador
viajou de ônibus. Com base nessas informações, julgue os próximos itens.

05. (CESPE) Renato mora em Salvador.

06. (CESPE) O candidato que mora em Cuiabá viajou de avião.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
11
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

07. (CESPE) Certo dia, três seguranças – Antero, Bernardino e Catulo – fiscalizaram áreas distintas de uma
unidade do Tribunal Regional do Trabalho. Sabe-se que, nessa ocasião,

– eles eram funcionários do Tribunal há 6, 8 e 11 anos;


– as áreas em que exerceram a fiscalização foram: a portaria, o estacionamento e salas de audiência;
– Antero era funcionário do Tribunal há 8 anos;
– Bernardino foi o responsável pela fiscalização da portaria;
– Catulo, que ainda não tinha 11 anos de serviço no Tribunal, não foi responsável pela fiscalização do
estacionamento.

Nessas condições, é correto afirmar que Catulo exerceu a fiscalização em salas de audiência e Bernardino
tinha 6 anos de serviço no Tribunal.

08. (CESPE) Dizer que “todas as senhas são números ímpares” é falsa, do ponto de vista lógico, equivale a dizer
que “pelo menos uma das senhas não é um número ímpar”.

Duas pessoas carregam fichas nas cores branca ou preta. Quando a primeira pessoa carrega a ficha
branca, ela fala somente a verdade, mas, quando carrega a ficha preta, ela fala somente mentiras. Por
outro lado, quando a segunda pessoa carrega a ficha branca, ela fala somente mentira, mas, quando
carrega a ficha preta, fala somente verdades.
Se a primeira pessoa diz “nossas fichas não são da mesma cor” e a segunda pessoa diz “nossas fichas
são da mesma cor”, então com base no texto, julgue os itens a seguir.

09. (CESPE) As duas pessoas carregam fichas pretas.

10. (CESPE) Pode-se concluir que a segunda pessoa está dizendo a verdade.

11. (CESPE) Considere que um delegado, quando foi interrogar Carlos e José, já sabia que, na quadrilha à qual
estes pertenciam, os comparsas ou falavam sempre a verdade ou sempre mentiam. Considere, ainda, que,
no interrogatório, Carlos disse: José só fala a verdade, e José disse: Carlos e eu somos de tipos opostos.
Nesse caso, com base nessas declarações e na regra da contradição, seria correto o delegado concluir que
Carlos e José mentiram.

12. (CESPE) Considere o diagrama abaixo.

Esse diagrama é uma prova de que o argumento a seguir é válido, ou seja, as proposições I e II são
premissas e a proposição III é uma conclusão, pois é verdadeira por consequência das premissas.

I. Nenhum analista administrativo é dançarino.


II. Todos os dançarinos são ágeis.
III. Logo, nenhum analista administrativo é ágil.
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
12
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Um líder criminoso foi morto por um de seus quatro asseclas: A, B, C e D. Durante o interrogatório, esses
indivíduos fizeram as seguintes declarações.

 A afirmou que C matou o líder.


 B afirmou que D não matou o líder.
 C disse que D estava jogando dardos com A quando o líder foi morto e, por isso, não tiveram
participação no crime.
 D disse que C não matou o líder.

Considerando a situação hipotética apresentada acima e sabendo que três dos comparsas mentiram em
suas declarações, enquanto um deles falou a verdade, julgue os itens seguintes.

13. (CESPE) A declaração de C não pode ser verdadeira.

14. (CESPE) D matou o líder.

A lógica sentencial, ou proposicional, trata do raciocínio expresso por sentenças, ou proposições, que
podem ser julgadas como verdadeiras (V) ou falsa (F), mas que não admitem os julgamentos V e F
simultaneamente. A lógica de primeira ordem também trata do raciocínio expresso por sentenças, ou
proposições, que são julgadas como V ou F dependendo do conjunto, ou domínio, ao qual pertencem os
objetos referenciados nas sentenças e das propriedades, ou predicados, associadas a esses objetos. Na
lógica de primeira ordem, os objetos de um domínio são quantificados por todos, alguns, nenhum etc. As
deduções da lógica proposicional ou da lógica de primeira ordem têm uma estrutura cuja análise permite
decidir se o raciocínio expresso está correto ou não, isto é, se a conclusão é uma consequência
verdadeira das proposições que são colocadas como premissas, sempre consideradas verdadeiras.

Com base nas informações do texto acima, julgue os itens a seguir.

15. (CESPE) Considerando como premissas as proposições “Nenhum universitário é analista judiciário” e “Todo
analista judiciário faz curso de informática”, e como conclusão a proposição “Nenhum universitário faz curso
de informática”, então o raciocínio formado por essas proposições é correto.

16. (CESPE) A dedução expressa por “Todos os dinossauros são animais extintos; existem mamíferos que são
animais extintos; portanto, existem mamíferos que são dinossauros” é um raciocínio correto.

17. (CESPE) Considere que a sequência de proposições a seguir constituam três premissas e a conclusão,
nessa ordem: “Todas as mulheres são pessoas vaidosas”; “Todas as pessoas vaidosas são caprichosas”;
“Existem pessoas tímidas que são mulheres”; “Existem pessoas tímidas que são caprichosas”. Nesse caso,
tem-se uma dedução que expressa um raciocínio correto.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
13
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

18. (CESPE) Em uma avenida comercial, sabe-se que três lojas consecutivas têm proprietários, cores e produtos
distintos. Sabe-se que o proprietário da loja à direita é Roberto e que Fábio não vende pães e sua loja não é
vermelha. A loja central é verde e a loja de Gustavo não é azul nem vende cigarros. A loja azul não vende
motos e não fica à direita. Se a loja que vende pães está à esquerda da loja que vende motos, então:
a) Fábio vende motos.
b) a loja de Roberto é azul.
c) a loja de Fábio é azul.
d) Roberto vende cigarros.
e) Gustavo vende motos.

19. (CESPE) Em uma investigação, um detetive recolheu de uma lixeira alguns pedaços de papéis
semidestruídos com o nome de três pessoas: Alex, Paulo e Sérgio. Ele conseguiu descobrir que um deles
tem 60 anos de idade e é pai dos outros dois, cujas idades são: 36 e 28 anos. Descobriu, ainda, que Sérgio
era advogado, Alex era mais velho que Paulo, com diferença de idade inferior a 30 anos, e descobriu também
que o de 28 anos de idade era médico e o outro, professor. Com base nessas informações, assinale a opção
correta.
a) Alex tem 60 anos de idade, Paulo tem 36 anos de idade e Sérgio tem 28 anos de idade.
b) Alex tem 60 anos de idade, Paulo tem 28 anos de idade e Sérgio tem 36 anos de idade.
c) Alex não tem 28 anos de idade e Paulo não é médico.
d) Alex tem 36 anos de idade e Paulo é médico.
e) Alex não é médico, e Sérgio e Paulo são irmãos.

20. (CESPE) Observe a seguinte argumentação:

 Toda a justiça é baseada em leis.


 Toda lei foi escrita pelo homem.
 Toda obra humana é imperfeita.
 Logo, a justiça é imperfeita.

Com base nas assertivas que fazem parte do argumento apresentado acima, julgue os itens subsequentes.
Trata-se de exemplo de argumento válido.

Considere as seguintes proposições:

I. Todos os cidadãos brasileiros têm garantido o direito de herança.


II. Joaquina não tem garantido o direito de herança.
III. Todos aqueles que têm direito de herança são cidadãos de muita sorte.
IV. Supondo que todas essas proposições sejam verdadeiras, é correto concluir logicamente que

21. (CESPE) Joaquina não é cidadã brasileira.

22. (CESPE) Todos os que têm direito de herança são cidadãos brasileiros.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
14
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

O quadro de pessoal de uma empresa conta com 7 analistas: 2 da área de contabilidade e 5, de


arquivologia. Em 4 dias consecutivos, desses 7 analistas, estiveram presentes aos trabalhos:

no dia 1: Bárbara, Diogo, Marta e Sandra;


no dia 2: Diogo, Fernando, Hélio e Sandra;
no dia 3: Bárbara, Célio, Diogo e Hélio;
no dia 4: Célio, Fernando, Marta e Sandra.

Sabendo que, em cada um desses 4 dias, dos presentes, 1 era analista de contabilidade e 3, de
arquivologia; que cada um dos analistas de contabilidade esteve presente em apenas 2 dias; e que
Fernando é analista de arquivologia, julgue os itens seguintes.

23. (CESPE) Todas as mulheres são analistas de arquivologia.

24. (CESPE) Célio é analista de arquivologia.

Uma empresa incentiva o viver saudável de seus funcionários. Para isso, dispensa mais cedo, duas vezes
por semana, aqueles envolvidos em alguma prática esportiva. Aproveitando a oportunidade, Ana, Bia,
Clara e Diana decidiram se associar a uma academia de ginástica, sendo que escolheram atividades
diferentes, quais sejam, musculação, ioga, natação e ginástica aeróbica. O intuito é manter a forma e, se
possível, perder peso. No momento, o peso de cada funcionária assume um dos seguintes valores: 50 kg,
54 kg, 56 kg ou 60 kg. O que também se sabe é que:

(a) Ana não faz musculação e não pesa 54 kg.


(b) Bia faz ioga e não tem 50 kg.
(c) A jovem que faz musculação pesa 56 kg e não é a Clara.
(d) A jovem com 54 kg faz natação.

Com base nessas informações, é correto afirmar que

25. (CESPE) Diana faz musculação.

26. (CESPE) Bia é mais pesada que Clara.

Quatro casais divertem-se em uma casa noturna. São eles: Isabel, Joana, Maria, Ana, Henrique, Pedro,
Luís e Rogério. Em determinado momento, está ocorrendo o seguinte:

 a esposa de Henrique não dança com o seu marido, mas com o marido de Isabel;
 Ana e Rogério conversam sentados à beira do bar;
 Pedro toca piano acompanhando Maria que canta sentada ao seu lado;
 Maria não é a esposa de Pedro.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
15
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Julgue a(s) afirmativa(s) a seguir:

27. (CESPE) Rogério é o marido de Ana.

28. (CESPE) Luís é o marido de Isabel.

29. (CESPE) Pedro é o marido de Joana.

Quatro casais vão jogar uma partida de buraco, formando quatro duplas. As regras para formação de
duplas exigem que não sejam de marido com esposa. A respeito das duplas formadas, sabe-se que:

 Pedro é um dos participantes.


 Tarsila faz dupla com Rafael;
 Rafael faz dupla com a esposa de Breno;
 Amanda faz dupla com o marido de Julia;
 Nem Rafael, nem Lucas fazem dupla com Amanda;
 Julia não faz dupla com o marido de Carolina;
 Lucas faz dupla com Julia;
 Carolina faz dupla com o marido de Tarsila;

Com base nas informações, é correto afirmar que:

30. (CESPE) Carolina não é esposa de Breno, nem de Lucas, nem de Pedro.

31. (CESPE) Amanda não é esposa de Lucas, nem de Rafael, nem de Pedro.

32. (CESPE) A negação da proposição “Todo ser humano é responsável pelo bem que não faz”, é logicamente
equivalente a “Algum ser humano não é responsável pelo bem que faz”.

33. (CESPE) A proposição equivalente a “Todas as mesas são para quatro pessoas” é corretamente enunciada
por “Nenhuma mesa não é para quatro pessoas”:

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
16
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

34. (CESPE) Considere as seguintes proposições.


A: Nenhum funcionário do MCT é celetista.
B: Todo funcionário celetista foi aprovado em concurso público.
C: Nenhum funcionário do MCT foi aprovado em concurso público.

Nesse caso, se A e B são as premissas de um argumento e C é a conclusão, então esse argumento é válido.

35. (CESPE) A negação da proposição “Alguns juízes são honestos ou nenhum acusado é culpado” pode ser
expressa por “Nenhum juiz é honesto e todo acusado é culpado”.

36. (CESPE) A negação da proposição “Todo ator sabe cantar e dançar” é equivalente a “Existe ator que não
sabe cantar ou que não sabe dançar”.

Um eleitor deverá escolher um entre os candidatos A, B, C e D. Ele recebeu, de seus amigos, as quatro
seguintes mensagens a respeito desses candidatos:
• Os candidatos A e B são empresários.
• Exatamente dois entre os candidatos A, B e C são empresários.
• O candidato A é empresário.
• O candidato C é empresário.
Com base nas informações apresentadas, julgue os próximos itens, considerando que o eleitor sabe que
exatamente uma das mensagens é falsa e que exatamente um dos candidatos não é empresário.

37. (CESPE) As informações são suficientes para se concluir que o candidato D é empresário.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
17
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

38. (CESPE) O candidato A é empresário.

Mara, Júlia e Lina são assessoras em um tribunal. Uma delas ocupa a função de cerimonialista, outra, de
assessora de assuntos internacionais e a outra, de analista processual. Uma dessas assessoras ocupa a
sua função há exatos 11 anos, outra, há exatos 13 anos, e a outra, há exatos 20 anos. Sabe-se, ainda, que:

 Mara não é a cerimonialista e não é a assessora que exerce a função há exatos 11 anos;
 a analista processual ocupa a função há exatos 20 anos;
 Júlia não é a assessora de assuntos internacionais nem é a assessora que ocupa a função há exatos 13
anos;
 Lina ocupa a função há exatos 13 anos.

Com base nessa situação hipotética, julgues os itens subsequentes.

39. (CESPE) A assessora de assuntos internacionais ocupa a função há exatos 11 anos.

40. (CESPE) Mara é a assessora que ocupa essa função há mais tempo.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
E C C E C E E C C C
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C E C C E E C C D C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
C E E C C C E C E C
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
E E C E E C E C E C

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
18
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

CONCEITOS BÁSICOS – PARTE II: PROPOSIÇÕES SIMPLES E


COMPOSTAS, VALORES LÓGICOS DA PROPOSIÇÕES, SENTENÇAS
ABERTAS, NÚMERO DE LINHAS DA TABELA VERDADE, CONECTIVOS E
TAUTOLOGIAS

O conceito mais elementar no estudo da lógica – é o de Proposição.


Trata-se, tão somente, de uma sentença – algo que será declarado por meio de palavras ou de símbolos –
e cujo conteúdo poderá considerado verdadeiro ou falso.
Então, se eu afirmar “a Terra é maior que a Lua”, estarei diante de uma proposição, cujo valor lógico é
verdadeiro.
Daí, ficou claro que quando falarmos em valor lógico, estaremos nos referindo a um dos dois possíveis
juízos que atribuiremos a uma proposição: verdadeiro (V) ou falso (F).
Normalmente, as proposições são representadas por letras minúsculas (p, q, r, s etc.). São outros
exemplos de proposições, as seguintes:
p: Pedro é médico.
q: 5 < 8
r: Luíza foi ao cinema ontem à noite.

Haverá alguma proposição que possa, ao mesmo tempo, ser verdadeira e falsa? Não! Jamais! E por que
não? Porque o Raciocínio Lógico, como um todo, está sedimentado sobre alguns princípios, muito fáceis de se
entender, e que terão que ser sempre obedecidos. São os seguintes:
 Uma proposição verdadeira é verdadeira; uma proposição falsa é falsa. (Princípio da identidade);
 Nenhuma proposição poderá ser verdadeira e falsa ao mesmo tempo. (Princípio da Não-Contradição);
 Uma proposição ou será verdadeira, ou será falsa: não há outra possibilidade. (Princípio do Terceiro Excluído).

Proposições podem ser ditas simples ou compostas.


Serão proposições simples aquelas que vêm sozinhas, desacompanhadas de outras proposições. Nada
mais fácil de ser entendido.
 Todo homem é mortal.
 O novo papa é alemão.

Todavia, se duas (ou mais) proposições vêm conectadas entre si, formando uma só sentença, estaremos
diante de uma proposição composta. Exemplos:
 João é médico e Pedro é dentista.
 Maria vai ao cinema ou Paulo vai ao circo.
 Ou Luís é baiano, ou é paulista.
 Se chover amanhã de manhã, então não irei à praia.
 Comprarei uma mansão se e somente se eu ganhar na loteria.
Nas sentenças acima, vimos em destaque os vários tipos de conectivos – ditos conectivos lógicos – que
poderão estar presentes em uma proposição composta. Estudaremos cada um deles a seguir, uma vez que é de
nosso interesse conhecer o valor lógico das proposições compostas.
Veremos que, para dizer que uma proposição composta é verdadeira ou falsa, isso dependerá de duas
coisas: 1º) do valor lógico das proposições componentes; e 2º) do tipo de conectivo que as une .

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
19
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

CONECTIVO “e” (conjunção)

Proposições compostas em que está presente o conectivo “e” são ditas conjunções. Simbolicamente,
esse conectivo pode ser representado por “”. Então, se temos a sentença:

 “Marcos é médico e Maria é estudante”

... poderemos representá-la apenas por: p  q

onde: p = Marcos é médico e q = Maria é estudante.

Como se revela o valor lógico de uma proposição conjuntiva? Da seguinte forma: uma conjunção só
será verdadeira, se ambas as proposições componentes forem também verdadeiras.

Então, diante da sentença “Marcos é médico e Maria é estudante”, só poderemos concluir que esta
proposição composta é verdadeira se for verdade, ao mesmo tempo, que Marcos é médico e que Maria é
estudante.

Pensando pelo caminho inverso, teremos que basta que uma das proposições componentes seja falsa, e
a conjunção será – toda ela – falsa. Obviamente que o resultado falso também ocorrerá quando ambas as
proposições componentes forem falsas.

Essas conclusões todas as quais acabamos de chegar podem ser resumidas em uma pequena tabela.
Trata-se da tabela-verdade, de fácil construção e de fácil entendimento.

Retomemos as nossas premissas:

p = Marcos é médico e q = Maria é estudante.

Se tivermos que ambas são verdadeiras, a conjunção formada por elas (Marcos é médico e Maria é
estudante) será também verdadeira. Teremos:

Marcos é médico Maria é estudante Marcos é médico e Maria é estudante


p q pq
V V V

Se for verdade apenas que Marcos é médico, mas falso que Maria é estudante, teremos:

Marcos é médico Maria é estudante Marcos é médico e Maria é estudante


p q pq
V F F

Por outro lado, se for verdadeiro que Maria é estudante, e falso que Marcos é médico, teremos:

Marcos é médico Maria é estudante Marcos é médico e Maria é estudante


p q pq
F V F

Enfim, se ambas as sentenças simples forem falsas, teremos que:

Marcos é médico Maria é estudante Marcos é médico e Maria é estudante


p q pq
F F F

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
20
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Ora, as quatro situações acima esgotam todas as possibilidades para uma conjunção. Fora disso não há!
Criamos, portanto, a Tabela-verdade que representa uma conjunção, ou seja, a tabela-verdade para uma
proposição composta com a presença do conectivo “e”.

Teremos:
TABELA VERDADE
p q pq
V V V
V F F
F V F
F F F

Se as proposições p e q forem representadas como conjuntos, por meio de um diagrama, a conjunção “p


e q” corresponderá à interseção do conjunto p com o conjunto q. Teremos:

Passemos ao segundo conectivo.

CONECTIVO “ou” (disjunção não excludente)

Recebe o nome de disjunção toda proposição composta em que as partes estejam unidas pelo conectivo
ou. Simbolicamente, representaremos esse conectivo por “”. Portanto, se temos a sentença:

 “Marcos é médico ou Maria é estudante”

... então a representaremos por: p  q.

Seremos capazes de criar uma tabela-verdade para uma proposição disjuntiva? Claro! Basta nos
lembrarmos da tal promessa do pai para seu filho! Vejamos: “eu te darei uma bola ou te darei uma bicicleta.”
Neste caso, a criança já sabe, de antemão, que a promessa é por apenas um dos presentes! Bola ou bicicleta!
Ganhando de presente apenas um deles, a promessa do pai já valeu! Já foi verdadeira! E se o pai for abastado e
resolver dar os dois presentes? Pense na cara do menino! Feliz ou triste? Felicíssimo! A promessa foi mais do que
cumprida. Só haverá um caso, todavia, em que a bendita promessa não se cumprirá: se o pai esquecer o
presente, e não der nem a bola e nem a bicicleta. Terá sido falsa toda a disjunção.

Daí, concluímos: uma disjunção será falsa quando as duas partes que a compõem forem ambas
falsas! E nos demais casos, a disjunção será verdadeira! Teremos as possíveis situações:

Te darei uma bola Te darei uma bicicleta Te darei uma bola ou te darei uma bicicleta
p q pq
V V V

Ou:

Te darei uma bola Te darei uma bicicleta Te darei uma bola ou te darei uma bicicleta
p q pq
V F V

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
21
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Ou:

Te darei uma bola Te darei uma bicicleta Te darei uma bola ou te darei uma bicicleta
p q pq
F V V

Ou, finalmente:

Te darei uma bola Te darei uma bicicleta Te darei uma bola ou te darei uma bicicleta
p q pq
F F F

Juntando tudo, teremos:

TABELA VERDADE
p q pq
V V V
V F V
F V V
F F F

A promessa inteira só é falsa se as duas partes forem descumpridas!


Observem que as duas primeiras colunas da tabela-verdade acima – as colunas do p e do q – são
exatamente iguais às da tabela-verdade da conjunção (p e q). Muda apenas a terceira coluna, que agora
representa um “ou”, a disjunção.
Se as proposições p e q forem representadas como conjuntos por meio de um diagrama, a disjunção "p
ou q" corresponderá à união do conjunto p com o conjunto q,

CONECTIVO “ou... ou...” (disjunção exclusiva)

Há um terceiro tipo de proposição composta, bem parecido com a disjunção que acabamos que ver, mas
com uma pequena diferença. Comparemos as duas sentenças abaixo:

“Te darei uma bola ou te darei uma bicicleta”

“ou te darei uma bola ou te darei uma bicicleta”

A diferença é sutil, mas importante. Reparemos que na primeira sentença vê-se facilmente que se a
primeira parte for verdade (te darei uma bola), isso não impedirá que a segunda parte (te darei uma bicicleta)
também o seja. Já na segunda proposição, se for verdade que “te darei uma bola”, então teremos que não será
dada a bicicleta. E vice-versa, ou seja, se for verdade que “te darei uma bicicleta”, então teremos que não será
dada a bola.
Ou seja, a segunda estrutura apresenta duas situações mutuamente excludentes, de sorte que apenas
uma delas pode ser verdadeira, e a restante será necessariamente falsa.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
22
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Ambas nunca poderão ser, ao mesmo tempo, verdadeiras; ambas nunca poderão ser, ao mesmo tempo,
falsas.
Na segunda sentença acima, este tipo de construção é uma disjunção exclusiva, pela presença dos dois
conectivos “ou”, que determina que uma sentença é necessariamente verdadeira, e a outra, necessariamente
falsa. Daí, o nome completo desta proposição composta é disjunção exclusiva.
E como fica a sua tabela-verdade? Ora, uma disjunção exclusiva só será verdadeira se obedecer à mútua
exclusão das sentenças. Falando mais fácil: só será verdadeira se houver uma das sentenças verdadeira e a outra
falsa. Nos demais casos, a disjunção exclusiva será falsa.
O símbolo que designa a disjunção exclusiva é o “”. E a tabela-verdade será, pois, a seguinte:

TABELA VERDADE
p q pq
V V F
V F V
F V V
F F F

CONECTIVO “Se... então...” (condicional)

Estamos agora falando de proposições como as que se seguem:

 Se Pedro é médico, então Maria é dentista.


 Se amanhecer chovendo, então não irei à praia.

Muita gente tem dificuldade em entender o funcionamento desse tipo de proposição. Convém, para facilitar
nosso entendimento, que trabalhemos com a seguinte sentença.

Se nasci em Fortaleza, então sou cearense.

Cada um de vocês pode adaptar essa frase acima à sua realidade: troque Fortaleza pelo nome da sua
cidade natal, e troque cearense pelo nome que se dá a quem nasce no seu Estado.

Por exemplo:

 Se nasci em Belém, então sou paraense.


 Se nasci em Niterói, então sou fluminense.

E assim por diante. Pronto?

Agora me responda: qual é a única maneira de essa proposição estar incorreta? Ora, só há um jeito de
essa frase ser falsa: se a primeira parte for verdadeira, e a segunda for falsa.
Ou seja, se é verdade que eu nasci em Fortaleza, então necessariamente é verdade que eu sou cearense.
Se alguém disser que é verdadeiro que eu nasci em Fortaleza, e que é falso que eu sou cearense, então
este conjunto estará todo falso.
Percebam que o fato de eu ter nascido em Fortaleza é condição suficiente (basta isso!) para que se torne
um resultado necessário que eu seja cearense. Mirem nessas palavras: suficiente e necessário.

Uma condição suficiente gera um resultado necessário.

Percebam, pois, que se alguém disser que: “Pedro ser rico é condição suficiente para Maria ser médica”,
então nós podemos reescrever essa sentença, usando o formato da condicional.

Teremos:
“Pedro ser rico é condição suficiente para Maria ser médica” é igual a:
“Se Pedro for rico, então Maria é médica”

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
23
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Por outro lado, se ocorrer de alguém disser que: “Maria ser médica é condição necessária para que Pedro
seja rico”, também poderemos traduzir isso de outra forma:

“Maria ser médica é condição necessária para que Pedro seja rico” é igual a:
“Se Pedro for rico, então Maria é médica”

O conhecimento de como se faz essa tradução das palavras suficiente e necessário para o formato da
proposição condicional já foi bastante exigido em questões de concursos.
Não podemos, pois esquecer disso:

Uma condição suficiente gera um resultado necessário.

Pois bem! Como ficará nossa tabela-verdade, no caso da proposição condicional? Pensaremos aqui pela
via de exceção: só será falsa esta estrutura quando a houver a condição suficiente, mas o resultado necessário
não se confirmar. Ou seja, quando a primeira parte for verdadeira, e a segunda for falsa. Nos demais casos, a
condicional será verdadeira.

A sentença condicional “Se p, então q” será representada por uma seta: p → q.


Na proposição “Se p, então q”, a proposição p é denominada de antecedente, enquanto a proposição q é
dita consequente.

Teremos:

TABELA VERDADE
p q p→q
V V V
V F F
F V V
F F V

Se as proposições p e q forem representadas como conjuntos, por meio de um diagrama, a proposição


condicional "Se p então q" corresponderá à inclusão do conjunto p no conjunto q (p está contido em q):

CONECTIVO “...se e somente se ...” (bicondicional)

A estrutura dita bicondicional apresenta o conectivo “se e somente se”, separando as duas sentenças
simples.
Trata-se de uma proposição de fácil entendimento. Se alguém disser:

“Eduardo fica alegre se e somente se Mariana sorri”.

É o mesmo que fazer a conjunção entre as duas proposições condicionais:

“Eduardo fica alegre somente se Mariana sorri e Mariana sorri somente se Eduardo fica alegre”.

Ou ainda, dito de outra forma:


“Se Eduardo fica alegre, então Mariana sorri e se Mariana sorri, então Eduardo fica alegre”.
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
24
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

São construções de mesmo sentido!

Sabendo que a bicondicional é uma conjunção entre duas condicionais, então a bicondicional será falsa
somente quando os valores lógicos das duas proposições que a compõem forem diferentes. Em suma: haverá
duas situações em que a bicondicional será verdadeira: quando antecedente e consequente forem ambos
verdadeiros, ou quando forem ambos falsos. Nos demais casos, a bicondicional será falsa.

Sabendo que a frase “p se e somente se q” é representada por “p ↔ q”, então nossa tabela-verdade será
a seguinte:
TABELA VERDADE
p q p↔q
V V V
V F F
F V F
F F V

Se as proposições p e q forem representadas como conjuntos, por meio de um diagrama, a proposição


bicondicional "p se e somente se q" corresponderá à igualdade dos conjuntos p e q.

Observação: Uma proposição bicondicional "p se e somente se q" equivale à proposição composta: “se p
então q e se q então p”, ou seja,

“p ↔ q” é a mesma coisa que “(p → q) e (q → p)”

PARTÍCULA “não” (negação)

Veremos algo de suma importância: como negar uma proposição.

No caso de uma proposição simples, não poderia ser mais fácil: basta pôr a palavra não antes da
sentença, e já a tornamos uma negativa. Exemplos:

João é médico. Negativa: João não é médico.


Maria é estudante. Negativa: Maria não é estudante.

Reparemos que, caso a sentença original já seja uma negativa (já traga a palavra não), então para negar
a negativa, teremos que excluir a palavra não. Assim:

João não é médico. Negativa: João é médico.


Maria não é estudante. Negativa: Maria é estudante.

Pronto! Em se tratando de fazer a negação de proposições simples, já estamos craques!

O símbolo que representa a negação é uma pequena cantoneira (¬) ou um sinal de til (~), antecedendo a
frase. (Adotaremos o til). Assim, a tabela-verdade da negação é mais simplificada que as demais já vistas.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
25
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Teremos:

p ~p
V F
F V

Podem-se empregar, também, como equivalentes de "não A", as seguintes expressões:

 Não é verdade que A.


 É falso que A.
Daí as seguintes frases são equivalentes:

 Lógica não é fácil.


 Não é verdade que Lógica é fácil.
 É falso que Lógica é fácil.

NEGATIVA DE UMA PROPOSIÇÃO COMPOSTA

O que veremos aqui seria o suficiente para acertarmos algumas questões de concurso. Já sabemos negar
uma proposição simples. Mas, e se for uma proposição composta, como fica? Aí, dependerá de qual é a estrutura
em que se encontra essa proposição.
Veremos, pois, uma a uma:

 Negação de uma Proposição Conjuntiva: (p e q)

Para negarmos uma proposição no formato de conjunção (p e q), faremos o seguinte:

1) Negaremos a primeira (~p);


2) Negaremos a segunda (~q);
3) Trocaremos e por ou.

E só!
Daí, a questão dirá: “Não é verdade que João é médico e Pedro é dentista”, e pedirá que encontremos,
entre as opções de resposta, aquela frase que seja logicamente equivalente a esta fornecida.
Analisemos: o começo da sentença é “não é verdade que...”. Ora, dizer que “não é verdade que...” é nada
mais nada menos que negar o que vem em seguida.
E o que vem em seguida? Uma estrutura de conjunção!
Daí, como negaremos que “João é médico e Pedro é dentista”? Da forma explicada acima:

1º - Nega-se a primeira parte: (~p): “João não é médico”


2º - Nega-se a segunda parte: (~q): “Pedro não é dentista”
3º - Troca-se e por ou, e o resultado final será o seguinte:

 “João não é médico ou Pedro não é dentista”.


Traduzindo para a linguagem da lógica, diremos que:

~(p  q) = ~p  ~q
TABELA VERDADE
p q pq ~(p  q) ~p ~q ~p  ~q
V V V F F F F
V F F V F V V
F V F V V F V
F F F V V V V

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
26
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

 Negação de uma Proposição Disjuntiva: (p ou q)

 Negação de uma Proposição Disjuntiva: ~(p ou q)

Para negarmos uma proposição no formato de disjunção (p ou q), faremos o seguinte:

1º - Negaremos a primeira (~p);


2º - Negaremos a segunda (~q);
3º - Trocaremos ou por e.

Se uma questão de prova disser: “Marque a assertiva que é logicamente equivalente à seguinte frase: Não
é verdade que Pedro é dentista ou Paulo é engenheiro”.
Pensemos: a frase em tela começa com um “não é verdade que...”, ou seja, o que se segue está sendo
negado! E o que se segue é uma estrutura em forma de disjunção. Daí, obedecendo aos passos descritos acima,
faremos:

1º - Nega-se a primeira parte: (~p): “Pedro não é dentista”


2º - Nega-se a segunda parte: (~q): “Paulo não é engenheiro”
3º - Troca-se ou por e, e o resultado final será o seguinte:

“Pedro não é dentista e Paulo não é engenheiro”.

Na linguagem apropriada, concluiremos que:

~(p  q) = ~p  ~q
TABELA VERDADE
p q pq ~(p  q) ~p ~q ~p  ~q
V V V F F F F
V F V F F V F
F V V F V F F
F F F V V V V

 Negação de uma Proposição Condicional: (p → q)

Esta negativa é a mais cobrada em prova! Já, já, veremos exercícios de concursos bem recentes. Como é
que se nega uma condicional? Da seguinte forma:

1º - Mantém-se a primeira parte; e


2º - Nega-se a segunda.

Por exemplo, como seria a negativa de “Se chover, então levarei o guarda-chuva”?
1º - Mantendo a primeira parte: “Chove” e
2º - Negando a segunda parte: “eu não levo o guarda-chuva”.
Resultado final: “Chove e eu não levo o guarda-chuva”.
Na linguagem lógica, teremos que:

~(p → q) = p  ~q
TABELA VERDADE (1)
p q p→q ~(p → q)
V V V F
V F F V
F V V F
F F V F

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
27
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

TABELA VERDADE (2)


p q ~q p  ~q
V V F F
V F V V
F V F F
F F V F

Observando as últimas colunas das tabelas verdades (1) e (2), percebemos que elas são iguais, ou seja,
ambas apresentam a sequência F V F F, o que significa que ~(p → q) = p  ~q .
Na sequência, apresentaremos duas tabelas que trazem um resumo das relações vistas até este
momento.

Vejamos:

Estrutura
É verdade quando É falso quando
lógica
pq p e q são ambos, verdade um dos dois for falso
pq um dos dois for verdade p e q, ambos, são falsos
p→q nos demais casos p é verdade e q é falso
p↔q p e q tiverem valores lógicos iguais p e q tiverem valores lógicos diferentes
~p p é falso p é verdade

 Negativas das Proposições Compostas:

negação de (p e q) é ~p ou ~q
negação de (p ou q) é ~p e ~q
negação de (p → q) é p e ~q
negação de (p ↔ q) é [(p e ~q) ou (q e ~p)]

TAUTOLOGIAS E CONTRADIÇÕES

 TAUTOLOGIA

Considere a proposição composta:


s: (p  q) → (p  q) onde p e q são proposições simples lógicas quaisquer.

Vamos construir a TABELA VERDADE da proposição s considerando-se o que já foi visto até aqui,
teremos:

p q pq pq (p  q) → (p  q)
V V V V V
V F F V V
F V F V V
F F F F V

Observe que quaisquer que sejam os valores lógicos das proposições simples p e q, a proposição
composta s é sempre logicamente verdadeira. Dizemos então que s é uma TAUTOLOGIA.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
28
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Trazendo isto para a linguagem comum, considere as proposições:

 p: O Sol é um planeta (valor lógico F)


 q: A Terra é um planeta plano (valor lógico F),

Podemos concluir que a proposição composta

s: "Se o Sol é um planeta e a Terra é um planeta plano então o Sol é um planeta ou a Terra é um planeta
plano" é uma proposição logicamente verdadeira.

Observe que quaisquer que sejam os valores lógicos das proposições simples p e q, a proposição
composta s é sempre logicamente verdadeira. Dizemos então que s é uma TAUTOLOGIA.

 CONTRADIÇÃO

Opostamente, se ao construirmos uma tabela verdade para uma proposição composta, verificarmos que
ela é sempre falsa, diremos que ela é uma CONTRADIÇÃO.

Exemplo:
A proposição composta t: p  ~p é uma contradição, senão vejamos:

p ~p P  ~p
V F F
F V F

Portanto, uma contradição nunca poderá ser verdadeira.

 CONTINGÊNCIA

Dizemos que uma proposição composta é uma contingência quando ela pode ter o valor lógico
verdadeiro ou falso.

PROPOSIÇÃO COMPOSTA QUALQUER OU CONTINGÊNCIA

Nesse caso, as proposições não são nem Tautologia nem Contradição.

Exemplo: Construindo a tabela verdade da proposição composta t: (p  q)  r, teremos:

p q r (p  q) (p  q)  r
V V V V V
V V F V V
V F V F V
V F F F F
F V V F V
F V F F F
F F V F V
F F F F F

NOTA:

Se uma proposição composta é formada por n proposições simples, a sua tabela verdade possuirá 2 n linhas.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
29
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

LÓGICA SENTENCIAL (OU PROPOSICIONAL) / PROPOSIÇÕES SIMPLES E


COMPOSTAS / TABELAS-VERDADE / EQUIVALÊNCIAS / LEIS DE MORGAN
/ LÓGICA DE PRIMEIRA ORDEM (RESUMO TEÓRICO)

SÍMBOLOS UTILIZADOS NA LÓGICA (CONECTIVOS E QUALIFICADORES)

 não
 e
 ou
→ se ... então
↔ se e somente se
 tal que
 Implica
 Equivalente
 Existe
 existe um e somente um
 qualquer que seja

 O MODIFICADOR NEGAÇÃO

Dada a proposição p, indicaremos a sua negação por ~p . (Lê-se "não p" ).

Exemplo 1:
 q: “Thiago Pacífico é magro”
 ~q: “Thiago Pacífico não é magro”
 ~q: “Não é verdade que Thiago Pacífico é magro”

Exemplo 2:
 s: “Fernando Castelo Branco é honesto”
 ¬s: “Fernando Castelo Branco não é honesto”
 ¬s: “Não é verdade que Fernando Castelo Branco é honesto”
 ¬s: “Fernando Castelo Branco é desonesto”

OBS.:

Duas negações equivalem a uma afirmação, ou seja, em termos simbólicos: ~(~p) = p.


 p: “Lidiane Coutinho dirige bem”
 ~p: “Lidiane Coutinho não dirige bem”
 ~(~p): “Não é verdade que Lidiane Coutinho não dirige bem”

 ESTRUTURAS E OPERAÇÕES LÓGICAS

As proposições lógicas podem ser combinadas através dos operadores lógicos , , → e ↔, dando origem
ao que conhecemos como proposições compostas. Assim, sendo p e q duas proposições simples, poderemos
então formar as seguintes proposições compostas: p q, p q, p → q, p ↔ q.
Estas proposições compostas recebem designações particulares, conforme veremos a seguir:

 CONJUNÇÃO: p q (lê-se "p e q" )


 DISJUNÇÃO: p  q (lê-se "p ou q")
 CONDICIONAL: p → q (lê-se "se p então q")
 BI-CONDICIONAL: p ↔ q (lê-se "p se e somente se q")

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
30
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

CONJUNÇÃO (E)

A  B (lê-se “Premissa A e premissa B”)


EXEMPLO:

Analise a afirmação: “Este final de semana irei à praia e ao cinema”.

 A:”Irei à praia”
 B:”Irei ao cinema”

TABELA VERDADE
A B AB
V V V
V F F
F V F
F F F

Conclusão:

A conjunção só será verdadeira em apenas um caso, se a premissa A for verdadeira e a premissa B


também for verdadeira, ou seja, caso uma delas seja falsa a conjunção toda torna-se falsa.
Observe que a afirmação é falsa, se pelo menos uma das premissas forem falsas.

DISJUNÇÃO NÃO EXCLUDENTE (OU)

A  B (lê-se “Premissa A ou premissa B”)

EXEMPLO:

Analise a afirmação: “Este final de semana irei à praia ou ao cinema”.

 A:”Irei à praia”
 B:”Irei ao cinema”

TABELA VERDADE
A B AB
V V V
V F V
F V V
F F F

Conclusão:

PREMISSAS NÃO EXCLUDENTES: São aquelas que podem ocorrer simultaneamente. Portanto, nesse caso o
“ou” significa dizer que pelo menos uma das premissas deverá ser verdadeira.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
31
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

DISJUNÇÃO EXCLUDENTE (OU... OU)

A  B (lê-se “Ou premissa A, ou premissa B”)

EXEMPLO:

Analise a afirmação: “Este final de semana Renata ou vai à praia, ou vai ao cinema”.

 A:” Renata vai à praia”


 B:” Renata vai ao cinema”

TABELA VERDADE
A B AB
V V F
V F V
F V V
F F F

Observe que na tabela verdade é falso o caso de A e B serem verdade ao mesmo tempo. Então, a
afirmação só será verdadeira, se exatamente um das duas premissas for verdadeira.
Quando estamos trabalhando com disjunções, devemos analisar inicialmente se as premissas são
excludentes ou não excludentes.

Conclusão:

PREMISSAS EXCLUDENTES: São aquelas que não podem ocorrer simultaneamente. Portanto, nesse caso o
“ou” significa dizer que exatamente uma das premissas deverá ser verdadeira. Caso seja usado “ou...ou”,
devemos entender que se trata de disjunção excludente.

CONDICIONAL (SE... ENTÃO)

A  B (lê-se “Se premissa A, então premissa B”)

EXEMPLO:
Analise a afirmação: “Se nasci em Fortaleza, então sou cearense.”

 A:”Nasci em Fortaleza”
 B:”Sou Cearense”

TABELA VERDADE
A B AB
V V V
V F F
F V V
F F V

Conclusão:

Essa condição deixa clara que se a premissa A for verdadeira, então a premissa B será necessariamente
verdadeira também, mas a recíproca não é válida, ou seja, mesmo que A seja falsa nada impede que B seja
verdadeira.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
32
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Observação:
 A é condição suficiente para que B ocorra
 B é condição necessária para que A ocorra
 ~B é condição suficiente para que ~A ocorra
 ~A é condição necessária para que ~B ocorra

 CONDIÇÃO SUFICIENTE: condição máxima que deve ser atendida (basta que A ocorra para B ocorrer)

 CONDIÇÃO NECESSÁRIA: condição mínima que deve ser atendida (caso B não ocorra, A não ocorre)

RESUMINDO:

Quem está do lado esquerdo do condicional é sempre condição suficiente para quem fica do lado direito.

Quem está do lado direito do condicional é sempre condição necessária para quem fica do lado esquerdo.

BI-CONDICIONAL (SE E SOMENTE SE)

A  B (lê-se “Premissa A, se e somente se a premissa B”)

EXEMPLO:

Analise a afirmação: “Eduardo fica alegre se e somente se Mariana sorri”.

 A: “Eduardo fica alegre”


 B: “Maria sorrir”

Atenção:
É o mesmo que:

“Eduardo fica alegre somente se Mariana sorri e Mariana sorri somente se Eduardo fica alegre”
Ou ainda, dito de outra forma:

“Se Eduardo fica alegre, então Mariana sorri e se Mariana sorri, então Eduardo fica alegre”

TABELA VERDADE
A B AB
V V V
V F F
F V F
F F V

Observe que a afirmação só será verdadeira, se as duas premissas tiverem o mesmo valor lógico.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
33
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Conclusão:

Nessas condições, fica claro que a premissa A só será verdadeira no caso da premissa B também ser.
Fica ainda implícito que a recíproca é válida, ou seja, a premissa B também só será verdadeira no caso da
premissa A também ser.

Observação:

 A é condição necessária e suficiente para que B ocorra


 B é condição necessária e suficiente para que A ocorra

TABELA VERDADE

Sejam p e q duas proposições simples, cujos valores lógicos representaremos por (0) ou (F) quando falsa
e (1) ou (V) quando verdadeira. Podemos construir a seguinte tabela simplificada:

TABELA VERDADE
p q pq pq pq p→q p↔q
V V V V F V V
V F F V V F F
F V F V V V F
F F F F F V V

Da tabela acima, infere-se (deduz-se) que:


 a conjunção é verdadeira somente quando ambas as proposições são verdadeiras.
 a disjunção é falsa somente quando ambas as proposições são falsas.
 a condicional é falsa somente quando a primeira proposição é verdadeira e a segunda falsa.
 a bi-condicional é verdadeira somente quando as proposições possuem valores lógicos iguais.

 TABELAS-VERDADE:

Trataremos agora um pouco mais a respeito de uma TABELA-VERDADE.

Aprendemos que se trata de uma tabela mediante qual são analisados os valores lógicos de proposições
compostas.

Na aula passada, vimos que uma Tabela-Verdade que contém duas proposições apresentará exatamente
um número de quatro linhas! Mas e se estivermos analisando uma proposição composta com três ou mais
proposições componentes? Como ficaria a tabela-verdade neste caso?

Generalizando para qualquer caso, teremos que o número de linhas de uma tabela-verdade será dado
por:

Nº de Linhas da Tabela - Verdade = 2Nº de proposições


Ou seja: se estivermos trabalhando com duas proposições p e q, então a tabela-verdade terá 4 linhas, já
que 22 = 4.
E se estivermos trabalhando com uma proposição composta que tenha três componentes p, q e r?
Quantas linhas terá essa tabela-verdade? Terá 8 linhas, uma vez que 23 = 8.

E assim por diante.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
34
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

 TAUTOLOGIA:

Uma proposição composta formada por duas ou mais proposições p, q, r, ... será dita uma Tautologia se
ela for sempre verdadeira, independentemente dos valores lógicos das proposições p, q, r, ... que a compõem.

 CONTRADIÇÃO:

Uma proposição composta formada por duas ou mais proposições p, q, r, ... será dita uma contradição se
ela for sempre falsa, independentemente dos valores lógicos das proposições p, q, r, ... que a compõem.

 CONTINGÊNCIA:

Uma proposição composta será dita uma contingência sempre que não for uma tautologia nem uma
contradição.

SUPER-RESUMO SOBRE O “SE... ENTÃO...” - NEGAÇÃO E EQUIVALÊNCIAS -

PROVANDO AS EQUIVALÊNCIAS E A NEGAÇÃO – MAIS UM POUCO DE TABELA VERDADE

A B ¬A ¬B AB ¬B  ¬A ¬A  B A  ¬B
V V F F V V V F
V F F V F F F V
F V V F V V V F
F F V V V V V F

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
35
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

QUESTÕES RESOLVIDAS

(CESPE) Considere que as letras P, Q, R e T representem proposições e que os símbolos ¬, ,  e → sejam


operadores lógicos que constroem novas proposições e significam não, e, ou e então, respectivamente.
Na lógica proposicional, cada proposição assume um único valor (valor-verdade), que pode ser verdadeiro
(V) ou falso (F), mas nunca ambos.
Com base nas informações apresentadas no texto acima, julgue os itens a seguir.

01. Se as proposições P e Q são ambas verdadeiras, então a proposição (¬P)  (¬Q) também é verdadeira.

Solução:

P Q ¬P ¬Q (¬P)  (¬Q)
V V F F F

Resposta: ERRADO

02. Se a proposição T é verdadeira e a proposição R é falsa, então a proposição R → (¬T) é falsa.

Solução:

T R ¬T R → (¬T)
V F F V

Resposta: ERRADO

03. Se as proposições P e Q são verdadeiras e a proposição R é falsa, então a proposição (P  R) → (¬ Q)


é verdadeira.

Solução:

P Q R ¬Q PR (P  R) → (¬Q)
V V F F F V

Resposta: CERTO

04. O número de valorações possíveis para (Q  ¬R) → P é inferior a 9.

Solução:

n = 3 (Q, ¬R, P) , então 2n = 23 = 8 < 9

Resposta: CERTO

(CESPE) Considere a assertiva seguinte, adaptada da revista comemorativa dos 50 anos da PETROBRAS:
Se o governo brasileiro tivesse instituído, em 1962, o monopólio da exploração de petróleo e derivados no
território nacional, a PETROBRAS teria atingido, nesse mesmo ano, a produção de 100 mil barris/dia.
Julgue se cada um dos itens a seguir apresenta uma proposição logicamente equivalente à assertiva
acima.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
36
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

05. Se a PETROBRAS não atingiu a produção de 100 mil barris/dia em 1962, o monopólio da exploração
de petróleo e derivados não foi instituído pelo governo brasileiro nesse mesmo ano.

Solução:

 Instituído → 100 mil barris/dia


 ~ Instituído  100 mil barris/dia
~100 mil barris/dia

Se não atingiu a produção de 100 mil barris/dia então não foi instituído.

Resposta: CERTO

06. Se o governo brasileiro não instituiu, em 1962, o monopólio da exploração de petróleo e derivados,
então a PETROBRAS não atingiu, nesse mesmo ano, a produção de 100 mil barris/dia.

Solução:

 Instituído → 100 mil barris/dia

 ~ Instituído  100 mil barris/dia


~100 mil barris/dia

Se não instituiu então pode ou não ter atingido a produção de 100 mil barris/dia.

Resposta: ERRADO

07. Se João é rico, , Maria é bonita. Se Maria é bonita, José é carpinteiro. Ora, José não é carpinteiro.
Logo:
a) Maria é bonita
b) João é rico
c) José é rico
d) João não é rico
e) Maria é rica

Solução:

Representação por siglas das proposições:

 JR: “João é rico”


 MB : “Maria é bonita”
 JSC: “José é carpinteiro”

Então:
 João não é rico
 Maria não é bonita
 José não é carpinteiro

Resposta: D

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
37
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

08. Se Ana não é advogada, então Sandra é secretaria. Se Ana é advogada, então Paula não é professora.
Ora, Paula é professora, portanto:
a) Ana é advogada
b) Sandra é secretária
c) Ana é advogada ou Paula não é professora
d) Ana é advogada e Paula é professora
e) Ana não é advogada e Sandra não é secretária.

Solução:

Representação por siglas das proposições:


 AA: “Ana é advogada”
 SS: “Sandra é secretaria”
 PP: “Paula é professora”

Então:
 Ana não é advogada
 Sandra é secretaria
 Paula é professora

Resposta: B

09. Receber dinheiro é condição suficiente para eu viajar. Viajar é condição suficiente para eu ficar feliz.
Fazer uma boa ação é condição necessária para eu ficar feliz. Sabendo que eu recebi dinheiro, então:
a) Estou feliz e fiz uma boa ação.
b) Estou feliz, mas não fiz uma boa ação.
c) Não estou feliz, mas fiz uma boa ação.
d) Não estou feliz e não fiz uma boa ação.

Solução:
Representação por siglas das proposições:
 RD: “Receber dinheiro”
 EV: “Eu viajar”
 BA: “Fazer boa ação”
 FF: “Eu ficar feliz”

Então:
 Recebi dinheiro
 Eu viajei
 Fiz boa ação
 Eu estou feliz

Resposta: A

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
38
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

10. (CESPE/UNB) Sendo p e q proposições quaisquer, r uma proposição verdadeira, s uma proposição
falsa, a proposição (p  r) → (q  s) será:
a) verdadeira, somente se p for verdadeira
b) verdadeira, somente se q for verdadeira
c) verdadeira, para qualquer valores lógicos de p e q
d) falsa, se p for verdadeira e q falsa
e) falsa, se p e q forem ambas falsas

Solução:

p q r s pr qs (p  r) → (q  s)
V V V F V V V
V F V F V F F
F V V F F V V
F F V F F F V
Resposta: D

11. (FCC) Do ponto de vista lógico, se for verdadeira a proposição condicional “se eu ganhar na loteria,
então comprarei uma casa”, necessariamente será verdadeira a proposição:
a) se eu não ganhar na loteria, então não comprarei uma casa.
b) se eu não comprar uma casa, então não ganhei na loteria.
c) se eu comprar uma casa, então terei ganho na loteria;
d) só comprarei uma casa se ganhar na loteria.
e) só ganharei na loteria quando decidir comprar uma casa.

Solução:

 Ganhar na loteria → casa


 Não ganhar na loteria  casa
não casa
Resposta: B

12. (ESAF) Na tabela-verdade abaixo, p e q são proposições.

P Q ?
V V F
V F V
F V F
F F F
A proposição composta que substitui corretamente o ponto de interrogação é
a) P  Q
b) P → Q
c) (P → Q)
d) P ↔ Q
e) (P  Q)
Solução:

P Q PQ P→Q ~(P → Q) P↔Q ~(P  Q)


V V V V F V F
V F F F V F V
F V F V F F V
F F F V F V V

Resposta: C

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
39
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

13. Dizer que: "André é artista ou Bernardo não é engenheiro" é logicamente equivalente a dizer que:
a) André é artista se e somente se Bernardo não é engenheiro.
b) Se André é artista, então Bernardo não é engenheiro.
c) Se André não é artista, então Bernardo é engenheiro.
d) Se Bernardo é engenheiro, então André é artista.
e) André não é artista e Bernardo é engenheiro.
Solução:

Para resolver essa questão lembre-se que a negação do condicional A → B é


~(A → B) = A  ~B

Logo
~(~(A → B)) = ~(A  ~B)

Ou ainda,
A → B = ~A v B

Nesse caso, as proposições abaixo são equivalentes


~BB  AA = BB → AA

VERIFICAÇÃO ATRAVÉS DA TABELA VERDADE

Dado
AA  ~BB: "André é artista ou Bernardo não é engenheiro"

TABELA VERDADE
AA ~BB AA  ~BB
V V V
V F V
F V V
F F F

Observe, que apenas a premissa composta

B → AA: "Se Bernardo é engenheiro, então André é artista"

tem os mesmos valores lógicos de AA v ~BB. Onde ~BB é a negação de BB, logo eles terão valores lógicos
contrários.

TABELA VERDADE
AA BB BB → AA
V F V
V V V
F F V
F V F

Resposta: D

14. Aponte o item abaixo que mostra a negação de “Rosélia viajará para Londres ou comprará uma casa”.
a) Não é verdade que Rosélia viajará para Londres e comprará uma casa
b) Rosélia não viajará para Londres ou não comprará uma casa
c) Rosélia não viajará para Londres e não comprará uma casa
d) Rosélia viajará para Londres e comprará uma casa
e) Rosélia não viajará para Londres e comprará uma casa

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
40
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Solução:

Sabemos que a negação de A  B é

~(A  B) = ~A  ~B

Portanto, as possíveis negações para “Rosélia viajará para Londres ou comprará uma casa”, são

~(A  B): “Não é verdade que Rosélia viajará para Londres ou comprará uma casa”
Ou então
~A  ~B: “Rosélia não viajará para Londres e não comprará uma casa”

Resposta: C

15. Sabendo que “Chover em Guaramiranga é condição suficiente para fazer frio”, podemos logicamente
concluir que a única afirmação falsa é:
a) Se chover em Guaramiranga então fará frio.
b) Se não fizer frio em Guaramiranga é porquê não choveu.
c) choveu em Guaramiranga e não fez frio.
d) Sempre que chove em Guaramiranga, faz frio.
e) Faz frio em Guaramiranga é condição necessária para chover.
Solução:

A proposição composta dada, é equivalente a


A → B : “Se chover em Guaramiranga então faz frio”

Portanto, sua negação será


~(A → B) = A  ~B

Ou ainda
~(A → B): “Não é verdade que se chover em Guaramiranga então faz frio”

Que por sua vez equivale a


A  ~B: “Choveu em Guaramiranga e não fez frio”

Resposta: C

QUESTÕES DE CONCURSOS

Em uma via, cada um dos 4 semáforos A, B, C e D possuem 3 lâmpadas: uma na cor verde, uma na cor
amarela e uma na cor vermelha, que, quando acesas, correspondem aos comandos de tráfego siga em
frente, atenção e pare, respectivamente. Um semáforo em funcionamento pode exibir, em cada momento,
apenas uma das lâmpadas acesas. Nessas condições, julgue o item a seguir.

01. (CESPE) A negação da proposição “Todos os semáforos estão ligados ou o semáforo B está no vermelho” é
“Nenhum semáforo está ligado e o semáforo B não está no vermelho”.

02. (CESPE) A negação da proposição “A ginástica te transforma e o futebol te dá alegria” está assim
corretamente enunciada: “A ginástica não te transforma nem o futebol te dá alegria”.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
41
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

03. (CESPE) Considere a seguinte sentença aberta: “x é um número real e x 2 > 5”. Nesse caso, se x = 2, então a
proposição será F, mas, se x = –3, então a proposição será V.

Uma proposição é uma declaração que pode ser julgada como verdadeira — V —, ou falsa — F —, mas não
como V e F simultaneamente. As proposições são, frequentemente, simbolizadas por letras maiúsculas: A,
B, C, D etc.
As proposições compostas são expressões construídas a partir de outras proposições, usando-se
símbolos lógicos, como nos casos a seguir.

 A  B, lida como “se A, então B”, tem valor lógico F quando A for V e B for F; nos demais casos,
será V;
 A  B, lida como “A ou B”, tem valor lógico F quando A e B forem F; nos demais casos, será V;
 A  B, lida como “A e B”, tem valor lógico V quando A e B forem V; nos demais casos, será F;
 ¬A é a negação de A: tem valor lógico F quando A for V, e V, quando A for F.

Uma sequência de proposições A1, A2, ..., Ak é uma dedução correta se a última proposição, Ak,
denominada conclusão, é uma consequência das anteriores, consideradas V e denominadas premissas.
Duas proposições são equivalentes quando têm os mesmos valores lógicos para todos os possíveis
valores lógicos das proposições que as compõem.
A regra da contradição estabelece que, se, ao supor verdadeira uma proposição P, for obtido que a
proposição P  (¬P) é verdadeira, então P não pode ser verdadeira; P tem de ser falsa.

A partir dessas informações, julgue os itens os itens subsequentes.

04. (CESPE) As proposições [A  (¬B)]  (¬A) e [(¬A)  B]  (¬A) são equivalentes.

05. (CESPE) As proposições “Se o delegado não prender o chefe da quadrilha, então a operação agarra não
será bem-sucedida” e “Se o delegado prender o chefe da quadrilha, então a operação agarra será bem-
sucedida” são equivalentes.

06. (CESPE) Independentemente dos valores lógicos atribuídos às proposições A e B, a proposição


[(A  B)  (¬B)]  (¬A) tem somente o valor lógico F.

07. (CESPE) São dadas as seguintes proposições:

− p: Computadores são capazes de processar quaisquer tipos de dados.


− q: É possível provar que  + 1 = .

Se p implica em q, então o fato de não ser possível provar que  + 1 =  é condição suficiente para que os
computadores não sejam capazes de processar quaisquer tipos de dados.

08. (CESPE) A negação da sentença “A Terra é chata e a Lua é um planeta.” é equivalente a proposição “Se a
Terra é chata, então a Lua não é um planeta”.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
42
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Um jovem, ao ser flagrado no aeroporto portando certa quantidade de entorpecentes, argumentou com os
policiais conforme o esquema a seguir:

Premissa 1: Eu não sou traficante, eu sou usuário;


Premissa 2: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido;
Premissa 3: Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga.

Conclusão: Se eu estivesse levando uma grande quantidade, não seria usuário.

Considerando a situação hipotética apresentada acima, julgue os itens a seguir.

09. (PF – CESPE) Se P e Q representam, respectivamente, as proposições “Eu não sou traficante” e “Eu sou
usuário”, então a premissa 1 estará corretamente representada por P  Q.

10. (PF – CESPE) A proposição correspondente à negação da premissa 2 é logicamente equivalente a “Como eu
não sou traficante, não estou levando uma grande quantidade de droga ou não a escondi”.

11. (PF – CESPE) Se a proposição “Eu não sou traficante” for verdadeira, então a premissa 2 será uma
proposição verdadeira, independente dos valores lógicos das demais proposições que a compõem.

Ser síndico não é fácil. Além das cobranças de uns e da inadimplência de outros, ele está sujeito a passar
por desonesto.
A esse respeito, um ex-síndico formulou as seguintes proposições:

— Se o síndico troca de carro ou reforma seu apartamento, dizem que ele usou dinheiro do condomínio
em benefício próprio. (P1)
— Se dizem que o síndico usou dinheiro do condomínio em benefício próprio, ele fica com fama de
desonesto. (P2)
— Logo, se você quiser manter sua fama de honesto, não queira ser síndico. (P 3)

Com referência às proposições P1, P2 e P3 acima, julgue os itens a seguir.

12. (CESPE) A negação da proposição “O síndico troca de carro ou reforma seu apartamento” pode ser
corretamente expressa por “O síndico não troca de carro nem reforma seu apartamento”.

13. (CESPE) Se a proposição “Dizem que o síndico usou dinheiro do condomínio em benefício próprio” for falsa,
então, independentemente do valor lógico da proposição “O síndico fica com fama de desonesto”, a premissa
P2 será verdadeira.

14. (CESPE) A proposição P3 é equivalente a “Se você quiser ser síndico, não queira manter sua fama de
honesto”.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
43
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Ao comentar a respeito da qualidade dos serviços prestados por uma empresa, um cliente fez as
seguintes afirmações:

P1: Se for bom e rápido, não será barato.


P2: Se for bom e barato, não será rápido.
P3: Se for rápido e barato, não será bom.

Com base nessas informações, julgue os itens seguintes.

15. (CESPE) A proposição P1 é logicamente equivalente a “Se o serviço for barato, não será bom nem será
rápido”.

16. (CESPE) A proposição P2 é logicamente equivalente a “Ou o serviço é bom e barato, ou é rápido”.

17. (CESPE) Se P3 for falsa, então o serviço prestado é bom, é rápido e é barato.

Sobre seu conhecimento em relação a tabela verdade, julgue os itens a seguir.

18. (CESPE) Todas as interpretações possíveis para a proposição P v (P  Q) são V.

19. (CESPE) Não é possível interpretar como V a proposição (P  Q)  (P  Q).

20. (CESPE) Toda proposição da forma (P  Q) v (Q  P) é uma tautologia, isto é, tem somente a valoração
V.

21. Considere que as proposições listadas abaixo sejam todas V.


I. “Se Clara não é policial, então João não é analista de sistemas”.
II. “Se Lucas não é policial, então Elias é contador”.
III. “Clara é policial”.

Supondo que cada profissão esteja associada a uma única pessoa citada, então está correto concluir que a
proposição “João é contador” é verdadeira

Considere que as letras P Q e S representam proposições e que os símbolos ¬,  e  são operadores


lógicos que constroem novas proposições e significam “não”, “e” e “ou” respectivamente. Na lógica
proposicional, cada proposição assume um único valor (valor-verdade) que pode ser verdadeiro (V) ou
falso (F), mas nunca ambos. Considerando que P, Q, R e S são proposições verdadeiras, julgue os itens
seguintes.

22. (CESPE) ¬[(¬P  Q)  (¬R  S)] é verdadeira

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
44
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

23. (CESPE) [P  (Q  S)]  [(¬R  Q)  (P  S)] é verdadeira

24. A tabela-verdade da proposição composta (P  (¬Q))  (Q  (¬R)) tem 16 linhas.

Na lógica sentencial, denomina-se proposição uma frase que pode ser julgada como verdadeira (V) ou
falsa (F), mas não, como ambas. Assim, frases como “Como está o tempo hoje?” e “Esta frase é falsa” não
são proposições porque a primeira é pergunta e a segunda não pode ser nem V nem F. As proposições
são representadas simbolicamente por letras maiúsculas do alfabeto — A, B, C etc. Uma proposição da
forma “A ou B” é F se A e B forem F, caso contrário é V; e uma proposição da forma “Se A então B” é F se
A for V e B for F, caso contrário é V. Um raciocínio lógico considerado correto é formado por uma
sequência de proposições tais que a última proposição é verdadeira sempre que as proposições
anteriores na sequência forem verdadeiras. Considerando as informações contidas no texto acima, julgue
os itens subsequentes.

25. (CESPE) É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de proposições seguintes:

 Se Antônio for bonito ou Maria for alta, então José será aprovado no concurso.
 Maria é alta.

Portanto, José será aprovado no concurso.

26. (CESPE) É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de proposições seguintes:

 Se Célia tiver um bom currículo, então ela conseguirá um emprego.


 Ela conseguiu um emprego.

Portanto, Célia tem um bom currículo.

A lógica sentencial, ou proposicional, trata do raciocínio expresso por sentenças, ou proposições, que
podem ser julgadas como verdadeiras (V) ou falsa (F), mas que não admitem os julgamentos V e F
simultaneamente. A lógica de primeira ordem também trata do raciocínio expresso por sentenças, ou
proposições, que são julgadas como V ou F dependendo do conjunto, ou domínio, ao qual pertencem os
objetos referenciados nas sentenças e das propriedades, ou predicados, associadas a esses objetos. Na
lógica de primeira ordem, os objetos de um domínio são quantificados por todos, alguns, nenhum etc. As
deduções da lógica proposicional ou da lógica de primeira ordem têm uma estrutura cuja análise permite
decidir se o raciocínio expresso está correto ou não, isto é, se a conclusão é uma consequência
verdadeira das proposições que são colocadas como premissas, sempre consideradas verdadeiras.

27. (CESPE) Se A e B são proposições simples, completando a tabela-verdade, se necessário, conclui-se que a
proposição ¬(A  B)  (¬A  ¬B) é uma tautologia.

28. (CESPE) Se A e B são proposições simples, então completando a tabela-verdade, conclui-se que a
proposição composta a seguir é uma contingência A  (B  A).

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
45
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

29. (CESPE) Ao investigar um assalto, a polícia levantou três proposições acerca das características dos
possíveis responsáveis pelo delito: os envolvidos conheciam a vítima (p), os envolvidos já tinham passagem
pela polícia (q) e os envolvidos tinham conhecimento de que a vítima transportava valores no dia do crime (r).
A partir dessas proposições e avançando nas investigações, a polícia chegou a quatro suspeitos e aos
seguintes argumentos (o símbolo lógico ¬ indica negação):

I. se p ou ¬ q ou r, então o suspeito 1 participou do crime;


II. se p ou ¬ r, então o suspeito 2 participou do crime;
III. se q ou r, então o suspeito 3 não participou do crime;
IV. o suspeito 4 participou do crime se, e somente se, p e ¬ q.

Ao final da investigação, a polícia verificou a veracidade ou não das hipóteses p, q e r e, seguindo os


argumentos I, II, III e IV, todos válidos, conseguiu identificar o(s) suspeito(s) participante(s) do crime. Se o
suspeito 1 não participou do crime, então
a) apenas o suspeito 2 participou do crime.
b) apenas o suspeito 3 participou do crime.
c) os suspeitos 2 e 3 participaram do crime.
d) os suspeitos 2 e 4 participaram do crime.
e) os suspeitos 2, 3 e 4 participaram do crime.

30. (CESPE) Considere que as seguintes afirmações sejam verdadeiras:

 Se é noite e não chove, então Paulo vai ao cinema.


 Se não faz frio ou Paulo vai ao cinema, então Márcia vai ao cinema.

Considerando que, em determinada noite, Márcia não foi ao cinema, é correto afirmar que, nessa noite,
a) não fez frio, Paulo não foi ao cinema e choveu.
b) fez frio, Paulo foi ao cinema e choveu.
c) fez frio, Paulo não foi ao cinema e choveu.
d) fez frio, Paulo não foi ao cinema e não choveu.
e) não fez frio, Paulo foi ao cinema e não choveu.

31. (CESPE) Considere que o seguinte enunciado é verdadeiro: “Se uma mulher está grávida, então a substância
gonadotrofina coriônica está presente na sua urina”. Duas amigas, Fátima e Mariana, fizeram exames e
constatou-se que a substância gonadotrofina coriônica está presente na urina de Fátima e não está presente
na urina de Mariana.
Utilizando a proposição enunciada, os resultados dos exames e o raciocínio lógico dedutivo garante-se que:
Mariana não está grávida e não se pode garantir que Fátima está grávida.

32. (CESPE) Sendo p e q proposições quaisquer, r uma proposição verdadeira, s uma proposição falsa, a
proposição (p  r) → (q  s) será falsa apenas, se p for verdadeira e q falsa.

33. (CESPE) A negação da sentença “A inflação não é controlada e não há projetos de desenvolvimento.” É
equivalente a proposição “Se a inflação não é controlada, então há projetos de desenvolvimento”.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
46
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Para cumprir as determinações do parágrafo único do artigo 3.º do Decreto n.º 4.553/2002 — que
estabelece que toda autoridade responsável pelo trato de dados ou informações sigilosos, no âmbito da
administração pública federal, deve providenciar para que o pessoal sob suas ordens conheça
integralmente as medidas de segurança estabelecidas, zelando pelo seu fiel cumprimento —, o chefe de
uma repartição que trabalha com material sigiloso fixou no mural de avisos a seguinte determinação: “no
fim do expediente, cada servidor deve triturar todos os papéis usados como rascunho ou que não tenham
mais serventia para o desenvolvimento dos trabalhos que esteja realizando ou que tenha realizado”.

Considerando as regras da lógica sentencial, julgue os itens a seguir, a partir da proposição contida na
determinação do chefe citado na situação apresentada acima.

34. (CESPE) A negação da proposição “estes papéis são rascunhos ou não têm mais serventia para o
desenvolvimento dos trabalhos” é equivalente a “estes papéis não são rascunhos e têm serventia para o
desenvolvimento dos trabalhos”.

35. (CESPE) A proposição “um papel é rascunho ou não tem mais serventia para o desenvolvimento dos
trabalhos” é equivalente a “se um papel tem serventia para o desenvolvimento dos trabalhos, então é um
rascunho”.

Estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) revela que, no Brasil, a
desigualdade social está entre as maiores causas da violência entre jovens.
Um dos fatores que evidenciam a desigualdade social e expõem a população jovem à violência é a
condição de extrema pobreza, que atinge 12,2% dos 34 milhões de jovens brasileiros, membros de
famílias com renda per capila de até um quarto do saIário mínimo, afirma a pesquisa.
Como a violência afeta mais os pobres, é usual fazer um raciocínio simplista de que a pobreza é a
principal causadora da violência entre os jovens, mas isso não é verdade. O fato de ser pobre não
significa que a pessoa será violenta. Existem inúmeros exemplos de atos violentos praticados por jovens
de classe média.
Internet < "http/amaivos,uol.combr> (com adaptações)

Tendo como referência o texto acima, julgue os itens seguintes.

36. (CESPE) Das proposições "Se há corrupção, aumenta-se a concentração de renda:', "Se aumenta a
concentração de renda, acentuam-se as desigualdades sociais" e "Se se acentuam as desigualdades, os
níveis de violência crescem" é correto inferir que "Se há corrupção, os níveis de violência crescem".

37. (CESPE) A negação da proposição "Se houver corrupção, os níveis de violência crescerão" é equivalente a
"Se não houver corrupção. os níveis de violência não crescerão".

38. (CESPE) Se a proposição "João é pobre" for falsa e se a proposição "João pratica atos violentos" for
verdadeira, então a proposição "João não é pobre, mas pratica atos violentos" será falsa.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
47
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Considerando a proposição P: “Se João se esforçar o bastante, então João conseguirá o que desejar”,
julgue os itens a seguir.

39. (CESPE/2015) A proposição “João não se esforça o bastante ou João conseguirá o que desejar” é
logicamente equivalente à proposição P.

40. (CESPE/2015) A proposição “Se João não conseguiu o que desejava, então João não se esforçou o
bastante” é logicamente equivalente à proposição P.

41. (CESPE/2015) Se a proposição “João desejava ir à Lua, mas não conseguiu” for verdadeira, então a
proposição P será necessariamente falsa.

42. (CESPE/2015) A negação da proposição P pode ser corretamente expressa por “João não se esforçou o
bastante, mas, mesmo assim, conseguiu o que desejava”.

Ao comentar a respeito da instabilidade cambial de determinado país, um jornalista fez a seguinte


colocação: “Ou cai o ministro da Fazenda, ou cai o dólar”. Acerca desse comentário, que constitui uma
disjunção exclusiva, julgue os itens seguintes.

43. (CESPE) Caso o ministro da Fazenda permaneça no cargo e a cotação do dólar mantenha sua trajetória de
alta, a proposição do jornalista será verdadeira.

44. (CESPE) A negação da colocação do jornalista é equivalente a “Cai o ministro da Fazenda se, e somente se,
cai o dólar”.

45. (CESPE) A proposição do jornalista é equivalente a “Se não cai o ministro da Fazenda, então cai o dólar”.

Considere que P, Q e R sejam proposições simples, julgue o item abaixo.

46. (PF – CESPE/2014) A partir do preenchimento da tabela-verdade abaixo, é correto concluir que a proposição
P  Q  R  P  Q é uma tautologia.

P Q R PQR PQ PQRPQ

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
48
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Julgue os itens a seguir, relativos a raciocínio lógico.

47. (INSS – CESPE/2016) A sentença “Bruna, acesse a internet e verifique a data da aposentadoria do Sr.
Carlos!” é uma proposição composta que pode ser escrita na forma p  q.

48. (INSS – CESPE/2016) Para quaisquer proposições p e q, com valores lógicos quaisquer, a condicional
p  (q  p) será, sempre, uma tautologia.

49. (INSS – CESPE/2016) Caso a proposição simples “Aposentados são idosos” tenha valor lógico falso, então o
valor lógico da proposição “Aposentados são idosos, logo eles devem repousar” será falso.

50. (INSS – CESPE/2016) Dadas as proposições simples p: “Sou aposentado” e q: ”Nunca faltei ao trabalho”, a
proposição composta “Se sou aposentado e nunca faltei ao trabalho, então não sou aposentado” deverá ser
escrita na forma (p  q)  ~p, usando-se os conectivos lógicos.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
E E C C E E C C C E
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C C C C E E C C C E
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
E E C E C E C E A C
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C C C C C C E E C C
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
E E E C E C E C E C

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
49
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

OPERAÇÕES COM CONJUNTOS

CONJUNTOS NUMÉRICOS
 Conjunto dos Números Naturais

N = {0, 1, 2, 3, 4, ...}

 Conjunto dos Números Naturais Não-Nulos

N* = N – {0} = {1, 2, 3, 4, ...}

 Conjunto dos Números Inteiros


Z = {..., -3, -2, -1, 0, 1, 2, 3, ...}

 Conjunto dos Números Inteiros Não-Nulos


Z* = Z – {0} = {..., –3, –2, –1, 1, 2, 3, ...}

 Conjunto dos Números Inteiros Não-Negativos


Z+ = {0, 1, 2, 3, ...}

 Conjunto dos Números Inteiros Não-Positivos


Z_ = {..., –3, –2, –1, 0}

 Conjunto dos Números Inteiros Positivos


Z+* = Z+ – {0} = {1, 2, 3, ...}

 Conjunto dos Números Inteiros Negativos


Z_* = Z_ – {0} = {..., –3, –2, –1}

 Conjunto dos Números Racionais


 p 
Q  x/x  ; p, q  Z com q  0
 q 

 Propriedades

 Todo número que pode ser escrito na forma de fração é um número racional.
 Todo número inteiro é um número racional.
 Todo número decimal exato é um número racional.
 Toda dízima periódica, seja ela simples ou composta, é um número racional.

 Conjunto dos Números Irracionais

 p 
Q  Ι  x/x  ; p, q  Z com q  0
 q 

 2  1,4142 ...  e = 2,71828...   = 3,14159...


CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
50
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

 Conjunto dos Números Reais

R  Q Q

 Conjunto dos Números Complexos

C = {z/z = a + bi com a, b  R e i2 = -1}

RESUMO DOS CONJUNTOS NUMÉRICOS (DIAGRAMA DE VENN)

 Naturais e Inteiros

Todos os naturais e inteiros podem ser escritos como fração. Afinal, eles representam divisões exatas.
Exemplos:
2 10 6 30 0 0 9 18
2  6   0  81  9  
1 5 1 5 1 8 1 2

 Decimais
Esse número pode ser escrito na forma fracionária colocando-se o número sem vírgula sobre 1 seguido de
tantos zeros quanto forem as casas decimais, ou seja, após a virgula.
Exemplos:

4 12 8125 225 15
0,4  0,12  8,125  2,25  
10 100 1000 100 10

 Dizima Periódica Simples


Nem toda dízima pode ser escrita em forma de fração, só as periódicas. No caso das simples, elas possuem
apenas uma parte periódica, ou seja, que se repete. Para transformar em fração, basta escrever o número que se
repete, sobre tantos noves quantos forem os algarismos que se repetem.
Exemplos:
4 125
0, 4  0,444...  0,125  0,125125125.... 
9 999
12 5526
0,12  0,121212...  0, 5526  0,552655265526.... 
99 9999

 Dizima Periódica Compostas


No caso das compostas, elas possuem um parte não periódica (que não se repete) e outra parte periódica
(que se repete). Para transformar em uma fração equivalente você pode escrever a parte não periódica seguida
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
51
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

da parte periódica, menos a parte não periódica, tudo sobre tantos noves quantos forem os algarismos que se
repetem seguidos de tantos zeros quantos forem os algarismos que estão após a vírgula.

Exemplos:
245  24 221 5384  53 5331
2,45  2,4555...   5,384  5,3848484...  
90 90 990 990
5384  538 4846 2205  220 1985
5,384  5,38444...   2,205  2,20555...  
900 900 900 900
812  8 804 5384  5 5379
0,812  0,8121212...   5, 384  5,384384384...  
990 990 999 999

REPRESENTAÇÃO NA RETA

 [a, b] = x  R / a  x  b

 ]a, b[ = x  R / a  x  b

 [a, b[ = x  R / a  x  b

 ]a, b] = x  R / a  x  b

 [a, + [ = x  R / x  a

 ] –, a] = x  R / x  a

 ] –, + [ = R

Observação

 Um número p é chamado de primo quando ele admite apenas dois divisores naturais (1 e p).

 Quando um número não é primo dizemos que ele é composto.

 Existem infinitos números primos.

Importante

Dois números naturais a e b são ditos primos entre si ou relativamente primos, se e somente se, o MDC
(a, b) = 1.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
52
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

OPERAÇÕES E PROBLEMAS
Um conjunto é formado por elementos. Dados um conjunto A e um elemento qualquer a (que pode até
mesmo ser um outro conjunto) a única pergunta cabível em relação à eles é: a é ou não um elemento do conjunto
A ? No caso afirmativo, diz-se a pertence ao conjunto A e escreve-se a  A. Caso contrário, põe-se a  A e diz-se
que a não pertence ao conjunto A. Observem que os símbolos  e  são usados apenas de elemento para
conjunto.

1. Exemplos de Conjuntos

a) A = { } =  conjunto vazio


b) B = {}  conjunto unitário
c) C = {a, b, 2, , ,,}  conjunto finito
d) D = {1, 3, 5, 7, 9, ...}  conjunto infinito

2. Conjuntos Iguais

Dois conjuntos A e B são iguais quando todo elemento de A pertence a B, reciprocamente, todo elemento
de B pertence a A. Em símbolos:

A = B  (x)(x A  x B)


2.1. Exemplos de Conjuntos Iguais

a) {a, b, c, d} = {d, c, b, a} = {a, d, b, c}


b) {2, 4, 6, 8, ...} = {x  Z+* / x é par}

NOMENCLATURA (Apresentação simbólica)

 - conjunto dos números reais


* - conjunto dos números reais não nulos
+ - conjunto dos números reais não negativos
*+ - conjunto dos números reais positivos
Q - conjunto dos números racionais
Q* - conjunto dos números racionais não nulos
Z - conjunto dos números inteiros
Z+ - conjunto dos números inteiros não negativos
*
Z - conjunto dos números inteiros não nulos
N - conjunto dos números naturais
N* - conjunto dos números naturais não nulos
 - conjunto vazio
 - símbolo de união entre dois conjuntos
 - símbolo de intersecção entre dois conjuntos
 - símbolo de pertinência entre elemento e conjunto
 - símbolo de inclusão entre dois conjuntos
 - qualquer que seja
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
53
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

3. Subconjuntos

Um conjunto A é subconjunto de um conjunto B se, todo elemento de A pertence também a B. Com


notação A  B indicamos que "A é subconjunto de B" ou "A está contido em B" ou "A é parte de B". O símbolo 
é denominado sinal de inclusão. Em símbolos, a definição fica assim:

A B  (x)(x A  x B)

3.1. Exemplos de Subconjuntos

a) {a, b} {a, b, c}
b) {5} {5, 6}
c) { }  {1, ,}

4. Reunião (ou União) de Conjuntos ( U ):

Dados dois conjuntos A e B, chama-se reunião (ou união) de A e B o conjunto formado pelos elementos
que pertencem a A ou a B. Em símbolos:

A B = {x/ x A ou x B}

x  A e x  B
 ou


Se x  A  B  x  A e x  B
 ou


x  A e x  B

4.1. Exemplos de União de Conjuntos

a) {a, b}  {c, d} = {a, b, c, d}


b) {a, b}  {a, b, c, d} = {a, b, c, d}
c) {a, b}  { } = {a, b}

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
54
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

5. Interseção de Conjuntos

Dados dois conjuntos A e B, chama-se interseção de A e B o conjunto formado pelos elementos que
pertencem a A e B. Em símbolos:

A B = {x / x A e x B}

5.1. Exemplos de Interseção de Conjuntos

a) {a, b, c}  {b, c, d, e} = {b, c}

b) {a, b}  {c, d} = 

Quando A  B = , A e B são denominados


conjuntos disjuntos.

6. Diferença de Conjuntos

Dados dois conjuntos A e B, chama-se diferença entre A e B o conjunto formado pelos elementos de A
que não pertencem a B. Em símbolos:

A – B = {x / x A e x B}

6.1. Exemplos de Diferença de Conjuntos

a) {a, b, c} – {b, c, d, e} = {a}


b) {a, b} – {a, b, c, d, e} = { } = 

7. Complementar de B em relação a A

Dados dois conjuntos A e B, tais que B  A, chama-se complementar de B em relação a A o conjunto


A – B, isto é, o conjunto dos elementos de A que não pertencem a B.

Com o símbolo C BA indicamos o complementar de B em relação a A.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
55
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Notemos que C BA só é definido para B  A, e aí temos:

CBA  A  B  B  A

7.1. Exemplos de Conjuntos Complementares

a) Se A = {a, b, c, d, e} e B = {c, d, e}  C BA = {a, b}


b) Se A = {a, b, c, d} e B = { }  C BA = {a, b, c, d}

8. Diferença entre união e interseção (Diferença simétrica):

A diferença o conjunto união e o conjunto interseção de A e B, resulta nos elemento que pertencem a
somente um desses conjuntos, ou seja, pertencem somente ao conjunto A, ou somente ao conjunto B.

QUESTÕES DE CONCURSOS

A respeito das auditorias realizadas pelos auditores A1, A2 e A3 de um tribunal de contas, concluiu-se
que:

 A1 realizou 70 auditorias;
• A3 realizou 75 auditorias;
• A1 e A3 realizaram, juntos, 55 auditorias;
• A2 e A3 realizaram, juntos, 30 auditorias;
• A1 e A2 realizaram, juntos, 20 auditorias;
• das auditorias que não foram realizadas por A1, somente 18 foram realizadas por A2;
• A1, A2 e A3 realizaram, juntos, 15 auditorias.

Com base nessas informações, julgue o item a seguir.

01. (CESPE) Mais de 100 auditorias foram realizadas.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
56
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

02. (CESPE) 20 auditorias foram realizadas apenas por A1.

03. (CESPE) 5 auditorias foram realizadas apenas por A3.

04. (CESPE) 23 auditorias não foram realizadas por A1.

Uma pesquisa na qual os 40 alunos de uma disciplina deveriam responder SIM ou NÃO às perguntas P1 e
P2 apresentadas a eles, mostrou o seguinte resultado:

 28 responderam SIM à pergunta P1;


 22 responderam SIM à pergunta P2;
 5 responderam NÃO às 2 perguntas.

Com base nessas informações, julgue o item subsecutivo.

05. (CESPE) Mais de 10 alunos responderam SIM às duas perguntas.

Considerando que os conjuntos A, B e C tenham, respectivamente, 19, 28 e 31 elementos; o conjunto A 


B  C tenha 4 elementos e os conjuntos A  B, A  C e B  C tenham, respectivamente, 11, 7 e 13
elementos, é correto afirmar que

06. (CESPE) o conjunto C – (A  B) tem menos de 18 elementos.

07. (CESPE) o conjunto A  B tem mais de 38 elementos.

08. (CESPE) o conjunto (A  B) - (B  C) tem exatamente 15 elementos.

09. (CESPE) o conjunto C B( A B C ) tem exatamente 24 elementos.

10. (CESPE) Feito exame de sangue em um grupo de 200 pessoas, constatou-se o seguinte: 80 delas
têm sangue com fator Rh negativo, 65 têm sangue tipo O e 25 têm sangue tipo O com fator Rh
negativo. O número de pessoas com sangue de tipo diferente de O e com fator Rh positivo é
superior a 90.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
57
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Uma pesquisa realizada com um grupo de 35 técnicos do MPU a respeito da atividade I – planejamento
estratégico institucional – e da atividade II – realizar estudos, pesquisas e levantamento de dados –
revelou que 29 gostam da atividade I e 28 gostam da atividade II. Com base nessas informações, julgue os
itens que se seguem.

11. (CESPE) Se 4 técnicos desse grupo não gostam de nenhuma das atividades citadas, então mais de 25
técnicos gostam das duas atividades.

12. (CESPE) Infere-se dos dados que a quantidade mínima de técnicos desse grupo que gostam das duas
atividades é superior a 20.

As cidades Alfa e Beta estão com suas contas de obras sob análise. Sabe-se que algumas dessas obras
são de responsabilidade mútua das duas cidades e que a quantidade total de obras cujas contas estão sob
análise é 28. Por outro lado, somando-se a quantidade total de obras sob a responsabilidade da cidade
Alfa com a quantidade total de obras sob a responsabilidade da cidade Beta - incluindo-se nessas
quantidades as obras que estão sob responsabilidade mútua -, obtém-se um total de 37 obras.

Com base nessas informações, julgue o item seguinte.

13. (CESPE) É verdadeira a seguinte afirmação: A quantidade de obras de responsabilidade mútua cujas contas
estão sob análise é superior a 10.

14. (CESPE) É falsa a seguinte proposição: Se a cidade Alfa tem 17 obras sob sua responsabilidade cujas contas
estão sob análise, então a quantidade de obras de responsabilidade exclusiva da cidade Beta cujas contas
estão sob análise é inferior a 12.

15. (CESPE) Em um grupo de 100 pessoas, sabe-se que:

 15 nunca foram vacinadas;


 32 só foram vacinadas contra a doença A;
 44 já foram vacinadas contra a doença A;
 20 só foram vacinadas contra a doença C;
 2 foram vacinadas contra as doenças A, B e C;
 22 foram vacinadas contra apenas duas doenças.

De acordo com as informações, o número de pessoas do grupo que só foi vacinado contra ambas as doenças
B e C é superior a 10.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
58
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Um treinamento relativo às técnicas científicas de investigação está sendo preparado para um grupo de
720 policiais pré-selecionados. Para um melhor aproveitamento desse treinamento por parte dos policiais,
foi realizada uma avaliação para identificar as suas deficiências em conhecimentos básicos de
matemática, física e química, a fim de que sejam ministrados cursos de nivelamento antes do treinamento.
Todos os policiais que apresentaram deficiências deverão frequentar os cursos de nivelamento nas
respectivas áreas. A tabela acima mostra as frações dos 720 policiais que apresentaram deficiências em
uma ou mais dessas áreas básicas.

Com base nessas informações, julgue os itens seguinte.

16. (CESPE) Exatamente 128 policiais pré-selecionados para o treinamento possuem deficiência tanto em
matemática quanto em química, devendo por consequência frequentar os respectivos cursos de nivelamento.

17. (CESPE) O número de policiais que deverão frequentar os cursos de nivelamento de exatamente duas das
áreas básicas mencionadas acima é inferior a 210.

18. (CESPE) O número de policiais pré-selecionados para o treinamento que terão de frequentar os três cursos
de nivelamento referentes às áreas de matemática, física e química é superior a 43.

19. (CESPE) Dos policiais que cursarão matemática, menos de 85 deles cursarão também química mas não
cursarão física.

20. (CESPE) Mais de 170 policiais cursarão apenas uma das disciplinas.

21. (CESPE) Uma pesquisa realizada com 1000 universitários revelou que 280, 400 e 600 desses universitários
são alunos de cursos das áreas de tecnologia, saúde e humanidades, respectivamente. Ela mostrou também
que nenhum dos entrevistados é discente de cursos das três áreas e que vários deles fazem cursos em duas
áreas. Sabendo que a quantidade de estudantes que fazem cursos das áreas de humanidades e saúde é
igual ao dobro da quantidade dos que realizam cursos das áreas de humanidades e tecnologia que, por sua
vez, é igual ao dobro dos que fazem cursos das áreas de tecnologia e saúde, a quantidade de entrevistados
que fazem apenas cursos da área de tecnologia é superior a 170.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
59
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Secretaria da Fazenda (SEFAZ/ES) realiza campanha educativa sobre a importância da nota fiscal

Em 2009, o Programa de Educação Fiscal da SEFAZ realizou 48 eventos, entre reuniões, seminários,
palestras, capacitações de professores e treinamento de servidores. A atuação abrangeu 27 municípios
capixabas.
Internet: <www.sefaz.es.gov.br> (com adaptações).

Suponha que todos os eventos mencionados no texto acima atraíram público e que, entre os participantes,
2 mil pessoas compareceram às palestras, 1.500 pessoas, aos seminários e 500 pessoas, aos demais
eventos. Considere também que 500 pessoas participaram de palestras e seminários, 800 pessoas
participaram apenas de seminários, 200 pessoas não participaram de palestras ou seminários e 25
pessoas participaram de todos os tipos de eventos.

De acordo com essa situação hipotética e com o texto acima, julgue os itens a seguir.

22. (CESPE) Menos de 1.400 pessoas participaram apenas de palestras.

23. (CESPE) Mais de 750 pessoas participaram de dois ou mais tipos de eventos.

Em uma página da Polícia Federal, na Internet, é possível denunciar crimes contra os direitos humanos.
Esses crimes incluem o tráfico de pessoas − aliciamento de homens, mulheres e crianças para exploração
sexual − e a pornografia infantil − envolvimento de menores de 18 anos de idade em atividades sexuais
explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais do menor para fins sexuais.

Com referência a essa situação hipotética e considerando que, após a análise de 100 denúncias, tenha-se
constatado que 30 delas se enquadravam como tráfico de pessoas e como pornografia infantil; outras 30
não se enquadravam em nenhum desses dois crimes e que, em relação a 60 dessas denúncias, havia
apenas a certeza de que se tratava de pornografia infantil, julgue os itens subsequentes,
acerca dessas 100 denúncias analisadas.

24. (CESPE) Dez denúncias foram classificadas apenas como crime de tráfico de pessoas.

25. (CESPE) Os crimes de tráfico de pessoas foram mais denunciados que os de pornografia infantil.

Em uma pesquisa, 200 entrevistados foram questionados a respeito do meio de transporte que usualmente
utilizam para ir ao trabalho. Os 200 entrevistados responderam a indagação e, do conjunto dessas
repostas, foram obtidos os seguintes dados:

 35 pessoas afirmaram que usam transporte coletivo e automóvel próprio;


 35 pessoas afirmaram que usam transporte coletivo e bicicleta;
 11 pessoas afirmaram que usam automóvel próprio e bicicleta;
 5 pessoas afirmaram que usam bicicleta e vão a pé;
 105 pessoas afirmaram que usam transporte coletivo;
 30 pessoas afirmaram que só vão a pé;

ninguém afirmou usar transporte coletivo, automóvel e bicicleta; e o número de pessoas que usam
bicicleta é igual ao número de pessoas que usam automóvel próprio.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
60
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Com base nessa situação, julgue o item subsequente.

26. (CESPE) O número de pessoas que só usam bicicleta é inferior ao número de pessoas que só usam
automóvel próprio.

27. (CESPE) O número de pessoas que usam apenas transporte coletivo para ir ao trabalho é igual a 35.

28. (CESPE) O número de pessoas que usam transporte coletivo é o triplo do número de pessoas que vão a pé.

29. (CESPE) O número de pessoas que somente usam automóvel próprio é superior ao número de pessoas que
só vão ao trabalho a pé.

30. (CESPE) Considere que em um canil estejam abrigados 48 cães, dos quais:

 24 são pretos;
 12 têm rabos curtos;
 30 têm pelos longos;
 4 são pretos, têm rabos curtos e não têm pelos longos;
 4 têm rabos curtos e pelos longos e não são pretos;
 2 são pretos, têm rabos curtos e pelos longos.

Então, nesse canil, o número de cães abrigados que são pretos, têm pelos longos mas não têm rabos curtos
é superior a 3 e inferior a 8.

No item subsequentes é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

31. (CESPE) Uma empresa possui 13 postos de trabalho para técnicos em contabilidade, 10 para técnicos em
sistemas operacionais e 12 para técnicos em eletrônica. Alguns técnicos ocupam mais de um posto de
trabalho, isto é, 4 são técnicos em contabilidade e em sistemas operacionais, 5 são técnicos em sistemas
operacionais e em eletrônica e 3 possuem todas as três especialidades. Nessas condições, se há 22 técnicos
nessa empresa, então 7 deles são técnicos em contabilidade e em eletrônica.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
61
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Depois de uma campanha publicitária para melhorar o nível de conhecimento e de informação das
pessoas, os 31 empregados de uma empresa passaram a assinar os jornais CT, FT e JT, da seguinte
forma:

 cada um dos empregados assinou pelo menos um dos jornais;


 2 empregados assinaram os 3 jornais;
 3 empregados assinaram apenas os jornais CT e JT;
 8 empregados assinaram apenas o jornal JT;
 4 empregados assinaram os jornais CT e FT;
 13 empregados assinaram o jornal JT;
 16 empregados assinaram o jornal CT.

Com base nessas informações, é correto afirmar que:

32. (CESPE) Nenhum empregado assinou apenas os jornais FT e JT.

33. (CESPE) 6 empregados assinaram os jornais CT e JT.

34. (CESPE) 3 empregados assinaram apenas os jornais CT e FT.

Considere que os livros L, M e N foram indicados como referência bibliográfica para determinado
concurso. Uma pesquisa realizada com 200 candidatos que se preparam para esse concurso usando
esses livros revelou que:

 10 candidatos utilizaram somente o livro L;


 20 utilizaram somente o livro N;
 90 utilizaram o livro L;
 20 utilizaram os livros L e M;
 25 utilizaram os livros M e N;
 15 utilizaram os três livros.

Considerando esses 200 candidatos e os resultados da pesquisa, julgue os itens seguintes.

35. (CESPE) Mais de 6 candidatos se prepararam para o concurso utilizando somente os livros L e M.

36. (CESPE) Mais de 100 candidatos se prepararam para o concurso utilizando somente um desses livros.

37. (CESPE) Noventa candidatos se prepararam para o concurso utilizando pelos menos dois desses livros.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
62
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

38. (CESPE) O número de candidatos que se prepararam para o concurso utilizando o livro M foi inferior a 105.

Na zona rural de um município, 50% dos agricultores cultivam soja; 30%, arroz; 40%, milho; e 10% não
cultivam nenhum desses grãos. Os agricultores que produzem milho não cultivam arroz e 15% deles
cultivam milho e soja.

Considerando essa situação, julgue os itens que se seguem.

39. (DPU – CESPE/2016) Os agricultores que plantam arroz, plantam soja.

40. (DPU – CESPE/2016) Em exatamente 30% das propriedades, cultiva-se apenas milho.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
E E C C C C E E C E
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C C E E C C E C C C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
E E C C E C C C E C
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C C E E E C C E E E

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
63
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

CÁLCUCO COM PORCENTAGEM

p
p% =
100

Exemplos:
27% = 27/100 = 0,27 0,5% = 0,5/100 = 0,005

Observação

p
p‰ =
1000

Exemplos:

2‰ = 2/1000 = 0,002 29‰ = 29/1000 = 0,029 315‰ = 315/1000 = 0,315

EXEMPLOS DE QUESTÕES DE CONCURSOS

Exemplo 01: Um fichário tem 25 fichas numeradas, sendo que 52% dessas fichas estão etiquetadas com
número par. Quantas fichas têm a etiqueta com número par?

Solução:

Representando por x o número de fichas que têm etiqueta com número par e lembrando que

52% = 52/100 = 0,52, temos:

x = 52% de 25  x = 0,52 . 25  x = 13

Resposta: Nesse fichário há 13 fichas etiquetadas com número par.

Exemplo 02: No torneio pré-olímpico de basquete, realizado na Argentina em agosto de 1995, a seleção
brasileira disputou 4 partidas na 1ª fase e venceu 3. Qual é a porcentagem de vitórias obtidas pelo Brasil
nessa fase?

Solução:

1a. Solução:

Vamos indicar por x% o número que representa essa porcentagem. O problema pode, então, ser expresso
por:
x% de 4 é igual a 3

Isso resulta na equação:


x
. 4 = 3  4x = 300  x = 75
100

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
64
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

2a. Solução:
3 75
Do Enunciado temos: = 0,75 = = 75%
4 100

Resposta: O Brasil venceu 75% dos jogos que disputou nessa fase.

Exemplo 03: Numa indústria trabalham 255 mulheres. Esse número corresponde a 42,5% do total de
empregados. Quantas pessoas trabalham, ao todo, nessa indústria?

Solução:

Vamos representar por x o número total de empregados dessa indústria. Esse problema pode ser expresso
por:

42,5% de x é igual a 255

42,5
Sabendo que 42,5% = = 0,425, podemos formar a equação:
100

255
0,425 . x = 255  x =  x = 600
0,425

Resposta: Nessa indústria trabalham, ao todo, 600 pessoas.

Exemplo 04: Ao comprar uma mercadoria, obtive um desconto de 8% sobre o preço marcado na etiqueta.
Se paguei R$ 690,00 pela mercadoria, qual o preço original dessa mercadoria?

Solução:

Se obtive 8% de desconto, o preço que paguei representa 100%  8% = 92% do preço original. Representando
o preço original da mercadoria por x, esse problema pode ser expresso por: 92% de x é igual a 690

92
Sabendo que 92% = = 0,92, podemos formar a equação:
100

690
0,92 . x = 690  0,92x = 690  x =  x = 750
0,92

Resposta: O preço original da mercadoria era R$ 750,00.

Exemplo 05: 40% de 20% corresponde a quantos por cento?

Solução:

Representando por x% a taxa de porcentagem procurada, o problema se reduz a: 40% de 20% é igual a x.
Se 40% = 0,40 e 20% = 0,20, temos a equação:

8
0,40 . 0,20 = x  x = 0,08  0,08 = = 8%
100

Resposta: Assim, 40% de 20% corresponde a 8%.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
65
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Exemplo 06: Uma geladeira, cujo preço à vista é de R$ 680,00 tem um acréscimo de 5% no seu preço se for
paga em 3 prestações iguais. Qual é o valor de cada prestação?

Solução:

5% de 680 = 0,05 . 680 = 34 (acréscimo)


680 + 34 = 714 (preço em 3 prestações iguais)

714 /3 = 238 (valor de cada prestação)

Resposta: Então, o valor de cada prestação é de R$ 238,00.

Exemplo 07: O salário de um trabalhador era de R$ 840,00 e passou a ser de R$ 966,00. Qual foi a porcentagem
de aumento?

Solução:

1a. Solução:

966 – 840 = 126 (aumento em reais)

x% de 840 = 126

126 18 3 15
    15% (aumento em porcentagem)
840 120 20 100

2a. Solução:

x% de 840 = 966 (salário anterior mais aumento)

966 138 23 115


    115%
840 120 20 100

115% - 100% = 15%

Resposta: Logo, a porcentagem de aumento foi de 15%.

Exemplo 08: Paulo gastou 40% do que tinha e ainda ficou com R$ 87,00. Quanto ele tinha e quanto gastou, em
reais?

Solução:

Se ele gastou 40%, a quantia de R$ 87,00 corresponde a 60% do que possuía.

Fazemos então 60% de ? = 87.


60 3 5 . 87
. x  87  . x  87  x  x = 145 (quanto ele tinha)
100 5 3

Quanto ele gastou: 145 – 87 = 58 ou 40% de 145 = 58

Resposta: Paulo tinha R$ 145,00 e gastou R$ 58,00.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
66
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

QUESTÕES DE CONCURSOS

Uma loja de eletrodomésticos oferece descontos de 10% no preço de etiqueta para compras à vista ou 5%
de juros sobre o valor de etiqueta para compras em 5 prestações mensais, iguais e sem entrada. Um
cliente comprou um televisor à vista — o preço de etiqueta era de R$ 800,00 —, um fogão, também à vista
— o preço de etiqueta era de R$ 300,00 —, e mais um refrigerador, em 5 prestações de R$ 189,00.
Considerando essa situação hipotética, julgue os próximos itens.

01. (CESPE) O preço de etiqueta do refrigerador era de R$ 900,00.

02. (CESPE) Se o referido cliente pagasse todos os itens à vista, ele teria desembolsado R$ 1.800,00.

03. (CESPE) Se o cliente tivesse comprado os três itens em 5 prestações, o valor total de cada prestação seria
inferior a R$ 400,00.

04. (CESPE) Considere que, em determinada manifestação política nessa cidade, os organizadores tenham
estimado a presença de 12.000 pessoas e a polícia militar tenha estimado a presença de 4.500 pessoas.
Nessa situação, se a estimativa da polícia correspondeu a 90% da quantidade de pessoas presentes à
manifestação, então, para os organizadores, a quantidade dos que faltaram à manifestação corresponde a
mais de 150% dos presentes.

05. (CESPE) Vários jornais e revistas anunciaram, nos últimos meses, que o preço do quilo de picanha, corte
preferido para o preparo de um bom churrasco, subiu 42%. Nesse caso, se um consumidor de picanha decidir
manter o mesmo gasto mensal com a compra desse alimento, ele deverá diminuir o consumo em 28%.

06. (CESPE) Em uma prova com X questões a nota máxima é 10,0 e todas elas têm o mesmo valor. Suponha
que um aluno acerte 18 das 32 primeiras questões e, das restantes, ele acerte 40%. Assim sendo, se esse
aluno tirou nota 5,0 nessa prova, então X é um número múltiplo de 4.

Considerando que o serviço de manutenção de computadores de uma empresa constate que 20% das
máquinas levadas ao conserto não devam ser restauradas, mas descartadas, e que novos computadores
deveram ser comprados para substituí-las, julgue os próximos itens.

07. (CESPE) Se, em determinado mês, 6% dos computadores da empresa foram levados para a manutenção,
então, nesse mês, mais de 1% dos computadores da empresa deverão ser trocados por novos
computadores.

08. (CESPE) Se em determinado mês, 3 computadores foram descartados, então, nesse mês, 12 computadores
foram restaurados.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
67
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Suponha que Fábio tenha decido depositar mensalmente, sempre no dia 2 de cada mês, a quantia fixa de
R$ 360,00 em uma conta que remunera o capital a uma taxa composta de 2% ao mês.
Considerando essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

09. (CESPE) Suponha que, em determinado mês, a parcela depositada correspondeu a 16% do salário de Fábio,
mas que, ao receber um aumento salarial, o valor da parcela tenha passado a corresponder a 12% do novo
salário. Nessa situação, é correto afirmar que o aumento salarial de Fábio foi superior a 30%.

10. (CESPE) Se cada depósito representar mais de 15% do salário mensal de Fábio, é correto concluir que Fábio
recebe mensalmente um salário superior a R$ 2.400,00.

Em uma pesquisa de preço foram encontrados os modelos I e II de kits de segurança para um prédio.
Considerando que, o preço de 15 unidades do modelo I e 12 unidades do modelo II, seja de R$ 3.750,00,
julgue o item subsequente.

11. (CESPE) Se o comprador conseguir 8% de desconto na compra de cada unidade, então, o preço de 15
unidades do modelo I e 12 unidades do modelo II sairá por R$ 3.450,00.

12. (CESPE) Se, do início do ano até o presente momento, 800 cisternas tiverem sido construídas, e isso
corresponder a 16% do total previsto para o ano, então, para se atingir a meta do ano, será necessário
construir mais 4.200 novas cisternas.

13. (CESPE) Considere que, de 1.250 cisternas construídas, 8% delas tiveram de ser refeitas por apresentarem
defeitos de várias naturezas. Considere, ainda, que, das cisternas que apresentaram defeitos, 15% foram
retiradas por terem apresentado vazamentos. Em face desta situação, é correto afirmar que, das 1.250
cisternas construídas, menos de 1,3% delas foram refeitas por apresentarem vazamentos.

A respeito do controle e manutenção dos 48 veículos de um órgão público, julgue o item seguinte.

14. (CESPE) Considere que, a cada ano, o valor venal dos veículos desse órgão decresça 5% em relação ao
preço de compra. Nesse caso, se o valor venal de um veículo desse órgão, 8 anos depois da a compra, for de
R$ 24.000,00, então esse veículo foi comprado por mais de R$ 50.000,00.

Determinada companhia aérea possui uma frota com cinco aviões: dois deles têm capacidade para 138
passageiros; outros dois, para 180 passageiros e um, para 264 passageiros. Julgue o item a respeito
dessa frota.

15. (CESPE) Se 12% dos assentos disponíveis na frota forem reservados para passageiros portadores de
necessidades especiais, então 108 assentos estarão disponíveis para esses passageiros.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
68
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

A Airbus mantém 4.463 aeronaves em operação, enquanto a Boeing tem 24 mil — incluindo 5 mil Boeing
737, o principal rival do Airbus 320, o mesmo modelo do envolvido em recente acidente aéreo. As duas
empresas travam um duelo à parte pelo mercado da aeronáutica. No ano passado, a Airbus recebeu 791
encomendas contra 1.044 da Boeing. No entanto, a Airbus entregou 434 aviões a jato; sua concorrente,
398.

A disputa não se restringe aos números. As duas fabricantes se acusam de manobras ilegais na busca
pelo consumidor.

A Boeing tem protestado pela ajuda dos governos à Airbus. Por sua vez, a Airbus acusa a Boeing de
receber subsídios ilegais por meio de contratos para o setor militar e para pesquisas, além de redução de
impostos.
Correio Braziliense, 30/7/2007, p. 8 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue o item subsequente, quanto às suas estruturas
linguísticas e a aspectos marcantes da realidade mundial contemporânea.

16. (CESPE) Infere-se do texto que a Airbus entregou, no ano passado, mais de 55% de suas encomendas de
aviões a jato, enquanto sua concorrente, a Boeing, não atingiu nem a marca de 35% de encomendas
entregues.

Sabendo que o governo federal ofereceu aos servidores públicos uma proposta de reajuste salarial de
15,8% parcelado em três vezes, com a primeira parcela para 2013 e as demais para os anos seguintes,
julgue o item a seguir.

17. (CESPE) Um servidor federal com salário de R$ 10.000,00 em 2012, passará a receber, em 2015, após a
concessão da última parcela de reajuste, salário inferior a R$ 11.500,00.

Apesar da pressão sobre os parlamentares para diminuir ou não aprovar o percentual de reajuste dos seus
próprios salários, deputados e senadores aprovaram proposta de aumento de 62%. Com isso, eles
passarão a ganhar R$ 26,7 mil, fora os valores de verbas de gabinete, indenizatórias, de cotas de
passagens, telefone e despesas médicas, que, somados, ultrapassam R$ 100 mil por mês.
Internet: <www.correioweb.com.br> (com adaptações).

Tendo como referência o texto acima, julgue o item que se segue.

18. (CESPE) O salário dos parlamentares, antes do reajuste referido no texto, era superior a R$ 16,5 mil.

Segundo dados do IBGE, 6,4% dos brasileiros têm, hoje, 65 anos de idade ou mais. Em 2050, serão 18,8%,
ou quase três vezes mais.

Com referência a essa informação, julgue os itens a seguir.

19. (CESPE) Considere-se que a população brasileira seja, hoje, de 180 milhões de habitantes.
Nessa situação, é correto afirmar que, hoje, há mais de 11 milhões de brasileiros com 65 anos de idade ou
mais.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
69
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

20. (CESPE) Considere-se que em 2050 a população brasileira com idade inferior a 65 anos seja de 162,4
milhões de pessoas. Nessa situação, a população brasileira em 2050 será superior a 205 milhões de
habitantes.

21. (CESPE) Considere-se que, hoje, dos brasileiros com 65 anos ou mais de idade, mais de 5 milhões sejam do
sexo feminino. Nessa situação, se a população brasileira for, hoje, de 180 milhões de pessoas, menos de
3,8% são do sexo masculino e têm 65 anos de idade ou mais.

Acidentes de trânsito custam R$ 5,3 bi por ano

No Brasil, registra-se um alto número de mortes devido a acidentes de trânsito. Além da dor e do
sofrimento das vítimas e de seus familiares, a violência no trânsito tem um custo social de R$ 5,3 bilhões
por ano, segundo levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), publicado
em 2003. Desse total, 30% são devidos aos gastos com saúde e o restante é devido a previdência, justiça,
seguro e infra-estrutura. De acordo com esse levantamento, de janeiro a julho de 2003, os acidentes de
trânsito consumiram entre 30% e 40% do que o Sistema Único de Saúde (SUS) gastou com internações por
causas externas, resultantes de acidentes e violência em geral.
Internet: <http://noticias.terra.com.br>. Acesso em 10/12/2003 (com adaptações).

Considerando o texto acima e o tema por ele abordado, julgue o item a seguir.

22. (CESPE) Do "custo social de R$ 5,3 bilhões por ano" mencionado no texto, R$ 1,59 bilhões foram gastos com
saúde.

23. (CESPE) Supondo que, em 2004, o gasto com cada um dos itens saúde, previdência, justiça, seguro e infra-
estrutura seja reduzido em 10%, é correto concluir que o gasto total com o conjunto desses itens, em 2004,
será superior a R$ 4,8 bilhões.

Acerca de grandezas proporcionais e porcentagem, julgue o item que segue.

24. (CESPE) Se, em determinado mês, um trabalhador não sofrer reajuste salarial e os preços subirem 25%,
então o poder de compra desse trabalhador será reduzido em 20% no referido mês.

Em determinado órgão do Poder Executivo, foram alocados R$ 110.000,00 no orçamento para a aquisição
de 1.000 cadeiras de escritório. Com a previsão de realização de um concurso para provimento de novas
vagas, constatou-se a necessidade de compra de mais 300 cadeiras, além das 1.000 já previstas.

Com base nas informações da situação hipotética apresentada, julgue os itens a seguir.

25. (CESPE) Se o orçamento for reduzido para R$ 22.000,00, então, é correto afirmar que esse valor é 400%
menor do que foi previamente alocado.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
70
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

26. (CESPE) Se, na hora da compra das 1.000 cadeiras iniciais, um dos fornecedores oferecer uma cadeira a
mais a cada três cadeiras adquiridas, então, é correto afirmar que essa proposta é equivalente à concessão
de um desconto de 25%.

27. (CESPE) Para a aquisição das 300 unidades adicionais, a verba suplementar deverá ser de 35% do valor
inicialmente alocado, desde que não haja mudança no preço das cadeiras.

28. (CESPE) Se houver aumento de 20% no preço para as 300 cadeiras adicionais, a verba suplementar para
aquisição dessas cadeiras será igual a 36% do valor originalmente alocado para a aquisição das 1.000
cadeiras iniciais.

29. (CESPE) Caso seja oferecido um desconto de 10% sobre o valor das cadeiras adicionais, o preço unitário de
cada uma delas será inferior a R$ 100,00.

No sistema de porcentagem, julgue o item que se segue.

30. (CESPE) Suponha que para uma mercadoria cujo custo de fabricação é de R$ 650,00, paga-se, sobre o
preço de venda, 15% de impostos e 10% referente à propaganda. Para se obter um lucro de 10% sobre o
preço de venda, essa mercadoria deverá ser vendida por mais de R$ 1.200,00.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
C C E E E C C C C E
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C C C E C E E E C E
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
C C E C E C E C C E

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
71
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

PROVA COMENTADA RACIOCÍNIO LÓGICO TRT-BA

 CONCURSO: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO (CESPE/UNB)

 CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO (ÁREA ADMINISTRATIVA) – CADERNO GAMA

Considerando as informações do texto e a proposição P: “Mário pratica natação e judô”, julgue os


itens seguintes.
A: Mário pratica natação
B: Mário pratica judô

( I ) P: A  B  P: “Mário pratica natação e judô”

36. Simbolizando a proposição P por A  B, então a proposição Q: “Mário pratica natação mas não pratica
judô” é corretamente simbolizada por A  (¬B).

Comentário e solução:

Q: “Mário pratica natação mas não pratica judô”

Enunciado  Q: A  (¬B)
Correto  Q: A  (¬B)

Gabarito confere com o oficial: ( E )

37. A negação da proposição P é a proposição R: “Mário não pratica natação nem judô”, cuja tabela-
verdade é a apresentada ao lado.

A B R
V V F
V F F
F V F
F F V
Comentário e solução:

Negação da proposição P é:

Enunciado  R: “Mário não pratica natação nem judô”

Correto  R: “Mário não pratica natação ou não pratica judô”

Gabarito confere com o oficial: ( E )

Considerando a proposição “Nesse processo, três réus foram absolvidos e os outros dois
prestarão serviços à comunidade”, simbolizada na forma A  B, em que A é a proposição “Nesse
processo, três réus foram absolvidos” e B é a proposição “Nesse processo, dois réus prestarão serviços à
comunidade”, julgue os itens que se seguem.

38. A proposição (¬A)  A pode ser assim traduzida: Se, nesse processo, três réus foram condenados,
então três réus foram absolvidos.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
72
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Comentário e solução:

A: “Nesse processo, três réus foram absolvidos”


B: “Nesse processo, dois réus prestarão serviços à comunidade”

A tradução de ( ¬ A )  ( A ) é:

Enunciado  Se, nesse processo, três réus foram condenados, então três réus foram absolvidos.

Correto  Se, nesse processo, pelo menos um réu não foi absorvido, então três réus foram absolvidos.

Gabarito confere com o oficial: ( E )

39. Se as proposições A e B forem valoradas como F, então a proposição “Nesse processo, três réus
foram absolvidos, se e somente se dois réus prestarão serviços à comunidade” é valorada como V.

Comentário e solução:

“Nesse processo, três réus foram absolvidos, se e somente se dois réus prestarão serviços à comunidade”
Temos:

Gabarito confere com o oficial: ( C )

40. É correto inferir, após o preenchimento da tabela abaixo, se necessário, que a tabela-verdade da
proposição “Nesse processo, três réus foram absolvidos, mas pelos menos um dos outros dois não
prestará serviços à comunidade” coincide com a tabela-verdade da proposição simbolizada por
¬(A  B).

Comentário e solução:

 “Nesse processo, três réus foram absolvidos, mas pelos menos um dos outros dois não prestará serviços
à comunidade” A  ¬B
Temos:
A B ¬B A B ¬ (A B) A ¬ B
V V F V F F
V F V F V V
F V F V F F
F F V V F F

Gabarito confere com o original: ( C )

Julgue os itens seguintes, a respeito dos conceitos básicos de lógica e tautologia.

41. Se A e B são proposições, então a proposição A  B  (¬A)  (¬B) é uma tautologia.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
73
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Comentário e solução:

 TAUTOLOGIA:

Uma proposição composta formada por duas ou mais proposições p, q, r, ... será dita uma Tautologia se
ela for sempre verdadeira, independentemente dos valores lógicos das proposições p, q, r, ... que a compõem.

A B ¬A ¬B A B (¬A) (¬B) A B (¬A)  (¬B)


V V F F V F F
V F F V V F F
F V V F V F F
F F V V F V F

Gabarito confere com o oficial: ( E )

42. Se R é o conjunto dos números reais, então a proposição  x x  y y  x  y  x  é
valorada como V.

Comentário e solução:

 xx  yy  x  y  x


Temos:

Para todo “x” pertencente aos reais, existe “y” pertencente aos reais, tal que “x + y = x”.

Conclusão: “Essa declaração é verdadeira, pois o “y” pode ser zero, e como sabemos o zero é um
elemento neutro da adição”

Gabarito confere com o oficial: ( C )

43. Se A, B, C e D forem proposições simples e distintas, então o número de linhas da tabela-verdade da


proposição (A  B)  (C  D) será superior a 15.

Comentário e solução:

Nº de linhas da tabela verdade = 2N° de proposições simples

Então,

N° de linhas da tabela verdade = 24 = 16


Superior a 15

Gabarito confere com o oficial: ( C )

44. A proposição “Se 2 for ímpar, então 13 será divisível por 2” é valorada como F.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
74
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Comentário e solução:

“Se 2 for ímpar, então 13 será divisível por 2”

A: 2 for ímpar ( F )

B: 13 será divisível por 2 ( F )

Logo:

A  B
(F) (F)

(V)
Gabarito confere com o oficial: ( E )

45. Se A, B e C são proposições em que A e C são V e B é F, então (¬A)  ¬ [(¬B)C] é V.

Comentário e solução:

Confere com gabarito oficial: ( E )

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
75
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

PROVA COMENTADA RACIOCÍNIO LÓGICO PF

"A satisfação está no esforço feito para alcançar o objetivo, e não em tê-lo alcançado. "

GHANDI

 CONCURSO: DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL (CESPE/UNB)


 CARGO: AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL

Um jovem, ao ser flagrado no aeroporto portando certa quantidade de entorpecentes, argumentou com os
policiais conforme o esquema a seguir:

Premissa 1: Eu não sou traficante, eu sou usuário;

Premissa 2: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido;

Premissa 3: Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga.

Conclusão: Se eu estivesse levando uma grande quantidade, não seria usuário.

Considerando a situação hipotética apresentada acima, julgue os itens a seguir.

50. (PF – CESPE/2012) Se P e Q representam, respectivamente, as proposições “Eu não sou traficante” e “Eu
sou usuário”, então a premissa 1 estará corretamente representada por P  Q.

Solução da questão 50:

A Premissa 1 pode ser escrita da forma:

(Q  P) = (P  Q)

ITEM: CERTO

51. (PF – CESPE/2012) A proposição correspondente à negação da premissa 2 é logicamente equivalente a


“Como eu não sou traficante, não estou levando uma grande quantidade de droga ou não a escondi”.

Solução da questão 51:

Representação por siglas das proposições:

 T: traficante
 D: grande quantidade de droga
 E: escondido

A proposição composta dada é: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e
a teria escondido  T  (D  E)

Negação: T  ¬(D  E)  T  (¬D  ¬E) (“Eu sou traficante e não estou levando uma grande quantidade
de droga ou não a escondi”).
ITEM: ERRADO

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
76
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

52. (PF – CESPE/2012) Se a proposição “Eu não sou traficante” for verdadeira, então a premissa 2 será uma
proposição verdadeira, independente dos valores lógicos das demais proposições que a compõem.

Solução da questão 52:

ITEM: CERTO

53. (PF – CESPE/2012) Sob o ponto de vista lógico, a argumentação do jovem constitui argumentação válida.

Solução da questão 53:

Definição de um argumento válido segundo a organizadora: Um argumento é uma sequência finita de


proposições, que são sentenças que podem ser julgadas como verdadeiras (V) ou falsas (F). Um
argumento é válido quando contém proposições assumidas como verdadeiras — nesse caso,
denominadas premissas — e as demais proposições são inseridas na sequência que constitui esse
argumento porque são verdadeiras em consequência da veracidade das premissas e de proposições
anteriores. A última proposição de um argumento é chamada conclusão. Perceber a forma de um
argumento é o aspecto primordial para se decidir sua validade.

I) Partindo da hipótese de que a conclusão tem valor lógico falso, temos:

Então:

 Premissa 1: verdadeira
 Premissa 2: verdadeira
 Premissa 3: verdadeira
 Conclusão: falsa (Portanto um argumento inválido, pois temos premissas verdadeiras e
conclusão falsa).

ITEM: ERRADO

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
77
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

Dez policiais federais  dois delegados, dois peritos, dois escrivães e quatro agentes  foram
designados para cumprir mandado de busca e apreensão em duas localidades próximas à
superintendência regional. O grupo será dividido em duas equipes, Para tanto, exige-se que cada uma seja
composta, necessariamente, por um delegado, um perito, um escrivão e dois agentes.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

54. (PF – CESPE/2012) Há mais de 50 maneiras diferentes de compor as referidas equipes.

Solução da questão 54:

 2 x 2 x 2 x C4,2 x 1 x 1 x 1 x C2,2
4! 2!
8. .1.
2!.2! 1!.2!
4.3.2!
8. .1.1
2.1.2!
 8 . 6 . 1 .1
 48

ITEM: ERRADO

55. (PF – CESPE/2012) Se cinco dos citados policiais forem escolhidos, aleatoriamente e independentemente
dos cargos, então a probabilidade de que esses escolhidos constituam uma equipe com a exigência inicial
será superior a 20%.

Solução da questão 55:

I) Total (espaço amostral):

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
78
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

II) Boa (casos favoráveis):

Logo:
48
Pr ob.   0,19  19%
252

ITEM: ERRADO

56. (PF – CESPE/2012) Se todos os policiais em questão estiverem habilitados a dirigir, então, formadas as
equipes, a quantidade de maneiras distintas de se organizar uma equipe dentro de um veículo com cinco
lugares  motorista e mais quatro passageiros  será superior a 100.

Solução da questão 56:

P5 = 5! = 5 . 4 . 3 . 2 . 1 = 120 maneiras

ITEM: CERTO

Em uma página da Polícia Federal, na Internet, é possível denunciar crimes contra os direitos humanos.
Esses crimes incluem o tráfico de pessoas  aliciamento de homens, mulheres e crianças para
exploração sexual  e a pornografia infantil  envolvimento de menores de 18 anos de idade em
atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais do menor para fins
sexuais.

Com referência a essa situação hipotética e considerando que, após a análise de 100 denúncias, tenha-se
constatado que 30 delas se enquadravam como tráfico de pessoas e como pornografia infantil; outras 30
não se enquadravam em nenhum desses dois crimes e que, em relação a 60 dessas denúncias, havia
apenas a certeza de que se tratava de pornografia infantil, julgue os itens subsequentes, acerca dessas
100 denúncias analisadas.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
79
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS
APOSTILA 2018 | Prof. Pacífico / Prof. Thiago Pacífico
OS: 0087/3/18-Gil

57. (PF – CESPE/2012) Dez denúncias foram classificadas apenas como crime de tráfico de pessoas.

Solução da questão 57:

ITEM: CERTO

58. (PF – CESPE/2012) Os crimes de tráfico de pessoas foram mais denunciados que os de pornografia infantil.

Solução da questão 58:

 Tráfico = 10 + 30 = 40

 Pornografia = 30 + 30 = 60

Logo:

Pornografia (60) > Tráfico (40)

ITEM: ERRADO

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
80
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220